VII Congresso ICLOC Instituto Cultural Lourenço Castanho. Práticas na sala. aula. 4ª edição São Paulo 2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VII Congresso ICLOC Instituto Cultural Lourenço Castanho. Práticas na sala. aula. 4ª edição São Paulo 2015"

Transcrição

1

2 VII Congresso ICLOC Instituto Cultural Lourenço Castanho Práticas na sala de aula 4ª edição São Paulo 2015

3 expediente Organização Comissão Executiva do Instituto Cultural Lourenço Castanho Editora Moderna Coordenação editorial Comissão Executiva do Instituto Cultural Lourenço Castanho Ivan Aguirra Editora Moderna Edição de textos Editora Moderna Revisão OK Linguística Capa Eduardo Santana Foto de capa Getty Images Projeto gráfico Helena Salgado Diagramação APIS design integrado Coordenação de Produção Industrial Renato De Paulo ISBN Rua Padre Adelino, 758 CEP São Paulo/SP Telefone: Impresso no Brasil

4 agradecimentos Ao Colégio Dante Alighieri que, pela segunda vez, com carinho e eficiência, sediou o Congresso; às Escolas Organizadoras que contribuíram com o ICLOC para a realização do evento; aos Professores que abriram suas salas de aula para o debate; à Equipe de Colaboradores responsável pelo êxito deste dia; e à Editora Moderna que concretizou o sonho do ICLOC de levar as realizações letivas de professores a seus colegas de todo o Brasil.

5 Apresentação Vera Maria Nigro de Souza Placco PUC-SP Os Congressos ICLOC propõem como objetivo discutir ideias e práticas na sala de aula, tendo em vista o desenvolvimento e o aprimoramento da educação no Brasil. Ao congregar educadores de escolas públicas e privadas a uma interação e partilha de saberes em torno de suas práticas em sala de aula, possibilitam o aperfeiçoamento profissional desses educadores e a melhoria do ensino. Essa iniciativa é provocadora de inúmeras reflexões sobre a docência, sobre a escola que desejamos e necessitamos, sobre o currículo, a avaliação, sobre as próprias práticas em sala de aula e, em mim, suscita a reflexão e o questionamento sobre a formação dos professores, em especial, a formação que se dá a partir da própria escola, do seu cotidiano. E esta oportunidade de parceria, proporcionada pela experiência de refletir sobre as práticas em sala de aula deve ser incentivada e valorizada. Entendendo a aprendizagem do adulto professor como o processo de apropriação de conhecimentos, tais como: fatos, eventos, relações, valores, gestos, atitudes, modos de ser e de agir, que promovem, no sujeito, novas possibilidades de pensar e de se inserir no seu meio e que esse processo envolve atribuir significações, engendrar relações e mobilizar experiências vividas, consideramos que as ações de formação a serem desencadeadas tendo como foco a escola precisam considerar as experiências vividas pelos professores, seja em sala de aula, seja em suas interações com gestores, pares, familiares e comunidade escolar. Refletir sobre suas próprias experiências, sobre seus afetos, desejos, expectativas, vontades, são aspectos da aprendizagem do adulto professor que são adquiridos, nessas múltiplas relações. O adulto professor aprende, a nosso ver, tendo como eixo três aspectos: no grupo, com a mediação de um formador, por meio de processos metacognitivos. O grupo encontro de pessoas, movidas por necessidades semelhantes, com objetivos e metas comuns é o espaço em que experiências são apresentadas, sentimentos são refletidos, expectativas e vontades são expressas. Há necessidade, nele, de generosidade, confiança mútua, troca. É ainda um espaço de constituição identitária, em que cada um se posiciona frente às atribuições que recebe dos demais, em processos de identificação e pertença e de estabelecimento de relações sociais e interpessoais. A mediação do formador acontece na medida em que alguém do grupo assume mesmo que em uma liderança situacional, as posturas e as ações de um desencadeador das aprendizagens e reflexões dos demais, criando condições para a manifestação de intencionalidades (individuais, coletivas e institucionais), provocando movimentos metacognitivos e de cons-

6 tituição identitária em si mesmo e nos demais educadores. Uma atitude de doação consciente e voluntária dos saberes de cada um é o que caracteriza e enriquece a troca. A metacognição é central na aprendizagem de adultos professores. Consiste na tomada de consciência do seu pensar, do seu sentir, e de como o adulto pensa sobre esse pensar e sentir (pensar tem uma base afetivo-volitiva). Por meio dela, o sujeito regula seu próprio processo de aprender e pode investir em sua autoformação. Uma atividade formativa como o ICLOC precisa estar aberta às intencionalidades presentes nos professores, uma vez que as atividades formativas propostas devem identificar e responder aos desejos e necessidades do grupo, recorrendo a ações que envolvam cognitiva e afetivamente os professores. O fato de o ICLOC congregar os diversos níveis de ensino e as diferentes áreas do conhecimento é, além disso, propiciador de uma riqueza de linguagens e significados que valoriza ainda mais essa iniciativa. Chamamos a atenção para a necessidade de se conhecer e se orientar por alguns princípios norteadores da aprendizagem dos adultos professores: A base da aprendizagem está na linguagem, na atribuição de significados e sentidos. Assim, enfatizamos que a dimensão coletiva do processo de aprendizagem, a consciência do saber da própria experiência, a troca dessas experiências, a iniciativa, a responsabilidade e o compromisso de cada educador com seu processo de formação são aspectos fundamentais de sua constituição identitária. Acreditamos que os conceitos e princípios aqui apresentados em relação à aprendizagem do adulto professor fruto de estudo e reflexão de um grupo de professores-formadores de professores estão presentes nessa iniciativa inovadora do ICLOC de promover a reflexão sobre Práticas na Sala de Aula, possibilitando aos professores participantes socializarem suas experiências e se beneficiarem das experiências de outros professores, outras escolas e outras realidades sociais, culturais e econômicas. E expressamos nossos votos de sucesso a este VII Congresso ICLOC, seus promotores e participantes! A aprendizagem do adulto decorre de uma construção grupal; A aprendizagem se dá a partir do confronto e do aprofundamento de ideias; O processo de aprendizagem é singular e envolve escolha deliberada; O processo de aprendizagem envolve compromisso e implicação com o objeto ou evento a ser conhecido e com os outros da aprendizagem; O ato de conhecer é permanente e dialético; O ponto de partida para o conhecimento é a experiência que acumulamos; Referência: PLACCO, V. M. N. S; SOUZA, V. L. T. Aprendizagem do Adulto Professor. São Paulo: Edições Loyola, p ;

7 Sumário Os projetos foram organizados por nível de ensino e por ordem alfabética, de acordo com a forma em que foram inscritos no VII Congresso ICLOC. Educação INFANTIL 1 A Arte Contemporânea na Educação Infantil 24 2 A Arte de Brincar 24 3 A Árvore Grande 24 4 A Imagem na literatura infantil contemporânea e seu papel na sala de aula 25 5 A Importância Da Literatura Na Escola Para O Processo De Letramento Da Criança 25 6 A Lousa Digital Aliada À Matemática Na Educação Infantil 26 7 A Música em interface com o Ensino Religioso na Educação Infantil 26 8 A Origem do Pão 26 9 A Trip to England A Utilização De Espaços Públicos Nas Aulas De Ed. Física Para Ampliação De Experiências Na Educação A Utilização De Softwares, Jogos E Livros Eletrônicos Na Prática Pedagógica Amazônia Um pedaço do Brasil Aniversário de Sorocaba Antes de atravessar o Recreio, olhe para os lados Arte Abstrata Arte na Educação Infantil As aventuras da Bruxa Poli Documentação pedagógica dando visibilidade às aprendizagens! As cores da cidade As Sensações E Os Movimentos Livres Baú de Memórias Brincadeiras com água: o fascínio da fluidez Brinquedos e brincadeiras Caixa de areia Caixas Surpresa: qual a surpresa de hoje? Caldeirão Encantado Campanha Sol, Amigo da Infância Cantar e Encantar Cantos que encantam! Circuito de Histórias Conexões entre luz, sombra e fotografia Conhecendo e explorando o rancho e os animais Consciência Fonológica, Motricidade e Estratégias Multissensoriais aplicadas à Educação Infantil 36

8 33 Construindo brinquedos nas aulas de Educação Física Construindo um Jardim Encantado Contos de fadas no mundo mágico dos castelos De quem é esse nome? Um trabalho com os nomes próprios por meio da linguagem digital Desenho com linhas Desenhos naturais Desvendando mistérios do fundo do mar (tubarões) Educação para o Trânsito Espelho, espelho meu, existe um alimento mais gostoso que o meu? Estágio O olhar adulto sem autoridade Explorando Linhas Família e escola: parceria que dá certo Fazenda: Conhecer Para Aproximar Homenagem ao Flamboyant Horseback riding Instrumentalizando A Expressão Da Aprendizagem Do Aluno Com Transtorno Do Espectro Autista Intervenção didática no período pré-silábico: situações de escrita de textos memorizados na Educação Infantil Jogar para quê? Jogos e brincadeiras à luz da neuropsicomotricidade Jogos Teatrais Na Sala De Aula Jornal: A Fantástica Fábrica de Ideias Lá no Jardim Mini-História no processo documental Movimento e Aprendizagem Nursery Rhymes: do abstrato ao concreto Nutrição: um tempero para a educação O Desenvolvimento das habilidades cognitivas, aliando estratégias da neuroaprendizagem O despertar do berçário para o mundo O Espaço Educador O espaço físico como favorecedor das brincadeiras e interação dos bebês O espaço propositor O movimento como conteúdo pedagógico em classes de crianças de 2 e 3 anos O papel das interações entre as crianças para o processo de constituição da identidade O Trabalho com os Princípios Educativos na Escola da Infância O trabalho pedagógico com nomes próprios e sua contribuição para a compreensão do sistema de escrita Olhando uns aos outros One, two, three: avaliar habilidades brincando com flashcards Organização de um Sarau: Espalhando poesia pelo mundo 52

9 71 Os centros de aprendizagem como facilitadores do desenvolvimento Os Construtores Conhecendo as ferramentas em um contexto Bilíngue Os Encantos do Nordeste Brasileiro Pedras e nossos caminhos Performances das crianças com Luzes e Sombras: Espaço, Corpo, Conhecimento e Documentação Pedagógica Pinturas legais giratórias que dão filhotes Prática Teatral Na Educação Infantil Projeto Arte urbana Projeto Da cabeça aos pés Projeto Faz De Conta... Brincar De Pizzaria Projeto Interdisciplinar CAIXALOTE, uma baleia em perigo! Projeto Mexe e Remexe Projeto Ninoca Projeto O Futebol Projeto Respeito a si e ao outro trabalho com diversidade Projeto Sexta Cultural Quadrinhas Que História Tem Aqui? Raios E Trovões Registro das vivências e descobertas das crianças na turma de berçário II Resgatando a Cultura Popular: brinquedos e brincadeiras antigas Ritual de passagem Sustentabilidade: A horta na escola e suas contribuições Trabalhando o respeito à diversidade e às diferenças na Educação Infantil Um compromisso Social: Aprendendo a lidar com o Preconceito Vivenciando através da apreciação e prática as diferentes alturas sonoras Você tem fome de quê? Yoga e os Sons: Experimentação e criação musical 64 Ensino Fundamental I 99 A Educação Musical na era da Lousa Digital A elaboração de sínteses de aula para um aprendizado significativo A Formação do Professor para a Inclusão do Aluno Especial A importância de um especialista no auxílio de atividades práticas em ciências A importância de Villa-Lobos na Educação Musical A importância do brincar no processo de ensino-aprendizagem de Língua Inglesa: vivências no Integral A Importância do laboratório de Ciências no Fundamental I A inquietude da espera: uma experiência no ensino de Arte 69

10 107 A interdisciplinaridade no projeto literário A matemática nas séries iniciais A mediação do coordenador pedagógico frente à atuação docente A Música como expoente na formação E NO protagonismo na infância A Roda de Conversa e a Reorganização do Tempo e do Espaço A Sala De Recursos Multifuncionais Como A Mola Do Tempo Memórias De Harryson Aedes Aegypti + TICs = Boas situações de aprendizagem Alfabetizando com Sítio do Picapau Amarelo Alimentação Saudável Animais Em Extinção Apresentações e Exposições na Escola: uma nova visão sobre o processo criativo Arte Egípcia Imitação do Papiro Assembleias Dramatizadas e a formação do grupo-classe Assembleias escolares um novo olhar sobre a convivência escolar no ciclo do Fundamental I Assessoria Pedagógica Planejamento, metodologia e avaliação Atendimento Hospitalar E Domiciliar Desafiando Os Limites Da Educação Especial Aulas práticas e investigativas no estudo dos vegetais Avental Matemático Basquete além da educação física Bimestrão Brincadeiras do Mundo: a exploração de movimentos e vivências de diferentes culturas Brincando com a Robótica, Aprendendo Física Brincando com os 4 elementos ateliê das crianças no Festival de Arte Serrinha Brincar com areia, água e sucata Brincriações musicais: das caixas à canção Building English Readers Camaleão: cores, formas e leituras Campanha do Agasalho Campeonato de Tabuada Cidadania Aprendendo a ser um cidadão consciente Ciência na cozinha Ciência sobre a água para o uso consciente Ciranda Cultural Como eu aprendo? A utilização da técnica de animação stopmotion na oficina de robótica Como fazer na escola uma comida DE QUE todo mundo goste? Contatos Imediatos do Primeiro Grau Corpo e movimento um festival de possibilidades Corpo, Movimento e Tecnologia 84

11 145 Criação de e-book com ênfase na produção e leitura de texto para alunos de 2º ano Criando um jornal em sala de aula: introdução à produção de texto no 1º ano Cuentacuentos: lee, inventa y cuenta CULTURE BOX Descobrindo as crianças do mundo Curadoria na escola: reflexões sobre uma mostra cultural (EI E FI) Daily Message: uma prática de letramento divertida e em formato real De onde vêm os alimentos? Desafios e encantos da inclusão de um aluno com TGD Desenho Infantil Imagem corporal Diário de Bordo Diga não ao bullying Respeito: apoio essa ideia Divisão: Distribuindo Etapas e Somando Conhecimentos Educação financeira Educação Física Escolar Educação Física: Registro de prática flexibilização curricular para alunos com NEE ENCONTRO DE FORMAÇÃO DE PAIS: As 5 linguagens do amor das crianças para uma escola Inclusiva Ensinar valores através de histórias Entre leituras, personagens, músicas e descobertas: uma volta pelo Sítio do Picapau Amarelo Entre textos, contextos e histórias: O papel do orientador educacional contemporâneo Era uma vez um gigante... Experimentos em Matemática Era Uma Vez... Desafio Da Leitura Era Uma Vez... O Encanto da Contação de História Estados Da Copa Do Mundo No Brasil Estimulando Os Sentidos, Rumo À Comunicação E Interação Estratégias e práticas pedagógicas Aula Ativa Estratégias para um bom gerenciamento de sala (Educação Bilíngue) Estudo antecipado com videoaula Experiências em três cursos a distância focados na formação de professores multiplicadores Família e Educação Inclusiva Filosofia da diferença: uma transformação metafórica Formação do leitor literário Fotoconto Francisco Brennand O Artista das Formas Fundação e desenvolvimento do município de São Paulo De colina a cidade! Geoplano Trabalhando área e perímetro Grupo de teatro Hipóteses do Desenvolvimento Gráfico Infantil Histórias de personagens através de dobraduras 100

12 183 Implantação da horta escolar e a gastronomia no município de São Vicente, em parceria com FNDE Indicações Literárias Dos Livros De Ruth Rocha Intercâmbio Cultural: A ilha do Fogo Intervenções Científicas O Pequeno Cientista Jabuticabeira a Nossa Máquina do Tempo Jogos eletrônicos em sala de aula: Minecraft e a exploração DE paisagens e biomas Jogos Na Matemática Sistema Monetário Jogos pré-desportivos para crianças de 8 a 10 anos: adaptações na aprendizagem do Voleibol Leitura em Rede Literatura e Matemática: uma parceria fantástica Ludicidade: um caminho possível para a Formação de Grupo Máquinas do tempo e a construção da identidade Maratona da matemática Mas E Agora, O Que Vamos Fazer? Mediação de leitura Minha Escola Sua Escola Conectando Culturas Com A Abordagem Do Design Thinking Museu Temporário de Brinquedos e Brincadeiras Não Confunda Nomes Próprios e Rimas Navegando pelas cores de Vlaminck Nós no Muro Arte Urbana O Apoio Pedagógico como Prática ASSERTIVA na Superação das Dificuldades dos Alunos O bairro da escola e suas paisagens: uma experiência de estudo de campo O construcionismo em sala de aula O desafio de usar diferentes linguagens na apropriação da leitura E DA escrita O Encantado Mundo das Histórias O Ensino Da Flauta Doce Por Meio De Software De Notação Musical: Uma Experiência Inovadora COM O Aluno O ensino das frações nas séries finais do Ensino Fundamental I O Maravilhoso Mundo Dos Contos De Fada E Seu Poder De Formar Leitores O mundo que não vemos, mas que existe, nossos aliados: micro-organismos O trabalho com a diversidade ETNORRACIAL na escola pública: proposta realizada nas aulas de recuperação O trabalho com as práticas morais em sala de aula O Uso Da Literatura Na Construção Da Identidade Surda Oficina de Matemática: um lugar para a prática dos jogos Os caminhos para uma Alfabetização Letrada Os Marcos culturais dos Bantos no Brasil Pequenas Mãos, Grandes corações Pequeno Leitor Photostories Uma Prática Integrada entre Artes, Informática e Inglês 116

13 221 Pinóquio uma aventura para se emocionar e escrever Poesia Concreta e a exploração de suas potências: produção coletiva, intervenções no espaço e música Poesia na escola PORTFÓLIO Contando uma história Portfólio um instrumento de avaliação formativa Práticas e Recursos Tecnológicos no 1º Ano Tema: Animais de Jardim Práticas educativas da Campanha "Sol, amigo da infância" como instrumento para o letramento Práticas educativas da Campanha "Sol, amigo da infância" focadas em ludicidade Práticas na Educação Inclusiva: Aprendendo e Ensinando Problemas sem problema! Problemas sociais, a política e o herói Produção de autoria de contos A progressão do ensino nas séries iniciais do FUNDAMENTAL I Produção textual Gênero Lendas Indígenas (DESIGN THINKING) Project Around the Globe: o uso significativo da segunda língua na Pedagogia de Projetos Projeto Avenida Paulista Projeto Cantigas Projeto Colcha de Retalhos Projeto de Contos Acumulativos Projeto de Literatura aliado a UMA mascote real Projeto de Passagem Projeto Educação Financeira Projeto English Can Be Fun Projeto Eu sou o Repórter A oralidade a favor da aprendizagem Projeto Fábulas Projeto Fotográfico: Meu olhar sobre o mundo Projeto Ler é Mais Projeto Nunca Diga Nunca Projeto Palmares: uma abordagem positiva da escravidão no Brasil Projeto SEMEANDO, em parceria com o PEHEG EAD São Vicente Projeto Travessia Qual é a nossa cor? Quando as crianças falam: momentos para a formação da unidade de grupo e de um espaço de confiança Que Frutos Podemos Colher No Quintal Do AEE? Colhendo Frutos Em Um Pomar De Possibilidades Quem tem medo de fração? Chocolate e massinha em ação! Quiz do Corpo Humano (Re)construção do Ensino de Ciências no Ensino Fundamental I Redescobrindo os dinossauros Reflexões sobre Mafalda e nossa própria identidade 133

14 259 Reflexões sobre práticas de leitura no ensino fundamental I Regras e combinados do Integral Resgatando brinquedos e brincadeiras adormecidas Residência Pedagógica: experiência de docência na formação inicial Rethink your Drink RIA Recordando a Infância e Amigos Robótica Educacional com Sucata Robótica Educacional e o Meio Ambiente Roda de conversa: Uma caixinha de surpresas Rola Bola no País da Copa Sala de Leitura Salada De Sentidos: Estimulação Sensorial Na Perspectiva Da Sala De Recursos Multifuncionais Salto em Distância: Um Pulo Para o Conhecimento Sarau de cantigas e parlendas Sarau Musical SARESP: como a escola reage a seus resultados e de que maneira estes contribuem para o trabalho institucional Sequência De Figuras Geométricas Sequência Didática Gêneros Textuais Show and tell SND e operações matemáticas de adição e subtração por meio de situações lúdicas Sol, amigo da infância Sustentabilidade Energia Teatro de Leitores Teatro Manguezal Legal Texto e design nas mãos das crianças Revista Letras e Rabiscos Trabalhando Habilidades Socioemocionais dentro do Projeto Escola de Valor Trabalho infantil no Brasil Transmitindo Conhecimentos Uso do Skype na sala de aula Valorizando a cidadania com estudo e COMPANHEIRISMO Vivenciando A Arte Xadrez! Exercício de raciocínio Ensino Fundamental II 291 3ª Tenda Literária A aprendizagem da gramática através do trabalho colaborativo A articulação entre saber acadêmico e escolar 149

15 294 A cultura paulista e a imigração italiana através do Google Art Project A Educação Democrática na Educação Social A Evolução da Espécie nos Cem Anos do Colégio Elvira Brandão A experiência da formação de um Clube da Química em um colégio de São Paulo A herança da fantasia Humana A influência dos saberes CAIÇARAS na preservação cultural, histórica e ambiental de Cananeia A música como motor para o Expressionismo Abstrato A presença da Polivalência no 6º E NO 7º anos do Ensino Fundamental II. Projeto implantado em A Robótica além dos robôs O universo de conhecimento por trás do processo de preparação para os torneios FLL A Roda de Leitura como culminância de um projeto integrado A web 2.0 e a aprendizagem histórica Abrigar o inglês na heterogeneidade Ação Do Aluno + Emoção + Mediação Do Professor + Sentidos = Aprendizagem De Matemática Ações Efetivas Visando À Verdadeira Essência Da Participação Democrática Ações Práticas do Projeto de Tutoria com Ênfase no Indivíduo e no Grupo Ações Protagonistas Acompanhando as Doze Tarefas de Hércules pela Realidade Aumentada Aprendendo ética NO FUNDAMENTAL II Uma experiência do ensino de ética com a metodologia PBL Aprender a Conviver Arte Circense (Eletiva Pirueta) Arte e Ciência: projeto Engenhocas As Cores da Química Aula Com Estações de Trabalho Avaliação Democrática História Em Ação Bambu, a madeira do futuro? Big Bang, você não morreu Blogueiros Urbanos BRASIL, Mostra Tua Cara Building Learning Caminhos do Cotidiano Mapas Poéticos de uma Cartografia Sensível Cia. de Teatro e Música do Objetivo Sorocaba ANO II Circuito Funcional: ferramenta para controle da obesidade infantil no fundamental II Coaching Educacional Cotidiano em foco: uma análise estatística da realidade Crônica en(c)ena Cuéntame Cultura Afro Nas Escolas De São Vicente/SP: Uma Formação Na Perspectiva Da Diversidade Étnica Didáticas para trabalhar as temáticas indígenas e afro-brasileiras nas escolas 164

16 332 Dinheiro Vivo Drogas y adicciones É possível uma sala de aula democrática? Educação Física Curricular Ensino Fundamental II Educação Física, a documentação pedagógica como instrumento para as reflexões sobre a prática Educomunicação na perspectiva do ensino híbrido: relato de experimentação e inovação na sala de aula EG EducAção: uma proposta de aprendizagem baseada em problemas e por projetos Eletiva Recursos HÍDRICOS Eletiva: A volta ao mundo através dos Jogos Ensinar para aprender Estratégias para o trabalho pedagógico de Ciências no 7º ano Estudo de impactos ambientais em obra do VLT vizinha do prédio do Liceu Santista Santos/SP Fatores protetores para o desenvolvimento da resiliência na adolescência Feira Cultural Século XX: um olhar diferenciado para o estudo interdisciplinar Festa das Nações DIVERSIDADE CULTURAL E FORMAÇÃO DO BRASIL Festival Cultural Cooperativo Fotojornalismo Frações e Bombons Fronteiras Culturais, vivências e produção documental Fuxicando com a Matemática GCQL Grupos de Cidadania, Qualidade de Vida e Lazer para Ensino Fundamental II Grafismo Indígena e padrões simétricos: um processo de abstração Histórias de Fantasmas Idade Média: Tecnologia E Arte Inclusão e avaliação de alunos com necessidades educacionais especiais Iniciação Científica Uma abordagem experimental para o ensino de Física e Química no EFII Intervalo Interativo Jogos de Tabuleiro Jogos Matemáticos Bingo de Potenciação Land Art Leitura: aprender a palavra, aprender o mundo Língua Portuguesa e Arte: Van Gogh na Literatura Literatura como interação cultural Made by, feito por brasileiros Maratona de Ciências Meia-Noite no Elvira Memória e tradição oral dos contos clássicos no aprendizado de língua estrangeira Menos sal, mais saúde 180

17 370 Microcomputador portátil de baixo custo desenvolvido e projetado por alunos Molière: da sala à cena Montagem de Espetáculo na Escola Peça Teatral Vestido de Chita Montagem Teatral A Arte de um Coletivo No Princípio, Era A Astronomia O circo e suas possibilidades em ginástica geral na escola O mundo dos sentidos: vista a minha pele O mundo dos Sólidos Geométricos O Negro E A Identidade Escolar: Quem Ama O Próximo Não Tem Preconceito O Uso Da Tecnologia De Forma Ética E Segura: Discussões E Reflexões Junto Aos Alunos Nos Anos Finais Oficina de Macramê A Viagem pelos Nós Oficina de Problemas Orientação de Estudos o protagonismo na aprendizagem Os caminhos para uma boa escrita Percurso Extraordinário: uma experiência integrada e não pragmática de leitura e produção de textos Perfect School Poesia e Arte Pontes de Afetividade: Uma proposição para atuação de Professores Tutores Porto Maravilha: o estudo do meio como instrumento potencializador da prática escolar Produção escrita: interface da leitura Crônica Argumentativa Projeto Casa de Repouso Dom Bosco Projeto de Aperfeiçoamento em Matemática Computacional Projeto Ditadura Civil-Militar implantada EM 1964 no Brasil Projeto Finanças Projeto Julgamento Projeto Magilendo competência leitora e escritora em todas as áreas do conhecimento Projeto MemÓrias Projeto Interdisciplinar Projeto Nossa Empresa Projeto Voluntariando-C Propostas pedagógicas no ensino de idioma estrangeiro com o uso de recursos tecnológicos Protagonizando a aprendizagem na Matemática Quem Sou Eu Diário De Adolescente Quiz CiPort Reading strategies Reflexões sobre a influência da mídia no comportamento do adolescente Reforço de alfabetização para alunos do Ensino Fundamental II Releituras de Divinas desventuras Respostas luminosas 196

18 408 Robótica: Degrau S.E.X.O Sustentabilidade, Ecologia Versus Oportunidade Sarau Literário Sensibilização do olhar: Como (re)significamos nossas relações a partir de experiências sensoriais? Seu Sorriso é o nosso Objetivo Shakespeare e Molière para alunos do Fundamental II: um diálogo possível e prazeroso Similaridades e Convergências das habilidades de Língua Portuguesa e Matemática na Área de Humanas Soma dos ângulos internos de um polígono Suas histórias por nossas mãos: ouvir, escrever e transformar as histórias dos cidadãos sorocabanos Tarefa complexa nas avaliações trimestrais Teatro de Bonecos: Uma experiência pelas linguagens da arte Tecnomundo Tempo de Eleições Trabalho Rítmico Descobrindo a LINGUAGEM do Corpo Transformando o jogo: do jogo de taco ao hóquei de salão Tutoria e Orientação Educacional uma parceria mais que possível Um olhar para nossa escola Uma nova concepção de sala de aula de Geografia: aluno protagonista, professora mediadora Uso da Internet para Publicação de Trabalhos de Ciências/Saúde: Ampliação de Alcance e Significado Uso de Google Docs nas produções escritas planejamento, acompanhamento e avaliação Vai para onde? Vale do Ribeira e São Paulo: um projeto de parceria entre duas escolas Vidas Secas, releitura para crianças Voluntariado Educativo Tenha Fé Na Vida, Tenha Fé No Amor 206 Ensino Médio matérias Anos Do Golpe Militar No Brasil A Babel Latina e suas influências culturais e linguísticas A caixa de arqueologia: cultura material na sala de aula A cidade como um instrumento de ensino-aprendizagem na educação geográfica A ciência dos superpoderes pela invenção de super-heróis A Comissão Nacional da Verdade e o Ensino de História do Brasil no Novo Telecurso A experiência da formação de um Clube da Química em um colégio de São Paulo A História da Biologia como estratégia de aprendizagem significativa de Fisiologia Humana A importância da pesquisa científica para alunos do Ensino Médio A influência dos meios de comunicação na sociedade brasileira A língua e a formação da identidade nacional: entre domínios, veredas e poderes 213

19 444 A paixão pela Biologia e o estímulo ao estudo: depoimentos de sucesso A prática no ensino de zoologia A química do prazer A reescritura do herói clássico e suas interdisciplinaridades A Última Ceia Um ensaio fotográfico a partir do âmago renascentista Abrindo janelas Minha experiência ao ensinar arte para uma aluna deficiente visual, em classe regular Anúncio Publicitário x Público-alvo: mecanismos de persuasão Arquitetando Arte Concreta, construindo formas poéticas Arte, Solidariedade & Ação As Bacantes, de Eurípedes: a catarse entre o logos e o pathos Biologia no DIA A DIA Bioportfólio: registros de pesquisa, marcas de autoria e contextualização dos conteúdos de Biologia Carrinhos Controlados por Arduíno Colar, pegar y resignificar noticias COM A PALAVRA, A IMAGEM! DA ATIVIDADE LEITORA À PRODUÇÃO ACADÊMICA Comitê de Representação Discente: ampliando o protagonismo do estudante de EM na escola Como Desenvolver Pré-Iniciação Científica No Ensino Médio Compartilhando Literatura Brasileira Construção de maquetes a partir dos biomas brasileiros Construção do plano energético de um novo país Construindo a alimentação balanceada Contextualização e Interdisciplinaridade nas aulas de CNT: Feira Cultural, Científica e de Profissões Cordel: uma viagem pela criatividade, humor e criticidade do jovem Curta um curta Dante in Company o desafio empreendedor Descobrimentos de países falantes de espanhol através de teatro Desconstruindo estereótipos com recursos multimodais nas aulas de inglês Desenvolvimento de Monografias no Colégio Santa Amália Diálogo de saberes em dupla docência Diálogos Contemporâneos: Protagonistas da cultura de paz e da liberdade Diálogos que constroem conceitos Dilemas Éticos Dimensão temporal e construção de sentido nas práticas de aprendizado: o seminário como estratégia Do Oiapoque ao Tio Sam: a americaneidade e suas representações românticas Do plano para o espaço: uma proposta de introdução à geometria espacial Édipo rei: história, cultura e reescritura dos mitos e valores gregos na atualidade Eletiva Papo Reto 229

20 482 Ensaios Diplomáticos Ensino Híbrido: Rotação por Estações em uma aula de matemática Ensino por meio de pesquisa na Educação Básica: procedimentos detalhados Escrita Criativa: Usando A Imaginação Para Achar A Sua Voz Esquema Tático no Basquetebol: análise a partir da câmera GoPro Estudo do Meio nas Cidades Históricas de Minas Gerais: Perspectiva Multidisciplinar e Autoral Feira sobre cidades americanas uma experiência com foco no sentido da redação Festival de Cinema/Curtas-Metragens GDVITO Filosofia aprendizagem em construção Filosofia e experiência estética: aprendendo com a literatura Filosofísica Física E Literatura: Furtivas Relações Games & Puzzles Gêneros Opinativos Midiáticos Geografia literária: literatura na (da) vida, geografia que contextualiza e (re)humaniza Geometrando Grêmio além do lazer Hoje é dia de Rock, bebê! Inevitável (Vida e Morte) Inglês Multidisciplinar: We study music, arts and the cinema! Intervenções urbanísticas em áreas de falência da cidadania Jornal da História Jovens do futuro: a importância da escola pública na escolha profissional Livro: a produção autoral como potencializadora da dimensão cultural dos alunos do Ensino Médio Matemática e a Didática da Autonomia Tratamento da Informação Mobilidade Urbana: a bicicleta como meio de transporte, lazer e benefício para a qualidade de vida Musicando a História: encenando e cantando Chico Buarque O desenvolvimento da autonomia de estudante como ferramenta para o bom desempenho acadêmico O fantástico na sala de aula: a experiência de produção de um livro O Livro E A Leitura: A Dialética Entre Literatura E Arte Tecnológica O mundo de Pachacutec: Corpo e alma da sociedade peruana O Réquiem de Lamarck Observasom: Conceitos da Ondulatória nos instrumentos musicais Os menestréis contemporâneos Palavras Cantadas e Encantadas Participar de Competições: Uma Possibilidade Para Ampliar Nossas Oportunidades De Ensino E APRENDIZAGEM Pensando no sentido do balanceamento das equações químicas através de simuladores Percebendo o que sei, elaborando hipóteses e interligando conceitos: Uma proposta para aulas de Física 245

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2010.2

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2010.2 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Carga Horária: 30 h/a Prática: 30 h/a Créditos: 4 A biologia educacional e os fundamentos da educação. As bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano. A dimensão

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA 1 CURSO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INVESTIGAÇÃO DA PRÁTICA DOCENTE I... 4 02 LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO... 4 03 PROFISSIONALIDADE DOCENTE... 4 04 RESPONSABILIDADE

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL... 4 02 INVESTIGAÇÃO PEDAGÓGICA: DIVERSIDADE CULTURAL NA APRENDIZAGEM... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA...

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1A

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1A 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Prática: 15 h/a Carga Horária: 60 h/a Créditos: 4 A biologia educacional e os fundamentos da educação. As bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano. A dimensão

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID DETALHAMENTO DO SUBPROJETO 1. Unidade: 2. Área do Subprojeto: Dourados 3. Curso(s) envolvido(s) na proposta: Pedagogia Obs.: Para proposta

Leia mais

Possibilidades e desafios do Coordenador Pedagógico e a interface das práticas educativas

Possibilidades e desafios do Coordenador Pedagógico e a interface das práticas educativas Possibilidades e desafios do Coordenador Pedagógico e a interface das práticas educativas Encontro 2 Coordenadores Pedagógicos CEFOR 05 de Junho 2013 Pauta Acolhimento Leitura deleite Apresentação / entrevista

Leia mais

Plano de Trabalho Docente - 2014. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente - 2014. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente - 2014 Ensino Médio Código: 0262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Área de Conhecimento: Linguagens, códigos e suas tecnologias. Componente Curricular: Artes Série:

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE PEDAGOGIA Disciplina: Comunicação e Expressão Ementa: A leitura como vínculo leitor/texto através do conhecimento veiculado pelo texto escrito. Interpretação:

Leia mais

PROJETO ANIMAIS. 1. Tema: O mundo dos animais. Área de abrangência: 2. Duração: 01/06 a 30/06. 3. Apresentação do projeto:

PROJETO ANIMAIS. 1. Tema: O mundo dos animais. Área de abrangência: 2. Duração: 01/06 a 30/06. 3. Apresentação do projeto: PROJETO ANIMAIS 1. Tema: O mundo dos animais Área de abrangência: (x) Movimento (x) Musicalização (x) Artes Visuais (x) Linguagem Oral e Escrita (x) Natureza e Sociedade (x) Matemática 2. Duração: 01/06

Leia mais

3 a 5. 6 a 10. 11 a 14. Faixa Etária Prevista. Etapa de Ensino. Duração. Educação Infantil. anos. Ensino Fundamental: Anos Iniciais. 5 anos.

3 a 5. 6 a 10. 11 a 14. Faixa Etária Prevista. Etapa de Ensino. Duração. Educação Infantil. anos. Ensino Fundamental: Anos Iniciais. 5 anos. Etapa de Ensino Faixa Etária Prevista Duração Educação Infantil 3 a 5 anos Ensino Fundamental: Anos Iniciais 6 a 10 anos 5 anos Ensino Fundamental: Anos Finais 11 a 14 anos 4 anos EDUCAÇÃO INFANTIL EDUCAÇÃO

Leia mais

VISÃO: ser referência na comunidade na área de educação Infantil

VISÃO: ser referência na comunidade na área de educação Infantil VISÃO: ser referência na comunidade na área de educação Infantil NOSSA MISSÃO: Por meio da educação formar cidadãos felizes, independentes, éticos e solidários VALORES: Respeito, honestidade, boa moral

Leia mais

Rotinas da escola e da sala de aula: possibilidades de organização do trabalho pedagógico na perspectiva do letramento. Prof. Juliana P.

Rotinas da escola e da sala de aula: possibilidades de organização do trabalho pedagógico na perspectiva do letramento. Prof. Juliana P. Rotinas da escola e da sala de aula: possibilidades de organização do trabalho pedagógico na perspectiva do letramento Prof. Juliana P. Viecheneski O que nos vem à mente quando falamos em rotina? Na prática

Leia mais

GRUPO FRESTAS: FORMAÇÃO E RESSIGNIFICAÇÃO DO EDUCADOR: SABERES, TROCA, ARTE E SENTIDOS

GRUPO FRESTAS: FORMAÇÃO E RESSIGNIFICAÇÃO DO EDUCADOR: SABERES, TROCA, ARTE E SENTIDOS Eixo: Políticas para a Infância e Formação de Professores Contempla as produções acadêmico-científicas que tratam de ações políticas e legislações referentes à Educação Infantil e a infância. Aborda pesquisas

Leia mais

ANEXO E: EMENTÁRIO DO CURRÍCULO 13

ANEXO E: EMENTÁRIO DO CURRÍCULO 13 ANEXO E: EMENTÁRIO DO CURRÍCULO 13 I CICLO DE ESTUDOS INTERDISCIPLINARES (1º e 2º semestres): FUNDAMENTOS DA FORMAÇÃO DO PEDAGOGO EMENTÁRIO: O I Ciclo do Curso de Pedagogia do UniRitter desenvolve os fundamentos

Leia mais

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA E GRADUAÇÃO: UMA ARTICULAÇÃO POSSÍVEL NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES

Leia mais

Núcleo de Educação Infantil Solarium

Núcleo de Educação Infantil Solarium 0 APRESENTAÇÃO A escola Solarium propõe um projeto de Educação Infantil diferenciado que não abre mão do espaço livre para a brincadeira onde a criança pode ser criança, em ambiente saudável e afetivo

Leia mais

Portal de conteúdos Linha Direta

Portal de conteúdos Linha Direta Portal de conteúdos Linha Direta Tecnologias Educacionais PROMOVEM SÃO Ferramentas Recursos USADAS EM SALA DE AULA PARA APRENDIZADO SÃO: Facilitadoras Incentivadoras SERVEM Necessárias Pesquisa Facilitar

Leia mais

Áfricas no Brasil: aprendendo sobre os sons, as cores, as imagens e os sabores

Áfricas no Brasil: aprendendo sobre os sons, as cores, as imagens e os sabores Áfricas no Brasil: aprendendo sobre os sons, as cores, as imagens e os sabores Rosália Diogo 1 Consideramos que os estudos relacionados a processos identitários e ensino, que serão abordados nesse Seminário,

Leia mais

SÍNTESE DOS PROJETOS DESENVOLVIDOS NA ESCOLA.

SÍNTESE DOS PROJETOS DESENVOLVIDOS NA ESCOLA. SÍNTESE DOS PROJETOS DESENVOLVIDOS NA ESCOLA. Caracterização da Escola. A escola define se como fonte de cultura e vida, subsidiando o indivíduo para exercer o papel participativo, consciente e crítico,

Leia mais

A importância da leitura na fase infantil.

A importância da leitura na fase infantil. EDIÇÃO II VOLUME 3 01/04/2011 A importância da leitura na fase infantil. O desenvolvimento de interesses e hábitos permanentes de leitura é um processo constante, que principia no lar, aperfeiçoa-se sistematicamente

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM EDUCAÇÃO INFANTIL: RELATOS DE EXPERIÊNCIAS DA PRÁTICA DOCENTE

ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM EDUCAÇÃO INFANTIL: RELATOS DE EXPERIÊNCIAS DA PRÁTICA DOCENTE 1 ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM EDUCAÇÃO INFANTIL: RELATOS DE EXPERIÊNCIAS DA PRÁTICA DOCENTE Natália Maria G. Dantas de Santana- UAE/CFP/UFCG Mayrla Marla Lima Sarmento-UAE/CFP/UFCG Maria Thaís de Oliveira

Leia mais

DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA - 2008. Disciplinas Teórica Prática Estágio Total. 1º Período

DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA - 2008. Disciplinas Teórica Prática Estágio Total. 1º Período MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700. Alfenas/MG. CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 15:06

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 15:06 Curso: 9 DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Centro de Ciências da Educação Pedagogia (Noturno) Ano/Semestre: 0/ 09/0/0 :06 s por Curso Magistério: Educação Infantil e Anos Iniciais do Ens. Fundamental CNA.0.00.00-8

Leia mais

AULA 05. Profª Matilde Flório EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PARA EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL PMSP-DOT- 2008

AULA 05. Profª Matilde Flório EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PARA EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL PMSP-DOT- 2008 AULA 05 Profª Matilde Flório EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PARA EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL PMSP-DOT- 2008 FÁBRICA DE IDÉIAS PEDAGÓGICAS CONCURSO PMSP FUND II 2011 (em parceria com a APROFEM e o Jornal dos Concursos)

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2004.1. Disciplinas do Núcleo Comum 01 ANTROPOLOGIA CULTURAL

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2004.1. Disciplinas do Núcleo Comum 01 ANTROPOLOGIA CULTURAL Disciplinas do Núcleo Comum 01 ANTROPOLOGIA CULTURAL Fase: 1ª Carga Horária: 30 h/a Prática: 10 h/a Créditos: 2 : A Antropologia enquanto ciência e seus principais ramos. Metodologia da pesquisa em Antropologia

Leia mais

ASSESSORIA PEDAGÓGICA PORTFÓLIO DE PALESTRAS E OFICINAS

ASSESSORIA PEDAGÓGICA PORTFÓLIO DE PALESTRAS E OFICINAS Dificuldades de Palestra EF e EM Todas Conscientizar sobre as dificuldades de aprendizagem aprendizagem que podem ser manifestadas pelos alunos numa sala de aula e sugerir ações de encaminhamento, conforme

Leia mais

CETEB. A adolescência e o ensino da língua inglesa 60. A aprendizagem criativa e o prazer de aprender 45. A comunicação em sala de aula 300

CETEB. A adolescência e o ensino da língua inglesa 60. A aprendizagem criativa e o prazer de aprender 45. A comunicação em sala de aula 300 Governo do Distrito Federal Secretaria de Estado de Educação Subsecretaria de Gestão dos Profissionais da Educação Coordenação de Administração de Pessoas Instituição CETEB A adolescência e o ensino da

Leia mais

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS 1 ano

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS 1 ano EDUCAÇÃO INFANTIL Maceió, 02 de outubro de 2015. GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS 1 ano Senhores pais ou responsáveis Seguem abaixo os temas, objetivos, atividades e evento de culminância dos projetos a serem

Leia mais

UNIDADE CACHOEIRINHA CIRCULAR 02/2014. Manaus, 29 de julho de 2014. Prezados Responsáveis,

UNIDADE CACHOEIRINHA CIRCULAR 02/2014. Manaus, 29 de julho de 2014. Prezados Responsáveis, UNIDADE CACHOEIRINHA Manaus, 29 de julho de 2014. CIRCULAR 02/2014 Prezados Responsáveis, Iniciamos os testes do 2º semestre escolar e aproveitamos a oportunidade para agradecer a parceria e confiança

Leia mais

A ARTE DE BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Estudante de Pedagogia pela FECLESC / UECE Resumo

A ARTE DE BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Estudante de Pedagogia pela FECLESC / UECE Resumo A ARTE DE BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL Maria Elany Nogueira da Silva Estudante de Pedagogia pela FECLESC / UECE Resumo Este presente artigo pretende refletir idéias sobre o brincar na Educação Infantil,

Leia mais

I - FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

I - FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA I - FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA O Colégio Ceom, fundamenta seu trabalho educacional na área da Educação Infantil, Ensino Fundamental I, Fundamental II e Ensino Médio, a partir das teorias de Jean Piaget e Emília

Leia mais

Educação Infantil, que espaço é este?

Educação Infantil, que espaço é este? Educação Infantil, que espaço é este? O material do sistema de ensino Aprende Brasil de Educação Infantil foi elaborado a fim de oferecer subsídios para reflexões, informações e sugestões que auxiliem

Leia mais

A Cobronça, a Princesa e a Surpresa

A Cobronça, a Princesa e a Surpresa elaboração: PROF. DR. JOSÉ NICOLAU GREGORIN FILHO A Cobronça, a Princesa e a Surpresa escrito por & ilustrado por Celso Linck Fê Os Projetos de Leitura: concepção Buscando o oferecimento de subsídios práticos

Leia mais

INFORMATIVO 2015 GRUPO 3

INFORMATIVO 2015 GRUPO 3 INFORMATIVO 2015 GRUPO 3 3 Considerar a criança como sujeito é levar em conta, nas relações que com ela estabelecemos, que ela tem desejos, ideias, opiniões, capacidade de decidir, de criar, e de inventar,

Leia mais

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim I

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim I EDUCAÇÃO INFANTIL Maceió, 12 de março de 2015. GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim I Senhores pais ou responsáveis Iniciamos esta semana os projetos pedagógicos do 1 Trimestre letivo. As turmas de Jardim

Leia mais

MATERNAL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

MATERNAL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações;

Leia mais

]ÉÜÇtÄ wt XávÉÄt. Nossas ações durante o ano de 2013. Informativo Anual das ações da ESCOLA MUNICIPAL DR. ANTÔNIO RIBEIRO. Leitura livre.

]ÉÜÇtÄ wt XávÉÄt. Nossas ações durante o ano de 2013. Informativo Anual das ações da ESCOLA MUNICIPAL DR. ANTÔNIO RIBEIRO. Leitura livre. ]ÉÜÇtÄ wt XávÉÄt Informativo Anual das ações da ESCOLA MUNICIPAL DR. ANTÔNIO RIBEIRO. ANO 2013-1ª EDIÇÃO A equipe gestora está sempre preocupada com o desempenho dos alunos e dos educadores, evidenciando

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR 1.ª SÉRIE DE OFERTA 99-8791-04 DIDÁTICA 160 0 160 99-8792-04

MATRIZ CURRICULAR 1.ª SÉRIE DE OFERTA 99-8791-04 DIDÁTICA 160 0 160 99-8792-04 Curso: Graduação: Regime: Duração: PEDAGOGIA LICENCIATURA PLENA MATRIZ CURRICULAR SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 04 (QUATRO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO

Leia mais

Projeto: Teatro Infantil

Projeto: Teatro Infantil Cooperativa de Ensino e Cultura de Santa Rita Projeto: Teatro Infantil O teatro é a poesia que sai do livro e se faz humana. (Frederico Garcia Lorca) 1 Unidade Executora: Coordenação Pedagógica, Grupo

Leia mais

INFORMATIVO 2015 GRUPO

INFORMATIVO 2015 GRUPO INFORMATIVO 2015 GRUPO 5 Considerar a criança como sujeito é levar em conta, nas relações que com ela estabelecemos, que ela tem desejos, ideias, opiniões, capacidade de decidir, de criar, e de inventar,

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL

DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO - FNDE PROINFÂNCIA BAHIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA FACULDADE DE EDUCAÇÃO - FACED DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Carga Horária: 60 h Prática: 15 h Créditos: 4 A Biologia e o educador. Herança e meio, a hereditariedade. Reprodução humana. As funções vegetativas (digestão e alimentos,

Leia mais

O LÚDICO: JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS NA CONSTRUÇÃO DO PROCESSO DE APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Simone Helen Drumond Ischkanian

O LÚDICO: JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS NA CONSTRUÇÃO DO PROCESSO DE APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Simone Helen Drumond Ischkanian O LÚDICO: JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS NA CONSTRUÇÃO DO PROCESSO DE APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL. O projeto - o lúdico: jogos, brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprendizagem

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DAS ATIVIDADES LÚDICAS NO PPROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

A IMPORTÂNCIA DAS ATIVIDADES LÚDICAS NO PPROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL A IMPORTÂNCIA DAS ATIVIDADES LÚDICAS NO PPROCESSO DE Resumo ALFABETIZAÇÃO NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL NICOLITTO, Mayara Cristina UEPG maycris_nic@hotmail.com CAMPOS, Graziela Vaneza de UEPG

Leia mais

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades;

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades; INFANTIL II OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações:

Leia mais

Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio. Eu me remexo muito. E onde eu chego?

Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio. Eu me remexo muito. E onde eu chego? Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio Rua Tonelero, 56 Copacabana RJ site:www.redesagradorj.com.br / e-mail:cscm@redesagradorj.com.br Eu me remexo muito. E onde eu chego? Turma: Maternal II A Professora

Leia mais

5 201 O LI Ó RTF PO 1

5 201 O LI Ó RTF PO 1 1 PORTFÓLIO 2015 Um pouco da trajetória do Colégio Ação1 QUANDO TUDO COMEÇOU 1993 Experientes profissionais fundaram, no bairro do Méier, a primeira unidade da rede Ação1. O foco do trabalho era a preparação

Leia mais

Quadro de Articulação dos Projetos Estruturantes - Ensino Fundamental

Quadro de Articulação dos Projetos Estruturantes - Ensino Fundamental Quadro de Articulação dos Projetos Estruturantes - Ensino Fundamental Projetos Estruturantes Articulados Gestão da Aprendizagem Escolar (GESTAR) Programa Mais Educação (PME) Articulações Possíveis Fortalecimento

Leia mais

Alessandra Santana. Angélica Cristina da Silva Freire

Alessandra Santana. Angélica Cristina da Silva Freire Câmpus Alfenas 28 de novembro de 2011 SUMÁRIO Alessandra Santana... 2 Angélica Cristina da Silva Freire... 2 Bárbara Luiza Novais... 3 Bruna Aparecida Reis... 3 Carolina Esteves Martins... 4 Celsianne

Leia mais

PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez.

PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez. PROJETO DE LEITURA E ESCRITA Era uma vez... E conte outra vez. CARACTERIZAÇÃO DO PROJETO TEMA; PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez. INSTITUIÇÃO Escola Estadual Lino Villachá

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL. www.dombosco.sebsa.com.br/colegio

ENSINO FUNDAMENTAL. www.dombosco.sebsa.com.br/colegio ENSINO FUNDAMENTAL www.dombosco.sebsa.com.br/colegio Sala de aula 1º ao 5ª ano Os alunos do Colégio Dom Bosco desfrutam de uma ampla estrutura física, totalmente projetada para atender todas as necessidades

Leia mais

VIVENCIANDO MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA BIBLIOTECA ESCOLAR: EXPERIÊNCIA DO PIBID/UEMS/PEDAGOGIA

VIVENCIANDO MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA BIBLIOTECA ESCOLAR: EXPERIÊNCIA DO PIBID/UEMS/PEDAGOGIA VIVENCIANDO MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA BIBLIOTECA ESCOLAR: EXPERIÊNCIA DO PIBID/UEMS/PEDAGOGIA Gabriela Arcas de Oliveira¹; Joice Gomes de Souza²; Giana Amaral Yamin³. UEMS- CEP, 79804970- Dourados-MS, ¹Bolsista

Leia mais

PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE

PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE 1. JUSTIFICATIVA A região do Baixo Tocantins apresenta-se na área cultural e artística, é um grande celeiro de talentos, que vem enraizado culturalmente em nosso povo,

Leia mais

CURRÍCULO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

CURRÍCULO NA EDUCAÇÃO INFANTIL CURRÍCULO NA EDUCAÇÃO INFANTIL Claudia Maria da Cruz Consultora Educacional FEVEREIRO/2015 CURRÍCULO NA EDUCAÇÃO INFANTIL A ênfase na operacionalização escrita dos documentos curriculares municipais é

Leia mais

Relatório de Grupo. 1º Semestre/2015

Relatório de Grupo. 1º Semestre/2015 Relatório de Grupo 1º Semestre/2015 Turma: Maternal B Professora: Larissa Galvão de Lima Professora auxiliar: Giseli Jancoski Floriano Coordenação: Lucy Ramos Torres Professora: Eleonora Dantas Brum Professora

Leia mais

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades;

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades; INFANTIL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações:

Leia mais

Trabalhos Aprovados: Eixo: Educação Infantil Manhã (8:30 às 12:00hrs.) Sala 26

Trabalhos Aprovados: Eixo: Educação Infantil Manhã (8:30 às 12:00hrs.) Sala 26 AS APRESENTAÇÕES ACONTECERÃO DIA 20/05 (QUARTA-FEIRA), NO PERÍODO DA MANHÃ E DA TARDE! Trabalhos Aprovados: Eixo: Educação Infantil Manhã (8:30 às 12:00hrs.) Sala 26 s: Práticas na leitura e escrita na

Leia mais

Índice remissivo - 2011 Assunto

Índice remissivo - 2011 Assunto Índice remissivo - 2011 Assunto Conheça as seções da revista AMAE Educando e as matérias publicadas em cada uma. ALFABETIZAÇÃO INTERAGINDO COM AS PALAVRAS. n. 380. p. 18/22. ARTE ARTE SEM AMARRAS. n. 384.

Leia mais

OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL. A prática da educação infantil deve se organizar de modo que as crianças desenvolvam as seguintes capacidades:

OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL. A prática da educação infantil deve se organizar de modo que as crianças desenvolvam as seguintes capacidades: OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL V - 2012 A prática da educação infantil deve se organizar de modo que as crianças desenvolvam as seguintes capacidades:

Leia mais

1. Centro para a Juventude. 199 jovens frequentaram os cursos de:

1. Centro para a Juventude. 199 jovens frequentaram os cursos de: Relatório Despertar 2014 2 Apoiada na crença de que é possível contribuir para o desenvolvimento humano na totalidade dos seus potenciais, a Associação Comunitária Despertar, realiza anualmente ações que

Leia mais

As crianças, a cultura. Lisandra Ogg Gomes

As crianças, a cultura. Lisandra Ogg Gomes As crianças, a cultura lúdica e a matemática Lisandra Ogg Gomes Aprendizagens significativas: Como as crianças pensam o cotidiano e buscam compreendê-lo? (Caderno de Apresentação, 2014, p. 33). O que as

Leia mais

ampliação dos significados. conhecedor fruidor decodificador da obra de arte

ampliação dos significados. conhecedor fruidor decodificador da obra de arte Comunicação O ENSINO DAS ARTES VISUAIS NO CONTEXTO INTERDISCIPLINAR DA ESCOLA ALMEIDA, Maria Angélica Durães Mendes de VASONE, Tania Abrahão SARMENTO, Colégio Hugo Palavras-chave: Artes visuais Interdisciplinaridade

Leia mais

ANEXO VIII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 001/15 COTAÇÃO ESTIMADA

ANEXO VIII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 001/15 COTAÇÃO ESTIMADA ANEXO VIII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 001/15 COTAÇÃO ESTIMADA 1. DO OBJETO Constitui-se como objeto da Ata de Registro de Preço a aquisição de materiais didáticos e paradidáticos em tecnologia educacional para

Leia mais

EXPERIÊNCIAS DE LEITURA, ESCRITA E MÚSICA

EXPERIÊNCIAS DE LEITURA, ESCRITA E MÚSICA EXPERIÊNCIAS DE LEITURA, ESCRITA E MÚSICA Aline Mendes da SILVA, Marcilene Cardoso da SILVA, Reila Terezinha da Silva LUZ, Dulcéria TARTUCI, Maria Marta Lopes FLORES, Departamento de Educação UFG - Campus

Leia mais

Língua Portuguesa. Expectativas de aprendizagem. Expressar oralmente seus desejos, sentimentos, idéias e pensamentos.

Língua Portuguesa. Expectativas de aprendizagem. Expressar oralmente seus desejos, sentimentos, idéias e pensamentos. Língua Portuguesa As crianças do 1º ano têm o direito de aprender e desenvolver competências em comunicação oral, em ler e escrever de acordo com suas hipóteses. Para isto é necessário que a escola de

Leia mais

Relat a óri r o Despert r ar r 2 013

Relat a óri r o Despert r ar r 2 013 Relatório Despertar 2013 2 Apoiada na crença de que é possível contribuir para o desenvolvimento humano na totalidade dos seus potenciais, a Associação Comunitária Despertar, realiza anualmente ações que

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.638, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.638, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.638, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura

Leia mais

2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE 9 ANOS Professoras regentes: Ana Paula, Kellen, Maristela e Waléria

2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE 9 ANOS Professoras regentes: Ana Paula, Kellen, Maristela e Waléria COLÉGIO NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO IRMÃS DOMINICANAS Curitiba, 15 de março de 2012. Senhores pais ou responsáveis, Enviamos-lhes o cronograma do que vai ser trabalhado nesta 1ª Etapa no 2º ano. O cronograma

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES Disciplina: Linguagem. Períodos: Infantil 4 1º, 2º, 3º. Conteúdo

DIRETRIZES CURRICULARES Disciplina: Linguagem. Períodos: Infantil 4 1º, 2º, 3º. Conteúdo Linguagem Letras do alfabeto Nome próprio, nome da escola, histórias Nome das profissões, histórias, músicas Histórias, nome das plantas Histórias em quadrinho, brincadeiras, nome dos brinquedos Nome dos

Leia mais

REFERENCIAL CURRICULAR NACIONAL PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL

REFERENCIAL CURRICULAR NACIONAL PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL REFERENCIAL CURRICULAR NACIONAL PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL Maria dos Prazeres Nunes 1 INTRODUÇÃO No Brasil a expansão da educação ocorre de forma lenta, mas, crescente nas últimas décadas. Com base nas determinações

Leia mais

Leitura e Literatura

Leitura e Literatura MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICAB Diretoria de Políticas de Formação, Materiais Didáticos e de Tecnologias para Educação BásicaB Leitura e Literatura Dia e Semana Nacional da Leitura

Leia mais

JUSTIFICATIVA E ARTICULAÇÃO COM O PROJETO PEDAGÓGICO:

JUSTIFICATIVA E ARTICULAÇÃO COM O PROJETO PEDAGÓGICO: DENOMINAÇÃO DO PROJETO : Convivência Social, Ética e Valores Humanos na Educação Infantil INÍCIO EM: 06 e 07 / 02 / 12 TÉRMINO EM : 05 / 12 / 12 TOTAL DE 156 HORAS Nunca estamos preparados para a surpresa

Leia mais

Projetos. Outubro 2012

Projetos. Outubro 2012 Projetos Outubro 2012 Assunto de gente grande para gente pequena. No mês de outubro os brasileiros foram às urnas para eleger prefeitos e vereadores e a Turma da Lagoa não poderia ficar fora deste grande

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DOCÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DOCÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DOCÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. APRESENTAÇÃO Este curso, que ora apresentamos, insere-se como mais uma ação na perspectiva da formação do educador e destina-se a especializar

Leia mais

A BONITEZA DO OLHAR INFANTIL NA PERSPECTIVA EMANCIPADORA: Ensinar e aprender em diálogo com os saberes das crianças

A BONITEZA DO OLHAR INFANTIL NA PERSPECTIVA EMANCIPADORA: Ensinar e aprender em diálogo com os saberes das crianças A BONITEZA DO OLHAR INFANTIL NA PERSPECTIVA EMANCIPADORA: Ensinar e aprender em diálogo com os saberes das crianças PADILHA, Aparecida Arrais PMSP cidarrais@yahoo.com.br Resumo: Este artigo apresenta uma

Leia mais

ALFABETIZAÇÃO INTERDISCIPLINAR COM A LENDA DO BOTO RESUMO

ALFABETIZAÇÃO INTERDISCIPLINAR COM A LENDA DO BOTO RESUMO ALFABETIZAÇÃO INTERDISCIPLINAR COM A LENDA DO BOTO RESUMO Cristina Maria da Silva Lima cris86lima@yahoo.com.br Diana Gonçalves dos Santos dianasantos07@gmail.com (IEMCI/UFPA) Este estudo apresenta um relato

Leia mais

PROJETO RECICLAGEM. 1. Tema: Reciclar é bom, Reutilizar é melhor e Reduzir é melhor ainda. Área de abrangência: 2. Duração: 01 /03 a 31/03

PROJETO RECICLAGEM. 1. Tema: Reciclar é bom, Reutilizar é melhor e Reduzir é melhor ainda. Área de abrangência: 2. Duração: 01 /03 a 31/03 PROJETO RECICLAGEM 1. Tema: Reciclar é bom, Reutilizar é melhor e Reduzir é melhor ainda. Área de abrangência: (x) Movimento (x) Musicalização (x) Artes Visuais (x) Linguagem Oral e Escrita (x) Natureza

Leia mais

Currículo Referência em Artes Visuais Ensino Médio

Currículo Referência em Artes Visuais Ensino Médio Currículo Referência em Artes Visuais Ensino Médio 1º ANO - ENSINO MÉDIO Objetivos Conteúdos Expectativas - Conhecer a área de abrangência profissional da arte e suas características; - Reconhecer e valorizar

Leia mais

PROJETO INTERDISCIPLINAR BALAIO DE IDEIAS

PROJETO INTERDISCIPLINAR BALAIO DE IDEIAS PROJETO INTERDISCIPLINAR BALAIO DE IDEIAS 6º ANO / ENSINO FUNDAMENTAL Goiânia, 2014 COLÉGIO AGOSTINIANO NOSSA SENHORA DE FÁTIMA A maior riqueza de um país é a sua cultura I. APRESENTAÇÃO No decorrer do

Leia mais

Quatro coordenadas para o andamento da educação musical

Quatro coordenadas para o andamento da educação musical Quatro coordenadas para o andamento da educação musical Léa Pintor Martins de Arruda Maria Angela de Souza Lima Rizzi O trabalho realizado com os educadores, pela equipe da Associação Arte Despertar no

Leia mais

A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL EVELISE RAQUEL DE PONTES (UNESP). Resumo O ato de contar histórias para crianças da educação infantil é a possibilidade de sorrir, criar, é se envolver com

Leia mais

Entusiasmo diante da vida Uma história de fé e dedicação aos jovens

Entusiasmo diante da vida Uma história de fé e dedicação aos jovens Entusiasmo diante da vida Uma história de fé e dedicação aos jovens A obra salesiana teve início em Turim, na Itália, onde Dom Bosco colocou em prática seus ideais de educação associados ao desenvolvimento

Leia mais

DURAÇÃO APROXIMADAMENTE 15 MESES

DURAÇÃO APROXIMADAMENTE 15 MESES GRUPO SANTA RITA INSCRIÇÕES ABERTAS! PÓS-GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU CONTAÇÃO DE MENSALIDADE R e R$ MEC CURSOS AUTORIZADOS s o lu ç ã o C N E /C n ES 1, º. 7 129, /2 6 / 8 HISTÓRIAS música, dança,

Leia mais

Proposta Pedagógica. Buscando atender às necessidades da comunidade local, o Colégio La Salle Brasília oferece educação infantil, fundamental e médio.

Proposta Pedagógica. Buscando atender às necessidades da comunidade local, o Colégio La Salle Brasília oferece educação infantil, fundamental e médio. Proposta Pedagógica Visão: Ser um centro de excelência em Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio que busca alcançar a utopia que tem de pessoa e sociedade, segundo os critérios do evangelho, vivenciando

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE MATERNAL I

PLANEJAMENTO ANUAL DE MATERNAL I COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE MATERNAL I SÉRIE: EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL

Leia mais

CAMPANHA NACIONALDE ESCOLAS DA COMUNIDADE - CNEC FACULDADE CENECISTA DE CAMPO LARGO FACECLA CURSO DE PEDAGOGIA

CAMPANHA NACIONALDE ESCOLAS DA COMUNIDADE - CNEC FACULDADE CENECISTA DE CAMPO LARGO FACECLA CURSO DE PEDAGOGIA CAMPANHA NACIONALDE ESCOLAS DA COMUNIDADE - CNEC FACULDADE CENECISTA DE CAMPO LARGO FACECLA CURSO DE PEDAGOGIA O curso de Pedagogia, Licenciatura da FACECLA de acordo com as Diretrizes Curriculares de

Leia mais

A FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFESSORES E A EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO MUNICIPIO DE MOSSORÓ

A FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFESSORES E A EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO MUNICIPIO DE MOSSORÓ A FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFESSORES E A EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO MUNICIPIO DE MOSSORÓ Selma Andrade de Paula Bedaque 1 - UFRN RESUMO Este artigo relata o desenvolvimento do trabalho de formação de educadores

Leia mais

Projeto Educação Infantil 2011. Walter Armellei Júnior - diretor Alessandra Thomaz Vicente Lee - coordenadora

Projeto Educação Infantil 2011. Walter Armellei Júnior - diretor Alessandra Thomaz Vicente Lee - coordenadora Projeto Educação Infantil 2011 Walter Armellei Júnior - diretor Alessandra Thomaz Vicente Lee - coordenadora 1ª parte Fundamentação e escolhas de linha de atuação Fundamentação e escolhas de linha de atuação

Leia mais

HISTÓRIA EM QUADRINHO: A CRIAÇÃO E A EXPRESSÃO NA WEB

HISTÓRIA EM QUADRINHO: A CRIAÇÃO E A EXPRESSÃO NA WEB HISTÓRIA EM QUADRINHO: A CRIAÇÃO E A EXPRESSÃO NA WEB Luzivone Lopes GOMES - PPGFP UEPB luzivone@gmail.com Kennedy Machado OLIVIERA prof.kennedy@hotmail.com RESUMO: Este artigo trata de um relato de experiência

Leia mais

Palavras chaves: espaço público, cidadania, educação, arte.

Palavras chaves: espaço público, cidadania, educação, arte. 1 ESPORTE, ARTE E EDUCAÇÃO INTERVENÇÕES EM UM ESPAÇO PÚBLICO Profª Ketlin Elisa Thomé Wenceslau Fiocco Resumo: Todos os anos o Colégio Arautos organiza um projeto interdisciplinar que tem como proposta

Leia mais

PROJETO A SER DESENVOLVIDO PELA ACADÊMICA DO CURSO DE CAPACITAÇÃO ATENA CURSOS-SC. MARA REGINA MACHADO

PROJETO A SER DESENVOLVIDO PELA ACADÊMICA DO CURSO DE CAPACITAÇÃO ATENA CURSOS-SC. MARA REGINA MACHADO 1 PROJETO A SER DESENVOLVIDO PELA ACADÊMICA DO CURSO DE CAPACITAÇÃO ATENA CURSOS-SC. MARA REGINA MACHADO TRANSTORNOS NA APRENDIZAGEM. Passo Fundo, dezembro 2014. 2 TRANSTORNOS NA APRENDIZAGEM Professora:

Leia mais

Curso: Pedagogia ( 1 ª Licenciatura) I Bloco. Fundamentos Epistemológicos de Pedagogia 60 horas

Curso: Pedagogia ( 1 ª Licenciatura) I Bloco. Fundamentos Epistemológicos de Pedagogia 60 horas Curso: Pedagogia ( 1 ª Licenciatura) I Bloco Fundamentos Epistemológicos de Pedagogia 60 horas Metodologia Científica 60 horas História da Educação 60 horas Sociologia da Educação I 60 horas Filosofia

Leia mais

Os Amigos do Pedrinho

Os Amigos do Pedrinho elaboração: PROF. DR. JOSÉ NICOLAU GREGORIN FILHO Os Amigos do Pedrinho escrito por & ilustrado por Ruth Rocha Eduardo Rocha Os Projetos de Leitura: concepção Buscando o oferecimento de subsídios práticos

Leia mais

ATIVIDADE. Educação Patrimonial 100 4.000,00 2.381,00

ATIVIDADE. Educação Patrimonial 100 4.000,00 2.381,00 REGISTRO #39 COD. INEP 28009894 NOME DA ESCOLA ESCOLA ESTADUAL JOAO DE MATTOS CARVALHO 2012 ALUNADO PARTICIPANTE 1 2 0 0 0 0 40 20 20 20 0 100 MACROCAMPO ATIVIDADE QUANTIDADE DE ALUNOS POR ATIVIDADE VALOR

Leia mais

BASE NACIONAL COMUM E AVALIAÇÃO NACIONAL DA EDUCAÇÃO INFANTIL: DESAFIOS PARA A FORMAÇÃO DOCENTE. Zilma de Moraes Ramos de Oliveira

BASE NACIONAL COMUM E AVALIAÇÃO NACIONAL DA EDUCAÇÃO INFANTIL: DESAFIOS PARA A FORMAÇÃO DOCENTE. Zilma de Moraes Ramos de Oliveira BASE NACIONAL COMUM E AVALIAÇÃO NACIONAL DA EDUCAÇÃO INFANTIL: DESAFIOS PARA A FORMAÇÃO DOCENTE Zilma de Moraes Ramos de Oliveira HISTÓRICO Constituição brasileira LDB Plano Nacional de Educação CONSTITUIÇÃO

Leia mais

na educação O Futuro começa EDUCAÇÃO

na educação O Futuro começa EDUCAÇÃO 19 EDUCAÇÃO ANDRÉA BARBIERI O Futuro começa na educação Passamos boa parte da vida nos bancos escolares. Desde o primeiro contato com a escola, ainda em fase da pré-alfabetização, até o momento em que

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA RELAÇÃO DE RESUMOS DE MONOGRAFIAS E ARTIGOS DE PÓS- GRADUAÇÃO Lato sensu Curso: Língua Inglesa/2005 Nome Aluno(a) Título Monografia/Artigo Orientador/Banca Annelise Lima

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. Premissas básicas:

EDUCAÇÃO INFANTIL LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. Premissas básicas: EDUCAÇÃO INFANTIL A Educação Infantil, enquanto segmento de ensino que propicia um maior contato formal da criança com o mundo que a cerca, deve favorecer a socialização da criança, permitir a interação

Leia mais

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2010. Infantil II Segmento I

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2010. Infantil II Segmento I Colégio Cor Jesu Brasília DF Plano de Curso 2010 Infantil II Segmento I PLANO DE CURSO 2009 INFANTIL II Disciplina: ARTES Série: INFANTIL II Segmento: I COMPETÊNCIAS HABILIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS -

Leia mais