... form action method POST GET exceto outros formulários form - PDF">

6.2 - Formulários: form
...
form action method POST GET exceto outros formulários form

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Transcrição

1 6.2 - Formulários: Um dos recursos mais fascinantes da linguagem HTML é a possibilidade de criar formulários eletrônicos. Usando um formulário o usuário pode interagir com o servidor, enviando dados que serão processados no servidor e em seguida devolvidos ao cliente. Esses comandos são os principais responsáveis pela viabilização da troca de informações entre o cliente (usuário) e o servidor WEB. Eles podem ser usados em qualquer tipo de atividade. O elemento <form> delimita um formulário e contém uma seqüência de elementos de entrada e de formatação do documento. <form action="url_de_script" method="método">...</form> Os atributos de form que nos interessam agora são: action - especifica a URL do script ou ao qual serão enviados os dados do formulário. method - Seleciona um método para acessar o URL de ação. Os métodos usados atualmente são: o POST - os dados entrados fazem parte do corpo da mensagem (campos do formulário) enviada para o servidor; transfere grande quantidade de dados. o GET - os dados entrados fazem parte da URL associada à consulta enviada para o servidor; suporta até 128 caracteres. Os formulários podem conter qualquer formatação - parágrafos, listas, tabelas, imagens - exceto outros formulários. Em especial, colocamos entre a marcação <form>... </form> as formatações para campos de entrada de dados, que são três: <input>, <select> e <textarea>. OBS: O TAG <form> é um TAG fechado, portanto não esqueça de fechar o mesmo com </form>

2 <input>: O campo <input> tem um atributo type, o qual atribuímos seus valores diferentes para gerar vários tipos diferentes de entrada de dados. Campo de dados texto (text): Quando o input não apresenta atributos é assumido que o type = text (default) Nome: <input type = text name = Nome > ou apenas Nome: <input name = Nome > Campo de dados senha (password): Entrada de texto na qual os caracteres são escondidos por asteriscos (*) ou Login: <input type = text name = login > Senha: <input type = password name = senha > Alguns atributos para os campos do tipo ext e password: o value: pode ser usado para dar um valor inicial a um campo. Desse modo se o usuário não preencher este campo, será adotado esse valor padrão. Se o usuário quiser entrar com dados, ele apaga o que se encontra escrito e escreve o texto desejado. Nome: <input type = text name = Nome value = Seu nome >

3 o size: especifica o tamanho do espaço na tela para o campo do formulário. Só é válido para campos text e password. O valor default (padrão) é 20. Endereço: <input type = text size = 35 > o maxlength é o número máximo de caracteres aceito em um campo de dados (somente text e password). Dia do mês: <input type = text maxlength = 2 > Por default, o espaço destinado na tela é de 20 caracteres, mais não conseguimos digitar mais que 2, especificado no maxlength. Para resolver o problema do tamanho do campo, podemos usar o código abaixo: Dia do mês: <input type = text size= 2 maxlength = 2 > Campo de dados oculto (hidden): Campos tipo hidden são usados para passar dados que não podem ser alterados pelo usuário que estará inserindo informações no formulário. Por exemplo: você tem um site com sistema de login e o usuário quer alterar as informações de login dele. O script que irá manipular esse

4 formulário precisa saber o ID do usuário para poder alterar as informações no banco de dados, então esse ID é um campo hidden. <input type= hidden name= id value="111"> Obs: Este campo não é exibido na tela. Múltipla escolha: Checkbox insere um botão para escolha de opções. Várias opções podem ser escolhidas. <input type = checkbox name = esporte value = Basquete > Basquete <BR> <input type = checkbox name = esporte value = bocha > Bocha Uma diretiva checked marca uma escolha inicial: <input type = checkbox name = esporte value = volei checked> Vôlei Escolha única: Radio insere um botão de escolha de valores para uma opção, isto é, somente uma alternativa pode ser escolhida. <input type = Radio name = time value = Palmeiras > Palmeiras <BR> <input type = Radio name = time

5 value = Flamengo > Flamengo <BR> Uma diretiva checked marca uma escolha inicial: <input type = Radio name = time value = Fluminense checked > Fluminense Botões de ação: Submit apresenta o botão que causa o envio dos dados de entrada para o servidor. <input type = submit > É possível modificar o rótulo desse botão através do atributo value. <input type = submit value = Gravar Dados > Reset restaura os valores originais das entradas de dados. Em vez do usuário corrigir cada INPUT, um botão RESET pode ser utilizado para restaurar todos os campos a seus valores default, como se nenhuma informação houvesse sido digitada. <input type = reset >

6 É possível também modificar o rótulo desse botão através do atributo value: <input type = reset value = Apagar Tudo! > <SELECT>: Apresenta uma lista de valores através de campos option: <select name = Sabor size = 4 > <option> Abacaxi </option> <option selected> Creme </option> <option> Morango </option> <option> Chocolate </option> <option> Côco </option> <option> Melancia </option> </select> Uma diretiva selected marca uma escolha inicial. Se não for colocado o atributo size, o mesmo recebe o valor 1 por default. <select name = Sabor > <option> Abacaxi </option> <option> Creme </option> <option selected> Morango </option> <option> Chocolate </option>

7 <option> Côco </option> <option> Melancia </option> </select> Observe que é exibida a opção com a diretiva selected <textarea>: Textarea: Abre uma área para entrada de texto, de acordo com os atributos para o número de colunas, linhas e, se for o caso, um valor inicial. Se você deseja que um texto seja exibido no campo textual ao abrir o formulário, simplesmente coloque este texto entre as marcações de início e fim da textarea. <textarea cols = 40 rows = 5 name="comentario">deixe seu comentário</textarea> Exercício: Crie um formulário abaixo (formulario.html): Observações: * A fonte padrão do formulário é Arial; * O Formulário está centralizado na página; * O campo Senha é do tipo password com número máximo de caracteres aceito igual a 10; * As opções de Escolaridade são: 1º Grau Completo, 2º Grau Completo e Superior Completo; * O campo Observações / Comentários tem 35 colunas e 3 linhas

8 6.3 - Frames: Um recurso que nos permite sair do caráter contínuo de um texto exibido na tela é o frame, onde podemos colocar em um lado da tela (ou em qualquer outra parte) um índice para os diversos assuntos que são abordados na página, sem que esse índice desapareça quando escolhemos algum de seus tópicos. O frame é o recurso que nos permite dividir uma tela do navegador em várias áreas diferentes. Cada frame é tratado como uma página independente, pois para sua utilização se faz necessário dois tipos de documentos html: o frameset e o conteúdo. O frameset é um documento html que é o responsável pelo layout da página com os frames. É nele que são especificados a quantidade, o tamanho e a posição de cada frame. O conteúdo também é um documento html em que ficam contidas as informações (texto, figuras, etc.) a serem exibidas em seu respectivo frame ou em uma janela independente. O frameset é um documento que serve apenas como o layout da página, portanto, os TAGS de formatação de texto, inserção de figuras, tabelas e outros não são suportados neste documento, incluindo o TAG <body>. Mesmo assim o frameset é permitido dentro de um documento comum, mas não pode ficar entre os TAGS <body> </body>, apesar disso recomendamos que o frameset seja um documento totalmente separado, pois facilita a construção da página e suas futuras correções e expansões. Veja o exemplo abaixo:

9 Para o exemplo acima, temos os seguintes arquivos: <HTML> <HEAD> <TITLE>Uso de Frames</TITLE> </HEAD> Arquivo Frameset frameset.html <FRAMESET FRAMESPACING = "10" FRAMEBORDER = "0" COLS = "20%, 80%"> <FRAME NAME = "Indice" SRC = "frame01.html" SCROLLING = "NO" NORESIZE> <FRAME NAME = "Principal" SRC = "frame02.html" SCROLLING = "YES" NORESIZE> </FRAMESET> <NOFRAME> <BODY> Esta página usa recursos de frame e o seu browser não suporta este recurso.<br> </BODY> </NOFRAME> </HTML> Arquivos de Conteúdo frame01.html <HTML> <HEAD> <TITLE>Novo Documento</TITLE> </HEAD> <BODY> <center> <h2>menu</h2><br> <BR> <a href="frame03.html" target="principal">frame 03</a> <center> </BODY> </HTML> frame02.html <HTML> <HEAD> <TITLE>Novo Documento</TITLE> </HEAD> <BODY bgcolor="#000000" text="#ffffff"> <center> <h2>página Principal</h2> <center> </BODY> </HTML> frame03.html <HTML> <HEAD> <TITLE>Novo Documento</TITLE> </HEAD> <BODY bgcolor="#ff0000" text="#ffff00"> <center> <h2>frame 03</h2> <center> </BODY> </HTML> No arquivo frameset.html é especificado quais os documentos (frame01.html e frame02.html) que vão ocupar as áreas da janela. Nestes

10 documentos encontram-se os conteúdos de cada frame. Se o endereço digitado for o de um arquivo conteúdo (frame01.html e frame02.html) somente aparecerá o conteúdo do respectivo arquivo O TAG FRAMESET: Definição de grupo de frames. É usado no lugar do TAG <BODY> no documento que define os frames. <FRAMESET ROWS= t1/t1%,t2/t2%, COLS= t1/t1%,t2/t2%, FRAMEBORDER=0/1 FRAMESPACING="t1"> </FRAMESET> Onde: t1, t2: especifica o tamanho em pixels. t1%, t2%: especifica o tamanho como porcentagem da janela Atributos: ROWS: faz a divisão horizontal da janela. COLS: divide a janela em colunas. Combinando ROWS e COLS teremos a formação de uma grade. O exemplo mostrado anteriormente tem 1 linha (não exibe ROW) e 2 colunas (ROWS= 20%, 80% ). FRAMEBORDER: oculta (0) ou exibe (1) BORDER: espessura da borda (em pixels) BORDERCOLOR: cor da borda FRAMESPACING: espaçamento entre os frames NOFRAME: <NOFRAME> </NOFRAME>: especifica o conteúdo que será mostrado no lugar dos frames caso o browser não possua suporte a frames. Os

11 browsers que suportam este recurso irão ignorar esta TAG e não haverá problemas com a exibição do documento O TAG FRAME: Define o frame dentro do frameset. <FRAME SRC= URL NAME= TEXTO > Atributos: SRC: define o endereço do arquivo a ser exibido no frame. NAME: Nome do frame. Outros comandos são opcionais como: MARGINWIDTH= t1/t1% : define o tamanho das margens esquerda e direita. MARGINHEIGHT= t1/t1% : define o tamanho das margens superior e inferior. NORESIZE: evita que o usuário redimensione o frame. SCROLLING=(YES/NO/AUTO): barras de rolagem do frame (yes: visível / no: não exibe a barra / auto: inclui se o conteúdo ultrapassar o tamanho definido para o frame, esta é a opção padrão) Comandos no documento conteúdo: Para que exista coordenação entre o documento de layout (frameset) e os documentos de conteúdo, eles devem conter as seguintes TAGS: <a href= URL target= NOME >...</a> Carrega a página (URL) no frame especificado pelo NOME. Exercício: Construa os arquivos de acordo com o que foi explicado acima e crie mais links no arquivo frame01.html, e arquivos correspondentes, para serem exibidos na página Principal (<frame name = "Principal">)

12 6.4 Iframes: Outra maneira mais elegante de inserir outras páginas dentro de nossos documentos HTML é através do comando <iframe>. Nesse caso, devemos especificar o tamanho do espaço que deverá ser aberto no documento para apresentação da outra página. Abaixo um exemplo, onde <iframe> foi colocado de forma a abrir uma página centralizada (iframe.html): <HTML> <HEAD> <TITLE>Exemplo de uso do iframe</title> </HEAD> <BODY> <CENTER> <iframe src='http://selos.climatempo.com.br/selos/mostraselo120.php?codcidade=152&s KIN=azul' align='center' scrolling='no' frameborder='0' width=120 height='148' marginheight='0' marginwidth='0'></iframe> </CENTER> </BODY> </HTML> Atributos: ALIGN = LEFT RIGHT CENTER TOP MIDDLE BOTTOM Valores: o LEFT Moldura à esquerda e texto ao redor; o RIGHT Moldura à direita e texto ao redor; o CENTER Moldura no centro e texto ao redor; o TOP Texto alinhado com a parte superior do frame; o MIDDLE Texto alinhado com o centro do frame; o BOTTOM Texto alinhado com a parte inferior do frame; FRAMEBORDER = 1 0 HEIGHT = número % - Altura da moldura. MARGINHEIGHT = número % MARGINWIDTH = número %

13 NAME = texto NORESIZE SCROLLING = yes no auto SRC = URL WIDTH = número % - Largura da moldura. Exercício: Crie uma página html (iframe_exercicio.html) com um iframe de 120 pixels de largura, 148 pixels de altura, margem superior, inferior, direita e esquerda iguais a zero, border igual a zero e que não exiba a barra de rolagem, de modo que o iframe fique centralizado na página html criada Imagens Mapeadas e Cambiáveis: Imagens Mapeadas: Quando queremos criar um link para uma outra página HTML a partir de uma imagem, fazemos da seguinte maneira:... <a href="index.html"><img src="img/imagem.jpg"></a>... Seguindo a marcação acima, basta clicar em qualquer parte da imagem para irmos ao endereço que definimos. Porém, há momentos em que desejamos utilizar apenas parte da imagem. Para isso podemos utilizar o tag <map> cuja função é definir determinadas áreas da imagem para serem usadas como links, por exemplo. Existem 3 formas que podemos atribuir a uma área da imagem com o tag <map>: círculo, quadrado (ou retângulo) e polígono. O código abaixo mostra uma imagem mapeada com o formato de um círculo, onde podemos clicar. Pegue a imagem Koala.jpg que se encontra em "Amostra de Imagens"

14 do Windows Explorer e coloque no mesmo diretório onde você salvará o arquivo imagens_mapeadas.html com o código fonte abaixo: <html> <head> <title>imagens Mapeadas</title> </head> <body> <img src="koala.jpg" border="0" usemap="#urso"> <map name="urso"> <area shape="circle" coords="384,384,20" href="http://www.universo.edu.br" alt="universo"><!--olho ESQUERDO--> <area shape="circle" coords="662,427,20" href="http://www.google.com.br" alt="google"><!--olho DIREITO--> </map> </body> </html> Observe o valor atribuído a "shape". A palavra-chave "circle" significa que a área terá forma de círculo. Os valores atribuídos a "coords" indicam o local onde ficará o círculo e o tamanho dele. A tabela abaixo apresenta as formas e exemplos de como definir as coordenadas em uma imagem: Shape (formato) Coords (coordenadas) circle (círculo) 50,50,20 rect (retângulo) 100,150,200,140 poly (polígono) 566,206,450,339,625,343 Para o círculo as 3 coordenadas significam, respectivamente, distância da borda esquerda da imagem, distância do topo da imagem e diâmetro do círculo. Para o retângulo, os dois primeiros valores definem o canto superior esquerdo desse formato, e os dois últimos valores definem o canto inferior direito do formato. Já para o polígono, cada dupla de valores representa um

15 canto desse formato. No caso das coordenadas apresentadas na tabela para o Shape poly, um triângulo é formado (3 pares de coordenadas). Para definir as coordenadas desejadas, basta abrir a imagem no Paint e observar os valores apresentados pelo programa da posição do mouse. Observe a imagem abaixo: Ponteiro do mouse Coordenados do ponto Existem outros editores de imagens que também mostram as coordenadas da imagem, mas o Paint é o mais acessível, já que sempre vem junto com o Sistema Operacional Windows. Existem também editores e ferramentas de autoria e apoio ao desenvolvimento WEB que já mapeiam imagens, como por exemplo, o MapEdit já citado

16 Exercício: Mapeie a pata da imagem Koala.jpg, inserindo um link para o site no formato de um retângulo e a testa da imagem Koala.jpg, inserindo um link para o site no formato de um triângulo Imagens Cambiáveis: Uma imagem cambiável é aquela que sofre algum tipo de mudança quando passamos com o mouse sobre ela. O famoso efeito OnMouseOver / OnMouseOut. Normalmente para conseguir tal feito, utiliza-se um código JavaScript, o que dificultava a vida de quem não tem facilidade com essa linguagem. Veja abaixo o código fonte (imagens_cambiaveis.html) do funcionamento de uma imagem cambiável: <html> <head> <title>imagens Cambiáveis</title> </head> <body> <img src="img_camb_1.jpg" onmouseover="this.src='img_camb_2.jpg'" onmouseout="this.src='img_camb_1.jpg'" /> </body> </html>

DESENVOLVIMENTO WEB I - 7122

DESENVOLVIMENTO WEB I - 7122 6.2 - Formulários: Um dos recursos mais fascinantes da linguagem HTML é a possibilidade de criar formulários eletrônicos. Usando um formulário o usuário pode interagir com o servidor, enviando dados que

Leia mais

Ferramentas para Multimídia e Internet - 1486

Ferramentas para Multimídia e Internet - 1486 1 Ferramentas para Multimídia e Internet - 1486 HTML BÁSICO: O que é uma página WEB? Uma página WEB, também conhecida pelo termo inglês webpage, é uma "página" na World Wide Web, geralmente em formato

Leia mais

Links e Frames José Antônio da Cunha

Links e Frames José Antônio da Cunha Links e Frames José Antônio da Cunha Links Até agora, produzimos documentos simples. Mas os documentos de hipertexto têm como principal característica, fazer ligações com outros hipertextos. Os pontos

Leia mais

TECNOLOGIAS WEB. Unidade 2 Introdução a Construção de Páginas Estáticas. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://luizleao.com

TECNOLOGIAS WEB. Unidade 2 Introdução a Construção de Páginas Estáticas. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://luizleao.com Luiz Leão luizleao@gmail.com http://luizleao.com CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DESTA UNIDADE HTML TAG S HTML LINGUAGEM HTML Hypertext Markup Language Interpretada pelo navegador Não linearidade da informação Formatação

Leia mais

Introdução. HyperText Markup Language HTML. Formulário. Fluxo do Formulário. Fluxo do Formulário. Fluxo do Formulário. Fluxo do Formulário

Introdução. HyperText Markup Language HTML. Formulário. Fluxo do Formulário. Fluxo do Formulário. Fluxo do Formulário. Fluxo do Formulário Introdução HyperText Markup Language HTML Formulário Prof. Luis Nícolas de Amorim Trigo nicolas.trigo@ifsertao-pe.edu.br http://professor.ifsertao-pe.edu.br/nicolas.trigo/ O usuário interage com os serviços

Leia mais

PROGRAMAÇÃO WEB DO LADO DO CLIENTE

PROGRAMAÇÃO WEB DO LADO DO CLIENTE PROGRAMAÇÃO WEB DO LADO DO CLIENTE FORMULÁRIO Na linguagem HTML é permitido que o usuário interaja com o servidor através de formulários ligados a scripts desenvolvidos em linguagens como PHP, Servlets,

Leia mais

HTML. Sessão 8 HTML. Criação de Páginas WEB. Formulários

HTML. Sessão 8 HTML. Criação de Páginas WEB. Formulários HTML Sessão 8 HTML Falta ver de que forma podemos trocar informações com nosso visitante. Este aspecto é primordial para a grande quantidade de acções que se podem realizar : Comprar um artigo, preencher

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Formulários HTML Aula 07: Formulários e Frames HTML Os formulários HTML são utilizados, geralmente, como entradas de dados prépreenchimento,

Leia mais

Formulários. Permite ao usuário enviar informações por meio da página, em forma de pesquisa, mala direta, compra eletrônica e outros.

Formulários. Permite ao usuário enviar informações por meio da página, em forma de pesquisa, mala direta, compra eletrônica e outros. Formulários Permite ao usuário enviar informações por meio da página, em forma de pesquisa, mala direta, compra eletrônica e outros. O formulário depende de outros programas no servidor, para receber e

Leia mais

Linguagem de. Aula 06. Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br

Linguagem de. Aula 06. Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br Linguagem de Programação IV -PHP Aula 06 Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br Criação de Formulários o Um formulário consiste em uma série de campos que são preenchidos pelo usuário

Leia mais

Introdução. Introdução a HTML. A Linguagem HTML. Estrutura de uma Página. Mário Antonio Meireles Teixeira

Introdução. Introdução a HTML. A Linguagem HTML. Estrutura de uma Página. Mário Antonio Meireles Teixeira Introdução Introdução a HTML Mário Antonio Meireles Teixeira Dept o. de Informática - UFMA mario@deinf.ufma.br Página Web: É um documento composto de texto e códigos especiais, chamados tags, que especificam

Leia mais

ftp://ftp.cr-df.rnp.br/pub/netinfo/training/rnp/kit-bsb/html/guia5.zip 1996 Tutorial - Autoria em World Wide Web

ftp://ftp.cr-df.rnp.br/pub/netinfo/training/rnp/kit-bsb/html/guia5.zip 1996 Tutorial - Autoria em World Wide Web RNP REDE NACIONAL DE PESQUISA Centro Regional de Brasília CR/DF ftp://ftp.cr-df.rnp.br/pub/netinfo/training/rnp/kit-bsb/html/guia5.zip janeiro 1996 Tutorial - Autoria em World Wide Web Parte IV - Hypertext

Leia mais

Tecnologias Web. Formulários HTML

Tecnologias Web. Formulários HTML Tecnologias Web Formulários HTML Cristiano Lehrer, M.Sc. Tag form (1/2) Todo formulário em HTML é construído usando elementos dentro de um bloco . O bloco define a URL que receberá o formulário

Leia mais

Programação WEB II. Formulários Em PHP. Métodos GET e POST progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza

Programação WEB II. Formulários Em PHP. Métodos GET e POST progweb2@thiagomiranda.net. Thiago Miranda dos Santos Souza Formulários Em PHP Métodos GET e POST progweb2@thiagomiranda.net Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em: www.thiagomiranda.net Objetivos Entender o funcionamento

Leia mais

Aula 05 HTML FORMULÁRIOS Prof. Daniela Pires Sumário

Aula 05 HTML FORMULÁRIOS Prof. Daniela Pires Sumário Sumário FORMULÁRIO EM HTML... 2 FORM... 2 ACTION... 2 METHOD... 2 INPUT... 2 INPUT TYPE TEXT... 2 INPUT TYPE PASSWORD... 2 CHECKBOX - Múltipla escolha... 4 RADIO - Escolha única... 4 Botões de ação...

Leia mais

Mini-curso de PHP. Aulas ministradas por: André Luis de Paula Arthur Kalsing Diego Silva

Mini-curso de PHP. Aulas ministradas por: André Luis de Paula Arthur Kalsing Diego Silva Mini-curso de PHP Aulas ministradas por: André Luis de Paula Arthur Kalsing Diego Silva Aula 1 Breve introdução de HTML, Conceitos básicos de PHP, Sintaxe, Separador de instruções e Comentários (Cap 1

Leia mais

3 HTML Tabelas, frames e formulário

3 HTML Tabelas, frames e formulário 3 HTML Tabelas, frames e formulário Vinicius A. de Souza va.vinicius@gmail.com São José dos Campos, 2011. 1 Sumário Desenvolvimento Web Tabelas...3 Principais atributos das tabelas...4 Principais atributos

Leia mais

HTML: Formulários Programação de Servidores

HTML: Formulários Programação de Servidores HTML: Formulários Programação de Servidores Marx Gomes Van der Linden ( Material baseado no original de Marcelo José Siqueira Coutinho de Almeida ) Exemplo 2 Criando um Formulário Um formulário é composto

Leia mais

Quem sou eu? Ana Paula Alves de Lima. Formação: E-mail: paulapeniel@gmail.com

Quem sou eu? Ana Paula Alves de Lima. Formação: E-mail: paulapeniel@gmail.com Introdução a Linguagem HTML: Conceitos Básicos e Estrutura ANA PAULAALVES DE LIMA INFORMÁTICA E METODOLOGIA - SUBSEQUENTE 1 Quem sou eu? Ana Paula Alves de Lima Formação: Bacharel em Sistemas de Informação;

Leia mais

Unidade IV Introdução à Linguagem PHP Parte 1

Unidade IV Introdução à Linguagem PHP Parte 1 Unidade IV Introdução à Linguagem PHP Parte 1 Professor Fabiano de Paula Soldati fpsoldati@yahoo.com.br http://br.groups.yahoo.com/group/professorsoldati/ Introdução HTML = HyperText Markup Language HTML

Leia mais

HTML Página 29. Índice

HTML Página 29. Índice PARTE - 5 HTML Página 29 Índice HTML - Hiperlinks... 30 Frames com links... 31 O código fonte do arquivo índex.htm... 31 Conhecendo os comandos border e bordercolor do frame... 31 Conhecendo os comandos

Leia mais

Mais sobre uso de formulários Site sem Ajax

Mais sobre uso de formulários Site sem Ajax Mais sobre uso de formulários Site sem Ajax Página com busca padrão 1 Página com o resultado da busca carregada no local da anterior (o formulário está vazio) Site com Ajax 2 Site usando Ajax para preencher

Leia mais

HTML Básico. Antonio Fernando de Oliveira Núcleo de Computação Eletrônica da UFRJ Tel. (021) 2598-3111 e-mail: antonio@nce.ufrj.br

HTML Básico. Antonio Fernando de Oliveira Núcleo de Computação Eletrônica da UFRJ Tel. (021) 2598-3111 e-mail: antonio@nce.ufrj.br HTML Básico Antonio Fernando de Oliveira Núcleo de Computação Eletrônica da UFRJ Tel. (021) 2598-3111 e-mail: antonio@nce.ufrj.br Referências Bibliográficas: Iniciando em HTML Ramalho, Makron Books Home

Leia mais

INTRODUCAO DESENVOLVIMENTO E DESIGN DE WEBSITES FRAMES. Professor Carlos Muniz

INTRODUCAO DESENVOLVIMENTO E DESIGN DE WEBSITES FRAMES. Professor Carlos Muniz INTRODUCAO DESENVOLVIMENTO E DESIGN DE FRAMES Algumas páginas da internet são congeladas em seu cabeçalho ou em seu lado esquerdo, para construção de menus que geralmente precisam estar disponíveis para

Leia mais

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB GABRIELA TREVISAN Formulários e Aula 3 Relembrando HTML 5 Tag Form o Utilizada para marcar a região do formulário. o Os atributos mais importantes são o method e o action.

Leia mais

1. HTML - Introdução. Hyper Text Markup Language. É uma linguagem de formatação de conteúdos. Portável. Ficheiros de pequena dimensão

1. HTML - Introdução. Hyper Text Markup Language. É uma linguagem de formatação de conteúdos. Portável. Ficheiros de pequena dimensão 1. HTML - Introdução Hyper Text Markup Language É uma linguagem de formatação de conteúdos Não é uma linguagem de programação Portável Não depende da plataforma em que é vizualizado Ficheiros de pequena

Leia mais

Programação para Internet

Programação para Internet Programação para Internet Aula 09 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos

Leia mais

HTML Básico Formulários. Matheus Meira

HTML Básico Formulários. Matheus Meira HTML Básico Formulários Matheus Meira 1 Objetivos Neste apresentação conheceremos os fundamentos básicos de HTML para a manipulação com servlets e jsp. Serão vistos Formulários Links Elementos de disparo

Leia mais

<CENTER> <iframe src=http://www.universo.edu.br width=740 height=255> </iframe> </CENTER> 6.4 iframes: Outra maneira mais elegante de inserir outras páginas dentro de nossos documentos HTML é através do comando . Nesse caso, devemos especificar o tamanho do espaço que deverá ser aberto

Leia mais

Curso de HTML. Daniel Destro do Carmo Softech Network Informática daniel@danieldestro.com.br

Curso de HTML. Daniel Destro do Carmo Softech Network Informática daniel@danieldestro.com.br Daniel Destro do Carmo Softech Network Informática daniel@danieldestro.com.br Definições conceituais O que é HTML? Criando e publicando uma página web Elementos da HTML Estrutura básica de uma página HTML

Leia mais

Programação para Internet I

Programação para Internet I Programação para Internet I Aulas 09 e 10 Fernando F. Costa nando@fimes.edu.br Formulários O formulário representa o modo mais importante de interatividade que a linguagem HTML oferece. Um formulário pode

Leia mais

Aplicação para Web I. Começando a compreender o HTML

Aplicação para Web I. Começando a compreender o HTML Aplicação para Web I Começando a compreender o HTML A Linguagem da WEB O HTML ou HyperText Markup Language linguagem universal compreendida pelos navegadores web (browsers) para a comunicação utilizando

Leia mais

4. A Linguagem JavaScript

4. A Linguagem JavaScript 4. A Linguagem JavaScript! A linguagem XHTML, por não ser uma linguagem de programação e sim uma linguagem de marcação, não permite interação entre o usuário e a página, além de clicar em um link, fazendo

Leia mais

Vejamos um exemplo. Vamos supor que queiramos montar uma tabela 3X2, ou seja de 3 colunas por 2 linhas, o código HTML para isso é :

Vejamos um exemplo. Vamos supor que queiramos montar uma tabela 3X2, ou seja de 3 colunas por 2 linhas, o código HTML para isso é : TABELAS As tabelas são muito importantes para o designer de uma home-page. Com elas podese fazer alinhamentos que dificilmente seriam possíveis com simples comandos. A funcionalidade de uma tabela faz

Leia mais

Prof.: Melba Lima Gorza Aula Introdutória de HTML. Componentes do HTML. Estrutura de um documento XHTML

Prof.: Melba Lima Gorza Aula Introdutória de HTML. Componentes do HTML. Estrutura de um documento XHTML Prof.: Melba Lima Gorza Aula Introdutória de HTML Componentes do HTML Estrutura de um documento XHTML primeiro Documento XHTML meu primeiro documento XHTML

Leia mais

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO Formulários Os formulários em HTML são usados para selecionar diferentes tipos de entradas do usuário. Um formulário é uma área que

Leia mais

4.14 - Imagens: src único atributo que não pode ser omitido neste TAG Nota: img

4.14 - Imagens: <img src=...> src <img src=tecnologia.jpg> único atributo que não pode ser omitido neste TAG Nota: img 4.14 - Imagens: O TAG utilizado para a inclusão de imagens em páginas html é o: O atributo src especifica o local onde está a imagem e o seu nome. Nas páginas pessoais é mais comum o uso

Leia mais

4.14 - Imagens: SRC único atributo que não pode ser omitido neste tag Nota: img

4.14 - Imagens: <IMG SRC=...> SRC <IMG SRC=tecnologia.jpg> único atributo que não pode ser omitido neste tag Nota: img 4.14 - Imagens: O tag utilizado para a inclusão de imagens em páginas html é o: O atributo SRC especifica o local aonde está a imagem e o seu nome. Nas páginas pessoais é mais comum o uso

Leia mais

Introdução ao HTML Utilizando frames Hospedando seu site na WEB

Introdução ao HTML Utilizando frames Hospedando seu site na WEB Introdução ao HTML Utilizando frames Hospedando seu site na WEB Por quê???? Por que com tantos editores gráficos de HTML, devemos saber como escrever um código fonte? Porque se você só viu páginas feitas

Leia mais

Os componentes de um formulário são: Form, Input, Select e AreaText

Os componentes de um formulário são: Form, Input, Select e AreaText HTML Formulário O elemento FORM, da HTML, é o responsável por prover documentos interativos no ambiente WWW de forma que uma pagina web exibida a um usuário possa submeter um conjunto de dados, informados

Leia mais

Layouts de páginas com HTML e CSS

Layouts de páginas com HTML e CSS Layouts de páginas com HTML e CSS Layouts de Páginas com CSS.... 2 Layout com tamanho Líquido... 2 Layout com tamanho Fixo... 3 Desenvolvendo um layout com tamanho fixo.... 5 Layouts de Páginas com CSS.

Leia mais

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO Estrutura básica do HTML Um documento HTML deve estar delimitado pela tag e . Dentro deste documento, podemos ainda distinguir

Leia mais

HTML - 7. Vitor Vaz da Silva Paula Graça

HTML - 7. Vitor Vaz da Silva Paula Graça HTML - 7 Vitor Vaz da Silva Paula Graça 1 Formulários Os formulários forms no HTML, são utilizados para a introdução de dados de uma determinada aplicação Os programas JavaScript têm como um dos seus maiores

Leia mais

( Curso Introdutório) Versão 0.2a 7 de março de 2005 - Versão - Rascunho -

( Curso Introdutório) Versão 0.2a 7 de março de 2005 - Versão - Rascunho - Apostila de XHTML ( Curso Introdutório) Versão 0.2a 7 de março de 2005 - Versão - Rascunho - Prof. Luis Rodrigo de O. Gonçalves E-mail:luisrodrigoog@yahoo.com.br site: http://www.lrodrigo.cjb.net Prof.

Leia mais

HTML (Hyper Text Markup Language) É a linguagem com que se escrevem as páginas web;

HTML (Hyper Text Markup Language) É a linguagem com que se escrevem as páginas web; HTML Introdução Introdução ao HTML HTML (Hyper Text Markup Language) É a linguagem com que se escrevem as páginas web; É uma linguagem de hipertexto; Permite escrever texto de forma estruturada, que está

Leia mais

Prova de pré-requisito

Prova de pré-requisito Prova de pré-requisito PHP & MySQL: Técnicas para Web 2.0 1 - Qual das opções constrói a tabela abaixo: DIA MÊS ANO 28 04 1988 22 02 2002 a) b) c) dia mês ano

Leia mais

Programação de Servidores CST Redes de Computadores

Programação de Servidores CST Redes de Computadores Programação de Servidores CST Redes de Computadores Marx Gomes Van der Linden http://marx.vanderlinden.com.br ( Material baseado no original de Marcelo José Siqueira Coutinho de Almeida ) HMTL Arquivo-texto

Leia mais

MODULO 4 DESENVOLVIMENTO DE PÁGINAS WEB ESTÁTICAS. Redes de Comunicação

MODULO 4 DESENVOLVIMENTO DE PÁGINAS WEB ESTÁTICAS. Redes de Comunicação MODULO 4 DESENVOLVIMENTO DE PÁGINAS WEB ESTÁTICAS Redes de Comunicação Regras para um website eficaz Categorização dos conteúdos estrutura lógica dos conteúdos Condensação conteúdos simples e directos

Leia mais

Autoria Web HTML. Introdução a HTML e as principais tags da linguagem. Thiago Miranda dos Santos Souza

Autoria Web HTML. Introdução a HTML e as principais tags da linguagem. Thiago Miranda dos Santos Souza HTML Introdução a HTML e as principais tags da linguagem Conteúdos Os materiais de aula, apostilas e outras informações estarão disponíveis em: www.thiagomiranda.net Objetivos Apresentar a HTML Apresentar

Leia mais

Formulário (Send & Recieve) Prof. Celso H. Masotti

Formulário (Send & Recieve) Prof. Celso H. Masotti Formulário (Send & Recieve) Prof. Celso H. Masotti O Send e o Recieve A partir desse momento os exercícios serão realizados com dois arquivos, um de envio de dados (send) e o que recebe esse dados (recieve)

Leia mais

Instalação/ Operacionalização

Instalação/ Operacionalização Cobrança Site (Segunda via do Bloqueto Digital) Instalação/ Operacionalização Manual do Desenvolvedor Windows NT 4.0 ou Superior Listagem de títulos Método geracripto pesquisa bloqueto 20/02/2008 ÍNDICE

Leia mais

JavaScript. Prof. Msc. Juliano Gomes Weber (jgw@unijui.edu.br) Notas de Aula Aula 12 1º Semestre - 2011. UNIJUÍ DETEC Ciência da Computação

JavaScript. Prof. Msc. Juliano Gomes Weber (jgw@unijui.edu.br) Notas de Aula Aula 12 1º Semestre - 2011. UNIJUÍ DETEC Ciência da Computação UNIJUÍ DETEC Ciência da Computação Prof. Msc. Juliano Gomes Weber (jgw@unijui.edu.br) JavaScript Notas de Aula Aula 12 1º Semestre - 2011 Tecnologias Web jgw@unijui.edu.br Introdução Com JavaScript implementamos

Leia mais

CURSO: PROGRAMADOR WEB DISCIPLINA: HTML 4.0.1

CURSO: PROGRAMADOR WEB DISCIPLINA: HTML 4.0.1 ESCOLA ESTADUAL PROF. JOSÉ BARROSO TOSTES PROFESSOR: ESP. ANDREW RODRIGUES CURSO: PROGRAMADOR WEB DISCIPLINA: HTML 4.0.1 CURSO: PROGRAMADOR WEB DISCIPLINA: HTML 4.0.1 1 APOSTILA DE INTRODUÇÃO À LINGUAGEM

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RN - IFRN APOSTILA: AUTORIA WEB PROFESSOR: ADDSON ARAÚJO DA COSTA SANTA CRUZ - RN

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RN - IFRN APOSTILA: AUTORIA WEB PROFESSOR: ADDSON ARAÚJO DA COSTA SANTA CRUZ - RN INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RN - IFRN APOSTILA: AUTORIA WEB PROFESSOR: ADDSON ARAÚJO DA COSTA SANTA CRUZ - RN Sumário 1. Introdução...1 2. Tags...1 3. HTML...1 4. Cabeça, Corpo

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web

Introdução à Tecnologia Web Introdução à Tecnologia Web HTML HyperText Markup Language XTML extensible HyperText Markup Language Elementos da Seção do Corpo Tabelas Formulários Professor Alan Cleber Borim www.alanborim.com.br Índice.

Leia mais

Programação Web Prof. Wladimir

Programação Web Prof. Wladimir Programação Web Prof. Wladimir HTML - Formulários @wre2008 1 Sumário Formulários HTML @wre2008 2 Formulários: Muitos elementos de um formulário html são definidos pela tag . Cada tipo de elemento

Leia mais

INDICE 1. INTRODUÇÃO À INTERNET E A THE WORLD WIDE WEB...4

INDICE 1. INTRODUÇÃO À INTERNET E A THE WORLD WIDE WEB...4 INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO WEB 2007 1 INDICE 1. INTRODUÇÃO À INTERNET E A THE WORLD WIDE WEB...4 1.1 A INTERNET...4 1.2 ENDEREÇAMENTO INTERNET...4 1.3 DEFINIÇÕES DA HTML...4 1.4 ELEMENTOS DE UM PROJETO WEB...4

Leia mais

Aula 2: Listas e Links

Aula 2: Listas e Links Aula 2: Listas e Links Nesta segunda aula, você aprenderá a utilizar listas numeradas ou não, a entender o que são listas de definições e como fazer referências a outros documentos. Vamos entender a diferença

Leia mais

Profa. Reane Franco Goulart

Profa. Reane Franco Goulart Profa. Reane Franco Goulart A linguagem HTML (Hypertext Markup Language) tem o objetivo de formatar textos através de marcações especiais denominadas tags, para que possam ser exibidos de forma conveniente

Leia mais

1. INTRODUÇÃO. 1.1 Como são as marcações (tags) HTML?

1. INTRODUÇÃO. 1.1 Como são as marcações (tags) HTML? HTML 1. INTRODUÇÃO HTML abreviação de HiperText Markup Language é a linguagem de programação que usamos para criar uma página Web, que, por sua vez, será composta de textos e comandos especiais, chamados

Leia mais

Enviado dados para o PHP através de formulário

Enviado dados para o PHP através de formulário Enviado dados para o PHP através de formulário Bom galera, eu estive um tempo parado sem postar nada aqui no blog, mas prometo que vou tentar voltar a ativa. Mas vamos deixar de conversa e vamos ao que

Leia mais

HTML -- Criação de Home Page

HTML -- Criação de Home Page PPáággi innaa 1 LISTAS Na linguagem HTML existem elementos específicos para a criação de listas, que podem ser listas ordenadas (OL), listas sem ordenação (UL), ou listas de definição (DL). Um detalhe

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Aula 06: Introdução Linguagem HTML

PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Aula 06: Introdução Linguagem HTML PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA COMPUTACIONAL INFORMÁTICA INSTRUMENTAL Aula 06: Introdução Linguagem HTML O Desenvolvimento Web O desenvolvimento web é o termo utilizado para descrever atividade relacionada

Leia mais

Se eu fosse um padre, eu, nos meus sermões, não falaria em Deus nem no Pecado muito menos no Anjo Rebelado e os encantos das suas seduções,

Se eu fosse um padre, eu, nos meus sermões, não falaria em Deus nem no Pecado muito menos no Anjo Rebelado e os encantos das suas seduções, Desenvolvimento WEB APOSTILA por Lucília Ribeiro Se eu fosse um padre, eu, nos meus sermões, não falaria em Deus nem no Pecado muito menos no Anjo Rebelado e os encantos das suas seduções, não citaria

Leia mais

REVISÃO DAS PUBLICAÇÕES

REVISÃO DAS PUBLICAÇÕES O arquivo index.htm. Código fonte. REVISÃO DAS PUBLICAÇÕES Erros que podem ocorrer: Verificar a barra ( / ) que fecha as marcações; Inverter os comandos FRAMESET E FRAME SRC; Espaço entre a marcação FRAME

Leia mais

APOSTILA. Curso de HTML com PHP HTML. Pablo Dapont

APOSTILA. Curso de HTML com PHP HTML. Pablo Dapont APOSTILA Curso de HTML com PHP HTML Pablo Dapont PET Computação - sala 202 Prédio 43424 ( prédio dos laboratórios ) Instituto de Informática - UFRGS email : pet@inf.ufrgs.br Av. Bento Gonçalves, 9500 bloco

Leia mais

Apostila de Introdução à Linguagem HTML - Disponibilização de Conteúdos na WEB -

Apostila de Introdução à Linguagem HTML - Disponibilização de Conteúdos na WEB - Apostila de Introdução à Linguagem HTML - Disponibilização de Conteúdos na WEB - Profa. Flávia Pereira de Carvalho Taquara - RS Sumário Apostila de HTML - Fonte: http://www.icmc.usp.br/ensino/material/html/intro.html

Leia mais

Desenvolvimento em Ambiente Web. HTML - Introdução

Desenvolvimento em Ambiente Web. HTML - Introdução Desenvolvimento em Ambiente Web HTML - Introdução O que é HTML? HTML é uma linguagem para descrever a estrutura de uma página WEB. Ela permite: Publicar documentos online com cabeçalhos, texto, tabelas,

Leia mais

Incorporando JavaScript em HTML

Incorporando JavaScript em HTML Incorporando JavaScript em HTML Existem quatro maneiras de incorporar JavaScript em HTML. Vamos abordar as três primeiras, por ser mais comum: Entre as tags dentro do código HTML. A partir

Leia mais

Web Design Aula 11: XHTML

Web Design Aula 11: XHTML Web Design Aula 11: XHTML Professora: Priscilla Suene priscilla.silverio@ifrn.edu.br Motivação HTML 1.0-2.0: Havia hipertextos, não havia preocupação com a apresentação HTML 3: Guerra dos Browser (Microsoft

Leia mais

WEB DESIGNER WEB DESIGNER

WEB DESIGNER WEB DESIGNER WEB DESIGNER 1 WEB DESIGNER INICIO DO CURSO DE HTML 4.0 Toda vez que você acessar um site (veja tópico Word Wide Web) por meios de domínios quando adiciona a URL na barra de endereço, do seu Navegador

Leia mais

HTML HTML. Criação de Páginas WEB. Caracteres especiais < < > > Sessão 10

HTML HTML. Criação de Páginas WEB. Caracteres especiais < < > > Sessão 10 HTML Sessão 10 HTML HTML permite que caracteres especiais sejam representados por sequências de escape, indicadas por três partes: um & inicial, um número ou cadeia de caracteres correspondente ao caractere

Leia mais

Desenvolvimento Web XHTML Formulários. Prof. Bruno E. G. Gomes

Desenvolvimento Web XHTML Formulários. Prof. Bruno E. G. Gomes Desenvolvimento Web XHTML Formulários Prof. Bruno E. G. Gomes 2014 Introdução Um recurso bastante utilizado no desenvolvimento Web é o envio de dados de uma página para o servidor quando fornecemos informações,

Leia mais

Tags estruturais Cria um comentário Envolve todo um documento html Envolve o cabeçalho de um documento html

Tags estruturais <!-- --> Cria um comentário <html> </html> Envolve todo um documento html <head> </head> Envolve o cabeçalho de um documento html Tags estruturais Cria um comentário Envolve todo um documento html Envolve o cabeçalho de um documento html Fornece informações gerais sobre o documento

Leia mais

Usando o NVU Parte 2: Inserindo imagens

Usando o NVU Parte 2: Inserindo imagens Usando o NVU Parte 2: Inserindo imagens Simão Pedro P. Marinho Para uso exclusivo por alunos da PUC Minas Inserindo uma imagem que está no seu computador Inserindo uma imagem que já está na Internet Inserindo

Leia mais

ftp://ftp.cr-df.rnp.br/pub/netinfo/training/rnp/kit-bsb/html/guia3.zip dezembro 1995 Tutorial - Autoria em World Wide Web

ftp://ftp.cr-df.rnp.br/pub/netinfo/training/rnp/kit-bsb/html/guia3.zip dezembro 1995 Tutorial - Autoria em World Wide Web RNP REDE NACIONAL DE PESQUISA Centro Regional de Brasília CR/DF ftp://ftp.cr-df.rnp.br/pub/netinfo/training/rnp/kit-bsb/html/guia3.zip dezembro 1995 Tutorial - Autoria em World Wide Web Parte III - Hypertext

Leia mais

C A P I T U L O 0 1 I N T R O D U Ç Ã O XHTML

C A P I T U L O 0 1 I N T R O D U Ç Ã O XHTML C A P I T U L O 0 1 I N T R O D U Ç Ã O A O XHTML 1 O QUE É XHTML? XHTML significa Linguagem de Marcação de Hipertexto (Extensible Hypertext Markup Language) XHTML é quase idêntico ao HTML 4.01 XHTML é

Leia mais

Respondendo a eventos

Respondendo a eventos Respondendo a eventos Até agora, a maioria dos scripts que você escreveu foi executado de uma forma tranqüila e ordenada, movendo-se da primeira instrução para a última. Agora aprenderemos a utilizar a

Leia mais

HTML Página 1. Índice

HTML Página 1. Índice PARTE - 1 HTML Página 1 Índice HTML A HISTÓRIA... 2 O COMEÇO E A INTEROPERABILIADE... 3 Primeira Página... 4 Entendendo seu código... 5 Abrindo o código fonte da sua página... 6 Comentários na página...

Leia mais

OPERAÇÃO DE SOFTWARE E APLICATIVOS

OPERAÇÃO DE SOFTWARE E APLICATIVOS OPERAÇÃO DE SOFTWARE E APLICATIVOS 1 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO A WEB... 4 1.1 O QUE É A WORLD WIDE WEB?... 4 1.2 COMO FUNCIONA A WWW?... 4 1.3 SERVIDORES WEB... 4 1.4 BROWSERS... 4 1.5 PADRÕES DA WEB... 5 1.6

Leia mais

O código acima descreve o formulário com uma caixa de texto e dois botões

O código acima descreve o formulário com uma caixa de texto e dois botões Formulários Formulários permitem que os usuários interajam com um servidor Web passando informações. Assim, através da Web, se pode ler e gravar informações em Banco de Dados, gerando enormes possibilidades

Leia mais

Certificado ISO 9001:2000 Nº 23.0021/98. Centro de Informática CETEP Quintino www.ciquintino.com.br. Elaborada por: Wanderson Mirandela

Certificado ISO 9001:2000 Nº 23.0021/98. Centro de Informática CETEP Quintino www.ciquintino.com.br. Elaborada por: Wanderson Mirandela Certificado ISO 9001:2000 Nº 23.0021/98 Centro de Informática CETEP Quintino www.ciquintino.com.br Elaborada por: Wanderson Mirandela A POLÍTICA DA QUALIDADE DO CI Prover cursos de nível básico profissionalizante

Leia mais

$XOD0DQLSXODomRGH-DQHODVH)UDPHV

$XOD0DQLSXODomRGH-DQHODVH)UDPHV $XOD0DQLSXODomRGH-DQHODVH)UDPHV As formas de programação que vimos até aqui envolviam apenas uma janela ou frame. Aplicações reais, geralmente, envolvem múltiplas janelas ou frames. Nesta aula explicaremos

Leia mais

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO WEB PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO As imagens são armazenadas em forma de arquivos, principalmente PNG (para desenhos) ou JPG (para fotos) Para incluir imagens usa-se

Leia mais

Programação WEB II. Conhecendo o PHP. Prof: Kelly E. Medeiros Bacharel em Sistema de Informação. Módulo III

Programação WEB II. Conhecendo o PHP. Prof: Kelly E. Medeiros Bacharel em Sistema de Informação. Módulo III Programação WEB II Conhecendo o PHP Módulo III Prof: Kelly E. Medeiros Bacharel em Sistema de Informação 1 Conhecendo o PHP Com o NotePad++ aberto com um arquivo em branco, devemos fazer uma pequena configuração

Leia mais

Índice. 1.1. Static Text (texto estático)...1 1.2. Dynamic Text (Texto Dinâmico)...3 1.3. Input Text...7 1.4. Exercício...8

Índice. 1.1. Static Text (texto estático)...1 1.2. Dynamic Text (Texto Dinâmico)...3 1.3. Input Text...7 1.4. Exercício...8 Textos no Flash Índice 1. Texto no Flash...1 1.1. Static Text (texto estático)...1 1.2. Dynamic Text (Texto Dinâmico)...3 1.3. Input Text...7 1.4. Exercício...8 1. Texto no Flash Há três maneiras de se

Leia mais

Conteúdo Dinâmico. Introdução. Interação Browser x Servidor Web. Interação Browser x Servidor Web

Conteúdo Dinâmico. Introdução. Interação Browser x Servidor Web. Interação Browser x Servidor Web Introdução Formulários rios & Conteúdo Dinâmico Mário Antonio Meireles Teixeira Dept o. de Informática - UFMA A Web surgiu inicialmente como uma nova forma de comunicação de informações, fazendo uso de

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo

Universidade Federal do Espírito Santo Universidade Federal do Espírito Santo Núcleo de Tecnologia da Informação Gerenciamento do Conteúdo de Sítios Institucionais Versão 1.4 Atualizado em: 8/10/2015 Sumário Sumário................................................

Leia mais

Introdução a Servlets e JSP. Prof. Samuel Martins samuellunamartins at gmail dot com Faculdade São Miguel

Introdução a Servlets e JSP. Prof. Samuel Martins samuellunamartins at gmail dot com Faculdade São Miguel Introdução a Servlets e JSP samuellunamartins at gmail dot com Conteúdo da aula Introdução a HTML Introdução a Servlets Preparando o ambiente de programação Exemplo de Servlets 2 Websites na década de

Leia mais

Módulo: Criação de Páginas WEB

Módulo: Criação de Páginas WEB Módulo: Criação de Páginas WEB 50 Horas - Sessão 05/13 TEXTO ANIMADO O comando MARQUEE orienta o browser a definir o efeito de texto/imagem a passar no ecrã. Deve ser utilizado quando queremos dar destaque

Leia mais

Passa a passo para construir uma página pessoal - Parte 1

Passa a passo para construir uma página pessoal - Parte 1 Passa a passo para construir uma página pessoal - Parte 1 Quais ferramentas são necessárias? - Editor de texto básico (sem formatações): use o Bloco de Notas (não use o MS Word e WordPad) - Navegador (browser):

Leia mais

> Herbet Ferreira Rodrigues > contato@herbetferreira.com

> Herbet Ferreira Rodrigues > contato@herbetferreira.com Curso HTML & CSS > Herbet Ferreira Rodrigues > contato@herbetferreira.com Sumário > Apresentação > Introdução ao HTML História Começando a Programar > Tags em HTML Headings (Cabeçalhos) Parágrafos Formatação

Leia mais

Programação Web Prof. Wladimir

Programação Web Prof. Wladimir Programação Web Prof. Wladimir Linguagem HTML Listas e Formulários @wre2008 1 Sumário Listas Revisão da tag Criação de formulários HTML @wre2008 2 Listas As listas são utilizadas para citar, numerar

Leia mais

HTML: Listas, Tabelas e Formulários CST Sistemas para Internet

HTML: Listas, Tabelas e Formulários CST Sistemas para Internet HTML: Listas, Tabelas e Formulários CST Sistemas para Internet Marx Gomes Van der Linden ( Material baseado no original de Marcelo José Siqueira Coutinho de Almeida ) Listas Listas de itens são bastante

Leia mais

Definindo um Layout de Website sem Tabelas Vou apresentar nesse post como fazer o código do layout de um website sem utilizar

Definindo um Layout de Website sem Tabelas Vou apresentar nesse post como fazer o código do layout de um website sem utilizar Definindo um Layout de Website sem Tabelas Vou apresentar nesse post como fazer o código do layout de um website sem utilizar tabelas (tableless), e utilizando muito . Para continuar lendo esse post,

Leia mais

A estrutura de um documento HTML apresenta os seguintes componentes:

A estrutura de um documento HTML apresenta os seguintes componentes: A estrutura de um documento HTML apresenta os seguintes componentes: Titulo do Documento texto, imagem, links,... As etiquetas HTML não são sensíveis

Leia mais

DWEB. Design para Web. HTML5 - Marcação de formulário. Curso Superior de Tecnologia em Design Gráfico

DWEB. Design para Web. HTML5 - Marcação de formulário. Curso Superior de Tecnologia em Design Gráfico DWEB Design para Web Curso Superior de Tecnologia em Design Gráfico HTML5 - Marcação de formulário E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis

Leia mais

formulário html do Owen Formulários são feitos de HTML O formulário Relate uma Abdução de Owen (baixe este código através do site da altabooks.com.br) se compõe, inteiramente, de tags e atributos HTML.

Leia mais

Tutorial Moodle ESDM - professores

Tutorial Moodle ESDM - professores Primeira entrada: Tutorial Moodle ESDM - professores USUÁRIO - MODIFICAR PERFIL No primeiro login/entrada no MOODLE aparecerá a tela do PERFIL para que o usuário complete seus dados. EDITANDO O PERFIL

Leia mais

O HTML possui sintaxes para os tags na ordem LIFO, ou seja, o último tag a ser digitado é o primeiro a ser fechado, por exemplo:

O HTML possui sintaxes para os tags na ordem LIFO, ou seja, o último tag a ser digitado é o primeiro a ser fechado, por exemplo: HTML é a sigla usada para Hyper Text Markup Language (linguagem de Marcação de Hipertexto). É a linguagem destinada a criação de páginas para a WEB. Ao contrário do que muita gente boa pensa, HTML não

Leia mais