CENTRO EDUCACIONAL SIGMA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CENTRO EDUCACIONAL SIGMA"

Transcrição

1 1ºano 1.1 HISTÓRIA E GEOGRAFIA 1º período 8 de abril de LEIA O TEXTO COM A AJUDA DA SUA PROFESSORA. LIVRO DA FAMÍLIA ALGUMAS FAMÍLIAS SÃO GRANDES. ALGUMAS FAMÍLIAS SÃO PEQUENAS. EM ALGUMAS FAMÍLIAS, TODOS SÃO DA MESMA COR. EM ALGUMAS FAMÍLIAS, TODOS SÃO DE CORES DIFERENTES. NAS FAMÍLIAS, TODOS GOSTAM DE ABRAÇAR UNS AOS OUTROS. EM ALGUMAS FAMÍLIAS, UNS MORAM PERTO DOS OUTROS. EM ALGUMAS FAMÍLIAS, UNS MORAM LONGE DOS OUTROS. ALGUMAS FAMÍLIAS SE PARECEM. ALGUMAS FAMÍLIAS PARECEM COM SEUS ANIMAIZINHOS DE ESTIMAÇÃO. TODAS AS FAMÍLIAS FICAM TRISTES QUANDO PERDEM ALGUÉM QUE AMAM. ALGUMAS FAMÍLIAS TÊM MADRASTA, OU PADRASTO, IRMÃO POSTIÇO OU IRMÃ POSTIÇA. ALGUMAS FAMÍLIAS ADOTAM FILHOS. ALGUMAS FAMÍLIAS TÊM SÓ PAI OU SÓ MÃE. NAS FAMÍLIAS, TODOS GOSTAM DE CELEBRAR DIAS ESPECIAIS JUNTOS! EM ALGUMAS FAMÍLIAS, TODOS COMEM AS MESMAS COISAS. EM ALGUMAS FAMÍLIAS, TODOS COMEM COISAS DIFERENTES. ALGUMAS FAMÍLIAS GOSTAM DE FICAR EM SILÊNCIO. ALGUMAS FAMÍLIAS GOSTAM DE FAZER BARULHO. ALGUMAS FAMÍLIAS GOSTAM DE SE LAVAR. ALGUMAS FAMÍLIAS GOSTAM DE SE SUJAR. ALGUMAS FAMÍLIAS MORAM EM SUA PRÓPRIA CASA. ALGUMAS FAMÍLIAS DIVIDEM CASA COM OUTRAS FAMÍLIAS. NAS FAMÍLIAS, TODOS PODEM AJUDAR UNS AOS OUTROS A SER FORTES! TODD PARR (Adaptado) a) HÁ MUITAS MANEIRAS DE CONSTITUIR UMA FAMÍLIA. TODA FAMÍLIA É ESPECIAL, INDEPENDENTE DE COMO ELA SEJA. DESENHE, NO ESPAÇO A SEGUIR, AS PESSOAS DA SUA FAMÍLIA. CAPRICHE! (0,3) pág. 1 de 5

2 CENTRO EDUCACIONAL SIGMA b) QUANTAS PESSOAS FAZEM PARTE DA SUA FAMÍLIA? c) EM SUA CASA, QUANTAS PESSOAS VÃO À ESCOLA? d) EM SUA CASA, QUANTAS PESSOAS TRABALHAM? e) QUEM CUIDOU DE VOCÊ QUANDO VOCÊ ERA BEBÊ? ASSINALE COM UM X OS ITENS CORRETOS. MÃE PAI AVÓS TIOS IRMÃOS PRIMOS f) ATUALMENTE, QUEM É A PESSOA QUE CUIDA DE VOCÊ? MÃE PAI AVÓS TIOS IRMÃOS PRIMOS g) OBSERVE CADA IMAGEM ABAIXO E FAÇA O QUE É SOLICITADO. MARQUE, COM UM X, A FAMÍLIA QUE TEM MAIS PESSOAS. (0,3) CONTORNE, COM LÁPIS DE COR AZUL, AS FAMÍLIAS QUE TÊM A MESMA QUANTIDADE DE PESSOAS. (0,3) PINTE, COM LÁPIS DE COR VERMELHA, A FAMÍLIA QUE TEM UM BEBÊ. (0,3) PINTE, COM LÁPIS DE COR VERDE, A FAMÍLIA QUE NÃO TEM FILHOS. (0,3) QUANTAS SÃO AS FAMÍLIAS ACIMA? (0,3) pág. 2 de 5

3 2. LEIA A CANTIGA A SEGUIR COM A AJUDA DA SUA PROFESSORA. a) E VOCÊ, COMO É? MEU CORPO A CARA REDONDA QUE ONTEM EU FIZ, TEM OLHOS, TEM BOCA, PEQUENO NARIZ E TEM DUAS ORELHAS QUE SÃO BEM IGUAIS, CABELOS BEM FOFOS PRA FRENTE E PRA TRÁS. NO ESPAÇO A SEGUIR, DESENHE COMO VOCÊ É. PINTE SEU DESENHO OBSERVANDO A COR DOS SEUS OLHOS, DA SUA PELE E DO SEU CABELO. (0,4) b) SUBLINHE, NA CANTIGA, AS PARTES DO CORPO HUMANO CITADAS. (1,2 0,2 cada item correto) c) CONTORNE, NA CANTIGA, A PALAVRA QUE RIMA COM NARIZ. 3. COMPLETE A POESIA ENCONTRANDO RIMAS. UTILIZE AS PALAVRAS DOS RETÂNGULOS. (1,5 0,3 cada item correto) EU VI UM LEÃO, COMER A MINHA? EU VI UMA FORMIGA, SERÁ QUE ELA QUERIA COMER A MINHA? EU VI UM PIOLHO, COMER O MEU? EU VI UM JACARÉ, COMER O MEU? EU VI UMA COELHA, SERÁ QUE ELA QUERIA COMER A MINHA? PÉ ORELHA BARRIGA OLHO MÃO pág. 3 de 5

4 4. COM A AJUDA DE SUA PROFESSORA, ACOMPANHE A LEITURA DO TEXTO A SEGUIR. A CHUVA QUE CHEGOU JÁ FAZIA 6 DIAS... E A CHUVA NÃO CHEGAVA. O JARDIM ESPERAVA POR ELA, MAS ELA SÓ AMEAÇOU. O CHÃO ESTAVA MUITO SECO. NEM UM CHUVISCO CAIU. A MARGARIDA FICOU CHATEADA, E A CHUVA LOGO CHAMOU: CHUVA! CHUVA! CHEGA LOGO! A MARGARIDA FICOU FELIZ COM A CHUVA QUE CHEGOU. GRAÇA BATITUTI a) SUBLINHE, COM LÁPIS DE COR AZUL, A PALAVRA QUE INFORMA COMO ESTAVA O CHÃO ANTES DA CHUVA. (0,3) b) CONTORNE, COM LÁPIS DE COR VERMELHA, A PALAVRA QUE DEMONSTRA O SENTIMENTO DA MARGARIDA DEPOIS QUE A CHUVA CHEGOU. (0,3) c) CONTORNE, COM LÁPIS DE COR VERDE, O LOCAL ONDE ESTAVA A MARGARIDA. (0,3) 5. TODOS OS DIAS, FAZEMOS ATIVIDADES DIFERENTES EM DETERMINADAS HORAS. PINTE CADA IMAGEM ABAIXO DE ACORDO COM A LEGENDA. (1,2 0,2 cada item correto) SOL: ATIVIDADES QUE VOCÊ COSTUMA FAZER EM DIAS DE ESTUDO. LUA: ATIVIDADES QUE VOCÊ COSTUMA FAZER NOS DIAS DE DESCANSO. pág. 4 de 5

5 6. PÁSCOA É TEMPO DE RENOVAÇÃO E DE ESPERANÇA. COM A AJUDA DA SUA PROFESSORA, LEIA O TEXTO A SEGUIR. COELHINHO JANJÃO MEU COELHINHO É BRANQUINHO, QUE PARECE ALGODÃO TEM ORELHAS COMPRIDAS, COMO É LINDO O JANJÃO MUITAS VEZES VEM CHEGANDO PRA COMER NA MINHA MÃO, MAS, ARISCO, ELE FOGE, DANDO PULOS PELO CHÃO. MARIA LUIZA SOARES O COELHINHO É UM DOS SÍMBOLOS DA PÁSCOA. ELE SIMBOLIZA O NASCIMENTO E A NOVA VIDA. CONTORNE, NO TEXTO ACIMA, AS PALAVRAS QUE TERMINAM COM ÃO. (1,0 0,2 cada item correto) FAÇA UM BELO COLORIDO NO COELHINHO. (0,3) 7. NO DIA 19 DE MARÇO, VÁRIAS CRIANÇAS DA ESCOLA FORAM AO CIRCO. LÁ CONHECERAM O PALHAÇO PIRULITO E O BONECO DE NEVE, QUE FALOU SOBRE A IMPORTÂNCIA DA ÁGUA. DESENHE, DENTRO DO CIRCO, UMA ATIVIDADE EM QUE VOCÊ UTILIZA ÁGUA E QUE ACHE MUITO IMPORTANTE. (0,5) pág. 5 de 5

8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL PORTUGUÊS GABARITO

8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL PORTUGUÊS GABARITO 8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL PORTUGUÊS GABARITO 1. A alternativa que melhor completa a frase abaixo é: Até agora, você queria conhecer os das coisas existentes. Daqui para a frente, acrescente outra pergunta:

Leia mais

O Boneco de Neve Bonifácio e o Presente de Natal Perfeito

O Boneco de Neve Bonifácio e o Presente de Natal Perfeito O Boneco de Neve Bonifácio e o Presente de Natal Perfeito Era uma vez um boneco de neve chamado Bonifácio, que vivia numa terra distante onde fazia muito frio. Ele era um boneco especial, porque podia

Leia mais

1ºAno ERA UMA MENINA QUE VIVIA PELO POLO NORTE E ADORAVA URSOS. MENINA DE SORTE, VIA URSO TODO DIA E NÃO ERA EM FOTOGRAFIA.

1ºAno ERA UMA MENINA QUE VIVIA PELO POLO NORTE E ADORAVA URSOS. MENINA DE SORTE, VIA URSO TODO DIA E NÃO ERA EM FOTOGRAFIA. 1ºAno 1.1 LÍNGUA PORTUGUESA 4º período 5 de novembro de 2015 VOCÊ GOSTA DE BICHOS DE PELÚCIA? ACOMPANHE A LEITURA DO POEMA QUE TRATA DESSE ASSUNTO. A INVENÇÃO DO URSO DE PELÚCIA ERA UMA MENINA QUE VIVIA

Leia mais

Afonso levantou-se de um salto, correu para a casa de banho, abriu a tampa da sanita e vomitou mais uma vez. Posso ajudar? perguntou a Maria,

Afonso levantou-se de um salto, correu para a casa de banho, abriu a tampa da sanita e vomitou mais uma vez. Posso ajudar? perguntou a Maria, O Afonso levantou-se de um salto, correu para a casa de banho, abriu a tampa da sanita e vomitou mais uma vez. Posso ajudar? perguntou a Maria, preocupada, pois nunca tinha visto o primo assim tão mal

Leia mais

Disciplina: Matemática Data da realização: 24/8/2015

Disciplina: Matemática Data da realização: 24/8/2015 Ficha da semana 4º ano A/B/C. Instruções: 1. Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue à professora no dia seguinte. 2. As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno

Leia mais

GÊNERO LITERÁRIO: DESCRIÇÃO. Compartilharam a produção escrita com um colega e ao final fizeram desenhos ilustrativos desses nobres personagens.

GÊNERO LITERÁRIO: DESCRIÇÃO. Compartilharam a produção escrita com um colega e ao final fizeram desenhos ilustrativos desses nobres personagens. GÊNERO LITERÁRIO: DESCRIÇÃO Os alunos do estudaram as descrições de personagens e a partir da criação de um personagem da imaginação deles puderam escrever um texto descritivo. Compartilharam a produção

Leia mais

Meu nome é Rosângela Gera. Sou médica e mãe de uma garotinha de sete anos que é cega.

Meu nome é Rosângela Gera. Sou médica e mãe de uma garotinha de sete anos que é cega. Prezado Editor, Meu nome é Rosângela Gera. Sou médica e mãe de uma garotinha de sete anos que é cega. Gostaria de compartilhar com os demais leitores desta revista, minha experiência como mãe, vivenciando

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

Unidade Portugal. Ribeirão Preto, de de 2011. Nome: 3 o ano (2ª série) Tarde. AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO VII 3 o BIMESTRE DE HORA EM HORA...

Unidade Portugal. Ribeirão Preto, de de 2011. Nome: 3 o ano (2ª série) Tarde. AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO VII 3 o BIMESTRE DE HORA EM HORA... Unidade Portugal Ribeirão Preto, de de 2011. Nome: 3 o ano (2ª série) Tarde AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO VII 3 o BIMESTRE Eixo temático Culturas nativas Leia o texto a seguir. Disciplina/Valor Português

Leia mais

1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome:

1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: Leia o texto com ajuda do professor. EU QUERO! EU QUERO! A Júlia é pequenininha, mas quando quer alguma coisa grita mais do que qualquer pessoa grandona. Esta

Leia mais

A CURA DE UM MENINO Lição 31

A CURA DE UM MENINO Lição 31 A CURA DE UM MENINO Lição 31 1 1. Objetivos: Mostrar o poder da fé. Mostrar que Deus tem todo o poder. 2. Lição Bíblica: Mateus 17.14-21; Marcos 9.14-29; Lucas 9.37-43 (Leitura bíblica para o professor)

Leia mais

RIMAS PERFEITAS, IMPERFEITAS E MAIS-QUE-PERFEITAS JOGOS E ACTIVIDADES

RIMAS PERFEITAS, IMPERFEITAS E MAIS-QUE-PERFEITAS JOGOS E ACTIVIDADES RIMAS PERFEITAS, IMPERFEITAS E MAIS-QUE-PERFEITAS JOGOS E ACTIVIDADES Recorda! Verbos são palavras que refer acções ou processos praticados ou desenvolvidos por alguém. Os verbos distribu-se por vários

Leia mais

DONA ARANHA ELA É TEIMOSA E DESOBEDIENTE SOBE, SOBE, SOBE NUNCA ESTÁ CONTENTE

DONA ARANHA ELA É TEIMOSA E DESOBEDIENTE SOBE, SOBE, SOBE NUNCA ESTÁ CONTENTE DONA ARANHA A DONA ARANHA SUBIU PELA PAREDE VEIO A CHUVA FORTE E A DERRUBOU JÁ PASSOU A CHUVA E O SOL JÁ VAI SURGINDO E A DONA ARANHA NA PAREDE VAI SUBINDO ELA É TEIMOSA E DESOBEDIENTE SOBE, SOBE, SOBE

Leia mais

Cópia autorizada. II

Cópia autorizada. II II Sugestões de avaliação Português Compreensão de texto 2 o ano Unidade 5 5 Unidade 5 Compreensão de texto Nome: Data: Leia este texto expositivo e responda às questões de 1 a 5. As partes de um vulcão

Leia mais

Mostra Cultural 2015

Mostra Cultural 2015 Mostra Cultural 2015 Colégio Marista João Paulo II Eu e as redes sociais #embuscadealgumascurtidas Uma reflexão sobre a legitimação do eu através das redes sociais. Iago Faria e Julio César V. Autores:

Leia mais

Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha. Ensino Fundamental

Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha. Ensino Fundamental Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha Ensino Fundamental Turma: PROJETO INTERPRETA AÇÂO (INTERPRETAÇÃO) Nome do (a) Aluno (a): Professor (a): DISCIPLINA:

Leia mais

Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula 1º Ciclo. Título: Reencarnação

Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula 1º Ciclo. Título: Reencarnação Plano de Aula 12 Centro Espírita Ismênia de Jesus Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula 1º Ciclo Educadora: Andréa, Rafael e Erenilton Dia: 04/05/2015 Horário: 20 às 21hs Título: Reencarnação

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

História Para as Crianças. A menina que caçoou

História Para as Crianças. A menina que caçoou História Para as Crianças A menina que caçoou Bom dia crianças, feliz sábado! Uma vez, do outro lado do mundo, em um lugar chamado Austrália vivia uma menina. Ela não era tão alta como algumas meninas

Leia mais

Aquecimento inespecífico: Os participantes devem andar pela sala não deixando nenhum espaço vazio, andando cada um no seu ritmo.

Aquecimento inespecífico: Os participantes devem andar pela sala não deixando nenhum espaço vazio, andando cada um no seu ritmo. DINÂMICA DO ESPELHO Embrulha o espelho com papel de presente, mas dentro o espelho deve ser embrulhado com outro papel e colado a seguinte frase: Há pessoas que querem ser bonitas pra chamar a atenção,

Leia mais

A História dos Três Porquinhos

A História dos Três Porquinhos SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 0 / / 03 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

PORTUGUÊS MEU BICHO, MEU AMIGO

PORTUGUÊS MEU BICHO, MEU AMIGO 12 4º ANO PORTUGUÊS MEU BICHO, MEU AMIGO Leia esta história em quadrinhos, de Ziraldo: 17/ago/12 3º 2 Vocabulário Esguio: magro, fino, longo. Amorzim: expressão demonstrando carinho, ternura. Indefinidas:

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION LIÇÕES DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS - 3 ano Semana de 23 a 27 de março de 2015.

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION LIÇÕES DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS - 3 ano Semana de 23 a 27 de março de 2015. COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION LIÇÕES DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS - 3 ano Semana de 23 a 27 de março de 2015. Leia o texto a seguir para realizar as lições de Matemática da semana. Os alunos do 3º ano foram

Leia mais

SOBRE ESTE LIVRO > SIGAM AS PISTAS...

SOBRE ESTE LIVRO > SIGAM AS PISTAS... As pistas e propostas de trabalho que se seguem são apenas isso mesmo: propostas e pistas, pontos de partida, sugestões, pontapés de saída... Não são lições nem fichas de trabalho, não procuram respostas

Leia mais

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo 2:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo Amados de Deus, a paz de Jesus... Orei e pensei muito para que Jesus me usasse para poder neste dia iniciar esta pregação com a

Leia mais

O NASCIMENTO DE RUNA

O NASCIMENTO DE RUNA Für die Übersetzung ins brasilianische Porugiesisch danken wir herzlich Adriana Dantas Breust. O NASCIMENTO DE RUNA MINHA IRMÃ VEM AO MUNDO Concepção e texto: Uwe Spillmann. Ilustração: Inga Kamieth Este

Leia mais

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar CATEGORIAS OBJECTIVOS ESPECÍFICOS S. C. Sim, porque vou para a beira de um amigo, o Y. P5/E1/UR1 Vou jogar à bola, vou aprender coisas. E,

Leia mais

Atividades Lição 5 ESCOLA É LUGAR DE APRENDER

Atividades Lição 5 ESCOLA É LUGAR DE APRENDER Atividades Lição 5 NOME: N º : CLASSE: ESCOLA É LUGAR DE APRENDER 1. CANTE A MÚSICA, IDENTIFICANDO AS PALAVRAS. A PALAVRA PIRULITO APARECE DUAS VEZES. ONDE ESTÃO? PINTE-AS.. PIRULITO QUE BATE BATE PIRULITO

Leia mais

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno.

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno. Meu lugar,minha história. Cena 01- Exterior- Na rua /Dia Eduardo desce do ônibus com sua mala. Vai em direção a Rose que está parada. Olá, meu nome é Rose sou a guia o ajudara no seu projeto de história.

Leia mais

Coisas de pais. partes I e II Língua Portuguesa e Matemática. texto 1. Você pode utilizar o verso de todas as folhas e a última página como rascunho.

Coisas de pais. partes I e II Língua Portuguesa e Matemática. texto 1. Você pode utilizar o verso de todas as folhas e a última página como rascunho. Você pode utilizar o verso de todas as folhas e a última página como rascunho. partes I e II Língua Portuguesa e Matemática texto 1 Coisas de pais Eu estudava em um colégio bom, ele tinha uma ótima localização.

Leia mais

curiosidade. Depois desta aula toda, só posso dizer que também

curiosidade. Depois desta aula toda, só posso dizer que também James recém havia saído de férias. Seu pai havia prometido que, se fosse bem aplicado na escola, passaria alguns dias na companhia do vô Eleutério. O avô de James era um botânico aposentado que morava

Leia mais

VII Mostra de Trabalhos ABC na Educação Científica - Mão na Massa

VII Mostra de Trabalhos ABC na Educação Científica - Mão na Massa NAS ÁRVORES DO JARDIM DA MINHA ESCOLA TEM... Adriana Ranzani Resumo A pesquisa sobre os animais que vivem nas árvores da escola Ludgero Braga, foi realizada com crianças do 2º ano A, durante o período

Leia mais

Domingo. Acorda, seu dorminhoco, está na hora de levantar! De manhã? Meus pais esqueceram que os zumbis pegam fogo com a luz do sol?

Domingo. Acorda, seu dorminhoco, está na hora de levantar! De manhã? Meus pais esqueceram que os zumbis pegam fogo com a luz do sol? Domingo Cocoricóóó! Acorda, seu dorminhoco, está na hora de levantar! Urrggghhoquefoi? Eu disse que já é de manhã e está na hora de você sair da cama. De manhã? Meus pais esqueceram que os zumbis pegam

Leia mais

Colégio Visconde de Porto Seguro Unidade I 2º Ano 2011

Colégio Visconde de Porto Seguro Unidade I 2º Ano 2011 Colégio Visconde de Porto Seguro Unidade I 2º Ano 2011 Ensino Fundamental e Ensino Médio Sistema de Recuperação ATIVIDADE BLOG Nome do (a) Aluno (a): ATIVIDADE DE ESTUDO Recuperação Anual de Língua Portuguesa

Leia mais

PANORAMA SOCIAL. Relatório Final para Certificação Internacional. Rosana Soares Aranega Nigriello. Brasil

PANORAMA SOCIAL. Relatório Final para Certificação Internacional. Rosana Soares Aranega Nigriello. Brasil PANORAMA SOCIAL Relatório Final para Certificação Internacional Rosana Soares Aranega Nigriello Brasil 2009 Relatório Final Panorama Familiar 2 Coach: Rosana Soares Aranega Nigriello Cliente: JC; 45 anos;

Leia mais

Ficha de Informação da Criança

Ficha de Informação da Criança Ficha de Informação da Criança Data: / / Nome: Data de Aniversário: / / Sexo: Masculino Feminino Apelido: Língua materna: Nome do pai: Língua materna: Nível de inglês: Nome da mãe: Língua materna: Nível

Leia mais

Quem tem medo da Fada Azul?

Quem tem medo da Fada Azul? Quem tem medo da Fada Azul? Lino de Albergaria Quem tem medo da Fada Azul? Ilustrações de Andréa Vilela 1ª Edição POD Petrópolis KBR 2015 Edição de Texto Noga Sklar Ilustrações Andréa Vilela Capa KBR

Leia mais

Encontros de vida que se faz vivendo.

Encontros de vida que se faz vivendo. Encontros de vida que se faz vivendo. Thatiane Veiga Siqueira 1 A menina do coração de chocolate. Juliana tem nove anos, é uma menina de olhos esbugalhados, com sorriso fácil, ao primeiro olhar já se vê

Leia mais

Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação.

Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação. Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação. 1.1 Conteúdos: Apresentação do Plano Didático Pedagógico; Classificação das orações coordenadas sindéticas e inferência. 1.1 Habilidade:

Leia mais

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da Escola Municipal Jornalista Jaime Câmara e alusiva à visita às unidades habitacionais do PAC - Pró-Moradia no Jardim do Cerrado e Jardim Mundo

Leia mais

Unidade Portugal. Ribeirão Preto, de de 2011. AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO II 1 o BIMESTRE

Unidade Portugal. Ribeirão Preto, de de 2011. AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO II 1 o BIMESTRE Unidade Portugal Ribeirão Preto, de de 2011. Nome: 3 o ano (2ª série) AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO II 1 o BIMESTRE Eixo temático O campo e a cidade. Disciplina/Valor Português 4,0 Matemática 4,0 Hist./Geog.

Leia mais

Estórias de Iracema. Maria Helena Magalhães. Ilustrações de Veridiana Magalhães

Estórias de Iracema. Maria Helena Magalhães. Ilustrações de Veridiana Magalhães Estórias de Iracema Maria Helena Magalhães Ilustrações de Veridiana Magalhães 2 Era domingo e o céu estava mais azul que o azul mais azul que se pode imaginar. O sol de maio deixava o dia ainda mais bonito

Leia mais

Cópia autorizada. II

Cópia autorizada. II II Sugestões de avaliação Português Compreensão de texto 4 o ano Unidade 6 5 Unidade 6 Compreensão de texto Nome: Data: Leia o texto e responda às questões de 1 a 12. Futebol Em 1950, ninguém tinha TV

Leia mais

Externato Arco-Íris. As salas de aula vestidas de flores. 1.º Ano. 2.º Ano. 3.º Ano. 4.º Ano

Externato Arco-Íris. As salas de aula vestidas de flores. 1.º Ano. 2.º Ano. 3.º Ano. 4.º Ano Externato Arco-Íris a/verão015 r e v a m i r p s n age m i e junho de 2 e io d a m o l, ã ri ç b a e l Co As salas de aula vestidas de flores 1.º Ano 2.º Ano 3.º Ano 4.º Ano Inspiração: obra O Livro da

Leia mais

PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA AS SÉRIES INICIAIS UTILIZANDO JOGO KTUBERLING

PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA AS SÉRIES INICIAIS UTILIZANDO JOGO KTUBERLING PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA AS SÉRIES INICIAIS UTILIZANDO JOGO KTUBERLING Marinez Siveris1 Elci dos Santos Tassi2 Carlos Renato Lima3 Nádia Bodignou4 1 2 3 4 Mestre em Educação. Graduada em Ciências, Hab.

Leia mais

EXPLORANDO A OBRA (ALUNOS SENTADOS EM CÍRCULO)

EXPLORANDO A OBRA (ALUNOS SENTADOS EM CÍRCULO) Explorando a obra EXPLORANDO A OBRA (ALUNOS SENTADOS EM CÍRCULO) INTRODUÇÃO Antes da leitura Peça para que seus alunos observem a capa por alguns instantes e faça perguntas: Qual é o título desse livro?

Leia mais

André Sanchez Blog Esboçando Ideias E-BOOK GRÁTIS. Uma realização: André Sanchez. www.esbocandoideias.com

André Sanchez Blog Esboçando Ideias E-BOOK GRÁTIS. Uma realização: André Sanchez. www.esbocandoideias.com E-BOOK GRÁTIS 8 razões para confiar que Deus te socorrerá Uma realização: André Sanchez www.esbocandoideias.com Se quiser falar com o autor, entre em contato pelo e-mail: andre@esbocandoideias.com A distribuição

Leia mais

PROJETO AMA HIGIENE CORPORAL INFANTIL ATIVIDADES

PROJETO AMA HIGIENE CORPORAL INFANTIL ATIVIDADES PROJETO AMA ATIVIDADES HIGIENE CORPORAL INFANTIL ROTEIRO DE ENSINO 1. TEMA: Higiene infantil. 2. TEMPO DE APRESENTAÇÃO: 30 minutos. 3. ASSUNTO: Higiene corporal; importância da adequada escovação dos dentes;

Leia mais

UMA ESPOSA PARA ISAQUE Lição 12

UMA ESPOSA PARA ISAQUE Lição 12 UMA ESPOSA PARA ISAQUE Lição 12 1 1. Objetivos: Ensinar que Eliézer orou pela direção de Deus a favor de Isaque. Ensinar a importância de pedir diariamente a ajuda de Deus. 2. Lição Bíblica: Gênesis 2

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

Laranja-fogo. Cor-de-céu

Laranja-fogo. Cor-de-céu Laranja-fogo. Cor-de-céu Talita Baldin Eu. Você. Não. Quero. Ter. Nome. Voz. Quero ter voz. Não. Não quero ter voz. Correram pela escada. Correram pelo corredor. Espiando na porta. Olho de vidro para quem

Leia mais

ATIVIDADE 1 4- COM LÁPIS DE COR PINTE NO CALENDÁRIO:

ATIVIDADE 1 4- COM LÁPIS DE COR PINTE NO CALENDÁRIO: ATIVIDADE 1 LER O CALENDÁRIO: 1- OBSERVAR OS DIAS DA SEMANA. QUAL É O PRIMEIRO? MARCAR COM UMA 2- MARCAR COM O DIA DA AMIZADE 3- MARCAR COM X O DIA NACIONAL DO LIVRO DIDÁTICO 4- COM LÁPIS DE COR PINTE

Leia mais

Documento de apoio à correção das fichas de avaliação

Documento de apoio à correção das fichas de avaliação Documento de apoio à correção das fichas de avaliação ARS NORTE, I.P. Departamento de Saúde Pública PRESSE: Caderno PRESSE 1º Ciclo O presente documento é um instrumento de apoio aos professores titulares

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

QUESTIONÁRIO UNIVERSIDADE DO MINHO INSTITUTO DE ESTUDOS DA CRIANÇA MESTRADO EM ESTUDOS DA CRIANÇA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DO MEIO AMBIENTE

QUESTIONÁRIO UNIVERSIDADE DO MINHO INSTITUTO DE ESTUDOS DA CRIANÇA MESTRADO EM ESTUDOS DA CRIANÇA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DO MEIO AMBIENTE QUESTIONÁRIO UNIVERSIDADE DO MINHO INSTITUTO DE ESTUDOS DA CRIANÇA MESTRADO EM ESTUDOS DA CRIANÇA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DO MEIO AMBIENTE INVESTIGADORA: ISABEL ALVES ESTEVES ORIENTADORA: DOUTORA ZÉLIA ANASTÁCIO

Leia mais

Carcará composição: João do Vale/José Cândido

Carcará composição: João do Vale/José Cândido 104 A FLOR E O CARCARÁ Carcará Lá no sertão É um bicho que avoa que nem avião É um pássaro malvado Tem o bico volteado que nem gavião... trecho da canção Carcará composição: João do Vale/José Cândido Ana?

Leia mais

L0NGE, atrás em monte, sol cair e céu ficar em fogo. Fraco, Eu

L0NGE, atrás em monte, sol cair e céu ficar em fogo. Fraco, Eu 5 L0NGE, atrás em monte, sol cair e céu ficar em fogo. Fraco, Eu subir monte, pés d Eu molhados em erva fria. Não haver erva em cima em monte. Só haver terra, em volta, monte como cabeça de homem sem cabelo.

Leia mais

Seja inteligente, viva feliz, cuide da saúde, brinque muito e estude sempre.

Seja inteligente, viva feliz, cuide da saúde, brinque muito e estude sempre. Seja inteligente, viva feliz, cuide da saúde, brinque muito e estude sempre. Agradecemos aos parceiros que investem em nosso projeto. ISBN 978-85-7694-174-3 9 788576 941743 Ilustrações Edu A. Engel VENDA

Leia mais

O pato perto da porta o pato perto da pia o pato longe da pata o pato pia que pia

O pato perto da porta o pato perto da pia o pato longe da pata o pato pia que pia PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 2 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ==================================================================== TEXTO 1 O PATO 01- De acordo com o

Leia mais

O GALO QUE NUNCA MAIS CANTOU

O GALO QUE NUNCA MAIS CANTOU ANA SALDANHA O GALO QUE NUNCA MAIS CANTOU - E OUTRAS HISTORIAS Índice O galo que nunca mais cantou... 11 A formiga diligente e o salazar... 17 A vindima da Dona Raposa... 23 Contrato de arrendamento...

Leia mais

Revista OBSERVATORIUM (R.O): Conte-nos um pouco sobre sua formação acadêmica até sua chegada à Universidade Federal de Uberlândia.

Revista OBSERVATORIUM (R.O): Conte-nos um pouco sobre sua formação acadêmica até sua chegada à Universidade Federal de Uberlândia. Experiências de uma vida dedicada à Geografia e ao meio ambiente - Marlene Teresinha de Muno Colesanti Instituto de Geografia da Revista OBSERVATORIUM (R.O): Conte-nos um pouco sobre sua formação acadêmica

Leia mais

POR QUE O MEU É DIFERENTE DO DELE?

POR QUE O MEU É DIFERENTE DO DELE? POR QUE O MEU É DIFERENTE DO DELE? Rafael chegou em casa um tanto cabisbaixo... Na verdade, estava muito pensativo. No dia anterior tinha ido dormir na casa de Pedro, seu grande amigo, e ficou com a cabeça

Leia mais

Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio. Arca de Noé

Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio. Arca de Noé Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio Rua Tonelero, 56 Copacabana RJ site:www.redesagradorj.com.br / e-mail:cscm@redesagradorj.com.br Arca de Noé Turma: Maternal I A Professora Gisele Data: 1º trimestre/2011

Leia mais

Cópia autorizada. II

Cópia autorizada. II II Sugestões de avaliação Português Compreensão de texto 3 o ano Unidade 1 5 Unidade 1 Compreensã de texto Nome: Data: A carta é uma forma de comunicação escrita que pode ser endereçada a uma ou a várias

Leia mais

Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil

Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil Apresentaremos 4 lições, que mostram algum personagem Bíblico, onde as ações praticadas ao longo de sua trajetória abençoaram a vida de muitas

Leia mais

Tenho alguma dificuldade em escolher um excerto desta história porque toda ela é

Tenho alguma dificuldade em escolher um excerto desta história porque toda ela é TRABALHO INDIVIDUAL REALIZADO NO ÂMBITO DA AÇÃO DE FORMAÇÃO: LER EM FAMÍLIA: VIAGENS PARTILHADAS (COM A ESCOLA?) LIVRO ESCOLHIDO: OS OVOS MISTERIOSOS ; AUTORAS: LUÍSA DUCLA SOARES/MANUELA BACELAR edições

Leia mais

Ejemplos de ítems y tareas

Ejemplos de ítems y tareas Ejemplos de ítems y tareas Tipo de Item: Emparejamiento Componente: Comprensión Lectora Você vai conhecer Mariana e seus amigos. Leia a informação de cada um deles e coloque ao lado do nome o número da

Leia mais

A.C. Ilustrações jordana germano

A.C. Ilustrações jordana germano A.C. Ilustrações jordana germano 2013, O autor 2013, Instituto Elo Projeto gráfico, capa, ilustração e diagramação: Jordana Germano C736 Quero-porque-quero!! Autor: Alexandre Compart. Belo Horizonte: Instituto

Leia mais

1º Domingo de Julho Conexão Kids -05/07/2015

1º Domingo de Julho Conexão Kids -05/07/2015 1º Domingo de Julho Conexão Kids -05/07/2015 Sinalizar o Amor de Deus através da obediência e do respeito! Objetivo: Mostrar a importância de respeitar as regras e obedecer aos pais e responsáveis. Reforçar

Leia mais

Memórias do papai MEMÓRIAS DO PAPAI

Memórias do papai MEMÓRIAS DO PAPAI MEMÓRIAS DO PAPAI 1 2 PREFÁCIO 1 - O PESADELO 2 - A MAMADEIRA 3 - O SHORTS 4 - O IMPROVISO 5 - SOLITÁRIO 6 - A TURMA A 7 - PRIMEIRAS IMPRESSÕES 8 - A TABUADA 9 - O MAU JOGADOR 10 - ARREMESSO DE DANONE

Leia mais

2ºano. 2º período 1.2 HISTÓRIA & GEOGRAFIA. 10 de junho de 2014

2ºano. 2º período 1.2 HISTÓRIA & GEOGRAFIA. 10 de junho de 2014 2ºano 1.2 HISTÓRIA & GEOGRAFIA 2º período 10 de junho de 2014 Cuide da organização da sua avaliação, escreva de forma legível, fique atento à ortografia e elabore respostas claras. Tudo isso será considerado

Leia mais

FORMAÇÃO COMPLEMENTAR. Oficina Integrada de Produção Teatral. Fundamental I Turma I (1º e 2º ano) Primeiro Semestre de 2013

FORMAÇÃO COMPLEMENTAR. Oficina Integrada de Produção Teatral. Fundamental I Turma I (1º e 2º ano) Primeiro Semestre de 2013 FORMAÇÃO COMPLEMENTAR Oficina Integrada de Produção Teatral Fundamental I Turma I (1º e 2º ano) Primeiro Semestre de 2013 Profa. Ana Paula Montecino Coordenação Lucy Ramos A Recreação da Escola do Sitio

Leia mais

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses?

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses? Transcrição da entrevista: Informante: nº15 Célula: 5 Data da gravação: Agosto de 2009 Geração: 2ª Idade: 35 Sexo: Masculino Tempo de gravação: 10.24 minutos INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por

Leia mais

Ao longo deste 2 semestre, a turma dos 1 anos vivenciaram novas experiências e aprendizados que contemplaram suas primeiras conquistas do semestre

Ao longo deste 2 semestre, a turma dos 1 anos vivenciaram novas experiências e aprendizados que contemplaram suas primeiras conquistas do semestre Ao longo deste 2 semestre, a turma dos 1 anos vivenciaram novas experiências e aprendizados que contemplaram suas primeiras conquistas do semestre anterior, dentro de contextos que buscavam enfatizar o

Leia mais

Crescer com. Histórias... Magusto. 3ª Edição Novembro de 2014 Dir. Edição: Vânia Lemos Gratuito. www.ahma.pt

Crescer com. Histórias... Magusto. 3ª Edição Novembro de 2014 Dir. Edição: Vânia Lemos Gratuito. www.ahma.pt 3ª Edição Novembro de 2014 Dir. Edição: Vânia Lemos Gratuito Av. Bernardino Máximo Albuquerque, nº 35 3850-017 Albergaria-a-Velha Tel.: 234 525 545 Fax: 234 523 381 e-mail: ahma_ipss@sapo.pt www.ahma.pt

Leia mais

Índios Legião Urbana Composição: Renato Russo

Índios Legião Urbana Composição: Renato Russo Nome: Nº: Turma: Português 2º ano Índios João J. Mai/09 Índios Legião Urbana Composição: Renato Russo Ter de volta todo o ouro Que entreguei a quem Conseguiu me convencer Que era prova de amizade Se alguém

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA LICENCIATURA DISCIPLINA PESQUISA EM EDUCAÇÃO. Camila Alves de Melo

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA LICENCIATURA DISCIPLINA PESQUISA EM EDUCAÇÃO. Camila Alves de Melo 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA LICENCIATURA DISCIPLINA PESQUISA EM EDUCAÇÃO Camila Alves de Melo Projeto de Pesquisa: Para onde vão as gravatas? A

Leia mais

O Tomás, que não acreditava no Pai Natal

O Tomás, que não acreditava no Pai Natal O Tomás, que não acreditava no Pai Natal Era uma vez um menino que não acreditava no Pai Natal e fazia troça de todos os outros meninos da escola, e dos irmãos e dos primos, e de qualquer pessoa que dissesse

Leia mais

Coleção Amigos da Floresta. Festa na Floresta. Patrícia Engel Secco. Ilustrações Maria Eugênia

Coleção Amigos da Floresta. Festa na Floresta. Patrícia Engel Secco. Ilustrações Maria Eugênia Coleção Amigos da Floresta Festa na Floresta Patrícia Engel Secco Ilustrações Maria Eugênia Coleção Amigos da Floresta Festa na Projeto Folclore, Alegria e Tradição Coleção Amigos da Floresta Floresta

Leia mais

Dia Mundial da Criança

Dia Mundial da Criança Ficha Técnica Título Turminhas de Al-bai-zir Preço Grátis Redação Vários Edição Prof.ª Sandra Prof.ª Sílvia Fotografia Vários Periodicidade Trimestral Tiragem 300 exemplares Design Prof.ª Sandra Prof.ª

Leia mais

Dicas para você trabalhar o livro Mamãe, como eu nasci? com seus alunos.

Dicas para você trabalhar o livro Mamãe, como eu nasci? com seus alunos. Dicas para você trabalhar o livro Mamãe, como eu nasci? com seus alunos. Caro professor, Este link do site foi elaborado especialmente para você, com o objetivo de lhe dar dicas importantes para o seu

Leia mais

Fábula trágica em único ato

Fábula trágica em único ato Copyright Ricardo L. N. Moebus Editora ROBERTHA BLASCO Coordenação Editorial ÁLVARO GENTIL Projeto Gráfico ALEXANDRE BICIATI Ilustrações SOPHIA FELIPE Fábula trágica em único ato Personagens: Catalogação

Leia mais

Objetivo : levar a criança a pensar em si mesma, como indivíduo, como pessoa, como ela mesma. Aprendendo a refletir e a concentrar em si mesma.

Objetivo : levar a criança a pensar em si mesma, como indivíduo, como pessoa, como ela mesma. Aprendendo a refletir e a concentrar em si mesma. Tema : Quem sou eu? Objetivo : levar a criança a pensar em si mesma, como indivíduo, como pessoa, como ela mesma. Aprendendo a refletir e a concentrar em si mesma. Bibliografia : a) LE, itens 919 e 919a,

Leia mais

Orando pela minha família

Orando pela minha família Orando pela minha família Família é ideia de Deus, geradora de personalidade, melhor lugar para a formação do caráter, da ética, da moral e da espiritualidade. O sonho de Deus para a família é que seja

Leia mais

Alô, alô. www.bibliotecapedrobandeira.com.br

Alô, alô. www.bibliotecapedrobandeira.com.br Alô, alô Quero falar com o Marcelo. Momento. Alô. Quem é? Marcelo. Escuta aqui. Eu só vou falar uma vez. A Adriana é minha. Vê se tira o bico de cima dela. Adriana? Que Adriana? Não se faça de cretino.

Leia mais

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 9º Ano Profº: Clécio Oliveira Língua 65 Portuguesa Aluno (a):. No.

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 9º Ano Profº: Clécio Oliveira Língua 65 Portuguesa Aluno (a):. No. COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 9º Ano Profº: Clécio Oliveira Língua 65 Portuguesa Aluno (a):. No. Trabalho Avaliativo Valor: 30 % Nota: Minhas Férias Eu, minha mãe, meu pai, minha irmã (Su) e meu cachorro

Leia mais

Mu: Continente Perdido Capítulo 2

Mu: Continente Perdido Capítulo 2 Mu: Continente Perdido Capítulo 2 Minissérie de William Soares da Costa Escrita por William Soares da Costa Personagens deste capítulo NICOLAS GUILHERME WERA JEAN FELIPE Participação especial MARCUS, DOIS

Leia mais

Aprender linguagem > 18 meses a 3 anos > 1. VOCABULÁRIO. Primeiras palavras. Vamos acompanhar

Aprender linguagem > 18 meses a 3 anos > 1. VOCABULÁRIO. Primeiras palavras. Vamos acompanhar Aprender linguagem > 18 meses a 3 anos > 1. VOCABULÁRIO Primeiras palavras. Vamos acompanhar 1 Aprender linguagem > 18 meses a 3 anos > 1. VOCABULÁRIO > 1.1. Vamos acompanhar 01. Aproxima-se de 50 palavras?

Leia mais

Projeto de Adaptação dos personagens Menino Caranguejo e Caranga

Projeto de Adaptação dos personagens Menino Caranguejo e Caranga Projeto de Adaptação dos personagens Menino Caranguejo e Caranga Esse projeto começa com a necessidade da pessoa que está escrevendo esse artigo, Lucas Cavaler, de fazer um Trabalho de Conclusão de Estágio

Leia mais

Leitura e Mediação Pedagógica

Leitura e Mediação Pedagógica Protocolo Colaborador: 12 Leitura e Mediação Pedagógica G. Pesquisador: Rosineide Magalhães de Sousa Corinthians(2) x Palestra(1)#Rosineide\cor_pal.jpg.jpg# Transcrição 80) P: Então Gabriel... eu vou pedir

Leia mais

Brasileiros esperam ganhar salário três vezes maior após fazer MBA

Brasileiros esperam ganhar salário três vezes maior após fazer MBA COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 6º Ano Profª: Margareth Rodrigues Dutra Disciplina: Língua Portuguesa Aluno(a): TRABALHO DE RECUPERAÇÃO Data de entrega: 18/12/14 Questão 1- Leia o texto a seguir. Brasileiros

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no encontro com a delegação de atletas das Paraolimpíadas de Atenas-2004

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no encontro com a delegação de atletas das Paraolimpíadas de Atenas-2004 , Luiz Inácio Lula da Silva, no encontro com a delegação de atletas das Paraolimpíadas de Atenas-2004 Palácio do Planalto, 14 de outubro de 2004 Meu querido companheiro Agnelo Queiroz, ministro de Estado

Leia mais

ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME

ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME CENA 1. HOSPITAL. QUARTO DE. INTERIOR. NOITE Fernanda está dormindo. Seus pulsos estão enfaixados. Uma enfermeira entra,

Leia mais

FIM DE SEMANA. Roteiro de Curta-Metragem de Dayane da Silva de Sousa

FIM DE SEMANA. Roteiro de Curta-Metragem de Dayane da Silva de Sousa FIM DE SEMANA Roteiro de Curta-Metragem de Dayane da Silva de Sousa CENA 1 EXTERIOR / REUNIÃO FAMILIAR (VÍDEOS) LOCUTOR Depois de uma longa semana de serviço, cansaço, demoradas viagens de ônibus lotados...

Leia mais

SUMÁRIO EU E MEUS COLEGAS... 8 A CASA: ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA COM MEUS FAMILIARES... 18 A ESCOLA: ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA COM MEUS COLEGAS...

SUMÁRIO EU E MEUS COLEGAS... 8 A CASA: ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA COM MEUS FAMILIARES... 18 A ESCOLA: ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA COM MEUS COLEGAS... SUMÁRIO 1 EU E MEUS COLEGAS... 8 FAZENDO AMIGOS... 8 BRINCAR É CONVIVER COM OS AMIGOS... 10 VAMOS CIRANDAR?... 12 O MAPA DA MINHA MÃO... 16 PARA LER... 17 2 A CASA: ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA COM MEUS FAMILIARES...

Leia mais

E é perto de onde essa cidade? É uma cidade fica no município de Manhumirim.

E é perto de onde essa cidade? É uma cidade fica no município de Manhumirim. Qual a cidade que a senhora nasceu? Nasci em NP no município de Manhurmirim, cidadizinha muito piquinininha só tinha a cidade tinha três ruas tinha uma rua principal e mais duas ruazinha que cortavam a

Leia mais

QUESTIONÁRIO 1. ALUNO(A) 4 a Série EF

QUESTIONÁRIO 1. ALUNO(A) 4 a Série EF 1. SEXO a.( ) Masculino. b.( ) Feminino. 2. COMO VOCÊ SE CONSIDERA? a.( ) Branco(a). b.( ) Pardo(a). c.( ) Preto(a). d.( ) Amarelo(a). e.( ) Indígena. 3. QUAL A SUA IDADE? 8 anos 9 anos 10 anos 11 anos

Leia mais

As Bandeiras JORNALINHO DO CAMPO. Outubro/Novembro 2009 Edição on-line nº 9 Carlos Caseiro (Autor) Sara Loureiro Correia (Revisão de textos)

As Bandeiras JORNALINHO DO CAMPO. Outubro/Novembro 2009 Edição on-line nº 9 Carlos Caseiro (Autor) Sara Loureiro Correia (Revisão de textos) As Bandeiras D esde que o primo Manuel tinha ido à cidade e comprado uma bandeira de Portugal que hasteava todos os domingos e dias de feriado, que a Tété andava muito admirada e até já comentara com os

Leia mais

Dica de viagem: Grande Hotel São Pedro

Dica de viagem: Grande Hotel São Pedro Dica de viagem: Grande Hotel São Pedro Mil dicas de mãe - São Paulo/SP - NOTÍCIAS - 04/08/2014-08:45:00 Dica de viagem: Grande Hotel São Pedro Recentemente estivemos no Grande Hotel São Pedro, no interior

Leia mais

Anelise de Brito Turela Ferrão Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP. Edição de um filme a partir de fotografias

Anelise de Brito Turela Ferrão Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP. Edição de um filme a partir de fotografias PROJETO DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTO RELATÓRIO DE ATIVIDADE Anelise de Brito Turela Ferrão Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP Edição de um filme a partir de fotografias ANIVERSÁRIO GEMEOS / 7

Leia mais