A lista abaixo é indicada para treino pessoal e será utilizada para exercícios em sala de aula, inclusive para revisão, SEM caráter obrigatório.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A lista abaixo é indicada para treino pessoal e será utilizada para exercícios em sala de aula, inclusive para revisão, SEM caráter obrigatório."

Transcrição

1 1 A lista abaixo é indicada para treino pessoal e será utilizada para exercícios em sala de aula, inclusive para revisão, SEM caráter obrigatório. 1. ara analisar os dados de uma folha de pagamento, qual(is) medida(s) você utilizaria para: a) Descobrir o salário mais freqüente; b) Descobrir o salário que divide os pagamentos em partes iguais; c) Descobrir a dispersão em torno da média; d) Descobrir o grau de dispersão relativo ao conjunto de dados.. Uma pesquisa teve como objeto o transporte coletivo urbano de certa cidade. Seus objetivos foram quantificar a lotação dos ônibus no horário de pico e estabelecer a situação dos usuários desse horário em termos da qualidade do serviço. Utilizou-se a seguinte variável aleatória: X = Número de assageiros Dentro de um Ônibus em Certo Horário. Analise a tabela abaixo e responda: Classe f i X i X i.f i Fac X i.f i Total a) Calcule a medida de tendência central que, na sua opinião melhor traduz o objetivo proposto. b) Calcule a medida de dispersão que, na sua opinião, melhor traduz o objetivo proposto. c) O que você conclui a respeito dos dados, sabendo que a distribuição apresentou um formato gaussiano aceitável, quando analisado o gráfico adequado? ual foi a forma (ou formas) gráfica adequada para avaliar os dados? ual a finalidade de um gráfico em estatística descritiva? d) Você diria que a forma como os dados foram apresentados responde adequadamente o objetivo proposto, ou seja, auxilia na interpretação do objetivo proposto? Justifique. 3. Uma firma atacadista de distribuição de utensílios gostaria de estudar suas contas a receber para dois meses sucessivos para verificar os valores que estas representam. Os resultados encontram-se resumidos na tabela a seguir: Classes f i x i FAC x i.f i x i.f i 0,00 00, ,00 400, ,00 600, ,00 800,00 800, , , , , ,00 a) Calcule a média e a mediana e a moda. ual delas você acha que representa melhor este conjunto e por quê?

2 b) Calcule o coeficiente de variação. Você diria que os valores das contas a receber são um conjunto homogêneo, ou seja, as contas possuem pouca variação nos valores apresentados? articularmente você considera isto bom ou ruim? or quê? c) Se você tivesse que fazer um gráfico para este conjunto de dados, qual seria? ual é a finalidade da análise gráfica? Ex. 4 Analisando um Exemplo Exemplo: A tabela abaixo mostra o peso ao nascer de nascidos vivos. O objetivo do pesquisador é apresentar não somente os pesos observados, mas também o número de nascidos vivos por faixas de peso. No entanto, o pesquisador não tem idéia de quantas nem de quais as faixas indicadas. a) em ordem de coleta: eso de 0 recém nascidos vivos, coletados no Hospital X no primeiro mês de 005.,5 3,0,48,90 3,00 3,40 3,0,90 3,80,70,7,78 3,80 1,90 3,75,40,80,00,70 98,86 3,13 3,16,50 3,60 3,15 3,1 4,60,7,90,5,15 3,55 3,0 3,0 3,40 1,7,48 3,70 3, 3,30 3,00 3,30,50 3,0,75 3,90,1 3,00 3,5 4,,90,90,70 4,0,50 3,15 3,73 3,0 3,0,50 3,0 3,15,,48,40,89 3,7 3,45 3,60 4,,80 4,45,45 3,45 3,11,80 3,,50,40,70,90 3,40 3,1 3,5,90 3,15,30,70 3,30,9 3,40,1 3,,95,80,95,45 3,0,7 1,57,45 b) Em ordem crescente: 1,57,40,50,7,90 3,00 3,15 3,0 3,40 3,73 1,7,40,50,7,90 3,00 3,15 3,0 3,40 3,75 1,90,40,50,7,90 3,00 3,15 3,0 3,45 3,80,00,45,50,75,90 3, 3,16 3, 3,45 3,80,,45,5,78,90 3, 3,0 3,5 3,5 3,90,1,45,70,80,90 3,11 3,0 3,30 3,55 4,,1,48,70,80,90 3,1 3,0 3,30 3,60 4,,15,48,70,80,9 3,1 3,0 3,30 3,60 4,0,5,48,70,80,95 3,13 3,0 3,40 3,70 4,45,30,50,70,89,95 3,15 3,0 3,40 3,7 4,60 c) Variável coletada: d) De que maneira você considera que seria mais conveniente trabalhar com seus dados, levando em conta a informação pedida pelo hospital? Justifique sua reposta e escolha os cálculos abaixo. e) Suponha que o interesse do administrador chefe do hospital seja o de decidir se adquire mais leitos de UTI para recém-nascidos. Ele tem a informação técnica de médicos que informam que há necessidade da utilização destes leitos para todos os casos onde a criança nasce com peso abaixo de,60 Kg. Você indicaria a compra de outros leitos deste tipo? (suponha que existam hoje somente 3 leitos disponíveis e que cada criança ocupe por uma média de 5 dias cada leito com desvio-padrão de dias). Justifique sua resposta. f) ue outras informações você pode passar com os dados? Estatísticas para Rol (Dados Desagrupados):

3 3 n 0 X,99Kg AS 0,373 assimetria moderada s 1,5Kg 0,3165Kg dj 0,73Kg AT 3,03Kg Md,975Kg 3 3,5Kg s 0,56Kg Mo 3,0Kg,30Kg CV 18,8% intervalo inferior :3,5Kg 1/6 da AT 0,505 Kg C 0, ,7Kg (curtose) curva leptocúrtica intervalo superior : 4,345Kg Stem-and-leaf display for ESOBEBE.peso: unit = represents 1. LO 15 1S 7 3 1o 9 8 * T 3 5 F S o * T 333 3F S o * T HI 44,46 Estatísticas para distribuição de Freqüência (Dados Agrupados): n 0 K 7,66 8 classes X 3,00Kg AS 0,63 assimetria moderada s 1,60Kg 0,414Kg dj 0,77Kg AT 3,03Kg Md 3,0Kg 3 c 3,37Kg s 0,644Kg 1/6 da AT 0,505Kg 3,03 7,66 Mo 3,17Kg,30Kg C 0,73 CV 1,5% intervalo inferior :1,445Kg 0,396 0, ,71Kg (curtose) curva platicúrtica intervalo superior : 4,55Kg

4 4 Classes F i x i x i.f i X i.f i Fac Fr 1,50 1,90 3 1,70 5, 8,67 3 0,03 1,90,30 7, 14,70 30,87 0,07,30,70 0,50 50,0 15,0 30 0,0,70 3, 5,90 7,5,5 55 0,5 3, 3,50 9 3,30 95,7 315, ,9 3,50 3, ,70 40,7 150, ,11 3,90 4,30 3 4, 1,3 50, ,03 4,30 4,70 4,50 9,0 40,50 0 0, ,0 93,1 1 Histograma 30 5 Freqüências ,50 a 1,90 a,30 a,70 a 3, a 3,50 a 3,90 a 4,30 a 1,90,30,70 3, 3,50 3,90 4,30 4,70 Classes

5 5 Ogiva (ou olígono) de Freqüencias Freqüências ponto médio 5. Classifique as variáveis. a) tipo de bebida ingerida. b) número de reclamações feitas sobre serviços hospitalares prestados. c) erda de peso de maratonistas na Corrida de São Silvestre, em quilos. d) Intenção de voto para presidente (possíveis respostas são os nomes dos candidatos, além de não sei). e) Grau de satisfação da população brasileira com relação ao trabalho de seu presidente (valores de 0 a 5, com 0 indicando totalmente insatisfeito e 5 totalmente satisfeito). f) Cor dos cabelos dos alunos de uma escola g) Raça dos alunos de uma certa escola. h) Valor das ações negociadas na bolsa de valores de São aulo em julho. i) Número de filhos de casais residentes em inhais. j) Diâmetro externo de peças produzidas por certa maquina. k) Número de peças produzidas por hora por certa máquina. 6. Durante os últimos dias de junho, o trem 45 chegou atrasado ao seu destino nos tempos a seguir (em minutos; um número negativo significa que o trem chegou adiantado naquela quantidade de minutos): a) Se você fosse contratado por uma companhia de estradas de ferro para mostrar que as ferrovias oferecem um bom serviço, quais seriam algumas medidas sucintas que você utilizaria para alcançar seu objetivo? b) Se você fosse contratado por uma emissora de TV que estivesse produzindo um documentário para mostrar que as ferrovias estão oferecendo um serviço ruim, que medidas você utilizaria? or quê? c) Se você estivesse tentando ser objetivo e imparcial para avaliar o desempenho das ferrovias, que medidas você utilizaria? d) ual seria o efeito de suas conclusões se o valor de 14 tivesse sido incorretamente registrado e devesse, de fato, ser 1? Obs: Use as observações a seguir se julgar relevantes:

6 para a série original: Média: 14,3 Moda: 4 Mediana: 3 Desvio-padrão: 38,773 Variância: 1.503, i 1 ara a série com o valor 14 alterado para 1: Média: 3,1 Moda: 4 Mediana: 3 Desvio-padrão: 5,38 Variância: 7,43 31 i 1 7. Bendixen (1977) fornece as percentagens de sobreviventes para cada uma de 11 categorias de doentes hospitalizados que necessitam de suporte respiratório (uma forma de cuidado intensivo) durante mais de 4 horas: Cat % a) Calcule a mediana e interprete. b) Calcule os quartis de ordem 1 e 3 e interprete. c) Identifique e classifique a variável do problema. LISTA ARA DISTRIBUIÇÕES DE ROBABILIDADE 1. A probabilidade de que um presumível cliente aleatoriamente escolhido faça uma compra é de 0,0. Se um vendedor visita 8 presumíveis clientes, qual a probabilidade de que: a) O vendedor faça exatamente 4 vendas; b) O vendedor faça um número de vendas inferior ou igual a ; c) O vendedor faça entre 3 (inclusive) e 7 (exclusive) vendas.. A probabilidade de que um empregado aleatoriamente escolhido participe de um programa de investimentos em ações patrocinado pela empresa é de 0,40. Se 16 empregados são escolhidos aleatoriamente, qual a probabilidade de que: a) Exatamente 75% deles participem do programa em questão; b) Menos de 5 (exclusive) participem do programa; c) O valor médio e o desvio-padrão dos empregados participantes. 3. Um departamento de conserto de máquinas recebe em média 5 chamadas por hora. ual a probabilidade de que o departamento receba: a) Mais de 3 (inclusive) chamadas por hora; b) 5 chamadas em meia hora; c) Entre 8 (exclusive) e 1 (inclusive) chamadas em 15 minutos; d) Menos de chamadas (inclusive) em 5 minutos. e) ual é a média e o desvio-padrão das chamadas por hora? 4. A vida útil de uma certa marca de pneus radiais tem uma distribuição normal com média de km e desvio-padrão de km. ual a probabilidade de que o pneu escolhido aleatoriamente tenha vida útil: a) Entre.000 e km? b) Dure mais do que km? c) Se um comerciante encomenda 500 pneus desta marca, qual a quantidade aproximada que terá vida útil superior a km? E entre e km? 6

7 5. O tempo necessário para o atendimento de uma pessoa em um guichê de um banco tem média de 130 segundos e desvio padrão de 45 segundos. ual a probabilidade de você: a) Leve menos de 0 segundos para terminar suas transações? b) Gaste de a 3 minutos no guichê? c) Dentro de que período de tempo os 0% de pessoas que realizam as transações mais rápidas terminam suas transações no guichê? d) ual o tempo mínimo necessário para os 5% de indivíduos com as transações mais complicadas? 6. Suponha que haja em média suicídios por ano numa população de habitantes. Se a população sobe para habitantes, encontre a probabilidade de que em um certo ano tenha havido: a) Nenhum suicídio; b) Somente 1 suicídio; c) Exatamente suicídios; d) Menos de 5 (inclusive) suicídios. 7. Suponha que a variável aleatória.i. tenha uma distribuição normal com média 0 e desvio-padrão 15. ual a proporção da população que terá: a).i. menor que 93? b).i. maior que 145? c).i. entre 0 e 140? 8. Em um grupo de mulheres entrevistadas, 600 delas foram favoráveis à inserção de um item de segurança específico em um novo automóvel. Em uma amostra de 1 mulheres, qual a probabilidade de que: a) Exatamente 6 mulheres sejam favoráveis à inserção deste item de segurança; b) Mais de 4 (inclusive) mulheres sejam favoráveis à inserção deste item de segurança; c) elo menos 8 mulheres sejam favoráveis à inserção deste item de segurança; d) Menos de 3 (inclusive) mulheres sejam favoráveis à inserção deste item de segurança. Respostas: 1. a) 0,04588 b) 0,79691 c) 0,0301;. a) 0,00396 b) 0,16657 c) média: 6,4 d.p.: 1,9595; 3. a) 0,8754 b) 0,0668 c) 0 d) 0,991 e) média: 5; d.p.:,36; 4. a) 0,09175 b) 0,514 c) 0,514 x d) 0,74478 x ; 5. a) 0,514 b) 0,45357 c) 93 segundos d) 04 segundos; 6. a) 0,0183 b) 0,0733 c) 0,1465 d) 0,785; 7. a) 0,317 b) 0,00135 c) 0,496; 8. a) 0,17658 b) 0,77467 c) 0,05731 d) 0,533. 7

1. Registou-se o número de assoalhadas da população de 100 apartamentos vendidos num bairro residencial

1. Registou-se o número de assoalhadas da população de 100 apartamentos vendidos num bairro residencial Escola Superior de Tecnologia de Viseu Fundamentos de Estatística 2010/2011 Ficha nº 1 1. Registou-se o número de assoalhadas da população de 100 apartamentos vendidos num bairro residencial 0; 0; 0; 1;

Leia mais

Omatematico.com ESTATÍSTICA DESCRITIVA

Omatematico.com ESTATÍSTICA DESCRITIVA Omatematico.com ESTATÍSTICA DESCRITIVA 1. Classifique as variáveis abaixo: (a) Tempo para fazer um teste. (b) Número de alunos aprovados por turma. (c) Nível sócio-econômico (d) QI (Quociente de inteligência).

Leia mais

Estatística Aplicada ao Serviço Social

Estatística Aplicada ao Serviço Social Estatística Aplicada ao Serviço Social Prof a. Juliana Freitas Pires Departamento de Estatística Universidade Federal da Paraíba - UFPB juliana@de.ufpb.br Introdução O que é Estatística? Coleção de métodos

Leia mais

Lista IV - Curva Normal. Professor Salvatore Estatística I

Lista IV - Curva Normal. Professor Salvatore Estatística I Lista IV - Curva Normal Professor Salvatore Estatística I 19/12/2011 Consulta à tabela Normal: 1. Estabeleça a área entre 0 (zero) e Zi igual a a. + 1,35 b. + 1,58 c. +2,05 d. +2,76 e. -1,26 f. -2,49 g.

Leia mais

CAPÍTULO 9 Exercícios Resolvidos

CAPÍTULO 9 Exercícios Resolvidos CAPÍTULO 9 Exercícios Resolvidos R9.1) Diâmetro de esferas de rolamento Os dados a seguir correspondem ao diâmetro, em mm, de 30 esferas de rolamento produzidas por uma máquina. 137 154 159 155 167 159

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO NORMAL 1

DISTRIBUIÇÃO NORMAL 1 DISTRIBUIÇÃO NORMAL 1 D ensid ade Introdução Exemplo : Observamos o peso, em kg, de 1500 pessoas adultas selecionadas ao acaso em uma população. O histograma por densidade é o seguinte: 0.04 0.03 0.02

Leia mais

EXERCÍCIOS 2006 APOSTILA DE EXERCÍCIOS ESTATÍSTICA

EXERCÍCIOS 2006 APOSTILA DE EXERCÍCIOS ESTATÍSTICA EXERCÍCIOS 2006 APOSTILA DE EXERCÍCIOS ESTATÍSTICA Professor: LUIZ ANTÔNIO 1 1º) Em um escritório de consultoria, há cinco contínuos que recebem os seguintes salários mensais: R$ 800,00; R$ 780,00; R$

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS VARIÁVEIS ALEATÓRIAS

LISTA DE EXERCÍCIOS VARIÁVEIS ALEATÓRIAS LISTA DE EXERCÍCIOS VARIÁVEIS ALEATÓRIAS 1. Construir um quadro e o gráfico de uma distribuição de probabilidade para a variável aleatória X: número de coroas obtidas no lançamento de duas moedas. 2. Fazer

Leia mais

http://www.de.ufpb.br/~luiz/

http://www.de.ufpb.br/~luiz/ UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA MEDIDAS DESCRITIVAS Departamento de Estatística Luiz Medeiros http://www.de.ufpb.br/~luiz/ Vimos que é possível sintetizar os dados sob a forma de distribuições de frequências

Leia mais

ESTATÍSTICA. aula 1. Insper Ibmec São Paulo. Prof. Dr. Marco Antonio Leonel Caetano

ESTATÍSTICA. aula 1. Insper Ibmec São Paulo. Prof. Dr. Marco Antonio Leonel Caetano ESTATÍSTICA aula 1 Prof. Dr. Marco Antonio Leonel Caetano Insper Ibmec São Paulo ESTATÍSTICA COISAS DO ESTADO ESTATÍSTICA: - Apresentação e Análise de dados - Tomadas de Decisões baseadas em análises -

Leia mais

EXERCÍCIOS EXERCÍCIOS. Definições Básicas. Definições Básicas. Definições Básicas. Introdução à Estatística. Dados: valores de variáveis observadas.

EXERCÍCIOS EXERCÍCIOS. Definições Básicas. Definições Básicas. Definições Básicas. Introdução à Estatística. Dados: valores de variáveis observadas. Definições Básicas Introdução à Estatística ESTATÍSTICA: estudo dos métodos para coletar, organizar, apresentar e analisar dados. População: conjunto constituído por todos os indivíduos que apresentem

Leia mais

Distribuição de Freqüência

Distribuição de Freqüência Distribuição de Freqüência Representação do conjunto de dados Distribuições de freqüência Freqüência relativa Freqüência acumulada Representação Gráfica Histogramas Organização dos dados Os métodos utilizados

Leia mais

ESTATÍSTICA APLICADA À GESTÃO Ficha de exercícios 1 Estatística Descritiva 2014/2015

ESTATÍSTICA APLICADA À GESTÃO Ficha de exercícios 1 Estatística Descritiva 2014/2015 Universidade da Beira Interior - Departamento de Matemática ESTATÍSTICA APLICADA À GESTÃO Ficha de exercícios 1 Estatística Descritiva 2014/2015 1. Numa revista foi publicada uma lista com as 100 empresas

Leia mais

MEDIDAS DE DISPERSÃO

MEDIDAS DE DISPERSÃO MEDIDAS DE DISPERSÃO 1) (PETROBRAS) A variância da lista (1; 1; 2; 4) é igual a: a) 0,5 b) 0,75 c) 1 d) 1,25 e) 1,5 2) (AFPS ESAF) Dada a seqüência de valores 4, 4, 2, 7 e 3 assinale a opção que dá o valor

Leia mais

Stela Adami Vayego - DEST/UFPR 1

Stela Adami Vayego - DEST/UFPR 1 Aula 03 Análise Exploratória dos Dados (Medidas Descritivas de Variáveis Quantitativas) Parte 1 Medidas de Tendência Central Stela Adami Vayego - DEST/UFPR 1 Medidas de Tendência Central dos Dados Para

Leia mais

Pesquisa Aplicada à Estatística

Pesquisa Aplicada à Estatística Pesquisa Aplicada à Estatística Tatiene Correia de Souza / UFPB tatiene@de.ufpb.br September 14, 2014 Souza () Pesquisa Aplicada à Estatística September 14, 2014 1 / 23 Estatística: ideias gerais O que

Leia mais

Estatística Aplicada. Gestão de TI. Evanivaldo Castro Silva Júnior

Estatística Aplicada. Gestão de TI. Evanivaldo Castro Silva Júnior Gestão de TI Evanivaldo Castro Silva Júnior Porque estudar Estatística em um curso de Gestão de TI? TI trabalha com dados Geralmente grandes bases de dados Com grande variabilidade Difícil manipulação,

Leia mais

CRITÉRIOS PARA A DETERMINAÇÃO DOS INTERVALOS DE CLASSE

CRITÉRIOS PARA A DETERMINAÇÃO DOS INTERVALOS DE CLASSE CRITÉRIOS PARA A DETERMINAÇÃO DOS INTERVALOS DE CLASSE Número de classes a considerar (k): a) Tabela de Truman L. Kelley n 5 10 25 50 100 200 500 1000 k 2 4 6 8 10 12 15 15 b) k=5 para n 25 e para n >25.

Leia mais

Curso: Logística e Transportes Disciplina: Estatística Profa. Eliane Cabariti

Curso: Logística e Transportes Disciplina: Estatística Profa. Eliane Cabariti Curso: Logística e Transportes Disciplina: Estatística Profa. Eliane Cabariti Medidas de Posição Depois de se fazer a coleta e a representação dos dados de uma pesquisa, é comum analisarmos as tendências

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Arquitetura e Urbanismo DISTRIBUIÇÃO AMOSTRAL ESTIMAÇÃO AUT 516 Estatística Aplicada a Arquitetura e Urbanismo 2 DISTRIBUIÇÃO AMOSTRAL Na aula anterior analisamos

Leia mais

INE 5122 LISTA DE EXERCÍCIOS INFERÊNCIA ESTATÍSTICA

INE 5122 LISTA DE EXERCÍCIOS INFERÊNCIA ESTATÍSTICA INE 5122 LISTA DE EXERCÍCIOS INFERÊNCIA ESTATÍSTICA Marcados com asterisco os exercícios de Estimação de Parâmetros. Lista de Exercícios Inferência Estatística 1 1. O tempo médio de atendimento em uma

Leia mais

Resoluções comentadas das questões de Estatística da prova para. ANALISTA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS E METAS da PREFEITURA/RJ

Resoluções comentadas das questões de Estatística da prova para. ANALISTA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS E METAS da PREFEITURA/RJ Resoluções comentadas das questões de Estatística da prova para ANALISTA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS E METAS da PREFEITURA/RJ Realizada pela Fundação João Goulart em 06/10/2013 41. A idade média de todos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE MATEMÁTICA 1 a LISTA DE EXERCÍCIOS Bioestatística Professor: Ednaldo Carvalho Guimarães

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE MATEMÁTICA 1 a LISTA DE EXERCÍCIOS Bioestatística Professor: Ednaldo Carvalho Guimarães UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE MATEMÁTICA a LISTA DE EXERCÍCIOS Bioestatística Professor: Ednaldo Carvalho Guimarães ) Um pesquisador obteve os seguintes valores de umidade (%) em casa

Leia mais

Disciplina Estatística Prof. Msc Quintiliano Siqueira Schroden Nomelini LISTA DE DSITRIBUIÇÕES DE PROBABILIDADE DISTRIBUIÇÕES DISCRETAS

Disciplina Estatística Prof. Msc Quintiliano Siqueira Schroden Nomelini LISTA DE DSITRIBUIÇÕES DE PROBABILIDADE DISTRIBUIÇÕES DISCRETAS Disciplina Estatística Prof. Msc Quintiliano Siqueira Schroden Nomelini LISTA DE DSITRIBUIÇÕES DE PROBABILIDADE DISTRIBUIÇÕES DISCRETAS 1) Devido às altas taxas de juros, uma firma informa que 30% de suas

Leia mais

Medidas de Variação ou Dispersão

Medidas de Variação ou Dispersão Medidas de Variação ou Dispersão Estatística descritiva Recapitulando: As três principais características de um conjunto de dados são: Um valor representativo do conjunto de dados: uma média (Medidas de

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA Departamento Matemática Curso Engenharia do Ambiente º Semestre 1º Folha Nº4: Intervalos de confiança Probabilidades e Estatística 1.a) Determine o intervalo de confiança a 90% para a média de uma população

Leia mais

Universidade da Beira Interior - Departamento de Matemática ESTATÍSTICA APLICADA À PSICOLOGIA I

Universidade da Beira Interior - Departamento de Matemática ESTATÍSTICA APLICADA À PSICOLOGIA I Ano lectivo: 2008/2009 Universidade da Beira Interior - Departamento de Matemática ESTATÍSTICA APLICADA À PSICOLOGIA I Ficha de exercícios 1 Validação de Pré-Requisitos: Estatística Descritiva Curso: Psicologia

Leia mais

CURSO ON-LINE PROFESSOR: VÍTOR MENEZES

CURSO ON-LINE PROFESSOR: VÍTOR MENEZES Caríssimos. Recebi muitos e-mails pedindo ajuda com eventuais recursos para as provas do BACEN. Em raciocínio lógico, eu não vi possibilidade de recursos, apesar de achar que algumas questões tiveram o

Leia mais

Introdução à Estatística

Introdução à Estatística Introdução à Estatística Profa Alcione Miranda dos Santos Departamento de Saúde Pública UFMA Núcleo de Estatística e Informática HUUFMA email: alcione.miranda@terra.com.br 1 Estatística: O que é? Estatística

Leia mais

Questões de Exames Passados. 1. Considere o polígono integral das distribuições a seguir e responda as perguntas abaixo. F(x) C D

Questões de Exames Passados. 1. Considere o polígono integral das distribuições a seguir e responda as perguntas abaixo. F(x) C D Faculdade de Economia, Universidade Nova de Lisboa Tratamento de Dados André C. Silva Questões de Exames Passados 1. Considere o polígono integral das distribuições a seguir e responda as perguntas abaixo.

Leia mais

Curso: Logística e Transportes Disciplina: Estatística Profa. Eliane Cabariti. Distribuição Normal

Curso: Logística e Transportes Disciplina: Estatística Profa. Eliane Cabariti. Distribuição Normal Curso: Logística e Transportes Disciplina: Estatística Profa. Eliane Cabariti Distribuição Normal 1. Introdução O mundo é normal! Acredite se quiser! Muitos dos fenômenos aleatórios que encontramos na

Leia mais

Teste Intermédio A I (50%)

Teste Intermédio A I (50%) aculdade de Economia da Universidade ova de Lisboa 1304 Análise de Dados e robabilidades ernando Brito Soares Graça Silva edro Chaves Teste Intermédio A Data: 14 de Abril de 2007, 11.00 Duração: 2 horas

Leia mais

Estatística Aplicada ao Serviço Social Módulo 1:

Estatística Aplicada ao Serviço Social Módulo 1: Estatística Aplicada ao Serviço Social Módulo 1: Introdução à Estatística Importância da Estatística Fases do Método Estatístico Variáveis estatísticas. Formas Iniciais de Tratamento dos Dados Séries Estatísticas.

Leia mais

Distribuição de Freqüências

Distribuição de Freqüências Distribuição de Freqüências Por constituir-se o tipo de tabela importante para a Estatística Descritiva, faremos um estudo completo da distribuição de freqüências. Uma distribuição de freqüências condensa

Leia mais

Prova Parcial de Estatística I. Turma: AE1 AE2 AE3 AE4

Prova Parcial de Estatística I. Turma: AE1 AE2 AE3 AE4 ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS DE SÃO PAULO FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS Prova Parcial de Estatística I Data: Setembro / Professores: Eduardo Francisco Francisco Aranha Nelson Barth A Nome do Aluno: GABARITO

Leia mais

Teorema Central do Limite e Intervalo de Confiança

Teorema Central do Limite e Intervalo de Confiança Probabilidade e Estatística Teorema Central do Limite e Intervalo de Confiança Teorema Central do Limite Teorema Central do Limite Um variável aleatória pode ter uma distribuição qualquer (normal, uniforme,...),

Leia mais

Capítulo 7 Medidas de dispersão

Capítulo 7 Medidas de dispersão Capítulo 7 Medidas de dispersão Introdução Para a compreensão deste capítulo, é necessário que você tenha entendido os conceitos apresentados nos capítulos 4 (ponto médio, classes e frequência) e 6 (média).

Leia mais

Análise descritiva de Dados. a) Média: (ou média aritmética) é representada por x e é dada soma das observações, divida pelo número de observações.

Análise descritiva de Dados. a) Média: (ou média aritmética) é representada por x e é dada soma das observações, divida pelo número de observações. Análise descritiva de Dados 4. Medidas resumos para variáveis quantitativas 4.1. Medidas de Posição: Considere uma amostra com n observações: x 1, x,..., x n. a) Média: (ou média aritmética) é representada

Leia mais

Variáveis Aleatórias Discretas e Distribuições de Probabilidade

Variáveis Aleatórias Discretas e Distribuições de Probabilidade Variáveis Aleatórias Discretas e Distribuições de Probabilidade Objetivos do aprendizado a.determinar probabilidades a partir de funções de probabilidade b.determinar probabilidades a partir de funções

Leia mais

CURSO ON-LINE PROFESSOR: VÍTOR MENEZES

CURSO ON-LINE PROFESSOR: VÍTOR MENEZES Caros concurseiros, Como havia prometido, seguem comentários sobre a prova de estatística do ICMS RS. Em cada questão vou fazer breves comentários, bem como indicar eventual possibilidade de recurso. Não

Leia mais

CURSO ON-LINE PROFESSOR GUILHERME NEVES

CURSO ON-LINE PROFESSOR GUILHERME NEVES Olá pessoal! Neste ponto resolverei a prova de Matemática Financeira e Estatística para APOFP/SEFAZ-SP/FCC/2010 realizada no último final de semana. A prova foi enviada por um aluno e o tipo é 005. Os

Leia mais

Áurea Sousa /Deptº. Matemática U.A. Áurea Sousa /Deptº. Matemática U.A.

Áurea Sousa /Deptº. Matemática U.A. Áurea Sousa /Deptº. Matemática U.A. Métodos Estatísticos Mestrado em Gestão (MBA) Objectivos O que é a estatística? Como pode a estatística ajudar? Compreender o método de análise estatística; Reconhecer problemas que podem ser resolvidos

Leia mais

Estatística stica para Metrologia

Estatística stica para Metrologia Aula 5 Estatística stica para Metrologia Aula 5 Variáveis Contínuas Uniforme Exponencial Normal Lognormal Mônica Barros, D.Sc. Maio de 008 1 Distribuição Uniforme A probabilidade de ocorrência em dois

Leia mais

Distribuições de Probabilidade Distribuição Binomial

Distribuições de Probabilidade Distribuição Binomial PROBABILIDADES Distribuições de Probabilidade Distribuição Binomial BERTOLO PRELIMINARES Quando aplicamos a Estatística na resolução de situações-problema, verificamos que muitas delas apresentam as mesmas

Leia mais

Universidade Federal do Paraná Departamento de Informática. Reconhecimento de Padrões. Revisão de Probabilidade e Estatística

Universidade Federal do Paraná Departamento de Informática. Reconhecimento de Padrões. Revisão de Probabilidade e Estatística Universidade Federal do Paraná Departamento de Informática Reconhecimento de Padrões Revisão de Probabilidade e Estatística Luiz Eduardo S. Oliveira, Ph.D. http://lesoliveira.net Conceitos Básicos Estamos

Leia mais

Universidade Federal da Paraíba Departamento de Estatística 1 a. Lista de Exercícios de Estatística III 2005.2

Universidade Federal da Paraíba Departamento de Estatística 1 a. Lista de Exercícios de Estatística III 2005.2 1) Defina com as suas palavras: Universidade Federal da Paraíba Departamento de Estatística 1 a. Lista de Exercícios de Estatística III 2005.2 a) Estatística b) População c) Amostra d) Parâmetro e) Estimador

Leia mais

Teorema do Limite Central e Intervalo de Confiança

Teorema do Limite Central e Intervalo de Confiança Probabilidade e Estatística Teorema do Limite Central e Intervalo de Confiança Teorema do Limite Central Teorema do Limite Central Um variável aleatória pode ter uma distribuição qualquer (normal, uniforme,...),

Leia mais

Universidade Federal de Pernambuco Mestrado em Estatística

Universidade Federal de Pernambuco Mestrado em Estatística Universidade Federal de Pernambuco Mestrado em Estatística Lista 4 de Exercícios de Amostragem Prof. Cristiano Ferraz 1. Em relação ao plano amostral de Bernoulli: a) Explique como retirar uma amostra

Leia mais

1. Avaliação de impacto de programas sociais: por que, para que e quando fazer? (Cap. 1 do livro) 2. Estatística e Planilhas Eletrônicas 3.

1. Avaliação de impacto de programas sociais: por que, para que e quando fazer? (Cap. 1 do livro) 2. Estatística e Planilhas Eletrônicas 3. 1 1. Avaliação de impacto de programas sociais: por que, para que e quando fazer? (Cap. 1 do livro) 2. Estatística e Planilhas Eletrônicas 3. Modelo de Resultados Potenciais e Aleatorização (Cap. 2 e 3

Leia mais

A Curva Normal Luiz Pasquali

A Curva Normal Luiz Pasquali Capítulo 3 A Curva Normal Luiz Pasquali 1 A História da Curva Normal A curva normal, também conhecida como a curva em forma de sino, tem uma história bastante longa e está ligada à história da descoberta

Leia mais

7Testes de hipótese. Prof. Dr. Paulo Picchetti M.Sc. Erick Y. Mizuno. H 0 : 2,5 peças / hora

7Testes de hipótese. Prof. Dr. Paulo Picchetti M.Sc. Erick Y. Mizuno. H 0 : 2,5 peças / hora 7Testes de hipótese Prof. Dr. Paulo Picchetti M.Sc. Erick Y. Mizuno COMENTÁRIOS INICIAIS Uma hipótese estatística é uma afirmativa a respeito de um parâmetro de uma distribuição de probabilidade. Por exemplo,

Leia mais

Exercícios Resolvidos sobre Amostragem

Exercícios Resolvidos sobre Amostragem Exercícios Resolvidos sobre Amostragem Observe agora, nestes Exercícios Resolvidos, como alguns parâmetros estatísticos devem ser construídos para formar amostras fidedignas de certas populações ou fenômenos

Leia mais

Estatística Descritiva: Tabelas e Gráficos. Prof. André Martins

Estatística Descritiva: Tabelas e Gráficos. Prof. André Martins Estatística Descritiva: Tabelas e Gráficos Prof. André Martins Referências Bussab, W. e Morettin, P., Estatística Básica, 5ª Edição Berry, D. A., Statistics, A Bayesian Perspective Freedman, D., Pisani,

Leia mais

Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Tecnologia

Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Tecnologia Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Tecnologia Departamento: Matemática Estatística I Curso: Contabilidade e Administração Ano: 3 o Semestre: o Prova: Exame Época: Normal Ano Lectivo: 2004/2005

Leia mais

AULAS 04 E 05 Estatísticas Descritivas

AULAS 04 E 05 Estatísticas Descritivas 1 AULAS 04 E 05 Estatísticas Descritivas Ernesto F. L. Amaral 19 e 28 de agosto de 2010 Metodologia de Pesquisa (DCP 854B) Fonte: Triola, Mario F. 2008. Introdução à estatística. 10 ª ed. Rio de Janeiro:

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO DE FREQÜÊNCIAS

DISTRIBUIÇÃO DE FREQÜÊNCIAS DISTRIBUIÇÃO DE FREQÜÊNCIAS 1 Dados Brutos: são os dados tomados como eles são, de forma desorganizada. Indica-se por x i Rol: são os dados organizados em ordem crescente ou decrescente. Tamanho da amostra:

Leia mais

OBS. Essas fórmulas acima, são para determinar os termos da mediana (posição)

OBS. Essas fórmulas acima, são para determinar os termos da mediana (posição) FÓRMULAS 1) Amplitude total da amostra A= Ls Li EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO 2) Amplitude do intervalo de classe c= Ls Li 3) Média aritmética X = Xi n 3.1) Média aritmética para dados dispostos em freqüência

Leia mais

CURSO ONLINE REGULAR ESTATÍSTICA BÁSICA PROF. SÉRGIO CARVALHO AULA 13 RELAÇÃO DOS EXERCÍCIOS FINAIS

CURSO ONLINE REGULAR ESTATÍSTICA BÁSICA PROF. SÉRGIO CARVALHO AULA 13 RELAÇÃO DOS EXERCÍCIOS FINAIS Olá, amigos! AULA 13 RELAÇÃO DOS EXERCÍCIOS FINAIS Ainda não é chegada nossa aula derradeira! Sei que muitos estão chateados e com toda a razão do mundo pelo atraso destas últimas aulas. Noutra ocasião

Leia mais

Universidade Federal Fluminense

Universidade Federal Fluminense Universidade Federal Fluminense INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA ESTATÍSTICA V Lista 9: Intervalo de Confiança. 1. Um pesquisador está estudando a resistência de um determinado

Leia mais

Estatística I Aula 1. Prof.: Patricia Maria Bortolon, D. Sc.

Estatística I Aula 1. Prof.: Patricia Maria Bortolon, D. Sc. Estatística I Aula 1 Prof.: Patricia Maria Bortolon, D. Sc. Estatística Estatística

Leia mais

Distribuição de freqüência

Distribuição de freqüência Curso: Logística e Transportes Disciplina: Estatística Profa. Eliane Cabariti Distribuição de freqüência Dados brutos e rol Como já estudamos, o conjunto de dados numéricos obtidos após a crítica dos valores

Leia mais

Medidas de dispersão: os valores estão próximos entre si ou variam muito?

Medidas de dispersão: os valores estão próximos entre si ou variam muito? NOTAS DE EPIDEMIOLOGIA E ESTATÍSTICA Medidas de dispersão: os valores estão próximos entre si ou variam muito? Measures of dispersion: are all values close to each other or do they vary a lot? JOÃO LUIZ

Leia mais

Hipótese Estatística:

Hipótese Estatística: 1 PUCRS FAMAT DEPTº DE ESTATÍSTICA TESTE DE HIPÓTESE SÉRGIO KATO Trata-se de uma técnica para se fazer inferência estatística. Ou seja, a partir de um teste de hipóteses, realizado com os dados amostrais,

Leia mais

Modelagens e Gerenciamento de riscos (Simulação Monte Carlo)

Modelagens e Gerenciamento de riscos (Simulação Monte Carlo) Modelagens e Gerenciamento de riscos (Simulação Monte Carlo) Prof. Esp. João Carlos Hipólito e-mail: jchbn@hotmail.com Sobre o professor: Contador; Professor da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais

Leia mais

Vetores Aleatórios, correlação e conjuntas

Vetores Aleatórios, correlação e conjuntas Vetores Aleatórios, correlação e conjuntas Cláudio Tadeu Cristino 1 1 Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, Brasil Segundo Semestre, 2013 C.T.Cristino (DEINFO-UFRPE) Vetores Aleatórios 2013.2

Leia mais

UNIVERSIDADE DOS AÇORES Mestrado em Gestão (MBA)

UNIVERSIDADE DOS AÇORES Mestrado em Gestão (MBA) UNIVERSIDADE DOS AÇORES Mestrado em Gestão (MBA) Métodos Estatísticos 1º ano -1º Trimestre 2009/2010 Ficha de trabalho nº 1 Exercícios usando o SPSS PARTE 1 - Estatística Descritiva 1. As notas de 32 alunos

Leia mais

Universidade da Beira Interior Departamento de Matemática

Universidade da Beira Interior Departamento de Matemática Universidade da Beira Interior Departamento de Matemática ESTATÍSTICA Ano lectivo: 2007/2008 Curso: Ciências do Desporto Ficha de exercícios nº1: Análise Exploratória de dados: Redução e Representação

Leia mais

1ª Actividade Formativa

1ª Actividade Formativa 1ª Actividade Formativa 1. Foi feito um inquérito a um grupo de 40 compradores de carros novos, de determinada marca, para determinar quantas reparações ou substituições de peças foram feitas durante o

Leia mais

O que é a estatística?

O que é a estatística? Elementos de Estatística Prof. Dr. Clécio da Silva Ferreira Departamento de Estatística - UFJF O que é a estatística? Para muitos, a estatística não passa de conjuntos de tabelas de dados numéricos. Os

Leia mais

LISTA DE MATEMÁTICA. Aluno(a): Nº. 1. Determinada editora pesquisou o número de páginas das revistas mais vendidas em uma cidade.

LISTA DE MATEMÁTICA. Aluno(a): Nº. 1. Determinada editora pesquisou o número de páginas das revistas mais vendidas em uma cidade. LISTA DE MATEMÁTICA Aluno(a): Nº. Professor: Rosivane Série: 2 ano Disciplina: Matematica Data da prova: Pré Universitário Uni-Anhanguera MEDIDAS DE DISPERSÃO 1. Determinada editora pesquisou o número

Leia mais

Lista de Exercícios - Distribuição Normal

Lista de Exercícios - Distribuição Normal Lista de Exercícios - Distribuição Normal Monitor: Giovani e Prof. Jomar 01. Em indivíduos sadios, o consumo renal de oxigênio tem distribuição Normal de média 12 cm³/min e desvio padrão 1,5 cm³/min. Determinar

Leia mais

Trabalhando com Pequenas Amostras: Distribuição t de Student

Trabalhando com Pequenas Amostras: Distribuição t de Student Probabilidade e Estatística Trabalhando com Pequenas Amostras: Distribuição t de Student Pequenas amostras x Grandes amostras Nos exemplos tratados até agora: amostras grandes (n>30) qualquer tipo de distribuição

Leia mais

COMO AVALIAR O RISCO DE UM PROJETO ATRAVÉS DA METODOLOGIA DE MONTE CARLO

COMO AVALIAR O RISCO DE UM PROJETO ATRAVÉS DA METODOLOGIA DE MONTE CARLO COMO AVALIAR O RISCO DE UM PROJETO ATRAVÉS DA O que é risco? Quais são os tipos de riscos? Quais são os tipos de análises? Qual a principal função do Excel para gerar simulações aleatórias? O que é distribuição

Leia mais

Probabilidade. Renata Souza. Introdução. Tabelas Estatísticas. População, Amostra e Variáveis. Gráficos e Distribuição de Freqüências

Probabilidade. Renata Souza. Introdução. Tabelas Estatísticas. População, Amostra e Variáveis. Gráficos e Distribuição de Freqüências Probabilidade Introdução Tabelas Estatísticas População, Amostra e Variáveis Gráficos e Distribuição de Freqüências Renata Souza Conceitos Antigos de Estatística stica a) Simples contagem aritmética Ex.:

Leia mais

Estatística Descritiva

Estatística Descritiva Estatística Descritiva Como construir uma distribuição de freqüências. Como construir gráficos de freqüências. Como encontrar medidas de tendência central. Como encontrar medidas de variabilidade. Como

Leia mais

- Analisar e compreender a importância e a natureza da estatística no cotidiano;

- Analisar e compreender a importância e a natureza da estatística no cotidiano; 1- IDENTIFICAÇÃO CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 80 PERÍODO: NOTURNO NOME DA DISCIPLINA: ESTATÍSTICA NOME DO CURSO: SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS 2- EMENTA Conceitos Básicos,

Leia mais

Stela Adami Vayego - DEST/UFPR 1

Stela Adami Vayego - DEST/UFPR 1 Aula 04 Medidas Descritivas de Variáveis Quantitativas Parte 2 Medidas de Dispersão Stela Adami Vayego - DEST/UFPR 1 São medidas que fornecem informação com relação a dispersão dos dados (heterogeneidade).

Leia mais

'DGRVGH(QWUDGD SDUD D6LPXODomR

'DGRVGH(QWUDGD SDUD D6LPXODomR 6LPXODomR GH6LVWHPDV 'DGRVGH(QWUDGD SDUD D6LPXODomR,1387 'DGRVGH(QWUDGD SDUD D6LPXODomR 3URSyVLWRReproduzir o comportamento aleatório / estocástico do sistema real dentro do modelo de simulação. *$5%$*(,1*$5%$*(287

Leia mais

PROVA ESCRITA DE ESTATÍSTICA VERSÃO A. 04 As classes de uma distribuição de freqüência devem ser mutuamente exclusivas para que

PROVA ESCRITA DE ESTATÍSTICA VERSÃO A. 04 As classes de uma distribuição de freqüência devem ser mutuamente exclusivas para que COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE ENSINO DA AERONÁUTICA CENTRO DE INSTRUÇÃO E ADAPTAÇÃO DA AERONÁUTICA CONCURSO DE ADMISSÃO AO EAOT 00 EXAME DE CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS PROVA ESCRITA DE ESTATÍSTICA

Leia mais

PROVA MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA 1 SEMESTRE DE 2010 GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS: GABARITO (SUBSTITUTIVA)

PROVA MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA 1 SEMESTRE DE 2010 GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS: GABARITO (SUBSTITUTIVA) PROVA MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA 1 SEMESTRE DE 2010 GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS: GABARITO (SUBSTITUTIVA) DISSERTATIVAS: 1) A distribuição de freqüências apresentada foi obtida a partir de uma pesquisa com

Leia mais

Decidir como medir cada característica. Definir as características de qualidade. Estabelecer padrões de qualidade

Decidir como medir cada característica. Definir as características de qualidade. Estabelecer padrões de qualidade Escola de Engenharia de Lorena - EEL Controle Estatístico de Processos CEP Prof. MSc. Fabrício Maciel Gomes Objetivo de um Processo Produzir um produto que satisfaça totalmente ao cliente. Conceito de

Leia mais

QUALITATIVA VARIÁVEL QUANTITATIVA

QUALITATIVA VARIÁVEL QUANTITATIVA NOMINAL ORDINAL QUALITATIVA VARIÁVEL QUANTITATIVA DISCRETA CONTÍNUA - Variável qualitativa nominal = valores que expressam atributos, sem nenhum tipo de ordem. Ex: cor dos olhos, sexo, estado civil, presença

Leia mais

Estatística Aplicada

Estatística Aplicada INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA Estatística Aplicada Ano Lectivo 2006/2007 Ficha n.º1 1. O director comercial de uma cadeia de lojas pretende comparar duas técnicas

Leia mais

NOÇÕES BÁSICAS DE ESTATÍSTICA

NOÇÕES BÁSICAS DE ESTATÍSTICA Curso de Capacitação em Epidemiologia Básica e Análise da Situação de Saúde Ministério da Saúde Secretaria de Vigilância em Saúde NOÇÕES BÁSICAS DE ESTATÍSTICA Gleice Margarete de Souza Conceição Airlane

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA SÉRIES, TABELAS E GRÁFICOS ESTATÍSTICOS Departamento de Estatística Tarciana Liberal TABELAS TABELAS TABELAS TABELAS TABELAS SÉRIES ESTATÍSTICAS Um gerente de produção da

Leia mais

Amostragem. Prof. Joel Oliveira Gomes. Capítulo 9. Desenvolvimento

Amostragem. Prof. Joel Oliveira Gomes. Capítulo 9. Desenvolvimento Capítulo 9 Amostragem Desenvolvimento 9.1 Introdução 9.2 Censo versus Amostra 9.3 Processo de planejamento de uma amostragem 9.4 Técnicas Amostrais 9.5 Amostragem Não-probabilística 9.6 Amostragem Probabilística

Leia mais

a) De seu ponto de vista, quais são os valores dos dois diferentes resultados?

a) De seu ponto de vista, quais são os valores dos dois diferentes resultados? Lista de exercícios n 07 Resolução Probabilidade e Estatística PRE-401 Prof. Dr. Marcelo de Paula Corrêa Distribuições de probabilidade e distribuição binomial 1) Determine se as tabelas abaixo indicam

Leia mais

(Modelo de) Relatório: 1-Introdução. 2-Materiais e métodos. 3-Análise descritiva dos dados

(Modelo de) Relatório: 1-Introdução. 2-Materiais e métodos. 3-Análise descritiva dos dados (Modelo de) Relatório: 1-Introdução (Nessa seção faz-se uma apresentação/contextualização do problema e descreve-se como está organizado o relatório) Ex: Neste trabalho temos o objetivo de traçar o perfil

Leia mais

IMES Catanduva. Disciplina: Estatística na Fisioterapia. Estatística Descritiva Aplicada no Excel. Fisioterapia. Bertolo, L. A.

IMES Catanduva. Disciplina: Estatística na Fisioterapia. Estatística Descritiva Aplicada no Excel. Fisioterapia. Bertolo, L. A. IMES Catanduva Disciplina: Estatística na Fisioterapia Estatística Descritiva Aplicada no Excel, L. A. Fisioterapia Versão BETA Maio 2011 Capítulo 2 Medidas Estatísticas A distribuição de frequências permite-nos

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 3

LISTA DE EXERCÍCIOS 3 DISCIPLINA: CÁLCULO DAS PROBABILIDADES E ESTATÍSTICA I PERÍODO: 2013.2 LISTA DE EXERCÍCIOS 3 1) Uma empresa fabricante de pastilhas para freio efetua um teste para controle de qualidade de seus produtos.

Leia mais

DELEGAÇÃO DE TETE CAPACITAÇÃO INTERNA DO CORPO DOCENTE/ FEVEREIRO DE 2015

DELEGAÇÃO DE TETE CAPACITAÇÃO INTERNA DO CORPO DOCENTE/ FEVEREIRO DE 2015 DELEGAÇÃO DE TETE CAPACITAÇÃO INTERNA DO CORPO DOCENTE/ FEVEREIRO DE 2015 TEMA: IBM SPSS Statistics 20 FACILITADORES: dr. Alfeu Dias Martinho dr. Pércio António Chitata dr. Domingos Arcanjo António Nhampinga

Leia mais

Análise Exploratória de Dados

Análise Exploratória de Dados Análise Exploratória de Dados Profª Alcione Miranda dos Santos Departamento de Saúde Pública UFMA Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva email: alcione.miranda@gmail.com Introdução O primeiro passo

Leia mais

Aula 4 Estatística Conceitos básicos

Aula 4 Estatística Conceitos básicos Aula 4 Estatística Conceitos básicos Plano de Aula Amostra e universo Média Variância / desvio-padrão / erro-padrão Intervalo de confiança Teste de hipótese Amostra e Universo A estatística nos ajuda a

Leia mais

Noções de Pesquisa e Amostragem. André C. R. Martins

Noções de Pesquisa e Amostragem. André C. R. Martins Noções de Pesquisa e Amostragem André C. R. Martins 1 Bibliografia Silva, N. N., Amostragem probabilística, EDUSP. Freedman, D., Pisani, R. e Purves, R., Statistics, Norton. Tamhane, A. C., Dunlop, D.

Leia mais

MODELAGEM E SIMULAÇÃO

MODELAGEM E SIMULAÇÃO MODELAGEM E SIMULAÇÃO Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza edwin@engenharia-puro.com.br www.engenharia-puro.com.br/edwin Como Funciona a Simulação Introdução Assim como qualquer programa de computador,

Leia mais

Probabilidade. Distribuição Normal

Probabilidade. Distribuição Normal Probabilidade Distribuição Normal Distribuição Normal Uma variável aleatória contínua tem uma distribuição normal se sua distribuição é: simétrica apresenta (num gráfico) forma de um sino Função Densidade

Leia mais

Cláudio Tadeu Cristino 1. Julho, 2014

Cláudio Tadeu Cristino 1. Julho, 2014 Inferência Estatística Estimação Cláudio Tadeu Cristino 1 1 Universidade Federal de Pernambuco, Recife, Brasil Mestrado em Nutrição, Atividade Física e Plasticidade Fenotípica Julho, 2014 C.T.Cristino

Leia mais

CAP4: Distribuições Contínuas Parte 1 Distribuição Normal

CAP4: Distribuições Contínuas Parte 1 Distribuição Normal CAP4: Distribuições Contínuas Parte 1 Distribuição Normal Quando a variável sendo medida é expressa em uma escala contínua, sua distribuição de probabilidade é chamada distribuição contínua. Exemplo 4.1

Leia mais