Projectos candidatos ao Prémio de Boas Práticas sobre Eficiência (por ordem alfabética) Designação do Projecto Região Instituição Executora

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Projectos candidatos ao Prémio de Boas Práticas sobre Eficiência (por ordem alfabética) Designação do Projecto Região Instituição Executora"

Transcrição

1 Projectos candidatos ao Prémio de Boas Práticas sobre Eficiência 1. Apoio Domiciliário e Voluntariado a Idosos e Centro de Saúde Soares dos Reis (V. N. Gaia) 2. Combate à Obesidade Infantil Pública da ARS 3. Desinstitucionalização em Psiquiatria Centro Departamento de Psiquiatria do Hospital Viseu 4. Estratégia de Intervenção em Saúde Mental Infantil ou Sopa de Pedra 5. Gestão do Stress em Funcionários do Hospital Garcia de Orta 6. Intervenção da Enfermagem no HDIC do HPV.EPE, na Assistência Continuada Centro Departamento de Psiquiatria do Hospital Viseu Hospital Pulido Valente, EPE 7. Prevenção e tratamento de úlceras da perna Sub-Região de Saúde de Beja 8. Prevenção e tratamento de úlceras de pressão Sub-Região de Saúde de Beja 9. PRISMA Programa de Reabilitação e Intervenção em Saúde Mental em Ambulatório 10. Promoção da prática de cirurgia em regime de ambulatório em Portugal Associação Portuguesa de Cirurgia Ambulatória (HGSAntº) 11. Reestruturação do serviço de farmácia Centro de Saúde de Loulé 12. Referenciação Obstétrica entre a Sub-Região de Saúde de Beja e o Hospital José Joaquim Fernandes do Centro Hospitalar do Baixo, EPE 13. Sistema de Logística Interna HLS, Hospital Logistics System Sub-Região de Saúde de Beja Hospital G Santo António 14. Sistema Integrado de Gestão da Formação Centro Sub-Região de Saúde de Leiria 15. Unidade de Cirurgia Ambulatória do Hospital de Santa Cruz Hospital de Santa Cruz (CHLisboa Ocidental) 1

2 Projectos Seleccionados para Apresentação no Colóquio sobre Eficiência 1. Apoio Domiciliário e Voluntariado a Idosos e Centro de Saúde Soares dos Reis (V. N. Gaia) 2. Estratégia de Intervenção em Saúde Mental Infantil ou Sopa de Pedra Centro Departamento de Psiquiatria e 3. Intervenção da Enfermagem no HDIC do HPV.EPE, na Hospital Pulido Valente, EPE Assistência Continuada 4. Prevenção e tratamento de úlceras de pressão Sub-Região de Saúde de Beja 5. PRISMA Programa de Reabilitação e Intervenção em Saúde Mental em Ambulatório 6. Reestruturação do serviço de farmácia Centro de Saúde de Loulé 7. Sistema de Logística Interna HLS, Hospital Logistics Hospital G Santo António System 8. Sistema Integrado de Gestão da Formação Centro Sub-Região de Saúde de Leiria 2

3 Projectos candidatos ao Prémio de Boas Práticas sobre Efectividade 1. A Comunicação interactiva entre os cuidados de saúde diferenciados e os cuidados de saúde primários para o sucesso do aleitamento materno no Vale do Sousa 2. Actividade de Enfermagem no Âmbito do Programa de Prevenção, Vigilância e Controlo da Diabetes e suas Complicações nos profissionais do CHL/HSJ 3. Apoio Domiciliário Sistemático e em crise ao utente com Psicose Hospital Padre Américo Vale do Sousa, EPE Ocupacional do CH Lisboa H. S. José 4. Consulta de Sobreviventes de Neoplasias Pediátricas Serviço de Pediatria do IPO Lisboa 5. Criar Excelência em Laboratório IPO Lisboa 6. Folha informativa do Centro de Saúde de Avis Centro de Saúde Avis 7. Gestão de Nutrição do Hospital S. João Comissão de Nutrição do Hospital de S. João 8. Maternidade Segura Preparação para o Parto Centro de Saúde de Loulé 9. Música nos Hospitais e Instituições de Solidariedade Serviço de Pediatria do Hospital Garcia de Orta 10. Normalização dos ensinos/personalização do que ensinar Hospital Padre Américo Vale do Sousa 11. Organização de uma rede de Cuidados Paliativos em Oncologia Pediátrica 12. Plano da Unidade de Emergência de Saúde Pública do para situações de Catástrofe e ou Doenças Emergentes 13. Programa de Prevenção da Doença dos Legionários em Estabelecimentos Hoteleiros. 14. Programa de Prevenção de Infecção por Vírus do Nilo Ocidental. 15. Programa de Prevenção e Controlo do Risco da Gripe no Local de Trabalho 16. Programa de Prevenção e Controlo do Risco da Tuberculose Pulmonar no Local de Trabalho 17. Programa de Prevenção e Controlo do Risco de Exposição Ocupacional ao Látex Serviço de Pediatria do IPO Lisboa Pública do Pública do 3

4 18. Programa de Prevenção e Controlo do Risco de Exposição Profissional ao Sangue 19. Programa de Prevenção, Tratamento, Reabilitação e Controlo das Doenças Orais 20. S. Brás à Mesa A Alimentação Mediterrânica, Uma Alimentação Saudável Projectos Seleccionados para Apresentação no Colóquio sobre Efectividade 1. A Comunicação interactiva entre os cuidados de saúde diferenciados e os cuidados de saúde primários para o sucesso do aleitamento materno no Vale do Sousa Hospital Padre Américo Vale do Sousa, EPE 2. Criar Excelência em Laboratório IPO Lisboa 3. Folha informativa do Centro de Saúde de Avis Centro de Saúde Avis 4. Música nos Hospitais e Instituições de Solidariedade Serviço de Pediatria do Hospital Garcia de Orta 5. Plano da Unidade de Emergência de Saúde Pública do para situações de Catástrofe e ou Doenças Emergentes 6. Programa de Prevenção da Doença dos Legionários em Estabelecimentos Hoteleiros. 7. Programa de Prevenção e Controlo do Risco de Exposição Profissional ao Sangue Pública do 4

5 Projectos Candidatos ao Prémio de Boas Práticas sobre Equidade 1. Ajudar a Cuidar Programa de Apoio a Pessoas Centro de Saúde de Vila Verde (SRS Braga) 2. Atendimento telefónico pelo médico de família um projecto experimental Centro de Saúde do Seixal (Ext. Fernão Ferro) 3. Hospital: Porta Aberta à Escola Centro Hospital Amato Lusitano (C Branco) 4. Nutrição Entérica no Ambulatório no. Hospital Distrital de Faro Grupo de Nutrição Clínica 5. Programa de telemedicina para a região - ARS Telemedalentejo 6. Promoção da Qualidade Nutricional das Refeições em Estabelecimentos de Educação Pública da ARS 7. Rastreio do Cancro da Mama no Associação Oncológica do ARS UALG 8. Rastreio do Cancro do Cólon Serviço de Gastrenterologia do Hospital Distrital de Faro 9. Reabilitação Psiquiátrica em Parceria Centro Departamento de Psiquiatria e 10. Unidades Móveis de Saúde. ARS Projectos Seleccionados para Apresentação no Colóquio sobre Equidade 1 Ajudar a Cuidar Programa de Apoio a Pessoas Centro de Saúde de Vila Verde (SRS Braga) 2 Atendimento telefónico pelo médico de família um projecto experimental Centro de Saúde do Seixal (Ext. Fernão Ferro) 3 Nutrição Entérica no Ambulatório no. Hospital Distrital de Faro Grupo de Nutrição Clínica 4 Programa de telemedicina para a região - ARS Telemedalentejo 5 Rastreio do Cancro da Mama no Associação Oncológica do ARS UALG 6 Reabilitação Psiquiátrica em Parceria Centro Departamento de Psiquiatria e 5

ARS Norte. Identificação da Instituição Executora. Título. Responsável. Liga dos Amigos do Centro de Saúde Soares dos Reis

ARS Norte. Identificação da Instituição Executora. Título. Responsável. Liga dos Amigos do Centro de Saúde Soares dos Reis ARS Norte Apoio Domiciliário e Voluntário a Idosos e Dependentes Promoção da Prática de Cirurgia em Regime de Ambulatório em Portugal Normalização dos Ensinos/Personalizados do que ensinar Ajudar a Cuidar

Leia mais

Programa Nacional de Erradicação da Poliomielite - Plano de Ação Pós-Eliminação

Programa Nacional de Erradicação da Poliomielite - Plano de Ação Pós-Eliminação MODELO 4 - Norte : Região Unidades Hospitalares (15) MÊS NORTE J F M A M J J A S O N D CH Nordeste, EPE CH Trás-os-Montes e Alto Douro, EPE CH Alto Ave, EPE CH Médio Ave, EPE CH Tâmega e Sousa, EPE CH

Leia mais

Conferência do Fórum Gulbenkian de Saúde, Auditório 2, Fundação Calouste Gulbenkian.

Conferência do Fórum Gulbenkian de Saúde, Auditório 2, Fundação Calouste Gulbenkian. Conferência do Fórum Gulbenkian de Saúde, Auditório 2, Fundação Calouste Gulbenkian. Serviço de Saúde e Desenvolvimento Humano Valores em euros Encargos com pessoal 323 430 Despesas de funcionamento 74

Leia mais

Lista de Associados. > Hospital do Montijo + Hospital Nossa Senhora do Rosário, EPE CENTRO HOSPITALAR DE ENTRE O DOURO E VOUGA, EPE

Lista de Associados. > Hospital do Montijo + Hospital Nossa Senhora do Rosário, EPE CENTRO HOSPITALAR DE ENTRE O DOURO E VOUGA, EPE ADMINISTRAÇÃO CENTRAL DO SISTEMA DE SAÚDE (ACSS) ARS DE LISBOA E VALE DO TEJO, IP ARS DO ALENTEJO, IP ARS DO ALGARVE, IP ARS DO CENTRO, IP ARS DO NORTE, IP CENTRO DE MEDICINA E REABILITAÇÃO DA REGIÃO CENTRO

Leia mais

Consulta de Vagas disponíveis para o concurso IM 2009 - A Formação Específica. ANATOMIA PATOLÓGICA Hospitais Universidade de Coimbra - E.P.E.

Consulta de Vagas disponíveis para o concurso IM 2009 - A Formação Específica. ANATOMIA PATOLÓGICA Hospitais Universidade de Coimbra - E.P.E. Hospitais Universidade de Coimbra - E.P.E. Hospital Central de Faro - E.P.E. Instituto Português Oncologia de Lisboa Hospital Central do Funchal Hospital Central do Funchal Preferencial Hospital Curry

Leia mais

DESPACHO N.º 187 / 2007

DESPACHO N.º 187 / 2007 DESPACHO N.º 187 / 2007 Os deveres de assiduidade e de pontualidade são basilares em qualquer relação de trabalho, pelo que a verificação do seu cumprimento tem de ser sempre encarada como uma medida imprescindível

Leia mais

Região Norte. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. ACeS Douro I - Marão e Douro Norte

Região Norte. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. ACeS Douro I - Marão e Douro Norte Região Norte Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica Cuidados de Saúde Primários ACeS Douro I - Marão e Douro Norte Unidade de Cuidados na Comunidade de Mateus Unidade de Cuidados de

Leia mais

Cardiologia Cardiologia Pediátrica Cirurgia Cardíaca Cirurgia Geral 1 Cirurgia Maxilofacial Cirurgia Pediátrica

Cardiologia Cardiologia Pediátrica Cirurgia Cardíaca Cirurgia Geral 1 Cirurgia Maxilofacial Cirurgia Pediátrica Anatomia Patológica Anestesiologia Angiologia e Cirurgia Cardiologia Cardiologia Pediátrica Cirurgia Cardíaca Cirurgia Geral Cirurgia Maxilofacial Cirurgia Pediátrica Cir. Plástica Cirurgia Torácica Dermatovenereologia

Leia mais

27 de Janeiro de 2006. - A Secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Carmen Madalena da Costa Gomes e Cunha Pignatelli.

27 de Janeiro de 2006. - A Secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Carmen Madalena da Costa Gomes e Cunha Pignatelli. Despacho n.º 3845/2006 (2.ª série). - O Decreto-Lei n.º 112/98, de 24 de Abril, na alínea b) do n.º 1 do artigo 9.º, prevê a prorrogação do contrato administrativo de provimento dos internos que à data

Leia mais

Pediatria Médica. Junho de 2005 Colégio de Pediatria pg 1 de 10

Pediatria Médica. Junho de 2005 Colégio de Pediatria pg 1 de 10 Pediatria Médica Idoneidade e de Serviços, para os s do Internato Complementar de Pediatria no ano 2006, atribuídas pela Direcção do Colégio de Especialidade de Pediatria Junho de 2005 Colégio de Pediatria

Leia mais

- Avaliação da Cultura de Segurança do Doente em Hospitais -

- Avaliação da Cultura de Segurança do Doente em Hospitais - - Avaliação da Cultura de Segurança do Doente em Hospitais - A segurança do doente é uma preocupação crescente nos Hospitais Portugueses, tal como acontece noutros países da Europa e do resto do mundo.

Leia mais

RELATÓRIO DOS REGISTOS DAS INTERRUPÇÕES DA GRAVIDEZ AO ABRIGO DA LEI 16/2007 DE 17 DE ABRIL

RELATÓRIO DOS REGISTOS DAS INTERRUPÇÕES DA GRAVIDEZ AO ABRIGO DA LEI 16/2007 DE 17 DE ABRIL RELATÓRIO DOS REGISTOS DAS INTERRUPÇÕES DA GRAVIDEZ AO ABRIGO DA LEI 16/2007 DE 17 DE ABRIL Dados referentes ao período de Janeiro a Dezembro de 2008 Edição revista DIRECÇÃO-GERAL DA SAÚDE DIVISÃO DE SAÚDE

Leia mais

O DESENVOLVIMENTO DAS UNIDADES HOSPITALARES NA REGIÃO NORTE

O DESENVOLVIMENTO DAS UNIDADES HOSPITALARES NA REGIÃO NORTE O DESENVOLVIMENTO DAS UNIDADES HOSPITALARES NA REGIÃO NORTE Fernando Araújo, Mário Abreu Fernandes Administração Regional de Saúde do Norte, IP - Maio, 2009 Hospitais da ARSN Viana do Castelo 1. Centro

Leia mais

António Lobo Antunes e Eduardo Lourenço. Colóquio "Viver Mais, Viver Melhor", Fórum Gulbenkian de Saúde, Abril de 2009.

António Lobo Antunes e Eduardo Lourenço. Colóquio Viver Mais, Viver Melhor, Fórum Gulbenkian de Saúde, Abril de 2009. Caridade Graça Franco, Laborinho Lúcio, Manuel Braga da Cruz, António Leuschner e António Lobo Antunes. Colóquio "Viver Mais, Viver Melhor", Fórum Gulbenkian de Saúde, Abril de 2009. António Lobo Antunes

Leia mais

ACTUAR NOS CONDICIONANTES VIVER A VIDA: MAIS E MELHOR. Reduzir as desigualdades em saúde. Promover a saúde das crianças, adolescentes e famílias

ACTUAR NOS CONDICIONANTES VIVER A VIDA: MAIS E MELHOR. Reduzir as desigualdades em saúde. Promover a saúde das crianças, adolescentes e famílias ACTUAR NOS CONDICIONANTES VIVER A VIDA: MAIS E MELHOR Reduzir as desigualdades em saúde Garantir um ambiente físico de qualidade Promover a saúde das crianças, adolescentes e famílias Melhorar a saúde

Leia mais

Região Norte. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. ACeS Douro I - Marão e Douro Norte

Região Norte. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. ACeS Douro I - Marão e Douro Norte Região Norte Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica Cuidados de Saúde Primários ACeS Douro I - Marão e Douro Norte Unidade de Cuidados na Comunidade de Mateus Unidade de Cuidados de

Leia mais

NASCER CIDADÃO. Perguntas & Respostas

NASCER CIDADÃO. Perguntas & Respostas NASCER CIDADÃO Perguntas & Respostas 1. O que é o Nascer Cidadão? O Nascer Cidadão tem três objectivos: a) Permitir que o registo de nascimento das crianças se realize em unidades de saúde (hospitais e

Leia mais

PROGRAMA CIENTÍFICO. 25 e 26 fevereiro 2016. Centro de Congressos de Lisboa. Homenagem Nacional: Prof. Doutor A. Pacheco Palha

PROGRAMA CIENTÍFICO. 25 e 26 fevereiro 2016. Centro de Congressos de Lisboa. Homenagem Nacional: Prof. Doutor A. Pacheco Palha Presidente Prof. Doutor A. Pacheco Palha Secretários Gerais Dr. José Canas da Silva e Dr. Rui Cernadas Homenagem Nacional: Prof. Doutor A. Pacheco Palha 25 e 26 fevereiro 2016 Centro de Congressos de Lisboa

Leia mais

CENTRO DE AMBULATÓRIO PEDIÁTRICO

CENTRO DE AMBULATÓRIO PEDIÁTRICO PROJECTO CENTRO DE AMBULATÓRIO PEDIÁTRICO do Hospital de Santa Maria CENTRO DE AMBULATÓRIO PEDIÁTRICO MARIA RAPOSA Todos os anos, um número crescente de crianças, dos 0 aos 18 anos de idade, são assistidas

Leia mais

Maria Raquel Aranda Santos Pereira, solteira, nasceu a 7 de Novembro de 1984, no Porto.

Maria Raquel Aranda Santos Pereira, solteira, nasceu a 7 de Novembro de 1984, no Porto. Maria Pereira, Dr.ª Dados pessoais e formação académica Maria Raquel Aranda Santos Pereira, solteira, nasceu a 7 de Novembro de 1984, no Porto. Frequentou o ensino pré-escolar e os três ciclos do ensino

Leia mais

Europass-Curriculum Vitae

Europass-Curriculum Vitae an Europass-Curriculum Vitae In pessoal Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) Morada(s) Orvalho, Inês Tabau Rua Vicente Pindela, nº 36 1º esquerdo 3030-030 Coimbra Telefone(s) +351 239716762 Telemóvel: +351

Leia mais

Orçamento da saúde 2012 para onde vai o seu dinheiro?

Orçamento da saúde 2012 para onde vai o seu dinheiro? Orçamento da saúde 2012 para onde vai o seu dinheiro? José Carlos Caiado 26 de Outubro de 2011 Introdução Elaboração do orçamento da saúde Monitorização e divulgação de informação Melhoria do desempenho

Leia mais

ANEXO III ENTIDADES COM AS QUAIS A ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE LISBOA TEM PROTOCOLOS DE FORMAÇÃO ENTIDADES HOSPITALARES

ANEXO III ENTIDADES COM AS QUAIS A ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE LISBOA TEM PROTOCOLOS DE FORMAÇÃO ENTIDADES HOSPITALARES ENTIDADES COM AS QUAIS A ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE LISBOA TEM PROTOCOLOS DE FORMAÇÃO ENTIDADES HOSPITALARES Centro Hospitalar de Lisboa Central EPE Centro Hospitalar de Lisboa Norte EPE Centro Hospitalar

Leia mais

A Gestão da Higiene e Segurança na. Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo EPE

A Gestão da Higiene e Segurança na. Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo EPE A Gestão da Higiene e Segurança na Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo EPE Histórico Janeiro de 2006 Centro Hospitalar do Baixo Alentejo EPE Hospital José Joaquim Fernandes - Beja Hospital São Paulo

Leia mais

Centro Nacional de Observação em Dor

Centro Nacional de Observação em Dor INQUÉRITO SOBRE AS CONDIÇÕES HOSPITALARES EXISTENTES PARA O TRATAMENTO DA: DOR CRÓNICA DOR AGUDA PÓS-OPERATÓRIA DOR DO PARTO Relatório Final Novembro de 2010 Índice Objectivos 2 Métodos e Participantes

Leia mais

Horário População Locais de Estágio

Horário População Locais de Estágio Prof. Doutora Ângela Vila-Real (2 seminários) Hospital Garcia de Orta, E.P.E. Serviço de Psiquiatria e Saúde Mental Centro Hospitalar Lisboa Norte, EPE - Hospital Santa Maria, Serviço de endocrinologia,

Leia mais

notícias Outubro10 n.º 36 VISITE-NOS EM: www.hbarreiro.min-saude.pt Boletim Informativo do Hospital de Nossa Senhora do Rosário - Barreiro

notícias Outubro10 n.º 36 VISITE-NOS EM: www.hbarreiro.min-saude.pt Boletim Informativo do Hospital de Nossa Senhora do Rosário - Barreiro notícias Boletim Informativo do Hospital de Nossa Senhora do Rosário - Barreiro Outubro10 n.º 36 VISITE-NOS EM: www.hbarreiro.min-saude.pt editorial página 2 Sumário História... 3 Visão, missão e valores...

Leia mais

A CONTRATUALIZAÇÃO INTERNA FIGUEIRA DA FOZ HOTEL EUROSTARS OASIS PLAZA 19 DE SETEMBRO

A CONTRATUALIZAÇÃO INTERNA FIGUEIRA DA FOZ HOTEL EUROSTARS OASIS PLAZA 19 DE SETEMBRO A CONTRATUALIZAÇÃO INTERNA FIGUEIRA DA FOZ HOTEL EUROSTARS OASIS PLAZA 19 DE SETEMBRO MODERAÇÃO PEDRO BEJA AFONSO Para além de Presidente do Conselho de Administração do Hospital Distrital da Figueira

Leia mais

Identificação da Empresa. Missão. Visão

Identificação da Empresa. Missão. Visão Identificação da Empresa Designação social: Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE Sede: Rua José António Serrano, 1150-199 - Lisboa Natureza jurídica: Entidade Pública Empresarial Início de actividade:

Leia mais

Grupo Parlamentar PROJECTO DE RESOLUÇÃO Nº 28/XI/1ª. Exposição de Motivos

Grupo Parlamentar PROJECTO DE RESOLUÇÃO Nº 28/XI/1ª. Exposição de Motivos Grupo Parlamentar PROJECTO DE RESOLUÇÃO Nº 28/XI/1ª Recomenda ao Governo que adopte medidas urgentes que diminuam os tempos de espera para consulta e cirurgia oncológica e que melhorem a qualidade e o

Leia mais

ANO:2011 Ministério da Saúde. Administração regional de saúde do Norte, I.P. Objectivos Estratégicos. Objectivos Operacionais.

ANO:2011 Ministério da Saúde. Administração regional de saúde do Norte, I.P. Objectivos Estratégicos. Objectivos Operacionais. ANO:2011 Ministério da Saúde Administração regional de saúde do Norte, I.P. MISSÃO: Garantir à população da sua área de influência o acesso à prestação de cuidados de saúde de qualidade e cumprir e fazer

Leia mais

PROGRAMA ESPECÍFICO PARA MELHORIA DO ACESSO AO DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DA INFERTILIDADE Documento de Suporte à Contratualização

PROGRAMA ESPECÍFICO PARA MELHORIA DO ACESSO AO DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DA INFERTILIDADE Documento de Suporte à Contratualização 2009 Documento de Suporte à Contratualização do Programa Específico para melhoria do ACSS DGS PROGRAMA ESPECÍFICO PARA MELHORIA DO ACESSO AO DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DA INFERTILIDADE Documento de Suporte

Leia mais

Anexos do Relatório da Actividade Cirúrgica em Neoplasias Malignas em 2007

Anexos do Relatório da Actividade Cirúrgica em Neoplasias Malignas em 2007 Unidade Central de Gestão de Inscritos para Cirurgia Anexos do Relatório da Actividade Cirúrgica em Neoplasias Malignas em 2007 Página 1 de 93 Índice Introdução... 4 Conceitos e Fórmulas utilizadas no

Leia mais

IMPLEMENTAMOS PROJECTOS QUE ACRESCENTAM VALOR

IMPLEMENTAMOS PROJECTOS QUE ACRESCENTAM VALOR IMPLEMENTAMOS PROJECTOS QUE ACRESCENTAM VALOR Saúde do Produto para a Solução BIQ Consultores QUEM SOMOS E O QUE FAZEMOS 2011 Internacionalização 1998 Sistemas de Gestão e Organização 2010 Segurança dos

Leia mais

ARS Algarve,IP lança nova página institucional

ARS Algarve,IP lança nova página institucional ARS Algarve,IP lança nova página institucional A Administração Regional de Saúde do Algarve disponibiliza desde o início de maio uma nova página institucional, criada com recursos da instituição, com o

Leia mais

Prof. Doutora Ângela Vila Real (2 seminários)

Prof. Doutora Ângela Vila Real (2 seminários) Bolsa de Estágios 2013/2014 MIP Prof. Doutora Ângela Vila Real (2 seminários) ACES Loures APAV Odivelas Hospital Pulido Valente Junta de Freguesia Sta. Maria dos Olivais IAC Mediação Escolar ACES Lisboa

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA. ESTÁGIO DE PEDIATRIA 6º ANO Ano Lec vo 2014/2015

FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA. ESTÁGIO DE PEDIATRIA 6º ANO Ano Lec vo 2014/2015 ÁREA ACADÉMICA UGC Unidade de Gestão Curricular FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA ESTÁGIO DE PEDIATRIA 6º ANO Ano Lec vo 2014/2015 Coordenadores: Coordenador

Leia mais

NOTAS CURRICULARES. João Manuel Alves da Silveira Ribeiro Nascido a 19 de novembro de 1951, na freguesia de Cedofeita, concelho do Porto.

NOTAS CURRICULARES. João Manuel Alves da Silveira Ribeiro Nascido a 19 de novembro de 1951, na freguesia de Cedofeita, concelho do Porto. NOTAS CURRICULARES João Manuel Alves da Silveira Ribeiro Nascido a 19 de novembro de 1951, na freguesia de Cedofeita, concelho do Porto. Formação académica: 2007 - Programa de Alta Direção de Instituições

Leia mais

Estágio Opcional em Anestesia Fora do Bloco Operatório

Estágio Opcional em Anestesia Fora do Bloco Operatório Estágio Opcional em Anestesia Fora do Bloco Operatório Serviço de Anestesiologia Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra José Pedro Alves Ribeiro Coordenação Assistente Graduado do Centro Hospitalar

Leia mais

1º Semestre 2012. Unidade Central de Gestão. de Inscritos para Cirurgia. Relatório Síntese da Atividade em Cirurgia Programada

1º Semestre 2012. Unidade Central de Gestão. de Inscritos para Cirurgia. Relatório Síntese da Atividade em Cirurgia Programada Relatório da Atividade em Cirurgia Programada Unidade Central de Gestão Ano 2009 de Inscritos para Cirurgia -+ Relatório Síntese da Atividade em Cirurgia Programada 1º Semestre 2012 Unidade Central de

Leia mais

Âmbito de intervenção do projecto: Local Distrito de Lisboa; concelho de Sintra

Âmbito de intervenção do projecto: Local Distrito de Lisboa; concelho de Sintra Entidade Promotora: Associação Meio Caminho Designação do Projecto: Casa do Quero Parcerias: Câmara Municipal de Sintra, IEFP. Âmbito de intervenção do projecto: Local Distrito de Lisboa; concelho de Sintra

Leia mais

CENTRO HOSPITALAR LISBOA NORTE, E.P.E

CENTRO HOSPITALAR LISBOA NORTE, E.P.E CENTRO HOSPITALAR LISBOA NORTE, E.P.E 2013 ÍNDICE 1. Identificação da Entidade... 3 2. Caracterização Geral... 4 3 Sistemas de Informação... 5 4. Outros Aspectos de Regulação, Organização e Controlo Interno

Leia mais

Relatório de resultados

Relatório de resultados Relatório de resultados Questionário sobre Consentimento Informado, Acompanhamento de crianças até aos 18 anos de idade e Visitas a doentes no internamento hospitalar Entre Novembro de 2010 e Janeiro de

Leia mais

PROJECTO, GESTÃO E CONSULTORIA

PROJECTO, GESTÃO E CONSULTORIA PROJECTO, GESTÃO E CONSULTORIA JA Project (2012) ARQUITECTURA E PLANEAMENTO URBANO PERFIL A METAPOLIS apresenta uma visão crítica e integrada. Adopta uma abordagem multidisciplinar visando o rigor da qualidade

Leia mais

ETEC Doutora Ruth Cardoso São Vicente

ETEC Doutora Ruth Cardoso São Vicente ETEC Doutora Ruth Cardoso São Vicente ETEC DOUTORA RUTH CARDOSO SÃO VICENTE PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES. AVISO N 194/01/2014 de 03/04/2013.

Leia mais

Europass Curriculum Vitae

Europass Curriculum Vitae Europass Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) Emprego pretendido / Área funcional Enfermeira de nível 1 da Carreira de Enfermagem Ano Letivo 2012/2013 Palestrante nas ações

Leia mais

Descobrir para saber cuidar 2 º. Congresso Internacional. Lusíadas Saúde 17 OUTUBRO 2015 HOTEL THE OITAVOS QUINTA DA MARINHA - CASCAIS

Descobrir para saber cuidar 2 º. Congresso Internacional. Lusíadas Saúde 17 OUTUBRO 2015 HOTEL THE OITAVOS QUINTA DA MARINHA - CASCAIS NOVOS CAMINHOS 2 º Internacional 17 OUTUBRO 2015 HOTEL THE OITAVOS QUINTA DA MARINHA - CASCAIS 1oh 1oh30 11h 11h30 Gestão de Risco - Toda a atenção é pouca Moderador: Nuno Candeias Hospital Lusíadas Lisboa

Leia mais

ARS Norte, I.P. Gabinete de Gestão do Conhecimento. Plano de Formação 2011. Aprovação do Conselho Directivo

ARS Norte, I.P. Gabinete de Gestão do Conhecimento. Plano de Formação 2011. Aprovação do Conselho Directivo ARS Norte, I.P. Gabinete de Gestão do Conhecimento Plano de Formação 2011 Aprovação do Conselho Directivo A intervenção integrada na Saúde Mental nos CSP 1 24 Rita Oliveira do Carmo Abordagem ao Doente

Leia mais

SESSÃO: ACÇÕES INOVADORAS E ENVELHECIMENTO ACTIVO. Maria Helena Patrício Paes CENTRO ISMAILI, LISBOA 12 DE OUTUBRO DE 2012. mhpaes@prosalis.

SESSÃO: ACÇÕES INOVADORAS E ENVELHECIMENTO ACTIVO. Maria Helena Patrício Paes CENTRO ISMAILI, LISBOA 12 DE OUTUBRO DE 2012. mhpaes@prosalis. CENTRO ISMAILI, LISBOA 12 DE OUTUBRO DE 2012 SESSÃO: ACÇÕES INOVADORAS E ENVELHECIMENTO ACTIVO Maria Helena Patrício Paes mhpaes@prosalis.pt Unidos por uma causa, por causa de quem precisa! Introdução

Leia mais

Informação pessoal. Emprego pretendido / Área de competência. Experiência profissional

Informação pessoal. Emprego pretendido / Área de competência. Experiência profissional Informação pessoal Nome e Apelido: Morada: Vila Nova de Gaia Telemóvel: (+351) 916 166 886 Correio Electrónico: Nacionalidade: paula2010costa@gmail.com Portuguesa Data Nascimento: 26/03/1974 Emprego pretendido

Leia mais

Ranking de eficiência energética e hídrica Hospitais do SNS

Ranking de eficiência energética e hídrica Hospitais do SNS Ranking de eficiência energética e hídrica Hospitais do SNS 2012 PEBC Plano Estratégico do Baixo Carbono ECO.AP Programa de Eficiência Energética na Administração Pública 28 de agosto de 2013 www.acss.min-saude.pt

Leia mais

Nos termos da alínea a) do nº 2 do artigo 2º do Decreto Regulamentar nº 14/2012, de 26 de janeiro, emite-se a Orientação seguinte:

Nos termos da alínea a) do nº 2 do artigo 2º do Decreto Regulamentar nº 14/2012, de 26 de janeiro, emite-se a Orientação seguinte: NÚMERO: 009/2015 DATA: 25/09/2015 ASSUNTO: Vacinação contra a gripe com a vacina trivalente para a época 2015/2016 PALAVRAS-CHAVE: PARA: CONTACTOS: Vacinação; Gripe Todos os médicos, farmacêuticos e enfermeiros

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA. NOVA Medical School Faculdade de Ciências Médicas Universidade Nova de Lisboa

RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA. NOVA Medical School Faculdade de Ciências Médicas Universidade Nova de Lisboa NOVA Medical School Faculdade de Ciências Médicas Universidade Nova de Lisboa Mestrado Integrado em Medicina - 6º ano Unidade Curricular: Estágio Profissionalizante Regente: Professor Doutor Fernando Miguel

Leia mais

CALENDÁRIO DA SAÚDE JANEIRO

CALENDÁRIO DA SAÚDE JANEIRO JANEIRO 02 - Dia do Sanitarista 04 - Dia do Hemofílico 14 - Dia do Enfermo 19 - Dia do Terapeuta Ocupacional 20 - Dia do Farmacêutico 24 - Dia Mundial do Hanseniano FEVEREIRO 05 - Dia Estadual do Médico

Leia mais

SAÚDE 24 SÉNIOR. um serviço SAÚDE 24

SAÚDE 24 SÉNIOR. um serviço SAÚDE 24 um serviço SAÚDE 24 Desde Abril 2014 um serviço de acompanhamento em saúde, especifico da SAÚDE 24 e direcionado a todos os idosos residentes em Portugal com mais de 70 anos uma iniciativa do Ministério

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA. ESTÁGIO DE OBSTETRÍCIA E GINECOLOGIA 6º ANO Ano Lec vo 2014/2015

FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA. ESTÁGIO DE OBSTETRÍCIA E GINECOLOGIA 6º ANO Ano Lec vo 2014/2015 ÁREA ACADÉMICA UGC Unidade de Gestão Curricular FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA ESTÁGIO DE OBSTETRÍCIA E GINECOLOGIA 6º ANO Ano Lec vo 2014/2015 Coordenadores:

Leia mais

Quem somos? MUNICÍPIO DO SEIXAL CENSOS 2011. População residente 158.269 hab. População jovem 27% População idosa 15% Mulheres 52% Homens 48%

Quem somos? MUNICÍPIO DO SEIXAL CENSOS 2011. População residente 158.269 hab. População jovem 27% População idosa 15% Mulheres 52% Homens 48% ARPIFF, 21 DE NOVEMBRO DE 2014 Quem somos? MUNICÍPIO DO SEIXAL CENSOS 2011 47.661 30,11% 48.629 30,73% 28886 18,25% 2776 1,75% 13258 8,38% População residente 158.269 hab. População jovem 27% População

Leia mais

COORDENADOR AUTORES. Lista de Autores

COORDENADOR AUTORES. Lista de Autores Lista de Autores COORDENADOR Pedro Monteiro Psiquiatra da Infância e Adolescência, com formação em Terapia Familiar, Psicodrama e Terapias Cognitivo-comportamentais; Membro do Núcleo de Doenças do Comportamento

Leia mais

Rede Nacional de Especialidade Hospitalar e de Referenciação de Oncologia Médica (V.FINAL)

Rede Nacional de Especialidade Hospitalar e de Referenciação de Oncologia Médica (V.FINAL) Rede Nacional de Especialidade Hospitalar e de Referenciação de Oncologia Médica (V.FINAL) 1 I - Índice I - Índice 2 II Equipa 3 III - Enquadramento legislativo e histórico 4 IV - Enquadramento da rede

Leia mais

Identificação da empresa

Identificação da empresa Identificação da empresa O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE, criado através do Decreto Lei n.º 326/2007 de 28 de Setembro, com início de actividade a 1 de Outubro de 2007, resultou da fusão de

Leia mais

Mapa de Vagas IM - 2011 A - FE

Mapa de Vagas IM - 2011 A - FE Mapa de IM - 2011 A - FE Anatomia Patológica Centro Hospitalar de São João, EPE 2 Centro Hospitalar de Trás os Montes e Alto Douro, EPE Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, EPE 1 1 Centro Hospitalar

Leia mais

RELAÇÃO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO CAMPUS MEMORIAL. Prazo do Curso

RELAÇÃO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO CAMPUS MEMORIAL. Prazo do Curso RELAÇÃO DE DE PÓS-GRADUAÇÃO CAMPUS MEMORIAL Gerenciais COMUNICAÇÃO Gestão Pública Presencial - 400 3ª e 5ªfeira das 19h às 23h MBA em Finanças e Banking 6 meses Presencial e a distância - 400 3ª e 5ªfeira

Leia mais

Disciplinas profissionalizantes grupos 5 e 6: 1. Fisioterapia na Saúde do Trabalhador

Disciplinas profissionalizantes grupos 5 e 6: 1. Fisioterapia na Saúde do Trabalhador DELIBERAÇÃO CONSEPE nº 018/2013, de 24 de maio de 2013. Revoga a Deliberação CONSEPE nº 006/2013, de 15 de janeiro de 2013, e aprova quadros contendo os mecanismos de restrição para acesso aos grupos 7

Leia mais

Fórum Gulbenkian de Saúde Fundação Calouste Gulbenkian.

Fórum Gulbenkian de Saúde Fundação Calouste Gulbenkian. Caridade Fórum Gulbenkian de Saúde Fundação Calouste Gulbenkian. Serviço de Saúde e Desenvolvimento Humano Valores em euros Encargos com pessoal 337 705 Despesas de funcionamento 98 319 Subsídios 4 271

Leia mais

Soraia Pinto Jornadas de Enfermagem em Urologia - 8 Março de 2014

Soraia Pinto Jornadas de Enfermagem em Urologia - 8 Março de 2014 Soraia Pinto Jornadas de Enfermagem em Urologia - 8 Março de 2014 Aumento n.º de doentes oncológicos Conhecimento da infertilidade associada a algumas patologias Diagnóstico precoce Terapêuticas mais eficazes

Leia mais

Relatório Preliminar da 2ª volta do Programa de Rastreio do Cancro da Mama no Algarve

Relatório Preliminar da 2ª volta do Programa de Rastreio do Cancro da Mama no Algarve Relatório Preliminar da 2ª volta do Programa de Rastreio do Cancro da Mama no Algarve Filomena Horta Correia Coordenadora do Núcleo de Rastreios da ARSA, IP 15 de Setembro de 2010 O cancro da mama é o

Leia mais

S.R. DA SAÚDE Portaria n.º 58/2015 de 6 de Maio de 2015

S.R. DA SAÚDE Portaria n.º 58/2015 de 6 de Maio de 2015 S.R. DA SAÚDE Portaria n.º 58/2015 de 6 de Maio de 2015 A redução de listas de espera cirúrgicas, de consultas e de meios complementares de diagnóstico e terapêutica para tempos de espera clinicamente

Leia mais

Histórico de Formações Suporte Básico de Vida

Histórico de Formações Suporte Básico de Vida Histórico de Formações Suporte Básico de Vida 2000 Bombeiros de Cuba Cuba 11-03-2000 Colégio N. Sr. Graça Mil Fontes 05-04-2000 Colégio N. Sr. Graça Mil Fontes 05-05-2000 H. Conde Braciál S. do Cacém 12-05-2000

Leia mais

Projeto de Resolução nº 838/XII/3ª. Revogação da reorganização das urgências no período noturno na Área Metropolitana de Lisboa

Projeto de Resolução nº 838/XII/3ª. Revogação da reorganização das urgências no período noturno na Área Metropolitana de Lisboa PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar Projeto de Resolução nº 838/XII/3ª Revogação da reorganização das urgências no período noturno na Área Metropolitana de Lisboa A par da reorganização hospitalar,

Leia mais

NÃO HÁ MEMÓRIA DE UMA CAUSA ASSIM

NÃO HÁ MEMÓRIA DE UMA CAUSA ASSIM NÃO HÁ MEMÓRIA DE UMA CAUSA ASSIM CONTACTOS ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE FAMILIARES E AMIGOS DE DOENTES DE ALZHEIMER SEDE Av. de Ceuta Norte, Lote 15, Piso 3 - Quinta do Loureiro 1300-125 Lisboa Tel: 213 610

Leia mais

IV SAÚDE: UM BREVE BALANÇO

IV SAÚDE: UM BREVE BALANÇO IV SAÚDE: UM BREVE BALANÇO Síntese dos Principais Indicadores de Saúde - Dados Comparativos Com a análise deste primeiro quadro (4.1) podemos verificar que Oeiras se encontra entre os concelhos que apresentam

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DAS ACTIVIDADES DE SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE DO TRABALHO NA CMS. Barreiro, 05 de Maio de 2009

ORGANIZAÇÃO DAS ACTIVIDADES DE SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE DO TRABALHO NA CMS. Barreiro, 05 de Maio de 2009 ORGANIZAÇÃO DAS ACTIVIDADES HIGIENE E SAÚDE NA CMS Barreiro, 05 de Maio de 2009 Objectivos: Apresentar a organização interna de SHST da CMS Apresentar a experiência da CMS na organização e gestão das actividades

Leia mais

29/10/12. Cuidados de Saúde Mental: Prioridades, Desafios e Riscos Filipa Palha

29/10/12. Cuidados de Saúde Mental: Prioridades, Desafios e Riscos Filipa Palha 29/10/12 Em parceria com: Sumário Marcos recentes nas políticas de saúde mental em Portugal (1963-2007) Saúde Mental: magnitude do problema PNSM 2007-2011: Da expectativa ao desânimo Reflexões finais COMEMORAÇÕES

Leia mais

ANEXO III CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

ANEXO III CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANEXO III CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONTEÚDO COMUM PARA TODAS AS CATEGORIAS PROFISSIONAIS SAÚDE PÚBLICA E SAÚDE COLETIVA SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SUS 1. História do sistema de saúde no Brasil; 2. A saúde na

Leia mais

Início da Comemoração dos 25 anos do Hospital de Santarém. Exposição fotográfica Momentos das nossas vidas... Inauguração dos novos espaços...

Início da Comemoração dos 25 anos do Hospital de Santarém. Exposição fotográfica Momentos das nossas vidas... Inauguração dos novos espaços... EDITORIAL índice Início da Comemoração dos 25 anos do Hospital de Santarém Exposição fotográfica Momentos das nossas vidas... 3 OS 25 ANOS No dia 16 de Dezembro desceu o pano sobre a Comemoração dos 25

Leia mais

Alargamento do Horário dos Centros de Saúde - Plano de Contingência - Frio 2015/2016

Alargamento do Horário dos Centros de Saúde - Plano de Contingência - Frio 2015/2016 Alargamento do Horário dos Centros de Saúde - Plano de Contingência - Frio 2015/2016 Os Planos de Contingência para Temperaturas Extremas Adversas - Módulo Inverno, têm como objetivo prevenir e minimizar

Leia mais

Dados a serem fornecidos para inclusão de novas bibliotecas

Dados a serem fornecidos para inclusão de novas bibliotecas Dados a serem fornecidos para inclusão de novas bibliotecas Para exemplos, consulte Serviços>Guia> em: http://www.apcisrj.org Nome da instituição/sigla Nome da biblioteca Endereço completo, com CEP Telefone,

Leia mais

Hospitais Públicos. Região Norte

Hospitais Públicos. Região Norte Hospitais Públicos Região Norte Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia Rua Conceição Fernandes 4430-502 VILA NOVA DE GAIA Director: Dr. Vasco Gama Ribeiro Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia Rua Conceição

Leia mais

Boletim de Vigilância Epidemiológica da Gripe. Época 2014/2015 Semana 04 - de 19/01/2015 a 25/01/2015

Boletim de Vigilância Epidemiológica da Gripe. Época 2014/2015 Semana 04 - de 19/01/2015 a 25/01/2015 Resumo Parceiros Rede de hospitais para a vigilância clínica e laboratorial em Unidades de Cuidados Intensivos Contatos: Departamento de Epidemiologia do INSA, tel 217526488 Laboratório Nacional de Referência

Leia mais

Psicologia da saúde em Portugal (II)

Psicologia da saúde em Portugal (II) NOTAS DIDÁCTICAS Psicologia da saúde em Portugal (II) JOSÉ A. CARVALHO TEIXEIRA (*) Em continuidade com o referido em artigo anteriormente publicado (Carvalho Teixeira, Cima & Santa Cruz, 1999) pretende-se

Leia mais

Região Centro. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. Unidade de Saúde Familiar Lusitana

Região Centro. Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica. Cuidados de Saúde Primários. Unidade de Saúde Familiar Lusitana Região Centro Instituição Instituição local Contexto de Prática Clínica Cuidados de Saúde Primários ACeS Dão Lafões Unidade de Saúde Familiar Lusitana Unidade de Saúde Familiar Viseu Cidade Unidade de

Leia mais

COMISSÃO DE SAÚDE ACTA NÚMERO 119/XII/ 3.ª SL

COMISSÃO DE SAÚDE ACTA NÚMERO 119/XII/ 3.ª SL Aos 22 dias do mês de janeiro de 2014, pelas 10:00 horas, reuniu a Comissão de Saúde, na sala 1 do Palácio de S. Bento, na presença dos Senhores Deputados constantes da folha de presenças que faz parte

Leia mais

Consumo de Antimicrobianos em Portugal

Consumo de Antimicrobianos em Portugal Consumo de Antimicrobianos em Portugal Dia Europeu dos Antibióticos Inês Teixeira, MSc Observatório do Medicamento e Produtos de Saúde INFARMED, I.P. - Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de

Leia mais

1. (PT) - Jornal de Notícias, 30/09/2014, Doentes sem acesso a tempos de espera para cirurgia 1

1. (PT) - Jornal de Notícias, 30/09/2014, Doentes sem acesso a tempos de espera para cirurgia 1 30-09-2014 Revista de Imprensa 30-09-2014 1. (PT) - Jornal de Notícias, 30/09/2014, Doentes sem acesso a tempos de espera para cirurgia 1 2. (PT) - i, 30/09/2014, Regulador. Doentes têm informação pouco

Leia mais

santa casa da misericórdia

santa casa da misericórdia santa casa da misericórdia 5 de Outubro de 1945 Inaugurada uma enfermaria, com 6 camas, a juntar às 3 outras já existentes. 14 de Dezembro de 1947 Inauguração do Serviço de Radioscopia. 27 de Agosto de

Leia mais

Acta da Reunião Plenária Extraordinária do Conselho Local de Acção Social do Seixal

Acta da Reunião Plenária Extraordinária do Conselho Local de Acção Social do Seixal Acta da Reunião Plenária Extraordinária do Conselho Local de Acção Social do Seixal Local: Auditório Municipal do Fórum Cultural do Seixal Data: 15 de Fevereiro de 2007 Ordem de Trabalhos: 1. Apresentação

Leia mais

PARECER N.º 2 / 2012

PARECER N.º 2 / 2012 PARECER N.º 2 / 2012 DOTAÇÃO DE PESSOAL NO SERVIÇO DE PEDIATRIA ONCOLÓGICA 1. A questão colocada Solicitar o parecer da Ordem acerca da dotação de pessoal no serviço de Pediatria Oncológica, dado que não

Leia mais

Radioncologia em Portugal

Radioncologia em Portugal Radioncologia em Portugal 2013 Recursos humanos e técnicos Doentes tratados em 2012 Ângelo Oliveira - Colégio de Especialidade de Radioncologia da Ordem dos Médicos Lurdes Trigo Sociedade Portuguesa de

Leia mais

1. INTRODUÇÃO... 3. Comparação do Número de Dadores na Europa, 2002... 4 2. SEGURANÇA E QUALIDADE EM TRANSPLANTAÇÃO... 4

1. INTRODUÇÃO... 3. Comparação do Número de Dadores na Europa, 2002... 4 2. SEGURANÇA E QUALIDADE EM TRANSPLANTAÇÃO... 4 Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 Comparação do Número de Dadores na Europa, 2002... 4 2. SEGURANÇA E QUALIDADE EM TRANSPLANTAÇÃO... 4 3. CARTA NACIONAL DE COLHEITA DE ÓRGÃOS... 6 4. GESTÃO ESTRATÉGICA... 6 5.

Leia mais

Unidades da ARSLVT Acreditadas

Unidades da ARSLVT Acreditadas Unidades da ARSLVT Acreditadas Realizou-se no passado dia 9 de julho de 2015, no Infarmed, a reunião nacional da Direcção-geral de Saúde com as Comissões de Qualidade e Segurança. A Acreditação da qualidade

Leia mais

Programa. Sexta-Feira, dia 19/11/2010 - Sala 1

Programa. Sexta-Feira, dia 19/11/2010 - Sala 1 Reunião Conjunta da Sociedade Portuguesa de Cardiologia e Sociedade Portuguesa de Cuidados Intensivos O Coração no Doente Crítico Hotel dos Templários, Tomar 19 e 20 de Novembro de 2010 Programa 14:00

Leia mais

3 Certificação da qualidade em saúde

3 Certificação da qualidade em saúde 3 Certificação da qualidade em Acreditação (IQS/HQS e JCI) vs. Certificação (ISO 9001) Escola Superior de Saúde do Vale do Ave Acreditação Processo formal de assegurar a prestação de cuidados de seguros

Leia mais

CUIDADOS DE SAÚDE LUGARES DE ESPERANÇA (A Saúde em Portugal)

CUIDADOS DE SAÚDE LUGARES DE ESPERANÇA (A Saúde em Portugal) CUIDADOS DE SAÚDE LUGARES DE ESPERANÇA (A Saúde em Portugal) Fátima, Centro Pastoral Paulo VI 2 a 5 de Maio de 2012. 1º Dia 2 de Maio O ESTUDO DA REALIDADE Coordenadora Prof. Doutora Ana Sofia Carvalho

Leia mais

registo do nascimento em 5 unidades de saúde sem deslocações à conservatória Porto Coimbra Lisboa Almada Faro

registo do nascimento em 5 unidades de saúde sem deslocações à conservatória Porto Coimbra Lisboa Almada Faro Nascer Cidadão Inicia-se hoje a 1.ª fase da nova geração do Projecto Nascer Cidadão. O registo do nascimento da criança passa a poder fazer-se em 5 unidades de saúde do país, sem deslocações à conservatória:

Leia mais

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. Ortografia (escrita correta das palavras). Divisão silábica. Pontuação. Acentuação Gráfica. Flexão do substantivo

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. Ortografia (escrita correta das palavras). Divisão silábica. Pontuação. Acentuação Gráfica. Flexão do substantivo ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO EMPREGO: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE Ortografia (escrita correta das palavras). Divisão silábica. Pontuação. Acentuação Gráfica. Flexão do substantivo (gênero masculino e

Leia mais

AS TIC E A SAÚDE NO PORTUGAL DE HOJE

AS TIC E A SAÚDE NO PORTUGAL DE HOJE AS TIC E A SAÚDE NO PORTUGAL DE HOJE 18 MARÇO 2015 Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa PATROCINDADORES Apoio Patrocinadores Globais APDSI SIG / Plataforma de Gestão de MCDT (Glintt) Evolução nos modelos

Leia mais

POLÍTICAS DE SAÚDE PARA A PRIMEIRA INFÂNCIA

POLÍTICAS DE SAÚDE PARA A PRIMEIRA INFÂNCIA Elsa Giugliani elsa.giugliani@saude.gov.br POLÍTICAS DE SAÚDE PARA A PRIMEIRA INFÂNCIA 3º FÓRUM DEBATE BRASIL POLÍTICAS PARA A PRIMEIRA INFÂNCIA: QUEBRANDO A CADEIA DA VIOLÊNCIA 28-29 Novembro 2007 Área

Leia mais

REDE DE REFERENCIAÇÃO DE OFTALMOLOGIA - SERVIÇO DE URGÊNCIA ANO DE 2008

REDE DE REFERENCIAÇÃO DE OFTALMOLOGIA - SERVIÇO DE URGÊNCIA ANO DE 2008 REDE DE REFERENCIAÇÃO DE OFTALMOLOGIA - SERVIÇO DE URGÊNCIA ANO DE 2008 A. No âmbito da política de requalificação dos Serviços de Urgência, no sentido de racionalizar recursos humanos disponíveis, tentando

Leia mais