Reduzindo lesões há mais de 30 anos através do desenvolvimento de habilidades de observação e comunicação eficazes.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Reduzindo lesões há mais de 30 anos através do desenvolvimento de habilidades de observação e comunicação eficazes."

Transcrição

1 Reduzindo lesões há mais de 30 anos através do desenvolvimento de habilidades de observação e comunicação eficazes. STOP para Supervisão STOP para Todos STOP DataPro

2 O premiado programa DuPont STOP fornece um caminho para a excelência da segurança no local de trabalho ao tornar o comportamento seguro e as condições de trabalho seguras parte da cultura prevenindo, assim, incidentes e lesões. Por mais de 30 anos, centenas de empresas e organizações governamentais ao redor do mundo perceberam os benefícios deste programa, não apenas em termos de benefícios humanos, mas também em termos financeiros. O STOP (Programa de Treinamento de Segurança por Observação) foi desenvolvido por cinco fábricas da DuPont e tem sido utilizado ao redor do mundo não apenas pela DuPont, mas por muitas outras organizações. O objetivo do programa é impedir lesões melhorando as habilidades de observação de segurança e ajudando as pessoas a falarem sobre segurança entre elas. Ele ensina os funcionários a reconhecer condições seguras e inseguras, bem como ações seguras e inseguras. O STOP é baseado em princípios testados e comprovados que ajudam a reduzir incidentes e lesões: Todas as lesões podem ser evitadas. O envolvimento do funcionário é essencial. A gerência é responsável por prevenir lesões. Todas as partes expostas do equipamento em operação podem ser protegidas. Treinar os funcionários para que trabalhem de forma segura é essencial. Trabalhar de forma segura é uma condição do trabalho. Auditorias realizadas pela gerência são imprescindíveis. Todas as deficiências devem ser corrigidas de imediato. A segurança fora do trabalho será promovida. Reduzindo lesões há mais de 30 anos através do desenvolvimento de habilidades de observação e comunicação eficazes. Os programas STOP utilizam um design instrucional com uma combinação de métodos de treinamento testados para dar às pessoas informações, habilidades e vontade para que trabalhem de forma mais segura a fim de maximizar a sua aprendizagem e aplicar o que elas aprenderam ao mundo real. Os programas apresentam um método composto por três partes: Autoaprendizagem individual. Os livros são utilizados para introduzir os conceitos básicos e iniciar o desenvolvimento de habilidades de segurança. Aplicações práticas. Os participantes do programa STOP praticam o que aprenderam nas suas próprias áreas de trabalho. Reuniões em grupo. Após assistirem a um DVD, os participantes discutem o que aprenderam e consideram como o conhecimento pode ser aplicado.

3 Programas STOP disponíveis atualmente em português: STOP para Supervisão Um programa de treinamento baseado em comportamento, o STOP para Supervisão, estabelece a estrutura para toda a série STOP. Ele ensina os gerentes e líderes de equipe a observar minuciosamente as pessoas enquanto elas trabalham e a conversar com elas positivamente para que reconheçam as ações seguras e corrijam as ações inseguras. STOP para Todos É baseado na ideia de que a segurança é de responsabilidade de todos e foca a segurança entre os colegas. STOP para Todos ensina os participantes a interagirem com seus colegas para incorporar a segurança em suas atividades do dia a dia e tornar a segurança um hábito. STOP DataPro O STOP DataPro otimiza o valor dos programas STOP tornando fácil o registro e a análise dos dados de desempenho de segurança. Ele permite um fácil e rápido entendimento profundo da segurança do local de trabalho utilizando os seus dados de observação STOP para revisar descobertas, identificar tendências, rastrear ações corretivas e monitorar a frequência e eficácia das observações de segurança.

4 STOP para Supervisão O STOP para Supervisão se baseia na ideia de que os líderes são responsáveis pela segurança dos seus funcionários. Ele gera habilidades de observação e comunicação, possibilitando discussões construtivas com os funcionários sobre práticas de trabalho seguras e inseguras. O STOP para Supervisão foca: Observações de segurança formais e informais regulares para perceber ações e condições seguras e inseguras. O programa possibilita discussões com as pessoas sobre práticas de trabalho seguras e inseguras. Os participantes aplicam suas novas habilidades em observações formais no final do programa. Segurança diária, bem como a realização de observações. Os participantes trabalham no desenvolvimento das suas habilidades de comunicação e observação durante todo o programa STOP para Supervisão para tornar a segurança uma parte das operações regulares, não um evento especial. Condições e ações das pessoas, seguras e inseguras. Comunicação sobre segurança diária, não apenas quando observações estão sendo realizadas. Conceitos importantes do STOP para Supervisão incluem: Todas as lesões e doenças ocupacionais podem ser evitadas. Este é um modo de pensar, uma maneira de abordar a segurança, que significa que há sempre algo que pode ser feito para evitar lesões. Supervisores e líderes de equipe são responsáveis e respondem pela segurança dos seus funcionários. A segurança é tão importante quanto a produção, os custos e outras questões relacionadas ao negócio pelas quais os líderes de equipe são responsáveis. Perceber a segurança. Significa ficar tão sintonizado na segurança que a pessoa percebe a segurança, automaticamente, onde quer que ela esteja. Tornar a segurança um hábito. Componentes do programa STOP para Supervisão: Seminário de Assistência na Implementação DVD Visão Geral Cinco livros e DVDs do programa Introdução ao STOP Começando a Observar a Segurança: Equipamento de Proteção Individual Novas Maneiras de Observar a Segurança: Posições das Pessoas e Ferramentas e Equipamentos Aperfeiçoando Suas Habilidades: Procedimentos, Padrões de Organização e Reações das Pessoas Realizando as Observações de Segurança STOP Livro de Reciclagem Guia do Administrador Guia do Líder Cartões de Observação Checklist de Observação STOP DataPro * Esses componentes interativos e estimuladores do pensamento trabalham juntos para introduzir e reforçar os conceitos do STOP que ajudam os participantes a mudar a forma de abordar a segurança. O resultado é um programa de treinamento eficaz que pode reduzir significativamente incidentes e lesões no seu local de trabalho. * Vendido separadamente.

5 STOP para Todos O STOP para Todos se baseia na ideia de que a segurança é responsabilidade de todos. Foi desenvolvido para ajudar os participantes a olharem a segurança de uma forma nova, de modo que possam ajudar a si mesmos e a seus colegas a trabalharem de forma segura. Durante o programa, os participantes desenvolvem a sua percepção da segurança e habilidades de comunicação, possibilitando que eles conversem com os outros sobre todos os aspectos da segurança. O STOP para Todos é especialmente adequado para os funcionários de organizações enxutas ou organizações baseadas em equipes. STOP para Todos também funciona bem em organizações que utilizaram o STOP para Supervisão e desejam treinar o pessoal que não é da supervisão ou realizar um treinamento de reciclagem. O STOP para Todos foi desenvolvido para todos os níveis de funcionários que precisam fazer observações de segurança informais e formais e realizar observações de segurança formais dos colegas. Conceitos importantes do STOP para Todos incluem: Perceber a segurança. Os participantes ficam tão sintonizados na segurança que eles percebem automaticamente práticas seguras ou inseguras por todo o local de trabalho e em casa. Isto também é conhecido por tornar a segurança um hábito. Dependemos uns dos outros. Os colegas contam consigo mesmo e com os outros para ficarem seguros. Quem se importa, conscientiza. O programa dá permissão aos colegas para que falem sobre segurança uns com os outros. STOP para Todos foca: Segurança diária não apenas observações. O programa cobre observações formais na unidade final, assim como outra maneira de utilizar as habilidades de observação e comunicação aprendidas no programa. Segurança dos colegas. O STOP para Todos enfatiza que os colegas contam uns com os outros para trabalhar de forma segura no local de trabalho. Não se trata apenas de segurança individual. Condições e ações. O STOP para Todos destaca a forma como as pessoas e as condições interagem de forma a produzir situações seguras ou inseguras. Comunicação entre os colegas. O STOP para Todos encoraja a mentalidade de que a segurança é uma discussão do dia-a-dia, não apenas o cumprimento de uma observação formal. Atividades de aplicação focadas no trabalho do STOP para Todos tornam a segurança real, não teórica. O STOP para Todos ajuda a incentivar uma cultura de cuidado e preocupação que foca a prevenção, trabalhar de forma segura e a comunicação. Componentes do programa STOP para Todos: Seminário de Assistência na Implementação DVD Visão Geral Cinco livros e DVDs do programa Introdução O Ciclo de Segurança STOP Condições, Posições das Pessoas, Equipamento de Proteção Individual e Ferramentas e Equipamentos Procedimentos, Padrões de Organização, Reações das Pessoas, Dialogar com os Demais Realizando Observações de Segurança do STOP Para Todos Livro de Reciclagem Guia do Administrador Guia do Líder CD de auxílio para discussões Cartões de Observação Checklist de Observação Cursos elearning STOP para Todos. O participante terá acesso on-line ilimitado aos cinco módulos.

6 STOP DataPro O STOP DataPro é um aplicativo seguro, baseado na Internet, que torna fácil registrar e analisar os dados de desempenho de segurança e gerar relatórios. As informações provenientes do STOP DataPro fornecem conhecimento acionável aos gerentes, o que pode levar a melhores decisões de segurança no local de trabalho e, por fim, melhorar o desempenho de segurança e operacional. Com o STOP DataPro, os gerentes obtêm informações importantes através da coleta de dados, do eficaz relatório e de profundos níveis de análise. Características do STOP DataPro : Base de dados baseada na Internet para os dados do STOP para Supervisão e STOP para Todos Disponibilidade 24/7 no mundo todo Relatórios-padrão e personalizados Rastreamento e relatórios de ações corretivas Acúmulo de dados específicos do local Manual de ajuda e manual do usuário on-line Suporte técnico ao vivo disponível via telefone e Compatível com o Windows 98 e sistemas mais atuais e sistemas operacionais Macintosh e Linux Seção 1: Funções do Sistema Administrativo Seção 2: Funções do Usuário Geral Super Administrador Administrador do Site Inserir Dados Relatórios/Dados Responsabilidades Tem o maior nível de acesso (recebe nome do usuário e senha do sistema STOP DataPro ) Recebe treinamento específico do DataPro da Coastal/DuPont Serve como administrador da licença Pode multiplicar os usuários em todos os outros níveis de acesso (designar nomes do usuário e senhas) Auxilia os usuários do site (cria e edita perfis, anula senhas, ativa e desativa usuários) que poderão digitar dados e gerar relatórios Não pode desativar o Super Administrador Tem a mesma capacidade que o Super Administrador, mas somente no nível do site Configura preferências do site, incluindo personalização da lista de verificação de observação Inserir os dados de observação e ações corretivas Pode editar ou inativar somente informações introduzidas por ele mesmo Gera relatórios e pode ver informações relevantes para o local de trabalho Faz downloads e distribui relatórios para serem usados dentro da empresa Funções Minha conta Administrador geral Relatórios/Gráficos Feedback/Ajuda Desconectar Minha conta Administrador geral Relatórios/Gráficos Feedback/Ajuda Desconectar Minha conta Inserir dados Feedback/Ajuda Desconectar Minha conta Inserir dados Feedback/Ajuda Desconectar A DuPont Sustainable Solutions está comprometida a fornecer o mais alto nível de suporte aos usuários do STOP DataPro para garantir o sucesso. Começa com treinamento individual do super administrador e dos administradores do local para ensinar como estabelecer e utilizar o sistema de forma eficaz e continuar com o suporte técnico contínuo. Há quatro áreas de responsabilidade do usuário dentro do sistema STOP DataPro, conforme mostrado na tabela à esquerda.

7 Características: Relato de dados de observação Os usuários vão inserir todos os dados de observação das listas de verificação de observação do STOP do programa para o qual eles compraram uma licença STOP para Supervisão e/ou STOP para Todos. Os usuários podem então utilizar o STOP DataPro para gerar relatórios. Dados e relatórios de ações corretivas Pedidos de ação corretiva podem ser rastreados até a sua conclusão e são exclusivos de cada assinante. Disponível por assinatura O STOP DataPro é uma parte essencial do programa STOP da DuPont e está disponível através de assinatura anual. O relatório de sinal de perigo (Red Flags) é utilizado para rastrear observações seguras e/ou inseguras em áreas específicas da lista de verificação de observação e para alertar gerentes de segurança quando o número se aproxima de um número-alvo pré-estabelecido. Benefícios: Interface intuitiva e fácil de usar. Banco de dados seguro e confidencial protege os dados de observação de segurança, os relatórios e informações sobre o cliente. Possibilita um profundo entendimento da segurança no local de trabalho utilizando os dados de observação para revisar as descobertas, identificar tendências, rastrear ações corretivas e monitorar a frequência e eficácia das observações de segurança. Relatório e retorno rápido do processo de observação através da geração automática de relatórios e integração de dados de observações de segurança nos relatórios. Comunicação de segurança melhorada através dos relatórios que aumentam a conscientização das questões relacionadas à segurança no local de trabalho. Lesões potenciais prevenidas através da observação das tendências e ações corretivas. Após conectar-se, o usuário seleciona a lista de verificação apropriada para começar a inserir os dados capturados durante as observações.

8 Implementação Bem Sucedida do STOP Para melhorar o seu êxito com o STOP, é essencial implementar o programa utilizando metodologias comprovadas que foram testadas e refinadas nos estabelecimentos da DuPont e nos estabelecimentos dos clientes durante um período de 30 anos. Duas opções provaram ser bem sucedidas: a implementação em cascata e a implementação direta. Implementação em Cascata A implementação em cascata leva um pouco mais de tempo, mas é muito bem sucedida na obtenção de adesão ao programa STOP em todos os níveis da organização. Com a implementação em cascata, o administrador do STOP treina o gerente do local, que então treina seus subordinados diretos. Esses subordinados diretos treinam então as pessoas que respondem a eles e assim por diante, até que todos tenham sido treinados. Gerente do Local Superintendente Supervisor da Primeira Linha /Líder do Programa Participantes Administrador STOP Treinamento cai como uma cascata do topo para baixo. Seminário de Implementação do Programa STOP Em condições ideais, o seminário de implementação do programa STOP será conduzido no seu local de trabalho para todos os membros da sua equipe de implementação. O seminário é agendado de modo a atender o seu cronograma de disponibilização e é conduzido por um instrutor certificado antes da implementação do STOP. O seminário ajuda a construir uma base forte para o programa STOP e aumenta o envolvimento de toda a empresa. Outra opção é fazer com que os membros da sua equipe participem de um dos seminários públicos de implementação agendados em locais diferentes durante o ano. Seminários públicos podem reduzir os custos de implementação, aumentar a adesão e oferecer a oportunidade de avaliar e comparar o produto com empresas que também implementaram o STOP. Administrador STOP Gerente do Local Pré-STOP TM Semana 1 Amostra de cronograma de treinamento Implementação Direta A implementação direta é feita mais rapidamente e dá Superintendentes ao administrador STOP mais controle sobre como o treinamento é feito. Com a implementação direta, o administrador treina pessoalmente a gerência superior e então treina (ou designa alguém para treinar) todos os líderes do programa. Supervisores da primeira linha ou líderes de equipe Semana 2 Administrador STOP Gerente do Local Semana3 Semana 4 Administrador STOP Alta Gerência Superintendentes Supervisor da Primeira Linha/Líder do Programa Supervisores da primeira linha ou líderes de equipe Semana 5 Administrador STOP Gerente do Local Semana 6 Semanas 7-28 Participantes (Continua o padrão)

9 Recursos para a Implementação do STOP Consultores seniores STOP certificados têm trabalhado com várias empresas para implementar o STOP com sucesso. Esses recursos estão disponíveis para fornecer auxílio especializado e conselhos no local para ajudar a guiar de forma objetiva a implementação de qualquer programa STOP. Com base em suas experiências com várias indústrias e ambientes de trabalho, eles também podem ajudá-lo a evitar armadilhas que possam prejudicar uma implementação bem sucedida. Avaliação da Implementação do STOP Um consultor sênior STOP certificado pode realizar uma avaliação formal de implementação do STOP no seu local de trabalho para avaliar o êxito do esforço, identificar lacunas e sugerir os passos a seguir para melhorar o seu programa de observação de segurança. Esses consultores trabalham a partir de uma base de conhecimento obtida com a implementação bem sucedida do STOP em várias indústrias e ambientes de trabalho. STOP DataPro O STOP DataPro é um aplicativo seguro, baseado na Internet, que torna fácil registrar e analisar os dados de desempenho de segurança e gerar relatórios. Ele possibilita, de forma rápida e fácil, um profundo entendimento das questões de segurança no local de trabalho utilizando os dados de observação do STOP para revisar as descobertas, identificar tendências, rastrear ações corretivas e monitorar a frequência e eficácia das observações de segurança. As informações provenientes do STOP DataPro fornecem conhecimento acionável aos gerentes, o que pode levar à melhoria da segurança e desempenho operacional. Cronograma de três anos para a Implementação do STOP Avaliação da Implementação do STOP Recursos para a Implementação do STOP Ano 1 Ano 2 Ano 3 STOP para Supervisão STOP para Todos STOP DataPro STOP DataPro

10 STOP agora está disponível nos seguintes idiomas:* *Nem todos os produtos estão disponíveis em todos os idiomas. Árabe Bahasa Bahasa malaio Búlgaro Tcheco Dinamarquês Holandês Inglês Finlandês Francês Alemão Hindu Italiano Japonês Macedônio Malaio Mandarim (simplificado) Mandarim (tradicional) Polonês Português (Brasil) Português (Europa) Russo Sérvio Espanhol (Europa) Espanhol (América Latina) Tagalo Tailandês Turco Urdu Vietnamita Para entender o impacto que o programa STOP pode causar no seu local de trabalho, participe de um Seminário Visão Geral do STOP em Envie a sua equipe de liderança do STOP para um Seminário de Assistência na Implementação do STOP em São Paulo, Brasil 15 e 16 de fevereiro (Seminário de Assistência na Implementação do STOP ) Monterrey, México 10 de março (Seminário Visão Geral do STOP ) Trinidad and Tobago, Port of Spain 22 e 23 de março (Seminário de Assistência na Implementação do STOP ) Lima, Peru 12 de abril (Seminário Visão Geral do STOP ) Caxias do Sul, Brasil 05 de maio (Seminário Visão Geral do STOP ) Rio de Janeiro, Brasil 10 e 11 de maio (Seminário de Assistência na Implementação do STOP ) Guadalajara, México 23 de junho (Seminário Visão Geral do STOP ) Participe de um Seminário STOP em 2011 Cidade do México, México 17 e 18 de agosto (Seminário de Assistência na Implementação do STOP ) Villa Hermosa, México 04 e 05 de outubro (Seminário de Assistência na Implementação do STOP ) Buenos Aires, Argentina 18 e 19 de outubro (Seminário de Assistência na Implementação do STOP ) Copyright 2011 Coastal Training Technologies Corp. Todos os direitos reservados. A Logomarca Oval DuPont, DuPont, The Miracles of science, são marcas registradas de E. I. du Pont de Nemours and Company ou suas afiliadas.

Ser sincero em sua crença de que todos devem ir para casa todos os dias com segurança e saúde - demonstre que você se importa.

Ser sincero em sua crença de que todos devem ir para casa todos os dias com segurança e saúde - demonstre que você se importa. A Liderança Faz a Diferença Guia de Gerenciamento de Riscos Fatais Introdução 2 A prevenção de doenças e acidentes ocupacionais ocorre em duas esferas de controle distintas, mas concomitantes: uma que

Leia mais

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) PLANEJAMENTO 2 PLANEJAMENTO Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 ABRIL

Leia mais

Symantec University para Parceiros Perguntas freqüentes

Symantec University para Parceiros Perguntas freqüentes Symantec University para Parceiros Perguntas freqüentes Sumário INFORMAÇÕES GERAIS... 1 SYMANTEC UNIVERSITY PARA PARCEIROS... 1 TREINAMENTO... 2 SERVIÇO DE INFORMAÇÕES... 4 COLABORAÇÃO... 5 Informações

Leia mais

Módulo 3. Interpretação da norma NBR ISO 19011:2002 requisitos: 6.2, 6.2.1, 6.2.2, 6.2.3, 6.2.4, 6.2.5, 6.3, 6.4, 6.4.1, 6.4.2, 6.4.

Módulo 3. Interpretação da norma NBR ISO 19011:2002 requisitos: 6.2, 6.2.1, 6.2.2, 6.2.3, 6.2.4, 6.2.5, 6.3, 6.4, 6.4.1, 6.4.2, 6.4. Módulo 3 Interpretação da norma NBR ISO 19011:2002 requisitos: 6.2, 6.2.1, 6.2.2, 6.2.3, 6.2.4, 6.2.5, 6.3, 6.4, 6.4.1, 6.4.2, 6.4.3 Exercícios 6.2 Iniciando a auditoria/ 6.2.1 Designando o líder da equipe

Leia mais

Marcos Antonio Lima de Oliveira, MSc Quality Engineer ASQ/USA Diretor da ISOQUALITAS www.qualitas.eng.br qualitas@qualitas.eng.

Marcos Antonio Lima de Oliveira, MSc Quality Engineer ASQ/USA Diretor da ISOQUALITAS www.qualitas.eng.br qualitas@qualitas.eng. 01. O QUE SIGNIFICA A SIGLA ISO? É a federação mundial dos organismos de normalização, fundada em 1947 e contanto atualmente com 156 países membros. A ABNT é representante oficial da ISO no Brasil e participou

Leia mais

Maximizar o seu plano de sucesso Premier

Maximizar o seu plano de sucesso Premier Maximizar o seu plano de sucesso Premier Objetivos da Sessão Revise os recursos e benefícios do seu Plano de Sucesso Premier Programas de sucesso e recursos Treinamento Suporte técnico Serviços de administração

Leia mais

OBSERVAÇÃO COMPORTAMENTAL COMO CHAVE PARA O ZERO ACIDENTE SEMPRE

OBSERVAÇÃO COMPORTAMENTAL COMO CHAVE PARA O ZERO ACIDENTE SEMPRE A Usina Coruripe, com Matriz em Alagoas, integra o Grupo Tércio Wanderley, e conta ainda com quatro unidades industriais em Minas Gerais: Iturama, Campo Florido, Limeira do Oeste e Carneirinho, além da

Leia mais

Google Site Search Pesquisa de websites do Google para sua organização

Google Site Search Pesquisa de websites do Google para sua organização Google Site Search Folha de dados Google Site Search Pesquisa de websites do Google para sua organização Google Site Search Para mais informações, visite: http://www.google.com/enterprise/search/ Quais

Leia mais

para Mac Guia de Inicialização Rápida

para Mac Guia de Inicialização Rápida para Mac Guia de Inicialização Rápida O ESET Cybersecurity fornece proteção de última geração para o seu computador contra código malicioso. Com base no ThreatSense, o primeiro mecanismo de verificação

Leia mais

Resultados da Pesquisa

Resultados da Pesquisa Resultados da Pesquisa 1. Estratégia de Mensuração 01 As organizações devem ter uma estratégia de mensuração formal e garantir que a mesma esteja alinhada com os objetivos da empresa. Assim, as iniciativas

Leia mais

Módulo 5 Interpretação da norma NBR ISO 19011:2002 requisitos: 7, 7.1, 7.2, 7.3, 7.3.1, 7.3.2, 7.3.3, 7.3.4, 7.4, 7.4.1, 7.4.2, 7.4.3, 7.4.4, 7.

Módulo 5 Interpretação da norma NBR ISO 19011:2002 requisitos: 7, 7.1, 7.2, 7.3, 7.3.1, 7.3.2, 7.3.3, 7.3.4, 7.4, 7.4.1, 7.4.2, 7.4.3, 7.4.4, 7. Módulo 5 Interpretação da norma NBR ISO 19011:2002 requisitos: 7, 7.1, 7.2, 7.3, 7.3.1, 7.3.2, 7.3.3, 7.3.4, 7.4, 7.4.1, 7.4.2, 7.4.3, 7.4.4, 7.5, 7.5.1, 7.5.2, 7.6, 7.6.1, 7.6.2 Exercícios 7 Competência

Leia mais

SISTEMA DA GESTÃO AMBIENTAL SGA MANUAL CESBE S.A. ENGENHARIA E EMPREENDIMENTOS

SISTEMA DA GESTÃO AMBIENTAL SGA MANUAL CESBE S.A. ENGENHARIA E EMPREENDIMENTOS CESBE S.A. ENGENHARIA E EMPREENDIMENTOS SISTEMA DA GESTÃO AMBIENTAL MANUAL Elaborado por Comitê de Gestão de Aprovado por Paulo Fernando G.Habitzreuter Código: MA..01 Pag.: 2/12 Sumário Pag. 1. Objetivo...

Leia mais

NÃO DEIXE A FRAUDE ON-LINE ATRAPALHAR SEUS NEGÓCIOS SIMPLIFIQUE

NÃO DEIXE A FRAUDE ON-LINE ATRAPALHAR SEUS NEGÓCIOS SIMPLIFIQUE NÃO DEIXE A FRAUDE ON-LINE ATRAPALHAR SEUS NEGÓCIOS SIMPLIFIQUE A GESTÃO DE PAGAMENTO WWW.CYBERSOURCE.COM BRASIL@CYBERSOURCE.COM COMO SER MAIS EFICIENTE, RÁPIDO E SEGURO PARA QUE OS CLIENTES PREFIRAM COMPRAR

Leia mais

REDUZINDO LESÕES HÁ MAIS DE 30 ANOS ATRAVÉS DE HABILIDADES DE OBSERVAÇÃO E COMUNICAÇÃO

REDUZINDO LESÕES HÁ MAIS DE 30 ANOS ATRAVÉS DE HABILIDADES DE OBSERVAÇÃO E COMUNICAÇÃO REDUZINDO LESÕES HÁ MAIS DE 30 ANOS ATRAVÉS DE HABILIDADES DE OBSERVAÇÃO E COMUNICAÇÃO LEARNING & DEVELOPMENT DuPont O que é STOP? O premiado programa DuPont STOP fornece um caminho para a excelência da

Leia mais

TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br

TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br Cursos para Melhoria do desempenho & Gestão de RH TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br Administração do Tempo Ampliar a compreensão da importância

Leia mais

PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO. Programa de Educação Ambiental Interno

PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO. Programa de Educação Ambiental Interno PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO Programa de Educação Ambiental Interno Condicionante 57 LO 417/2010 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO 04 2. IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA 05 3. REGULAMENTO APLICÁVEL 06 3.1. FEDERAL

Leia mais

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Módulo 4 Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Estruturas e Metodologias de controle adotadas na Sarbanes COBIT

Leia mais

Guia de instalação Command WorkStation 5.6 com o Fiery Extended Applications 4.2

Guia de instalação Command WorkStation 5.6 com o Fiery Extended Applications 4.2 Guia de instalação Command WorkStation 5.6 com o Fiery Extended Applications 4.2 O Fiery Extended Applications Package (FEA) v4.2 contém aplicativos do Fiery para realizar tarefas associadas a um Fiery

Leia mais

Observação dos programas de educação pelos pais, e pessoas designadas pelos mesmos, com o Propósito de Avaliação

Observação dos programas de educação pelos pais, e pessoas designadas pelos mesmos, com o Propósito de Avaliação Educação Especial Informe de Assistência Técnica SPED 2009-2: Observação dos programas de educação pelos pais, e pessoas designadas pelos mesmos, com o Propósito de Avaliação Para: Superintendentes, diretores,

Leia mais

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) PLANEJAMENTO 2 PLANEJAMENTO Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 ABRIL

Leia mais

Plano de Prevenção de Riscos de Acidentes com Materiais Perfuro Cortantes. HOSPITAL...

Plano de Prevenção de Riscos de Acidentes com Materiais Perfuro Cortantes. HOSPITAL... Plano de Prevenção de Riscos de Acidentes com Materiais Perfuro Cortantes. Baseado na NR 32 Segurança e Saúde no Trabalho em Serviços de Saúde Portaria N 1.748 de 30 de Agosto de 2011. HOSPITAL... Validade

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA POLÍTICA DA QUALIDADE POLÍTICA AMBIENTAL POLÍTICA DE SEGURANÇA, SAÚDE E BEM-ESTAR NO TRABALHO

POLÍTICA DE SEGURANÇA POLÍTICA DA QUALIDADE POLÍTICA AMBIENTAL POLÍTICA DE SEGURANÇA, SAÚDE E BEM-ESTAR NO TRABALHO POLÍTICA DE SEGURANÇA POLÍTICA DA QUALIDADE POLÍTICA AMBIENTAL POLÍTICA DE SEGURANÇA, SAÚDE E BEM-ESTAR NO TRABALHO Política de SEGURANÇA Política de SEGURANÇA A visão do Grupo Volvo é tornar-se líder

Leia mais

Trabalho padrão do líder: uma das chaves para sustentar os ganhos de desempenho. Joe Murli

Trabalho padrão do líder: uma das chaves para sustentar os ganhos de desempenho. Joe Murli Trabalho padrão do líder: uma das chaves para sustentar os ganhos de desempenho Joe Murli O trabalho padrão do líder, incluindo o comportamento de liderança lean, é um elemento integral de um sistema de

Leia mais

Vendas - Cursos. Curso Completo de Treinamento em Vendas com Eduardo Botelho - 15 DVDs

Vendas - Cursos. Curso Completo de Treinamento em Vendas com Eduardo Botelho - 15 DVDs Vendas - Cursos Curso Completo de Treinamento em Vendas com - 15 DVDs O DA VENDA Esta palestra mostra de maneira simples e direta como planejar o seu trabalho e, também, os seus objetivos pessoais. Através

Leia mais

SPEEXX Empowering Communication

SPEEXX Empowering Communication Empowering Communication Empowering communication speexx Coach... 38 speexx Live... 38 speexx Phone... 39 speexx 1:1... 39 Encontrar a sua formação Índice do Guia 2 Índice detalhado 10 Procura por palavras-chave

Leia mais

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Avaliação de: Sr. Antônio Modelo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Especialistas The Inner

Leia mais

ESET NOD32 Antivirus 4 para Linux Desktop. Guia de Inicialização Rápida

ESET NOD32 Antivirus 4 para Linux Desktop. Guia de Inicialização Rápida ESET NOD32 Antivirus 4 para Linux Desktop Guia de Inicialização Rápida O ESET NOD32 Antivirus 4 fornece proteção de última geração para o seu computador contra código malicioso. Com base no mecanismo de

Leia mais

Programa de Gestão Técnica de Contas

Programa de Gestão Técnica de Contas Programa de Gestão Técnica de Contas Para ajudar os clientes da D2L a maximizar seu investimento na plataforma Brightspace, oferecemos uma experiência de suporte avançada que ultrapassa os benefícios

Leia mais

ISO 14001:2015 Revisão Perguntas Frequentes

ISO 14001:2015 Revisão Perguntas Frequentes Latest update New and revised ISO 14001:2015 Revisão Perguntas Frequentes Introdução A ISO 14001 Sistemas de Gestão Ambiental, a primeira norma ambiental internacional do mundo tem ajudado milhares de

Leia mais

ISO 9001:2015 Revisão Perguntas Frequentes

ISO 9001:2015 Revisão Perguntas Frequentes Latest update New and revised ISO 9001:2015 Revisão Perguntas Frequentes Introdução A ISO 9001, a norma líder mundial em qualidade internacional, ajudou milhões de organizações a melhorar sua qualidade

Leia mais

Modelo de Plano de Ação

Modelo de Plano de Ação Modelo de Plano de Ação Para a implementação da Estratégia Multimodal da OMS para a Melhoria da Higiene das Mãos Introdução O Modelo de Plano de Ação é proposto para ajudar os representantes de estabelecimentos

Leia mais

Aula 12 Lista de verificação de segurança para o Windows 7

Aula 12 Lista de verificação de segurança para o Windows 7 Aula 12 Lista de verificação de segurança para o Windows 7 Use esta lista de verificação para ter certeza de que você está aproveitando todas as formas oferecidas pelo Windows para ajudar a manter o seu

Leia mais

Módulo 07 Gestão de Conhecimento

Módulo 07 Gestão de Conhecimento Módulo 07 Gestão de Conhecimento Por ser uma disciplina considerada nova dentro do campo da administração, a gestão de conhecimento ainda hoje tem várias definições e percepções, como mostro a seguir:

Leia mais

Liderança, Cultura e Segurança

Liderança, Cultura e Segurança Liderança, Cultura e Segurança Uma Introdução à Abordagem Liderando Com Segurança (LWS ) da BST A obtenção de melhores resultados em segurança está associada à capacidade da organização de conectar as

Leia mais

Autodesk Learning Central

Autodesk Learning Central Perguntas frequentes Autodesk Learning Central Autodesk, Inc. Perguntas frequentes Rev 2.0 Sumário Login do parceiro... 2 Como o SSO afetará os Parceiros da Autodesk?... 2 Como os parceiros podem saber

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE A GESTÃO DE RISCO OPERACIONAL NO BANCO BMG

RELATÓRIO SOBRE A GESTÃO DE RISCO OPERACIONAL NO BANCO BMG SUPERINTENDÊNCIA DE CONTROLE GERÊNCIA DE CONTROLE DE TESOURARIA ANÁLISE DE RISCO OPERACIONAL RELATÓRIO SOBRE A GESTÃO DE RISCO OPERACIONAL NO BANCO BMG Belo Horizonte 01 de Julho de 2008 1 SUMÁRIO 1. Introdução...02

Leia mais

Políticas de Segurança da Informação. Aécio Costa

Políticas de Segurança da Informação. Aécio Costa Aécio Costa A segurança da informação é obtida a partir da implementação de um conjunto de controles adequados, incluindo políticas, processos, procedimentos, estruturas organizacionais e funções de software

Leia mais

Guia de instalação Command WorkStation 5.5 com o Fiery Extended Applications 4.1

Guia de instalação Command WorkStation 5.5 com o Fiery Extended Applications 4.1 Guia de instalação Command WorkStation 5.5 com o Fiery Extended Applications 4.1 Sobre o Fiery Extended Applications O Fiery Extended Applications (FEA) 4.1 é um pacote dos seguintes aplicativos para uso

Leia mais

SERVIÇO DE ANÁLISE DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES APLICABILIDADE PARA CALL-CENTERS VISÃO DA EMPRESA

SERVIÇO DE ANÁLISE DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES APLICABILIDADE PARA CALL-CENTERS VISÃO DA EMPRESA SERVIÇO DE ANÁLISE DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES APLICABILIDADE PARA CALL-CENTERS VISÃO DA EMPRESA Muitas organizações terceirizam o transporte das chamadas em seus call-centers, dependendo inteiramente

Leia mais

MANUAL DO ALUNO EM DISCIPLINAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA

MANUAL DO ALUNO EM DISCIPLINAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA MANUAL DO ALUNO EM DISCIPLINAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA ORIENTAÇÕES PARA OS ESTUDOS EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Caro (a) Acadêmico (a), Seja bem-vindo (a) às disciplinas ofertadas na modalidade a distância.

Leia mais

Governança de TI. ITIL v.2&3. parte 1

Governança de TI. ITIL v.2&3. parte 1 Governança de TI ITIL v.2&3 parte 1 Prof. Luís Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL 1 1 ITIL Gerenciamento de Serviços 2 2 Gerenciamento de Serviços Gerenciamento de Serviços 3 3 Gerenciamento de Serviços

Leia mais

INTRODUÇÃO AO MICROSOFT DYNAMICS AX 4.0 FINANCEIRO I

INTRODUÇÃO AO MICROSOFT DYNAMICS AX 4.0 FINANCEIRO I Introdução INTRODUÇÃO AO MICROSOFT DYNAMICS AX 4.0 FINANCEIRO I E-Learning O treinamento é um componente vital para a retenção do valor de investimento do seu Microsoft Dynamics. Um treinamento de qualidade,

Leia mais

Por que utilizar o modelo ITIL

Por que utilizar o modelo ITIL Por que utilizar o modelo ITIL... O que não é definido não pode ser controlado... O que não é controlado não pode ser medido... O que não é medido não pode ser melhorado Empregado para definir, controlar,

Leia mais

Qualidade na gestão de projeto de desenvolvimento de software

Qualidade na gestão de projeto de desenvolvimento de software Qualidade na gestão de projeto de desenvolvimento de software [...] O que é a Qualidade? A qualidade é uma característica intrínseca e multifacetada de um produto (BASILI, et al, 1991; TAUSWORTHE, 1995).

Leia mais

SOLO NETWORK (11) 4062-6971 (21) 4062-6971 (31) 4062-6971 (41) 4062-6971 (48) 4062-6971 (51) 4062-6971 (61) 4062-6971

SOLO NETWORK (11) 4062-6971 (21) 4062-6971 (31) 4062-6971 (41) 4062-6971 (48) 4062-6971 (51) 4062-6971 (61) 4062-6971 Índice Perguntas & Respostas do Programa Autodesk Subscription Clique para seguir o link 1. Visão Geral... 3 1.1 O que é o Programa Autodesk Subscription?... 3 1.2 A quem destina-se o Programa Autodesk

Leia mais

compromisso com a segurança além da excelência Eficiência operacional conformidade do subcontratado gestão de registros saúde e segurança

compromisso com a segurança além da excelência Eficiência operacional conformidade do subcontratado gestão de registros saúde e segurança desempenho em segurança gestão de competências controle de acesso compromisso com a segurança além da excelência Eficiência operacional conformidade do subcontratado gestão de registros saúde e segurança

Leia mais

Módulo 3 Procedimento e processo de gerenciamento de riscos, PDCA e MASP

Módulo 3 Procedimento e processo de gerenciamento de riscos, PDCA e MASP Módulo 3 Procedimento e processo de gerenciamento de riscos, PDCA e MASP 6. Procedimento de gerenciamento de risco O fabricante ou prestador de serviço deve estabelecer e manter um processo para identificar

Leia mais

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Apoiar a empregabilidade pela melhora da qualidade do ensino profissionalizante UK Skills Seminar Series 2014 15 British Council UK Skills Seminar

Leia mais

CAPÍTULO VI - AVALIAÇÃO DE RISCOS, PROCESSOS DECISÓRIOS E GERENCIAMENTO DE RISCOS

CAPÍTULO VI - AVALIAÇÃO DE RISCOS, PROCESSOS DECISÓRIOS E GERENCIAMENTO DE RISCOS CAPÍTULO VI - AVALIAÇÃO DE RISCOS, PROCESSOS DECISÓRIOS E GERENCIAMENTO DE RISCOS VI.1. Introdução A avaliação de riscos inclui um amplo espectro de disciplinas e perspectivas que vão desde as preocupações

Leia mais

Resposta de pergunta para funcionários

Resposta de pergunta para funcionários Resposta de pergunta para funcionários Sobre a EthicsPoint Geração de Denúncias - Geral Segurança e Confidencialidade da Geração de Denúncias Dicas e Melhores Práticas Sobre a EthicsPoint O que é a EthicsPoint?

Leia mais

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit.

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 2 Regras e Instruções: Antes de começar a fazer a avaliação leia as instruções

Leia mais

SPED Sistema Público de Escrituração Fiscal CONTROLES MÍNIMOS PARA A SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Prof. Ms. Edison Fontes, CISM, CISA, CRISC

SPED Sistema Público de Escrituração Fiscal CONTROLES MÍNIMOS PARA A SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Prof. Ms. Edison Fontes, CISM, CISA, CRISC NUCLEO CONSULTORIA EM SEGURANÇA Artigo SPED Sistema Público de Escrituração Fiscal CONTROLES MÍNIMOS PARA A SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO BRASIL, São Paulo Novembro, 2013 V.1.0 1. RESUMO Este artigo apresenta

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa RESOLUÇÃO DE MESA N.º 806/2007. (publicada no DOE nº 236, de 13 de dezembro de 2007) Dispõe sobre o Programa de Gerenciamento

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

AUDITORIA DE DIAGNÓSTICO

AUDITORIA DE DIAGNÓSTICO 1.1 POLíTICA AMBIENTAL 1.1 - Política Ambiental - Como está estabelecida e documentada a política e os objetivos e metas ambientais dentro da organização? - A política é apropriada à natureza e impactos

Leia mais

Maximizando o Ciclo de Vida do Lean

Maximizando o Ciclo de Vida do Lean Maximizando o Ciclo de Vida do Lean Nos últimos anos, muitas empresas tiveram contato com o Lean e se impressionaram com os ganhos que poderiam obter. Tratava-se de uma nova abordagem de negócios, e que

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

Fóruns em Moodle (1.6.5+)

Fóruns em Moodle (1.6.5+) (1.6.5+) Ficha Técnica Título Fóruns em Moodle Autor Athail Rangel Pulino Filho Copyright Creative Commons Edição Agosto 2007 Athail Rangel Pulino 2 Índice O que são Fóruns 4 Criando um fórum 5 Nome do

Leia mais

Quem Contratar como Coach?

Quem Contratar como Coach? Quem Contratar como Coach? por Rodrigo Aranha, PCC & CMC Por diversas razões, você tomou a decisão de buscar auxílio, através de um Coach profissional, para tratar uma ou mais questões, sejam elas de caráter

Leia mais

Sistemas de Gestão Ambiental O QUE MUDOU COM A NOVA ISO 14001:2004

Sistemas de Gestão Ambiental O QUE MUDOU COM A NOVA ISO 14001:2004 QSP Informe Reservado Nº 41 Dezembro/2004 Sistemas de Gestão O QUE MUDOU COM A NOVA ISO 14001:2004 Material especialmente preparado para os Associados ao QSP. QSP Informe Reservado Nº 41 Dezembro/2004

Leia mais

Como trabalhar com voluntários na captação de recursos Andrea Goldschmidt*

Como trabalhar com voluntários na captação de recursos Andrea Goldschmidt* Como trabalhar com voluntários na captação de recursos Andrea Goldschmidt* Quando falamos de captação de recursos para uma organização, podemos estar falando em captação de dinheiro, de materiais, de produtos,

Leia mais

P R O P O S TA C O M E R C I A L

P R O P O S TA C O M E R C I A L P R O P O S TA C O M E R C I A L Joinville, 03 de setembro de 2014. Proposta para: treinamento líder coach Prezado, Temos o prazer de enviar a proposta do Treinamento Líder Coach, para sua análise e apreciação.

Leia mais

Módulo 15 Resumo. Módulo I Cultura da Informação

Módulo 15 Resumo. Módulo I Cultura da Informação Módulo 15 Resumo Neste módulo vamos dar uma explanação geral sobre os pontos que foram trabalhados ao longo desta disciplina. Os pontos abordados nesta disciplina foram: Fundamentos teóricos de sistemas

Leia mais

CHECK - LIST - ISO 9001:2000

CHECK - LIST - ISO 9001:2000 REQUISITOS ISO 9001: 2000 SIM NÃO 1.2 APLICAÇÃO A organização identificou as exclusões de itens da norma no seu manual da qualidade? As exclusões são relacionadas somente aos requisitos da sessão 7 da

Leia mais

seguras para administradores de organizadores do site Cisco WebEx Melhores práticas para reuniões Visão geral da privacidade WebEx

seguras para administradores de organizadores do site Cisco WebEx Melhores práticas para reuniões Visão geral da privacidade WebEx Visão geral da privacidade WebEx As soluções on-line ajudam a permitir que os funcionários globais e as equipes virtuais se reúnam e colaborarem em tempo real como se estivessem trabalhando na mesma sala.

Leia mais

Políticas e Padrões de Desempenho da IFC sobre Sustentabilidade Socioambiental Revisão e Atualização

Políticas e Padrões de Desempenho da IFC sobre Sustentabilidade Socioambiental Revisão e Atualização Políticas e Padrões de Desempenho da IFC sobre Sustentabilidade Socioambiental Revisão e Atualização Visão Geral do Processo de Consulta e Participação Corporação Financeira Internacional 26 de agosto

Leia mais

CONSULTORIA DE DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL

CONSULTORIA DE DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL CONSULTORIA DE DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL Somos especializados na identificação e facilitação de soluções na medida em que você e sua empresa necessitam para o desenvolvimento pessoal, profissional,

Leia mais

POLÍTICA DA QUALIDADE POLÍTICA AMBIENTAL POLÍTICA DE SEGURANÇA, SAÚDE E BEM ESTAR NO TRABALHO

POLÍTICA DA QUALIDADE POLÍTICA AMBIENTAL POLÍTICA DE SEGURANÇA, SAÚDE E BEM ESTAR NO TRABALHO POLÍTICA DA QUALIDADE POLÍTICA AMBIENTAL POLÍTICA DE SEGURANÇA, SAÚDE E BEM ESTAR NO TRABALHO Política da QUALIDADE A satisfação do cliente está na base das operações do Grupo Volvo. A Qualidade é um pré

Leia mais

Novell Teaming 2.0. Novell. 29 de julho de 2009. Início Rápido. Iniciando o Novell Teaming. Conhecendo a interface do Novell Teaming e seus recursos

Novell Teaming 2.0. Novell. 29 de julho de 2009. Início Rápido. Iniciando o Novell Teaming. Conhecendo a interface do Novell Teaming e seus recursos Novell Teaming 2.0 29 de julho de 2009 Novell Início Rápido Quando você começa a usar o Novell Teaming, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho

Leia mais

Amway - Política de privacidade

Amway - Política de privacidade Amway - Política de privacidade Esta Política de Privacidade descreve como a Amway Brasil e determinadas filiadas, inclusive a Amway América Latina (conjuntamente Amway ) utilizam dados pessoais coletados

Leia mais

Perguntas e respostas

Perguntas e respostas Diretrizes Perguntas e respostas Axis Certification Program Índice 1. Finalidade e benefícios 3 2. Como tornar-se um Axis Certified Professional 3 3. Após o Exame 5 4. Diferença entre o Axis Certification

Leia mais

PMONow! Serviço de Implantação de um Escritório de Projetos

PMONow! Serviço de Implantação de um Escritório de Projetos PMONow! Serviço de Implantação de um Escritório de Projetos PMONow! Serviço de Implantação de um Escritório de Projetos As organizações em torno do mundo estão implantando processos e disciplinas formais

Leia mais

Líderes-educadores: educação eficiente e continuada

Líderes-educadores: educação eficiente e continuada Actas do 1º Encontro de Educação Corporativa Brasil/Europa pp. 111-116 111 Líderes-educadores: educação eficiente e continuada Kátia Carlini 1 Resumo Tornar hábil ou capaz por meio de instrução, disciplina

Leia mais

Desenvolvimento Humano

Desenvolvimento Humano ASSESSORIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Desenvolvimento Humano ADVISORY Os desafios transformam-se em fatores motivacionais quando os profissionais se sentem bem preparados para enfrentá-los. E uma equipe

Leia mais

Manual do Usuário 2013

Manual do Usuário 2013 Manual do Usuário 2013 MANUAL DO USUÁRIO 2013 Introdução Um ambiente virtual de aprendizagem é um programa para computador que permite que a sala de aula migre para a Internet. Simula muitos dos recursos

Leia mais

Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI

Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI Janeiro de 2011 p2 Usuários comerciais e organizações precisam

Leia mais

Guia do Facilitador. Colaboração na Sala de aula Digital. http://www.intel.com/educacao

Guia do Facilitador. Colaboração na Sala de aula Digital. http://www.intel.com/educacao Série Elementos Intel Educar Colaboração na Sala de aula Digital Guia do Facilitador http://www.intel.com/educacao Copyright 2010 Intel Corporation. Todos os direitos reservados. Página 1 de 19 Termos

Leia mais

Escolhendo a melhor opção para sua empresa

Escolhendo a melhor opção para sua empresa www.pwc.com.br Escolhendo a melhor opção para sua empresa Auditoria Interna Auditoria Interna - Co-sourcing atende/supera as expectativas da alta administração? A função de Auditoria Interna compreende

Leia mais

Fundamentos de Teste de Software

Fundamentos de Teste de Software Núcleo de Excelência em Testes de Sistemas Fundamentos de Teste de Software Módulo 2- Teste Estático e Teste Dinâmico Aula 3 Teste Estático SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1. Definição... 3 2. Custo Versus Benefício...

Leia mais

SEGURANÇA GLOBAL, GERENCIAMENTO E MITIGAÇÃO DE RISCOS

SEGURANÇA GLOBAL, GERENCIAMENTO E MITIGAÇÃO DE RISCOS VISÃO GERAL DE CAPACIDADES SEGURANÇA GLOBAL, GERENCIAMENTO E MITIGAÇÃO DE RISCOS AT-RISK International oferece Análise de Riscos, Proteção, Consultoria, Investigações e Treinamento em Segurança, nas Américas,

Leia mais

Apresentando Netop School 6.0

Apresentando Netop School 6.0 Unique Netopremote solutions Apresentando Netop School 6.0 Apresentação para Clientes 2010 Netop School 6.1 A Nova Versão A solução líder em gerenciamento de salas de aula foi profundamente melhorada A

Leia mais

Desenvolvimento de Liderança Motivação e Trabalho em Equipe

Desenvolvimento de Liderança Motivação e Trabalho em Equipe Desenvolvimento de Liderança Motivação e Trabalho em Equipe Eduardo Rocha Diretor da DSG Consultoria Capacitar seus colaboradores, do gerente aos coordenadores é o melhor caminho para melhorar a eficácia

Leia mais

NSi Output Manager Perguntas frequentes. Version 3.2

NSi Output Manager Perguntas frequentes. Version 3.2 NSi Output Manager Perguntas frequentes Version 3.2 I. Informações gerais sobre o produto 1. Novos recursos no NSi Output Manager 3.2 Existem vários novos melhoramentos no servidor para o NSi Output Manager

Leia mais

Gestão de Desempenho... Promove Sucesso. Um Guia de Visão Geral

Gestão de Desempenho... Promove Sucesso. Um Guia de Visão Geral Gestão de Desempenho... Promove Sucesso. Um Guia de Visão Geral Gestão de Desempenho... Promove Sucesso. Na Watson, reconhecemos que o sucesso global da nossa Empresa é impulsionado pelo compromisso de

Leia mais

Cobit e ITIL. Cobit. Planejamento e organização; Aquisição e implementação; Entrega e suporte; Monitoração.

Cobit e ITIL. Cobit. Planejamento e organização; Aquisição e implementação; Entrega e suporte; Monitoração. Cobit e ITIL GOVERNANÇA, GP - RISCO, GP PROJETOS - PMP, SEGURANÇA DAIANA BUENO OUTUBRO 20, 2010 AT 8:00 3.496 visualizações Atualmente, as empresas estão com seus processos internos cada vez mais dependentes

Leia mais

Perfil de estilos de personalidade

Perfil de estilos de personalidade Relatório confidencial de Maria D. Apresentando Estilos de venda Administrador: Juan P., (Sample) de conclusão do teste: 2014 Versão do teste: Perfil de estilos de personalidade caracterizando estilos

Leia mais

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT MASTER IN PROJECT MANAGEMENT PROJETOS E COMUNICAÇÃO PROF. RICARDO SCHWACH MBA, PMP, COBIT, ITIL Atividade 1 Que modelos em gestão de projetos estão sendo adotados como referência nas organizações? Como

Leia mais

ESTUDO COMPARATIVO NBR ISO 13485:2004 RDC 59:2000 PORTARIA 686:1998 ITENS DE VERIFICAÇÃO PARA AUDITORIA

ESTUDO COMPARATIVO NBR ISO 13485:2004 RDC 59:2000 PORTARIA 686:1998 ITENS DE VERIFICAÇÃO PARA AUDITORIA ESTUDOCOMPARATIVO NBRISO13485:2004 RDC59:2000 PORTARIA686:1998 ITENSDEVERIFICAÇÃOPARAAUDITORIA 1. OBJETIVO 1.2. 1. Há algum requisito da Clausula 7 da NBR ISO 13485:2004 que foi excluída do escopo de aplicação

Leia mais

ROSETTA STONE LANGUAGE LEARNING SUITE PARA O SETOR PÚBLICO

ROSETTA STONE LANGUAGE LEARNING SUITE PARA O SETOR PÚBLICO ROSETTA STONE LANGUAGE LEARNING SUITE PARA O SETOR PÚBLICO Garanta o sucesso da missão. Garanta o sucesso da missão. A Rosetta Stone ajuda organizações governamentais e sem fins lucrativos a capacitar

Leia mais

CRITÉRIOS ADICIONAIS PARA A ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (ISO/IEC 27006:2011) - OTS

CRITÉRIOS ADICIONAIS PARA A ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (ISO/IEC 27006:2011) - OTS CRITÉRIOS ADICIONAIS PARA A ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (ISO/IEC 276:2011) - OTS NORMA Nº NIT-DICOR-011 APROVADA EM MAR/2013 Nº 01/46 SUMÁRIO

Leia mais

Gerenciador de Mudanças automatizadas

Gerenciador de Mudanças automatizadas Benefícios para os Negócios Minimizando a dependência em processos manuais e reduzindo risco de erro humano Reduz o tempo, esforço e risco de erro humano que existem ao mudar a configuração em dispositivos

Leia mais

Software de gerenciamento de trabalho

Software de gerenciamento de trabalho Software de gerenciamento de trabalho Software de gerenciamento de trabalho GoalPost O software de gerenciamento de trabalho (LMS) GoalPost da Intelligrated fornece informações sob demanda para medir,

Leia mais

PROGRAMA COMPLIANCE VC

PROGRAMA COMPLIANCE VC Seguir as leis e regulamentos é ótimo para você e para todos. Caro Colega, É com satisfação que compartilho esta cartilha do Programa Compliance VC. Elaborado com base no nosso Código de Conduta, Valores

Leia mais

Software de Laboratório LabX LabX

Software de Laboratório LabX LabX Software de Laboratório Software de Laboratório LabX Flexibilidade do fluxo de trabalho Clareza operacional Perfeita conectividade Segurança do processo LabX Power the Bench Power the Bench Orientação

Leia mais

ARGENTINA BRASIL CHILE COLÔMBIA MÉXICO PERÚ URUGUAI. Caminhos para o Sucesso na Gestão de RH na América Latina

ARGENTINA BRASIL CHILE COLÔMBIA MÉXICO PERÚ URUGUAI. Caminhos para o Sucesso na Gestão de RH na América Latina ARGENTINA BRASIL CHILE COLÔMBIA MÉXICO PERÚ URUGUAI 5 Caminhos para o Sucesso na Gestão de RH na América Latina 1 INTRODUÇÃO A gestão de Recursos Humanos é extremamente complexa, uma vez que combina várias

Leia mais

Política da IFC sobre Divulgação de Informações Análise e Atualização Visão Geral do Processo de Consulta e Participação

Política da IFC sobre Divulgação de Informações Análise e Atualização Visão Geral do Processo de Consulta e Participação Política da IFC sobre Divulgação de Informações Análise e Atualização Visão Geral do Processo de Consulta e Participação Corporação Financeira Internacional 26 de agosto de 2009 SUMÁRIO PÁGINA Resumo executivo...

Leia mais

www.imcdgroup.com CÓDIGO DE CONDUTA. IMCD

www.imcdgroup.com CÓDIGO DE CONDUTA. IMCD www.imcdgroup.com CÓDIGO DE CONDUTA. IMCD O SUCESSO DA IMCD É BASEADO NO ESTABELECIMENTO DE UM AMBIENTE QUE PROMOVE A RESPONSABILIDADE, CONFIANÇA E O RESPEITO. IMCD Código de Conduta 3 1. Introdução O

Leia mais

Guia do Facilitador. Aprendizagem Baseada em Projetos. http://www.intel.com/educacao. Série Elementos Intel Educar Aprendizagem Baseada em Projetos

Guia do Facilitador. Aprendizagem Baseada em Projetos. http://www.intel.com/educacao. Série Elementos Intel Educar Aprendizagem Baseada em Projetos Série Elementos Intel Educar Guia do Facilitador http://www.intel.com/educacao Copyright 2010 Intel Corporation. Página 1 de 19 Termos de Uso para o Guia do Facilitador da Série Elementos Intel Educar

Leia mais

PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI

PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI GUIA PARA MELHORAR O SEU Principais Práticas para a Proteção de PI PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI 2013 Centro para Empreendimento e Comércio Responsáveis TABELA DE CONTEÚDO CAPÍTULO 1: Introdução à Proteção

Leia mais