desenvolvimento de habilidades - uma oportunidade

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "desenvolvimento de habilidades - uma oportunidade"

Transcrição

1 2011: issue 8 A publication of Caterpillar Global Mining desenvolvimento de habilidades - uma oportunidade para aumentar a lucratividade Os proprietários da mina sabem que treinar operadores para trabalhar em segurança e com produtividade é importante para as operações. Eles oferecem treinamento inicial para novos operadores e investem em treinamento contínuo para reforçar as habilidades ou apresentar novos equipamentos ou recursos de máquinas. Uma nova tendência no setor de mineração é a nova perspectiva das empresas no que diz respeito ao desenvolvimento de habilidades incorporando o treinamento aos seus objetivos estratégicos e calculando o modo como a produtividade do operador afeta a lucratividade. Com a incorporação do treinamento às estratégias de negócios, as empresas de mineração estão descobrindo o quanto isso é importante, afirma Peter Salfinger, CEO da Immersive Technologies, um fornecedor de simuladores de treinamento avançado para o setor de mineração. Uma das coisas mais importantes que explicamos aos CEOs das empresas de mineração é que o desenvolvimento de habilidades é mais do que simplesmente uma parte necessária dos negócios de mineração. O desenvolvimento contínuo do operador pode gerar retorno real do investimento. Pode ajudar a diminuir o custo por tonelada e aumentar alucratividade. Medição de risco e identificação de áreas que precisam melhorar O treinamento de operadores pode ser resumido a um objetivo principal: redução de risco. Apesar de o risco ser tradicionalmente associado à segurança, ele realmente tem tudo a ver com desenvolvimento de habilidades, afirma Paul Davis, diretor comercial da Immersive Technologies. O treinamento ineficaz de operadores cria um risco potencial à segurança e ao equipamento, continua. Quando o treinamento de operadores não é totalmente concluído, a produtividade também é colocada em risco. Surge o risco da baixa disponibilidade de máquinas e do gasto relacionado ao reparo do equipamento danificado devido a práticas operacionais ruins. Todos esses riscos têm impacto direto sobre a lucratividade. Com foco no desempenho do operador em diversas áreas fundamentais, as minas podem avaliar a potencialidade desse risco e desenvolver um perfil claro do local da mina. Esse perfil pode ser usado para identificar áreas específicas que precisam melhorar e para desenvolver grandes alterações em etapas complementares.

2 Antigamente, os dados de desempenho do operador eram coletados por treinadores que acompanhavam os operadores em caronas ou relatórios de campo eram usados para indicar problemas. Apesar de essas ferramentas ainda serem úteis, a tecnologia possibilitou uma coleta mais eficiente dos dados e o registro do desempenho. A maioria das máquinas modernas tem tecnologias de bordo, como a tecnologia Caterpillar VIMS, que reúne o desempenho do operador e as métricas da máquina. Os simuladores de treinamento para equipamentos de hoje, semelhantemente aos fornecidos pela Immersive Technologies, permitem que as empresas façam comparações entre o perfil de habilidade em desenvolvimento de um operador no simulador e na máquina real. A comparação também compara a eficiência do treinamento e seu efeito sobre a operação. Com acesso a essas informações, as minas podem identificar mais facilmente áreas para melhoria. Há dezenas de métricas a considerar: sobrevelocidade do motor, dano acidental, seleção inadequada da engrenagem, mudanças bruscas, uso inadequado do freio de estacionamento, precisão e eficiência de carregamento, conformidade de tráfego, carga útil inadequada, acidentes, uso inadequado da transmissão, entre outras. Apesar de a melhoria de todas as áreas ser ideal, especialistas recomendam foco inicial em uma combinação de fatores de segurança mais importantes e nas áreas de produção e manutenção que terão influência mais imediata. A segurança é o fator mais importante, afirma Salfinger. Mas outros aspectos importantes são a melhoria da eficiência do operador e a redução dos custos de manutenção. Aprendemos que, quando as minas melhoram a eficiência do operador, elas também percebem ganhos significativos na produtividade em diversas áreas incluindo tempos de ciclo melhores, tempos reduzidos de solda por pontos e precisão de carregamento. A eficiência maior em apenas algumas dessas áreas pode ter impacto significativo sobre o custo por tonelada. A manutenção não programada também pode ser muito cara possivelmente muitas vezes o custo da manutenção programada. Se pudermos ensinar os operadores a usarem as máquinas conforme as instruções do fabricante, o desgaste de freios, motores e outros componentes será reduzido, diminuindo significativamente o custo de manter a máquina em execução. Desenvolvimento de um programa de melhoria A mina de Fort Knox da Kinross Gold Corporation tem estado à frente no que diz respeito ao treinamento de operadores e à segurança. A empresa introduziu um simulador de treinamento da Immersive Technologies em 2007 e testemunhou um impacto positivo sobre o desempenho de operadores novos e veteranos. Porém, os instrutores da Fort Knox perceberam que poderiam ir além com uma abordagem estratégica e um plano formal de treinamento com simulador. Em 2009, o local iniciou uma reavaliação do treinamento com simulador que gerou resultados significativos incluindo um enorme avanço no uso de dados de business intelligence para produzir excelentes resultados em treinamento para operadores. A mina de 15 anos, 100% pertencente à Kinross desde 1998, está localizada no desafiador distrito de mineração de Fairbanks, no Alasca, Estados Unidos. Os invernos são longos e rigorosos, com temperaturas subárticas. Trata-se de uma mina convencional a céu aberto com uma usina que produz de a toneladas métricas por dia ( a toneladas por dia) de carbon-in-pulp, funcionando sete dias por semana, o ano todo, apesar do clima rigoroso. A produção do ano passado foi de aproximadamente onças. Grandes volumes de minério de grau inferior produzidos pela mina foram processados por uma nova unidade de lixiviação em pilhas que entrou em operação em A expansão da taxa total de movimentação de materiais também representou crescimento na frota de mineração, que agora inclui três novos caminhões Cat 793F e sete caminhões Cat 793D, todos com cargas úteis de 227 toneladas métricas (250 toneladas); nove caminhões Cat 789C de 177 toneladas métricas

3 (195 toneladas) e 10 caminhões Cat 785B de 136 toneladas métricas (150 toneladas). A frota de carregamento consiste em duas pás-carregadeiras de rodas Cat 994 e três escavadeiras hidráulicas shovel. A luta do setor de mineração contra a escassez de pessoal capacitado e a rotatividade de funcionários em locais remotos não foi superada nas minas de ouro do Alasca. A necessidade de atrair, reter e manter a melhoria nos níveis de competência dos mineradores nunca foi maior. A mina de Fort Knox contratou muitos funcionários novos e o treinamento com simulador em caminhão de transporte desempenhou um papel fundamental na instrução inicial desses recém-contratados. O simulador reduziu o tempo de treinamento para novos funcionários em um assento auxiliar a bordo de caminhões reais na mina e fez uma grande diferença no desempenho de segurança, proporcionando um meio realista para preparar operadores tanto novos quanto experientes para situações de emergência, como perda de freio e incêndio no motor. A mina também se beneficiou com melhorias na operação e na eficiência do caminhão de transporte, permitindo que o local movimente mais toneladas a um custo menor. Os custos com manutenção também foram reduzidos graças às melhores práticas do operador e a uma redução nas altas temperaturas do freio e nas trocas excessivas de marchas. Uma mudança no foco das atividades nas minas, resultando em um maior transporte em declives, levou a equipe da Fort Knox a investigar como eles poderiam fazer mais com o treinamento com simulador. A Kinross e a Immersive Technologies então se uniram para desenvolver uma abordagem de Equipes Multidisciplinares (CFT) para enfrentar os desafios de realizar treinamentos no local. Grande parte da força motriz se originou em encontrarmos uma maneira de atacarmos os principais problemas que observávamos ou prevíamos, com a mudança na direção da mina, declarou Luke Mowery, coordenador de treinamento da Fort Knox. Quando demos início ao programa do simulador, treinamos todos os nossos operadores em um cenário, lembrou Mowery. Alguns deles tinham 15 coisas para fazer ao mesmo tempo e não sabiam por onde começar. Foi nesse momento que a Immersive Technologies surgiu e nos ajudou a identificar as principais áreas em que poderíamos obter o maior retorno de nosso investimento com o treinamento com simulador. Concentramo-nos em quatro áreas, o que facilitou bastante o nosso trabalho com um grupo pequeno, de uma forma direcionada. Promulgado em 2010, o objetivo do programa era: Criar um modelo de melhoria contínua Estudar e usar extensivamente o sistema de monitoramento da integridade da máquina e enviar dados de maneira mais eficiente Desenvolver critérios adequados para avaliar como os resultados do treinamento se convertem em resultados reais na mina Ajustar o foco do treinamento para objetivos e operadores específicos Padronizar o treinamento de todos os operadores As equipes da Fort Knox e da Immersive Technologies concordaram em realizar análises preliminares e subsequentes dos dados do simulador e da mina, como dados VIMS de caminhões Cat, com a avaliação inicial voltada para identificar os operadores que precisavam de treinamento intensivo. Essa avaliação revelou que 20% dos aproximadamente 150 operadores de caminhões de transporte da mina estavam cometendo cerca de 80% do total de erros registrados. Quando começamos este projeto, era muito fácil perceber que não estávamos usando todos os dados que podíamos de VIMS, relembra Brandon Holm, instrutor de minas na Fort Knox. Tínhamos que fazer o download de cada caminhão para saber o que estava realmente acontecendo. Sabíamos que, se quiséssemos

4 obter as informações, precisaríamos de um processo de relatórios melhor, então nós o refinamos para observar determinadas áreas, como áreas de freio e trocas excessivas de marchas. Estava tudo lá, acessível quando procurávamos. Agora está tudo armazenado em um servidor e nós precisamos apenas gerar relatórios. A avaliação do simulador, do envio e dos dados VIMS identificou três áreas de considerável deficiência e alto ganho potencial altas temperaturas do freio, causadas pelo uso incorreto do freio, trocas excessivas de marchas e tempos de solda por pontos. Além disso, o grupo insistia na necessidade de adicionarmos um componente de segurança a todos os projetos. A mina selecionou um treinamento de combate a incêndios porque os dados históricos do simulador indicaram uma baixa taxa de aprovação dos operadores nessa área. A Immersive Technologies também comparou os dados do local com seu Sistema de Referência Global para o Operador. Esses são os dados de desempenho acumulados do operador obtidos de sua ampla base global de clientes, coletados do banco de dados de cada simulador. Com eles, um local pode se avaliar em comparação com normas globais e auxiliar a equipe multidisciplinar a escolher seus objetivos e metas de treinamento. Esses objetivos e metas incluíam uma redução de 20% nos tempos médios de solda por pontos do caminhão, 20% menos erros relacionados à troca excessiva de marchas e altas temperaturas do freio e uma taxa de aprovação de 80% nos casos situações de emergência no combate a incêndios no motor. Não demorou muito para o programa apresentar resultados significativos. Depois do treinamento inicial com simulador direcionado, a Kinross observou uma redução de 71% nos casos de alta temperatura do freio na frota de caminhões da Fort Knox e uma diminuição de 89% nos resultados de trocas excessivas de marchas. O local atingiu uma redução de 17% nos tempos médios de solda por pontos na mina. O programa realmente superou nossas expectativas, comentou Holm. Quando começamos, pensamos que uma melhoria de 20% era um objetivo realista. Atingir uma melhoria de 70 a 80% em diversas áreas importantes surpreendeu a todos. Treinamento contínuo Um dos principais pontos para obter continuamente os benefícios do treinamento éa repetição. A empresa deve estar comprometida com a manutenção do processo de desenvolvimento de qualificações nos termos dos objetivos estratégicos da empresa, afirmou Salfinger. Deve ser um processo contínuo e repetitivo. Não se aplica apenas aos novos operadores. Holm concordou. Sabemos que o treinamento requer um enfoque contínuo e nossa liderança comprou essa ideia, afirmou. Começamos nosso primeiro projeto em 2010 e observamos excelentes resultados. Mas, depois de seis meses, mais ou menos, parte dessa melhoria começou a retroceder. Pode ter sido função da contratação de novos funcionários ou de alguns hábitos prejudiciais desenvolvidos por antigos operadores. Seria maravilhoso ver todos os problemas desaparecerem de uma vez, mas acho que essa é uma visão bem otimista. Devemos demonstrar nosso comprometimento em fazer disso parte dos nossos objetivos estratégicos. Realizamos dois programas este ano e faremos mais comentou Holm. Monitoraremos nossos dados e realizaremos outro programa quando percebermos que o momento é apropriado. A Kinross Fort Knox recebeu o prêmio 2010 Business Improvement Award da Immersive Technologies pelos excelentes resultados obtidos com seu programa de treinamento com simulador para operadores. O prêmio reconheceu os grandes avanços no programa de treinamento da mina em diferentes áreas, como medição, comunicação interdepartamental e na adoção de melhores práticas em técnicas de simulação, que melhoraram as condições do local para avaliar o efeito de seu treinamento na produtividade em geral. Os benefícios A redução de riscos para pessoas, produtos e produtividade pode resultar em benefícios substanciais para as operações de mineração.

5 As melhorias no resultado só são possíveis com o entendimento e o gerenciamento de todos os riscos inerentes ao complexo ambiente de mineração pesada, afirmou Davis. Em todo o mundo, o desenvolvimento estratégico das qualificações dos operadores de equipamentos vem demonstrando uma capacidade impressionante de mitigação de riscos em muitos dos fatores essenciais para que a mineração seja segura, eficiente e lucrativa. O uso de simuladores para oferecer um treinamento melhor e mais fácil Embora as minas estejam cientes dos benefícios que mais treinamentos regulares podem trazer para seus operadores e para suas operações o tempo, o dinheiro e os equipamentos necessários para refinar as habilidades do operador podem ser um impedimento. Quando um operador está sendo treinado em um caminhão, por exemplo, esse caminhão é retirado da produção. Os custos incluem não apenas a falta de produção dessa máquina, mas também o custo do combustível consumido durante o treinamento. E, se um operador inexperiente estiver aprendendo o trabalho, provavelmente será o mais lento no local e afetará o ritmo de todo o circuito de produção. Com a melhoria das tecnologias, há uma tendência cada vez maior de muitos setores usarem simuladores para seus treinamentos. Os setores de aviação e de defesa usaram simuladores intensamente durante muitos anos, mas no setor de mineração, só passaram a ser usados nos últimos 15 anos, mais ou menos. O treinamento com simulador oferece muitos benefícios: Consistência. Todos os operadores são treinados de acordo com os mesmos padrões e a simulação é totalmente objetiva e imparcial em sua avaliação de desempenho. Maior segurança. Os operadores treinam sem riscos às máquinas, a si próprios, aos colegas de trabalho ou à propriedade. Treinamento em cenário de emergência. Os simuladores permitem que os operadores atuem repetidamente em cenários detalhados de emergência, uma situação que não pode ser reproduzida em uma máquina real. Maior produção. Geralmente os operadores treinados com simulador são mais eficientes e produtivos em máquinas reais. Tempo reduzido de treinamento. Os dados mostram que os operadores treinados com simulador precisam de menos tempo para atingir competência e objetivos específicos do treinamento. Flexibilidade de treinamento. O treinamento pode ser realizado a qualquer momento, dia ou noite, em qualquer lugar, independentemente das condições climáticas. Custos reduzidos. Os custos de treinamento são reduzidos com candidatos a pré-seleção, diminuindo os requisitos de supervisão de treinamento e reduzindo o tempo de treinamento e os custos de operação de máquina. Menor perda de produção. Os simuladores minimizam o uso de máquinas de produção em treinamento. Maior sustentabilidade. Os simuladores produzem menos gases do efeito estufa em comparação com uma máquina real. Além disso, melhores habilidades resultam em menos reparos, menos consumo de combustível, menos gases do efeito estufa e menos componentes e peças. Sistemas de simulador Há vários produtos de simuladores disponíveis para o setor de mineração. ACaterpillar oferece simuladores de máquinas de Sistemas de Treinamento Virtual (VTS), que são usados para treinar e orientar operadores iniciantes na operação básica da máquina, nas habilidades e no conhecimento da aplicação. A empresa também atua em parceria com a líder mundial Immersive Technologies para níveis avançados de treinamento com simulador.

6 A Immersive Technologies é o maior fornecedor mundial de simuladores de equipamentos de mineração subterrânea e de superfície para o setor de mineração global. Os fundadores Peter Salfinger e seu irmão, Wade Salfinger, atuam na área de treinamento há décadas. Os dois começaram a produzir programas de treinamento baseado em computador no início da década de Nossos clientes gostaram de nossas primeiras soluções em treinamento, mas nos diziam que queriam mais, comenta Peter Salfinger. Eles queriam algo que pudesse testar reações pontuais os tipos de respostas necessárias no cenário real. Assim, em 1995, começamos a averiguar a possibilidade de simulação. Em 1998, os irmãos apresentaram seu primeiro protótipo para a Caterpillar Inc. Não demorou muito para a Caterpillar solicitar seu próprio simulador para usar como parte de um programa de treinamento itinerante e a Immersive Technologies colocou seu primeiro simulador em uma aplicação de local de mineração. O nível de sofisticação dos simuladores melhorou significativamente no início dos anos 2000, quando a Immersive Technologies firmou um acordo com vários dos Fabricantes de Equipamentos Originais (OEMs), incluindo a Caterpillar, que deram àempresa acesso a informações restritas sobre máquinas técnicas. Depois de um acordo inicial de cinco anos, a Caterpillar renovou a aliança em 2009, por mais cinco anos. Há muitos níveis diferentes de simulação e eficácia, afirma Salfinger. Um dos principais elementos que torna a Immersive Technologies única é o fato de que temos alianças exclusivas com os principais OEMs. Eles nos dão acesso a seus engenheiros de produtos e informações específicas sobre máquinas, que nos permitem desenvolver nossos simuladores com o mais alto nível de realismo eautenticidade. Os equipamentos de mineração estão se tornando cada vez mais sofisticados edependem de complexos sistemas e protocolos de computador, continua. O acesso a esse nível de informação é fundamental se você quer produzir uma simulação realista de fato. Atualmente a empresa tem mais de 230 simuladores, em 30 países, em todo o mundo. Na verdade, nove em cada dez das maiores empresas de mineração do mundo têm pelo menos um simulador da Immersive Technologies e muitas têm várias unidades. Mais de 550 Conversion Kits também estão em uso. Essas unidades de máquinas modulares permitem que os proprietários personalizem seus simuladores de base para replicar vários tipos e modelos de máquinas, desde um trator de esteiras D11T até um caminhão 797F em questão de minutos. Dentre os modelos Caterpillar atualmente oferecidos pela Immersive Technologies como produtos com disponibilidade imediata estão o 785B, 789B, 793B, 785C, 789C, 793C, 797, 769D, 773D, 777D, 5130, 5230, D11R, 994D e 992G. Os modelos mais recentes incluem os caminhões de mineração 777F, 793F e 797F, o trator de esteiras D11T, as carregadeiras subterrâneas R1700G e R2900G e os caminhões subterrâneos AD45 e AD55. Mais módulos do Conversion Kit estão em desenvolvimento. Integração do simulador A Immersive Technologies faz mais do que oferecer equipamentos, Salfinger afirma. A integração do simulador no ambiente da mina é um fator primordial para obter obenefício máximo. A maneira como essa integração ocorre é muito importante comenta. Qualquer nova tecnologia tem o potencial para falhas se você não a integra corretamente. Juntos, elaboramos um roteiro prático que resulta no êxito do treinamento e em um rápido retorno sobre o investimento. O treinamento do supervisor é o principal aspecto da integração. A Immersive Technologies já treinou 930 instrutores desde A empresa também atua junto a seus clientes para oferecer projetos de melhoria contínua.

7 Modelos de simuladores O modelo mais recente da Immersive Technologies para mineração de superfície, o PRO3, traz avanços importantes no realismo, para proporcionar os mais altos níveis de eficácia do treinamento. Os recursos do PRO3 incluem uma tela integrada curva de 180 graus, maior precisão da plataforma de movimentação e uma nova tecnologia chamada Visão Real que apresenta um monitor dinâmico para o operador. Recentemente, a empresa também apresentou uma nova plataforma para equipamentos de mineração subterrânea, a UG360. Segundo Salfinger, a Immersive Technologies acredita que a nova plataforma atinge seu objetivo de compatibilidade com a eficácia de seu sistema para superfície. A empreiteira de mineração Barminco Limited estava entre as primeiras empresas a adquirir o simulador subterrâneo UG360, que ajudou a empresa a incrementar a capacidade de treinamento e reforçou seu compromisso Segurança Primeiro Segurança Acima de Tudo com os funcionários. A Barminco é líder em mineração subterrânea em rochas duras e opera uma frota de mais de 300 peças de equipamentos móveis a maior frota do mundo de equipamentos subterrâneos pertencentes a uma única empresa. Manter um alto padrão de treinamento é fundamental para assegurar os elevados padrões de segurança em todos os nossos projetos, afirma Neil Warburton, CEO da Barminco. Isso é importante principalmente à medida que expandimos nossa presença no mercado internacional e procuramos manter uma forte posição no mercado australiano. Simuladores oferecem oportunidade em local remoto Os simuladores estão possibilitando à mina Escondida da BHP Billiton ir além em seu compromisso com responsabilidade social. Localizada a 170 km do Deserto de Atacama, no Chile, a sudeste de Antofagasta, Escondida é a maior produtora mundial de cobre. A mina doou simuladores da Immersive Technologies para o Centro de Treinamento Industrial e de Mineração (Centro de Entrenamiento Industrial y Minero CEIM), um centro de treinamento localizado em Antofagasta, construído e mantido pela Escondida. A mina criou o CEIM como uma forma de expressar sua Responsabilidade Social junto à Comunidade e como um esforço para se relacionar com os povos indígenas da comunidade de Atacama. O objetivo do centro é formar e desenvolver as habilidades dos trabalhadores do setor de mineração, bem como de trabalhadores de outros setores. Os simuladores do centro são usados para treinar operadores de caminhões de transporte. O CEIM tem muitos Conversion Kits para vários modelos de máquinas, incluindo caminhões Cat 785C, 789C, 793C e 797. Essa é uma tremenda oportunidade para o instituto de treinamento comenta Thomas Gonzalez, gerente do CEIM. Antes de termos os simuladores, o treinamento com equipamento acontecia em pás-carregadeiras axiais e em pequenas peças de equipamentos. Os treinandos tinham que ir ao local de mineração para receber instruções. Agora recebem o treinamento prático e de sala de aula no equipamento de alta tonelagem, no centro de treinamento. Temos condições de oferecer os mais altos níveis de treinamento e proporcionar a eles a melhor oportunidade de participar do treinamento e de atuar no setor. O CEIM treina estudantes por ano; desse total, cerca de 400 passam pelo programa de treinamento de operadores. Fazemos isso como um serviço à comunidade, comenta Gonzalez. Está aberto a qualquer pessoa da comunidade, não apenas a operadores. Somente 35% dos alunos são da mina Escondida. Os demais trabalham em outras minas e em outros setores. Gonzalez menciona que o feedback das minas da região são positivos. Eles informam que os novos operadores que estão começando a atuar na área são mais bem preparados e mais capacitados. Está sendo um grande impacto na capacidade de treinar operadores, afirma.

Ser sincero em sua crença de que todos devem ir para casa todos os dias com segurança e saúde - demonstre que você se importa.

Ser sincero em sua crença de que todos devem ir para casa todos os dias com segurança e saúde - demonstre que você se importa. A Liderança Faz a Diferença Guia de Gerenciamento de Riscos Fatais Introdução 2 A prevenção de doenças e acidentes ocupacionais ocorre em duas esferas de controle distintas, mas concomitantes: uma que

Leia mais

SKF é uma marca comercial registrada do Grupo SKF.

SKF é uma marca comercial registrada do Grupo SKF. SKF é uma marca comercial registrada do Grupo SKF. SKF 2011 Os direitos autorais desta publicação pertencem ao editor e seu conteúdo não pode ser reproduzido (mesmo em parte) sem uma permissão por escrito.

Leia mais

Módulo 07 Gestão de Conhecimento

Módulo 07 Gestão de Conhecimento Módulo 07 Gestão de Conhecimento Por ser uma disciplina considerada nova dentro do campo da administração, a gestão de conhecimento ainda hoje tem várias definições e percepções, como mostro a seguir:

Leia mais

gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011

gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011 gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011 a computação na nuvem está presente em todos os lugares e está crescendo 72% das empresas

Leia mais

LOGÍSTICA MADE DIFFERENT LOGÍSTICA

LOGÍSTICA MADE DIFFERENT LOGÍSTICA LOGÍSTICA MADE DIFFERENT LOGÍSTICA ENTREGA ESPECIAL Na economia globalizada 24/7 de hoje, a logística e a gestão de armazéns eficientes são essenciais para o sucesso operacional. O BEUMER Group possui

Leia mais

Monitore a saúde dos seus equipamentos de forma inteligente e ativa.

Monitore a saúde dos seus equipamentos de forma inteligente e ativa. Monitore a saúde dos seus equipamentos de forma inteligente e ativa. Decisões inteligentes e eficientes. Gerenciar os dados dos equipamentos para conseguir extrair o melhor rendimento é um desafio para

Leia mais

Serviços Scania. Serviços Scania. Tudo o que o você precisa para cuidar bem do seu Scania, em um só lugar.

Serviços Scania. Serviços Scania. Tudo o que o você precisa para cuidar bem do seu Scania, em um só lugar. Serviços Scania Serviços Scania. Tudo o que o você precisa para cuidar bem do seu Scania, em um só lugar. SERVIÇOS SCANIA Serviços Scania. Máxima disponibilidade do seu veículo para o melhor desempenho

Leia mais

Scania Serviços. Serviços Scania.

Scania Serviços. Serviços Scania. Serviços Scania Scania Serviços. Serviços Scania. Tudo o que o você precisa para cuidar Tudo bem do o que seu o Scania, você precisa em um para só lugar. cuidar bem do seu Scania, em um só lugar. SERVIÇOS

Leia mais

Influenciar o desempenho de equipamentos através de métricas de manutenção

Influenciar o desempenho de equipamentos através de métricas de manutenção 2008: issue 3 A publication of Caterpillar Global Mining Influenciar o desempenho de equipamentos através de métricas de manutenção Minas de sucesso usam medidas-chave para melhorar a disponibilidade O

Leia mais

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) PLANEJAMENTO 2 PLANEJAMENTO Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 ABRIL

Leia mais

Assessoria Swagelok em Energia. Um Recurso de Confiança para Otimizar o Desempenho do seu Sistema de Vapor

Assessoria Swagelok em Energia. Um Recurso de Confiança para Otimizar o Desempenho do seu Sistema de Vapor Assessoria Swagelok em Energia Um Recurso de Confiança para Otimizar o Desempenho do seu Sistema de Vapor Conheça a experiência de alguns clientes sobre a Assessoria Swagelok em Energia Com serviços de

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

Faça mais, com menos: Como crescer em um mercado de trabalho desafiador

Faça mais, com menos: Como crescer em um mercado de trabalho desafiador Faça mais, com menos: Como crescer em um mercado de trabalho desafiador Investir em pessoal com um programa de gestão de desempenho permite que uma operação de abastecimento não só sobreviva, mas cresça

Leia mais

Monitoramento de Escavadeiras. Zero paradas não programadas através do monitoramento on-line de condição

Monitoramento de Escavadeiras. Zero paradas não programadas através do monitoramento on-line de condição Monitoramento de Escavadeiras Zero paradas não programadas através do monitoramento on-line de condição Uma parada não programada pode ser cara e perigosa A mina é um ambiente potencialmente perigoso.

Leia mais

I. A empresa de pesquisa de executivos deve lhe fornecer uma avaliação precisa e cândida das suas capacidades para realizar sua pesquisa.

I. A empresa de pesquisa de executivos deve lhe fornecer uma avaliação precisa e cândida das suas capacidades para realizar sua pesquisa. DIREITO DOS CLIENTES O que esperar de sua empresa de Executive Search Uma pesquisa de executivos envolve um processo complexo que requer um investimento substancial do seu tempo e recursos. Quando você

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Outubro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Abordar o domínio Adquirir e Implementar e todos

Leia mais

EXPLORE SEUS POTENCIAIS. Junte-se aos 128 concessionários mundiais que escolheram ser parceiros da FG Wilson.

EXPLORE SEUS POTENCIAIS. Junte-se aos 128 concessionários mundiais que escolheram ser parceiros da FG Wilson. Expanda seu portfólio de produtos e aumente o seu negócio com a marca líder GLOBAL na indústria. EXPLORE SEUS NEGÓCIOS POTENCIAIS Junte-se aos 128 concessionários mundiais que escolheram ser parceiros

Leia mais

Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI

Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI Janeiro de 2011 p2 Usuários comerciais e organizações precisam

Leia mais

Soluções Customizadas em Receitas

Soluções Customizadas em Receitas Soluções Customizadas em Receitas Com a IDeaS, o atendimento é de qualidade superior. Eles são muito atentos às nossas necessidades e dispostos a trabalhar conosco, seja para melhorias específicas ou simplesmente

Leia mais

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Avaliação de: Sr. Antônio Modelo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Especialistas The Inner

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS 1 SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS John F. Eichstaedt, Toni Édio Degenhardt Professora: Eliana V. Jaeger RESUMO: Este artigo mostra o que é um SIG (Sistema de Informação gerencial) em uma aplicação prática

Leia mais

Estratégia de Desenvolvimento de Pessoas em Ação

Estratégia de Desenvolvimento de Pessoas em Ação Estratégia de Desenvolvimento de Pessoas em Ação Caros colegas, orienta o modo como nossa organização trabalha para selecionar, desenvolver, motivar e valorizar o bem mais importante da Bausch + Lomb nossas

Leia mais

22/02/2009. Supply Chain Management. É a integração dos processos do negócio desde o usuário final até os fornecedores originais que

22/02/2009. Supply Chain Management. É a integração dos processos do negócio desde o usuário final até os fornecedores originais que Supply Chain Management SUMÁRIO Gestão da Cadeia de Suprimentos (SCM) SCM X Logística Dinâmica Sugestões Definição Cadeia de Suprimentos É a integração dos processos do negócio desde o usuário final até

Leia mais

CHECK - LIST - ISO 9001:2000

CHECK - LIST - ISO 9001:2000 REQUISITOS ISO 9001: 2000 SIM NÃO 1.2 APLICAÇÃO A organização identificou as exclusões de itens da norma no seu manual da qualidade? As exclusões são relacionadas somente aos requisitos da sessão 7 da

Leia mais

Melhorias da Infraestrutura

Melhorias da Infraestrutura Melhorias da Infraestrutura Refino Papel e Celulose Energia Fóssil Processos Químicos Processos Industriais Conversão De Resíduos Em Energia www.azz.com/wsi Fornecedora de soluções e serviços completos

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

Escolhendo a melhor opção para sua empresa

Escolhendo a melhor opção para sua empresa www.pwc.com.br Escolhendo a melhor opção para sua empresa Auditoria Interna Auditoria Interna - Co-sourcing atende/supera as expectativas da alta administração? A função de Auditoria Interna compreende

Leia mais

IT Service Management Foundation Bridge based on ISO/IEC 20000

IT Service Management Foundation Bridge based on ISO/IEC 20000 Exame simulado IT Service Management Foundation Bridge based on ISO/IEC 20000 Edição Novembro, 2013 Copyright 2013 EXIN All rights reserved. No part of this publication may be published, reproduced, copied

Leia mais

TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE TALENTOS

TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE TALENTOS "Felizaquelequetransfereo quesabee aprendeo queensina." Cora Coralina Se não sabes, aprende; se já sabes, ensina. Confúcio Tipo de Programa Objetivos Programas de Aperfeiçoamento Melhorar o nível de desempenho

Leia mais

ESTUDO COMPARATIVO NBR ISO 13485:2004 RDC 59:2000 PORTARIA 686:1998 ITENS DE VERIFICAÇÃO PARA AUDITORIA

ESTUDO COMPARATIVO NBR ISO 13485:2004 RDC 59:2000 PORTARIA 686:1998 ITENS DE VERIFICAÇÃO PARA AUDITORIA ESTUDOCOMPARATIVO NBRISO13485:2004 RDC59:2000 PORTARIA686:1998 ITENSDEVERIFICAÇÃOPARAAUDITORIA 1. OBJETIVO 1.2. 1. Há algum requisito da Clausula 7 da NBR ISO 13485:2004 que foi excluída do escopo de aplicação

Leia mais

Mensagens ambientais da HP

Mensagens ambientais da HP Mensagens ambientais da HP Definição da promessa Projeto para o meio ambiente Por ser líder ambiental há décadas no setor tecnológico, a HP faz a diferença com um projeto abrangente de estratégia ambiental,

Leia mais

O Grupo Gerdau incentiva o trabalho em equipe e o uso de ferramentas de gestão pela qualidade na busca de soluções para os problemas do dia-a-dia.

O Grupo Gerdau incentiva o trabalho em equipe e o uso de ferramentas de gestão pela qualidade na busca de soluções para os problemas do dia-a-dia. O Grupo Gerdau incentiva o trabalho em equipe e o uso de ferramentas de gestão pela qualidade na busca de soluções para os problemas do dia-a-dia. Rio Grande do Sul Brasil PESSOAS E EQUIPES Equipes que

Leia mais

Sistemas de Gestão da Qualidade. Introdução. Engenharia de Produção Gestão Estratégica da Qualidade. Tema Sistemas de Gestão da Qualidade

Sistemas de Gestão da Qualidade. Introdução. Engenharia de Produção Gestão Estratégica da Qualidade. Tema Sistemas de Gestão da Qualidade Tema Sistemas de Gestão da Qualidade Projeto Curso Disciplina Tema Professor Pós-graduação Engenharia de Produção Gestão Estratégica da Qualidade Sistemas de Gestão da Qualidade Elton Ivan Schneider Introdução

Leia mais

Boletim Informativo Tecnologia e inovação

Boletim Informativo Tecnologia e inovação Boletim Informativo 01 Buscamos contar com a melhor tecnologia de mineração e processamento disponível e inovar com novas maneiras de operação que irão beneficiar nossos negócios, funcionários, clientes

Leia mais

Experiência da empresa na área de treinamento. Edivaldo Freitas Gerente de treinamento AFEq

Experiência da empresa na área de treinamento. Edivaldo Freitas Gerente de treinamento AFEq Experiência da empresa na área de treinamento Edivaldo Freitas Gerente de treinamento AFEq Programas de capacitação Educação para o trabalho: Acreditar Aplicação de Equipamentos Mitigação de Riscos na

Leia mais

Questão em foco: O ROI do Gerenciamento de Portfólio de Produto. O Guia para prever o retorno do investimento do PPM

Questão em foco: O ROI do Gerenciamento de Portfólio de Produto. O Guia para prever o retorno do investimento do PPM Questão em foco: O ROI do Gerenciamento de Portfólio de Produto O Guia para prever o retorno do investimento do PPM Tech-Clarity, Inc. 2008 Sumário Introdução à questão... 3 Cálculo dos benefícios do Gerenciamento

Leia mais

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS?

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? As ofertas de nuvem pública proliferaram, e a nuvem privada se popularizou. Agora, é uma questão de como aproveitar o potencial

Leia mais

Módulo 3 Procedimento e processo de gerenciamento de riscos, PDCA e MASP

Módulo 3 Procedimento e processo de gerenciamento de riscos, PDCA e MASP Módulo 3 Procedimento e processo de gerenciamento de riscos, PDCA e MASP 6. Procedimento de gerenciamento de risco O fabricante ou prestador de serviço deve estabelecer e manter um processo para identificar

Leia mais

Marketing de Serviços e de Relacionamento. MBA em Gestão de Marketing Prof.: Alice Selles

Marketing de Serviços e de Relacionamento. MBA em Gestão de Marketing Prof.: Alice Selles Marketing de Serviços e de Relacionamento MBA em Gestão de Marketing Prof.: Alice Selles AS EXPECTATIVAS DO CLIENTE COM O SERVIÇO Expectativas dos clientes São crenças acerca da execução do serviço que

Leia mais

Projetos de Inovação e Melhores Práticas de Competitividade e Eficiência. Gleuza Jesué

Projetos de Inovação e Melhores Práticas de Competitividade e Eficiência. Gleuza Jesué Projetos de Inovação e Melhores Práticas de Competitividade e Eficiência Gleuza Jesué Nossa agenda 1 2 3 4 Pilares estratégicos e ações estruturantes Metodologia da gestão da licença para operar Case:

Leia mais

Resultados da Lubrificação Automatizada no segmento do concreto

Resultados da Lubrificação Automatizada no segmento do concreto UM GUIA PARA A MELHOR LUBRIFICAÇÃO VOLUME 20, NO.1 Resultados da Lubrificação Automatizada no segmento do concreto A fabricação e a venda de concreto é um negócio difícil. Equipamento pesado, material

Leia mais

2.3. ORGANIZAÇÕES E GESTÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

2.3. ORGANIZAÇÕES E GESTÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 2.3. ORGANIZAÇÕES E GESTÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO As Empresas e os Sistemas Problemas locais - impacto no sistema total. Empresas como subsistemas de um sistema maior. Uma empresa excede a soma de

Leia mais

GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC

GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC RESUMO EXECUTIVO O PowerVault DL2000, baseado na tecnologia Symantec Backup Exec, oferece a única solução de backup em

Leia mais

Você dispõe da base necessária para desenvolver a confiança dos funcionários? Terceirização de RH e o líder empresarial SUMÁRIO EXECUTIVO

Você dispõe da base necessária para desenvolver a confiança dos funcionários? Terceirização de RH e o líder empresarial SUMÁRIO EXECUTIVO Terceirização de RH e o líder empresarial SUMÁRIO EXECUTIVO Você dispõe da base necessária para desenvolver a confiança dos funcionários? EM ASSOCIAÇÃO COM Empresas com funcionários envolvidos superam

Leia mais

Otimização de máquinas de papel da SKF

Otimização de máquinas de papel da SKF Otimização de máquinas de papel da SKF Aumentando a eficiência e a produtividade global das máquinas O Poder do Conhecimento em Engenharia Operação mais rápida e eficiente Nunca foi tão difícil operar

Leia mais

INFORMAÇÕES CONECTADAS

INFORMAÇÕES CONECTADAS INFORMAÇÕES CONECTADAS Resolvendo problemas de negócios para o setor de petróleo e gás Primavera Project Portfolio Management Solutions ORACLE É A EMPRESA Alcançando metas estratégicas no complexo mundo

Leia mais

4. Registro e compartilhamento de melhores práticas e lições aprendidas

4. Registro e compartilhamento de melhores práticas e lições aprendidas Módulo 4: Melhores práticas e lições aprendidas 4. Registro e compartilhamento de melhores práticas e lições aprendidas Oficinas de capacitação do LEG para 2012-2013 - Oficina dos PMDs de língua portuguesa

Leia mais

Marcos Antonio Lima de Oliveira, MSc Quality Engineer ASQ/USA Diretor da ISOQUALITAS www.qualitas.eng.br qualitas@qualitas.eng.

Marcos Antonio Lima de Oliveira, MSc Quality Engineer ASQ/USA Diretor da ISOQUALITAS www.qualitas.eng.br qualitas@qualitas.eng. 01. O QUE SIGNIFICA A SIGLA ISO? É a federação mundial dos organismos de normalização, fundada em 1947 e contanto atualmente com 156 países membros. A ABNT é representante oficial da ISO no Brasil e participou

Leia mais

A cor da qualidade: Como a Crayola usa dados para fornecer o giz de cera perfeito

A cor da qualidade: Como a Crayola usa dados para fornecer o giz de cera perfeito Especial - Lean Seis Sigma A cor da qualidade: Como a Crayola usa dados para fornecer o giz de cera perfeito Aqui temos uma caixa novinha com 64 gizes de cera. Escolha sua tonalidade favorita e depois

Leia mais

Symantec University para Parceiros Perguntas freqüentes

Symantec University para Parceiros Perguntas freqüentes Symantec University para Parceiros Perguntas freqüentes Sumário INFORMAÇÕES GERAIS... 1 SYMANTEC UNIVERSITY PARA PARCEIROS... 1 TREINAMENTO... 2 SERVIÇO DE INFORMAÇÕES... 4 COLABORAÇÃO... 5 Informações

Leia mais

Módulo 5 Interpretação da norma NBR ISO 19011:2002 requisitos: 7, 7.1, 7.2, 7.3, 7.3.1, 7.3.2, 7.3.3, 7.3.4, 7.4, 7.4.1, 7.4.2, 7.4.3, 7.4.4, 7.

Módulo 5 Interpretação da norma NBR ISO 19011:2002 requisitos: 7, 7.1, 7.2, 7.3, 7.3.1, 7.3.2, 7.3.3, 7.3.4, 7.4, 7.4.1, 7.4.2, 7.4.3, 7.4.4, 7. Módulo 5 Interpretação da norma NBR ISO 19011:2002 requisitos: 7, 7.1, 7.2, 7.3, 7.3.1, 7.3.2, 7.3.3, 7.3.4, 7.4, 7.4.1, 7.4.2, 7.4.3, 7.4.4, 7.5, 7.5.1, 7.5.2, 7.6, 7.6.1, 7.6.2 Exercícios 7 Competência

Leia mais

GIRH como Ferramenta de Adaptação às Mudanças Climáticas. Adaptação em Gestão das Águas

GIRH como Ferramenta de Adaptação às Mudanças Climáticas. Adaptação em Gestão das Águas GIRH como Ferramenta de Adaptação às Mudanças Climáticas Adaptação em Gestão das Águas Meta e objetivos da sessão Meta considerar como a adaptação às mudanças climáticas pode ser incorporada na gestão

Leia mais

2015 Manual de Parceiro de Educação. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos.

2015 Manual de Parceiro de Educação. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. 2015 Manual de Parceiro de Educação Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. Prêmios Reais, a Partir de Agora Bem-vindo ao Intel Technology Provider O Intel Technology Provider é um programa

Leia mais

ORGANIZATI ONAL AGILITY

ORGANIZATI ONAL AGILITY PMI PULSO DA PROFISSÃO RELATÓRIO DETALHADO A VANTAGEM COMPETITIVA DO GERENCIAMENTO EFICAZ DE TALENTOS ORGANIZATI ONAL ORGANIZATI ONAL AGILITY AGILITY MARÇO DE 2013 Estudo Detalhado Pulse of the Profession

Leia mais

Forneça a próxima onda de inovações empresariais com o Open Network Environment

Forneça a próxima onda de inovações empresariais com o Open Network Environment Visão geral da solução Forneça a próxima onda de inovações empresariais com o Open Network Environment Visão geral À medida que tecnologias como nuvem, mobilidade, mídias sociais e vídeo assumem papéis

Leia mais

Programa de Serviços

Programa de Serviços Programa de Serviços Um Parceiro da Heidelberg Sucesso e segurança para o convertedor de rótulos A maior diversidade de substrato. Um marca de qualidade emerge: um sistema de máquina Gallus garante a mais

Leia mais

Qualidade na gestão de projeto de desenvolvimento de software

Qualidade na gestão de projeto de desenvolvimento de software Qualidade na gestão de projeto de desenvolvimento de software [...] O que é a Qualidade? A qualidade é uma característica intrínseca e multifacetada de um produto (BASILI, et al, 1991; TAUSWORTHE, 1995).

Leia mais

Pesquisa Etnográfica

Pesquisa Etnográfica Pesquisa Etnográfica Pesquisa etnográfica Frequentemente, as fontes de dados têm dificuldade em dar informações realmente significativas sobre a vida das pessoas. A pesquisa etnográfica é um processo pelo

Leia mais

INTRODUÇÃO AO MICROSOFT DYNAMICS AX 4.0 FINANCEIRO I

INTRODUÇÃO AO MICROSOFT DYNAMICS AX 4.0 FINANCEIRO I Introdução INTRODUÇÃO AO MICROSOFT DYNAMICS AX 4.0 FINANCEIRO I E-Learning O treinamento é um componente vital para a retenção do valor de investimento do seu Microsoft Dynamics. Um treinamento de qualidade,

Leia mais

Transcrição: Perguntas mais frequentes (FAQs) sobre o PDS

Transcrição: Perguntas mais frequentes (FAQs) sobre o PDS Transcrição: Perguntas mais frequentes (FAQs) sobre o PDS Modelo operacional Qual é o modelo organizacional do PDS? Trabalhamos bastante para chegar ao modelo organizacional certo para o PDS. E aplicamos

Leia mais

GARANTIA DA QUALIDADE DE SOFTWARE

GARANTIA DA QUALIDADE DE SOFTWARE GARANTIA DA QUALIDADE DE SOFTWARE Fonte: http://www.testexpert.com.br/?q=node/669 1 GARANTIA DA QUALIDADE DE SOFTWARE Segundo a NBR ISO 9000:2005, qualidade é o grau no qual um conjunto de características

Leia mais

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS METODOLOGIA DE AUDITORIA PARA AVALIAÇÃO DE CONTROLES E CUMPRIMENTO DE PROCESSOS DE TI NARDON, NASI AUDITORES E CONSULTORES CobiT

Leia mais

SIMULADORES AVANÇADOS DE TREINAMENTO

SIMULADORES AVANÇADOS DE TREINAMENTO Volvo Construction Equipment SIMULADORES AVANÇADOS DE TREINAMENTO PARA ESCAVADEIRAS VOLVO, CARREGADEIRAS DE RODAS VOLVO E CAMINHÕES ARTICULADOS VOLVO Operadores treinados realizam mais Na Volvo Construction

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

3 - Introdução. gestão hospitalar? 8 - Indicadores clínicos. 11 - Indicadores operacionais. 14 - Indicadores financeiros.

3 - Introdução. gestão hospitalar? 8 - Indicadores clínicos. 11 - Indicadores operacionais. 14 - Indicadores financeiros. 3 - Introdução 4 - Quais são as métricas para alcançar uma boa ÍNDICE As Métricas Fundamentais da Gestão Hospitalar gestão hospitalar? 8 - Indicadores clínicos 11 - Indicadores operacionais 14 - Indicadores

Leia mais

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade Eficácia e Liderança de Performance O Administrador na Gestão de Pessoas Grupo de Estudos em Administração de Pessoas - GEAPE 27 de novembro

Leia mais

índice A Empresa Nossa Infra Estrutura Porque utilizar Simulação Benefícios do Treinamento Metodologia de Ensino Simuladores Sistema de Treinamento

índice A Empresa Nossa Infra Estrutura Porque utilizar Simulação Benefícios do Treinamento Metodologia de Ensino Simuladores Sistema de Treinamento índice A Empresa Nossa Infra Estrutura Porque utilizar Simulação Benefícios do Treinamento Metodologia de Ensino Simuladores Sistema de Treinamento Modalidades de Treinamento Avaliação Profissional Nossos

Leia mais

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS. Junho, 2006 Anglo American Brasil

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS. Junho, 2006 Anglo American Brasil MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS Junho, 2006 Anglo American Brasil 1. Responsabilidade Social na Anglo American Brasil e objetivos deste Manual Já em 1917, o Sr. Ernest Oppenheimer, fundador

Leia mais

ações de cidadania ONG estimula o protagonismo de jovens para que eles atuem transformando a realidade de região castigada pela seca no Ceará

ações de cidadania ONG estimula o protagonismo de jovens para que eles atuem transformando a realidade de região castigada pela seca no Ceará ações de cidadania Onde o sol nasce ONG estimula o protagonismo de jovens para que eles atuem transformando a realidade de região castigada pela seca no Ceará O triste cenário já é um velho conhecido por

Leia mais

ENTREGAS RÁPIDAS, EFICIENTES E COM QUALIDADE. O diferencial que sua empresa busca para os negócios

ENTREGAS RÁPIDAS, EFICIENTES E COM QUALIDADE. O diferencial que sua empresa busca para os negócios ENTREGAS RÁPIDAS, EFICIENTES E COM QUALIDADE O diferencial que sua empresa busca para os negócios Índice APRESENTAÇÃO 03 CAPÍTULO 1 MOTIVOS DE SOBRA PARA TERCERIZAR SUA FROTA! 05 CAPÍTULO 2 POR QUE A TRANSMIT?

Leia mais

SEGURANÇA GLOBAL, GERENCIAMENTO E MITIGAÇÃO DE RISCOS

SEGURANÇA GLOBAL, GERENCIAMENTO E MITIGAÇÃO DE RISCOS VISÃO GERAL DE CAPACIDADES SEGURANÇA GLOBAL, GERENCIAMENTO E MITIGAÇÃO DE RISCOS AT-RISK International oferece Análise de Riscos, Proteção, Consultoria, Investigações e Treinamento em Segurança, nas Américas,

Leia mais

SISTEMA DA GESTÃO AMBIENTAL SGA MANUAL CESBE S.A. ENGENHARIA E EMPREENDIMENTOS

SISTEMA DA GESTÃO AMBIENTAL SGA MANUAL CESBE S.A. ENGENHARIA E EMPREENDIMENTOS CESBE S.A. ENGENHARIA E EMPREENDIMENTOS SISTEMA DA GESTÃO AMBIENTAL MANUAL Elaborado por Comitê de Gestão de Aprovado por Paulo Fernando G.Habitzreuter Código: MA..01 Pag.: 2/12 Sumário Pag. 1. Objetivo...

Leia mais

Especialistas em impostos indiretos

Especialistas em impostos indiretos Impostos indiretos IMPOSTOS INDIRETOS Especialistas em impostos indiretos POR MEIO DE UM CONJUNTO ABRANGENTE DE SERVIÇOS DE SUPORTE CONTÍNUOS QUE OFERECEM RESPOSTAS IMEDIATAS ÀS DÚVIDAS SOBRE IMPOSTOS,

Leia mais

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política No Brasil, há poucas experiências conhecidas de uso de ferramentas de monitoramento de mídias sociais em campanhas políticas. Uma delas

Leia mais

People. Passion. Performance.

People. Passion. Performance. People. Passion. Performance. Apresentando Chicago Pneumatic É simples assim. Você tem trabalho a fazer e clientes a atender. A CP está aqui para ajudá-lo a realizar seu trabalho, sem compromisso. Nosso

Leia mais

A FUNÇÃO CONTROLE. Orientação do controle

A FUNÇÃO CONTROLE. Orientação do controle A FUNÇÃO CONTROLE O controle é a ultima função da administração a ser analisadas e diz respeito aos esforços exercidos para gerar e usar informações relativas a execução das atividades nas organizações

Leia mais

Beijos e sorrisos: thinkinsights. como as campanhas publicitárias da "Art, Copy & Code" ganharam vida O RESUMO

Beijos e sorrisos: thinkinsights. como as campanhas publicitárias da Art, Copy & Code ganharam vida O RESUMO Beijos e sorrisos: como as campanhas publicitárias da "Art, Copy & Code" ganharam vida ESCRITO POR Mike Glaser PUBLICADO Janeiro 2014 O RESUMO A Art, Copy & Code faz parceria com marcas e agências inovadoras

Leia mais

Otimização de abastecimento de pedidos

Otimização de abastecimento de pedidos Otimização de abastecimento de pedidos Quando passar da separação com papel para zero papel automação 1 Otimização que de traz abastecimento resultados de pedidos Otimização de abastecimento de pedidos

Leia mais

Gerenciamento inteligente de dados

Gerenciamento inteligente de dados Gerenciamento inteligente de dados Sanjeet Singh Grupo de produtos de armazenamento de dados da Dell ÍNDICE Índice RESUMO EXECUTIVO... 3 O GERENCIAMENTO DE DADOS DE HOJE... 3 VISÃO DA DELL: IDM... 4 OBJETIVOS

Leia mais

Migração de sistemas antigos. Avançando para um futuro competitivo

Migração de sistemas antigos. Avançando para um futuro competitivo Migração de sistemas antigos Avançando para um futuro competitivo A automação e controle é um dos mais importantes investimentos para garantir o sucesso da manufatura de qualquer indústria. Porém, por

Leia mais

apple Programa do Fornecedor de Serviço Autorizado da Apple

apple Programa do Fornecedor de Serviço Autorizado da Apple apple Programa do Fornecedor de Serviço Autorizado da Apple Os itens a seguir foram retirados do Manual do Programa do Provedor de Serviços. Se você acha que sua organização poderá atender a esses requisitos

Leia mais

A codificação a laser é a solução correta para necessidades simples de codificação?

A codificação a laser é a solução correta para necessidades simples de codificação? Nota técnica Principais fatores a se considerar ao selecionar uma codificadora a laser A codificação a laser é a solução correta para necessidades simples de codificação? Equipamento Fluidos Treinamento

Leia mais

CMM - Capability Maturity Model

CMM - Capability Maturity Model Tema da Aula Normas e Padrões de Qualidade em II CMM Prof. Cristiano R R Portella portella@widesoft.com.br CMM - Capability Maturity Model Desenvolvido pelo SEI (Instituto de Engenharia de ) Carnegie Mellon

Leia mais

AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI

AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI CUSTOMER SUCCESS STORY Março 2014 AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI PERFIL DO CLIENTE Indústria: Manufatura Empresa: AT&S Funcionários: 7.500 Faturamento: 542 milhões

Leia mais

A QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL NA ÁREA DE COLHEITA FLORESTAL MECANIZADA

A QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL NA ÁREA DE COLHEITA FLORESTAL MECANIZADA A QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL NA ÁREA DE COLHEITA FLORESTAL MECANIZADA Edna Ap Esquinelato da Silva 1 Eliete Santana 1 Elton Dias da Paz 1 Priscila Alves da Silva 1 RESUMO Colheita Floresta é o processo

Leia mais

Saiba Como Convencer os Executivos Sobre o Valor do Gerenciamento de Projetos. White Paper

Saiba Como Convencer os Executivos Sobre o Valor do Gerenciamento de Projetos. White Paper Saiba Como Convencer os Executivos Sobre o Valor do Gerenciamento de Projetos White Paper TenStep 2007 Saiba Como Convencer os Executivos Sobre o Valor do Gerenciamento de Projetos Não há nenhuma duvida

Leia mais

A RELAÇÃO ENTRE A MOTIVAÇÃO E A ROTATIVIDADE DE FUNCIONÁRIOS EM UMA EMPRESA

A RELAÇÃO ENTRE A MOTIVAÇÃO E A ROTATIVIDADE DE FUNCIONÁRIOS EM UMA EMPRESA A RELAÇÃO ENTRE A MOTIVAÇÃO E A ROTATIVIDADE DE FUNCIONÁRIOS EM UMA EMPRESA Elaine Schweitzer Graduanda do Curso de Hotelaria Faculdades Integradas ASSESC RESUMO Em tempos de globalização, a troca de informações

Leia mais

O poder da presença O valor empresarial da colaboração presencial

O poder da presença O valor empresarial da colaboração presencial O poder da presença O valor empresarial da colaboração presencial Sumário executivo À medida que as organizações competem e crescem em uma economia global dinâmica, um novo conjunto de pontos cruciais

Leia mais

OS 14 PONTOS DA FILOSOFIA DE DEMING

OS 14 PONTOS DA FILOSOFIA DE DEMING OS 14 PONTOS DA FILOSOFIA DE DEMING 1. Estabelecer a constância de propósitos para a melhoria dos bens e serviços A alta administração deve demonstrar constantemente seu comprometimento com os objetivos

Leia mais

Inteligência Competitiva

Inteligência Competitiva Inteligência Competitiva Prof. Patricia Silva psilva@univercidade.br Aula 6 Objetivos da aula 6 n Análise SWOT n Bibliografia: Estratégia de Marketing O C. Ferrell Cap. 4 Strenghts (forças), Weaknesses

Leia mais

Transformação do Agile ajuda a IBM Software a economizar 300 milhões de dólares

Transformação do Agile ajuda a IBM Software a economizar 300 milhões de dólares Transformação do Agile ajuda a IBM Software a economizar 300 milhões de dólares IBM Rational software possibilita práticas Agile e reutilização mais ampla de ativos Visão geral A necessidade IBM Software

Leia mais

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue os itens a seguir.

Tendo o texto acima como referência inicial, julgue os itens a seguir. 1. A administração de recursos humanos, historicamente conhecida como administração de pessoal, lida com sistemas formais para administrar pessoas dentro da organização. A administração de recursos humanos

Leia mais

ST-XXXXX-XXXX D-18954-2010. Ao seu lado no centro cirúrgico

ST-XXXXX-XXXX D-18954-2010. Ao seu lado no centro cirúrgico ST-XXXXX-XXXX D-18954-2010 Ao seu lado no centro cirúrgico 2 Nosso centro cirúrgico gera metade de nossa receita total anual. A eficiência dos processos é importante. D-18956-2010 D-18957-2010 O ambiente

Leia mais

Centros de Autossuficiência da Estaca. Guia para Líderes do Sacerdócio que Desejam Estabelecer um Centro de Autossuficiência em Sua Estaca

Centros de Autossuficiência da Estaca. Guia para Líderes do Sacerdócio que Desejam Estabelecer um Centro de Autossuficiência em Sua Estaca Centros de Autossuficiência da Estaca Guia para Líderes do Sacerdócio que Desejam Estabelecer um Centro de Autossuficiência em Sua Estaca Visão Geral Centros de Autossuficiência Metropolitano Sob a direção

Leia mais

GABARITO OFICIAL(preliminar)

GABARITO OFICIAL(preliminar) QUESTÃO RESPOSTA COMENTÁRIO E(OU) REMISSÃO LEGAL 051 A 052 A 053 A RECURSO Recrutar faz parte do processo de AGREGAR OU SUPRIR PESSOAS e é o ato de atrair candidatos para uma vaga (provisão). Treinar faz

Leia mais

CONVERTA OS OBJETIVOS DE SUA EMPRESA EM UM PLANO EXECUTÁVEL

CONVERTA OS OBJETIVOS DE SUA EMPRESA EM UM PLANO EXECUTÁVEL CONVERTA OS OBJETIVOS DE SUA EMPRESA EM UM PLANO EXECUTÁVEL SERVIÇOS PROFISSIONAIS DA MOTOROLA PARA OPERAÇÕES EMPRESARIAIS O DESAFIO NECESSIDADES URGENTE. TECNOLOGIAS MUTÁVEIS. SOLUÇÕES COMPLEXAS. A maioria

Leia mais

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) PLANEJAMENTO 2 PLANEJAMENTO Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 ABRIL

Leia mais

O papel da gerência em um ambiente de manufatura lean. Gary Convis, Presidente, Toyota Motor Manufacturing de Kentucky

O papel da gerência em um ambiente de manufatura lean. Gary Convis, Presidente, Toyota Motor Manufacturing de Kentucky O papel da gerência em um ambiente de manufatura lean Gary Convis, Presidente, Toyota Motor Manufacturing de Kentucky Tradução: Diogo Kosaka Gostaria de compartilhar minha experiência pessoal como engenheiro

Leia mais