INFORMAÇÕES. Cancelamentos podem ser feitos em até 48 horas antes da atividade.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INFORMAÇÕES. Cancelamentos podem ser feitos em até 48 horas antes da atividade."

Transcrição

1 Programação Setembro

2 INFORMAÇÕES Para saber mais sobre o CPF Sesc e acompanhar a programação, acesse o site: sescsp.org.br/cpf Inscrições a partir do dia 26/08, às 14h, pelo site do CPF Sesc ou nas Unidades do Sesc São Paulo. Cancelamentos podem ser feitos em até 48 horas antes da atividade. Funcionamento Segunda a sexta, das 10h às 22h. Sábados, das 9h30 às 18h30. Importante Para frequentar os espaços do CPF Sesc é necessário apresentar um documento com foto na entrada do prédio da FecomércioSP para o cadastro na recepção. Temos à disposição em nossa sala de leitura o Sara aparelho de digitalização, leitura, edição de linha e compreensão em braile e o Topaz que facilita a visualização da escrita, de imagens e pequenos detalhes. Legenda de preços Trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e seus dependentes. Aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante. 2

3 O Sesc Serviço Social do Comércio é uma instituição de caráter privado, sem fins lucrativos e de âmbito nacional. Foi criado em 1946, por iniciativa do empresariado do comércio de bens, serviços e turismo, que o mantém e administra. A ação do Sesc é fruto de um projeto cultural e educativo que trouxe, desde sua criação, a marca da inovação social. Ao longo dos anos, o Sesc introduziu novos modelos de ação e sublinhou, na década de 1980, a cultura como pressuposto para a transformação social. A concretização desse propósito se deu por uma atuação no campo da cultura e suas diferentes manifestações, voltada a diferentes públicos, faixas etárias e estratos sociais. Ampliando o compromisso da instituição no campo da cultura, e compreendendo a educação como uma ação permanente, o Sesc implantou em agosto de 2012 o CPF Sesc, que se constitui como um espaço articulado entre produção de conhecimento, formação e difusão. Contribui, assim, para propiciar trânsitos e trocas entre o saber fazer da instituição, os dados, informações e pesquisas existentes, e as temáticas permanentes, transversais e emergentes envolvendo educação e cultura. O CPF Sesc é composto por três núcleos: o Núcleo de Pesquisas, que se dedica à produção de bases de dados, diagnósticos e estudos em torno das ações culturais e dos públicos. O Núcleo de Formação, que promove encontros, palestras, oficinas e cursos. O Núcleo de Difusão, que se volta para o lançamento de trabalhos nacionais e internacionais que ofereçam subsídios à formação de gestores e pesquisadores. CAPA: Panorama Setorial da Cultura Brasileira

4 SUMÁRIO 6 EXPERIÊNCIAS ESTÉTICAS Cine Debate: Os famosos e os duendes da morte Censura em Cena: A Semente Prosas Musicais: Armando Neves 8 EM PRIMEIRA PESSOA Lira Neto e o jornalismo biográfico Cláudio Abramo: ação transparente e integridade do poder público 9 PERSPECTIVAS Processos criativos e estéticos de artistas das periferias São Paulo em fotografia: transformações visuais da metrópole Movimentos políticos da América Latina Mário de Andrade e o Departamento de Cultura: gestão e pesquisa Ciclo Sílvio Romero Lentes e letras: diálogos entre fotografia e literatura Arte, mídia e política em debate A invenção do Nordeste 20 CONTEXTOS História dos quadrinhos brasileiros Convergências entre o violão de concerto e o de canção popular Atualidade do pensamento de Paulo Freire: teoria e práxis A leitura da literatura infantil Entre o livro e o lugar Culturas operárias Movimento Violão Diálogos: Tilman Hoppstock Agroecologia urbana Curadoria, direção e produção de espetáculos musicais Gestão de pessoas em instituições culturais Paralelos: tecnologias digitais e arte contemporânea Programa de transferência de renda na América Latina Canção Popular Brasileira: Dorival Caymmi e Caetano Veloso

5 Iniciação em caminhada Práticas corporais: para além do fazer Gestão de espaços culturais uma abordagem contemporânea A pesquisa musical do grupo Mawaca 33 PERCURSOS URBANOS São Paulo e territorialidade 34 PESQUISA EM FOCO Panorama Setorial da Cultura Brasileira A vida privada na mira do sistema Projetos de vida dos jovens brasileiros Literatura negra e periférica no Brasil ( ) Interseções na crítica de Mário de Andrade e Sérgio Buarque Autoria, apropriação e ruído 37 LEITURA COMENTADA Plano Municipal para Erradicação do Trabalho Escravo 38 AUTOGRAFIAS Nise da Silveira: caminhos de uma psiquiatra rebelde O desafio de ser ombudsman na TV Cultura Educação não-formal como acontecimento História da beleza A vida pela ótica da esperança Cowboys do asfalto: música sertaneja e modernização brasileira 41 À MODA DA CASA Ação educativa para as exposições no Sesc SP 42 ENCONTROS SESC MEMÓRIAS O pesquisador, o museu e o mundo das coisas Política de indexação e controle de vocabulário Museu: instituição de pesquisa?

6 EXPERIÊNCIAS ESTÉTICAS APRECIAÇÕES DE LINGUAGENS ARTÍSTICAS COM REFLEXÕES TEÓRICAS, PROPORCIONANDO DIÁLOGOS ENTRE A OBRA DE ARTE E O PÚBLICO CINE DEBATE: OS FAMOSOS E OS DUENDES DA MORTE Arquivo Miroel Silveira Os famosos e os duendes da morte/ Alexandre Bazzo 19/09. Sábado, 15h às 18h. Grátis mediante inscrição. Exibição do filme seguida por debate com o diretor. Mr. Tambourine Man, 16 anos, fã de Bob Dylan, tem acesso ao mundo por meio da internet, enquanto vê os dias passarem em uma pequena cidade rural de colonização alemã, no sul do Brasil. Com Esmir Filho, diretor do filme e coautor do hit da internet Tapa na Pantera. Dirigiu e produziu a peça instalação multimídia Kollwitzstrasse 52, em cartaz no Museu de Imagem e Som. CENSURA EM CENA: A SEMENTE 26/09. Sábado, 14h às 18h. Grátis mediante inscrição. Leituras dramáticas de peças proibidas pela censura, seguidas de debate. Coordenado por integrantes do Observatório de Comunicação, Liberdade de Expressão e Censura (OBCOM) da ECA/USP com o objetivo de recuperar os textos proibidos e entender de que forma a censura interferiu na produção artística e qual é o seu impacto na atualidade. 6

7 Primeira Leitura: A semente, de Gianfrancesco Guarnieri. Com Maria Cristina Castilho Costa, professora titular em Ciências da Comunicação pela ECA/USP. Coordenadora do OBCOM Núcleo de Apoio à Pesquisa Observatório de Comunicação, Liberdade de Expressão e Censura da USP e vice-chefe do Departamento de Comunicações e Artes CCA da ECA/USP. Com Renata Pallottini, doutora em artes cênicas pela ECA/USP, professora da mesma universidade, dramaturga, poeta e escritora. Coordenadora das leituras dramáticas do projeto. Com Roberto Ascar, ator e diretor de teatro. Coordenador das leituras dramáticas do projeto Censura em Cena. Com Flávio Guarnieri, ator de teatro (Sonata sem dó), cinema (Eles não usam black-tie) e televisão (Os adolescentes). PROSAS MUSICAIS: ARMANDO NEVES Paola Picherzky 26/09. Sábado, 16h às 18h. Grátis mediante inscrição. Compositor, violonista e artista de rádio, Armando Neves, ou Armandinho, teve uma produção considerável para violão, com composições que passam pelos mais variados gêneros da música brasileira, mesclando choros, valsas e maxixes com prelúdios e estudos, mais próprios ao clássico. Com Paola Picherzky, violonista, mestre pela UNESP com o trabalho Armando Neves, choro no violão paulista. Atua na área pedagógica da da Faculdade Santa Marcelina e da FMU, e é integrante do grupo Choronas. 7

8 EM PRIMEIRA PESSOA CONVERSA COM PROFISSIONAIS SOBRE TEMAS DO CAMPO DA CULTURA LIRA NETO E O JORNALISMO BIOGRÁFICO Dominio público 24/09. Quinta, 19h30 às 21h30. Grátis mediante inscrição. Lira Neto aborda sua experiência como autor de livros biográficos, o trabalho de pesquisa, as fontes, o mercado editorial e a relação com biografados e seus herdeiros. Com Lira Neto, jornalista e escritor. CLAUDIO ABRAMO: AÇÃO TRANSPARENTE E INTEGRIDADE DO PODER PÚBLICO Plenário Congresso Brasileiro / CC BY /09. Terça, 19h30 às 21h30. Grátis mediante inscrição. Claudio Abramo reflete sobre a contribuição do trabalho desenvolvido na ONG Transparência Brasil, a qual dirigiu por quase quinze anos, e que busca, entre seus objetivos, contribuir para ampliar a compreensão dos problemas de integridade do Estado e do fenômeno da corrupção no país. Com Claudio Weber Abramo, bacharel em matemática pela USP, mestre em Lógica e Filosofia da Ciência pela Unicamp. Trabalhou na área editorial e no jornalismo durante muitos anos. 8

9 PERSPECTIVAS ABORDAGENS SOBRE TEMAS E QUESTÕES DO CAMPO DA CULTURA PROCESSOS CRIATIVOS E ESTÉTICOS DE ARTISTAS DAS PERIFERIAS Divulgação De 02 a 04/09. Quarta a sexta, 15h30 às 21h30. R$ 60,00; R$ 30,00 ; R$ 18,00 Aborda os processos criativos de artistas de diferentes linguagens a fim de explorar as concepções que lhes orientam, buscando traçar características comuns que identifiquem estéticas próprias das periferias. Integra a programação da edição 2015 do Encontro Estéticas das Periferias. 02/09 15h30 às 17h30: Poéticas visuais urbanas Com Mauro Neri, artista plástico Licenciado em Artes Visuais. Idealizador dos projetos Imargem e Cartograffiti. Com Mônica Nador, pintora, desenhista, gravadora. Fundadora do Jardim Miriam Arte Clube Jamac. Mediação de Rodrigo Medeiros. 19h30 às 21h30 A pujança da literatura periférica Com Allan da Rosa, escritor e arte-educador popular. Historiador e mestre em Educação/USP e integrante do movimento de Literatura Periférica de SP. Com Rodrigo Ciríaco, historiador, escritor. Organizador do Sarau dos Mesquiteiros e integrante do Movimento Saraus da Periferia. Mediação de Jessica Balbino. 9

10 03/09 15h30 às 17h30 Corpo negro em movimento Com Gal Martins, dançarina, Atriz, Coreógrafa, Gestora Cultural e Produtora. Fundadora da Cia Sansacroma. Com Rubens Oliveira, bailarino, Coreógrafo, ator, e Arte-Educador. Dirige o grupo Gumboot Dance Brasil. Mediação de Luciane Ramos. 19h30 às 21h30 Cenas periféricas Com Sergio Audi, mestrando em Artes Cênicas e graduado em Cinema pela ECA-USP. Atua, dirige e ministra oficinas de teatro. Foi um dos responsáveis pela construção do Teatro Coletivo. Com Naruna Costa, atriz, compositora e cantora. Formada pela EAD-ECA. Fundadora do Grupo Clariô de Teatro. Mediação de Dill Magno. 04/09 15h30 às 17h30 Música: diálogos periferia-centro-periferia Com Eduardo Brechó, poeta, compositor e produtor. Lidera a banda Aláfia. Com Nega Duda, cantora, sambadeira. Atualmente trabalha na divulgação e difusão da cultura do Recôncavo Baiano. Mediação de Ariane Molina. 19h30 às 21h30 Protagonismo narrativo nas telas Com Renata Martins, cineasta, roteirista, educadora e educomunicadora. Formada em Cinema pela Universidade Anhembi Morumbi. Com Viviane Ferreira, cineasta e advogada. Preside a Associação Mulheres de Odun e é sócia-fundadora da empresa Odun Formação & Produção. Mediação de Daniel Fagundes. 10

11 SÃO PAULO EM FOTOGRAFIA: TRANSFORMAÇÕES VISUAIS DA METRÓPOLE Bianca Bueno CC BY 2.0 De 08 a 29/09. Terças, 19h às 21h. R$ 50,00; R$ 25,00 ; R$ 15,00 As representações construídas por importantes fotógrafos que retrataram o processo de constituição da metrópole paulistana e que, ao mesmo tempo, criaram diferentes formas de leitura e compreensão das transformações urbanas, arquitetônicas, sociais e culturais da cidade. 08/09 Registros sempre presentes as imagens de Militão Augusto de Azevedo na contemporaneidade Com Solange Ferraz de Lima, livre docente em História Social pela USP. Docente e curadora no Museu Paulista/USP. Coautora de Fotografia e cidade, da razão urbana à lógica de consumo. 15/09 Temporalidades em foco nas ruas paulistanas de Guilherme Gaensly, de Aurélio Becherini e de Vincenzo Pastore Com Fraya Frehse, professora do Departamento de Sociologia da USP, com pós-doutoramento em Sociologia pelas universidades Livre e Humboldt de Berlim. É autora de Ô da Rua! O Transeunte e o Advento da Modernidade em São Paulo. 22/09 As imagens de São Paulo à época do IV Centenário de fundação da cidade Com Vânia Carneiro de Carvalho, doutora em História Social pela USP. É vice-diretora do Museu Paulista/USP, onde atua como professora, curadora e pesquisadora. Integra o PPG em História Social do Departamento de História da FFLCH/USP. 29/09 São Paulo: como ver a cidade/comover a cidade/como veracidade Com Rubens Fernandes Júnior, doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC/SP. Professor e diretor da Faculdade de Comunicação da FAAP. Publicou Labirinto e Identidades - Fotografia Brasileira Contemporânea. 11

12 MOVIMENTOS POLÍTICOS DA AMÉRICA LATINA Mural de Cerezo Barredo De 08 a 17/09. Terças e quinta, 19h30 às 21h30. R$ 50,00; R$ 25,00 ; R$ 15,00 As aproximações e os distanciamentos de movimentos políticos latino-americanos de contestação da ordem. 08/09 A Teologia da Libertação Com Mairon Escorsi Valério, doutor em História Cultural pela Unicamp, professor de História da América Contemporânea da Universidade Federal da Fronteira Sul Campus Erechim (RS) e do Mestrado Interdisciplinar em Ciências Humanas. 15/09 Avanços e recuos do Zapatismo Com Antonio Julio de Menezes Neto, professor na Faculdade de Educação da UFMG, sociólogo, mestre em Extensão Rural, doutor em Educação e pós-doutor em Educação (UFRJ) e em Sociologia (UFRRJ). Autor de cerca de 50 artigos e três livros (um no prelo). 17/09 Bolivarianismo: a via venezuelana ao socialismo Com Raphael Seabra, Doutor em Sociologia pela Universidade de Brasília. Foi pesquisador visitante da Universidade Central da Venezuela em 2011 e do Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares (CEAM-UnB) entre

13 MÁRIO DE ANDRADE E O DEPARTAMENTO DE CULTURA: GESTÃO E PESQUISA Domínio Público De 09 a 30/09. Quartas e sextas, 17h30 às 19h30. R$ 60,00; R$ 30,00 ; R$ 18,00 Realizado em conjunto com o IEB/USP, aborda as pesquisas do Diretor do Departamento, no período de , época em que firmou parcerias com intelectuais de outros campos do conhecimento e promoveu a formação de pessoal capacitado para atuar nos setores de pesquisa de campo e planos de ação imediata, bem como a formação continuada da população. 09/09 Oração de paraninfo ou a mensagem que perdura e Cartas de um Diretor Com Telê Porto Ancona Lopez, professora titular no Instituto de Estudos Brasileiros. Coordenada o projeto de edição das obras completas do escritor. Com Marcos Antonio de Moraes, professor de literatura brasileira no Instituto de Estudos Brasileiros (IEB/USP). Dedica-se ao estudo da epistolografia de escritores e prepara a edição da Correspondência reunida de Mário de Andrade. 11/ : Na Pancada do Ganzá e A Missão de Pesquisas Folclóricas Com Flavia Camargo Toni, professora titular no Instituto de Estudos Brasileiros (IEB/USP) onde é pesquisadora na área de Música Brasileira. Prepara atualmente a edição da correspondência dele com Luciano Gallet e com Luiz Heitor Correa de Azevedo. Com Camila Fresca, doutora em musicologia pela ECA/USP. É coordenadora musical da rádio Cultura FM e colaboradora do site da Revista Concerto. 13

14 16/09 Formação de plateia: a programação do Teatro Municipal de São Paulo e Programas para ouvir e ver: os artistas plásticos e o Departamento de Cultura Com Marcel de Oliveira, doutorando no Programa de Pós-Graduação em Música da Universidade de São Paulo, com a pesquisa: A Rádio Escola do Departamento de Cultura de São Paulo: Mário de Andrade e a formação do gosto musical ( ). Com Bianca Dettino, graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo com especialização em Museu, Educação e Artes pela Universidade de São Paulo. Atua na supervisão técnica do IEB/USP. 18/09 Sociologia e pesquisa no Departamento de Cultura: Samuel Lowrie e Dina Levi Dreyfus e Sociedade de Etnologia e Folclore Com Vera Cardim de Cerqueira, doutoranda em Antropologia pelo Programa de Estudos Pós Graduados em Ciências Sociais da PUC/SP. Integra o Núcleo de Cidadania Cultural da Secretaria Municipal de Cultura. Com Luísa Valentini, pesquisadora, formada em Ciências Sociais pela USP e mestre em Antropologia Social pela mesma escola, com o trabalho: Um laboratório de antropologia: o encontro entre Mário de Andrade, Dina Dreyfus e Claude Lévi-Strauss ( ). 25/09 O Congresso da Língua Nacional Cantada e O samba rural paulista: o samba que se aprende na escola Com Luciana Barongeno, doutora em Música (2014) pela ECA/USP. Tem se dedicado ao estudo da obra de Mário de Andrade com ênfase na estética modernista. Com Enrique Menezes, flautista e compositor, doutorando em musicologia pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Em sua tese analisa um manuscrito de Mário de Andrade voltado ao estudo da síncopa. 30/09 Formação do gosto: os concertos de discos da Discoteca Pública e Música e política no Departamento de Cultura Com Marcel de Oliveira, doutorando no Programa de Pós-Graduação em Música da USP, com a pesquisa: A Rádio Escola do Departamento de Cultura de São Paulo: Mário de Andrade e a formação do gosto musical ( ). Com Pedro Fragelli, doutor em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo. É bolsista da Capes junto ao Instituto de Estudos Brasileiros onde realiza uma pesquisa de pós-doutorado sobre a ópera Café, de Mário de Andrade. 14

15 CICLO SÍLVIO ROMERO Domínio Público 15 e 16/09. Terça e quarta, 14h30 às 17h30. R$ 50,00; R$ 25,00 ; R$ 15,00 Da vasta produção bibliográfica do jornalista e crítico literário, o curso enfoca a peleja com Machado de Assis e sua preocupação com o atraso do Brasil, e debate o contexto histórico da geração de 1870 e seus escritos acerca da identidade nacional. 15/09 Sílvio Romero, leitor de Machado de Assis. Tempo e trajetória Com Hélio Guimarães, doutor em Teoria e História Literária pela Unicamp, é professor livre-docente de Literatura Brasileira na USP. Foi professor visitante na Universidade da Califórnia (UCLA) Com Maria Aparecida Mota, doutora em História Social (UFRJ) com pós-doutorado pela USP, é professora do Instituto de História da UFRJ. Publicou Sílvio Romero: dilemas e combates no Brasil da virada do século XX e o ensaio Diálogos possíveis na periferia da Civilização: Eduardo Prado e Eça de Queirós. 16/09 Sílvio Romero e a Geração de 1870 Com Carlos Berriel, professor livre docente no Departamento de Teoria Literária da Unicamp, e atualmente visiting professor na Università di Firenze, Itália. Fez mestrado e doutorado com teses sobre o modernismo paulista, tendo publicado o volume Tietê, Tejo, Sena: a obra de Paulo Prado (Editora da Unicamp, 2013). Com Alberto Luiz Schneider, doutor em História pela UNICAMP (2005), com pós-doutorado no King s College London (2008) e no Departamento de História da USP (2011). Foi professor convidado na Tokyo Universty of Foreign Studies ( ) e atualmente é professor do Departamento de História da PUC-SP. 15

16 LENTES E LETRAS: DIÁLOGOS ENTRE FOTOGRAFIA E LITERATURA Wolfgang Lonien CC BY-SA 2.0 De 15 a 19/09. Terça e sábado, 16h às 18h. R$ 60,00; R$ 30,00 ; R$ 18,00 Eles são mestres da imagem a percorrer os caminhos descritos por mestres da literatura. Fotógrafos que têm em comum a paixão pelas duas linguagens, que sempre geraram diálogos profícuos, falam sobre suas trajetórias e sobre como unem lentes e letras. Com mediação de João Correia Filho, fotojornalista com especialização em Jornalismo Literário. Autor de guias turísticos literários de Lisboa, Paris e São Paulo. 15/09 Tiago Santana Com passagens pelo fotojornalismo e a documentação. Fundador da Editora Tempo d Imagem. Entre seus mais importantes trabalhos está O chão de Graciliano. 16/09 Edu Simões Um dos fundadores da conceituada agência de imagens F4, é autor dos ensaios fotográficos dos Cadernos de Literatura Brasileira do Instituto Moreira Salles. Entre seus Ensaios literários estão nomes como Ariano Suassuna, Machado de Assis, João Cabral de Melo Neto e muitos outros. 17/09 Evandro Teixeira Um dos maiores fotojornalistas da atualidade, esteve em exposições ao lado de Henri Cartier Bresson, Robert Capa e Marc Ribaud. Como resultado da cobertura do golpe militar de Augusto Pinochet, publicou o livro Vou Viver: Tributo a Pablo Neruda. Realizou trabalhos inspirados pela leitura de Os sertões, de Euclides da Cunha e Vidas Secas de Graciliano Ramos. 16

17 18/09 Georgia Quintas Curadora, historiadora da arte e antropóloga. Doutora em Antropologia pela Universidad de Salamanca. É coautora do blog Olhavê e Perspectiva. Curadora do Clube de Colecionadores de Fotografia do MAMAM e autora do livro Man Ray e a Imagem da Mulher. 19/09 Maureen Bisilliat Seu trabalho sobre o sertão mineiro seguindo os caminhos de Guimarães Rosa é considerado um dos maiores clássicos da fotografia nacional: A João Guimarães Rosa, livro que ganhou o mundo e tornouse referência entre fotógrafos e estudantes de literatura. É atualmente curadora do Pavilhão da Criatividade do Memorial da América Latina. ARTE, MÍDIA E POLÍTICA EM DEBATE Fotomontagem de Cristina Maranhão De 16/09 a 28/10. Quartas, 14h às 17h. R$ 80,00; R$ 40,00 ; R$ 24,00 Num mundo onde informação é poder, quais as relações entre a cultura, a representação política, e a difusão/produção de informações pelos meios de comunicação? O curso aborda essas relações sob diversos pontos de vista, com o objetivo de explicitar as tramas que envolvem os indivíduos e as instituições na contemporaneidade. 16/09 Mídia imprensa: informação ou representação? Com Tathiana Senne Chicarino, pesquisadora do Núcleo de Arte, Mídia e Política NEAMP da PUC/SP. Doutoranda e mestre em Ciências Sociais pela PUC/SP. Professora da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo FESP-SP. 23/9 Fotojornalismo e atualidade: uma análise a partir do viés da política Com Cristina Maranhão, pesquisadora do NEAMP PUC/SP. Bacharel em Fotografia pelo Senac/SP. Doutora em Ciências Sociais pela PUC/SP. Professora do Senac e da UNIFEO. 17

18 30/09 Lideranças políticas e Cinema: a imagem do poder Com Vera Chaia, professora do Departamento de Política e do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da PUC/SP, coordenadora do NEAMP PUC/SP, e pesquisadora do CNPq e da FAPESP. 07/10 Desafios da Análise Literária Com Rodrigo Estramanho de Almeida, pesquisador do NEAMP PUC/ SP. Mestre em Ciências Sociais pela PUC/SP. Doutorando em Ciências Sociais pela PUC/SP. Professor da FESP/SP. 14/10 Redes sociais e Política Com Natasha Bachini, pesquisadora do NEAMP PUC/SP. Mestre em Ciências Sociais pela PUC/SP. Doutoranda em Sociologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro - IESP-UERJ. 21/10 Políticas de Cinema no Brasil: uma narrativa histórica Com Telmo Antonio Dinelli Estevinho, pesquisador do NEAMP PUC/SP. Mestre em Ciências Sociais pela PUC/SP. Doutor em Ciências Sociais pela PUC/SP. Professor titular da Universidade Federal de Mato Grosso. 28/10 O Teatro Político e seus outros espaços Com Judson Cabral, pesquisador do NEAMP PUC/SP, bacharel em Ciências Sociais pela FESPSP, mestre em Ciência Política pela PUC/SP. Ator pela Escola Livre de Teatro de Santo André (ELT). A INVENÇÃO DO NORDESTE Flávio Jota de Paula / Bonecos de Barro de Caruaru-PE / CC BY-SA 2.0 De 22/09 a 08/10. Terças e quintas, 15h30 às 17h30. R$ 60,00; R$ 30,00 ; R$ 18,00 Para além de um referencial geográfico, a região Nordeste suscita forte componente identitário. Abrir o baú dos elementos simbólicos que são mobilizados por diferentes caminhos, e que sustentam representações igualmente diversas, eis o objetivo dos encontros reunidos nesta atividade. 18

19 22/09 Gilberto Freyre, Celso Furtado e o Nordeste. Com Ricardo Emmanuel de Carvalho, doutor em Ciência Política (IUPERJ), é professor adjunto da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). 24/09 Imaginários sobre a seca Com Frederico C. Neves, doutor em História pela UFF. Docente na Universidade Federal do Ceará. Atua nos seguintes temas: secas, migrações, revoltas camponesas, movimentos e conflitos sociais. 29/09 Ficção televisiva e seriada sobre o Nordeste brasileiro Com Alyson Freire, mestre em Ciências Sociais UFRN. Professor de Sociologia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. Pesquisador do NUECS-DH Núcleo de Estudos Críticos em Subjetividades e Direitos Humanos UFRN. Editor e colunista do Carta Potiguar. 01/10 Turismo e a (re)invenção do Nordeste Com Denio Azevedo, doutor em Sociologia (UFS) e professor do Núcleo de Turismo da UFS, onde coordena o Grupo de Pesquisa Turismo e Identidades-Consumo: construções e usos dos atrativos turísticos na formação dos imaginários das cidades. 06/10 Nordeste semita: redescobrindo as raízes judaicas no povo e na cultura nordestina Com Caesar Sobreira, doutor em Filosofia e Ciências da Educação (Universidade de Salamanca) e pós-doutorado em Linguística (Ecdótica) na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, é professor titular de Antropologia na UFRPE. 08/10 A Feira dos Mitos: a invenção histórica da ideia de cultura nordestina Com Durval Muniz de Albuquerque, doutor em História pela Unicamp, atualmente é colaborador da UFPE e professor titular da UFRN. Publicou A Invenção do Nordeste e Outras Artes (editora Cortez). 19

20 CONTEXTOS ATIVIDADES RELACIONADAS AO CAMPO DA CULTURA: POLÍTICA PÚBLICA DE CULTURA, DIVERSIDADE, IDENTIDADE, ECONOMIA DA CULTURA, ECONOMIA CRIATIVA, DENTRE OUTRAS CONVERGÊNCIAS ENTRE O VIOLÃO DE CONCERTO E O DE CANÇÃO POPULAR Pixabay De 03/09 a 01/10. Quintas*, 19h30 às 21h30. R$ 50,00; R$ 25,00 ; R$ 15,00 *não haverá aula no dia 24/09 Os recursos do violão de concerto que se fazem presentes na prática do violão de acompanhamento de canção popular e vice versa. O trânsito de elementos entre o universo do violão de concerto com o aparato metodológico/técnico próprio da tradição escrita e o universo do violão de acompanhamento de canção popular. Com Chico Saraiva, compositor, cantor e violonista com seis CDs autorais lançados que se desenvolvem pendularmente entre a canção popular e o violão solo. Mestre em Processos de Criação Musical pela USP. 20

21 HISTÓRIA DOS QUADRINHOS BRASILEIROS Angelo Agostini / Dominio Publico De 03/09 a 05/11. Quintas*, 19h às 21h. R$ 60,00; R$ 30,00 ; R$ 18,00 *não haverá aula nos dias 17/09 e 15/10. Apresentação, leitura crítica e debate sobre a história dos quadrinhos no Brasil por meio de seus autores e personagens, desde as primeiras produções no século XIX às transformações na forma e processo de criação dos quadrinhos no início do século XXI. 03/09 Definição de história em quadrinhos e produção na imprensa do século XIX 10/09 Quadrinhos em jornais e revistas na primeira metade do século XX 24/09 Nacionalização da produção em quadrinhos a partir da década de /10 Humor como resistência ao período militar ( ) 08/10 Humor na redemocratização 22/10 Quadrinho independente brasileiro 29/10 Formato livro e o novo quadrinho autoral 05/11 Quadrinhos em novos ambientes virtuais Com Paulo Ramos, jornalista e professor do departamento de Letras da UNIFESP, onde coordena o GRUPESQ (Grupo de Pesquisa sobre Quadrinhos). Possui pós-doutorado em Linguística pela Unicamp e integra o Observatório de HQ da ECA/USP. 21

22 ATUALIDADE DO PENSAMENTO DE PAULO FREIRE: TEORIA E PRÁXIS Slobodan Dimitrov / CC BY-SA 3.0 De 04/09 a 02/10. Sextas, 14h às 18h. R$ 60,00; R$ 30,00 ; R$ 18,00 Haverá tradução em Libras. As concepções que consagraram o pensamento de Paulo Freire, a exemplo da Pedagogia do Oprimido, da Pedagogia da Autonomia e o processo de alfabetização de jovens e adultos. Com Alexandre Saul, doutorando em Educação (PUC/SP). É membro do grupo de pesquisa do CNPq O pensamento de Paulo Freire na educação brasileira. Com Fernanda Quatorze Voltas, doutoranda em Educação (FE/USP). Participa da pesquisa Paulo Freire: legado e reinvenção (CNPq). Com Lisete Regina Gomes Arelaro, a qual fez parte da equipe do Prof. Paulo Freire na Secretaria Municipal de Educação de São Paulo ( ). É professora da Faculdade de Educação da USP, nos cursos de Pedagogia e de pós-graduação em Educação. Com Silvia Andrade da Silva Telles, a qual foi coordenadora do MOVA Movimento de Alfabetização da SME de São Paulo/ Gestão Paulo Freire, assessora técnica na Secretaria Municipal de Educação de SP, no Instituto Nacional de Estudos Pedagógicos (INEP/MEC) e na Fundação Carlos Chagas. 22

23 A LEITURA DA LITERATURA INFANTIL Patrícia Osses Jeff Dias 08 e 09/09. Terça e quarta, 19h às 21h. R$ 50,00; R$ 25,00 ; R$ 15,00 A proposta do curso é refletir sobre o atual panorama da literatura infantil, analisando a influência dos livros em seu processo de amadurecimento, de maneira a diferenciar os processos de aprendizagem pela leitura e da leitura como forma de prazer. Também serão apresentadas técnicas para lidar com os diferentes tipos de livros e gêneros literários. Com Antonio Ventura Fernandez, escritor espanhol. Em 1999 publicou seu primeiro livro: Nem todas as vacas são iguais um, álbum-livro feito com o artista Pablo Amargo. ENTRE O LIVRO E O LUGAR De 08/09 a 03/11. Terças, 18h30 às 21h30*;03/10. Sábado, 14h às 17h R$ 100,00; R$ 50,00 ; R$ 30,00 *não haverá aula no dia 29/09 O olhar poético do indivíduo em relação ao espaço que o circunda, construindo outros sentidos através da literatura de ficção. Dia 03/10 atividade especial com a participação da atriz Lilian de Lima, que fará leitura dramática de textos. Com Patrícia Osses, artista plástica formada pela USP, onde concluiu doutorado em Poéticas Visuais sob a orientação de Carlos Fajardo. Também tem formação em Arquitetura e Música. E com Lilian de Lima, atriz. Faz parte da Cia do Tijolo, do Teatro Ventoforte, Grupo As Meninas do Conto, e é co-fundadora do grupo Núcleo Toada. 23

24 CULTURAS OPERÁRIAS Marc Ferrez ( ) / Domínio Público De 09/09 a 20/09. Quartas, 18h às 21h. R$ 60,00; R$ 30,00 ; R$ 18,00 Reunidos em torno da temática da relação entre vida e trabalho, os pesquisadores convidados abordam, neste curso, a pluralidade das narrativas sobre as trajetórias laborais, de migração, das práticas de resistência e transmissão de valores que compõem as histórias de vida dos casos analisados. 09/09 Lutas pela memória operária diante de processos de desvalorização do trabalho Com José Sérgio Leite Lopes, doutor em Antropologia Social (UFRJ), é professor titular do Departamento de Antropologia do Museu Nacional da UFRJ. Trajetórias de famílias operárias na industrialização têxtil nordestina do século XX Com Rosilene Alvim, doutora em Antropologia Social (UFRJ) e pós-doutorado em Sociologia da Cultura (École des Hautes Études en Sciences Sociales), é professor associado da UFRJ. 16/09 Biografias de trabalhadores, memórias traumáticas e resiliência Com Marta Cioccari, doutora em Antropologia Social pelo Museu Nacional-UFRJ com estágio doutoral na École des Hautes Études en Sciences Sociales. É professora da UFRJ. Entre a lavoura e a Coca-Cola: breves reflexões sobre a biografia de uma migrante paraibana Com Priscila Coutinho, doutora em Sociologia (IESP/UERJ), realizou estágio de doutorado no Centre Max Weber, vinculado ao Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS). 24

Profissionais que atuarão como formadores para desenvolver atividades de formação de professores no âmbito do Programa Nas Ondas do Rádio II

Profissionais que atuarão como formadores para desenvolver atividades de formação de professores no âmbito do Programa Nas Ondas do Rádio II Profissionais que atuarão como formadores para desenvolver atividades de formação de professores no âmbito do Programa Nas Ondas do Rádio II Anderson Zotesso Rodrigues: Anderson Zotesso é mestre em Comunicação

Leia mais

Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo - UFMG

Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo - UFMG Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo - UFMG Programa de Pós- Graduação em Arquitetura e Urbanismo - UFMG O Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo da UFMG- NPGAU foi criado

Leia mais

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo FESPSP PLANO DE ENSINO (2013)

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo FESPSP PLANO DE ENSINO (2013) Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo FESPSP PLANO DE ENSINO (2013) I. IDENTIFICAÇÃO DISCIPLINA PROJETOS CULTURAIS CARGA HORÁRIA 72 h CURSO Biblioteconomia e Ciência SEMESTRE 5 o semestre

Leia mais

PALESTRANTES. TÍTULO DA PALESTRA: Organização da informação à luz da Ciência da Informação: impactos na circulação do saber em Unidades de Informação.

PALESTRANTES. TÍTULO DA PALESTRA: Organização da informação à luz da Ciência da Informação: impactos na circulação do saber em Unidades de Informação. DIA: 16 de novembro (segunda feira). PALESTRANTES TÍTULO DA PALESTRA: Organização da informação à luz da Ciência da Informação: impactos na circulação do saber em Unidades de Informação. PROFESSOR(A):

Leia mais

CAPA: Futebol, cultura e política Foto: SXC

CAPA: Futebol, cultura e política Foto: SXC Programação Junho 2014 O Sesc Serviço Social do Comércio é uma instituição de caráter privado, sem fins lucrativos e de âmbito nacional. Foi criado em 1946, por iniciativa do empresariado do comércio de

Leia mais

Dia 19 de Setembro 2013 (quinta-feira)

Dia 19 de Setembro 2013 (quinta-feira) Dia 19 de Setembro 2013 (quinta-feira) Horário: 8h30 às 22h30 Circuito Cultural: Exposição de fotografia Contíguo Distante Local: Galeria LabSG Prédio I Horário: 8h30 às 22h30 Circuito Cultural: Exposição

Leia mais

5) Igor Fuser http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=k4756106u7

5) Igor Fuser http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=k4756106u7 1) Antônio Pedro Tota http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=k4789712p4 Possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (1973), doutorado em História Social pela mesma

Leia mais

Curso de Especialização Arte na Educação: Teoria e Prática. Realização: Departamento de Música Escola de Comunicações e Artes da USP

Curso de Especialização Arte na Educação: Teoria e Prática. Realização: Departamento de Música Escola de Comunicações e Artes da USP Curso de Especialização Arte na Educação: Teoria e Prática Realização: Departamento de Música Escola de Comunicações e Artes da USP Coordenação: Prof. Dr. Pedro Paulo Salles (ECA USP) Vice coordenação:

Leia mais

PROPOSTA DE PAINEL TEMÁTICO: Proprietas: Políticas públicas e historicidade

PROPOSTA DE PAINEL TEMÁTICO: Proprietas: Políticas públicas e historicidade PROPOSTA DE PAINEL TEMÁTICO: Proprietas: Políticas públicas e historicidade Proponente: Leandro José Luz Riodades de Mendonça (PPED/UFRJ - Pós- Graduação em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento

Leia mais

Curso de Especialização Arte na Educação: Teoria e Prática. Realização: Departamento de Música Escola de Comunicações e Artes da USP

Curso de Especialização Arte na Educação: Teoria e Prática. Realização: Departamento de Música Escola de Comunicações e Artes da USP Curso de Especialização Arte na Educação: Teoria e Prática Realização: Departamento de Música Escola de Comunicações e Artes da USP Coordenação: Prof. Dr. Pedro Paulo Salles (ECA-USP) Vice-coordenação:

Leia mais

colégio santo américo

colégio santo américo prosa centro de estudos 1º semestre / 2010,,,,, colégio santo américo P a l e s t r a s A arte do desenho na educação O desenho é um fazer criativo e reflexivo, imprescindível na escola. Seu percurso na

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação

MANUAL DO CANDIDATO. Pós-graduação MANUAL DO CANDIDATO Pós-graduação Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das

Leia mais

Saiando Calcado na pesquisa de campo sobre figuras femininas relevantes dentro de suas comunidades e em cujo cotidiano estão presentes danças

Saiando Calcado na pesquisa de campo sobre figuras femininas relevantes dentro de suas comunidades e em cujo cotidiano estão presentes danças Saiando Calcado na pesquisa de campo sobre figuras femininas relevantes dentro de suas comunidades e em cujo cotidiano estão presentes danças tradicionais nas quais a saia tem forte papel expressivo, o

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UFPE CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO - CAC CURSO DE LICENCIATURA EM DANÇA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UFPE CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO - CAC CURSO DE LICENCIATURA EM DANÇA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UFPE CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO - CAC CURSO DE LICENCIATURA EM DANÇA Coordenadora do Curso: Prof a Maria Cláudia Alves Guimarães IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 1. Denominação

Leia mais

FACULDADE DE ARTES DO PARANÁ CURSO DE BACHARELADO EM CINEMA E VÍDEO Ano Acadêmico de 2008 MATRIZ CURRICULAR

FACULDADE DE ARTES DO PARANÁ CURSO DE BACHARELADO EM CINEMA E VÍDEO Ano Acadêmico de 2008 MATRIZ CURRICULAR MATRIZ CURRICULAR Carga Horária Semestral por Disciplina Disciplinas 1º semestre 2º semestre 3º semestre 4º semestre 5º semestre 6º semestre 7º semestre 8º semestre Total Obrigatórias Optativas Fundamentos

Leia mais

JORNALISMO CULTURAL ONLINE: EXPERIÊNCIAS DE COBERTURA JORNALÍSTICA DO SITE CULTURA PLURAL

JORNALISMO CULTURAL ONLINE: EXPERIÊNCIAS DE COBERTURA JORNALÍSTICA DO SITE CULTURA PLURAL 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( x ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA JORNALISMO

Leia mais

284 AUTORES palíndromo Teoria e História da arte 2010 / no3 285

284 AUTORES palíndromo Teoria e História da arte 2010 / no3 285 284 AUTORES apresentação dos autores Almerinda da Silva Lopes é doutora em Comunicação e Semiótica (1997, PUC/SP), com pós-doutorado (2002) na Université Paris 1 (Panthéon-Sorbonne), na área de Linguística,

Leia mais

SERVIÇOS. Captação de Recursos. Infraestrutura e Produção de Eventos Estruturação de Equipes de Produção. Análise Técnica e Financeira de Projetos

SERVIÇOS. Captação de Recursos. Infraestrutura e Produção de Eventos Estruturação de Equipes de Produção. Análise Técnica e Financeira de Projetos Empresas coligadas: SERVIÇOS Elaboração e Produção de Projetos Culturais, Sociais e Esportivos Infraestrutura e Produção de Eventos Estruturação de Equipes de Produção Assessoria Técnica e Consultoria

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Comunicação

Universidade. Estácio de Sá. Comunicação Universidade Estácio de Sá Comunicação A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades em 1970, como Faculdades

Leia mais

COMPANHIA 2 FACES da ARTE

COMPANHIA 2 FACES da ARTE COMPANHIA 2 FACES da ARTE A companhia teatral 2 Faces da Arte,foi criada em 94 pelo Ator /Autor Teatral / Artista Plástico Bicudo Júnior., com o objetivo de inovar o teatro Nacional. Desenvolvendo uma

Leia mais

Programa de vivência, criação e circulação artística e cultural. Programa de vivência, criação e circulação artística e cultural

Programa de vivência, criação e circulação artística e cultural. Programa de vivência, criação e circulação artística e cultural 1 1. Apresentação // 4 2. Objetivos e metas // 8 3. Estratégia - Música e Economia criativa // 9 4. Temáticas // 9 5. Programas // 10 6. Projetos Especiais // 10 7. Conselho gestor // 11 1. Apresentação

Leia mais

03 de Junho 4º feira TARDE 14h as 18h

03 de Junho 4º feira TARDE 14h as 18h 24 Horas de Comunicação 03, 04 e 05 de junho no Teatro da Faculdade CCAA PROGRAMAÇÃO: 03 de Junho 4º feira MANHÃ 8h50 as 12h 8h50: Abertura do Evento. 9h as 10h: Palestra I Tema: Comunicação integrada

Leia mais

Aqui você vai saber um pouco mais sobre a Pós-graduação em DESIGN DE MODA

Aqui você vai saber um pouco mais sobre a Pós-graduação em DESIGN DE MODA Aqui você vai saber um pouco mais sobre a Pós-graduação em DESIGN DE MODA Atelier de Moda No quarto andar da Unilasalle temos um atelier montado para aulas práticas. 1 PROFESSORES E COLABORADORES Bárbara

Leia mais

ARTEBR LIVRO SABORES DO BRASIL

ARTEBR LIVRO SABORES DO BRASIL ARTEBR LIVRO SABORES DO BRASIL A empresa ARTEBR desenvolve projetos em arte, educação e literatura para diversas instituições culturais brasileiras. Atua nas áreas de consultoria e assessoria em arte e

Leia mais

Faces da Cultura e da Comunicação Organizacional 1. Marlene MARCHIORI 2, Organizadora

Faces da Cultura e da Comunicação Organizacional 1. Marlene MARCHIORI 2, Organizadora Faces da Cultura e da Comunicação Organizacional 1 Marlene MARCHIORI 2, Organizadora Autores Adriano Maricato Graduado em Comunicação Social, habilitação em Relações Públicas, pela Universidade Estadual

Leia mais

Programação Cultural Casa do Clube de Autores na FLIP 2011

Programação Cultural Casa do Clube de Autores na FLIP 2011 Dia 6 de julho, quarta- feira. Pela Manhã: 10:30 12:00 Titulo: 5 Passos para se tornar um autor independente. Conteúdo: Dicas, bastidores, conselhos e confidências de um autor independente bem sucedido.

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2010.2

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2010.2 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Carga Horária: 30 h/a Prática: 30 h/a Créditos: 4 A biologia educacional e os fundamentos da educação. As bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano. A dimensão

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA 1 CURSO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INVESTIGAÇÃO DA PRÁTICA DOCENTE I... 4 02 LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO... 4 03 PROFISSIONALIDADE DOCENTE... 4 04 RESPONSABILIDADE

Leia mais

GESTÃO DA COMUNICAÇÃO NAS ATIVIDADES CRIATIVAS E CULTURAIS. Proposta de curso. Edição 2014.

GESTÃO DA COMUNICAÇÃO NAS ATIVIDADES CRIATIVAS E CULTURAIS. Proposta de curso. Edição 2014. GESTÃO DA COMUNICAÇÃO NAS ATIVIDADES CRIATIVAS E CULTURAIS Proposta de curso Edição 2014. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Título: Gestão da Comunicação nas Atividades Criativas e Culturais Local de realização:

Leia mais

QUESTÃO 04 QUESTÃO 05

QUESTÃO 04 QUESTÃO 05 QUESTÃO 01 Arte abstrata é uma arte: a) que tem a intenção de representar figuras geométricas. b) que não pretende representar figuras ou objetos como realmente são. c) sequencial, como, por exemplo, a

Leia mais

PRÊMIO PANAMCO, O OSCAR DO TEATRO INFANTIL Apausa que refresca: crianças

PRÊMIO PANAMCO, O OSCAR DO TEATRO INFANTIL Apausa que refresca: crianças MERCADO PRÊMIO PANAMCO, O OSCAR DO TEATRO INFANTIL Apausa que refresca: crianças de 7 a 14 anos deixam a escola e vão ao teatro, levadas pela Panamco Brasil, maior fabricante da Coca-Cola no país. Mas

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Centro de Comunicação e Letras Curso de Letras

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Centro de Comunicação e Letras Curso de Letras ÁREAS DE ORIENTAÇÕES DOS PROFESSORES DO CURSO DE LETRAS (Licenciatura e Bacharelado) DOCENTE Área(s) de orientação Temas preferenciais de orientação Alexandre - Literatura - Elaboração de propostas Huady

Leia mais

GOVERNO DO RIO DE JANEIRO Secretaria de Estado de Cultura Plano Estadual de Cultura

GOVERNO DO RIO DE JANEIRO Secretaria de Estado de Cultura Plano Estadual de Cultura GOVERNO DO RIO DE JANEIRO Secretaria de Estado de Cultura INTRODUÇÃO A Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro (SEC) está coordenando a elaboração do Plano Estadual de Cultura, a partir do diálogo

Leia mais

CAMPUS DE FREDERICO WESTPHALEN DEPARTAMENTO DE LINGUÍSTICA, LETRAS E ARTES COLEGIADO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM LETRAS

CAMPUS DE FREDERICO WESTPHALEN DEPARTAMENTO DE LINGUÍSTICA, LETRAS E ARTES COLEGIADO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM LETRAS CAMPUS DE FREDERICO WESTPHALEN DEPARTAMENTO DE LINGUÍSTICA, LETRAS E ARTES COLEGIADO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM LETRAS EDITAL Nº 04/2014 A Profa. Dra. Maria Thereza Veloso, Coordenadora

Leia mais

Pós-Graduação Lato Sensu FORMAÇÃO DE ESCRITORES Coordenação: Márcia Vescovi Fortunato e Roberto Taddei

Pós-Graduação Lato Sensu FORMAÇÃO DE ESCRITORES Coordenação: Márcia Vescovi Fortunato e Roberto Taddei Pós-Graduação Lato Sensu FORMAÇÃO DE ESCRITORES Coordenação: Márcia Vescovi Fortunato e Roberto Taddei Formação de Escritores é um curso de pós-graduação lato sensu com duração de dois anos e tem por objetivo

Leia mais

Seminário Internacional do Museu Histórico Nacional

Seminário Internacional do Museu Histórico Nacional Seminário Internacional do Museu Histórico Nacional Ponta do Calabouço e adjacências: história, memória e patrimônio nos 450 anos da cidade do Rio de Janeiro CHAMADA PÚBLICA DE TRABALHOS A faixa de terra

Leia mais

OFICINA DE FOTOGRAFIA E VÍDEO COM CELULARES

OFICINA DE FOTOGRAFIA E VÍDEO COM CELULARES OFICINA DE FOTOGRAFIA E VÍDEO COM CELULARES RELATÓRIO Oficina de fotografia e vídeo com celulares como ferramenta de inclusão visual através de tecnologias acessíveis, percepção do território, construção

Leia mais

Mestres 1 RESUMO. 4. Palavras-chave: Comunicação; audiovisual; documentário. 1 INTRODUÇÃO

Mestres 1 RESUMO. 4. Palavras-chave: Comunicação; audiovisual; documentário. 1 INTRODUÇÃO Mestres 1 Tiago Fernandes 2 Marcelo de Miranda Noms 3 Mariane Freitas 4 Tatiane Moura 5 Felipe Valli 6 Bruno Moura 7 Roberto Salatino 8 Conrado Langer 9 Prof. Msc. Luciana Kraemer 10 Centro Universitário

Leia mais

ELWYN LOURENÇO CORREIA

ELWYN LOURENÇO CORREIA DESIGN DE MODA AM1DM COORDENADOR: ELWYN LOURENÇO ELWYN LOURENÇO CORREIA COORDENADOR DO CURSO Graduado em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda pela Universidade Gama Filho (1986) Pós-Graduação

Leia mais

VIVENCIANDO MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA BIBLIOTECA ESCOLAR: EXPERIÊNCIA DO PIBID/UEMS/PEDAGOGIA

VIVENCIANDO MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA BIBLIOTECA ESCOLAR: EXPERIÊNCIA DO PIBID/UEMS/PEDAGOGIA VIVENCIANDO MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA BIBLIOTECA ESCOLAR: EXPERIÊNCIA DO PIBID/UEMS/PEDAGOGIA Gabriela Arcas de Oliveira¹; Joice Gomes de Souza²; Giana Amaral Yamin³. UEMS- CEP, 79804970- Dourados-MS, ¹Bolsista

Leia mais

Adriana Rafael Pinto. Alessandra Atti. Ana Cláudia Martins. Ana Paula de Moura Souza

Adriana Rafael Pinto. Alessandra Atti. Ana Cláudia Martins. Ana Paula de Moura Souza No sentido mais literal da palavra, a Chapa Integrar vem com o principal objetivo desde sua formação, integrar os profissionais Bibliotecários, que atualmente trabalham nas mais diferentes áreas do conhecimento,

Leia mais

Ana Carolina de Assis Moura Ghirardi

Ana Carolina de Assis Moura Ghirardi Ana Carolina de Assis Moura Ghirardi Fonoaudióloga graduada pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Especialização em voz pela Coordenadoria Geral de Especialização, Aperfeiçoamento e Extensão

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA. Departamento de Arqueologia. Disciplina Museologia Arqueológica. Professora: Ms. Marcelle Pereira Museóloga EMENTA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA. Departamento de Arqueologia. Disciplina Museologia Arqueológica. Professora: Ms. Marcelle Pereira Museóloga EMENTA UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Departamento de Arqueologia Disciplina Museologia Arqueológica Professora: Ms. Marcelle Pereira Museóloga EMENTA Esta disciplina pretende apresentar, discutir e problematizar

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL... 4 02 INVESTIGAÇÃO PEDAGÓGICA: DIVERSIDADE CULTURAL NA APRENDIZAGEM... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA...

Leia mais

Apresentação. Caríssimos (as) alunos (as),

Apresentação. Caríssimos (as) alunos (as), Apresentação Caríssimos (as) alunos (as), A Empresa Júnior do Curso de Ciências Econômicas, Consultoria em Negócios Econômicos - CAJE, em parceria com a coordenação e o departamento do curso, reuniu nesta

Leia mais

PAINEL OFICINA DE HISTÓRIAS EM QUADINHOS NO PROJETO NOVA VIDA

PAINEL OFICINA DE HISTÓRIAS EM QUADINHOS NO PROJETO NOVA VIDA PAINEL OFICINA DE HISTÓRIAS EM QUADINHOS NO PROJETO NOVA VIDA Fábio Tavares da Silva, Graduando Centro de Artes da Universidade Regional do Cariri - URCA Fábio José Rodrigues da Costa, Doutor Centro de

Leia mais

ARQUITETURA E URBANISMO COORDENADOR DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO

ARQUITETURA E URBANISMO COORDENADOR DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO ARQUITETURA E URBANISMO TURMA AN5AU ENIO MORO JUNIOR COORDENADOR DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO Graduação (1983), Mestrado (1999) e Doutorado (2005) em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Arquitetura

Leia mais

Alessandra Maria Sabatine Zambone (Coordenadora) Adriana Preti Nascimento (em licença) Antonio José Vieira Junior

Alessandra Maria Sabatine Zambone (Coordenadora) Adriana Preti Nascimento (em licença) Antonio José Vieira Junior DOCENTES Alessandra Maria Sabatine Zambone (Coordenadora) Titulação: Doutora Doutora em Direito Difusos e Coletivos pela Universidade Metropolitana de Santos UNIMES. Mestre em Direito Difusos e Coletivos

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 10/05-CEPE

RESOLUÇÃO Nº 10/05-CEPE RESOLUÇÃO Nº 10/05-CEPE Fixa a tabela de pontuação para avaliação de currículo para concurso público na carreira de Magistério Superior da UFPR. 1 O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, órgão normativo,

Leia mais

Exercícios de desenho utilizando diferentes estratégias de construção de imagens, como transportes, ampliações e colagens.

Exercícios de desenho utilizando diferentes estratégias de construção de imagens, como transportes, ampliações e colagens. Edital SEDAC nº 11/2013 Desenvolvimento da Economia da Cultura FAC - Sociedade Civil Programa de Oficinas do Atelier Subterrânea: do desenho à arquitetura Flávio Gonçalves Oficina: Desenho como Estratégia

Leia mais

COLEÇÃO IMAGÉTICA: FOTOGRAFIA, EXTENSÃO, ENSINO E PESQUISA NO PROJETO FOCA FOTO. PALAVRAS-CHAVE Fotografia. Coleção fotográfica. Lapa. Extensão.

COLEÇÃO IMAGÉTICA: FOTOGRAFIA, EXTENSÃO, ENSINO E PESQUISA NO PROJETO FOCA FOTO. PALAVRAS-CHAVE Fotografia. Coleção fotográfica. Lapa. Extensão. 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( X ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO

Leia mais

O talento é seu. A gente só aperfeiçoa. Conheça: est.edu.br

O talento é seu. A gente só aperfeiçoa. Conheça: est.edu.br O talento é seu. A gente só aperfeiçoa. EXTENSÃO Conheça: est.edu.br PROGRAMA DE EXTENSÃO A Faculdades EST é vinculada à Rede Sinodal de Educação, identificada com a Igreja Evangélica de Confissão Luterana

Leia mais

FERNANDO PESSOA [Professor de filosofia da UFES e organizador dos Seminários Internacionais Museu Vale]

FERNANDO PESSOA [Professor de filosofia da UFES e organizador dos Seminários Internacionais Museu Vale] Os Seminários Internacionais Museu Vale FERNANDO PESSOA [Professor de filosofia da UFES e organizador dos Seminários Internacionais Museu Vale] O propósito desta introdução, além de apresentar a oitava

Leia mais

A Educação Musical em atividades interdisciplinares: um relato de experiência em uma oficina 1

A Educação Musical em atividades interdisciplinares: um relato de experiência em uma oficina 1 A Educação Musical em atividades interdisciplinares: um relato de experiência em uma oficina 1 Fernanda de Assis Oliveira 2 Universidade Federal do Rio Grande do Sul UFRGS Resumo: Este relato descreve

Leia mais

DADOS DO INEP Instituto Nacional de estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Ministério da Educação UDESC/ 2005

DADOS DO INEP Instituto Nacional de estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Ministério da Educação UDESC/ 2005 DADOS DO INEP Instituto Nacional de estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Ministério da Educação UDESC/ 2005 Número total de Programas 1 e seus respectivos projetos vinculados, público atendido

Leia mais

ÁREA DO CONHECIMENTO: MATEMÁTICA PROFESSOR (A) CURRÍCULO RESUMIDO TURMAS. Matemática na Educação Básica por 2 anos.

ÁREA DO CONHECIMENTO: MATEMÁTICA PROFESSOR (A) CURRÍCULO RESUMIDO TURMAS. Matemática na Educação Básica por 2 anos. ÁREA DO CONHECIMENTO: MATEMÁTICA Anny Caroline de S. S. Farias Creilson de Jesus Conceição Sérgio Santos de Jesus Tiago Souza Leal Valderez Souza Santana NÚCLEO/GESTÃO: Sérgio Santos de Jesus Graduanda

Leia mais

20 a 23 de novembro de 2008 Galpões da Rotunda. Autor homenageado Ariano Suassuna

20 a 23 de novembro de 2008 Galpões da Rotunda. Autor homenageado Ariano Suassuna 20 a 23 de novembro de 2008 Galpões da Rotunda Autor homenageado Ariano Suassuna Apresentação : Realização: Patrocínio: Apresentação : Apoio: O 2º FELIT foi realizado nos Galpões da Rotunda, que integram

Leia mais

ESPAÇO DE INVESTIGAÇÃO ARTÍSTICA REGULAMENTO GERAL DO ATELIÊ ABERTO #7 PROGRAMA DE RESIDÊNCIA PARA ARTISTAS E PESQUISADORES EM ARTE.

ESPAÇO DE INVESTIGAÇÃO ARTÍSTICA REGULAMENTO GERAL DO ATELIÊ ABERTO #7 PROGRAMA DE RESIDÊNCIA PARA ARTISTAS E PESQUISADORES EM ARTE. ESPAÇO DE INVESTIGAÇÃO ARTÍSTICA REGULAMENTO GERAL DO ATELIÊ ABERTO #7 PROGRAMA DE RESIDÊNCIA PARA ARTISTAS E PESQUISADORES EM ARTE. A Casa Tomada abre inscrições para a seleção de projetos da residência

Leia mais

PROJETO INTERDISCIPLINAR LUIZ GONZAGA TEMA-LUIZ GONZAGA: A VIDA DE UM VIAJANTE-TOCANDO, CANTANDO E DANÇANDO O GONZAGÃO.

PROJETO INTERDISCIPLINAR LUIZ GONZAGA TEMA-LUIZ GONZAGA: A VIDA DE UM VIAJANTE-TOCANDO, CANTANDO E DANÇANDO O GONZAGÃO. PROJETO INTERDISCIPLINAR LUIZ GONZAGA 2012 TEMA-LUIZ GONZAGA: A VIDA DE UM VIAJANTE-TOCANDO, CANTANDO E DANÇANDO O GONZAGÃO. POR QUE TRABALHAR LUIZ GONZAGA? Luiz Gonzaga é um mestre da música. Foi ele

Leia mais

PROGRAMAÇÃO 10º Congresso de Trabalhadores em Educação PAULO FREIRE. CNTE/CUT/SINPROEP/SINPRO/FDE/SAE/ Movimento Estudantil

PROGRAMAÇÃO 10º Congresso de Trabalhadores em Educação PAULO FREIRE. CNTE/CUT/SINPROEP/SINPRO/FDE/SAE/ Movimento Estudantil PROGRAMAÇÃO 10º Congresso de Trabalhadores em Educação PAULO FREIRE DIA: 27/08/2015 QUINTA -FEIRA CREDENCIAMENTO A PARTIR DAS 16h00. 19h00 Solenidade de Abertura: CNTE/CUT/SINPROEP/SINPRO/FDE/SAE/ Movimento

Leia mais

Programa ADAI Projetos Brasileiros

Programa ADAI Projetos Brasileiros Programa ADAI Projetos Brasileiros Brasil 1999 1ª Convocatória Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte: Conservação preventiva de acervo audiovisual. Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami:

Leia mais

LICENCIATURA EM HISTÓRIA. fgv.br/vestibular

LICENCIATURA EM HISTÓRIA. fgv.br/vestibular LICENCIATURA EM HISTÓRIA fgv.br/vestibular IDEALISMO, EXCELÊNCIA E CREDIBILIDADE A Fundação Getulio Vargas surgiu em 20 de dezembro de 1944 com o objetivo de preparar profissionais qualificados em Administração

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1A

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1A 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Prática: 15 h/a Carga Horária: 60 h/a Créditos: 4 A biologia educacional e os fundamentos da educação. As bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano. A dimensão

Leia mais

Palavras-chave: formação continuada, educação básica, ensino de artes visuais.

Palavras-chave: formação continuada, educação básica, ensino de artes visuais. 4CCHLADAVPEX01 O ENSINO DE ARTES VISUAIS NAS ESCOLAS PÚBLICAS DE ALHANDRA: UMA PROPOSTA DE FORMAÇÃO CONTINUADA PARA OS PROFESSORES DO ENSINO FUNDAMENTAL Cláudia Oliveira de Jesus (1); Adeílson França (1);

Leia mais

III Semana da Música e Pedagogia da FAC-FITO 16 a 18 de outubro de 2014

III Semana da Música e Pedagogia da FAC-FITO 16 a 18 de outubro de 2014 III Semana da Música e Pedagogia da FAC-FITO 16 a 18 de outubro de 2014 REALIZAÇÃO Cursos de Pedagogia e de Música da Faculdade de Ciências / FITO Coordenadoras: Ms Roseli da Silva Cordeiro Ruiz Pedagogia

Leia mais

Quando toca o Coração

Quando toca o Coração Quando toca o Coração Apresentação Quando Toca o Coração é uma peça construída a partir de canções populares que envolvem temas como paixão, traição, desejo e saudade. O espetáculo conta com canções de

Leia mais

Proposta de programação cultural nos Centros Unificados de Educação

Proposta de programação cultural nos Centros Unificados de Educação CULTURA NOS CEUs Proposta de programação cultural nos Centros Unificados de Educação Resumo São Paulo, março de 2013. Por Ney Piacentini O projeto CULTURA NOS CEUs pretende levar às instalações culturais

Leia mais

CURSO DE EXTENSÃO : GESTÃO DO MERCADO DO LUXO

CURSO DE EXTENSÃO : GESTÃO DO MERCADO DO LUXO CURSO DE EXTENSÃO : GESTÃO DO MERCADO DO LUXO Dia/Horário: Sábados das 9h00 às 18h00 (2 encontros mensais 16 horas aula) Local: Casa Semio São Paulo Carga Horária: 112 horas Coordenação: Claudio Diniz

Leia mais

DOCUMENTO FINAL DO ENCONTRO

DOCUMENTO FINAL DO ENCONTRO ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE HISTÓRIA ANPUH-BRASIL O PERFIL PROFISSIONAL DOS HISTORIADORES ATUANTES EM ARQUIVOS DOCUMENTO FINAL DO ENCONTRO São Paulo, dezembro de 2012. APRESENTAÇÃO Este documento, produzido

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação 2014 383 COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO. COORDENADORA Mariana Lopes Bretas marianabretas@ufv.br

UFV Catálogo de Graduação 2014 383 COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO. COORDENADORA Mariana Lopes Bretas marianabretas@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2014 383 COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO COORDENADORA Mariana Lopes Bretas marianabretas@ufv.br 384 Currículos dos Cursos do CCH UFV Bacharelado ATUAÇÃO O jornalista é um profissional

Leia mais

organizadores Colaboradores

organizadores Colaboradores Cadernos de Letras da UFF Dossiê: Linguagens em diálogo n o 42, p. 223-228, 2011 223 organizadores Renata Mancini é doutora em Semiótica e Linguística Geral pela Universidade de São Paulo. Atualmente é

Leia mais

Oi FUTURO APRESENTA TERCEIRO ENCONTRO DO CICLO DE ARTE DIGITAL INTER-AGIR

Oi FUTURO APRESENTA TERCEIRO ENCONTRO DO CICLO DE ARTE DIGITAL INTER-AGIR Oi FUTURO APRESENTA TERCEIRO ENCONTRO DO CICLO DE ARTE DIGITAL INTER-AGIR - Evento será no dia 13 de novembro, a partir das 19h, começando com apresentação do grupo Teatro Para Alguém com espetáculo que

Leia mais

1984: Graduação: Bacharel em Psicologia e Psicóloga. Faculdade de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

1984: Graduação: Bacharel em Psicologia e Psicóloga. Faculdade de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Silvia De Ambrosis Pinheiro Machado São Paulo - Brasil Psicóloga Clínica Ações psicoterapêuticas e psicoprofiláticas CRP 06 /123475 E-mail: silvia.pinheiro.machado@primeiromovimento.com I. Formação Acadêmica:

Leia mais

CASTRIOTA, L.B. Patrimônio Cultural. Conceitos, políticas, instrumentos. São Paulo: Annablume; Belo Horizonte: IEDS, 2009.

CASTRIOTA, L.B. Patrimônio Cultural. Conceitos, políticas, instrumentos. São Paulo: Annablume; Belo Horizonte: IEDS, 2009. INVENTÁRIO DE BENS CULTURAIS DE RIBEIRÃO PRETO SP Henrique Telles Vichnewski 1 Lílian Rodrigues de O. Rosa 2 Nainôra Maria B. de Freitas 3 O Inventário de Bens Culturais de Ribeirão Preto faz parte do

Leia mais

música ouvindo música fazendo música THAÍS NASCIMENTO 5/JULHO 18h + shows + oficinas programação

música ouvindo música fazendo música THAÍS NASCIMENTO 5/JULHO 18h + shows + oficinas programação THAÍS NASCIMENTO 5/JULHO 18h + shows ouvindo música Alessandro Penezzi e Nailor Proveta Paulo Oliveira Julia Tygel + oficinas fazendo música Choro e Samba música programação JULHO 2015 julho julia tygel/luciano

Leia mais

Vestibular 2016 Alunos Aprovados

Vestibular 2016 Alunos Aprovados Amanda Macedo Ferreira Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP - Fisioterapia Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUCSP - Fisioterapia Amanda Souza Nascimento Pontifícia Universidade Católica

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Artes, Design e Moda

Universidade. Estácio de Sá. Artes, Design e Moda Universidade Estácio de Sá Artes, Design e Moda A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades em 1970,

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM INOVAÇÕES EDUCATIVAS E ENSINO VIRTUAL CORPO DOCENTE

PÓS-GRADUAÇÃO EM INOVAÇÕES EDUCATIVAS E ENSINO VIRTUAL CORPO DOCENTE PÓS-GRADUAÇÃO EM INOVAÇÕES EDUCATIVAS E ENSINO VIRTUAL CORPO DOCENTE Ana Christina Duarte Pires Engenheira Agrônoma formada pela Universidade Federal de Pelotas (1989), possui mestrado em Agronomia pela

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei 5.152 de 21/10/1966 São Luís Maranhão

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei 5.152 de 21/10/1966 São Luís Maranhão RESOLUÇÃO N 125-CONSUN, de 2 de maio de 20 Aprova o projeto de criação do Curso de Licenciatura em Artes Visuais, em substituição à Habilitação em Artes Plásticas do Curso de Licenciatura em Educação Artística

Leia mais

III CARAVANA DO SINEPE/SC 2015 JOINVILLE E REGIÃO

III CARAVANA DO SINEPE/SC 2015 JOINVILLE E REGIÃO III CARAVANA DO SINEPE/SC 2015 JOINVILLE E REGIÃO Prezados Educadores, Formação Contínua, comprometida com a qualidade e excelência do ensino particular, essa é a premissa do Programa de Formação Continuada

Leia mais

Conheça também! As demais disciplinas desta coleção nas páginas 4, 8, 32, 36, 72 e 90.

Conheça também! As demais disciplinas desta coleção nas páginas 4, 8, 32, 36, 72 e 90. porta aberta Nova edição Geografia 2º ao 5º ano O estudo das categorias lugar, paisagem e espaço tem prioridade nesta obra. 25383COL05 Conheça também! As demais disciplinas desta coleção nas páginas 4,

Leia mais

Pós-graduação em Gestão das Minorias

Pós-graduação em Gestão das Minorias 1 Ascensão Acadêmica Pós-Graduação alavanca sucesso na carreira profissional Pesquisa coordenada pelo Centro de Políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas (FGV), em 2010, indica que as pessoas que não

Leia mais

PROJETOS ÁREA COMUNICAÇÃO

PROJETOS ÁREA COMUNICAÇÃO Comunicação Christina Ferraz Musse estratégica Comunicação Social para grupos de economia popular solidária de Juiz de Fora e região (Núcleo de Comunicação Social da INTECOOP/ UFJF) Website da Liga Acadêmica

Leia mais

Colaboradores deste número

Colaboradores deste número Colaboradores deste número Angela Maria Soares Mendes Taddei é mestre em Memória Social pela Unirio na linha de pesquisa Memória e Linguagem. Tem licenciatura plena em Letras pela Uerj e especialização

Leia mais

Autor: Diego Tischeler Rosso Co-autor: professora Raquel Guerra RESUMO DO PROJETO DE PESQUISA (N 034352 - GAP/CAL)

Autor: Diego Tischeler Rosso Co-autor: professora Raquel Guerra RESUMO DO PROJETO DE PESQUISA (N 034352 - GAP/CAL) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRO REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE LICENCIATURAS/ EDITAL 01/2013. CENTRO DE ARTES E LETRAS CURSO DE LICENCIATURA EM TEATRO Autor: Diego Tischeler

Leia mais

Referencial para Preenchimento PLATAFORMA LATTES. Augusto Takerissa Nishimura - USP Emerson Antonio Maccari - UNINOVE

Referencial para Preenchimento PLATAFORMA LATTES. Augusto Takerissa Nishimura - USP Emerson Antonio Maccari - UNINOVE Referencial para Preenchimento PLATAFORMA LATTES Augusto Takerissa Nishimura - USP Emerson Antonio Maccari - UNINOVE São Paulo, Setembro de 2009 ÍNDICE 1. DADOS GERAIS... 4 1.1. Identificação... 5 1.2.

Leia mais

ANEXO III PROGRAMAÇÃO ARTÍSTICA LINHAS ORIENTADORAS E OBJETIVOS

ANEXO III PROGRAMAÇÃO ARTÍSTICA LINHAS ORIENTADORAS E OBJETIVOS ANEXO III PROGRAMAÇÃO ARTÍSTICA LINHAS ORIENTADORAS E OBJETIVOS CENTRO CULTURAL VILA FLOR A programação do Centro Cultural Vila Flor deverá assentar em critérios de qualidade, diversidade, contemporaneidade

Leia mais

DEBATES SOBRE PATRIMÔNIO CULTURAL

DEBATES SOBRE PATRIMÔNIO CULTURAL DEBATES SOBRE PATRIMÔNIO CULTURAL I fórum aberto de projetos e pesquisas recentes programa 21.05 ABERTURA PATRIMÔNIO E MODERNIDADE 21.05 PATRIMÔNIO ARQUITETÔNICO: INVENTÁRIO E IDENTIFICAÇÃO 28.05 PATRIMÔNIO

Leia mais

22h00 às 23h30 COQUETEL E LANÇAMENTO Coquetel de boas vindas e Lançamento de livros e revistas Espaço da feira de livros 27/10, TERÇA-FEIRA

22h00 às 23h30 COQUETEL E LANÇAMENTO Coquetel de boas vindas e Lançamento de livros e revistas Espaço da feira de livros 27/10, TERÇA-FEIRA 26/10/, SEGUNDA-FEIRA 20h30 às 22h00 ABERTURA Abertura oficial do 39º Encontro Anual da ANPOCS Anfiteatro Glória Cerimônia de entrega do Prêmio ANPOCS de Excelência Acadêmica - Anfiteatro Glória 22h00

Leia mais

CABEÇA-DE-VENTO Show Musical de Bia Bedran

CABEÇA-DE-VENTO Show Musical de Bia Bedran CABEÇA-DE-VENTO Show Musical de Bia Bedran Cabeça de Vento faz um passeio pelo universo sonoro criado por Bia, numa linguagem cênica que contempla a literatura, a poesia e a ludicidade de seu jeito singular

Leia mais

Estruturas curriculares dos Cursos de Cinema e Audiovisual no Brasil

Estruturas curriculares dos Cursos de Cinema e Audiovisual no Brasil Estruturas curriculares dos Cursos de Cinema e Audiovisual no Brasil Encontro Estruturas Curriculares do Curso de Rádio, TV e Internet no Brasil SOCICOM São Paulo, fevereiro 2014 Luciana Rodrigues Presidente

Leia mais

1º Seminário Internacional de Arte e Educação do Rio de Janeiro. Programação completa

1º Seminário Internacional de Arte e Educação do Rio de Janeiro. Programação completa 1º Seminário Internacional de Arte e Educação do Rio de Janeiro Programação completa 14/08 Hall de entrada 9h - Credenciamento 10h - Abertura com a presença do Secretário Municipal de Cultura, Emilio Kalil.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS E DO TRABALHO Coordenadoria de Desenvolvimento de Recursos Humanos

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS E DO TRABALHO Coordenadoria de Desenvolvimento de Recursos Humanos ANEXO 1 CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DO FATOR IV PRODUTIVIDADE 1 A avaliação do Fator Produtividade será realizada de acordo com as atividades de Ensino, Pesquisa, Extensão e Produção Intelectual, e Gestão,

Leia mais

Dez EXPOSIÇÃO. 13 de novembro a 27 de janeiro. Belo Horizonte 2013. Divulgação

Dez EXPOSIÇÃO. 13 de novembro a 27 de janeiro. Belo Horizonte 2013. Divulgação Dez Belo Horizonte 2013 Divulgação Amilcar de Castro 13 de novembro a 27 de janeiro Foto: Jomar Bragança S T Q Q S S D Pátio e 3º pavimento AMILCAR DE CASTRO: REPETIÇÃO E SÍNTESE 13 de novembro a 27 de

Leia mais

Curso de guitarra começa dia 2 no Sesc Balneário

Curso de guitarra começa dia 2 no Sesc Balneário Meio: Portal do Holanda Editoria: Amazonas Hora: 13:37h Data: 20/08/15 Curso de guitarra começa dia 2 no Sesc Balneário Portal do Holanda Postado em 20/08/2015 às 13h37 Estão abertas as inscrições para

Leia mais

Universidade Estadual de Londrina Centro de Educação, Comunicação e Artes Departamento de Educação Programa de Pós-Graduação em Educação

Universidade Estadual de Londrina Centro de Educação, Comunicação e Artes Departamento de Educação Programa de Pós-Graduação em Educação Universidade Estadual de Londrina Centro de Educação, Comunicação e Artes Departamento de Educação Programa de Pós-Graduação em Educação LINHA 1 - PERSPECTIVAS FILOSÓFICAS, HISTÓRICAS E POLÍTICAS DA EDUCAÇÃO

Leia mais

Universidade Federal Fluminense IACS - Instituto de Arte e Comunicação Social Departamento de Comunicação Social Curso de Publicidade e Propaganda

Universidade Federal Fluminense IACS - Instituto de Arte e Comunicação Social Departamento de Comunicação Social Curso de Publicidade e Propaganda Universidade Federal Fluminense IACS - Instituto de Arte e Comunicação Social Departamento de Comunicação Social Curso de Publicidade e Propaganda Disciplinas Optativas Publicidade Carga horária total

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais