FUNDOS INTERDITADOS EXECUTIVO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FUNDOS INTERDITADOS EXECUTIVO"

Transcrição

1 FUNDOS INTERDITADOS EXECUTIVO Arquiv Nacinal Série: Originais d tabalh sbre D. Pedr II e relaçã ds pensinistas mantids pr D. Pedr II Arquiv Nacinal Série: Atividades Técnicas Arquiv Nacinal Série: Cmissã de descarte Brasões Caiena Caixa de Amrtizaçã Caixa Geral Funerária Casa da Meda d Brasil Casa da Suplicaçã d Brasil Casa ds Cnts Livrs Casa ds Cnts Avulsas Casa Real e Imperial - Mrdmia-Mr Caxias Chancelaria-Mr Cisplatina Cmissã Encarregada d Desembarque e Remçã para Interir ds Imigrantes Recém- Chegads Cmissã Especial de Exame d Cfre ds Órfãs Cmissã Executiva da Cmemraçã d Centenári da Independência Cmissã Nacinal d Guia Brasileir de Fntes para a História da África Cnfederaçã d Equadr Cnselh de Estad Cnselh de Fazenda Cnselh de Ministrs Cnselh Rdviári Nacinal Cnselh Suprem Militar e de Justiça Crte de Apelaçã Decrets S/N Delegacia Auxiliar da Plícia d Ri de Janeir 2. Diretria ds Crreis Diverss - SDH - Caixas Diverss - SDH - Códices Divisã de Plícia Marítima Aérea e de Frnteiras Eclesiástica Escla Plitécnica d Ri de Janeir Fazenda Nacinal de Santa Cruz Fisicatura-Mr Fundaçã Centr Brasileir para Infância e Adlescência Gabinete Civil da Presidência da República. Série: Diverss Graças Hnríficas Hspital ds Lázars Incnfidência Mineira Inspetria Geral das Terras e Clnizaçã (Terras e Clnizaçã) Institut d Açúcar e d Álcl

2 Institut Nacinal d Mate Intendência da Marinha e Armazéns Reais Intendência d Arsenal Real d Exércit Junta Cmercial d Ri de Janeir Junta da Fazenda da Prvíncia de Sã Paul Junta da Real Fazenda da Capitania de Pernambuc Junta da Real Fazenda da Capitania d Pará Junta da Real Fazenda da Capitania d Ri de Janeir Junta d Cmérci, Agricultura, Fábricas e Navegaçã Lux Jrnal Medalhas Mesa da Cnsciência e Ordens Mesa d Desembarg d Paç Ministéri da Agricultura, Cmérci e Obras Públicas Ministéri da Fazenda Ministéri da Guerra (Ministéri ds Estrangeirs e Guerra) Ministéri da Indústria, Viaçã e Obras Públicas Ministéri da Instruçã Pública, Crreis e Telégrafs Ministéri da Justiça Ministéri da Justiça e Negócis Interires Ministéri da Marinha Ministéri da Viaçã e Obras Públicas Ministéri d Impéri Ministéri d Interir Ministéri d Rein Ministéri d Rein e d Impéri Negócis de Prtugal Observatóri Nacinal Ordens Hnríficas Ouvidria-Geral da Cmarca de Paranaguá Ouvidria-Geral d Ri de Janeir Plícia da Crte Privilégis Industriais Prvedria da Fazenda Real de Sants Real Erári Rebeliã de Pernambuc Recebedria d Ri de Janeir Registr Geral das Mercês Relaçã da Bahia Relaçã d Ri de Janeir Secretaria d Estad d Brasil Secretaria d Gvern da Capitania d Pará Secretaria d Gvern da Capitania d Ri Grande d Nrte Secretaria d Gvern da Capitania d Ri Grande d Sul Secretaria d Gvern da Nva Clônia de Sacrament Secretaria d Gvern da Prvíncia de Mat Grss Secretaria d Gvern da Prvíncia de Sã Paul Secretaria d Gvern da Prvíncia d Ceará Secretaria d Gvern da Prvíncia d Ri Grande d Sul

3 Série Agricultura - Prduçã Mineral (IA5) Série Fazenda - Bancs e Caixas (IF5) Série Fazenda - Casa da Meda Caixa de Amrtizaçã (IF6) Série Fazenda - Tesuraria da Fazenda - Alfândegas - Etc. (IF3) Série Interir - Administraçã (IJJ2) Série Interir - Crte - Distrit Federal - Territóris - Cmarcas (IJJ10) Série Interir - Cult Públic (IJJ11) Série Interir - Eleições (IJJ5) Série Interir - Estrangeirs: Vist - Expulsã - Permanência (IJJ7) Série Interir - Gabinete d Ministr (IJJ1) Série Interir - Imprensa Nacinal (IJJ12) Série Interir - Mrdmia - Casa Imperial - Casa Presidencial (IJJ3) Série Interir - Nacinalidades (IJJ6) Série Interir Negócis de Prvíncias e Estads (IJJ9) Série Interir - Negócis Plítics (IJJ4) Série Interir - Obras cntra as Secas, Inundações e Irrigações (IJJ14) Série Interir - Saneament Básic: Esgt e Chafarizes (IJJ15) Série Interir - Títuls: Títuls de Nbreza - Mercês - Pensões Etc. (IJJ8) Série Justiça - Administraçã (IJ2) Série Justiça - Gabinete d Ministr (IJ1) Série Marinha - Arsenal da Bahia (VIII M) Série Marinha - Arsenal de Pernambuc (XIII M) Série Marinha - Batalhã Naval - Inválids (XV M) Série Marinha - Escla Naval - Academia de Marinha (VI M) Série Marinha - Inspeçã d Arsenal da Crte (V M) Série Marinha - Inspeçã d Arsenal de Pernambuc (XII M) Série Marinha - Intendência da Bahia (IX M) Série Marinha - Intendência da Crte (VII M) Série Marinha - Intendência e Inspeçã da Bahia (XI M) Série Marinha - Ministr - Secretaria de Estad (X M) Série Marinha - Navis - Frça Naval - Distrits Navais (IV M) Série Marinha - Pagadria (II M) Série Marinha - Quartel-General e Cnselh Naval (III M) Série Marinha - Scrrs de Marinha - Crp de Fazenda (XVIII M) Serviç de Censura de Diversões Públicas - RJ Serviç de Plícia Marítima, Aérea e de Frnteiras - Sã Paul (Interir) Serviç de Plícia Marítima, Aérea e de Frnteiras - SP Serviç de Plícia Marítima, Aérea e de Frnteiras - SP (Sants) Serviç Nacinal de Fiscalizaçã da Medicina e Farmácia Tesuraria da Fazenda da Prvíncia da Bahia Tesuraria da Fazenda da Prvíncia de Sã Paul Tesuraria da Fazenda da Prvíncia d Ceará Tesuraria da Fazenda da Prvíncia d Pará Titulares Caixas Vazias Cmissã de Crreiçã Administrativa Cmissã Cnstrutra da Avenida Central Prcuradria Cmissã de Estuds Cnstitucinais

4 Decrets d Executiv Períd Imperial Decrets d Executiv Períd Republican Decrets Legislativs Decrets-Leis Institut Nacinal d Sal Leis Leis e Resluções Ministéri da Agricultura Ministéri da Agricultura Cmérci e Obras Públicas Ministéri da Indústria, Viaçã e Obras Públicas Série Justiça Administraçã (IJ2) Série Justiça Casa de Crreçã (IIIJ7) Série Justiça Casa de Detençã da Crte (IVJ7) Série Justiça Chancelaria, Cmutaçã de Penas e Graças (IJ3) Série Justiça Crp de Bmbeirs (IJ2) Série Justiça Magistratura e Justiça Federal Juízes, etc (IJ4) Série Justiça Magistratura Lcal (DF), Territóri Juizes Desembargadres (IJ5) Série Justiça Ministéri Públic Federal, Prcuradres, etc. (IJ9) Série Justiça Plícia Escravs Meda Falsa Africans (IJ6) Série Justiça Presídi Fernand de Nrnha (IIJ7) Série Justiça Prisões e casas de crreiçã (IJ7) Tribunal especial Série agricultura Terras Públicas e Clnizaçã (IC6) Série Cmunicaçã Crreis (ICC3) Série Cmunicaçã Telégrafs (ICC4) Série Educaçã Cultura _ Belas Artes Biblitecas Museus (IE7) Série Educaçã Ensin Primári (IE5) Série Educaçã Ensin Secundári (IE4) Série Educaçã Ensin Superir (IE3) Série Educaçã Ensin Técnic (IE6) Série Educaçã Gabinete d Ministr (IE1) Série Educaçã Observatóri Astrnômic (IE8) Série Fazenda - Administraçã (IF2) Série Fazenda Bancs e Caixas(IF5) Série Fazenda Casa da Meda Caixa de Amrtizaçã (IF6) Série Fazenda Cmissã Mista de Refrma Ecnômica Financeira (IF11) Série Fazenda Gabinete d Ministr (IF1) Série Fazenda Junta da Fazenda (IF7) Série Fazenda Lterias (IF9) Série Fazenda Própris Nacinais (IF10) Série Fazenda Tesuraria da Fazenda, Alfândega, etc. (IF3) Série Fazenda Tesuraria da Fazenda Prvíncia de Minas Gerais (IIF2) Série Fazenda Tribunal Tesur Nacinal e Prcuradrias Diverss GIFI Caixas Códices Junta Cmercial d Ri de Janeir Série Guerra Administraçã (IG2) Série Guerra Arsenais (IG7) Série Guerra Clônias Militares (IG12) Série Guerra Engenharia e Cmunicações (IG10)

5 Série Guerra Esclas (IG3) Série Guerra Fábricas (IG5) Série Guerra Gabinete d Ministr (IG1) Série Guerra Guarda Nacinal (IG13) Série Guerra Hspitais, Crp de Saúde (IG6) Série Guerra Intendência (IG4) Série Guerra Pagadria das Trpas (IG9) Série Guerra Quartéis (IG8) Série Marinha Inspeçã d Arsenal da Crte (VM) Série Marinha Arsenais de Diverss Estads (XVIIM) Série Marinha Arsenal da Bahia (VIIM) Série Marinha Capitania ds Prts (XVIM) Série Marinha Cntadria (IM) Série Marinha Escla Naval, Academia da Marinha (VIM) Série Marinha Intendência da Crte (VIIM) Série Marinha Cirúrgic Mr Hspital da Marinha (XIXM) Série Marinha Intendência e Inspeçã da Bahia (XIM) Série Marinha Ministr Secretaria d Estad (XM) Série Marinha Navis Frça Naval Distrits Navais (IVM) Série Marinha Pagadria (IIM) Série Marinha Quartel General e Cnselh Naval (IIIM) Série Marinha Scrrs da Marinha Crp de Fazenda (XVIIM) Série Relações Exterires Administraçã (IR2) Série Relações Exterires Atividades Cmercias e Culturais (IR4) Série Relações Exterires Gabinete d Ministr (IRI) Série Relações Exterires Missões Diplmáticas, etc (IR2) Série Saúde - Administraçã (IS2) Série Saúde Cemitéris e Funerais (IS5) Série Saúde Clinica Medica Hspitais Clinicas, etc (IS3) Série Saúde Gabinete d Ministr (ISI) Série Saúde Higiene e Saúde Publica Institut OsWald Cruz (IS4) Série Saúde Sciedades da Classe Medica (IS6) Série Viaçã Administraçã (IV2) Série Viaçã Estrada de Ferr (IV3) Série Viaçã Gabinete d Ministr (IVI) Série Viaçã Iluminaçã e Gás (IV8) Série Viaçã Marinha Mercante (IV4) Série de Plícia Marítima, aérea e de Frnteiras SPMAF/PR Arquiv Nacinal Caixas Vazias Diverss (GIFI) - caixas e códices Dcuments nã Classificads Institut Brasileir d Café Privilégis Industriais Serviç de Plícia Marítima, aérea e de Frnteiras SPMAF/PR Serviç de Plícia Marítima, aérea e de Frnteiras SPMAF/SP Sants GIFI Serviç de Plícia Marítima, Aérea e de Frnteiras SPMAF/RJ

6 Cmissã de Valres Mbiliares Divisã de Plícia Marítima, Aérea e de Frnteiras DPMAF Secretaria de Cultura d Ministéri da Educaçã e Cultura Cnselh de Desenvlviment Industrial

Aula 19 Brasil Império: o Primeiro Reinado (1822 1831) A monarquia autoritária

Aula 19 Brasil Império: o Primeiro Reinado (1822 1831) A monarquia autoritária Aula 19 Brasil Impéri: Primeir Reinad (1822 1831) A mnarquia autritária 1. Assembléia Cnstituinte de 1823 Já havia sid cnvcada na regência de D. Pedr (03/06/1822) Abertura da Assembléia Cnstituinte (03/05/1823)

Leia mais

As ferramentas SIG na análise e planeamento da inclusão. João Pereira Santos

As ferramentas SIG na análise e planeamento da inclusão. João Pereira Santos As ferramentas SIG na análise e planeament da inclusã Jã Pereira Sants 1 Agenda Apresentaçã Intergraph Evluçã SIGs Prjects SIGs Exempls Questões 2 Apresentaçã Intergraph Fundada em 1969, cm nme de M&S

Leia mais

VISTOS, relatados e discutidos os autos do Pedido de Providências 0.970,

VISTOS, relatados e discutidos os autos do Pedido de Providências 0.970, 1 Pedid de Prvidências n" 970 Requerente: Escla Nacinal da Magistratura e Assciaçã ds Magistrads d Brasil. Assunt:Resluçã n 11/2006 CNJ - Atividade jurídica - Curss de Pósgraduaçã - Ediçã de nrma de transiçã.

Leia mais

Exmo. Senhor Presidente da Assembleia Municipal do Peso da Régua

Exmo. Senhor Presidente da Assembleia Municipal do Peso da Régua Exm. Senhr Presidente da Assembleia Municipal d Pes da Régua Em cumpriment d dispst n nº 4 d Art.º 35º d Anex I da Lei nº 75/2013, de 12 de setembr, prest a infrmaçã escrita da Atividade Municipal n períd

Leia mais

MARCELLO VIEIRA LASNEAUX

MARCELLO VIEIRA LASNEAUX MARCELLO VIEIRA LASNEAUX RESUMO DAS QUALIFICAÇÕES Cnheciment de diversas áreas de bilgia, grande experiência cm prfessr de ensin básic, ratória, capacidade de trabalhs interdisciplinares, gestã, crdenaçã,

Leia mais

Carla Cristina Martins Pica

Carla Cristina Martins Pica Carla Cristina Martins Pica Telemóvel: 91 712 29 69 Crrei electrónic: carla.pica@marinha.pt u carlapica@me.cm Habilitações Literárias e Académicas Mestre em Ciências Jurídic-Plíticas, pela Faculdade de

Leia mais

CHIPRE Unido na Diversidade A UNIÃO EUROPEIA E OS DESAFIOS DO SÉCULO XX

CHIPRE Unido na Diversidade A UNIÃO EUROPEIA E OS DESAFIOS DO SÉCULO XX CHIPRE Unid na Diversidade A UNIÃO EUROPEIA E OS DESAFIOS DO SÉCULO XX CHIPRE Um país, duas bandeiras CHIPRE Um país dividid CHIPRE- Um país dividid REPUBLICA DE CHIPRE Capital: Nicósia Territóri: 5.895

Leia mais

Aulas 4 a 6 Revolução Francesa

Aulas 4 a 6 Revolução Francesa Aulas 4 a 6 Revluçã Francesa 1. Cnceit Mviment scial e plític crrid na França n final d sécul XVIII que teve pr bjetiv principal derrubar Antig Regime e instaurar um Estad demcrátic que representasse e

Leia mais

Dr. Pedro Antonio Pierro Neto CRM 102283

Dr. Pedro Antonio Pierro Neto CRM 102283 Dr. Pedr Antni Pierr Net CRM 102283 Dads Pessais Pedr Antni Pierr Net 40 ans casad. Rua Sã Jsé Operari, 484 AP. 42 Bela Vista Sant André (SP). Telefne Residencial (11) 2379-9232 Celular (11) 8133-4079.

Leia mais

1ª CIRCUNSCRIÇÃO DE REGISTRO CIVIL DE PESSOAS NATURAIS

1ª CIRCUNSCRIÇÃO DE REGISTRO CIVIL DE PESSOAS NATURAIS MINISTÉRIO DA JUSTIÇA ARQUIVO NACIONAL / DIREÇÃO-GERAL ACERVO DISPONÍVEL EM ORIGINAL A PARTIR DE 04 DE JULHO ADMINISTRAÇÃO DA FLORESTA DA TIJUCA AGRICULTURA ALFÂNDEGA DA BAHIA ALFÂNDEGA DO PARÁ ANAMARIA

Leia mais

1. No final da década de 1950 e início da década de 1960, qual foi a medida para povoar a Região Centro Oeste?

1. No final da década de 1950 e início da década de 1960, qual foi a medida para povoar a Região Centro Oeste? 1. "O Crist Redentr é uma estátua art déc que retrata Jesus Crist, lcalizada n bairr Santa Teresa, na cidade d Ri de Janeir, Brasil. Em 2007 fi eleit uma das nvas sete maravilhas d mund." Verdade u fals?

Leia mais

CONSIGNADO PÚBLICO ADVOCACIA GERAL DA UNIÃO AGENCIA BRASILEIRA DE INTELIGÊNCIA ABIN AGENCIA NACIONAL DE ÁGUAS ANA AGENCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL

CONSIGNADO PÚBLICO ADVOCACIA GERAL DA UNIÃO AGENCIA BRASILEIRA DE INTELIGÊNCIA ABIN AGENCIA NACIONAL DE ÁGUAS ANA AGENCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL CONSIGNADO PÚBLICO ADVOCACIA GERAL DA UNIÃO AGENCIA BRASILEIRA DE INTELIGÊNCIA ABIN AGENCIA NACIONAL DE ÁGUAS ANA AGENCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL AGENCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA AGENCIA NACIONAL

Leia mais

Secretaria de Políticas para as Mulheres

Secretaria de Políticas para as Mulheres Ir para cnteúd. Ir para a navegaçã acess a infrmaçã Acessibilidade A A A Busca Fale cm Gvern busca avançada Presidenta Vice-Presidente Legislaçã Blg d Planalt Palácis Secretaria de Plíticas para as Mulheres

Leia mais

Principais Pontos do Relatório Anual 2007. 1. O que é a Junta Internacional de Fiscalização de Entorpecentes - JIFE

Principais Pontos do Relatório Anual 2007. 1. O que é a Junta Internacional de Fiscalização de Entorpecentes - JIFE Relatóri Anual da Junta Internacinal de Fiscalizaçã de Entrpecentes - JIFE Principais Pnts d Relatóri Anual 2007 1. O que é a Junta Internacinal de Fiscalizaçã de Entrpecentes - JIFE 1.1 Funções da JIFE:

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 CURSO DE ENFERMAGEM Recnhecid pela Prtaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seçã 1. Pág. 20 Cmpnente Curricular: ENFERMAGEM NO CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR Códig: ENF-219 Pré-requisit: Nenhum

Leia mais

Aulas 16 e 17 A independência da América Espanhola

Aulas 16 e 17 A independência da América Espanhola Aulas 16 e 17 A independência da América Espanhla 1 - A independência da América Espanhla Cnceit: Quand: A) Fatres externs: Prcess de libertaçã das clônias espanhlas. Aprximadamente entre 1810 e 1830.

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2014: 1.ª FASE Nota de candidatura

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2014: 1.ª FASE Nota de candidatura Nta de canditura Clcad d últim d Nme Nme d curs Grau iniciais s clcad pel curs cntingente 0110 8031 Universide ds Açres - Angra d Herísm Ciências Farmacêuticas (Preparatóris) PM 15 10 134,0 5 0110 8085

Leia mais

MEMÓRIAS REVELADAS www.memoriasreveladas.gov.br

MEMÓRIAS REVELADAS www.memoriasreveladas.gov.br MEMÓRIAS REVELADAS www.memoriasreveladas.gov.br Relatório de Atendimentos ao Usuário Coordenação Regional do Arquivo Nacional no Distrito Federal (COREG) Rio de Janeiro e Brasília, agosto de 2010 1. Atendimento

Leia mais

MODIFICAÇÕES AO ORÇAMENTO DA DESPESA

MODIFICAÇÕES AO ORÇAMENTO DA DESPESA ENTIDADE MDIFICAÇÕES A RÇAMENT DA Pagina: 1 TTAL DE ALTERAÇÕES : 13 CMVC TTAL DE REVISÕES : 2 D AN CNTABILISTIC DE 2014 ATÉ À DATA : 2014/12/31 IDENTIFICAÇÃ DAS RUBRICAS MDIFICAÇÕES RÇAMENTAIS DTAÇÕES

Leia mais

Programa de Rádio. Ritmo Económico. Angola!Open!Policy!Initiative

Programa de Rádio. Ritmo Económico. Angola!Open!Policy!Initiative Prgrama de Rádi Ritm Ecnómic AnglaOpenPlicyInitiative 1 Rádi: Kairós da Igreja Metdista de Angla Nme d Prgrama: Ritm Ecnómic Géner: Talk shw Educativ Data da primeira ediçã: (pr definir) Apresentadres:

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES

Ministério da Educação - MEC Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES 1/2/2007 Gráfico 17 janeiro-2007 a janeiro-2007 6 janeiro-2006 a dezembro-2006 6 UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS /SÃO CARLOS UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA INSTITUTO

Leia mais

CARTILHA PARA ORIENTAÇÃO ACERCA DAS OBRIGAÇÕES PREVIDENCIÁRIAS PARA O PERÍODO ELEITORAL

CARTILHA PARA ORIENTAÇÃO ACERCA DAS OBRIGAÇÕES PREVIDENCIÁRIAS PARA O PERÍODO ELEITORAL MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL SECRETARIA DA RECEITA PREVIDENCIÁRIA - SRP DEPARTAMENTO DE FISCALIZAÇÃO - DEFIS CARTILHA PARA ORIENTAÇÃO ACERCA DAS OBRIGAÇÕES PREVIDENCIÁRIAS PARA O PERÍODO ELEITORAL

Leia mais

Antropologia do Consumo no Marketing

Antropologia do Consumo no Marketing Antrplgia d Cnsum n Marketing Objetivs Demnstrar cm as influências culturais estã relacinadas cm s hábits de cnsum, a relaçã cm as Marcas e cmprtament de cmpra, evidenciand assim, prcess fundamental para

Leia mais

Consulta Serviços de conceção e desenvolvimento criativo, produção e montagem do Fórum PORTUGAL SOU EU

Consulta Serviços de conceção e desenvolvimento criativo, produção e montagem do Fórum PORTUGAL SOU EU Cnsulta Serviçs de cnceçã e desenvlviment criativ, prduçã e mntagem d Fórum PORTUGAL SOU EU Julh 2014 Cnteúd 1. Intrduçã... 2 2. Enquadrament... 2 3. Públic-Alv... 2 4. Objetivs da Cnsulta... 3 5. Cndições

Leia mais

CTMA - Gerencial Relação de Atos de Destinação de Mercadorias

CTMA - Gerencial Relação de Atos de Destinação de Mercadorias Pág: 1/ 5. 1/2014 10/01/2014 Vestuário; 2/2014 10/01/2014 3/2014 27/01/2014 4/2014 27/01/2014 5/2014 27/01/2014 6/2014 27/01/2014 7/2014 27/01/2014 14/01/2014 CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DO ESPIRITO

Leia mais

GUIA DOS CARTÕES DE CREDITO BUSINESS / BUSINESS TRADE / BUSINESS GOLD

GUIA DOS CARTÕES DE CREDITO BUSINESS / BUSINESS TRADE / BUSINESS GOLD GUIA DOS CARTÕES DE CREDITO BUSINESS / BUSINESS TRADE / BUSINESS GOLD Índice Identificaçã e Utilizaçã Infrmações Úteis Segurs Assciads Serviçs Assciads Telefnes úteis Cuidads a ter cm seu cartã Identificaçã

Leia mais

Programa ADAI Projetos Brasileiros

Programa ADAI Projetos Brasileiros Programa ADAI Projetos Brasileiros Brasil 1999 1ª Convocatória Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte: Conservação preventiva de acervo audiovisual. Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami:

Leia mais

Aulas 68 e 69 O Nazi fascismo

Aulas 68 e 69 O Nazi fascismo Aulas 68 e 69 O Nazi fascism 1. Cnceit: Tip de gvern ttalitári característic n períd entre guerras (1918 1939). 2. Onde? Itália, Prtugal e Espanha (Fascism) Alemanha (Nazism) 3. Características básicas:

Leia mais

República de Moçambique Ministério das Finanças SISTAFE

República de Moçambique Ministério das Finanças SISTAFE República de Moçambique Ministério das Finanças SISTAFE Data de Geração: 01/10/2012 Orçamento do Estado para Ano de 2013 Código Designação 0101 Presidência da República 150,000.00 0.00 150,000.00 0105

Leia mais

1. Conceituação Percentual de crianças imunizadas com vacinas específicas, em determinado espaço geográfico, no ano considerado.

1. Conceituação Percentual de crianças imunizadas com vacinas específicas, em determinado espaço geográfico, no ano considerado. INDICADOR: F.13 COBERTURA VACINAL 1. Cnceituaçã Percentual de crianças imunizadas cm vacinas específicas, em determinad espaç gegráfic, n an cnsiderad. 2. Interpretaçã Estima nível de prteçã da ppulaçã

Leia mais

"XI - custo médio por beneficiário, por unidade orçamentária, por órgão e por Poder, dos gastos com: a) assistência médica e odontológica;"

XI - custo médio por beneficiário, por unidade orçamentária, por órgão e por Poder, dos gastos com: a) assistência médica e odontológica; Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal ASSISTÊNCIA MÉDICA E ODONTOLÓGICA AOS SERVIDORES, EMPREGADOS E SEUS DEPENDENTES Lei nº 10.707, de 30 de julho de 2003, Inciso

Leia mais

Elidomar da Silva Alcoforado

Elidomar da Silva Alcoforado Elidmar da Silva Alcfrad +351 932 080 465 - Casa d Reitr, Campus Universitári da Penha, Universidade d Algarve, 8005-139, Far, Prtugal - Av. Ináci de Barrs Barret, 233, Várzea, Recife/PE, 50741-390 Brazil.

Leia mais

POR UMA GEOGRAFIA MELHOR

POR UMA GEOGRAFIA MELHOR LISTA CANDIDATA ÀS ELEIÇÕES PARA OS CORPOS SOCIAIS DA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE GEÓGRAFOS BIÉNIO 2006-2008 POR UMA GEOGRAFIA MELHOR Assembleia Geral Presidente Jsé Albert Ri Fernandes (FL, Universidade

Leia mais

Aliança Estratégica com a Delta Dezembro, 2011. Uma Consistente História de Investimento

Aliança Estratégica com a Delta Dezembro, 2011. Uma Consistente História de Investimento Aliança Estratégica cm a Delta Dezembr, 2011 Uma Cnsistente História de Investiment 1 Agenda Resum da Operaçã 1 Benefícis da Operaçã 2 2 Disclaimer O material a seguir é uma apresentaçã cnfidencial cntend

Leia mais

Situação Atual da EFTP no Afeganistão

Situação Atual da EFTP no Afeganistão Data: 8 de mai de 2015 Situaçã Atual da EFTP n Afeganistã Dr. Enayatullah Mayel Diretr Executiv d Prgrama Prgrama Nacinal de Desenvlviment de Cmpetências Ministéri d Trabalh, Assunts Sciais, Mártires e

Leia mais

Exmo. Senhor Presidente da Assembleia Municipal do Peso da Régua

Exmo. Senhor Presidente da Assembleia Municipal do Peso da Régua Exm. Senhr Presidente da Assembleia Municipal d Pes da Régua Em cumpriment d dispst na alínea e) d nº 1 d Art.º 53º da Lei nº 169/99, de 18 de setembr, prest a infrmaçã escrita da Atividade Municipal n

Leia mais

CURRICULUM VITAE Alys

CURRICULUM VITAE Alys CURRICULUM VITAE Alys Dados pessoais: Nome: Alys Bittencourt Furtado Profissão: médica, artista plástica Formação artística: Prof. Roberto de Souza Prof. Daniel Elbaum 1. Troféu: 2002 - Troféu Henrique

Leia mais

Ocupacional. Litoral Sul

Ocupacional. Litoral Sul Seinári Nacinal Unied de Saúde e Acidente d Trabalh 2009 esa: Experiência de sucess e saúde cupacinal e acidente d trabalh Departaent de Saúde (DSO) Unied /RS Dr. Luiz Fernand Hrain A Unied Fundada e 1994,

Leia mais

ROTEIRO DE PROJETOS. 6 Email: Pirilampo.sede@hotmail.com

ROTEIRO DE PROJETOS. 6 Email: Pirilampo.sede@hotmail.com ATENÇÃO: Este frmulári cntém rientações quant a preenchiment de cada camp. Após preenchiment, excluir as rientações que aparecem em clchetes ([]). I. INFORMAÇÃO SOBRE A ORGANIZACAO RESPONSÁVEL PELO PROJETO

Leia mais

MODIFICAÇÕES AO ORÇAMENTO DA DESPESA

MODIFICAÇÕES AO ORÇAMENTO DA DESPESA ENTIDADE MDIFICAÇÕES A RÇAMENT DA Pagina: 1 TTAL DE ALTERAÇÕES : 5 MUNICIPI DE ESPINH TTAL DE REVISÕES : 1 D AN CNTABILISTIC DE 2007 IDENTIFICAÇÃ DAS RUBRICAS MDIFICAÇÕES RÇAMENTAIS 01 ASSEMBLEIA MUNICIPAL

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Econômico Regional e Local dos Municípios do Pontal do Paranapanema

Plano de Desenvolvimento Econômico Regional e Local dos Municípios do Pontal do Paranapanema Plan de Desenvlviment Ecnômic Reginal e Lcal ds Municípis d Pntal d Paranapanema 1ª Etapa Diagnóstic Ecnômic e Definiçã de Cenáris Apresentaçã as municípis 20/08/2014 Cnvêni: Elabraçã: Plan de Desenvlviment

Leia mais

Farmácia Clínica no Brasil: passado, presente e futuro

Farmácia Clínica no Brasil: passado, presente e futuro Marcs histórics/marcs legais 1950 Prcess de mdernizaçã ds serviçs de farmácia hspitalar Santas Casas de Misericórdia Hspital das Clínicas/USP 1962 Criaçã d 1º Centr de Infrmaçã sbre Medicaments Universidade

Leia mais

Rótulos de Linha Contagem de MATRICULA

Rótulos de Linha Contagem de MATRICULA POR ORDEM ALFABÉTICA Rótulos de Linha Contagem de MATRICULA ADVOCACIA-GERAL DA UNIAO 27 AGENCIA BRASILEIRA DE INTELIGENCIA 2 AGENCIA NACIONAL DE VIGILANCIA SANITARIA 1 CENTRO FED.DE EDUC.TECNOL.MINAS GERAIS

Leia mais

Modelo de Comunicação. Programa Nacional para a Promoção da Saúde Oral

Modelo de Comunicação. Programa Nacional para a Promoção da Saúde Oral Mdel de Cmunicaçã Prgrama Nacinal para a Prmçã da Saúde Oral Âmbit d Dcument O presente dcument traduz mdel de cmunicaçã entre Centr de Suprte da SPMS e utilizadres d Sistema de Infrmaçã para a Saúde Oral

Leia mais

Lei das Precedências do Protocolo do Estado Português

Lei das Precedências do Protocolo do Estado Português Lei das Precedências do Protocolo do Estado Português Lei n.º 40/2006, de 25 de Agosto A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea c) do artigo 161.º da Constituição, o seguinte: SECÇÃO I Princípios

Leia mais

O presente documento suporta a apreciação do ponto 3 da Agenda da Comissão de Acompanhamento, sendo composto por duas partes:

O presente documento suporta a apreciação do ponto 3 da Agenda da Comissão de Acompanhamento, sendo composto por duas partes: DOC. CA/N/15/08 PROGRAMA OPERACIONAL ALENTEJO EIXO 2 DESENVOLVIMENTO URBANO E EIXO 3 CONECTIVIDADE E ARTICULAÇÃO TERRITORIAL INSTRUMENTO: MOBILIDADE TERRITORIAL O presente dcument suprta a apreciaçã d

Leia mais

III Seminário do Agronegócio. Financiamento e Marketing 24 e 25 de novembro de 2005 Auditório da Biblioteca Central Universidade Federal de Viçosa

III Seminário do Agronegócio. Financiamento e Marketing 24 e 25 de novembro de 2005 Auditório da Biblioteca Central Universidade Federal de Viçosa III Seminári d Agrnegóci Financiament e Marketing 24 e 25 de nvembr de 2005 Auditóri da Bibliteca Central Universidade Federal de Viçsa RELATÓRIO FINAL O EVENTO O III Seminári d Agrnegóci fi realizad dias

Leia mais

FUNDOS ESPECIAIS FUNCOES CODIGO! NOME! LEGISLATIVA! JUDICIARIA! ESSENCIAL A JUSTICA! ADMINISTRACAO!!!!

FUNDOS ESPECIAIS FUNCOES CODIGO! NOME! LEGISLATIVA! JUDICIARIA! ESSENCIAL A JUSTICA! ADMINISTRACAO!!!! DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ORGAOS E ANEXO 9 DA LEI 4.320/64 11/02/2016 FOLHA: 1 CODIGO! NOME! LEGISLATIVA! JUDICIARIA! ESSENCIAL A JUSTICA! ADMINISTRACAO 02610 FUNDO ESP. DE MOD. DO CONT. EXT. DO 13.615.465,42

Leia mais

O SR. PRESIDENTE (Gim Argello. PTB DF) Sobre a mesa, requerimento que passo a ler. É lido o seguinte:

O SR. PRESIDENTE (Gim Argello. PTB DF) Sobre a mesa, requerimento que passo a ler. É lido o seguinte: 30730 Sexta-feira 15 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Agosto de 2008 O SR. PRESIDENTE (Gim Argello. PTB DF) Sobre a mesa, requerimento que passo a ler. É lido o seguinte: REQUERIMENTO Nº 979, DE 2008 Requeiro,

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UM WEB SITE PARA A BASE DE CONHECIMENTOS DO PROGRAMA DE APOIO AOS ACTORES NÃO ESTATAIS ANGOLA

DESENVOLVIMENTO DE UM WEB SITE PARA A BASE DE CONHECIMENTOS DO PROGRAMA DE APOIO AOS ACTORES NÃO ESTATAIS ANGOLA DESENVOLVIMENTO DE UM WEB SITE PARA A BASE DE CONHECIMENTOS DO PROGRAMA DE APOIO AOS ACTORES NÃO ESTATAIS ANGOLA REQUISITOS TECNICOS O Prgrama de Api as Actres Nã Estatais publica uma slicitaçã para prestaçã

Leia mais

A ATUAÇÃO DA AUTORIDADE MARÍTIMA NOS CASOS DE POLUIÇÃO HÍDRICA

A ATUAÇÃO DA AUTORIDADE MARÍTIMA NOS CASOS DE POLUIÇÃO HÍDRICA MARINHA DO BRASIL DIRETORIA DE PORTOS E COSTAS A ATUAÇÃO DA AUTORIDADE MARÍTIMA NOS CASOS DE POLUIÇÃO HÍDRICA Rodolfo Henrique de Saboia Superintendente de Meio Ambiente ROTEIRO ATRIBUIÇÕES LEGAIS DA MARINHA

Leia mais

INDICE DE PREÇOS TURISTICO. Desenvolvido no quadro do Programa Comum de Estatística CPLP com o apoio técnico do INE de Portugal

INDICE DE PREÇOS TURISTICO. Desenvolvido no quadro do Programa Comum de Estatística CPLP com o apoio técnico do INE de Portugal INDICE DE PREÇOS TURISTICO Desenvlvid n quadr d Prgrama Cmum de Estatística CPLP cm api técnic d INE de Prtugal Estrutura da Apresentaçã INTRODUÇÃO. METODOLOGIA. FORMA DE CÁLCULO. PROCESSO DE TRATAMENTO.

Leia mais

O que é sucessão de responsabilidades?

O que é sucessão de responsabilidades? GLOSSÁRIO DO EMPREENDEDOR O que é capital inicial? É capital de gir necessári para iniciar as atividades de seu negóci e "rdar" as perações até cmeçar a gerar receita suficiente para equilibrar este capital.

Leia mais

Procedimentos Hospitalares do SUS por local de internação de 1992 a 2007 Notas Técnicas. Descrição das variáveis disponíveis para tabulação

Procedimentos Hospitalares do SUS por local de internação de 1992 a 2007 Notas Técnicas. Descrição das variáveis disponíveis para tabulação Prcediments Hspitalares d SUS pr lcal de internaçã de 1992 a 2007 Ntas Técnicas Origem ds dads Os dads dispníveis sã riunds d Sistema de Infrmações Hspitalares d SUS - SIH/SUS, gerid pel Ministéri da Saúde,

Leia mais

CAE Rev_3: 74900 e 71120 LICENCIAMENTO DE EMPRESAS PARA O EXERCÍCIO DE ACTIVIDADES DE PRODUÇÃO E RENOVAÇÃO DE CADASTRO PREDIAL

CAE Rev_3: 74900 e 71120 LICENCIAMENTO DE EMPRESAS PARA O EXERCÍCIO DE ACTIVIDADES DE PRODUÇÃO E RENOVAÇÃO DE CADASTRO PREDIAL O cnteúd infrmativ dispnibilizad pela presente ficha nã substitui a cnsulta ds diplmas legais referenciads e da entidade licenciadra. FUNCHAL CAE Rev_3: 74900 e 71120 LICENCIAMENTO DE EMPRESAS PARA O EXERCÍCIO

Leia mais

Cm Criar Seu Própri Empreg em Apenas 5 Passs 1 1º Pass: A IDEIA 2º Pass: O CONTACTO COM VÁRIAS INSTITUIÇÕES E ENTIDADES 3º Pass: PLANO DE NEGÓCIOS 4º Pass: CRIAÇÃO DA EMPRESA E INÍCIO DE ACTIVIDADE 5º

Leia mais

0054 - Pagamento de Pessoal Inativo e Pensionistas do Estado do Mato Grosso (Art. 27 da Lei Complementar nº 31, de 1977)

0054 - Pagamento de Pessoal Inativo e Pensionistas do Estado do Mato Grosso (Art. 27 da Lei Complementar nº 31, de 1977) Programa 0089 - Previdência de Inativos e Pensionistas da União 0053 - Pagamento de Pessoal Inativo e Pensionistas dos Extintos Estados e Territórios Número de Ações 305 Esfera: 20 - Orçamento da Seguridade

Leia mais

Nome do programa, pesquisa ou produto: Projeto Censo GIFE 2005/2006

Nome do programa, pesquisa ou produto: Projeto Censo GIFE 2005/2006 1 GIFE Grup de Instituts, Fundações e Empresas Dads da rganizaçã Data de elabraçã da ficha: Fev 2008 Nme: GIFE Grup de Instituts, Fundações e Empresas Endereç: Av. Brigadeir Faria Lima, 2.413 1º andar

Leia mais

Aulas 45 e 46 O Imperialismo no século XIX

Aulas 45 e 46 O Imperialismo no século XIX Aulas 45 e 46 O Imperialism n sécul XIX 1. Cnceit: 2. Onde? Dmíni de vastas áreas d planeta pr parte de nações industrializadas (ING, FRA, HOL, BEL, ALE, ITA, JAP, EUA, RUS). África e Ásia (Neclnialism)

Leia mais

RIBEIRO, Cândido Barata * pref. DF 1892-1893; min. STF 1893-1894; sen. DF 1900-1909.

RIBEIRO, Cândido Barata * pref. DF 1892-1893; min. STF 1893-1894; sen. DF 1900-1909. RIBEIRO, Cândido Barata * pref. DF 1892-1893; min. STF 1893-1894; sen. DF 1900-1909. Cândido Barata Ribeiro nasceu na cidade de Salvador, capital da província da Bahia, no dia 11 de março de 1843, filho

Leia mais

CONSTITUIÇÃO FEDERAL TÍTULO III DA ORGANIZAÇÃO DO ESTADO CAPÍTULO II DA UNIÃO

CONSTITUIÇÃO FEDERAL TÍTULO III DA ORGANIZAÇÃO DO ESTADO CAPÍTULO II DA UNIÃO Art. 21- Compete à União: TÍTULO III DA ORGANIZAÇÃO DO ESTADO CAPÍTULO II DA UNIÃO I - Manter relações com Estados estrangeiros e participar de organizações internacionais; II - Declarar a guerra e celebrar

Leia mais

Ministério da Justiça. Orientações para a preparação dos Policiais que atuam na Região

Ministério da Justiça. Orientações para a preparação dos Policiais que atuam na Região Ministéri da Justiça Departament da Plícia Federal Academia Nacinal de Plícia Secretaria Nacinal de Segurança Pública Departament de Pesquisa, Análise da Infrmaçã e Desenvlviment Humanan Orientações para

Leia mais

H. Problemas/outras situações na ligação com a Segurança Social;

H. Problemas/outras situações na ligação com a Segurança Social; Mdel de Cmunicaçã Certificads de Incapacidade Temprária Âmbit d Dcument O presente dcument traduz mdel de cmunicaçã entre Centr de Suprte da SPMS e clientes n âmbit ds CIT Certificads de Incapacidade Temprária.

Leia mais

REGULAMENTO DA OLIMPÍADA JURÍDICA 2014

REGULAMENTO DA OLIMPÍADA JURÍDICA 2014 1 REGULAMENTO DA OLIMPÍADA JURÍDICA 2014 PARTICIPANTES A Olimpíada Jurídica 2014 é uma cmpetiçã direcinada a aluns que estejam regularmente matriculads ns curss de graduaçã de Direit de Instituições de

Leia mais

Escola de Formação Política Miguel Arraes. Módulo I História da Formação Política Brasileira. Aula 2 A História do Brasil numa dimensão ética

Escola de Formação Política Miguel Arraes. Módulo I História da Formação Política Brasileira. Aula 2 A História do Brasil numa dimensão ética LINHA DO TEMPO Módulo I História da Formação Política Brasileira Aula 2 A História do Brasil numa dimensão ética SEC XV SEC XVIII 1492 A chegada dos espanhóis na América Brasil Colônia (1500-1822) 1500

Leia mais

Reajusta os valores das tabelas de vencimento básico das carreiras do Poder Executivo que menciona e dá outras providências.

Reajusta os valores das tabelas de vencimento básico das carreiras do Poder Executivo que menciona e dá outras providências. LEI Nº 18.802, DE 31 DE MARÇO DE 2010. Reajusta os valores das tabelas de vencimento básico das carreiras do Poder Executivo que menciona e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS,

Leia mais

PROPOSTA PEDAGÓGICA CURRICULAR GEOGRAFIA

PROPOSTA PEDAGÓGICA CURRICULAR GEOGRAFIA Ensin Fundamental e Médi Rua Estáci de Sá, 667, Bairr Pacaembu, Cascavel, PR Fnes: (45) 3229-5260/3229-1043 Site: www.cscpacaembu.seed.pr.gv.br e-mail: cscpacaembu@seed.pr.gv.br PROPOSTA PEDAGÓGICA CURRICULAR

Leia mais

46ª 47ª 81ª 82ª 83ª 48ª 49ª

46ª 47ª 81ª 82ª 83ª 48ª 49ª Extraordinárias do Conselho Nacional do Meio Ambiente CONAMA realizadas nos exercícios 2006 e 2007 2006 2007 46ª Reunião Extraordinária do CONAMA, 21 e 22/02/2006 85ª Reunião Ordinária do CONAMA, 25 e

Leia mais

2. Condições a Observar pelas Empresas Beneficiárias. Síntese dos termos e condições gerais da Linha de Crédito PME Crescimento. Condições genéricas:

2. Condições a Observar pelas Empresas Beneficiárias. Síntese dos termos e condições gerais da Linha de Crédito PME Crescimento. Condições genéricas: 2. Cndições a Observar pelas Empresas Beneficiárias Síntese ds terms e cndições gerais da Linha de Crédit PME Cresciment ( presente dcument identifica as principais características da Linha de Crédit PME

Leia mais

Período Joanino 1808-1821

Período Joanino 1808-1821 Período Joanino 1808-1821 Bloqueio Continental - 1806 Tratado de Fontainebleau - 1807 Guerras Napoleônicas Fatores Motivadores Invasão das tropas Napoleônicas - Espanha Invasão das tropas Napoleônicas

Leia mais

Uma nova proposta para a Agenda Ambiental Portuária

Uma nova proposta para a Agenda Ambiental Portuária Uma nva prpsta para a Agenda Ambiental Prtuária Marcs Maia Prt Gerente de Mei Ambiente O grande desafi a tratar cm as questões ambientais prtuárias é bter um resultad equilibrad que harmnize s cnflits

Leia mais

DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ÓRGÃO E FUNÇÕES Anexo 9 - Lei 4.320/64 TOTAL GERAL: UF: MINAS GERAIS MUNICÍPIO: GUARANESIA FOLHA: 1 ORÇAMENTO 2009

DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ÓRGÃO E FUNÇÕES Anexo 9 - Lei 4.320/64 TOTAL GERAL: UF: MINAS GERAIS MUNICÍPIO: GUARANESIA FOLHA: 1 ORÇAMENTO 2009 FOLHA: 1 CÓDIGO DESCRIÇÃO Legislativa Judiciaria Essencial a Justica 646.000.00 565.180.00 646.000.00 565.180.00 FOLHA: 2 CÓDIGO DESCRIÇÃO Administracao Defesa Nacional Seguranca Publica 1.583.973.00 61.132.00

Leia mais

Clube do Milhão - O desempenho da CTIS Tecnologia entre os 10 maiores fornecedores de TI ao governo

Clube do Milhão - O desempenho da CTIS Tecnologia entre os 10 maiores fornecedores de TI ao governo Clube do Milhão - O desempenho da CTIS Tecnologia entre os 10 maiores fornecedores de TI ao governo POSITIVO INFORMATICA S/A + EDITORA POSITIVO LTDA (R$ 39.104.653,29 ) 134.999.555,78 CTIS TECNOLOGIA S.A

Leia mais

PROC. N. 5673/05 P.L.L. N. 0266/05 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

PROC. N. 5673/05 P.L.L. N. 0266/05 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS Trazemos à consideração dos nobres Vereadores o presente Projeto de Lei para, com o apoio desta Casa, conceder o título honorífico de Cidadão Emérito de Porto Alegre ao Ministro Luiz

Leia mais

Educação pública e reforma agrária.

Educação pública e reforma agrária. XXVII Cngres de la Asciación Latinamericana de Scilgía. VIII Jrnadas de Scilgía de la Universidad de Buens Aires. Asciación Latinamericana de Scilgía, Buens Aires, 2009. Educaçã pública e refrma agrária.

Leia mais

EDITAL Nº 034/2014 ESCOLA JUDICIAL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO DE SERVIDORES

EDITAL Nº 034/2014 ESCOLA JUDICIAL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO DE SERVIDORES EDITAL Nº 034/2014 ESCOLA JUDICIAL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO DE SERVIDORES Trna pública a abertura de inscrições para Curs PJE VARAS CÍVEIS Módul Servidres, destinad

Leia mais

18h00 - Abertura do Evento com apresentação cultural - [ Arte Cultura Afrobrasileira

18h00 - Abertura do Evento com apresentação cultural - [ Arte Cultura Afrobrasileira PROGRAMAÇÃO [Dia 23-11 - 2015] 16h00 Credenciament 18h00 - Abertura d Event cm apresentaçã cultural - [ Arte Cultura Afrbrasileira ] 19h30 - Frmaçã da mesa: Reitr da Representante d Ministéri d Trabalh

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO

INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO 01. Instruções para recadastrament Pessa Física IN CVM 301/2001 e 463/2008 1. Pr favr preencha tds s camps ds frmuláris, aqueles que nã frem preenchids, pr gentileza, bliterá-ls u invalidá-ls; 2. Imprima

Leia mais

Direitos e Obrigações no âmbito dos Acidentes Profissionais e Doenças Profissionais

Direitos e Obrigações no âmbito dos Acidentes Profissionais e Doenças Profissionais Cmunicaçã Direits e Obrigações n âmbit ds Acidentes Prfissinais e Denças Prfissinais Direits e Obrigações n âmbit ds Acidentes Prfissinais e Denças Prfissinais (Lei nº 98/2009 de 4 de Setembr) 1- QUEM

Leia mais

Combate e Prevenção ao Crime de Lavagem de Dinheiro

Combate e Prevenção ao Crime de Lavagem de Dinheiro Cmbate e Prevençã a Crime de Lavagem de Dinheir Infrmações d curs Apresentaçã d Curs Cm as alterações impstas pela Lei nº 12683/12, tdas as pessas e agentes que u=lizam valres prvenientes de infrações

Leia mais

*militar; interv. RJ 1946; min. Viação 1956-1959; pres. BNDE 1959-1961.

*militar; interv. RJ 1946; min. Viação 1956-1959; pres. BNDE 1959-1961. MEIRA, Lúcio *militar; interv. RJ 1946; min. Viação 1956-1959; pres. BNDE 1959-1961. Lúcio Martins Meira nasceu em Petrópolis (RJ) no dia 3 de março de 1907, filho de Bernardo Martins Meira e de Isabel

Leia mais

INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR

INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR A pertinência e valr demnstrad das valências d Cartã de Saúde Cfre, em razã d flux de adesões e pedids de esclareciment, trnam essencial dar evidência e respsta a algumas situações

Leia mais

TIAGO JORGE NICOLAU DE ABREU CURRICULUM VITAE

TIAGO JORGE NICOLAU DE ABREU CURRICULUM VITAE TIAGO JORGE NICOLAU DE ABREU CURRICULUM VITAE 1. INFORMAÇÃO PESSOAL Nme: Tiag Jrge Niclau de Abreu Data de nasciment: 12 de Fevereir de 1973 Nacinalidade: Prtuguesa Ordem ds Engenheirs: N.º 40667 Dmicíli

Leia mais

mapa A Secretaria de Estado dos Negócios da Marinha Felipe Pessanha de Almeida Memória da Administração Pública Brasileira Cadernos MAPA n.

mapa A Secretaria de Estado dos Negócios da Marinha Felipe Pessanha de Almeida Memória da Administração Pública Brasileira Cadernos MAPA n. mapa Memória da Administração Pública Brasileira A Secretaria de Estado dos Negócios da Marinha Felipe Pessanha de Almeida Cadernos MAPA n.8 Memória da Administração Pública Brasileira A Secretaria de

Leia mais

Proposta de Formação para o uso pedagógico e integrado do Tablet Educacional Estudos Autônomos

Proposta de Formação para o uso pedagógico e integrado do Tablet Educacional Estudos Autônomos Prpsta de Frmaçã para us pedagógic e integrad d Tablet Educacinal Estuds Autônms Objetiv geral: OBJETIVOS Prmver a Frmaçã Cntinuada ds Prfessres, Crdenadres Pedagógics e Gestres Esclares, na mdalidade

Leia mais

Seminário Pontificia Universidade Católica do Rio Grande do Sul PUCRS 20 a 22 de Outubro de 2014. Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

Seminário Pontificia Universidade Católica do Rio Grande do Sul PUCRS 20 a 22 de Outubro de 2014. Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Seminári Pntificia Universidade Católica d Ri Grande d Sul PUCRS 20 a 22 de Outubr de 2014 Ministéri da Ciência, Tecnlgia e Invaçã ÍNDICE Cm funcina CNPq? Sistema de Avaliaçã Prjets e Blsas. Platafrmas

Leia mais

Excluídas as seguintes definições:

Excluídas as seguintes definições: Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações Entre PM AM.08 APLICAÇÃO DE PENALIDADE POR INSUFICIÊNCIA DE CONTRATAÇÃO E PENALIDADE POR INSUFICIÊNCIA DE LASTRO DE VENDA & PdC AM.10 MONITORAMENTO DE INFRAÇÃO

Leia mais

OPEN CAIXA LOTERIAS DE ATLETISMO 2015 21 a 25 de Abril São Paulo, SP - Brasil INFORMAÇÕES GERAIS

OPEN CAIXA LOTERIAS DE ATLETISMO 2015 21 a 25 de Abril São Paulo, SP - Brasil INFORMAÇÕES GERAIS OPEN CAIXA LOTERIAS DE ATLETISMO 2015 21 a 25 de Abril Sã Paul, SP - Brasil INFORMAÇÕES GERAIS 1. Cmitê Organizadr Lcal Cmitê Paralímpic Brasileir (CPB) 1.1. Cntats Nme: Ricard Mel Fernand Partelli Email:

Leia mais

Número de cédula profissional (se médico); Nome completo; 20/06/2014 1/7

Número de cédula profissional (se médico); Nome completo; 20/06/2014 1/7 Mdel de Cmunicaçã Sistema Nacinal de Vigilância Epidemilógica Âmbit d Dcument O presente dcument traduz mdel de cmunicaçã entre Centr de Suprte da SPMS e clientes d Sistema Nacinal de Vigilância Epidemilógica.

Leia mais

Instituto Politécnico de Tomar. Escola Superior de Tecnologia de Abrantes. História Diplomática Portuguesa. Obrigatória

Instituto Politécnico de Tomar. Escola Superior de Tecnologia de Abrantes. História Diplomática Portuguesa. Obrigatória Institut Plitécnic de Tmar Escla Superir de Tecnlgia de Abrantes Curs Cmunicaçã Scial An Lectiv 2006-07 Ficha da Disciplina Unidade Curricular História Diplmática Prtuguesa Crédits ECTS - An 3º Carga hrária

Leia mais

CURRICULUM VITAE (sintético)

CURRICULUM VITAE (sintético) Universidade Técnica de Lisba CURRICULUM VITAE (sintétic) Abel Hermíni Lurenç Crreia acrreia@fmh.ult.pt Junh de 2013 1 1. Identificaçã e habitações Natural de Justes, Vila Real, 24 de junh de 1963. Prfessr

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2009 Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( )

PLANO DE ENSINO 2009 Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Fundamental I ( ) Fundamental II ( ) Médi PLANO DE ENSINO 2009 Médi Prfissinalizante ( ) Prfissinalizante ( ) Graduaçã ( x ) Pós-graduaçã ( ) I. Dads Identificadres Curs Superir de Tecnlgia em Gestã Ambiental

Leia mais

PORTFÓLIO FELCO FALEIROS PROJETOS E CONSULTORIA EM ENGENHARIA LTDA. EPP

PORTFÓLIO FELCO FALEIROS PROJETOS E CONSULTORIA EM ENGENHARIA LTDA. EPP PORTFÓLIO FELCO FALEIROS PROJETOS E CONSULTORIA EM ENGENHARIA LTDA. EPP 2015 FELCO FALEIROS PROJETOS E CONSULTORIA EM ENGENHARIA LTDA. EPP A Felc Faleirs () é uma empresa prestadra de serviçs técnics cnsultivs

Leia mais

A função agricultura na Base Mapa/Sian

A função agricultura na Base Mapa/Sian A função agricultura na Base Mapa/Sian Encontram-se disponíveis da Base Mapa/SIAN informações sobre mais de 300 órgãos da administração pública brasileira que desempenharam atribuições relacionadas à agricultura,

Leia mais

Poder e escola: Uma analise acerca das relações entre professor e aluno.

Poder e escola: Uma analise acerca das relações entre professor e aluno. Pder e escla: Uma analise acerca das relações entre prfessr e alun. Marcs Paul A. Rdrigues 1 Andersn Silva Nunes 2 Intrduçã: O presente trabalh expõe s tips de pder exercid pels prfessres sbre s aluns,

Leia mais

PROGRAMA DE AÇÃO PARA O ANO 2016

PROGRAMA DE AÇÃO PARA O ANO 2016 PROGRAMA DE AÇÃO PARA O ANO 2016 Tend presente a Missã da Federaçã Prtuguesa de Autism: Defesa incndicinal ds direits das pessas cm Perturbações d Espectr d Autism e suas famílias u representantes. Representaçã

Leia mais

Rei (controla poder moderador) além de indicar o primeiro ministro e dissolve a Câmara de Deputados Monarquia torna-se estável

Rei (controla poder moderador) além de indicar o primeiro ministro e dissolve a Câmara de Deputados Monarquia torna-se estável História do Brasil Professora Agnes (Cursinho Etec Popular de São Roque) Política Interna O SEGUNDO REINADO (1840-1889) * Apogeu da monarquia brasileira. * Centralização política e administrativa. * Pacificação

Leia mais

PORTARIA N o 52, DE 7 DE NOVEMBRO DE 2007 (publicado no DOU, de 08/11/2007,( seção I, pág. 73)

PORTARIA N o 52, DE 7 DE NOVEMBRO DE 2007 (publicado no DOU, de 08/11/2007,( seção I, pág. 73) PORTARIA N o 52, DE 7 DE NOVEMBRO DE 2007 (publicado no DOU, de 08/11/2007,( seção I, pág. 73) O SECRETÁRIO DE ORÇAMENTO FEDERAL, Substituto, tendo em vista a autorização constante do art. 62, inciso III,

Leia mais