de erro vão popular a tela do cliente, sem qualquer sucesso na conexão.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "de erro vão popular a tela do cliente, sem qualquer sucesso na conexão."

Transcrição

1 Cliente Windows 7 no Samba com LDAP CAPA Samba com Windows 7 Para o Windows 7 fazer logon em domínios Samba, é necessário mais do que força de vontade. Siga este passo a passo para o sucesso. por Marcos Amorim e Pablo Hess Dificilmente um cliente causa problemas na rede, certo? A chegada do Windows 7, portanto, não deve apresentar dificuldades para os administradores de redes. No entanto, alguns dos caminhos padrão para efetuar as configurações necessárias sofreram alterações, na busca da Microsoft por uma melhor usabilidade ou, talvez, apenas por novidades para os usuários. Vejamos, portanto, como integrar suas novas estações com Windows 7 aos servidores GNU/Linux, para efetuar logon na rede Samba e compartilhar impressoras e arquivos, seja com o servidor ou com outras estações GNU/Linux. Samba O primeiro passo para integrar uma estação Windows 7 a uma rede Samba é, naturalmente, pôr em funcionamento o servidor Samba. A configuração de um servidor Samba, no entanto, requer alguns cuidados. O primeiro é a versão do servidor. O novo sistema da Microsoft exige um servidor Samba a partir da versão 3.3; caso contrário, somente mensagens de erro vão popular a tela do cliente, sem qualquer sucesso na conexão. LDAP com Samba O uso do OpenLDAP é independente do Samba, mas o objetivo deste artigo é construir a solução completa, conforme se vê nas empresas. O cenário mais comum é integrar o servidor Samba à infraestrutura (back-end) do OpenLDAP, que por sua vez se torna responsável por gerenciar os usuários e grupos (tanto do Samba quanto do Unix) de forma centralizada. Sem o OpenLDAP, cada usuário que precisar de uma pasta privada no servidor Samba precisará ser criado tanto no Samba quanto no sistema GNU/Linux do servidor uma duplicação de tarefas pouco desejável, sem dúvida. Com o OpenLDAP, os comandos useradd e smbpasswd podem ser esquecidos, pois ambos serão substituídos pelo comando smbldap-useradd. Para os passos a seguir, é necessário que os pacotes dos servidores Samba e OpenLDAP estejam instalados, assim como os utilitários e as ferramentas de integração do OpenLDAP ao restante do sistema GNU/Linux. Em sistemas derivados do Debian, o comando necessário é: apt-get install slapd ldap-utils samba smbldap-tools samba-doc libnss-ldap libpam-ldap smbclient A descrição dos campos do Samba para o OpenLDAP portanto, a camada de tradução da configuração do Samba para o OpenLDAP encontra-se no arquivo samba3.schema (ou samba.schema, dependendo da distribuição), geralmente instalado junto com o servidor Samba ou no pacote samba-doc. Esse arquivo deve ser copiado para o diretório /etc/ldap/ schema/ (ou /etc/openldap/schema/) para ser usado pelo OpenLDAP: # cp /caminho/do/samba3.schema \ /etc/ldap/schema/ Feito isso, ainda é preciso editar o arquivo de configuração do servidor OpenLDAP, /etc/ldap/slapd.conf (listagem 1, especialmente a linha 9) para fazer com que o OpenLDAP utilize 38

2 Windows 7 CAPA o novo arquivo.schema. Note que a senha do superusuário (definida por rootpw, linha 49) não deve ser definida no próprio arquivo slapd.conf, mas gerada por meio do comando: slappasswd -h {SSHA} Informe a nova senha do rootdn, confirme-a e copie a saída do comando para dentro do arquivo /etc/ ldap/slapd.conf. Se preferir, troque o algoritmo de hash (SSHA, no exemplo) por um outro (man slappasswd informa os algoritmos disponíveis). Um outro arquivo a ser editado é o /etc/ldap/ldap.conf, que deve ficar conforme a listagem 2. Para iniciar o serviço OpenLDAP, antes é preciso configurar o banco de dados. No caso do banco hdb usado na listagem 1, geralmente basta copiar para o diretório informado em slapd.conf (/var/lib/slapd/, no nosso exemplo) o arquivo DB_CONFIG de exemplo (ou editado conforme suas necessidades) distribuído juntamente com o OpenLDAP. A última providência antes de pôr para voar o OpenLDAP é o ajuste das permissões do diretório onde se localizará o banco de dados. Defina o usuário ldap como dono do diretório e todos os seus conteúdos: chown -R ldap /var/lib/slapd Finalmente, o serviço OpenLDAP já estará pronto para ser iniciado: /etc/init.d/slapd start Samba e Unix com LDAP A autenticação de usuários e máquinas por meio do LDAP requer alterações nos arquivos /etc/nsswitch. conf e alguns arquivos da pam: passwd: compat ldap group: compat ldap shadow: compat ldap hosts: compat ldap Listagem 1: Arquivo slapd.conf 01 # Clientes não autenticados podem ler a base ldap 02 allow bind_v # Arquivos.schema suportados 05 include /etc/ldap/schema/core.schema 06 include /etc/ldap/schema/cosine.schema 07 include /etc/ldap/schema/nis.schema 08 include /etc/ldap/schema/inetorgperson.schema 09 include /etc/ldap/schema/samba.schema # Aquivo com o pid do processo 12 pidfile /var/run/slapd/slapd.pid # Argumentos passados ao servidor LDAP 15 argsfile /var/run/slapd/slapd.args # Nivel de log (mais informações em man slapd.conf ) 18 loglevel none # Diretório com os módulos do LDAP 21 modulepath /usr/lib/ldap # Carrega o módulo de armazenamento (os módulos carregados precisam 24 # estar no modulepath definido acima. 25 moduleload back_hdb # Quantos resultados serão mostrados a cada consulta? 28 sizelimit # Número de CPUs usadas para indexação 31 tool-threads ####################################################### 34 # Back-end de armazenamento usado pela base 35 backend hdb 36 ####################################################### # Banco de dados 39 database hdb # Base do serviço de diretórios 42 suffix dc=linuxmagazine,dc=com,dc=br # O rootdn é o superusuário da base. Mas ele não precisa existir 45 # na base. 46 rootdn cn=manager,dc=linuxmagazine,dc=com,dc=br # Senha do rootdn. {SSHA} define o hash a ser usado. 49 rootpw {SSHA}dYfC7Hlx6GcR8Ms6lcGwoVj56KObjNQP # Localização física da base de dados. 52 directory /var/lib/ldap # ACL: 55 # Por padrão, o atributo userpassword só pode ser alterado por seu 56 # dono devidamente autenticado ou pelos usuários definidos nesta ACL. 57 access to attrs=userpassword,shadowlastchange 58 by dn= cn=manager,dc=linuxmagazine,dc=com,dc=br write 59 by anonymous auth 60 by self write 61 by * none # Esta ACL permite que qualquer pessoa leia os atributos da base. 64 access to dn.base= by * read # Outros usuários com acesso completo à base LDAP. 67 access to * 68 by dn= cn=manager,dc=linuxmagazine,dc=com,dc=br write 69 by * read Linux Magazine #62 Janeiro de

3 CAPA Windows 7 Listagem 2: Arquivo /etc/ldap/ldap.conf base dc=linuxmagazine,dc=com,dc=br uri ldap:///localhost ldap_version 3 rootbinddn cn=manager,dc=linuxmagazine,dc=com,dc=br scope sub pam_password md5 nss_initgroups_ignoreusers backup,bin,daemon,dhcp,games,gnats,irc,kl og,libuuid,list,lp,mail,man,news,openldap,proxy,root,sshd,sync,sys,s yslog,uucp,www-data Esta última linha inclui também o servidor WINS como recurso para consulta a máquinas na rede. Alguns arquivos da PAM também devem ser alterados, mais especificamente /etc/pam.d/common-auth, /etc/ pam.d/common-password e /etc/pam.d/ common-account, com as seguintes linhas acrescentadas ao início de cada arquivo: # Arquivo /etc/pam.d/common -password: password sufficient pam_ldap.so # Arquivo /etc/pam.d/common-auth: auth sufficient pam_ldap.so # Arquivo /etc/pam.d/common -account: account sufficient pam_ldap.so A integração definitiva do Samba ao LDAP requer uma identificação inequívoca do servidor Samba (mesmo que ele esteja na mesma máquina que o OpenLDAP). Para isso, use o comando: net getlocalsid A saída vai informar o SID (Samba ID) do servidor, que deve ser algo como: S (...) Esse SID será inserido no arquivo de integração /etc/smbldap-tools/smbldap.conf (listagem 3, linha 3). Ainda é necessário editar o arquivo /etc/smbldap-tools/smbldap_bind.conf para realizar a integração: Listagem 3: Arquivo /etc/smbldap-tools/smbldap.conf 001 # SID do servidor samba. Descoberto com o comando: 002 # net getlocalsid 003 SID= S # Nome do domínio Samba definido no parâmetro workgroup 006 # do arquivo /etc/samba/smb.conf 007 sambadomain= LNMBR # IP ou nome (e porta) do servidor LDAP mestre 010 masterldap= masterport= # IP ou nome (e porta) do servidor LDAP escravo. 014 # Mesmo que só haja um servidor, mantenha esta configuração 015 slaveldap= slaveport= # Se voce utilizar TLS com LDAP, altere isto para ldaptls= # Verificar o certificado SSL do servidor 022 verify= require #cafile= /etc/smbldap-tools/ca.pem 025 #clientcert= /etc/smbldap-tools/smbldap-tools.pem 026 #clientkey= /etc/smbldap-tools/smbldap-tools.key # Suffixo da base LDAP definida em slapd.conf 029 suffix= dc=linuxmagazine,dc=com,dc=br # Em quais OU s armazenar as informações dos: 032 # - Usuários, 033 usersdn= ou=users,${suffix} 034 # - Grupos, 035 groupsdn= ou=groups,${suffix} 036 # - e Estações (principalmente utilizado pelo Samba e 037 # estações Windows) 038 computersdn= ou=computers,${suffix} # Em qual OU armazenar as informações de IDMAP. 042 # O IDMAP é utilizado para criar relações de confiança entre 043 # domínios diferentes. 044 idmapdn= ou=idmap,${suffix} # O smbldap-tools precisa de uma referência para números de 047 # UID e GID. Para isso, é necessário adicionar no objeto 048 # sambadomainname a objectclass sambaunixidpooldn. 049 # Ela informa qual o próximo UID ou GID a ser usado 050 sambaunixidpooldn= sambadomainname=${sambadomain},$ {suffix} # Tipo de pesquisa usada na base. O item sub define a 053 # busca de um objeto em toda a base, recursivamente 054 scope= sub # Hash usado para as senhas dos usuários 057 hash_encrypt= SSHA

4 Windows 7 CAPA masterdn= cn=manager,dc=linuxnewme dia,dc=com,dc=br masterpw= senha_do_usuário_manager Note que a linha masterpw requer a senha em texto puro, diferentemente do arquivo /etc/ldap/slapd.conf. Enchendo o LDAP Um banco de dados como o LDAP vale tanto quanto seu conteúdo. Portanto, precisamos preenchê-lo com os dados de configuração que já possuímos. Felizmente, essa tarefa tediosa já possui um script fornecido juntamente com as smbldaptools, chamado smbldap-populate. Além de popular as informações do domínio no LDAP, esse script pede uma senha para o administrador do LDAP. Figura 1 Primeira etapa da configuração do cliente Windows 7 para se conectar ao PDC Samba. Listagem 3: Arquivo /etc/smbldap-tools/smbldap.conf (continuação) 059 # Utilizado somente se hash_encrypt for CRYPT 060 #crypt_salt_format= %s # Shell dos novos usuários 063 userloginshell= /bin/bash # Caminho do home dos usuários. 066 # %U corresponde ao nome do usuário 067 userhome= /home/%u # Permissões de acesso no diretório home 070 userhomedirectorymode= # Nome padrão para todos os usuários. Este parâmetro 073 # pode ser alterado via linha de comando 074 usergecos= System User # GID padrão dos novos usuários 077 defaultusergid= # GID padrão dos novos computadores 080 defaultcomputergid= # Diretorio de skel, usado para povoar o diretório 083 # home dos novos usuários 084 skeletondir= /etc/skel # Tempo de vida (em dias) das senhas de usuários 087 defaultmaxpasswordage= # Home do usuário no servidor PDC Samba 090 # %U corresponde ao nome do usuário 091 usersmbhome= \\SERVIDOR\%U # Onde armazenar os perfis de usuários 094 userprofile= \\SERVIDOR\profiles\%U # Mapeamento do diretorio home em máquinas Windows. 097 # Não é necessário adicionar no arquivo netlogon.bat o 098 # mapeamento do diretório home 099 userhomedrive= H: # Script padrão de logon dos usuários 102 userscript= netlogon.bat # Domínio padrão dos usuários 105 maildomain= linuxmagazine.com.br # Usar o smbpasswd para adicionar os hashes de 108 # senhas LM e NT. Exige a instalação do módulo 109 # de Perl Crypt::SmbHash 110 with_smbpasswd= smbpasswd= /usr/bin/smbpasswd # Usar o slappasswd para adicionar os hashes de 114 # senhas Unix. Exige a instalação das bibliotecas Crypt:: 115 # de acordo com o hash escolhido em hash_encrypt 116 with_slappasswd= slappasswd= /usr/sbin/slappasswd Linux Magazine #62 Janeiro de

5 CAPA Windows 7 Para cimentar a parceria entre Samba e LDAP, basta agora editar o arquivo de configuração do Samba, /etc/ samba/smb.conf, de acordo com a listagem 4, para instruí-lo a usar os scripts das smbldap-tools na hora de criar automaticamente contas de usuários e de máquinas. Em seguida, não se esqueça de definir a senha do usuário administrador do domínio (Manager): # smbpasswd -W Figura 2 Para alterar as configurações de rede do cliente, clique em Alterar configurações. Teste parcial O melhor momento para testar a integração e a funcionalidade básica do servidor Samba em associação com o LDAP é agora. Para isso, vamos começar criando o usuário Listagem 4: Arquivo smb.conf para Samba como PDC 01 [global] 02 workgroup = LNMBR 03 server string = Servidor Samba na rede local 04 security = user 05 map to guest = Bad User 06 null passwords = Yes 07 passwd chat = *New*password* %n\n *Retype*new*password* %n\n*passwd:*all*authentication *tokens*updated*successfully* 08 log level = 1 vfs:0 09 syslog = 2 10 log file = /var/log/samba/%m.log 11 max log size = name resolve order = lmhosts wins bcast 13 socket options = TCP_NODELAY SO_RCVBUF=8192 SO_ SNDBUF= # Informações de logon 16 logon script = netlogon.bat 17 logon path = 18 logon drive = H: 19 domain logons = Yes os level = preferred master = Yes 23 domain master = Yes 24 wins support = Yes 25 panic action = /usr/share/samba/panic-action %d 26 recycle:maxsize = 0 27 recycle:repository =.recycle/%u 28 recycle:noversions = *.doc *.xls *.ppt *.dwg *.dxf *.txt 29 recycle:versions = True 30 recycle:touch = True 31 recycle:keeptree = True 32 recycle:exclude = *.tmp *.temp *.o *.obj ~$* *.mp3 33 admin users 34 create mask = directory mask = inherit permissions = Yes 37 inherit acls = Yes 38 nt acl support = No 39 map acl inherit = Yes ## Integracao ao OpenLDAP 42 ldap admin dn = cn=manager,dc=linuxnewmedia,dc=com,dc=br 43 ldap group suffix = ou=groups 44 ldap idmap suffix = ou=idmap 45 ldap machine suffix = ou=computers 46 ldap passwd sync = Yes 47 ldap replication sleep = ldap suffix = dc=linuxnewmedia,dc=com,dc=br 49 ldap ssl = no 50 ldap user suffix = ou=people ## Scripts das Smbldaptools 53 passdb backend = ldapsam:ldap:// passwd program = /usr/sbin/smbldap-passwd %u 55 add machine script = /usr/sbin/smbldap-useradd -w %u 56 add user script = /usr/sbin/smbldap-useradd -a -m %u 57 delete user script = /usr/sbin/smbldap-userdel %u 58 add group script = /usr/sbin/smbldap-groupadd -o %g 59 delete group script = /usr/sbin/smbldap-groupdel %g 60 add user to group script = /usr/sbin/smbldap-groupmod -m %g %u 61 delete user from group script = /usr/sbin/smbldap -groupmod -x %g %u ## Arquivo que define os compartilhamentos 65 include = /etc/samba/shares.conf 42

6 Windows 7 CAPA administrador do domínio Samba (administrator): # smbldap-useradd -m -a \ administrator # smbldap-passwd administrator Após informar a senha do administrator, adicione-o ao grupo Domain Admins com o comando: # smbldap-usermod -G \ Domain Admins administrator O teste em si, na realidade, consiste em adicionar mais um usuário e incluí-lo no grupo Domain Admins, para depois verificar (com os comandos ldapsearch e smbclient) se tudo correu conforme esperado no OpenLDAP (comando ldapsearch) e no Samba (comando smbclient): # smbldap-useradd -m -a teste # smbldap-usermod -G \ Domain Admins teste # ldapsearch -b \ dc=linuxnewmedia,dc=com,dc=br \ -h x LLL uid=teste \ # smbclient -L LNMBR -U teste Em caso de sucesso, resta apenas a configuração do cliente Windows 7, que traz algumas mudanças em relação às versões anteriores do sistema. Primeira tentativa Se o objetivo da interoperabilidade concreta entre sistemas Windows e GNU/Linux já tivesse sido alcançado, bastaria configurar o cliente Windows 7 para fazer logon via rede, apontando nele o IP ou o nome NetBIOS do PDC Samba. No menu Iniciar, clique com o botão direito sobre Computador e em seguida no item Propriedades (figura 1). Na janela que se abre (figura 2), clique em Alterar configurações. Na nova janela, pressione o botão Alterar. Na janela seguinte, marque o item Domínio (figura 3) e digite o Listagem 5: Arquivo shares.conf para compartilhamento de CD/DVD 01 # Compartilhamento de impressoras via Samba. 02 # somente as impressoras instaladas no servidor serão compartilhadas 03 [printers] 04 comment = All Printers 05 browseable = yes 06 path = /tmp 07 printable = yes 08 public = yes 09 writable = no 10 create mode = # Compartilhamento dos drivers de impressoras Windows. 13 # Por padrão, as estações buscam os drivers neste compartilhamento 14 [print$] 15 comment = Printer Drivers 16 path = /var/lib/samba/printers 17 browseable = yes 18 read only = yes 19 guest ok = no # Compartilhamento do CD-ROM 22 [cdrom] 23 comment = Samba server s CD-ROM 24 writable = no 25 locking = no 26 path = /media/cdrom0 27 public = yes mesmo nome fornecido na listagem 3, linha 7 (LNMBR, no caso). Clique em OK e forneça o nome e a senha do usuário administrador do Samba (figura 4). Isso é necessário para que o Samba crie, no servidor, os arquivos e diretórios necessários para o logon do usuário nessa máquina. Figura 3 Defina o Domínio e não o Grupo de trabalho com o nome do seu domínio Samba. Linux Magazine #62 Janeiro de

7 CAPA Windows 7 Figura 4 Ao pressionar OK, informe o nome do usuário administrador do Samba e sua respectiva senha. Após clicar em OK e aguardar poucos instantes, é emitida uma mensagem de erro (figura 5) informando que O domínio especificado não existe ou não pôde ser contatado. Solução oficial A solução oficial para o problema não é, na realidade, tão oficial assim ao menos, não por parte da Microsoft. Como indica o wiki do Figura 5 Infelizmente, são necessárias algumas alterações às configurações padrão do Windows 7 para obter sucesso no logon em um domínio Samba. projeto Samba [70], para permitir a conexão de um cliente Windows 7 a um domínio Samba, é necessário alterar os valores de duas chaves do registro do Windows 7 (figura 6). Para editar o registro do Windows, pressione [Alt]+[F2] e digite regedit. Na janela que se abre, navegue até a pasta HKLM\System\CCS\Services\LanmanWorkstation\Parameters, alterando ou adicionando os itens do tipo DWORD DomainCompatibilityMode com valor 1 e DNSNameResolutionRequired com valor 0 (figura 6). Uma alternativa a essa edição manual do registro é oferecida no wiki do Samba [70]: a equipe do projeto disponibiliza um patch do registro [71] que contém somente essas duas alterações. Para aplicar o patch, basta salvá-lo num arquivo.reg e, no navegador de arquivos, dar um duplo clique sobre esse arquivo. Ao final das alterações, como de costume nos sistemas Microsoft, reinicie o computador. Ainda é necessário alterar duas opções de configuração. Últimas alterações Em primeiro lugar, abra novamente o diálogo de logon na rede: Iniciar Computador Propriedades Alterar configurações Alterar. Assim como na primeira tentativa, marque novamente o item Domínio e preencha com o seu domínio Samba. Porém, desta vez, clique no botão Mais (figura 3). Na nova janela (figura 7), apague o Sufixo DNS primário deste computador e desmarque a caixa Alterar sufixo DNS... Ao final da nova alteração, reinicie novamente o sistema para que elas tenham efeito. Mais uma vez, proceda à configuração do logon na rede: Iniciar Computador Propriedades Alterar configurações Alterar. Novamente, marque o item Domínio, preencha com seu o seu domínio Samba e, finalmente, clique no botão OK. Após informar o nome do usuário administrador do domínio e sua respectiva senha, deve 44

8 Windows 7 CAPA Figura 6 As alterações crípticas no registro do Windows 7 dizem respeito às requisições DNS e ao modo de compatibilidade de domínios. ser exibida a mensagem tão desejada de sucesso (figura 8). Impressora e CD/DVD Compartilhar arquivos é o principal objetivo numa rede, mas não é o único. São muitas as empresas que não instalam leitores de CD ou DVD em todas as estações, e o uso de impressoras compartilhadas via Samba é mais frequente do que o compartilhamento via IPP ou LPD. Para configurar um leitor de CD/ DVD no servidor de forma a compartilhá-lo com todos os usuários, acrescente ao arquivo /etc/samba/ smb.conf (ou shares.conf, se este for usado) o conteúdo da listagem 5. Uma providência necessária, e frequentemente esquecida, é a ativação do bit suid nos comandos mount e umount: # chmod +s `which mount` # chmod +s `which umount` Sem o bit suid, os usuários do Samba não terão permissão para executar os comandos mount e umount, portanto consequentemente ficarão impossibilitados de acessar o conteúdo de qualquer mídia ótica inserida na unidade. O compartilhamento de impressoras é uma tarefa um pouco mais complexa, pois envolve uma etapa frequentemente esquecida pelos administradores: a disponibilização dos drivers das impressoras. Na listagem 5, as linhas 3 a 10 definem as impressoras que serão compartilhadas no entanto, isso só é possível para aquelas instaladas no próprio servidor. As linhas 14 a 19, por sua vez, criam o compartilhamento padrão no qual as estações Windows buscarão os drivers das impressoras compartilhadas, chamado print$. Evidentemente, o ideal é copiar para a pasta compartilhada (/var/lib/samba/printers/) os drivers das impressoras locais. n Mais informações Figura 7 Outra alteração: é preciso desativar a alteração do sufixo DNS primário no Windows 7. [1] Martin Schuppert, Está servido? : [70] Como conectar um cliente Windows 7 ao Samba 3.x: [71] Patch para o registro do Windows 7: https://bugzilla.samba.org/attachment.cgi?id=4988&action=view Sobre o autor Marcos Amorim é consultor em Tecnologia da Informação com mais de oito anos de experiência, atuando em ambientes de missão crítica com especialização em arquitetura de virtualização e computação baseada em servidor (SBC). Além disso, é também matenedor do projeto Thinstation. Pablo Hess é editor da Linux Magazine, tem mestrado em genética e especialização em bioinformática. É autor de softwares de código aberto para computação científica e tem experiência em administração de sistemas. Gostou do artigo? Queremos ouvir sua opinião. Fale conosco em Este artigo no nosso site: Linux Magazine #62 Janeiro de

Arquivo smb.conf comentado

Arquivo smb.conf comentado Arquivo smb.conf comentado ######## Seção global #### Define configurações como nome do servidor, grupo de trabalho, e outras. #### Opções definidas aqui tem efeito em todos compartilhamentos, exceto quando

Leia mais

Linux Network Servers

Linux Network Servers Configuração do Servidor Samba como controlador primário de domínio (PDC). O objetivo desse roteiro é mostrar como configurar um servidor Samba PDC compartilhando o diretório home, impressora e um diretório

Leia mais

Integrando OpenLDAP e Samba no Fedora 7 como servidor de autenticacao

Integrando OpenLDAP e Samba no Fedora 7 como servidor de autenticacao Integrando OpenLDAP e Samba no Fedora 7 como servidor de autenticacao A primeira coisa a se fazer e instalar os softwares necessarios para o precedimento. Como root, digite em um terminal: # yum update

Leia mais

Instalação de um Cliente Linux em um domínio de rede Microsoft Windows NT4

Instalação de um Cliente Linux em um domínio de rede Microsoft Windows NT4 Instalação de um Cliente Linux em um domínio de rede Microsoft Windows NT4 Projeto Libertas-BR http://www.libertasbr.org.br 8 de setembro de 2005 1 Introdução Esta documentação orienta a integração de

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Samba Gustavo Reis gustavo.reis@ifsudestemg.edu.br 1 Conhecido também como servidor de arquivos; Consiste em compartilhar diretórios do Linux em uma rede Windows e visualizar compartilhamentos

Leia mais

Aula 06 Servidor de Arquivos e Impressora (SaMBa)

Aula 06 Servidor de Arquivos e Impressora (SaMBa) Aula 06 Servidor de Arquivos e Impressora (SaMBa) Prof. Roitier Campos Gonçalves Introdução O servidor de arquivos fornece um ponto centralizado na rede para armazenamento e compartilhamento de arquivos

Leia mais

Instalação e Configuração Servidor Samba

Instalação e Configuração Servidor Samba Instalação e Configuração Servidor Samba Pág - 1 Instalação e Configuração Servidor Samba O Samba é o servidor que permite compartilhar arquivos e acessar compartilhamentos em máquinas Windows. Ele é dividido

Leia mais

Após salvar, execute o comando testparm e ele deverá exibir a mensagem Server role: ROLE_DOMAIN_PDC".

Após salvar, execute o comando testparm e ele deverá exibir a mensagem Server role: ROLE_DOMAIN_PDC. Samba como Servidor de Domínio Ubuntu Server 14.04 1. Passo - Instalação do pacote: #apt-get install samba 2. Passo - Edição do smb.conf Após instalar o samba delete o arquivo padrão smb.conf. #rm /etc/samba/smb.conf

Leia mais

Utilizando o SAMBA - Parte I

Utilizando o SAMBA - Parte I Utilizando o SAMBA - Parte I Por: Victor Zucarino ( 28/03/2001 ) Introdução Antes de começar vamos entender o que é o Samba. Em uma rede é necessário compartilhar dados, por isso temos que pensar em obter

Leia mais

O que um Servidor Samba faz?

O que um Servidor Samba faz? O que é o Samba? O Samba é um "software servidor" para Linux (e outros sistemas baseados em Unix) que permite o gerenciamento e compartilhamento de recursos em redes formadas por computadores com o Windows

Leia mais

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba Linux Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba

Leia mais

Como padrão o usuário root vem bloqueado por padrão, habilite o usuário root com os seguintes comandos:

Como padrão o usuário root vem bloqueado por padrão, habilite o usuário root com os seguintes comandos: Samba como controlador de domínio no Ubuntu Nesse artigo estaremos configurando o SAMBA, que consiste em um software que faz a comunicação entre Windows e Linux, sendo utilizado para compartilhar arquivos

Leia mais

NBT - é o protocolo que faz o mapeamento entre nomes (de computadores ) e IP s.

NBT - é o protocolo que faz o mapeamento entre nomes (de computadores ) e IP s. Capítulo 9 Serviços de ficheiros em rede Microsoft (SMB) Introdução Em 1984 a Microsoft fez uma API (Application Programming Interface) para que as suas aplicações pudessem partilhar dados numa rede. Esta

Leia mais

Capítulo 9. SMB (Server Message Block) Serviços de ficheiros em rede Microsoft. Gestão de Redes e Serviços (GRS) Capítulo 9 1/1

Capítulo 9. SMB (Server Message Block) Serviços de ficheiros em rede Microsoft. Gestão de Redes e Serviços (GRS) Capítulo 9 1/1 Capítulo 9 Serviços de ficheiros em rede Microsoft SMB (Server Message Block) Gestão de Redes e Serviços (GRS) Capítulo 9 1/1 Introdução Em 1984 a Microsoft fez uma API (Application Programming Interface)

Leia mais

Linux Network Servers

Linux Network Servers Samba como compartilhador de arquivos & impressora O Samba surgiu da necessidade de integrar redes mistas (Windows com Linux). No Linux, há duas maneiras de se fazer isso, que é pelo uso do NFS e Samba.

Leia mais

Administração de Redes SAMBA

Administração de Redes SAMBA Administração de Redes SAMBA Rafael S. Guimarães IFES - Campus Cachoeiro de Itapemirim Baseado no material de João Paulo de Brito Gonçalves SAMBA SAMBA A finalidade do serviço Samba é permitir que estações

Leia mais

ActiveInfo. Treinamento GNU/Linux Servidores

ActiveInfo. Treinamento GNU/Linux Servidores ActiveInfo Treinamento GNU/Linux Servidores http://www.samba.org André Luiz andreluizsp@gmail.com 1 Conteúdo programático O que é SAMBA? Instalando o SAMBA Verificando o serviço SWAT - Samba Web Administrator

Leia mais

Serviço de Diretórios com OpenLDAP. Marcos Sungaila marcos@savant.com.br

Serviço de Diretórios com OpenLDAP. Marcos Sungaila marcos@savant.com.br Serviço de Diretórios com OpenLDAP Marcos Sungaila marcos@savant.com.br LDAP Por que LDAP Conceitos básicos Instalando e Configurando o OpenLDAP Criando a estrutura do Diretório Trabalhando com senhas

Leia mais

Samba PDC no Debian com Clamwin antivírus

Samba PDC no Debian com Clamwin antivírus Samba PDC no Debian com Clamwin antivírus Artigo extraído do link http://www.guiadohardware.net/artigos/pdc debian clamwin estacoes/ Introdução Esse artigo o guiará passo a passo na montagem de um servidor

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática

Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 INSTALANDO O SAMBA... 3 Verificando a versão... 3 Criando uma cópia do servidor samba original... 3 COMPARTILHAMENTOS

Leia mais

O que é e o que faz o samba?

O que é e o que faz o samba? Tutorial samba como controlador de domínio para Ubuntu ou Debian. Os procedimentos foram testados no ubuntu 10.04, em caso do debian ou outra versão pode mudar alguns detalhes ou algum procedimento como

Leia mais

Mini Roteiro - Samba integrado ao LDAP

Mini Roteiro - Samba integrado ao LDAP Mini Roteiro - Samba integrado ao LDAP Procedimento de Instalação e configuração Procedimento baseado em DEBIAN, pode ser adaptado facilmente para outras distribuições. autor: e-mail: André Alexandre Gaio

Leia mais

Samba - Aspectos Avançados

Samba - Aspectos Avançados Samba - Aspectos Avançados Por Conectiva Informática e Time de Desenvolvimento do Samba Certamente, no momento em que iniciamos a implantação de uma rede, nos deparamos com diversos aspectos não previstos,

Leia mais

IFSULDEMINAS - REITORIA - DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE INFRAESTRUTURA E REDES

IFSULDEMINAS - REITORIA - DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE INFRAESTRUTURA E REDES IFSULDEMINAS - REITORIA - DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE INFRAESTRUTURA E REDES TUTORIAL EXPRESSO LIVRE COM SAMBA MARCIO FELICIANO DO PRADO POUSO ALEGRE 2012 SUMÁRIO 1

Leia mais

Compartilhamento de arquivos e diretórios

Compartilhamento de arquivos e diretórios Compartilhamento de arquivos e diretórios O compartilhamento de arquivos e diretórios foi uma das aplicações que motivou o desenvolvimento inicial da rede de computadores. 19 E xistem dois protocolos de

Leia mais

Aula 9 Servidor Samba Linux

Aula 9 Servidor Samba Linux 1 Aula 9 Servidor Samba Linux Samba é o protocolo responsável pela integração de máquinas Linux com Windows, permitindo assim a criação de redes mistas utilizando servidores Linux e clientes Windows. Samba,

Leia mais

Rafael Nink de Carvalho

Rafael Nink de Carvalho Rafael Nink de Carvalho Conteúdos a serem trabalhados: Software de Matemática Math; Inserção de vídeos do YouTube no BrOffice.org Impress; Inserção de som no Impress; Converter cd de áudio; Instalar programas;

Leia mais

Configuração Definitiva do Samba

Configuração Definitiva do Samba Configuração Definitiva do Samba 1 2 Sumário 1. Vantagens... 5 2. Desvantagem... 5 3. Conclusão Final... 5 4. Vamos botar a mão na massa!... 6 5. Instalação... 6 6. Configuração Parte 1 (Criando os diretórios)...

Leia mais

Referências: http://www.debian.org/doc/manuals/reference/ch-tips.pt-br.html#s-cronjob

Referências: http://www.debian.org/doc/manuals/reference/ch-tips.pt-br.html#s-cronjob 1 Temas abordados: Escalonamento de tarefas Configuração do SAMBA Certificados de chave pública (OPENSSL) Escalonamento de tarefas Referências: http://www.debian.org/doc/manuals/reference/ch-tips.pt-br.html#s-cronjob

Leia mais

Samba como PDC de um domínio Windows

Samba como PDC de um domínio Windows Relatório do Trabalho Prático nº 3 Samba como PDC de um domínio Windows Documento elaborado pela equipa: Jorge Miguel Morgado Henriques Ricardo Nuno Mendão da Silva Data de entrega: 22.11.2006 Índice Índice...

Leia mais

Administração de Sistemas

Administração de Sistemas Administração de Sistemas Orlando Sousa Aula 11 Partilha de ficheiros e impressoras: SAMBA SAMBA Serviço que permite: Partilhar um directório com computadores Windows ou Linux Partilhar um directório de

Leia mais

Configuração do Samba

Configuração do Samba LinuxFocus article number 177 http://linuxfocus.org Configuração do Samba by Éric Seigne About the author: Trabalho para o mundo de software livre e, entre outras coisas, desenvolvo

Leia mais

SMB vs NFS. Técnico Integrado em Telecomunicações turma 6080822

SMB vs NFS. Técnico Integrado em Telecomunicações turma 6080822 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS SÃO JOSÉ SANTA CATARINA SMB vs NFS Técnico Integrado em Telecomunicações

Leia mais

Daniel Darlen. daniel.correa@planejamento.gov.br. IV SDSL Brasília DF Dezembro de 2004

Daniel Darlen. daniel.correa@planejamento.gov.br. IV SDSL Brasília DF Dezembro de 2004 Introdução ao Samba Daniel Darlen daniel.correa@planejamento.gov.br IV SDSL Brasília DF Dezembro de 2004 Introdução ao Samba p.1/65 Introdução Introdução ao Samba p.2/65 Introdução SAMBA é um conjunto

Leia mais

Solução linux para compartilhamento de arquivos

Solução linux para compartilhamento de arquivos Solução linux para compartilhamento de arquivos Nataniel da Silva Vieira 1, André Moraes 1 1 Tecnologia em Redes de Computadores Faculdade de Tecnologia Senac Pelotas RS Brasil nataniel@pelotas.com.br,

Leia mais

Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04

Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04 Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04 Autor: Alexandre F. Ultrago E-mail: ultrago@hotmail.com 1 Infraestrutura da rede Instalação Ativando o usuário root Instalação do Webmin Acessando o Webmin

Leia mais

CENTRALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE INTRANET EM UMA REDE COM SISTEMAS OPERACIONAIS HETEROGÊNEOS

CENTRALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE INTRANET EM UMA REDE COM SISTEMAS OPERACIONAIS HETEROGÊNEOS UniCEUB Centro Universitário de Brasília FATECS Faculdade de Tecnologia e Ciências Sociais Aplicadas Curso de Engenharia da Computação Projeto Final CENTRALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE INTRANET EM UMA REDE COM

Leia mais

TUTORIAL: CONFIGURAÇÃO DO SERVIDOR SAMBA

TUTORIAL: CONFIGURAÇÃO DO SERVIDOR SAMBA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ - UFC CURSO DE TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS LINUX Antonio Janael Pinheiro Maria Atrícia Sabino Maciel Luclécia Correia Lopes

Leia mais

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba Linux Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba

Leia mais

Como colocar um servidor de arquivos moderno e completo para funcionar na sua empresa

Como colocar um servidor de arquivos moderno e completo para funcionar na sua empresa Como colocar um servidor de arquivos moderno e completo para funcionar na sua empresa CAPA Está servido? Se o servidor de arquivos da sua empresa não atende mais as suas necessidades, siga este tutorial

Leia mais

Squid autenticado no Active Directory com Winbind

Squid autenticado no Active Directory com Winbind 1 de 5 4/2/2007 14:40 Squid autenticado no Active Directory com Winbind Autor: Anderson Leite Data: 30/08/2006 Introdução Este é um artigo bem resumido, entrando em detalhes somente

Leia mais

Curso de extensão em Administração de redes com GNU/Linux

Curso de extensão em Administração de redes com GNU/Linux Curso de extensão em italo@dcc.ufba.br Gestores da Rede Acadêmica de Computação Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal da Bahia OpenLDAP básico -, 2009.1 Licença de uso e distribuição

Leia mais

AULA 6. Bruno L. Albrecht Felipe A. Chies Lucas F. Zawacki. PET Computação UFRGS

AULA 6. Bruno L. Albrecht Felipe A. Chies Lucas F. Zawacki. PET Computação UFRGS M i n i - C u r s o d e I n t r o d u ç ã o a o G N U / L i n u x AULA 6 Bruno L. Albrecht Felipe A. Chies Lucas F. Zawacki PET Computação UFRGS Março/Abril 2008 A d m i n i s t r a c a o B á s i c a Arquivos

Leia mais

O software discutido aqui é o OpenLDAP, que é uma implementação open source do LDAP que pode ser executada em ambientes GNU/Linux.

O software discutido aqui é o OpenLDAP, que é uma implementação open source do LDAP que pode ser executada em ambientes GNU/Linux. Mario Luiz Bernardinelli mariolb@gmail.com 22 de outubro de 2012 v1.6 Autenticação centralizada usando OpenLDAP e exemplos com Samba e Linux A autenticação centralizada evita vários problemas enfrentados

Leia mais

Ferramenta para gerenciamento de impressão CURUPIRA

Ferramenta para gerenciamento de impressão CURUPIRA #20 Ferramenta para gerenciamento de impressão CURUPIRA VITEC Versão 1.0 Agosto/2007 1 Revisões Versão Data Descrição 1.0.0 03/08/2007 Elaboração do Manual. Página 2 de 18 Índice 1 REVISÕES... 2 2 PRÉ-REQUISITOS...

Leia mais

Sistemas Distribuídos Aula-6

Sistemas Distribuídos Aula-6 6 SAMBA Histórico: O Samba foi criado por Andrew Tridgell. Ele precisava montar um espaço em disco em seu PC para um servidor Unix. Esse PC rodava DOS e, inicialmente, foi utilizado o sistema de arquivos

Leia mais

Integração Windows e Linux com Samba

Integração Windows e Linux com Samba Integração Windows e Linux com Samba Session Message Block - SMB Software livre, que permite que máquinas Unix/Linux e Windows convivam harmoniosamente em uma mesma rede Sistemas Windows em geral e OS/2

Leia mais

Compartilhando arquivos com o samba

Compartilhando arquivos com o samba Compartilhando arquivos com o samba Para compartilhar arquivos em uma rede local windows, a microsoft utiliza o protocolo smb (server message block). O samba foi criado para que máquinas linux possam compartilhar

Leia mais

Capítulo 1 DATAPREV DATAPREV. 1.1 Servidores de arquivos. www.dataprev.gov.br

Capítulo 1 DATAPREV DATAPREV. 1.1 Servidores de arquivos. www.dataprev.gov.br Capítulo 1 DATAPREV Instituição: Sítio: Caso: Responsável: Palavras- Chave: DATAPREV www.dataprev.gov.br Procedimentos adotados pela Dataprev na migração dos servidores Netware (Novell) para servidores

Leia mais

LPI nível 2: aula 14

LPI nível 2: aula 14 Décima quarta aula da preparação LPIC-2 TUTORIAL LPI nível 2: aula 14 Autenticação remota com os sistemas LDAP e PAM. Tópico 210: Administração de clientes da rede (continuação) 2.210.3 Configuração de

Leia mais

A grosso modo, é um servidor de arquivos que usa o mesmo protocolo de máquinas Windows para se comunicar.

A grosso modo, é um servidor de arquivos que usa o mesmo protocolo de máquinas Windows para se comunicar. 1 of 19 23/6/2010 22:45 Autor: Paulo Roberto Junior - WoLF Data: 15/10/2008 Introdução Servidor Samba A grosso modo, é um servidor de arquivos que usa o mesmo protocolo de máquinas

Leia mais

GLEYSON RODRIGUES JORGE. Manual de Configuração de um Servidor SAMBA: Compartilhamento, Autenticação e Construção de Scripts.

GLEYSON RODRIGUES JORGE. Manual de Configuração de um Servidor SAMBA: Compartilhamento, Autenticação e Construção de Scripts. GLEYSON RODRIGUES JORGE Manual de Configuração de um Servidor SAMBA: Compartilhamento, Autenticação e Construção de Scripts. Palmas 2006 GLEYSON RODRIGUES JORGE Manual de Configuração de um Servidor SAMBA:

Leia mais

CONFIGURANDO O SAMBA

CONFIGURANDO O SAMBA 1 CONFIGURANDO O SAMBA escrito por: Bruno T. Russo brusso@mackenzie.com.br http://www.btr.hpg.com.br criado com OpenOffice 1.0 Janeiro / 2003 2 SUMÁRIO 1. Introdução 3 2. Instalação 3 3. Configuração 3

Leia mais

Advanced Group Policy Management (AGPM) 2.5

Advanced Group Policy Management (AGPM) 2.5 Advanced Group Policy Management (AGPM) 2.5 Última revisão feita em 02 de Setembro de 2008. Objetivo Neste artigo iremos conhecer um dos cinco componentes do MDOP 2008. Você vai aprender sobre o Advanced

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 7 Samba, SSH e Backup

Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 7 Samba, SSH e Backup Projeto e Instalação de Servidores Servidores Linux Aula 7 Samba, SSH e Prof.: Roberto Franciscatto Samba Samba Samba Samba Servidor de compartilhamento de arquivos e recursos de rede É compatível com

Leia mais

Instalação e Configuração RPM Remote Print Manager para Windows 2000

Instalação e Configuração RPM Remote Print Manager para Windows 2000 Instalação e Configuração RPM Remote Print Manager para Windows 2000 Antes de iniciar a instalação do RPM Remote Print Manager parar Windows 2000, você necessita ter privilégios de "administrador" devido

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Sistema Operacional Linux > Servidor de Arquivos (NFS) www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Introdução ao NFS O NFS (Network File System) é um sistema de arquivos

Leia mais

ESET Remote Administrator ESET EndPoint Solutions ESET Remote Adminstrator Workgroup Script de Logon

ESET Remote Administrator ESET EndPoint Solutions ESET Remote Adminstrator Workgroup Script de Logon AGENDA 1. Download dos pacotes de instalação ESET Remote Administrator 2. Download dos pacotes de instalação ESET EndPoint Solutions 3. Procedimento de instalação e configuração básica do ESET Remote Adminstrator

Leia mais

Configuração LDAP + SAMBA (PDC)

Configuração LDAP + SAMBA (PDC) Configuração LDAP + SAMBA (PDC) Autor: Camila Coelho - Data: 27 de janeiro, 2005 Sumário 1 Objetivos 2 2 Configuração do Sistema Operacional 2 3 Instalação dos serviços 2 3.1 OpenLDAP 2.2.13..............................................

Leia mais

openldap/samba - Autenticação de usuários Windows e Linux

openldap/samba - Autenticação de usuários Windows e Linux openldap/samba - Autenticação de usuários Windows e Linux João Medeiros (joao.fatern@gmail.com) 29 de setembro de 2009 1 Objetivo Configurar um servidor de autenticação de usuários usando uma base LDAP

Leia mais

Edite o arquivo /etc/apt/sources.list e comente todas as linhas e adicione as seguintes:

Edite o arquivo /etc/apt/sources.list e comente todas as linhas e adicione as seguintes: Instalação do SPED Sistema Operacional: Debian Etch 4.0 1. Configurando o apt com o repositório do CCA-BR: Edite o arquivo /etc/apt/sources.list e comente todas as linhas e adicione as seguintes: 2. Instalação

Leia mais

Sistemas Operacionais de Rede INTRODUÇÃO AO ACTIVE DIRECTORY

Sistemas Operacionais de Rede INTRODUÇÃO AO ACTIVE DIRECTORY Sistemas Operacionais de Rede INTRODUÇÃO AO ACTIVE DIRECTORY Conteúdo Programático! Introdução ao Active Directory (AD)! Definições! Estrutura Lógica! Estrutura Física! Instalação do Active Directory (AD)!

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS FUNDAMENTOS DE Visão geral sobre o Active Directory Um diretório é uma estrutura hierárquica que armazena informações sobre objetos na rede. Um serviço de diretório,

Leia mais

Instalando e usando o Document Distributor 1

Instalando e usando o Document Distributor 1 Instalando e usando o 1 O é composto por pacotes de software do servidor e do cliente. O pacote do servidor deve ser instalado em um computador Windows NT, Windows 2000 ou Windows XP. O pacote cliente

Leia mais

Roteiro 5: Responsabilidades do AD / Gerenciamento de usuários

Roteiro 5: Responsabilidades do AD / Gerenciamento de usuários Roteiro 5: Responsabilidades do AD / Gerenciamento de usuários Objetivos: Detalhar e Definir responsabilidades em controladores de domínio; Configurar propriedades de contas de usuários; Gerenciar perfis

Leia mais

Manual. Configuração Samba. tutorial de instalação. Samba - Linux. Francisco Willian Saldanha Analista de Teste de Sistemas MEC/SEED/DITEC/CETE

Manual. Configuração Samba. tutorial de instalação. Samba - Linux. Francisco Willian Saldanha Analista de Teste de Sistemas MEC/SEED/DITEC/CETE Manual Configuração Samba tutorial de instalação Samba - Linux Francisco Willian Saldanha Analista de Teste de Sistemas MEC/SEED/DITEC/CETE Manual Configuração Samba tutorial de instalação Samba - Linux

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Data alteração: 19/07/11 Pré Requisitos: Acesse o seguinte endereço e faça o download gratuito do SQL SRVER EXPRESS, conforme a sua plataforma x32 ou

Leia mais

INSTALANDO E CONFIGURANDO O ACTIVE DIRECTORY NO WINDOWS SERVER 2008

INSTALANDO E CONFIGURANDO O ACTIVE DIRECTORY NO WINDOWS SERVER 2008 INSTALANDO E CONFIGURANDO O ACTIVE DIRECTORY NO WINDOWS SERVER 2008 Objetivo Esse artigo tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o Active Directory no Windows Server 2008. Será também apresentado

Leia mais

Suporte de Servidores Linux. Ezequiel Mendes Duque

Suporte de Servidores Linux. Ezequiel Mendes Duque Suporte de Servidores Linux Ezequiel Mendes Duque SAMBA Acidente?? O projeto nasceu no final de 1991, de forma acidental. O criador foi: Andrew Tridgell, um australiano que na época era estudante do curso

Leia mais

Guia de administração para a integração do Portrait Dialogue 6.0. Versão 7.0A

Guia de administração para a integração do Portrait Dialogue 6.0. Versão 7.0A Guia de administração para a integração do Portrait Dialogue 6.0 Versão 7.0A 2013 Pitney Bowes Software Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento pode conter informações confidenciais ou protegidas

Leia mais

JOSÉ ELIAS DA SILVA JUSTO

JOSÉ ELIAS DA SILVA JUSTO JOSÉ ELIAS DA SILVA JUSTO SERVIDOR DE ARQUIVOS LINUX PARA CLIENTES WINDOWS UM ESTUDO DE CASO SOBRE A IMPLANTAÇÃO DO SAMBA NA FACULDADE DE MEDICINA DE CAMPOS Monografia apresentada ao Departamento de Ciência

Leia mais

CSAU 10.0. Guia: Manual do CSAU 10.0 como implementar e utilizar.

CSAU 10.0. Guia: Manual do CSAU 10.0 como implementar e utilizar. CSAU 10.0 Guia: Manual do CSAU 10.0 como implementar e utilizar. Data do Documento: Janeiro de 2012 Sumário 1. Sobre o manual do CSAU... 3 2. Interface do CSAU 10.0... 4 2.1. Início... 4 2.2. Update...

Leia mais

Sophos SafeGuard Enterprise 6.00.1

Sophos SafeGuard Enterprise 6.00.1 Sophos SafeGuard Enterprise 6.00.1 Guia: Manual de instalação do Sophos SafeGuard Enterprise 6.00.1 Data do Documento: novembro de 2012 1 Conteúdo 1. Sobre este manual... 3 2. Requisitos de Sistema...

Leia mais

Configurando um Servidor de Arquivos SAMBA. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com

Configurando um Servidor de Arquivos SAMBA. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Configurando um Servidor de Arquivos SAMBA. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Porque usar o Servidor Samba Server? Compartilhamento de arquivos; Servidor de arquivos;

Leia mais

Instalação de Sistemas

Instalação de Sistemas Instalação de Sistemas 1. Instalação dos Sistemas... 2 Passo 1... 3 Passo 2... 3 Passo 3... 3 Passo 4... 4 Passo 5... 4 Passo 6... 5 Passo 7... 5 Bibliotecas de sistema... 6 2. Especificações técnicas

Leia mais

Usar Atalhos para a Rede. Logar na Rede

Usar Atalhos para a Rede. Logar na Rede GUIA DO USUÁRIO: NOVELL CLIENT PARA WINDOWS* 95* E WINDOWS NT* Usar Atalhos para a Rede USAR O ÍCONE DA NOVELL NA BANDEJA DE SISTEMA Você pode acessar vários recursos do software Novell Client clicando

Leia mais

Instalação e utilização do Document Distributor

Instalação e utilização do Document Distributor Para ver ou fazer o download desta ou de outras publicações do Lexmark Document Solutions, clique aqui. Instalação e utilização do Document Distributor O Lexmark Document Distributor é composto por pacotes

Leia mais

INTERFACE GRÁFICA PARA OS SCRIPTS SMBLDAP-TOOLS JOSIAS TEIXEIRA GUIMARÃES

INTERFACE GRÁFICA PARA OS SCRIPTS SMBLDAP-TOOLS JOSIAS TEIXEIRA GUIMARÃES INTERFACE GRÁFICA PARA OS SCRIPTS SMBLDAP-TOOLS JOSIAS TEIXEIRA GUIMARÃES 2006 Josias Teixeira Guimarães Interface Gráfica para os scripts Smbldap-tools Monografia de Pós-Graduação Lato sensu apresentada

Leia mais

Introdução ao Sistema. Características

Introdução ao Sistema. Características Introdução ao Sistema O sistema Provinha Brasil foi desenvolvido com o intuito de cadastrar as resposta da avaliação que é sugerida pelo MEC e que possui o mesmo nome do sistema. Após a digitação, os dados

Leia mais

INSTALAÇÃO DO MICROSOFT WINDOWS SHAREPOINT SERVICES 2.0

INSTALAÇÃO DO MICROSOFT WINDOWS SHAREPOINT SERVICES 2.0 CAPÍTULO 18 INSTALANDO E CONFIGURANDO O MICROSOFT OFFICE PROJECT SERVER 2003 INSTALAÇÃO DO MICROSOFT WINDOWS SHAREPOINT SERVICES 2.0 Antes de começar a instalação do Microsoft Office Project Server 2003

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração MySQL

Manual de Instalação e Configuração MySQL Manual de Instalação e Configuração MySQL Data alteração: 19/07/11 Pré Requisitos: 1. Baixar os seguintes arquivos no através do link http://ip.sysfar.com.br/install/ mysql-essential-5.1.46-win32.msi mysql-gui-tools-5.0-r17-win32.msi

Leia mais

Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid

Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid Tecgraf/PUC Rio infogrid@tecgraf.puc rio.br 1.Introdução O objetivo deste documento é podermos registrar em um único local todas as informações necessárias

Leia mais

Entendendo o OpenLDAP. Por GABRIEL STEIN

Entendendo o OpenLDAP. Por GABRIEL STEIN Por GABRIEL STEIN CONCEITOS ABORDADOS Conceito de diretório / Serviço de diretório Organização Hierárquica - Árvore LDAP Histórico Características Atributos ObjectClasses Schemas Entrada DNs Arquivos LDIF

Leia mais

Instalação de Configuração do servidor SAMBA Rede TerraLAB

Instalação de Configuração do servidor SAMBA Rede TerraLAB Instalação de Configuração do servidor SAMBA Rede TerraLAB Igor Muzetti Pereira igormuzetti@gmail.com Tiago Garcia de Senna Carneiro tiago@iceb.ufop.br Departamento de Computação Universidade Federal de

Leia mais

Escola de Educação Profissional SENAC-PELOTAS Centro Histórico PRONATEC. Jonathan Silveira Leandro Stein RELATÓRIO TÉCNICO PROJETO INTERDICIPLINAR

Escola de Educação Profissional SENAC-PELOTAS Centro Histórico PRONATEC. Jonathan Silveira Leandro Stein RELATÓRIO TÉCNICO PROJETO INTERDICIPLINAR Escola de Educação Profissional SENAC-PELOTAS Centro Histórico PRONATEC Jonathan Silveira Leandro Stein RELATÓRIO TÉCNICO PROJETO INTERDICIPLINAR PELOTAS/RS 2013 1 Jonathan Silveira, Leandro Stein Relatório

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma

STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma Neste STK apresentaremos como configurar seu servidor Windows 2008 R2 para abrir diretamente sua aplicação ao

Leia mais

Configuração da rede Wi-fi da Faculdade de Educação no Windows Vista

Configuração da rede Wi-fi da Faculdade de Educação no Windows Vista Configuração da rede Wi-fi da Faculdade de Educação no Windows Vista Este tutorial irá guiá-lo a configurar o Windows Vista para acessar a rede Wi-fi da Faculdade de Educação (fe.unicamp.br). Atenção:

Leia mais

Linux Caixa Mágica. Documentos Técnicos CM. Instalação por Rede e/ou Desacompanhada. Date: Pages: Issue: State: Access: Reference:

Linux Caixa Mágica. Documentos Técnicos CM. Instalação por Rede e/ou Desacompanhada. Date: Pages: Issue: State: Access: Reference: Linux Caixa Instalação por Rede e/ou Desacompanhada Date: Pages: Issue: State: Access: Reference: 02207/2005 15 Instalar e Configurar Final Público CM2005-2001 i Approved Version: RR Name Function Signature

Leia mais

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Abril 2013 Sumário 1. Agente... 1 2. Onde instalar... 1 3. Etapas da Instalação do Agente... 1 a. Etapa de Instalação do Agente... 1 b. Etapa de Inserção

Leia mais

Manual de instalação, configuração e utilização do Assinador Betha

Manual de instalação, configuração e utilização do Assinador Betha Manual de instalação, configuração e utilização do Assinador Betha Versão 1.5 Histórico de revisões Revisão Data Descrição da alteração 1.0 18/09/2015 Criação deste manual 1.1 22/09/2015 Incluído novas

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

Linux Caixa Mágica. Documentos Técnicos CM. Configurar a partilha de directorias Windows / Linux Caixa Mágica

Linux Caixa Mágica. Documentos Técnicos CM. Configurar a partilha de directorias Windows / Linux Caixa Mágica Linux Caixa Configurar a partilha de directorias Windows / Linux Caixa Date: Pages: Issue: State: Access: Reference: 01612/2003 16 Instalar e Configurar Final Público CM2003-2001 i Approved Version: RR

Leia mais

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04 Guia de Prática Windows 7 Ubuntu 12.04 Virtual Box e suas interfaces de rede Temos 04 interfaces de rede Cada interface pode operar nos modos: NÃO CONECTADO, que representa o cabo de rede desconectado.

Leia mais

G-Bar IGV. Instalação Versão 4.0

G-Bar IGV. Instalação Versão 4.0 G-Bar Software para Gerenciamento de Centrais de Corte e Dobra de Aço IGV Software Interpretador/ Gerenciador/ Visualizador de dados digitais de projetos CAD-TQS Instalação Versão 4.0 Manual do Usuário

Leia mais

Tutorial de Active Directory Parte 3

Tutorial de Active Directory Parte 3 Tutorial de Active Directory Parte 3 Introdução Prezados leitores, esta é a terceira parte de uma série de tutoriais sobre o Active Directory. O Active Directory foi a grande novidade introduzida no Windows

Leia mais

Instalação rápida do Expresso

Instalação rápida do Expresso Instalação rápida do Expresso 1. Considerações 2. Requisitos básicos para instalação 3. Instalação 4. Configurando o Setup do Expresso 5. Cadastrando usuários 6. Primeiro Acesso no Expresso 7. Desinstalação

Leia mais

AFS para Windows. Iniciação Rápida. Versão 3.6 S517-6977-00

AFS para Windows. Iniciação Rápida. Versão 3.6 S517-6977-00 AFS para Windows Iniciação Rápida Versão 3.6 S517-6977-00 AFS para Windows Iniciação Rápida Versão 3.6 S517-6977-00 Nota Antes de utilizar estas informações e o produto a que elas se referem, leia as

Leia mais

LEIA-ME PRIMEIRO Instalação do Fiery WorkCentre Série 7300

LEIA-ME PRIMEIRO Instalação do Fiery WorkCentre Série 7300 LEIA-ME PRIMEIRO Instalação do Fiery WorkCentre Série 7300 Este documento descreve como instalar e configurar o Controlador de rede Fiery para WorkCentre Série 7300. Complete as etapas que correspondem

Leia mais