RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES REVISADO EM SETEMBRO DE 2011 DE ACORDO COM RESOLUÇÃO CEPE 12/2007 E RESOLUÇÃO CAMPG 93/2007 AV. IPIRANGA, 2752 PORTO ALEGRE RS FONE/FAX: (51)

2 I. INTRODUÇÃO Este manual traz instruções/sugestões de formatação para elaboração de teses e dissertações do PPGCF/UFRGS. Caso as especificidades da área não permitam a utilização dos modelos propostos, outros modelos poderão ser aceitos desde que o texto e as referências sejam padronizados e a apresentação seja compatível com trabalho de conclusão de curso de mestrado ou doutorado (Resolução CAMPG 93/2007). Em caso de dúvidas sobre a formatação alternativa a ser adotada, consulte a Coordenação do Programa antes de redigir o trabalho. II. ESTRUTURA A estrutura dos trabalhos de dissertação e tese poderá seguir três modelos: (A) seqüência clássica (B) capítulos (C) encarte de publicações (A) Modelo com seqüência ordenada dos seguintes conteúdos: 1) Introdução 2) Objetivos 3) Revisão (estado-da-arte sobre o tema específico do trabalho) 4) Materiais e Métodos ou Parte Experimental 5) Resultados e Discussão ou Resultados Discussão 6) Conclusões 7) Referências 8) Anexos 9) Biografia (opcional) (B) Modelo em capítulos, onde o tema é dividido em partes: 1) Introdução (geral) - Objetivos (gerais) 2) Cada Capítulo: Introdução - Objetivos Revisão (estado-da-arte sobre o tema específico do capítulo) Materiais e Métodos ou Parte Experimental Resultados e Discussão ou Resultados Discussão e Conclusões ou Discussão Conclusões Referências (opcional)

3 3) Discussão (geral) 4) Conclusões (gerais) 5) Referências se não colocadas nos capítulos, individualmente 6) Biografia (opcional) (C) Modelo com encarte de publicações: 1) Introdução (geral) objetivos (gerais) 2) Capítulos, de acordo com a estrutura do modelo (B), e/ou Encartes de publicações. 3) Discussão (geral) 4) Conclusões (gerais) 5) Referências, se não colocadas nos capítulos/partes 6) Biografia (opcional) De acordo com Resolução CAMPG 93/2007, podem ser encartados tanto artigos já publicados, produzidos pelo pós-graduando durante o mestrado ou doutorado, quanto artigos prontos para submissão para publicação. No caso de encarte de artigos, o aluno deve consultar a Resolução 02/2009/PPGCF ( III. INSTRUÇÕES GERAIS segundo ABNT NBR de abril 2011 (se encontra ao dispor na Biblioteca FACFAR) A dissertação/tese deverá apresentar as informações na seguinte ordem: Capa: ver modelo. O título do trabalho deve ser preciso e pertinente, constando, preferencialmente de palavras que sejam indexáveis em banco de dados. Folha de rosto: ver modelo Banca Examinadora e Ficha catalográfica: inseridos no verso da folha de rosto (ver modelo anexo). Para a geração automática da Ficha Catalográfica consultar Descrição dos locais onde desenvolveu o trabalho e a bolsa ou financiamentos recebidos (opcional) Dedicatória: Opcional. Recomenda-se que seja sucinta e em português formal. Dedicatória é, por natureza, afetiva. Mas, o texto deve primar pela elegância e concisão adequadas a um trabalho científico. Agradecimentos: Opcional. limitados a duas páginas, no máximo. Da mesma forma que acima, recomenda-se um texto elegante e conciso, de acordo com a natureza científica do trabalho. Epígrafe: Opcional. Texto em que o autor apresenta uma citação, seguida de indicação de autoria, relacionada com a matéria tratada no corpo do trabalho. Resumo e Abstract: constando de no máximo uma (1) página cada. Para Doutorado, excepcionalmente, o limite é de duas (2) páginas para cada. O espaçamento interlinha é de 1,5. O Abstract deverá conter o título do trabalho e palavras-chave em inglês; e o resumo, palavras-chave em português. Tanto o Resumo como o Abstract não devem conter parágrafos, porém os itens contemplados podem ser salientados em negrito. Itens contemplados nos dois casos: Objetivos, Métodos, Resultados e Conclusões Palavras-chaves (sempre em parágrafo próprio)

4 Lista de Figuras/ Lista de Tabelas: Opcional. não é cópia das legendas. Os detalhes como, por exemplo, símbolos elucidativos, devem ser omitidos. Obrigatória quando o número exceder 10 (dez) de cada. Lista de Abreviaturas e siglas: Opcional. Consiste na relação alfabética das abreviaturas e siglas utilizadas no texto, seguidas das palavras ou expressões correspondentes grafadas por extenso. Sumário: Enumeração das divisões, seções e outras partes de uma publicação, na mesma ordem e grafia em que a matéria nele se sucede. A palavra sumário deve ser centralizada e os indicativos das seções devem ser alinhados à esquerda. Os elementos pré-textuais (aqueles presentes antes da introdução) não devem constar no sumário. A paginação pode ser indicada colocando-se somente o número da primeira página ou os números das páginas inicial e final, separados por hífen. Alinhamento sem recuo. 1 - INTRODUÇÃO (máximo 3 páginas) incluindo a formulação da(s) hipótese(s) e justificativa do trabalho. 2 - OBJETIVOS (podem constar do final da Introdução) 3 REVISÃO DO TEMA Limitar o número de páginas: recomenda-se que o texto represente no máximo 30 % (trinta por cento) do número total de páginas do trabalho ou do capítulo. A revisão deve ser objetiva e com foco no estado-da-arte do tema específico sob investigação. Deve constituir uma atualização do tema e não uma compilação de informações já clássicas e consolidadas em livros. 4 - PARTE EXPERIMENTAL, MÉTODO OU MATERIAIS E MÉTODOS Especificações de produtos, material e equipamentos que possam influenciar nos resultados do trabalho deverão ser indicadas (nº de lote, grau de pureza, etc.). 5 - RESULTADOS E DISCUSSÃO ou DISCUSSÃO DOS RESULTADOS Resultados e Discussão podem constituir capítulo único ou capítulos separados. No caso de resultados expressos na forma de tabelas e gráficos recomenda-se que a tabela seja inserida em anexo e o gráfico no texto. No caso de uso de análises estatísticas, tabelas contendo cálculos realizados podem, a critério do autor, ser apresentadas nos anexos, mas não no corpo dos resultados e discussão. O uso de referências deverá servir para contextualizar os resultados obtidos. Não repetir figuras ou tabelas que constem em outras partes do trabalho. No caso de Resultados e Discussão, em capítulos separados, é possível colocar as tabelas em Resultados e as figuras correspondentes na Discussão. 6 CONCLUSÕES As conclusões deverão contemplar os objetivos propostos e não devem constituir apenas um resumo dos resultados. 7 REFERÊNCIAS O objetivo é localizar PRECISAMENTE a fonte do que foi citado no trabalho. As citações e referências devem seguir as normas da ABNT vigentes. Dúvidas sobre a formatação das referências e citações no texto podem ser dirimidas na Biblioteca da Faculdade.

5 8 Sugestão de ANEXOS tabelas gráficos composição de reagentes parecer de Comitê de Ética, nos casos pertinentes outros elementos considerados de importância relevante artigos publicados ou aceitos para publicação decorrentes do trabalho (Quando a dissertação ou tese não seguir o modelo C) 9 BIOGRAFIA (opcional) resumo da trajetória acadêmica do autor a partir do 3 grau (máximo de duas páginas). lista da produção intelectual relacionada com o trabalho (por exemplo, artigos e eventos). III. FORMATO DE APRESENTAÇÃO (MODELOS A, B e C). Formato condicionado: exemplares preliminares: papel tamanho A4, margens em espelho exemplares finais: folhas A4, gramatura não inferior a 90, reduzido a 85 %, retroverso (realizado pela gráfica da UFRGS); Recomenda-se que os elementos textuais e pós-textuais (aqueles a partir da introdução) sejam digitados no anverso e verso das folhas. ATENÇÃO: solicitar à Gráfica da UFRGS informações específicas no caso de impressão de páginas com elementos coloridos. Letra Arial-12 ou Times New Roman-13. Espaçamento. Todo o texto deve ser digitado com espaçamento 1,5 entre as linhas. Deve ser utilizado espaço simples para citações de mais de três linhas, notas de rodapé, referências, legendas das ilustrações e das tabelas, tipo de projeto de pesquisa e nome da entidade, ficha catalográfica. As referências no final do trabalho devem ser separadas entre si por um espaço simples em branco. Texto com alinhamento justificado. Margens: sugestão: para o anverso da folha, 3 cm para margens esquerda e superior, 2 cm para margens direita e inferior; para o verso da folha, 3 cm para margens direita e superior; 2 cm para margens esquerda e inferior. Diagramar textos, figuras, esquemas e tabelas de forma a não deixar espaços em branco na página. Paginação. As páginas devem ser contadas sequencialmente a partir da folha de rosto. No entanto, a numeração deve figurar a partir da primeira folha da parte textual (introdução), em algarismos arábicos. O número deverá estar localizado, preferencialmente, na margem superior externa ou, opcionalmente, centralizada da página, na margem superior ou inferior. Páginas que contenham títulos dos capítulos/partes são contadas, mas o número não é impresso. Páginas em branco são contadas, mas o número não é impresso. Os títulos dos capítulos/partes devem iniciar sempre em página impar (anverso). Podem constar em folhas separadas ou na página do texto, neste último caso devem ser

6 separados do texto que os sucede por um espaço entre as linhas de 1,5. Caso seja necessário, adicionar página em branco. Tabelas: o título deve constar na parte superior da tabela, texto em espaço simples. O recuo da 2ª e demais linhas subseqüentes é facultativo. As tabelas deverão preferencialmente seguir as margens do texto e sua 1ª coluna deve ser alinhada à esquerda. A numeração das tabelas deve ser arábica e seqüencial para o modelo A, em capítulos para modelos B e C. Figuras: O título deve constar na parte inferior das figuras, com texto em espaço simples. O recuo da 2ª e demais linhas subseqüentes é facultativo. A numeração e a formatação devem seguir as indicadas para as tabelas. Fluxogramas e esquemas em geral: devem seguir as mesmas regras indicadas para as figuras. Equações químicas: devem ser denominadas como Esquemas e a indicação do número do esquema deve ser localizada abaixo do mesmo, centrado e sem legenda. É possível utilizar folhas coloridas nas páginas contendo o título dos capítulos e para as Referências. Os exemplares finais deverão ser apresentados com capa dura ou brochura As palavras latinas e de outras línguas estrangeiras deverão ser colocadas em itálico. O nome do pós-graduando e, se viável, o título do trabalho devem constar na lombada, dispostos no sentido ascendente. Observações: Não será permitido nenhum comentário, figura, gravura ou ilustração do autor ou de terceiros que venham a comprometer a seriedade e o caráter científico do trabalho. Só será permitida a utilização de unidades definidas no Sistema Internacional SI, constantes da ABNT. A seguir são mostrados exemplos de capa, folha de rosto, página da ficha catalográfica e da página de agradecimentos às Instituições que financiaram o trabalho de pesquisa.

7 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE FARMÁCIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS Título do trabalho de tese ou dissertação CAPA CAPA NOME DO MESTRANDO OU DOUTORANDO PORTO ALEGRE, ANO

8 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE FARMÁCIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS Título do trabalho de tese ou dissertação Dissertação/Tese apresentada por Nome do Mestrando ou Doutorando para obtenção do GRAU DE MESTRE/TÍTULO DE DOUTOR em Ciências Farmacêuticas Orientador(a): Profa. Dr. Nome Co-Orientador(a): Prof. Dr. Nome (se houver) Porto Alegre, ano

9 Em ordem alfabética do primeiro nome Tese/Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, em nível de Doutorado/Mestrado Acadêmico da Faculdade de Farmácia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e aprovada em dia.mês.ano, pela Banca Examinadora constituída por: Profa. Dr. xxxxxx Universidade de xxxxxxx Prof. Dr. xxxxxxxxxxxx Universidade xxxxxxxxxxxx Profa. Dr. xxxxxxxxxxxxx Universidade xxxxxxxxxxxxxxxx Atenção: a ficha catalográfica mostrada acima é somente ilustrativa. Para elaboração dessa ficha, após apresentação/defesa do trabalho, consulte ou entre em contato com a biblioteca da FACFAR.

10 Agradecimentos ao CNPq/à CAPES/à FAPERGS/à ANVISA, órgão que financiou a bolsa de estudos para o desenvolvimento deste trabalho, e ao Laboratório de xxxx yyyy que disponibilizou equipamentos e material necessários para a realização dos experimentos práticos na elaboração da presente dissertação/tese OU Este trabalho foi desenvolvido no Laboratório X do Departamento X da Faculdade de Farmácia da UFRGS e no Centro X do Instituto X da, na cidade de X, com financiamento da CAPES/do CNPq/ da FAPERGS... O autor recebeu bolsa de estudos da CAPES/do CNPq.

11 CONFERÊNCIA PARA FORMA GRÁFICA DE TESE OU DISSERTAÇÃO NO EXEMPLAR FINAL DE ENVIO PARA IMPRESSÃO PELA GRÁFICA DA UFRGS ITEM sim não 1- Estruturada para impressão em retroverso? Folhas em configuração de espelho? Folhas em branco que indicam página em branco presentes? Capa de acordo com modelo? A numeração das páginas em algarismos arábicos está presente a partir do corpo do trabalho (INTRODUÇÃO)? Folha de rosto de acordo com modelo? verso de folha de rosto (contendo dados da apresentação, constituição da banca em ordem alfabética - e ficha catalográfica) de acordo com modelo?* Páginas de início dos capítulos são páginas ímpares? Lista de tabelas e figuras (se necessárias)? >10 de cada 10- Lista de abreviaturas (se necessária)? Abreviaturas necessárias e corretas? (abreviaturas correntes e unidades SI não devem ser citadas, p.ex.: F.Bras. IV; CLAE, UV, ANVISA, nm, etc...) ABSTRACT com título em inglês do trabalho? PALAVRAS-CHAVE e KEYWORDS presentes? Acessórios (epígrafe, dedicatória, agradecimentos) necessários e coerentes com um trabalho científico? Descrição dos locais onde desenvolveu o trabalho e a bolsa ou financiamentos recebidos (opcional) presente? Seqüência das partes de acordo com normas do PPGCF? Formatação das páginas de acordo? Todas as citações foram referenciadas? Todas as referências foram citadas? Referências de acordo com as normas da ABNT? Biografia, se presente, de acordo?... Após a Homologação do trabalho, o aluno leva para a Gráfica da UFRGS: 1. Disco compacto (CD) com Dissertação/Tese em formato PDF 2. Termo de responsabilidade para a tiragem das cópias na Gráfica da UFRGS 1 1 ver em < de Cópias de Teses e Dissertações/Termo de responsabilidade (formato digital 'PDF')

Guia para apresentação do trabalho acadêmico:

Guia para apresentação do trabalho acadêmico: BIBLIOTECA COMUNITÁRIA Guia para apresentação do trabalho acadêmico: de acordo com NBR 14724/2011 São Carlos 2011 Guia para apresentação do trabalho acadêmico As orientações abaixo são de acordo com NBR

Leia mais

NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 2013 DISSERTAÇÃO E TESE

NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 2013 DISSERTAÇÃO E TESE UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE ENFERMAGEM PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 2013 DISSERTAÇÃO E TESE Este documento refere-se às Normas de Apresentação

Leia mais

ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas)

ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) Um resumo das normas Este resumo é indicado, principalmente, para quem for escrever um trabalho científico. Como a própria ABNT diz, ao introduzir o texto

Leia mais

Roteiro de Normas Técnicas para apresentação de trabalhos acadêmicos, dissertações, teses e monografias Rede Gonzaga de Ensino Superior

Roteiro de Normas Técnicas para apresentação de trabalhos acadêmicos, dissertações, teses e monografias Rede Gonzaga de Ensino Superior Objetivo: As normas da ABNT tem o objetivo de facilitar e determinar um padrão nos trabalhos, facilitando assim a avaliação das escolas e universidades, dentro de um mesmo parâmetro de apresentação. Elas

Leia mais

MARIA BERNADETE MIRANDA

MARIA BERNADETE MIRANDA MARIA BERNADETE MIRANDA Trabalhos Acadêmicos segundo a ABNT-NBR 14724:2002 NORMALIZAÇÃO DOCUMENTÁRIA! Referências! Citações em documentos! Trabalhos Acadêmicos ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS!

Leia mais

Guia para apresentação do trabalho acadêmico:

Guia para apresentação do trabalho acadêmico: BIBLIOTECA COMUNITÁRIA Guia para apresentação do trabalho acadêmico: de acordo com NBR 14724/2005 São Carlos 2010 Guia para apresentação do trabalho acadêmico As orientações abaixo são de acordo com a

Leia mais

PROGRAMA ASSOCIADO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA UPE/UFPB

PROGRAMA ASSOCIADO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA UPE/UFPB PROGRAMA ASSOCIADO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA UPE/UFPB NORMA PAPGEF UPE/UFPB N 002/2015 DISPÕE SOBRE A NORMATIZAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES E TESES NO PAPGEF UPE/UFPB. Art. 1. Os concluintes

Leia mais

ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS DO ARTIGO CIENTÍFICO baseados na NBR 6022, 2003

ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS DO ARTIGO CIENTÍFICO baseados na NBR 6022, 2003 FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DOM BOSCO CORNÉLIO PROCÓPIO - PR ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS DO ARTIGO CIENTÍFICO baseados na NBR 6022, 2003 1 INTRODUÇÃO As orientações aqui apresentadas são baseadas

Leia mais

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO NO 1. VERSÃO FINAL O original da versão final da Dissertação deverá ser entregue pelo aluno a Coordenação do Programa de Pós-Graduação em

Leia mais

MANUAL PARA NORMATIZAÇÃO - TCC

MANUAL PARA NORMATIZAÇÃO - TCC Etec de Esportes Curt Walter Otto Baumgart Biblioteca da Etec de Esportes Curt Walter Otto Baumgart MANUAL PARA NORMATIZAÇÃO - TCC São Paulo, 2014 ii FORMATO DO TCC Tamanho do papel: A4 (21 cm 29,7 cm);

Leia mais

Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE

Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE Normas para Redação de Dissertações/Teses 1. Estrutura A estrutura de uma dissertação, tese ou

Leia mais

DIRETRIZES PARA APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO (TCC)

DIRETRIZES PARA APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO (TCC) DIRETRIZES PARA APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO (TCC) RIO DE JANEIRO 2009 2 APRESENTAÇÃO Estas diretrizes têm por objetivo padronizar a apresentação dos Trabalhos

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO O trabalho deve ser digitado e impresso em papel formato A4. O texto deve ser digitado, no anverso das folhas, em espaço 1,5, letra do tipo

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO CAMPUS UBERABA - MG NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO UBERABA-MG 2010 SUMÁRIO

Leia mais

MANUAL DE TRABALHOS ACADÊMICOS

MANUAL DE TRABALHOS ACADÊMICOS MANUAL DE TRABALHOS ACADÊMICOS Apresentação gráfica Segundo normas estabelecidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e atualizado com as alterações da NBR 14724/11 Trabalhos Acadêmicos.

Leia mais

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS Estas regras são aplicadas a todos os Trabalhos acadêmicos ou similares (trabalho de conclusão de curso (TCC), trabalho de graduação interdisciplinar,

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ACADÊMICO DE CONCLUSÃO DE CURSO. FORMATO ARTIGO CIENTÍFICO (com base na ABNT NBR 6022)

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ACADÊMICO DE CONCLUSÃO DE CURSO. FORMATO ARTIGO CIENTÍFICO (com base na ABNT NBR 6022) UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE BACHARELADO EM ENFERMAGEM Coordenação do TCC de Enfermagem BACHARELADO EM FISIOTERAPIA Coordenação do TCC de Fisioterapia NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ACADÊMICO

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA Considera-se projeto de pesquisa um plano ou uma orientação metódica acerca dos passos que devem ser executados na pesquisa de forma concreta, atendendo a

Leia mais

A estrutura de um trabalho, de acordo com a ABNT/NBR-14724, compreende três elementos: Pré textuais, Textuais Pós textuais.

A estrutura de um trabalho, de acordo com a ABNT/NBR-14724, compreende três elementos: Pré textuais, Textuais Pós textuais. APRESENTAÇÃO Para ficar claro, é necessário fazer distinções entre padrões e normas, já que normas da ABNT são constituídas de regras a serem seguidas, objetivando a qualidade em produções científicas,

Leia mais

REVISTA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

REVISTA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REVISTA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO INSTRUÇÕES AOS AUTORES 1 GERAIS: Originais: Os artigos devem ser enviados exclusivamente por meio eletrônico para o endereço: revistainnovare@cescage.edu.br - Revista

Leia mais

AÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE ARTIGO TEXTO RETIRADO E ADAPTADO DO MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE.

AÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE ARTIGO TEXTO RETIRADO E ADAPTADO DO MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE. AÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE ARTIGO TEXTO RETIRADO E ADAPTADO DO MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE. CANOAS/2014 A estrutura deste manual foi elaborada com base

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PAPER NO ACOMPANHAMENTO ESPECIAL DE TODAS AS DISCIPLINAS

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PAPER NO ACOMPANHAMENTO ESPECIAL DE TODAS AS DISCIPLINAS 1 ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PAPER NO ACOMPANHAMENTO ESPECIAL DE TODAS AS DISCIPLINAS APRESENTAÇÃO Esse documento é dirigido aos docentes e discentes da Fesp Faculdades com a finalidade de adotar normas

Leia mais

MANUAL DE ELABORAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE QUALIFICAÇÃO E TESE

MANUAL DE ELABORAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE QUALIFICAÇÃO E TESE UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO E MEIO AMBIENTE MANUAL DE ELABORAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE QUALIFICAÇÃO E

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA APRESENTAÇÃO NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS O trabalho deve ser digitado e impresso em papel

Leia mais

CENTRO PAULA SOUZA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE FRANCA. Dr. THOMAZ NOVELINO DIGITE NOME. TÍTULO (DIGITE: TEXTO FORMATADO) Subtítulo (use se necessário)

CENTRO PAULA SOUZA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE FRANCA. Dr. THOMAZ NOVELINO DIGITE NOME. TÍTULO (DIGITE: TEXTO FORMATADO) Subtítulo (use se necessário) CENTRO PAULA SOUZA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE FRANCA Dr. THOMAZ NOVELINO FORMATO DA FOLHA A4(21 CM X29,7 CM) ESPAÇAMENTO 1,5 MARGEM: SUPERIOR E ESQUERDA- 3 CM INFERIOR E DIREITA - 2 CM [f1] Comentário:

Leia mais

NBR 14724/2011 ABNT NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 19/10/2011. Objetivo

NBR 14724/2011 ABNT NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 19/10/2011. Objetivo Objetivo ABNT Normas para elaboração de trabalhos científicos Esta Norma especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos, visando sua apresentação à instituição Estrutura Parte

Leia mais

II Fórum de acessibilidade e II Seminário de ações afirmativas, diversidade e inclusão. OS TRABALHOS DEVERÃO SEGUIR A SEGUINTE FORMATAÇÃO:

II Fórum de acessibilidade e II Seminário de ações afirmativas, diversidade e inclusão. OS TRABALHOS DEVERÃO SEGUIR A SEGUINTE FORMATAÇÃO: II Fórum de acessibilidade e II Seminário de ações afirmativas, diversidade e inclusão. OS TRABALHOS DEVERÃO SEGUIR A SEGUINTE FORMATAÇÃO: I - RESUMO EXPANDIDO: Modalidade: Destinada a alunos de graduação,

Leia mais

Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010

Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010 1 Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010 Pré-textuais Textuais Pós-textuais Estrutura Elemento OK Capa (obrigatório) Anexo A (2.1.1) Lombada (obrigatório) Anexo H Folha

Leia mais

Diretrizes para Apresentação de Dissertações. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem Mestrado Acadêmico

Diretrizes para Apresentação de Dissertações. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem Mestrado Acadêmico 1 Diretrizes para Apresentação de Dissertações Programa de Pós-Graduação em Enfermagem Mestrado Acadêmico Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto - FAMERP 2 2014 Diretor Adjunto de Pós-Graduação

Leia mais

UNESP Faculdade de Odontologia de Araraquara Biblioteca Professora Maria Dilma de Oliveira Gonçalves. Diretrizes para elaboração de Memorial Acadêmico

UNESP Faculdade de Odontologia de Araraquara Biblioteca Professora Maria Dilma de Oliveira Gonçalves. Diretrizes para elaboração de Memorial Acadêmico UNESP Faculdade de Odontologia de Araraquara Biblioteca Professora Maria Dilma de Oliveira Gonçalves Ana Cristina Jorge Diretrizes para elaboração de Memorial Acadêmico Araraquara 2014 2 MEMORIAL ACADÊMICO

Leia mais

ABNT NBR 14724 NORMA BRASILEIRA. Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação

ABNT NBR 14724 NORMA BRASILEIRA. Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação NORMA BRASILEIRA ABNT NBR 14724 Segunda edição 30.12.2005 Válida a partir de 30.01.2006 Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação Information and documentation Presentation of academic

Leia mais

LIBREOFFICE WRITER VERSÃO 08.2012 DE TRABALHOS CIENTÍFICOS UTILIZANDO O

LIBREOFFICE WRITER VERSÃO 08.2012 DE TRABALHOS CIENTÍFICOS UTILIZANDO O UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS - PRH DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS - DRH DIVISÃO DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO - TDE FORMATAÇÃO DE TRABALHOS

Leia mais

TRABALHO ACADÊMICO: Guia fácil para diagramação: formato A5. Formatação do Texto

TRABALHO ACADÊMICO: Guia fácil para diagramação: formato A5. Formatação do Texto TRABALHO ACADÊMICO: Guia fácil para diagramação: formato A5 Antes de iniciar a digitação de seu trabalho acadêmico configure seu documento com as especificações a seguir, facilitando a visualização e sua

Leia mais

EDITAL 03/2015 REVISTA PESQUISA & EXTENSÃO FACIT

EDITAL 03/2015 REVISTA PESQUISA & EXTENSÃO FACIT EDITAL 03/2015 REVISTA PESQUISA & EXTENSÃO FACIT A Faculdade de Ciência e Tecnologia de Montes Claros (FACIT), por intermédio da Coordenação de Pesquisa, TORNA PÚBLICO a todos os interessados que está

Leia mais

TÍTULO DA OFICINA/MINICURSO EM NEGRITO CAIXA ALTA CENTRALIZADO FONTE TIMES NEW ROMAN 12 RESUMO

TÍTULO DA OFICINA/MINICURSO EM NEGRITO CAIXA ALTA CENTRALIZADO FONTE TIMES NEW ROMAN 12 RESUMO TÍTULO DA OFICINA/MINICURSO EM NEGRITO CAIXA ALTA CENTRALIZADO FONTE TIMES NEW ROMAN 12 Nome completo do autor com sobrenome em CAIXA ALTA Nome completo do coautor com sobrenome em CAIXA ALTA RESUMO Identifique

Leia mais

Dissertações/trabalhos de projetos/relatórios de estágios De Mestrados

Dissertações/trabalhos de projetos/relatórios de estágios De Mestrados Manual de normas Dissertações/trabalhos de projetos/relatórios de estágios De Mestrados ESEC, abril de 2014 As normas de formatação para as dissertações/projeto/estágios de mestrado descritas neste documento

Leia mais

PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO CIENTÍFICO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PROCESSO

PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO CIENTÍFICO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PROCESSO MANUAL DE NORMAS TÉCNICAS 1 PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO CIENTÍFICO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PROCESSO PENAL IBCCRIM-COIMBRA, REALIZADO PELO INSTITUTO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS CRIMINAIS (IBCCRIM)

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA (ABNT - NBR 15287- válida a partir de 30.01.2006) 1 COMPONENTES DE UM PROJETO DE PESQUISA (itens em negrito são obrigatórios) ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS Capa

Leia mais

Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu. Ciências da Saúde. Universidade São Francisco

Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu. Ciências da Saúde. Universidade São Francisco Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Ciências da Saúde Universidade São Francisco Manual de Orientação de Teses e Dissertações Bragança Paulista 2009 SUMÁRIO I. Apresentação... 1 II. Estrutura do trabalho

Leia mais

NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT TRABALHOS ACADÊMICOS:

NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT TRABALHOS ACADÊMICOS: MANUAL PARA TCC www.etecmonteaprazivel.com.br Estrada do Bacuri s/n Caixa Postal 145 Monte Aprazível SP CEP 15150-000 Tel.: (17) 3275.1522 Fax: (17) 3275.1841 NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT

Leia mais

PIM V. Projeto Integrado Multidisciplinar

PIM V. Projeto Integrado Multidisciplinar PIM V Projeto Integrado Multidisciplinar PIM V - PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Propor a aplicação dos conhecimentos adquiridos nas disciplinas do semestre no funcionamento dos sistemas de Saúde

Leia mais

ABNT NBR 14724 [terceira edição atualizada em 2011]

ABNT NBR 14724 [terceira edição atualizada em 2011] ABNT NBR 14724 [terceira edição atualizada em 2011] Professora Alcione Mazur 25/07/11 Cancela e substitui a edição anterior. ABNT NBR 14724: 2005 Não houve alterações na estrutura do trabalho, mas em uma

Leia mais

Roteiro para autores

Roteiro para autores Roteiro para autores 1. Apresentação A Editora da Universidade do Estado de Minas Gerais, EdUEMG, foi criada para fomentar a produção científica nas áreas mais estratégicas e relevantes para a instituição.

Leia mais

NORMAS ABNT- UFF - março de 2015 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

NORMAS ABNT- UFF - março de 2015 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE TURISMO 1 NORMAS ABNT- UFF - março de 2015 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Conforme estabelecido pela ABNT - NBR 14724:2011 Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação As informações

Leia mais

OBRIGATÓRIO= + OPCIONAL= *

OBRIGATÓRIO= + OPCIONAL= * Lombada* UFRGS FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS BIBLIOTECA GLÁDIS W. DO AMARAL ORIENTAÇÃO SOBRE A ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO Elementos póstextuais INDICES * PARTE INTERNA ANEXOS * APENDICES * GLOSSARIO

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO Nos termos da Lei nº 11.892 de 29/12/2008, a Escola Técnica da UFRGS passa a ter nova denominação. REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO O Curso Técnico

Leia mais

FACULDADE SANTA RITA DE CHAPECÓ CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS NOME DO(A) ACADÊMICO(A) TÍTULO CENTRALIZADO

FACULDADE SANTA RITA DE CHAPECÓ CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS NOME DO(A) ACADÊMICO(A) TÍTULO CENTRALIZADO 3cm 3cm FACULDADE SANTA RITA DE CHAPECÓ CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS 2cm NOME DO(A) ACADÊMICO(A) TÍTULO CENTRALIZADO Observação 1: Letra/fonte (Times New Roman ou Arial), maiúsculas, tamanho

Leia mais

MODELO PARA ELABORAÇÃO E FORMATAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

MODELO PARA ELABORAÇÃO E FORMATAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS MODELO PARA ELABORAÇÃO E FORMATAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS Nome(s) do(s) autor(es) em ordem alfabética E-mail(s) Professor(a)orientador(a) Resumo Este documento apresenta o modelo de elaboração e formatação

Leia mais

Os trabalhos acadêmicos devem ser divididos em: elementos pré-textuais, textuais e

Os trabalhos acadêmicos devem ser divididos em: elementos pré-textuais, textuais e NORMAS PARA A REDAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA O projeto gráfico é de responsabilidade do autor

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA - UNIUV CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MARIO DE SOUZA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS: MODELO TRABALHO COMPLETO

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA - UNIUV CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MARIO DE SOUZA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS: MODELO TRABALHO COMPLETO - capa A capa é a proteção externa do trabalho, padronizada. CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA - UNIUV Nome do curso TODO O TRABALHO: Os textos devem ser apresentados em papel branco (sem marca

Leia mais

RECURSOS HUMANOS PIM III. Projeto Integrado Multidisciplinar

RECURSOS HUMANOS PIM III. Projeto Integrado Multidisciplinar RECURSOS HUMANOS PIM III Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Descrever o papel da área de Recursos Humanos em termos de seu significado e importância no alcance

Leia mais

Inst. Superior de Ensino e Pesquisa de Ituiutaba Inst. Superior de Educação de Ituiutaba

Inst. Superior de Ensino e Pesquisa de Ituiutaba Inst. Superior de Educação de Ituiutaba Inst. Superior de Ensino e Pesquisa de Ituiutaba Inst. Superior de Educação de Ituiutaba COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO Especialização - Lato sensu NORMATIZAÇÃO DO TRABALHO DE PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO

Leia mais

As partes que compõem o trabalho acadêmico são:

As partes que compõem o trabalho acadêmico são: APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Picos, 2009 Apresentação O conhecimento científico tem como princípio fundamental a objetividade, tendo como premissa a sua legitimidade junto à comunidade científica.

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO VI SENPEX NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO Período de submissão: 10/07/2015 10/09/2015. 1. O VI do UNIBAVE: Ciência e tecnologia para promoção da educação e da vida", a ser realizado

Leia mais

DE ARTIGO CIENTÍFICO

DE ARTIGO CIENTÍFICO CURSOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL, TURISMO, DIREITO E PÓS-GRADUAÇÃO Maria Paulina Gomes Maria Paulina Gomes Manual elaborado para orientar os alunos que estão realizando a disciplina Trabalho de Conclusão

Leia mais

Universidade Aberta Lisboa Portugal Departamento de Humanidades. (29 de setembro a 02 de outubro de 2015) www.sil2015.com.br

Universidade Aberta Lisboa Portugal Departamento de Humanidades. (29 de setembro a 02 de outubro de 2015) www.sil2015.com.br Universidade Cruzeiro do Sul São Paulo - Brasil Mestrado em Linguística Universidade Aberta Lisboa Portugal Departamento de Humanidades Universidade do Porto Porto Portugal Faculdade de Letras (29 de setembro

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIENCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE ARTES CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO ATIVIDADE PRÁTICA- ESTÁGIO SUPERVISIONADO ROTEIRO

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DOS TEXTOS COMPLETOS Luciane de Paula (Presidente da Comissão Editorial)

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DOS TEXTOS COMPLETOS Luciane de Paula (Presidente da Comissão Editorial) NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DOS TEXTOS COMPLETOS Luciane de Paula (Presidente da Comissão Editorial) Informações gerais A Revista de Estudos Discursivos, gerada a partir das comunicações apresentadas no interior

Leia mais

MODELO PARA ELABORAÇÃO E FORMATAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO SÃO CAMILO - ES

MODELO PARA ELABORAÇÃO E FORMATAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO SÃO CAMILO - ES 1 MODELO PARA ELABORAÇÃO E FORMATAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO SÃO CAMILO - ES Primeiro Autor (aluno) e-mail Formação Segundo Autor (aluno) e-mail Formação Professor Orientador e-mail

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA ANEXO da Norma 004/2008 CCQ Rev 1, 28/09/2009 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE QUÍMICA CURSO DE GRADUAÇÃO EM QUÍMICA Salvador 2009 2 1 Objetivo Estabelecer parâmetros para a apresentação gráfica

Leia mais

RECURSOS HUMANOS PIM IV. Projeto Integrado Multidisciplinar

RECURSOS HUMANOS PIM IV. Projeto Integrado Multidisciplinar RECURSOS HUMANOS PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Descrever o papel da área de Recursos Humanos em termos de seu significado e importância no alcance

Leia mais

EDITAL 04/2016-PRPI/UFCA

EDITAL 04/2016-PRPI/UFCA EDITAL 04/2016-PRPI/UFCA A Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação da Universidade Federal do Cariri (PRPI/UFCA) torna pública a abertura de inscrições e estabelece normas relativas à participação

Leia mais

EDITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

EDITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE REITOR Josué Modesto dos Passos Subrinho VICE-REITOR Angelo Roberto Antoniolli EDITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE Coordenador do Programa Editorial Péricles

Leia mais

Faculdade de Alta Floresta (FAF) Programa de Iniciação Científica MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

Faculdade de Alta Floresta (FAF) Programa de Iniciação Científica MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS Faculdade de Alta Floresta (FAF) Programa de Iniciação Científica MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS Alta Floresta-MT 2015 Programa de Iniciação Científica MANUAL DE NORMAS PARA

Leia mais

1 Apresentação 2 Formatação do texto Papel: Margens: Tipo de Letra: Tamanho da fonte: Espaço entre as linhas:

1 Apresentação 2 Formatação do texto Papel: Margens: Tipo de Letra: Tamanho da fonte: Espaço entre as linhas: 1 2 1 Apresentação Este documento tem por objetivo apresentar orientações para a redação e formatação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) na modalidade de Artigo Científico. Para a elaboração do artigo

Leia mais

NORMAS DO III CONGRESSO NACIONAL DE FEIJÃO-CAUPI

NORMAS DO III CONGRESSO NACIONAL DE FEIJÃO-CAUPI NORMAS DO III CONGRESSO NACIONAL DE FEIJÃO-CAUPI TRABALHOS Os interessados em enviar artigos científicos deverão consultar as normas abaixo: Informações Gerais O período para o envio do resumo expandido

Leia mais

Manual de Normas Técnicas do Trabalho Acadêmico Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)

Manual de Normas Técnicas do Trabalho Acadêmico Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) Manual de Normas Técnicas do Trabalho Acadêmico Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) Aprovado pelo CONASU em 23/07/2015 Lauro de Freitas 2015 2 SUMÁRIO Apresentação 3 1 ESTRUTURA DE TRABALHOS ACADÊMICOS

Leia mais

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO. a) Instruções aos Autores

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO. a) Instruções aos Autores NORMAS PARA PUBLICAÇÃO a) Instruções aos Autores Está habilitada a publicação de trabalhos de pesquisadores nacionais e internacionais. Os trabalhos originais devem ser inéditos e escritos em Língua Portuguesa

Leia mais

Normas para Redação da Dissertação/Tese

Normas para Redação da Dissertação/Tese Normas para Redação da Dissertação/Tese Estrutura A estrutura de uma dissertação, tese ou monografia compreende três partes fundamentais, de acordo com a ABNT (NBR 14724): elementos prétextuais, elementos

Leia mais

Departamento de Tecnologia da Informação TCC

Departamento de Tecnologia da Informação TCC Departamento de Tecnologia da Informação TCC Roteiro com Orientações para Elaboração e Entrega do Trabalho de Conclusão de Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) da Faculdade de Tecnologia

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO TCC CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DOM BOSCO DE PORTO ALEGRE I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO TCC CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DOM BOSCO DE PORTO ALEGRE I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO TCC CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DOM BOSCO DE PORTO ALEGRE I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. Este regulamento tem por finalidade normatizar as atividades do

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE INGRESSO E VITALICIAMENTO DOS NOVOS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE INGRESSO E VITALICIAMENTO DOS NOVOS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ GESTÃO2010/2012 ESCOLASUPERIORDOMINISTÉRIOPÚBLICO(Art.1ºdaLei11.592/89) Credenciada pelo Parecer 559/2008, de 10/12/08, do CEC (Art. 10, IV da Lei Federal n.º 9.394, de 26/12/1996 - LDB) NORMAS PARA ELABORAÇÃO

Leia mais

CHAMADA PARA A SUBMISSÃO DE TRABALHOS NO 3º CONGRESSO INTERNACIONAL DO LIVRO, DA LEITURA E DA LITERATURA NO SERTÃO

CHAMADA PARA A SUBMISSÃO DE TRABALHOS NO 3º CONGRESSO INTERNACIONAL DO LIVRO, DA LEITURA E DA LITERATURA NO SERTÃO CHAMADA PARA A SUBMISSÃO DE TRABALHOS NO 3º CONGRESSO INTERNACIONAL DO LIVRO, DA LEITURA E DA LITERATURA NO SERTÃO A Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco/Fundarpe e a Universidade de Pernambuco/Campus

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA - IFSC CURSO DE XXXX - XXX NOME

INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA - IFSC CURSO DE XXXX - XXX NOME 0 INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA - IFSC CURSO DE XXXX - XXX NOME Nome do (s) autor (s). Se tiver mais de um autor, inserir os nomes em ordem alfabética. NBR 10719: apresentação de relatórios técnico-científicos

Leia mais

Universidade Federal de Viçosa Departamento de Economia Comissão de Monografia NORMAS PARA ESTRUTURAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)

Universidade Federal de Viçosa Departamento de Economia Comissão de Monografia NORMAS PARA ESTRUTURAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) Universidade Federal de Viçosa Departamento de Economia Comissão de Monografia NORMAS PARA ESTRUTURAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) Comissão de Monografia do Curso de Ciências Econômicas 23

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS GOVERNADOR VALADARES COORDENAÇÃO DO ENSINO MÉDIO - CEM

Leia mais

Manual de Estágio e Trabalho de Conclusão de Curso dos Curso de Administração, Sistemas de Informação e Ciências Contábeis.

Manual de Estágio e Trabalho de Conclusão de Curso dos Curso de Administração, Sistemas de Informação e Ciências Contábeis. Manual de Estágio e Trabalho de Conclusão de Curso dos Curso de Administração, Sistemas de Informação e Ciências Contábeis. 2 Sumário Necessidade do estágio... 3 Realização do Estágio... 3 Documentações

Leia mais

Normas ABNT para Trabalhos

Normas ABNT para Trabalhos Normas ABNT para Trabalhos CAPA: Nome da Instituição: fonte tamanho 12 e centralizado. Nome dos autores: fonte tamanho 12, centralizado em ordem alfabética. Título: fonte tamanho 14 em negrito e centralizado.

Leia mais

GESTÃO EMPRESARIAL PIM II. Projeto Integrado Multidisciplinar

GESTÃO EMPRESARIAL PIM II. Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO EMPRESARIAL PIM II Projeto Integrado Multidisciplinar PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Descrição e análise de práticas de gestão em empresas de médio porte. OBS: O Projeto deverá ser

Leia mais

Disciplina: Seminários. Curso: Administração

Disciplina: Seminários. Curso: Administração Disciplina: Seminários Curso: Administração Texto 5: NORMAS PARA FORMATAÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO / ACADÊMICO NBR 14724/2005 A normalização de documentos técnico-científicos tem como finalidade tornar

Leia mais

Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos

Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Maria Bernardete Martins Alves Marili I. Lopes Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Módulo 3 Apresentação

Leia mais

Normas para Apresentação de Trabalhos Científicos I Simpósio Brasileiro de Desenvolvimento Territorial Sustentável

Normas para Apresentação de Trabalhos Científicos I Simpósio Brasileiro de Desenvolvimento Territorial Sustentável Normas para Apresentação de Trabalhos Científicos I Simpósio Brasileiro de Desenvolvimento Territorial Sustentável Orientações gerais: UFPR Litoral Matinhos (PR) - 29 e 30/10/2015 Serão aceitas três modalidades

Leia mais

Journal of Transport Literature

Journal of Transport Literature JTL RELIT www.transport-literature.org ISSN 2238-1031 Journal of Transport Literature JTL Regras de formatação de Artigos 1. Aspectos Gerais Todos os artigos devem ser acompanhados do preenchimento de

Leia mais

Normas de apresentação e de harmonização gráfica para dissertação ou trabalho de projecto de mestrado e tese de doutoramento 1

Normas de apresentação e de harmonização gráfica para dissertação ou trabalho de projecto de mestrado e tese de doutoramento 1 Normas de apresentação e de harmonização gráfica para dissertação ou trabalho de projecto de mestrado e tese de doutoramento 1 1. Entrega (i) Os exemplares a entregar da dissertação ou do trabalho de projecto

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DO RESUMO EXPANDIDO E TRABALHO COMPLETO DO 3º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE: ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DO RESUMO EXPANDIDO E TRABALHO COMPLETO DO 3º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE: ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DO RESUMO EXPANDIDO E TRABALHO COMPLETO DO 3º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE: ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE O formato de trabalhos aceitos será o Resumo Expandido ou Trabalho

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 1. APRESENTAÇÃO É essencial o uso de normas técnicas para uma boa apresentação e compreensão da leitura de um trabalho acadêmico-científico.

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Propor a aplicação dos conhecimentos adquiridos nas disciplinas do semestre na estratégia

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIA DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIA DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil Subsecretaria de Gestão Coordenadoria de Gestão de Pessoas Coordenação de Desenvolvimento Pessoal Gerência de Desenvolvimento

Leia mais

IERGS PÓS-GRADUAÇÃO MANUAL DE ESTÁGIO PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL 2010

IERGS PÓS-GRADUAÇÃO MANUAL DE ESTÁGIO PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL 2010 IERGS PÓS-GRADUAÇÃO MANUAL DE ESTÁGIO PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL 2010 APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO O presente Manual de Estágio apresenta as orientações básicas para o desenvolvimento das atividades

Leia mais

FACULDADES SÃO JOSÉ NOME DO AUTOR TÍTULO DO PROJETO

FACULDADES SÃO JOSÉ NOME DO AUTOR TÍTULO DO PROJETO FACULDADES SÃO JOSÉ NOME DO AUTOR TÍTULO DO PROJETO Rio de Janeiro 2007 NOME DO AUTOR TÍTULO DO PROJETO Projeto de pesquisa apresentado para a Programa de Iniciação à Pesquisa das FSJ, ou para elaboração

Leia mais

VIII JORNADA DE NUTRIÇÃO PREVENÇÃO E QUALIDADE DE VIDA VII ENCONTRO DE PESQUISA CIENTÍFICA EM NUTRIÇÃO II MOSTRA DE FOTOGRAFIAS DO CURSO DE NUTRIÇÃO

VIII JORNADA DE NUTRIÇÃO PREVENÇÃO E QUALIDADE DE VIDA VII ENCONTRO DE PESQUISA CIENTÍFICA EM NUTRIÇÃO II MOSTRA DE FOTOGRAFIAS DO CURSO DE NUTRIÇÃO VIII JORNADA DE NUTRIÇÃO PREVENÇÃO E QUALIDADE DE VIDA VII ENCONTRO DE PESQUISA CIENTÍFICA EM NUTRIÇÃO II MOSTRA DE FOTOGRAFIAS DO CURSO DE NUTRIÇÃO 31 de agosto a 04 de setembro de 2015 URI - Erechim

Leia mais

NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA ELETRÔNICA SALA DE AULA EM FOCO

NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA ELETRÔNICA SALA DE AULA EM FOCO 1 NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA ELETRÔNICA SALA DE AULA EM FOCO Sumário 1. POLÍTICA EDITORIAL... 1 1.1. FOCO E ESCOPO... 1 1.2. PÚBLICO ALVO... 2 1.3. SUBMISSÃO DOS ARTIGOS... 2 1.4. AVALIAÇÃO POR PARES...

Leia mais

FICHA DE INSCRIÇÃO. Declaro que li e concordo com os termos constantes no Regulameno Geral.

FICHA DE INSCRIÇÃO. Declaro que li e concordo com os termos constantes no Regulameno Geral. FICHA DE INSCRIÇÃO NOME DO AUTOR: ID CRC ENDEREÇO DO AUTOR: CIDADE: RG: CO-AUTOR (ES) 1 2 3 ESTADO: TELEFONE: Declaro que li e concordo com os termos constantes no Regulameno Geral. (Estado), de de 2015.

Leia mais

Reitoria. Universidade do Minho, 14 de Junho de 2005.

Reitoria. Universidade do Minho, 14 de Junho de 2005. Reitoria despacho RT-32/2005 O Despacho RT-08/2004, de 18 de Fevereiro, definiu e determinou a implementação da identidade gráfica da Universidade do Minho, bem como um conjunto de normas gráficas a ela

Leia mais

Nosso ISSN: 2317-1170 (International Standard Serial Number), é o código numérico que garante uma visibilidade qualificada à Revista.

Nosso ISSN: 2317-1170 (International Standard Serial Number), é o código numérico que garante uma visibilidade qualificada à Revista. SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO E DO ESPORTE SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DIRETORIA DE APOIO PEDAGÓGICO ÀS ESCOLAS GERÊNCIA DE ORGANIZAÇÃO DO CURRÍCULO ESCOLAR A Revista Eletrônica

Leia mais

GESTÃO HOSPITALAR. PIM VI Projeto Integrado Multidisciplinar

GESTÃO HOSPITALAR. PIM VI Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO HOSPITALAR PIM VI Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Elaborar um estudo acerca Estrutura e Funcionamento do Sistema de Saúde Pública e Privada no Brasil.

Leia mais

DIRETRIZES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA TCC2

DIRETRIZES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA TCC2 UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA COORDENAÇÃO ADJUNTA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DIRETRIZES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO

Leia mais

Incidência e Caracterização Clínica de Pacientes com Cardiopatia Congênita. Fonte Arial, 24, negrito

Incidência e Caracterização Clínica de Pacientes com Cardiopatia Congênita. Fonte Arial, 24, negrito UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE UFCSPA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PATOLOGIA Pedro Rosa da Silva (somente iniciais em maiúsculas) Fonte Arial, 14 Incidência e Caracterização Clínica

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO CAMPINA GRANDE 2015 1 DISSERTAÇÃO A defesa pública da dissertação

Leia mais

EDITAL nº 084/2013 IFMG PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS E RELATOS DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS SOBRE O PROEJA E PROEJA FIC NO ÂMBITO DO IFMG

EDITAL nº 084/2013 IFMG PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS E RELATOS DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS SOBRE O PROEJA E PROEJA FIC NO ÂMBITO DO IFMG MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS REITORIA PRÓ-REITORIA DE ENSINO Av. Professor Mario Werneck,

Leia mais