UMA ESTRATÉGIA PARA GESTÃO INTEGRADA DE PROCESSOS E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ATRAVÉS DA MODELAGEM DE PROCESSOS DE NEGÓCIO EM ORGANIZAÇÕES

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UMA ESTRATÉGIA PARA GESTÃO INTEGRADA DE PROCESSOS E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ATRAVÉS DA MODELAGEM DE PROCESSOS DE NEGÓCIO EM ORGANIZAÇÕES"

Transcrição

1 UMA ESTRATÉGIA PARA GESTÃO INTEGRADA DE PROCESSOS E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ATRAVÉS DA MODELAGEM DE PROCESSOS DE NEGÓCIO EM ORGANIZAÇÕES Andréa Magalhães 1, Cláudia Cappelli 1, Fernanda Baião 1,2, Flávia Santoro 1,2, Hadeliane Iendrike 1, Renata Araújo 1,2, Vanessa Nunes 1 1 NP2Tec Núcleo de Pesquisa e Prática em Tecnologia 2 Departamento de Informática Aplicada UNIRIO 1. INTRODUÇÃO As organizações têm enfrentado um mercado cada vez mais competitivo e turbulento. Um dos principais aspectos que influenciam o nível de competitividade de uma empresa é a velocidade com que ela consegue responder às novas demandas, oportunidades e ameaças do mercado. Em uma economia globalizada, as empresas necessitam cada vez mais de agilidade nos seus processos, de informações e conhecimento disponíveis e facilmente acessíveis. Mais ainda, é preciso que tal conhecimento auxilie de forma inteligente a gestão da organização, para que esta consiga manter-se no mercado de forma competitiva (BARBIERI, 2001). Para tanto, é preciso que os processos de negócio estejam alinhados às estratégias e metas da organização, e que o planejamento de tecnologia esteja coerente e integrado aos processos da organização. Somente desta forma torna-se possível disponibilizar informações de qualidade, em tempo hábil, para o nível estratégico da organização. No entanto, problemas freqüentes das organizações acarretam em falta de controle e altos custos para adaptações às mudanças do negócio, e para implantação de inovações e novas soluções que são vitais para atender à volatilidade do mercado. Dentre estes problemas pode-se citar o conhecimento superficial dos seus processos de trabalho, a falta de agilidade na reformulação dos mesmos, a fraca aderência das aplicações de TI aos processos de negócio da organização, a redundância de informações, além da diversidade de tecnologias disponíveis para dar suporte às atividades da organização, desde o nível operacional até o nível estratégico. Em geral, as soluções existentes no mercado para os problemas apresentados têm sido propostas baseadas na modelagem de processos de negócios como ponto de partida para a melhoria dos processos e identificação de requisitos de sistemas. A partir destes requisitos, podem ser implementadas soluções de tecnologia que têm como principal função a automação de atividades, visando à melhoria da qualidade dos processos. Este artigo revê os conceitos e benefícios trazidos pela Modelagem de Processos de Negócio, uma fase essencial desta estratégia, e apresenta diversas abordagens que podem ser aplicadas para a Modelagem de Processos de Negócio em Organizações. O artigo também aponta direções a serem seguidas a partir da Modelagem de Processos em uma organização, visando a gestão destes processos através da sua integração com a Tecnologia da Informação da empresa.

2 2. MODELAGEM DE NEGÓCIO As organizações estão cada vez mais interessadas em conhecer o negócio que executam, com a finalidade de alcançar reduções de custo e tempo (HINRICHSEN, 2005). Para tanto, é importante representar o seu negócio e o conhecimento sobre ele. A modelagem de negócio é um conjunto de métodos e técnicas que auxiliam a organização na formalização do seu negócio, oferecendo uma representação uniforme da empresa (ERIKSSON, PENKER 2000; PROFORMA, 2003). São vários os benefícios que podem ser alcançados nas organizações através da modelagem de processos de negócio. Segundo (CAMEIRA e CAULLIRAUX, 2000), a modelagem de negócio formaliza uma representação da empresa, através de um conjunto de modelos, visando: melhoria ou reengenharia do negócio - analisar e repensar o funcionamento do negócio, investigando anomalias, inconsistências, ineficiências e oportunidades de melhoria; facilitar o desenvolvimento de sistemas de informação alinhados às necessidades do negócio; informatizar os processos de negócio, reduzindo o número de intervenções humanas necessárias em um processo. DAVENPORT (1994, apud SILVA 2001) apresenta quatro principais benefícios: melhoria da comunicação entre os profissionais da empresa, além de contribuir para a capacitação daqueles que participam das atividades de modelagem. O entendimento dos processos existentes habilita os profissionais para a participação na implementação das melhorias, uma vez que se tornam os maiores conhecedores das características dos processos que serão melhorados; viabiliza o planejamento e execução das atividades de melhoria do processo, pois é de suma importância conhecer a organização através dos seus processos de negócio; permite a identificação de problemas existentes na organização. Conhecer os problemas do processo atual é importante para que se possa evitar a repetição desses problemas na elaboração dos novos processos; permite que se faça uma comparação com os processos otimizados, de forma que se possa avaliar a efetividade da melhoria implementada. Esta avaliação é imprescindível para facilitar o aprendizado com os problemas identificados. Dessa forma, a modelagem de processos acabará oferecendo o melhor entendimento, uma representação uniforme da empresa e um modelo que pode ser usado para controlar e monitorar as operações da empresa.

3 You are reading a preview. Would you like to access the full-text? Access full-text

4 7. REFERÊNCIAS ARAÚJO, R. M. Ampliando a Cultura de Processos de Software: Um enfoque baseado em Groupware e Workflow f. Tese (Doutorado em Engenharia de Sistemas e Computação) COPPE/UFRJ, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, ARAÚJO, R.; BORGES.M. Sistemas de Workflow. In: Jornadas de Atualização em Informática (JAI) Congresso da Sociedade Brasileira de Computação (SBC), 21., 2001, Fortaleza. Anais: As tecnologias da informação e a questão social. Fortaleza: SBC, v. 2, ISBN: Disponível em: Acesso em: 27 fev p. ARAÚJO, R. M. et al. A Definição de Processos de Software sob o ponto de vista da Gestão de Processos de Negócio. In: Simpósio Internacional de Melhoria de Processos de Software (SIMPROS), 6., 2004, São Paulo. Anais...São Paulo: SIMPROS, Disponível em: Acesso em: 16 jan p. BARBIERI, C. BI Business Intelligence Modelagem e Tecnologia, Axcel Books, BOTTO, R. Arquitetura Corporativa de Tecnologia da Informação, Brasport, CAMEIRA, R. F.; CAULLIRAUX, H. M. Engenharia de Processos de Negócios: Considerações Metodológicas com Vistas à Análise e Integração de Processos. In: Simpósio de Administração da Produção Logística e Operações Internacionais (SIMPOI), 3., 2000, São Paulo. Disponível em: CRUZ, T. Workflow: A Tecnologia que vai Revolucionar Processos. São Paulo: Atlas ed. ISBN: p. CRUZ, T. Uso e Desuso de Sistemas de Workflow f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) COPPE, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, CRUZ, T. Uso e Desuso de Sistemas de Workflow: Porque as organizações não conseguem obter retorno, nem sucesso, com investimentos em projetos de workflow. Rio de Janeiro: e-papers ISBN: p. CMU-SEI. Capability Maturity Model Integration. Pittsburgh: Carnegie Mellon University, Software Engineering Institute. v Disponível em: Acesso em: 06 dez ELZINGA, D. J. et al. Business Process Management: Survey and Methodology. IEEE Transactions on Engineering Management, v. 42, no. 2, Mai. 1995, p Disponível em: Acesso em: 20 fev ,

5 ERIKSSON, H.; PENKER, M. Business Modeling with UML: Business Patterns at Work. John Wiley & Sons, GONÇALVES, J.E.L. As Empresas são Grandes Coleções de Processos. Revista de Administração de Empresas (RAE), v. 40, no. 1, São Paulo, p. Disponível em: Acesso em: 23 abril HINRICHSEN, A. C. P. de A. MNOO-CASE Uma ferramenta CASE para a Modelagem de Negócio Orientada a Objeto f. Dissertação (Mestrado em Informática) Núcleo de Computação Eletrônica/Instituto de Matemática, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, IDS SCHEER. ARIS Method p. PROFORMA. Enterprise Application Modeling: Vision and strategy for the ongoing development of the Provision Modeling Suite Disponível em: Acesso em: 05 out p. RUP, Rational Unified Process 2002, Rational Software Corporation. Disponível em: Acesso em: 05 ago SANTOS, R. P. C. et al. Engenharia de Processos de Negócios: aplicações e metodologias. In: Encontro Nacional de Engenharia de Produção (ENEGEP), 22., 2002, Curitiba. Disponível em: Acesso em: 02 ago p. SHARP, A.; MCDERMOTT, P. Workflow Modeling: Tools for Process Improvement and Application Development. Norwood: Artech House, ISBN: p. SILVA, A.V., Modelagem de Processos para Implementação de Workflow: Uma Avaliação Crítica Tese de M.Sc., COPPE/UFRJ, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ZACHMAN, J. A Framework for Information Systems Architecture. IBM Systems Journal, vol. 26, no. 3, ZAIRI, M. Business Process Management: a boundaryless approach to modern competitiveness. Business Process Management Journal, v. 3, no. 1, Disponível em: Disponível em: Acesso em: 28 março, p.,%

Alinhamento da Gestão de Processos de Negócio com Tecnologia da Informação: Um estudo de caso exploratório em uma empresa de serviços

Alinhamento da Gestão de Processos de Negócio com Tecnologia da Informação: Um estudo de caso exploratório em uma empresa de serviços Alinhamento da Gestão de Processos de Negócio com Tecnologia da Informação: Um estudo de caso exploratório em uma empresa de serviços Paulo César Rondon da Cruz Centro Universitário da FEI, São Paulo,

Leia mais

AVALIAÇÃO DE GESTÃO PARA AQUISIÇÃO DE SOLUÇÕES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EM ABORDAGEM BPM

AVALIAÇÃO DE GESTÃO PARA AQUISIÇÃO DE SOLUÇÕES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EM ABORDAGEM BPM AVALIAÇÃO DE GESTÃO PARA AQUISIÇÃO DE SOLUÇÕES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EM ABORDAGEM BPM Jose Ricardo Menezes Oliveira (UNIT ) professoricardo@yahoo.com.br Jefferson Arlen Freitas (UNIT ) jeffersonfreitas@fanese.edu.br

Leia mais

A Definição de Processos de Software sob o ponto de vista da Gestão de Processos de Negócio

A Definição de Processos de Software sob o ponto de vista da Gestão de Processos de Negócio A Definição de Processos de Software sob o ponto de vista da Gestão de Processos de Negócio Renata Araujo 1, Claudia Cappelli 2, Augusto Gomes Jr 2, Marluce Pereira 3, Hadeliane dos Santos Iendrike 4,

Leia mais

Fase 1: Engenharia de Produto

Fase 1: Engenharia de Produto Fase 1: Engenharia de Produto Disciplina: Análise de Requisitos DURAÇÃO: 44 h O objetivo principal da disciplina é realizar uma análise das necessidades e produzir um escopo do produto. Representará os

Leia mais

A gestão de processos de negócio: conceitos e ferramentas BPM

A gestão de processos de negócio: conceitos e ferramentas BPM FACULDADE DE LETRAS DA UNIVERSIDADE DO PORTO A gestão de processos de negócio: conceitos e ferramentas BPM Trabalho realizado por: Ana Luisa Veiga Filipa Ramalho Doutora Maria Manuela Pinto GSI 2007 AGENDA:

Leia mais

Introdução ao RUP Rational Unified Process. por Denize Terra Pimenta Outubro/2004

Introdução ao RUP Rational Unified Process. por Denize Terra Pimenta Outubro/2004 Introdução ao RUP Rational Unified Process por Denize Terra Pimenta Outubro/2004 1 Contexto Não é suficiente apenas a presença de desenvolvedores altamente treinados: Precisamos de uma linguagem para a

Leia mais

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MODELOS DE MELHORES PRÁTICAS DA GOVERNANÇA DE T.I. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MELHORES PRÁTICAS PARA T.I. MODELO DE MELHORES PRÁTICAS COBIT Control Objectives for Information

Leia mais

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Profa. Celia Corigliano Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Agenda da disciplina Unidade I Gestão de Projetos Unidade II Ferramentas para Gestão de Projetos Unidade III Gestão de Riscos em TI Unidade

Leia mais

Curso: Engenharia de Software com Ênfase em Padrões de Software (UECE Universidade Estadual do Ceará) RUP

Curso: Engenharia de Software com Ênfase em Padrões de Software (UECE Universidade Estadual do Ceará) RUP Conceitos RUP RUP, abreviação de Rational Unified Process (ou Processo Unificado da Rational), é um processo de Engenharia de software criado pela Rational Software Corporation(a qual foi incorporada pela

Leia mais

A coleta de informações no processo de benchmarking: principais fontes utilizadas e dificuldades

A coleta de informações no processo de benchmarking: principais fontes utilizadas e dificuldades A coleta de informações no processo de benchmarking: principais fontes utilizadas e dificuldades Emiliane Januário (USP) emiliane90@hotmail.com Luiz César Ribeiro Carpinetti (USP) carpinet@prod.eesc.sc.usp.br

Leia mais

Cidade Digital Estratégica Strategic Digital City

Cidade Digital Estratégica Strategic Digital City Cidade Digital Estratégica Strategic Digital City 21 Agosto 2014 Denis Alcides Rezende, Dr. Educação e Consultoria em Informação e Estratégia www.denisalcidesrezende.com.br (41) 9974.1168 II Congresso

Leia mais

Planejamento da disciplina: Modelagem de processos de negócio

Planejamento da disciplina: Modelagem de processos de negócio UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS / INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Planejamento da disciplina: Modelagem de processos de negócio Professor: Clarindo Isaías Pereira

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: GERÊNCIA DE

Leia mais

Avaliando modelos arquiteturais através de um checklist baseado em atributos de qualidade

Avaliando modelos arquiteturais através de um checklist baseado em atributos de qualidade Avaliando modelos arquiteturais através de um checklist baseado em atributos de qualidade Aluno: Rafael Ferreira Barcelos barcelos@cos.ufrj.br Orientador: Guilherme Horta Travassos ght@cos.ufrj.br Nível:

Leia mais

UNIVERSIDADE FUMEC Faculdade de Ciências Empresariais Programa de Pós-Graduação em Sistemas de Informação e Gestão do Conhecimento

UNIVERSIDADE FUMEC Faculdade de Ciências Empresariais Programa de Pós-Graduação em Sistemas de Informação e Gestão do Conhecimento UNIVERSIDADE FUMEC Faculdade de Ciências Empresariais Programa de Pós-Graduação em Sistemas de Informação e Gestão do Conhecimento Arquitetura de Dados: modelo conceitual e abordagem para criação e manutenção.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ESCOLA DE INFORMÁTICA APLICADA CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ESCOLA DE INFORMÁTICA APLICADA CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ESCOLA DE INFORMÁTICA APLICADA CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ROTEIRO PARA LEVANTAMENTO DE REQUISITOS PARA O APOIO À GESTÃO DE CONHECIMENTO

Leia mais

ALESSANDRO PEREIRA DOS REIS PAULO CESAR CASTRO DE ALMEIDA ENGENHARIA DE SOFTWARE - CAPABILITY MATURITY MODEL INTEGRATION (CMMI)

ALESSANDRO PEREIRA DOS REIS PAULO CESAR CASTRO DE ALMEIDA ENGENHARIA DE SOFTWARE - CAPABILITY MATURITY MODEL INTEGRATION (CMMI) ALESSANDRO PEREIRA DOS REIS PAULO CESAR CASTRO DE ALMEIDA ENGENHARIA DE SOFTWARE - CAPABILITY MATURITY MODEL INTEGRATION (CMMI) APARECIDA DE GOIÂNIA 2014 LISTA DE TABELAS Tabela 1 Áreas de processo por

Leia mais

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 Conhecimento em Tecnologia da Informação Alinhamento Estratégico A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 2010 Bridge Consulting Apresentação

Leia mais

Treinamento BPM e BPMN Apresentação Executiva

Treinamento BPM e BPMN Apresentação Executiva Apresentação Executiva 1 O treinamento de BPM e BPMN tem como premissa capacitar o aluno a captar as atividades relativas a determinado processo da empresa, organizá-las, gerando um fluxograma de atividades/processos,

Leia mais

Coletânea Gestão e Governança de TI TCU

Coletânea Gestão e Governança de TI TCU Coletânea Gestão e Governança de TI TCU (COBIT, ITIL, PMBOK, CMMI, Planejamento Estratégico e Modelagem de Processos) Professores: Hério Oliveira e Walter Cunha http://www.waltercunha.com http://heriooliveira.wordpress.com

Leia mais

Pós Graduação - Gestão Empresarial e Marketing

Pós Graduação - Gestão Empresarial e Marketing Pós Graduação - Gestão Empresarial e Marketing Público - alvo Indicado para recém-formados e jovens profissionais. Objetivo do Curso Capacitação gerencial em geral, com ênfase na área de Marketing, desenvolvendo

Leia mais

Fasci-Tech SISTEMA ERP: FATORES CRÍTICOS PARA O SUCESSO DE UMA IMPLANTAÇÃO

Fasci-Tech SISTEMA ERP: FATORES CRÍTICOS PARA O SUCESSO DE UMA IMPLANTAÇÃO SISTEMA ERP: FATORES CRÍTICOS PARA O SUCESSO DE UMA IMPLANTAÇÃO Jorge Luiz Maria Junior 1 Profa. MSc. Rosangela Kronig 2 Resumo Através dos sistemas de informação, as organizações mundiais buscam práticas

Leia mais

Qualidade de Processo de Desenvolvimento de Software

Qualidade de Processo de Desenvolvimento de Software Qualidade de Processo de Desenvolvimento de Software DAS 5316 Integração de Sistemas Corporativos DAS 5316 Integração de Sistemas Corporativos Prof. Ricardo J. Rabelo Conteúdo Introdução & Problemática

Leia mais

Utilização de Práticas Genéricas do CMMI para apoiar a utilização de Metodologias Ágeis.

Utilização de Práticas Genéricas do CMMI para apoiar a utilização de Metodologias Ágeis. Utilização de Práticas Genéricas do CMMI para apoiar a utilização de Metodologias Ágeis. Célio Santana,1, Cristine Gusmão 1, Ana Rouiller 2, Alexandre Vasconcelos 3 1 Universidade de Pernambuco, Departamento

Leia mais

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. UML-Unified Modeling Language Linguagem de Modelagem Unificada

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. UML-Unified Modeling Language Linguagem de Modelagem Unificada Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE UML-Unified Modeling Language Linguagem de Modelagem Unificada Prof. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com Roteiro Introdução a linguagem UML

Leia mais

DETERMINAÇÃO DA MATURIDADE DE PROCESSOS EM EMPRESAS CERTIFICADAS PELA NBR ISO 9001:2000, COMO UM INDICADOR DA GESTÃO POR PROCESSOS

DETERMINAÇÃO DA MATURIDADE DE PROCESSOS EM EMPRESAS CERTIFICADAS PELA NBR ISO 9001:2000, COMO UM INDICADOR DA GESTÃO POR PROCESSOS DETERMINAÇÃO DA MATURIDADE DE PROCESSOS EM EMPRESAS CERTIFICADAS PELA NBR ISO 9001:2000, COMO UM INDICADOR DA GESTÃO POR PROCESSOS Marcos Eduardo Andreazza Jaguaribe 1 Dr. Luiz Gonzaga Mariano Filho 1

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DA INFORMÁTICA

ADMINISTRAÇÃO DA INFORMÁTICA ADMINISTRAÇÃO DA INFORMÁTICA A informação sempre esteve presente em todas as organizações; porém, com a evolução dos negócios, seu volume e valor aumentaram muito, exigindo uma solução para seu tratamento,

Leia mais

Tecnologia da Informação

Tecnologia da Informação UNIDADE XI Sistema De Apoio à Gestão Empresarial Professor : Hiarly Alves www.har-ti.com Fortaleza - 2014 Tópicos Conceitos de software de gestão administrativas Principais softwares de gestão do mercado

Leia mais

Iniciando a implementação do modelo CMMI em uma Fábrica de Software: Um processo para a elaboração do diagnóstico e plano de ação

Iniciando a implementação do modelo CMMI em uma Fábrica de Software: Um processo para a elaboração do diagnóstico e plano de ação Iniciando a implementação do modelo CMMI em uma Fábrica de Software: Um processo para a elaboração do diagnóstico e plano de ação Regina Yoneko Asato (UNIP) ryoneko.mes.engprod@unip.br Mauro Mesquita Spinola

Leia mais

MBA Gestão da Tecnologia de Informação

MBA Gestão da Tecnologia de Informação MBA Gestão da Tecnologia de Informação Informações: Dias e horários das aulas: Segundas e Terças-feiras das 18h00 às 22h00 aulas semanais; Sábados das 08h00 às 12h00 aulas quinzenais. Carga horária: 600

Leia mais

Pós Graduação - Gestão Empresarial e Marketing (Noite).

Pós Graduação - Gestão Empresarial e Marketing (Noite). Pós Graduação - Gestão Empresarial e Marketing (Noite). Público - alvo Indicado para recém-formados e jovens profissionais. Objetivo do Curso Capacitação gerencial em geral, com ênfase na área de Marketing,

Leia mais

6 Referências Bibliográficas

6 Referências Bibliográficas 58 6 Referências Bibliográficas [Boehm, 1989] Boehm, B. W. Software Risk Management. Disponível em: http://portal.acm.org/citation.cfm?id=107446 Acesso em: 15 de maio de 2007. [Brooks, 87] Brooks, F. Essence

Leia mais

COMPETÊNCIAS COMPORTAMENTAIS DE LIDERANÇA E GESTÃO NA ENGENHARIA CIVIL

COMPETÊNCIAS COMPORTAMENTAIS DE LIDERANÇA E GESTÃO NA ENGENHARIA CIVIL COMPETÊNCIAS COMPORTAMENTAIS DE LIDERANÇA E GESTÃO NA ENGENHARIA CIVIL Carlos Alberto Czekster, 1 Luciano Andreatta Carvalho da Costa 2 RESUMO O presente estudo é o resultado de um trabalho de pesquisa

Leia mais

Análise da vantagem de adoção e uso de sistemas ERP código aberto em relação aos sistemas ERP código fechado

Análise da vantagem de adoção e uso de sistemas ERP código aberto em relação aos sistemas ERP código fechado Análise da vantagem de adoção e uso de sistemas ERP código aberto em relação aos sistemas ERP código fechado Louis Albert Araujo Springer Luis Augusto de Freitas Macedo Oliveira Atualmente vem crescendo

Leia mais

Especialização em Arquitetura e Engenharia de Software

Especialização em Arquitetura e Engenharia de Software Especialização em Arquitetura e Engenharia de Software O curso vai propiciar que você seja um especialista para atua atuar na área de Arquitetura de Software em diferentes organizações, estando apto a:

Leia mais

MODELAGEM DE PROCESSOS

MODELAGEM DE PROCESSOS MODELAGEM DE PROCESSOS a a a PRODUZIDO POR CARLOS PORTELA csp3@cin.ufpe.br AGENDA Definição Objetivos e Vantagens Linguagens de Modelagem BPMN SPEM Ferramentas Considerações Finais Referências 2 DEFINIÇÃO:

Leia mais

Fasci-Tech MAPEAMENTO DOS PROCESSOS DE NEGÓCIO PARA DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO

Fasci-Tech MAPEAMENTO DOS PROCESSOS DE NEGÓCIO PARA DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO MAPEAMENTO DOS PROCESSOS DE NEGÓCIO PARA DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO Resumo: Carlos Alberto dos Santos 1 Profa. MSc. Rosangela Kronig 2 Abstract: Num ambiente globalizado e em constante

Leia mais

www.gartcapote.com www.abpmp br.org Livros Guia para Formação de Analistas de Processos Contribuições Modelagem de Processos com BPMN

www.gartcapote.com www.abpmp br.org Livros Guia para Formação de Analistas de Processos Contribuições Modelagem de Processos com BPMN Gart Capote International Certified Business Process Professional (CBPP ) Presidente da ABPMP no Brasil - Association of Business Process Management Professionals (Chicago-EUA) Autor, Instrutor e Consultor

Leia mais

O Seis Sigma como apoio a Estratégia Organizacional

O Seis Sigma como apoio a Estratégia Organizacional 1 O Seis Sigma como apoio a Estratégia Organizacional Andre Rodrigues da SILVA 1 Introdução A produção em massa revolucionou a fabricação na metade do século XIX e esta filosofia foi explorada por grandes

Leia mais

Modelagem de Processos de Negócio Departamento de Ciência da Computação - UFMG. Maturidade em BPM. (Business Process Management)

Modelagem de Processos de Negócio Departamento de Ciência da Computação - UFMG. Maturidade em BPM. (Business Process Management) Modelagem de Processos de Negócio Departamento de Ciência da Computação - UFMG Maturidade em BPM (Business Process Management) Douglas Rodarte Florentino Belo Horizonte, 21 de Junho de 2010 Agenda Introdução

Leia mais

Treinamento BPMS Activiti + Elementos de NFR e Contexto. Bruno Figueiredo

Treinamento BPMS Activiti + Elementos de NFR e Contexto. Bruno Figueiredo Treinamento BPMS Activiti + Elementos de NFR e Contexto Bruno Figueiredo BPM BPM Business Process Modeling BPM Business Process Management Busca maximizar a eficiência e a efetividade do negócio, utilizando

Leia mais

BPM e SOA. Grinaldo Lopes de Oliveira (grinaldo@gmail.com) Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

BPM e SOA. Grinaldo Lopes de Oliveira (grinaldo@gmail.com) Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas BPM e SOA Grinaldo Lopes de Oliveira (grinaldo@gmail.com) Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Como funcionam as organizações? O que ébpm Business Process Management (BPM)

Leia mais

2 Engenharia de Software

2 Engenharia de Software 20 2 Engenharia de Software 2.1 Design de Sistemas Orientados a Objetos Os Sistemas Orientados a Objetos não são mais novidade hoje em dia já estando há muitos anos no mercado. A orientação a objetos permite

Leia mais

Business Intelligence

Business Intelligence e-book Senior Business Intelligence 1 Índice 03 05 08 14 17 20 22 Introdução Agilize a tomada de decisão e saia à frente da concorrência Capítulo 1 O que é Business Intelligence? Capítulo 2 Quatro grandes

Leia mais

A Melhoria de Desempenho de Processos em uma Instituição Bancária Brasileira: Um Estudo de Caso

A Melhoria de Desempenho de Processos em uma Instituição Bancária Brasileira: Um Estudo de Caso A Melhoria de Desempenho de Processos em uma Instituição Bancária Brasileira: Um Estudo de Caso Fernando Cesar Camilo Centro Universitário de Araraquara- UNIARA SP Brasil fc_camilo@yahoo.com.br Prof. Dr.

Leia mais

O POSICIONAMENTO DA ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO NA GOVERNANÇA DE TI

O POSICIONAMENTO DA ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO NA GOVERNANÇA DE TI O POSICIONAMENTO DA ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO NA GOVERNANÇA DE TI Claudio Gottschalg Duque Professor Departamento de Ciência da Informação Universidade de Brasília (UnB) Brasil Mauricio Rocha Lyra Aluno

Leia mais

ções de Processos Informaçã ção o e Inovaçõ Grinaldo Lopes de Oliveira Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

ções de Processos Informaçã ção o e Inovaçõ Grinaldo Lopes de Oliveira Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Aula 4 Metodologia para Gestão o Estratégica da Informaçã ção o e Inovaçõ ções de Processos Grinaldo Lopes de Oliveira Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Agenda Conceito

Leia mais

PROJETOS, PARCERIAS E ARRANJOS INOVATIVOS: o caso do Núcleo de Documentação da Universidade Federal Fluminense

PROJETOS, PARCERIAS E ARRANJOS INOVATIVOS: o caso do Núcleo de Documentação da Universidade Federal Fluminense TRABALHO ORAL IMPACTO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO NA GESTÃO DA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA Dimensionamento dos impactos dos serviços digitais na Biblioteca PROJETOS, PARCERIAS E ARRANJOS INOVATIVOS: o caso

Leia mais

Um framework de integração das técnicas de modelagem de processos de negócios durante a atividade de elicitação de requisitos de software

Um framework de integração das técnicas de modelagem de processos de negócios durante a atividade de elicitação de requisitos de software Encontro de Qualidade e Produtividade de Software (EQPS) SBQS 2010 Um framework de integração das técnicas de modelagem de processos de negócios durante a atividade de elicitação de requisitos de software

Leia mais

Gerência de Projetos Prof. Késsia Rita da Costa Marchi 3ª Série kessia@unipar.br

Gerência de Projetos Prof. Késsia Rita da Costa Marchi 3ª Série kessia@unipar.br Gerência de Projetos Prof. Késsia Rita da Costa Marchi 3ª Série kessia@unipar.br Motivações Gerenciamento de projetos, vem sendo desenvolvido como disciplina desde a década de 60; Nasceu na indústria bélica

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO (PROENG) ASSESSORIA DE DESENVOLVIMENTO ASSESSORIA JURÍDICA

PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO (PROENG) ASSESSORIA DE DESENVOLVIMENTO ASSESSORIA JURÍDICA FORMULÁRIO DE ALTERAÇÃO DE EMENTAS CURSO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MATRIZ(ES) CURRICULAR(ES): 2011 ALTERAÇÕES PASSAM A VIGORAR A PARTIR DO SEMESTRE: 2015.1 Banco de Dados I Estudo dos aspectos de modelagem

Leia mais

Enterprise Risk Management [ERM] Minimize Riscos. Maximize Oportunidades.

Enterprise Risk Management [ERM] Minimize Riscos. Maximize Oportunidades. Enterprise Risk Management [ERM] Minimize Riscos. Maximize Oportunidades. Software for Business Excellence O SoftExpert ERM Suite permite às empresas identificar, analisar, avaliar, monitorar e gerenciar

Leia mais

Autoria: Priscila Ferraz Soares, Elaine Alves de Carvalho, Daniel Pacheco Lacerda, Heitor Mansur Caulliraux, Renato Flórido Cameira

Autoria: Priscila Ferraz Soares, Elaine Alves de Carvalho, Daniel Pacheco Lacerda, Heitor Mansur Caulliraux, Renato Flórido Cameira Sinergia entre a Engenharia de Processos de Negócios e a Engenharia de Requisitos: uma proposta de método para definição de requisitos de negócios orientada por processos Autoria: Priscila Ferraz Soares,

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO Departamento: Disciplina: Pré-Requisitos: I D E N T I F I C A Ç Ã O Sistemas de Informação Engenharia de Software Aplicada (ESA) Engenharia de Software (ES) CH: 7 Curso: Bacharelado em Sistemas de Informação

Leia mais

W H I T E P A P E R O s B e n e f í c i o s d a E m p r e s a S o c i a l n o M u n d o W e b 2. 0

W H I T E P A P E R O s B e n e f í c i o s d a E m p r e s a S o c i a l n o M u n d o W e b 2. 0 Av Eng. Luiz Carlos Berrini 1645, 8 andar, 04571-000 Brooklin Novo, São Paulo SP Brazil. Tel: 55 11 5508-3400 Fax: 55 11 5508 3444 W H I T E P A P E R O s B e n e f í c i o s d a E m p r e s a S o c i

Leia mais

CMMI (Capability Maturity Model Integration) Thiago Gimenez Cantos. Bacharel em Sistemas de Informação

CMMI (Capability Maturity Model Integration) Thiago Gimenez Cantos. Bacharel em Sistemas de Informação CMMI (Capability Maturity Model Integration) Thiago Gimenez Cantos Bacharel em Sistemas de Informação Faculdade de Informática de Presidente Prudente Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) thiago@visioncom.com.br;

Leia mais

Renata Miranda Pires Boente

Renata Miranda Pires Boente Uso do Modelo Qualitativo de Análise de Risco (Karolak) na Gestão de Projetos de TI: Um estudo de caso na Justiça Federal de Primeiro Grau Seção Judiciária do Rio de Janeiro Renata Miranda Pires Boente

Leia mais

Ouvir o cliente e reconhecer o problema: ingredientes essenciais à gestão de projetos

Ouvir o cliente e reconhecer o problema: ingredientes essenciais à gestão de projetos Ouvir o cliente e reconhecer o problema: ingredientes essenciais à gestão de projetos Antonio Mendes da Silva Filho * The most important thing in communication is to hear what isn't being said. Peter Drucker

Leia mais

CAPABILITY MATURITY MODEL FOR SOFTWARE. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com

CAPABILITY MATURITY MODEL FOR SOFTWARE. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com CAPABILITY MATURITY MODEL FOR SOFTWARE Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com 1. Introdução Após décadas de incontáveis promessas sobre como aumentar à produtividade e qualidade de software,

Leia mais

Profa. Dra. Ana Paula Gonçalves Serra prof.anapaula@saojudas.br

Profa. Dra. Ana Paula Gonçalves Serra prof.anapaula@saojudas.br Modelos de Processo Pessoal e de Equipe na Melhoria da Qualidade em Produção de Software Profa. Dra. Ana Paula Gonçalves Serra prof.anapaula@saojudas.br Agenda Importância das Pessoas / Constatações Compromisso

Leia mais

Ferramenta para Geração de Código a partir da Especialização do Diagrama de Classes

Ferramenta para Geração de Código a partir da Especialização do Diagrama de Classes Ferramenta para Geração de Código a partir da Especialização do Diagrama de Classes Alexandro Deschamps (Ápice) alexandro@apicesoft.com Everaldo Artur Grahl (FURB/DSC) egrahl@furb.br Resumo. Uma das grandes

Leia mais

A segurança de informação é um tema cada vez mais atual nas organizações.

A segurança de informação é um tema cada vez mais atual nas organizações. Pós Graduação em Information Security Gestão - Pós-Graduações Com certificação Nível: Duração: 180h Sobre o curso A segurança de informação é um tema cada vez mais atual nas organizações. A competitividade

Leia mais

Gerenciamento de Projetos de Desenvolvimento de Software com RUP e PMBOK

Gerenciamento de Projetos de Desenvolvimento de Software com RUP e PMBOK Gerenciamento de Projetos de Desenvolvimento de Software com RUP e PMBOK Rodrigo Duran Conteúdo Programático Objetivos Abordagens de mapeamento RUP / PMBOK Problemas nessas abordagens Proposta de solução

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI: Uma aplicação referenciada pelo COBIT

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI: Uma aplicação referenciada pelo COBIT Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI: Uma aplicação referenciada pelo COBIT Universidade Federal de Santa Catarina Sistemas de Informação André Luiz Samistraro Santin asantin@inf.ufsc.br

Leia mais

CONTROLADORIA: DIFERENCIAL COMPETITIVO NO PROCESSO DE GESTÃO ORGANIZACIONAL

CONTROLADORIA: DIFERENCIAL COMPETITIVO NO PROCESSO DE GESTÃO ORGANIZACIONAL CONTROLADORIA: DIFERENCIAL COMPETITIVO NO PROCESSO DE GESTÃO ORGANIZACIONAL Ítalo Alves Gomes Rafael Rocha Salvador Prof Esp. Francisco César Vendrame Profª Esp. Jovira Maria Saraceni Profª M. Sc. Máris

Leia mais

PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MÓDULO 17

PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MÓDULO 17 PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MÓDULO 17 Índice 1. Conceitos de Ciclo de Desenvolvimento de Sistemas...3 1.1. Principais Fases... 3 1.2. Técnicas... 4 1.3. Papéis de Responsabilidades... 4 1.3.1.

Leia mais

A ATIVIDADE DE PROJETO DIRECIONADA À RACIONALIZAÇÃO CONSTRUTIVA

A ATIVIDADE DE PROJETO DIRECIONADA À RACIONALIZAÇÃO CONSTRUTIVA A ATIVIDADE DE PROJETO DIRECIONADA À RACIONALIZAÇÃO CONSTRUTIVA E O DESAFIO DE EQUILIBRAR CONCEITOS TÉCNICOS E GERENCIAIS NO ENSINO DE ENGENHARIA CIVIL Helen Ulrich hulrich@sc.usp.br Departamento de Engenharia

Leia mais

Um Modelo Conceitual bem Fundamentado para Adequação do Método FrameWeb a Múltiplos Frameworks

Um Modelo Conceitual bem Fundamentado para Adequação do Método FrameWeb a Múltiplos Frameworks Um Modelo Conceitual bem Fundamentado para Adequação do Método FrameWeb a Múltiplos Frameworks Beatriz Franco Martins Souza (mbeatrizfranco@yahoo.com.br) Computer Science Department Federal University

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA 2004.1 UM COMPARATIVO ENTRE METODOLOGIAS DE MODELAGEM DE NEGÓCIOS APLICADAS EM CASOS REAIS TRABALHO DE GRADUAÇÃO

Leia mais

Etapas de elaboração de um plano de contingência para a área de tecnologia da informação em âmbito corporativo

Etapas de elaboração de um plano de contingência para a área de tecnologia da informação em âmbito corporativo Etapas de elaboração de um plano de contingência para a área de tecnologia da informação em âmbito corporativo 1 Prof. Me. Washington Lopes da Silva Mestre em Engenharia Elétrica Concentração em Engenharia

Leia mais

Um Framework para Desenvolvimento de Aplicações Móveis Orientadas a Serviços

Um Framework para Desenvolvimento de Aplicações Móveis Orientadas a Serviços UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA Um Framework para Desenvolvimento de Aplicações Móveis Orientadas a Serviços PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO

Leia mais

Apresentar os conceitos básicos da metodologia de desenvolvimento Processo Unificado, utilizando como aporte o Processo Unificado Rational RUP

Apresentar os conceitos básicos da metodologia de desenvolvimento Processo Unificado, utilizando como aporte o Processo Unificado Rational RUP Fábio Lúcio Meira Objetivos Gerais Apresentar os conceitos básicos da metodologia de desenvolvimento Processo Unificado, utilizando como aporte o Processo Unificado Rational RUP Específicos Apresentar

Leia mais

Objetivos. Histórico. Out/11 2. Out/11 3

Objetivos. Histórico. Out/11 2. Out/11 3 Objetivos Histórico Evolução da Qualidade Princípios de Deming CMMI Conceitos Vantagens Representações Detalhamento Gerenciamento Comparação Out/11 2 Histórico SW-CMM (Software Capability Maturity Model):

Leia mais

Como alcançar os objetivos estratégicos de sua organização

Como alcançar os objetivos estratégicos de sua organização Como alcançar os objetivos estratégicos de sua organização 15 DE MAIO DE 2014 Hotel Staybridge - Sao Paulo PATROCÍNIO GOLD PATROCÍNIO BRONZE APOIO REALIZAÇÃO Desafios para a Implementação por Processos

Leia mais

8 Congresso Internacional de Qualidade para Competitividade. Práticas de gestão do conhecimento na Promon. Porto Alegre, 3 de julho de 2007

8 Congresso Internacional de Qualidade para Competitividade. Práticas de gestão do conhecimento na Promon. Porto Alegre, 3 de julho de 2007 8 Congresso Internacional de Qualidade para Competitividade Práticas de gestão do conhecimento na Promon Porto Alegre, 3 de julho de 2007 1 Promon S.A. Todos os direitos reservados Agenda 1 Sobre a Promon

Leia mais

PROPOSIÇÃO DE UM MODELO DE GESTÃO AMBIENTAL: APLICAÇÃO NA FACULDADE DE HORIZONTINA - FAHOR

PROPOSIÇÃO DE UM MODELO DE GESTÃO AMBIENTAL: APLICAÇÃO NA FACULDADE DE HORIZONTINA - FAHOR PROPOSIÇÃO DE UM MODELO DE GESTÃO AMBIENTAL: APLICAÇÃO NA FACULDADE DE HORIZONTINA - FAHOR Joel Tauchen (1); Luciana Londero Brandli (2); Marcos Antonio Leite Frandoloso (3) Felipe de Brito Rodrigues (4)

Leia mais

Capítulo 2 Objetivos e benefícios de um Sistema de Informação

Capítulo 2 Objetivos e benefícios de um Sistema de Informação Capítulo 2 Objetivos e benefícios de um Sistema de Informação 2.1 OBJETIVO, FOCO E CARACTERÍSTICAS DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Os Sistemas de Informação, independentemente de seu nível ou classificação,

Leia mais

Autor(es) BARBARA STEFANI RANIERI. Orientador(es) LUIZ EDUARDO GALVÃO MARTINS, ANDERSON BELGAMO. Apoio Financeiro PIBIC/CNPQ. 1.

Autor(es) BARBARA STEFANI RANIERI. Orientador(es) LUIZ EDUARDO GALVÃO MARTINS, ANDERSON BELGAMO. Apoio Financeiro PIBIC/CNPQ. 1. 19 Congresso de Iniciação Científica ESPECIFICAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE UMA FERRAMENTA AUTOMATIZADA DE APOIO AO GERSE: GUIA DE ELICITAÇÃO DE REQUISITOS PARA SISTEMAS EMBARCADOS Autor(es) BARBARA STEFANI

Leia mais

Ferramentas de Apoio à Engenharia de Processos de Negócios: Critérios de Classificação e Método de Análise de Adequação a um Projeto

Ferramentas de Apoio à Engenharia de Processos de Negócios: Critérios de Classificação e Método de Análise de Adequação a um Projeto Ferramentas de Apoio à Engenharia de Processos de Negócios: Critérios de Classificação e Método de Análise de Adequação a um Projeto Alexandre Luís Souza Bastos Renato Flórido Cameira UFRJ bastos@gpi.ufrj.br,

Leia mais

O uso de métodos e normas na garantia de qualidade do processo de especificação de requisitos de software

O uso de métodos e normas na garantia de qualidade do processo de especificação de requisitos de software O uso de métodos e normas na garantia de qualidade do processo de especificação de requisitos de software Maria Angela Coser (UTFPR/CEFETES) macoser@cefetes.br Helio Gomes de Carvalho (UTFPR) helio@utfpr.edu.br

Leia mais

NOVOS LÍDERES EVOLUEM. SEMPRE.

NOVOS LÍDERES EVOLUEM. SEMPRE. NOVOS LÍDERES EVOLUEM. SEMPRE. CONHEÇA TODOS OS CURSOS DE MBA E PÓS-GRADUAÇÃO DA ESPM. 540h MBA EXECUTIVO INTERNACIONAL O MBA Executivo Internacional forma líderes com visão estratégica e atitudes adequadas

Leia mais

Relato da Experiência do Processo de Institucionalização do Modelo CMMI na Dataprev

Relato da Experiência do Processo de Institucionalização do Modelo CMMI na Dataprev Artigos técnicos selecionados Relato da Experiência do Processo de Institucionalização do Modelo CMMI na Dataprev Rosana Fernandes Osório, Guilherme Tavares Motta Coordenação Geral de Qualidade de Software

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá Centro de Tecnologia Departamento de Informática Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento de Sistemas para Web

Universidade Estadual de Maringá Centro de Tecnologia Departamento de Informática Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento de Sistemas para Web Universidade Estadual de Maringá Centro de Tecnologia Departamento de Informática Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento de Sistemas para Web } Com o forte crescimento do comércio eletrônico por

Leia mais

Um processo para construção de software mais transparente

Um processo para construção de software mais transparente Um processo para construção de software mais transparente Eduardo Almentero 1, and Julio Cesar Sampaio do Prado Leite 1 1 Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC - Rio, Brasil {ealmentero,

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO PROTÓTIPO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO EXECUTIVO APLICADO A RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE PESSOAL BASEADO

Leia mais

Portfólio de Serviços

Portfólio de Serviços Portfólio de Serviços A empresa A FollowUp é uma empresa que presta serviços em Tecnologia da Informação (TI). O principal foco é o outsourcing de serviços de análise e desenvolvimento de sistemas computacionais.

Leia mais

PROVA DISCURSIVA (P )

PROVA DISCURSIVA (P ) PROVA DISCURSIVA (P ) 2 Nesta prova que vale dez pontos, faça o que se pede, usando os espaços indicados no presente caderno para rascunho. Em seguida, transcreva os textos para as folhas de TEXTOS DEFINITIVOS

Leia mais

Fortaleza, 5 e 6/julho/2012. A (rápida) evolução do BIM no Brasil Muitos já iniciaram a implantação... Out/2011 Engevix (2009)

Fortaleza, 5 e 6/julho/2012. A (rápida) evolução do BIM no Brasil Muitos já iniciaram a implantação... Out/2011 Engevix (2009) O que é BIM Fortaleza, 5 e 6 de julho de 2012 Eduardo Toledo Santos Escola Politécnica da USP Building Information Modeling ou Modelagem da Informação da Construção BIM é um processo integrado para explorar

Leia mais

1. Serviços SAP Business Transformation and Plan Os serviços SAP Business Transformation and Plan atualmente incluem:

1. Serviços SAP Business Transformation and Plan Os serviços SAP Business Transformation and Plan atualmente incluem: Descrição de Serviços Serviços Business Transformation and Plan O SAP Business Transformation and Plan é um serviço de consultoria e prototipagem para promover a inovação e transformação da Licenciada

Leia mais

GERAM como arquitetura de referência para um ERP livre de código aberto

GERAM como arquitetura de referência para um ERP livre de código aberto GERAM como arquitetura de referência para um ERP livre de código aberto Carlos Magno Ferreira da Silva (UENF) cmagnofs27@yahoo.com.br Renato de Campos (FEB/UNESP) rcampos@feb.unesp.br Rogério Atem de Carvalho

Leia mais

Esta formação tem como objectivo dotar os profissionais de conhecimentos teóricos e práticos que lhes permitam:

Esta formação tem como objectivo dotar os profissionais de conhecimentos teóricos e práticos que lhes permitam: Pós Graduação Business Process Management Gestão - Pós-Graduações Com certificação Nível: Duração: 180h Sobre o curso O Business Process Management tem vindo a ganhar um posicionamento distintivo nas organizações.

Leia mais

Ferramenta para instanciação de processos de software que permite o gerenciamento de projetos de desenvolvimento distribuído

Ferramenta para instanciação de processos de software que permite o gerenciamento de projetos de desenvolvimento distribuído Ferramenta para instanciação de processos de software que permite o gerenciamento de projetos de desenvolvimento distribuído Ana Paula Chaves 1, Jocimara Segantini Ferranti 1, Alexandre L Erário 1, Rogério

Leia mais

Curso Implementação da Reengenharia de Processos de Negócios

Curso Implementação da Reengenharia de Processos de Negócios Curso Implementação da Reengenharia de Processos de Negócios Todos nossos cursos são preparados por profissionais certificados e com larga experiência em Reengenharia de Processos de Negócios. Os cursos

Leia mais

Qualificação CMM e CMMI no Brasil. O Processo de Avaliação no Brasil

Qualificação CMM e CMMI no Brasil. O Processo de Avaliação no Brasil Qualificação CMM e CMMI no Brasil O CMM - Capability Maturity Model é um modelo para avaliação da maturidade dos processos de software de uma organização e para identificação das práticas-chave que são

Leia mais

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. Análise dos Riscos

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. Análise dos Riscos Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE Análise dos Riscos Prof. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com Roteiro Introdução Análise dos Riscos Atividades Princípios da Análise Especificação

Leia mais

PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DO PMBOK EM ORGANIZAÇÕES DE SOFTWARE PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO

PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DO PMBOK EM ORGANIZAÇÕES DE SOFTWARE PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DO PMBOK EM ORGANIZAÇÕES DE SOFTWARE PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO Aluno: Marcus

Leia mais

www.asrconsultoria.com.br

www.asrconsultoria.com.br www.asrconsultoria.com.br Renato Luiz Della Volpe Sócio Diretor da ASR Consultoria e Assessoria em Qualidade Ltda. Formado em 1983 em Eng. Mecânica pela FEI e Pós-graduação em Administração pela USP 2001.

Leia mais

Metodologia de Desenvolvimento de Software. Prof. M.Sc. Sílvio Bacalá Jr

Metodologia de Desenvolvimento de Software. Prof. M.Sc. Sílvio Bacalá Jr Metodologia de Desenvolvimento de Software Prof. M.Sc. Sílvio Bacalá Jr Objetivos Discutir aspectos de Engenharia de Software Aplicar um método de desenvolvimento para especificação e projeto de software

Leia mais

C O B I T Control Objectives for Information and related Technology

C O B I T Control Objectives for Information and related Technology C O B I T Control Objectives for Information and related Technology Goiânia, 05 de Janeiro de 2009. Agenda Evolução da TI Desafios da TI para o negócio O que é governança Escopo da governança Modelos de

Leia mais

3. Metodologias de Gerenciamento de Riscos

3. Metodologias de Gerenciamento de Riscos 3. Metodologias de Gerenciamento de Riscos A complexidade que caracteriza a implantação de um sistema ERP é uma das maiores preocupações das organizações que pretendem desenvolver projetos desta natureza.

Leia mais