CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO"

Transcrição

1 CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Curso Superior de Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto UNIRP Endereço de Funcionamento do Curso: Av. Jornalista Roberto Marinho, s/n - Jardim Primavera Ato Legal de Criação: Decreto Federal de 16 de dezembro de 1991, publicado no D.O.U de 17 de dezembro de Ato Legal de Reconhecimento: Portaria Ministerial nº , de 22 de setembro de 1994 Ato Legal de Renovação de Reconhecimento: Portaria Ministerial nº. 119, de 27 de junho de 2012 Número de Vagas Ofertadas: 300 (Trezentas) Matutino 150 vagas Tempo de Integralização: Noturno 150 vagas Mínimo: 6 semestres Máximo: 10 semestres Modalidade: Presencial, com 18,18% da carga à distância, conforme Portaria nº , de 10 de dezembro de Periodicidade: Seriado Semestral Turno de Funcionamento: Noturno Distribuição da Carga Horária do Curso: Carga Horária Total do Curso: horas Disciplinas: horas Atividades Complementares: 200 horas PERFIL DO EGRESSO E DO CURSO: Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação é um profissional que possui como valor agregado a capacidade de desempenhar uma boa gestão alinhada ao melhor uso das tecnologias da informação disponíveis no mercado. São profissionais que conhecem detalhadamente as rotinas administrativas e ferramentas tecnológicas que otimizem o resultado do negócio, pré-requisito básico para o atual momento mercadológico por qual passam as empresas. Gestão da Tecnologia da Informação, ou Gestão de TI, é a administração de infraestrutura de hardware, software, banco de dados, telecomunicações e pessoas, 1

2 com o objetivo de alinhar infraestrutura de TI aos negócios de uma organização, reduzindo seus custos e alcançar vantagens competitivas no mercado e prestar melhores serviços na área de TI e nos negócios das organizações. O Curso Superior de Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação do UNIRP visa qualificar o profissional para atuar na área de informática como programador, analista e projetista de sistemas, administrador de banco de dados, administrador de redes de computadores, administrador de informação, consultor em informática, gestor de tecnologia da informação, gestor de equipe de TI, gestor de projetos em TI, administrador de redes de computadores, projetistas de redes de computadores, administrador de segurança da informação, auditor de tecnologia da informação, etc. Também visa promover uma formação que capacite o profissional para a solução de problemas do mundo real, por meio da construção de modelos computacionais e de sua implementação. Neste contexto, o Curso Superior de Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação do Centro Universitário de Rio Preto - UNIRP forma profissionais aptos a: atuar a partir de sólida formação em Computação, aliada à capacidade para enfrentar e solucionar problemas e para buscar contínua atualização e aperfeiçoamento; utilizar-se das teorias e técnicas da Informática no exercício profissional; dominar as técnicas de gerenciamento e administração dos recursos utilizados na profissão; projetar, desenvolver e implantar sistemas de informação; definir parâmetros de utilização de sistemas; implantar e documentar rotinas; gerenciar os sistemas implantados; desenvolver sistemas de informação com recursos de telecomunicações para garantir a integração entre empresa/cliente; trabalhar de forma satisfatória em equipe multidisciplinar; gerenciar os recursos humanos envolvidos; absorver e acompanhar a evolução da tecnologia da informação assegurando a não obsolescência dos sistemas de informação; utilizar sistemas de informação para conhecer, analisar, traçar planos de negócios e ações para apoio a tomada de decisão; controlar os níveis de serviço de sistemas operacionais e banco de 2

3 dados; agir em consonância com a formação ético-profissional; agir profissionalmente com sensibilidade para as questões humanísticas, sociais e ambientais; conduzir suas ações com senso econômico-financeiro. Este é um papel importante de nossos profissionais, no contexto da geração de riqueza, de emprego e de tecnologia. Sendo assim, o Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação é, portanto, o graduado com formação acadêmica em Gestão de TI mais bem capacitado para assumir a função de Gestor de TI ou Gerente de TI de uma empresa, uma vez que as disciplinas que estudou foram específicas de Gestão de Negócios e de Tecnologia da Informação. DIFERENCIAIS DO CURSO: Conteúdos profissionais bem definidos, atualizados e voltados para formação de seus estudantes com qualidade. Curso voltado para a aplicação da Tecnologia da Informação nos negócios das organizações. Curso modular que permite ao aluno obter 4 (quatro) certificados profissionalizantes (Programador, Analista Programador, Gestor de Projetos, Administrador de Infraestrutura) e diploma de graduação durante os três anos do curso. Conceito 4 (quatro) no MEC, na renovação de reconhecimento (notas variam de 1 a 5). Corpo docente com experiência profissional acadêmica e de mercado de trabalho, permitindo aliar a teoria e a prática em sala de aula com cases reais da atividade profissional. Conteúdos básicos indispensáveis a formação profissional e alocados de forma a permitir a efetiva integralização do processo de ensinoaprendizagem. Desenvolvimento teórico-prático em todas as disciplinas específicas da área de Computação e Tecnologia da Informação. 3

4 Mais de 30% das disciplinas do curso são voltadas para a área de Gestão da Tecnologia da Informação, Gestão de Projetos e Gestão de Pessoas. Aproximadamente 70% das disciplinas sã específicas da área de TI e envolvem aulas práticas e estudos de casos. Curso oferece atividades para desenvolver a capacidade empreendedora dos seus alunos, visando a abertura de novas empresas e novos negócios na área de TI. Alto índice de empregabilidade, pois a maioria dos alunos consegue emprego mesmo antes de formado. Curso participante de atividades sociais junto às entidades filantrópicas. todo aluno formado no curso poderá tirar CRA (Conselho Regional de Administração), o que permitirá exercer a função de Gestão nas empresas. Com o cadastro no conselho terá todos os direitos de um profissional de Administração e Gestão. RESPONSABILIDADE SOCIAL DO CURSO (Justificativa da necessidade do Curso): O município de São José do Rio Preto é reconhecidamente um grande pólo de desenvolvimento regional em todos os sentidos, entre eles: econômico, social, cultural e político. O Curso de Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação vem suprir essas necessidades com a formação de profissionais capacitados na orientação e condução dessas atividades, uma vez que: Há grande demanda por profissionais da área de Tecnologia da Informação, pois São José do Rio Preto possui mais de 130 empresas na área de TI, cuja atividade fim consiste em desenvolver software para todos os setores da economia, projetar e implantar redes de computadores locais, intranet e internet, controle de segurança de dados, entre outros; também existem muitas empresas, inclusive multinacionais e grandes grupos empresariais, que necessitam da Tecnologia da Informação para seus negócios. Com a queda das fronteiras pela globalização, nada, absolutamente nada, ficará livre de competição e o empresário necessita de informações para a tomada de decisão. Neste caso o Gestor de TI pode fornecer dados formais e científicos, que permitem atender essas necessidades. 4

5 Com o crescimento do uso de dispositivos móveis, como celulares e tablets, ocorreu também o surgimento de novos negócios, o que possibilita, a cada dia, o surgimento de novas vagas para o setor de TI. O que permite, cada vez mais, que alunos consigam se colocar no mercado de trabalho e atingir novos patamares sociais. O Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação poderá optar por um dos vários segmentos oferecidos pela profissão, mas sabemos também que a dinâmica do mercado de trabalho demonstra que as pessoas nem sempre encontram ocupações típicas aos cursos que escolheram para a formação profissional. É comum encontrarmos trabalhadores, com formação superior, em áreas totalmente díspares de sua atuação profissional e a formação do Gestor de TI com visão sistêmica das atividades que poderá desenvolver permite a sua inserção no mercado de trabalho em condições privilegiadas como também em qualquer cargo ou atividade de gestão de negócios, pois o raciocínio lógico desenvolvido durante o curso coloca esse profissional em destaque em diversas áreas de negócios da empresa, pois é uma habilidade que o diferencia dos demais profissionais. Portanto, consideramos de extrema importância o Curso de Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação do UNIRP, empenhado em atuar como facilitador do processo de capacitação profissional e de autoaprendizagem de seus alunos, focado no profissional exigido pelo mercado de trabalho regional, estadual e nacional. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO: O Regimento Geral do UNIRP privilegia a avaliação continuada da aprendizagem como parte integrante do processo de formação, uma vez que possibilita diagnosticar lacunas a serem superadas, aferir os resultados alcançados em atividades de classe e extraclasse, mediante a verificação de competência e de aprendizagem teórica e prática de conhecimentos, e identificar mudanças de percurso eventualmente necessárias. O sistema de avaliação do processo de ensino-aprendizagem no Curso de Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação configura-se de acordo com o Regimento Geral do UNIRP (artigos 46 a 56). 5

6 Na perspectiva de garantir competências e habilidades características do Curso, a avaliação destina-se, portanto, à análise da aprendizagem dos alunos para favorecer seu percurso, regular as ações de sua integralização e, ainda, certificar sua formação profissional. Para tanto, a avaliação é realizada mediante critérios explícitos e compartilhados com os alunos, uma vez que o que é objeto da avaliação representa uma referência importante para quem é avaliado, tanto para a orientação dos estudos como para a identificação dos aspectos considerados mais relevantes para a formação em cada momento do Curso. De acordo com normas regimentais, a avaliação do rendimento escolar é feita por disciplina, abrangendo os aspectos de frequência e aproveitamento. Em relação ao aproveitamento, visando à avaliação progressiva da aprendizagem do acadêmico, o professor ao longo do semestre letivo deve aplicar diferentes instrumentos compatíveis com o processo de ensino-aprendizagem, tais como: provas escritas, trabalhos individuais ou em grupo ou outras formas de avaliação continuada, previstas no plano de ensino da disciplina. Em relação às provas escritas (mínimo duas por período), uma delas, denominada prova escrita semestral, tem data especificada no Calendário Escolar abrangendo todo o conteúdo programático da disciplina e as demais com datas e horários estabelecidos pelos próprios docentes. Cabe aos docentes, após a realização de cada avaliação, apresentar o resultado ao acadêmico e com ele discutir seus avanços e dificuldades buscando-se, assim, aperfeiçoar o processo de ensinoaprendizagem. MERCADO DE TRABALHO: Em razão da necessidade das empresas de implementar programas de informatização para otimizar os negócios, esse tecnólogo encontra um mercado promissor. O profissional tem uma visão geral do setor de tecnologia da informação (TI), o que o habilita a trabalhar nas mais diversas especializações, do gerenciamento de bancos de dados e administração de redes ao desenvolvimento de sistemas. Devido a grande demanda de mercado, as instituições de ensino não conseguem formar mão de obra capacitada em quantidade suficiente para suprir a 6

7 enorme demanda do setor de TI. Portanto, há uma grande procura por profissionais capacitados para o mercado de TI. A estrutura curricular do Curso de Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação permite aos alunos a aquisição de conhecimentos teóricos e práticos necessários para atuarem nos mais diversos campos da área de TI. Com uma formação abrangente, as diversas disciplinas que compõem a estrutura curricular do Curso, contemplam as diversas atividades relacionadas com a área, principalmente as de conhecimentos específicos, como também os aspectos técnicos, econômicos, sociais, culturais, políticos, tecnológicos, legais, etc. Os alunos deste curso poderão atuar: em Empresas da área de informática; em Setores de Informática em Empresas de Comércio, Indústria e Prestação de Serviços; como Empreendedores na área de informática; em Empresas do setor de tecnologia e outros segmentos relacionados à Tecnologia da Informação em Empresas de desenvolvimento de software; na Gerência e na área banco de dados; em Empresas de comércio eletrônico e de consultoria tecnológica com o desenvolvimento de software e sistemas; na Prestação de serviços no projeto, configuração, instalação e manutenção de equipamentos computacionais, sistemas de automação e de computadores; em Empresas que necessitam instalação, operação e manutenção de redes de computadores e sistemas de automação comercial ou industrial; em Atividades acadêmicas; em Atividades de pesquisa em centros tecnológicos. Para que o Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação seja capaz de atuar nas áreas descritas acima se faz necessário desenvolver as seguintes competências e habilidades: adquirir conhecimento para desenvolvimento e gerenciamento dos recursos e serviços da tecnologia da informação; administrar os recursos de infraestrutura física e lógica dos ambientes informatizados; 7

8 planejar sistemas e infraestrutura tecnológica para uso em processos organizacionais; dominar os processos de projeto e implementação de sistemas computacionais, envolvendo principalmente software e conceitos de hardware; programar de sistemas computacionais utilizando diferentes paradigmas e diferentes linguagens; utilizar os conceitos de outras áreas, tais como matemática financeira e estatística para solução de problemas; modelar sistemas utilizando diferentes métodos, técnicas e ferramentas visando uma solução sistematizada; aplicar conhecimentos de software e hardware; aplicar conhecimentos das diversas áreas da computação; aplicar conhecimentos dos protocolos de comunicação e de gerenciamento de redes; utilizar conhecimento da legislação vigente que regulamenta, por exemplo, propriedade intelectual, acesso a dados públicos e privados, questões de segurança; desenvolver trabalhos em equipes com um forte entrosamento entre os integrantes e um relacionamento ético em todos os aspectos do desenvolvimento, implementação e gerenciamento dos sistemas; compreender os problemas das organizações; compreender os conceitos de Sistemas de Informação; apresentar os meios com os quais a tecnologia da informação pode apoiar o trabalho do indivíduo nas organizações aumentando sua produtividade; apresentar uma visão gerencial da informação e da tecnologia de informação; aplicar os conceitos básicos de administração, administração financeira e orçamentária e seu uso para orçamento de projetos; aplicar as técnicas utilizadas pelo administrador de empresa como suporte à tomada de decisões; aplicar os conceitos básicos de administração de empresas públicas e privadas; aplicar aos conceitos de economia no dia a dia profissional desenvolver a capacidade de entender e resolver problemas 8

9 computacionais; dominar os conceitos fundamentais das várias áreas da computação; aplicar conhecimentos de Bancos de Dados e utilizar Bancos de Dados e seus conceitos para armazenamento e interpretação de informações; desenvolver e aplicar os conceitos, métodos e técnicas de Engenharia de Software. COORDENAÇÃO DO CURSO A Coordenadoria do Curso Superior de Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação da UNIRP é exercida pela Profa. M.Sc. Valéria Maria Volpe docente com dedicação em tempo parcial. Minicurriculo da Coordenadora: Profa. M.Sc. Valéria Maria Volpe, é Mestre em Ciências Matemáticas com ênfase em Matemática Aplicada e Computacional pela UNESP de São José do Rio Preto; possui duas especializações, sendo Especialista em Computação pelo ICMSC USP São Carlos, Especialista em MBA em Desenvolvimento de Sistemas pela UNIRP. Currículo Lattes: Horário e Locais de Atendimento da Coordenação: De segunda à sexta-feira, nos horários assinalados: Horários Tarde das 14h às 19h Noite das 19h às 22h Na UU III Na UU III Segundafeira Terçafeira Quartafeira Quintafeira Sextafeira Na UU III Na UU III Na UU III Na UU III Na UU III MATRIZ CURRICULAR DO CURSO: Considerando o objetivo traçado para o curso e as Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a organização e o funcionamento dos cursos superiores de 9

10 tecnologia, instituídas pela Resolução CNE/CP 3, de 18 de dezembro de 2002, o Curso de Graduação em Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação está estruturado em seu currículo pleno da seguinte forma: 20 disciplinas com conteúdos de formação tecnológica para a área de TI correspondendo a 43,95% da carga horária total. 12 disciplinas com conteúdos de formação de gestão de negócios, projetos e pessoas correspondendo a 24,68% da carga horária total. 8 disciplinas com conteúdos de formação complementar e humanística, correspondendo a 19,22% da carga horária total. Atividades Complementares, correspondendo a 9,09% da carga horária total e 2 disciplina optativa com 80 horas aulas de carga horária correspondendo a 3,04% da carga horária total. Resumo Matriz Curricular Hora aula % Hora relógio Conteúdos de formação tecnológica , Conteúdos de formação gestão , Conteúdos de formação complementar e humanística , Optativa 80 3,04 67 Atividades complementares 200 9, Total , º Período Algoritmo e Programação de Computadores Banco de Dados I Educação Ambiental e Cidadania Inglês Instrumental I Laboratório de Algoritmo e Programação de Computadores I Linguagem de Programação I 2º Período Administração Banco de Dados II Fundamentos de Sistemas de Informação Inglês Instrumental II Linguagem de Programação II Linguagem de Programação III Português Instrumental 10

11 3º Período Análise e Projeto de Sistemas Contabilidade e Custos Cultura e Literatura Africana e Indígena Engenharia de Software Gestão da Informação Aplicada a Negócios Gestão de Recursos Humanos Matemática Financeira 4º Período Administração Financeira e Orçamentária Direitos Humanos Interação Humano-Computador Laboratório de Engenharia de Software Organização, Sistemas e Métodos Planejamento e Gestão de Projetos Programação para Dispositivos Móveis Redação e Documentação Técnica 5º Período Ética e Responsabilidade Profissional Laboratório de Arquitetura de Computadores Probabilidade e Estatística Projeto Interdisciplinar I Redes de Computadores Sistemas Operacionais Optativas 6º Período Administração de Banco de Dados Auditoria e Segurança em Sistemas de Informação Empreendedorismo Gerenciamento de Contrato Infraestrutura de Tecnologia da Informação Projeto Interdisciplinar II Optativas INFRAESTRUTURA: A Unidade Universitária III do Centro Universitário de Rio Preto - UNIRP, onde o curso de Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação está implantado, atende as necessidades do curso. Salas de aulas com ar-condicionado e recursos multimídia; Laboratórios de informáticas (software); Laboratório de Hardware; Laboratório de Redes e Redes sem Fio; 11

12 Laboratório de Circuitos Digitais; Laboratório de Robótica; Laboratório de Física; Biblioteca; Salas de estudos individuais e em grupo. PROGRAMAS DE EXTENSÃO DO CURSO: Atividades desenvolvidas: Semana acadêmica do curso; Projeto de Empreendedorismo Solidário; Projeto de inclusão Digital em Entidades Filantrópicas; Ciclo mensal de palestras; Visitas técnicas em Empresas da área de Computação e Tecnologia (IBM, Google, Cervejaria Petrópolis, Fábrica da Hyundai, etc.). Programação dos eventos do curso: A Semana Acadêmica do Curso de Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação e Encontro de Egressos, sempre são realizados na terceira semana do mês de maio. LINKS INTERESSANTES RELACIONADOS AO CURSO: Associação Brasileira de Computação: Movimento Startup Rio Preto: Programas de Tecnologia da Informação: Site de Raciocínio Lógico: https://rachacuca.com.br Comunidade Brasileira de desenvolvimento e programação de jogos: Sociedade de Usuários Java: https://soujava.org.br/ Comunidade Java Noroeste Paulista: PMI Project Management Institute: https://brasil.pmi.org 12

13 Tecnologia da Informação Brasileira: Metodologia do Processo de Software Brasileira: Manifesto para o desenvolvimento ágil de software: Microsoft DreamSpark: https://www.dreamspark.com EMC Corporation: https://www.emc.com/pt-br/index.htm Bolsa de Valores de São Paulo: Instituto Brasileiro de Governança Corporativa: 13

CATÁLOGO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CATÁLOGO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CATÁLOGO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Administração Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Yvette Gabriel Atique, 45

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Modalidade a Distância

CATÁLOGO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Modalidade a Distância CATÁLOGO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Modalidade a Distância ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Administração Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Yvette

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - Bacharelado

CATÁLOGO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - Bacharelado CATÁLOGO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - Bacharelado ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Educação Física - Área de Saúde e Qualidade de Vida - Bacharelado Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO

CATÁLOGO DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO CATÁLOGO DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Arquitetura e Urbanismo Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Av. Jornalista

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE BIOMEDICINA

CATÁLOGO DO CURSO DE BIOMEDICINA CATÁLOGO DO CURSO DE BIOMEDICINA ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Biomedicina Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Yvette Gabriel Atique, 45 Bairro

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE PEDAGOGIA Modalidade a Distância

CATÁLOGO DO CURSO DE PEDAGOGIA Modalidade a Distância CATÁLOGO DO CURSO DE PEDAGOGIA Modalidade a Distância ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Pedagogia Tempo de Integralização: Mínimo: 8 semestres Máximo: 14 semestres Nome da Mantida: Centro Universitário

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE PSICOLOGIA

CATÁLOGO DO CURSO DE PSICOLOGIA CATÁLOGO DO CURSO DE PSICOLOGIA ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Psicologia Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto. Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Gabriel Yvette Atique, 45 Boa

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE JORNALISMO

CATÁLOGO DO CURSO DE JORNALISMO CATÁLOGO DO CURSO DE JORNALISMO ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Comunicação Social Jornalismo Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Av. Jornalista

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE DIREITO

CATÁLOGO DO CURSO DE DIREITO CATÁLOGO DO CURSO DE DIREITO ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Direito Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Yvete Gabriel Atique nº. 45 - Boa Vista

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO 1. APRESENTAÇÃO O curso de Sistemas de Informação teve início no segundo semestre de 003 e desde então vem formando profissionais capacitados a atuar no mercado

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1 CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2009.1A Atualizado em 10 de junho BRUSQUE de 2013 pela Assessoria (SC) de Desenvolvimento 2013 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 ADMINISTRAÇÃO GERAL...

Leia mais

Engenharia de Computação Faculdade METROCAMP

Engenharia de Computação Faculdade METROCAMP Engenharia de Computação Faculdade METROCAMP Sobre a METROCAMP Fundada em 2001 (Faculdade Integrada Metropolitana de Campinas) Início das atividades em 2003 Integrante do Grupo DeVry Brasil Faculdade Ibmec

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 70/ 2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Matemática Computacional, Bacharelado

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: SISTEMAS DA INFORMAÇÃO MISSÃO DO CURSO Os avanços da ciência, a melhoria dos processos produtivos e a abertura de mercado, são exemplos de fatores que contribuíram

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 2, DE 27 DE SETEMBRO DE

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 2, DE 27 DE SETEMBRO DE Ministério da Educação CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 2, DE 27 DE SETEMBRO DE 2013 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de graduação em Relações

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

CATÁLOGO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CATÁLOGO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Engenharia Civil Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Avenida Jornalista Roberto

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação UF: DF Superior ASSUNTO: Diretrizes Curriculares Nacionais para

Leia mais

CURSO: EDUCAR PARA TRANSFORMAR. Fundação Carmelitana Mário Palmério Faculdade de Ciências Humanas e Sociais

CURSO: EDUCAR PARA TRANSFORMAR. Fundação Carmelitana Mário Palmério Faculdade de Ciências Humanas e Sociais Fundação Carmelitana Mário Palmério Faculdade de Ciências Humanas e Sociais Educação de Qualidade ao seu alcance EDUCAR PARA TRANSFORMAR O CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CURSO: LICENCIATURA

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. RECONHECIDO conforme PORTARIA nº 295, de 25 de Junho de 2008.

CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. RECONHECIDO conforme PORTARIA nº 295, de 25 de Junho de 2008. CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS RECONHECIDO conforme PORTARIA nº 295, de 25 de Junho de 2008. Título: Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Turno: Noturno

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.061, DE 30 DE SETEMBRO DE 2010

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.061, DE 30 DE SETEMBRO DE 2010 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E ETENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.061, DE 30 DE SETEMBRO DE 2010 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado em

Leia mais

PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2012.2

PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2012.2 ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO (PSD-G) 2012.2 ARQUITETURA E URBANISMO Graduar arquitetos e urbanistas com uma sólida formação humana, técnico-científica e profissional, que sejam capazes de transformar

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DIRETRIZES DO CURSO

CAPÍTULO I DAS DIRETRIZES DO CURSO RESOLUÇÃO CAS Nº 07 / 2007 De 05 de agosto de 2007 Reformula o Projeto Político Pedagógico do Curso de Licenciatura em Pedagogia, a ser implantado a partir do 2º semestre do ano letivo de 2007. CONSIDERANDO

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Identificação do Curso Nome do Curso: Sistemas de Informação Titulação: Bacharelado Modalidade de ensino: Presencial

Leia mais

ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2013.2

ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2013.2 ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2013.2 ADMINISTRAÇÃO Formar administradores estrategistas, comprometidos com o desenvolvimento da sociedade. A UNIFEBE, através

Leia mais

PROCESSO N. 352/03 PROTOCOLO N.º 5.252.763-5 PARECER N.º 31/04 APROVADO EM 13/02/04

PROCESSO N. 352/03 PROTOCOLO N.º 5.252.763-5 PARECER N.º 31/04 APROVADO EM 13/02/04 PROTOCOLO N.º 5.252.763-5 PARECER N.º 31/04 APROVADO EM 13/02/04 CÂMARA DE PLANEJAMENTO INTERESSADO: COLÉGIO ESTADUAL OLAVO BILAC MUNICÍPIO: IBIPORÃ ASSUNTO: Credenciamento da Instituição e Autorização

Leia mais

Integralização: A) TEMPO TOTAL MÍNIMO = 03 (TRÊS) ANOS LETIVOS MÁXIMO = 05 (CINCO) ANOS LETIVOS B) TEMPO ÚTIL (Carga Horária) = 2.

Integralização: A) TEMPO TOTAL MÍNIMO = 03 (TRÊS) ANOS LETIVOS MÁXIMO = 05 (CINCO) ANOS LETIVOS B) TEMPO ÚTIL (Carga Horária) = 2. Curso: Graduação: Regime: Duração: MATRIZ CURRICULAR ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS (Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação) TECNOLÓGICA SERIADO ANUAL - NOTURNO 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização:

Leia mais

Área das Engenharias

Área das Engenharias Engenharia de Alimentos Área das Engenharias Unidade: Escola Agronomia e Engenharia Alimentos - (EAEA) www.agro.ufg.br Duração: 10 semestres O Engenheiro de Alimentos é, atualmente, um dos profissionais

Leia mais

II Feira das Profissões

II Feira das Profissões II Feira das Profissões Carreiras e mercado de trabalho em computação 13 e 14 de agosto de 2008 Prof. Marcus Vinícius Midena Ramos UNIVASF marcus.ramos@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~marcus.ramos (74)3614.1936

Leia mais

FISIOTERAPIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC

FISIOTERAPIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC FISIOTERAPIA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: Fisioterapia Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal

Leia mais

CURSO: REDES DE COMPUTADORES

CURSO: REDES DE COMPUTADORES CURSO: REDES DE COMPUTADORES Dados de Identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base Legal da Mantenedora A Ata de Assembléia Geral para

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Síntese do Projeto Pedagógico do curso Objetivos do curso Objetivo Geral O curso em Análise e Desenvolvimento de Sistemas da ESADE,

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE LOGÍSTICA - BARREIRO

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE LOGÍSTICA - BARREIRO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE LOGÍSTICA - BARREIRO 1. Perfil do Curso O curso visa atender a demanda do mundo do trabalho por formação na área de gestão da logística em nível superior de ensino.

Leia mais

- COMPONENTE CURRICULAR (CURSO E/OU HABILITAÇÃO):

- COMPONENTE CURRICULAR (CURSO E/OU HABILITAÇÃO): ETEC DE NOVA ODESSA NOVA ODESSA AVISO DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, Nº 234/02/2015

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Dados de Identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo

Leia mais

Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet

Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet - TDS 2005/1 Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet 1 DADOS LEGAIS: Reconhecido

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 063 CONSUPER/2013

RESOLUÇÃO Nº 063 CONSUPER/2013 RESOLUÇÃO Nº 063 CONSUPER/2013 Dispõe sobre a regulamentação de Curso de Formação Inicial e Continuada ou Qualificação Profissional do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense. O

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA CAMPUS SANTA ROSA Rua Uruguai, 1675Bairro Central CEP: 98900.000

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO CURSO FIC PRONATEC

PROJETO PEDAGÓGICO CURSO FIC PRONATEC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CÂMPUS CANOAS PROJETO PEDAGÓGICO CURSO FIC PRONATEC OPERADOR

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação UF: DF Superior ASSUNTO: Aprovação das Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS Seja bem-vindo à FADERGS! A seguir, apresentamos as principais informações sobre o seu curso, válidas para o semestre 2015/1. OS CURSOS SUPERIORES DE

Leia mais

FACCAMP - FACULDADE CAMPO LIMPO PAULISTA COMUNICAÇÃO E REDES SOCIAIS

FACCAMP - FACULDADE CAMPO LIMPO PAULISTA COMUNICAÇÃO E REDES SOCIAIS FACCAMP - FACULDADE CAMPO LIMPO PAULISTA COORDENADORIA DE EXTENSÃO E PESQUISA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU COMUNICAÇÃO E REDES SOCIAIS 1. Nome do Curso e Área do Conhecimento Programa de Pós-Graduação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 5, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 1

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 5, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 5, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 1 Institui as Diretrizes Curriculares para o curso de graduação em Engenharia

Leia mais

Curso Técnico em Informática Organização Curricular. A carga horária total dos módulos é oferecida conforme quadro síntese abaixo:

Curso Técnico em Informática Organização Curricular. A carga horária total dos módulos é oferecida conforme quadro síntese abaixo: FEDERAÇÃO DOS CÍRCULOS OPERÁRIOS DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA TÉCNICA SANTO INÁCIO Estrada Costa Gama, nº 1009 Belém Velho - Porto Alegre RS Fone: (51) 3374-2858 escola@stoinacio.com.br www.stoinacio.com.br

Leia mais

Art. 1º Definir o ensino de graduação na UNIVILLE e estabelecer diretrizes e normas para o seu funcionamento. DA NATUREZA

Art. 1º Definir o ensino de graduação na UNIVILLE e estabelecer diretrizes e normas para o seu funcionamento. DA NATUREZA UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 07/04 Define o ensino de graduação na UNIVILLE e estabelece diretrizes e normas para seu funcionamento.

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO ICSA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO Currículo Novo - 2006/01 - Fisem (Seriado) ADMINISTRAÇÃO EMPRESARIAL RECONHECIMENTO RENOVADO PELA PORTARIA Nº 1.396, DE

Leia mais

Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação

Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação Curso de Atualização Pedagógica Julho de 2010 Mediador: Adelardo Adelino Dantas de Medeiros (DCA/UFRN) Diretrizes Curriculares

Leia mais

Graduação Executiva Feita para o seu momento.

Graduação Executiva Feita para o seu momento. Você, que trabalha e sabe o valor do tempo e do dinheiro, nós temos o que falta para sua formação. Graduação Executiva Feita para o seu momento. Otimizando seu tempo, ampliando suas chances. Por que estudar

Leia mais

GRADUAÇÃO - ADMINISTRAÇÃO APRESENTAÇÃO

GRADUAÇÃO - ADMINISTRAÇÃO APRESENTAÇÃO GRADUAÇÃO - ADMINISTRAÇÃO APRESENTAÇÃO O Curso de Administração da Faculdade de Campina Grande FAC- CG, criado por meio da Portaria MEC 2.001 de 22/07/2003, publicada no DOU de 23/07/2003, foi implementado

Leia mais

SERÁ ENCAMINHADO AO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO O NOVO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MATERIAIS, COM INÍCIO PREVISTO PARA 2008

SERÁ ENCAMINHADO AO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO O NOVO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MATERIAIS, COM INÍCIO PREVISTO PARA 2008 SERÁ ENCAMINHADO AO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO O NOVO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MATERIAIS, COM INÍCIO PREVISTO PARA 2008 CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MATERIAIS PROJETO PEDAGÓGICO I OBJETIVOS

Leia mais

CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA: A IMPLANTAÇÃO E A GESTÃO NA MODALIDADE A DISTÃNCIA. Araras, maio de 2011.

CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA: A IMPLANTAÇÃO E A GESTÃO NA MODALIDADE A DISTÃNCIA. Araras, maio de 2011. 1 CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA: A IMPLANTAÇÃO E A GESTÃO NA MODALIDADE A DISTÃNCIA Araras, maio de 2011. Fernando da Silva Pereira Centro Universitário Hermínio Ometto UNIARARAS SP fernandosilper@uniararas.br

Leia mais

ESTATÍSTICA. 1. TURNO: Vespertino e Noturno HABILITAÇÃO: Bacharelado. PRAZOS PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos

ESTATÍSTICA. 1. TURNO: Vespertino e Noturno HABILITAÇÃO: Bacharelado. PRAZOS PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos ESTATÍSTICA 1. TURNO: Vespertino e Noturno HABILITAÇÃO: Bacharelado GRAU ACADÊMICO: Estatístico PRAZOS PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos Máximo = 8 anos 2. OBJETIVO/PERFIL DO PROFISSIONAL A SER FORMADO De

Leia mais

Pós-Graduação em Gestão de Negócios com Ênfase em Mercado Farmacêutico

Pós-Graduação em Gestão de Negócios com Ênfase em Mercado Farmacêutico Pós-Graduação em Gestão de Negócios com Ênfase em Mercado Farmacêutico Manual do Curso São Paulo Educação Executiva 2016 Apresentação O Sindusfarma deseja oferecer aos seus associados à possibilidade de

Leia mais

BACHARELADO EM ARQUITETURA E URBANISMO UNIGRANRIO

BACHARELADO EM ARQUITETURA E URBANISMO UNIGRANRIO BACHARELADO EM ARQUITETURA E URBANISMO UNIGRANRIO Objetivos Considerando o perfil do profissional que deseja formar, o curso de Arquitetura e Urbanismo da UNIGRANRIO tem por objetivos: Objetivo Geral O

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO DIREITO

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO DIREITO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO DIREITO 1. APRESENTAÇÃO O Curso de Direito completa 30 anos em 2015. Nestas três décadas, o Curso tem passado por constantes modificações, todas na busca do aperfeiçoamento

Leia mais

Graduação Executiva. Feita para o seu momento Venha para a única graduação exclusiva para adultos a partir dos 24 anos

Graduação Executiva. Feita para o seu momento Venha para a única graduação exclusiva para adultos a partir dos 24 anos Graduação Executiva Feita para o seu momento Venha para a única graduação exclusiva para adultos a partir dos 24 anos Graduação Graduação em Administração Duração: 4 anos Carga Horária Total: 3.040 horas/aula

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER CNE/CES 1.304/2001 - HOMOLOGADO Despacho do Ministro em 4/12/2001, publicado no Diário Oficial da União de 7/12/2001, Seção 1, p. 25. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO:

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU agosto / 2010 1 REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Sumário TÍTULO I - DA NATUREZA E DAS FINALIDADES... 3 CAPÍTULO I - DA CONSTITUIÇÃO

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DE POÇOS DE CALDAS Av. João Pinheiro, 1046 Centro 37701-386 (35) 2107-6000. EDITAL Processo Seletivo nº 02/2016

FACULDADE PITÁGORAS DE POÇOS DE CALDAS Av. João Pinheiro, 1046 Centro 37701-386 (35) 2107-6000. EDITAL Processo Seletivo nº 02/2016 FACULDADE PITÁGORAS DE POÇOS DE CALDAS Av. João Pinheiro, 1046 Centro 37701-386 (35) 2107-6000 EDITAL Processo Seletivo nº 02/2016 O Diretor da Unidade Faculdade Pitágoras de Poços de Caldas, no uso de

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SERVIÇO SOCIAL

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SERVIÇO SOCIAL FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL Identificação do Curso SERVIÇO SOCIAL Nome do Curso: Serviço Social Titulação: Bacharelado Modalidade de ensino: Presencial Carga horária

Leia mais

Padrões de Qualidade para Cursos de Graduação em Economia

Padrões de Qualidade para Cursos de Graduação em Economia MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR COORDENAÇÃO DAS COMISSÕES DE ESPECIALISTAS DE ENSINO COMISSÃO DE ESPECIALISTAS DE ENSINO DE ECONOMIA Padrões de Qualidade para Cursos

Leia mais

1 Nome do Projeto Centro de Treinamento e Capacitação Corporativa. 2 Coordenador (a) Eng. Mec. Vinício Duarte Ferreira. 3 Gestor (a) 4 Programa

1 Nome do Projeto Centro de Treinamento e Capacitação Corporativa. 2 Coordenador (a) Eng. Mec. Vinício Duarte Ferreira. 3 Gestor (a) 4 Programa 1 Nome do Projeto Centro de Treinamento e Capacitação Corporativa 2 Coordenador (a) Eng. Mec. Vinício Duarte Ferreira 3 Gestor (a) 4 Programa Eng. Agr. Flávio Henrique da Costa Bolzan Organização, Normas

Leia mais

Ementas Disciplinas Eletivas

Ementas Disciplinas Eletivas Ementas Disciplinas Eletivas INFORMÁTICA Administração de Redes CH: 60 h Créditos: 2.1.0 Pré-requisito(s): Redes de Computadores II Conceitos e políticas de administração de redes. Gerência de redes e

Leia mais

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS SOBRE O CURSO O administrador é um profissional com um mercado vasto, pois é um generalista por natureza e pode trabalhar nas mais diversas áreas. O profissional

Leia mais

PROCESSO N 85/2009 PROTOCOLO N.º 9.953.393-5 PARECER CEE/CEB N.º 75/09 APROVADO EM 31/04/09 INTERESSADO: INSTITUTO EDUCACIONAL DE DRACENA - IED

PROCESSO N 85/2009 PROTOCOLO N.º 9.953.393-5 PARECER CEE/CEB N.º 75/09 APROVADO EM 31/04/09 INTERESSADO: INSTITUTO EDUCACIONAL DE DRACENA - IED PROTOCOLO N.º 9.953.393-5 PARECER CEE/CEB N.º 75/09 APROVADO EM 31/04/09 CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADO: INSTITUTO EDUCACIONAL DE DRACENA - IED MUNICÍPIO: DRACENA ASSUNTO: Pedido de Credenciamento

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS - DEX UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS - UFLA

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS - DEX UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS - UFLA 1 REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS - DEX UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS - UFLA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Em consonância

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Coordenadoria Geral de Pós-Graduação Lato Sensu

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Coordenadoria Geral de Pós-Graduação Lato Sensu PORTFÓLIO ESPECIALIZAÇÃO / MBA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Sumário ÁREA: CIÊNCIAS DA SAÚDE... 2 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO: PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL E DO TRABALHO... 2 ÁREA: COMUNICAÇÃO E LETRAS...

Leia mais

NOVA PROPOSTA DE MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS - 2016

NOVA PROPOSTA DE MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS - 2016 NOVA PROPOSTA DE MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS - 2016 Diante da evolução de técnicas e ferramentas tecnológicas, aliado a novas necessidades curriculares,

Leia mais

RESUMO DO CURSO. Nome do curso: MBA em Gestão Empresarial : Ênfase em Pessoas, Produção e Logística.

RESUMO DO CURSO. Nome do curso: MBA em Gestão Empresarial : Ênfase em Pessoas, Produção e Logística. RESUMO DO CURSO Nome do curso: MBA em Gestão Empresarial : Ênfase em Pessoas, Produção e Logística. Área do Conhecimento: Ciências Sociais Aplicadas Nível do curso: pós-graduação lato sensu Modalidade:

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM A Universidade Cruzeiro do Sul, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40 de 12.12.2007, resolve promover Processo

Leia mais

Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Análise e Desenvolvimento de Sistemas Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas na modalidade presencial Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Leia mais

MODELO DE RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO PERÍODO: MARÇO DE 2009 A MARÇO DE 2012 CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS

MODELO DE RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO PERÍODO: MARÇO DE 2009 A MARÇO DE 2012 CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS MODELO DE RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO PERÍODO: MARÇO DE 2009 A MARÇO DE 2012 CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS APRESENTAÇÃO DO CURSO Caracterização geral do Curso de Ciências Econômicas da Unemat: Denominação

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Currículo Novo - 2006/01 Reconhecido pela Portaria Ministerial Nº. 4.327, de 22/12/2004 Duração: 180 créditos 2.700h, acrescidas de 300 h de atividades complementares, totalizando

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DE VOTORANTIM - SOROCABA Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira, 279 Centro 18110-008 (15) 3416-7000

FACULDADE PITÁGORAS DE VOTORANTIM - SOROCABA Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira, 279 Centro 18110-008 (15) 3416-7000 FACULDADE PITÁGORAS DE VOTORANTIM - SOROCABA Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira, 279 Centro 18110-008 (15) 3416-7000 EDITAL Processo Seletivo nº 02/2016 O Diretor da Unidade Faculdade Pitágoras de Votorantim

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS MARIA IMACULADA MOGI GUAÇU PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM CIÊNCIAS HABILITAÇÃO EM BIOLOGIA.

FACULDADES INTEGRADAS MARIA IMACULADA MOGI GUAÇU PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM CIÊNCIAS HABILITAÇÃO EM BIOLOGIA. FACULDADES INTEGRADAS MARIA IMACULADA MOGI GUAÇU PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM CIÊNCIAS HABILITAÇÃO EM BIOLOGIA. Mogi Guaçu SP 2000 OBJETIVOS GERAIS DAS FACULDADES INTEGRADAS MARIA

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas IFSP Campus Capivari Vitor Brandi Junior BEM VINDOS O que é Informática? A Informática nasceu da idéia de auxiliar o homem nos trabalhos

Leia mais

O Curso de Licenciatura em Matemática tem como objetivo principal a formação de professores da Educação Básica.

O Curso de Licenciatura em Matemática tem como objetivo principal a formação de professores da Educação Básica. 4 - Seu Curso 4.1 - Informações Específicas sobre o Curso 4.1.1 - Objetivos O Curso de Licenciatura em Matemática tem como objetivo principal a formação de professores da Educação Básica. O Curso de Bacharelado

Leia mais

APRESENTAÇÃO CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU.

APRESENTAÇÃO CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU. Credenciada pelo MEC pela Portaria nº. 1. 655 de 13/05/2005 e Autorizada pela Portaria nº. 1.656 de 13/05/2005. COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO APRESENTAÇÃO CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU.

Leia mais

ENSINO SUPERIOR FORTE EM NEGÓCIOS E EDUCAÇÃO

ENSINO SUPERIOR FORTE EM NEGÓCIOS E EDUCAÇÃO ENSINO SUPERIOR FORTE EM NEGÓCIOS E EDUCAÇÃO MANUAL AL DO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS TECNOLOGIA OGIA EM GESTÃO COMERCIAL TECNOLOGIA OGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS REGULAMENTO INTRODUÇÃO: Estão abertas

Leia mais

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO INTERNO E EXTERNO Nº.001/2013

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO INTERNO E EXTERNO Nº.001/2013 EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO INTERNO E EXTERNO Nº.001/2013 1. DO PREÂMBULO A Faculdade de Rolim de Moura - FAROL, Portaria Ministerial nº 2960 de 22 de outubro de 2003 DOU de 23 de outubro de 2003.

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO GRANDE DO NORTE

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO GRANDE DO NORTE ATO NORMATIVO Nº 01, DE 28 DE MARÇO DE 2012. Institui o Normativo de Pessoal EMPREGO DE LIVRE PROVIMENTO E DEMISSÃO DE NÍVEL SUPERIOR, EMPREGOS TEMPORÁRIOS DE NÍVEL SUPERIOR E EMPREGOS TEMPORÁRIOS DE NÍVEL

Leia mais

INFORMAÇÃO TÉCNICA 04/2006 CRIAÇÃO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

INFORMAÇÃO TÉCNICA 04/2006 CRIAÇÃO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MINISTÉRIO DA DEFESA SECRETARIA DE ESTUDOS E DE COOPERAÇÃO DEPARTAMENTO DE COOPERAÇÃO INFORMAÇÃO TÉCNICA 04/2006 CRIAÇÃO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Informação preparada pelos Professores Daniela

Leia mais

RESOLUÇÃO 26 /2016 RESOLVE. Art. 1 - Aprovar o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, em nível de Especialização, denominado Gestão em Segurança Pública.

RESOLUÇÃO 26 /2016 RESOLVE. Art. 1 - Aprovar o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, em nível de Especialização, denominado Gestão em Segurança Pública. RESOLUÇÃO 26 /2016 Aprova o Curso de Pós-graduação Lato Sensu, na modalidade de Especialização, com a denominação de Curso de Especialização em Gestão em Segurança Pública O COLEGIADO ACADÊMICO DA FACULDADE

Leia mais

FACCAMP - FACULDADE CAMPO LIMPO PAULISTA. Educação Química

FACCAMP - FACULDADE CAMPO LIMPO PAULISTA. Educação Química FACCAMP - FACULDADE CAMPO LIMPO PAULISTA COORDENADORIA DE EXTENSÃO E PESQUISA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Educação Química 1. Nome do Curso e Área do Conhecimento Programa de Pós-Graduação Lato Sensu

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO A disciplina aborda o estudo da área de Informática como um todo, e dos conceitos fundamentais,

Leia mais

RESOLUÇÃO CA Nº 007/2006

RESOLUÇÃO CA Nº 007/2006 RESOLUÇÃO CA Nº 007/2006 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado em Engenharia da Computação, da Faculdade Independente do Nordeste, com alteração curricular adequada às Diretrizes Curriculares

Leia mais

EMENTA CURSO TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO

EMENTA CURSO TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICO-ALVO: Os Cursos Técnicos são destinados a todos que estão cursando o 2º ano ou já completaram o Ensino Médio e que desejam aprender uma profissão, entrar no mercado de trabalho ou buscar uma melhor

Leia mais

Omais competitivo, Pós-Graduação. Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Curitiba

Omais competitivo, Pós-Graduação. Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Curitiba Para ingressar em um curso de lato sensu, é necessário possuir uma graduação bacharelado, licenciatura ou tecnologia. Mais comuns dentro dessa modalidade de pós-graduação, os cursos de especialização possuem

Leia mais

Pedagogia Estácio FAMAP

Pedagogia Estácio FAMAP Pedagogia Estácio FAMAP # Objetivos Gerais: O Curso de Graduação em Pedagogia da Estácio FAMAP tem por objetivo geral a formação de profissionais preparados para responder às diferenciadas demandas educativas

Leia mais

ANEXO I INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO

ANEXO I INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO ANEXO I INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO Este instrumento deverá ser utilizado para a elaboração de processos para reconhecimento ou de renovação de reconhecimento de curso de graduação da UDESC (com avaliação

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Curso: CST em ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. Missão. Objetivo Geral. Objetivos Específicos

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Curso: CST em ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. Missão. Objetivo Geral. Objetivos Específicos SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: CST em ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Missão Formar profissionais na área de Análise e Desenvolvimento de Sistemas cônscios de sua responsabilidade social, ética

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO (Currículo iniciado em 2015)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO (Currículo iniciado em 2015) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO (Currículo iniciado em 2015) ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA 68 h/a 1425 A função Financeira nas empresas. Matemática Financeira valor do dinheiro

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 88-GR/UNICENTRO, DE 12 DE MAIO DE 2014. Especifica a estrutura curricular do Curso de Especialização em Educação e Formação Empreendedora, modalidade de educação a distância, aprovado pela

Leia mais

RESOLUÇÃO N 03/15 CAEPE RESOLVE

RESOLUÇÃO N 03/15 CAEPE RESOLVE Conselho de Administração, Ensino, Pesquisa e Extensão CAEPE RESOLUÇÃO N 03/15 CAEPE DISPÕE SOBRE AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE GRADUAÇÃO DOS CURSOS SUPERIORES DA FACULDADE FTEC. O Conselho de Administração,

Leia mais

SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO ENGENHARIA CIVIL POÇOS DE CALDAS

SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO ENGENHARIA CIVIL POÇOS DE CALDAS 1) Perfil do curso: SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO ENGENHARIA CIVIL POÇOS DE CALDAS O curso de Engenharia Civil da PUC Minas, campus de Poços de Caldas, tem como objetivo principal formar um profissional

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA ESTÁGIO DE PEDAGOGIA

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA ESTÁGIO DE PEDAGOGIA ORIENTAÇÕES GERAIS PARA ESTÁGIO DE PEDAGOGIA INTRODUÇÃO Os Estágios Supervisionados constam de atividades de prática pré-profissional, exercidas em situações reais de trabalho, sem vínculo empregatício,

Leia mais

COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO

COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente:

Leia mais

EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. Relação de Títulos Informação e Comunicação. Aprendizagem

EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. Relação de Títulos Informação e Comunicação. Aprendizagem EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Relação de s Informação e Comunicação Aprendizagem Código Capacitação 252 Administrador de Banco de Dados 253 Administrador de Redes 1195 Cadista 1291 Desenhista

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação UF: DF Superior ASSUNTO: Diretrizes Curriculares Nacionais para

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 17/4/2013, Seção 1, Pág. 16. Portaria n 318, publicada no D.O.U. de 17/4/2013, Seção 1, Pág. 15. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS CORAÇÃO EUCARÍSTICO

SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS CORAÇÃO EUCARÍSTICO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS CORAÇÃO EUCARÍSTICO 01 PERFIL DO CURSO: O curso de Ciências Econômicas, reconhecido pelo Decreto nº 67.055, de 14 de agosto de 1970, leva em consideração

Leia mais