Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Ciências Contábeis ISSN

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Ciências Contábeis 2010-1 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais."

Transcrição

1 Especial Online ISSN DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO Ciências Contábeis

2 CONTABILIDADE E GESTÃO AMBIENTAL Alunos: CASARIM, Taise Aparecida Delazari. TOMÉ, Wagner Luiz Silvério. Orientador: LIMA, Hyder Marcelo de Araújo. Com a grande concorrência no mercado, as empresas compreendem a importância de um diferencial competitivo, os consumidores estão mais atentos e exigentes, e os empresários sentem a necessidade de uma gestão ambiental responsável, e observam não somente o lucro, mas também a sociedade como um todo, visando ganhar o mercado consumidor, a maximização da participação dos acionistas e a garantia da qualidade de vida. A pesquisa apresenta os cuidados que as entidades devem ter no que tange a extração e exploração dos recursos naturais, visto a atual situação e os impactos futuros; retrata o desenvolvimento empresarial responsável e sustentável; observa a dificuldade que os contadores têm mediante a classificação das atividades; decorre sobre a história da contabilidade ambiental; os princípios contábeis; as normas e diretrizes; a valoração do meio ambiente; a identificação dos ativos e passivos ambientais; a mensuração dos custos e a divulgação dos relatórios à sociedade e aos stakeholders; bem como a vantagem de sua aplicação. Aborda também a auditoria ambiental e algumas penalidades previstas na legislação. Palavras-chave: Meio Ambiente; Contabilidade Ambiental; Gestão Ambiental.

3 A IMPORTÂNCIA DA ANÁLISE DAS CONTAS PATRIMONIAIS Alunos: MEDEIROS, Ana Paula Conceição de Freitas. CAROLINA, Marano Carneiro Pereira. Orientador: ALVES, Rodrigo da Costa. O mercado financeiro contemporâneo revela uma forte competitividade, que obriga as empresas a utilizarem mecanismos antes desconhecidos ou inutilizados para alcançarem sua fatia no bolo. Devido a tantas mudanças e avanços, práticas simples que no passado ficaram esquecidas hoje se tornam de suma importância no dia-a-dia da empresa. Como por exemplo, as análises das contas patrimoniais, que muitos dispensavam ou muitas vezes sequer conheciam, agora são peças primordiais na tomada de decisão. Através das análises de contas patrimoniais o gestor consegue visualizar a movimentação e o histórico que é a representação dos saldos que se vêm no Balanço Patrimonial. A contabilidade sendo responsável pelo controle permanente do patrimônio da empresa necessita dispor de ferramentas capazes de garantir a veracidade e fidelidade das informações. Essas ferramentas são a base e o conteúdo utilizado para a tomada de decisões. Portanto, partindo deste ponto percebe-se a importância que têm o controle contábil atualizado obtido através das análises. Palavras-chave: Análise; controle e informação.

4 A APLICABILIDADE DA LEI COMPLEMENTAR 101/00 EM CONSONÂNCIA COM A LEI Nº /64, COMO FATOR DETERMINANTE PARA O EQUILÍBRIO DAS CONTAS PÚBLICAS Alunos: SILVA, Silvana Ferreira de Andrade. BARBOSA, Marta. Orientadora: REIS, Patrícia Nunes Costa. O grande problema das entidades governamentais é traduzir para a prática os as medidas de responsabilidade social tendo atuação no comprometimento e responsabilidade com às carências e demandas da comunidade. A finalidade deste trabalho é o de identificar os objetivos em comum da sociedade quanto ao seu desenvolvimento Social. Os governantes, independentemente dos partidos que estiverem no poder, preferem planejamento e controles centralizados no processo de tomada de decisões, em oposição a políticas de descentralização, autonomia e auto-gestão. Essas atitudes são justificadas por acreditar que as decisões técnicas e jurídicas seriam suficientes para resolver os conflitos de interesses e de valores em jogo. A burocracia desafia a eficácia de decisões em políticas públicas. A falta de compromisso de longo prazo dos servidores públicos devido a transitoriedade dos governos e a falta de credibilidade da maioria dos políticos faz com que os serviços oferecidos não sejam de boa qualidade. O planejamento Financeiro e orçamentário no tocante as Prefeituras Municipais é de extrema importância para que a demanda dos munícipes sejam atendidas de forma a erradicar a Vulnerabilidade Social. O presente estudo procura Caracterizar o orçamento público como importante instrumento para a administração pública municipal; investigar a relação ocorrida entre a receita e a despesa realizada nos município de Pinheiral ao longo dos três últimos anos e Comparar a receita e despesa orçada com a realizada, nos últimos três anos, com vistas a relacioná-las com o planejamento operacional e as finanças deste município. Trata-se de um trabalho de cunho bibliográfico, embasado na

5 legislação vigente e em diversas obras, que destacam como é aplicada, na prática o controle interno, bem como a necessidade de maior critério/controle na Gestão Pública. Palavras-chave: Administração; controle; orçamento; planejamento.

6 CONTROLE INTERNO COMO FERRAMENTA DE GESTÃO NAS EMPRESAS PRIVADAS Alunos: DUTRA, Jussara Malta Eloi Dutra. OLIVEIRA, Rafaela Úrsula de Souza. Orientador: BANDEIRA, Gisele Confort. No cenário atual, de forte concorrência, onde boa parte das empresas tem problemas em controlar seus ativos. O sistema de controle de interno é de suma importância para o sucesso de uma organização, pois ele evita fraudes, detecta erros possibilitando que os mesmos sejam corrigidos em curto prazo. O exercício de um adequado controle sobre cada área específica é necessário para que se atinjam resultados mais favoráveis com menor desperdício, sua utilização torna-se indispensável para segurança da empresa e também para resguardar o administrador nas suas tomadas de decisões, os procedimentos se tornam ágeis e de fácil entendimento para todos os usuários. O presente estudo tem por finalidade analisar o controle interno das empresas descrevendo sua estrutura, consequências e importâncias. As informações necessárias foram emitidas (obtidas) mediante pesquisas bibliográficas, dos principais autores no assunto. Palavras-chave: Controle interno; importância; empresas privadas.

7 A IMPORTÂNCIA DO FLUXO DE CAIXA NAS EMPRESAS Alunas: PEREIRA, Ana Cristina Teixeira. LIMA, Patrícia Aparecida Diogo. Orientador: LIMA, Hyder Marcelo de Araújo. O Fluxo de Caixa é um instrumento eficaz para a empresa que pretende ter um controle de saídas e entradas de recursos financeiros. É uma ferramenta de análise financeira em curto prazo. O estudo tem objetivo ressaltar a importância e a aplicação do Fluxo de Caixa nas empresas. O desenvolvimento desse tema envolve, inicialmente, discussões sobre as conceituações gerais básicas, além de justificar sua importância e a utilização da Demonstração de Fluxo de Caixa como ferramentas indispensáveis à boa gestão das empresas. É, portanto, preciso que reflitam adequadamente, as variações no saldo do Caixa em um determinado período do que se pretende demonstrar. Em resumo, o Fluxo de Caixa é o instrumento que permite ao gerente financeiro planejar, organizar, coordenar, dirigir e controlar os recursos financeiros de sua empresa para determinado período. Palavras-chave: Demonstrar; Direcionar; Facilitar; Controlar; Executar.

8 SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL - MERCADO DE CAPITAIS Aluno: MESQUITA, Mauri Silva de. Orientador: REIS, Patrícia Nunes da Costa. A Valorização da importância do Sistema Financeiro Nacional deve ser considerada como um dos pontos principais para o sucesso de qualquer programa a ser desenvolvido da organização. Em decorrência da globalização, ter um Sistema Financeiro sólido é primordial para o desenvolvimento econômico de uma nação, qualquer movimentação de compra, venda ou troca de mercadorias ou serviços, que haja uma operação de natureza monetária envolvendo algum intermediário financeiro, um cheque para receber ou depositar, uma duplicata para ser descontada, uma transferência de dinheiro de uma conta para outra ou uma operação de crédito para antecipar a realização do negócio. Qualquer fato econômico, seja ele de transformação, circulação o consumo, é suficiente para gerar movimentação do mercado financeiro, sendo fundamental a estabilidade do sistema que integra essas operações, para a segurança das relações entre os agentes econômicos. De acordo com o nosso entendimento, o processo da intermediação financeira funciona por meio de transferência de recursos entre ofertadores e tomadores. Existem diversos personagens no mercado de capitais e monetários, alguns com excesso de recursos dispostos a investir, visando uma remuneração por seu capital, outros precisando de recursos visando atender suas necessidades de caixa. Palavras-chave: Sistema Financeiro; Mercado; Capitais; Remuneração.

9 A GESTÃO DE ESTOQUE COMO FATOR DE SUCESSO ORGANIZACIONAL Alunas: CORDEIRO, Cleide Vitorino. RIBEIRO, Renata Gottgtroy. Orientadora: BANDEIRA, Giselle Bandeira. Atualmente, a gestão de estoque tem sido de suma importância para as empresas que buscam seu sucesso organizacional, pois através da gestão os empresários podem ter um melhor controle de seus estoques buscando diminuir os danos causados por uma administração deficiente. Com um bom planejamento e estratégicas adequados é possível controlar os estoques de forma a não por em risco a saúde financeira da empresa. Faz-se necessário melhorar a cada dia o gerenciamento de estoque para que a empresa se torne competitiva no mercado através da implantação de novas tecnologias e de novos processos organizacionais. Procuraremos exemplificar a importância da armazenagem para as empresas, saber onde colocar, o que colocar, e quanto de produto armazenar de tal modo a manter tudo organizado visando acima de tudo obter a satisfação do cliente e o sucesso da empresa. Palavras-chave: Estoque; gestão de estoque; sucesso organizacional.

10 CONTABILIDADE AMBIENTAL, MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE Aluno: ESCOBAR, Neide Escobar. Orientador: JUNIOR, Jason Paulo Tavares de Faria. Diante do atual ambiente globalizado, o conceito de contabilidade ambiental toma importância com a aplicação de recursos com projetos de conservação ambiental e de desenvolvimento sustentável torna as empresas competitivas. Neste sentido, o gestor contábil pode se valer de incentivos fiscais, aumentando a lucratividade da empresa, e reduzindo as autuações por infração a Política Nacional do Meio ambiente e legislações Estaduais e Municipais.Trata-se de uma nova consciência que exige que o gestor possua não só a visão tributaria e financeira da empresa, possuindo também uma visão ambiental, possibilitando que a empresa utilize os incentivos fiscais como renuncia fiscal, de forma a poder deduzir do imposto o estabelecido nas legislações.buscando atender o interesse sobre a temática, demonstra-se neste trabalho que o contador com visão ambiental é um profissional empreendedor, e capaz de envidar esforços tornando sua empresa competitiva e tomando ferramentas que podem retirar sua empresa da crise econômico financeira que se alastrou no mundo. Palavras-chave: Contabilidade Ambiental; Sustentabilidade; Meio ambiente.

11 A CONTABILIDADE COMO INSTRUMENTO DE GERENCIAMENTO DAS FINANÇAS PESSOAIS VOLTA REDONDA 2010 Alunos: COSTA, Lidiane Silva da. MARCELINO, Neide Maria dos Santos. Orientador: REIS, Patrícia Nunes Costa. O presente trabalho tem como objetivo apresentar alternativas sobre a aplicabilidade da contabilidade no gerenciamento das finanças pessoais e indicar mecanismos de controle para assegurar aspectos de eficácia, eficiência e efetividade no alcance das metas previstas. Observa-se que no contexto social cada vez mais as pessoas não conseguem lidar bem com dinheiro e isso implica em prejuízos decorrentes desse desconhecimento. Assim como nas empresas, a contabilidade pode ser um instrumento poderoso para a gestão do patrimônio da pessoa física, uma vez que ela oferece ferramentas sólidas para o controle das finanças pessoais. Além de salientar ferramentas para escolha de bons investimentos, e os impactos causados pela inflação no orçamento familiar. Este estudo foi desenvolvido através de pesquisa bibliográfica baseada nos livros acadêmicos e na legislação específica vigente, bem como na pesquisa de campo mediante entrevistas semi-estruturadas. Palavras-chave: Contabilidade; finanças pessoais; orçamento; planejamento financeiro; investimentos e inflação.

12 A APLICABILIDADE DA LRF COMO ESTRATÉGIA GERENCIAL DO CONTROLE INTERNO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: UM ENFOQUE NA ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL. Aluno: OLIVEIRA, Antônio Carlos de. Orientador: REIS, Patrícia Nunes Costa. O presente artigo tem como propósito ressaltar a importância e aplicabilidade da Lei de Responsabilidade Fiscal como Estratégia Gerencial do Controle Interno na Administração Pública no âmbito da Gestão Municipal focado no processo de reestruturação e reformulação de postura mais condizente e mais ética ao poder público. O problema apresentado: É possível melhorar o sistema de Controle Interno de uma prefeitura municipal através da aplicabilidade da LRF, como ferramenta da gestão? Quais medidas devem ser tomadas para que o Controle Interno possa ser exemplo na Administração de do Município? Parte-se da premissa de que os gestores, de maneira geral, ao assumirem uma gestão pública muitas das vezes, ignoram o verdadeiro sentido de um controle interno atuante, pelo fato de julgar esse controle como regramento legal e formal, desconsiderando sua ação preventiva e efetiva. Inicialmente, expõe os conceitos que envolvem o controle interno, delimitando o tema tratado no trabalho além de discorrer sobre a legislação vigente e sua aplicabilidade. Em seqüência apresentam-se as definições de controle interno e trata das exigências do Controle e do fortalecimento dos mecanismos de sistemas de controle para os gestores. Procurou-se observar, também, os desafios com quais os gestores e auxiliares se defrontam para realizar a prestação de contas e fazer o controle acontecer. Trata-se de um trabalho de cunho bibliográfico, embasado na legislação vigente e em diversas obras, que destacam como é aplicado, na prática o controle interno, bem como a necessidade de maior critério/controle na Gestão Pública. Palavras-chave: Controle; controle interno; administração pública; legislação.

13 INTELIGÊNCIA EMOCIONAL UM NOVO CAMINHO PARA O SUCESSO PROFISSIONAL Aluno: FERREIRA, Charles de Melo. Orientador: JUNIOR, Jason Paulo Tavares Faria. Durante séculos perdurou a ideia de que a vantagem competitiva de uma organização estava na aquisição de imóveis, investimentos em novos equipamentos e tecnologia, ampliação da capacidade de produção, nos recursos financeiros e materiais etc. Entretanto, o século XX foi marcado por várias transformações que modificaram as organizações e, consequentemente, o perfil de seus colaboradores. O fato é que hoje as pessoas constituem o maior e mais importante patrimônio das organizações, e por isso a inteligência emocional passou a ser extremamente valorizada, justamente porque a vantagem real de uma organização está em contar com pessoas mais criativas, automotivadas, capazes de administrar suas emoções etc. Nesse contexto, a inteligência emocional passou a ser essencial para o sucesso profissional do indivíduo, pois além de viabilizar o entendimento do outro, suas motivações e sua relação com o trabalho, ela propicia os meios necessários para que ele possa se compreender e a partir disto utilizar a sua emoção de forma efetiva e construtiva. Palavras-chave: Organizações; emoção; pessoas; mudanças; inteligência emocional.

14 AUDITORIA HOSPITALAR Aluno: MAULER, Renato. Orientador: JUNIOR, Jason Paulo Tavares Faria. O trabalho que ora se apresenta versa sobre a importância da auditoria hospitalar na gestão estratégica dos custos hospitalares. O método utilizado foi a revisão da literatura relativa ao tema Auditoria. Exposição do relacionamento da auditoria hospitalar e custos hospitalares. Em função disso, a atividade de auditoria hospitalar tem se destacado como instrumento de fiscalização e controle mais adequado às necessidades de gerenciamento das informações no ambiente hospitalar, sendo considerada como uma área da empresa que fornece ao processo decisório o recurso da informação tempestivamente, a veracidade para levar todos a ação e precisão para orientar com foco em um mercado altamente competitivo. Por fim, frisa-se que a Contabilidade possui papel fundamental nesse processo. Palavras-chave: Auditoria; Hospitalar; Custos.

15 CONTABILIDADE PARA AS ORGANIZAÇÕES RELIGIOSAS Alunos: NUNES, Fabio Rodolfo. DOMINGOS, Michele Nascimento. Orientadores: LIMA, Hyder Marcelo de Araújo. BARBOSA, Jane Rangel Alves. A contabilidade é uma ferramenta gerencial que auxilia os gestores nas tomadas de decisões administrativas das empresas. Ocupa-se principalmente do estudo e do controle do patrimônio das empresas na função de registrar, organizar, demonstrar, analisar e acompanhar as modificações do patrimônio. Seus usuários são os internos (administradores, sócios e acionistas) e externos (bancos, governos, auditores). No cenário empresarial estão as Organizações Religiosas dentro da esfera das Entidades Sem Fins Lucrativos no Terceiro Setor econômico e que também utilizam da contabilidade para sua gestão administrativa. Como características de Entidades Sem Fins Lucrativos, o que lhes dá este status é o fato de não remunerarem seus proprietários pelos recursos investidos na entidade. Diferente de outras empresas de direito privado, como as sociedades, onde seus objetivos são o aumento do lucro e do patrimônio, as Organizações Religiosas tem por finalidade e produto final seres humanos transformados. São reconhecidas oficialmente pelo Estado como pessoas jurídicas e gozam de liberdade de culto, criação, organização e estruturação interna. Gozam de alguns benefícios de imunidade tributária. A contabilidade oferece uma gama de ferramentas contábeis, utilizadas por todas as empresas no cenário mercantil empresarial nacional. Entre elas temos as Demonstrações Contábeis, as Obrigações Acessórias e os Recursos Humanos. A importância da contabilidade para as Organizações Religiosas se dá no fato destas empresas adotarem e seguirem estas ferramentas administrativas oferecidas pelas ciências contábeis para sua gestão administrativa. Palavras-chave: Contabilidade; Eclesiástica; Organizações; Religiosas.

16 A IMPORTÂNCIA DO CONTADOR Alunos: VASCONCELOS, Ricardo Leite. SENGER, Sterphen John. Orientador: BANDEIRA, Gisele Confort. São os contadores que cuidam da gestão econômica de uma companhia, apuram os resultados, calculam impostos, entre outras tarefas, entretanto, mais do que números e burocracia, os contadores modernos falam de ética, flexibilidade e visão de futuro. Esta monografia tem o objetivo de analisar os pontos mais importantes que envolvem a profissão do contador, ajudando os profissionais no desempenho de suas atividades e servindo de esclarecimento para todos os usuários, interno e externo, da contabilidade. Por meio de um intenso levantamento bibliográfico, objetivou-se: apresentar as verdadeiras funções de um contador, analisar profundamente a origem da contabilidade, o surgimento da profissão contábil e sua evolução no Brasil, descrever com cuidado e atenção o exercício da profissão contábil, destacar os princípios fundamentais que regem a contabilidade e definir o perfil do contador moderno, sua importância no cenário econômico atual e as expectativas de mercado para a profissão. Os resultados mostram que o contador dos dias atuais é um profissional capaz de fornecer informações úteis e oportunas para a gestão das empresas, oferecendo a assistência necessária para a tomada de decisões. Palavras-chave: Contador; funções; contabilidade.

17 OS REFLEXOS DA LEI /07 NAS EMPRESAS Aluno: MONTEIRO, Diego dos Santos. Orientadores: LIMA, Hyder Marcelo de Araújo. BARBOSA, Jane Rangel Alves. O presente trabalho pretende explicar quais foram os significativos reflexos da Lei /07 na avaliação patrimonial das empresas, e de posse do conhecimento e embasamento teóricos das normas e praticas contábeis brasileiras, foram considerados os pontos positivos e negativos no que se diz respeito à mudança da Lei 6.404/76 para a Lei /07 no Patrimônio Liquido, Ativo Circulante e Permanente da empresa. O trabalho tem como objetivo principal o conhecimento da lei /07dando total prioridade a avaliação patrimonial, avaliação de ativos e adequação das normas contábeis brasileiras com as normas internacionais. No mundo globalizado dos dias atuais, é cada vez maior a necessidade da elaboração de demonstrações contábeis sob critérios contábeis semelhantes nos diversos países do mundo, possibilitando uma comparabilidade mais apurada entre os números das demonstrações contábeis dos mais diversos países. Torna-se necessária, portanto, a convergência das normas contábeis internacionais, para que as práticas contábeis ao redor do mundo sejam mais semelhantes entre si. Este trabalho demonstrará inicialmente, de forma sucinta, a adequação das normas e práticas contábeis brasileiras ao processo de convergência e harmonização das normas contábeis internacionais. Posteriormente, serão trazidas as principais mudanças ocasionadas pela Lei /07, que altera, revoga e introduz novos dispositivos sobre o patrimônio liquido e o ativo permanente das, com o objetivo de trazer as práticas contábeis brasileiras mais próximo das normas internacionais. Palavras-chave: convergência; demonstrações; harmonização; mudanças.

18 APLICABILIDADE ÉTICA NO CONTEXTO ESTRATÉGICO EMPRESARIAL Alunos: TEIXEIRA, Andreza Leal. MARTINS, Gabriela de Souza. Orientadores: BANDEIRA, Giselle Confort. BARBOSA, Jane Rangel Alves. É sabido que no Brasil há um grande número de empresas que cometem o crime da sonegação e o principal profissional culpado por isto, é o da contabilidade, que tem a responsabilidade maior de inflar as informações que servem principalmente para tomadas de decisões empresariais. Há uma grande falta de conhecimento dos profissionais sobre o Código de Ética Profissional do Contabilista, que informa como deve ser sua postura diante do exercício de sua função. O contabilista na execução de sua profissão tenta fraudar ou sonegar, cria falsas receitas, esconde participações em outras empresas, faz desaparecer dívidas, entre outros modos que não estão de acordo com os princípios certos e muitas das vezes pode ter sido requerido pelos proprietários e administradores da empresa em que atua, cabe ao profissional contábil tomar sua decisão de conduta. Com vários meios de não agir conforme a realidade o Contador deve ter consciência do Código de ética profissional do contabilista, mesmo que não garanta a execução ética do profissional, porém é necessário que os contadores tenham um comprometimento de executar de acordo com a verdade, sem modificá-la, caso contrário, terá que arcar com as conseqüências. A ética na contabilidade busca estudos sobre princípios morais e padrões da conduta do contabilista. O estudo tem como objetivo mostrar as diversas formas de agir eticamente perante a sociedade o que traz credibilidade para empresa perante o mercado, ou seja, benefício à empresa. Palavras-chave: Ética; Contábil; Empresas; Princípios.

19 APLICAÇÕES NO MERCADO DE FOREX E AÇÕES Alunos: SOUZA, Fernando José da Silva. FULLER, David Barry. Orientador: BANDEIRA, Giselle Confort. Essa pesquisa científica tem a finalidade de evidenciar todas as ferramentas necessárias para um entendimento aprofundado além de técnicas relacionadas ao mercado de aplicações financeiras envolvendo as modalidades de Ações e o mercado cambial Forex. Intensos procedimentos de pesquisas bibliográficas, históricas, internets e legislação vigente, levaram nossa pesquisa a ter um rico material de estudo que possibilitou apresentar os tipos de ações existentes, assim como suas formas de negociações, seus contratos, eventos existentes, além de análises fundamentalistas e técnicas, destacando nessa pesquisa uma nova modalidade de aplicação que está surgindo no mercado envolvendo operações de compra e venda de moedas estrangeiras e todo o conhecimento necessário para o assunto. O estudo desta pesquisa revelou grandes resultados mostrando que o mercado de aplicações é repleto de infinitas informações e a cada tempo que se passa vão surgindo novos estudos e formas de aplicações. Palavras-chave: Pesquisa; Técnicas; Modalidade; Formas.

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE FINANÇAS 1 JUSTIFICATIVA

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE FINANÇAS 1 JUSTIFICATIVA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE FINANÇAS 1 JUSTIFICATIVA A atividade empresarial requer a utilização de recursos financeiros, os quais são obtidos na forma de crédito e de

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA GESTÃO EMPRESARIAL

A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA GESTÃO EMPRESARIAL A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA GESTÃO EMPRESARIAL Aldemar Dias de Almeida Filho Discente do 4º ano do Curso de Ciências Contábeis Faculdades Integradas de Três Lagoas AEMS Élica Cristina da

Leia mais

1. INTRODUÇÃO SISTEMA INTEGRADO DE CONTABILIDADE

1. INTRODUÇÃO SISTEMA INTEGRADO DE CONTABILIDADE 1. INTRODUÇÃO A contabilidade foi aos poucos se transformando em um importante instrumento para se manter um controle sobre o patrimônio da empresa e prestar contas e informações sobre gastos e lucros

Leia mais

ABERTURA DE CAPITAL COMO FORMA DE ALAVANCAGEM NO BRASIL. AUTOR: EVANGELISTA, Aparecida Conceição de Oliveira. ORIENTADOR: LIMA, Hyder Marcelo de.

ABERTURA DE CAPITAL COMO FORMA DE ALAVANCAGEM NO BRASIL. AUTOR: EVANGELISTA, Aparecida Conceição de Oliveira. ORIENTADOR: LIMA, Hyder Marcelo de. ABERTURA DE CAPITAL COMO FORMA DE ALAVANCAGEM NO BRASIL AUTOR: EVANGELISTA, Aparecida Conceição de Oliveira. ORIENTADOR: LIMA, Hyder Marcelo de. O presente artigo visa apresentar a abertura de capital

Leia mais

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu Coordenação Acadêmica: Prof. José Carlos Abreu, Dr. 1 OBJETIVO: Objetivos Gerais: Atualizar e aprofundar

Leia mais

Administração Financeira

Administração Financeira Prof. Fabini Hoelz Bargas Alvarez O que são finanças? Finanças é a arte e a ciência de gestão do dinheiro; Imprescindível, pois todos os indivíduos e organizações recebem ou levantam dinheiro; A teoria

Leia mais

CAPÍTULO 1 - CONTABILIDADE E GESTÃO EMPRESARIAL A CONTROLADORIA

CAPÍTULO 1 - CONTABILIDADE E GESTÃO EMPRESARIAL A CONTROLADORIA CAPÍTULO 1 - CONTABILIDADE E GESTÃO EMPRESARIAL A CONTROLADORIA Constata-se que o novo arranjo da economia mundial provocado pelo processo de globalização tem afetado as empresas a fim de disponibilizar

Leia mais

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Um jeito Diferente, Inovador e Prático de fazer Educação Corporativa Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Objetivo: Auxiliar o desenvolvimento

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL COMO FONTE DE TOMADA DE DECISÕES GERENCIAS

A IMPORTÂNCIA DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL COMO FONTE DE TOMADA DE DECISÕES GERENCIAS A IMPORTÂNCIA DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL COMO FONTE DE TOMADA DE DECISÕES GERENCIAS Linha de pesquisa: Sistema de informação gerencial Pâmela Adrielle da Silva Reis Graduanda do Curso de Ciências

Leia mais

Unidade I FUNDAMENTOS DA GESTÃO. Prof. Jean Cavaleiro

Unidade I FUNDAMENTOS DA GESTÃO. Prof. Jean Cavaleiro Unidade I FUNDAMENTOS DA GESTÃO FINANCEIRA Prof. Jean Cavaleiro Introdução Definir o papel da gestão financeira; Conceitos de Gestão Financeira; Assim como sua importância na gestão de uma organização;

Leia mais

A RELEVÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA GESTÃO EMPRESARIAL

A RELEVÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA GESTÃO EMPRESARIAL 1 A RELEVÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL NA GESTÃO EMPRESARIAL Daniele Carvalho de Almeida Discente do 4º ano do Curso de Ciências Contábeis das Faculdades Integradas de Três Lagoas. Maielen Cristina

Leia mais

Aula Nº 12 Auditoria Externa

Aula Nº 12 Auditoria Externa Aula Nº 12 Auditoria Externa Objetivos da aula: Apresentar a atividade de auditoria externa (independente) como meio para aferir a eficiência dos controles e como ferramenta administrativa para validação

Leia mais

CIÊNCIAS CONTÁBEIS. A importância da profissão contábil para o mundo dos negócios

CIÊNCIAS CONTÁBEIS. A importância da profissão contábil para o mundo dos negócios CIÊNCIAS CONTÁBEIS A importância da profissão contábil para o mundo dos negócios A Contabilidade é a linguagem internacional dos negócios. A Contabilidade é, também, a Ciência que registra a riqueza das

Leia mais

CONTABILIDADE PARA PEQUENAS EMPRESAS: A Utilização da Contabilidade como Instrumento de Auxílio às Micro e Pequenas Empresas

CONTABILIDADE PARA PEQUENAS EMPRESAS: A Utilização da Contabilidade como Instrumento de Auxílio às Micro e Pequenas Empresas CONTABILIDADE PARA PEQUENAS EMPRESAS: A Utilização da Contabilidade como Instrumento de Auxílio às Micro e Pequenas Empresas Geovana Alves de Lima Fedato 1 Claiton Pazzini Goulart 2 Lyss Paula de Oliveira

Leia mais

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 01 - ADMINISTRAÇÃO Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Introdução à Administração. Antecedentes históricos da Administração. Escolas de Administração. Administração e suas perspectivas. Variáveis

Leia mais

MANUAL DE CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO

MANUAL DE CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL MANUAL DE CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO PARTE GERAL Aplicado à União, Estados, Distrito Federal e Municípios Válido para o exercício de 2013

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS. Turno/Horário Noturno PROFESSOR: Salomão Soares AULAS Apostila nº.

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS. Turno/Horário Noturno PROFESSOR: Salomão Soares AULAS Apostila nº. Disciplina Contabilidade e Sistemas de Custos CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS TURMA 5º CCN Turno/Horário Noturno PROFESSOR: Salomão Soares AULAS Apostila nº. 01 Introdução

Leia mais

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS:

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS: DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS: Contabilidade de Custos e Gerencial CIC 816 Carga Horária: 60 Créditos: 04 Coordenador: Prof. Poueri do Carmo Mário Teoria de Custos (abordagem econômica e contábil). Métodos

Leia mais

CONTROLADORIA: ATRIBUIÇÃO DE VALOR À ORGANIZAÇÃO

CONTROLADORIA: ATRIBUIÇÃO DE VALOR À ORGANIZAÇÃO CONTROLADORIA: ATRIBUIÇÃO DE VALOR À ORGANIZAÇÃO Beatriz Alves Paes CONSORTE 1 - RGM 071627 Benedito Fernando FAVARETTO¹ - RGM 028811 Daniel Gazal ZUPO¹ - RGM 085144 Kaleo Carlos Felix BARROSO¹ - RGM 071294

Leia mais

2. Acerca do conteúdo das Demonstrações Contábeis, julgue os itens abaixo e, em seguida, assinale a opção CORRETA.

2. Acerca do conteúdo das Demonstrações Contábeis, julgue os itens abaixo e, em seguida, assinale a opção CORRETA. 1. Considerando os conceitos de passivos e provisões, julgue os itens abaixo como Verdadeiros (V) ou Falsos (F) e, em seguida, assinale a opção CORRETA. I. Provisões são passivos com prazo ou valor incertos.

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Financeira e Controladoria

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Financeira e Controladoria Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Financeira e Controladoria Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão Financeira e Controladoria tem por objetivo o fornecimento

Leia mais

GR SOLUÇÕES EMPRESARIAIS IMPULSIONANDO A COMPETITIVIDADE DE SUA EMPRESA

GR SOLUÇÕES EMPRESARIAIS IMPULSIONANDO A COMPETITIVIDADE DE SUA EMPRESA Quem Somos: A GR Soluções Empresarias é uma empresa provedora de soluções corporativas e serviços personalizados em Advocacia, Contabilidade e Tecnologia da Informação, orientada pelos interesses das empresas

Leia mais

também é chamada de e tem como objetivo principal analisar se todas as obrigações tributárias estão sendo seguidas corretamente em uma empresa.

também é chamada de e tem como objetivo principal analisar se todas as obrigações tributárias estão sendo seguidas corretamente em uma empresa. A também é chamada de e tem como objetivo principal analisar se todas as obrigações tributárias estão sendo seguidas corretamente em uma empresa. É responsável pelo controle e bom andamento dos procedimentos

Leia mais

Noções Básicas de Contabilidade 27-07- 2011

Noções Básicas de Contabilidade 27-07- 2011 Noções Básicas de Contabilidade Aplicada Telefonica 27-07- 2011 0 Apresentação Rogério PROCÓPIO da Cunha Programação Início 14:00 Intervalo 15:30 Retorno 15:50 Conclusão 17:30 Este material poderá ser

Leia mais

Curso Novas Regras de Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas

Curso Novas Regras de Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas Curso Novas Regras de Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas Conhecimento essencial em Gestão de Controladoria Depois de sucessivas crises econômicas, os investidores pressionam cada vez mais pela

Leia mais

MBA Executivo Contabilidade e Finanças

MBA Executivo Contabilidade e Finanças MBA Executivo Contabilidade e Finanças Proposta do curso: O curso de MBA Executivo em Contabilidade e Finanças proporciona ao aluno o conhecimento a respeito dos fundamentos de contabilidade e finanças

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Julgue os itens a seguir, a respeito da Lei n.º 6.404/197 e suas alterações, da legislação complementar e dos pronunciamentos do Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC). 71 Os gastos incorridos com pesquisa

Leia mais

Ementário do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial

Ementário do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial 01 ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS I EMENTA: Introdução à administração de recursos humanos; orçamento de pessoal; processo de recrutamento e seleção de pessoal; processo de treinamento e desenvolvimento

Leia mais

CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO: A ADOÇÃO DE UM NOVO MODELO NO BRASIL.

CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO: A ADOÇÃO DE UM NOVO MODELO NO BRASIL. CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO: A ADOÇÃO DE UM NOVO MODELO NO BRASIL. Autores: Marcus Vinicius Passos de Oliveira Elisangela Fernandes dos Santos Esaú Fagundes Simões Resumo Esta pesquisa tem

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis Resumo Demonstrações contábeis são informações e dados que as empresas oferecem ao fim de cada exercício, com a finalidade de mostrar aos acionistas, ao governo e todos os interessados,

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO DO LUCRO 1

DISTRIBUIÇÃO DO LUCRO 1 DISTRIBUIÇÃO DO LUCRO 1 Gillene da Silva Sanses 2 O artigo apresenta a nova realidade em que se inserem, sob a perspectiva de critério para cálculo, deliberação e distribuição aos sócios, dos lucros. O

Leia mais

DIFERENÇAS ENTRE CONTABILIDADE GERENCIAL E CONTABILIDADE FINANCEIRA

DIFERENÇAS ENTRE CONTABILIDADE GERENCIAL E CONTABILIDADE FINANCEIRA Olá, pessoal! Hoje trago uma aula sobre as principais características da Contabilidade Gerencial e suas diferenças em relação à Contabilidade Financeira, que é o outro nome da Contabilidade Geral. Trata-se

Leia mais

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS: ESTUDO DE CASO DA EMPRESA MA PROMOTORA DE EVENTOS LTDA. Luciana da Silva Moraes 1. Moisés Araújo Guarda 2

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS: ESTUDO DE CASO DA EMPRESA MA PROMOTORA DE EVENTOS LTDA. Luciana da Silva Moraes 1. Moisés Araújo Guarda 2 1 ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS: ESTUDO DE CASO DA EMPRESA MA PROMOTORA DE EVENTOS LTDA. Luciana da Silva Moraes 1 Moisés Araújo Guarda 2 Sara Alexssandra Gusmão França 3 RESUMO Este artigo versa

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO 1º SEMESTRE Administração Aplicada ao Meio Ambiente Ementa: Gestão ambiental e desenvolvimento sustentável. Compromisso dos indivíduos e das

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS Pedro Schubert

SISTEMAS INTEGRADOS Pedro Schubert SISTEMAS INTEGRADOS Pedro Schubert Vamos abordar os tópicos para a implantação da contabilidade moderna nas empresas. A contabilidade é legalmente utilizada nas empresas para atender aos enfoques legal

Leia mais

A NOVA CONTABILIDADE DOS MUNICÍPIOS

A NOVA CONTABILIDADE DOS MUNICÍPIOS Apresentação O ano de 2009 encerrou pautado de novas mudanças nos conceitos e nas práticas a serem adotadas progressivamente na contabilidade dos entes públicos de todas as esferas do Governo brasileiro.

Leia mais

O que é Finanças? instituições, mercados e instrumentos envolvidos na transferência de fundos entre pessoas, empresas e governos.

O que é Finanças? instituições, mercados e instrumentos envolvidos na transferência de fundos entre pessoas, empresas e governos. Demonstrações Financeiras O Papel de Finanças e do Administrador Financeiro Professor: Roberto César O que é Finanças? Podemos definir Finanças como a arte e a ciência de administrar fundos. Praticamente

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS De acordo com o comando a que cada um dos itens de 51 a 120 se refira, marque, na folha de respostas, para cada item: o campo designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo designado com

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Evolução de Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução

Leia mais

O que é Finanças? 22/02/2009 INTRODUÇÃO ÀS FINANÇAS CORPORATIVAS

O que é Finanças? 22/02/2009 INTRODUÇÃO ÀS FINANÇAS CORPORATIVAS Prof. Paulo Cesar C. Rodrigues E mail: prdr30@terra.com.br INTRODUÇÃO ÀS FINANÇAS CORPORATIVAS O que é administração financeira? Qual sua importância para as corporações? Como são tomadas as decisões financeiras?

Leia mais

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 901491 - EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução da teoria organizacional

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO DO CONHECIMENTO E INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL

ÊNFASE EM GESTÃO DO CONHECIMENTO E INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO DO CONHECIMENTO E INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS NAS MICROS E PEQUENAS EMPRESAS

A IMPORTÂNCIA DA ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS NAS MICROS E PEQUENAS EMPRESAS A IMPORTÂNCIA DA ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS NAS MICROS E PEQUENAS EMPRESAS Claudio Barbosa Cardoso Orientador: Benedito Giovani Martins de Paula Linha de Pesquisa: Demonstrações Financeiras Universidade

Leia mais

CONTABILIDADE E CUSTOS Atualizado em 14 de abril de 2009

CONTABILIDADE E CUSTOS Atualizado em 14 de abril de 2009 Conceito de Contabilidade CONTABILIDADE E CUSTOS Atualizado em 14 de abril de 2009 Processo de identificar, mensurar e comunicar informações econômicas para permitir julgamentos e decisões fundamentais

Leia mais

O CONTADOR E O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO NO TERCEIRO SETOR

O CONTADOR E O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO NO TERCEIRO SETOR O CONTADOR E O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO NO TERCEIRO SETOR RESUMO A informação é a mais poderosa ferramenta de gestão das organizações. Diante dessa constatação, o objetivo deste artigo é demonstrar a importância

Leia mais

RESUMOS COM RESULTADOS... 986 ARTIGOS COMPLETOS (RESUMOS)... 988

RESUMOS COM RESULTADOS... 986 ARTIGOS COMPLETOS (RESUMOS)... 988 985 RESUMOS COM RESULTADOS... 986 ARTIGOS COMPLETOS (RESUMOS)... 988 RESUMOS COM RESULTADOS 986 ANÁLISE DOS PRINCÍPIOS ORÇAMENTÁRIOS, NA ELABORAÇÃO DO ORÇAMENTO PÚBLICO... 987 987 Ensino (ENAENS) ANÁLISE

Leia mais

MANTENEDOR E CONTADOR

MANTENEDOR E CONTADOR MANTENEDOR E CONTADOR No ano de 2000, Darci de Paula, Contador formado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, em Ciências Contábeis e Pós graduado em MBA IFRS(Normas Internacionais de Contabilidade),

Leia mais

Plataforma da Informação. Finanças

Plataforma da Informação. Finanças Plataforma da Informação Finanças O que é gestão financeira? A área financeira trata dos assuntos relacionados à administração das finanças das organizações. As finanças correspondem ao conjunto de recursos

Leia mais

Conceito. Praticamente todos os indivíduos e organizações recebem ou levantam, gastam ou investem dinheiro.

Conceito. Praticamente todos os indivíduos e organizações recebem ou levantam, gastam ou investem dinheiro. Plano de Ensino Conceito A Função Financeira nas Empresas Utilização das informações contábeis Áreas de Decisões Financeiras Objetivos do Administrador Financeiro Organização da Função Financeira Estrutura

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Nome da disciplina Evolução do Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação;

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA PEDRO ROGÉRIO GARCIA - FATTEP FUNDAÇÃO ADOLPHO BÓSIO DE EDUCAÇÃO NO TRANSPORTE - FABET JAQUELINE VANESSA MORCHE

FACULDADE DE TECNOLOGIA PEDRO ROGÉRIO GARCIA - FATTEP FUNDAÇÃO ADOLPHO BÓSIO DE EDUCAÇÃO NO TRANSPORTE - FABET JAQUELINE VANESSA MORCHE 0 FACULDADE DE TECNOLOGIA PEDRO ROGÉRIO GARCIA - FATTEP FUNDAÇÃO ADOLPHO BÓSIO DE EDUCAÇÃO NO TRANSPORTE - FABET JAQUELINE VANESSA MORCHE IMPORTANCIA DA CONTABILIDADE NA GESTÃO EMPRESARIAL Concórdia -

Leia mais

FLUXO DE CAIXA: IMPORTANTE FERRAMENTA PARA AS DECISÕES EMPRESARIAIS Cristiane Aparecida MOTA 1 Hiroshi Wilson YONEMOTO 2 Marcela de Souza CABRAL 3

FLUXO DE CAIXA: IMPORTANTE FERRAMENTA PARA AS DECISÕES EMPRESARIAIS Cristiane Aparecida MOTA 1 Hiroshi Wilson YONEMOTO 2 Marcela de Souza CABRAL 3 1 FLUXO DE CAIXA: IMPORTANTE FERRAMENTA PARA AS DECISÕES EMPRESARIAIS Cristiane Aparecida MOTA 1 Hiroshi Wilson YONEMOTO 2 Marcela de Souza CABRAL 3 RESUMO: Este trabalho tem a intenção de demonstrar a

Leia mais

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM ECOTURISMO Objetivo: O Curso tem por objetivo capacitar profissionais, tendo em vista a carência de pessoas qualificadas na área do ecoturismo, para atender,

Leia mais

Harmonização contábil internacional. Autor: Ader Fernando Alves de Pádua

Harmonização contábil internacional. Autor: Ader Fernando Alves de Pádua Harmonização contábil internacional Autor: Ader Fernando Alves de Pádua RESUMO O presente artigo tem por objetivo abordar o conceito e os aspectos formais e legais das Normas Brasileiras de Contabilidade

Leia mais

Prefeitura Municipal de Farias Brito GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.595.572/0001-00

Prefeitura Municipal de Farias Brito GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.595.572/0001-00 ANEXO I PREGÃO Nº 2012.12.12.1 TERMO DE REFERÊNCIA Com a especificação dos serviços de assessoria, consultoria, execução contábil, justificativas, defesas e recursos de processos administrativos junto

Leia mais

Administração Financeira e Orçamentária I. Introdução à Administração Financeira

Administração Financeira e Orçamentária I. Introdução à Administração Financeira Administração Financeira e Orçamentária I Introdução à Administração Financeira Conteúdo O Campo das Finanças A Função Financeira na Empresa As Funções do Administrador Financeiro O Objetivo da Empresa

Leia mais

I SEMINÁRIO POTIGUAR SOBRE CONTABILIDADE DE CUSTOS E QUALIDADE DO GASTO PÚBLICO

I SEMINÁRIO POTIGUAR SOBRE CONTABILIDADE DE CUSTOS E QUALIDADE DO GASTO PÚBLICO I SEMINÁRIO POTIGUAR SOBRE CONTABILIDADE DE CUSTOS E QUALIDADE DO GASTO PÚBLICO NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE APLICADAS AO SETOR PÚBLICO: Desafios para a consolidação de um novo modelo de Pública

Leia mais

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogadas as disposições contrárias. Campinas, 16 de novembro de 2004.

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogadas as disposições contrárias. Campinas, 16 de novembro de 2004. RESOLUÇÃO CONSEAcc CPS 3 /2004 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE CAMPINAS, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus CONSEAcc, do câmpus de Campinas,

Leia mais

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Recursos Humanos 2011-1 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Recursos Humanos 2011-1 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais. Especial Online ISSN 1982-1816 www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.html DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO Recursos Humanos 2011-1 DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO LIDERANÇA AUTOCRÁTICA: O RELACIONAMENTO

Leia mais

A Controladoria no Processo de Gestão. Clóvis Luís Padoveze

A Controladoria no Processo de Gestão. Clóvis Luís Padoveze 1 A Controladoria no Processo de Gestão Clóvis Luís Padoveze Cascavel - 21.10.2003 2 1. Controladoria 2. Processo de Gestão 3. A Controladoria no Processo de Gestão 3 Visão da Ciência da Controladoria

Leia mais

ANÁLISE DA ESTRUTURA DE LIQUIDEZ PROPOSTA POR FLEURIET: UM ESTUDO DE CASO DA EMPRESA LOCALIZA RENT A CAR

ANÁLISE DA ESTRUTURA DE LIQUIDEZ PROPOSTA POR FLEURIET: UM ESTUDO DE CASO DA EMPRESA LOCALIZA RENT A CAR 0 ANÁLISE DA ESTRUTURA DE LIQUIDEZ PROPOSTA POR FLEURIET: UM ESTUDO DE CASO DA EMPRESA LOCALIZA RENT A CAR Gabriela de Castro Gaudêncio Cassimiro 1 Thiago Moura de Carvalho 2 Rosália Gonçalves Costa Santos

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA APOSTILA DE ESTUDO ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Marcelo Cauduro de Castro - Mestre mccastro@terra.com.br MINI CURRÍCULO: Marcelo Cauduro de Castro é Mestre em Administração de Empresas pela Universidade Federal

Leia mais

Princípios de Finanças

Princípios de Finanças Princípios de Finanças Apostila 03 O objetivo da Empresa e as Finanças Professora: Djessica Karoline Matte 1 SUMÁRIO O objetivo da Empresa e as Finanças... 3 1. A relação dos objetivos da Empresa e as

Leia mais

Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04

Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 01 - ADMINISTRAÇÃO Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Introdução à Administração. Antecedentes históricos da Administração. Escolas de Administração. Administração e suas perspectivas. Variáveis

Leia mais

CONTABILIDADE SOCIETÁRIA AVANÇADA Revisão Geral BR-GAAP. PROF. Ms. EDUARDO RAMOS. Mestre em Ciências Contábeis FAF/UERJ SUMÁRIO

CONTABILIDADE SOCIETÁRIA AVANÇADA Revisão Geral BR-GAAP. PROF. Ms. EDUARDO RAMOS. Mestre em Ciências Contábeis FAF/UERJ SUMÁRIO CONTABILIDADE SOCIETÁRIA AVANÇADA Revisão Geral BR-GAAP PROF. Ms. EDUARDO RAMOS Mestre em Ciências Contábeis FAF/UERJ SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 2. PRINCÍPIOS CONTÁBEIS E ESTRUTURA CONCEITUAL 3. O CICLO CONTÁBIL

Leia mais

SEMANA DOS CURSOS, DA PESQUISA E EXTENSÃO COMUNICAÇÃO ORAL 20/11/14 Local: AUDITÓRIO Professores avaliadores: Franciele e Marcos Cardoso

SEMANA DOS CURSOS, DA PESQUISA E EXTENSÃO COMUNICAÇÃO ORAL 20/11/14 Local: AUDITÓRIO Professores avaliadores: Franciele e Marcos Cardoso COMUNICAÇÃO ORAL 0//4 Local: AUDITÓRIO Professores avaliadores: Franciele e Marcos Cardoso 9h CASE DE SUCESSO PLANNER A IMPORTÂNCIA DA MOTIVAÇÃO PARA O SUCESSO ORGANIZACIONAL Estudo de caso da empresa

Leia mais

UNISALESIANO LINS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS CONTABILIDADE BÁSICA PROFESSORA: NOELI BORDIM GRAMINHA

UNISALESIANO LINS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS CONTABILIDADE BÁSICA PROFESSORA: NOELI BORDIM GRAMINHA UNISALESIANO LINS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS CONTABILIDADE BÁSICA PROFESSORA: NOELI BORDIM GRAMINHA 1º Semestre/2012 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS MÓDULO 1 - INTRODUÇÃO

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EAD) CIÊNCIAS CONTÁBEIS CIÊNCIAS CONTÁBEIS COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO A leitura como vínculo leitor/texto, através da subjetividade contextual, de atividades

Leia mais

Um Modelo de Sistema de Informação Contábil para Mensuração do Desempenho Econômico das Atividades Empresariais

Um Modelo de Sistema de Informação Contábil para Mensuração do Desempenho Econômico das Atividades Empresariais 1 UM MODELO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL PARA MENSURAÇÃO DO DESEMPENHO ECONOMICO DAS ATIVIDADES EMPRESARIAIS Autor: Reinaldo Guerreiro Professor Assistente Doutor do Departamento de Contabilidade

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA

ÊNFASE EM GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente dinâmico e competitivo

Leia mais

MOORE STEPHENS AUDITORES E CONSULTORES

MOORE STEPHENS AUDITORES E CONSULTORES DURATEX COMERCIAL EXPORTADORA S.A. AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO CONTÁBIL APURADO POR MEIO DOS LIVROS CONTÁBEIS EM 31 DE AGOSTO DE 2015 Escritório Central: Rua Laplace, 96-10 andar - Brooklin - CEP 04622-000

Leia mais

Gestão Contábil e Financeira nas Pequenas e Médias Empresas PMEs

Gestão Contábil e Financeira nas Pequenas e Médias Empresas PMEs Gestão Contábil e Financeira nas Pequenas e Médias Empresas PMEs. 1 A Contabilidade como Ferramenta de Gestão: Nova Visão Empresarial Benefícios e Vantagens; Parceria do Administrador e do Profissional

Leia mais

Resumo Aula-tema 04: Dinâmica Funcional

Resumo Aula-tema 04: Dinâmica Funcional Resumo Aula-tema 04: Dinâmica Funcional O tamanho que a micro ou pequena empresa assumirá, dentro, é claro, dos limites legais de faturamento estipulados pela legislação para um ME ou EPP, dependerá do

Leia mais

FUNDAMENTOS DA GESTÃO FINANCEIRA

FUNDAMENTOS DA GESTÃO FINANCEIRA Unidade II FUNDAMENTOS DA GESTÃO FINANCEIRA Prof. Jean Cavaleiro Objetivos Ampliar a visão sobre os conceitos de Gestão Financeira; Conhecer modelos de estrutura financeira e seus resultados; Conhecer

Leia mais

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS INTRODUÇÃO O objetivo da Administração Financeira é maximizar o patrimônio dos acionistas. A função do administrador financeiro é orientar as decisões de investimentos

Leia mais

PATACÃO DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA.

PATACÃO DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA. 1. CONTEXTO OPERACIONAL A Patacão Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda. ( Distribuidora ) tem como objetivo atuar no mercado de títulos e valores mobiliários em seu nome ou em nome de terceiros.

Leia mais

AS INFORMAÇÕES CONTÁBEIS REFERENTES AOS INDICADORES ECONÔMICO- FINANCEIROS: IMPORTANTE CONHECIMENTO NAS TOMADAS DE DECISÕES.

AS INFORMAÇÕES CONTÁBEIS REFERENTES AOS INDICADORES ECONÔMICO- FINANCEIROS: IMPORTANTE CONHECIMENTO NAS TOMADAS DE DECISÕES. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ UFPA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS AS INFORMAÇÕES CONTÁBEIS REFERENTES AOS INDICADORES ECONÔMICO- FINANCEIROS: IMPORTANTE CONHECIMENTO

Leia mais

Construção de um Sistema de Informações Estratégicas, Integrando Conhecimento, Inteligência e Estratégia.

Construção de um Sistema de Informações Estratégicas, Integrando Conhecimento, Inteligência e Estratégia. Construção de um Sistema de Informações Estratégicas, Integrando Conhecimento, Inteligência e Estratégia. Introdução Sávio Marcos Garbin Considerando-se que no contexto atual a turbulência é a normalidade,

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

Na ética do interesse próprio, você proporciona algo ao outro, porque é de seu interesse fazê-lo.

Na ética do interesse próprio, você proporciona algo ao outro, porque é de seu interesse fazê-lo. Revisão TGA IV 01 - Ética e Responsabilidade Social MORAL E ÉTICA MORAL é, basicamente, uma ordenação, uma hierarquia de valores. O que é realmente mais importante para mim? Qual é o ideal, quais são as

Leia mais

AUDITORIA INTERNA E SUA IMPORTÂNCIA PARA AS ORGANIZAÇÕES

AUDITORIA INTERNA E SUA IMPORTÂNCIA PARA AS ORGANIZAÇÕES 1 AUDITORIA INTERNA E SUA IMPORTÂNCIA PARA AS ORGANIZAÇÕES Alessandra Cristina Rubio¹ Josiane Marcacini Silva² RESUMO Thiago Silva Guimarães³ A auditoria interna é de suma importância para as organizações,

Leia mais

A ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMONIAL: UM COMPARATIVO ANTES E DEPOIS DA ADOÇÃO DO PADRÃO CONTÁBIL INTERNACIONAL.

A ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMONIAL: UM COMPARATIVO ANTES E DEPOIS DA ADOÇÃO DO PADRÃO CONTÁBIL INTERNACIONAL. A ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMONIAL: UM COMPARATIVO ANTES E DEPOIS DA ADOÇÃO DO PADRÃO CONTÁBIL INTERNACIONAL. Eliseu Pereira Lara 1 RESUMO: As alterações ocorridas na legislação contábil, visando à adequação

Leia mais

Planejamento e Controle do Lucro Empresas de Pequeno e Médio Porte

Planejamento e Controle do Lucro Empresas de Pequeno e Médio Porte Planejamento e Controle do Lucro Empresas de Pequeno e Médio Porte Profa. Dariane Reis Fraga Castanheira darianer@fia.com.br www.fia.com.br/proced Profa. Dariane Reis Fraga Castanheira 1 Objetivo Planejamento

Leia mais

RESUMO DAS NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE APLICADAS AO SETOR PÚBLICO

RESUMO DAS NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE APLICADAS AO SETOR PÚBLICO RESUMO DAS NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE APLICADAS AO SETOR PÚBLICO NBC T 16.1 - CONCEITUAÇÃO, OBJETO E CAMPO DE APLICAÇÃO A Contabilidade Pública aplica, no processo gerador de informações, os princípios

Leia mais

PARTE III Auditoria Conceitos Introdutórios

PARTE III Auditoria Conceitos Introdutórios FATERN Faculdade de Excelência Educacional do RN Coordenação Tecnológica de Redes e Sistemas Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Auditoria em Sistemas de Informação Prof. Fabio Costa

Leia mais

AUDITORIA INTERNA DA ATLAS

AUDITORIA INTERNA DA ATLAS AUDITORIA INTERNA DA ATLAS A auditoria interna serve à administração como meio de identificação de que todos os processos internos e políticas definido pela ATLAS, assim como sistemas contábeis e de controle

Leia mais

ENCERRAMENTO DE MANDATO. Heraldo da Costa Reis Professor da ENSUR/IBAM e do Departamento de Contabilidade da UFRJ.

ENCERRAMENTO DE MANDATO. Heraldo da Costa Reis Professor da ENSUR/IBAM e do Departamento de Contabilidade da UFRJ. ENCERRAMENTO DE MANDATO Professor da ENSUR/IBAM e do Departamento de Contabilidade da UFRJ. No ano em curso de 2008, dois fatos ocuparão as nossas atenções: O encerramento dos mandatos dos atuais prefeitos,

Leia mais

1. INTRODUÇÃO À CONTABILIDADE

1. INTRODUÇÃO À CONTABILIDADE 1. INTRODUÇÃO À CONTABILIDADE Definir Contabilidade Contextualizar a finalidade da contabilidade Introduzir a contabilidade no âmbito das organizações Discutir o objeto de estudo da contabilidade Apresentar

Leia mais

OS INDICADORES DE ATIVIDADES COMO FERRAMENTA DE GESTÃO EMPRESARIAL Um estudo do caso de uma empresa do setor madeireiro da Região Norte.

OS INDICADORES DE ATIVIDADES COMO FERRAMENTA DE GESTÃO EMPRESARIAL Um estudo do caso de uma empresa do setor madeireiro da Região Norte. OS INDICADORES DE ATIVIDADES COMO FERRAMENTA DE GESTÃO EMPRESARIAL Um estudo do caso de uma empresa do setor madeireiro da Região Norte. LUIZ PAULO FARIAS GUEDES Graduando do Curso de Ciências Contábeis

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 2-CEPE/UNICENTRO, DE 3 DE JANEIRO DE 2011. Aprova o Curso de Especialização em Gestão Estratégica e da Inovação, modalidade regular, a ser ministrado no Campus Santa Cruz, da UNICENTRO. O

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão Estratégica de Negócios tem por objetivo desenvolver a

Leia mais

Administração Financeira: princípios, fundamentos e práticas brasileiras

Administração Financeira: princípios, fundamentos e práticas brasileiras Administração Financeira: princípios, fundamentos e práticas brasileiras Prof. Onivaldo Izidoro Pereira Finanças Corporativas Ambiente Econômico Em suas atividades uma empresa relacionase com: Clientes

Leia mais

PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIAS 1. O CENÁRIO DO SETOR AGROPECUÁRIO BRASILEIRO

PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIAS 1. O CENÁRIO DO SETOR AGROPECUÁRIO BRASILEIRO PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIAS 1. O CENÁRIO DO SETOR AGROPECUÁRIO BRASILEIRO A economia brasileira tem passado por rápidas transformações nos últimos anos. Neste contexto ganham espaço novas concepções, ações

Leia mais

Palavras-chave: Gestão Estratégica de Custos, competitividade, lucratividade

Palavras-chave: Gestão Estratégica de Custos, competitividade, lucratividade GESTÃO ESTRATÉGICA DE CUSTOS COMO FERRAMENTA DE COMPETITIVIDADE NO SETOR MOVELEIRO: UM ESTUDO DE CASO NA EMPRESA COIMBRA & FILHOS LTDA. Franciane de Oliveira Alvarenga Especialista em Auditoria e Contabilidade

Leia mais

CONTROLADORIA NO SUPORTE A GESTÃO EMPRESARIAL

CONTROLADORIA NO SUPORTE A GESTÃO EMPRESARIAL CONTROLADORIA NO SUPORTE A GESTÃO EMPRESARIAL Cristiane de Oliveira 1 Letícia Santos Lima 2 Resumo O objetivo desse estudo consiste em apresentar uma base conceitual em que se fundamenta a Controladoria.

Leia mais

MBA CONTABILIDADE ESTRATÉGICA E GESTÃO DE NEGÓCIOS

MBA CONTABILIDADE ESTRATÉGICA E GESTÃO DE NEGÓCIOS MBA CONTABILIDADE ESTRATÉGICA E GESTÃO DE NEGÓCIOS Apresentação MBA desenvolvido por uma das mais reconhecidas e respeitadas Universidades do país UFRJ Universidade Federal do Rio de Janeiro, com tradição

Leia mais

6 Balanço Patrimonial - Passivo - Classificações das Contas, 25 Exercícios, 26

6 Balanço Patrimonial - Passivo - Classificações das Contas, 25 Exercícios, 26 Prefácio 1 Exercício Social, 1 Exercícios, 2 2 Disposições Gerais, 3 2.1 Demonstrações financeiras exigidas, 3 2.2 Demonstrações financeiras comparativas, 4 2.3 Contas semelhantes e contas de pequenos,

Leia mais

PROVA DE NÍVEL SUPERIOR. 1. Sobre o Sistema de Acompanhamento de Contratos e Convênios (SACC) não é correto afirmar:

PROVA DE NÍVEL SUPERIOR. 1. Sobre o Sistema de Acompanhamento de Contratos e Convênios (SACC) não é correto afirmar: PROVA DE NÍVEL SUPERIOR CARGO: Técnico de Nível Superior Júnior I - ADMINISTRADOR 1. Sobre o Sistema de Acompanhamento de Contratos e Convênios (SACC) não é correto afirmar: (A) É um instrumento de apoio

Leia mais

Unidade II Orçamento Empresarial. Profª Msc Mary Wanyza Disciplina : Orçamento

Unidade II Orçamento Empresarial. Profª Msc Mary Wanyza Disciplina : Orçamento Unidade II Orçamento Empresarial Profª Msc Mary Wanyza Disciplina : Orçamento Referências Bibliográficas Fundamentos de Orçamento Empresarial Coleção resumos de contabilidade Vol. 24 Ed. 2008 Autores:

Leia mais