Dióxido Titânio V Rutilo (T-2000)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Dióxido Titânio V Rutilo (T-2000)"

Transcrição

1 Material Técnico Dióxido Titânio V Rutilo (T-2000) Identificação Fórmula Molecular: Não aplicável DCB / DCI: Dióxido de Titânio INCI: Titanium Dioxide*, Alumina, Simethicone Peso molecular: Não aplicável CAS: Não aplicável Denominação botânica: Não aplicável Sinonímia: Eusolex T-2000 Descrição / especificação técnica: Pó fino branco, inodoro com especificação de 99 a 100,5% de Dióxido de Titânio (USP), essa especificação no revestimento é de 78 a 84% de TiO 2. Propriedades: Dióxido de Titânio V Rutilo é um filtro solar que oferece proteção muito eficiente entre 250 a 380nm (UVA e UVB). Encontra-se na forma micronizada facilitando a dispersão nas bases cosméticas sem provocar o efeito fotocatalítico. Facilidade na incorporação na fase aquosa como oleosa, inclusive óleo de silicone, o que deve a modificação de sua superfície 1. A estrutura rutilo contém frequentemente fluoretos e óxidos metálicos do tipo MF2 e MO2. Reflete altamente a luz visível e UV, protegendo de queimadura solares. Age como barreira solar 3. Composição: Dióxido de Titânio, óxido de alumínio, simeticona e água. Aplicações Indicações: Para preparações de filtros solares. Posologia / concentração: 2 a 25%. Via de administração: Tópico. Indicado para todos os tipos de pele. Solução magistral: Possibilidade de associações e incorporação em diferentes formas cosméticas.

2 Formulações Dióxido de Titânio V Rutilo FPS 30 Dióxido de Titânio V Rutilo... 15% Proteção UVA; Propriedades Altamente hidratante. Fenoxietanol... 1% Versatile qsp... 30g Posologia.: Aplicar sobre a pele. Obs.: Dióxido de Titânio V Rutilo deve ser aquecido até 80 C antes de ser incorporado no Versatile Referências científicas Estudos clínicos / Estudos pré-clínicos: Os protetores solares são usados para fornecer proteção contra os efeitos nocivos da radiação ultravioleta (UV) B ( nm) e radiação UVA ( nm). De acordo com o United States Food and Drug Administração, o fator de proteção contra as radiações UVA deve ser pelo menos, um terço do sol global fator de proteção. O dióxido de titânio (TiO2) e de óxido de zinco (ZnO) minerais são frequentemente empregues em filtros solares inorgânicos como bloqueadores solares físicos. Como TiO2 é mais eficaz no UVB e ZnO em a gama de UVA, a combinação destas partículas assegura uma proteção de banda larga UV. No entanto, para resolver o problema cosmético destes filtros solares opacos, TiO2 e ZnO micronizado foram cada vez mais substituídos por TiO2 e ZnO nanopartículas (NPS) (100nm). Esta revisão enfoca efeitos significativos sobre a atenuação de protetores solares UV quando micronizadas partículas de TiO2 e ZnO são substituídos por PN e avalia os aspectos físico-químicos que afetam a eficácia e segurança de protetores solares NP. Com a utilização de TiO2 e de ZnO PN, a opacidade indesejável desaparece mas o equilíbrio necessário entre UVA e UVB pode ser alterada. Utilização de misturas de dispersões micro e nanométricos ZnO e partículas de TiO2 nanométricos pode melhorar esta situação. Exposição da pele à NP contendo filtros solares leva a incorporação de TiO2 e ZnO PN no estrato córneo, o que pode alterar as propriedades de atenuação NP específicas devido à partícula - partícula, partícula - pele, e pele - de partículas de luz interações físico-químicas. Ambos os filtros solares PN induzir (foto) citoe genotoxicidade e foram esporadicamente observada em camadas da pele especialmente viáveis em caso de exposição a longo prazo e ZnO. Efeitos fotocatalíticos, o mais alto para TiO2 anatase, não pode ser completamente evitada, por revestimento das partículas, mas os revestimentos à base de sílica são a

3 maioria eficaz. Atenção ainda deve ser exercido quando novos protetores solares são desenvolvidos e investigação que inclui estabilização protetor solar NP, exposições crônicas e redução da PN " dos radicais livres produção deve receber total atenção 2. NP: Nanopartícula. A epiderme viável, subjacente à SC, contém três camadas, o estrato basal, estrato espinhoso, e o estrato granuloso. O SC consiste cerca de 15 camadas de corneócitos. O tipo de célula principal na epiderme viável é o queratinócito. Caminhos para a penetração cutânea incluem o paracelular (a), transcelular (b), e o percurso transappendagael, que inclui o transporte ao longo de folículos pilosos (c1),(c2 suor poros), e glândulas sebáceas (c3). Abreviatura: SC, estrato córneo. Análise de transparência Análise de transparência com 5% de Dióxido de Titânio V Rutilo na pele 1 :

4 Análise de transparência com 10% de Dióxido de Titânio V Rutilo na pele 1: Farmacologia Estabilidade: Dado não encontrado nas referências consultadas. Mecanismo de ação: Dado não encontrado nas referências consultadas. Efeitos adversos: Dado não encontrado nas referências consultadas. Farmacotécnica Contraindicações / precauções: Informação não encontrada nas referências consultadas. Equivalência: Não aplicável. Concentração / Diluição (fabricante): Aplicar fator de correção de acordo com o resultado de doseamento do Certificado de Análise do lote em questão, se necessário. Solubilidade: Disperso em éster e filtros solares. Excipiente sugerido: Dado não encontrado nas referências consultadas. ph estabilidade (produto final): 6,5 a 7. Orientações farmacotécnicas: Dado não encontrado nas referências consultadas. Incompatibilidades: Avobenzona e DHA. Conservação / armazenamento: Conservar ao abrigo de luz, calor e umidade.

5 Referências bibliográficas 1. Material do fornecedor Merck; 2. Nanotechnology, Science and Applications 2011: Smijs and Pavel, publisher and licensee Dove Medical Press Ltd. This is an Open Access article which permits unrestricted noncommercial use, provided the original work is properly cited; 3. Manual de Incompatibilidades Farmacotécnicas em Preparações de Uso Tópico Anfarmag 2003.

Descrição/ especificação técnica: Pó branco a quase branco com o mínimo 99% de Ácido azeláico.

Descrição/ especificação técnica: Pó branco a quase branco com o mínimo 99% de Ácido azeláico. Material Técnico Identificação Fórmula Molecular: C 9 H 16 O 4 Peso molecular: 188,2 DCB/ DCI: 00113 ácido azeláico CAS: 123-99-9 INCI: Lipoic acid Sinonímia: Acid azélaiique; Acidum azelaicum; Anchic

Leia mais

Sinonímia: Ascorbate de Calcium; Ascorbato cálcico; Calcii ascorbas; Calcii Ascorbas Dihydricus; Calcium, ascorbate de.

Sinonímia: Ascorbate de Calcium; Ascorbato cálcico; Calcii ascorbas; Calcii Ascorbas Dihydricus; Calcium, ascorbate de. Material Técnico Identificação Fórmula Molecular: (C 6 H 7 O 6 )2Ca,2H 2 O Peso molecular: 426.3. DCB/ DCI: 00106 Ascorbato de cálcio. CAS: 5743-27-1. INCI:. Sinonímia: Ascorbate de Calcium; Ascorbato

Leia mais

Zinco quelato. Identificação. Peso molecular: Não aplicável. CAS: Não aplicável

Zinco quelato. Identificação. Peso molecular: Não aplicável. CAS: Não aplicável Material Técnico Zinco quelato Identificação Fórmula Molecular: Não aplicável DCB / DCI: Não aplicável INCI: Não aplicável Peso molecular: Não aplicável CAS: Não aplicável Denominação botânica: Não aplicável

Leia mais

D-Panthenol (Dexpanthenol)

D-Panthenol (Dexpanthenol) Material Técnico Identificação Fórmula Molecular: C 9 H 19 NO 4 Peso molecular: 205,25 DCB/ DCI: 02855 - dexpantenol CAS: 81-13-0 INCI: D-Panthenol Sinonímia: Pró-Vitamina B5 Denominação botânica: Não

Leia mais

Clomifeno Citrato. Aplicações. Possibilidade do uso de diferentes dosagens de acordo com a necessidade do paciente. Indicações

Clomifeno Citrato. Aplicações. Possibilidade do uso de diferentes dosagens de acordo com a necessidade do paciente. Indicações Material Técnico Identificação Fórmula Molecular: C 26 H 28 ClNO.C 6 H 8 O 7 Peso molecular: 598,08 DCB/ DCI: 02293 citrato de clomifeno CAS: 50-41-9 INCI: Não aplicável Sinonímia: Citrato de Clomifeno

Leia mais

Lauril éter sulfato de sódio

Lauril éter sulfato de sódio Material Técnico Identificação Fórmula Molecular: Não aplicável Peso molecular: Não aplicável DCB/ DCI: 05177 - lauriletersulfato de sódio CAS: 1335-72-4 INCI: Sodium laureth-2 sulfate Sinonímia: LESS

Leia mais

Glicinato de Alumínio Hidratado

Glicinato de Alumínio Hidratado Material Técnico Identificação Fórmula Molecular: C 2 H 6 AlNO 4 x H 2 O Peso molecular: 135,05 g/mol DCB/ DCI: 04473 - glicinato de alumínio CAS: 1382-92-3 INCI: Não aplicável Sinonímia: Aminoacetato

Leia mais

Aquea SPF Base é composto por 3 filtros orgânicos microencapsulados em uma matriz polimérica com carga eletrostática que promove proteção UVA e UVB.

Aquea SPF Base é composto por 3 filtros orgânicos microencapsulados em uma matriz polimérica com carga eletrostática que promove proteção UVA e UVB. AQUEA SPF TM BASE A Solução para a Exposição Solar Acidental Wash On TM : Simples como Tomar Banho. Wash On TM é uma nova categoria de produto, onde mesmo após enxágüe temos fotoproteção residual. Aquea

Leia mais

Pigmerise TM. Identificação. Material Técnico. Fórmula Molecular: Não aplicável. Peso molecular: Não aplicável. DCB/ DCI: Não aplicável

Pigmerise TM. Identificação. Material Técnico. Fórmula Molecular: Não aplicável. Peso molecular: Não aplicável. DCB/ DCI: Não aplicável Material Técnico Identificação Fórmula Molecular: Não aplicável Peso molecular: Não aplicável DCB/ DCI: Não aplicável CAS: Não aplicável INCI: Oleoresin Black Pepper Sinonímia: Black pepper resin complex

Leia mais

Alendronato de sódio trihidrat

Alendronato de sódio trihidrat Material Técnico Alendronato de sódio trihidrat Identificação Fórmula Molecular: C 4 H 12 NNaO 7 P 2. 3 H 2 O Peso molecular: 325.1 DCB / DCI: 00097-Alendronato de sódio tri-hidratado CAS 121268-17-5 INCI:

Leia mais

Pode ser utilizada isolada ou associada no tratamento adjuvante e paliativo de câncer gastrointestinal, onde pode ser associada ao ácido fólico.

Pode ser utilizada isolada ou associada no tratamento adjuvante e paliativo de câncer gastrointestinal, onde pode ser associada ao ácido fólico. Material Técnico Identificação Fórmula Molecular: C 4 H 3 FN 2 O 2 Peso molecular: 130,1 DCB/ DCI: 04174 - fluoruracila CAS: 51-21-8 INCI: Não aplicável Sinonímia: Fluorouracil, 5-Fluorouracil, 5-Fluoropyrimidine-2,4(1H,3H)-dione.

Leia mais

Paracetamol pó. Identificação. Aplicações

Paracetamol pó. Identificação. Aplicações Material Técnico Paracetamol pó Identificação Fórmula Molecular: C 8 H 9 NO 2 Peso molecular: 151,2 DCB / DCI: 06827-Paracetamol CAS: 103-90-2 INCI: Não aplicável. Denominação botânica: Não aplicável.

Leia mais

Peróxido de benzoíla

Peróxido de benzoíla Material Técnico Peróxido de benzoíla Identificação Fórmula Molecular: C 14 H 10 O 4 Peso molecular: 242,2 DCB / DCI: 07003 Peróxido de benzoíla CAS 94-36-0 INCI: Benzoyl peroxide Denominação botânica:

Leia mais

Aromas/Flavorizantes

Aromas/Flavorizantes Material Técnico Aromas/Flavorizantes Identificação Fórmula Molecular: Não aplicável DCB / DCI: Não aplicável INCI: Não aplicável Peso molecular: Não aplicável CAS: Não aplicável Denominação botânica:

Leia mais

Nicotinamida. Identificação

Nicotinamida. Identificação Material Técnico Nicotinamida Identificação Fórmula Molecular: C 6 H 6 N 2 O Peso molecular: 122.1 DCB / DCI: 06346 - nicotinamida CAS: 98-92-0 INCI: Não aplicável Denominação botânica: Não aplicável Sinonímia:

Leia mais

Descrição/ especificação técnica: Pó cristalino branco a quase branco, com especificação de 98 a 101% de Aciclovir.

Descrição/ especificação técnica: Pó cristalino branco a quase branco, com especificação de 98 a 101% de Aciclovir. Material Técnico Identificação Fórmula Molecular: C 8 H 11 N 5 O 3 Peso molecular: 225,2 DCB/ DCI: 00082 aciclovir CAS: 59277-89-3 INCI: Não aplicável Sinonímia: Acicloguanosina; Aciclovirum; Aciklovír;

Leia mais

PROTETOR SOLAR. Priscila Pessoa, bolsista PIBID, Licenciatura em Química, IQ-UNICAMP

PROTETOR SOLAR. Priscila Pessoa, bolsista PIBID, Licenciatura em Química, IQ-UNICAMP PROTETOR SOLAR Priscila Pessoa, bolsista PIBID, Licenciatura em Química, IQ-UNICAMP É a fonte de energia essencial para a vida na terra e muitos são os benefícios trazidos pela luz solar para os seres

Leia mais

Fenulife. Identificação. Peso molecular: Não aplicável. Denominação botânica: Não aplicável

Fenulife. Identificação. Peso molecular: Não aplicável. Denominação botânica: Não aplicável Material Técnico Fenulife Identificação Fórmula Molecular: Não aplicável DCB / DCI: Não aplicável INCI: Não aplicável Peso molecular: Não aplicável CAS: Não aplicável Denominação botânica: Não aplicável

Leia mais

28-02-2015. Sumário. Atmosfera da Terra. Interação Radiação-Matéria 23/02/2015

28-02-2015. Sumário. Atmosfera da Terra. Interação Radiação-Matéria 23/02/2015 Sumário Na : Radiação, Matéria e Estrutura Unidade temática 2. O ozono como filtro protetor da Terra. Formação e decomposição do ozono na atmosfera. Filtros solares. Alternativas aos CFC. Como se mede

Leia mais

MODELO DE BULA. CLARIPEL creme e CLARIPEL Acquagel Hidroquinona 40mg/g. Apresentações: Creme e gel bisnagas com 10 g e 30 g USO EXTERNO

MODELO DE BULA. CLARIPEL creme e CLARIPEL Acquagel Hidroquinona 40mg/g. Apresentações: Creme e gel bisnagas com 10 g e 30 g USO EXTERNO MODELO DE BULA CLARIPEL creme e CLARIPEL Acquagel Hidroquinona 40mg/g Apresentações: Creme e gel bisnagas com 10 g e 30 g USO EXTERNO Uso em adultos e em pacientes acima de 12 anos VENDA SOB PRESCRIÇÃO

Leia mais

RHEAPOL L 100 COPOLÍMERO DO ÁCIDO METACRÍLICO TIPO A

RHEAPOL L 100 COPOLÍMERO DO ÁCIDO METACRÍLICO TIPO A RHEAPOL L 100 COPOLÍMERO DO ÁCIDO METACRÍLICO TIPO A Polímero filmogênico, derivado dos polimetacrilatos, empregado na obtenção de revestimento entérico. DCB: Indicações: Prevenir a degradação de fármacos

Leia mais

Proteção Solar. Tendências e Tecnologias. Radiação Solar: Ultravioleta

Proteção Solar. Tendências e Tecnologias. Radiação Solar: Ultravioleta Proteção Solar Tendências e Tecnologias Radiação Solar: Ultravioleta A radiação ultravioleta compreende o comprimento de onda de 100-400nm, sendo dividida em: UVC: 100-290nm É altamente energética, porém

Leia mais

Naproxeno. Identificação. Denominação botânica: Não aplicável. Aplicações

Naproxeno. Identificação. Denominação botânica: Não aplicável. Aplicações Material Técnico Naproxeno Identificação Fórmula Molecular: C 14 H 14 O 3 Peso molecular: 230,3 DCB / DCI: 06233 -Naproxeno CAS: 22204-53-1 INCI: Não aplicável. Denominação botânica: Não aplicável. Sinonímia:

Leia mais

Amilorida HCl dihidratada

Amilorida HCl dihidratada Material Técnico Identificação Fórmula Molecular: C 6 H 8 ClN 7 O,HCl,2H 2 O Peso molecular: 302,1 DCB/ DCI: 2352- amiloride hydrochloride dihydrate CAS: 17440-83-4 INCI: Não aplicável Sinonímia: Amilorid

Leia mais

Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico

Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico Nome do produto: Propileno Glicol USP Page: (1 of 6) ATENçÃO: Leia atentamente esta Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico (FISPQ) antes

Leia mais

07/2013. Pro-Lipo Tecnologia em Lipossomas

07/2013. Pro-Lipo Tecnologia em Lipossomas 07/2013 Pro-Lipo Tecnologia em Lipossomas Pro-Lipo Formação de Lipossomas Instantâneo Estruturas Baseadas em Fosfolipídeos Os fosfolipídeos são altamente utilizados pelas suas propriedades emulsionantes

Leia mais

GRANLUX GAI 45 DISPERSÃO DE DIÓXIDO DE TITÂNIO RUTILO EM SILICONE E ÉSTERES A 45%.

GRANLUX GAI 45 DISPERSÃO DE DIÓXIDO DE TITÂNIO RUTILO EM SILICONE E ÉSTERES A 45%. GRANLUX GAI 45 DISPERSÃO DE DIÓXIDO DE TITÂNIO RUTILO EM SILICONE E ÉSTERES A 45%. FILTROS DE RAIOS ULTRAVIOLETA As civilizações antigas davam ao sol uma conotação de divindade, além da sua importância

Leia mais

Use, demostre e venda

Use, demostre e venda Use, demostre e venda Esse material foi criado para você fazer demonstração e venda de produtos onde quer que você esteja! Esses momentos de demonstração são chamados de ENCONTROS DE BELEZA. Essa é a hora

Leia mais

Sejam bem-vindas a nossa Terça do Conhecimento!

Sejam bem-vindas a nossa Terça do Conhecimento! Sejam bem-vindas a nossa Terça do Conhecimento! Tema: Linha solar Mary Kay Pele A pele é o maior órgão do corpo humano, Tem a função de proteger o corpo contra o calor, a luz e as infecções é responsável

Leia mais

A SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) constatou por meio de uma pesquisa realizada em 2011 que 59,85% dos entrevistados se expõe à luz solar

A SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) constatou por meio de uma pesquisa realizada em 2011 que 59,85% dos entrevistados se expõe à luz solar A SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) constatou por meio de uma pesquisa realizada em 2011 que 59,85% dos entrevistados se expõe à luz solar sem qualquer proteção, enquanto apenas 34,31% usam protetor

Leia mais

Quicksuntm Clear Introdução Pigmentação Fototipo

Quicksuntm Clear Introdução Pigmentação Fototipo Quicksun tm Clear Introdução As radiações solares agem no organismo de maneira benéfica a curto prazo (calor, síntese de vitamina D, bem-estar) mas infelizmente elas também têm efeitos nocivos que são

Leia mais

Hipoglós. Procter & Gamble do Brasil S.A. Pomada Dermatológica

Hipoglós. Procter & Gamble do Brasil S.A. Pomada Dermatológica Hipoglós Procter & Gamble do Brasil S.A Pomada Dermatológica retinol 5000 UI/g colecalciferol 900 UI/g óxido de zinco 150 mg/g óleo de fígado de bacalhau 86,6 mg/g Hipoglós_Bula_Paciente Página 1 de 7

Leia mais

TEXTO DE BULA. Vitanol-A tretinoína Gel alcoólico a 0,01% - 0,025% - 0,05% Creme a 0,025% - 0,05% - 0,1%

TEXTO DE BULA. Vitanol-A tretinoína Gel alcoólico a 0,01% - 0,025% - 0,05% Creme a 0,025% - 0,05% - 0,1% 1 TEXTO DE BULA Vitanol-A tretinoína Gel alcoólico a 0,01% - 0,025% - 0,05% Creme a 0,025% - 0,05% - 0,1% USO EXTERNO EM ADULTO E EM PACIENTES ACIMA DE 12 ANOS VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA Apresentação:

Leia mais

Antes de falar sobre protetor solar vamos falar um pouco sobre a Radiação Solar.

Antes de falar sobre protetor solar vamos falar um pouco sobre a Radiação Solar. Proteção Solar PERFECT*SUN Antes de falar sobre protetor solar vamos falar um pouco sobre a Radiação Solar. A Radiação Solar é composta por diversos raios, com diferentes comprimentos de onda, conforme

Leia mais

THALITAN Bronzeado mais rápido, seguro e duradouro.

THALITAN Bronzeado mais rápido, seguro e duradouro. THALITAN Bronzeado mais rápido, seguro e duradouro. Thalitan é um complexo formado por um oligossacarídeo marinho quelado a moléculas de magnésio e manganês. Esse oligossacarídeo é obtido a partir da despolimerização

Leia mais

FISPQ Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos.

FISPQ Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos. Revisão: 01 Data: 08/08/2014 Páginas: 1/8 1 IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA. Nome do Produto: Gesso Lento. Nome da Empresa: Juntalider Indústria e Comércio de Materiais para Construção LTDA. Endereço:

Leia mais

A pele é um sistema orgânico que, quando mantida sua integridade, tem como funções:

A pele é um sistema orgânico que, quando mantida sua integridade, tem como funções: CUIDADOS COM A PELE A pele é um sistema orgânico que, quando mantida sua integridade, tem como funções: Regular a temperatura do nosso corpo; Perceber os estímulos dolorosos e agradáveis; Impedir a entrada

Leia mais

Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico - FISPQ

Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico - FISPQ Produto: Ultra Fluído Reativo 100M Página 1 de 5 1 Informação do Produto e da Empresa Nome do Produto: Ultra Fluído Reativo 100M Fornecedor Nome: Ultralub Química Ltda. Endereço: Estrada dos Crisântemos,

Leia mais

sol, luz e calor. protetor solar e óculos de sol.

sol, luz e calor. protetor solar e óculos de sol. Com a chegada das férias e o verão, a procura por locais abertos para passeios e diversão é comum, mas é preciso cuidado na exposição ao sol para evitar problemas de saúde. Assim, é necessário adquirir

Leia mais

Aspectos regulatórios e de segurança envolvidos no desenvolvimento de ativos e produtos para a fotoproteção. Diana Queiroz

Aspectos regulatórios e de segurança envolvidos no desenvolvimento de ativos e produtos para a fotoproteção. Diana Queiroz Aspectos regulatórios e de segurança envolvidos no desenvolvimento de ativos e produtos para a fotoproteção Diana Queiroz Fotossensibilizante hn Fotossensibilizante no estado excitado Mecanismos de decaimento

Leia mais

Semissólidos ERIKA LIZ

Semissólidos ERIKA LIZ Semissólidos ERIKA LIZ Ação As preparações são aplicadas à pele por seus efeitos físicos, ou seja, sua capacidade de agir como protetores, lubrificantes, emolientes, secantes, ou devido ao efeito específico

Leia mais

DIFFERIN adapaleno CREME E GEL. 1,0 mg/g

DIFFERIN adapaleno CREME E GEL. 1,0 mg/g DIFFERIN adapaleno CREME E GEL 1,0 mg/g 1 DIFFERIN adapaleno APRESENTAÇÕES Creme dermatológico, contendo 1 mg de adapaleno por g de produto, em embalagens contendo 10g e 30g. Gel dermatológico, contendo

Leia mais

SEMINÁRIO ELABORAÇÃO DE DOSSIÊ DE PRODUTOS COSMÉTICOS. Alberto Keidi Kurebayashi São Paulo 28 de agosto de 2006

SEMINÁRIO ELABORAÇÃO DE DOSSIÊ DE PRODUTOS COSMÉTICOS. Alberto Keidi Kurebayashi São Paulo 28 de agosto de 2006 SEMINÁRIO ELABORAÇÃO DE DOSSIÊ DE PRODUTOS COSMÉTICOS Alberto Keidi Kurebayashi São Paulo 28 de agosto de 2006 Nosso objetivo Quais ações realizadas durante o processo de Desenvolvimento de Produtos terão

Leia mais

DRÁGEAS COMPRIMIDOS REVESTIDOS

DRÁGEAS COMPRIMIDOS REVESTIDOS FORMAS FARMACÊUTICAS REVESTIDAS DRÁGEAS COMPRIMIDOS REVESTIDOS OBJETIVOS DA AULA Definir Formas Farmacêuticas Revestidas (FFR) e apresentar seus diferentes tipos. Apresentar os critérios Biofarmacotécnicos

Leia mais

Tansulosina HCl. Identificação. Aplicações. Material Técnico

Tansulosina HCl. Identificação. Aplicações. Material Técnico Material Técnico Identificação Fórmula Molecular: C 20 H 28 N 2 O 5 S.HCl Peso molecular: 445,0 DCB/ DCI: 08296 cloridrato de tansulosina CAS: 106463-17-6 INCI: Não aplicável. Sinonímia: Amsulosin Hydrochloride;

Leia mais

de elite podem apresentar essas manifestações clínicas. ATIVIDADES FÍSICAS E ALERGIA ATIVIDADES FÍSICAS E ALERGIA ATIVIDADES FÍSICAS E ALERGIA

de elite podem apresentar essas manifestações clínicas. ATIVIDADES FÍSICAS E ALERGIA ATIVIDADES FÍSICAS E ALERGIA ATIVIDADES FÍSICAS E ALERGIA É inquestionável que a melhora na aptidão física, com os conseqüentes benefícios físicos e fisiológicos, permite as pessoas portadoras de reações alérgicas suportar com mais tranqüilidade os seus agravos

Leia mais

13 perguntas sobre o sol e a protecção solar

13 perguntas sobre o sol e a protecção solar 13 perguntas sobre o sol e a protecção solar Estes artigos estão publicados no sítio do Consultório de Pediatria do Dr. Paulo Coutinho. Pág. 01 1.2. O sol faz mal? Não existem benefícios da exposição solar?

Leia mais

Produto: PROTETOR SOLAR FPS 40 MAVARO. FISPQ Ficha de informações de segurança de produto químico

Produto: PROTETOR SOLAR FPS 40 MAVARO. FISPQ Ficha de informações de segurança de produto químico Pág.: 1/5 FISPQ Ficha de informações de segurança de produto químico Seção 1. Identificação Nome do produto: Protetor solar FPS 40 Mavaro Código interno: 70 Aplicação: Indicado para proteção da pele do

Leia mais

Disciplina: Mineralogia e Tratamento de Minérios. Prof. Gustavo Baldi de Carvalho

Disciplina: Mineralogia e Tratamento de Minérios. Prof. Gustavo Baldi de Carvalho Disciplina: Mineralogia e Tratamento de Minérios Prof. Gustavo Baldi de Carvalho Indústrias: Plásticos Cerâmica Metalúrgica Amplamente utilizado nas indústrias de plásticos, tintas, papel e cosméticos,

Leia mais

Azeloglicina. Identificação. Descrição / especificação técnica: Líquido transparente, incolor a amarelo claro, contendo de 28% a 34% de azeloglicina.

Azeloglicina. Identificação. Descrição / especificação técnica: Líquido transparente, incolor a amarelo claro, contendo de 28% a 34% de azeloglicina. Material Técnico Azeloglicina Identificação Fórmula Molecular: Não aplicável DCB / DCI: Não aplicável INCI: Potassium Azeloyl Diglycinate Peso molecular: Não aplicável CAS: Não aplicável Denominação botânica:

Leia mais

FISPQ TEKBOND COLA DE SILICONE FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS

FISPQ TEKBOND COLA DE SILICONE FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: TEKBOND COLA DE SILICONE Categoria: Adesivo a base de silicone Nome da empresa: ATB Ind. e Com. de Adesivos S/A Endereço: Rua Marcelino Pinto Teixeira,

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS - FISPQ NOME DO PRODUTO: HIDRATO DE ALUMINA Página de 1 de 7 HIDRATO DE ALUMINA

FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS - FISPQ NOME DO PRODUTO: HIDRATO DE ALUMINA Página de 1 de 7 HIDRATO DE ALUMINA NOME DO PRODUTO: HIDRATO DE ALUMINA Página de 1 de 7 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA HIDRATO DE ALUMINA Empresa: Pan-Americana S. A Indústrias Químicas. Endereço: Rua Nelson da Silva, 288 - Distrito

Leia mais

Bupropiona Cloridrato

Bupropiona Cloridrato Material Técnico Bupropiona Cloridrato Identificação Fórmula Molecular: C 13 H 18 CINO - HCl Peso molecular: 276,21 DCB / DCI: 01558 CAS: 31677-93-7 INCI: Não aplicável Denominação botânica: Não aplicável

Leia mais

Cooperação para criar valor

Cooperação para criar valor Cooperação para criar valor & 0 Cooperação para criar valor & 1 PALESTRANTE Dr. Bernhard Fritz Gerente de Productos Marketing SunChemical 2 Dr. Bernhard Fritz Gerente de Produtos & Marketing, Sun Chemical

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS FISPQ. Produto: POROSO SC - C Data da última revisão: 01/11/2010 Página: 1 de 5 POROSO SC - C

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS FISPQ. Produto: POROSO SC - C Data da última revisão: 01/11/2010 Página: 1 de 5 POROSO SC - C Data da última revisão: 01/11/2010 Página: 1 de 5 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome: Código interno de identificação: 000884 Nome da empresa: Endereço: POROSO SC - C Telefone para emergências:

Leia mais

abertas para assegurar completa irrigação dos olhos, poucos segundos após a exposição é essencial para atingir máxima eficiência.

abertas para assegurar completa irrigação dos olhos, poucos segundos após a exposição é essencial para atingir máxima eficiência. FISPQ- AMACIANTE MAIS Autorização ANVISA 3.03.374-7 1- IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: Amaciante Mais Tradicional Marca: Mais Código Interno do Produto: 06.01 Técnico Químico Responsável:

Leia mais

Curso de Dermocosmética

Curso de Dermocosmética Curso de Dermocosmética Módulo 3 - Fotoproteção Formador: Pedro Miranda Pedro.jmiranda@netcabo.pt Curso de Dermocosmética Módulo 3 - Fotoproteção 1ª Sessão Formador: Pedro Miranda Índice: 1. Introdução:...

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES PRODUTO E PROCESSO LANCETAS AUTOMÁTICAS DE SEGURANÇA INJEX

ESPECIFICAÇÕES PRODUTO E PROCESSO LANCETAS AUTOMÁTICAS DE SEGURANÇA INJEX Página: 1 de 8 1) DESCRIÇÃO DO PRODUTO Lanceta Automática de Segurança Injex - Estéril - calibre: 28 G = 0,36mm Produto Classe: 2 Registro: 10160610037 2) TIPO DE USO Produto uso único - doméstico (usuários

Leia mais

Ácido Retinóico (Tretinoina)

Ácido Retinóico (Tretinoina) Material Técnico Ácido Retinóico (Tretinoina) Identificação Fórmula Molecular: C 20 H 28 O 2 Peso molecular: 300,4 DCB / DCI: 08848 Tretinoina CAS: 302-79-4 INCI: Não aplicável Denominação botânica: Não

Leia mais

50%<c<100% 25068-38-6 Polímero Epóxi Xi, N R36/38 R43 R51/53 S26 S37/39. 25%<c<50% 100-51-6 Álcool Benzílico XN R20/22 S26

50%<c<100% 25068-38-6 Polímero Epóxi Xi, N R36/38 R43 R51/53 S26 S37/39. 25%<c<50% 100-51-6 Álcool Benzílico XN R20/22 S26 Página 1 de 5 FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS Seção 1 IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA NOME DO PRODUTO: NOME DA EMPRESA: SOLEPOXY INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE RESINA LTDA EPP ENDEREÇO:

Leia mais

QUIMICRYL S/A Ficha de Segurança de Produtos Químicos Página 1 de 8 BAUCRYL 5.000. Data da última revisão: 28/3/2013

QUIMICRYL S/A Ficha de Segurança de Produtos Químicos Página 1 de 8 BAUCRYL 5.000. Data da última revisão: 28/3/2013 Ficha de Segurança de Produtos Químicos Página 1 de 8 1. Identificação do Produto e da Empresa Produto: BAUCRYL 5.000. Usos Recomendados: SISTEMA MAI MEMBRANA DE POLÍMERO MODIFICADA COM CIMENTO Impermeabilizante

Leia mais

O verão chegou, e as férias também.

O verão chegou, e as férias também. O verão chegou, e as férias também. Toda a família se prepara para uma viagem rumo à praia, você está pronto para se divertir com ela? Hélios e Hélia têm pressa para encontrar seus amigos e curtir o calor

Leia mais

Anatomia da pele. Prof. Dr. Marcos Roberto de Oliveira. marcos.oliveira@fadergs.edu.br

Anatomia da pele. Prof. Dr. Marcos Roberto de Oliveira. marcos.oliveira@fadergs.edu.br Anatomia da pele Prof. Dr. Marcos Roberto de Oliveira marcos.oliveira@fadergs.edu.br SISTEMA TEGUMENTAR: PELE E FÁSCIA Funções: proteção regulação térmica sensibilidade Sua espessura varia de 0.5mm nas

Leia mais

CONFIRA DICAS PARA ENFRENTAR O ALTO ÍNDICE ULTRAVIOLETA

CONFIRA DICAS PARA ENFRENTAR O ALTO ÍNDICE ULTRAVIOLETA PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE Edifício Durval Silva, QD. 103 Sul, Rua SO-07, LT. 03, Centro CEP 77.016-010 Telefone: (63) 3218-5210 / E-mail: cievspalmas@gmail.com VIGILÂNCIA

Leia mais

PROTETORES SOLARES. Priscila Pessoa, bolsista PIBID, IQ-UNICAMP

PROTETORES SOLARES. Priscila Pessoa, bolsista PIBID, IQ-UNICAMP PROTETORES SOLARES Priscila Pessoa, bolsista PIBID, IQ-UNICAMP O sol é uma fonte de energia essencial para a vida na terra pois, direta ou indiretamente a maioria dos ciclos biológicos dependem da radiação

Leia mais

Curso Técnico Segurança do Trabalho. Módulo 5 - Radiações Não-Ionizantes

Curso Técnico Segurança do Trabalho. Módulo 5 - Radiações Não-Ionizantes Curso Técnico Segurança do Trabalho Identificação e Análise de Riscos Identificação e Análise de Riscos Módulo 5 - Radiações Não-Ionizantes Segundo a NR15 Anexo 7: Radiações não-ionizantes são as microondas,

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS 1. IDENTIFICAÇÃO Nome do produto: Aplicação: Desmoldante à base de água para aplicação em caminhões betoneiras e equipamentos em contato com concreto e outros produtos que podem aderir a lataria, vidros

Leia mais

BEBEX ADE. Geolab Indústria Farmacêutica S/A Pomada dermatológica 5.000UI/g + 900UI/g + 150mg/g

BEBEX ADE. Geolab Indústria Farmacêutica S/A Pomada dermatológica 5.000UI/g + 900UI/g + 150mg/g BEBEX ADE Geolab Indústria Farmacêutica S/A Pomada dermatológica 5.000UI/g + 900UI/g + 150mg/g MODELO DE BULA PARA O PROFISSIONAL DA SAÚDE Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura

Leia mais

HYDROPOM Licopeno Bioliquefeito

HYDROPOM Licopeno Bioliquefeito HYDROPOM Licopeno Bioliquefeito INCI: hydrolyzed Tomato Skin Contém: Polifenóis Açúcares Naturais Licopeno Aquoso Microdispersível 1. Introdução HYDROPOM é o primeiro produto aquoso que contém licopeno

Leia mais

Sejam bem vindas Mulheres de Honra

Sejam bem vindas Mulheres de Honra Sejam bem vindas Mulheres de Honra Conhecendo a pele Qual é o nome da camada mais externa da pele? Epiderme: É a camada mais externa, que se regenera constantemente para formar uma barreira de proteção.

Leia mais

Processos de Produção

Processos de Produção Processos de Produção Processos de Produção PRINCIPAIS ASPECTOS AMBIENTAIS: Emissões atmosféricas Geração de Resíduos Geração de Efluentes Processos de Produção Aspecto Emissões atmosféricas Impacto Poluição

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Protetor Solar, Fotoproteção, Câncer de Pele.

PALAVRAS-CHAVE: Protetor Solar, Fotoproteção, Câncer de Pele. PROTEÇÃO SOLAR PARA ESTETICISTAS, EDUCADORES FÍSICOS E PRATICANTES DE ATIVIDADE FÍSICA. 1. BARBOSA DA SILVA. Samara Cristina; 2. MORO. Rafael; 3. RODRIGUES DE FREITAS. Lígia; 4. OLIVEIRA. Aide Angélica

Leia mais

Nome do medicamento: OSTEOPREVIX D Forma farmacêutica: Comprimido revestido Concentração: cálcio 500 mg/com rev + colecalciferol 200 UI/com rev.

Nome do medicamento: OSTEOPREVIX D Forma farmacêutica: Comprimido revestido Concentração: cálcio 500 mg/com rev + colecalciferol 200 UI/com rev. Nome do medicamento: OSTEOPREVIX D Forma farmacêutica: Comprimido revestido Concentração: cálcio 500 mg/com rev + colecalciferol 200 UI/com rev. OSTEOPREVIX D carbonato de cálcio colecalciferol APRESENTAÇÕES

Leia mais

3M Saúde Ocupacional. Proteção à Pele. Proteção. que você. sente. Protegendo o seu mundo.

3M Saúde Ocupacional. Proteção à Pele. Proteção. que você. sente. Protegendo o seu mundo. 3M Saúde Ocupacional Proteção à Pele Proteção que você sente. Protegendo o seu mundo. PROTEGENDO O SEU MUNDO. Bem-estar é ir além dos sorrisos. Trabalho é ir além de produtividade. E proteção é ir além

Leia mais

FICHA DE SEGURANÇA Cutan Alcohol Gel

FICHA DE SEGURANÇA Cutan Alcohol Gel Data da revisão 15/02/2011 FICHA DE SEGURANÇA SECÇÃO 1: IDENTIFICAÇÃO DA SUBSTÂNCIA/MISTURA E DA SOCIEDADE/EMPRESA 1.1. Identificador do produto Denominação/designação comercial Núm. de produto CAG47GSP,

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO FISPQ. Compositions Plásticos e Derivados Ltda

FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO FISPQ. Compositions Plásticos e Derivados Ltda Revisão 01 Página 1/5 1- IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: 1610313, 1010635 Nome da empresa: Compositions Plásticos e Derivados Ltda Endereço: Telefone para contato: (48) 3466 4491

Leia mais

FISPQ- HI-100 Pagina: 1/5 FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUIMICOS Revisão: 01 05/03 SEÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA

FISPQ- HI-100 Pagina: 1/5 FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUIMICOS Revisão: 01 05/03 SEÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Pagina: 1/5 SEÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA NOME DO PRODUTO HI-100 NOME COMERCIAL Acelerador HI-100 NOME DA EMPRESA/ ENDEREÇO HI-TEC Industria e Comercio de Produtos Químicos Ltda. Alameda

Leia mais

Descrição/ especificação técnica: Líquido oleoso, límpido a levemente turvo, marrom esverdeado a âmbar, com odor característico.

Descrição/ especificação técnica: Líquido oleoso, límpido a levemente turvo, marrom esverdeado a âmbar, com odor característico. Material Técnico Identificação Fórmula Molecular: Não aplicável Peso molecular: Não aplicável DCB/ DCI: Não aplicável CAS: Não aplicável INCI: Coffea arábica (coffee) seed oil Sinonímia: Não aplicável

Leia mais

ANEXO I RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO

ANEXO I RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO ANEXO I RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO Página 1 de 18 1. NOME DO MEDICAMENTO VETERINÁRIO VIMCO emulsão para injeção para ovelhas e cabras. 2. Composição qualitativa e quantitativa Uma dose (2

Leia mais

FICHA DE DADOS DE SEGURANÇA

FICHA DE DADOS DE SEGURANÇA RS review date: 01/ /15 Página: 1 Data de compilação: 08/10/2015 Nº de Revisão: 1 Secção 1: Identificação da substância/mistura e da sociedade/empresa 1.1. Identificador do produto Nome do produto: Código

Leia mais

FICHA DE SEGURANÇA DE PRODUTO

FICHA DE SEGURANÇA DE PRODUTO FICHA DE SEGURANÇA DE PRODUTO Material Safety Data Sheet MSDS ELETRODOS DENVER 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA. 1.1. EMPRESA FÁBRICA MINEIRA DE ELETRODOS E SOLDAS DENVER S/A Av. Governador Magalhães

Leia mais

D99. JohnsonDiversey. Suma D9.9. Detergente em pó desengordurante para limpeza geral.

D99. JohnsonDiversey. Suma D9.9. Detergente em pó desengordurante para limpeza geral. JohnsonDiversey Suma D9.9 D99 Detergente em pó desengordurante para limpeza geral. Alto poder de remoção de sujidades pesadas Remove sujidades pesadas de qualquer origem, devido ao adequado balanceamento

Leia mais

Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos

Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos FISPQ nº 006 Revisão: 04 Data: 26/08/2014 Página: 1/5 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA 1.1 Identificação do produto Stanlux Pell 1.2 Principais usos recomendados Masterbatches para plásticos 1.3

Leia mais

FICHA DE DADOS DE SEGURANÇA ÓXIDO DE CÁLCIO (Cal Viva)

FICHA DE DADOS DE SEGURANÇA ÓXIDO DE CÁLCIO (Cal Viva) ÓXIDO DE CÁLCIO (Cal Viva) 1.IDENTIFICAÇÃO DA SUBSTÂNCIA / PREPARAÇÃO E DA EMPRESA 1.1 Identificação da Substância / Preparação Nome do produto: Óxido de Cálcio; Corretivos Agrícolas 1.2 Utilização da

Leia mais

Descritivo de produto. Fornecedor. www.pginstruments.com

Descritivo de produto. Fornecedor. www.pginstruments.com Descritivo de produto Fornecedor www.pginstruments.com ESPECTROFOTÔMETRO T90+ DESCRIÇÃO O T92 + é um espectrofotômetro duplo feixe de alto desempenho com largura de banda espectral variável de 0.1-5nm,

Leia mais

Ficha de Dados de Segurança

Ficha de Dados de Segurança Pág 1/6 1 Identificação do produto e da empresa 1.1 Identificação do Produto Nome comercial: Albumina Nº do Artigo: 1110XXX 1.2 Aplicação da substância / preparação: Química de Laboratório Diagnóstico

Leia mais

06/08/2014 FUNDAMENTOS DA CORROSÃO, PROTEÇÃO E DURABILIDADE DAS ARMADURAS FUNDAMENTOS DA CORROSÃO FUNDAMENTOS DA CORROSÃO

06/08/2014 FUNDAMENTOS DA CORROSÃO, PROTEÇÃO E DURABILIDADE DAS ARMADURAS FUNDAMENTOS DA CORROSÃO FUNDAMENTOS DA CORROSÃO Profa. Eliana Barreto Monteiro Corrosão Eletroquímica Quais as condições para que haja a corrosão eletroquímica? A maioria dos materiais em contato com o meio ambiente forma um sistema termodinamicamente

Leia mais

Divisão Elétrica/Hidráulica

Divisão Elétrica/Hidráulica Divisão Elétrica/Hidráulica CARBINOX. O Brasil passa por aqui. Elétrica/Hidráulica A Carbinox é uma empresa que atua há 30 anos fornecendo soluções sob medida para impulsionar o desenvolvimento da economia.

Leia mais

Hidragloss Quat C22. Identificação. Material Técnico. Fórmula Molecular: Não aplicável. Peso molecular: Não aplicável. DCB/ DCI: Não aplicável

Hidragloss Quat C22. Identificação. Material Técnico. Fórmula Molecular: Não aplicável. Peso molecular: Não aplicável. DCB/ DCI: Não aplicável Material Técnico Identificação Fórmula Molecular: Não aplicável Peso molecular: Não aplicável DCB/ DCI: Não aplicável CAS: Não aplicável INCI: Behentrimonium Chloride (and) Cetearyl Alcohol and Astrocaryum

Leia mais

F.I.S.P.Q. FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO TIPO DE PRODUTO : DESINFETANTE HOSPITALAR PARA SUPERFICIES FIXAS

F.I.S.P.Q. FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO TIPO DE PRODUTO : DESINFETANTE HOSPITALAR PARA SUPERFICIES FIXAS F.I.S.P.Q. FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA NOME DO PRODUTO ALCOOL NORD DESINFETANTE HOSPITALAR PARA SUPERFICIES FIXAS NOME DO FABRICANTE Cinord

Leia mais

Radiação UV e fotodano cutâneo. Luis Fernando Tovo

Radiação UV e fotodano cutâneo. Luis Fernando Tovo Radiação UV e fotodano cutâneo Luis Fernando Tovo EXPECTRO DA RADIAÇÃO SOLAR FOTO-ENVELHECIMENTO X FOTODANO FOTO-ENVELHECIMENTO: superposição do dano crônico do sol sobre processo de envelhecimento intrínseco

Leia mais

Base Auto Emulsionante Vegetal. Eficácia e Sustentabilidade, o segredo do sucesso das emulsões.

Base Auto Emulsionante Vegetal. Eficácia e Sustentabilidade, o segredo do sucesso das emulsões. Durante a última edição da In-Cosmetics (Barcelona Abril 2012), a Stéarinerie-Dubois, fabricante francesa de ésteres desde 1820, lançou um produto inovador: 100% de origem vegetal, o DUB BASE EXPERT+ é

Leia mais

Introdução. Aditivação de Polímeros. Prof. Dr. Hamilton Viana

Introdução. Aditivação de Polímeros. Prof. Dr. Hamilton Viana Introdução Aditivação de Polímeros Prof. Dr. Hamilton Viana Importância e requisitos A II Guerra Mundial provocou um grande avanço da indústria de Polímeros; Os polímeos vêm substituindo com sucesso metais

Leia mais

SULFATO FERROSO HEPTAIDRATADO Ferrosi sulfas heptahydricus

SULFATO FERROSO HEPTAIDRATADO Ferrosi sulfas heptahydricus SULFATO FERROSO HEPTAIDRATADO Ferrosi sulfas heptahydricus FeSO 4.7H 2 O 278,01 06404.02-0 Fe 55,85 Sulfato ferroso heptaidratado Contém, no mínimo, 98,0% e, no máximo, 105,0% de FeSO 4.7H 2 O. DESCRIÇÃO

Leia mais

Ciclos Biogeoquímicos

Ciclos Biogeoquímicos Os organismos retiram constantemente da natureza os elementos químicos de que necessitam, mas esses elementos sempre retornam ao ambiente. O processo contínuo de retirada e de devolução de elementos químicos

Leia mais

FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES: - EBASTEL COMPOSIÇÃO: - EBASTEL INFORMAÇÕES AO PACIENTE: - EBASTEL. Ebastel. ebastina. Oral.

FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES: - EBASTEL COMPOSIÇÃO: - EBASTEL INFORMAÇÕES AO PACIENTE: - EBASTEL. Ebastel. ebastina. Oral. Ebastel ebastina Oral Xarope USO PEDIÁTRICO (ACIMA DE 2 ANOS) Comprimido USO PEDIÁTRICO (ACIMA DE 12 ANOS) E ADULTO FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES: - EBASTEL Comprimidos revestidos contendo 10 mg

Leia mais

FICHA DE DADOS DE SEGURANÇA

FICHA DE DADOS DE SEGURANÇA Pag. 1/6 Número de Telefone de Emergência Centro de Informação Anti-Venosos (CIAV): 808 250 143 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA 1.1 Identificação da substância: Nome do Produto: INCKGROU- Incrementador

Leia mais

VENCENDO OS DESAFIOS DAS ARGAMASSAS PRODUZIDAS EM CENTRAIS DOSADORAS argamassa estabilizada e contrapiso autoadensável

VENCENDO OS DESAFIOS DAS ARGAMASSAS PRODUZIDAS EM CENTRAIS DOSADORAS argamassa estabilizada e contrapiso autoadensável VENCENDO OS DESAFIOS DAS ARGAMASSAS PRODUZIDAS EM CENTRAIS DOSADORAS argamassa estabilizada e contrapiso autoadensável Juliano Moresco Silva Especialista em Tecnologia do Concreto juliano.silva@azulconcretos.com.br

Leia mais

FARMACOPEIA MERCOSUL: ESPECTROFOTOMETRIA ULTRAVIOLETA E VISIVEL

FARMACOPEIA MERCOSUL: ESPECTROFOTOMETRIA ULTRAVIOLETA E VISIVEL MERCOSUL/XLIII SGT Nº 11/P.RES. Nº FARMACOPEIA MERCOSUL: ESPECTROFOTOMETRIA ULTRAVIOLETA E VISIVEL TENDO EM VISTA: O Tratado de Assunção, o Protocolo de Ouro Preto e as Resoluções Nº 31/11 e 22/14 do Grupo

Leia mais