Orbitais híbridos sp 2

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Orbitais híbridos sp 2"

Transcrição

1 Hibridização Para entendermos o que é hibridização (também chamada de hibridação) ou um orbital híbrido nós estudaremos a molécula do metano (CH 4). A estrutura do metano experimentalmente é tetraédrica. Mas como podemos chegar a ela usando os orbitais s e p do carbono? Podemos responder a esta pergunta dizendo que o conjunto dos orbitais s e p do estado fundamental do carbono é substituído por outro conjunto que é apropriado para a formação de quatro ligações covalentes, cada uma dirigida para os vértices de um tetraedro. Para entendermos melhor o CH 4 vamos estudar as ligações feitas pelo berílio e pelo boro. Orbitais híbridos sp O berílio (Z = 4) forma com o hidrogênio um composto que a altas temperaturas existe como moléculas BeH 2. A configuração eletrônica do berílio no estado fundamental (neutro) é: Be (Z = 4): 1s 2 2s 2 2p 0 Verificamos que as duas ligações no BeH 2 estão orientadas a 180 o uma da outra; Istoé, a molécula é linear. Mas como isso é possível? Quando o átomo de berílio forma as suas duas ligações, seus orbitais 2s e um dos 2p são substituídos por um par de orbitais novos e esses novos orbitais, híbridos, são usados para a ligação. Observe: Átomo no estado fundamental: 1s 2 2s 2 2p 0 O orbital sp do berílio se sobrepõe ao 1s do hidrogênio par produzir duas ligações no mesmo eixo (chamadas de sigma (σ)), resultando uma molécula linear. Orbitais híbridos sp 2 Outras combinações de orbitais podem estar envolvidas na hibridização. O boro (Z = 5) usa seus orbitais 2s e dois orbitais 2p pra formar um conjunto de três orbitais híbridos equivalentes chamados sp 2, veja a seguir. 1

2 Átomo no estado fundamental: 1s 2 2s 2 2p 1 Cada um dos orbitais híbridos sp 2 se sobrepõe a um orbital 1s do átomo de H, o resultado é uma molécula de hidreto de boro ou borato (BH 3). Veja como fica o átomo ligado: Esta molécula tem uma estrutura planar na qual cada H ocupa os vértices de um triângulo eqüilátero: O BH 3 é uma molécula de vida curta em certas reações químicas. Orbitais híbridos sp 3 No metano (CH 4), o átomo de carbono usa o orbital 2s e os três orbitais 2p para formar quatro orbitais híbridos sp 3. Átomo no estado fundamental: 1s 2 2s 2 2p 2 2

3 Esses orbitais são muito semelhantes aos híbridos sp e sp 2, mas eles estão dirigidos para os vértices de um tetraedro regular. Isto está de acordo com a forma tetraédrica da molécula CH 4. A molécula de amônia (NH 3 ) Existem muitas moléculas pequenas nas quais a ligação fica mais bem descrita em termos de orbitais híbridos sp 3, este é o caso da amônia e iremos analisa-lo agora. N (Z= 7). Átomo no estado fundamental: 1s 2 2s 2 2p 3 Neste caso, como o nitrogênio tem um elétron a mais do que o carbono, somente três dos seus orbitais híbridos sp 3 são acessíveis para formar ligações com os átomos de hidrogênio. Um dos quatro orbitais contém um par isolado: Entretanto, o NH 3 tem uma forma geométrica semelhante à do CH 4, exceto pela perda de um átomo de hidrogênio. Observe a figura que mostra a repulsão do par isolado - par compartilhado em NH 3. 3

4 Como podemos observar os ângulos entre as ligações N H são de 107,3 o, um pouco menores do que o ângulo tetraédrico de 109,5 o. Isto é resultado da repulsão entre o par eletrônico isolado e os três pares compartilhados. A nuvem eletrônica do par isolado é mais difusa, esparramada em um espaço maior do que o par compartilhado, que está mais fortemente comprimido na região entre os átomos ligados. O volume da nuvem eletrônica do par isolado é grande e isto implica no fato de que as repulsões par isolado par compartilhado sejam maiores do que as repulsões par compartilhado par compartilhado, no NH 3. O resultado é a aproximação dos pares compartilhados e assim os átomos H ajustam suas posições para uma melhor sobreposição. A molécula de água (H 2 O) As ligações na água são semelhantes àquelas na amônia (NH 3). Os quatro orbitais da camada de valência do oxigênio (Z = 8) hibridizam. Átomo no estado fundamental: 1s 2 2s 2 2p 4 Os quatro orbitais sp 3 são ocupados por dois pares de elétrons isolados e dois pares compartilhados. A estrutura resultante é descrita como angular. Na molécula H 2O há um fechamento ainda maior do ângulo tetraédrico, 109,5 o, que o de NH 3, isto é resultado da existência de dois pares de elétrons isolados na H 2O. O ângulo medido na molécula H 2O entre as duas ligações é de somente 104,5 o. Outros conjuntos de orbitais híbridos Existem outras possibilidades de mistura de orbitais atômicos puros para formar conjuntos de orbitais híbridos. O mais importante desses é a hibridização de um orbital s, três orbitais p e dois orbitais d. Se os orbitais d pertencem à camada (n 1) do átomo, os híbridos são chamados de d 2 sp 3. Se eles são da mesma camada de valência, isto é, se eles apresentam o mesmo número quântico principal dos orbitais s e p, então eles são chamados orbitais sp 3 d 2. Em ambos os casos, esses orbitais têm os lobos principais dirigidos para os vértices de um octaedro regular, um sólido com oito lados que tem faces triangulares eqüilaterais idênticas. É evidente que com tal 4

5 hibridização a camada de valência do átomo central foi expandida a 12 elétrons. Orbitais octaédricos híbridos são usados na estrutura do hexafluoreto de enxofre, SF 6. Observe a seguir o átomo de enxofre S (Z = 16). Átomo no estado fundamental: 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 4 3d 0 Átomo hibridizado: Átomo ligado: Observe a geometria octaédrica: Vamos ver agora como achar os orbitais híbridos no átomo central e a geometria molecular (incluindo os ângulos de ligação) de algumas moléculas. 1) XeOF 4 Xe (Z = 54): 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 3d 10 4p 6 5s 2 4d 10 5p 6 Xe (camada de valência): 5

6 Geometria: pirâmide de base quadrada 2) XeOF 2 Xe (camada de valência): Geometria: forma de T em cunha 3) XeO 4 Xe (camada de valência): 6

7 Geometria: tetraédrica 4) XeF 4 Xe (camada de valência): Geometria: quadrada Observe a orientação dentro do octaedro: 7

8 5) PCl 5 P (camada de valência): Geometria: bipirâmide trigonal 6) B(CH 3) 3 B (camada de valência): Geometria: Triangular ou trigonal plana 8

9 7) CCl 4 C (camada de valência): Geometria: tetraédrica 8) CdBr 2 Cd (Z= 48, camada de valência): Geometria: Linear 9

10 9) GaI 3 Ga (Z = 31, camada de valência): Geometria: trigonal plana ou triangular Exercícios Utilize a tabela periódica quando for necessário. 10

11 O enunciado a seguir se refere aos exercícios de 01 a 16. Dê a hibridização do átomo central e a geometria dos seguintes compostos. 01. BeCl CdBr BCl GaCl TiCl SF PF XeOF XeOF XeO XeF MoCl B(CH 3) CCl TaCl SbF (Ita) Em relação ao paracetamol, que é um analgésico muito consumido, cuja fórmula é: a) Quais os grupos funcionais presentes no paracetamol? b) Quais os tipos de hibridização de cada um dos oito átomos de carbono do paracetamol? c) Quantas e quais são as ligações sigma e pi presentes no paracetamol? Sugestão: Suas respostas ficarão mais apropriadas se você redesenhar a fórmula, numerar os carbonos, etc. 18. (Unesp) Para as moléculas de SiH 4 e de etino (C 2H 2) pede-se: a) representar as estruturas de Lewis; b) indicar para cada molécula os tipos de ligação e de hibridização existentes. (Números atômicos: H = 1; C = 6; Si = 14). 19. (Ufes) O lanosterol é um intermediário na biossíntese do colesterol, um importante precursor de hormônios humanos e constituinte vital de membranas celulares. 11

12 Os números de carbono terciários e quaternários com hibridização sp 3 e o número de elétrons π existentes na molécula do lanosterol são, respectivamente, a) 2, 4 e 2. b) 2, 4 e 4. c) 3, 3 e 2. d) 3, 4 e 2. e) 3, 4 e (Ufes) O chá da planta 'Bidens pilosa', conhecida vulgarmente pelo nome de picão, é usado para combater icterícia de recém-nascidos. Das folhas dessa planta, é extraída uma substância química, cujo nome oficial é 1-fenilepta-1,3,5-triino e cuja estrutura é apresentada a seguir. Essa substância possui propriedades antimicrobianas e, quando irradiada com luz ultravioleta, apresenta atividade contra larvas de mosquitos e nematóides. Sobre a estrutura dessa substância, pode-se afirmar que a) possui 12 átomos de carbono com hibridização sp 2. b) possui 12 ligações œ carbono-carbono. c) não possui carbonos com hibridização sp 3. d) possui 3 átomos de carbono com hibridização sp. e) possui 9 ligações π carbono-carbono. 21. (Ufg) "... o carbono é tetravalente." A. Kekulé, A distribuição eletrônica do carbono, no estado fundamental, entretanto, mostra que ele é bivalente. Para que o carbono atenda ao postulado de Kekulé, ele sofre a) ressonância. b) isomeria. c) protonação. d) hibridização. e) efeito indutivo. 22. (Ufpr) A resina uréia/formaldeído possui várias aplicações industriais importantes, as mais comuns na forma de impermeabilizantes e adesivo para madeiras. Com base na parte da estrutura da resina uréia/formaldeído abaixo, desconsiderando tensões estruturais, identifique a hibridização e os ângulos de ligação que o carbono da carbonila e o nitrogênio apresentam. Números atômicos: C = 6 e N = 7. Assinale a alternativa correta. a) C = sp 2 e 120 ; N = sp 2 e 120. b) C = sp 3 e 109 ; N = sp 2 e 120. c) C = sp e 180 ; N = sp 3 e 104. d) C = d 2 sp 3 e 90 ; N = sp 2 e 120. e) C = sp 2 e 120 ; N = sp 3 e

13 23. (Ufrrj) O acetileno, ou etino, pode ser obtido através do tratamento do carbureto de cálcio com água, sendo este um importante método industrial para produção deste alcino, conforme demonstra a equação a seguir. Os tipos de ligações químicas e a hibridização dos átomos de carbono presentes na estrutura do acetileno correspondem a a) 3 ligações σ e 2 ligações π; carbonos com hibridização sp. b) 5 ligações σ; carbonos com hibridização sp. c) 2 ligações σ e 3 ligações π; carbonos com hibridização sp 2. d) 3 ligações π e 2 ligações σ; carbonos com hibridização sp 3. e) 5 ligações π; carbonos com hibridização sp (Ufv) A vitamina B 6, de grande ocorrência em tecidos animais e vegetais, consiste em uma mistura de piridoxina (I), piridoxal (II) e piridoxamina (III), que são substâncias naturais derivadas da piridina. Assinale a afirmativa CORRETA: a) II apresenta seis átomos de carbono com hibridização sp 2. b) I, II e III apresentam um átomo de carbono com hibridização sp. c) II e III apresentam três átomos de carbono com hibridização sp 3. d) III apresenta dois átomos de nitrogênio ligados a carbonos sp 2. e) I e II e III são isômeros. Observação: Isômeros = compostos diferentes que apresentam a mesma fórmula molecular. 25. (Ita) Em relação a estrutura eletrônica do tetrafluoreto de carbono, assinale a opção que contém a afirmativa ERRADA: a) Em torno do átomo de carbono tem-se um octeto de elétrons. b) Em torno de cada átomo de flúor tem-se um octeto de elétrons. c) A molécula é apolar, embora contenha ligações polares entre átomos. d) A molécula contém um total de 5.8 = 40 elétrons. e) Os ângulos das ligações flúor-carbono-flúor são consistentes com a hibridização sp 3 do carbono. 26. (Ufrs) O propeno, a seguir representado, é um hidrocarboneto insaturado, constituindo-se em matéria-prima importante para a fabricação de plásticos. 13

14 Sobre esse composto, podemos afirmar que a) os carbonos C1 e C2 apresentam hibridização sp, enquanto o carbono C3 apresenta hibridização sp 3. b) a ligação entre os carbonos C2 e C3 é do tipo sigma (σ) e resulta da combinação entre um orbital atômico p puro e um orbital atômico híbrido sp 3. c) o ângulo de ligação θ entre os hidrogênios do carbono C1 é de 109,5. d) a ligação dupla entre os carbonos C1 e C2 é constituída por uma ligação pi (π) e uma ligação sigma (σ). e) a ligação entre os carbonos C2 e C3 é mais curta que a ligação entre os carbonos C1 e C (Ufv) A ingestão acidental de tolueno pode levar a manifestações sistêmicas caracterizadas por estímulo do sistema nervoso central, seguido de depressão, tontura e náuseas. A equação abaixo representa um dos processos de biotransformação do tolueno no organismo humano pela ação da enzima citocromo P-450. Assinale a afirmativa INCORRETA: a) As forças intermoleculares no tolueno são mais fracas que as forças no ácido benzóico. b) O tolueno e o ácido benzóico apresentam carbonos com hibridização sp 2 e sp 3. c) O ácido benzóico apresenta maior temperatura de fusão que o tolueno. d) O ácido benzóico será mais solúvel em água que o tolueno. e) As moléculas de ácido benzóico formam ligações de hidrogênio entre si. 28. (Ufrrj) Uma das várias seqüelas causadas por níveis elevados de glicose no sangue de pacientes diabéticos que não seguem o tratamento médico adequado envolve o aumento da concentração de sorbitol nas células do cristalino ocular, que pode levar à perda da visão. Com base na transformação mostrada na equação a seguir, na qual os átomos de carbono da estrutura da glicose encontram-se numerados, responda: a) Qual função orgânica diferencia a glicose do sorbitol? b) Qual a hibridização dos átomos de carbono 1 e 6 da glicose? 29. (Ita) Considere as seguintes espécies no estado gasoso: BF 3, SnF 3 -, BrF 3, KrF 4 e BrF 5. Para cada uma delas, qual é a hibridização do átomo central e qual o nome da geometria molecular? 30. (Ufpr) Usando o método da ligação de valência e a teoria da hibridização, explique a estrutura da molécula de HCN, caracterizando o tipo das ligações químicas entre os átomos, os ângulos entre as ligações e, quando houver, a hibridização apresentada pelos átomos da molécula. 14

15 31. (Ufpb) Uma das substâncias líquidas cristalinas mais eficientes, empregadas na produção de Visores de Cristal Líquido (LCD), é o composto Em relação a esse composto, é INCORRETO afirmar: a) A fórmula molecular é C 18H 29N. b) O número de átomos de carbono primário, secundário e terciário é, respectivamente, 2, 12 e 4. c) O número de átomos de carbono com hibridização sp 3, sp 2 e sp é, respectivamente, 15, 2 e 1. d) O número de ligações pi (π) é igual a 3. e) Apenas os átomos de carbono terciários possuem geometria tetraédrica. O enunciado a seguir se refere aos exercícios de 32 a 40. Coloque F (falso) ou V (verdadeiro) para as afirmações a seguir. 32. ( ) Quando o átomo de berílio forma as suas duas ligações, seus orbitais 2s e um dos 2p são substituídos por um par de orbitais novos e esses novos orbitais, híbridos, são usados para a ligação. 33. ( ) Quando cada um dos orbitais híbridos sp 3 se sobrepõe a um orbital 1s do átomo de H, o resultado é uma molécula de hidreto de boro ou borato (BH 3). 34. ( ) Existem muitas moléculas pequenas nas quais a ligação fica mais bem descrita em termos de orbitais híbridos sp 3, este é o caso da amônia (NH 2). 35. ( ) As ligações na água são semelhantes àquelas na amônia (NH 3). Os quatro orbitais da camada de valência do oxigênio (Z = 8) hibridizam. 36. ( ) O ângulo medido na molécula H 2O entre as duas ligações é de somente 104,5 o. 37. ( ) Na molécula H 2O há uma abertura ainda maior do ângulo tetraédrico, 109,5 o, que o de NH 3, isto é resultado da existência de dois pares de elétrons isolados na H 2O. 38. ( ) Existem outras possibilidades de mistura de orbitais atômicos puros para formar conjuntos de orbitais híbridos. O mais importante desses é a hibridização de um orbital s, três orbitais p e dois orbitais d. Se os orbitais d pertencem à camada (n 1) do átomo, os híbridos são chamados de d 2 sp 3. Se eles são da mesma camada de valência, isto é, se eles apresentam o mesmo número quântico principal dos orbitais s e p, então eles são chamados orbitais sp 3 d 2. Em ambos os casos, esses orbitais têm os lobos principais dirigidos para os vértices de um octaedro regular, um sólido com oito lados que tem faces triangulares eqüilaterais idênticas. 39. ( ) Orbitais octaédricos híbridos são usados na estrutura do hexafluoreto de enxofre, SF ( ) Apenas elementos representativos sofrem hibridização. Respostas 01. BeCl 2: sp linear. 02. CdBr 2: sp linear. 03. BCl 3: sp 2 trigonal plana ou triangular. 15

16 04. GaCl 3: sp 2 trigonal plana ou triangular. 05. TiCl 4: sp 3 tetraédrica. 06. SF 6: sp 3 d 2 octaédrica. 07. PF 5: sp 3 d bipirâmide de base triangular. 08. XeOF 4: sp 3 d 2 pirâmide de base quadrada. 09. XeOF 2: sp 3 d forma de T em cunha. 10. XeO 4: sp 3 tetraédrica. 11. XeF 4: sp 3 d 2 quadrada. 12. MoCl 5: dsp 3 bipirâmide de base triangular. 13. B(CH 3) 3: sp 2 trigonal plana ou triangular. 14. CCl 4: sp 3 tetraédrica. 15. TaCl 5: dsp 3 bipirâmide de base triangular. 16. SbF 6 -: sp 3 d 2 octaédrica. 17. a) - OH ligado ao anel benzênico (fenol). b) e c) Observe as figuras a seguir: 16

17 18. Observe a figura a seguir: Professora Sonia 19. E 20. E 21. D 22. E 23. A 24. A 25. D 26. D 27. B 28. a) A função aldeído. b) Carbono 1: sp 2 ; carbono 6: sp BF 3 24 elétrons = 12 pares de elétrons. 3 pares de elétrons no átomo central: hibridização sp 2. Geometria molecular: trigonal plana ou triangular. SnF 3-26 elétrons = 13 pares de elétrons. 4 pares de elétrons: hibridização sp 3. Geometria molecular: piramidal. BrF 3 28 elétrons = 14 pares de elétrons. 5 pares de elétrons: hibridização sp 3 d. Geometria molecular: forma de T, em forma de T em cunha ou trigonal plana. KrF 4 36 elétrons = 18 pares de elétrons. 6 pares de elétrons: hibridização sp 3 d 2. Geometria molecular: quadrado planar. BrF 5 42 elétrons = 21 pares de elétrons. 6 pares de elétrons: hibridização sp 3 d 2. Geometria molecular: pirâmide de base quadrada. 30. Teremos: 31. Alternativa E. 32. V 33. F 34. V 35. V 36. V 37. F 38. V 39. V 40. F 17

= 0 molécula. cada momento dipolar existente na molécula. Lembrando que u R

= 0 molécula. cada momento dipolar existente na molécula. Lembrando que u R Lista de Exercícios de Geometria e Ligações 1) Numere a segunda coluna (estruturas geométricas) de acordo com a primeira coluna (compostos químicos). 1. NH 3 ( ) linear 2. CO 2 ( ) angular 3. H 2 O ( )

Leia mais

Departamento de Química ICEx UFMG Exercícios de Fixação LIGAÇÃO COVALENTE

Departamento de Química ICEx UFMG Exercícios de Fixação LIGAÇÃO COVALENTE Departamento de Química ICEx UFMG Exercícios de Fixação LIGAÇÃO COVALENTE Questão 1 Considerando os íons NO 2+ e NO 2-, faça o que se pede: a. Represente cada um dos íons através de um número adequado

Leia mais

Módulo III: A visão quantomecânica da ligação covalente

Módulo III: A visão quantomecânica da ligação covalente Módulo III: A visão quantomecânica da ligação covalente Aula 6: Teoria clássica de ligação de valência (TLV clássica) 4. Hibridação de orbitais atômicos Como o átomo de carbono é capaz de formar quatro

Leia mais

de comportamento entre o dióxido de carbono e o dióxido de nitrogênio. Números atômicos: C = 6; N = 7; O = 8.

de comportamento entre o dióxido de carbono e o dióxido de nitrogênio. Números atômicos: C = 6; N = 7; O = 8. Geometria Molecular 1) (ITA) Considere as seguintes espécies no estado gasoso: NF, BeF, BCl, ClF, KrF4 e SeO4. Quais delas apresentam momento de dipolo elétrico? A) Apenas NF e SeO4. B) Apenas BeF, ClF

Leia mais

EXERCÍCIOS DO ITA (1980-1999)

EXERCÍCIOS DO ITA (1980-1999) EXERCÍCIOS DO ITA (1980-1999) 1- (ITA-1980) Um ânion mononuclear bivalente com 10 elétrons apresenta: a) 10 prótons nucleares b) a mesma estrutura eletrônica que a do Mg 2+. c) número de massa igual a

Leia mais

Cadex Pré-vestibular Química Volume I Série 4 Geometria molecular; polaridade; forças intermoleculares

Cadex Pré-vestibular Química Volume I Série 4 Geometria molecular; polaridade; forças intermoleculares 01 I. H 2, linear (a) II. O 2, linear (a) III. H 2 O, angular (b) IV. NH 3, piramidal (c) V. CH 4, tetraédrica (e) VI. CO 2, linear (a) VII. BF 3, trigonal (d) VIII. H 2 S, angular (b) IX. CCl 4, tetraédrica

Leia mais

QUIMICA ORGÂNICA BÁSICA

QUIMICA ORGÂNICA BÁSICA QUIMICA ORGÂNICA BÁSICA Hibridização Revisão - Química Orgânica Básica 1 Tabela Periódica 2 Moléculas Diatômicas 3 Moléculas Poliatômicas 4 Eletronegatividade 5 A interação da luz e a matéria 6 Hibridização

Leia mais

Respostas da terceira lista de exercícios de química. Prof a. Marcia M. Meier

Respostas da terceira lista de exercícios de química. Prof a. Marcia M. Meier Respostas da terceira lista de exercícios de química Prof a. Marcia M. Meier 1) O íon brometo não aceita mais de um elétron, pois este segundo elétron ocupará numeros quânticos maiores quando comparado

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE LOURDES PROFESSOR WLADIMIR CAMILLO

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE LOURDES PROFESSOR WLADIMIR CAMILLO Química orgânica I) BREVE HISTÓRICO: COLÉGIO NOSSA SENHORA DE LOURDES PROFESSOR WLADIMIR CAMILLO 1777 Bergman Primeira separação da Química Orgânica e Inorgânica. Química Inorgânica: estuda os compostos

Leia mais

Estrutura Eletrônica e Ligação Aula 2. QO-427 Prof. J. Augusto

Estrutura Eletrônica e Ligação Aula 2. QO-427 Prof. J. Augusto Estrutura Eletrônica e Ligação Aula 2 QO-427 Prof. J. Augusto Química Orgânica Orgânica até meados de 1800 referia-se a compostos de fontes com vida ( fontes minerais eram inorgânicos ) Wöhler em 1828

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA QUÍMICA. Unidade III. Ligações químicas e funções inorgânicas.

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA QUÍMICA. Unidade III. Ligações químicas e funções inorgânicas. Unidade III Ligações químicas e funções inorgânicas. 2 Aula 12.1 Conteúdo: Geometria molecular Polaridade das moléculas 3 Habilidades: Relacionar informações apresentadas em diferentes formas de linguagem

Leia mais

MOLÉCULAS NA TROPOSFERA. Espécies Maioritárias e Espécies Vestigiais

MOLÉCULAS NA TROPOSFERA. Espécies Maioritárias e Espécies Vestigiais MOLÉCULAS NA TROPOSFERA Espécies Maioritárias e Espécies Vestigiais 18-01-2013 Dulce Campos 2 Estudo da molécula de oxigénio A atmosfera é constituída maioritariamente por moléculas. Os átomos ligam-se,

Leia mais

AULA PRÁTICA DE SALA DE AULA FQA - Espécies maioritárias e vestigiais 10º ANO 8 fev. 2013

AULA PRÁTICA DE SALA DE AULA FQA - Espécies maioritárias e vestigiais 10º ANO 8 fev. 2013 AULA PRÁTICA DE SALA DE AULA FQA - Espécies maioritárias e vestigiais 10º ANO 8 fev. 2013 / Nome: nº 1. Atualmente, a troposfera é constituída por espécies maioritárias, como o azoto, N 2, o oxigénio,

Leia mais

e hexafluoreto de enxofre

e hexafluoreto de enxofre 4. (Mackenzie 05) Os gases do efeito estufa envolvem a Terra e fazem parte da atmosfera. Estes gases absorvem parte da radiação infravermelha refletida pela superfície terrestre, impedindo que a radiação

Leia mais

Introdução à Química. Profº André Montillo www.montillo.com.br

Introdução à Química. Profº André Montillo www.montillo.com.br Introdução à Química Profº André Montillo www.montillo.com.br Química Átomo Ligações Químicas Química Definição: Química - do egípcio kēme (chem) que significa "terra. É a ciência que estuda as substâncias

Leia mais

Hibridação. Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1

Hibridação. Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 Hibridação Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (ITA-SP) A(s) ligação(ões) carbono-hidrogênio existente(s) na molécula de metano (CH 4 ) pode(m) ser

Leia mais

Associe corretamente a coluna da direita à da esquerda.

Associe corretamente a coluna da direita à da esquerda. 1. (G1 - ifba 2014) A respeito da geometria, polaridade e ligações químicas das moléculas dos compostos, previstas por suas estruturas de Lewis, pode-se afirmar corretamente que a) a molécula do PC 3 é

Leia mais

Hidrogênio x Hidrogênio Hidrogênio x Não metal Não metal x Não metal

Hidrogênio x Hidrogênio Hidrogênio x Não metal Não metal x Não metal LIGAÇÃ QUÍMICA Introdução: s átomos, ao se unirem, procuram perder ou ganhar elétrons na última camada até atingirem a configuração eletrônica de um gás nobre. Teoria do octeto: s átomos dos elementos

Leia mais

LIGAÇÃO QUÍMICA NO CARBONO GEOMETRIA MOLECULAR HIBRIDAÇÃO. 06-11-2006 Maria da Conceição Paiva 1

LIGAÇÃO QUÍMICA NO CARBONO GEOMETRIA MOLECULAR HIBRIDAÇÃO. 06-11-2006 Maria da Conceição Paiva 1 LIGAÇÃO QUÍMICA NO CARBONO GEOMETRIA MOLECULAR IBRIDAÇÃO 06-11-2006 Maria da Conceição Paiva 1 Geometria molecular O arranjo tri-dimensional dos átomos numa molécula geometria molecular A teoria da repulsão

Leia mais

ATIVIDADES EM QUÍMICA Recuperação paralela de conteúdos

ATIVIDADES EM QUÍMICA Recuperação paralela de conteúdos Nova Friburgo, de de 2014. Aluno (a): Gabarito Professor(a): ATIVIDADES EM QUÍMICA Recuperação paralela de conteúdos Nº: Turma:100 Assuntos: Estrutura atômica; Tabela Periódica; Propriedades periódicas;

Leia mais

QUÍMICA. LIGAÇÕES QUÍMICAS -GEOMETRIA e POLARIDADE MOLECULAR - HIBRIDIZAÇÃO - FORÇAS INTERMOLECULARES - PIRES

QUÍMICA. LIGAÇÕES QUÍMICAS -GEOMETRIA e POLARIDADE MOLECULAR - HIBRIDIZAÇÃO - FORÇAS INTERMOLECULARES - PIRES QUÍMICA Prof. Daniel Pires LIGAÇÕES QUÍMICAS -GEOMETRIA e POLARIDADE MOLECULAR - HIBRIDIZAÇÃO - FORÇAS INTERMOLECULARES - PIRES 1. Considere as seguintes moléculas: H O; PC؃; BHƒ; SF e CO. a) Indique

Leia mais

L I G A Ç Õ E S Q U Í M I C A S

L I G A Ç Õ E S Q U Í M I C A S L I G A Ç Õ E S Q U Í M I C A S PR. AGAMENN RBERT < 2010 Prof. Agamenon Roberto LIGAÇÕES QUÍMICAS www.agamenonquimica.com 2 LIGAÇÕES QUÍMICAS 1. INTRDUÇÃ Existe uma grande quantidade de substâncias na

Leia mais

LIGAÇÃO COVALENTE APOLAR ELEMENTOS COM MESMA ELETRONEGATIVIDADE

LIGAÇÃO COVALENTE APOLAR ELEMENTOS COM MESMA ELETRONEGATIVIDADE LIGAÇÃO COVALENTE APOLAR ELEMENTOS COM MESMA ELETRONEGATIVIDADE LIGAÇÃO COVALENTE POLAR ELEMENTOS COM ELETRONEGATIVIDADES DIFERENTES MOLÉCULA APOLAR VETORES SE ANULAM ///// µ R = 0 MOLÉCULA APOLAR VETORES

Leia mais

QUÍMICA 2C2H2 5O2 4CO2 2H2O. Prof. Rodolfo

QUÍMICA 2C2H2 5O2 4CO2 2H2O. Prof. Rodolfo QUÍMICA Prof. Rodolfo 1. Considere a tabela abaixo, em que H c representa a entalpia de combustão para os compostos listados, a 25 C: Nome IUPAC Nome usual Estado físico (25 C) ΔHc kj/mol Etanol Álcool

Leia mais

CURSO DE APROFUNDAMENTO QUÍMICA ENSINO MÉDIO

CURSO DE APROFUNDAMENTO QUÍMICA ENSINO MÉDIO URS DE APRFUDAMET QUÍMIA ESI MÉDI 1. A anemia falciforme é uma doença provocada por uma mutação no cromossomo 11. aracteriza-se pela substituição de um ácido glutâmico por uma valina em uma das cadeias

Leia mais

Ensino Médio Unidade Parque Atheneu. Professor (a): Me. DIOGO LOPES Aluno (a): Série: 3ª Data: / / 2015. LISTA DE QUÍMICA I

Ensino Médio Unidade Parque Atheneu. Professor (a): Me. DIOGO LOPES Aluno (a): Série: 3ª Data: / / 2015. LISTA DE QUÍMICA I Ensino Médio Unidade Parque Atheneu Professor (a): Me. DIOGO LOPES Aluno (a): Série: 3ª Data: / / 2015. LISTA DE QUÍMICA I OBS: Sua lista semanal deverá ser respondida em folha de papel almaço, copiando

Leia mais

Química Orgânica - Introdução

Química Orgânica - Introdução Química Orgânica - Introdução 01. HISTÓRICO Teoria da Força Vital - teoria postulada por Berzeliu (1779-1848) na qual afirmava que era necessária uma força especial, desconhecida, somente presentes nos

Leia mais

Exercícios de Química Geometria Molecular

Exercícios de Química Geometria Molecular Exercícios de Química Geometria Molecular 1) (PUC-MG-2002) Um elemento X (Z = 1) combina com Y (Z = 7). O composto formado tem, respectivamente, fórmula molecular e forma geométrica: a) XY 3 : trigonal

Leia mais

QUÍMICA. Lista de Exercícios Isomeria Geométrica e Óptica

QUÍMICA. Lista de Exercícios Isomeria Geométrica e Óptica QUÍMIA Prof. Rodrigo Rocha Lista de Exercícios Isomeria Geométrica e Óptica 1. A reação do tetracloroetano ( 2 2 l 4 ) com zinco metálico produz cloreto de zinco e duas substâncias orgânicas isoméricas,

Leia mais

QUIMICA ORGÂNICA (Rodrigo Rosa)

QUIMICA ORGÂNICA (Rodrigo Rosa) QUIMICA ORGÂNICA (Rodrigo Rosa) HISTÓRICO Teoria da Força Vital - teoria postulada por Berzelius (1779-1848) na qual afirmava que era necessária uma força especial, desconhecida, somente presentes nos

Leia mais

Ligações Químicas Interatômicas

Ligações Químicas Interatômicas Ligações Químicas Interatômicas Parte I TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: A energia que cada alimento possui será gradativamente liberada e utilizada pelo corpo para a realização de várias funções, como digestão,

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Final. 1ª Etapa 2013. Ano: 1

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Final. 1ª Etapa 2013. Ano: 1 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final 1ª Etapa 2013 Disciplina: Química Professora: Maria Luiza Ano: 1 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação. Faça a lista de

Leia mais

PARECER DOS RECURSOS

PARECER DOS RECURSOS Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PROCESSO SELETIVO ADMISSÃO DE PROFESSORES EM CARÁTER TEMPORÁRIO EDITAL Nº 15/ 2012/ SED PARECER DOS RECURSOS CARGO: Professor de Química 11) Com

Leia mais

03 - (Fuvest SP/2007) A figura mostra modelos de algumas moléculas com ligações covalentes entre seus átomos.

03 - (Fuvest SP/2007) A figura mostra modelos de algumas moléculas com ligações covalentes entre seus átomos. 0 - (Uem PR/007) Assinale a alternativa correta. a) A molécula C 4 é apolar e formada por ligações apolares. b) Toda molécula polar é formada por ligações apolares. c) A molécula B 3 possui geometria piramidal

Leia mais

GEOMETRIA MOLECULAR. Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1

GEOMETRIA MOLECULAR. Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 GEOMETRIA MOLECULAR Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 RESUMO COMPLETO GEOMETRIA VSEPR Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 2 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01

Leia mais

Química Orgânica HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO

Química Orgânica HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO Química Orgânica HIBRIDIZAÇÃO DO CARBONO amos Relembrar... Orbitais Atômicos casinha do elétrons Existem 4 orbitais atômicos s p d f Ligações sigma (σ) e ligações pi (π) Ligações do tipo sigma(σ) Ocorre

Leia mais

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PARECER RECURSO DISCIPLINA QUÍMICA

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PARECER RECURSO DISCIPLINA QUÍMICA 33) Assinale a alternativa correta, na qual todas as substâncias são compostas e líquidas à temperatura ambiente. A O 3, O 2 ; CH 3 CH 2 OH B H 2 ; CO 2 ; CH 3 OH C H 2 O; NH 3 ; CO D H 2 O; CH 3 CH 2

Leia mais

Educação para toda a vida

Educação para toda a vida GEOMETRIA MOLECULAR RPECV s e formas espaciais para moléculas com dois ao redor do átomo central não 2 Linear Linear s e formas espaciais para moléculas com três ao redor do átomo central não 3 Trigonal

Leia mais

Ligações Químicas. Profª. Drª Narlize Silva Lira. Agosto /2014

Ligações Químicas. Profª. Drª Narlize Silva Lira. Agosto /2014 União de Ensino Superior de Campina Grande Faculdade de Campina Grande FAC-CG Curso de Fisioterapia Ligações Químicas Profª. Drª Narlize Silva Lira Agosto /2014 A Química Orgânica e a Vida A química orgânica

Leia mais

LIGAÇÕES QUÍMICAS 2012

LIGAÇÕES QUÍMICAS 2012 LIGAÇÕES QUÍMICAS 2012 1- Dois elementos químicos X e Y combinam-se formando uma substância molecular XY 3. X e Y podem ter números atômicos, respectivamente: A)1 e 7 B) 2 e 9 C) 13 e 16 D) 15 e 35 E)

Leia mais

QUÍMICA. Resolução: a) CH 4 b) Ligações de Hidrogênio. c) 3,3 10 16 L

QUÍMICA. Resolução: a) CH 4 b) Ligações de Hidrogênio. c) 3,3 10 16 L QUÍMICA ª QUESTÃO O aquecimento global é o aumento da temperatura terrestre e tem preocupado a comunidade científica cada vez mais. Acredita-se que seja devido ao uso de combustíveis fósseis e outros processos

Leia mais

Desidratação de Álcoois

Desidratação de Álcoois Desidratação de Álcoois Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (Unifenas-MG) A busca de fontes alternativas, devido à possível escassez do petróleo, fez

Leia mais

Figura 28 Metano CH 4

Figura 28 Metano CH 4 TECNOLOGIAS NO ENSINO DE GEOMETRIA MOLECULAR 52 Em muitos casos, os ângulos de ligação, isto é, os ângulos entre as linhas retas que unem os núcleos ao átomo central, são determinados pela simetria da

Leia mais

GEOMETRIA MOLECULAR E INTERAÇÕES QUÍMICAS MOLECULARES. Professor Cristiano

GEOMETRIA MOLECULAR E INTERAÇÕES QUÍMICAS MOLECULARES. Professor Cristiano GEOMETRIA MOLECULAR E INTERAÇÕES QUÍMICAS MOLECULARES Professor Cristiano GEOMETRIA MOLECULAR É o estudo de como os átomos estão distribuídos espacialmente em uma molécula. Dependendo dos átomos que a

Leia mais

1. Qual a fórmula do composto formado entre o cálcio, Ca (Z = 20) e o flúor F (Z = 9)?

1. Qual a fórmula do composto formado entre o cálcio, Ca (Z = 20) e o flúor F (Z = 9)? EXERCÍCIOS REVISÃO 1ª série 1. Qual a fórmula do composto formado entre o cálcio, Ca (Z = 20) e o flúor F (Z = 9)? 2. Qual a fórmula do composto formado entre o potássio, K (Z = 19) e o enxofre, S (Z =

Leia mais

ESTRUTURA E REATIVIDADE DE ALCENOS E ALCINOS

ESTRUTURA E REATIVIDADE DE ALCENOS E ALCINOS ESTRUTURA E REATIVIDADE DE ALCENOS E ALCINOS INTRODUÇÃO NOMENCLATURA DE ALCENOS NOMEIE O HIDROCARBONETO PRINCIPAL SUFIXO ENO NUMERE OS ÁTOMOS DE CARBONO DA CADEIA NOMENCLATURA DE ALCENOS ESCREVA O NOME

Leia mais

LISTA DE REVISÃO DE HIDROCARBONETO

LISTA DE REVISÃO DE HIDROCARBONETO 2 o EM QUÍMICA 2º TRIMESTRE 08 07 15 LISTA DE REVISÃO DE HIDROCARBONETO 1. (Enem 2000) Para compreender o processo de exploração e o consumo dos recursos petrolíferos, é fundamental conhecer a gênese e

Leia mais

Química Orgânica I Profª Dra. Alceni Augusta Werle Profª Dra.Tânia M. Sacramento Melo

Química Orgânica I Profª Dra. Alceni Augusta Werle Profª Dra.Tânia M. Sacramento Melo Química Orgânica I Profª Dra. Alceni Augusta Werle Profª Dra.Tânia M. Sacramento Melo Ligação Química e Estudo do Átomo de Carbono Aula 1 1- INTRODUÇÃO Os átomos são formados por nêutrons, prótons e elétrons.

Leia mais

Isomeria plana. www.sotaodaquimica.com.br Contato: sotaodaquimica@gmail.com

Isomeria plana. www.sotaodaquimica.com.br Contato: sotaodaquimica@gmail.com Isomeria plana 01. (Uerj) A gasolina é uma mistura de hidrocarbonetos diversos que apresenta, dentre outros, os seguintes componentes: Os pares de componentes I - II e I - III apresentam isomeria plana,

Leia mais

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011 CATEGORIA EM-2 Nº INSCRIÇÃO: Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011 Questão 3: O chamado soro caseiro é uma tecnologia social que consiste na preparação e administração de uma mistura de água,

Leia mais

Moléculas Poliatómicas Enlace de Valência

Moléculas Poliatómicas Enlace de Valência Moléculas Poliatómicas Enlace de Valência A descrição da ligação química em moléculas poliatómicas através da TOM/CLOA não é trivial, embora existam inúmeros programas que permitem efectuar o cálculo da

Leia mais

Ensino Médio Química QUÍMICA 30 ano

Ensino Médio Química QUÍMICA 30 ano QUÍMICA 3 0 ano CADEIAS CARBÔNICAS QUÍMICA ORGÂNICA orgânica é o ramo da química que estuda os compostos de carbono. O carbono pertence ao segundo período, grupo IVA da tabela periódica. 6C 12 1s 2 2s

Leia mais

A B σ σ + A B C A + A B C C

A B σ σ + A B C A + A B C C REAÇÕES DE ADIÇÃO As reações de adição ocorrem com a entrada de novos átomos na molécula, sem que esta perca nenhum dos átomos constituintes de sua estrutura. Tais reações podem ocorrer com a quebra de

Leia mais

LIGAÇÕES QUÍMICAS TEXTO:

LIGAÇÕES QUÍMICAS TEXTO: LIGAÇÕES QUÍMICAS TEXT: 1 - Comum à questão: 1 Esferas minúsculas podem se tornar uma arma contra a leishmaniose viceral, doença causada pelo protozoário Leishmania chagasi que, sem tratamento, é fatal

Leia mais

38 C 37 B 39 D. Sabendo-se que a amônia (NH 3. ) é constituída por moléculas polares e apresenta boa solubilidade em água. o diclorometano (CH 2.

38 C 37 B 39 D. Sabendo-se que a amônia (NH 3. ) é constituída por moléculas polares e apresenta boa solubilidade em água. o diclorometano (CH 2. QUÍMICA 37 B Sabendo-se que a amônia (N 3 ) é constituída por moléculas polares e apresenta boa solubilidade em água o diclorometano (C Cl ) não possui isômeros Sua molécula apresenta polaridade, devido

Leia mais

Química - Profa. GRAÇA PORTO

Química - Profa. GRAÇA PORTO Disciplina: Química Química - Profa. GRAÇA PORTO ESTUDO DAS SUBSTÂNCIAS E MISTURAS Você sabe caracterizar a quanto ao sabor, a cor e ao cheiro? E o sal? Quais são as características do açúcar? Agora, tente

Leia mais

Exercícios Sobre LigaÇões iônicas

Exercícios Sobre LigaÇões iônicas Exercícios Sobre LigaÇões iônicas Dados: 01. (Ufrj - adaptado) A caiação é um processo tradicionalmente utilizado na pintura de casas. Uma das maneiras de se preparar o pigmento consiste em misturar cal

Leia mais

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Química

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Química Vestibular UFRGS 2015 Resolução da Prova de Química 26. Alternativa (C) Assunto: Propriedades físicas das substâncias densidade Os materiais apresentam diferentes densidades e mesma massa envolvida logo,

Leia mais

POLARIDADE DE LIGAÇÕES E POLARIDADE DE MOLÉCULAS POLARIDADE DE MOLÉCULAS. Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.

POLARIDADE DE LIGAÇÕES E POLARIDADE DE MOLÉCULAS POLARIDADE DE MOLÉCULAS. Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com. POLARIDADE DE LIGAÇÕES E POLARIDADE DE MOLÉCULAS POLARIDADE DE MOLÉCULAS Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 01 (UFSCAR-SP) É molécula polar: a) C 2H 6 b) 1,2-dicloroetano c)

Leia mais

a) 80,6 g. b) 77,7 g. c) 60,3 g. d) 54,9 g. e) 49,1 g.

a) 80,6 g. b) 77,7 g. c) 60,3 g. d) 54,9 g. e) 49,1 g. QUÍMICA 01 Cardiologistas costumam recomendar a redução no consumo de sal de cozinha para pessoas hipertensas porque ele é a principal fonte de íons sódio da alimentação. De acordo com dados da rganização

Leia mais

LIGAÇÕES QUÍMICAS TEORIA CORPUSCULAR

LIGAÇÕES QUÍMICAS TEORIA CORPUSCULAR LIGAÇÕES QUÍMICAS 5 TEORIA CORPUSCULAR 1 INTRODUÇÃO O fato de os gases nobres existirem na natureza como átomos isolados, levou os cientistas KOSSEL e LEWIS a elaborar um modelo para as ligações químicas.

Leia mais

Bioquímica Lipídeos. Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1

Bioquímica Lipídeos. Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 Bioquímica Lipídeos Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (FEI-SP) Identifique a afirmação correta. a) Nos óleos predominam ácidos saturados e nas gorduras,

Leia mais

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011 Questão 2: O grafite e o diamante são substâncias simples e naturais do elemento carbono. Outras estruturas de substâncias simples do carbono, como o fulereno-60, fulereno-70 e nanotubos de carbono, são

Leia mais

INTRODUÇÃO À QUÍMICA ORGÂNICA

INTRODUÇÃO À QUÍMICA ORGÂNICA PROFESSOR: EQUIPE DE QUÍMICA BANCO DE QUESTÕES - QUÍMICA - 1ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO - PARTE 1 ============================================================================================= INTRODUÇÃO À QUÍMICA

Leia mais

Química Geral Materiais Homogêneos e Heterogêneos

Química Geral Materiais Homogêneos e Heterogêneos Química Geral Materiais Homogêneos e Heterogêneos 1. (Uepg 2013) Quanto às características das substâncias puras e das misturas, assinale o que for correto. 01) Misturas sólidas homogêneas não podem ser

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA. Departamento de Engenharia Química e do Ambiente. QUÍMICA I (1º Ano/1º Semestre)

INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA. Departamento de Engenharia Química e do Ambiente. QUÍMICA I (1º Ano/1º Semestre) INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA Departamento de Engenharia Química e do Ambiente QUÍMICA I (1º Ano/1º Semestre) 3ª Série de Exercícios ESTADOS DA MATÉRIA Tomar (2003) 1 Estado

Leia mais

Ligações Químicas Interatômicas

Ligações Químicas Interatômicas Ligações Químicas Interatômicas Gabarito Parte I: Resposta da questão 1: [Resposta do ponto de vista da disciplina de Biologia] O tomate é um fruto do tipo baga. O vinagre apresenta caráter ácido. O azeite

Leia mais

Resumo Teórico. Fala Gás Nobre! Tudo bem?

Resumo Teórico. Fala Gás Nobre! Tudo bem? Resumo Teórico 2 Fala Gás Nobre! Tudo bem? Já assistimos todos os vídeos sobre a Poluição da Água. Estamos cada vez mais próximos do sucesso. Por isso quero te entregar esse material que contém o resumo

Leia mais

QUÍMICA GERAL E FÍSICO-QUÍMICA

QUÍMICA GERAL E FÍSICO-QUÍMICA CONCURSO PÚBLICO DOCENTE IFMS EDITAL Nº 002/2013 CCP IFMS QUÍMICA GERAL E FÍSICO-QUÍMICA Uso exclusivo do IFMS. GABARITO QUESTÃO 1 (Valor 4 pontos) A Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008, equiparou

Leia mais

Exercícios com Gabarito de Química Ligações Químicas

Exercícios com Gabarito de Química Ligações Químicas Exercícios com Gabarito de Química Ligações Químicas 1) (FATEC-2009) Considere as seguintes informações sobre os elementos X e. Elemento N de elétrons na última camada Período 0 6 2 X 4 2 A combinação

Leia mais

3. Ligações Químicas Deslocalizadas

3. Ligações Químicas Deslocalizadas 3. Ligações Químicas Deslocalizadas 3.1. Ressonância 3.2. Ligações Duplas em Conjugação 3.3. Ligação dupla em conjugação com um orbital p em um átomo adjacente 3.4. Hiperconjugação 3.5. Aromaticidade 3.6.

Leia mais

Os lipídeos se encontram distribuídos em todos os tecidos, principalmente nas membranas celulares.

Os lipídeos se encontram distribuídos em todos os tecidos, principalmente nas membranas celulares. LIPÍDEOS Os lipídeos se encontram distribuídos em todos os tecidos, principalmente nas membranas celulares. Por convenção (Congresso Internacional de Bioquímica em 1922) ésteres de ácidos graxos, ou seja,

Leia mais

QUÍMICA QUESTÃO 35. Resolução Alternativa E + 3. Fe + 3OH Fe(OH) (19) 3251-1012 www.elitecampinas.com.br O ELITE RESOLVE IME 2008 TESTES QUÍMICA

QUÍMICA QUESTÃO 35. Resolução Alternativa E + 3. Fe + 3OH Fe(OH) (19) 3251-1012 www.elitecampinas.com.br O ELITE RESOLVE IME 2008 TESTES QUÍMICA (9) 5-0 ELITE RESLVE IME 008 TESTES QUÍMIA QUÍMIA QUESTÃ Segundo a teoria dos orbitais, as ligações covalentes são formadas a partir da interpenetração dos orbitais atômicos. Esta interpenetração leva

Leia mais

Estrutura Atômica. Parte I. www.soexatas.com Página 1

Estrutura Atômica. Parte I. www.soexatas.com Página 1 Parte I Estrutura Atômica 1. (Ufg 2013) Para estimular um estudante a se familiarizar com os números atômicos de alguns elementos químicos, um professor cobriu as teclas numéricas de uma calculadora com

Leia mais

LIGAÇÕES QUÍMICAS. Um novo jeito de se aprender química Helan Carlos e Lenine Mafra- Farmácia- 2014.2

LIGAÇÕES QUÍMICAS. Um novo jeito de se aprender química Helan Carlos e Lenine Mafra- Farmácia- 2014.2 ATENÇÃO: Não sou o detentor dos direitos e também não tenho a intenção de violá-los de nenhuma imagem, exemplo prático ou material de terceiros que porventura venham a ser utilizados neste ou em qualquer

Leia mais

Claudi Cândia /Sara Regina. Aluno(a): PROVA COMENTADA

Claudi Cândia /Sara Regina. Aluno(a): PROVA COMENTADA QUÍMICA AVALIAÇÃO Claudi Cândia /Sara Regina Aluno(a): PROVA COMENTADA III UNIDADE Nota: Série: 2 a Ensino Médio Turma: A / B / C / D Data: 14/08/2015 1. A prova é composta de 07 questões abertas e 03

Leia mais

H C. A substituição de um átomo de H no etano com outro átomo de C e mais três átomos de H produz o propano, C3H8: H C

H C. A substituição de um átomo de H no etano com outro átomo de C e mais três átomos de H produz o propano, C3H8: H C Estruturas orgânicas APÊDIE epresentamos as moléculas orgânicas da natureza como as estruturas da Figura 2.2. Este apêndice apresenta uma breve revisão dos princípios da estrutura molecular dos compostos

Leia mais

Exercícios sobre Termoquímica- lei de hess

Exercícios sobre Termoquímica- lei de hess Exercícios sobre Termoquímica- lei de hess 01. (Unesp - adaptada) Definir, ou conceituar, e discutir, usando exemplos quando julgar conveniente: a) entalpia molar padrão de formação de uma substância;

Leia mais

Capítulo 6 - LIGAÇÕES QUÍMICAS-resoluções

Capítulo 6 - LIGAÇÕES QUÍMICAS-resoluções Capítulo 6 - LIGAÇÕES QUÍMICAS-resoluções 1-C X e T devem ter a mesma carga com sinais contrários: +1 e -1, +2 e -2 ou +3 e -3. 2-B A) Fe 2 S 3 B) CsCl C) CaI 2 D) Al 2 3 E) Ba 3 N 2 Quanto maior a diagonal

Leia mais

Reações orgânicas de esterificação, saponificação e outras

Reações orgânicas de esterificação, saponificação e outras Reações orgânicas de esterificação, saponificação e outras 01. Equacione as seguintes reações de esterificação: 02. (Ufrs) Na reação de esterificação: os nomes dos compostos I, II e III são, respectivamente,

Leia mais

PROFESSOR LOURIVAL NETO

PROFESSOR LOURIVAL NETO QUÍMICA EM 1 DIA PROFESSOR LOURIVAL NETO UBERLÂNDIA LIGAÇÕES QUÍMICAS Iônica: Ocorre devido a transferência de elétrons! Ìons mantêmse em um cristal Retículo cristalino. A força eletrostática mantém os

Leia mais

QUÍMICA PARA CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

QUÍMICA PARA CIÊNCIAS BIOLÓGICAS QUÍMICA PARA CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Prof. Mário Luiz Araújo de Almeida Vasconcellos UNIDADE 1 ESTRUTURA DA MATÉRIA, LIGAÇÕES QUÍMICAS E FORÇAS INTERMOLECULARES 1. OS MODELOS ATÔMICOS Modelos atômicos são

Leia mais

Profa Fernanda Galante Fundamentos de Química e Biologia Molecular/ Nutrição Material 3 1 LIGAÇÕES QUIMICAS

Profa Fernanda Galante Fundamentos de Química e Biologia Molecular/ Nutrição Material 3 1 LIGAÇÕES QUIMICAS Profa Fernanda Galante Fundamentos de Química e Biologia Molecular/ Nutrição Material 3 1 LIGAÇÕES QUIMICAS REGRA DO OCTETO Cada átomo tem um número de elétrons diferente e estes e - (elétrons) estão distribuídos

Leia mais

QUESTÕES DE QUÍMICA ORGÂNICA

QUESTÕES DE QUÍMICA ORGÂNICA QUESTÕES DE QUÍMICA ORGÂNICA I 1- Um composto é orgânico quando: a) Possui carbono em sua molécula; b) Deriva dos seres vivos; c) Deriva dos vegetais; d) Possui obrigatoriamente carbono e nitrogênio em

Leia mais

Lista de Exercícios. Química orgânica. 01 - (Ufg GO/1ªF)

Lista de Exercícios. Química orgânica. 01 - (Ufg GO/1ªF) 01 - (Ufg G/1ªF) Lista de Exercícios Química orgânica A distribuição eletrônica do carbono, no estado fundamental, entretanto, mostra que ele é bivalente. Para que o carbono atenda ao postulado de Kekulé,

Leia mais

Química. Resolução das atividades complementares. Q49 Polaridade das moléculas

Química. Resolução das atividades complementares. Q49 Polaridade das moléculas Resolução das atividades complementares 4 Química Q49 Polaridade das moléculas p 7 1 Em relação à polaridade das moléculas, responda: a) Quais as condições para que uma molécula seja polar? b) Uma molécula

Leia mais

Polaridade de moléculas

Polaridade de moléculas Polaridade de moléculas 01. (Ufscar) É molécula polar: a) C 2 H 6. b) 1,2-dicloroetano. c) CH 3 Cl. d) p-diclorobenzeno. e) ciclopropano. 02. (Mackenzie) As fórmulas eletrônicas 1, 2 e 3 a seguir, representam,

Leia mais

O carbono é um dos elementos químicos com capacidade de formar cadeias, ligando-se entre si e com outros elementos químicos.

O carbono é um dos elementos químicos com capacidade de formar cadeias, ligando-se entre si e com outros elementos químicos. ITS Química do Petróleo 3 Módulo: Prof.ª Mônica Fonseca Química Orgânica: É a parte da Química que estuda os compostos do carbono. Compostos orgânicos naturais: as principais fontes de compostos orgânicos

Leia mais

Capítulo LIGAÇÕES QUÍMICAS

Capítulo LIGAÇÕES QUÍMICAS Capítulo LIGAÇÕES QUÍMICAS Um dos aspectos mais intrigantes da química é o estudo das forças que agem entre os átomos. Às mais fortes destas forças, denominadas ligações químicas, são forças que unem átomos

Leia mais

Água e Soluções Biológicas

Água e Soluções Biológicas Universidade Federal do Ceará Centro de Ciências Departamento de Bioquímica e Biologia Molecular Disciplina de Biofísica Água e Soluções Biológicas 1. Introdução 2. A estrutura da molécula de água 2.1.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS CURSO de LICENCIATURA em QUÍMICA Disciplina: Didática da Química Profª Maira Ferreira

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS CURSO de LICENCIATURA em QUÍMICA Disciplina: Didática da Química Profª Maira Ferreira UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS CURSO de LICENCIATURA em QUÍMICA Disciplina: Didática da Química Profª Maira Ferreira MODELOS DE LIGAÇÕES QUÍMICAS E PROPRIEDADES FÍSICAS DAS SUBSTÂNCIAS 1 Os conceitos

Leia mais

Olimpíada Brasileira de Química Júnior Fase II QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA

Olimpíada Brasileira de Química Júnior Fase II QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA OLIMIPÍADA BARSILEIRA DE QUÍMICA JR 2011 FASE II Olimpíada Brasileira de Química Júnior Fase II QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA 01 Os moradores de um bairro organizaram uma campanha sobre coleta seletiva

Leia mais

H 2. Cl 2 N 2 O 2. família dos calcogênios 4. É uma substância apolar

H 2. Cl 2 N 2 O 2. família dos calcogênios 4. É uma substância apolar H 2 Cl 2 1. O elemento que forma essa substância simples possui em sua única camada 1 elétron 3. Substância simples formada apenas por átomos de Hidrogênio 1. O elemento que forma essa sua camada valência

Leia mais

Prof. Agamenon Roberto LIGAÇÕES QUÍMICAS www.agamenonquimica.com 1 LIGAÇÕES QUÍMICAS

Prof. Agamenon Roberto LIGAÇÕES QUÍMICAS www.agamenonquimica.com 1 LIGAÇÕES QUÍMICAS Prof. Agamenon Roberto LIGAÇÕES QUÍMICAS www.agamenonquimica.com 1 INTRDUÇÃ À LIGAÇÃ QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS 01) (ACAFE) grupo de átomos que é encontrado na forma monoatômica pelo fato de serem estáveis

Leia mais

LIGAÇÕES INTERATÔMICAS

LIGAÇÕES INTERATÔMICAS UNIDADE 2 - LIGAÇÕES INTERATÔMICAS 2.1. FORÇAS DE LIGAÇÃO FORTES Importante conhecer-se as atrações que mantêm os átomos unidos formando os materiais sólidos. Por exemplo, uma peça de cobre contém 8,4x10

Leia mais

Ligação covalente comum.

Ligação covalente comum. Ligação covalente comum. Na ligação covalente, ao contrário do que acontece na iônica, nenhum dos participantes deseja doar elétrons. Ambos os elementos desejam receber elétrons Como fazer acordo desta

Leia mais

Reações Orgânicas parte II: Adição, oxidação e redução. Profa. Kátia Aquino

Reações Orgânicas parte II: Adição, oxidação e redução. Profa. Kátia Aquino Reações Orgânicas parte II: Adição, oxidação e redução Profa. Kátia Aquino 1. Reação de adição A reação de adição ocorre em compostos insaturados como alcenos e alcinos. Importante salientar que a dupla

Leia mais

Química dos Compostos Orgânicos I. Heloísa de Mello Samísia Maria Fernandes Machado

Química dos Compostos Orgânicos I. Heloísa de Mello Samísia Maria Fernandes Machado Química dos Compostos Orgânicos I Heloísa de Mello Samísia Maria Fernandes Machado São Cristóvão/SE 2009 Química dos compostos Orgânicos I Elaboração de Conteúdo Heloísa de Mello Samísia Maria Fernandes

Leia mais

Resolução da Prova de Química Vestibular Verão UERGS/2003 Prof. Emiliano Chemello

Resolução da Prova de Química Vestibular Verão UERGS/2003 Prof. Emiliano Chemello Fácil Resolução da Prova de Química Vestibular Verão UERGS/2003 Prof. Emiliano Chemello Médio www.quimica.net/emiliano emiliano@quimica.net Difícil Níveis de dificuldade das Questões 01. Em um frasco,

Leia mais

01) (ACAFE) O grupo de átomos que é encontrado na forma monoatômica pelo fato de serem estáveis é:

01) (ACAFE) O grupo de átomos que é encontrado na forma monoatômica pelo fato de serem estáveis é: 01) (ACAFE) O grupo de átomos que é encontrado na forma monoatômica pelo fato de serem estáveis é: a) Halogênios b) Calcogênios c) Metais Alcalinos Terrosos d) Metais Alcalinos e) Gases Nobres 02) (UFF-RJ)

Leia mais