QUI 7A aula ) Alternativa E. Geometria Linear. Geometria trigonal plana. Geometria piramidal

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "QUI 7A aula 19. 19.02) Alternativa E. Geometria Linear. Geometria trigonal plana. Geometria piramidal"

Transcrição

1 QUI 7A aula ) Alternativa D Apenas a estrutura I apresenta geometria plana (trigonal plana). As estruturas II e III apresentam estruturas tridimensionais (II piramidal/ III tetraédrica). 19.0) Alternativa E Geometria Linear Geometria trigonal plana Geometria piramidal 19.03) Alternativa A A molécula que apresenta geometria trigonal plana é o CHO ) Alternativa E O composto que apresenta geometria linear é o HCl ) Alternativa A A molécula de cianeto de hidrogênio apresenta geometria linear: H C N 19.06) Alternativa B A geometria molecular da água é angular:

2 19.07) Alternativa B O gás carbônico apresenta geometria linear: O = C = O 19.08) Alternativa E O gás metano apresenta geometria tetraédrica ) Alternativa C HO angular (105º) NH3 piramidal (107º) CH4 tetraédrica (109º8 ) BeH linear (180º) 19.10) Alternativa D CO linear O = C = O CH linear H C C H HO angular HCl linear H Cl CO linear C O (duas covalentes simples e uma covalente dativa)

3 19.11) Alternativa E (F) Nitrogênio possui um par de elétrons emparelhados não ligante. (V) Existem 3 ligações covalentes simples. (F) A geometria da molécula é piramidal. 19.1) Alternativa C I. Incorreta. A geometria da molécula BeH é linear, enquanto a da água é angular. II. Correta. A molécula BF3 tem geometria trigonal plana, pois tem 3 ligantes e nenhum par de elétron sobrando. III. Incorreta. A molécula SiH4 possui geometria tetraédrica e os ângulos de ligação são de 109º ) Alternativa E O ozônio tem geometria angular ) Alternativa E A exata correspondência é entre [NH4] + = geometria tetraédrica. Como possui 4 ligantes no átomo central e nenhum par de elétron sobrando, assume a geometria tetraédrica ) Alternativa D O íon [H3O] + assume geometria piramidal.

4 19.16) Alternativa C A espécie que possui geometria piramidal e carga positiva é o íon H3O ) Alternativa D Apenas a estrutura I apresenta geometria plana, pois sua estrutura é trigonal plana. II piramidal III tetraédrica 19.18) Alternativa C O ânion nitrato (NO3 ) irá apresentar geometria trigonal plana, pois não tem par de elétrons sobrando ) a) 1) Grupo 14 (família 4A). Átomo faz 4 ligações covalentes simples. ) Grupo 17 (família 7A). Átomo faz 1 ligação covalente simples e 3 ligações covalentes adicionais (dativas). b) 1) Geometria linear ) Geometria tetraédrica 19.0) A1 é justificada por B. Como as quatro valências do carbono são equivalentes, tanto faz a posição dos átomos ao redor do carbono.

5 As duas formas representam o mesmo composto. A é justificada por B1. O átomo de carbono está no centro de um tetraedro regular, fazendo com que sua geometria seja tridimensional, sendo indiferente a posição dos ligantes ao redor do átomo. Representam o mesmo composto. QUI 7A aula ) Alternativa B O gás descrito no texto, que pode apresentar ressonância, é o ozônio (O3). 0.0) (4) Tetraédrica NH4 + (5) Linear CO

6 (3) Angular HO (1) Trigonal plana SO3 () Bipirâmide trigonal PCl5 0.03) Alternativa E O benzeno (C6H6) é insolúvel em água e apresenta ressonância. 0.04) Alternativa C Angular Piramidal Tetraédrica

7 0.05) Alternativa D A fórmula molecular C6H6 representa o benzeno, um composto que se apresenta na forma de um híbrido de ressonância. 0.06) Alternativa E A espécie que possui geometria trigonal plana é o íon carbonato (CO3 ). 0.07) Alternativa B - Amônia possui geometria piramidal (3 ligantes e par de elétrons sobrando). - Diclorometano possui geometria tetraédrica (4 ligantes). - Dissulfeto de carbono possui geometria linear ( ligantes). 0.08) Alternativa B O gás sulfídrico possui geometria angular. 0.09) Alternativa A Geometria tetraédrica = 4 ligações simples Geometria trigonal plana = ligações simples e 1 ligação dupla 0.10) Alternativa B I. BeH Linear

8 II. CH4 Tetraédrica III. HO Angular IV. BF3 Trigonal plana V. NH3 Piramidal 0.11) Alternativa E O arsênio é da família do nitrogênio (grupo 15) e apresenta o mesmo comportamento para geometria (3 ligações covalentes simples e um par de elétrons sobrando). Apresenta geometria de uma pirâmide trigonal (piramidal). 0.1) Alternativa E O íon sulfato (SO4 ) apresenta geometria tetraédrica.

9 0.13) Alternativa E I. Correta. O carbono ligado ao carbono 1 e 3 é tetraédrico, logo, apresenta um ângulo de ligação de 109º8. II. Correta. A ligação entre carbonos sp 3 é maior (carbonos 1 e ) do que a ligação entre carbonos sp (carbonos 3 e 4). III. Correta. A presença de carbonos tetraédricos na estrutura faz com que ela não seja planar. 0.14) Alternativa E Quando 6 átomos estão ligados ao átomo central, que não possui par de elétrons sobrando, a geometria é octaédrica. 0.15) Alternativa D A hibridação do SF6, que apresenta geometria octaédrica é sp 3 d. 0.16) Alternativa B O PCl5 apresenta uma geometria bipirâmide triangular (5 ligações covalentes simples). 0.17) Alternativa D A hibridação do PCl5, que apresenta geometria bipiramidal de base triangular é sp 3 d. 0.18) Alternativa B

10 Quando a estrutura apresenta quatro ligantes e dois pares de elétrons sobrando, assume a geometria Quadrado planar. 0.19) Como as duplas ligações não estão fixas e a estrutura apresenta ressonância, o nome correto para a estrutura é benzeno. 0.0) a) C10H0S4N b) 10 pares de elétrons c) Não, pois o oxigênio faz duas ligações covalentes simples, enquanto o nitrogênio faz 3 ligações covalentes simples. QUI 7A aula ) Alternativa E As diferenças entre os ângulos de ligação se devem à presença de pares de elétrons não compartilhados. O carbono não possui par de elétrons sobrando, o nitrogênio tem um par e o oxigênio dois pares de elétrons não compartilhados. 1.0) Alternativa A 1.03) Alternativa E A molécula CH3F apresenta geometria tetraédrica e é polar.

11 1.04) a) polar b) apolar c) polar (ligação iônica sempre é polar) d) polar 1.05) a) molécula apolar b) molécula apolar Não existe diferença de eletronegatividade entre os átomos. c) molécula polar d) molécula polar 1.06) Alternativa D O elemento que possui a maior eletronegatividade é o de configuração eletrônica 1s s p 5, pois situa-se no grupo 17 e º período. 1.07) Ligações covalentes polares Molécula polar 1.08) Ligações covalentes polares

12 Molécula apolar 1.09) 07 ( ) 01) Correta. O CO é uma molécula apolar. 0) Correta. HO é uma molécula polar. NH3 é uma molécula polar. 04) Correta. O CO é uma molécula apolar. O BF3 é uma molécula apolar. 08) Incorreta. BF3 é uma molécula apolar. 16) Incorreta.

13 NH3 é uma molécula polar. 1.10) Alternativa E 1.11) Alternativa D NO ligação covalente polar F ligação covalente apolar NaCl ligação iônica HCl ligação covalente polar 1.1) Alternativa A É mais polar, pois é maior a diferença de eletronegatividade entre oxigênio e hidrogênio. É menos polar, pois a diferença de eletronegatividade entre enxofre e hidrogênio é menor. É apolar, portanto, possui a menor polaridade. 1.13) Alternativa E A molécula CCl4 apresenta tem quatro ligações covalentes simples e tem a geometria tetraédrica. Uma molécula com geometria tetraédrica e quatro ligantes iguais é apolar. 1.14) Alternativa D

14 A molécula de CCl3H possui 4 ligantes no átomo central, portanto, geometria tetraédrica. Como um dos ligantes é diferente, a distância da ligação será diferente, formando um tetraedro irregular. 1.15) Alternativa A Um exemplo de uma molécula com essa geometria é XeF4, que assume geometria quadrado planar. 1.16) Alternativa C São moléculas apolares BF3 e CCl ) Alternativa B Apenas a água apresenta moléculas polares. 1.18) Alternativa E São moléculas polares apenas C e D, pois os vetores resultantes são diferentes de zero. 1.19) CO = Geometria Linear

15 BeCl = Geometria Linear 1.0) 1) ) 3) 4)

16 5) QUI 7B aula ) 8 ( ) 01) Incorreta. A entalpia da ligação Cl Cl é de +57,8 kcal/mol. 0) Incorreta. A transferência de elétrons do sódio para o cloro (Na(g) + Cl(g) Na + (g) + Cl (g)) absorve energia. 04) Correta. A sublimação (passagem do estado sólido para o gasoso) de 3 g de sódio (1 mol) absorve 6 kcal. 08) Correta. ΔH3 é a energia mínima necessária para retirar um elétron do átomo de sódio. 16) Correta. ΔH4 é a energia liberada quando 1 mol de átomos de Cl(g) recebe 1 mol de elétrons e transforma-se no íon Cl (g).

17 19.0) 07 ( ) 01) Correta. No diagrama são representadas as quebras de ligações iônicas, covalentes e metálicas. *A quebra da ligação metálica é representada na passagem Na(s) Na(g). 0) Correta. A formação de NaCl pode ser representada por ΔH6, que equivale a: ΔH6 = ΔH1 + ΔH + ΔH3 + ΔH4 + ΔH5 04) Correta. NaCl(s) Na + (g) + Cl (g) ΔH = +183,8 kcal 08) Incorreta. NaCl(s) Na(s) + 1/ Cl(g) ΔH = ΔH6 ΔH6 = 6 + 8, ( 87,3) + ( 183,8) ΔH6 = 98, kcal NaCl(s) Na(s) + 1/ Cl(g) ΔH = +98, kcal 16) Incorreta A formação de 1 mol de íons sódio e 1 mol de íons cloreto absorve energia ) Alternativa C 1 g chocolate 5,18 kcal 00 g chocolate x x = 1036 kcal 1 kcal 4,18 kj 1036 kcal y y = 4330 kj 60 min 600 kj z 4330 kj z = 100 min 19.04) Alternativa C

18 A equação de formação do KCl(s) é: K(s) + ½ Cl(g) KCl(s) ΔH = 437 kj/mol 19.05) Alternativa C Ca(OH)(s) + CO(g) CaCO3(s) + HO(g) 986, ,5 106,9 + 41,8 ΣHreagentes 1379,6 ΣHprodutos 1448,7 ΔH = ΣHprodutos ΣHreagentes ΔH = 1448,7 ( 1379,6) ΔH = 69,1 kj 19.06) Alternativa B H(g) + ½ O(g) HO(g) ΔH =? Reagentes = (H H) + 0,5 (O = O) = +164 kcal O processo de quebra das ligações é endotérmico Produtos = (H O) (110) = 0 kcal O processo de formação das ligações é exotérmico ΔH = ΔH = 56 kcal 19.07) Alternativa D 44 g CO 800 kj x, kj x = g 13 toneladas de CO 19.08) Alternativa D Equação de formação da água líquida: H(g) + O(g) HO(l) ΔH = 136 kcal mol HO 136 kcal 1 mol HO x x = 68 kcal/mol

19 HO = 18 g/mol 18 g HO 68 kcal 1 g HO y y = 3,8 kcal/g 19.09) Alternativa D A equação de dissolução do cloreto de cálcio é: CaCl(s) Ca + (aq) + Cl (aq) ΔH =? Ca + (g) + Cl (g) CaCl(s) ΔH = 60 kj/mol ( inverte) Ca + (g) Ca + (aq) ΔH = 1657 kj/mol (mantém) Cl (g) Cl (aq) ΔH = 340 kj/mol (multiplica por ) CaCl(s) Ca + (g) + Cl (g) ΔH = +60 kj Ca + (g) Ca + (aq) ΔH = 1657 kj Cl (g) Cl (aq) ΔH = 680 kj CaCl(s) Ca + (aq) + Cl (aq) ΔH = 77 kj 19.10) Alternativa B A equação de formação da sacarose é: 1 C(s) + 11 H(g) + 11/ O(g) C1HO11(s) ΔH =? C1HO11(s) + 1 O(g) 1 CO(g) + 11 HO(g) ΔH = 5645 kj /mol (inverte) C(s) + O(g) CO(g) ΔH = 394 kj/mol (multiplica por 1) H(g) + ½ O(g) HO(g) ΔH = 86 kj/mol (multiplica por 11) 1 CO(g) + 11 HO(g) C1HO11(s) + 1 O(g) ΔH = kj 1 C(s) + 1 O(g) 1 CO(g) ΔH = 478 kj 11 H(g) + 11/ O(g) 11 HO(g) ΔH = 3146 kj 1 C(s) + 11 H(g) + 11/ O(g) C1HO11(s) ΔH = 9 kj 19.11) Alternativa B A equação de hidrogenação do eteno é: CH4(g) + H(g) CH6(g) ΔH =? H(g) + ½ O(g) HO(g) ΔH = 86 kj/mol (mantém) CH6(g) + 7/ O(g) CO(g) + 3 HO(g) ΔH = 1560 kj/mol (inverte)

20 CH4(g) + 3 O(g) CO(g) + HO(g) ΔH = 1411 kj/mol (mantém) H(g) + ½ O(g) HO(g) ΔH = 86 kj CO(g) + 3 HO(g) CH6(g) + 7/ O(g) ΔH = kj CH4(g) + 3 O(g) CO(g) + HO(g) ΔH = 1411 kj CH4(g) + H(g) CH6(g) ΔH = 137 kj 19.1) Alternativa C A equação de combustão do etanol é: CH6O(l) + 3 O(g) CO(g) + 3 HO(g) ΔH =? H(g) + ½ O(g) HO(l) ΔH = 68 kcal/mol (multiplica por 3) C(s) + O(g) CO(g) ΔH = 94,8 kcal/mol (multiplica por ) C(s) + 3 H(g) + ½ O(g) CH6O(l) ΔH = 66,7 kcal/mol (inverte) 3 H(g) + 3/ O(g) 3 HO(l) ΔH = 04 kcal C(s) + O(g) CO(g) ΔH = 189,6 kcal CH6O(l) C(s) + 3 H(g) + ½ O(g) ΔH = +66,7 kcal CH6O(l) + 3 O(g) CO(g) + 3 HO(g) ΔH = 36,9 kcal CH6O = 46 g/mol 1 ml 0,79 g x 46 g x = 58, ml 58, 10 3 L 36,9 kcal 15, L y y = 8, kcal 19.13) Alternativa B Uma equação de formação exige que os reagentes sejam substâncias simples nos estados físicos e alotrópicos mais comuns. A equação de formação do óxido de ferro II é: Fe(s) + 1/ O(g) FeO(s) 19.14) Alternativa C

21 Como a dissolução do cloreto de cálcio é exotérmica, a compressa que contém a substância fica quente ) Alternativa E A equação de conversão do cis--buteno para o trans--buteno é: (cis) C4H8(g) (trans) C4H8(g) ΔH =? (cis) C4H8(g) + 6 O(g) 4 CO(g) + 4 HO(g) (trans) C4H8(g) + 6 O(g) 4 CO(g) + 4 HO(g) ΔH = 687,5 kj (mantém) ΔH = 684, kj (inverte) (cis) C4H8(g) + 6 O(g) 4 CO(g) + 4 HO(g) ΔH = 687,5 kj 4 CO(g) + 4 HO(g) (trans) C4H8(g) + 6 O(g) ΔH = +684, kj (cis) C4H8(g) (trans) C4H8(g) ΔH = 3,3 kj 19.16) Alternativa B A quantidade de energia considerada será 5100 kj. Gasolina: 1 mol C8H18 produz 5100 kj, logo, 114 g de C8H18 produzem 5100 kj. 1 ml 0,70 g x 114 g x = 16,8 ml gasolina Álcool: CH6O = 46 g/mol 46 g CH6O 100 kj y 5100 kj y = 195,5 g CH6O 1 ml 0,80 g z 195,5 g z = 44,4 ml álcool Para produzir 5100 kj de energia, serão usados 16,8 ml de gasolina ou 44,4 ml de álcool. O preço será indiferente quando o volume usado multiplicado pelo preço do litro for igual para os dois combustíveis. Vgasolina Preçogasolina = Válcool Preçoálcool 16,8 Preçogasolina = 44,4 Preçoálcool

22 Preço Preço álcool gasolina 16,8 44, ) Alternativa E O calor de 13,8 kcal será liberado quando 1 mol de H + e 1 mol de OH for neutralizado totalmente. Irá ocorrer entre as reações que tem ácidos e bases fortes envolvidos, pois ocorre 100% de ionização e dissociação. I. HNO3 (ácido forte) e KOH (base forte) IV. HSO4 (ácido forte) e KOH (base forte) 19.18) Alternativa A, C Irá ocorrer uma variação negativa da entropia quando o sistema ficar mais organizado. As duas reações possuem menor número de moléculas nos produtos, tornando o sistema mais organizado. H(g) + O(g) HO(l) 3 CH(g) 1 C6H6(g) 19.19) a) C6H1O6(s) + 6 O(g) 6 CO(g) + 6 HO(g) 1 mol C6H1O6 6 mol CO 180 g C6H1O6 64 g CO 500 g C6H1O6 x x = 733,3 g CO b) C6H1O6(s) + 6 O(g) 6 CO(g) + 6 HO(g) (0) 6 ( 394) + 6 ( 4) ΣHreagentes 174 ΣHprodutos 3816 ΔH = ΣHprodutos ΣHreagentes ΔH = 3816 ( 174) ΔH = 54 kj/mol 180 g C6H1O6 54 kj 500 g C6H1O6 x x = 7061,1 kj

23 19.0) a) massa de éter = 5 4 kg = 0 kg (0000 g) 1 mol C4H8O 74 g x 0000 g x = 70 mol P V = n R T P 8000 = 70 0, P = 0,081 atm b) 0000 g 100% x 10% x = 000 g 74 g 530 kj 000 g y y = kj QUI 7B aula ) Alternativa A 1) Correta. No Brasil, HS pode ser chamado de sulfeto de hidrogênio. ) Correta. A reação química de oxidação do ácido sulfídrico é: HS + 3 O SO + HO. 3) Incorreta. A reação responsável pela formação do ácido sulfúrico é uma síntese. SO3 + HO HSO4 4) Correta. 0.0) Alternativa C A reação da prata com o enxofre, formando o sulfeto de prata é representada pela equação: Ag + S AgS

24 Neste processo, a prata sofre oxidação: Ag Ag + + e 0.03) Alternativa C Na presença de luz, acontece a reação no sentido direto, aonde a prata recebe um elétron e sofre redução, representado pela semi reação: Ag + + e Ag A espécie que sofre redução é chamada de agente oxidante, logo, a prata é o agente oxidante. 0.04) Oxidação Como ocorre aumento do nox, o cálcio sofreu uma oxidação. 0.05) a) cobre (aumentou o nox) b) nitrogênio (diminuiu o nox) c) cobre (sofreu oxidação) d) nitrogênio (sofreu redução) 0.06) Redução Como ocorre diminuição do nox, o enxofre sofreu uma redução. 0.07) a) ganho b) perda c) transferência 0.08) a) oxigênio presente no peróxido de hidrogênio (HO) b) manganês c) KMnO4 d) HO 0.09) Alternativa D Ocorre um aumento no nox do enxofre, caracterizando uma oxidação.

25 0.10) Alternativa A Cromo redução Nitrogênio oxidação Cada cromo ganha 3 elétrons, portanto, ocorre a transferência de 6 elétrons. 0.11) Alternativa E O ferro sofre oxidação. 0.1) Alternativa D O agente oxidante é a espécie que sofre redução (ganha elétrons em uma reação química). 0.13) Alternativa B O metal zinco sofre oxidação e atua como agente redutor. 0.14) Alternativa C Cada átomo de bromo ganha 1 elétron. Como a molécula possui átomos de bromo, o Br recebe um total de dois elétrons.

26 1.15) Alternativa D I. Correta. Ocorre a redução do nitrogênio e a oxidação do hidrogênio. II. Correta. N sofre redução e é o agente oxidante. III. Incorreta. O número de oxidação do hidrogênio na amônia é ) Alternativa B As equações de oxirredução são as que apresentam mudança nos números de oxidação dos átomos nos reagentes e nos produtos. Equações I e III. 1.17) Alternativa D O íon dicromato (CrO7) sofre redução e é o agente oxidante da reação. 1.18) Alternativa D Um processo de oxirredução é o que apresenta diferença nos números de oxidação dos átomos presentes nos reagentes e nos produtos. 1.19) Reação de auto-oxirredução ou desproporcionamento

27 1.0) QUI 7B aula ) Alternativa C O agente oxidante é a espécie que sofre redução = HNO3 O agente redutor é a espécie que sofre oxidação = P4 1.0) Alternativa B O gás oxigênio sofre redução e atua como agente oxidante. 1.03) Alternativa A Quando o brilho das colheres de prata reaparece, ocorre o processo de redução dos íons prata (Ag + ) para formar prata metálica (Ag 0 ). A equação que mostra a redução de íons prata é: 3 Ag + + Al 0 Ag 0 + Al ) perdidos na oxidação ganhos na redução

28 1.05) o agente oxidante sofre redução o agente redutor sofre oxidação 1.06) H = sofre oxidação agente redutor O = sofre redução agente oxidante 1.07) 1.08) Cada átomo de Ca perdeu elétrons. Cada átomo de S ganhou elétrons. Portanto, a equação está balanceada. 1.09) Alternativa D Invertem-se as variações, para considerar como coeficientes: 3 Cu + HNO3 Cu(NO3) + NO + HO Completar o balanceamento: 3 Cu + 8 HNO3 3 Cu(NO3) + NO + 4 HO A soma dos coeficientes dos reagentes é 11 (3 + 8).

29 1.10) Alternativa E 3 H + + OH HO Equilibrando os íons: 6 H OH 6 HO São necessários 6 íons H + e 6 íons OH, logo, o balanceamento da equação com os menores números inteiros fica: H3PO4 + 3 Ba(OH) Ba3(PO4) + 6 HO O coeficiente estequiométrico da água é ) Alternativa B Invertem-se as variações, para considerar como coeficientes: 5 HCO4 + KMnO4 CO + MnO + KO + HO Completar o balanceamento: 5 HCO4 + KMnO4 10 CO + MnO + KO + 5 HO Como HCO4 sofre oxidação, é o agente redutor da reação. 1.1) Alternativa E Uma reação é classificada como de oxirredução quando ocorre alteração do Nox dos elementos: 1.13) Alternativa E

30 Invertem-se as variações, para considerar como coeficientes: 1 HS + 4 Br + HO HSO4 + HBr Completar o balanceamento: 1 HS + 4 Br + 4 HO 1 HSO4 + 8 HBr A soma dos menores coeficientes inteiros é: = ) Alternativa C Invertem-se as variações, para considerar como coeficientes: 1 Ag + HNO3 AgNO3 + HO + 1 NO Completar o balanceamento: 1 Ag + HNO3 1 AgNO3 + 1 HO + 1 NO A soma dos menores coeficientes inteiros dos produtos é: = ) Alternativa B É possível simplificar as variações por e invertem-se as variações, para considerar como coeficientes: 1 MnO + HCl + 1 Zn MnCl + ZnCl + HO Completar o balanceamento:

31 1 MnO + 4 HCl + 1 Zn 1 MnCl + 1 ZnCl + HO 1.16) Alternativa B Invertem-se as variações, para considerar como coeficientes: 1 FeO3 + 3 CO Fe + CO Completar o balanceamento: 1 FeO3 + 3 CO Fe + 3 CO A soma dos menores coeficientes inteiros dos produtos é: + 3 = ) Alternativa D Invertem-se as variações, para considerar como coeficientes: KMnO4 + HCl KCl + MnCl + HO + 5 Cl Completar o balanceamento: KMnO HCl KCl + MnCl + 8 HO + 5 Cl A soma dos menores coeficientes inteiros da reação é: = ) Alternativa C

32 Invertem-se as variações, para considerar como coeficientes: Cl + NaOH 5 NaCl + 1 NaClO3 + HO Completar o balanceamento: 3 Cl + 6 NaOH 5 NaCl + 1 NaClO3 + 3 HO O coeficiente do NaOH é ) a) b) 1.0) a) Agente oxidante = NO4 Agente redutor = (CH3)N NH b) A simples mistura dos reagentes faz com que a reação aconteça, tornando-a espontânea. Os produtos liberados são gasosos, facilitando a expansão do sistema e a propulsão do foguete. c) Quantidade de mol de produtos gasosos = 9 mol Pressão da superfície da lua = Pa PN Pt.X

33 5 3 PN PN 3.10 Pa QUI 7C aula ) Alternativa C A palavra dextrogira indica que a substância é opticamente ativa e desvia a luz plano polarizada para a direita (sentido horário). 19.0) Alternativa C A glicose possui 4 carbonos assimétricos, logo: 4 = 16 Terá 16 isômeros opticamente ativos ) Alternativa E A figura representa a imagem especular de um composto, um par de enantiômeros (isômeros ópticos) ) Alternativa D O composto 3-cloro--butanol possui carbonos assimétricos e apresenta isomeria óptica ) Alternativa C A estrutura possui 3 carbonos assimétricos ) Alternativa E

34 Um composto com cinco carbonos assimétricos terá 3 isômeros opticamente ativos. 5 = ) Alternativa B A estrutura possui isomeria geométrica (cis-trans) e isomeria óptica (não apresenta plano de simetria) ) Alternativa E 4 carbonos assimétricos 16 isômeros opticamente ativos 4 = ) 01 01) Correta. A glicose possui 4 carbonos assimétricos diferentes. 0) Incorreta. Não apresenta isômeros geométricos. 04) Incorreta. Não possui um átomo de carbono ligado a outros quatro carbonos. 08) Incorreta. A glicose é um carboidrato ) Alternativa B

35 1. Incorreta. Um par de enantiômeros pode ser separado.. Incorreta. Os compostos apresentados são isômeros ópticos, pois um é a imagem especular do outro. 3. Correta. Os compostos são isômeros ópticos e podem ser diferenciados pelo desvio da luz plano polarizada de um polarímetro. 4. Correta. Os compostos apresentados são um par de enantiômeros (imagens especulares) e cada um desvia a luz plano polarizada para um sentido. 5. Correta. O levogiro desvia a luz plano polarizada para a esquerda, enquanto o dextrogiro desvia a luz plano polarizada para a direita ) Alternativa D 1) Correta. A fração cíclica da hernadulcina não pode ser dividida em duas partes iguais, por isso é assimétrica. ) Incorreta. A insaturação da cadeia aberta não possui isomeria geométrica. 3) Incorreta. A fração cíclica da hernadulcina possui uma carbonila. 4) Correta. A fenilalanina possui um carbono assimétrico. 5) Incorreta. A fenilalanina não possui isomeria geométrica. 19.1) Alternativa C A fórmula de projeção representa apenas um composto ) Alternativa B As fórmulas apresentadas representam imagens especulares do ácido láctico, ou seja, dois compostos diferentes:

36 19.14) Alternativa D A estrutura apresenta 3 carbonos assimétricos ) Alternativa E Todos os compostos apresentam carbonos assimétricos, ou seja, irão apresentar atividade óptica ) 8 ( ) 01) Incorreta. Apresenta apenas um carbono assimétrico. 0) Incorreta. Possui as funções ácido carboxílico, amina e amida. 04) Correta. Sua fórmula molecular é C4H8NO3. 08) Correta. Existem dois carbonos sp 3 e dois carbonos sp. sp 3 sp

37 16) Correta. O Nox do carbono ligado que possui a função amida é ) Alternativa E Os compostos III e IV não possuem carbono assimétrico, logo, não desviam a luz plano polarizada ) Alternativa E O composto IV não apresenta isomeria geométrica, pois um dos carbonos possui ligantes iguais ) A glicose possui carbonos assimétricos, sendo assim, tem assimetria molecular e pode desviar a luz plano polarizada, caracterizando atividade óptica. 19.0) A e B são o mesmo composto, logo: I) Iguais II) Iguais III) Iguais C e D são enantiômeros, logo: I) Iguais II) Iguais III) Diferentes QUI 7C aula ) Alternativa D A reação é classificada como uma eliminação, pois elimina os grupos KCl e HO da estrutura orgânica. 0.0) Alternativa E

38 A adição de OH e H no composto orgânico indica uma reação de hidratação. 0.03) Alternativa A A clivagem que gera radicais (espécies com elétron desemparelhado) é chamada de homolítica. Esta é uma clivagem homolítica que gera radicais. 0.04) Alternativa B A reação é uma substituição, pois ocorre a substituição de um grupo por outro. 0.05) Alternativa A É obtido no produto final um alcano (hidrocarboneto saturado). 0.06) Alternativa C A transformação envolve uma reação de substituição de um átomo de hidrogênio por um átomo de cloro. 0.07) Alternativa A Um reagente eletrófilo é aquele que tem afinidade por elétrons, ou seja, uma espécie com baixa densidade eletrônica. Das opções indicadas, o íon H ) Alternativa C É uma reação de substituição. 0.09) Alternativa B I. Eliminação. Reação elimina dois átomos de cloro da estrutura orgânica. II. Adição. Reação adiciona dois átomos de hidrogênio na estrutura orgânica. III. Substituição. Ocorre substituição de grupos no anel aromático. 0.10) Alternativa A

39 Reação de A B Substituição eletrofílica (espécie que substitui é positiva CH3CH + ) Reação de C D Eliminação (ocorre a eliminação de um átomo de hidrogênio e um de cloro) Reação de D E Adição (ocorre a adição de dois átomos de hidrogênio) 0.11) Alternativa C I. Reação de adição (ocorre a adição de átomos de bromo na cadeia carbônica) II. Reação de substituição (ocorre a substituição do iodo pelo grupo cianeto) III. Reação de substituição (ocorre a substituição do hidrogênio pelo cloro) IV. Reação de eliminação (ocorre a eliminação de hidrogênio e bromo) 0.1) Alternativa A Nas reações ocorre homólise, pois acontece a formação de radicais livres (espécies que apresentam elétron desemparelhado). 0.13) Alternativa A O processo representa uma substituição por radicais livres (espécies que apresentam elétron desemparelhado). 0.14) Alternativa C 1. II - Substituição por radicais livres (necessita de luz para realizar a reação). III Adição eletrófilica de bromo na cadeia carbônica 3. I Substituição nucleofílica de OH 4. IV Eliminação de hidrogênio e bromo da cadeia carbônica 0.15) 0 01) Incorreta. a é uma reação de substituição e e uma reação de adição. c é uma reação de eliminação. 0) Correta. a e d são reações de substituição, b e e são reações de adição e c uma reação de eliminação. 04) Incorreta. a e d são reações de substituição, b e e são reações de adição. 08) Incorreta. A adição que ocorre em b é um processo que segue a regra de Markonikov (o hidrogênio é adicionado no carbono mais hidrogenado).

40 0.16) Alternativa D I. Incorreta. O carbono que possui carga positiva (carbocátion) não está com o octeto completo. II. Incorreta. É um exemplo de eletrófilo (espécie que possui afinidade por elétrons) devido à carga positiva. III. Correta. Pode reagir com água, pois existem pares de elétrons sobrando na água. 0.17) Alternativa D Ocorre uma substituição eletrófila, pois a espécie que substitui possui carga positiva (Br + ). 0.18) Alternativa A Ocorre uma substituição de um hidrogênio do anel aromático por uma hidroxila. 0.19) a) Reação de adição. b) Haleto orgânico. c) 0.0) a) eliminação vinilbenzeno b) adição - cloroetano c) substituição etilbenzeno QUI 7C aula ) Alternativa A A quebra das duplas ligações e a formação de alcano mostra que ocorreu uma reação de adição, pois átomos de hidrogênio foram adicionados à cadeia carbônica.

41 1.0) Alternativa D O produto formado é o -bromo--metil-octano, que pode ser representado na forma bastão: 1.03) Alternativa D I. Este indício mostra que possui uma massa molar menor que o gás nitrogênio (8 g/mol) II. A queima de 1 L de gás libera L de CO, logo, o hidrocarboneto possui dois carbonos. III. É capaz de descorar uma solução de bromo porque possui insaturações na cadeira. O gás indicado é o etino (CH M = 6 g/mol). 1.04) 1.05) 1.06) 1.07)

42 1.08) 1.09) 1.10) 1.11) 1.1) Alternativa D A hidrogenação do propeno é uma reação de adição: CH3 CH = CH + H CH3 CH CH3 1.13) Alternativa A É uma reação de adição do HI na cadeia carbônica, que irá inserir o H no carbono mais hidrogenado e o I no carbono menos hidrogenado, dando o produto: 1.14) Alternativa B

43 O produto predominante será o 3-bromo-,3-dimetil-pentano. 1.15) 10 (0 08) 01) Incorreta. O produto principal é o,-diiodo-butano. 0) Correta. O produto principal é o -iodo-buteno. 04) Incorreta. A questão considera que é formado apenas o produto principal na reação. 08) Correta. Ocorre a adição de hidrogênio e iodo na cadeia carbônica. 1.16) Alternativa B Será formado o 3-cloro-3-metil-pentano. 1.17) Alternativa D Pode-se preparar 1,-dicloro-propano reagindo propeno com Cl.

44 1.18) Alternativa A O produto formado é o -bromo--metil-propano. 1.19) 07 ( ) 01) Correta. É uma reação de adição em que acontece o rompimento da dupla ligação. 0) Correta. O crotonaldeído apresenta isomeria geométrica, devido à dupla ligação, possuindo as formas cis e trans. 04) Correta. Como o composto apresenta carbonos assimétricos, possui 4 isômeros opticamente ativos ( = 4). 08) Incorreta. A estrutura não possui dois carbonos quirais (assimétricos) iguais. 16) Incorreta. Existem quatro isômeros opticamente ativos. 3) Incorreta. O produto formado não apresenta isomeria geométrica. 1.0) Alternativa E

45 São formados o -propanol, o -cloro-propano e o propano. 1.1) a) b) 1.)

46 QUI 7D aula ) Alternativa B Como as condições são as mesmas, as concentrações das substâncias devem ser as mesmas quando a reação entra no equilíbrio (0,65 mol/l para COCl e 0,35 mol/l para CO e Cl). 19.0) Alternativa C 0,65 Kp = 5,3 0,35 0, ) Alternativa B (0,35) (0,35) Kp = 0,035 (0,65) 19.04) Alternativa E Kc = Kc = [CO ] [H ] [CO] [H O] 0,3 0,3 = 9 0,1 0, ) Alternativa E Kp = Kp = (pno) (pn ) (po ) (0,1) = 50 0, 0, ) Alternativa E Kp = Kp = (phi) (ph ) (pi ) (1,56) = 50, 0, 0,

47 19.07) Alternativa A NO4(g) NO(g) Início mol zero Reage 0,5 mol # Forma # 1 mol Equilíbrio 1,5 mol 1 mol/l Como o recipiente possui L: [NO4] = 0,75 mol/l [NO] = 0,5 mol/l 19.08) Alternativa D Kc = [NO] [N O ] 4 (0,5) Kc 0,75 0, ) Alternativa C PCl5(g) PCl3(g) + Cl(g) Início 1 mol zero zero Reage 0,47 mol # # Forma # 0,47 mol 0,47 mol Equilíbrio 0,53 mol/l 0,47 mol/l 0,47 mol/l Kc = [PCl3] [Cl] [PCl5] Kc = 0,47 0,47 0,53 Kc = 0, ) Alternativa A H(g) + Br(g) HBr(g) Início 1 mol 1 mol zero Reage 0,10 mol 0,10 mol # Forma # # 0,0 mol

48 Equilíbrio 0,90 mol 0,90 mol 0,0 mol Como o recipiente contém L: [H] = 0,45 mol/l [Br] = 0,45 mol/l [HBr] =0,10 mol/l Kc = Kc = [HBr] [H ] [Br ] (0,10) (0,45) (0,45) Kc = 0, ) Alternativa D PCl5(g) PCl3(g) + Cl(g) Início 1 mol zero zero Reage 0,8 mol # # Forma # 0,8 mol 0,8 mol Equilíbrio 0, mol/l 0,8 mol/l 0,8 mol/l Kc = [PCl3] [Cl] [PCl5] Kc = 0,8 0,8 0, Kc = 3, 19.1) Alternativa B A + B C + D Início 0,80 mol 0,80 mol zero zero Reage 0,60 mol 0,60 mol # # Forma # # 0,60 mol 0,60 mol Equilíbrio 0,0 mol/l 0,0 mol/l 0,60 mol/l 0,60 mol/l Kc = Kc = [C] [D] [A] [B] 0,60 0,60 0,0 0,0 Kc = 9

49 19.13) Alternativa E N(g) + 3 H(g) NH3(g) Início 1 mol 3 mol zero Reage 0,04 mol 0,1 mol # Forma # # 0,08 mol Equilíbrio 0,96 mol,88 mol 0,08 mol 19.14) 1 (04 08) H(g) + CO(g) HO(g) + CO(g) Início 1 mol 1 mol 1 mol 1 mol Reage x mol x mol # # Forma # # x mol x mol Equilíbrio 1 x mol 1 x mol 1 + x mol 1 + x mol Como o recipiente possui 10 L: [H] e [CO] = [HO] e [CO] = 1 x mol/l 10 1 x mol/l 10 Kc = 4 = [H O] [CO] [H ] [CO ] (1 x) (1 x) 4 (1 x) (1 x) 1 x = 1 x x = 0,333 mol [H] e [CO] = 0,0667 mol/l [HO] e [CO] = 0,1333 mol/l 01) Incorreta. As concentrações no equilíbrio são: [H] e [CO] = 0,0667 mol/l [HO] e [CO] = 0,1333 mol/l 0) Incorreta. As concentrações dos produtos são maiores que as dos reagentes.

50 04) Correta. As concentrações dos reagentes diminuíram na mesma proporção em que as concentrações dos produtos aumentaram. 08) Correta. As concentrações de H e CO são iguais a 0,0667 mol/l. 16) Incorreta. As concentrações de HO e CO são iguais a 0,1333 mol/l ) Alternativa C H(g) + I(g) HI(g) Início 1 mol 1 mol zero Reage x x # Forma # # x Equilíbrio 1 x mol/l 1 x mol/l x mol/l Kc = [HI] [H ] [I ] 100 = (x) (1 x) (1 x) 100 (x) (1 x) 10 = x 1 x x = 6 5 mol/l [H] = 6 1 mol/l [I] = 6 1 mol/l [HI] = 3 5 mol/l 19.16) Alternativa A CO(g) + HO(g) CO(g) + H(g) Início x mol x mol zero zero

51 Reage 9 mol 9 mol # # Forma # # 9 mol 9 mol Equilíbrio x 9 mol/l x 9 mol/l 9 mol/l 9 mol/l Kc = [CO ] [H ] [CO] [H O] 34 = 9 9 x 9 x (x 9) 18 = 9 x 9 x = 9,5 mol/l [CO] = [HO] = 0,5 mol/l 19.17) Alternativa A Butano(g) Isobutano(g) Início 1 mol zero Reage x # Forma # x Equilíbrio 1 x mol/l x mol/l Kc =,5 = [isobutano] [butano] x 1 x x = 0,071 mol/l 19.18) Alternativa C XSO XO XSO 3 PSO 0,4 4 1, ,1 0,4 0,5 6 0,1 0,6atm PO 6 0,4,4atm PSO 3 6 0,5 3atm

52 (pso 3) Kp = (pso ) (po ) Kp = (0,6) (3) (,4) Kp = 10, ) a) Como A é reagente, a curva mais lenta de consumo é a curva III. Como B é produto, a curva mais lenta de produção é a curva II. b) Foram consumidos 0,06 mol/l de A e produzidos 0,04 mol/l de B, logo: 0,06 mol A 0,09 mol B mol A 3 mol B Kc = Kc = [B] [A] 3 [0,09] [0,04] 3 = 0, ) a) Kp = (pco) (ph ) (pch ) (ph O) 4 3 b) Kp = 0, = (pco) (ph ) (pch ) (ph O) 4 (pco) (0,3) (0,4) (0,4) 3 3 pco = 1,18 atm QUI 7D aula ) Alternativa D

53 I. Correta. O aumento da pressão favorece a formação de amônia, pois aumenta a porcentagem de amônia no sistema. II. Correta. A diminuição da temperatura aumenta a porcentagem de amônia no sistema, o que indica favorecimento da formação de amônia, caracterizando uma reação exotérmica. III. Incorreta. Com pressão de 100 atm e 500ºC a porcentagem de amônia é 10%, enquanto que na pressão de 80 atm e 450ºC a porcentagem de amônia é cerca de 15%. 0.0) Alternativa C Na temperatura de 450ºC e pressão de 10 atm, o sistema possui 0% de amônia, que equivale a 50 toneladas. Na temperatura de 300ºC e pressão de 100 atm, o sistema possui 50% de amônia, que equivale a: 50 t NH3 0% x 50% x = 15 t 15 t 50 t = 75 t Foram obtidas 75 t de NH3 a mais. 0.03) Alternativa A I. Correta. A amônia é uma fonte importante de nitrogênio para os fertilizantes sintéticos. II. Correta. A reação de síntese da amônia pode ser descrita como: N(g) + 3 H(g) NH3(g). 0.04) Alternativa A Como é uma reação exotérmica, a síntese da amônia é favorecida com baixas temperaturas, pois a diminuição da temperatura desloca a reação para o sentido exotérmico. 0.05) Alternativa C I. Correta. Entre t1 e t o sistema está em equilíbrio, portanto, as concentrações dos produtos e reagentes permanecem constantes. II. Correta. Em t ocorre um aumento repentino na concentração dos produtos, indicando que ocorreu adição deles no sistema.

54 III. Correta. A adição de produtos faz com que a reação desloque o equilíbrio para a esquerda, formando mais A e B. IV. Incorreta. Em t3 o sistema volta ao estado de equilíbrio, pois as concentrações permanecem constantes. 0.06) Alternativa B O aumento da temperatura favorece o deslocamento para a reação no sentido endotérmico, que neste caso é o sentido direto da reação, da esquerda para a direita. 0.07) Alternativa E H(g) + O(g) HO(g) 3 volumes volumes Aumentar a pressão irá deslocar o equilíbrio para o sentido que possui o menor volume gasoso, ou seja, para a formação de água. 0.08) Alternativa C I. Incorreta. Um sólido não desloca o equilíbrio. II. Incorreta. Por ter concentração constante, um sólido não desloca o equilíbrio. III. Correta. Aumentar a concentração de CO irá deslocar o equilíbrio para a direita. IV. Incorreta. O sistema tem o mesmo número de mol de gás nos reagentes e produtos, portanto, a pressão não desloca o equilíbrio. V. Correta. Reduzir a concentração de CO irá deslocar o equilíbrio para a direita, para recuperar o CO retirado. 0.09) Alternativa E O aumento da concentração do NO irá deslocar o equilíbrio para a esquerda e não altera o Kc. 0.10) Alternativa D Em t1 foi adicionado H (é possível observar pelo aumento repentino na concentração), que irá deslocar o equilíbrio para direita, aumentando a concentração de HI.

55 0.11) Alternativa C Quando a constante de equilíbrio diminui, indica que o equilíbrio é deslocado no sentido inverso da reação. O aumento da temperatura desloca a reação para o sentido endotérmico, que é o inverso, devido à diminuição do Kc. O sentido direto da reação é exotérmico. 0.1) Alternativa B O sistema que não desloca por alteração de pressão é o que apresenta a mesma quantidade de mols gasosos nos reagentes e produtos. CO(g) + H(g) CO(g) + HO(g) 0.13) Alternativa C A expressão matemática do Kp para a reação é: Kp = [NH3] [HCl] Sólidos não participam das constantes de equilíbrio. 0.14) Alternativa C I. Correta. Reduzir o volume do recipiente significa aumentar a pressão do sistema, que irá acarretar em um deslocamento do equilíbrio para o sentido de menor volume, no caso, a produção de NO4. II. Correta. A introdução de NO irá deslocar o equilíbrio para esquerda, aumentando a quantidade de NO4. III. Incorreta. A introdução de NO4 irá deslocar o equilíbrio para a direita, diminuindo a quantidade de NO4 do sistema e aumentando a quantidade de NO. IV. Incorreta. A adição de gás inerte não afeta o equilíbrio. 0.15) Alternativa B I. Correta. O aumento da temperatura irá deslocar a reação no sentido direto, que é endotérmico. II. Incorreta. O sistema não apresenta nenhum componente gasoso, logo, a pressão não afetará o sistema.

56 III. Incorreta. A adição de água irá deslocar o equilíbrio para a esquerda, ou seja, diminuirá a produção do flavorizante. IV. Correta. A retirada de água irá deslocar a reação para a direita, favorecendo a formação dos produtos. 0.16) Alternativa E Y = o aumento da temperatura irá deslocar a reação no sentido direto, ou seja, a formação de B, que como consequência, causa um maior consumo no reagente A. O gráfico que atende esse comportamento é o II. Z = a adição de catalisador não desloca o equilíbrio, apenas faz com que ele seja atingido em um menor tempo. O gráfico que atende esse comportamento é o I. 0.17) Alternativa C O aumento da temperatura diminui a quantidade do produto C no sistema, portanto, desloca a reação no sentido inverso (sentido endotérmico). Uma reação que diminui a quantidade de produtos com o aumento da temperatura é uma reação exotérmica. O aumento da pressão favorece a formação de C, portanto, possui menor volume gasoso (menor número de mol de gás), logo, x + y > z. 0.18) Alternativa A I. Exotérmica. Quando a temperatura do sistema aumenta e ocorre uma diminuição do Kc, indica que o equilíbrio está sendo deslocado no sentido inverso (endotérmico), logo, a reação no sentido direto é exotérmica. II. Endotérmica. Quanto a temperatura do sistema aumenta e ocorre um aumento do Kc, indica que o equilíbrio está sendo deslocado no sentido direto (endotérmico), logo, a reação é endotérmica. 0.19) Gráfico I Adição de N. O aumento repentino na concentração de N indica que ocorreu a adição do reagente, que irá deslocar o equilíbrio no sentido direto, da esquerda para a direita. Gráfico II Aumento da temperatura.

57 A concentração de NO diminuiu, enquanto as concentrações de N e O aumentaram, indicando que o equilíbrio foi deslocado para a esquerda. Como o sentido inverso da reação é endotérmico, ocorreu um aumento na temperatura do sistema para fazer o deslocamento. Gráfico III Retirada de NO. A diminuição repentina na concentração de NO indica que ocorreu a retirada do produto, que irá deslocar o equilíbrio no sentido direto, da esquerda para a direita. 0.0) a) A reação absorve calor no sentido direto, pois com o aumento na temperatura (água em ebulição) o sistema adquiriu cor azul, ou seja, formou mais [CoCl4]. b) A constante de equilíbrio terá o menor valor no sistema que estiver com seu equilíbrio mais deslocado para a esquerda (cor rosa), pois a concentração de reagentes será maior. QUI 7D aula ) Alternativa B Como a concentração de oxigênio é menor, ocorre um deslocamento no equilíbrio para o sentido inverso da reação (sentido ). 1.0) Alternativa E Kc = Kc = [HI] [H ] [I ] (0,076) (0,017) (0,007) Kc = ) Alternativa A A adição de H pode ser identificada por um aumento súbito na concentração da substância. O gráfico que indica o sistema é:

58 1.04) Alternativa D I. Incorreta. Aumentar a temperatura irá deslocar o equilíbrio para o sentido inverso (sentido endotérmico). II. Correta. Aumentar a pressão desloca o equilíbrio para a formação de SO3 (sentido que possui o menor volume gasoso). III. Incorreta. Um catalisador não desloca o equilíbrio. IV. Correta. O aumento da pressão parcial de O irá deslocar a reação para a direita, que é a formação do SO ) Alternativa E Aumentar a pressão parcial de CO (aumentar a concentração) irá deslocar a reação para a direita, que é a formação do ferro. 1.06) Alternativa A I. Correta. O ferro atua como catalisador na reação. II. Incorreta. Como a reação é exotérmica, o aumento da temperatura faz com que ocorra o deslocamento do equilíbrio para a esquerda, diminuindo o rendimento de NH3. III. Correta. O aumento da pressão desloca o equilíbrio para o sentido da formação da amônia (menor volume gasoso). IV. Correta. A diminuição da pressão parcial da amônia (diminuição da concentração) desloca o equilíbrio para a direita.

59 1.07) Alternativa E A adição de um catalisador não desloca o equilíbrio, apenas acelera a reação. 1.08) Alternativa A A adição de CO no sistema irá deslocar o equilíbrio para a esquerda, fazendo com que ocorra um aumento na concentração de COCl e uma diminuição na concentração de Cl. [COCl] = nova > antiga [CO] = nova > antiga [Cl] = nova < antiga 1.09) Alternativa A O aquecimento no tubo indica que a reação libera calor, sendo exotérmica. Se a temperatura for aumentada, ocorre o deslocamento do equilíbrio para o sentido inverso da reação, que favorece a formação dos reagentes. 1.10) Alternativa C O aumento da pressão desloca o equilíbrio para o sentido que tem o menor volume gasoso. O equilíbrio será deslocado para a direita na reação: CO(g) + O(g) CO(g) 1.11) Alternativa A A reação é exotérmica, logo, um aumento na temperatura irá deslocar a reação para o sentido inverso (sentido endotérmico), diminuindo a concentração de SO3. O gráfico que melhor representa a mudança é: 1.1) Alternativa D Uma reação endotérmica é favorecida com o aumento da temperatura, portanto, o equilíbrio será deslocado para o sentido endotérmico da reação, aumentando a concentração dos produtos. O aumento na concentração dos produtos faz com que ocorre um aumento na constante de equilíbrio (k). O gráfico que melhor representa a situação é:

60 1.13) Alternativa A A alta temperatura tem como objetivo aumentar a velocidade da reação. 1.14) Alternativa B I. Desfavorece a reação. Em um sistema fechado, a produção de gás aumenta a pressão do sistema, o que irá deslocar a reação no sentido inverso (menor volume gasoso). II. Favorece a reação. Em um sistema aberto, o gás produzido irá sair do sistema, fazendo com que a reação direta ocorra mais. III. Desfavorece a reação. A presença de CO desfavorece a reação direta, pois é um dos produtos da reação. IV. Favorece a reação. A remoção de água do sistema irá favorecer a reação, pois faz com que o equilíbrio seja deslocado para direita. 1.15) Alternativa C A diminuição do volume faz com que ocorra um aumento na pressão do sistema. Recipiente A o equilíbrio será deslocado para a direita (menor volume gasoso), fazendo com que o número de mols do sistema diminua. Recipiente B o equilíbrio não será afetado pelo aumento de pressão, pois existe o mesmo volume gasoso tanto nos reagentes como nos produtos. Número de mols permanece constante. 1.16) Alternativa D I. Correta. O alto valor do Kc indica que a concentração dos produtos é maior que a dos reagentes, logo, a reação direta é favorecida. II. Correta. A diminuição da pressão irá deslocar o equilíbrio para a esquerda, desfavorecendo a formação da amônia. III. Incorreta. Como é uma reação exotérmica, altas temperaturas irão deslocar o equilíbrio no sentido inverso (reação endotérmica). IV. Correta. É uma reação exotérmica, logo, a entalpia dos produtos é menor que a dos reagentes, ocorrendo a liberação de energia.

61 1.17) 8 ( ) 01) Incorreta. O sistema é um equilíbrio dinâmico, a reação direta e inversa acontece com a mesma velocidade. 0) Incorreta. Quando ocorre a reação direta, diminui o número de mols total do sistema, fazendo com que ocorra uma diminuição do volume gasoso. 04) Correta. Conforme a reação vai ocorrendo, a concentração de NO irá diminuir, fazendo com que ocorra uma diminuição na intensidade da cor. 08) Correta. NO(g) NO4(g) (33) 9 Hr = 66 kj Hp = 9 kj ΔH = Hp Hr ΔH = 9 66 ΔH = 57 kj Como é uma reação exotérmica (libera calor), para não ocorrer alteração na temperatura do sistema, deverá acontecer a transferência de calor para o ambiente. 16) Correta. Quando a reação acontece, pela diminuição do volume gasoso, o êmbolo irá descer. Quando se deseja mover o êmbolo para restabelecer o volume inicial, ocorrerá um aumento no volume do sistema, que ocasiona uma diminuição na pressão. A diminuição da pressão favorece o sentido que possui o maior volume gasoso (formação de NO), que irá intensificar a coloração marrom. 1.18) 57 ( ) 01) Correta. Como o ΔG é negativo, a reação é espontânea. 0) Incorreta. O aumento da temperatura favorece o sentido inverso da reação (sentido endotérmico), que é a decomposição da amônia. 04) Incorreta. A inserção de um gás inerte no sistema não afeta o equilíbrio. 08) Correta.

62 A retirada parcial do gás hidrogênio irá deslocar o equilíbrio para a esquerda, diminuindo a produção de amônia. 16) Correta. O aumento na concentração do gás nitrogênio irá deslocar o equilíbrio para direita, aumentando a produção de amônia. 3) Correta. Ocorre a diminuição do Nox do nitrogênio de zero para 3, um processo de redução. 1.19) a) Em locais com a altitude mais elevada, a concentração de gás oxigênio é menor. Irá ocorrer um deslocamento do equilíbrio para a esquerda, diminuindo a concentração de oxihemoglobina. Como consequência ocorre a diminuição da capacidade respiratória e rendimento do atleta. b) Quando o atleta permanece mais tempo em regiões com altitude elevada, ocorre o aumento da concentração de hemoglobina no sangue, que normalizará a formação de oxihemoglobina e restabelecendo o rendimento do atleta. Como a síntese de hemoglobina consome átomos de ferro, a concentração de ferro no organismo irá diminuir. 1.0) a) O oxigênio está mais dissolvido em águas com a temperatura menor, ou seja, a 10ºC, pois o equilíbrio será deslocado para a direita (sentido exotérmico). b) No lago da base terá maior quantidade de oxigênio dissolvido, pois a pressão atmosférica e a concentração de gás oxigênio é maior, deslocando o equilíbrio para a direita. QUI 7E aula ) Alternativa C A reação de um metal com ácido é uma reação de deslocamento. Fe + HA FeA + H 19.0) Alternativa C Reação 1 = Dupla troca (reação de ácido com sal de caráter básico) Reação = Decomposição (1 reagente formando produtos) 19.03) Alternativa D

63 I. Um metal que é mole como cera e reage com a água = sódio. II. Elemento capaz de fazer longas cadeias = carbono ) Alternativa B (d) Reação de Dupla Troca NaOH + HSO4 NaSO4 + HO (a) Reação de Síntese H + O HO (c) Reação de Simples Troca Zn + HCl ZnCl + H (b) Reação de Decomposição HCO3 HO + CO 19.05) Alternativa D Os produtos formados na reação são o hidróxido de sódio (NaOH) e o gás hidrogênio (H) ) Alternativa C I. CuSO4 + NaOH Cu(OH) + NaSO4 Dupla troca II. Cu(OH) CuO + HO Decomposição ou análise III. Zn + AgNO3 Ag + Zn(NO3) Simples troca ou deslocamento IV. NH3 + HCl NH4Cl Síntese ou adição 19.07) Alternativa C 1 KBrO3 1 KBr + 3/ O O coeficiente o O é 3/ para a reação ficar corretamente balanceada ) Alternativa A O ácido clorídrico não pode ser guardado em recipiente de alumínio metálico, pois vai ocorrer a reação do metal como ácido, causando a corrosão do recipiente ) 63 ( ) 01) Correta. Uma característica das reações químicas é formar novas substâncias (produtos). 0) Correta. É possível diferenciar as propriedades físicas e químicas dos reagentes e dos produtos. 04) Correta. Uma reação química ocorre em proporções fixas e com conservação das massas (leis ponderais). 08) Correta. As reações químicas podem ser representadas por equações químicas.

64 16) Correta. Uma reação química é um rearranjo de átomos. 3) Correta. Ocorre absorção ou liberação de energia em uma reação química ) Alternativa A A reação de coagulação é uma dupla troca entre um sal e uma base ) Alternativa A I. Deslocamento Ca + HO Ca(OH) + H II. Síntese (Combinação) Mg + Br MgBr III. Decomposição NaHSO3 NaSO3 + HO + SO 19.1) Alternativa D O deslocamento não irá acontecer quando um elemento menos reativo está na forma simples, pois não consegue deslocar um elemento mais reativo: Zn + NaCl não ocorre Menos reativo Mais reativo 19.13) Alternativa A A possibilidade de deslocamento acontece quando um elemento mais reativo desloca um menos reativo: NaBr + Cl NaCl + Br Menos reativo Mais reativo 19.14) Alternativa B A reação será espontânea quando um elemento mais reativo desloca um elemento menos reativo: II. Mg + HCl MgCl + H Mais reativo Menos reativo III. Al + 6 HCl AlCl3 + 3 H Mais reativo Menos reativo 19.15) Alternativa D

65 Mg + HCl MgCl + H Cloreto de magnésio = MgCl Gás hidrogênio = H 19.16) Alternativa B Y + HO YOH + ½ H Y é uma espécie mais reativa que hidrogênio. Forma um óxido na proporção de YO, portanto, o nox do Y é +1. Y é um metal alcalino ) Alternativa E Os metais que reagem com água são reativos (grupos 1 e ). Ca + HO Ca + + OH + H K + HO K + + OH + H 19.18) 63 ( ) 01) Correta. CaCO3(s) 0) Correta. Δ CaO(s) + CO(g) Os metais alcalinos e alcalinos terrosos reagem com água, formando uma base e gás hidrogênio M + HO MOH + ½ H 04) Correta. A reação dos metais alcalinos com a água é violenta e exotérmica, liberando gás em alta velocidade. 08) Correta. Os metais comuns não reagem com a água, mas na presença de ácidos, podem sofrer oxidação. 16) Correta. Eletrólise decomposição pela eletricidade. Fotólise decomposição pela luz. Pirólise decomposição pelo calor. 3) Correta. Toda reação de simples troca envolve mudança no Nox dos elementos (oxirredução), enquanto uma reação de dupla troca não é uma oxirredução.

66 19.19) O metal mais reativo é aquele que possui mais facilidade em deslocar outro elemento. A e B são metais mais reativos que o hidrogênio, pois reagem com ácidos, porém, o metal B é capaz de deslocar o A, logo B é o mais reativo. O metal mais nobre é aquele que é pouco reativo. C e D não reagem com ácido, portanto, são menos reativos que o H +, podendo ser considerados nobres. Como o metal C desloca o D, D é o menos reativo, logo D é o mais nobre. 19.0) As duas informações são falsas: a) o sódio é um metal muito reativo, e, portanto, não é encontrado na natureza na forma de sódio metálico (Na 0 ), mas sim na forma combinada (exemplos: NaCl, NaNO3). b) o ouro é um metal nobre e, portanto, não é encontrado na natureza na forma combinada (como, por exemplo, óxido de ouro), mas é encontrado na forma de ouro metálico (Au 0 ). QUI 7E aula ) Alternativa E A chuva ácida pode atacar o mármore e a pedra sabão, que é constituída de carbonato de cálcio, por uma reação de dupla troca. HSO4 + CaCO3 CaSO4 + HCO3 (HO + CO) O ferro também reage com a chuva ácida, por uma reação de simples troca. Fe + HSO4 FeSO4 + H 0.0) Alternativa D 1 t HSO4 1 t CaCO t HSO4 x x = t CaCO t CaCO3 80% y 100% y = 1500 t calcário 1 caminhão 30 t z 1500 t

Cadex Pré-vestibular Química Volume I Série 4 Geometria molecular; polaridade; forças intermoleculares

Cadex Pré-vestibular Química Volume I Série 4 Geometria molecular; polaridade; forças intermoleculares 01 I. H 2, linear (a) II. O 2, linear (a) III. H 2 O, angular (b) IV. NH 3, piramidal (c) V. CH 4, tetraédrica (e) VI. CO 2, linear (a) VII. BF 3, trigonal (d) VIII. H 2 S, angular (b) IX. CCl 4, tetraédrica

Leia mais

COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR

COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR Página 1 de 6 COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR Unidade Osasco. Processo Avaliativo Trabalho Bimestral 2º Bimestre/2014 Disciplina: Matemática - 2º Ano Período: Manhã Nome do aluno: Nº: Turma: O trabalho bimestral

Leia mais

TERMOQUÍMICA RITA SIMÕES

TERMOQUÍMICA RITA SIMÕES TERMOQUÍMICA RITA SIMÕES CONCEITOS IMPORTANTES SISTEMA -É qualquer porção do universo escolhida para observação para, estudo ou análise. ENERGIA - resultado do movimento e da força gravitacional existentes

Leia mais

EXERCÍCIOS PROPOSTOS RESUMO. ΔH: variação de entalpia da reação H R: entalpia dos reagentes H P: entalpia dos produtos

EXERCÍCIOS PROPOSTOS RESUMO. ΔH: variação de entalpia da reação H R: entalpia dos reagentes H P: entalpia dos produtos Química Frente IV Físico-química Prof. Vitor Terra Lista 04 Termoquímica Entalpia (H) e Fatores que Alteram o ΔH RESUMO Entalpia (H) é a quantidade total de energia de um sistema que pode ser trocada na

Leia mais

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011 CATEGORIA EM-2 Nº INSCRIÇÃO: Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011 Questão 3: O chamado soro caseiro é uma tecnologia social que consiste na preparação e administração de uma mistura de água,

Leia mais

= 0 molécula. cada momento dipolar existente na molécula. Lembrando que u R

= 0 molécula. cada momento dipolar existente na molécula. Lembrando que u R Lista de Exercícios de Geometria e Ligações 1) Numere a segunda coluna (estruturas geométricas) de acordo com a primeira coluna (compostos químicos). 1. NH 3 ( ) linear 2. CO 2 ( ) angular 3. H 2 O ( )

Leia mais

Questão 76. Questão 78. Questão 77. alternativa D. alternativa C. alternativa A

Questão 76. Questão 78. Questão 77. alternativa D. alternativa C. alternativa A Questão 76 O hidrogênio natural é encontrado na forma de três isótopos de números de massa, 1, 2 e 3, respectivamente: 1 1 H, 2 1 H e 3 1 H As tabelas periódicas trazem o valor 1,008 para a sua massa atômica,

Leia mais

Prova de Química Resolvida Segunda Etapa Vestibular UFMG 2011 Professor Rondinelle Gomes Pereira

Prova de Química Resolvida Segunda Etapa Vestibular UFMG 2011 Professor Rondinelle Gomes Pereira QUESTÃO 01 Neste quadro, apresentam-se as concentrações aproximadas dos íons mais abundantes em uma amostra de água típica dos oceanos e em uma amostra de água do Mar Morto: 1. Assinalando com um X a quadrícula

Leia mais

FIEB FUNDAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DE BARUERI CURSINHO PREPARATÓRIO PARA VESTIBULARES PROVA DE QUÍMICA 2016

FIEB FUNDAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DE BARUERI CURSINHO PREPARATÓRIO PARA VESTIBULARES PROVA DE QUÍMICA 2016 FIEB FUNDAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DE BARUERI CURSINHO PREPARATÓRIO PARA VESTIBULARES PROVA DE QUÍMICA 2016 NOME: INSCRIÇÃO: RG: E-MAIL: TEL: INSTRUÇÕES Verifique se este caderno corresponde a sua opção

Leia mais

PROF: Alex LISTA 3 DATA: 22/06/2011

PROF: Alex LISTA 3 DATA: 22/06/2011 NOME: PROF: Alex LISTA 3 DATA: /06/0 Estudar para segunda fase-uftm. Com a finalidade de manter uma imagem jovem, muitas pessoas eliminar as rugas do rosto utilizando a quimioesfoliação (peeling químico),

Leia mais

38 C 37 B 39 D. Sabendo-se que a amônia (NH 3. ) é constituída por moléculas polares e apresenta boa solubilidade em água. o diclorometano (CH 2.

38 C 37 B 39 D. Sabendo-se que a amônia (NH 3. ) é constituída por moléculas polares e apresenta boa solubilidade em água. o diclorometano (CH 2. QUÍMICA 37 B Sabendo-se que a amônia (N 3 ) é constituída por moléculas polares e apresenta boa solubilidade em água o diclorometano (C Cl ) não possui isômeros Sua molécula apresenta polaridade, devido

Leia mais

Processo Seletivo/UFU - Janeiro 2004-2ª Prova Comum - PROVA TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 32

Processo Seletivo/UFU - Janeiro 2004-2ª Prova Comum - PROVA TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 32 QUÍMICA QUESTÃO 31 Considerando a Tabela Periódica e as propriedades dos elementos químicos, assinale a alternativa correta A) Um metal é uma substância dúctil e maleável que conduz calor e corrente elétrica

Leia mais

Calor de Reação Forma de determinar a energia absorvida ou liberada em uma reação = ΔH da reação.

Calor de Reação Forma de determinar a energia absorvida ou liberada em uma reação = ΔH da reação. TERMOQUIMICA Estuda a variação de energia, ou seja, a variação de temperatura nas reações químicas. Essa energia é chamada de Entalpia representada pelo símbolo H. Reação endotérmica (absorve energia)

Leia mais

UFMG - 2005 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

UFMG - 2005 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR UFMG - 2005 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Química Questão 01 Carbono é um elemento cujos átomos podem se organizar sob a forma de diferentes alótropos. Alótropos H de combustão a 25

Leia mais

EX Y > EX=Y > EX Y Etripla > Edupla > Esimples RESUMO EXERCÍCIO RESOLVIDO

EX Y > EX=Y > EX Y Etripla > Edupla > Esimples RESUMO EXERCÍCIO RESOLVIDO Química Frente IV Físico-química Prof. Vitor Terra Lista 06 Termoquímica Outros Tipos de ΔH e Energia de Ligação RESUMO ΔH nas mudanças de estado: o ΔH quando 1 mol de substância muda de estado físico

Leia mais

Exercícios sobre Termoquímica- variação de entalpia

Exercícios sobre Termoquímica- variação de entalpia Exercícios sobre Termoquímica- variação de entalpia 01. (Cesgranrio) Quando se adiciona cal viva (CaO) à água, há uma liberação de calor devida à seguinte reação química: CaO + H 2O Ca(OH) 2 + X kcal/mol

Leia mais

Exercícios sobre Termoquímica- lei de hess

Exercícios sobre Termoquímica- lei de hess Exercícios sobre Termoquímica- lei de hess 01. (Unesp - adaptada) Definir, ou conceituar, e discutir, usando exemplos quando julgar conveniente: a) entalpia molar padrão de formação de uma substância;

Leia mais

Alteração de K c ou K p. Não. Não. Não. Não. Sim. Sim. 4 NH3(g) + 5 O2(g) 4 NO2(g) + 6 H2O(g); H < 0

Alteração de K c ou K p. Não. Não. Não. Não. Sim. Sim. 4 NH3(g) + 5 O2(g) 4 NO2(g) + 6 H2O(g); H < 0 Química Frente IV Físico-química Prof. Vitor Terra Lista 11 Equilíbrio Químico Deslocamento de Equilíbrio Perturbação Adição de um participante* Retirada de um participante* Aumento da pressão total**

Leia mais

P R O V A D E Q UÍMICA I. A tabela abaixo apresenta os pontos de ebulição e a solubilidade em água de alguns álcoois e éteres importantes.

P R O V A D E Q UÍMICA I. A tabela abaixo apresenta os pontos de ebulição e a solubilidade em água de alguns álcoois e éteres importantes. 17 P R O V A D E Q UÍMICA I QUESTÃO 46 A tabela abaixo apresenta os pontos de ebulição e a solubilidade em água de alguns álcoois e éteres importantes. Composto Pe ( o C) Solubilidade em água CH 3 CH 2

Leia mais

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Química

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Química Vestibular UFRGS 2015 Resolução da Prova de Química 26. Alternativa (C) Assunto: Propriedades físicas das substâncias densidade Os materiais apresentam diferentes densidades e mesma massa envolvida logo,

Leia mais

Reações orgânicas. Mestranda: Daniele Potulski Disciplina: Química da Madeira I

Reações orgânicas. Mestranda: Daniele Potulski Disciplina: Química da Madeira I Reações orgânicas Mestranda: Daniele Potulski Disciplina: Química da Madeira I Introdução Quase todos os compostos orgânicos tem moléculas apolares ou com baixa polaridade; Essa característica é um fator

Leia mais

Questão 13. Questão 15. Questão 14. alternativa C. alternativa E

Questão 13. Questão 15. Questão 14. alternativa C. alternativa E Questão 13 As três substâncias indicadas abaixo são usadas em remédios para gripe, devido a sua ação como descongestionantes nasais: neo-sinefrina propadrina benzedrex Essas três substâncias apresentam

Leia mais

(g) CaCO 3 1 H 2. (g) 2 H(g) Dado: massa molar do H 5 1 g/mol Considere os seguintes diagramas da variação de entalpia para a reação acima: 2 H(g)

(g) CaCO 3 1 H 2. (g) 2 H(g) Dado: massa molar do H 5 1 g/mol Considere os seguintes diagramas da variação de entalpia para a reação acima: 2 H(g) Resolução das atividades complementares Química Q5 Energias de ligação p. 49 1 (Uni-Rio-RJ) Os romanos utilizavam CaO como argamassa nas construções rochosas. O CaO era misturado com água, produzindo Ca(OH),

Leia mais

5. (Espcex (Aman) 2013) Uma amostra de 5 g de hidróxido de sódio (NaOH) impuro foi dissolvida em água suficiente para formar 1L de solução.

5. (Espcex (Aman) 2013) Uma amostra de 5 g de hidróxido de sódio (NaOH) impuro foi dissolvida em água suficiente para formar 1L de solução. 1. (Enem ª aplicação 010) Alguns fatores podem alterar a rapidez das reações químicas. A seguir, destacam-se três exemplos no contexto da preparação e da conservação de alimentos: 1. A maioria dos produtos

Leia mais

ENERGIA E AS REAÇÕES QUÍMICAS

ENERGIA E AS REAÇÕES QUÍMICAS ENERGIA E AS REAÇÕES QUÍMICAS Termoquímica é a parte da química que estuda as trocas de energia entre o sistema e o meio durante a ocorrência de uma reação química ou de um processo físico. ENTALPIA É

Leia mais

(I) 2 C(s) + O2(g) 2 CO(g) (II) C(s) + O2(g) CO2(g) H = - 394 kj.mol -1. (III) 2 CO(g) + O2(g) 2 CO2 (g) H = - 283 kj.mol -1

(I) 2 C(s) + O2(g) 2 CO(g) (II) C(s) + O2(g) CO2(g) H = - 394 kj.mol -1. (III) 2 CO(g) + O2(g) 2 CO2 (g) H = - 283 kj.mol -1 Química Frente IV Físico-química Prof. Vitor Terra Lista 05 Termoquímica Lei de Hess e Entalpia de Formação Lei de Hess RESUMO Lembre-se de que essa soma leva em conta as quantidades de reagentes/produtos,

Leia mais

LISTA COMPLEMENTAR DE EXERCÍCIOS. Ensino Médio 3º ano. Cinética Química Equilíbrio Químico Equilíbrio Iônico

LISTA COMPLEMENTAR DE EXERCÍCIOS. Ensino Médio 3º ano. Cinética Química Equilíbrio Químico Equilíbrio Iônico LISTA COMPLEMENTAR DE EXERCÍCIOS Ensino Médio 3º ano Cinética Química Equilíbrio Químico Equilíbrio Iônico Prof. Ricardo Finkler 2011 1) A velocidade de uma reação química depende: I. Do número de colisões

Leia mais

1. Qual a fórmula do composto formado entre o cálcio, Ca (Z = 20) e o flúor F (Z = 9)?

1. Qual a fórmula do composto formado entre o cálcio, Ca (Z = 20) e o flúor F (Z = 9)? EXERCÍCIOS REVISÃO 1ª série 1. Qual a fórmula do composto formado entre o cálcio, Ca (Z = 20) e o flúor F (Z = 9)? 2. Qual a fórmula do composto formado entre o potássio, K (Z = 19) e o enxofre, S (Z =

Leia mais

EXERCÍCIOS DO ITA (1980-1999)

EXERCÍCIOS DO ITA (1980-1999) EXERCÍCIOS DO ITA (1980-1999) 1- (ITA-1980) Um ânion mononuclear bivalente com 10 elétrons apresenta: a) 10 prótons nucleares b) a mesma estrutura eletrônica que a do Mg 2+. c) número de massa igual a

Leia mais

TERMOQUÍMICA. Desta forma podemos dizer que qualquer mudança química geralmente envolve energia.

TERMOQUÍMICA. Desta forma podemos dizer que qualquer mudança química geralmente envolve energia. TERMOQUÍMICA 1 Introdução A sociedade moderna depende das mais diversas formas de energia para sua existência. Quase toda a energia de que dependemos é obtida a partir de reações químicas, como a queima

Leia mais

QUÍMICA. 01. Em 1913, Niels Bohr propôs um modelo para o. 03. Dados termodinâmicos de alguns combustíveis são

QUÍMICA. 01. Em 1913, Niels Bohr propôs um modelo para o. 03. Dados termodinâmicos de alguns combustíveis são QUÍMIA 01. Em 1913, Niels Bohr propôs um modelo para o átomo de hidrogênio que era consistente com o modelo de Rutherford e explicava o espectro do átomo daquele elemento. A teoria de Bohr já não é a última

Leia mais

Olimpíada Brasileira de Química - 2009

Olimpíada Brasileira de Química - 2009 A Olimpíada Brasileira de Química - 2009 MODALIDADE A ( 1º e 2º anos ) PARTE A - QUESTÕES MÚLTIPLA ESCOLHA 01. O gás SO 2 é formado na queima de combustíveis fósseis. Sua liberação na atmosfera é um grave

Leia mais

Professora Sonia. b) 3Ag 2O (s) + 2Al (s) 6Ag (s) + A l 2O 3(s)

Professora Sonia. b) 3Ag 2O (s) + 2Al (s) 6Ag (s) + A l 2O 3(s) ITA 2001 DADOS CONSTANTES Constante de Avogadro = 6,02 x 10 23 mol 1 Constante de Faraday (F) = 9,65 x 10 4 Cmol 1 Volume molar de gás ideal = 22,4L (CNTP) Carga Elementar = 1,602 x 10 19 C Constante dos

Leia mais

EXERCÍCIOS (RECUPERAÇÃO)

EXERCÍCIOS (RECUPERAÇÃO) EXERCÍCIOS (RECUPERAÇÃO) Professor: ALEX ALUNO(A): DATA: 8/09/05 Físico-Química Cinética Química. A indústria de doces utiliza grande quantidade de açúcar invertido para a produção de biscoitos, bolos,

Leia mais

UFMG - 2003 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

UFMG - 2003 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR UFMG - 2003 3º DIA QUÍMICA BERNULLI CLÉGI E PRÉ-VESTIBULAR Química Questão 01 A glicose, C 6 6, é uma das fontes de energia mais importantes para os organismos vivos. A levedura, por exemplo, responsável

Leia mais

Prof. Rafa - Química Cálculo Estequiométrico

Prof. Rafa - Química Cálculo Estequiométrico Prof. Rafa - Química Cálculo Estequiométrico Lista de exercícios 01. (UFBA) Hidreto de sódio reage com água, dando hidrogênio, segundo a reação: NaH + H 2 O NaOH + H 2 Para obter 10 mols de H 2, são necessários

Leia mais

7- (PUCCAMP) Examine as equações químicas a seguir: I- 2CrO 4

7- (PUCCAMP) Examine as equações químicas a seguir: I- 2CrO 4 OXIRREDUÇÃO 1- Se X, Y e Q apresentam número de oxidação máximo nas espécies químicas XO 4 2-, MgYO 3 e H 3 QO 4, então pertencem, respectivamente, à família dos: A) Metais Alcalinos, Carbono e Nitrogênio.

Leia mais

QUÍMICA. Resolução: a) CH 4 b) Ligações de Hidrogênio. c) 3,3 10 16 L

QUÍMICA. Resolução: a) CH 4 b) Ligações de Hidrogênio. c) 3,3 10 16 L QUÍMICA ª QUESTÃO O aquecimento global é o aumento da temperatura terrestre e tem preocupado a comunidade científica cada vez mais. Acredita-se que seja devido ao uso de combustíveis fósseis e outros processos

Leia mais

QUÍMICA GERAL E FÍSICO-QUÍMICA

QUÍMICA GERAL E FÍSICO-QUÍMICA CONCURSO PÚBLICO DOCENTE IFMS EDITAL Nº 002/2013 CCP IFMS QUÍMICA GERAL E FÍSICO-QUÍMICA Uso exclusivo do IFMS. GABARITO QUESTÃO 1 (Valor 4 pontos) A Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008, equiparou

Leia mais

Prova 3 Química ... GABARITO 2 NOME DO CANDIDATO:

Prova 3 Química ... GABARITO 2 NOME DO CANDIDATO: Prova 3 QUESTÕES OBJETIIVAS N ọ DE ORDEM: NOME DO CANDIDATO: N ọ DE INSCRIÇÃO: IINSTRUÇÕES PARA A REALIIZAÇÃO DA PROVA 1. Confira os campos N ọ DE ORDEM, N ọ DE INSCRIÇÃO e NOME, que constam da etiqueta

Leia mais

Equilíbrio Químico. PROF. NÚRIA Kc, Kp, Ka, Ki, Kb E ph

Equilíbrio Químico. PROF. NÚRIA Kc, Kp, Ka, Ki, Kb E ph Equilíbrio Químico PROF. NÚRIA Kc, Kp, Ka, Ki, Kb E ph 1 - "O conceito de equilíbrio é fundamental na química, mas não é exclusivo da química. Vivemos em uma situação social e econômica que constitui equilíbrio

Leia mais

CURSO APOIO QUÍMICA RESOLUÇÃO

CURSO APOIO QUÍMICA RESOLUÇÃO QUÍMICA CURS API 15. hidróxido de magnésio, Mg() 2, massa molar 58,3 g mol 1, apresenta propriedades antiácidas e laxativas. Ao ser ingerido, reage com o ácido clorídrico presente no estômago, formando

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MORAIS. Atividade: Lista de Exercícios sobre termoquímica Valor: Nota:

ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MORAIS. Atividade: Lista de Exercícios sobre termoquímica Valor: Nota: ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MORAIS Disciplina: Química Ensino Médio Atividade: Lista de Exercícios sobre termoquímica Valor: Nota: Série: 2º ano 3º Bimestre Data: 04/09/2015 Professor: Júnior Aluno(a): N

Leia mais

Ligações Químicas. Profª. Drª Narlize Silva Lira. Agosto /2014

Ligações Químicas. Profª. Drª Narlize Silva Lira. Agosto /2014 União de Ensino Superior de Campina Grande Faculdade de Campina Grande FAC-CG Curso de Fisioterapia Ligações Químicas Profª. Drª Narlize Silva Lira Agosto /2014 A Química Orgânica e a Vida A química orgânica

Leia mais

CPV o cursinho que mais aprova na fgv gv 04/12/2005

CPV o cursinho que mais aprova na fgv gv 04/12/2005 33 QUÍMICA 106. Compostos hidratados são sólidos que apresentam moléculas de água em sua estrutura e são mais comuns do que se imagina. Um exemplo disso são os tetos dos cômodos de nossas casas, que podem

Leia mais

RESOLUÇÃO DA PROVA DE QUÍMICA DA UFRGS 2011

RESOLUÇÃO DA PROVA DE QUÍMICA DA UFRGS 2011 RESOLUÇÃO DA PROVA DE QUÍMICA DA UFRGS 2011 Questão 26 Como a questão pede a separação do sólido solúvel do líquido, o único processo recomendado é a destilação simples. Lembrando que filtração e decantação

Leia mais

QUÍMICA. 4. Um professor, utilizando comprimidos de antiácido efervescente à base de NaHCO 3, realizou quatro procedimentos, ilustrados a seguir:

QUÍMICA. 4. Um professor, utilizando comprimidos de antiácido efervescente à base de NaHCO 3, realizou quatro procedimentos, ilustrados a seguir: QUÍMICA Prof. Rodrigo Rocha 1. Alguns fatores podem alterar a rapidez das reações químicas. A seguir, destacam-se três exemplos no contexto da preparação e da conservação de alimentos: 1) A maioria dos

Leia mais

PROVA DESAFIO EM QUÍMICA 04/10/14

PROVA DESAFIO EM QUÍMICA 04/10/14 PROVA DESAFIO EM QUÍMICA 04/10/14 Nome: Nº de Inscrição: Assinatura: Questão Valor Grau 1 a 2,0 2 a 2,0 3 a 2,0 4 a 2,0 5 a 2,0 Total 10,0 IMPORTANTE: 1) Explique e justifique a resolução de todas as questões.

Leia mais

Química. 2º Ano. Nome completo: N.º

Química. 2º Ano. Nome completo: N.º Data: / /2012 Química 2º Ano Jesus 2ª UA B Nome completo: N.º ASSUNTO: TERMOQUÍMICA e CNÉTICA QUÍMICA PROFESSOR: JESUS I-Termoquímica Conceito: É o estudo das trocas de energia, na forma de calor, envolvidas

Leia mais

Oxirredução. O professor recomenda: Estude pelos seguintes livros/páginas sobre a oxirredução e faça os exercícios! 26/10/2011

Oxirredução. O professor recomenda: Estude pelos seguintes livros/páginas sobre a oxirredução e faça os exercícios! 26/10/2011 Oxirredução O professor recomenda: Estude pelos seguintes livros/páginas sobre a oxirredução e faça os exercícios! Shriver Ed 4 Cap.4 p.164-190 Atkins & Jones 1 ED Cap. 12 p. 603-635 Brown Cap. 20 p. 721-754

Leia mais

Exercícios de Equilíbrio

Exercícios de Equilíbrio Exercícios de Equilíbrio Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (PUC-RS) Um equilíbrio envolvido na formação da chuva ácida está representado pela equação:

Leia mais

C 5 H 12 O álcool 88g/mol. x 12,5g x = 9,94g 5CO 2 + 5H 2 O

C 5 H 12 O álcool 88g/mol. x 12,5g x = 9,94g 5CO 2 + 5H 2 O Questão 1 O esquema abaixo mostra compostos que podem ser obtidos a partir de um alceno de fórmula molecular C 5 H 10. A seguir, responda às questões relacionadas a esse esquema, considerando sempre o

Leia mais

ABRA APENAS QUANDO FOR AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções: 1- Verifique se o seu caderno de provas possui 18 questões.

ABRA APENAS QUANDO FOR AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções: 1- Verifique se o seu caderno de provas possui 18 questões. Processo Seletivo 211 Modalidade B 3º Ano ABRA APENAS QUANDO FOR AUTORIZADO Leia atentamente as instruções: 1 Verifique se o seu caderno de provas possui 18 questões. 2 Verifique se recebeu o caderno de

Leia mais

TERMOQUÍMICA. Profa. Kátia Aquino

TERMOQUÍMICA. Profa. Kátia Aquino TERMOQUÍMICA Profa. Kátia Aquino Termoquímica e os princípios da termodinâmica A termoquímica é uma parte da termodinâmica que estuda as trocas de calor desenvolvidas durante uma reação química entre o

Leia mais

EXERCÍCIOS DE TERMOQUÍMICA. 2) A quantas calorias corresponde uma energia ou trabalho de 200j?

EXERCÍCIOS DE TERMOQUÍMICA. 2) A quantas calorias corresponde uma energia ou trabalho de 200j? EXERCÍCIOS DE TERMOQUÍMICA 1) A quantos joules correspondem 500 cal? 1cal -- 4,18j 500cal-- x x=2090j 2) A quantas calorias corresponde uma energia ou trabalho de 200j? 1cal-- 4,18j x -- 200j x=47,8cal

Leia mais

Hidrogênio x Hidrogênio Hidrogênio x Não metal Não metal x Não metal

Hidrogênio x Hidrogênio Hidrogênio x Não metal Não metal x Não metal LIGAÇÃ QUÍMICA Introdução: s átomos, ao se unirem, procuram perder ou ganhar elétrons na última camada até atingirem a configuração eletrônica de um gás nobre. Teoria do octeto: s átomos dos elementos

Leia mais

Respostas da terceira lista de exercícios de química. Prof a. Marcia M. Meier

Respostas da terceira lista de exercícios de química. Prof a. Marcia M. Meier Respostas da terceira lista de exercícios de química Prof a. Marcia M. Meier 1) O íon brometo não aceita mais de um elétron, pois este segundo elétron ocupará numeros quânticos maiores quando comparado

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA II. Dados: R = 0,082L.atm/mol.K, N = 6,0x10 23. A) 4,1x10-14 B) 4,1x10-22 D) 4,1x10-18 C) 1,0x10-18 E) 1,0x10 15

PROVA DE QUÍMICA II. Dados: R = 0,082L.atm/mol.K, N = 6,0x10 23. A) 4,1x10-14 B) 4,1x10-22 D) 4,1x10-18 C) 1,0x10-18 E) 1,0x10 15 PROVA DE QUÍMCA 01. A concentração de um gás poluente na atmosfera, medida a 1 atm e 27ºC, é de 1 ppm. A concentração desse poluente, em moléculas/cm 3 de ar, é igual a Dados: R = 0,082L.atm/mol.K, N =

Leia mais

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO Oxidação e Redução EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (UEL-PR) A água das piscinas é reutilizada muitas vezes e, para impedir o desenvolvimento de microorganismos, deve ser convenientemente tratada. Uma das substâncias

Leia mais

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011 Questão 2: O grafite e o diamante são substâncias simples e naturais do elemento carbono. Outras estruturas de substâncias simples do carbono, como o fulereno-60, fulereno-70 e nanotubos de carbono, são

Leia mais

Educação Química CINÉTICA QUÍMICA

Educação Química CINÉTICA QUÍMICA CINÉTICA QUÍMICA É a parte da química que estuda a rapidez ou taxa de variação das reações e os fatores que nela influem. - Antigamente denominada de velocidade 1, é uma medida da rapidez com que são consumidos

Leia mais

Química 2. Módulo 9: Termoquímica ATIVIDADE III

Química 2. Módulo 9: Termoquímica ATIVIDADE III Química Módulo 9: Termoquímica 1. (UNESP/010) A tabela apresenta informações sobre as composições químicas e as entalpias de combustão para três diferentes combustíveis que podem ser utilizados em motores

Leia mais

e hexafluoreto de enxofre

e hexafluoreto de enxofre 4. (Mackenzie 05) Os gases do efeito estufa envolvem a Terra e fazem parte da atmosfera. Estes gases absorvem parte da radiação infravermelha refletida pela superfície terrestre, impedindo que a radiação

Leia mais

REDUÇÃO E OXIDAÇÃO EM SISTEMAS INORGÂNICOS

REDUÇÃO E OXIDAÇÃO EM SISTEMAS INORGÂNICOS REDUÇÃO E OXIDAÇÃO EM SISTEMAS INORGÂNICOS EXTRAÇÃO DE ELEMENTOS A definição original de oxidação foi a da reação que um elemento reage com oxigênio e é convertido em seu óxido. Comparativamente, redução

Leia mais

MASSA ATÔMICA. 1u corresponde a 1,66.10-24 g, que equivale aproximadamente à massa de um próton ou de um nêutron.

MASSA ATÔMICA. 1u corresponde a 1,66.10-24 g, que equivale aproximadamente à massa de um próton ou de um nêutron. Cálculos Químicos MASSA ATÔMICA Na convenção da IUPAC (União Internacional de Química Pura e Aplicada) realizada em 1961, adotou-se como unidade padrão para massa atômica o equivalente a 1/12 da massa

Leia mais

QUIMICA ORGÂNICA BÁSICA

QUIMICA ORGÂNICA BÁSICA QUIMICA ORGÂNICA BÁSICA Hibridização Revisão - Química Orgânica Básica 1 Tabela Periódica 2 Moléculas Diatômicas 3 Moléculas Poliatômicas 4 Eletronegatividade 5 A interação da luz e a matéria 6 Hibridização

Leia mais

QUÍMICA. Questão 01. A configuração eletrônica de um átomo X Z

QUÍMICA. Questão 01. A configuração eletrônica de um átomo X Z QUÍMICA Questão 01 A A configuração eletrônica de um átomo X Z é [ X ]. Determine: a) os valores de Z e de n, para que a configuração eletrônica [X] ns 2 (n 1)d 10 np (n+1) represente um elemento químico

Leia mais

3º Bimestre. Química. Autor: Pedro L. S. Dias

3º Bimestre. Química. Autor: Pedro L. S. Dias 3º Bimestre Autor: Pedro L. S. Dias SUMÁRIO UNIDADE III Inorgânica... 5 Capítulo 1... 5 1.1 Soluções... 5 1.2 Solubilidade... 8 1.3 Coeficiente de solubilidade e Curva de solubilidade... 10 1.4 Unidades

Leia mais

Av. Celso Garcia, 804 Brás - Tel. 2692-3253 - 2694-4174 www.metacolegio.com.br

Av. Celso Garcia, 804 Brás - Tel. 2692-3253 - 2694-4174 www.metacolegio.com.br Av. Celso Garcia, 804 Brás - Tel. 2692-3253 - 2694-4174 www.metacolegio.com.br Elaborado por: Prof. Edmilson C. Gobetti Revisão: IV - 2012 Sumário 1 Partículas Dispersas... 3 2 Fator de Van t Hoff... 8

Leia mais

Resolução da Prova de Química Vestibular Verão UERGS/2003 Prof. Emiliano Chemello

Resolução da Prova de Química Vestibular Verão UERGS/2003 Prof. Emiliano Chemello Fácil Resolução da Prova de Química Vestibular Verão UERGS/2003 Prof. Emiliano Chemello Médio www.quimica.net/emiliano emiliano@quimica.net Difícil Níveis de dificuldade das Questões 01. Em um frasco,

Leia mais

Solubilidade. Ricardo Queiroz Aucélio Letícia Regina de Souza Teixeira

Solubilidade. Ricardo Queiroz Aucélio Letícia Regina de Souza Teixeira Ricardo Queiroz Aucélio Letícia Regina de Souza Teixeira Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 3.0 do Creative Commons. http://creativecommons.org.br http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/br/legalcode

Leia mais

AULA PRÁTICA DE SALA DE AULA FQA - Espécies maioritárias e vestigiais 10º ANO 8 fev. 2013

AULA PRÁTICA DE SALA DE AULA FQA - Espécies maioritárias e vestigiais 10º ANO 8 fev. 2013 AULA PRÁTICA DE SALA DE AULA FQA - Espécies maioritárias e vestigiais 10º ANO 8 fev. 2013 / Nome: nº 1. Atualmente, a troposfera é constituída por espécies maioritárias, como o azoto, N 2, o oxigénio,

Leia mais

TURMA DE REVISÃO - EMESCAM 1º SEMESTRE 2012 - QUÍMICA PILHAS

TURMA DE REVISÃO - EMESCAM 1º SEMESTRE 2012 - QUÍMICA PILHAS TURMA DE REVISÃO - EMESCAM 1º SEMESTRE 2012 - QUÍMICA Prof. Borges PILHAS 1. (Uepg 2010) A figura a seguir ilustra o esquema de uma pilha formada por um eletrodo de Zn em solução de Zn 2+ e um outro eletrodo

Leia mais

Aulas 13 e 14. Soluções

Aulas 13 e 14. Soluções Aulas 13 e 14 Soluções Definição Solução é a denominação ao sistema em que uma substância está distribuída, ou disseminada, numa segunda substância sob forma de pequenas partículas. Exemplos Dissolvendo-se

Leia mais

a) 80,6 g. b) 77,7 g. c) 60,3 g. d) 54,9 g. e) 49,1 g.

a) 80,6 g. b) 77,7 g. c) 60,3 g. d) 54,9 g. e) 49,1 g. QUÍMICA 01 Cardiologistas costumam recomendar a redução no consumo de sal de cozinha para pessoas hipertensas porque ele é a principal fonte de íons sódio da alimentação. De acordo com dados da rganização

Leia mais

se complete no sentido indicado, assinale a alternativa correta. a) Há menos energia armazenada nos produtos do que nos reagentes.

se complete no sentido indicado, assinale a alternativa correta. a) Há menos energia armazenada nos produtos do que nos reagentes. Questão 01) Sejam dados os processos abaixo:. Fe(s) Fe(l).. H 2 O(l) H 2 (g) + 1/2 O 2 (g) C(s) + O 2 (g) CO 2 (g) V. H 2 O(v) H 2 O(s) V. NH 3 (g) 1/2 N 2 (g) + 3/2 N 2 (g) A opção que representa somente

Leia mais

Introdução à Química. Profº André Montillo www.montillo.com.br

Introdução à Química. Profº André Montillo www.montillo.com.br Introdução à Química Profº André Montillo www.montillo.com.br Química Átomo Ligações Químicas Química Definição: Química - do egípcio kēme (chem) que significa "terra. É a ciência que estuda as substâncias

Leia mais

Concurso de Seleção 2005-1 NÚMERO DE INSCRIÇÃO - QUÍMICA

Concurso de Seleção 2005-1 NÚMERO DE INSCRIÇÃO - QUÍMICA QUÍMICA QUESTÃO 1 As fórmulas dos compostos químicos não são frutos do acaso. A capacidade de um átomo combinar-se com outro depende da disponibilidade de receber, doar ou compartilhar elétrons. Qual a

Leia mais

ATIVIDADES EM QUÍMICA Recuperação paralela de conteúdos

ATIVIDADES EM QUÍMICA Recuperação paralela de conteúdos Nova Friburgo, de de 2014. Aluno (a): Gabarito Professor(a): ATIVIDADES EM QUÍMICA Recuperação paralela de conteúdos Nº: Turma:100 Assuntos: Estrutura atômica; Tabela Periódica; Propriedades periódicas;

Leia mais

QUI 4A aula 10. 10.01) Alternativa D Sr perde dois elétrons = Sr 2+ I recebe um elétron = I 1. Fórmula do iodeto de estrôncio = SrI2

QUI 4A aula 10. 10.01) Alternativa D Sr perde dois elétrons = Sr 2+ I recebe um elétron = I 1. Fórmula do iodeto de estrôncio = SrI2 QUI 4A aula 10 10.01) Alternativa D Sr perde dois elétrons = Sr 2+ I recebe um elétron = I 1 Fórmula do iodeto de estrôncio = SrI2 88 2 38 Sr Prótons = 38 Elétrons = 36 Nêutrons = 50 10.02) Alternativa

Leia mais

Química. Sistema Positivo de Ensino 112

Química. Sistema Positivo de Ensino 112 A proposta A proposta, para ser elaborada, buscou um panorama que explicitasse os rumos e objetivos do ensino de Química na escola. Sendo assim, priorizou um trabalho que integra diversas dimensões do

Leia mais

QUÍMICA 2C2H2 5O2 4CO2 2H2O. Prof. Rodolfo

QUÍMICA 2C2H2 5O2 4CO2 2H2O. Prof. Rodolfo QUÍMICA Prof. Rodolfo 1. Considere a tabela abaixo, em que H c representa a entalpia de combustão para os compostos listados, a 25 C: Nome IUPAC Nome usual Estado físico (25 C) ΔHc kj/mol Etanol Álcool

Leia mais

Aula 19 PROPRIEDADES DAS SOLUÇÕES. Eliana Midori Sussuchi Samísia Maria Fernandes Machado Valéria Regina de Souza Moraes

Aula 19 PROPRIEDADES DAS SOLUÇÕES. Eliana Midori Sussuchi Samísia Maria Fernandes Machado Valéria Regina de Souza Moraes Aula 19 PROPRIEDADES DAS SOLUÇÕES META Apresentar os fatores que influenciam no processo de dissolução. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: reconhecer um processo de dissolução; identificar

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 2ª Etapa 2014. 3ª Série Turma: FG

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 2ª Etapa 2014. 3ª Série Turma: FG COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 2ª Etapa 2014 Disciplina: QUÍMICA Professora: Maria Luiza 3ª Série Turma: FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

CPV o cursinho que mais aprova na fgv Fgv - 05/12/2004

CPV o cursinho que mais aprova na fgv Fgv - 05/12/2004 37 QUÍMICA 31. s irradiadores de alimentos representam hoje uma opção interessante na sua preservação. alimento irradiado, ao contrário do que se imagina, não se torna radioativo, uma vez que a radiação

Leia mais

ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO

ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO IX Olimpíada Capixaba de Química 2011 Prova do Grupo II 2 a série do ensino médio Fase 02 Aluno: Idade: Instituição de Ensino: Coordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS

Leia mais

a) Isoeletrônicas e ligantes fortes. b) Isoeletrônicas e ligantes fracos. c) Homólogas e ligantes fracos. d) Homólogas e ligantes fortes.

a) Isoeletrônicas e ligantes fortes. b) Isoeletrônicas e ligantes fracos. c) Homólogas e ligantes fracos. d) Homólogas e ligantes fortes. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS CONCURSO PÚBLICO DE DOCENTES DO QUADRO EFETIVO EDITAL

Leia mais

EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES

EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES 2 EXERCÍCIS CMPLEMENTARES Fala Gás Nobre, está na hora de reagir Essa é uma lista complementar, os exercícios aqui contidos irão ajudá-lo a treinar um pouco mais e aprofundar nos temas. Ao contrário a

Leia mais

as substâncias A, B e C podem ser, respectivamente,

as substâncias A, B e C podem ser, respectivamente, 01. (UFGRS/2002) O gráfico abaixo representa a curva de densidade versus temperatura para duas substâncias que são líquidos à temperatura ambiente: água e tetracloreto de carbono. as substâncias A, B e

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa QUESTÃO 01 Num laboratório químico, havia três frascos que continham, respectivamente, um alcano, um álcool e um alqueno. Foram realizados experimentos que envolviam

Leia mais

As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo.

As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo. QUÍMICA As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo. Em diversos países, o aproveitamento do lixo doméstico é quase 100%. Do lixo levado para as usinas de compostagem, após a reciclagem, obtém-se

Leia mais

Lista de Exercícios 4 Indústrias Químicas Resolução pelo Monitor: Rodrigo Papai de Souza

Lista de Exercícios 4 Indústrias Químicas Resolução pelo Monitor: Rodrigo Papai de Souza Lista de Exercícios 4 Indústrias Químicas Resolução pelo Monitor: Rodrigo Papai de Souza 1) a-) Calcular a solubilidade do BaSO 4 em uma solução 0,01 M de Na 2 SO 4 Dissolução do Na 2 SO 4 : Dado: BaSO

Leia mais

a) Incorreta. O aumento da temperatura desloca o equilíbrio para o lado direito, no sentido da formação do vapor (transformação endotérmica).

a) Incorreta. O aumento da temperatura desloca o equilíbrio para o lado direito, no sentido da formação do vapor (transformação endotérmica). 01 a) Incorreta. O aumento da temperatura desloca o equilíbrio para o lado direito, no sentido da formação do vapor (transformação endotérmica). b) Incorreta. Quanto mais volátil o líquido, menor será

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA QUÍMICA. Unidade III. Ligações químicas e funções inorgânicas.

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA QUÍMICA. Unidade III. Ligações químicas e funções inorgânicas. Unidade III Ligações químicas e funções inorgânicas. 2 Aula 12.1 Conteúdo: Geometria molecular Polaridade das moléculas 3 Habilidades: Relacionar informações apresentadas em diferentes formas de linguagem

Leia mais

Deslocamento de Equilíbrio

Deslocamento de Equilíbrio Deslocamento de Equilíbrio EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (EFEI-MG) Considere o seguinte equilíbrio a 25 C: N2O4(g) 2 NO2(g) H = + 58,0 kj O gás tetróxido de dinitrogênio é um gás incolor, enquanto o dióxido

Leia mais

PROF: Alex LISTA 23 DATA: 24/ 11 / 2010

PROF: Alex LISTA 23 DATA: 24/ 11 / 2010 NME: PRF: Alex LISTA DATA: / 11 / 010 Estudar para segunda fase (Mescladas) 1. A configuração eletrônica do átomo de cobalto é dada a seguir: é uma solução contendo,8% (m/v) de ácido etanoico, que a concentração

Leia mais

IX Olimpíada Catarinense de Química 2013. Etapa I - Colégios

IX Olimpíada Catarinense de Química 2013. Etapa I - Colégios I Olimpíada Catarinense de Química - 2013 I Olimpíada Catarinense de Química 2013 Etapa I - Colégios Imagem: Oxidação Fonte:Gilson Rocha Reynaldo, 2013 Primeiro Ano Conselho Regional de Química CRQ III

Leia mais

Resolução da Prova de Química Vestibular UFRGS 2006 Prof. Emiliano Chemello

Resolução da Prova de Química Vestibular UFRGS 2006 Prof. Emiliano Chemello Níveis de dificuldade das Questões Fácil 11 questões Médio 14 questões Difícil 5 questões Resolução da Prova de Química Vestibular UFRGS 2006 Prof. Emiliano Chemello www.quimica.net/emiliano chemelloe@yahoo.com.br

Leia mais

LIGAÇÕES QUÍMICAS 2012

LIGAÇÕES QUÍMICAS 2012 LIGAÇÕES QUÍMICAS 2012 1- Dois elementos químicos X e Y combinam-se formando uma substância molecular XY 3. X e Y podem ter números atômicos, respectivamente: A)1 e 7 B) 2 e 9 C) 13 e 16 D) 15 e 35 E)

Leia mais

Resoluções das Atividades

Resoluções das Atividades Resoluções das Atividades Sumário Módulo 1 Estudo das dispersões Definição, classificação, estudo dos coloides, coeficiente de solubilidade... 1 Módulo 2 Concentração de soluções... 3 Módulo 3 Propriedades

Leia mais