XII Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas PLANEJAMENTO ORÇAMENTO GESTÃO PÚBLICA CONTRATAÇÕES PÚBLICAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "XII Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas PLANEJAMENTO ORÇAMENTO GESTÃO PÚBLICA CONTRATAÇÕES PÚBLICAS"

Transcrição

1 L DO PPA PLANEJAMENTO ORÇAMENTO L RF CPR S CDP S IAF I GESTÃO PÚBLICA CONTRATAÇÕES PÚBLICAS EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA CONTABILIDADE PÚBLICA CONTROLE XII Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Ementas das Oficinas 1

2 Gestão, Planejamento e Orçamento 01 Planejamento, Desenvolvimento e Políticas Públicas 02 Planejamento Territorial Planejamento Territorial: Agendas de Desenvolvimento Territorial e Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais 03 Plano Plurianual Formulação, Monitoramento e Avaliação 04 Monitoramento do Plano Plurianual: Avanços e desafios no uso do SIOP 05 Planejamento Estratégico Institucional Parte I, II, III e IV 06 Introdução ao Orçamento 07 Elaboração do Projeto de Lei Orçamentária Anual - PLOA Parte I e II 08 Processo Legislativo Orçamentário 09 Financiamento Orçamentário 10 Classificação da Despesa - Parte I e II 11 Alterações Orçamentárias Parte I e II 12 Receita 13 Sistema Integrado de Planejamento e Orçamento SIOP Parte I e II 14 Elaboração do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias - PLDO 15 Sistemas Organizacionais e Estruturados do Governo Federal 16 Entendendo a Lei de Responsabilidade Fiscal - LRF 20 Compras Governamentais com Aplicação dos Benefícios para as MPE Aspectos Práticos e Operacionais Sustentabilidade 23 Elaboração de Editais 25 Licitações Noções de Licitações Parte I e II 26 Licitações e Contratos Temas Avançados 27 Contrato Administrativo (recebimento do objeto, fiscalização e sanção) 28 Contratações de Soluções em TI Parte I e II Licitações e Contratos 29 Pregão Eletrônico (legislação) Legislação 30 RDC (legislação) 31 Termo de Referência e Projeto Básico 32 Elaboração e Análise da Planilha de Custo e Formação de Preços Parte I e II 33 Terceirização na Administração Pública Parte I e II 34 Sanções Administrativas 35 SICAF (legislação) 36 SISRP Sistema de Registro de Preço (legislação) 37 Sistema de Convênios (legislação) Parte I e II 38 RDC (sistema) 39 Pregão Eletrônico (sistema) Parte I e II Licitações e Contratos 40 IRP e SISRP (sistema) Parte I e II Sistemas 41 Cartão de Pagamento 42 Sistema de divulgação de Compras - SIDEC 43 Cotação Eletrônica 44 SICAF (sistema) Convênios 45 SICONV Plano de Trabalho e Formalização Parte I e II 46 SICONV (execução, acompanhamento, fiscalização e prestação de contas) Parte I, II e III SCDP 47 Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Parte I e II Protocolo 48 Normas de Protocolo, Sistema Protocolo Integrado e Sistema Eletrônico de Informações (SEI) Parte I e II 50 Introdução ao BPM Business Process Management e ao Guia CBOK 51 Estruturando um Escritório de Governança de Processos Parte I e II BPM Business Process 52 Modelagem de Processos de Negócios com BPMN 1.2 Parte I e II Management 53 Agenda de Melhoria de Processos 54 Introdução Gestão de Desempenho de Processos 55 Introdução a Gestão de Riscos de Processos 56 Comunidade de Processos como Agente de Integração Colaborativa em Governança BPM Contabilidade e Custos da União 60 Auditores Contábeis 61 Tesouro Gerencial Parte I e II 62 Folha de Pagamento Parte I e II 63 Consultas às Demonstrações Contábeis 64 Depreciação Teoria 2

3 65 Análise e Regularizações Contábeis no SIAFI 66 SIAFI Básico 67 Sistema Integrado de Administração de Serviços Gerais SIADS Parte I e II Fundamentos e Práticas da Execução Orçamentária e Financ./Contabilidade Controle da Gestão Pública 68 Guia de Recolhimento da União GRU (SISGRU Sistema de Gestão do Recolhimento da União) 69 Descentralização de Crédito Orçamentário e Empenho no SIAFI 70 Descentralização de Recursos Financeiros no Siafi 71 CPR Contas a Pagar e a Receber Parte I e II 72 Modalidades de Pagamento no SIAFI Ordens Bancárias 73 Recolhimento de Tributos no SIAFI 74 Guia de Recolhimento da União - GRU (Restituição, Retificação e Anulação de despesas e 75 outras Execução Regularizações da Receita Orçamentária no SIAFI no SIAFI e Guia de Recolhimento da União - GRU 76 Plano de Contas Aplicado ao Setor Público 77 Rotinas patrimoniais (depreciação e outras) 78 Suprimento Fundos Legislação 79 Suprimento de Fundos Prática no SIAFI 80 Sistema de Informações de Custos do Governo Federal Parte I e II 90 Controle na Administração Pública 91 Auditorias Internas 92 Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal 93 Controle Externo 94 Prestação de Contas Anual (ordinária) 95 Tomadas de Contas Especiais (TCE) 96 Principais Fraudes na Administração Pública 97 Detectando Fraudes no Serviço Público 3

4 4 Oficinas

5 Ementa da Oficina Nº 01 / Área: Gestão, Planejamento e Orçamento Planejamento e Desenvolvimento e Políticas Públicas Carga Horária: 4 horas Conteúdo 1. Política e políticas públicas: definições e modelos de análise 2. Conceitos de Planejamento em contexto de Estado Democrático 3. Desafios e os atributos do Planejamento governamental em sociedades complexas 4. Planejamento governamental e Gestão Pública no Brasil a. História recente b. Contemporaneidade 5. O circuito das políticas públicas a. Arrecadação b. Planejamento c. Gestão (desenho, implementação, monitoramento, desempenho, avaliação) d. Controles (interno: método CGU; externo: método TCU), e. Participação (exercício pleno de cidadania e franquias democráticas) f. (Re)perspectivas a partir da posição de cada ator/atriz 6. Desenvolvimento a. Conceito b. Cenário Internacional c. Estratégia de Desenvolvimento 7. Desafios, Casos de Sucesso 01 Objetivo 1. Contextualizar o debate sobre a relação entre planejamento, desenvolvimento e implementação de políticas públicas. 2. Contextualizar o debate sobre os circuitos das políticas públicas e seus instrumentos para formulação e implementação, com ênfase em suas interfaces e sinergias para aprendizagem. 3. Explorar as relações entre a estratégia de desenvolvimento, planejamento de médio prazo e a implementação de políticas públicas. 4. Apresentar casos de sucesso e refletir sobre os desafios existentes. Metodologia Aula expositiva e debates organizados a partir de bibliografia, estudos de caso e/ou da análise de questões exemplificadas pela atuação no dia-a-dia da administração pública federal. Pré-requisitos Não há. Público-alvo Servidores públicos que executam quaisquer atividades de gestão (desenho, implementação, elaboração, execução, monitoramento e avaliação) de programas, planos, projetos ou atividades nas diversas áreas de atuação da administração pública. 5

6 Ementa da Oficina Nº 02 / Área: Gestão, Planejamento e Orçamento Planejamento Territorial ADTs e INDE Carga Horária: 4 horas Conteúdo 1. Contextualização sobre o planejamento de políticas públicas e seu impacto no território. 2. Planejamento Territorial e o PPA 3. Agendas de Desenvolvimento Territorial a. Contextualização b. Relação Federativa c. Metodologia e Estudo de Caso 4. Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais a. Caracterização b. Apresentação da plataforma online c. Perspectivas. 02 Objetivo 1. Apresentar a implementação de políticas públicas por meio de um olhar territorial 2. Contextualizar o impacto do planejamento territorial no PPA 3. Apresentar as Agendas de Desenvolvimento Territorial 4. Apresentar a Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais Metodologia Aula expositiva e debates organizados a partir de bibliografia, estudos de caso e/ou da análise de questões exemplificadas pela atuação no dia-a-dia da administração pública federal. Pré-requisitos Não há. Público-alvo Servidores públicos que executam quaisquer atividades de gestão (desenho, implementação, elaboração, execução, monitoramento e avaliação) de programas, planos, projetos ou atividades nas diversas áreas de atuação da administração pública. 6

7 Ementa da Oficina Nº 03 / Área: Gestão, Planejamento e Orçamento Plano Plurianual : Formulação, Monitoramento e Avaliação Carga Horária: 4 horas Conteúdo 1. Plano Plurianual, (PPA) a. Origem, Definições e Características b. Sistema Federal de Planejamento (formal e real) c. A experiência dos PPA s 2. O PPA a. Razões e Motivos no amadurecimento do modelo b. A organização do Plano em agrupamentos temáticos c. A estrutura do PPA para o ciclo d. Etapas da formulação do PPA para o ciclo i. Oficinas de amplo espectro ii. Relação federativa e conexão com PPAs estaduais e municipais iii. Participação Social, Controle Social e Franquias Democráticas 3. O PPA e o circuito das políticas públicas a. Interfaces com LDO, LOA, Planos Setoriais, Congresso nacional, Secretaria Geral da PR, instâncias de participação social e demais instrumentos de Planejamento. 4. Monitoramento e Avaliação (M&A) como atributos do Planejamento 5. Conceitos de Monitoramento e Avaliação a. O Monitoramento como aprendizagem organizacional b. As relações do M&A com a implementação, o controle e a avaliação 6. Desafios da gestão da informação para Monitoramento e Avaliação c. Riscos associados aos processos de produção de informações d. Qualidade da informação e. Necessidades da gestão da informação para Planejamento e Gestão f. Fontes de informação, fontes de pesquisa, padrões de checagem e de atualização 7. As dimensões de monitoramento 8. A estratégia de monitoramento e avaliação do PPA g. Monitoramento dos Temas Prioritários (M1) h. Monitoramentos (dos agrupamentos) Temáticos (M2) i. Monitoramento Estratégico, de agendas estratégicas (M3) j. Monitoramento da Dimensão Estratégica do PPA (M4) 9. Desafios ao Monitoramento e Avaliação do PPA 10. Monitoramento e Avaliação: experiências recentes no Governo Federal e casos de sucesso k. Avaliação do Orçamento, Metas Presidenciais, PCPR, SIGplan, Infrasigs l. Cadastro Único do Programa Bolsa Família, CadÚnico m. Plano de Aceleração do Crescimento, PAC Objetivo 1. Contextualizar o debate sobre a experiência de formulação de políticas a partir dos Planos Plurianuais 2. Apresentar a estrutura do PPA e as inovações no processo de construção do Plano 3. Contextualizar o debate sobre os conceitos, as características e as interfaces entre estratégias de Monitoramento e de Avaliação, especificamente na relação com o PPA Contextualizar o debater sobre a estratégia de Monitoramento e de Avaliação do PPA Explorar os riscos associado à produção de informações, a mitificação de softwares e a mistificação em tornos de dados desatualizados, fragmentados, agregados. Metodologia Aula expositiva e debates organizados a partir de bibliografia, estudos de caso e/ou da análise de questões exemplificadas pela atuação no dia-a-dia da administração pública federal. Pré-requisitos Não há. Público-alvo Servidores públicos que executam quaisquer atividades de gestão (desenho, implementação, elaboração, execução, monitoramento e avaliação) de programas, planos, projetos ou atividades nas diversas áreas de atuação da administração pública. 03 7

8 Ementa da Oficina Nº 04 / Área: Gestão, Planejamento e Orçamento Monitoramento do Plano Plurianual: Avanços e desafios no uso do SIOP Carga Horária: 4 horas Conteúdo 8

9 Ementa da Oficina Nº 05/ Área: Gestão, Planejamento e Orçamento Planejamento Estratégico Institucional Carga Horária: 16 horas Conteúdo a. Considerações sobre o Planejamento Estratégico b. O Planejamento Estratégico Institucional c. Análise de Stakeholders, Valores e Missão d. Mandato e. SWOT/Cenários f. Visão g. Objetivos h. Indicadores i. Metas j. Iniciativas k. Metodologias de Planejamento com ênfase no BSC l. Proposta de modelagem para a Gestão Estratégica das organizações Objetivo propiciar aos participantes o embasamento necessários para aprimorar o Planejamento Estratégico em suas organizações, bem como as bases para a condução do processo da Gestão Estratégica. Metodologia Planejamento I e II (sala de aula)= 8 horas a. Aula Expositiva com exemplos e exercícios práticos Planejamentos III e IV (laboratório) = 8 horas Pré-requisitos Planejamento I e II (sala de aula)= 8 horas a. Não há. Planejamentos III e IV (laboratório) = 8 horas a. Planejamento I e II b. um computador para cada dois participantes. Devo ser comunicado com no mínimo 15 dias de antecedência. Público-alvo a. Servidores e agentes públicos de todas as esferas de governos interessados na gestão por resultados. 9

10 Ementa da Oficina Nº 06 / Área: Gestão, Planejamento e Orçamento Introdução ao Orçamento Carga Horária: 4 horas Conteúdo: 1 Evolução do Orçamento Público. Princípios Orçamentários Clássicos 2 Aspectos Legais relacionados ao Orçamento Público 3 Sistema de Planejamento e Orçamento Federal Objetivo: Identificar os principais conceitos referentes ao processo orçamentário 2 Conhecer os princípios básicos que regem o processo orçamentário 3 Conhecer as disposições básicas dos marcos legais do processo orçamentário 4 Conhecer o Sistema de Planejamento e Orçamento Federal Metodologia: Exposição dialogada com exemplos e exercícios práticos Pré-requisito recomendável: Não há Público-alvo: Servidores públicos 10

11 Ementa da Oficina Nº 07 / Área: Gestão, Planejamento e Orçamento ELABORAÇÃO DO PROJETO DA LEI ORÇAMENTÁRIA ANUAL - PLOA Carga Horária: 8 horas Conteúdo: 1 Integração entre os instrumentos de planejamento e orçamento 2 Ciclo de elaboração do PLOA 3 Agentes envolvidos e suas responsabilidades no processo 4 Processo de Formulação Fases Estrutura programática Objetivos: Avaliação do cenário macro-fiscal Previsão de receitas Fixação das despesas Análise das propostas Consolidação Formalização do PLOA Capacitar o treinando a participar da elaboração de uma peça orçamentária em qualquer dos agentes envolvidos, a partir de dados fornecidos, compatibilizando a alocação de recursos escassos com uma dada demanda pública de gastos em um cenário de equilíbrio fiscal. Metodologia: Exposição dialogada com exemplos e exercício prático Pré-requisito: Ter participado das seguintes oficinas: Orçamento conceitos básicos; Classificação Orçamentária da Despesa. Público-alvo: Servidores que atuam na área do ciclo de gestão da despesa pública 11

12 Ementa da Oficina Nº 08 / Área: Gestão, Planejamento e Orçamento PROCESSO LEGISLATIVO ORÇAMENTÁRIO Carga Horária: 4 horas Conteúdo: Visão sintética e simplificada do processo legislativo orçamentário no Congresso Nacional, 2. Principais matérias Orçamento Anual, PPA e LDO (além de outras menos comentadas, porém igualmente importantes como o Quadro de Obras com Indícios de Irregularidades). 3. Estrutura e funcionamento das instituições do Poder Legislativo envolvidas nas diversas etapas do Processo 4. O papel da Comissão de Orçamento e do Plenário do Congresso Nacional. Objetivo: Capacitar o treinando a identificar as etapas do processo de tramitação das diferentes matérias orçamentárias no Poder 7 Legislativo, as especificidades de algumas matérias em particular e os momentos em que a assessoria parlamentar pode intervir no processo. Metodologia: Exposição dinâmica e interativa, com apresentação de exemplos práticos da matéria abordada. Pré-requisito recomendável: Noções de alguns conceitos orçamentários, especialmente sobre as legislações orçamentárias. Público-alvo: Executores de gastos, gestores públicos e assessores parlamentares, que se vêm afetados no exercício de suas funções pelas decisões tomadas pelo Poder Legislativo sobre matéria orçamentária. Pessoas interessadas em conhecer o processo de elaboração legislativa das leis orçamentárias. 12

13 Ementa da Oficina Nº 09 / Área: Gestão, Planejamento e Orçamento FINANCIAMENTO ORÇAMENTÁRIO Carga Horária: 4 horas Conteúdo: 1 Conceito de Déficit Orçamentário 2 Formas de financiamento do Orçamento 3 Considerações sobre o resultado primário 09 4 Composição da Dívida Pública 5 Análise dos principais indicadores Macroeconômicos 6 Análise das influências Externas no cenário da Economia Brasileira e sua influência em relação à condução do Processo Orçamentário 7 Relações da Política Fiscal com a Política Monetária Objetivo: Capacitar o participante a entender e analisar criticamente as formas de financiamento Orçamentário Metodologia: Exposição oral acompanhada de exercícios e estudos de caso. Pré-requisito: Conhecimentos básicos de Orçamento Público Público-alvo: Servidores que atuem na área orçamentária ou que tenham interesse em adquirir conhecimentos a cerca dessa área 13

14 Ementa da Oficina Nº 10 / Área: Gestão, Planejamento e Orçamento CLASSIFICAÇÃO DA DESPESA Carga Horária: 8 horas Conteúdo: 1 Integração Planejamento, Orçamento e Execução 2 Programação Qualitativa da Despesa 3 Programação Quantitativa da Despesa Lei Orçamentária Texto Anexos Volumes 5 Programação Padrão 6 Exercício de Elaboração de Programa de Trabalho e seu detalhamento. Objetivo: 1 Capacitar os alunos a, a partir de dados fornecidos 2 Elaborar uma proposta de programa de trabalho e seu detalhamento Metodologia: Exposição dialogada com exemplos e exercícios práticos Pré-requisito: Conceitos Básicos de Orçamento Público Público-alvo: Servidores que trabalham nas áreas de planejamento, orçamento, finanças, compras, convênios e controle 14

15 Ementa da Oficina Nº 11 / Área: Gestão, Planejamento e Orçamento ALTERAÇÕES ORÇAMENTÁRIAS Carga Horária: 8 horas Conteúdo: 1 Conceitos de Alterações Orçamentárias 2 Créditos Adicionais: Classificação, Formas de Abertura, Fontes de Recursos e Execução. 3 Outras Alterações Orçamentárias: Classificação, Formas de Abertura 11 4 Prazos legais para PL s e Decretos 5 Portarias de Créditos: prazos de solicitação, situações especiais e tipos mais comuns de alterações orçamentárias 6 O processo de solicitação de alterações orçamentárias, da solicitação à publicação. 7 Exemplo de solicitação de crédito adicional: como verificar prazos, elaborar as justificativas e a memória de cálculo Objetivo: Conhecer os elementos importantes na elaboração de uma solicitação de alteração orçamentária. Metodologia: Exposição dialogada com exemplos práticos. Pré-requisitos: Pré-requisito necessário Oficina 22 Classificação da Despesa Orçamentária Oficina 21 Receita Orçamentária Oficina 24 Elaboração de Projeto de Lei Orçamentária - PLOA Pré-requisito recomendável Orçamento Conceitos Básicos Público-alvo: Servidores que trabalham nas áreas de planejamento, orçamento, finanças e controle. 15

16 Ementa da Oficina Nº 12 / Área: Gestão, Planejamento e Orçamento RECEITA Carga Horária: 4 horas Conteúdo: 1. Conceito de Receita Pública 2. Formas de financiamento do gasto público 3. Aspectos da política fiscal e do processo orçamentário. 4. Tipos de receita: Administradas; Próprias; 212 Objetivos: Previdenciárias e Operações de Crédito. 5. O processo modelagem e estimativa das receitas. 6. O Orçamento como ferramenta de Política Econômica e de planejamento e gestão governamental, considerando o disposto na Lei e na LRF. 7. Técnicas de modelagem e construção de modelos de projeção. 8. Análise de séries históricas. 9. Escolha de parâmetros e indicadores. 10. Testes de aderência e confiabilidade dos modelos. 1 Fornecer ao participante uma visão da importância do Financiamento Orçamentário no contexto do processo orçamentário 2 Fornecer ao participante os principais conceitos relacionados à Dívida Pública, Políticas Econômicas e Estudo de Cenários e Análise de Indicadores Macroeconômicos 3 Capacitar o participante a identificar as formas e as conseqüências do Financiamento do Orçamento 4 Capacitar o aluno a identificar os melhores indicadores Macroeconômicos para avaliar a situação da Economia Brasileira 5 Capacitar o aluno a desenvolver uma análise crítica com relação às Políticas Fiscal e Monetária Metodologia: Aula expositiva/prática sobre os principais aspectos da oficina elaboração de exercícios e estudos de caso a respeito da parte prática da condução da Política Econômica e do Financiamento Orçamentário Pré-requisito recomendável: Conhecimentos básicos de orçamento Público-alvo: Servidores que trabalhem na área de previsão de receita ou que tenham interesse em adquirir conhecimentos a cerca dessa área 16

17 Ementa da Oficina Nº 13 / Área: Gestão, Planejamento e Orçamento SISTEMA INTEGRADO DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO - SIOP Carga Horária: 8 horas 13 17

18 Ementa da Oficina Nº14/ Área: Gestão, Planejamento e Orçamento ELABORAÇÃO DO PROJETO DE LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS - PLDO Carga Horária: 4 horas 14 18

19 Ementa da Oficina Nº15 / Área: Gestão, Planejamento e Orçamento SISTEMAS ORGANIZACIONAIS E ESTRUTURADOS DO GOVERNO FEDERAL Carga Horária: 4 horas 15 19

20 Ementa Oficina Nº 16/ Área: Gestão, Planejamento e Orçamento ENTENDENDO A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL - LRF Carga Horária: 4 horas Conteúdo: 1. Origens Nacionais e Internacionais; 2. Definição, Conceitos, Objetivos e Aplicação; 3. Princípios; 4. Planejamento e Gestão Responsável; 5. Logica da LRF; 6. Equilíbrio Fiscal Importância; 7. Receita e Despesa Públicas; 8. Receita Corrente Líquida; 9. Limites; 10. Transparência e Controle; 11. Sanções pessoais e institucionais. 16 Objetivo: Permitir ao aluno identificar, interpretar e analisar os principais conceitos relacionados à Lei de Responsabilidade Fiscal, pressupondo-a ser uma regra de conduta do administrador público voltada para a responsabilidade na gestão das finanças públicas de forma a conduzi-las ao equilíbrio fiscal, à transparência e à noção de responsabilização. Desenvolvimento: Aula expositiva/participativa. Recursos utilizados: Slides Pré-requisitos desejáveis: Público-alvo: 20

21 Ementa da Oficina Nº 20 / Área: Sustentabilidade COMPRAS GOVERNAMENTAIS COM APLICAÇÃO DOS BENEFÍCIOS PARA AS MPE ASPECTOS PRÁTICOS E OPERACIONAIS Carga Horária: 4 horas 20 21

22 Ementa da Oficina Nº 23 / Área: Sustentabilidade ELABORAÇÃO DE EDITAIS Carga Horária: 4 horas 23 22

23 Ementa da Oficina nº 25 / Área: Licitações e Contratos / Legislação LICITAÇÕES NOÇÕES DE LICITAÇÕES Carga Horária: 8 horas Conteúdo 1. Princípios e definições 2. Modalidades e tipos de licitação 3. Características e especificidades da modalidade pregão 4. O sistema normativo de regência do pregão: princípios e regras 5. Parâmetros para aplicação de normas e solução de problemas no pregão 6. Características e especificidades da modalidade pregão 7. Fase interna 8. Fase externa 9. Registro cadastral 10. Homologação e adjudicação 11. Revogação e anulação 12. Recurso 13. Dispensa e inexigibilidade 14. Sanções administrativas e penais 15. Pl 7709/07 (destaque sobre principais alterações) 25 Objetivos 1 Analisar a legislação relacionada aos procedimentos licitatórios de dispensa e inexigibilidade 2 Identificar aspectos polêmicos 3 Verificar formas de otimizar os procedimentos usuais Metodologia Aula expositiva/participativa Oficinas pedagógicas Pré-requisitos Não há Público-alvo Servidores públicos 23

24 Ementa da Oficina nº 26 / Área: Licitações e Contratos / Legislação LICITAÇÕES E CONTRATOS TEMAS AVANÇADOS Carga Horária: 4 horas Conteúdo 1. É possível exigir na habilitação quantitativa mínimos de execução de serviço em um único atestado? Qual o percentual de serviços relevantes? E a visita prévia ou vistoria pode e deve ser exigida? 2. Carta de solidariedade, necessidade ou exigência desarazoada? 3. Parcelamento do objeto e suas implicações- Súmula ; 3. Condições para a prorrogação do contrato administrativo; Como fiscalizar os encargos previdenciário e trabalhista no âmbito dos contratos contínuos, com dedicação de mão de obra exclusiva, as novas orientações do TCU e IN Nº 06/2013; 5. Como Pagar contratos contínuos e as novas orientações do TCU e IN Nº 06/2013; 6. A responsabilidade da Administração conforme súmula 331 TST e ADC-16; 7. O desenquadramento automático das MPE s junto ao SIMPLES nas contratações de serviços com mão-de-obra e suas implicações; 8. Como aferir preço inexequível; 9. Como deve agir a Comissão de Licitação/Pregoeiro no caso de disparidade entre o valor orçado pela administração, o valor da proposta vencedora e os praticados no mercado; 10. Análise dos acréscimos e supressões nos contratos administrativos e suas implicações; 11. Ata de registro de preços e contrato administrativo, distinções e formas de manuseio frente a nova regulamentação; 12. Quais as consequências da ausência de publicação dos contratos administrativos, vigência e eficácia; 14. A responsabilidade solidária da assessoria jurídica segundo entendimentos do STF e TCU. Objetivo Capacitar profissionais para atuar no âmbito das licitações e contratos administrativos, assegurando maior eficiência à Administração Pública. Metodologia 1. Aula expositiva/participativa e oficinas pedagógicas; 2. Estudos de casos; Pré-requisitos recomendáveis 1. Conhecimento básico da Lei nº 8.666/93; 2. Atuar em setores dos órgãos da administração pública ligados às licitações e contratos administrativos. Público-alvo Servidores públicos federais. 24

25 Ementa da Oficina nº 27 / Área: Licitações e Contratos / Legislação CONTRATO ADMINISTRATIVO RECEBIMENTO DO OBJETO, FISCALIZAÇÃO E SANÇÃO Carga Horária: 4 horas Conteúdo 1. Disposições preliminares 2. Formalização 3. Cláusulas necessárias 4. Garantias 5. Subcontratação 6. Prazo contratual 7. Alterações no contrato 8. Execução Recebimento Fiscalização Responsabilidades 9. Sanções administrativas 10. Disposições finais Objetivo 1. Analisar a legislação relacionada aos contratos administrativos 2. Identificar aspectos polêmicos 3. Produzir soluções Metodologia Aula expositiva/participativa e oficinas pedagógicas Pré-requisitos Não há Público-alvo Servidores que atuam na área de licitações e contratos administrativos

26 Ementa da Oficina nº 28 / Área: Licitações e Contratos / Legislação CONTRATAÇÕES DE SOLUÇÕES EM TI Carga Horária: 8 horas Conteúdo 1 Contextualização do SISP 2 Estratégia Geral de TI 3 Plano Diretor de Tecnologia da Informação - PDTI 4 Instrução Normativa SLTI/MP nº 04/ Conceitos gerais. Definição dos atores envolvidos. Visão geral da Norma e apresentação do processo de contratação. Planejamento da Contratação. Seleção do Fornecedor. Gestão do Contrato. Apresentação dos modelos de artefatos exigidos no Planejamento da Contratação. Documento Oficialização de Demanda. Análise de Viabilidade da Contratação. Plano de Sustentação. Estratégia da Contratação. Análise de Riscos. Apresentação dos principais dos artefatos exigido na Gestão do Contrato. Ordem de Serviço. Histórico do Gerenciamento do Contrato. Termo de Recebimento Provisório e Definitivo, entre outros. Objetivos Promover o entendimento e a operacionalização da Norma, buscando relacionar às contratações de Soluções de Tecnologia da Informação ao cumprimento dos objetivos estratégicos da instituição e ao atendimento das necessidades do negócio. Metodologia Aula expositiva e participativa com simulação do processo de Planejamento da Contratação e Gestão do Contrato. Pré-requisitos Conhecimentos básicos em Tecnologia da Informação, bem como conhecimento da Legislação específica da Lei de Licitações 8.666/93 e da Lei do Pregão nº /02. Público-alvo Servidores públicos que atuam na área de tecnologia da informação ou que demandam contratações de soluções de tecnologia da informação. 26

27 Ementa da Oficina nº 29 / Área: Licitações e Contratos / Legislação PREGÃO ELETRONICO - LEGISLAÇÃO Carga Horária: 4 horas Conteúdo 1. O sistema normativo de regência do pregão: princípios e regras 2. Parâmetros para aplicação de normas e solução de problemas no pregão 3. Características e especificidades da modalidade pregão 4. As fases internas e externas do pregão 5. Temas polêmicos relacionados ao tema Objetivo 1. Possibilitar ao treinando uma visão sistêmica das normas de regência do pregão 2. Iniciar o treinando no instrumental analítico básico para o equacionamento e solução de problemas decorrentes da Metodologia aplicação daquelas normas no procedimento licitatório. Aula expositiva/participativa Oficinas pedagógicas Pré-requisito recomendável Público-alvo Noções básicas de Direito Administrativo e Direito Constitucional Leitura prévia: da Lei nº , de 2002; do Decreto nº 3.555, de 2000; do Decreto nº 5.450, de Servidores que atuarão na preparação e execução das fases do processo licitatório na modalidade pregão, nas suas formas presencial e eletrônica. 27

28 Ementa da Oficina nº 30/ Área: Licitações e Contratos / Legislação REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS RDC - LEGISLAÇÃO Carga Horária: 4 horas Conteúdo 1. HISTÓRICO 2. COMPARATIVO ENTRE A LEI Nº 8.666/93 e a Lei nº , de 2012 e o Decreto nº 7.581, de FASES DA LICITAÇÃO 3.1. PREPARATÓRIA 3.2. PUBLICAÇÃO DO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO 3.3. APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS OU LANCES 3.4. JULGAMENTO 3.5. HABILITAÇÃO 3.6. JULGAMENTO 3.7. RECURSAL 3.8. ENCERRAMENTO 4. MODO DE DISPUTA 4.1. ABERTO 4.2. FECHADO 4.3. COMBINADO 5. CRITÉRIOS DE JULGAMENTO 5.1. MENOR PREÇO OU MAIOR DESCONTO 5.2. TÉCNICA E PREÇO 5.3. MELHOR TÉCNICA OU CONTEÚDO ARTÍSTICO 5.4. MAIOR OFERTA 5.5. MAIOR DESCONTO ECONÔMICO 6. REGIMES DE EXECUÇÃO 6.1. EMPREITADA INTEGRAL 6.2. EMPREITADA POR PREÇO GLOBAL 6.3. EMPREITADA POR PREÇO UNITÁRIO 6.4. CONTRATAÇÃO POR TAREFA 6.5. CONTRATAÇÃO INTEGRADA 7. TIPO DO OBJETO A SER CONTRATADO 7.1. BENS 7.2. SERVIÇOS 7.3. OBRAS 7.4. SERVIÇO DE ENGENHARIA 8. INVERSÃO DE FASES 8.1. QUANDO É POSSÍVEL? 8.2. JUSTIFICATIVA 8.3. FASES DA INVERSÃO 8.4. RECURSO 9. SUBCONTRATAÇÃO 9.1. TIPO DO OBJETO DE CONTRATAÇÃO 9.2. VEDAÇÕES 10. CONTRATAÇÃO SIMULTÂNEA JUSTIFICATIVA TIPO DO OBJETO DE CONTRATAÇÃO EXECUÇÃO DO CONTRATO PROIBIÇÃO NA CONTRATAÇÃO 11. CONTRATAÇÃO INTEGRADA JUSTIFICATIVA TIPO DE OBJETO DE CONTRATAÇÃO PB/PE PELA CONTRATADA ANTEPROJETO DE ENGENHARIA CRITÉRIO DE JULGAMENTO VEDAÇÃO DE TERMO ADITIVO VEDAÇÕES ART. 3º DO DECRETO Nº 7.581, DE RECURSO FASE RECURSAL INTENÇÃO DE RECURSO FASE RECURSAL NA INVERSÃO DE FASES DA ANULAÇÃO E REVOGAÇÃO DA LICITAÇÃO OUTRAS HIPÓTESES RECURSAIS Objetivo Destacar e esclarecer os aspectos inovadores da nova forma de licitação no âmbito da Administração Pública (Lei nº , de 2012, e o Decreto nº 7.581, de 2012). Metodologia - Aula expositiva/participativa Pré-requisito recomendável - Atuar na área de licitação do órgão ou entidade. Público-alvo - Servidores Públicos 38 28

GRUPO. CEP: 57020-670 - Cel. 8830-6001. WAPPE PUBLICIDADE E EVENTOS LTDA Unidade de Cursos www.wap.com.br CNPJ: 05.823.069/0001-39

GRUPO. CEP: 57020-670 - Cel. 8830-6001. WAPPE PUBLICIDADE E EVENTOS LTDA Unidade de Cursos www.wap.com.br CNPJ: 05.823.069/0001-39 Curso de Licitações, Contratos e Sistema de Registro de Preços (SRP) - 20 e 21 de Março Módulo i- licitação Definição O dever de licitar Quem pode licitar Pressuposto Natureza jurídica e fundamentos Legislação

Leia mais

IV Seminário de Execução Financeira de Projetos Financiados com Recursos Externos. O f i c i n a 3. Brasília, de 7 e 8 de maio de 2009.

IV Seminário de Execução Financeira de Projetos Financiados com Recursos Externos. O f i c i n a 3. Brasília, de 7 e 8 de maio de 2009. IV Seminário de Execução Financeira de Projetos Financiados com Recursos Externos O f i c i n a 3 Convênios (SICONV - Sistemas e Legislação) Brasília, de 7 e 8 de maio de 2009. Ementa da Oficina Nº 3

Leia mais

CURSO: SICONV 1) NOÇÕES GERAIS, CREDENCIAMENTO, CADASTRAMENTO E PROGRAMAS DE CONVÊNIO

CURSO: SICONV 1) NOÇÕES GERAIS, CREDENCIAMENTO, CADASTRAMENTO E PROGRAMAS DE CONVÊNIO CURSO: SICONV TEMAS CENTRAIS 1) NOÇÕES GERAIS, CREDENCIAMENTO, CADASTRAMENTO E PROGRAMAS DE CONVÊNIO 2) PROPOSIÇÃO, AVALIAÇÃO DE PROPOSTAS - CEDENTE, CELEBRAÇÃO DE UM CONVÊNIO E ALTERAÇÕES 3) EXECUÇÃO,

Leia mais

Portal de Compras do Governo Federal Comprasnet. Mauro Forlan Brasilia, DF, 26/06/2013.

Portal de Compras do Governo Federal Comprasnet. Mauro Forlan Brasilia, DF, 26/06/2013. Portal de Compras do Governo Federal Comprasnet Mauro Forlan Brasilia, DF, 26/06/2013. Visão geral do SIASG Comprasnet Cadastro de Fornecedores SICAF Cadastro de Materiais CATMAT Cadastro de Serviços CATSER

Leia mais

Gestão e Controle nas Contratações Governamentais

Gestão e Controle nas Contratações Governamentais Gestão e Controle nas Contratações Governamentais Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Departamento de Logística e Serviços Gerais Brasília

Leia mais

CATÁLOGO DE AÇÕES EDUCACIONAIS DA ESCOEX PREVISTOS - 2013 CURSOS A DISTÂNCIA- EAD PARA SERVIDORES DO TCE E JURISDICIONADOS

CATÁLOGO DE AÇÕES EDUCACIONAIS DA ESCOEX PREVISTOS - 2013 CURSOS A DISTÂNCIA- EAD PARA SERVIDORES DO TCE E JURISDICIONADOS CATÁLOGO DE AÇÕES EDUCACIONAIS DA ESCOEX PREVISTOS - 2013 CURSOS - EAD PARA SERVIDORES DO TCE E CURSOS OBJETIVO PÚBLICO-ALVO CARGA HORÁRIA N. DE VAGAS MODALIDADE 1. As Novas Normas de Contabilidade Aplicada

Leia mais

EVENTO PÚBLICO ALVO OBJETIVO

EVENTO PÚBLICO ALVO OBJETIVO EVENTO O curso enfoca as diversas etapas do SICONV Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse, criado e desenvolvido pelo Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão com o objetivo de propiciar

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS SICONV APRENDIZADO QUE GERA RESULTADOS

GESTÃO DE PROJETOS SICONV APRENDIZADO QUE GERA RESULTADOS GESTÃO DE PROJETOS SICONV APRENDIZADO QUE GERA RESULTADOS ABORDAGEM Conceitos relacionados ao tema; Legislação aplicável à execução; Modelo de gestão e processo adotado pela Fundep. O que é o SICONV? CONCEITOS

Leia mais

EVENTO PÚBLICO ALVO OBJETIVO

EVENTO PÚBLICO ALVO OBJETIVO EVENTO O curso enfoca as diversas etapas do SICONV Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse, criado e desenvolvido pelo Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão com o objetivo de propiciar

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA CADASTRO DE DOCENTES

EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA CADASTRO DE DOCENTES EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA CADASTRO DE DOCENTES A Associação Brasileira de Orçamento Público - Unidade Regional do Rio Grande do Sul (ABOP-RS), fundada em 04 de dezembro de 1974, como uma associação civil

Leia mais

A CELEBRAÇÃO, EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE CONVÊNIOS SOB O ENFOQUE DO DECRETO Nº 6170/2007 E NO SICONV. (Ênfase em Análise e Prestação de Contas)

A CELEBRAÇÃO, EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE CONVÊNIOS SOB O ENFOQUE DO DECRETO Nº 6170/2007 E NO SICONV. (Ênfase em Análise e Prestação de Contas) Apresentação Trata-se de um Sistema complexo e em contínua evolução. Em 2012, mudanças significativas, como por exemplo, a implantação do Módulo de Acompanhamento e Fiscalização, Cotação Prévia de Preços

Leia mais

Portal dos Convênios. Um novo modelo para gestão das Transferências Voluntárias da União. SLTI/MP Brasília, ago/2008

Portal dos Convênios. Um novo modelo para gestão das Transferências Voluntárias da União. SLTI/MP Brasília, ago/2008 Portal dos Convênios Um novo modelo para gestão das Transferências Voluntárias da União SLTI/MP Brasília, ago/2008 Roteiro da apresentação Histórico Distribuição das Transferências Voluntárias O novo Sistema

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO FAZENDÁRIA EDITAL 1. OBJETIVO

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO FAZENDÁRIA EDITAL 1. OBJETIVO MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO FAZENDÁRIA XII SEMANA DE ADMINISTRAÇÃO ORÇAMENTÁRIA, FINANCEIRA E DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS EDITAL Versão atualizada em 17 de Julho de

Leia mais

Curso Teórico e Prático de Licitação, Pregão, Sistema de Registro de Preços e Contratos Administrativos.

Curso Teórico e Prático de Licitação, Pregão, Sistema de Registro de Preços e Contratos Administrativos. Curso Teórico e Prático de Licitação, Pregão, Sistema de Registro de Preços e Contratos Administrativos. CARGA HORÁRIA: 32 horas EMENTA: Este curso está fundamentado nas melhores práticas de gestão pública

Leia mais

Cursos a Distância com Tutoria Turmas com mínimo de 60 participantes

Cursos a Distância com Tutoria Turmas com mínimo de 60 participantes Cursos a Distância com Tutoria Turmas com mínimo de 60 participantes Análise e melhoria de processos - MASP Servidores públicos federais interessados em conhecer a gestão da qualidade e utilizá-la na melhoria

Leia mais

Bem-vindo a sala de aula do curso: Siconv Transferências voluntárias da União. Facilitador: Fernanda Lyra

Bem-vindo a sala de aula do curso: Siconv Transferências voluntárias da União. Facilitador: Fernanda Lyra Bem-vindo a sala de aula do curso: Siconv Transferências voluntárias da União Facilitador: Fernanda Lyra Horário da Aula: 28 de janeiro - Segunda - das 18h às 20h SICONV TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO

Leia mais

COMPARAÇÃO ENTRE O RDC E A LEI 8666/93. Viviane Moura Bezerra

COMPARAÇÃO ENTRE O RDC E A LEI 8666/93. Viviane Moura Bezerra COMPARAÇÃO ENTRE O RDC E A LEI 8666/93 Viviane Moura Bezerra Índice de Apresentação 1.Considerações iniciais 2.Surgimento do RDC 3.Principais Inovações 4.Pontos Comuns 5.Contratação Integrada 6.Remuneração

Leia mais

PROJETO DE CAPACITAÇÃO INTRODUÇÃO À GESTÃO PÚBLICA

PROJETO DE CAPACITAÇÃO INTRODUÇÃO À GESTÃO PÚBLICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS SANTA CRUZ COORDENAÇÃO DE GESTÃO DE PESSOAS PROJETO

Leia mais

Portal dos Convênios

Portal dos Convênios Portal dos Convênios Um novo paradigma nas transferências voluntárias da União Carlos Henrique de Azevedo Moreira Brasília, junho de 2009 Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Apresentação

Leia mais

CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO DE PREGOEIROS TERMO DE REFERÊNCIA SRP SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS

CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO DE PREGOEIROS TERMO DE REFERÊNCIA SRP SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO DE PREGOEIROS TERMO DE REFERÊNCIA SRP SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS Carga Horária de 16 Horas 07 e 08 de Dezembro Rio de Janeiro - RJ LC 123/06 e LC 147/14 Atualizada pelo Novo Decreto

Leia mais

Portal dos Convênios

Portal dos Convênios Portal dos Convênios Um novo paradigma nas tranferências voluntárias da União Rogério Santanna dos Santos São Paulo, 10 de novembro de 2008 Roteiro Apresentação Metas do Portal dos Convênios Contexto Transferências

Leia mais

Portal dos Convênios UM NOVO MODELO PARA GESTÃO DAS TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO. Setembro, 2008

Portal dos Convênios UM NOVO MODELO PARA GESTÃO DAS TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO. Setembro, 2008 Portal dos Convênios UM NOVO MODELO PARA GESTÃO DAS TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO Setembro, 2008 Acórdãos TCU 788 e 2066/2006 Determinar ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão que apresente

Leia mais

Siconv para Convenentes

Siconv para Convenentes Siconv para Convenentes Módulo2 Portal de Convênios e Siconv Brasília - 2015. Fundação Escola Nacional de Administração Pública Presidente Gleisson Rubin Diretor de Desenvolvimento Gerencial Paulo Marques

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES DE CONHECIMENTO

CURSO DE FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES DE CONHECIMENTO CURSO DE FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES DE CONHECIMENTO Convênios entre a União e os Municípios Portal dos Convênios Um novo modelo para gestão das Transferências Voluntárias da União SISTEMA SICONV SLTI/MP

Leia mais

G E S T Ã O D E C O M P R A S P O R R E G I S T R O D E P R E Ç O S. VALDIR AUGUSTO DA SILVA Gestão Estratégica de Compras Portal de Compras

G E S T Ã O D E C O M P R A S P O R R E G I S T R O D E P R E Ç O S. VALDIR AUGUSTO DA SILVA Gestão Estratégica de Compras Portal de Compras G E S T Ã O D E C O M P R A S P O R R E G I S T R O D E P R E Ç O S VALDIR AUGUSTO DA SILVA Gestão Estratégica de Compras Portal de Compras SUMÁRIO O Sistema de Registro de Preços do Governo do Estado

Leia mais

CURSO Elaboração de Especificações de Itens para o Catálogo de bens, materiais e serviços.

CURSO Elaboração de Especificações de Itens para o Catálogo de bens, materiais e serviços. CURSO Elaboração de Especificações de Itens para o Catálogo de bens, materiais e serviços. FRANCISCO JOSÉ COELHO BEZERRA Gestor de Registro de Preços Fortaleza 26 a 28/11/2014 SORAYA QUIXADÁ BEZERRA Gestora

Leia mais

Concurso - EPPGG 2013. Prof. Leonardo Ferreira Turma EPPGG-2013 Aula 06,07,08,09

Concurso - EPPGG 2013. Prof. Leonardo Ferreira Turma EPPGG-2013 Aula 06,07,08,09 Concurso - EPPGG 2013 Prof. Leonardo Ferreira Turma EPPGG-2013 Aula 06,07,08,09 Ordem ao caos...(p4) Tema 4: 1. Práticas de gestão governamental no Brasil e seus resultados: Gestão de suprimentos e logística

Leia mais

DECRETO Nº 14.407 DE 09 DE ABRIL DE 2013. Aprova o Regulamento do Sistema Financeiro e de Contabilidade do Estado, e dá outras providências.

DECRETO Nº 14.407 DE 09 DE ABRIL DE 2013. Aprova o Regulamento do Sistema Financeiro e de Contabilidade do Estado, e dá outras providências. DECRETO Nº 14.407 DE 09 DE ABRIL DE 2013 Aprova o Regulamento do Sistema Financeiro e de Contabilidade do Estado, e dá outras providências. (Publicado no DOE de 10 de abril de 2013) O GOVERNADOR DO ESTADO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VIANA

PREFEITURA MUNICIPAL DE VIANA INSTRUÇÃO NORMATIVA SFI: 01/2014 Versão nº: 01 Data da Aprovação: 31/03/2014 Ato de Aprovação: Decreto Municipal nº 074/2014. Unidade Responsável: Departamento Financeiro da Secretaria Municipal de Finanças

Leia mais

LEGISLAÇÃO E EXECUÇÃO DE

LEGISLAÇÃO E EXECUÇÃO DE LEGISLAÇÃO E EXECUÇÃO DE CONVÊNIOS SICONV E OBTV Carga Horária de 16 Horas 27 e 28 de Outubro Cuiabá - MT Apresentação: O curso enfoca as diversas etapas do SICONV Sistema de Gestão de Convênios e Contratos

Leia mais

MODALIDADE DE LICITAÇÃO PREGÃO

MODALIDADE DE LICITAÇÃO PREGÃO Educação Educação Nacional Educação Educação Federal no Federal no PROJETO ESCOLA DE FÁBRICA MODALIDADE DE LICITAÇÃO PREGÃO Outubro/2006 Educação Educação Nacional Educação Educação Federal no Federal

Leia mais

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015.

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. EMENTA: Regulamenta o Sistema de Registro de Preços SRP previsto no art. 15 da Lei nº 8.666/93, no âmbito do Município de Central Bahia. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

SUMÁRIO LISTA DE ILUSTRAÇÕES... 15 NOTA AO LEITOR... 17 PREFÁCIO... 19

SUMÁRIO LISTA DE ILUSTRAÇÕES... 15 NOTA AO LEITOR... 17 PREFÁCIO... 19 2 STF00094574 SUMÁRIO LISTA DE ILUSTRAÇÕES........... 15 NOTA AO LEITOR............... 17 PREFÁCIO...... 19 CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO - CONTEXTUALIZAÇÃO DE UM REGIME LICITATÓRIO ESPECÍFICO PARA DETERMINADOS

Leia mais

LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS PASSO A PASSO PARA MUNICÍPIOS

LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS PASSO A PASSO PARA MUNICÍPIOS CURSO DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO NOVO LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS PASSO A PASSO PARA MUNICÍPIOS Brasília, Data a definir! Carga Horária: 24 horas/atividade Horário: das 8h30 às 18h (com

Leia mais

Entendendo a Legislação de Convênios

Entendendo a Legislação de Convênios PROFESSORA GIANNA LEPRE PERIM Professora Gianna Lepre Perim APRESENTAÇÃO GERAL: -DO CURSO -DA PROFESSORA -DA METODOLOGIA PROGRAMAÇÃO 1º dia Legislação Aplicável Noções Gerais sobre Convênios Condições

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS A respeito da evolução da administração e do processo administrativo, julgue os itens que se seguem. 51 A organização que adotar em seu planejamento a metodologia do balanced

Leia mais

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993.

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. DECRETO N.º 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que

Leia mais

Com André Luiz Freitas Leite

Com André Luiz Freitas Leite LEGISLAÇÃO E EXECUÇÃO DE Com André Luiz Freitas Leite 05 e 06 de Novembro de 2014 - Rio de Janeiro - RJ Apresentação: O curso enfoca as diversas etapas do SICONV Sistema de Gestão de Convênios e Contratos

Leia mais

XI Semana de d Adminis minis ação Orç Or amen amen ária , Financeira r e d e e d Contr Con a tr t a ações Públi Púb cas SIAFI Básico ABOP Slide 1

XI Semana de d Adminis minis ação Orç Or amen amen ária , Financeira r e d e e d Contr Con a tr t a ações Públi Púb cas SIAFI Básico ABOP Slide 1 SIAFI Básico ABOP Slide 1 Oficina nº 65 - SIAFI BÁSICO Carga Horária: 4h Conteúdo: 1. Aspectos históricos do SIAFI. 1.1 Apresentação do Sistema. 1.2 Conceituações básicas do SIAFI. 1.3 Objetivos. 1.4 Abrangência.

Leia mais

ANEXO I Informações sobre os cursos

ANEXO I Informações sobre os cursos ANEXO I Informações sobre os cursos 1. Análise e melhoria de processos Público-alvo Servidores públicos federais interessados em conhecer a gestão da qualidade e utilizá-la na melhoria dos processos de

Leia mais

Relação entre as Fundações de Apoio e a FINEP (execução e prestação de contas) 2013

Relação entre as Fundações de Apoio e a FINEP (execução e prestação de contas) 2013 Relação entre as Fundações de Apoio e a FINEP (execução e prestação de contas) 2013 Conceitos FINEP - Agência Brasileira da Inovação é uma empresa pública vinculada ao MCTI, que atua como Secretaria Executiva

Leia mais

Anexo III Contratações de Serviços de Consultoria (Pessoa Física e Jurídica)

Anexo III Contratações de Serviços de Consultoria (Pessoa Física e Jurídica) Anexo III Contratações de Serviços de Consultoria (Pessoa Física e Jurídica) No decorrer da execução do Projeto, e tão logo sejam definidos os perfis dos consultores necessários para a consecução dos produtos

Leia mais

INSTRUÇÃO DGA Nº 81, DE 23 DE SETEMBRO DE 2014

INSTRUÇÃO DGA Nº 81, DE 23 DE SETEMBRO DE 2014 INSTRUÇÃO DGA Nº 81, DE 23 DE SETEMBRO DE 2014 #Estabelece procedimentos para registro, no SICONV, de informações referentes a Convênios com OBTV. O Coordenador da Administração Geral, no uso de suas atribuições,

Leia mais

Gestão de Finanças Públicas

Gestão de Finanças Públicas APRESENTAÇÃO Desde a primeira edição deste livro mencionamos como os avanços no arcabouço institucional e instrumental de gestão financeira foram relevantes para que o governo brasileiro, efetivamente,

Leia mais

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Central de Compras e Contratações

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Central de Compras e Contratações Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Central de Compras e Contratações TÓPICOS O QUE É A CENTRAL DE COMPRAS E CONTRATAÇÕES AQUISIÇÃO DE PASSAGENS - PROCEDIMENTOS CREDENCIAMENTO CARTÃO DE PAGAMENTO

Leia mais

Porto Alegre (RS), 01, 02 e 03 de setembro de 2014

Porto Alegre (RS), 01, 02 e 03 de setembro de 2014 Porto Alegre (RS), 01, 02 e 03 de setembro de 2014 Prof. Geldes Ronan Passos Inscrições até 22/08/2014 APRESENTAÇÃO O RDC Regime Diferenciado de Contratações Públicas foi instituído no ano de 2011 objetivando

Leia mais

CURSO GESTÃO ORÇAMENTÁRIA, FINANCEIRA E CONTRATAÇÕES PÚBLICAS PARA MUNICÍPIOS. EDITAL 2011

CURSO GESTÃO ORÇAMENTÁRIA, FINANCEIRA E CONTRATAÇÕES PÚBLICAS PARA MUNICÍPIOS. EDITAL 2011 1. Apresentação CURSO GESTÃO ORÇAMENTÁRIA, FINANCEIRA E CONTRATAÇÕES PÚBLICAS PARA MUNICÍPIOS. EDITAL 2011 A Escola de Administração Fazendária Esaf em parceria com a coordenação do Programa Nacional de

Leia mais

Secretaria do Planejamento

Secretaria do Planejamento Salvador, Bahia Sexta-Feira 10 de outubro de 2014 Ano XCIX N o 21.543 Secretaria do Planejamento INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02 DE 08 DE OUTUBRO DE 2014 Orienta os órgãos e entidades da Administração Pública

Leia mais

SEMINÁRIO NACIONAL SICONV: DA CAPTAÇÃO DE RECURSOS DA UNIÃO À PRESTAÇÃO DE CONTAS

SEMINÁRIO NACIONAL SICONV: DA CAPTAÇÃO DE RECURSOS DA UNIÃO À PRESTAÇÃO DE CONTAS SEMINÁRIO NACIONAL SICONV: DA CAPTAÇÃO DE RECURSOS DA UNIÃO À PRESTAÇÃO DE CONTAS TERESINA - PI, 7 E 8 DE OUTUBRO DE 2013 APRESENTAÇÃO Os Estados, Municípios e as Organizações não governamentais ao encaminharem

Leia mais

DESCENTRALIZAÇÃO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA DAS PROMOTORIAS DE JUSTIÇA REGIONAIS

DESCENTRALIZAÇÃO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA DAS PROMOTORIAS DE JUSTIÇA REGIONAIS DESCENTRALIZAÇÃO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA DAS PROMOTORIAS DE JUSTIÇA REGIONAIS DESCENTRALIZAÇÃO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA DAS PROMOTORIAS DE JUSTIÇA REGIONAIS OBJETIVOS Dotar as Promotorias de Justiça

Leia mais

PROCESSO ORÇAMENTÁRIO CONCEITOS E PROCEDIMENTOS

PROCESSO ORÇAMENTÁRIO CONCEITOS E PROCEDIMENTOS PROCESSO ORÇAMENTÁRIO CONCEITOS E PROCEDIMENTOS Novembro/2009 Secretaria de Orçamento Federal Novembro/2009 Instituição Ministério do Planejamento, Secretaria de Orçamento Federal DEPT. PROGR. INFRAESTRUT.

Leia mais

CURSO SICONV EM MACEIÓ/AL

CURSO SICONV EM MACEIÓ/AL (ATENÇÃO: Favor não responder, mensagem automática. Informações, favor entrar em contato nos canais indicados no final da mensagem). CURSO SICONV EM MACEIÓ/AL O GRUPO SURIA Consultoria e Treinamentos promoverá,

Leia mais

ELABORAÇÃO DE EDITAIS,

ELABORAÇÃO DE EDITAIS, ELABORAÇÃO DE EDITAIS, TERMOS DE REFERÊNCIA E PROJETOS BÁSICOS Os cuidados necessários no planejamento das licitações O direito de preferência para bens e serviços produzidos no Brasil As regras de sustentabilidade

Leia mais

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Departamento de Logística e Serviços Gerais

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Departamento de Logística e Serviços Gerais PREGÃO ELETRÔNICO Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Departamento de Logística e Serviços Gerais 2008 O SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

CURSO FISCALIZAÇÃO DE CONTRATOS DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS

CURSO FISCALIZAÇÃO DE CONTRATOS DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS CURSO FISCALIZAÇÃO DE CONTRATOS DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS TUTOR e CONTEUDISTA LÚCIO FLÁVIO FERRAZ Auditor Federal de Controle Externo do TCU PLANO DE CURSO Sumário 1. INFORMAÇÕES GERAIS... 2 2. EMENTA...

Leia mais

4. Padrão Mínimo de Qualidade dos Sistemas Integrados de Administração Financeira e Controle

4. Padrão Mínimo de Qualidade dos Sistemas Integrados de Administração Financeira e Controle 4. Padrão Mínimo de Qualidade dos Sistemas Integrados de Administração Financeira e Controle Luís Eduardo Vieira Superintendência de Gestão Técnica SGT Financeira e Controle. Introdução A transparência

Leia mais

Agenda Nacional de Apoio à Gestão Municipal

Agenda Nacional de Apoio à Gestão Municipal SECRETARIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS SUBCHEFIA DE ASSUNTOS FEDERATIVOS Agenda Nacional de Apoio à Gestão Municipal Mapa de obras contratadas pela CEF, em andamento com recursos do Governo Federal 5.048

Leia mais

PORTARIA Nº PGE - 089/2012

PORTARIA Nº PGE - 089/2012 PORTARIA Nº PGE - 089/2012 O PROCURADOR GERAL DO ESTADO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 32 da Lei Complementar nº 34, de 06 de fevereiro de 2009, considerando a necessidade de

Leia mais

Questão de auditoria Informações Requeridas Fontes de Informação Procedimentos Possíveis Achados

Questão de auditoria Informações Requeridas Fontes de Informação Procedimentos Possíveis Achados Questão de auditoria Informações Requeridas Fontes de Informação s Possíveis Achados 1 As características da unidade de controle interno atendem aos preceitos normativos e jurisprudenciais? Ato que criou

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO, PRESENCIAL E SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS - SRP

PREGÃO ELETRÔNICO, PRESENCIAL E SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS - SRP CURSO DE FORMAÇÃO E ATUALIZAÇÃO PARA PREGOEIROS NOVO PREGÃO ELETRÔNICO, PRESENCIAL E SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS - SRP Carga Horária: 16 horas/atividade Brasília, 07 e 08 de outubro de 2015 APRESENTAÇÃO

Leia mais

ACOMPANHAMENTO FÍSICO E FINANCEIRO CONVÊNIOS E CONTRATOS DE REPASSE FEDERAIS (SICONV)

ACOMPANHAMENTO FÍSICO E FINANCEIRO CONVÊNIOS E CONTRATOS DE REPASSE FEDERAIS (SICONV) 4/11/2013 SEF/SC ACOMPANHAMENTO FÍSICO E FINANCEIRO CONVÊNIOS E CONTRATOS DE REPASSE FEDERAIS (SICONV) Orientações Diretoria de Planejamento Orçamentário DIOR Diretoria de Captação de Recursos e da Dívida

Leia mais

OBJETIVO PÚBLICO ALVO VANTAGENS. www.licidata.com.br gerencia@licidata.com.br (41) 3064-1100

OBJETIVO PÚBLICO ALVO VANTAGENS. www.licidata.com.br gerencia@licidata.com.br (41) 3064-1100 A Licidata Cursos reconhecida nacionalmente por sua excelência em capacitação, e pelo compartir do conhecimento técnico e pratico, oportunizado por seus parceiros e renomados professores e palestrantes,

Leia mais

ÍNDICE Volume 1 CONHECIMENTOS GERAIS

ÍNDICE Volume 1 CONHECIMENTOS GERAIS Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás TCE/GO Auditor de Controle Externo Área Controle Externo ÍNDICE Volume 1 CONHECIMENTOS GERAIS Língua Portuguesa Ortografia oficial... 01 Acentuação

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E FINANÇAS - PROPLAN

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E FINANÇAS - PROPLAN UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E FINANÇAS - PROPLAN ROTINAS ADMINISTRATIVAS PROPLAN SETOR: Pró-Reitoria CARGO: Docente / TNS FUNÇÃO: Pró-Reitor

Leia mais

Pregoeiros, Membros de Comissões de Licitações, Administradores Auditores e Procuradores, profissionais envolvidos nas compras públicas.

Pregoeiros, Membros de Comissões de Licitações, Administradores Auditores e Procuradores, profissionais envolvidos nas compras públicas. CURITIBA - PR 21 E 22 DE MARÇO Objetivo: Reciclar, treinar e formar servidores e gestores públicos ampliando seus conhecimentos de forma prática para agilizar os mecanismos das Contratações Públicas, baseadas

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA AGE N.º 10, DE 20 DE MAIO DE 2010.

INSTRUÇÃO NORMATIVA AGE N.º 10, DE 20 DE MAIO DE 2010. AUDITORIA GERAL DO ESTADO ATOS DO AUDITOR-GERAL INSTRUÇÃO NORMATIVA AGE N.º 10, DE 20 DE MAIO DE 2010. Estabelece normas de organização e apresentação das prestações de contas de convênios que impliquem

Leia mais

10 a 12/06/2013 - Florianópolis SC - CURSO DE SIAFI OPERACIONAL ATUALIZADO COM NOVO SIAFI

10 a 12/06/2013 - Florianópolis SC - CURSO DE SIAFI OPERACIONAL ATUALIZADO COM NOVO SIAFI Apresentação O curso visa ao conhecimento do Sistema Integrado de Administração Financeira SIAFI, a atualização das rotinas de execução orçamentária e financeira, ao conhecimento teórico sobre os assuntos

Leia mais

INTRODUÇÃO. Apresentação

INTRODUÇÃO. Apresentação ANEXO ÚNICO DA RESOLUÇÃO ATRICON 09/2014 DIRETRIZES DE CONTROLE EXTERNO ATRICON 3207/2014: OS TRIBUNAIS DE CONTAS E O DESENVOLVIMENTO LOCAL: CONTROLE DO TRATAMENTO DIFERENCIADO E FAVORECIDO ÀS MICROEMPRESAS

Leia mais

Manual Cartão de Pagamento do Governo Federal. Banco do Setor público

Manual Cartão de Pagamento do Governo Federal. Banco do Setor público Manual Cartão de Pagamento do Governo Federal Banco do Setor público 2 Sumário Introdução 04 Cartão de Pagamento do Governo Federal CPGF 04 Passo a Passo 10 Perguntas e Respostas 12 Legislação I Ementa

Leia mais

RELATO DA INICIATIVA OU PROJETO

RELATO DA INICIATIVA OU PROJETO Prefeitura Municipal de Vitória Controladoria Geral do Município RELATO DA INICIATIVA OU PROJETO Nome da Iniciativa ou Projeto Portal de Transparência Vitória Caracterização da situação anterior O Portal

Leia mais

Informática Básica (Windows, Word, Internet). Curso: Excel Básico

Informática Básica (Windows, Word, Internet). Curso: Excel Básico Informática Básica (Windows, Word, Internet). Objetivo: Proporcionar conhecimentos básicos no sistema operacional windows, word e excel. Público alvo: Servidores públicos municipais, que ainda não tenham

Leia mais

CARTA DE APRESENTAÇÃO

CARTA DE APRESENTAÇÃO 2 CARTA DE APRESENTAÇÃO Todos nós idealizamos planos, projetos, mudanças e perspectivas de novas realizações. Para atingirmos esses objetivos precisamos constituir nossas ações com persistência, entusiasmo

Leia mais

ABOP ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ORÇAMENTO PÚBLICO

ABOP ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ORÇAMENTO PÚBLICO ABOP ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ORÇAMENTO PÚBLICO V I I I S E M A N A D E A D M I N I S T R A Ç Ã O O R Ç A M E N T Á R I A, F I N A N C E I R A & D E C O N T R A T A Ç Õ E S P Ú B L I C A S EDITAL 2011

Leia mais

SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS PARA COMPRAS E SERVIÇOS COMO PLANEJAR, JULGAR A LICITAÇÃO E GERIR A ATA E O CONTRATO

SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS PARA COMPRAS E SERVIÇOS COMO PLANEJAR, JULGAR A LICITAÇÃO E GERIR A ATA E O CONTRATO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS PARA COMPRAS E SERVIÇOS COMO PLANEJAR, JULGAR A LICITAÇÃO E GERIR A ATA E O CONTRATO Melhores práticas, análise de casos concretos e checklist dos procedimentos Aspectos polêmicos

Leia mais

O QUE MUDA NAS CONTRATAÇÕES DE SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PELA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA COM A NOVA IN Nº 04/14

O QUE MUDA NAS CONTRATAÇÕES DE SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PELA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA COM A NOVA IN Nº 04/14 O QUE MUDA NAS CONTRATAÇÕES DE SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PELA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA COM A NOVA IN Nº 04/14 ABORDAGEM COM AS ALTERAÇÕES DA IN Nº 02/15 DO PLANEJAMENTO DA CONTRATAÇÃO À GESTÃO DOS

Leia mais

Manual Cartão de Pagamento do Governo Federal. Banco do Setor público

Manual Cartão de Pagamento do Governo Federal. Banco do Setor público Manual Cartão de Pagamento do Governo Federal Banco do Setor público Sumário Introdução 04 Cartão de Pagamento do Governo Federal CPGF 04 Passo a Passo 10 Perguntas e Respostas 12 Legislação I Ementa 17

Leia mais

NORMA PARA REGULAMENTAÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DOS AGENTES DE COMPRAS DA UNIFEI

NORMA PARA REGULAMENTAÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DOS AGENTES DE COMPRAS DA UNIFEI NORMA PARA REGULAMENTAÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DOS AGENTES DE COMPRAS DA UNIFEI NORMA PARA REGULAMENTAÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DOS AGENTES DE COMPRAS DA UNIFEI Dispõe sobre as atribuições dos agentes de compras

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO Nº 010/13.

ORDEM DE SERVIÇO Nº 010/13. ORDEM DE SERVIÇO Nº 010/13. Porto Alegre, 1º de agosto de 2013. AOS SECRETÁRIOS MUNICIPAIS, PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍ- PIO, DIRETOR DO DEPARTAMEN- TO DE ESGOTOS PLUVIAIS, DIRE- TORES-GERAIS DE AUTARQUIAS,

Leia mais

Turma TCMRJ Técnico de Controle Externo 123 Módulo 1 4

Turma TCMRJ Técnico de Controle Externo 123 Módulo 1 4 Turma TCMRJ Técnico de Controle Externo 123 Módulo 1 4 Banca: SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO/RJ Edital SMA Nº 84/2010 (data da publicação: 27/09/2010) Carga horária (aulas presenciais): 126 horas

Leia mais

Olá caros acadêmicos segue um resumo básico de alguns conceitos estabelecidos na LDO, retirado do site ponto dos concursos.

Olá caros acadêmicos segue um resumo básico de alguns conceitos estabelecidos na LDO, retirado do site ponto dos concursos. Olá caros acadêmicos segue um resumo básico de alguns conceitos estabelecidos na LDO, retirado do site ponto dos concursos. Vamos ao nosso assunto de hoje! Lei de Diretrizes Orçamentárias LDO: A LDO é

Leia mais

Sistema de Custos do Setor Público: a experiência brasileira

Sistema de Custos do Setor Público: a experiência brasileira XXIII SEMINÁRIO INTERNACIONAL DO CILEA Sistema de Custos do Setor Público: a experiência brasileira Nelson Machado Camboriu, julho 2011 Ambiente e Desafios Democratização e ampliação da participação social

Leia mais

ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS, BLOCO K - AUDITÓRIO DO SUBSOLO, BRASÍLIA- DF. DATA: 20, 21 e 22 DE AGOSTO DE 2012 DIA 20/08/12 (SEGUNDA- FEIRA)

ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS, BLOCO K - AUDITÓRIO DO SUBSOLO, BRASÍLIA- DF. DATA: 20, 21 e 22 DE AGOSTO DE 2012 DIA 20/08/12 (SEGUNDA- FEIRA) PROGRAMAÇÃO DA CAPACITAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DE CONVÊNIOS E CONTRATOS DE REPASSE SICONV PARA OS REPRESENTANTES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA ESTADUAL LOCAL: MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO

Leia mais

PORTARIA Nº 3.870 DE 15 DE JULHO DE 2014. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

PORTARIA Nº 3.870 DE 15 DE JULHO DE 2014. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, PORTARIA Nº 3.870 DE 15 DE JULHO DE 2014. Regulamenta as atribuições da Secretaria de Controle Interno do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região e dá outras providências. A PRESIDENTE DO, no uso de

Leia mais

PROCESSO PERMANENTE PARA CADASTRAMENTO DE INSTRUTORES PARA OS CURSOS PRESENCIAIS PROMOVIDOS PELO CENTRESAF/SP

PROCESSO PERMANENTE PARA CADASTRAMENTO DE INSTRUTORES PARA OS CURSOS PRESENCIAIS PROMOVIDOS PELO CENTRESAF/SP PROCESSO PERMANENTE PARA CADASTRAMENTO DE INSTRUTORES PARA OS CURSOS PRESENCIAIS PROMOVIDOS PELO CENTRESAF/SP O Diretor do CENTRO REGIONAL DE TREINAMENTO DA ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO FAZENDÁRIA EM SÃO PAULO,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 313 DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013.

RESOLUÇÃO Nº 313 DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013. RESOLUÇÃO Nº 313 DE 02 DE DEZEMBRO DE 2013. DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DO CONTROLE INTERNO DO PODER LEGISLATIVO DE POCONÉ E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS O Presidente da Câmara Municipal de Poconé,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATINHOS Estado do Paraná CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATINHOS Estado do Paraná CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO INSTRUÇÃO NORMATIVA CG Nº 001 DE 02 de junho de 2014 Institui o Plano de atividades de Auditoria Interna no ano de 2014 e dá outras providências. O CONTROLADOR GERAL DO MUNICPIO DE MATINHOS, no uso de

Leia mais

TREINAMENTO PARA OS NOVOS DIRETORES DE DEPARTAMENTOS DA UNIVERSIDADE

TREINAMENTO PARA OS NOVOS DIRETORES DE DEPARTAMENTOS DA UNIVERSIDADE TREINAMENTO PARA OS NOVOS DIRETORES DE DEPARTAMENTOS DA UNIVERSIDADE Salvador, 21 e 22 de julho de 2010 CONVÊNIOS EQUIPE: Alessandro Chaves de Jesus Ana Lucia Alcântara Tanajura Cristiane Neves de Oliveira

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA 007/2012 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO CURSO DE EXTENSÃO EM GESTÃO DE PROCESSOS ADMINISTRATIVOS E CONTÁBEIS

EDITAL DE ABERTURA 007/2012 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO CURSO DE EXTENSÃO EM GESTÃO DE PROCESSOS ADMINISTRATIVOS E CONTÁBEIS EDITAL DE ABERTURA 007/2012 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO CURSO DE EXTENSÃO EM GESTÃO DE PROCESSOS ADMINISTRATIVOS E CONTÁBEIS 1. DA REALIZAÇÃO A Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH),

Leia mais

Orientações para o. Alexandre Lages Cavalcante Controlador Geral do Estado. Juliana Barros da Cruz Oliveira Superintendente de Controle Financeiro

Orientações para o. Alexandre Lages Cavalcante Controlador Geral do Estado. Juliana Barros da Cruz Oliveira Superintendente de Controle Financeiro Orientações para o Controle de Convênios Alexandre Lages Cavalcante Controlador Geral do Estado Juliana Barros da Cruz Oliveira Superintendente de Controle Financeiro Maio/2010 Devolução de recursos de

Leia mais

TRANSPARÊNCIA E RIGOR NA NOVA LEI DE LICITAÇÕES DA PUBLICIDADE DE ÓRGÃO PÚBLICO

TRANSPARÊNCIA E RIGOR NA NOVA LEI DE LICITAÇÕES DA PUBLICIDADE DE ÓRGÃO PÚBLICO TRANSPARÊNCIA E RIGOR NA NOVA LEI DE LICITAÇÕES DA PUBLICIDADE DE ÓRGÃO PÚBLICO Por João Luiz Faria Netto A nova lei conta com normas principais e obrigatórias para a contratação de agências de publicidade

Leia mais

Presidência da República

Presidência da República Presidência da República Casa Subchefia para Assuntos Jurídicos Civil DECRETO Nº 6.170, DE 25 DE JULHO DE 2007. Dispõe sobre as normas relativas às transferências de recursos da União mediante convênios

Leia mais

Plano de Contas Aplicado ao Setor Público

Plano de Contas Aplicado ao Setor Público Plano de Contas Aplicado ao Setor Público Fonte: Apresentação da Coordenação Geral de Contabilidade STN/CCONT do Tesouro Nacional Última Atualização: 14/09/2009 1 Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor

Leia mais

Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse SICONV. Medidas para Desburocratização das Transferências Voluntárias

Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse SICONV. Medidas para Desburocratização das Transferências Voluntárias Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse SICONV Medidas para Desburocratização das Transferências Voluntárias Departamento de Transferências Voluntárias da União Brasília, 01 de abril de 2014

Leia mais

CONTRATOS DE COMPRAS E SERVIÇOS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MELHORES PRÁTICAS PARA A GESTÃO E FISCALIZAÇÃO

CONTRATOS DE COMPRAS E SERVIÇOS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MELHORES PRÁTICAS PARA A GESTÃO E FISCALIZAÇÃO SEMINÁRIO NACIONAL CONTRATOS DE COMPRAS E SERVIÇOS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MELHORES PRÁTICAS PARA A GESTÃO E FISCALIZAÇÃO Enfoque aplicado com resolução de casos práticos, análise de cláusulas contratuais,

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. EDITAL ESMPU n. 177/2008

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. EDITAL ESMPU n. 177/2008 ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO EDITAL ESMPU n. 177/2008 A Escola Superior do Ministério Público da União ESMPU comunica que estarão abertas, no período de 13 a 15 de outubro de 2008, as

Leia mais

O CONTROLE INTERNO COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO PARA OS MUNICÍPIOS

O CONTROLE INTERNO COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO PARA OS MUNICÍPIOS O CONTROLE INTERNO COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO PARA OS MUNICÍPIOS Luís Filipe Vellozo de Sá e Eduardo Rios Auditores de Controle Externo TCEES Vitória, 21 de fevereiro de 2013 1 Planejamento Estratégico

Leia mais

CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO DE PREGOEIROS E EQUIPES DE APOIO, LICITAÇÕES E CONTRATOS E SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS

CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO DE PREGOEIROS E EQUIPES DE APOIO, LICITAÇÕES E CONTRATOS E SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS APRESENTA: CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO DE PREGOEIROS E EQUIPES DE APOIO, LICITAÇÕES E CONTRATOS E SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS INCLUINDO NOVA LEI 7.892/13 DATA: 31 DE AGOSTO E 01 DE SETEMBRO LOCAL: BRASILIA

Leia mais

www.avantassessoria.com.br

www.avantassessoria.com.br www.avantassessoria.com.br Nossa Empresa A AVANT Assessoria Contábil e Tributária é uma empresa de contabilidade especializada em consultoria e assessoria de empresas e profissionais liberais, oferecendo

Leia mais

QUEM PODE HABILITAR-SE NO SICONV?

QUEM PODE HABILITAR-SE NO SICONV? O QUE É SICONV? Criado pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, o SICONV Sistema de Convênio, tem como uma das finalidades, facilitar as apresentações de projetos aos programas ofertados pelo

Leia mais

SEMINÁRIO DE TERCEIRIZAÇÃO: QUESTÕES POLÊMICAS SOBRE A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS

SEMINÁRIO DE TERCEIRIZAÇÃO: QUESTÕES POLÊMICAS SOBRE A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS Inicialmente, agradecemos a oportunidade de apresentarmos o presente seminário. No presente e-mail, seguem as informações gerais do seminário e demais especificações para sua análise. SEMINÁRIO DE TERCEIRIZAÇÃO:

Leia mais