FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)"

Transcrição

1 Ano/Semestre curricular Ano letivo Curso Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] Língua de ensino ECTS - tempo de trabalho (horas) FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) 2º Ano Serviço Social Serviço Social II Português ECTS Total T TP PL S OT TC E O* Docente Responsável/Carga letiva [Nome completo, categoria, número de horas letivas, contacto de ] T - Teóricas; TP - Teórico-práticas; PL - Prática-laboratorial; S - Seminário; OT - Orientação tutorial; TC - Trabalho de campo; E Estágio; O* - Outras horas caraterizadas como Ensino Clínico ao abrigo da Diretiva nº 77/453/CEE de 27 Junho adaptada pela Diretiva 2005/36/CE; Maria Luísa de Sousa Panaças Professora Adjunta 37,5h Regime diurno 37,5h Regime pós-laboral Outros Docentes e respetivas cargas letivas [Nomes completos, categorias, número de horas letivas, contacto de ] Julieta da Luz Lopes Pereira Feliz Equiparada a Assistente do 2º Triénio 37,5h Regime diurno Pré-requisitos [unidades curriculares que lhe devem preceder ou competências à entrada] Objetivos/ [Descrição dos objetivos gerais e/ou específicos] 37,5h Regime pós-laboral 1.Compreender a intervenção profissional dos assistentes sociais na sociedade atual, tendo por base os modelos de estruturação da intervenção social. 2.Analisar a metodologia global de intervenção em Serviço Social, refletindo sobre as dimensões, os elementos que a compõem e as suas categorias e unidades de intervenção. 3.Identificar e refletir sobre as teorias das ciências sociais que fundamentam os modelos teóricos do Serviço Social 4.Refletir sobre a mudança social e as estratégias de

2 Resultados de aprendizagem /Competências a adquirir [Conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes] Competências Competências Transversais: Capacidade de organizar e planificar Capacidade de tomada de decisões Capacidade para aplicar a teoria à prática Capacidade de investigar Competências específicas Saber: Dominar conceitos da teoria do serviço social e de modelos teóricos de outras ciências que contribuem para o conhecimento em serviço social. Compreender a relevância das ciências sociais nos fenómenos de grupo e comportamento organizacional. Compreender o funcionamento pessoal e social da pessoa. Compreender os modelos de estruturação da intervenção social. Compreender a realidade social atual, refletindo sobre as relações que se estabelecem entre os elementos que compõem a intervenção profissional dos assistentes sociais. Conhecer as dimensões do serviço social, os elementos que a compõem e as suas categorias e unidades de intervenção; Refletir sobre a mudança social e as estratégias de Saber fazer: Saber recolher e selecionar informação relevante. Dominar processos de atendimento para responder às diferentes especificidades das pessoas. Ativar estratégias de diagnóstico social e utilizar instrumentos adequados. Utilizar instrumentos conceptuais para guiar o processo de diagnóstico, intervenção e avaliação. Aplicar conhecimentos para compreender as pessoas e os seus contextos.

3 Conteúdos Programáticos Módulo I. Dimensões da intervenção em Serviço Social 1.1. A Intervenção direta e indireta em Serviço Social 1.2. Intervenção Individual 1.3. Intervenção Coletiva 1.5. A interdependência entre o tipo de intervenção e as dimensões da intervenção Demonstração da coerência entre os conteúdos e os objetivos da Unidade Curricular] Módulo 2 Teorias que estruturam a intervenção do assistente social 2.1. Teorias Psicológicas (conceções psicanalíticas, cognitivistas, behavioristas e humanistas) 2.2 Teorias sociais Teoria Sistémica Teoria Crítica Outras teorias: Antiopressiva, Radicais, Feministas e Construtivista Módulo 3. Paradigmas da intervenção social 3.1. Educação / Pedagogia 3.2. Capacitação 3.3. Mediação O programa organiza-se em torno de três módulos (Dimensões da intervenção em Serviço Social; Teorias que estruturam a intervenção do assistente social e Paradigmas da intervenção social). O conteúdo 1 responde ao objetivo 1: os estudantes deverão saber analisar a metodologia global de intervenção em Serviço Social, refletindo sobre as dimensões, os elementos que a compõem e as suas categorias e unidades de intervenção. O conteúdo do módulo 2 relaciona-se com o objetivo 2: os estudantes deverão saber identificar e refletir sobre as teorias que fundamentam os modelos teóricos do Serviço Social. O conteúdo do módulo 3 relaciona-se com os objetivos 3 e 4: os estudantes deverão compreender a intervenção profissional dos assistentes sociais na sociedade atual, tendo por base os modelos de estruturação da intervenção social e refletir sobre a mudança social e as estratégias de

4 Metodologias de ensino Demonstração da coerência entre as metodologias de ensino e os objetivos de aprendizagem] Metodologias de avaliação [indicar os componentes do sistema de avaliação, tipo, matéria e peso de cada componente na classificação final assim como os correspondentes condicionalismos] A metodologia pretende conciliar a exposição e a sistematização de conhecimentos com a necessidade de adotar metodologias e estratégias que impliquem os estudantes e favoreçam as aprendizagens significativas. Os conteúdos teóricos são ministrados a par da investigação autónoma realizada pelos alunos a partir das referências bibliográficas aconselhadas. Os conteúdos teóricos são ministrados através de sessões expositivas e exposições comentadas, com recurso a casos. As pesquisas teóricas realizadas no âmbito dos temas propostos terão sempre expressão em momentos de debate e discussão nas sessões teórico-práticas e acompanhamento nas sessões de tutoria. A metodologia responde à necessidade de privilegiar estratégias que coloquem o docente como organizador da informação, conciliando exposição e sistematização de conhecimentos e à necessidade de adotar metodologias e estratégias que impliquem os estudantes e favoreçam as aprendizagens significativas bem como a produção de saberes. Haverá momentos de exposição teórica que responderão a momentos de sistematização dos vários conteúdos e transmitirão informação organizada e comentada, procurando responder aos objetivos 1, 2 e 3: compreender a intervenção profissional dos assistentes sociais na sociedade atual, tendo por base os modelos de estruturação da intervenção social, analisar a metodologia global de intervenção em Serviço Social, refletindo sobre as dimensões, os elementos que a compõem e as suas categorias e unidades de intervenção e identificar e refletir sobre as teorias das ciências sociais que fundamentam os modelos teóricos do Serviço Social; As pesquisas teóricas e os debates permitirão a também a aquisição de conhecimentos acerca da mudança social e acerca das estratégias de intervenção dos profissionais de Serviço Social e conforme o objetivo 4. A avaliação final de cada aluno será efetuada com base na realização de uma prova escrita individual e presencial e de pequenos trabalhos sobre uma das temáticas do programa. Parâmetros como a assiduidade, participação em pequenos trabalhos a desenvolver durante as sessões e desempenho em grupo são igualmente critérios de avaliação.

5 Bibliografia [de acordo com as normas em vigor no IPP/Unidades Orgânicas] Situações especiais [estudantes com estatuto especial, Bibliografía principal Dominelli, L. (2009). Introducing Social Work. Cambridge: Polity Press. Fernandez García, T. (2009). Fundamentos del Trabajo Social. Madrid: Alianza Editorial. Fernandez García, T. (2003). Introducción al trabajo social. Madrid: Alianza Editorial. S 20 Howe, D. (2009). A Brief Introduction to Social Work Theory. Basingstoke: Palgrave MacMillan. Iamamoto, M. (2004). O Serviço Social na Contemporaneidade: trabalho e formação profissional, 7ª Edição, São Paulo: Cortez. Mouro, H. e Simões, Dulce (Orgs.), (2001). 100 anos de Serviço Social. Coimbra: Quarteto. Mullally, B. (2000), Strutural Social Work: Ideology, Theory and Practice, 2 nd Edition, Oxford University Press. Payne, M. (2002), Teoria do Trabalho Social Moderno, Coimbra: Quarteto. Robertis, C. (1992), Metodología de la Intervención en Trabajo Social, Barcelona: El Ateneo Bibliografía complementar Guadalupe, S. (2009), Intervenção em Rede-Serviço Social, Sistémica e Redes de Suporte Social. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra. Coordenação/Direção de Curso Coordenação de Departamento Conselho Pedagógico Conselho Técnico- Científico REVISÃO APROVAÇÃO

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano/Semestre curricular Ano letivo 2014/15 Curso Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] Língua de ensino ECTS - tempo de trabalho (horas) 1º Ano FICHA DE UNIDADE CURRICULAR

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano/Semestre curricular Ano letivo 2015/2016 Curso Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] Língua de ensino ECTS - tempo de trabalho (horas) FICHA DE UNIDADE CURRICULAR

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano letivo 2014/2015 Ano/Semestre curricular Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] Língua de ensino ECTS - tempo de trabalho (horas) 1ºAno FICHA DE UNIDADE CURRICULAR

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano letivo 2014/2015 Ano/Semestre curricular Curso Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] 1º Ano/1º semestre Ano letivo 2013/2014 Língua de ensino ECTS - tempo de trabalho

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano letivo 2015/2016 Ano/Semestre curricular 2º Ano 1º Semestre Curso Licenciatura em Enfermagem (1º Ciclo) Unidade Curricular Gestão de cuidados de enfermagem [designação

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano/Semestre curricular Ano letivo 2014/2015 Curso Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] (máx100 caracteres) Língua de ensino ECTS

Leia mais

formativa e das atividades de ensino e de aprendizagem nela desenvolvidas;

formativa e das atividades de ensino e de aprendizagem nela desenvolvidas; Índice 1- ENQUADRAMENTO... 2 2- METODOLOGIA... 3 3- INSTRUMENTOS... 4 3.1. Ficha da unidade curricular... 4 3.2. Inquéritos de apreciação ensino/aprendizagem... 4 3.3. Formulários... 4 3.4. Dossiers...

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA

ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA Licenciatura em Engenharia Agro-pecuária Ref.ª : 1510003 Ano lectivo: 2008-09 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR LÍNGUA INGLESA E COMUNICAÇÃO 1. Unidade Curricular: 1.1 Área científica: 22 - Humanidades 1.2

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO EM SAÚDE

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO EM SAÚDE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO EM SAÚDE Plano de Estudos Direito da Saúde e da Administração Pública... 2 Economia da Saúde... 4 Gestão de Unidades de Saúde... 7 1 FICHA DE UNIDADE CURRICULAR Ano Letivo 2013

Leia mais

Regulamento do Curso de Pós-Graduação em Higiene Oral para Pessoas com Necessidades Especiais

Regulamento do Curso de Pós-Graduação em Higiene Oral para Pessoas com Necessidades Especiais Regulamento do Curso de Pós-Graduação em Higiene Oral para Pessoas com Necessidades Especiais Artigo 1.º Âmbito de aplicação O presente regulamento aplica-se ao Curso de Pós-Graduação em Higiene Oral para

Leia mais

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR. Curso: Licenciatura em Educação Básica Ciclo: 1º Ramo: Educação Ano: 2º Designação:

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR. Curso: Licenciatura em Educação Básica Ciclo: 1º Ramo: Educação Ano: 2º Designação: PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR Curso: Licenciatura em Educação Básica Ciclo: 1º Ramo: Educação Ano: 2º Designação: Aquisição e Desenvolvimento da Linguagem Créditos: 5 Departamento: Ciências da Comunicação

Leia mais

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A Licenciatura em Engenharia Alimentar Ref.ª : 8810005 Ano lectivo: 2009-10 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR LÍNGUA INGLESA E COMUNICAÇÃO ENGLISH LANGUAGE AND COMMUNICATION 1. Unidade Curricular: 1.1 Área

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano letivo 2014/2015 Ano/Semestre curricular 3ºAno/1º Semestre Curso Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] (máx100 caracteres) Língua

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E DO COMPORTAMENTO

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E DO COMPORTAMENTO REGULAMENTO ESPECÍFICO DO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE EM ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE 1 Artigo 1º Âmbito de aplicação O presente Regulamento aplica-se ao ciclo de estudo conducente ao grau

Leia mais

Regulamento do Curso Técnico Superior Profissional

Regulamento do Curso Técnico Superior Profissional Regulamento do Curso Técnico Superior Profissional Preâmbulo A criação de oportunidades de formação para públicos diversos, com necessidades específicas, tem sido, desde sempre, uma prioridade para a Escola

Leia mais

CENTRO DE COMPETÊNCIA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (CCCS) Departamento de Ciências da Educação

CENTRO DE COMPETÊNCIA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (CCCS) Departamento de Ciências da Educação CENTRO DE COMPETÊNCIA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (CCCS) Departamento de Ciências da Educação Licenciatura em Ciências de Educação Menor em Educação Social 2º Ano Ano letivo 2011/2012 2º Semestre PROGRAMA Gestão

Leia mais

9147 Gestão ramo de Gestão de Empresas Aprovisionamento e Gestão de Stocks. ECTS Total Horas de contacto semestral T TP PL TC S E OT 6 160 60 8

9147 Gestão ramo de Gestão de Empresas Aprovisionamento e Gestão de Stocks. ECTS Total Horas de contacto semestral T TP PL TC S E OT 6 160 60 8 Ano Lectivo 2009/2010 Curso Unidade Curricular 1 [ID Unidade Curricular / Designação] Responsável [nome completo e e-mail] 9147 Gestão ramo de Gestão de Empresas Aprovisionamento e Gestão de Stocks Nicolau

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Empreendedorismo Social e Empregabilidade Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Empreendedorismo Social e Empregabilidade Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular Empreendedorismo Social e Empregabilidade Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Serviço Social (1º Ciclo) 2. Curso Serviço Social 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

FICHA DE DISCIPLINAS: ANO LECTIVO DE 2008/09 SERVIÇO SOCIAL. Questões Avançadas em Serviço Social

FICHA DE DISCIPLINAS: ANO LECTIVO DE 2008/09 SERVIÇO SOCIAL. Questões Avançadas em Serviço Social FICHA DE DISCIPLINAS: ANO LECTIVO DE 2008/09 SERVIÇO SOCIAL Nome da disciplina Questões Avançadas em Serviço Social Ciclo de estudos 2º Equipa docente com breve resenha curricular dos docentes (1) Nº de

Leia mais

1 - Área científica predominante da Pós-Graduação: Ciências da Educação

1 - Área científica predominante da Pós-Graduação: Ciências da Educação INSTITUTO POLITÉCNICO DE PORTALEGRE ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO EM BIBLIOTECAS E PROMOÇÃO DA LEITURA ANO LETIVO DE 2013/2014 INFORMAÇÕES SOBRE O CURSO 1 - Área científica predominante da

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO AVANÇADA EM SERVIÇO SOCIAL Ano Lectivo 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO AVANÇADA EM SERVIÇO SOCIAL Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica Serviço Social (2º Ciclo) UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA Programa da Unidade Curricular METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO AVANÇADA EM SERVIÇO SOCIAL Ano Lectivo 2012/2013 2. Curso Mestrado

Leia mais

47586 Diário da República, 2.ª série N.º 232 5 de Dezembro de 2011

47586 Diário da República, 2.ª série N.º 232 5 de Dezembro de 2011 47586 Diário da República, 2.ª série N.º 232 5 de Dezembro de 2011 2) Cartas de curso identificação do Reitor da Universidade Nova de Lisboa, identificação do titular do grau, n.º do documento de identificação

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA - FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA - FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA - FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA, FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA, FELGUEIRAS 1 Índice

Leia mais

MESTRADO INTEGRADO EM ARQUITETURA NORMAS REGULAMENTARES ARTIGO 1.º. Grau

MESTRADO INTEGRADO EM ARQUITETURA NORMAS REGULAMENTARES ARTIGO 1.º. Grau MESTRADO INTEGRADO EM ARQUITETURA NORMAS REGULAMENTARES ARTIGO 1.º Grau 1. A ESAP confere o grau de Mestre em Arquitetura, através de Mestrado Integrado, na especialidade de Arquitetura e comprova um nível

Leia mais

REGULAMENTO DO PRIMEIRO CICLO DE ESTUDOS EM COMUNICAÇÃO SOCIAL

REGULAMENTO DO PRIMEIRO CICLO DE ESTUDOS EM COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DO PRIMEIRO CICLO DE ESTUDOS EM COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DO PRIMEIRO CICLO DE ESTUDOS EM COMUNICAÇÃO SOCIAL O presente regulamento foi homologado pelo Presidente da ESEV, a 18 de maio

Leia mais

FICHA DE CURSO DESIGNAÇÃO. DURAÇÃO 128 Horas + 3 horas de exame. ÁREA TEMÁTICA DA FORMAÇÃO 862 Segurança e Higiene no Trabalho

FICHA DE CURSO DESIGNAÇÃO. DURAÇÃO 128 Horas + 3 horas de exame. ÁREA TEMÁTICA DA FORMAÇÃO 862 Segurança e Higiene no Trabalho FICHA DE CURSO Neste documento poderá encontrar as principais informações sobre o curso pretendido, nomeadamente a duração, área temática, destinatários, objetivo geral e objetivos específicos, estrutura

Leia mais

REGULAMENTO DA FORMAÇÃO NÃO GRADUADA SECÇÃO I COORDENADOR DE CURSO. Artigo 1.º Coordenador de Curso

REGULAMENTO DA FORMAÇÃO NÃO GRADUADA SECÇÃO I COORDENADOR DE CURSO. Artigo 1.º Coordenador de Curso REGULAMENTO DA FORMAÇÃO NÃO GRADUADA SECÇÃO I COORDENADOR DE CURSO Artigo 1.º Coordenador de Curso 1. A coordenação pedagógica e científica de um curso de formação não graduada cabe, em regra, a um docente

Leia mais

2014-2015. Curso de Fisioterapia. Regulamento do 1º Ciclo de Estudos. Campus Universitário de Viseu ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE JEAN PIAGET DE VISEU

2014-2015. Curso de Fisioterapia. Regulamento do 1º Ciclo de Estudos. Campus Universitário de Viseu ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE JEAN PIAGET DE VISEU 2014-2015 Campus Universitário de Viseu Regulamento do 1º Ciclo de Estudos Curso de Fisioterapia Regulamento do 1º Ciclo de Estudos Curso de Fisioterapia Capítulo I Disposições Gerais Artigo 1.º Âmbito

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular. Horas de Trabalho Autónomo: 75 Total: 150

Ficha de Unidade Curricular. Horas de Trabalho Autónomo: 75 Total: 150 Ficha de Unidade Curricular Unidade Curricular Designação: Artes Sonoras I Área Científica: SI Som e Imagem Ciclo de Estudos: 1º Ciclo - Licenciatura Carácter: Obrigatória e opcional Ano Lectivo 2008/2009

Leia mais

MESTRADO EM ENFERMAGEM

MESTRADO EM ENFERMAGEM MESTRADO EM ENFERMAGEM Especialização em Gestão de Unidades de Saúde Plano de Estudos Direito da Saúde e da Administração Pública... 2 Economia da Saúde... 4 Gestão de Unidades de Saúde... 7 Estágio...

Leia mais

Normas e Critérios Gerais de Avaliação. Cursos Profissionais

Normas e Critérios Gerais de Avaliação. Cursos Profissionais Normas e Critérios Gerais de Avaliação Cursos Profissionais O formador deve orientar toda a sua atividade didática no sentido de promover o sucesso educativo do formando através de planificações contextualizadas,

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Psicologia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTO

REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTO Campus Académico de Vila Nova de Gaia Escola Superior de Educação Jean Piaget/Arcozelo REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTO ANO LETIVO DE 2011-2012 WWWW.IPIAGET.ORG

Leia mais

CURSO DE PROFISSIONALIZAÇÃO EM SERVIÇO

CURSO DE PROFISSIONALIZAÇÃO EM SERVIÇO Universidade Aberta Departamento de Educação e Ensino a Distância Informações e Secretariado do Curso Dra. Nira Nunes E-mail: cps@uab.pt Os contactos e informações sobre este Curso são apenas efetuados

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular (UC)

Ficha da Unidade Curricular (UC) Impressão em: 03-01-2013 17:11:20 Ficha da Unidade Curricular (UC) 1. Identificação Unidade Orgânica : Escola Superior de Tecnologia e Gestão Curso : [IS] Informática para a Saúde Tipo de Curso : UC/Módulo

Leia mais

Mestrado em Ensino da Física e da Química

Mestrado em Ensino da Física e da Química Mestrado em Ensino da Física e da Química Mestrado em Ensino da Física e da Química - Faculdade de Ciências da Universidade do Porto 1 5. Estrutura curricular e plano de estudos FORMULÁRIO 1. Estabelecimento

Leia mais

REGULAMENTO DE TRANSIÇÃO CURRICULAR E PLANO DE CREDITAÇÕES. Curso de 1º Ciclo de Estudos em Educação Física e Desporto do ISMAI.

REGULAMENTO DE TRANSIÇÃO CURRICULAR E PLANO DE CREDITAÇÕES. Curso de 1º Ciclo de Estudos em Educação Física e Desporto do ISMAI. REGULAMENTO DE TRANSIÇÃO CURRICULAR E PLANO DE CREDITAÇÕES Curso de 1º Ciclo de Estudos em Educação Física e do ISMAI Preâmbulo O Curso do 1º Ciclo de Estudos em Educação Física e do Instituto Superior

Leia mais

Diário da República, 2.ª série N.º 49 11 de Março de 2010 11201

Diário da República, 2.ª série N.º 49 11 de Março de 2010 11201 Diário da República, 2.ª série N.º 49 11 de Março de 2010 11201 vem obedecer às orientações para este efeito emitidas por despacho do Director da FCSH. 2 A tese de doutoramento deverá ter um mínimo de

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano letivo 2014/2015 Ano/Semestre curricular 2º ano/3º semestre Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] (máx100 caracteres) Língua de

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL Ano Lectivo 2011/2012

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL Ano Lectivo 2011/2012 Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL Ano Lectivo 2011/2012 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão de Recursos Humanos 3. Ciclo de Estudos 1º

Leia mais

Ano letivo de 2012-2013. Curso de 2º ciclo em Comunicação e Jornalismo. Diretor Prof. Doutor Carlos Camponez

Ano letivo de 2012-2013. Curso de 2º ciclo em Comunicação e Jornalismo. Diretor Prof. Doutor Carlos Camponez Ano letivo de 2012-2013 Curso de 2º ciclo em Comunicação e Jornalismo Diretor Prof. Doutor Carlos Camponez Objetivos e estrutura curricular / Caracterização do ciclo de estudos O 2.º Ciclo procura responder

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE

PÓS-GRADUAÇÃO PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais Centro Regional do Porto Faculdade de Educação e Psicologia PÓS-GRADUAÇÃO PSICOLOGIA CLÍNICA

Leia mais

2015-2016. Mestrado em Educação Especial Desenvolvimento Cognitivo e Motor. Tecnologias de Informação e da Comunicação para NEE.

2015-2016. Mestrado em Educação Especial Desenvolvimento Cognitivo e Motor. Tecnologias de Informação e da Comunicação para NEE. Ano Letivo 2015-2016 Designação do Curso Mestrado em Educação Especial Desenvolvimento Cognitivo e Motor Unidade Curricular Tecnologias de Informação e da Comunicação para NEE Área Científica Informática

Leia mais

ANO LETIVO 2013/2014 CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO

ANO LETIVO 2013/2014 CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO ANO LETIVO 2013/2014 CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO Ensino Básico Os conhecimentos e capacidades a adquirir e a desenvolver pelos alunos de cada nível e de cada ciclo de ensino têm como referência os programas

Leia mais

RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA

RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA 2007/2008 DEPARTAMENTO Secção Autónoma de Ciências da Saúde 1. INTRODUÇÃO Em 2003 foi criado o Mestrado em Geriatria e Gerontologia, que se iniciou no

Leia mais

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A Licenciatura em Engenharia Agro-pecuária Ref.ª : 1531001 Ano lectivo: 2010-11 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR GESTÃO EMPRESARIAL E EMPREENDEDORISMO ENTERPRISE MANAGEMENT AND ENTREPRENEURSHIP 1. Unidade

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ESTRATÉGIA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ESTRATÉGIA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular ESTRATÉGIA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão de Recursos Humanos 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR 2014/2015

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR 2014/2015 FICHA DE UNIDADE CURRICULAR 2014/2015 Designação Estudo do Processo Psicoterapêutico Docente (s) (Indicar também qual o docente responsável pela U.C.) Maria Eugénia Duarte Silva Creditação (ECTS) 6 ECTS

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TÓPICOS AVANÇADOS COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TÓPICOS AVANÇADOS COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular TÓPICOS AVANÇADOS COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Gestão de Recursos

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR ANO LECTIVO: 2013/2014 FICHA DE UNIDADE CURRICULAR MESTRADO/LICENCIATURA 1.Unidade Curricular Nome: PSICOLOGIA DO ENVELHECIMENTO Área Científica: Psicologia Curso: Mestrado em Gerontologia Social Semestre:

Leia mais

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A Licenciatura em Engenharia Alimentar Ref.ª : 1322004 Ano lectivo: 2009-10 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR ECONOMIA AGRO-ALIMENTAR FOOD ECONOMICS 1. Unidade Curricular: 1.1 Área científica: 31 4 Economia

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR Curso Restauração e Catering Ano letivo 2012/2013 Unidade Curricular Logística e aprovisionamento ECTS 4 Regime Obrigatório Ano 2º Ano Semestre 1º Semestre Horas de trabalho globais Docente (s) Assistentes

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO DE COIMBRA Ficha de Unidade Curricular (Recrutamento e Selecção) ANO LECTIVO 2015/2016 6º Semestre Im-13-124_A0 Página

Leia mais

REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS DA NUTRIÇÃO

REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS DA NUTRIÇÃO Campus Universitário de Viseu Instituto Superior de Estudos Interculturais e Transdisciplinares (ISEIT)/ Viseu REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS DA NUTRIÇÃO ANO LETIVO DE 2012-2013

Leia mais

Diário da República, 2.ª série N.º 161 19 de agosto de 2015 23691 UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR UNIVERSIDADE DE ÉVORA

Diário da República, 2.ª série N.º 161 19 de agosto de 2015 23691 UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR UNIVERSIDADE DE ÉVORA Diário da República, 2.ª série N.º 161 19 de agosto de 2015 23691 9 Participação dos interessados e decisão: 9.1 O projeto de ordenação final é notificado aos candidatos, para efeitos de realização da

Leia mais

Critérios de Avaliação. Departamento Educação Pré-Escolar

Critérios de Avaliação. Departamento Educação Pré-Escolar Critérios de Avaliação Departamento Educação Pré-Escolar 2015/2016 Critérios de Avaliação As principais diretrizes normativas referentes à avaliação na Educação Pré-Escolar estão consagradas no Despacho

Leia mais

REGULAMENTO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOS DOCENTES DO ISVOUGA

REGULAMENTO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOS DOCENTES DO ISVOUGA REGULAMENTO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOS DOCENTES DO ISVOUGA PG.02.05/A Página 1 de 13 O Estatuto de Carreira do Pessoal Docente do Ensino Superior Politécnico (ECPDP), na redação do Decreto Lei n.º

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular (UC)

Ficha da Unidade Curricular (UC) Impressão em: 03-01-2013 16:10:47 Ficha da Unidade Curricular (UC) 1. Identificação Unidade Orgânica : Escola Superior de Tecnologia e Gestão Curso : [IS] Informática para a Saúde Tipo de Curso : UC/Módulo

Leia mais

Ano Letivo: 201415. Grupo Disciplinar: Contabilidade Pública ECTS: 5,0. Regime: EL. Semestre: S1

Ano Letivo: 201415. Grupo Disciplinar: Contabilidade Pública ECTS: 5,0. Regime: EL. Semestre: S1 CONTABILIDADE ANALÍTICA APLICADA [14003] GERAL Ano Letivo: 201415 Grupo Disciplinar: Contabilidade Pública ECTS: 5,0 Regime: EL Semestre: S1 OBJETIVOS Considerando que os estudantes da licenciatura em

Leia mais

CURSO DE PROFISSIONALIZAÇÃO EM SERVIÇO

CURSO DE PROFISSIONALIZAÇÃO EM SERVIÇO Universidade Aberta Departamento de Educação e Ensino a Distância Informações e Secretariado do Curso Nira Nunes E-mail: cps@uab.pt Os contactos e informações sobre este Curso são apenas efetuados através

Leia mais

CRITÉRIOS GERAIS de AVALIAÇÃO na EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR

CRITÉRIOS GERAIS de AVALIAÇÃO na EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos Departamento da Educação Pré Escolar CRITÉRIOS GERAIS de AVALIAÇÃO na EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Introdução A avaliação é um elemento integrante e regulador da prática

Leia mais

Licenciatura em Engenharia Alimentar Ref.ª : 1332003 FICHA DA UNIDADE CURRICULAR NUTRIÇÃO E DIETÉTICA. Ano letivo: 2013-14. 1.

Licenciatura em Engenharia Alimentar Ref.ª : 1332003 FICHA DA UNIDADE CURRICULAR NUTRIÇÃO E DIETÉTICA. Ano letivo: 2013-14. 1. Licenciatura em Engenharia Alimentar Ref.ª : 1332003 Ano letivo: 2013-14 1. Caraterização 1.1 - Área científica: 729 1.2 - Tipo (Duração): Semestral 1.3 - Ano/Semestre: 3º A / 6º S 1.4 - Tempo de trabalho

Leia mais

CET Tecnologia Automóvel: Gestão de Oficina Automóvel. Inglês Técnico ECTS: 1,5. Horas de contacto:

CET Tecnologia Automóvel: Gestão de Oficina Automóvel. Inglês Técnico ECTS: 1,5. Horas de contacto: CET Tecnologia Automóvel: Gestão de Oficina Automóvel Inglês Técnico ECTS: 1,5 Horas de contacto: 30 TP Inglês Técnico DOCENTE Nome: Paula Rosa dos Santos Órfão Machado E-mail: paula.orfao@ipleiria.pt

Leia mais

10% Gráfico nº 1 Taxa de resposta ao inquérito

10% Gráfico nº 1 Taxa de resposta ao inquérito 1. Taxa de resposta RESULTADOS DO INQUÉRITO AOS DOCENTES ANO LETIVO 2014/2015 10% 90% Responderam Não responderam Gráfico nº 1 Taxa de resposta ao inquérito Num total de 31 docentes convidados a participar

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO (edição 2012-2014)

EDITAL MESTRADO EM SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO (edição 2012-2014) EDITAL MESTRADO EM SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO (edição 2012-) Nos termos do Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 de fevereiro, do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de março, com as alterações introduzidas pelo

Leia mais

Regulamento do 1º Ciclo de Estudos em Música

Regulamento do 1º Ciclo de Estudos em Música Campus Universitário de Almada Instituto Superior de Estudos Interculturais e Transdisciplinares Decreto-Lei n.o 210/96 de 18 de Novembro Regulamento do 1º Ciclo de Estudos em Música 2015-2016 Capítulo

Leia mais

21022 Diário da República, 2.ª série N.º 155 13 de agosto de 2014

21022 Diário da República, 2.ª série N.º 155 13 de agosto de 2014 21022 Diário da República, 2.ª série N.º 155 13 de agosto de 2014 Despacho n.º 10553/2014 Ao abrigo do disposto nos artigos 75.º e 76.º do Decreto -Lei pelo Decreto -Lei n.º 107/2008, de 25 de junho, pelo

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DO PORTO

INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DO PORTO REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DAS UNIDADES DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DO PORTO Artigo 1º (Âmbito) O presente regulamento aplica se a todos os cursos ministrados no ISEP, podendo existir casos em

Leia mais

Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico

Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico Centro de Competência de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Educação Programa Unidade Curricular: Prática de Ensino Supervisionada Curso do 2º Ciclo Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA Programa da Unidade Curricular MÉTODOS DE INVESTIGAÇÃO E INTERVENÇÃO EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS E Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado

Leia mais

AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR

AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR PRINCÍPIOS Caráter holístico e contextualizado do processo de desenvolvimento e aprendizagem da criança; Coerência entre os processos de avaliação e os princípios subjacentes

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular HIGIENE, SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO Ano Lectivo 2011/2012

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular HIGIENE, SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO Ano Lectivo 2011/2012 Programa da Unidade Curricular HIGIENE, SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO Ano Lectivo 2011/2012 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Gestão de Recursos Humanos

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOSSOCIOLOGIA DO TRABALHO E DAS ORGANIZAÇÕES Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOSSOCIOLOGIA DO TRABALHO E DAS ORGANIZAÇÕES Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular PSICOSSOCIOLOGIA DO TRABALHO E DAS ORGANIZAÇÕES Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Psicologia do Trabalho

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE EM NEUROPSICOLOGIA CLÍNICA 1

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE EM NEUROPSICOLOGIA CLÍNICA 1 REGULAMENTO ESPECÍFICO DO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE EM NEUROPSICOLOGIA CLÍNICA 1 Artigo 1º Âmbito de aplicação O presente Regulamento aplica-se ao ciclo de estudo conducente ao grau

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRANDELA DEPARTAMENTO DO PRÉ-ESCOLAR A N O L E T I V O 2 0 1 4 / 1 5

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRANDELA DEPARTAMENTO DO PRÉ-ESCOLAR A N O L E T I V O 2 0 1 4 / 1 5 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRANDELA DEPARTAMENTO DO PRÉ-ESCOLAR A N O L E T I V O 2 0 1 4 / 1 5 Introdução A avaliação é um elemento integrante e regulador da prática educativa em

Leia mais

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A Licenciatura em Engenharia Alimentar Ref.ª : 8810006 Ano lectivo: 2009-10 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR MATEMÁTICA E INFORMÁTICA MATHEMATICS AND INFORMATICS 1. Unidade Curricular: 1.1 Área científica:

Leia mais

Estabelecimento de Ensino: Instituto Universitário Militar. Unidade Orgânica: Escola Naval

Estabelecimento de Ensino: Instituto Universitário Militar. Unidade Orgânica: Escola Naval Estabelecimento de Ensino: Instituto Universitário Militar Unidade Orgânica: Escola Naval Mestrado Integrado em Ciências Militares Navais, especialidade Publicado em Diário da República 2ª série, nº 32

Leia mais

REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO DA LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO BÁSICA

REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO DA LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO BÁSICA 2015/2016 INSTITUTO PIAGET ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO JEAN PIAGET/ ARCOZELO REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO DA LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO BÁSICA O presente regulamento estabelece os princípios orientadores

Leia mais

MESTRADO EM MARKETING E COMUNICAÇÃO

MESTRADO EM MARKETING E COMUNICAÇÃO MESTRADO EM MARKETING E COMUNICAÇÃO 1. Estabelecimento de ensino: INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.): ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO de COIMBRA e ESCOLA

Leia mais

Adquirir conhecimentos das regras e regulamentos aplicáveis ao projeto, instalação e exploração de instalações elétricas de baixa tensão;

Adquirir conhecimentos das regras e regulamentos aplicáveis ao projeto, instalação e exploração de instalações elétricas de baixa tensão; INSTALAÇÕES ELÉTRICAS [10017] GERAL Ano Letivo: 201516 Grupo Disciplinar: Eletrónica e Instrumentação ECTS: 6,0 Regime: D Semestre: S1 OBJETIVOS Adquirir conhecimentos das regras e regulamentos aplicáveis

Leia mais

Mestrado de Marketing e Comunicação ESEC ESTGOH Regulamento de Projeto Estágio 1

Mestrado de Marketing e Comunicação ESEC ESTGOH Regulamento de Projeto Estágio 1 1 PREÂMBULO O presente Regulamento organiza a unidade curricular de Projeto Estágio do Mestrado em Marketing e Comunicação. No ensino politécnico, o ciclo de estudos conducente ao grau de mestre deve assegurar,

Leia mais

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A Licenciatura em Ecoturismo Ref.ª : 8810005 Ano lectivo: 2012-13 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR LÍNGUA INGLESA E COMUNICAÇÃO ENGLISH LANGUAGE AND COMMUNICATION 1. Unidade Curricular: 1.1 Área científica:

Leia mais

Guião para a autoavaliação. Ciclo de estudos em funcionamento. (Ensino Universitário e Politécnico)

Guião para a autoavaliação. Ciclo de estudos em funcionamento. (Ensino Universitário e Politécnico) Guião para a autoavaliação Ciclo de estudos em funcionamento (Ensino Universitário e Politécnico) Guião ACEF 2014/2015 PT (Revisão aprovada em 26.03.2014) Caracterização do pedido A1. Instituição de ensino

Leia mais

AVALIAÇÃO NAS DISCIPLINAS CURRICULARES

AVALIAÇÃO NAS DISCIPLINAS CURRICULARES ESCOLA BÁSICA LUÍS DE STTAU MONTEIRO - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº1 DE LOURES AVALIAÇÃO NAS DISCIPLINAS CURRICULARES DOMÍNIOS / CRITÉRIOS 2º Ciclo DISCIPLINA COGNITIVO / OPERATIVO E INSTRUMENTAL CONHECIMENTOS

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão de Recursos Humanos 3. Ciclo de Estudos

Leia mais

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DO PRÉ- ESCOLAR

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DO PRÉ- ESCOLAR CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DO PRÉ- ESCOLAR ANO LETIVO 2013/2014 Departamento do Pré- Escolar 2013/2014 Page 1 CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO Introdução A avaliação em educação é um elemento integrante

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MÉTODOS E TÉCNICAS DE INVESTIGAÇÃO Ano Lectivo 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MÉTODOS E TÉCNICAS DE INVESTIGAÇÃO Ano Lectivo 2012/2013 Programa da Unidade Curricular MÉTODOS E TÉCNICAS DE INVESTIGAÇÃO Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão de Recursos Humanos 3. Ciclo de

Leia mais

Departamento de Ciências da Educação Licenciatura em Educação de Infância 3º Ano

Departamento de Ciências da Educação Licenciatura em Educação de Infância 3º Ano Departamento de Ciências da Educação Licenciatura em Educação de Infância 3º Ano Programa da disciplina de Oficina de Materiais Educativos Ano lectivo 2008/2009 3 horas semanais Docente: Prof. Doutor Paulo

Leia mais

DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5

DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5 DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR Unidade Curricular: Turismo, Hotelaria e Restauração Área Científica: Hotelaria CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5 CURSO: Licenciatura em Restauração e Catering Ano: 1º Semestre:

Leia mais

Escola Superior de Educação João de Deus. Regulamento de Estudos dos Cursos de Especialização Tecnológica (CET)

Escola Superior de Educação João de Deus. Regulamento de Estudos dos Cursos de Especialização Tecnológica (CET) Regulamento de Estudos dos Cursos de Especialização Tecnológica (CET) Preâmbulo A criação de oportunidades de formação para públicos diversos, com necessidades específicas, tem sido, desde sempre, uma

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONTABILIDADE FINANCEIRA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONTABILIDADE FINANCEIRA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular CONTABILIDADE FINANCEIRA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Economia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR B - Estrutura Curricular e Plano de Estudos 1. Estabelecimento de ensino: Universidade de Coimbra 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.): Faculdade de Ciências e Tecnologia 3. Curso:

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TEORIAS DA PSICOLOGIA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TEORIAS DA PSICOLOGIA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular TEORIAS DA PSICOLOGIA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Psicologia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular TEORIAS

Leia mais

PLANO DE AUTOAVALIAÇÃO

PLANO DE AUTOAVALIAÇÃO AE de maximinos EQUIPA DE AUTOAVALIAÇÃO PLANO DE AUTOAVALIAÇÃO 2012/2013 Equipa de Autoavaliação Alcina Pires Ana Paula Couto Antonieta Silva António Rocha Beatriz Gonçalves José Pedrosa Paula Mesquita

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Empreendorismo Social e Empregabilidade Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Empreendorismo Social e Empregabilidade Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular Empreendorismo Social e Empregabilidade Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Serviço Social (1º Ciclo) 2. Curso Serviço Social 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Escola Secundária José Saramago Mafra. Cursos Profissionais. Guião para os Professores

Escola Secundária José Saramago Mafra. Cursos Profissionais. Guião para os Professores Escola Secundária José Saramago Mafra Cursos Profissionais Guião para os Professores Ano letivo 2015-2016 1 2 Cursos profissionais e matriz curricular Coordenadora dos cursos profissionais e coordenadora

Leia mais

Curso de Licenciatura em Higiene Oral

Curso de Licenciatura em Higiene Oral 2/2015 14 09 18 Conselho Pedagógico 14 04 7 18 Regimes de precedências, frequência e de faltas 1 - Regime de precedências Curso de Licenciatura em Higiene Oral 1º Ano/2º Semestre 2º Higiene Oral II Higiene

Leia mais

Licenciatura em Línguas Aplicadas

Licenciatura em Línguas Aplicadas Guia de Curso 1º Ciclo 2014-2015 Departamento de Humanidades 1 Índice 1. Introdução... 3 2. Organização do curso... 3 3. Destinatários... 3 4. Condições de acesso e pré-requisitos... 3 5. Candidaturas...

Leia mais

DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5,0

DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5,0 DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR Unidade Curricular: Gestão de Eventos Área Científica: Ciências da Comunicação CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5,0 CURSO: Comunicação e Relações Públicas Ano: 1º 2º 3º 4º Semestre:

Leia mais

Critérios Gerais de Avaliação

Critérios Gerais de Avaliação Agrupamento de Escolas Serra da Gardunha - Fundão Ano Lectivo 2010/2011 Ensino Básico A avaliação escolar tem como finalidade essencial informar o aluno, o encarregado de educação e o próprio professor,

Leia mais