REGULAMENTO DE PROJETOS INTERDISCIPLINARES Curso de Letras Tradutor e Intérprete Bacharelado Currículo: LTI 00001

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGULAMENTO DE PROJETOS INTERDISCIPLINARES Curso de Letras Tradutor e Intérprete Bacharelado Currículo: LTI 00001"

Transcrição

1 REGULAMENTO DE PROJETOS INTERDISCIPLINARES Fundamentação Legal PARECER CNE/CES 492/2001 APROVADO em 03/04/2001 e HOMOLOGADO, com despacho do Ministro em 4/7/2001 e publicação no Diário Oficial da União de 9/7/2001, Seção 1e, p. 50 Trata dos diversos processos acerca das Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos de Filosofia, História, Geografia, Serviço Social, Comunicação Social, Ciências Sociais, Letras, Biblioteconomia, Arquivologia e Museologia. Processo nº: / PARECER CNE/CES 67/2003 APROVADO em 11/03/2003 e HOMOLOGADO, com despacho do Ministro em 30/05/2003 e publicação no Diário Oficial da União de 02/06/2003, Seção 1, p. 7 Representa o Referencial para as Diretrizes Curriculares Nacionais DCN dos Cursos de Graduação. Processo nº: / Capítulo I Da Definição Art. 1º - O Projeto Interdisciplinar é componente curricular obrigatório do Curso de Letras Tradutor e Intérprete Bacharelado da Universidade São Judas Tadeu e caracteriza-se pelo conjunto de atividades formativas que proporcionam progressiva autonomia profissional e intelectual ao aluno. 1º - Tais atividades integram, sob uma perspectiva interdisciplinar, os conhecimentos, as competências e as habilidades desenvolvidos por todas as disciplinas que compõem os respectivos módulos do curso. 2º - Definidas como núcleo de integração das demais disciplinas, essas atividades caracterizadas como Projetos Interdisciplinares são desenvolvidas de acordo com os eixos e as proposições temáticas que norteiam a composição dos ciclos e dos módulos do curso. Capítulo II Dos Objetivos Art. 2º - São objetivos gerais dos Projetos Interdisciplinares: I. Articular os conhecimentos, as competências e as habilidades adquiridos nas diversas atividades formativas que compõem o currículo do curso. 1

2 REGULAMENTO DE PROJETOS INTERDISCIPLINARES II. Estimular diferentes práticas de estudos independentes, visando a uma progressiva autonomia profissional e intelectual do aluno. III. Fortalecer a articulação da teoria com a prática a fim de proporcionar, no ambiente acadêmico, experiências relacionadas às atuações profissional e social. IV. Valorizar a pesquisa individual e coletiva, assim como os estágios e a participação em atividades de extensão, as quais poderão ser incluídas como parte da carga horária. Capítulo III Da Carga Horária e da Aprovação Art. 3º - As atividades caracterizadas como Projetos Interdisciplinares terão, além da carga horária em sala de aula (40h/a), uma carga de estudos independentes (40h/a) pela elaboração dos trabalhos fora da sala de aula, com orientação docente. A carga horária total de 80 h/a será efetivada caso o projeto seja aprovado (com nota de até 1,0 ponto, distribuída para todas as disciplinas do módulo, e com frequência mínima de 75%). Art. 4º - Terminado o trabalho, os professores responsáveis pelas disciplinas de Projeto o submeterão à análise de acordo com o roteiro de avaliação de cada módulo constante neste regulamento. Satisfeitas as exigências, o aluno será aprovado. 2

3 REGULAMENTO DE PROJETOS INTERDISCIPLINARES Projeto Interdisciplinar 1A Habilidades Acadêmicas Ciclo 1 módulo 1A Produção de uma Revista de Divulgação Científica, em formato reduzido Esta atividade equivalerá a 80 h/a de Projeto Interdisciplinar. As revistas serão entregues 20 (vinte) dias antes do início das provas oficiais do semestre. DESCRIÇÃO DO PROJETO: O projeto visa à iniciação nos estudos acadêmicos e à preparação do discente para a formulação de trabalhos com rigor e critério científicos. Para tanto, exige a elaboração de uma Revista de divulgação científica, em formato reduzido, a qual contenha estudos e análises de fenômenos linguísticos cotidianos sob a ótica do conhecimento científico. Os temas das matérias que comporão a Revista devem provir das respectivas disciplinas do módulo. PROCESSO INTERDISCIPLINAR: O projeto pressupõe um diálogo constante com as demais disciplinas do módulo 1A, aproveitando delas os seguintes temas que devem compor a Revista: - Linguística analisa diferentes produções midiáticas a fim de verificar nelas o uso da Língua e de refletir sobre a heterogeneidade dos gêneros; - Língua Inglesa indaga, nas composições musicais em língua inglesa, as diversidades no inglês contemporâneo; - Cidadania e Questões Contemporâneas destaca os temas que envolvem o homem moderno e elege um que sublinhe a interdisciplinaridade da própria vida; - Tradução amplia a pluralidade de opiniões ao refletir os temas contemporâneos usando textos escritos em língua estrangeira; - Língua Portuguesa explora as variantes populares da nossa Língua e as compara à Gramática Normativa, focando a diversidade no uso dos verbos e das concordâncias como índice de heterogeneidade linguística. Continua... 3

4 Continuação: Projeto Interdisciplinar 1A Habilidades Acadêmicas Ciclo 1 módulo 1A INICIATIVA PARA A INDEPENDÊNCIA DOS ESTUDOS: Faz parte dos projetos caracterizados como Práticas de Estudos Independentes o incentivo à autonomia acadêmica do aluno por meio de atividades que suscitem a busca pelo conhecimento e a complementação profissional. Nesse sentido, este projeto exige: - Relatório sobre o processo de diagramação de periódicos e sobre a importância deles no dia a dia. ETAPAS DE ELABORAÇÃO: 1ª - Compreensão da linguagem científica, da importância de sua utilização e da necessidade da escolha de uma metodologia de pesquisa. 2ª - Contextualização do uso do texto científico e dos pressupostos para a sua confecção: a pesquisa do material (a partir da escolha de um objeto de estudos), o levantamento bibliográfico e a apresentação dos resultados segundo as normas científicas. 3ª - Trabalho de campo, fora do ambiente da sala de aula, com a coleta dos dados a serem usados na confecção das matérias da Revista. 4ª - Produção das matérias da Revista seguindo as discussões provenientes das diferentes disciplinas (conforme descrito no Processo interdisciplinar ). 5ª - Revisão técnica dos textos produzidos. 6ª - Confecção dos relatórios. ENTREGA: A revista e os relatórios deverão ser entregues em material impresso e em mídia eletrônica, no formato PDF, conforme as orientações dadas em sala de aula. 4

5 Projeto Interdisciplinar 1B Estudos de Linguagem Ciclo 1 módulo 1B Ensino da narrativa e criação de conto Esta atividade equivalerá a 80 h/a de Projeto Interdisciplinar. Os contos serão entregues 20 (vinte) dias antes do início das provas oficiais do semestre. DESCRIÇÃO DO PROJETO: A intenção do projeto é tornar as produções literárias particularmente as narrativas de ficção familiares ao aluno, além de incentivar a paráfrase criativa e a elaboração de um texto de autoria própria. Nesse sentido, o discente deve ler textos modelares da literatura e analisar a estrutura de cada um, a fim de, a partir dos elementos estudados, produzir o próprio conto. PROCESSO INTERDISCIPLINAR: O projeto pressupõe um diálogo constante com as demais disciplinas do módulo 1B: - Das disciplinas Língua Portuguesa e Linguística, aproveita os elementos mórficos e estruturais da língua para os estudos da constituição dos textos, com destaque às narrativas de ficção; - Da disciplina Teoria da Literatura, busca a fundamentação teórica que possibilita a compreensão da natureza do discurso literário; - Das disciplinas Língua Inglesa e Tradução, emprega a habilidade de leitura de contos em outro idioma, a fim de ampliar as referências práticas do aluno em outras literaturas; - No mais, as orientações pertinentes a esse Projeto Interdisciplinar também propõem uma fundamentação teórica específica como apoio à elaboração do trabalho. INICIATIVA PARA A INDEPENDÊNCIA DOS ESTUDOS: Faz parte dos projetos caracterizados como Práticas de Estudos Independentes o incentivo à autonomia acadêmica do aluno por meio de atividades que suscitem a busca pelo conhecimento e a complementação profissional. Nesse sentido, este projeto exige: - Tradução comentada de um conto modelar da língua inglesa. Continua... 5

6 Continuação: Projeto Interdisciplinar 1B Estudos de Linguagem Ciclo 1 módulo 1B ETAPAS DE ELABORAÇÃO: 1ª - Leitura e resumo de textos teóricos. 2ª - Estudo de organizações textuais, principalmente a narrativa. 3ª - Paráfrase criativa, utilizando como estímulo textos modelares da literatura. 4ª - Criação de texto verbal narrativo. 5ª - Correção e refacção da história, consoante orientação do professor. 6ª - Apresentação do projeto do conto. 7ª - Elaboração da tradução comentada de um conto modelar da língua inglesa, conforme orientações do professor. 8ª - Orientação final realizada pelo professor. 9ª - Entrega do conto. 10ª - Comentários individuais finais formulados pelo professor responsável. ENTREGA: O conto e a tradução deverão ser entregues em mídia eletrônica, no formato PDF, conforme as orientações dadas em sala de aula. 6

7 Projeto Interdisciplinar 2A Gêneros Textuais e Tradução Ciclo 2 módulo 2A Produção de Banco Bilíngue de textos modelares Esta atividade equivalerá a 80 h/a de Projeto Interdisciplinar. O banco de textos e os glossários serão entregues 20 (vinte) dias antes do início das provas oficiais do semestre. DESCRIÇÃO DO PROJETO: Este projeto propicia compreender semelhanças e diferenças na constituição de textos de um mesmo gênero nas línguas inglesa e portuguesa, exigindo do aluno de tradução a elaboração de um acervo de textos modelares de diferentes gêneros para futuras consultas. Todas as traduções realizadas devem levar em conta as peculiaridades dos gêneros textuais em ambas as línguas. PROCESSO INTERDISCIPLINAR: O projeto pressupõe um diálogo constante com as demais disciplinas do módulo 2A: - Da disciplina Tradução e Tecnologia, aproveita os estudos de memórias de tradução para o trabalho com os textos modelares compilados; - Da disciplina Língua Inglesa, faz uso de técnicas de estudo do léxico para a organização dos glossários; - Da disciplina Língua Portuguesa, aproveita os estudos da estrutura da oração para aprimorar, por meio da revisão, a qualidade final dos textos traduzidos; - Da disciplina Literatura Portuguesa, entende como as características artísticas se manifestam no gênero literário. INICIATIVA PARA A INDEPENDÊNCIA DOS ESTUDOS: Faz parte dos projetos caracterizados como Práticas de Estudos Independentes o incentivo à autonomia acadêmica do aluno por meio de atividades que suscitem a busca pelo conhecimento e a complementação profissional. Nesse sentido, este projeto exige: - Seleção e compilação de diferentes textos segundo critérios determinados; - Tradução desses textos, adequando-os ao gênero na língua de chegada. Continua... 7

8 Continuação: Projeto Interdisciplinar 2A Gêneros Textuais e Tradução Ciclo 2 módulo 2A ETAPAS DE ELABORAÇÃO: 1ª - Compreensão das etapas que envolvem a realização do projeto: da definição de gêneros textuais à compilação de textos para a criação de banco bilíngue. 2ª - Estudo dos principais gêneros textuais e de suas características nas Línguas Inglesa e Portuguesa, buscando estabelecer semelhanças e diferenças. 3ª - Estabelecimento de uma proposta de trabalho com o número de gêneros que comporá o banco final e o número de termos do glossário final. 4ª - Seleção e escolha de um texto modelar em Língua Inglesa para cada gênero estabelecido na proposta de trabalho. 5ª - Tradução dos textos escolhidos para o português. 6ª - Confecção de um glossário contendo termos, definições e traduções. 7ª - Revisão dos textos traduzidos. 8ª - Apresentação eletrônica do banco de textos em formato de espelho, para consulta rápida. ENTREGA: O trabalho escrito deverá ser entregue em mídia eletrônica, no formato PDF, conforme as orientações dadas em sala de aula. Após a correção, todos os bancos produzidos serão compartilhados entre os grupos para a formação de um acervo de textos modelares. 8

9 Projeto Interdisciplinar 2B Cultura e Tradução Ciclo 2 módulo 2B Portfólio de Miniensaios em Língua Inglesa Esta atividade equivalerá a 80 h/a de Projeto Interdisciplinar. O portfólio será entregue 20 (vinte) dias antes do início das provas oficiais do semestre. DESCRIÇÃO DO PROJETO: Este projeto visa a tornar os ensaios acadêmicos familiares aos alunos, incentivando-os a elaborar textos de autoria própria. Os discentes devem produzir, em Língua Inglesa, um portfólio de miniensaios, cujos temas relacionem Língua e Cultura e sejam discutidos pelas disciplinas do módulo 2B. Ao final, deve-se compor um abstract sobre todo o conteúdo do portfólio. PROCESSO INTERDISCIPLINAR: O projeto pressupõe um diálogo constante com as demais disciplinas do módulo 2B: - Da disciplina Estudos de Cultura de Língua Inglesa, discute o papel da cultura na formação da identidade e propõe a leitura de ensaios dissertativos; - Da disciplina Língua Inglesa, analisa ensaios descritivos sobre fonética e fonologia, os quais discutam o problema da pronúncia dos brasileiros; - Da disciplina Língua Portuguesa, aperfeiçoa, por meio da sintaxe dos períodos, a construção dos parágrafos que compõem os ensaios explicativos; - Da disciplina Literatura Brasileira, compreende a constituição dos ensaios literário e narrativo, particularmente dos que versam sobre a era colonial. INICIATIVA PARA A INDEPENDÊNCIA DOS ESTUDOS: Faz parte dos projetos caracterizados como Práticas de Estudos Independentes o incentivo à autonomia acadêmica do aluno por meio de atividades que suscitem a busca pelo conhecimento e a complementação profissional. Nesse sentido, este projeto exige: - Feitura, em língua inglesa, de exercícios de produção de textos voltados para o contexto acadêmico; - Confecção de um abstract em língua inglesa e sua respectiva tradução para a língua portuguesa. Continua... 9

10 Continuação: Projeto Interdisciplinar 2B Cultura e Tradução Ciclo 2 módulo 2B ETAPAS DE ELABORAÇÃO: 1ª - Compreensão das etapas que envolvem a realização do projeto: da tipologia de ensaios à produção do portfólio. 2ª - Estudo dos subsídios teóricos acerca da estrutura de ensaios em língua inglesa. 3ª - Leitura e análise de ensaios dissertativos, descritivos, narrativos e explicativos. 4ª - Prática de produção da escrita em língua inglesa: - Apresentação da Academic Word List ; - Prática de estruturação de parágrafos em língua inglesa; - Adequação da linguagem acadêmica em língua inglesa; 5ª - Escrita de quatro textos dissertativos em língua inglesa. 6ª - Correção e revisão dos textos em diferentes etapas. 7ª - Escrita do abstract e de sua respectiva tradução em língua portuguesa. 8ª - Apresentação dos textos em formato de portfólio. ENTREGA: O trabalho deverá ser entregue em mídia eletrônica, no formato PDF, conforme as orientações dadas em sala de aula, com possibilidades de divulgação on-line. Ao todo, serão entregues quatro ensaios, cada um com 1000 palavras, e um abstract de 200 palavras, com sua respectiva tradução. 10

11 Projeto Interdisciplinar 3A Linguística de Corpus e Tradução Ciclo 3 módulo 3A Elaboração de corpora bilíngues paralelos e comparáveis Este projeto equivalerá a 80 h/a de Projeto Interdisciplinar. Os corpora bilíngues paralelos e comparáveis serão entregues 20 (vinte) dias antes do início das provas oficiais do semestre. DESCRIÇÃO DO PROJETO: Este projeto prevê uma pesquisa terminológica acerca de um tema proveniente de uma das disciplinas ministradas ao longo do Módulo 3A, para que, a partir do material reunido, chegue-se à elaboração dos corpora bilíngues. PROCESSO INTERDISCIPLINAR: O projeto pressupõe um diálogo constante com as demais disciplinas do módulo 3A, a fim de que forneçam os temas para a elaboração dos corpora bilíngues: - Da disciplina Língua Inglesa, supõe o embasamento teórico que partirá dos conceitos da Linguística de Corpus; - Da disciplina Língua Portuguesa, investiga a história dos fatos linguísticos associada à descrição sincrônica; - Da disciplina Interpretação, aproveita as técnicas de elaboração de glossários; - Da disciplina Literatura Brasileira, utiliza os textos literários para a composição do corpus em português; - Da disciplina Literatura Inglesa, utiliza os textos literários para a composição do corpus em inglês. INICIATIVA PARA A INDEPENDÊNCIA DOS ESTUDOS: Faz parte dos projetos caracterizados como Práticas de Estudos Independentes o incentivo à autonomia acadêmica do aluno por meio de atividades que suscitem a busca pelo conhecimento e a complementação profissional. Nesse sentido, este projeto exige: - Estudo prévio do tema escolhido para a elaboração dos corpora bilíngues. Continua... 11

12 Projeto Interdisciplinar 3A Linguística de Corpus e Tradução Ciclo 3 módulo 3A Continuação: ETAPAS DE ELABORAÇÃO: 1ª - Embasamento teórico. 2ª - Explicação sobre a estrutura dos corpora. 3ª - Demonstração de um corpus e do uso da ferramenta AntConc. 4ª - Discussão sobre a delimitação dos temas dos corpora. 5ª - Compilação dos corpora. 6ª - Elaboração dos corpora bilíngues paralelos. ENTREGA: O trabalho deverá ser entregue em mídia eletrônica, no formato PDF, conforme as orientações dadas em sala de aula, com possibilidades de divulgação on-line. 12

13 Projeto Interdisciplinar 3B Diversidade e Tradução Ciclo 3 módulo 3B Produção de artigo acadêmico sobre tradução comparada Este projeto equivalerá a 80 h/a de Projeto Interdisciplinar. O artigo será entregue 20 (vinte) dias antes do início das provas oficiais do semestre. DESCRIÇÃO DO PROJETO: Este projeto prevê uma comparação entre uma obra literária de língua inglesa, produzida por ou sobre minorias étnicas, e sua respectiva tradução para o português. Para tanto, ele pressupõe um embasamento em textos que discutem os direitos das minorias e a questão da diversidade étnica. PROCESSO INTERDISCIPLINAR: O projeto pressupõe um diálogo constante com as demais disciplinas do módulo 3B: - Interpretação, com a tradução de documentos destinados aos direitos das minorias; - Língua Inglesa, com a avaliação da morfologia e da sintaxe dos textos originais; - Língua Portuguesa, com o estudo dos recursos estilísticos da tradução de obras para a língua materna; - Literatura Portuguesa, com a investigação da existência de textos literários que tratam da questão da diversidade nos períodos romântico e realista; - Tradução de Textos Midiáticos, com o estudo de textos, em língua inglesa, que comentem a recepção na mídia das obras produzidas por minorias étnicas. INICIATIVA PARA A INDEPENDÊNCIA DOS ESTUDOS: Faz parte dos projetos caracterizados como Práticas de Estudos Independentes o incentivo à autonomia acadêmica do aluno por meio de atividades que suscitem a busca pelo conhecimento e a complementação profissional. Nesse sentido, este projeto exige: - Análise prévia da obra escolhida para a tradução comparada. Continua... 13

14 Continuação: Projeto Interdisciplinar 3B Diversidade e Tradução Ciclo 3 módulo 3B ETAPAS DE ELABORAÇÃO: 1ª - Embasamento teórico. 2ª - Pesquisa das obras e tradução para o português. 3ª - Seleção das obras. 4ª - Discussão sobre o trabalho de cotejo da obra original e sua tradução para o português. 5ª - Confronto analítico e comparativo do texto original e de sua respectiva tradução. 6ª - Elaboração do texto do trabalho comparativo. ENTREGA: O trabalho deverá ser entregue em mídia eletrônica, no formato PDF, conforme as orientações dadas em sala de aula, com possibilidades de divulgação on-line. 14

15 Projeto Interdisciplinar 4A Análise Contrastiva e Tradução Ciclo 4 módulo 4A Portfólio de Análise Contrastiva de textos traduzidos Esta atividade equivalerá a 80 h/a de Projeto Interdisciplinar. O portfólio será entregue 20 (vinte) dias antes do início das provas oficiais do semestre. DESCRIÇÃO DO PROJETO: O projeto exige a produção de portfólio de análise contrastiva (nos planos lexical, gramatical e textual) de trabalhos de tradução realizados pelos alunos nas modalidades oral e escrita. O objetivo é conscientizar sobre questões de equivalências ou inequivalências lexicais, gramaticais e textuais entre as línguas portuguesa e inglesa, a fim de reduzir erros durante o processo tradutório. PROCESSO INTERDISCIPLINAR: O projeto pressupõe um diálogo constante com as demais disciplinas do módulo 4A: - Da disciplina Interpretação, discute a verbalização do texto oral em ambas as línguas e a escolha lexical na organização dessa modalidade de discurso; - Da disciplina Tradução, compreende as dificuldades da transposição do discurso oral para o escrito, particularmente nos casos de legendagem; - Das disciplinas Língua Inglesa e Língua Portuguesa, aproveita as relações entre semântica e pragmática e a construção das linguagens oral e escrita; - Da disciplina Literatura Brasileira, analisa, segundo um critério constrastivo de equivalências e inequivalências, a versão de um texto literário nacional para a língua inglesa. INICIATIVA PARA A INDEPENDÊNCIA DOS ESTUDOS: Faz parte dos projetos caracterizados como Práticas de Estudos Independentes o incentivo à autonomia acadêmica do aluno por meio de atividades que suscitem a busca pelo conhecimento e a complementação profissional. Nesse sentido, este projeto exige: - Levantamento de erros comumente encontrados em diferentes traduções e proposição de um quadro sinóptico de erros e de inequivalências. Continua... 15

16 Continuação: Projeto Interdisciplinar 4A Análise Contrastiva e Tradução Ciclo 4 módulo 4A ETAPAS DE ELABORAÇÃO: 1ª - Leitura e resumo de textos teóricos sobre equivalência e inequivalência no nível da palavra, da oração e do texto. 2ª - Estudo de micro e de macroestratégias de análise textual e feitura de exercícios práticos de análise contrastiva. 3ª - Correção e reelaboração dos exercícios propostos. 4ª - Compilação de microcorpus de dois textos orais e dois escritos em ambas as línguas, segundo critérios discutidos com o professor. 5ª - Trabalho de análise contrastiva dos textos compilados. 6ª - Correção e reelaboração semanal, consoante comentários e orientações do professor. 7ª - Entrega do portfólio eletrônico no prazo estabelecido. ENTREGA: O trabalho deverá ser entregue em mídia eletrônica, no formato PDF, conforme as orientações dadas em sala de aula, com possibilidades de divulgação on-line. 16

17 Projeto Interdisciplinar 4B Revisão Textual e Tradução Ciclo 4 módulo 4B Portfólio de Revisão de Tradução Esta atividade equivalerá a 80 h/a de Projeto Interdisciplinar. O portfólio será entregue 20 (vinte) dias antes do início das provas oficiais do semestre. DESCRIÇÃO DO PROJETO: Este projeto exige a montagem de um portfólio contendo revisões de tradução do inglês para o português e vice-versa. Por meio dos parâmetros de revisão de tradução apresentados por Mossop, o projeto almeja capacitar o aluno a reconhecer e a corrigir quando realizar um processo de revisão de textos traduzidos diferentes tipos de erros. PROCESSO INTERDISCIPLINAR: O projeto pressupõe um diálogo constante com as demais disciplinas do módulo 4B: - Da disciplina Interpretação Simultânea, comenta a reformulação do texto oral no tempo da fala e o processo da revisão da interpretação transcrita; - Da disciplina Tradução, discute a tipologia do erro na tradução para dublagem e as técnicas necessárias para se traduzir um texto oral; - Da disciplina Literatura Norte-americana, lê e compara diferentes traduções de um mesmo texto; - Da disciplina Literatura Portuguesa, lê e analisa textos da língua portuguesa vertidos para a língua inglesa; - Da disciplina Linguística, aproveita a metodologia de compreensão e de análise de qualquer tipo de discurso. INICIATIVA PARA A INDEPENDÊNCIA DOS ESTUDOS: Faz parte dos projetos caracterizados como Práticas de Estudos Independentes o incentivo à autonomia acadêmica do aluno por meio de atividades que suscitem a busca pelo conhecimento e a complementação profissional. Nesse sentido, este projeto exige: - Desenvolvimento de técnicas que permitam localizar erros de tradução; - Prática de revisão de tradução por meio de exercícios. Continua... 17

18 Continuação: Projeto Interdisciplinar 4B Revisão Textual e Tradução Ciclo 4 módulo 4B ETAPAS DE ELABORAÇÃO: 1ª - Leitura e resumo de textos teóricos sobre os parâmetros de revisão de tradução apresentados por diferentes revisores e por Brian Mossop. 2ª - Análise de textos revisados com base nos parâmetros apresentados por Mossop. 3ª - Facção de exercícios práticos de revisão de tradução. 4ª - Confecção de minirrelatórios de revisão de qualidade. 5ª - Compilação de microcorpus de textos em ambas as línguas, conforme orientações do professor. 6ª - Trabalho de revisão de tradução dos textos compilados e de produção de QA utilizando os parâmetros apresentados. 7ª - Correção semanal consoante comentários e orientação do professor. 8ª - Entrega do portfólio eletrônico. ENTREGA: O trabalho deverá ser entregue em mídia eletrônica, no formato PDF, conforme as orientações dadas em sala de aula, com possibilidades de divulgação on-line. 18

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS CCL

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS CCL Letras Licenciatura Português/Espanhol e Português/Inglês Letras Tradução Francês/Inglês/Português Letras Licenciatura Português/Inglês e Português/Francês Ementário (não mais ofertada em Processo Seletivo)

Leia mais

EMENTAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS INGLÊS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA

EMENTAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS INGLÊS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA ETAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS INGLÊS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA LLE 931 LLE 9311 LLE 931 LLE 9313 LLE 9315 LLE 931 LLE 91 LLE 931 LLE 93 LLE 93 LLE 935 1ª FASE Introdução aos Estudos da Linguagem

Leia mais

LETRAS. GRAUS ACADÊMICOS: Licenciado / Bacharel em Tradução PRAZO PARA CONCLUSÃO:

LETRAS. GRAUS ACADÊMICOS: Licenciado / Bacharel em Tradução PRAZO PARA CONCLUSÃO: LETRAS 1. TURNOS: Matutino HABILITAÇÕES:Português e Literaturas Correspondentes (Licenciatura) Noturno Inglês e Literat. Correspond. e Bach. em Trad. em Língua. Inglesa Português/Inglês e Literaturas Correspondentes

Leia mais

Pós graduação EAD Área de Educação

Pós graduação EAD Área de Educação Pós graduação EAD Área de Educação Investimento: a partir de R$ 109,00 mensais. Tempo de realização da pós graduação: 15 meses Investimento: R$109,00 (acesso ao portal na internet e livros em PDF). Ou

Leia mais

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO 1 DA DEFINIÇÃO

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO 1 DA DEFINIÇÃO ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO DE RIO CLARO ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS REUNIDAS TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC CURSO DE ADMINISTRAÇÃO GRADES 2008/2010 REGULAMENTO MARÇO 2012 (Substitui o regulamento

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 1, DE 6 DE JANEIRO DE 2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 1, DE 6 DE JANEIRO DE 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 1, DE 6 DE JANEIRO DE 2015 (*) (**) Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação

Leia mais

Curso de Pedagogia Ementário da Matriz Curricular 2010.2

Curso de Pedagogia Ementário da Matriz Curricular 2010.2 1ª FASE 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL A Biologia educacional e os fundamentos da educação. As bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano. A dimensão neurológica nos processos básicos: os sentidos

Leia mais

Letras Tradução Inglês-Português Ementário

Letras Tradução Inglês-Português Ementário Letras Tradução Inglês-Português Ementário Componentes Curriculares CH Ementa Cultura Clássica 04 Estudo da cultura das civilizações clássica em suas diversas fases, tendo em vista reflexões sobre a contribuição

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 2, DE 27 DE SETEMBRO DE

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 2, DE 27 DE SETEMBRO DE Ministério da Educação CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 2, DE 27 DE SETEMBRO DE 2013 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de graduação em Relações

Leia mais

REGULAMENTO DE PRÁTICA EDUCACIONAL / PROJETOS INTERDISCIPLINARES Curso de Letras Português e Inglês Licenciatura Currículo: LPI00001

REGULAMENTO DE PRÁTICA EDUCACIONAL / PROJETOS INTERDISCIPLINARES Curso de Letras Português e Inglês Licenciatura Currículo: LPI00001 REGULAMENTO DE PRÁTICA EDUCACIONAL / PROJETOS Fundamentação Legal PARECER CNE/CP 28/2001, DE 02 DE OUTUBRO DE 2001 - Dá nova redação ao Parecer CNE/CP 21/2001, que estabelece a duração e a carga horária

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO (Currículo iniciado em 2015)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO (Currículo iniciado em 2015) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO (Currículo iniciado em 2015) ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA 68 h/a 1425 A função Financeira nas empresas. Matemática Financeira valor do dinheiro

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Médio ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS (SP) Área de conhecimento: CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS Componente Curricular: GEOGRAFIA Série

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS ANEXO II DA RESOLUÇÃO CEPEC nº 680 EMENTAS DAS DISCIPLINAS DISCIPLINAS DA ÁREA DE PORTUGUÊS: Introdução aos estudos da Linguagem Panorama geral dos fenômenos da linguagem e suas abordagens científicas.

Leia mais

ESTUDOS DOS ERROS ORTOGRÁFICOS NOS TEXTOS DE ALUNOS DO TERCEIRO ANO DO ENSINO MÉDIO

ESTUDOS DOS ERROS ORTOGRÁFICOS NOS TEXTOS DE ALUNOS DO TERCEIRO ANO DO ENSINO MÉDIO 1 ESTUDOS DOS ERROS ORTOGRÁFICOS NOS TEXTOS DE ALUNOS DO TERCEIRO ANO DO ENSINO MÉDIO Dóbia Pereira dos Santos NASCIMENTO Gisele da Paz NUNES Universidade Federal de Goiás (UFG) Campus Catalão dobia@wgo.com.br

Leia mais

PORTARIA Nº 123 DE 28 DE JULHO DE

PORTARIA Nº 123 DE 28 DE JULHO DE PORTARIA Nº 123 DE 28 DE JULHO DE 2006. O Presidente, Substituto, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - INEP, no uso de suas atribuições, tendo em vista a Lei nº 10.861,

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Médio Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Área de conhecimento: Ciências humanas e suas tecnologias. Componente Curricular: geografia Série:

Leia mais

Letras Licenciatura Português-Inglês Ementário

Letras Licenciatura Português-Inglês Ementário Letras Licenciatura Português-Inglês Ementário Componentes Curriculares CH Ementa Avaliação do Processo de Ensino- Aprendizagem Cultura Clássica Didática (40 horas de estágio supervisionado) Educação de

Leia mais

Colégio Pedro II Departamento de Filosofia Programas Curriculares Ano Letivo: 2010 (Ensino Médio Regular, Ensino Médio Integrado, PROEJA)

Colégio Pedro II Departamento de Filosofia Programas Curriculares Ano Letivo: 2010 (Ensino Médio Regular, Ensino Médio Integrado, PROEJA) Colégio Pedro II Departamento de Filosofia Programas Curriculares Ano Letivo: 2010 (Ensino Médio Regular, Ensino Médio Integrado, PROEJA) Considerações sobre o Programa de Filosofia do Ensino Médio Regular

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Ensino Médio ETEC: PROFª NAIR LUCCAS RIBEIRO Código: 156 Município: TEODORO SAMPAIO Área de conhecimento: Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias.

Leia mais

Plano de Trabalho Docente - 2015. Ensino Médio. Habilitação Profissional: Técnico em Informática para internet Integrado ao Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente - 2015. Ensino Médio. Habilitação Profissional: Técnico em Informática para internet Integrado ao Ensino Médio Plano de Trabalho Docente - 2015 Ensino Médio Código: 0262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Área de Conhecimento: Linguagens / Parte Diversificada Componente Curricular: Língua Estrangeira

Leia mais

A PRÁTICA INVESTIGATIVA NO CURSO DE PEDAGOGIA: AVANÇOS E DESAFIOS A FORMAÇÃO DO PEDAGOGO NO CONTEXTO ATUAL

A PRÁTICA INVESTIGATIVA NO CURSO DE PEDAGOGIA: AVANÇOS E DESAFIOS A FORMAÇÃO DO PEDAGOGO NO CONTEXTO ATUAL A PRÁTICA INVESTIGATIVA NO CURSO DE PEDAGOGIA: AVANÇOS E DESAFIOS Ana Lúcia Cunha Duarte UCB duart_ana@hotmail.com Resumo: A prática investigativa desenvolvida no curso de Pedagogia do Centro de Educação,

Leia mais

RESOLUÇÃO CEB Nº 3, DE 26 DE JUNHO DE 1998

RESOLUÇÃO CEB Nº 3, DE 26 DE JUNHO DE 1998 RESOLUÇÃO CEB Nº 3, DE 26 DE JUNHO DE 1998 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio O Presidente da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação, de conformidade

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 5, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 1

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 5, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 5, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 1 Institui as Diretrizes Curriculares para o curso de graduação em Engenharia

Leia mais

SALA DAS SESSÕES DO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, em Cuiabá, 27 de abril de 2009.

SALA DAS SESSÕES DO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, em Cuiabá, 27 de abril de 2009. RESOLUÇÃO CONSEPE N.º 74, DE 27 DE ABRIL DE 2009. Dispõe sobre as alterações curriculares e o Projeto Pedagógico do Curso de Letras, licenciatura, com habilitação em Português e Literaturas, do Instituto

Leia mais

Bacharelado em Educação Física

Bacharelado em Educação Física Bacharelado em Educação Física Estágio Curricular O Estágio Curricular possivelmente seja uma das mais ricas experiências do acadêmico que optou pelo Curso de Bacharelado em Educação Física. As situações

Leia mais

Plano de Trabalho Docente - 2014. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente - 2014. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente - 2014 Etec Ensino Médio ETEC. PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Área de conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias Componente Curricular: Geografia

Leia mais

Fundação Carmelitana Mário Palmério - FUCAMP Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - FACIHUS Educação de qualidade ao seu alcance

Fundação Carmelitana Mário Palmério - FUCAMP Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - FACIHUS Educação de qualidade ao seu alcance SUBPROJETO DE LETRAS PORTUGUÊS/ESPANHOL O ensino da língua espanhola no contexto da escola pública INTRODUÇÃO Este plano procura articular-se de forma integrada com o plano de trabalho institucional, que

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO TÍTULO I DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO Art. 1º Os Trabalhos de Conclusão de Curso,

Leia mais

REGULAMENTO DE PRÁTICA EDUCACIONAL Curso de Letras Português e Inglês - Licenciatura Currículo: 12172014LI

REGULAMENTO DE PRÁTICA EDUCACIONAL Curso de Letras Português e Inglês - Licenciatura Currículo: 12172014LI Fundamentação Legal REGULAMENTO DE PRÁTICA EDUCACIONAL PARECER CNE/CP 28/2001, DE 02 DE OUTUBRO DE 2001 - Dá nova redação ao Parecer CNE/CP 21/2001, que estabelece a duração e a carga horária dos cursos

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 07/02/2012 19:33

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 07/02/2012 19:33 7//1 19:33 Centro de Ciências da Educação Curso: 9 Pedagogia (Noturno) Currículo: 11/ 1 CNA.157.-3 Biologia Humana Ementa: Natureza Biológica e Visão Sistêmica do Ser humano. Sistemas do corpo humano.

Leia mais

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*.

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*. EMENTÁRIO As disciplinas ministradas pela Universidade Federal de Viçosa são identificadas por um código composto por três letras maiúsculas, referentes a cada Departamento, seguidas de um número de três

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA/IRATI - EAD (Currículo iniciado em 2010)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA/IRATI - EAD (Currículo iniciado em 2010) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA/IRATI - EAD (Currículo iniciado em 2010) COMUNICAÇÃO, EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA C/H 68 (D0031/I) Informação e conhecimento no processo educativo. Recursos de

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA CAMPUS SANTA ROSA Rua Uruguai, 1675Bairro Central CEP: 98900.000

Leia mais

REGULAMENTO - TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC - 2013

REGULAMENTO - TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC - 2013 REGULAMENTO - TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC - 2013 CURSO DE DESIGN / Currículo - 11912011 OBJETIVOS O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do Curso de Design da Universidade São Judas Tadeu tem

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: Letras MISSÃO DO CURSO O curso de Licenciatura em Letras do Centro Universitário Estácio Radial de São Paulo tem o compromisso de promover no estudante um

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação UF: DF Superior ASSUNTO: Diretrizes Curriculares Nacionais para

Leia mais

PLANO DE SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS ESPANHOL 2 Área: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias Disciplina: Língua Espanhola carga horária: 60 horas

PLANO DE SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS ESPANHOL 2 Área: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias Disciplina: Língua Espanhola carga horária: 60 horas MINISTERIO DA DEFESA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXERCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATÓRIA E ASSISTENCIAL PLANO DE SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS ESPANHOL 2 Área: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

Leia mais

UNIÃO PIONEIRA DE INTEGRAÇÃO SOCIAL UPIS CURSO DE ESTUDOS SOCIAIS - LICENCIATURA PLENA EM HISTÓRIA PROJETO PEDAGÓGICO

UNIÃO PIONEIRA DE INTEGRAÇÃO SOCIAL UPIS CURSO DE ESTUDOS SOCIAIS - LICENCIATURA PLENA EM HISTÓRIA PROJETO PEDAGÓGICO UNIÃO PIONEIRA DE INTEGRAÇÃO SOCIAL UPIS CURSO DE ESTUDOS SOCIAIS - LICENCIATURA PLENA EM HISTÓRIA PROJETO PEDAGÓGICO Brasília Distrito Federal Junho / 2010 CURSO - ESTUDOS SOCIAS COM HABILITAÇÃO EM HISTÓRIA

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DO DESAFIO FSG DA ÁREA DA SAÚDE: Proposta de Atuação em Educação e Saúde. Capítulo I DO FUNDAMENTO LEGAL

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DO DESAFIO FSG DA ÁREA DA SAÚDE: Proposta de Atuação em Educação e Saúde. Capítulo I DO FUNDAMENTO LEGAL 1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DO DESAFIO FSG DA ÁREA DA SAÚDE: Proposta de Atuação em Educação e Saúde Capítulo I DO FUNDAMENTO LEGAL Art. 1º. O presente Regulamento estabelece as atividades do DESAFIO

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Ensino Médio Etec Etec. Professor Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã/SP Área de conhecimento: Ciências Humanas e suas tecnologias Componente Curricular:

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS PORTUGUÊS/ESPANHOL E RESPECTIVAS LITERATURAS UAB Turno: INTEGRAL Currículo nº 1

CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS PORTUGUÊS/ESPANHOL E RESPECTIVAS LITERATURAS UAB Turno: INTEGRAL Currículo nº 1 CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS PORTUGUÊS/ESPANHOL E RESPECTIVAS LITERATURAS UAB Turno: INTEGRAL Currículo nº 1 Reconhecido pelo Decreto Estadual N.º 11.025, de 14.05.14, D.O.E. nº 9.206 de 15.05.14. Para

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação UF: DF Superior ASSUNTO: Aprovação das Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso

Leia mais

REGULAMENTO DE PRÁTICA EDUCACIONAL Curso de Letras Português e Inglês Licenciatura Currículo: 12172010LI

REGULAMENTO DE PRÁTICA EDUCACIONAL Curso de Letras Português e Inglês Licenciatura Currículo: 12172010LI Fundamentação Legal REGULAMENTO DE PRÁTICA EDUCACIONAL PARECER CNE/CP 28/2001, DE 02 DE OUTUBRO DE 2001 - Dá nova redação ao Parecer CNE/CP 21/2001, que estabelece a duração e a carga horária dos cursos

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Médio Etec PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Área de conhecimento: LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS Componente Curricular: LÍNGUA ESTRANGEIRA

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA CAMPUS SANTA ROSA Rua Uruguai, 1675Bairro Central CEP: 98900.000

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID ESPANHOL

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID ESPANHOL PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID ESPANHOL A língua espanhola na Educação Básica A implantação da língua espanhola por meio da lei federal 11.161, que diz respeito à sua oferta

Leia mais

ANEXO II - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

ANEXO II - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANEXO II - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CARGOS: PROFESSOR DO ENSINO FUNDAMENTAL (ANOS INICIAIS 1º AO 5º ANO); PROFESSOR ADJUNTO PARA EDUCAÇÃO ESPECIAL; PROFESSOR DE ARTES; PROFESSOR DE LINGUAGEM ARTÍSTICA E NATURAL;EDUCADOR

Leia mais

CURSO: EDUCAR PARA TRANSFORMAR. Fundação Carmelitana Mário Palmério Faculdade de Ciências Humanas e Sociais

CURSO: EDUCAR PARA TRANSFORMAR. Fundação Carmelitana Mário Palmério Faculdade de Ciências Humanas e Sociais Fundação Carmelitana Mário Palmério Faculdade de Ciências Humanas e Sociais Educação de Qualidade ao seu alcance EDUCAR PARA TRANSFORMAR O CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CURSO: LICENCIATURA

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO ENSINO A DISTÂNCIA (EAD) DE PEDAGOGIA (LICENCIATURA) 1. COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO A leitura como vínculo leitor/texto, através da subjetividade contextual, de atividades de

Leia mais

Encaminhamentos, processos e ações. política de contratação e gestão de pessoal. revisão do projeto pedagógico

Encaminhamentos, processos e ações. política de contratação e gestão de pessoal. revisão do projeto pedagógico CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE VITÓRIA (CESV) 3.1.1.1. Organização Didático-Pedagógica (2) (3) (4) (5) previsão de alunos por turma em disciplina teórica de, no máximo, 80. relação aluno por docente, no

Leia mais

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Sistemas de Informação Professores: Marcos Eduardo Godinho Período/ Fase: 2º Semestre: 2º Ano: 2010

Leia mais

HORÁRIO - 2015 CURSO DE LETRAS 1 ANO - 1º SEMESTRE - PERÍODO DIURNO E NOTURNO

HORÁRIO - 2015 CURSO DE LETRAS 1 ANO - 1º SEMESTRE - PERÍODO DIURNO E NOTURNO 1 ANO - 1º SEMESTRE - PERÍODO DIURNO E NOTURNO Literatura e Cultura Brasileira LTE9788 Habilidades Básicas Integradas do Inglês: produção e recepção de textos orais e escritos *LEM8431 Língua Francesa

Leia mais

Parágrafo único. O novo projeto pedagógico vigorará para os alunos ingressantes a partir do ano letivo de 2006.

Parágrafo único. O novo projeto pedagógico vigorará para os alunos ingressantes a partir do ano letivo de 2006. R E S O L U Ç Ã O N o 194/2005-CEP CERTIDÃO Certifico que a presente Resolução foi afixada em local de costume, nesta Reitoria, no dia 20/12/2005. Esmeralda Alves Moro, Secretária. Aprova novo projeto

Leia mais

RESULTADOS E EFEITOS DO PRODOCÊNCIA PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFESSORES DO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS RESUMO

RESULTADOS E EFEITOS DO PRODOCÊNCIA PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFESSORES DO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS RESUMO RESULTADOS E EFEITOS DO PRODOCÊNCIA PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFESSORES DO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS Elisabete Duarte de Oliveira e Regina Maria de Oliveira Brasileiro Instituto Federal de Alagoas

Leia mais

CURSO: LETRAS - LICENCIATURA EM LÍNGUA PORTUGUESA

CURSO: LETRAS - LICENCIATURA EM LÍNGUA PORTUGUESA CURSO: LETRAS - LICENCIATURA EM LÍNGUA PORTUGUESA MISSÃO O curso de Letras - Licenciatura em Língua Portuguesa deve ter o compromisso de promover no estudante um processo contínuo de reflexão sobre o papel

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR Minuta de Projeto de Resolução para audiência pública de 11/12/2015 Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Educação

Leia mais

EIXO TECNOLÓGICO: Produção Industrial CURSO/MODALIDADE: Curso Técnico em Móveis Modalidade Integrado DISCIPLINA: Educação Física

EIXO TECNOLÓGICO: Produção Industrial CURSO/MODALIDADE: Curso Técnico em Móveis Modalidade Integrado DISCIPLINA: Educação Física MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA CAMPUS SANTA ROSA Rua Uruguai, 1675Bairro Central CEP: 98900.000

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS Currículo nº 2

CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS Currículo nº 2 CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS Turno: VESPERTINO Currículo nº 2 Reconhecido pelo Decreto nº. 3595, de 14.10.08, D.O.E. nº 7.827 de 14.10.08, e complementação do reconhecimento pelo Decreto nº.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG 1º SEMESTRE 2º SEMESTRE 3º SEMESTRE 4º SEMESTRE 5º SEMESTRE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG 1º SEMESTRE 2º SEMESTRE 3º SEMESTRE 4º SEMESTRE 5º SEMESTRE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700 Alfenas / MG - CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 Dinâmica Curricular do Curso

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO CÓD. DISC. DISCIPLINA ETAPA CH SEM CH TOTAL SEM/ANO

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO CÓD. DISC. DISCIPLINA ETAPA CH SEM CH TOTAL SEM/ANO CÓDIGO UNIDADE 042 CÓD. CURSO CURSO 42501 COMUNICAÇÃO SOCIAL HAB: JORNALISMO CÓD. DISC. DISCIPLINA ETAPA CH SEM CH TOTAL SEM/ANO 092.3202.8 CONSTRUÇÃO DE NARRATIVAS 2ª 02 34 2º/2009 PROFESSOR (A) OBJETIVOS

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 50/2013/CONEPE

RESOLUÇÃO Nº 50/2013/CONEPE SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 50/2013/CONEPE Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação

Leia mais

DSCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL

DSCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO Turno: MATUTINO Currículo nº 9 Currículo nº 10 Reconhecido pelo Decreto Estadual n. o 5.497, de 21.03.02, D.O.E. de 22.03.02. Para completar o currículo pleno do curso superior

Leia mais

2.1 Dimensão 2 - A política para o ensino, a pesquisa e a extensão

2.1 Dimensão 2 - A política para o ensino, a pesquisa e a extensão 2.1 Dimensão 2 - A política para o ensino, a pesquisa e a extensão As políticas para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação, a extensão e as respectivas normas de operacionalização, incluídos os procedimentos

Leia mais

EIXO TECNOLÓGICO: Infraestrutura CURSO/MODALIDADE: Curso Técnico em Edificações Modalidade Integrado DISCIPLINA: Educação Física

EIXO TECNOLÓGICO: Infraestrutura CURSO/MODALIDADE: Curso Técnico em Edificações Modalidade Integrado DISCIPLINA: Educação Física MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA CAMPUS SANTA ROSA Rua Uruguai, 1675Bairro Central CEP: 98900.000

Leia mais

Fotografia: Arte,Ciência e Tecnologia

Fotografia: Arte,Ciência e Tecnologia Fotografia: Arte,Ciência e Tecnologia E.E. Frontino Guimarães Sala 5 2ª Sessão Professor(es) Apresentador(es): Meire Pereira de França Roseli Fernandes Euquério Lima Realização: Foco Desenvolvimento da

Leia mais

Mestrado Profissional em Ensino de Biologia em Rede Nacional - PROFBIO PROPOSTA

Mestrado Profissional em Ensino de Biologia em Rede Nacional - PROFBIO PROPOSTA Mestrado Profissional em Ensino de Biologia em Rede Nacional - PROFBIO PROPOSTA Considerando que o Ensino Médio é para a maioria dos cidadãos a última oportunidade de uma educação formal em Biologia, a

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS PORTUGUÊS - INGLÊS

CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS PORTUGUÊS - INGLÊS ICHLA INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS PORTUGUÊS - INGLÊS Currículo Novo - 2011/01 - Noturno. RECONHECIDO PELA PORTARIA Nº1.394, DE 19/05/2004 - D.O.U. DE 20/05/2004

Leia mais

PRÁTICAS PEDAGÓGICAS PROGRAMADAS: APROXIMAÇÃO DO ACADÊMICO DE PEDAGOGIA COM O PROFISSIONAL DO ENSINO

PRÁTICAS PEDAGÓGICAS PROGRAMADAS: APROXIMAÇÃO DO ACADÊMICO DE PEDAGOGIA COM O PROFISSIONAL DO ENSINO PRÁTICAS PEDAGÓGICAS PROGRAMADAS: APROXIMAÇÃO DO ACADÊMICO DE PEDAGOGIA COM O PROFISSIONAL DO ENSINO Resumo HOÇA, Liliamar Universidade Positivo liliamarh@up.com.br MORASTONI, Josemary- Universidade Positivo

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Médio ETEC: MONSENHOR ANTÔNIO MAGLIANO Código: 088 Município: Garça Área de conhecimento: Linguagem, Código e suas Tecnologias Componente Curricular: Língua Portuguesa

Leia mais

MANUAL DE TRABALHO INTERDISCIPLINAR TI - INTEGRADOR FAN CEUNSP

MANUAL DE TRABALHO INTERDISCIPLINAR TI - INTEGRADOR FAN CEUNSP MANUAL DE TRABALHO INTERDISCIPLINAR TI - INTEGRADOR FAN CEUNSP Salto 2010 MANUAL DE TRABALHO INTERDISCIPLINAR TI / INTEGRADOR 0 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 2 TRABALHO INTERDISCIPLINAR (TI)... 3 ORGANIZAÇÃO...

Leia mais

1- IDENTIFICAÇÃO CARGA HORÁRIA SEMANAL: 4 HORAS CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 80 HORAS PERÍODO: NOTURNO

1- IDENTIFICAÇÃO CARGA HORÁRIA SEMANAL: 4 HORAS CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 80 HORAS PERÍODO: NOTURNO 1- IDENTIFICAÇÃO CARGA HORÁRIA SEMANAL: 4 HORAS CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 80 HORAS PERÍODO: NOTURNO NOME DA DISCIPLINA: LINGUA PORTUGUESA NOME DO CURSO: SUPERIOR TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS 2- EMENTA Perceber

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Médio Etec PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Área de conhecimento: LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS Componente Curricular: LÍNGUA ESTRANGEIRA

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO CNE/CP 1, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2002 (*)

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO CNE/CP 1, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2002 (*) CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO CNE/CP 1, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2002 (*) Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de

Leia mais

A Câmara Superior de Ensino da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições,

A Câmara Superior de Ensino da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições, 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 05/2009 Altera a estrutura curricular do Curso de Graduação em Pedagogia Licenciatura,

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID DETALHAMENTO DO SUBPROJETO 1. Unidade: 2. Área do Subprojeto: Dourados 3. Curso(s) envolvido(s) na proposta: Letras - Inglês Obs.: Para proposta

Leia mais

AS DISCIPLINAS DE DIDÁTICA NOS CURSOS DE LICENCIATURAS

AS DISCIPLINAS DE DIDÁTICA NOS CURSOS DE LICENCIATURAS AS DISCIPLINAS DE DIDÁTICA NOS CURSOS DE LICENCIATURAS VIEIRA, Débora Cristina de Oliveira PUCPR mmdvieira@hotmail.com MARTINS, Pura Lúcia Oliver - PUCPR Pura.oliver@pucpr.br Eixo Temático: Didática: Teorias,

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Artigo 1º - As Atividades Complementares constituem ações a serem desenvolvidas ao longo do curso, criando

Leia mais

Ministério da Educação CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 1, DE 11 DE MARÇO DE 2016 Estabelece Diretrizes e

Ministério da Educação CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 1, DE 11 DE MARÇO DE 2016 Estabelece Diretrizes e Ministério da Educação CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 1, DE 11 DE MARÇO DE 2016 Estabelece Diretrizes e Normas Nacionais para a Oferta de Programas e Cursos de Educação

Leia mais

DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL

DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA Turno: VESPERTINO Currículo nº 2 Reconhecido pelo Decreto nº. 3.598, de 14.10.08, D.O.E. nº 7.827 de 14.10.08, e complementação do reconhecimento pelo Decreto nº. 5.395,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 063 CONSUPER/2013

RESOLUÇÃO Nº 063 CONSUPER/2013 RESOLUÇÃO Nº 063 CONSUPER/2013 Dispõe sobre a regulamentação de Curso de Formação Inicial e Continuada ou Qualificação Profissional do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense. O

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE AMERICANA TRABALHO INTERDISCIPLINAR DO 2º PERÍODO PITEX

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE AMERICANA TRABALHO INTERDISCIPLINAR DO 2º PERÍODO PITEX TRABALHO INTERDISCIPLINAR DO 2º PERÍODO PITEX 1S2013 CURSO DE PRODUÇÃO TÊXTIL 2º SEMESTRE FACULDADE DE TECNOLOGIA DE AMERICANA I. OBJETIVOS O objetivo geral deste projeto interdisciplinar é propiciar aos

Leia mais

Centro Universitário Newton Paiva Curso de Psicologia. Manual de Estágios Currículo 2009.02

Centro Universitário Newton Paiva Curso de Psicologia. Manual de Estágios Currículo 2009.02 Centro Universitário Newton Paiva Curso de Psicologia Manual de Estágios Currículo 2009.02 Belo Horizonte Dezembro de 2009 1 FICHA TÉCNICA CORPO ADMINISTRATIVO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA Presidente

Leia mais

DIVERSIDADE CULTURAL, UM DESAFIO CONSTANTE DE CIDADANIA E CONSCIÊNCIA NO AMBIENTE ESCOLAR: APOIO TEÓRICO-PRÁTICO

DIVERSIDADE CULTURAL, UM DESAFIO CONSTANTE DE CIDADANIA E CONSCIÊNCIA NO AMBIENTE ESCOLAR: APOIO TEÓRICO-PRÁTICO DIVERSIDADE CULTURAL, UM DESAFIO CONSTANTE DE CIDADANIA E CONSCIÊNCIA NO AMBIENTE ESCOLAR: APOIO TEÓRICO-PRÁTICO Jessé Gonçalves Cutrim 1 RESUMO: Trata-se de um ensaio propositivo sobre Diversidade Cultural

Leia mais

O ENSINO DE LÍNGUA INGLESA A PARTIR DO GÊNERO TEXTUAL PROPAGANDA

O ENSINO DE LÍNGUA INGLESA A PARTIR DO GÊNERO TEXTUAL PROPAGANDA O ENSINO DE LÍNGUA INGLESA A PARTIR DO GÊNERO TEXTUAL PROPAGANDA Anilda Costa Alves Jamile Alves da Silva Leônidas José da Silva Jr Universidade Estadual da Paraíba anildauepb@gmail.com milygta10@hotmail.com

Leia mais

PREFEITURA DE NOVA VENÉCIA-ES SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO PORTARIA Nº 1612 DE 06 DE FEVEREIRO DE 2015.

PREFEITURA DE NOVA VENÉCIA-ES SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO PORTARIA Nº 1612 DE 06 DE FEVEREIRO DE 2015. PORTARIA Nº 1612 DE 06 DE FEVEREIRO DE 2015. DISPÕE SOBRE O FUNCIONAMENTO E ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DAS UNIDADES DE ENSINO DA EDUCAÇÃO INFANTIL EM TEMPO INTEGRAL DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE NOVA VENÉCIA-ES

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS

CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS Turno: VESPERTINO Autorizado pela Resolução UNIV. nº 25, de16 de setembro de 2002. Para completar o currículo pleno do curso superior de graduação em Licenciatura

Leia mais

Instrumento de Avaliação para Renovação de Reconhecimento de Cursos de Graduação

Instrumento de Avaliação para Renovação de Reconhecimento de Cursos de Graduação MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior - Conaes Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - Inep SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS - APS

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS - APS REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS - APS O presente Regulamento normatiza as Atividades Práticas Supervisionadas (APS) nos cursos de graduação da Faculdade Shalom de Ensino Superior,

Leia mais

Paulo Dinarte Tavares Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão RESOLUÇÃO Nº 12/2008

Paulo Dinarte Tavares Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão RESOLUÇÃO Nº 12/2008 RESOLUÇÃO Nº 12/2008 Regulamenta o Trabalho de Curso para conclusão do Curso de Direito. O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Faculdade Campo Real, no uso de suas atribuições e, CONSIDERANDO a

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Aprovado pela Resolução CONSUNI nº 44/15, de 09/12/2015. CAPÍTULO I AS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente Regulamento

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 20/12/2004, seção 1, pág.29. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional

Leia mais

Pedagogia Estácio FAMAP

Pedagogia Estácio FAMAP Pedagogia Estácio FAMAP # Objetivos Gerais: O Curso de Graduação em Pedagogia da Estácio FAMAP tem por objetivo geral a formação de profissionais preparados para responder às diferenciadas demandas educativas

Leia mais

Organização Curricular e o ensino do currículo: um processo consensuado

Organização Curricular e o ensino do currículo: um processo consensuado Organização Curricular e o ensino do currículo: um processo consensuado Andréa Pereira de Souza Gestora da Formação Permanente na Secretaria Municipal de Educação do município de Mogi das Cruzes. Cintia

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS DELIBERAÇÃO Nº 019/2014 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP

REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP Regulamento do Curricular Supervisionado do Curso de Graduação em Pedagogia - Licenciatura Faculdade de

Leia mais

UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA PROJETO PEDAGÓGICO GICO DE CIÊNCIAS SOCIAIS IMPLANTADO EM 2012.1

UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA PROJETO PEDAGÓGICO GICO DE CIÊNCIAS SOCIAIS IMPLANTADO EM 2012.1 UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA PROJETO PEDAGÓGICO GICO DE CIÊNCIAS SOCIAIS IMPLANTADO EM 2012.1 PRINCÍPIOS PIOS NORTEADORES DA CONCEPÇÃO DO CURSO 1. Trabalhar uma identidade para o curso em torno dos eixos de

Leia mais

LICENCIATURA DUPLA EM ESPANHOL E PORTUGUES E RESPECTIVAS LITERATURAS

LICENCIATURA DUPLA EM ESPANHOL E PORTUGUES E RESPECTIVAS LITERATURAS LICENCIATURA DUPLA EM ESPANHOL E PORTUGUES E RESPECTIVAS LITERATURAS Curso 1/20D Ingresso a partir de 2007 NÍVEL I Introdução à Pesquisa em Letras Codicred: 1216A-02 Ementa: Compreensão da linguagem como

Leia mais

Diário Oficial 31 32 Diário Oficial Resolução SE 52, de 2-10-2014

Diário Oficial 31 32 Diário Oficial Resolução SE 52, de 2-10-2014 sexta-feira, 3 de outubro de 2014 Diário Oficial Poder Executivo - Seção I São Paulo, 124 (187) 31 32 São Paulo, 124 (187) Diário Oficial Poder Executivo - Seção I sexta-feira, 3 de outubro de 2014 Resolução

Leia mais

SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DIREITO POÇOS DE CALDAS

SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DIREITO POÇOS DE CALDAS SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DIREITO POÇOS DE CALDAS 1) PERFIL DO CURSO O projeto pedagógico para os Cursos de Direito da Faculdade Mineira de Direito da PUC Minas, é concebido de modo a dar cumprimento

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS JOINVILLE PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO ESPAÑOL: INTERMEDIARIO

Leia mais