HORÁRIA: 40 PROFESSOR (A): AULAS/SEMANA: 2 CÓDIGO: PERÍODO: PRÉ-REQUISITO:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "HORÁRIA: 40 PROFESSOR (A): AULAS/SEMANA: 2 CÓDIGO: PERÍODO: PRÉ-REQUISITO:"

Transcrição

1 INSTITUTO FEDERAL GOIANO - CAMPUS RIO VERDE GO DISCIPLINA: ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS MATERIAIS E CARGA PATRIMONIAIS HORÁRIA: 40 PROFESSOR (A): AULAS/SEMANA: 2 CÓDIGO: PERÍODO: PRÉ-REQUISITO: EMENTA Evolução do Controle de Estoques e Patrimônio. O administrador de estoques. Políticas de Estoques. Planejamento de Estoques. Inventário de estoques. Controle de Patrimônio e Inventário de Patrimônio. OBJETIVOS Compreender e importância do controle de estoques e patrimônio, o papel do administrador de estoques e patrimônio. Conhecer as principais rotinas de controle de materiais e nas organizações industriais e comerciais de pequeno médio e grande porte. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Introdução á evolução histórica do controle de materiais e patrimônio 2. Atividades da Administração de Materiais 3. Economia inteligente na administração de materiais 4. Políticas de estoques 5. Planejamento de estoques 6. Estudo de mercado: Oferta e Demanda 6.1. Métodos de Análise da demanda de estoques 6.2. Método Qualitativo 6.3. Método Quantitativo 6.4. Demanda Constante e Variável 7. Métodos para Previsão de Estoques 7.1. Análise da Média Variável 7.2. Análise da Média Ponderada 7.3. Curva ABC. 8. Níveis de Estoques

2 8.1. Gráfico Dente de Serra 8.2. Estoque Mínimo e Máximo 8.3. Ponto de Pedido. 9. Entrada de Materiais 9.1. Recebimento de materiais Inspeção de Materiais Controle de Recebimento. 11. Layout de Estoques; 12. Armazenagem de Materiais; 13. Equipamento de Movimentação de Materiais; 14. Movimentação de Estoques Método UEPS Método PEPS. 15. Inventário de estoques; 16. Controle de Patrimônio Cadastro de Patrimônio Métodos de Controle de Patrimônio Identificação de Patrimônio Inventário de Patrimônio METODOLOGIA Aulas expositivo-dialogadas, estudos de caso, trabalhos individuais e em grupo, discussões em classe e exercícios, com a participação efetiva do aluno, objetivando a construção do conhecimento pertinente ao conteúdo ministrado, fazendo uso de meios didáticos tradicionais, como quadro e giz, além de projeções de imagens através de retroprojetores e projetores de multimídia e, eventualmente, uso de laboratórios e recursos de vídeo e informática, quando convenientes ao conteúdo. BIBLIOGRAFIA BÁSICA BALLOU, Ronaldo. Logística empresarial: transportes, administração de materiais e distribuição física. 1ª. edição. São Paulo. Atlas, DIAS, Marco Aurélio P. Administração de materiais: uma abordagem logística. 4ª. edição. São Paulo. Atlas, POZO, Hamilton. Administração de recursos materiais e patrimoniais: uma abordagem logística. 4ª. edição. São Paulo. Atlas, 2007.

3 BIBLIOGRAFIA COMPLENTAR: ARNOLD, J.R. Tony. Administração de Materiais. ed. Atlas. São Paulo BATALHA, Mário Otávio. Gestão Agroindustrial. ed. Atlas. São Paulo, 2007 BONFIM, Brandão. Compras, Princípios e Administração. ed. Atlas. São Paulo, GARCIA, Ana Maria. MALHADO, Heloisa M.C. Administração de Materiais e Patrimônio. Ed. SENAC. Rio de Janeiro, VIANA, João José. Administração de Materiais. Um enfoque prático. ed. Atlas. São Paulo, 2000.

4 INSTITUTO FEDERAL GOIANO - CAMPUS RIO VERDE GO DISCIPLINA: CENÁRIOS ECONÔMICOS CARGA HORÁRIA: 40 PROFESSOR (A): AULAS/SEMANA: 2 CÓDIGO: PERÍODO: PRÉ-REQUISITO: EMENTA Síntese da evolução do pensamento econômico. Aspectos gerais da teoria econômica. O processo produtivo. Sistemas econômicos e Mercados. Origem e objeto. Análise de Cenários e Conjuntura Econômica. OBJETIVOS Despertar no educando o interesse pela economia. Conhecer o sistema econômico, noções básicas de mercado, analisar elementos básicos de um sistema econômico e das unidades produtoras, inter-relacionar as atividades econômicas com aspectos microeconômicos. Desenvolver o senso crítico dos educandos quanto ao problema econômicos relacionado à escassez de recursos e ao desenvolvimento do padrão de vida da sociedade. Compreender e analisar os Cenários e Conjuntura Econômica atuais CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Fundamentos da Economia Conceitos e objetivos Evolução do pensamento econômico Problemas econômicos básicos. Sistemas econômicos e formação de mercados Noções de Microeconomia (oferta,demanda e estrutura de mercado) Noções de Macroeconomia Noções de Economia Internacional 2. Cenários Econômicos: Sistema Financeiro Nacional estrutura e funções; Principais mercados financeiros Autoridades Monetárias estrutura e funções;

5 Noções de Política Monetária, Política Fiscal, Política Cambial e Política de Rendas. 3. ANÁLISE DE CENÁRIOS E CONJUNTURA ECONÔMICA 1. Análise dos principais fenômenos e fatos que fazem parte da Conjuntura 2. da economia brasileira 3. Avaliação do impacto das políticas públicas sobre o comportamento dos 4. diversos setores econômicos. 5. Cenários e riscos 6. Crises econômicas 7. Desenvolvimento sustentável e desenvolvimento Regional BIBLIOGRAFIA BÁSICA ROSSETI, Jose P. Introdução a Economia. 17ª ed. São Paulo, Atlas LEITE, J. A. Macroeconomia: teoria, modelos e instrumentos de política econômica. São Paulo, Atlas, TROSTER, Roberto Luis & MOCHÓN, Francisco. Introdução à economia. São Paulo: Makron Books, BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR GAROFALO, G. de L; CARVALHO, L. C. Microeconomia. São Paulo, Atlas, GASTALDI, J. Petrelli. Elementos de economia política. São Paulo, Saraiva, GUIMARÃES, S. Economia & Mercado: introdução a economia e ao marketing. São Paulo, Ática, LOPES, J. do C, ROSSETI, J. P. Economia monetária. São Paulo, Makron Books, KANDIR, A. Brasil século XXI: tempo de decidir. São Paulo, Atlas, NETO, Alexandre Assaf. Mercado Financeiro. 4ª ed. São Paulo: Atlas, p. PINDICK, Robert S., RUBINFELD, Daniel L. Microeconomia. 5ª ed. São Paulo: Prentice Hall, 2002.

6 INSTITUTO FEDERAL GOIANO - CAMPUS RIO VERDE GO DISCIPLINA: E-COMMERCE E AUTOMAÇÃO COMERCIAL CARGA HORÁRIA: 40 PROFESSOR (A): AULAS/SEMANA: 2 CÓDIGO: PERÍODO: PRÉ-REQUISITO: EMENTA E-commerce e o ambiente empresarial. Aspectos do comércio eletrônico. Estrutura de análise do comércio digital. Situação atual e perspectivas para práticas de comércio eletrônico. Conceitos de interatividade de dispositivos eletrônicos para automação comercial. Modelos de equipamentos e nomes técnicos (hardware). Técnicas de codificação utilizadas na automação. Interface de comunicação utilizada entre os dispositivos envolvidos na automação. Estrutura e aplicações do comércio eletrônico OBJETIVOS Conhecer os principais conceitos de Comércio Eletrônico e o novo Modelo Integrado de Comércio Eletrônico; Capacitar o aluno no reconhecimento de dispositivos de automação comercial, facilitando o uso dos leitores de código de barras e de cartões. Compreender os nomes e funcionalidades do hardware utilizado na automação comercial. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. COMÉRCIO ELETRÔNICO Estrutura e Aplicações Comércio Eletrônico Público e Comércio Eletrônico Privado Intermediação e Concorrência Camadas de Funcionalidade Orientação para Consumo Sinais Eletrônicos Ambiente Digital Comércio Eletrônico na Internet Dimensões de comércio eletrônico Modelo Integrado de Comércio Eletrônico

7 2. COMÉRCIO ELETRÔNICO E O AMBIENTE EMPRESARIAL Negócios na era digital Globalização Economia Digital Mercado Eletrônico Integração Eletrônica Estratégias de Negócios Organização virtual 3. ASPECTOS DE COMÉRCIO ELETRÔNICO Relacionamento com Clientes e Fornecedores Sistemas Eletrônicos de Pagamento Privacidade e Segurança Comprometimento Organizacional Competitividade 4. A AUTOMAÇÃO COMERCIAL COMO UMA FERRAMENTA DE CONTROLE E GERENCIAMENTO DE NEGÓCIOS Automação comercial: conceitos e benefícios No que consiste a Automação Comercial Como a adoção da Automação Comercial beneficia o Varejo 5. TECNOLOGIAS E EQUIPAMENTOS DISPONÍVEIS Utilização das tecnologias para automação comercial (Utilização de software) Funcionalidade do PDV Fidelização do Cliente pelo CRM Efetivação de vendas, trocas e pré-vendas Emissão de cupom fiscal TEF (Transferência Eletrônica de Fundos) Emissão de etiquetas de código de barras Cadastramento de produtos Controle total das movimentações e tempo de permanência em estoque Balanços Controle de ajustes de estoque Controle de promoções e liquidações Formação de preços de venda

8 Controle de entregas Gestão completa de vendas Emissão de romaneios, notas-fiscais, boletos e duplicatas METODOLOGIA Aulas expositivo-dialogadas, estudos de caso, trabalhos individuais e em grupo, discussões em classe e exercícios, com a participação efetiva do aluno, objetivando a construção do conhecimento pertinente ao conteúdo ministrado, fazendo uso de meios didáticos tradicionais, como quadro e giz, além de projeções de imagens através de retroprojetores e projetores de multimídia e, eventualmente, uso de laboratórios e recursos de vídeo e informática, quando convenientes ao conteúdo. BIBLIOGRAFIA BÁSICA ALBERTIN, Alberto L. Comércio eletrônico: modelo, aspectos e contribuições de sua aplicação. 5ª. edição. São Paulo. Atlas, BALLOU, Ronaldo. Logística empresarial: transportes, administração de materiais e distribuição física. 1ª. edição. São Paulo. Atlas, CURTIS, Frye. Microsoft office excel. São Paulo. Editora Bookman, DIAS, Marco Aurélio P. Administração de materiais: uma abordagem logística. 4ª. edição. São Paulo. Atlas, POZO, Hamilton. Administração de recursos materiais e patrimoniais: uma abordagem logística. 4ª. edição. São Paulo. Atlas, BIBLIOGRAFIA COMPLENTAR: ALBERTIN, Alberto L. e ALBERTIN, Rosa Maria M. Tecnologia da informação e desempenho empresarial: as dimensões de seu uso e sua relação com os benefícios de negócios. 1ª. edição. São Paulo. Atlas, Aspectos e contribuições do uso de tecnologia de informação. 1ª. edição. São Paulo. Atlas, Tecnologia de informação. 1ª. edição. São Paulo. Atlas, 2004.

9 ARNOLD, J.R. Tony. Administração de Materiais. ed. Atlas. São Paulo BATALHA, Mário Otávio. Gestão Agroindustrial. ed. Atlas. São Paulo, 2007 BONFIM, Brandão. Compras, Princípios e Administração. ed. Atlas. São Paulo, GARCIA, Ana Maria. MALHADO, Heloisa M.C. Administração de Materiais e Patrimônio. Ed. SENAC. Rio de Janeiro, LORENZETTI, Ricardo L. Comércio eletrônico. São Paulo. Editora RT VIANA, João José. Administração de Materiais. Um enfoque prático. ed. Atlas. São Paulo, 2000.

10 INSTITUTO FEDERAL GOIANO - CAMPUS RIO VERDE GO DISCIPLINA: LOGÍSTICA EMPRESARIAL CARGA HORÁRIA: 40 PROFESSOR (A): AULAS/SEMANA: 2 CÓDIGO: PERÍODO: PRÉ-REQUISITO: EMENTA Compreender a cadeia logística e o seu funcionamento, conhecendo o sistema logístico e seus componentes, além de entender a logística como estratégia competitiva. OBJETIVOS Logística empresarial. Sistema logístico. O gerenciamento da cadeia de abastecimento. Logística de suprimentos. Logística de distribuição. Operadores logísticos. Logística reversa. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1 Logística Empresarial 1.1 Conceito 1.2 Evolução 1.3 Objetivos 1.4 A integração da logística com o marketing 2 Sistema Logístico 2.1 Conceito 2.2 O sistema logístico e seu componentes 2.3 Os fluxos na logística 2.4 Evolução do sistema logístico 2.5 Custos Logísticos 2.6 Trade-offs logísticos 3 O Gerenciamento da Cadeia de Abastecimento 3.1 Conceito 3.2 Implementação e funcionamento 3.3 Objetivos

11 3.4 Sincronização do fluxo de materiais e informações 3.5 O gerenciamento da cadeia de abastecimento como estratégia competitiva 3.6 A falta de coordenação da cadeia de suprimentos e o efeito chicote 3.7 As lições do jogo da cerveja 3.8 Obstáculos para a coordenação em uma cadeia de suprimentos 3.9 Medidas gerenciais para atingir a coordenação 4 Logística de Suprimentos 4.1 Seleção e avaliação de fornecedores 4.2 Terceirização 4.3 Outsourcing 5 Logística de Distribuição 5.1 Estratégias de distribuição 5.2 Canais de distribuição 5.3 Ciclo de pedido 5.4 Armazenagem de materiais e movimentação de materiais 5.5 Operadores logísticos 6 Logística Reversa 6.1 Canais de distribuição reversos de bens de pós-consumo e pós-vendas 6.2 Logística reversa: definições e área de atuação 6.3 Fatores de incentivo à logística reversa 7. Logística Verde METODOLOGIA Aulas expositivo-dialogadas, estudos de caso, trabalhos individuais e em grupo, discussões em classe e exercícios, com a participação efetiva do aluno, objetivando a construção do conhecimento pertinente ao conteúdo ministrado, fazendo uso de meios didáticos tradicionais, como quadro e giz, além de projeçõesde imagens através de retroprojetores e projetores de multimídia e, eventualmente, uso de laboratórios e recursos de vídeo e informática, quando convenientes ao conteúdo.

12 BIBLIOGRAFIA a) Básica BALLOU, Ronald H. Logística empresarial: transporte, administração de materiais e distribuição física. São Paulo: Atlas, SIMCHI-LEVI, David; KAMINSKI, Phillip; SIMCHI-LEVI, Edith. Cadeia de suprimentos: projeto e gestão. Porto Alegre: Bookman, b) Complementar ARNOLD, J. R. Tony. Administração de materiais: uma introdução. São Paulo: Atlas, BALLOU, Ronald H. Gerenciamento da cadeia de abastecimento : planejamento, organização e logística empresarial. 4.ed. Porto Alegre: Bookman, BOWERSOX, Donald J.; CLOSS, David J. Logística empresarial: o processo de integração da cadeira de suprimento. São Paulo: Atlas, CHING, Hong Yuh. Gestão de estoques na cadeia logística integrada. 2.ed. São Paulo: Atlas, CHRISTOPHER, Martin. Logística e gerenciamento da cadeia de suprimentos: estratégias para a redução de custos e melhoria dos serviços. São Paulo: Pioneira, DORNIER, Philippe-Pierre et al. Logística e operações globais: texto e casos. São Paulo: Atlas, FLEURY, Paulo Fernando; WANKE, Peter; FIGUEIREDO, Kleber Fossati. Logística empresarial: a perspectiva brasileira. São Paulo: Atlas, GURGEL, Floriano do Amaral. Logística industrial. São Paulo: Atlas, KOBAYASHI, Shun'ichi. Renovação da logística: como definir estratégias de distribuição física global. São Paulo: Atlas, MARTINS, Petrônio Garcia; ALT, Paulo Renato Campos. Administração de

13 materiais e recursos patrimoniais. São Paulo: Saraiva, MOREIRA, Daniel Augusto. Administração da produção e operações. 3.ed. São Paulo: Pioneira, OHNO, Taiichi. O Sistema Toyota de produção: além da produção em larga escala. Porto Alegre: Artes Médicas, SLACK, Nigel et al. Administração da produção. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2002

14 INSTITUTO FEDERAL GOIANO - CAMPUS RIO VERDE GO DISCIPLINA: Sociologia, ética e responsabilidade social CARGA HORÁRIA: 20 PROFESSOR (A): AULAS/SEMANA: 1 CÓDIGO: PERÍODO: PRÉ-REQUISITO: EMENTA Os conceitos básico da sociologia e sua aplicabilidade nas empresas. A função social da emprea na comunidade. Macro Análise sociológica: as relações dos fornecedores, empresas, mercado concorrente e mercado consumidor. Micro análise sociológica: Identificação, características e análise dos grupos formais e informais. Direitos e Deveres. Reconhecimento da importância do comportamento no trabalho. Identificação de Aspectos da Ética empresarial e Profissional. Identificação de estratégias de comportamento que favoreçam o relacionamento interpessoal. OBJETIVOS Conceituar Ciência, métodos científicos e sociologia Estudar o método nas escolas sociológicas Classificar os fatos sociais Estudar a sociologia empresarial, suas origens, objetivos e finalidades Identificar e analisasar a relação humanas no trabalho empregando o conhecimento da ética como orientador dessas relações. Favorecer o trabalho participativo em equipe. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Introdução a sociologia Conceito, importância e natureza da sociologia Divisão da sociologia Os métodos nas escolas sociológicas realidade social - objeto sociológico; sociologia aplicada - objeto e problemas fundamentais Conceito e classificação dos fatos sociais 2. Indivíduo, cultura e sociedade

15 Cultura: fundamento da sociedade Cultura material e cultura não material 3. Organização social Ação, interação e situação social Satatus, papel e socialização Sistemas sociais Processos sociais Grupos e relações sociais Estrutura social e instituições sociais Mudança social e cultura 4. Sociologia da administração: origem, objetos e finalidades Conceito e objetivos Desenvolvimento e integração entre sociologia e empresas Conceito da organização e sua natureza Classificação e objetivos das organizações O papel das organizações na sociedade moderna Empresa privada e empresa pública. 5. Ética e sociedade Conceito de ética Ética e moral Breve Histórico da ética Perspectivas acerca da ética Ética e indiferença Discussão dos temas éticos 6. Ética profissional e empresarial Ética empresarial Código de ética profissional Situações no trabalho. 7. Responsabilidade social Conceituação de responsabilidade social Responsabilidade social e instituições

16 Responsabilidade social e ética empresarial Responsabilidade social no Brasil METODOLOGIA Aulas expositivo-dialogadas, estudos de caso, trabalhos individuais e em grupo, fórum de debates e exercícios, com a participação efetiva do aluno, objetivando a construção do conhecimento pertinente ao conteúdo ministrado, fazendo uso de meios didáticos como data show e vídeo aula. BIBLIOGRAFIA ASHLEY, Patricia (coord.). Ética e responsabilidade social na empresa. São Paulo: Saraiva, BENEVIDES, M.Vitória de Mesquita. A Cidadania Ativa. São Paulo: Ática LAKATOS, Eva Maria, Sociologia Geral, 7ª Edição, revisada e ampliada. São Paulo: Editora Atlas, 1999 NOGUEIRA, Adriana T. Ética e Psicologia do Profundo (pp ) in Ética e Comunicação, nº1. São Paulo: FIAM, Jan/Jul 2000 RIO,Terezinha Azevedo.Ética e Competência. São Paulo.Cortez VALLS, Álvaro L. M. O Que é Ética? São Paulo: Brasiliense, 1996.

17 INSTITUTO FEDERAL GOIANO - CAMPUS RIO VERDE GO DISCIPLINA: Técnicas de Compras CARGA HORÁRIA: 40 PROFESSOR (A): AULAS/SEMANA: 2 CÓDIGO: PERÍODO: PRÉ-REQUISITO: EMENTA Escopo e objetivo de compras. Aspecto estratégico das compras. Estrutura e organização. Evolução e desenvolvimento. Qualidade em compras. Análise de preços. Aspectos da negociação.. Compras de commodities. licitações OBJETIVOS O objetivo dessa disciplina é atender as exigências acadêmicas quanto a prática profissional relacionada ao setor de compras. A disciplina examina os principais fatores que moldam o desenvolvimento da função compras, assuntos e considerações estratégicas relevantes, estrutura e organização de compras e desenvolvimento e evolução da atividade. Aborda ainda as variáveis-chave de compras, como qualidade, quantidade, tempo, preço, fonte de suprimento, negociação e importância da Licitação. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. CONCEITOS BÁSICOS DA ADMINISTRAÇÃO DE COMPRAS O conceito de compras; significado e espécie de aquisições. O órgão de compras: estrutura, funções e objetivo. Centralização X descentralização das compras. A função compras na estrutura organizacional Novas abordagens para as estruturas da função compras 2. ADMINISTRAÇÃO DE COMPRAS E SUPRIMENTOS Princípios gerais de compras e suprimentos. Instrumentos gerenciais de compras: formulários utilizados. A questão da qualidade em Administração de Compras: as normas e ISO 9000 Fornecedores: seleção, cadastro, avaliação, terceirização.

18 Avaliação de propostas; matemática financeira em compras; análise de valor. Negociação: princípios; a questão da ética. Linguagem corporal Estratégias de negociação Composto de negociação 3. PREÇO Fatores que afetam as decisões de preço Como os compradores obtêm preços Descontos Análise de preços e análise de custos Preço de grandes contratos Curvas de aprendizagem e curvas de experiência 4. COMPRAS NO SERVIÇO PÚBLICO Licitação: fundamentos e princípios; a Lei n de Modalidades de Licitação para aquisição: concorrência, tomada de preços e convite. Dispensa e inexigibilidade de licitação. O sistema de registro de preços. Habilitação de fornecedores; registros cadastrais. O edital de licitação. O procedimento de licitação: rotina básica. A comissão de licitação: aspectos legais; competência BIBLIOGRAFIA BÁSICA DIAS, Marco Aurélio P. - Administração de Materiais: Uma Abordagem Logística, Atlas SP. AMMER, Dean S. - Administração de Material, LTC, RJ. MESSIAS, Sérgio Bolsonaro - Manual de Administração de Materiais, Atlas, SP. MEIRELLES, Hely Lopes - Licitação e contrato Administrativo. Ed. Rev. dos Tribunais, SP. Lei n de

19 INSTITUTO FEDERAL GOIANO - CAMPUS RIO VERDE GO DISCIPLINA: VISUAL MERCHANDINSIG CARGA HORÁRIA: 40 PROFESSOR (A): AULAS/SEMANA: 2 CÓDIGO: PERÍODO: PRÉ-REQUISITO: EMENTA Princípios fundamentais da comunicação visual do produto. Técnicas de Merchandising Visual e Vitrinismo. Objetivos, funções, conceitos, elementos complementares e iluminação. Displayagem, objetivos, funções, conceitos, técnicas, materiais, equipamentos. Fotografia da Moda na vitrine: princípios básicos e tendências cênicas. Produção para vitrine: procedimentos básicos, aspectos legais ( etiquetagem e preços) e comerciais, free-lancing. Ambiência e clima da vitrine. Projeto e Montagem. OBJETIVOS Iniciar o aluno na arte do visual Merchandising e do vitrinismo como ferramenta da comunicação de marketing direcionada ao ponto de venda, à partir da introdução de conceitos e funções do profissional. Abordar o conceito, uso e importância do Visual Merchandising como forma de comunicação direta com seu público-alvo, auxílio na criação de identidade visual, de conceito de marca. Direcionar o aluno para princípios e fundamentos para organizar o ambiente considerando o comportamento do consumidor, as teorias de marketing e os movimentos vigentes na moda para ampliar as possibilidades de venda. Aperfeiçoar conhecimentos para planejar e executar projetos de decoração de vitrines, criando motivos com materiais diversos e dotando-os de estilo e aparências adequados ao tipo de artigo para promoção da venda. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO O Visual merchandinsig e o comércio..conceitos e objetivos ligação dos movimentos de moda com os movimentos macroambientais; A relação entre a psicologia do consumo e os princípios de marketing visual. Espacialidade, design e sustentabilidade;

20 Ergonomia e inclusão no ponto de venda Funções e responsabilidades do Vitrinista como profissional Vitrine Histórico e objetivos Vitrinista - Funções e responsabilidades, Comunicação; Orientação para compra, Lojista x Empresário x Cliente, Comunicação geradora de lucro para empresa.. Estrutura da vitrine Partes integrantes da vitrine, Piso; Laterais; Fundo; Teto, Sistema de iluminação. Tipos de vitrines Características de construção, Promocionais, Comemorativa, outros. Técnicas de Exposição de produtos Técnicas de exposição e manuseio de mercadorias Manuseio de mercadoria. Arrumação em gôndola, Locais para exposição, Técnicas de exposição, Planejamento de tema Planejamento, Verba, material, tempo, Idéia, Concretização da idéia, Esboço, Conhecimento do público alvo Seleção de elementos adequados à decoração da vitrine Decoração

21 Execução de vitrines Exposições internas de acordo com a mercadoria e objetivos promocionais específicos, Montagem da vitrine, Procedimentos prévios, Preparação da mercadoria, Elementos decorativos e acessórios. Criação e produção de Vitrine Percepção visual e Atmosfera de compra Como criar uma atmosfera de compra Princípios básicos Itens necessários para criar uma atmosfera de compra Layout da loja e Comunicação A psicodinâmica das cores. Som, Luz e Aroma e Movimento METODOLOGIA Exposições dialogadas, atividades externas, discussões em grupo e atividades vivenciais, construção de painéis, vídeo-aulas. Avaliações e seminários. BIBLIOGRAFIA BÁSICA Exposições dialogadas, atividades externas, discussões em grupo e atividades vivenciais, construção de painéis, vídeo-aulas Bibliografia básica BLESSA, Regina. Merchandising no Ponto de Vendas. São Paulo: Atlas, 2007; FERRACCIU, João de Simoni Soderi. Marketing Promocional. São Paulo: Pearson, 2007; FERRACCIU, João de Simoni Soderi. Promoção de Vendas. São Paulo: Makron, 1997; YANAZE, Mitsuru Higuchi. Gestão de Marketing e Comunicação. São Paulo: Saraiva, 2007; ZENONE, Luiz Claudio e BUAIRIDE, Ana Maria Ramos. Marketing da Promoção e Merchandising. São Paulo: Thomson, 2005.

22 INSTITUTO FEDERAL GOIANO - CAMPUS RIO VERDE GO DISCIPLINA: Português I: Comunicação e Expressão CARGA HORÁRIA: 60 PROFESSOR (A): AULAS/SEMANA: 3 CÓDIGO: PERÍODO: PRÉ-REQUISITO: EMENTA A linguagem como elemento-chave da comunicação. O processo de comunicação. Funções da linguagem. Língua oral e língua escrita. Níveis de linguagem. Fatores de textualidade. Leitura, interpretação e produção de textos. Conhecimentos de gramática. OBJETIVOS Proporcionar aos estudantes conhecimentos para que compreendam a linguagem e a língua portuguesa como objetos de comunicação e interpretação; Promover reflexões sobre língua, cultura e preconceito lingüístico; Empregar técnicas de leitura e escrita visando ao desenvolvimento do senso crítico e à correção da própria produção textual. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Comunicação 1. comunicação pessoal; 2. comunicação impessoal; 3. comunicação verbal; 4. comunicação não-verbal. Elementos da comunicação Funções da linguagem Língua oral e escrita Níveis de linguagem Norma culta

23 Variedade lingüística Dialetos Registros Gírias Fatores de textualidade Coesão e coerência Informatividade Centrabilidade Intencionalidade Intertextualidade Situacionalidade Leitura e interpretação Produção textual O parágrafo BIBLIOGRAFIA BÁSICA ILARI, Rodolfo. Introdução à semântica: brincando com a gramática. 2a ed. São Paulo: Contexto, KOCH, Ingedore V. Ler e Compreender os sentidos do texto. São Paulo: Contexto, FIORIN, José Luiz. Para entender o texto: leitura e redação. 16a ed. São Paulo: Ática, SAVIOLI, Francisco Platão; FIORIN, José Luiz. Lições de texto: Leitura e redação. 5a ed. São Paulo: Ática, BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR GARCIA, Othon Moacyr. Comunicação em prosa moderna. 17.ed. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, p. JOTA, Zélio dos Santos. Dicionário de lingüística. 2.ed. Rio de Janeiro: Presença, p.

24 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO Disciplina: HABILIDADES SOCIAIS DE TRABALHO Período: Carga Horária Total: 40 h Prática: Teórica: EMENTA Ética nas relações. Relações interpessoais. Habilidades sociais. Treinamento de habilidades sociais. Fundamentos do comportamento em grupo. Equipes de trabalho. Comunicação. OBJETIVOS Favorecer o desenvolvimento das relações interpessoais por meio de treinamentos de habilidades sociais e exposição a tarefas programadas com o intuito de desenvolvimento pessoal e profissional; desenvolver habilidades de interações sociais satisfatórias e prazerosas maximizando o desempenho adequado em diversos contextos e trabalhando a capacidade de bom relacionamento interpessoal no trabalho. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. ÉTICA NAS RELAÇÕES 2. RELAÇÕES INTERPESSOAIS Relações interpessoais em família 2.2. Relações interpessoais no trabalho

25 3. HABILIDADES SOCIAIS 3.1. Visão geral 3.2. Introdução ao treinamento: avaliação 3.3. Definição de classes a serem treinadas 4. TREINAMENTO DE HABILIDADES SOCIAIS 4.1. Seguimento de regras 4.2. Auto exposição a situações novas 4.3. Habilidades sociais de comunicação 4.4. Habilidades sociais de trabalho 5. FUNDAMENTOS DO COMPORTAMENTO EM GRUPO 5.1. Os grupos e as relações humanas 5.2. Interação 5.3. Estrutura 5.4. Coesão 5.5. Normas 5.6. Motivos e metas comuns 6. EQUIPES DE TRABALHO 7. COMUNICAÇÃO 7.1. A Arte da comunicação 7.2. Treinamento em comunicação 7.3. Procedimentos de comunicação 8. ATITUDES E COMPORTAMENTOS NO AMBIENTE DE TRABALHO 8.1. Concepções sobre as atitudes: determinantes psicossociais 8.2. Concepções sobre o comportamento humano: determinantes psicossociais 8.3. Atitudes e comportamentos no contexto de trabalho 8.4. Concepções sobre os comportamentos dos executivos e trabalhadores 8.5. Relações sociais e o processo de interação socioprofissional

26 BIBLIOGRAFIA BÁSICA DEL PRETTE, Zilda A. Pereira e DEL PRETTE, Almir. Habilidades Sociais, desenvolvimento e Aprendizagem. Campinas: Alinea, DEL PRETTE, Zilda A. Pereira e DEL PRETTE, Almir. Psicologia das Relações Interpessoais. Petrópolis: Vozes, KANAANE, Roberto. Comportamento humano nas organizações: o homem rumo ao século XXI. 2ª Edição. São Paulo. Atlas, MINICUCCI, Agostinho. Relações humanas: psicologia das relações interpessoais. 6ª Edição. São Paulo. Atlas, ROBBINS, Stephen P. Comportamento Organizacional. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005.

27 INSTITUTO FEDERAL GOIANO - CAMPUS RIO VERDE GO DISCIPLINA: INFORMÁTICA BÁSICA CARGA HORÁRIA: 60 H PROFESSOR (A): AULAS/SEMANA: 3 CURSO: Técnico em Comércio PERÍODO: I PRÉ-REQUISITO: EMENTA Conceito de Hardware e Software; Vírus; editor de texto; planilha eletrônica; internet; ferramenta de apresentação. OBJETIVOS GERAIS Ao final do curso o aluno deverá: Entender os conceitos básicos do funcionamento do computador; Compreender os conceitos básicos do funcionamento da internet; Desenvolver textos, apresentações e trabalhar com planilha eletrônica na emissão de fórmulas; Conhecer os tipos de vírus mais comuns no ambiente virtual. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Produzir textos tais como: mala direta; cartas; Produzir índices analíticos; Produzir documentos de cálculos com planilhas eletrônicas; Realizar apresentações em Power Point. BIBLIOGRAFIA BÁSICA COX, Joyce; PREPPERNAU, Joan. Microsoft Office Word 2007 Passo a Passo Bookman FRYE, Curtis. Microsoft Office Excel 2007 Passo a Passo Bookman MORAZ, Eduardo. Curso Passo a Passo Windows Xp Basic Col. Office. Editora Terra BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR MANZANO, André Luiz. MANZANO, Maria Izabel. Estudo Dirigido de Microsoft Office Word Editora Érica

28 Anexo Modelo/Sugestão de Plano de aula Este modelo tem por objetivo oferecer aos professores e coordenadores dos diferentes cursos uma sugestão para o desenvolvimento da disciplina de Informática Básica. Apesar da ementa ser única e não dever ser modificada, este Plano de Aula aqui descrito pode sofrer pequenas modificações para atender os diferentes cursos técnicos e suas necessidades específicas. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Aula 1 (3h/ aula) - Ambientação usuário e máquina Conceito de Hardware e Software Principais dispositivos de hardware: entrada/saída; memória; CPU (Unidade Central de Processamento) Principais Sistemas Operacionais: Windows; Linux Aula 2 (3h/ aula) - Sistema Operacional Windows (2h/aula) Apresentação da interface de janelas Windows. Apresentação da Área de Trabalho (Desktop) o Funcionalidade dos itens do menu Iniciar Apresentação do Sistema de Diretórios Manipulação do Gerenciador de Arquivos (Windows Explorer) o Manipulação de pastas e arquivos Aula 3 (3h/ aula) - Painel de Controle e seus principais recursos (1h/aula) o personalização da área de trabalho o ajustar data e hora o Utilização de captura de tela - Utilização de compactadores de arquivos e pastas (1h/aula)

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2010.2 A BRUSQUE (SC) 2014 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INFORMÁTICA APLICADA À... 4 02 MATEMÁTICA APLICADA À I... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA... 4 04 PSICOLOGIA... 5 05

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2010-2 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

Ementário do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial

Ementário do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial 01 ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS I EMENTA: Introdução à administração de recursos humanos; orçamento de pessoal; processo de recrutamento e seleção de pessoal; processo de treinamento e desenvolvimento

Leia mais

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING MÓDULO I 304101 FUNDAMENTOS DE MARKETING Fundamentos do Marketing. Processo de Marketing.

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO SUPERIOR DE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2014 Atualizado em 6 de junho de 2014 pela Assessoria de

Leia mais

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE 1º SEMESTRE 7ECO003 ECONOMIA DE EMPRESAS I Organização econômica e problemas econômicos. Demanda, oferta e elasticidade. Teoria do consumidor. Teoria da produção e da firma, estruturas e regulamento de

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO SUPERIOR DE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2014 Atualizado em 6 de junho de 2014 pela Assessoria

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATU SENSU EMENTA MBA GESTÃO DE VAREJO

PÓS-GRADUAÇÃO LATU SENSU EMENTA MBA GESTÃO DE VAREJO MBA GESTÃO DE VAREJO 1 - FORMAÇÃO DE PREÇO E ANÁLISE DE MARGEM NO VAREJO: Ementa: Conhecer o conceito de lucro na visão da precificação baseada no custo; demonstrar termos utilizados na formação de preço

Leia mais

Instituto Federal de Brasília PLANO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA FIC. Campus Ceilândia

Instituto Federal de Brasília PLANO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA FIC. Campus Ceilândia Instituto Federal de Brasília PLANO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA FIC Campus Ceilândia GESTÃO E PRÁTICAS EMPREENDEDORAS PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS Ceilândia, Fevereiro de 2014. CURSO DE FORMAÇÃO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO REVOGADA PELA RESOLUÇÃO Nº 128/2014- COU/UNICENTRO. DISPOSITIVOS DO PROJETO PEDAGÓGICO APROVADO POR ESTA RESOLUÇÃO, ESTÃO ALTERADOS PELA RESOLUÇÃO Nº 26/2009-COU/UNICENTRO.

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Logística Empresarial

Curso Superior de Tecnologia em Logística Empresarial PRIMEIRA FASE 01 CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I Funções, gráficos e aplicações; cálculo diferencial e aplicações; funções de duas ou mais variáveis: derivadas parciais e aplicações; aplicação computacional

Leia mais

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 01 - ADMINISTRAÇÃO Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Introdução à Administração. Antecedentes históricos da Administração. Escolas de Administração. Administração e suas perspectivas. Variáveis

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO BACHARELADO EM SECRETARIADO EXECUTIVO

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO BACHARELADO EM SECRETARIADO EXECUTIVO Anexo II da Resolução nº, de de de 2008. EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO BACHARELADO EM SECRETARIADO EXECUTIVO 1. DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS PORTUGUÊS INSTRUMENTAL Comunicação e linguagem; estrutura do

Leia mais

Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Empreendedora

Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Empreendedora Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Empreendedora - TGE 2005-2 Organização Curricular do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Empreendedora 1 DADOS LEGAIS: Reconhecido pela

Leia mais

Ementas e bibliografia básica das disciplinas

Ementas e bibliografia básica das disciplinas Ementas e bibliografia básica das disciplinas Gestão do Conhecimento e Inteligência Competitiva (10h) Conceitos gerais de gestão do conhecimento Conceitos gerais de inteligência competitiva Ferramentas

Leia mais

DISCIPLINA: EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO

DISCIPLINA: EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA - EDITAL Nº08/2013.2 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PARA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA: EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO Conteúdo Programático: UNIDADE I: O Universo Organizacional

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 16/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Fase Cód. I

Leia mais

Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04

Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 01 - ADMINISTRAÇÃO Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Introdução à Administração. Antecedentes históricos da Administração. Escolas de Administração. Administração e suas perspectivas. Variáveis

Leia mais

ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade Geral - 4 72 ADM004 Metodologia Científica - 2 36 ADM005 Métodos Quantitativos - 4 72

ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade Geral - 4 72 ADM004 Metodologia Científica - 2 36 ADM005 Métodos Quantitativos - 4 72 Matriz Curricular do Curso de Administração 2015.1 1ª Fase CÓDIGO DISCIPLINAS PRÉ- REQUISITOS CRED ADM001 Interpretação e Produção de Textos - ADM002 Filosofia e Ética Empresarial - 2 36 ADM003 Contabilidade

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 18/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes

Leia mais

EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL

EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL EDA 1601 - INGLÊS INSTRUMENTAL I (2.0.0)2 English for Specific Purposes": introdução. Leitura e compreensão de texto: estratégias de leitura. Organização e partes

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Matriz Curricular vigente a partir de 2010/1 Fase Cód. Disciplina Carga Horária Prérequisitos

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Matemática I 1º PERÍODO Matrizes e sistemas lineares. Funções: lineares, afins quadráticas,

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Matemática I CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO Matrizes e sistemas lineares. Funções: lineares, afins quadráticas, exponenciais

Leia mais

PROGRAMA ANALÍTICO DE DISCIPLINA CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO INTEGRADOS, CONCOMITANTES E SUBSEQUENTES CÓDIGO:

PROGRAMA ANALÍTICO DE DISCIPLINA CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO INTEGRADOS, CONCOMITANTES E SUBSEQUENTES CÓDIGO: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS PROGRAMA ANALÍTICO DE DISCIPLINA CURSOS TÉCNICOS

Leia mais

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogadas as disposições contrárias. Campinas, 16 de novembro de 2004.

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogadas as disposições contrárias. Campinas, 16 de novembro de 2004. RESOLUÇÃO CONSEAcc CPS 3 /2004 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE CAMPINAS, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus CONSEAcc, do câmpus de Campinas,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Fase Cód. I II Matriz Curricular vigente a partir de 2010-1 Disciplina Prérequisitos Carga

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2009.1A BRUSQUE (SC) 2014 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 ADMINISTRAÇÃO... 4 02 CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA I... 4 03 MATEMÁTICA... 4 04 METODOLOGIA CIENTÍFICA... 4 05 NOÇÕES

Leia mais

DETALHAMENTO DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO APLICÁVEL À PROVA DE BACHAREL EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS (1ª EDIÇÃO I/2011 EDITAL EXAME DE SUFICIÊNCIA N

DETALHAMENTO DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO APLICÁVEL À PROVA DE BACHAREL EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS (1ª EDIÇÃO I/2011 EDITAL EXAME DE SUFICIÊNCIA N ANEXO I DETALHAMENTO DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO APLICÁVEL À PROVA DE BACHAREL EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS (1ª EDIÇÃO I/2011 EDITAL EXAME DE SUFICIÊNCIA N.º 01/2010)) 1. CONTABILIDADE GERAL a) A Escrituração Contábil:

Leia mais

MBA Gestão de Negócios e Pessoas

MBA Gestão de Negócios e Pessoas PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Nome do Curso MBA Gestão de Negócios e Pessoas Área de Conhecimento Ciências Sociais Aplicadas Nome do Coordenador do Curso e Breve Currículo: Prof.

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO 1º SEMESTRE Administração Aplicada ao Meio Ambiente Ementa: Gestão ambiental e desenvolvimento sustentável. Compromisso dos indivíduos e das

Leia mais

APROVAÇÃO DO CURSO E AUTORIZAÇÃO DA OFERTA PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC PROMOTOR DE VENDAS. Parte 1 (solicitante)

APROVAÇÃO DO CURSO E AUTORIZAÇÃO DA OFERTA PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC PROMOTOR DE VENDAS. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA APROVAÇÃO DO CURSO E AUTORIZAÇÃO DA OFERTA PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EAD) CIÊNCIAS CONTÁBEIS CIÊNCIAS CONTÁBEIS COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO A leitura como vínculo leitor/texto, através da subjetividade contextual, de atividades

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1º SEMESTRE

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1º SEMESTRE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS 1º SEMESTRE DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO Ementa: Identificar os elementos básicos das organizações: recursos, objetivos e decisões. Desenvolver

Leia mais

Conselho Universitário - Consuni

Conselho Universitário - Consuni PRIMEIRA FASE 01 ECONOMIA Definições e conceitos de economia; macroeconomia; microeconomia; a organização econômica; a atividade de produção; a moeda; a formação de preços; economia de mercado: consumo,

Leia mais

Informática :: Presencial

Informática :: Presencial MAPA DO PORTAL (HT T P: //WWW. PORT AL DAINDUST RIA. COM. B R/CNI/MAPADOSIT E /) SITES DO SISTEMA INDÚSTRIA (HT T P: //WWW. PORT AL DAINDUST RIA. COM. B R/CANAIS/) CONT AT O (HT T P: //WWW. PORT AL DAINDUST

Leia mais

DESIGN DISCIPLINAS QUE PODEM SER OFERECIDAS PARA OUTROS CURSOS CURSO DE ORIGEM DA DISCIPLINA NOME DA DISCIPLINA EMENTA C.H. OBSERVAÇÕES PREVISÃO

DESIGN DISCIPLINAS QUE PODEM SER OFERECIDAS PARA OUTROS CURSOS CURSO DE ORIGEM DA DISCIPLINA NOME DA DISCIPLINA EMENTA C.H. OBSERVAÇÕES PREVISÃO DISCIPLINAS QUE PODEM SER OFERECIDAS PARA OUTROS CURSOS CURSO DE ORIGEM DA DISCIPLINA DESIGN NOME DA DISCIPLINA EMENTA C.H. OBSERVAÇÕES PREVISÃO Raciocínio Lógico Matemática Financeira A disciplina trata

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISAS EM ADMINISTRAÇÃO - CEPEAD CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO ESTRATÉGICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISAS EM ADMINISTRAÇÃO - CEPEAD CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO ESTRATÉGICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISAS EM ADMINISTRAÇÃO - CEPEAD CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO ESTRATÉGICA ADMINISTRAÇÃO: ENSINO E PESQUISA - grade curricular 2015-2016

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO DO CONHECIMENTO E INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL

ÊNFASE EM GESTÃO DO CONHECIMENTO E INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO DO CONHECIMENTO E INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 083/2003 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO.

RESOLUÇÃO CONSEPE 083/2003 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. RESOLUÇÃO CONSEPE 083/2003 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE,

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. Profissionais que trabalham em escritórios e comunidade em geral. A Carga Horária Total do curso será de 160 horas/aula.

DESCRITIVO DE CURSO. Profissionais que trabalham em escritórios e comunidade em geral. A Carga Horária Total do curso será de 160 horas/aula. DESCRITIVO DE CURSO NOME DO CURSO: OPERADOR DE MICROCOMPUTADOR CBO 4121-10 (A, B, C, E, Y e Z) MODALIDADE: QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL BÁSICA Área: Tecnologia da Informação Nº 013 Atualização: Outubro de

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Fase Cód. Disciplina I Matriz Curricular vigente a partir de 2012/1 Prérequisito s Carga Horária

Leia mais

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Produção Industrial PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO CURSO: Técnico em Móveis Integrado FORMA/GRAU:( x )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC PRONATEC de AUXILIAR ADMINISTRATIVO. Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC PRONATEC de AUXILIAR ADMINISTRATIVO. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 901491 - EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução da teoria organizacional

Leia mais

RECURSOS HUMANOS EMENTAS DO CURSO 1º P TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA PARA CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO

RECURSOS HUMANOS EMENTAS DO CURSO 1º P TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA PARA CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO RECURSOS HUMANOS EMENTAS DO CURSO 1º P TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA Técnicas de leitura, interpretação e produção de textos, expressão oral e apresentação de trabalhos acadêmicos, argumentação

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Nome da disciplina Evolução do Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação;

Leia mais

RESOLUÇÃO. São Paulo, 18 de novembro de 2004. Prof. Milton Mayer Presidente

RESOLUÇÃO. São Paulo, 18 de novembro de 2004. Prof. Milton Mayer Presidente RESOLUÇÃO CONSEAcc - SP 006/2004 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE SÃO PAULO, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus CONSEAcc, do câmpus de

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Evolução de Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução

Leia mais

CURSOS: ÁREA ADMINISTRAÇÃO E COMÉRCIO

CURSOS: ÁREA ADMINISTRAÇÃO E COMÉRCIO CURSOS: ÁREA ADMINISTRAÇÃO E COMÉRCIO ELABORANDO O PLANO DE NEGÓCIOS 16h Entendendo o negócio Perfil do Empreendedor de Sucesso Visão e missão do Negócio Características do Plano de Negócios Plano de Investimento

Leia mais

LOGÍSTICA EMENTAS DO CURSO

LOGÍSTICA EMENTAS DO CURSO LOGÍSTICA EMENTAS DO CURSO 1º P TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA Técnicas de leitura, interpretação e produção de textos, expressão oral e apresentação de trabalhos acadêmicos, argumentação científica.

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO EDITAL DGP Nº 76/2010 ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO

CONCURSO PÚBLICO EDITAL DGP Nº 76/2010 ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO CONCURSO PÚBLICO EDITAL DGP Nº 76/2010 ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DA PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA / MATEMÁTICA / LEGISLAÇÃO LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de textos

Leia mais

CURRÍCULO MATRIZ CURRICULAR

CURRÍCULO MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO MATRIZ CURRICULAR Matriz em implantação a partir de 2009, publicada em 24.12.2008 em vigor para a 1ª, 2ª e 3ª Séries 1ª Série Carga/Horária Economia 72 Fundamentos de Direito Aplicado à Administração

Leia mais

MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA. Professora Mscda. Ana Cláudia de Oliveira

MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA. Professora Mscda. Ana Cláudia de Oliveira MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA Professora Mscda. Ana Cláudia de Oliveira Objetivo principal: transmitir aos discente de pós graduação da Faculdade Almeida Rodrigues a metodologia utilizada para desenvolvimento

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DE UNAÍ - FACTU Associação de Ensino e Pesquisa de Unaí - AEPU Curso de Administração

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DE UNAÍ - FACTU Associação de Ensino e Pesquisa de Unaí - AEPU Curso de Administração INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO EMENTA: A organização e o Processo Administrativo: Produção, financeira, Marketing, Recursos Humanos. Funções Administrativas: Planejamento, Organização, Direção e Controle.

Leia mais

FATEC EaD TECNOLOGIA EM GESTÃO EMPRESARIAL PROJETO INTERDISCIPLINAR SÃO PAULO 2014

FATEC EaD TECNOLOGIA EM GESTÃO EMPRESARIAL PROJETO INTERDISCIPLINAR SÃO PAULO 2014 1 FATEC EaD TECNOLOGIA EM GESTÃO EMPRESARIAL PROJETO INTERDISCIPLINAR SÃO PAULO 2014 2 Sumário 1. Introdução... 3 2. Finalidade do Projeto Interdisciplinar... 3 3. Disciplinas Contempladas... 4 4. Material

Leia mais

MBA Executivo Contabilidade e Finanças

MBA Executivo Contabilidade e Finanças MBA Executivo Contabilidade e Finanças Proposta do curso: O curso de MBA Executivo em Contabilidade e Finanças proporciona ao aluno o conhecimento a respeito dos fundamentos de contabilidade e finanças

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA Executivo em Saúde Coordenação Acadêmica: Profª TANIA FURTADO EMENTA DO CURSO 1) Gestão dos Serviços em Saúde A participação dos serviços em uma Organização

Leia mais

RESOLUÇÃO. Itatiba, 17 novembro de 2004. Prof. Milton Mayer Presidente

RESOLUÇÃO. Itatiba, 17 novembro de 2004. Prof. Milton Mayer Presidente RESOLUÇÃO CONSEAcc - IT 12/2004 APROVA AS EMENTAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÂO DO CÂMPUS DE ITATIBA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus, do câmpus de Itatiba, no

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA

ÊNFASE EM GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente dinâmico e competitivo

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 6 ANEXO II METODOLOGIAS (A) CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 7 A) Metodologias utilizadas no Curso de Administração, bacharelado: a) Aulas Expositivas, Fórum de Debates, Dinâmica de Grupo, Seminários, Estudos de

Leia mais

DISCIPLINAS TEORIA DAS ORGANIZAÇÕES:

DISCIPLINAS TEORIA DAS ORGANIZAÇÕES: DISCIPLINAS TEORIA DAS ORGANIZAÇÕES: A Teoria das Organizações em seu contexto histórico. Conceitos fundamentais. Abordagens contemporâneas da teoria e temas emergentes. Balanço crítico. Fornecer aos mestrandos

Leia mais

PROGRAMA BÁSICO - MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO

PROGRAMA BÁSICO - MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO PROGRAMA BÁSICO - MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de textos Tipologia textual Ortografia oficial Acentuação gráfica Emprego das classes de palavras Emprego do

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013

Plano de Trabalho Docente 2013 Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios. Habilitação Profissional: Habilitação Profissional Técnica de Nível

Leia mais

EMENTA / PROGRAMA DE DISCIPLINA. ANO / SEMESTRE LETIVO Administração 2015.1 DISCIPLINA. CÓDIGO DA DISCIPLINA Matemática Financeira.

EMENTA / PROGRAMA DE DISCIPLINA. ANO / SEMESTRE LETIVO Administração 2015.1 DISCIPLINA. CÓDIGO DA DISCIPLINA Matemática Financeira. Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec ETEC PAULINO BOTELHO EXTENSÃO EE ESTERINA PLACCO Código: 091.01 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico

Leia mais

Currículo: 2003/1. Créd. Teóricos Créd. Práticos 1 ADM.0086.00-9 Evolução dos Modelos de Gestão

Currículo: 2003/1. Créd. Teóricos Créd. Práticos 1 ADM.0086.00-9 Evolução dos Modelos de Gestão 19//15 11:5 Centro de Ciências Sociais Aplicadas Curso: 5 Administração (Matutino) Currículo: 3/1 1 ADM.86.-9 Evolução dos Modelos de Gestão Ementa: Conceitos básicos e histórico da Administração. Escolas

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO EMENTAS DO CURSO

ADMINISTRAÇÃO EMENTAS DO CURSO ADMINISTRAÇÃO EMENTAS DO CURSO 1º P COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA PARA CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO Números Reais, Expressões Algébricas, Equação do 1º grau, Equação do 2º grau, Logaritmos, Conjuntos, Funções,

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA CAMPUS SANTA ROSA Rua Uruguai, 1675Bairro Central CEP: 98900.000

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL GOIANO CÂMPUS RIO VERDE. total: 60

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL GOIANO CÂMPUS RIO VERDE. total: 60 Curso: Técnico em Contabilidade Pré-Requisitos: Nenhum MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL GOIANO CÂMPUS RIO VERDE Disciplina: Contabilidade Geral

Leia mais

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO INDUSTRIAL EMENTA DAS DISCIPLINAS 1º Período GADM 7712-TGA - TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO (4.0.0) 4 Introdução; Antecedentes Históricos;

Leia mais

PLANO DE AULA. IPD introdução a processamento de dados Componentes do computador, gabinete, memórias RAM e ROM, periféricos de entrada e saída.

PLANO DE AULA. IPD introdução a processamento de dados Componentes do computador, gabinete, memórias RAM e ROM, periféricos de entrada e saída. 1 AULA 01. CURSO: INFORMÁTICA BÁSICA - MATUTINO Sensibilização e contextualização do programa IPD introdução a processamento de dados Componentes do computador, gabinete, memórias RAM e ROM, periféricos

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 16/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Fase Cód. I

Leia mais

ANEXO 01. CURSO: Ciências Contábeis - UFRJ SELEÇÃO DE DOCENTES

ANEXO 01. CURSO: Ciências Contábeis - UFRJ SELEÇÃO DE DOCENTES ANEXO 01 CURSO: Ciências Contábeis - UFRJ SELEÇÃO DE DOCENTES DISCIPLINA/FUNÇÃO PROGRAMA/ATIVIDADES PERFIL DOS CANDIDATOS 1 2 3 4 de Custos Intermediária Introdução à Adm e Comp Organizacional Economia

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Financeira. Conteúdo Programático. ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DE CURTO PRAZO / 100h

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Financeira. Conteúdo Programático. ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DE CURTO PRAZO / 100h ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DE CURTO PRAZO / 100h CAPITAL DE GIRO liquidez e capital circulante líquido rentabilidade do ativo estratégias de gerência fontes de financiamento estudo de caso orçamento de caixa

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Cultura Brasileira 1º PERÍODO O fenômeno cultural. Cultura(s) no Brasil. Cultura regional e

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CIÊNCIAS CONTÁBEIS

MATRIZ CURRICULAR CIÊNCIAS CONTÁBEIS Curso: Graduação: Regime: Duração: CIÊNCIAS CONTÁBEIS BACHARELADO MATRIZ CURRICULAR SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 04 (QUATRO) ANOS LETIVOS -

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Decanato Acadêmico Unidade Universitária: Centro de Ciências Sociais e Aplicadas Curso: Administração Disciplina: Criação de Negócios Inovadores Carga horária: 4 horas Ementa: ( X ) Teórica ( ) Prática Núcleo Temático: Formação

Leia mais

Resolução 038/2001 CONSEPE

Resolução 038/2001 CONSEPE Resolução 038/2001 CONSEPE Aprova as normas de funcionamento do Curso de Administração do Centro de Ciências da Administração CCA/ESAG. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão Estratégica de Negócios tem por objetivo desenvolver a

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Sem. CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS I II III IV V VI VI I Matriz Curricular válida para os acadêmicos ingressantes

Leia mais

EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANEXO II EDITAL N 01/2014 DE 20 DE MAIO DE 2014 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO A-01 - ASSESSOR TECNICO III - COORDENADOR/SUPERVISOR PEDAGOGICO; A-02 - ASSESSOR TECNICO III - COORDENADOR/SUPERVISOR

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CEAP. Curso Administração

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CEAP. Curso Administração Disciplina: Administração Recursos Materiais e PLANO DE ENSINO - 2 o SEMESTRE/2013 Curso Administração Turno/Horário 3ª Feira 3 o e 4 o h 4ª Feira 3º e 4ºh Professor(a) Nazaré da Silva Dias Ferrão Turma:

Leia mais

11)CONTADOR PLENO CONHECIMENTO ESPECÍFICO: Ética Profissional: 1. Código de ética profissional do contabilista, Resolução CFC nº.

11)CONTADOR PLENO CONHECIMENTO ESPECÍFICO: Ética Profissional: 1. Código de ética profissional do contabilista, Resolução CFC nº. 11)CONTADOR PLENO CONHECIMENTO ESPECÍFICO: Ética Profissional: 1. Código de ética profissional do contabilista, Resolução CFC nº. 803/96 e suas alterações. 2. As prerrogativas profissionais, especialmente

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS ANALISTA DO SEGURO SOCIAL CONHECIMENTOS BÁSICOS VOLUME I ÍNDICE Língua Portuguesa 1 Compreensão e interpretação de textos.... 1 2 Tipologia textual.... 10 3 Ortografia

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA ESAG/UDESC 2012.1. Ementas das disciplinas

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA ESAG/UDESC 2012.1. Ementas das disciplinas 1º Termo CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA ESAG/UDESC 2012.1 Ementas das disciplinas Disciplina: Psicologia Ementa: Fundamentos conceituais da psicologia. Objeto e área de aplicação. O pensamento psicológico,

Leia mais

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA 1 CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INTRODUÇÃO A PUBLICIDADE E PROPAGANDA... 4 02 HISTÓRIA DA ARTE... 4 03 COMUNICAÇÃO

Leia mais

MBA em Gestão Estratégica de Marketing e Mercados

MBA em Gestão Estratégica de Marketing e Mercados MBA em Gestão Estratégica de Marketing e Mercados 1-OBJETIVOS OBJETIVO GERAL: Especializar profissionais com diploma do curso superior, que atuem nos setores empresariais, estratégicos, gerenciais e técnicos

Leia mais

Identificar as oportunidades de mercado. Realizar análise de mercado. Elaborar previsão de vendas. Utilizar instrumentos de marketing.

Identificar as oportunidades de mercado. Realizar análise de mercado. Elaborar previsão de vendas. Utilizar instrumentos de marketing. : Técnico em Administração Descrição do Perfil Profissional: Identificar, interpretar, analisar fundamentos, conteúdos, sentidos e importância do planejamento na Gestão Mercadológica, Administrativo-Financeira,

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL 1 CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2013.1 Atualizado em 7 de agosto BRUSQUE de 2013 pela Assessoria (SC) de Desenvolvimento 2013 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 3 01 INTRODUÇÃO

Leia mais

Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de TÉCNICO EM CONTABILIDADE

Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de TÉCNICO EM CONTABILIDADE I.1 PRÁTICA TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA Função: Operação de Ciclos de Gestão 1. Organizar programas de admissão e desligamento, de pessoal (por demissão, aposentadoria, falecimento). 2. Interpretar a

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS, BACHARELADO REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das Disposições Gerais O estágio

Leia mais

CURSO DE TECNOLOGIA EM MARKETING

CURSO DE TECNOLOGIA EM MARKETING CURSO DE TECNOLOGIA EM MARKETING EMENTA (2012) Disciplina: COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR Aspectos introdutórios. Os processos decisórios do consumidor. Diferenças individuais. Processos psicológicos. Influências

Leia mais

O presente processo de seleção tem por objetivo preencher vaga e formar cadastro de docentes para ministrar as disciplinas/áreas abaixo:

O presente processo de seleção tem por objetivo preencher vaga e formar cadastro de docentes para ministrar as disciplinas/áreas abaixo: A Faculdade de Economia e Finanças Ibmec/RJ torna pública a abertura de processo seletivo para contratação de professores PJ para o curso de Pós Graduação Executiva - CBA. I Das vagas abertas para seleção

Leia mais

Sumário PORTARIAS INEP

Sumário PORTARIAS INEP Sumário 1. Portaria Inep nº 239, de 10 de junho de 2015 2. Portaria Inep nº 230, de 10 de junho de 2015 3. Portaria Inep nº 229, de 10 de junho de 2015 4. Portaria Inep nº 232, de 10 de junho de 2015 5.

Leia mais

PERFIL DO PROFISSIONAL EGRESSO

PERFIL DO PROFISSIONAL EGRESSO PERFIL DO CURSO Estuda os produtos e serviços da empresa, caracteriza o tipo de clientes e recolhe informações sobre a concorrência e o mercado em geral. Prepara ações de venda. Promove e efetua a venda

Leia mais

MAXIMIANO, Antonio César Amaru. Teoria Geral da Administração. São Paulo: Atlas, 6ª.

MAXIMIANO, Antonio César Amaru. Teoria Geral da Administração. São Paulo: Atlas, 6ª. CURSOS DISCIPLINAS EMENTA Todos os Cursos Bibliografia Básica Bibliografia Complementar O Administrador e o Processo Administrativo: O Administrador como Profissional, Função Planejamento, MAXIMIANO, Antonio

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO/ MÓDULO I OFERTA ESPECIAL DE DISCIPLINAS DISCIPLINAS EQUIVALENTES POR TURMA E CURSO

ADMINISTRAÇÃO/ MÓDULO I OFERTA ESPECIAL DE DISCIPLINAS DISCIPLINAS EQUIVALENTES POR TURMA E CURSO DISCIPLINAS Matemática Aplicada - ADM Teoria e Gestão das Organizações Tecnologia da Informação e Comunicação/(Tecnologias Educacionais) - ADM Metodologia da Ciência e da Pesquisa(Fundamentos do Trabalho

Leia mais