Amadeus Service Fee Manager. Manual do Usuário Vista Junho 2007 Versão 1.1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Amadeus Service Fee Manager. Manual do Usuário Vista 3.1 10 Junho 2007 Versão 1.1"

Transcrição

1 Amadeus Service Fee Manager Manual do Usuário Vista Junho 2007 Versão 1.1

2 Document control Security level In commercial confidence: Amadeus + ACOs + Customers Company Amadeus IT Group SA Department Products Author Wilson Roberto Franco de Oliveira Reviewed by Maria de Fatima Salgado Date 10/05/2007 Approved by <Approver Name> Date <DD / MM / YYYY> Version Date Change Comment By /04/2007 Primeira Versão Wilson Franco /06/2007 Pg 14, 15 Ticketing parameter Wilson Franco Page Nº 2

3 Índice 1. Introdução Segmentação do Negócio Característica e Funcionalidades Benefícios Confidencialidade do Service Fee Resumo da Taxa de Serviço - SFM...8 Service Fee Summary Sumario Active Fees - Cálculos de Taxas Ativos Selecionar uma TST Selecionar outro Esquema de Preço (PSR) Exibir Detalhes - Display Details Ajuste Manual e Detalhes no Esquema de Preço Validar um cálculo de taxa de serviço Validated Fees - Taxas de Serviço Validadas Ajuste de Valores Manualmente Desativar um esquema validado Deactivated fees Cálculos de taxas desativados Erro ao Exibir PNR Com Mascara de Bilhete Deletada Trechos em Aberto Cálculo do Ticketing Fee no Tarifamento do PNR Informando o Número de um PSR no PNR Informando um Número de PSR Errado Mais de Uma Opção de Tarifa Dois Ou Mais Passageiros No Mesmo Pnr Excluindo o Ticketing Fee No Tarifamento Guia Tarifa Tarifar PNR Customer Profiles Cadastro de Clientes Inserindo o PSR no Cadastro Transferindo Dados do Cadastro para o PNR Através da Digitação da Entrada Criptica Através do modo guiado Tarifamento Informativo FQP Value Pricer Exemplo com 1 Passageiro Exemplo com 3 passageiros Número de Esquema de Preço (PSR) Inválido Requisitos Técnicos Glossário...36 Page Nº 3

4 1. Introdução Amadeus Service Fee Manager Manual do Usuário Vista 3.1 Atualmente o mercado na indústria do turismo apresenta muitos desafios a serem vencidos. Uma nova estrutura de negócio deverá ser implantada em um futuro próximo no seguimento aéreo. As mudanças consistem principalmente no corte das comissões pagas sobre as vendas nas passagens aéreas. Dentro desse contexto, já praticado em outros mercados, as agências de viagens precisarão buscar outras fontes de receita. Inúmeras agências adotaram a cobrança de taxas pelos serviços prestados ao passageiro ou empresa para substituir ou complementar as tradicionais comissões. As companhias aéreas também começaram a introduzir políticas para diferenciar o preço para o passageiro levando em conta o custo da distribuição. Neste novo conceito a Amadeus está disponibilizando no mercado o Amadeus Service Fee Manager, solução totalmente automatizada para cálculo e armazenamento das taxas de serviço, gerenciando com eficiência o recebimento de novas receitas. O Amadeus Service Fee Manager é um produto baseado no Sistema Central para cálculos automáticos de taxas de serviço para agencias de viagens através de um grupo de parâmetros pré-definidos por um administrador. Os parâmetros de cálculo são armazenados nos chamado Esquemas de Preços que são identificados por um número de referência único, que denominamos Price Scheme Reference PSR. O Amadeus Service Fee Manager está integrado aos processos de cálculo de tarifa como: Value Pricer, Master Pricer e cálculo informativo (FQP), mostrando-se assim uma ferramenta valiosa para determinar tarifas aéreas bem como no tarifamento de um PNR ativo (FXX, FXP, FXA, FXR, FXB). Ao validar um Esquema de Preço (PSR) em um PNR o sistema envia automaticamente ao back office da agência, os valores cobrados para emissão de fatura e relatórios. Os valores cobrados ficam armazenados em uma máscara no PNR chamada (TSF Transitional Stored Fee). Para cada passageiro é associada uma TSF. O Amadeus Service Fee Manager está disponibilizado totalmente em interface gráfica no Amadeus Selling Platform, através de duas novas abas chamadas: - Resumo das taxas de serviço - Service Fee Manager - Gerenciador do esquema de preços - Price Scheme Manager Veja o exemplo abaixo: SFM - Resumo das Taxas de Serviço PSM - Gerenciador do Esquema de Preços Nota: Neste documento abordaremos somente a guia Service Fee Manager Page Nº 4

5 2. Segmentação do Negócio O Amadeus Service Fee Manager foi desenvolvido para auxiliar: Amadeus Service Fee Manager Manual do Usuário Vista 3.1 Agências de viagens de pequeno e médio porte que não possuam ferramenta de cálculo de taxas de serviço localmente. Agências de viagens de grande porte que procuram uma ferramenta que gerencie as taxas de serviço no ponto da venda para viagens de lazer. Clientes que já têm uma solução simples, mas que estão procurando uma solução mais sofisticada e totalmente integrada. Clientes que utilizam Cadastro do Passageiro (Amadeus Customer Profile) para gerenciar políticas de viagens na criação de reservas. A cobrança das taxas de serviço é calculada baseada nos seguintes componentes: A Ticketing fee Parâmetros relacionados a tipo de bilhete, provedor, tipo de viagens, forma de pagamento, etc. A booking process fee Parâmetros relacionados aos processos de venda e cancelamento. A contextual fee Parâmetros que verificam o canal onde foi feita a venda. Existem dois tipos de escritórios que podem utilizar o Amadeus Service Fee Manager. 1. O escritório administrador Este escritório é o responsável por criar e manter os esquemas de preço através da aba Gerenciador do esquema de Preços (Price Scheme Manager PSM). 2. O escritório ponto de venda Point-of-sale (POS) Escritórios que utilizam o produto para cobrança de taxas de serviço de seus clientes. Os agentes de viagem podem utilizar as entradas pelo modo criptico ou através da aba no Amadeus Selling Platform para visualizar e validar esquemas de preços no PNR. Opcionalmente o Service Fee pode ser integrado nos cálculos de tarifa informativo (FQP), Value Pricer e no tarifamento de reservas. O administrador também pode exercer a função do POS. Page Nº 5

6 3. Característica e Funcionalidades Amadeus Service Fee Manager Manual do Usuário Vista 3.1 O Amadeus Service Fee Manager fornece uma solução completamente integrada à base da agência, calcula e aplica esquemas de preço de maneira eficiente, rápida e segura. Veja as principais características: Cria e modifica os esquemas de taxas de serviço através de interface gráfica totalmente amigável no Amadeus Selling Platform - Aba Gerenciador do Esquema de Preços - PSM. Armazenamento central de esquemas de preços (Regra de Taxa). Aplica de esquema de preços proveniente do Perfil do Cliente ou Empresa (Customer ou Company Profile). Calcula automaticamente as taxas de serviço exibindo os valores de cada taxa aplicada em todos os estágios da venda (Esquemas de Preço) e também no processo de cálculo de tarifa. Armazena automaticamente detalhamento das taxas no PNR (estrutura da taxa de serviço TSF - Transitional Stored Fee). Envia ao Midle e Back Office da agencia o valor total e detalhado das taxas cobradas para processos contábeis, emissão de fatura e relatórios estatísticos (A.I.R./I.M.R.). Geração automática e customizada de Service Fee existente no PNR para gerenciar emissão de fatura e processamento de relatórios através do Back Office. 3.1 Benefícios Aumenta a receita Melhora a produtividade Melhora a lucratividade Melhora o serviço ao cliente 3.2 Confidencialidade do Service Fee Os dados do Service Fee da agência de viagem são tratados de forma confidencial e não são enviados e nem podem ser visualizados, particularmente pelas companhias aéreas. Esquemas de Preço A confidencialidade dos Esquemas de Preço é garantida através de uma integração a uma Unidade Administrativa que define uma lista de escritórios que estarão subordinados a ela. A guia Gerenciador do Esquema de Preços (PSM) só é acessada para criação e manutenção dos Esquemas de Preços pela sua Unidade Administrativa. Page Nº 6

7 Um link entre a Unidade Administrativa e a lista dos escritórios autorizados faz a validação do escritório do usuário no momento em que ele acessa a Aba Resumo das Taxas de Serviço (SFM). Este processo só é possível localmente através do acesso remoto (JUO/O- ***B22***). Page Nº 7

8 4. Resumo da Taxa de Serviço - SFM Service Fee Summary Sumario - Amadeus Service Fee Manager Manual do Usuário Vista 3.1 O Amadeus Service Fee Management é uma guia opcional que está disponível para o Amadeus Selling Platform, possuindo como característica um sumário (lista) com opção de aplicar, validar e atualizar Esquemas de Taxas. É possível aplicar um Esquema de Preço (Price Scheme Reference PSR) para todos os passageiros em um PNR ativo* ou um esquema específico para cada um deles. Também disponibiliza a opção de exibir detalhes da taxa de serviço aplicada e contadores de transações, calculando e integrando o valor das taxas de serviços no preço total de venda antes do processo de emissão do bilhete. Observe a tela acima. Os nomes dos passageiros e a coluna PSR podem estar classificados em ordem alfabética ou em ordem ascendente. Os totais são exibidos em linhas separadas. Você pode selecionar uma delas para exibir detalhes das taxas aplicadas, validar ou desativar um dos esquemas de preço usando os botões correspondentes para isso. *Nota: Antes de acessar esta aba é imprescindível que a reserva esteja exibida na tela e com máscara de bilhete (TST) criada. Page Nº 8

9 Service Fee Summary 1) Active Fees 2) Validated Fees 3) Deactivated Fees Estas sessões serão detalhadas a seguir. 4.1 Active Fees - Cálculos de Taxas Ativos Esta seção exibe o cálculo das taxas de serviço aplicadas a cada passageiro de um PNR que está ativo na tela. A taxa de serviço aplicada permanece até que seja validada. Nesta sessão você pode fazer as seguintes transações: Selecionar uma TST Após exibir a reserva na tela acesse a aba SFM. Para que o sistema faça o cálculo é necessário selecionar número da máscara de bilhete (TST). Para selecioná-la, siga os passos a seguir: Ao clicar no lugar indicado pela seta será exibido um pop-up para selecionar o número da TST ativa para aquele passageiro. Para selecionar basta clicar sobre o número da TST (no exemplo, TST número 1) e clicar o botão Select. Page Nº 9

10 Neste momento será aplicado automaticamente o PSR padrão (pré-definido pela agência e validado na base de dados). Caso queira aplicar outro PSR para o passageiro, leia o próximo tópico. Os valores calculados baseiam-se nas informações obtidas da máscara do bilhete e estão assim distribuídas: Ticketing Fee se parametrizado, exibe a soma os seguintes elementos: Assume valor para emissão de bilhete eletrônico. Identifica trecho, cabine e classe de reserva, companhia aérea, valor da tarifa (publicada padrão). Case seja tarifa negociada, fazer ajuste manual (Veja página 14). Booking Fee se parametrizado, exibe a soma dos seguintes elementos: Segmentos vendidos, segmentos cancelados, emissão, reemissão e reembolso. Contextual Fee se parametrizado, exibe a soma dos seguintes elementos: Canal de venda (assume como padrão Travel Office) e, caso seja reserva de grupo, valor referente quantidade de passageiros. Nota: O canal de venda pode ser modificado manualmente na página de comandos através da transação: >TFU/BC-X (onde X corresponde à letra do canal de venda P [telefone], F [FAX], E [Web-API], M [ ], C [Call Center], S [Self Booking Produtos Internet], T [Travel Office direto na agência] e D [ELSE - outras formas]). Fee Total refere-se à soma dos itens anteriores. Page Nº 10

11 4.1.2 Selecionar outro Esquema de Preço (PSR). Você pode escolher, a partir de uma lista criada para seu escritório, o mais adequado Esquema de Preço para o passageiro. Logo um diferente PSR pode ser aplicado para cada passageiro de um mesmo PNR. Para isso, selecione um novo PSR clicando sobre o número do PSR que está sendo aplicado. Ao clicar sobre o número do PSR, um pop-up será exibido com a lista dos PSR s criados neste escritório. O PSR com asterisco (7662* - BKG) é o cadastrado na base de dados como padrão e será sempre o primeiro a ser aplicado. Para selecionar ou esquema, basta clicar sobre a linha correspondente ao novo esquema e clicar no botão. Note que os valores exibidos para o primeiro e segundo passageiros são diferentes. Outros ajustes podem ser feitos a partir desta exibição, veja a seguir. Page Nº 11

12 4.1.3 Exibir Detalhes - Display Details Se um Service Fee estiver ativo, vários elementos podem ser modificados manualmente através da opção Display Details. Para ativar esta funcionalidade é necessário selecionar um dos passageiros da lista, conforme figura abaixo. Ao selecionar o botão uma nova tela será exibida Service Fee Delails, detalhando cada parâmetro do PSR aplicado para o passageiro selecionado. Page Nº 12

13 4.1.4 Ajuste Manual e Detalhes no Esquema de Preço Neste estágio diversos itens podem ser modificados e novas informações podem ser inseridas. Veja a seguir: 1. Service Fee Nesta sessão o usuário poderá selecionar um outro PSR ou outro número de TST. Para isso basta clicar na seta ao lado do item e fazer a nova seleção. Após a seleção de um novo elemento é necessário clicar no botão para que a nova seleção seja aplicada. Page Nº 13

14 2. Adjustment Justification Esta sessão só exibirá texto de justificativa por ajuste manual em um esquema de preço. Veja detalhes no capítulo 5.1 deste manual. 3. Ticketing parameter Nesta sessão é possível trocar o código dos seguintes itens: 1. Itinerary Type = I Internacional, D Doméstico, E Dentro da Europa. 2. Validating Carrier = Código da companhia aérea. 3. Booking Cabin = F- Primeira, C Executiva, E Econômica. 4. Ticket Type = Tipo de bilhete que será emitido (E-ticket ou Paper ticket). 5. Fare Type = Tipo de tarifa aplicada (P-Publicada, N-Negociada, X-Externas-All Fares). 6. Form of Payment = Forma de pagamento (IN-Invoice, CH-Cheque, CC- Cartão de Crédito, CA-Cash) 7. CC Type = Tipo de cobrança no cartão (Débito, Crédito ou Nenhuma). 8. CC Provider = Bandeira da operadora do cartão. Nota: Como padrão o sistema aplica bilhete eletrônico, tarifa publicada (P) e valor setado na forma de pagamento default (se configurado). O ajuste de um desses parâmetros é feito manualmente nesta mesma tela clicando no botão Apply. 4. Contextual Parameters Nesta sessão são exibidas duas informações. A primeira refere-se ao tipo de canal que a venda foi realizada (P [telefone], F [FAX], E [Web-API], M [ ], C [Call Center], S [Self Booking Produtos Internet], T [Travel Office direto na agência] e D [ELSE - outras formas]) e a segunda ao número de passageiros no cálculo (geralmente será exibido 1). 5. Booking Process Parameters Esta sessão exibe a quantidade de bookings e cancelamentos de segmento Aéreo (inclusive OPEN), de Carro, de Hotel, Seguro Viagens, dentre outros, realizados neste PNR. Trata-se de um contador de transações. Com estas informações o agente terá condições de identificar o cliente que mais demanda trabalho de sua agência e assim poderá realizar um ajuste na cobrança da taxa de serviço manualmente, conforme descrito no capítulo Ajuste de Valores Manualmente, página 16. Page Nº 14

15 6. Ticketing Counts Esta sessão exibe, quando aplicável, o tipo de transação que foi cobrada como: Emissão, Reemissão, Reembolso e cancelamento de bilhete e Emissão de MCO (Não aplicável ao nosso mercado). Normalmente a aplicação automática do valor se dá após a ação finalizada (ex: re-emissão), mas poderá ser feita antecipadamente através destes campos. Basta clicar no campo desejado e inserir o numero de transações. Se na regra estiver setados estes parâmetro o esquema irá multiplicar o valor pelo número inserido. Clique no botão Apply Validar um cálculo de taxa de serviço Quando tiverem sido feitos todos os ajustes necessários no Service Fee Details é necessário validar o PSR. Para isso basta selecionar a(s) linha(s) da Active Fee que será(ão) validada(s) e clicar no botão. Note que ao selecionar uma linha clicando na caixa ao lado do nome do passageiro, esta assume cor laranja. Nota: Se ao acessar a guia Resumo das Taxas de serviço não houver um PNR ativo na tela, a mensagem de erro abaixo é exibida. Page Nº 15

16 4.2 Validated Fees - Taxas de Serviço Validadas Ao selecionar o botão as PSR aplicadas são copiadas para a sessão Validated Fee e gravadas no PNR (não ficam visíveis). Esta sessão exibe as taxas de serviço que foram aplicadas para cada passageiro do PNR Ajuste de Valores Manualmente Nesta tela ainda é possível utilizar um Ajuste Manual para aumentar ou diminuir o valor da taxa, se necessário. Para isto, basta clicar no item Adjustment e a tela abaixo será exibida. No campo Amount digitar o valor que será cobrado a mais (ex: 5.00 cinco reais) ou o valor do desconto (ex: três reais). No campo Justification justificar* a ação. Em seguida clicar no botão para confirmar. Veja como esta informação é exibida na exibição de detalhes do esquema aplicado. Nota: O administrador (Base de Dados) pode inibir a aplicação de desconto neste campo. Page Nº 16

17 *Atenção: no campo justification não usar acento e (Ç) nas palavras. Note que os valores do ajuste são exibidos e o valor total da taxa de serviço ajustada automaticamente Desativar um esquema validado Ao selecionar uma das linhas dessa sessão ela ficará na cor laranja. Caso um cálculo de taxas necessite ser desativado, basta selecioná-lo na sessão Validated fees e em seguida clique no botão, automaticamente será movida para a sessão Deactivated Fees. Note que este cálculo é direcionado para a sessão Deactivated fees. Page Nº 17

18 4.3 Deactivated fees Cálculos de taxas desativados Esta sessão exibe a lista de taxas de serviço que tenham sido previamente validadas e subsequentemente desativadas. Través desta sessão é possível selecionar uma taxa de serviço e exibir detalhes selecionando o botão Display Details. Display Details ao selecionar este botão uma nova tela será exibida, a qual permite visualizar detalhes sobre os parâmetros que foram aplicados ao PNR e à TST no cálculo da taxa de serviço referente um esquema de preço desativado. Segue o mesmo formato dos anteriores. Nota: Em todas as sessões descritas neste capítulo é possível visualizar detalhes do cálculo da taxa aplicado. Para isto basta selecionar o calculo desejado e clicar no botão. 4.4 Erro ao Exibir PNR Com Mascara de Bilhete Deletada A mensagem de erro abaixo é exibida quando tentamos aplicar um PSR em um PNR com a máscara de bilhete deletada. Page Nº 18

19 4.5 Trechos em Aberto Ao inserir segmentos OPEN, sempre utilizar código de aeroporto. Caso contrário as mensagens abaixo serão exibidas no momento de aplicar o esquema de preço. Ao clicar em Enviar a seguinte tela será exibida. Page Nº 19

20 5. Cálculo do Ticketing Fee no Tarifamento do PNR O Ticketing Fee pode ser calculado e exibido como parte do tarifamento de um PNR e no processo de Best Buy através das transações: FXX, FXP, FXA, FXB, FXR, FXL e nas transações subseqüentes FQQ, FXT, FXU e FXZ. Comparando o resultado de um tarifamento de PNR ou no processo de Best Buy onde foi inserida a informação do PSR, é possível observar que o sistema exibirá o total do bilhete + valor do Fee. No exemplo acima, é possível observar que o valor do Ticketing Fee não foi exibido no total do bilhete. Isto pode ocorrer por vários motivos, como: O número do PSR não foi informado antes do tarifamento O PNR não foi criado a partir de um Customer Profile, herdando assim o número do esquema de preço. O esquema de preço utilizado não efetua cobrança dos parâmetros contemplados neste item (ex: cobrança por tipo de bilhete, companhia aérea específica, cabine e trecho específico, tipo e valor da tarifa). Page Nº 20

21 5.1 Informando o Número de um PSR no PNR. O número do esquema do preço (PS) usado para o cálculo do Ticketing Fee no processo de tarifamento de um PNR ou no processo Best Buy é inserido em um PNR ativo através de uma transação manual ou herdado na transferência do perfil do cliente Customer Profile. Para que o valor calculado do PSR seja visualizado no processo de tarifamento de um PNR é necessário que o número do PSR seja informado antes do tarifamento. Para definir o número, exibir o PNR na tela e aplicar a seguinte entrada: >TFP/8661 (onde 7714 é o número correspondente ao PSR) Se em um PNR tiverem dois ou mais passageiros com esquemas de preços diferentes, o número do PSR deve ser inserido separadamente associando ao respectivo passageiro. >TFP/8661/P1 >TFP/4422/P2 Após a transação, o sistema exibirá a seguinte mensagem na tela: OK - PSR ATUALIZADO Dica: Note que o número do PSR não ficará visível no PNR. Somente após o tarifamento poderemos observar que uma nova linha será exibida na imagem do bilhete. Page Nº 21

22 Note que no valor total está incluído o fee de 8.00 Este valor refere-se somente ao valor cobrado pelos parâmetros setados na Aba Ticketing Fee. Dica: Para verificar qual esquema de preço foi aplicado para um passageiro especifico de um PNR aplicar a entrada >TFIA/P1. Para enviar este cálculo via aplique a entrada: WM/FWD/EML 5.2 Informando um Número de PSR Errado Uma mensagem de erro será exibida quando aplicado um número de PSR inválido. Page Nº 22

23 5.3 Mais de Uma Opção de Tarifa Existindo mais de uma de tarifa aplicável para o mesmo PNR, o sistema exibe uma lista de opções e a mensagem AGENT TICKETING FEE APPLIES aparecerá no fim da exibição. Note também que os valores expressos na coluna FARE<BRL> correspondem a somatória dos seguintes itens: TARIFA + TAXAS DE EMBARQUE + TICKETING FEE (ex: cobrança por tipo de bilhete, companhia aérea específica, cabine e trecho específico, tipo e valor da tarifa). No exemplo abaixo temos uma lista de tarifas aplicáveis para o passageiro 1 e 2 (P1-2). Page Nº 23

24 5.4 Dois Ou Mais Passageiros No Mesmo Pnr Ao selecionar a tarifa desejada, um somatório de tarifas e taxas é exibido. O valor exibido do Ticketing Fee é do total de passageiros. Para consultar o valor individual, basta selecionar um deles usando a entrada FQQNº da linha do passageiro. (Ex: FQQ1). Page Nº 24

25 5.5 Excluindo o Ticketing Fee No Tarifamento Para tarifar o PNR inibindo a aplicação do Ticketing Fee, basta acrescentar à entrada a opção /NF (no fee). Exemplo: FXP/NF Nota: Observe que a mensagem 1-4*AGENT TICKETING FEE APPLIES não é exibida no fim da exibição das tarifas. Page Nº 25

26 6. Guia Tarifa Tarifar PNR Amadeus Service Fee Manager Manual do Usuário Vista 3.1 A tela abaixo é um exemplo de integração do Service Fee na Guia Tarifa Tarifar PNR - no Amadeus Selling Platform. Neste display é possível identificar duas novas linhas de mensagem no campo Outras Informações : A primeira exibe o valor total incluindo valor da tarifa + valor do ticketing fee. A segunda contém as informações de parâmetros registrados companhia aérea validada (Neste exemplo, American Airlines) e tipo de bilhete usado no cálculo (Neste exemplo, ET Bilhete Eletrônico). Atenção: este valor (BRL 5.00) não faz parte da máscara do bilhete, portanto não é impressa no bilhete. O valor cobrado é armazenado em uma máscara de cálculo de taxa, chamada TSF (Transitional Stored Fee). Basta aplicar a entrada TFIA ou TFIA/P1 (Passageiro específico). Page Nº 26

27 7. Customer Profiles Cadastro de Clientes Amadeus Service Fee Manager Manual do Usuário Vista 3.1 Um número de PSR (Price Scheme Reference) pode ser armazenado no Cadastro do Passageiro ou da Empresa através do código de transação de TFP: >TFP/número do PSR No momento em que os dados do cadastro são transferidos ao PNR, a informação do número da PSR também é herdada. A transferência de um PSR de um Company ou Traveler Profile é por padrão selecionável, mas pode ser também automático (usando o modo guiado dentro do Amadeus Seeling Platform). Nota: Se em um mesmo Profile houver mais de um número de PSR cadastrado e ao transferir para o PNR ambos sejam selecionados, somente o primeiro número registrado será aplicado. Um número de PSR também poderá ser incluído no Profile da Organização (empresa) e herdado no momento da transferência. A transferência poderá ser realizada tanto pelo modo de comandos como pela interface gráfica do Amadeus Selling Platform. Page Nº 27

28 7.1 Inserindo o PSR no Cadastro Para que um número de esquema de preços (PSR Price Scheme Reference) seja migrado do Profile para um PNR de forma automática, é necessário inseri-lo no perfil do cliente. Para um cliente corporativo, basta inserir o número do PSR no Company Profile para que seja herdado por todos os Traveler Profile daquela empresa. Para inserir o número de um PSR, exiba o profile na tela e aplique a entrada abaixo. Veja exemplo: >TFP/8659 (onde 8659 é o número do PSR) Observe que o PSR foi registrado na linha 2 do profile com a indicação S (selecionável). Este mesmo comando pode ser usado para inserir o número do PSR no Company Profile. Veja a linha 1 no exemplo abaixo. Page Nº 28

29 7.2 Transferindo Dados do Cadastro para o PNR É possível transferir os dados do Customer Profile para o PNR de duas maneiras: Através da Digitação da Entrada Criptica. Neste caso, exibir o profile na página de comando e aplique a entrada: >PT* Esta entrada é aplicada para transferir todos os elementos automáticos (A), selecionáveis (S) e Mandatórios (M). Caso queira transferir apenas parte dos elementos do Profile, especifique as linhas desejadas conforme exemplo: >PT1,2,3,4 ou >PT1-4 PNR) (onde 1,2,3,4 são as linhas que desejamos transferir para o NOTA.: o número do PSR não é exibido no PNR. Dica: Para PSR registrados no Company Profile, o usuário pode aplicar a seguinte entrada de transferência após exibir Traveller Profile. >PBMR/YTR7T5* PBMR - comando YTR7T5 - Código de identificação (LOC) do Traveler Profile. (*) - para transferir todos os elemento automáticos e selecionáveis. Page Nº 29

30 7.2.2 Através do modo guiado Como você pode observar através da interface gráfica do Amadeus Selling Platform, o número do PSR não fica visível no Company nem no Traveler Profile. Para transferir os dados do profile para o PNR através da interface gráfica, basta exibir o profile do passageiro e clicar no botão Transferir para o PNR. Caso o passageiro faça parte de um grupo de pessoas ligadas à um Company Profile, o script exibirá uma opção a mais -. Uma vez selecionada esta opção, o PSR registrado no profile da empresa será transferido junto com os dados do passageiro. Page Nº 30

31 Observe que no PNR o número da PSR continuará não sendo exibido. Ao acessar a guia Resumo das taxas de serviço, o esquema de preço cadastrado será automaticamente aplicado. Page Nº 31

32 8. Tarifamento Informativo FQP Amadeus Service Fee Manager Manual do Usuário Vista 3.1 O Ticketing fee pode ser calculado como parte do processo de tarifamento informativo (FQP) e pode ser visualizado agregado ao valor total da venda ou individualmente através da exibição da imagem do bilhete aplicando as entradas FQQ ou FQU. Para obter este resultado, o número do esquema de preço deve ser informado na entrada utilizada para efetuar o cálculo do itinerário. Veja o exemplo a seguir: a) Aplicando um esquema de preço específico: >FQP RIO MAD RIO/OIB/PS-8661 (Onde 8661 é o número do esquema de preço) b) Aplicando esquema de preço padrão: >FQP RIO MAD RIO/OIB/PS Os valores exibidos na lista de tarifas aplicáveis trazem as taxas de serviço agregadas ao total do bilhete. No final da exibição aparecerá a mensagem AGENT TICKETING FEE APPLIES indicando que um esquema de preço foi aplicado. A exibição da imagem do bilhete segue a mesma lógica como no tarifamento de PNR e do Best Buy. Page Nº 32

33 Para exibi-las basta aplicar a entrada FQQ e número da linha da tarifa desejada, conforme exibição abaixo: c) Aplicando o mesmo esquema de preço para todos os passageiros inseridos na transação FQP. >FQP SAO MAD SAO/OIB/PS-8661/RCH*ADT Após o cálculo exibido aplique a entrada FQU para exibir o somatório das tarifas e das taxas de serviço cobrada de todos os passageiros. Page Nº 33

34 9. Value Pricer O Ticketing Fee pode ser calculado como parte do processo do Value Pricer e poderá ser exibido através das transações FXC (com ou sem PNR), FXS e subsequentemente nas transações FXU, FXZ e FQQ. O Ticketing Fee é calculado automaticamente e exibido nas recomendações do Value Pricer assim como nas exibições subseqüentes. Como resultado o agente de viagens tem condições de informar o valor da taxa que será cobrada pela venda e emissão. O processo de seleção de uma das recomendações não sofre impacto quando integradas ao Service Fee Manager, pois as recomendações são automaticamente classificas com base no valor da tarifa, como é feito atualmente na exibição de recomendações do Value Pricer. As recomendações exibidas através da entrada (FXC), bem como a exibição da recomendação selecionada (FXS) exibem uma linha com as seguintes informações: O valor total da recomendação, incluindo as taxas de emissão para todos os passageiros incluídos. A soma das taxas de emissão de todos os passageiros incluídos na recomendação. Nota: Nos casos de PNR já existentes, a regra padrão será aplicada. 9.1 Exemplo com 1 Passageiro. Aplique a entrada: >FXC SAO/D20SEP LIS/D29SEP SAO/PS-8661 Note em destaque o total do bilhete e o valor da taxa cobrada. Page Nº 34

35 9.2 Exemplo com 3 passageiros Aplique a entrada: >FXC 3 SAO/D20SEP LIS/D29SEP SAO/PS-8661 Note em destaque o total dos 3 bilhetes e o valor total das taxas cobradas. As telas subseqüentes do Value Pricer (FXZ, FXU e FQQ) seguem a mesma lógica que a exibição da imagem do bilhete obtida no tarifamento de um PNR quando integrado com a Service Fee Manager. 9.3 Número de Esquema de Preço (PSR) Inválido. Ao tentar efetuar um cálculo com Value Pricer informando um numero de esquema de preço inexistente o sistema exibirá a mensagem de erro: INVALID PSR - PLEASE USE VALID PSR OR PRICE WITH /NF OPTION. 10. Requisitos Técnicos A Guia Price Scheme Manager (Gerenciador do esquema de preços) e SFM (Resumo das taxas de serviço) são distribuídas através do Amadeus Selling Platform. SFM pode ser utilizado tanto no Sistema Central como no Selling Platform. Price Scheme Manager é distribuído apenas no Selling Platform na versão 3.1 ou superior. Page Nº 35

Amadeus Service Fee Manager Price Scheme Manager. Manual do Administrador Vista 3.1 7 Abril 2007 Versão 1.0

Amadeus Service Fee Manager Price Scheme Manager. Manual do Administrador Vista 3.1 7 Abril 2007 Versão 1.0 Amadeus Service Fee Manager Price Scheme Manager Manual do Administrador Vista 3.1 7 Abril 2007 Versão 1.0 Document control Security level In commercial confidence: Amadeus + ACOs + Customers Company Amadeus

Leia mais

Trabalhando na Página Gráfica

Trabalhando na Página Gráfica Trabalhando na Página Gráfica A página gráfica é a principal área do Amadeus Selling Platform, pois é nela que a maioria dos comandos existentes no Sistema Central Amadeus podem ser acessados e enviados

Leia mais

Amadeus Selling Platform

Amadeus Selling Platform Amadeus Selling Platform Versão 6.1 Distribution & Content

Leia mais

Vendendo Azul (AD) pelo Sistema Amadeus. V. 2.0 23 Janeiro 2009

Vendendo Azul (AD) pelo Sistema Amadeus. V. 2.0 23 Janeiro 2009 Vendendo Azul (AD) pelo Sistema Amadeus V. 2.0 23 Janeiro 2009 Indice 1. Introdução...3 2. Tipo de Acesso Azul no Sistema Amadeus...4 3. Criando um PNR com vôos da Azul para passageiro Adulto...4 3.1 Venda...5

Leia mais

Vendendo Azul (AD) pelo Sistema Amadeus. V. 1.1 Janeiro 2009

Vendendo Azul (AD) pelo Sistema Amadeus. V. 1.1 Janeiro 2009 Vendendo Azul (AD) pelo Sistema Amadeus V. 1.1 Janeiro 2009 Indice 1. Introdução...3 2. Tipo de Acesso Azul no Sistema Amadeus...4 3. Criando um PNR com vôos da Azul para passageiro Adulto...4 3.1 Venda...5

Leia mais

Selling Platform. Ofereça um serviço personalizado e único aos seus clientes

Selling Platform. Ofereça um serviço personalizado e único aos seus clientes Selling Platform Ofereça um serviço personalizado e único aos seus clientes 2 Amadeus Selling Platform 6.2 O melhor desempenho Uma solução com desempenho profissional Diversos conteúdos em um só local

Leia mais

Vendendo TAM (JJ) pelo Sistema Amadeus Linha de Comandos

Vendendo TAM (JJ) pelo Sistema Amadeus Linha de Comandos Vendendo TAM (JJ) pelo Sistema Amadeus Linha de Comandos 06 de Agosto de 2010 Treinamento e Documentação Amadeus Brasil 2 Índice 1. Introdução:...3 2. Tipo de Acesso TAM no Sistema Amadeus:...3 3. Criando

Leia mais

Vendendo TAM (JJ) pelo Sistema Amadeus FAQ

Vendendo TAM (JJ) pelo Sistema Amadeus FAQ Vendendo TAM (JJ) pelo Sistema Amadeus FAQ 06 de Agosto de 2010 Treinamento e Documentação Amadeus Brasil 2 1) As tarifas da TAM exibidas no Sistema Amadeus serão as mesmas encontradas no portal E-TAM?

Leia mais

Amadeus Hotel Store. Manual do Usuário 1 de Julho de 2009. Um novo conceito em conteúdo de hotéis em parceria com o Transhotel

Amadeus Hotel Store. Manual do Usuário 1 de Julho de 2009. Um novo conceito em conteúdo de hotéis em parceria com o Transhotel Amadeus Hotel Store Manual do Usuário 1 de Julho de 2009 Um novo conceito em conteúdo de hotéis em parceria com o Transhotel Índice A Amadeus Hotel Store já está aberta para os negócios!... 3 Requisitos

Leia mais

INTRODUÇÃO... 2. Acessando o CUSTOM DESKTOP... 3. Efetuando uma reserva... 5. Inserindo o cartão de milhas... 7. Reservando Assentos...

INTRODUÇÃO... 2. Acessando o CUSTOM DESKTOP... 3. Efetuando uma reserva... 5. Inserindo o cartão de milhas... 7. Reservando Assentos... Sumário INTRODUÇÃO... 2 Acessando o CUSTOM DESKTOP... 3 Efetuando uma reserva... 5 Inserindo o cartão de milhas... 7 Reservando Assentos... 7 Emitindo o bilhete... 8 Cancelando o bilhete... 9 Cancelando

Leia mais

Frontur Consolidação Portal / Manual versão 2.0

Frontur Consolidação Portal / Manual versão 2.0 Frontur Consolidação Portal / Manual versão 2.0 Manual Avançado Portal Agências Sumário 1 Portal Frontur Consolidação... 3 2 Reconhecendo o Portal... 03/04/2014 3 3 Navegando e utilizando o Portal... 5

Leia mais

Amadeus Pro Tempo 2.3 - Apresentação

Amadeus Pro Tempo 2.3 - Apresentação Amadeus Pro Tempo 2.3 - Apresentação 16 de novembro de 2000 Treinamento e Documentação Amadeus Brasil Amadeus Pro Tempo - versão 2.3 Introdução Este documento tem como objetivo relacionar as alterações

Leia mais

GUIA PRÁTICO OPERACIONAL

GUIA PRÁTICO OPERACIONAL 2011 GUIA PRÁTICO OPERACIONAL Conteúdo APRESENTAÇÃO HOME Parte 1... 8 Parte 2... 9 Parte 3... 10 PESQUISAS Principais recursos de aéreo, hotel e carro AÉREO... 13 Apresentação... 13 Pesquisa Voos... 14

Leia mais

TRAVELPORT ENHANCED ITINERARY MANUAL DO USUÁRIO

TRAVELPORT ENHANCED ITINERARY MANUAL DO USUÁRIO TRAVELPORT ENHANCED ITINERARY MANUAL DO USUÁRIO Travelport 1 TABLE OF CONTENTS TRAVELPORT ENHANCED ITINERARY MANUAL DO USUÁRIO... 1 DESCRIÇÃO... 3 CARACTERÍSTICAS... 3 REQUISITOS MÍNIMOS DO SISTEMA...

Leia mais

Guia do usuário SGV Módulo III -versão 3.0.7 Configurações da Minha Empresa

Guia do usuário SGV Módulo III -versão 3.0.7 Configurações da Minha Empresa Guia do usuário SGV Módulo III -versão 3.0.7 Configurações da Minha Empresa Versão 3.0.7 BBTUR VIAGENS E TURISMO 27/08/2014 1 Sumário 1. Cadastro de colaboradores...5 1.1 Cadastrar/Pesquisar um Colaborador...5

Leia mais

Manual do usuário SIACC CAIXA Programado 1

Manual do usuário SIACC CAIXA Programado 1 Manual do usuário SIACC CAIXA Programado 1 Índice ACESSO AO SISTEMA CAIXA PROGRAMADO PELA PRIMEIRA VEZ... 6 CONFIGURAÇÕES NECESSÁRIAS PARA ACESSAR O SISTEMA... 6 TELA DE ACESSO AO SISTEMA CAIXA PROGRAMADO...

Leia mais

O mais rápido e completo Front-Office e Self-Booking para sua agência Corporativa

O mais rápido e completo Front-Office e Self-Booking para sua agência Corporativa O mais rápido e completo Front-Office e Self-Booking para sua agência Corporativa Sobre a WTS Atua há mais de 13 anos no segmento de Front Offices, exclusivamente no mercado de turismo. Produtos para Agências

Leia mais

Contrato de Longo Prazo (LTA) para Agência de Viagens

Contrato de Longo Prazo (LTA) para Agência de Viagens Contrato de Longo Prazo (LTA) para Agência de Viagens Contratos de Longo Prazo (LTA) são tipos especiais de acordos firmados entre o PNUD e um fornecedor com o objetivo de garantir o fornecimento de um

Leia mais

Vendendo Azul (AD) pelo Sistema Amadeus. V. 1.0 Dezembro 2008

Vendendo Azul (AD) pelo Sistema Amadeus. V. 1.0 Dezembro 2008 Vendendo Azul (AD) pelo Sistema Amadeus V. 1.0 Dezembro 2008 Indice 1. Introdução...3 2. Tipo de Acesso Azul no Sistema Amadeus...3 3. Criando um PNR com vôos da Azul para passageiro Adulto...4 3.1 Venda...4

Leia mais

1. Tela de Acesso pg. 2. 2. Cadastro pg. 3. 3. Abas de navegação pg. 5. 4. Abas dados cadastrais pg. 5. 5. Aba grupo de usuários pg.

1. Tela de Acesso pg. 2. 2. Cadastro pg. 3. 3. Abas de navegação pg. 5. 4. Abas dados cadastrais pg. 5. 5. Aba grupo de usuários pg. Sumário 1. Tela de Acesso pg. 2 2. Cadastro pg. 3 3. Abas de navegação pg. 5 4. Abas dados cadastrais pg. 5 5. Aba grupo de usuários pg. 6 6. Aba cadastro de funcionários pg. 7 7. Pedidos pg. 12 8. Cartões

Leia mais

Amadeus e-mail - Resumo

Amadeus e-mail - Resumo Amadeus e-mail - Resumo 27 de novembro de 2001 Treinamento e Documentação Amadeus Brasil Caro Agente de Viagens, O Amadeus e-mail é um produto desenvolvido para a utilização dos recursos da Internet através

Leia mais

A solução completa para a gestão de viagens da sua empresa

A solução completa para a gestão de viagens da sua empresa A solução completa para a gestão de viagens da sua empresa Introdução O BESTWAYCORP é um sistema completo de Self Booking voltado para empresas. O sistema permite aos viajantes e assistentes criar suas

Leia mais

Guia de uso Reserva Fácil. Guia de uso Reserva Fácil

Guia de uso Reserva Fácil. Guia de uso Reserva Fácil Guia de uso Reserva Fácil Guia de uso Reserva Fácil Sobre o Reserva Fácil O Reserva Fácil simplifica o dia a dia do agente de viagens e do cliente corporativo no trabalho de busca, reserva e emissão de

Leia mais

Amadeus Selling Platform (Vista 2.2BR)

Amadeus Selling Platform (Vista 2.2BR) Amadeus Selling Platform (Vista 2.2BR) Guia de Referência Rápida Treinamento e Documentação Amadeus Brasil AMADEUS SELLING PLATFORM VISTA 2.2 BR Guia de Referência Rápida Elaboração: Revisão: José Carlos

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 Vendas... 3 1.1

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

Introdução. Nesta guia você aprenderá:

Introdução. Nesta guia você aprenderá: 1 Introdução A criação de uma lista é a primeira coisa que devemos saber no emailmanager. Portanto, esta guia tem por objetivo disponibilizar as principais informações sobre o gerenciamento de contatos.

Leia mais

Criar um PNR com os campos mandatórios Ignorar e finalizar uma transação Alterar os campos da reserva Alterar e cancelar um itinerário

Criar um PNR com os campos mandatórios Ignorar e finalizar uma transação Alterar os campos da reserva Alterar e cancelar um itinerário Lição: Total de horas: PNR 2 horas Descrição da aula: Este curso tem a finalidade de trabalhar os quatro campos mandatórios para a criação de um PNR (Passenger Name Record). Os procedimentos de como acessar

Leia mais

CAPTAÇÃO DE PEDIDOS DO REVENDEDOR

CAPTAÇÃO DE PEDIDOS DO REVENDEDOR CAPTAÇÃO DE PEDIDOS DO REVENDEDOR 1. Captação de Pedidos - pela Central (Back office) 1 2. Como consultar Pedido 16 3. Como visualizar Detalhes de um Pedido 19 4. Como consultar Vendas/Cortes em Pedidos

Leia mais

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA Manual do Usuário SisCommercePDV NFC-e Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA MANUAL DO USUÁRIO SisCommercePDV Emissor de Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) *Manual em desenvolvimento

Leia mais

ScriptPro Script PNR Básico

ScriptPro Script PNR Básico ScriptPro Script PNR Básico Visão Geral Introdução Nome do Arquivo Este documento contem uma visão geral do Script de PNR Básico. BR_PNRB.CSL Arquivos complementares: ANOS.LST MESES.LST NPAX.LST PTC.LST

Leia mais

www.uatt.com powered by TikiCMS

www.uatt.com powered by TikiCMS Sumário 1. Iniciando as atividades a. O TikiCMS 3 b. Como acessar o TikiCMS c. Como criar novos administradores para o TikiCMS 2. Principais cadastros a. Cadastro de clientes i. Cadastrando distribuidores

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Movimentações... 4 Movimentações de Caixa... 4 Entradas... 6 Recebimento em Dinheiro... 8 Recebimento em Cheque... 8 Troco... 15 Saídas... 17 Movimentações de Banco... 22

Leia mais

Manual de Treinamento. Área do Membro

Manual de Treinamento. Área do Membro Manual de Treinamento Área do Membro 0 Contents Geral... 2 Transações... 3 Negociação e Estoque... 10 Licenças... 15 Mercado... 19 Finanças... 22 Fazer uma Declaração de Venda... 27 Fazer uma Declaração

Leia mais

Guia do usuário SGV versão 3.0.7 Modulo I Introdução ao Sistema

Guia do usuário SGV versão 3.0.7 Modulo I Introdução ao Sistema Guia do usuário SGV versão 3.0.7 Modulo I Introdução ao Sistema Versão 3.0.7 BBTUR VIAGENS E TURISMO 27/08/2014 1 Sumário Modulo I Introdução ao Sistema...3 Requisitos mínimos para utilização do Sistema...3

Leia mais

Viagens corporativas com a Flytour sempre trazem mais resultados e economia para sua empresa.

Viagens corporativas com a Flytour sempre trazem mais resultados e economia para sua empresa. Viagens corporativas com a Flytour sempre trazem mais resultados e economia para sua empresa. Você cuida dos negócios e a Flytour, das viagens. Quando uma empresa depende de um constante fluxo de executivos

Leia mais

Manual. Passo a Passo AR&B

Manual. Passo a Passo AR&B Manual Passo a Passo AR&B Prezado(a) Colaborador(a), O novo sistema de gestão de viagens tem como o principal objetivo garantir que a política de viagens seja aplicada, garantindo que os preços das passagens

Leia mais

NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR

NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR Todos os direitos reservados. PC Sistemas 1.0 - Data: 28/08/2012 Página 1 de 47 Sumário Apresentação... 4 1. PROCEDIMENTOS INICIAIS... 5 1.1. Realizar Atualizações...

Leia mais

Nome do Processo: Requisição Gera Múltiplos pedidos para Múltiplos Fornecedores

Nome do Processo: Requisição Gera Múltiplos pedidos para Múltiplos Fornecedores Desenvolvimento BM-1131 Versão 5 Release 17 Autor Sirlene Araújo Processo: Compras Nome do Processo: Requisição Gera Múltiplos pedidos para Múltiplos Fornecedores Motivação Tornar o processo de geração

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

Tutorial contas a pagar

Tutorial contas a pagar Tutorial contas a pagar Conteúdo 1. Cadastro de contas contábeis... 2 2. Cadastro de conta corrente... 4 3. Cadastro de fornecedores... 5 4. Efetuar lançamento de Contas à pagar... 6 5. Pesquisar Lançamento...

Leia mais

O mais rápido e completo Sistema de Gestão de Viagens

O mais rápido e completo Sistema de Gestão de Viagens O mais rápido e completo Sistema de Gestão de Viagens Introdução O CT Travel Corporate: É um sistema completo de Front Office que permite que viajantes e assistentes criem suas próprias reservas de vôo,

Leia mais

Dois novos relatórios estão disponíveis nesta versão do Imobiliária 21. São eles: Devedores e Imóvel por Área. Veja abaixo como emitir cada um.

Dois novos relatórios estão disponíveis nesta versão do Imobiliária 21. São eles: Devedores e Imóvel por Área. Veja abaixo como emitir cada um. Sumário Este documento de versionamento contém: 1. Inclusão dos relatórios: Devedores e Imóvel por Área. 2. Inclusão do campo Código de Município no cadastro de cidade. 3. Publicação de boletos de proprietário

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Manual de utilização do sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Sistema integrado de controle médico Acesso... 3 Menu principal... 4 Cadastrar... 6 Cadastro de pacientes... 6 Convênios... 10

Leia mais

TRAVELPORT RESERVAS DE HOTÉIS CMNET

TRAVELPORT RESERVAS DE HOTÉIS CMNET TRAVELPORT RESERVAS DE HOTÉIS CMNET 9/9/2008 CMNET RESERVA DE HOTÉIS O que é o Roommaster? O Roommaster permite que sejam feitas reservas em mais de 44.700 hotéis em todo o mundo. É a maneira mais fácil

Leia mais

A configuração é um dos aspectos mais importante ao acessar o módulo pela primeira vez, pois é a base para o desempenho do sistema.

A configuração é um dos aspectos mais importante ao acessar o módulo pela primeira vez, pois é a base para o desempenho do sistema. Página1 Configurações A configuração é um dos aspectos mais importante ao acessar o módulo pela primeira vez, pois é a base para o desempenho do sistema. Como vimos o Plano de Contas dá a ideia inicial

Leia mais

JURÍDICO. Gestão de Escritório de Advocacia Manual do Usuário. versão 1

JURÍDICO. Gestão de Escritório de Advocacia Manual do Usuário. versão 1 JURÍDICO Gestão de Escritório de Advocacia Manual do Usuário versão 1 Sumário Introdução 1 Operação básica do aplicativo 2 Formulários 2 Filtros de busca 2 Telas simples, consultas e relatórios 3 Parametrização

Leia mais

Sobre o Reserva Fácil

Sobre o Reserva Fácil Sobre o Reserva Fácil O Reserva Fácil é o portal criado para simplificar o dia a dia do agente de viagens e do cliente corporativo no trabalho de busca, reserva e emissão de passagens Com rapidez e segurança,

Leia mais

Manual de Usuário - Flight of Icarus

Manual de Usuário - Flight of Icarus Manual de Usuário - Flight of Icarus Desenvolvido por: Elvis Venâncio S. Nogueira Data: 21/02/2013 Versão: 1.7 Sumário Conteúdo Manual sobre Flight of Icarus... 4 Formas de Conexão... 4 Tela de Login...

Leia mais

TARIFA OPERADORA TAM. Procedimentos e orientações para consulta, reserva e emissão de bilhetes TAM Tarifa Operadora. Julho/2013

TARIFA OPERADORA TAM. Procedimentos e orientações para consulta, reserva e emissão de bilhetes TAM Tarifa Operadora. Julho/2013 Julho/2013 TARIFA OPERADORA TAM Procedimentos e orientações para consulta, reserva e emissão de bilhetes TAM Tarifa Operadora Clube Turismo Matriz Av. Pres. Epitácio Pessoa, 724, Torre CEP 58040-000 João

Leia mais

Resumo das funcionalidades

Resumo das funcionalidades Resumo das funcionalidades Menu MENU Dados Cadastrais Atualizar Cadastro Troca Senha Grupo Usuários Incluir Atualizar Funcionários Incluir Atualizar Atualizar Uso Diário Importar Instruções Processar Status

Leia mais

APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 QUEM DEVE USAR... 3 CAPÍTULO 1 - INICIANDO O SISTEMA... 4

APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 QUEM DEVE USAR... 3 CAPÍTULO 1 - INICIANDO O SISTEMA... 4 INDICE APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 QUEM DEVE USAR... 3 CAPÍTULO 1 - INICIANDO O SISTEMA... 4 1.1 - ENTRADA NO SISTEMA... 4 1.2 - TELA DO ORGANIZADOR DO MULTICONTAS... 4 CAPÍTULO 2 - FUNCIONALIDADES

Leia mais

TUTORIAL // MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS

TUTORIAL // MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS 1 Sumário Procedimento inicial para acessar o sistema na web... 3 Módulo Beneficiários... 3 1. INCLUSÃO DE MATRÍCULA ÚNICA, FAMÍLIAS E BENEFICIÁRIOS...4 Criar a Matrícula

Leia mais

Suporte aos clientes. Guia do usuário, Winter 16. @salesforcedocs

Suporte aos clientes. Guia do usuário, Winter 16. @salesforcedocs Guia do usuário, Winter 16 @salesforcedocs A versão em Inglês deste documento tem precedência sobre a versão traduzida. Copyright 2000 2015 salesforce.com, inc. Todos os direitos reservados. Salesforce

Leia mais

Sistema para gestão de viagens corporativas

Sistema para gestão de viagens corporativas Sistema para gestão de viagens corporativas Introdução O WTS Corporate: É um sistema de gestão de viagens que permite aos viajantes e assistentes criarem suas próprias reservas de voo, de hotel, solicitações

Leia mais

Manual das funcionalidades Webmail AASP

Manual das funcionalidades Webmail AASP Manual das funcionalidades Webmail AASP 1. Configurações iniciais 2. Regras 3. Histórico da conta 4. Autorresposta 5. Dados de acesso (alterando senha de acesso) 6. Identidade (assinatura) 7. Redirecionamento

Leia mais

Manual Operacional SIGA

Manual Operacional SIGA SMS - ATTI Julho -2012 Conteúdo Sumário... 2... 3 Consultar Registros... 4 Realizar Atendimento... 9 Adicionar Procedimento... 11 Não Atendimento... 15 Novo Atendimento... 16 Relatórios Dados Estatísticos...

Leia mais

Configuração e Instalação do Atendimento Online

Configuração e Instalação do Atendimento Online Configuração e Instalação do Atendimento Online Não é possível trocar a senha do administrador, e não aconselhamos o uso desta conta como Atendente, deve ser usado apenas para cadastrar e alterar Grupos

Leia mais

3.000.000 de registros de candidatos e respondentes de pesquisa, número que continua crescendo.

3.000.000 de registros de candidatos e respondentes de pesquisa, número que continua crescendo. SUMÁRIO 1 1 - Conceitos Gerais O CRQ é um sistema de controle de qualidade utilizado na etapa de recrutamento de estudos de natureza qualitativa. Ele é um banco de dados que tem como principal objetivo

Leia mais

Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais

Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais Procedimentos Departamento de Projetos Contratos e Convênios Pró-Reitoria de Administração Manual para Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

Tela Inicial: O Banco de Dados e seus objetos:

Tela Inicial: O Banco de Dados e seus objetos: Access 1 Tela Inicial: 2 ÁREA DE TRABALHO. Nosso primeiro passo consiste em criar o arquivo do Access (Banco de Dados), para isto utilizaremos o painel de tarefas clicando na opção Banco de Dados em Branco.

Leia mais

6.1. Inserir... 09 6.2. Consultar... 10 6.3. Listar Todos... 11 6.4. Alterar... 12 7. BENEFÍCIOS... 12

6.1. Inserir... 09 6.2. Consultar... 10 6.3. Listar Todos... 11 6.4. Alterar... 12 7. BENEFÍCIOS... 12 Sumário 1. APRESENTAÇÃO INICIAL... 03 2. EMPRESA... 03 3. UNIDADE... 03 3.1. Consultar... 03 3.2. Listar Todas... 04 4. SETOR... 05 4.1. Consultar... 05 4.2. Inserir... 05 4.3. Listar... 06 5. FUNÇÃO...

Leia mais

Reservas de Hotel Galileo Desktop + PointClick

Reservas de Hotel Galileo Desktop + PointClick Reservas de Hotel Galileo Desktop + PointClick RESERVAS DE HOTEL Treinamento: treinamento.br@travelport.com Helpdesk: 3351 7201 (São Paulo) (11) 3549-5400 ramal 5434 ou 5429 0800 883 0028 (Outras localidades)

Leia mais

Manual do Almoxarifado SIGA-ADM

Manual do Almoxarifado SIGA-ADM Manual do Almoxarifado SIGA-ADM DIRETORIA DE GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO(DGTI) MARÇO/2012 Requisição de Almoxarifado Requisições O sistema retornará a tela do menu de Administração. Nela selecione

Leia mais

BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS

BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS 1 Módulo Beneficiários Onde são criados os registros das famílias dos titulares e definidas coberturas assistenciais do plano de saúde, bem como os valores de custeio, os

Leia mais

Envio, pesquisa e visualização do pedido de peças SAP por parte do CAS (Centro Autorizado de Serviços Lenovo) Guia para o usuário Autor: Scott Harris

Envio, pesquisa e visualização do pedido de peças SAP por parte do CAS (Centro Autorizado de Serviços Lenovo) Guia para o usuário Autor: Scott Harris Envio, pesquisa e visualização do pedido de peças SAP por parte do CAS (Centro Autorizado de Serviços Lenovo) Guia para o usuário Autor: Scott Harris Data: 2 de junho de 2009 Revisão:Flávio Teles Marinho

Leia mais

Copyright 2010, MundoClick Produtora de Internet. Todos os Direitos Reservados

Copyright 2010, MundoClick Produtora de Internet. Todos os Direitos Reservados 1 Apresentação Este manual tem o intuito de orientar a utilização da ferramenta Loja Virtual. Através de descrições, passo a passo e imagens o objetivo é facilitar o uso, oferecer dicas e mostrar os pontos

Leia mais

COMO EFETUAR UMA RESERVA GOL NO SISTEMA GALILEO

COMO EFETUAR UMA RESERVA GOL NO SISTEMA GALILEO COMO EFETUAR UMA RESERVA GOL NO SISTEMA GALILEO INTRODUÇÃO É com grande satisfação que informamos que a GOL linhas Aéreas Inteligentes, a partir de 05/12/2006, disponibilizará o seu conteúdo de vôos para

Leia mais

DRIVE CONTÁBIL NASAJON

DRIVE CONTÁBIL NASAJON DRIVE CONTÁBIL NASAJON Módulo Gestão de Documentos Versão 1.0 Manual do Usuário 1 Sumário Os Módulos do Gerenciador de NFe: Informações Básicas Primeiro Acesso: Requisitos Acesso ao Drive Contábil Nasajon

Leia mais

Manual SAGe Versão 1.1

Manual SAGe Versão 1.1 Manual SAGe Versão 1.1 Submissão de Proposta de Bolsa Estágio de Pesquisa no Exterior (a partir da versão 12.08.01 ) Conteúdo Introdução... 2 Instruções iniciais... 3 Entrando no SAGe... 4 Criando nova

Leia mais

Moodlerooms Instructor Essentials

Moodlerooms Instructor Essentials Moodlerooms Instructor Essentials [Type the company address] 2015 Moodlerooms Índice VISÃO GERAL DO BOLETIM JOULE... 4 Benefícios do Boletim Joule... 4 Documentação do professor no Boletim Joule... 4 Acesso

Leia mais

Sumário Scripts FGPS - Fornecedores

Sumário Scripts FGPS - Fornecedores FIAT 3/04/20 Sumário Scripts FGPS - Problemas Compatibilidade... 3 Localização do Manual de Treinamento... 3 Passos no sistema... 3 Registro de Tickets para Solução de Problemas... 4 Localização do Manual

Leia mais

Módulo e-rede OpenCart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede OpenCart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede OpenCart v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados ÍNDICE 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 vqmod 4 4.2 Instalação e ativação

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Material de Apoio SEB - Contas a Pagar Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Conteúdo CONFIGURAÇÃO... 3 Cadastro de Fornecedores... 3 Métodos de Pagamento...

Leia mais

Excel 2010 Modulo II

Excel 2010 Modulo II Excel 2010 Modulo II Sumário Nomeando intervalos de células... 1 Classificação e filtro de dados... 3 Subtotais... 6 Validação e auditoria de dados... 8 Validação e auditoria de dados... 9 Cenários...

Leia mais

SIG DMS / NFSe. Manual de Conhecimento. Atualizado em 23/05/2013 por Danillo Campelo Amorim

SIG DMS / NFSe. Manual de Conhecimento. Atualizado em 23/05/2013 por Danillo Campelo Amorim SIG DMS / NFSe Manual de Conhecimento Atualizado em 23/05/2013 por Danillo Campelo Amorim 1 Índice Função do modulo...3 Conhecimentos Exigidos & Requisitos Humanos...3 Acessando o Sistema...4 Padrõe de

Leia mais

TeamViewer 9 Manual Management Console

TeamViewer 9 Manual Management Console TeamViewer 9 Manual Management Console Rev 9.2-07/2014 TeamViewer GmbH Jahnstraße 30 D-73037 Göppingen www.teamviewer.com Sumário 1 Sobre o TeamViewer Management Console... 4 1.1 Sobre o Management Console...

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS BRADESCO NO FINANCE 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pelo Bradesco... 3 Como gerar os arquivos de Remessa para o Banco pelo Finance... 14 Como enviar

Leia mais

Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica I Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Conteúdo Part I Introdução

Leia mais

Portal nddcargo 4.1.5.0 Manual de Utilização Call Center Visão Administrador

Portal nddcargo 4.1.5.0 Manual de Utilização Call Center Visão Administrador Portal nddcargo 4.1.5.0 Manual de Utilização Call Center Visão Administrador Histórico de alterações Data Versão Autor Descrição 23/11/2012 1 Criação do documento. 2 1. Introdução... 4 2. Funcionalidades

Leia mais

Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian. Manual do Produto

Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian. Manual do Produto Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian Manual do Produto Índice Introdução - Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 3 1. Verificação de Ambiente 4 2. Instalação

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 2013 GVDASA Sistemas Caixa AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

BSPlink Virtual MPD v-mpd

BSPlink Virtual MPD v-mpd Os seguintes módulos para Virtual Multiple Purpose Document(MPD), podem ser encontrados no menu principal: Virtual MPD - Issue MPD = Emissão MPD - Query & Reports = Consultas e Relatórios - Configuration

Leia mais

Orientações Básicas Repom.

Orientações Básicas Repom. Orientações Básicas Repom. Considerações importantes: 1 A viagem deverá estar autorizada para depois solicitar o pagamento. 2 É obrigatório informar o campo NCM da mercadoria, que está em tabela>auxiliares>mercadoria.

Leia mais

Relatório Gerencial. Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 17/01/2013

Relatório Gerencial. Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 17/01/2013 2013 Relatório Gerencial Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 17/01/2013 Sumário 1. Objetivo... 4 2. Seleção dos registros... 4 2.1 Seleção dos executores... 4 2.2 Parâmetros...

Leia mais

Manual de utilização do STA Web

Manual de utilização do STA Web Sistema de Transferência de Arquivos Manual de utilização do STA Web Versão 1.1.7 Sumário 1 Introdução... 3 2 Segurança... 3 2.1 Autorização de uso... 3 2.2 Acesso em homologação... 3 2.3 Tráfego seguro...

Leia mais

1-Possibilidade de bloquear o sistema para uso (função acionável apenas pelo usuário LEADER). Utilitários > Bloqueio do Sistema >

1-Possibilidade de bloquear o sistema para uso (função acionável apenas pelo usuário LEADER). Utilitários > Bloqueio do Sistema > Histórico das atualizações Versão Data Atualizações 5.53.00 Implantações/Modificações: 5.53.042 26/11/2012 1-Possibilidade de bloquear o sistema para uso (função acionável apenas pelo usuário LEADER).

Leia mais

Manual de Acerto Web Unopar (Polos)

Manual de Acerto Web Unopar (Polos) O aluno deverá acessar o site através da URL www.unoparead.com.br Acessar o ícone Área Administrativa Ao aparecer a página de acesso ao Colaborar, o colaborador deverá inserir seu usuário e Senha e clicar

Leia mais

Manual do Usuário Projeto DECOM DIGITAL Versão 1.0

Manual do Usuário Projeto DECOM DIGITAL Versão 1.0 Manual do Usuário Projeto DECOM DIGITAL Versão 1.0 Sumário 1 INTRODUÇÃO... ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 2 ABRANGÊNCIA DO SISTEMA... 3 3 DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 4 COMO ACESSAR O SISTEMA... 3 5 COMO NAVEGAR

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA Í n d i c e Julho, 2010 Introdução... 2 1. Acerto dos cadastros de Clientes e de Produtos... 4 1.1. Cadastros Básicos - Cadastro de Clientes... 4 1.2. Cadastros Básicos Cadastro

Leia mais

Módulo e-rede Magento v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede Magento v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede Magento v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados ÍNDICE 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 Instruções iniciais 4 4.2 Instalação

Leia mais

Manual de Operaça o. Pit-Caixa. Versão 1.0

Manual de Operaça o. Pit-Caixa. Versão 1.0 Manual de Operaça o Pit-Caixa Versão 1.0 Sumário Iniciando o Programa... 3 Tela do Programa... 5 Menu Operador... 6 Abrir/Fechar Sessão... 6 Relatório Sessão... 8 Abrir Gaveta... 8 Efetuar Suprimento...

Leia mais

Manual do Usuário. Minha Biblioteca

Manual do Usuário. Minha Biblioteca Manual do Usuário Minha Biblioteca Sumário Acesso a Minha Biblioteca... 3 Tela Principal... 3 Para que serve o ícone Minha Biblioteca?... 3 O que você encontra no campo Pesquisar?... 4 Quando utilizar

Leia mais

Tutorial: Webmail. Dicas de Uso e Funcionalidades 02/2015. Versão 01

Tutorial: Webmail. Dicas de Uso e Funcionalidades 02/2015. Versão 01 Tutorial: Webmail Dicas de Uso e Funcionalidades 02/2015 Versão 01 Conteúdo Tutorial: Webmail 2015 Descrição... 2 Possíveis problemas... 5 Criando Regras de Mensagens (Filtros Automáticos)... 11 A partir

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE X Consulta à Certidão de Registro VERSÃO 2015 Novembro de 2015 SIGFIS-Sistema

Leia mais

PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro

PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro SUMÁRIO 1. FINANCEIRO... 5 1.1. ED - SECRETARIA... 5 1.2. ED - ESCOLA... 5 1.3. USUÁRIOS POR ENTIDADE NO ED SECRETARIA E ESCOLA... 6 2. FINANCEIRO - SECRETARIA... 7 2.1.

Leia mais