GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO"

Transcrição

1 Processo SGP xxxxx/2012 Convênio SGP n Convênio que entre si celebram o Estado de São Paulo, por intermédio da Secretaria de Gestão Pública, e o Município de XXXXXXXI, objetivando a transferência de recursos financeiros para a instalação de infraestrutura de tecnologia de informação e comunicação (TIC), destinada à implantação do Projeto Cidades Digitais. O Estado de São Paulo, por intermédio da Secretaria de Gestão Pública, com sede na Rua Bela Cintra n 847, São Paulo - Capital, inscrita no CNPJ sob o nº xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx, neste ato representada pelo Secretário de Estado, XXXXXXXXXXXXXX, R.G. n XXXXXXXXX, doravante designado ESTADO, e o Município de XXXXXXXXXX, com sede na Rua XXXXXXXXXXX, XXX Centro/SP, inscrito no CNPJ sob o nº XXXXXXXXXXXXXXXXXXX, neste ato representado por seu Prefeito, XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX, R.G. nº xxxxxxxxxxxxx e inscrito no CPF sob o nº xxxxxxxxxxxxxxxxxx, doravante designado MUNICÍPIO, resolvem celebrar o presente convênio que se regerá pelas disposições da Lei federal n 8.666, de 21 junho de 1993, da Lei n 6.544, de 20 de novembro de 1989, no que couber, e do Decreto nº , de 20 de março de 1996, mediante as cláusulas e condições seguintes. CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO Constitui objeto deste convênio a transferência de recursos financeiros para a instalação de uma infraestrutura de tecnologia de informação e comunicação (TIC), visando a melhoria da gestão dos serviços públicos de acesso do cidadão à rede mundial de computadores, internet, bem como o desenvolvimento social, econômico e cultural da região no conceito denominado 1

2 Município Digital, mediante a implantação do PROJETO CIDADES DIGITAIS, em conformidade com o Plano de Trabalho, que integra como anexo o presente instrumento. Parágrafo Único O Secretário de Gestão Pública, amparado em manifestação fundamentada do setor técnico da Pasta, poderá autorizar modificação no Plano de trabalho de que trata o caput desta cláusula, para melhor adequação técnica, desde que não implique alteração do objeto, nem aumento no repasse de recursos estaduais. CLÁUSULA SEGUNDA DAS OBRIGAÇÕES DO MUNICÍPIO São obrigações do MUNICÍPIO: I executar, direta ou indiretamente, sob sua exclusiva responsabilidade, o objeto descrito na Cláusula Primeira deste instrumento, em conformidade com o Plano de Trabalho e com a observância da legislação pertinente; II disponibilizar espaço físico com instalações apropriadas à implantação dos equipamentos necessários para alcançar o objeto deste convênio; III indicar, por escrito, o responsável pelo acompanhamento da execução do objeto do convênio; IV - permitir o acesso, a qualquer tempo, dos técnicos da SGP aos locais públicos destinados à instalação da infraestrutura, para averiguação efetiva da execução do objeto do convênio e do adequado emprego dos recursos repassados pelo Estado; V prestar esclarecimentos sempre que solicitado; VI adequar e manter em funcionamento, com recursos próprios, a infraestrutura implantada por meio deste convênio; 2

3 VII manter equipes técnicas e recursos materiais em quantidade compatível ao funcionamento adequado, arcando com todas as despesas tais como remuneração, encargos e benefícios; VIII arcar com as despesas de manutenção dos equipamentos e, quando necessário com as despesas de transporte dos mesmos para que a manutenção seja realizada; IX encarregar-se do custo de manutenção anual do link de comunicação; X - responsabilizar-se pela guarda patrimonial do local e dos equipamentos disponibilizados, para execução do objeto do presente convênio; XI cumprir o Plano de Trabalho, encaminhando à SGP, relatórios de execução do objeto deste convênio nos termos de seu item 05; XII - responsabilizar-se pelos encargos trabalhistas, previdenciários, fiscais, comerciais, securitários e quaisquer outros decorrentes da execução do objeto do ajuste, bem como por eventuais danos ou prejuízos causados a terceiros, isentando o ESTADO de qualquer responsabilidade; XIII - aplicar os recursos financeiros recebidos do ESTADO exclusivamente para os fins aludidos no presente convênio; XIV - submeter à aprovação da SGP a documentação referente à aplicação dos recursos permitindo a mais ampla fiscalização do desenvolvimento do Plano de Trabalho Anexo I; XV prestar contas da utilização dos recursos nos termos do 2º da cláusula quinta e cláusula sexta deste convênio. 3

4 CLÁUSULA TERCEIRA DAS OBRIGAÇÕES DO ESTADO São obrigações do Estado, por intermédio da SGP: I - repassar ao MUNICÌPIO o valor de R$ xxxxxxxxxxxxxxxx (xxxxxxxxxx) em parcela única, de acordo com a alínea a da Cláusula Quinta deste Convênio; II supervisionar e fiscalizar a execução do objeto do presente convênio, de responsabilidade técnica do MUNICÍPIO; III - coordenar as atividades dos partícipes e das reuniões de acompanhamento de projeto; IV - analisar os relatórios enviados pelo Município nos termos do item 5 do Plano de Trabalho, aprovando-os ou adotando as providências pertinentes; V - atestar a execução final do objeto ajustado. CLÁUSULA QUARTA DA AVALIAÇÃO E FISCALIZAÇÃO Compete à SGP elaborar relatórios circunstanciados avaliando os resultados das atividades descritas no Plano de Trabalho, Anexo I, realizando fiscalização local periodicamente. CLÁUSULA QUINTA DO VALOR DO CONVÊNIO E DA ORIGEM DOS RECURSOS FINANCEIROS O valor do presente convênio é estimado em R$ xxxxxxxxxx (xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx), correspondentes à: 4

5 a) R$ XXXXXXXX (xxxxxxxxxxx) por parte da SGP para projeto, aquisição e instalação da infraestrutura, com recursos provenientes do elemento xxxxxxxxxxxx Ação xxxx (Acessa São Paulo). b) R$ xxxxxxxxx (xxxxxxxxxxxxxxxxxx) por parte do MUNICÍPIO para manutenção do link de comunicação, dos equipamentos e infraestrutura instalados. Parágrafo primeiro - Os recursos transferidos pelo ESTADO ao MUNICÍPIO, em função deste Convênio, serão depositados em conta vinculada ao convênio, no Banco do Brasil S.A., devendo ser aplicados, exclusivamente, na execução do objeto deste Convênio. Parágrafo Segundo - Será ainda observado: a) no período correspondente ao intervalo entre a liberação da parcela e a sua efetiva utilização, o MUNICÍPIO aplicará os recursos em caderneta de poupança de instituição financeira oficial, ou em fundo de aplicação financeira de curto prazo ou operação de mercado aberto lastreada em título da dívida pública, quando a utilização dos mesmos verificar-se em prazos menores que um mês; b) as receitas financeiras auferidas serão exclusivamente computadas a crédito do convênio e aplicadas, exclusivamente, no objeto conveniado, devendo constar demonstrativo específico que integrará a prestação de contas; c) quando da apresentação da prestação de contas, tratada na Cláusula Sexta, o MUNICÍPIO anexará o extrato bancário, contendo o movimento diário (histórico) da conta, juntamente com a documentação referente à aplicação das disponibilidades financeiras do mercado de capitais, a ser fornecido pela Instituição Financeira; 5

6 d) o descumprimento do disposto neste parágrafo obrigará o MUNICÍPIO à reposição ou restituição do numerário recebido, acrescido da remuneração da caderneta de poupança no período, computada desde a data do repasse e até a data do efetivo depósito; e) as notas fiscais/faturas ou comprovantes de despesas efetuadas serão emitidas em nome do MUNICÍPIO, devendo mencionar "Convênio - Processo SGP nº xxxxx/xxxx". CLÁUSULA SEXTA DA PRESTAÇÃO DE CONTAS A prestação de contas dos recursos recebidos da SGP deverá ser apresentada pelo Município, observada a periodicidade estabelecida no item 7 do Plano de Trabalho e em conformidade com o artigo 116 da Lei federal nº 8.666/93, sem prejuízo do atendimento das instruções específicas do Tribunal de Contas. Parágrafo Primeiro - A prestação de contas conterá os seguintes documentos: 1. ofício de encaminhamento; 2. relatório financeiro, discriminando créditos, depósitos, rendimentos e débitos, por ordem cronológica, acompanhado dos extratos bancários correspondentes; 3. relação de pagamentos efetuados, abrangendo os equipamentos adquiridos e serviços prestados por terceiros, acompanhada de cópias dos respectivos comprovantes de quitação e documentos fiscais; 4. relatório de implementação do projeto, acompanhados de fotografias do local. 6

7 Parágrafo Segundo - O descumprimento do disposto no 1º obrigará o MUNICÍPIO à reposição ou restituição do numerário recebido, acrescido da remuneração da caderneta de poupança no período, computada desde a data do repasse até a data da efetiva devolução. Parágrafo Terceiro - O ESTADO informará ao MUNICÍPIO sobre eventuais irregularidades encontradas na prestação de contas, as quais deverão ser sanadas no prazo máximo de 30 (trinta) dias contados desde a data de recebimento dessa comunicação, aplicando-se, no caso de recolhimento de valores utilizados indevidamente, o disposto no parágrafo anterior. CLÁUSULA SÉTIMA DOS SALDOS FINANCEIROS REMANESCENTES Quando da conclusão, denúncia, rescisão ou extinção do convênio, os saldos remanescentes, inclusive os provenientes das receitas obtidas das aplicações financeiras realizadas na forma estabelecida na alínea a do 2º da Cláusula Quinta, serão devolvidos mediante guia de recolhimento no prazo improrrogável de 30 (trinta) dias do evento sob pena de imediata instauração de tomada de contas especial do responsável, providenciada pela SGP, nos termos do 6º do artigo 116 da Lei federal nº 8.666/93. CLÁUSULA OITAVA DO PRAZO DE VIGÊNCIA O presente convênio vigorará pelo período de 12 (doze) meses a contar da data de sua assinatura, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período, sem o aumento de recursos orçamentários e, desde que não haja manifestação contrária de um dos partícipes 30 (trinta) dias antes do prazo de vencimento. Parágrafo único - A mora na liberação dos recursos, quando devidamente comprovada nos autos, ensejará a prorrogação deste convênio pelo mesmo número de dias de atraso, independentemente de termo aditivo, desde que autorizada pelo Titular da Pasta. 7

8 CLÁUSULA NONA - DA DENÚNCIA E DA RESCISÃO Este convênio poderá ser denunciado a qualquer tempo, mediante notificação com prazo de 30 (trinta) dias, por qualquer dos partícipes, e será rescindido por descumprimento de quaisquer de suas cláusulas, ou infração legal, promovendo-se, em qualquer hipótese, o competente acerto de contas. CLÁUSULA DÉCIMA DOS REPRESENTANTES DOS PARTÍCIPES Os representantes dos partícipes encarregados do controle e fiscalização da execução do objeto do convênio são: Pela SGP Aldo Fábio Garda e Fabio de Britto Álvares Affonso da Unidade de Tecnologia da Informação e Comunicação. Pelo Município xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx Departamento de Informática. CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA DA AÇÃO PROMOCIONAL Em qualquer ação promocional relacionada com o objeto do presente convênio, deverá ser obrigatoriamente, consignada a participação do Estado de São Paulo, por sua Secretaria de Gestão Pública, obedecidos os padrões estipulados por esta última, ficando vedada a utilização de nomes, símbolos ou imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridades ou servidores públicos, nos termos do 1º do artigo 37 da Constituição Federal. 8

9 CLÁUSULA DÉCIMA TERCEIRA DO FORO Fica eleito o foro da Capital do Estado de São Paulo para dirimir eventuais divergências resultantes da interpretação das cláusulas ora pactuadas, e que não encontrarem solução administrativa. Por estarem, assim, avençados, firmam os partícipes o presente instrumento, em 02 (duas) via de igual teor, na presença das testemunhas abaixo assinadas. São Paulo, de XXXXXXXXXXXXXXXXXXX Secretário de Gestão Pública XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX Prefeito Testemunhas: 1. Nome: RG: CPF: 2. Nome: RG: CPF: 9

10 ANEXO I PLANO DE TRABALHO 1. Objeto Instalar no município, uma infraestrutura de tecnologia de informação e comunicação (TIC) visando à melhoria da gestão dos serviços públicos e o acesso do cidadão à informação pela Internet e melhoria no desenvolvimento social, econômico e cultural da região no conceito denominado Município Digital (Também conhecido pelo termo Cidade Digital). 2. Participantes do Projeto Município de xxxxxxxxxxxxx, doravante denominado MUNICÍPIO; Secretaria de Gestão Pública do Governo do Estado de São Paulo, doravante denominada SGP. 3. Estrutura de um Município Digital Conceitualmente um Município Digital consiste de uma infraestrutura tecnológica composta de uma rede de comunicação de dados em alta velocidade e soluções de Tecnologia da Informação que em sua plenitude atingem todo o espaço geográfico do município e seus munícipes. Na figura abaixo temos os benefícios quando um município se torna digital: Benefícios Grandes impactos o o o o o Inclusão digital do cidadão; Empresas e comércio na nova economia digital; Universalização dos serviços públicos (e-gov 2.0); Melhoria da Gestão pública; Integração Governo-Sociedade. o o o Gestão Pública (Educação, Saúde, Segurança, Serviços, Arrecadação) e-democracia: participação e transparência Desenvolvimento econômico do município. Com ele o governo e o cidadão podem fazer uso dos recursos disponíveis pela nova sociedade, a sociedade do conhecimento. A ilustração a seguir apresenta de forma conceitual a rede de relacionamentos que um Município Digital pode criar: 10

11 A infraestrutura de comunicação nos municípios digitais deve ter alto desempenho e confiabilidade, capaz de suportar diversas tecnologias emergentes de voz, dados e vídeo sobre IP e preparada para as novas demandas, que requeiram troca de informações em tempo real, como ensino à distância, tele medicina, videoconferência, telefonia e outras aplicações em benefício da educação, da saúde e da segurança. A implantação de infraestruturas de comunicação para acesso à Internet de alta velocidade nos municípios, além de proporcionar o desenvolvimento socioeconômico e cultural de cada localidade atendida, estará fortalecendo o pacto federativo, determinado na Constituição Federal, pois permitirá a modernização administrativa nas três esferas de governo. 11

12 De uma forma ampla, a estrutura de comunicações pode ter a configuração da figura abaixo e que pode ser montada de forma gradual, de acordo com a capacidade de investimentos e custeio, dimensões e população do município. São Paulo Campinas Rio de Janeiro ( Brasília ) Kyatera Internet (VPN Network) N x N x Gateway Provedor 2 Satelite (backup) Gateway Provedor 1 Firewall Router (load balance) (N x E1) (N x E1) (backup) Gateway Provedor 3 Internet Operadora VoIP Internet Paço Operadora de Celular Operadora Celular Local (4 troncos) (cabeamento estruturado RJ45) Operadora de Telefonia Operadora Local (6 troncos) Escola Escola N x QuadGSM Softswitch (VoIP Gateway) Asterisk Core Telefonia (cabeamento estruturado RJ11 36 ramais) Escola Hospital PaBX Emenda Óptica Núcleo da Infovia do Condomínio (Rede de Fibras) Escola Escola N x Conexão do Saber Provider Datacenter/ Telecom Center/ Callcenter DB Público BDUC Emenda Óptica Posto de Saúde Escola Escola Application Server Servidor Datacenter/ Telecom Center/ Callcenter Privado High Quality IPTV Provider Class 4/5 Central Digital Softswitch (VoIP Gateway) MMC Service Provider Servidor Hot Spot SIGM Provider Acesso Residencial Wireless Softswitch (VoIP Gateway) Projeto de Inclusão Digital (Internet para TODOS) N x Acesso Residencial Wireless Escola Posto de Saúde Escola Acesso Residencial Wireless Condomínio Empresarial 12

13 4. Das atividades, instalações e aquisições que serão executadas (Nota: O Percentual apontado entre parênteses é a parte do total de recurso repassado pelo Estado estimado para aquisição do item) O projeto contempla as seguintes atividades e aquisições: a) Projeto Técnico (24%): Avaliação da região com estudo do espectro radioelétrico para garantir a área de cobertura do município considerando a geografia, vegetação, edificações e arruamento e distribuição populacional definindo altura de torres e sua localização, equipamentos, antenas e sistemas de controle e gestão. Acompanhamento da execução do projeto, suporte na especificação técnica dos equipamentos. Apoio de solicitação e obtenção de licenças nos órgãos competentes. Medição da cobertura de rádio após a instalação. Suporte pós-instalação. Apoio do desenvolvimento de rotinas operacionais e divulgação ao público. b) Aquisição e instalação de torres (30%); c) Aquisição de Equipamentos de rádio transmissão (8%); d) Aquisição de antenas e cabeamento (5%); e) Aquisição de Sistema de gestão, Servidor Proxy, firewall, e demais dispositivos de informática (10%); 4.2. O projeto contempla as seguintes instalações (Nota: O Percentual apontado entre parênteses é a parte do total de recurso repassado pelo Estado estimado para aquisição do item) a) Instalação Física dos equipamentos (13%); b) Instalação lógica dos softwares e sistemas (10%). 13

14 4.3. As alíneas apresentadas nos itens 4.1 e 4.2 e o percentual estimado em relação ao repasse do Estado podem alterar durante o detalhamento do projeto face às características geográficas do município e da mudança da área de cobertura de sinal. Estes ajustes devem ser notificados e acordados entre os partícipes do convênio durante a execução do projeto sem implicar aumento no valor do repasse de recursos estaduais. 5. Da abrangência da Implantação do Projeto O projeto Cidade Digital será implantado em, no mínimo, 80% (oitenta por cento) do MUNICÍPIO. Metas a serem atingidas através do convênio: A meta principal será cobrir toda a extensão territorial do município através de uma nuvem de sinal wireless, capaz de conectar os cidadãos com a grande rede mundial de computadores. O MUNICÍPIO terá capacidade de fornecer aos seus cidadãos acesso à Internet em Banda Larga; A Prefeitura poderá aumentar a integração entre os órgãos municipais conectando-os em uma rede de comunicação de dados de alta velocidade; O Estado de São Paulo terá como benefício o cidadão utilizando os seus serviços disponíveis na Internet; A Secretaria de Gestão Pública poderá avaliar os resultados e estruturar modelos técnicos e econômicos, permitindo criar um padrão de projeto de infraestrutura de TIC para implantação em outras cidades do estado. A Prefeitura e o Estado de São Paulo poderão realizar troca eletrônica de informações, objetivando a melhoria da gestão e dos serviços públicos; 14

15 6. Processo para implantação do projeto: Nota: O item Prazo corresponde a dias úteis, contados da data do repasse do recurso ao Município. Item Tarefa Prazo (em Responsável dias úteis) 1. Reunião de planejamento 03 SGP/MUNICÍPIO 2. Contratação do projeto executivo para instalação 10 MUNICÍPIO de Infraestrutura de TIC 3. Recebimento do projeto executivo contendo: 05 MUNICÍPIO Especificações Técnicas detalhadas, relação dos equipamentos e serviços necessários. 4. Analise e aprovação do projeto executivo 03 SGP 5. Licitação para a contratação da aquisição dos 15 MUNICÍPIO equipamentos, instalação e serviços, conforme projeto executivo. 6. Recebimento do objeto contratado. 03 MUNICÍPIO 7. Testes Funcionais da Solução 03 MUNICÍPIO 8. Avaliação preliminar dos Testes Funcionais 03 SGP MUNICÍPIO 7. Relatório O Município obriga-se a entregar a SGP, a cada 60 dias, contados a partir do início do processo de implantação de que trata o item 4, relatório de execução do objeto deste convênio. 8. Recursos 8.1. Estado de São Paulo / Secretaria de Gestão Pública; valor de R$ XXXXXXXXXXXXXXXX correspondente ao custo da instalação da infraestrutura de TIC no Município Município de XXXXXXXXXXXX valor anual de aproximadamente de R$ XXXXXXXXXXXXXXX, para manutenção dos links de comunicação. 15

16 8.3 Os recursos serão repassados pelo Estado de São Paulo, através da Secretaria de Gestão Pública, ao Município de BOREBI, em uma única parcela no ano de Previsão implantação do Projeto: 40 dias úteis contados da data do repasse do recurso pelo Estado de São Paulo, por intermédio do convênio celebrado. ALDO FÁBIO GARDA Coordenador de Tecnologia da Informação e Comunicação XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX Prefeito 16

O PREFEITO MUNICIPAL DE VALE DO SOL,

O PREFEITO MUNICIPAL DE VALE DO SOL, LEI N.º 1.358/15 De 18 de maio de 2015 Autoriza o Poder Executivo firmar convênio com a Associação Pró-Cultura de Vale do Sol para a execução das atividades atinentes ao Coral Municipal a Banda Municipal.

Leia mais

CONVÊNIO N o 96, DE 19 DE OUTUBRO DE 2015. Convênio que entre si celebram o Município de Santa Maria e o Banco da Esperança - Ação Social.

CONVÊNIO N o 96, DE 19 DE OUTUBRO DE 2015. Convênio que entre si celebram o Município de Santa Maria e o Banco da Esperança - Ação Social. CONVÊNIO N o 96, DE 19 DE OUTUBRO DE 2015 Convênio que entre si celebram o Município de Santa Maria e o Banco da Esperança - Ação Social. O MUNICÍPIO DE SANTA MARIA, com sede na cidade de Santa Maria,

Leia mais

CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF

CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF 032/2014 - PGM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO, pessoa jurídica

Leia mais

ANEXO I MINUTA DO CONVÊNIO

ANEXO I MINUTA DO CONVÊNIO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Secretaria Municipal da Casa Civil Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro Instituto Rio Patrimônio da Humanidade ANEXO I MINUTA

Leia mais

LEI Nº 3.829, DE 12 DE ABRIL DE 2012

LEI Nº 3.829, DE 12 DE ABRIL DE 2012 LEI Nº 3.829, DE 12 DE ABRIL DE 2012 Autoriza conceder Contribuição à Associação da Casa Familiar Rural de Pato Branco. A Câmara Municipal de Pato Branco, Estado do Paraná, aprovou e eu, Prefeito Municipal,

Leia mais

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO, E A ENTIDADE ASSISTENCIAL ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DE EXCEPCIONAIS DE PASSO FUNDO APAE, PARA A EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS SÓCIOASSISTENCIAIS DE

Leia mais

TERMO DE CREDENCIAMENTO N.º 514/2014

TERMO DE CREDENCIAMENTO N.º 514/2014 TERMO DE CREDENCIAMENTO N.º 514/2014 Termo de credenciamento para contratação de instituições financeiras oficiais com agência estabelecida no território do Município de Não-Me-Toque para prestação de

Leia mais

LEI Nº 4.609, DE 17 DE JUNHO DE 2015

LEI Nº 4.609, DE 17 DE JUNHO DE 2015 LEI Nº 4.609, DE 17 DE JUNHO DE 2015 Autoriza conceder subvenção social a Associação dos Portadores de Deficiências da Escola Rocha Pombo. A Câmara Municipal de Pato Branco, Estado do Paraná, aprovou e

Leia mais

C O N V Ê N I O Nº 015/2015

C O N V Ê N I O Nº 015/2015 C O N V Ê N I O Nº 015/2015 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida

Leia mais

O prazo de vigência deste Convênio é de 12 (doze) meses, a partir da data de sua assinatura, conforme itens III e IX do Anexo I - Plano de Trabalho.

O prazo de vigência deste Convênio é de 12 (doze) meses, a partir da data de sua assinatura, conforme itens III e IX do Anexo I - Plano de Trabalho. 1 MINUTA CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA E FINANCEIRA CELEBRADO ENTRE O ESTADO DE MINAS GERAIS, POR INTERMÉDIO DA SECRETARIA DE ESTADO DE DEFESA SOCIAL, E DE PEITO ABERTO INCENTIVO AO ESPORTE DE MINAS GERAIS.

Leia mais

C O N V Ê N I O Nº 055/2014

C O N V Ê N I O Nº 055/2014 C O N V Ê N I O Nº 055/2014 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida

Leia mais

MODELO DE CONTRATO (HPP) CONVÊNIO

MODELO DE CONTRATO (HPP) CONVÊNIO Versão Preliminar Página 1 23/12/2004 MODELO DE CONTRATO (HPP) CONVÊNIO Convénio que entre si celebram, de um lado o Município* de XXXX, através da Secretaria xxxxxxxx de Saúde, gestora do SUS Municipal

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GOTARDO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GOTARDO LEI N.º 1.767, DE 05 DE MARÇO DE 2008. AUTORIZA ASSINATURA DE CONVÊNIO, COM REPASSE DE SUBVENÇÃO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Povo do Município de São Gotardo, por seus representantes legais aprovou e eu,

Leia mais

LEI Nº 3671/2015, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2015.

LEI Nº 3671/2015, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2015. LEI Nº 3671/2015, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2015. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER SUBVENÇÃO SOCIAL À ASSOCIAÇÃO AMIGOS DE SANTA RITA, FIRMAR CONVÊNIO, ABRIR CRÉDITO ESPECIAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS O PREFEITO

Leia mais

LEI Nº. 1826 DE 4 DE MAIO DE 2011

LEI Nº. 1826 DE 4 DE MAIO DE 2011 LEI Nº. 1826 DE 4 DE MAIO DE 2011 "AUTORIZA ASSINATURA DE CONVÊNIO E CONCEDE CONTRIBUIÇÃO CORRENTE ESPECIAL À ASSOCIAÇÃO DESENVOLVIMENTO DAS BANDEIRINHAS & DETERMINA OUTRAS PROVIDÊNCIAS" A Câmara Municipal

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE INDAIATUBA

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE INDAIATUBA LEI N 6.444 DE 18 DE MAIO DE 2015. Aut. r I P.L. N "P/75 Publ.: $ic5 "Autoriza o poder executivo a celebrar convênio com a Associação Mata Ciliar, e dá outras providências". REINALDO NOGUEIRA LOPES CRUZ,

Leia mais

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO ENTRE O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E A ESCOLA DE SAMBA BAMBAS DA ORGIA 006/2007-SEPLAN MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO, pessoa jurídica de direito público, inscrito no CNPJ/MF sob o n 87.612.537/0001-90

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Pareci Novo

Estado do Rio Grande do Sul Município de Pareci Novo LEI Nº 2.147, DE 10 DE FEVEREIRO DE 2014. Autoriza o Executivo Municipal de Pareci Novo a conceder auxílio financeiro ao Grupo da Terceira Idade Bem Viver. O PREFEITO MUNICIPAL DE PARECI NOVO, RS, no uso

Leia mais

CONTRATO DE FORNECIMENTO SESC/AR/DF DF 2013 CF XXX

CONTRATO DE FORNECIMENTO SESC/AR/DF DF 2013 CF XXX CONTRATO DE FORNECIMENTO SESC/AR/DF DF 2013 CF XXX Contrato de Fornecimento de Ribbon para Impressora Datacard SP 55 Plus que entre si celebram o Serviço Social do Comércio Administração Regional do Distrito

Leia mais

C O N V Ê N I O Nº 025/2014

C O N V Ê N I O Nº 025/2014 C O N V Ê N I O Nº 025/2014 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida

Leia mais

LEI Nº 3607/2015, DE 26 DE MAIO DE 2015.

LEI Nº 3607/2015, DE 26 DE MAIO DE 2015. LEI Nº 3607/2015, DE 26 DE MAIO DE 2015. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER SUBVENÇÃO SOCIAL À ASSOCIAÇÃO AMIGOS DE SANTA RITA PROVENIENTE DO FUNDO MUNICIPAL DO IDOSO, FIRMAR CONVÊNIO, SUPLEMENTAR DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA

Leia mais

CONTRATO DE COMODATO DE BEM MÓVEL E OUTRAS AVENÇAS

CONTRATO DE COMODATO DE BEM MÓVEL E OUTRAS AVENÇAS 1/6 CONTRATO DE COMODATO DE BEM MÓVEL E OUTRAS AVENÇAS Pelo presente instrumento particular de contrato, que tem de um lado FUNDAÇÃO FACULDADE DE MEDICINA, pessoa jurídica de direito privado, de fins não

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, QUE FAZEM ENTRE SI A XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX E XXXXXXXXXXXXXXXXXX.

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, QUE FAZEM ENTRE SI A XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX E XXXXXXXXXXXXXXXXXX. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, QUE FAZEM ENTRE SI A XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX E XXXXXXXXXXXXXXXXXX. AXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX, entidade sindical de grau superior, com sede XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX,na

Leia mais

LEI Nº 1693, DE 10 DE ABRIL DE 2006.

LEI Nº 1693, DE 10 DE ABRIL DE 2006. LEI Nº 1693, DE 10 DE ABRIL DE 2006. AUTORIZA ASSINATURA DE CONVÊNIO, COM REPASSE DE SUBVENÇÃO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Povo do Município de São Gotardo, por seus representantes legais aprovou e eu,

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Comissão Permanente de Licitação

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Comissão Permanente de Licitação ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Comissão Permanente de Licitação CONTRATO DE FORNECIMENTO E ASSISTÊNCIA TÉCNICA QUE ENTRE SI CELEBRAM O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ E A EMPRESA

Leia mais

LEI Nº 3604/2015, DE 19 DE MAIO DE 2015.

LEI Nº 3604/2015, DE 19 DE MAIO DE 2015. LEI Nº 3604/2015, DE 19 DE MAIO DE 2015. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER CONTRIBUIÇÃO AO CLUBE DA MAIOR IDADE ALEGRIA DE VIVER, FIRMAR CONVÊNIO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE GUAPORÉ-RS

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE CESSÃO DE DIREITOS DE USO E MANUTENÇÃO DE SOFTWARE nº 00XX/20XX

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE CESSÃO DE DIREITOS DE USO E MANUTENÇÃO DE SOFTWARE nº 00XX/20XX INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE CESSÃO DE DIREITOS DE USO E MANUTENÇÃO DE SOFTWARE nº 00XX/20XX Pelo presente instrumento particular, de um lado, XSOLUTIONS COMERCIAL DE INFORMÁTICA LTDA., com sede

Leia mais

MINUTA CONTRATO DE LOCAÇÃO SESC/AR/DF DF 2015 CL XXX

MINUTA CONTRATO DE LOCAÇÃO SESC/AR/DF DF 2015 CL XXX MINUTA CONTRATO DE LOCAÇÃO SESC/AR/DF DF 2015 CL XXX Contrato de locação de estrutura de BOX TRUS que entre si celebram o SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO DF SESC/AR/DF e a Empresa

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA AGE N.º 10, DE 20 DE MAIO DE 2010.

INSTRUÇÃO NORMATIVA AGE N.º 10, DE 20 DE MAIO DE 2010. AUDITORIA GERAL DO ESTADO ATOS DO AUDITOR-GERAL INSTRUÇÃO NORMATIVA AGE N.º 10, DE 20 DE MAIO DE 2010. Estabelece normas de organização e apresentação das prestações de contas de convênios que impliquem

Leia mais

Presidência da República

Presidência da República Presidência da República Casa Subchefia para Assuntos Jurídicos Civil DECRETO Nº 6.170, DE 25 DE JULHO DE 2007. Dispõe sobre as normas relativas às transferências de recursos da União mediante convênios

Leia mais

Art. 3º Para concretização do disposto nesta Lei fica o Poder Executivo autorizado a suplementar a seguinte dotação orçamentária:

Art. 3º Para concretização do disposto nesta Lei fica o Poder Executivo autorizado a suplementar a seguinte dotação orçamentária: LEI Nº 3570/2014, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2014. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER CONTRIBUIÇÃO À ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DO BAIRRO SÃO CRISTÓVÃO, SUPLEMENTAR DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA, FIRMAR CONVÊNIO E DÁ OUTRAS

Leia mais

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR PROGRAMA DE MUNICIPALIZAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR É com satisfação que a Fundação Procon/SP apresenta o novo Programa de Municipalização que tem como objetivo fortalecer o Sistema Estadual

Leia mais

ANEXO VII LEI Nº13.190 DE 11 DE JULHO DE

ANEXO VII LEI Nº13.190 DE 11 DE JULHO DE ANEXO VII LEI Nº13.190 DE 11 DE JULHO DE 2014 Dispõe sobre as diretrizes orçamentárias para o exercício de 2015, e dá outras providências. Art. 60 - Sem prejuízo das disposições contidas nos demais artigos,

Leia mais

CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO MÚTUA ENTRE A EMPRESA XXXXXXX E ASSOCIAÇÃO RECICLANIP

CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO MÚTUA ENTRE A EMPRESA XXXXXXX E ASSOCIAÇÃO RECICLANIP CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO MÚTUA ENTRE A EMPRESA XXXXXXX E ASSOCIAÇÃO RECICLANIP A EMPRESA xxxxxxxx, pessoa jurídica, com sede administrativa na Rua xxxxxxx, nº xxx, inscrita no CNPJ sob n. º xx. xxxxxx/xxxx-xx,

Leia mais

CLÁUSULA PRIMEIRA FUNDAMENTO LEGAL

CLÁUSULA PRIMEIRA FUNDAMENTO LEGAL CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº09/2015 Contrato celebrado entre a Câmara Municipal de São Simão e a Empresa CABOCLO MOVEIS E ELETRO LTDA- ME. CONTRATANTE: A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO SIMÃO, pessoa jurídica de

Leia mais

CONTRATO/ER-3/N. 00x/2007-ANATEL CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM A AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES - ANATEL E A EMPRESA

CONTRATO/ER-3/N. 00x/2007-ANATEL CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM A AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES - ANATEL E A EMPRESA CONTRATO/ER-3/N. 00x/2007-ANATEL CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM A AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES - ANATEL E A EMPRESA. A AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES - ANATEL, por meio do Escritório Regional

Leia mais

MINUTA CONTRATO DE LOCAÇÃO Nº XXX/2013

MINUTA CONTRATO DE LOCAÇÃO Nº XXX/2013 MINUTA CONTRATO DE LOCAÇÃO Nº XXX/2013 EDITAL CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 004/2013 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº: 23062.008112/2013-11 DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº XXX/2013 Contrato de Locação nº XXX/2013 que entre

Leia mais

ANEXO III MINUTA DO CONTRATO MINUTA DO CONTRATO

ANEXO III MINUTA DO CONTRATO MINUTA DO CONTRATO ANEXO III MINUTA DO CONTRATO MINUTA DO CONTRATO TERMO DE CONTRATO QUE ENTRE SI O INSTITUTO FELIX GUATTARI, organização não governamental (ONG), declarada de utilidade pública estadual, devidamente inscrita

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 010/2005-CAD/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 010/2005-CAD/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 010/2005-CAD/UNICENTRO Celebra Termo de Convênio nº 019/2005 firmado entre a UNICENTRO e Fundação Araucária. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO: Faço saber que o

Leia mais

EXTRATO DO EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 01/2015. Regido pela Lei nº 8.666/93 e pelo art. 15 da Lei Complementar nº 15/2011

EXTRATO DO EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 01/2015. Regido pela Lei nº 8.666/93 e pelo art. 15 da Lei Complementar nº 15/2011 EXTRATO DO EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 01/2015 Regido pela Lei nº 8.666/93 e pelo art. 15 da Lei Complementar nº 15/2011 OBJETO: Prestação de serviços médicos na área de exames laboratoriais e complementares,

Leia mais

INSTITUTO RUI BARBOSA

INSTITUTO RUI BARBOSA TERMO DE CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O DO ESTADO DE RONDÔNIA E O INSTITUTO RUI BARBOSA - IRB, PARA O APOIO TÉCNICO E FINANCEIRO À EXECUÇÃO DO PROGRAMA NACIONAL DE MODERNIZAÇÃO DO SISTEMA DE CONTROLE

Leia mais

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO FIRMADO ENTRE O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E A ASSOCIAÇÃO EDUCATIVA AGOSTINI 061/2007-SEF Por meio deste instrumento particular, o MUNICÍPIO DE PASSOFUNDO, pessoa jurídica de direito

Leia mais

CLÁUSULA SEGUNDA DO PROGRAMA DE TRABALHO

CLÁUSULA SEGUNDA DO PROGRAMA DE TRABALHO QUARTO TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº 14/ANA/2004 CELEBRADO ENTRE A AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS E A ASSOCIAÇÃO PRÓ-GESTÃO DAS ÁGUAS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARAÍBA DO SUL, COM A ANUÊNCIA DO COMITÊ PARA

Leia mais

MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DA BOA VISTA

MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DA BOA VISTA JUSTIFICATIVA AO PROJETO DE LEI Nº 11/2014 Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara de Vereadores: Tenho a honra de encaminhar para apreciação de Vossas Excelências o presente projeto de lei, o qual

Leia mais

DE CONSOLIDAÇÃO) 2.1 Para fins do presente Contrato, deverão ser consideradas as seguintes definições:

DE CONSOLIDAÇÃO) 2.1 Para fins do presente Contrato, deverão ser consideradas as seguintes definições: DE CONSOLIDAÇÃO) CONTRATO (CATEGORIA MOD.INC.0 Data: / Rev.: 01 Contrato n o XX / 20XX CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM A FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONTES CLAROS, ATRAVÉS DA INCET-FEMC INCUBADORA DE EMPRESAS

Leia mais

ANEXO VII - TERMO DE CONCESSÃO DE BOLSA Nº. 0XX/20XX. Edital N 058/2014

ANEXO VII - TERMO DE CONCESSÃO DE BOLSA Nº. 0XX/20XX. Edital N 058/2014 ANEXO VII - TERMO DE CONCESSÃO DE BOLSA Nº. 0XX/20XX TERMO DE CONCESSÃO DE BOLSA MODALIDADE XXXXXXXXXXXXXXX QUE ENTRE SI CELEBRAM A FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU/BRASIL FPTI/BR E XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX.

Leia mais

CONTRATO PARTICULAR DE DOAÇÃO

CONTRATO PARTICULAR DE DOAÇÃO 1/5 CONTRATO PARTICULAR DE DOAÇÃO Pelo presente instrumento particular, de um lado, FUNDAÇÃO FACULDADE DE MEDICINA, entidade de direito privado sem fins lucrativos, com sede na Avenida Rebouças, 381, Cidade

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 023/2011 TIPO: MENOR PREÇO

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 023/2011 TIPO: MENOR PREÇO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 023/2011 TIPO: MENOR PREÇO A Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar do Brasil FETRAF-BRASIL/CUT, entidade de direito

Leia mais

DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº. 001/2011 CONTRATO ADMINISTRATIVO

DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº. 001/2011 CONTRATO ADMINISTRATIVO DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº. 001/2011 CONTRATO ADMINISTRATIVO Termo de Contrato entre a Câmara Municipal de Vereadores de Erechim e a empresa SUPERATIVA PROPAGANDA E MARKETING LTDA. para a publicação dos

Leia mais

CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO QUE ENTRE SI FORMALIZAM, DE UM LADO O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 4ª REGIÃO - RS E, DE OUTRO, A EMPRESA XXXXXXXXXXX PARA O FIM QUE NELE SE DECLARA. O Conselho

Leia mais

Contrato n o XX / 20XX

Contrato n o XX / 20XX CONTRATO (CATEGORIA INCUBAÇÃO) MOD.INC.009 Data: / /14 Rev.: 01 Contrato n o XX / 20XX CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM A FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONTES CLAROS, ATRAVÉS DA INCET-FEMC INCUBADORA DE EMPRESAS

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE LIMPEZA URBANA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE LIMPEZA URBANA ANEXO VI MINUTA DE CONTRATO CONTRATO que entre si fazem o DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE LIMPEZA URBANA e a empresa xxxxxxxx, para seguro contra terceiros para os veículos deste Departamento. O DEPARTAMENTO

Leia mais

LEI Nº 1.312, DE 13 DE OUTUBRO DE 2006. O PREFEITO MUNICIPAL DE MATO LEITÃO, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL.

LEI Nº 1.312, DE 13 DE OUTUBRO DE 2006. O PREFEITO MUNICIPAL DE MATO LEITÃO, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. LEI Nº 1.312, DE 13 DE OUTUBRO DE 2006. AUTORIZA O PODER EXECUTIVO MUNICIPAL A ES- TENDER À POPULAÇÃO OS SERVIÇOS E A ESTRUTU- RA DE INTERNET DE SUA PROPRIEDADE, ATRAVÉS DA LIBERAÇÃO DE SINAL VIA RÁDIO,

Leia mais

Contrato nº XXX/2015 Chamada Pública nº XXX/2015 CONTRATO DE ADESÃO DE GERAÇÃO PRÓPRIA N.º 000/2015 QUE ENTRE SI FAZEM A E, NA FORMA ABAIXO:

Contrato nº XXX/2015 Chamada Pública nº XXX/2015 CONTRATO DE ADESÃO DE GERAÇÃO PRÓPRIA N.º 000/2015 QUE ENTRE SI FAZEM A E, NA FORMA ABAIXO: A CONTRATO DE ADESÃO DE GERAÇÃO PRÓPRIA N.º 000/2015 QUE ENTRE SI FAZEM A E, NA FORMA ABAIXO:, com sede na cidade de, Endereço, inscrita no CNPJ/MF sob o n., doravante denominada DISTRIBUIDORA, neste ato

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL CONVÊNIO Nº 014/PGM/2013 - PROCESSO Nº 09.0070/2013

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL CONVÊNIO Nº 014/PGM/2013 - PROCESSO Nº 09.0070/2013 1 CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PORTO VELHO, POR INTERMÉDIO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO/SEMED, DE UM LADO, E DE OUTRO A ASSOCIAÇÃO DE MORADORES E AMIGOS DO BAIRRO CONCEIÇÃO - ESCOLA

Leia mais

INVENTOR INDEPENDENTE

INVENTOR INDEPENDENTE CONTRATO DE RECONHECIMENTO DE TITULARIDADE, DIREITOS E DEVERES SOBRE TECNOLOGIA QUE ENTRE SI CELEBRAM A FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE MINAS GERAIS FAPEMIG E O INVENTOR INDEPENDENTE XXXXXXXXXXXXXXXXXXX.

Leia mais

MINUTA DE CONTRATO Nº 011/2013 - CONC

MINUTA DE CONTRATO Nº 011/2013 - CONC MINUTA DE CONTRATO Nº 011/2013 - CONC Termo de Contrato firmado entre a Fundação de Apoio Institucional ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico FAI.UFSCar e xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx, para execução das

Leia mais

CONVÊNIO Nº 011/ 2015

CONVÊNIO Nº 011/ 2015 CONVÊNIO Nº 011/ 2015 CONVÊNIO ENTRE O / RN E A ASSOCIAÇÃO CAICOENSE DE ATLETISMO EQUIPE CAICÓ RUAS, NA FORMA INDICADA. O RN (PREFEITURA MUNICIPAL), Pessoa Jurídica de Direito Público, estabelecida na

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO CONVÊNIO N.º.../... TERMO DE CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O ESTADO DO RIO DE JANEIRO, POR INTERMÉDIO DA SECRETARIA DE ESTADO EDUCAÇÃO

Leia mais

ANEXO III MINUTA DE CONTRATO PREGÃO AMPLO Nº 007 Processo n. º 53569.000.127/2003

ANEXO III MINUTA DE CONTRATO PREGÃO AMPLO Nº 007 Processo n. º 53569.000.127/2003 ANEXO III MINUTA DE CONTRATO PREGÃO AMPLO Nº 007 Processo n. º 53569.000.127/2003 CONTRATO ( U.O 10.2 ) / ER-10 N.º XXX/2003-ANATEL CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM A AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES

Leia mais

ESTADO DE PERNAMBUCO PREFEITURA MUNICIPAL DE IPUBI CNPJ Nº 11.040.896/0001-59 COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

ESTADO DE PERNAMBUCO PREFEITURA MUNICIPAL DE IPUBI CNPJ Nº 11.040.896/0001-59 COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CONTRATO Nº 014/2015. ESTADO DE PERNAMBUCO Contrato do Processo Administrativo nº 009/2015, Concorrência nº 005/2015, com amparo no Artigo 40, 2º, inciso III da Lei 8.666/93, destinado a aquisição de Material

Leia mais

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul Brasil

Município de Campo Bom Estado do Rio Grande do Sul Brasil Ofício nº 795/2014 GAB. PREF. Campo Bom, 11 de dezembro de 2014. Senhor Presidente! Senhores Vereadores! O Projeto de Lei em pauta objetiva sua chancela para a realização de convênio com a instituição

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS COM PARTICIPAÇÃO FINANCEIRA DO CLIENTE,

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS COM PARTICIPAÇÃO FINANCEIRA DO CLIENTE, CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, COM PARTICIPAÇÃO FINANCEIRA DO CLIENTE, QUE ENTRE SI CELEBRAM, LIGHT SERVIÇOS DE ELETRICIDADE S/A, DE UM LADO, E XXXXXXXXX, DE OUTRO LADO. LIGHT SERVIÇOS DE ELETRICIDADE

Leia mais

Art. 3º Para concretização do disposto nesta Lei fica o Poder Executivo autorizado a suplementar a seguinte dotação orçamentária:

Art. 3º Para concretização do disposto nesta Lei fica o Poder Executivo autorizado a suplementar a seguinte dotação orçamentária: PROJETO DE LEI Nº 124/2014, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER CONTRIBUIÇÃO À ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DO BAIRRO SÃO CRISTÓVÃO, SUPLEMENTAR DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA, FIRMAR CONVÊNIO E

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CHARQUEADAS Estado do Rio Grande do Sul

PREFEITURA MUNICIPAL DE CHARQUEADAS Estado do Rio Grande do Sul CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Nº. _/2009 CONVITE Nº. 012/2009 PROCESSO Nº. 51030/2009 Contrato firmado entre o Município de Charqueadas e a empresa para a prestação de serviços de internet via rádio

Leia mais

CONTRATO Nº 104/2014

CONTRATO Nº 104/2014 CONTRATO Nº 104/2014 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, QUE CELEBRAM O MUNICÍPIO DE SANTANA DA BOA VISTA/RS E A EMPRESA POLYTEK COMERCIO E SERVIÇOS DE INFORMATICA LTDA. O MUNICÍPIO DE SANTANA

Leia mais

BOLETIM ADMINISTRATIVO Nº 029 DE 15 a 19/07/13

BOLETIM ADMINISTRATIVO Nº 029 DE 15 a 19/07/13 BOLETIM ADMINISTRATIVO Nº 029 DE 15 a 19/07/13 SUMÁRIO DIREÇÃO SUPERIOR...03 DIRETORIAS SETORIAIS...10 SUPERINTENDÊNCIAS REGIONAIS...29 DIREÇÃO SUPERIOR ATOS DO DIRETOR GERAL Em, 15/07/13 PORTARIA Nº 672

Leia mais

CONTRATO Nº 006/2014 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES

CONTRATO Nº 006/2014 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES CONTRATO Nº 006/2014 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES I PREÂMBULO Que entre si celebram a Fundação de Ensino Superior de Goiatuba e GINONET.COM.BR PROVEDORES DE ACESSO A REDES DE TELECOMUNICAÇÕES

Leia mais

CAPES COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR Anexo I Portaria nº 028, de 27 de janeiro de 2010. Anexo I

CAPES COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR Anexo I Portaria nº 028, de 27 de janeiro de 2010. Anexo I Anexo I REGULAMENTO DA CONCESSÃO DO AUXÍLIO FINANCEIRO A PROJETO EDUCACIONAL E DE PESQUISA - AUXPE 1. Da Concessão e Aceitação 1.1 A solicitação e concessão de recursos financeiros dar-se-á mediante celebração

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1.1 Tipo do Serviço e Especificação do Veiculo

TERMO DE REFERÊNCIA. 1.1 Tipo do Serviço e Especificação do Veiculo TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO ELETRÔNICA DE PREÇO Nº 017/2013 TIPO: MENOR PREÇO A Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar do Brasil FETRAF-BRASIL/CUT, entidade de direito

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE BRAZABRANTES PODER EXECUTIVO

ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE BRAZABRANTES PODER EXECUTIVO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS N. / Contrato de Prestação de Serviços que entre si celebram a PREFEITURA MUNCIPAL DE BRAZABRANTES e a empresa DM SOLUÇÕES WEB - MARIA APARECIDA DIAS 64496643120. Contrato

Leia mais

ANEXO 2 MINUTA DO CONTRATO

ANEXO 2 MINUTA DO CONTRATO ANEXO 2 MINUTA DO CONTRATO CONTRATO Nº /2014 CONTRATO DE PATROCÍNIO PARA EVENTO CERTO que entre si celebram a SUPERINTENDÊNCIA DA ZONA FRANCA DE MANAUS SUFRAMA, aqui denominada PATROCINADORA e o (proponente),

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL CONVÊNIO Nº 017/PGM/2014 - PROCESSO Nº 08.00057/2014

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL CONVÊNIO Nº 017/PGM/2014 - PROCESSO Nº 08.00057/2014 1 CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PORTO VELHO, POR INTERMÉDIO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE/SEMUSA, DE UM LADO, E DE OUTRO A ASSOCIAÇÃO PROTETORA DOS ANIMAIS DESAMPARADO AMIGOS DE PATAS,

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL CRM-ES Nº. 004/2014 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO PRESENCIAL CRM-ES Nº. 004/2014 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO PRESENCIAL CRM-ES Nº. 004/2014 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO 1. Pregão Presencial Tipo Menor Preço para contratação de empresa para prestação de serviços de agenciamento de estágio de

Leia mais

CONTRATO/ADM N.º 007/2014

CONTRATO/ADM N.º 007/2014 CONTRATO/ADM N.º 007/2014 CONTRATO DE AQUISIÇÃO E INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTO DE SEGURANÇA E MONITORAMENTO ELETRÔNICO QUE ENTRE SI FIRMAM O MUNICÍPIO DE CACHOEIRA ALTA, ESTADO DE GOIÁS, E SUDOESTE SEGURANÇA

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO SESC/AR/DF DF 2015 CL - XXX

CONTRATO DE LOCAÇÃO SESC/AR/DF DF 2015 CL - XXX CLÁUSULA PRIMEIRA - DAS PARTES CONTRATO DE LOCAÇÃO SESC/AR/DF DF 2015 CL - XXX Locação de espaço físico na Unidade do SESC xxxxxxxxx que entre si firmam o SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO ADMINISTRAÇÃO REGIONAL

Leia mais

PORTARIA Nº 442, DE 3 DE OUTUBRO DE 2002

PORTARIA Nº 442, DE 3 DE OUTUBRO DE 2002 MINISTÉRIO DA SAÚDE FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE PORTARIA Nº 442, DE 3 DE OUTUBRO DE 2002 Estabelece as obrigações dos partícipes nos convênios de natureza financeira celebrados pela Fundação Nacional de

Leia mais

CONTRATANTE: CÂMARA MUNICIPAL DE SINOP ESTADO DE MATO GROSSO

CONTRATANTE: CÂMARA MUNICIPAL DE SINOP ESTADO DE MATO GROSSO CONTRATO Nº 013/2014 CONTRATO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA PARA A EXECUÇÃO DE SERVIÇO PUBLICITÁRIO DE CRIAÇÃO E DIVULGAÇÃO DOS TRABALHOS INSTITUCIONAIS E LEGISLATIVOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE SINOP CONTRATANTE:

Leia mais

CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO

CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO TERMO DE PARCERIA Nº001/2015 TERMO DE PARCERIA QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE JUÍNA, ESTADO DE MATO GROSSO E INSTITUTO DE TECNOLOGIAS SOCIAIS, (ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL DE INTERESSE PÚBLICO).

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS

AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS . CONTRATO N o 014/ANA/2004 (Texto compilado: primeiro, segundo e terceiro termo aditivo) CONTRATO DE GESTÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM A AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS E A ASSOCIAÇÃO PRÓ- GESTÃO DAS ÁGUAS DA BACIA

Leia mais

CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO QUE ENTRE SI FORMALIZAM, DE UM LADO O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 4ª REGIÃO - RS E, DE OUTRO, A EMPRESA XXXXXXXXXXX PARA O FIM QUE NELE SE DECLARA. O Conselho

Leia mais

PARÁGRAFO ÚNICO - São as seguintes as modalidades de Ordens Bancárias, a serem processadas pelo Sistema OBN:

PARÁGRAFO ÚNICO - São as seguintes as modalidades de Ordens Bancárias, a serem processadas pelo Sistema OBN: CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PAGAMENTO A FORNECEDORES DE BENS E SERVIÇOS E DE SERVIDORES, QUE ENTRE SI CELEBRAM O /ESTADO OU MUNICÍPIO DE/ E O BANCO DO BRASIL S.A.. O /ESTADO OU MUNICÍPIO DE/,

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE JARDIM

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE JARDIM CONTRATO Nº 87/2014 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM A E A EMPRESA LETICIA MARIA ANTONIO DE CARVALHO - ME. I CONTRATANTES E REPRESENTANTES: O MUNICÍPIO DE JARDIM, Estado de Mato Grosso do Sul, pessoa jurídica

Leia mais

Anexo II. Minuta de Contrato

Anexo II. Minuta de Contrato Anexo II Minuta de Contrato CONTRATO QUE ENTRE SI FAZEM, DE UM LADO FUNDAÇÃO ZERBINI, E DO OUTRO, A EMPRESA XXXXXXXXXXXXXXX, PARA O FIM QUE NELE SE DECLARA. (Convite n.º 006/2008) Pelo presente instrumento

Leia mais

Paulo Olvindo Mazutti Prefeito

Paulo Olvindo Mazutti Prefeito PROJETO DE LEI Nº 48/2015, DE 02 DE JULHO DE 2015. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER SUBVENÇÃO SOCIAL AO INSTITUTO FILANTRÓPICO EVANGÉLICO DE GUAPORÉ-RS, FIRMAR CONVÊNIO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO

Leia mais

GOVERNO DO E:ST/\DODO AMAZONAS TERMO DE CONVÊNIO N 006/2015 - SUBCOMADEC

GOVERNO DO E:ST/\DODO AMAZONAS TERMO DE CONVÊNIO N 006/2015 - SUBCOMADEC .,1 ' GOVERNO DO E:ST/\DODO TERMO DE CONVÊNIO N 006/2015 - SUBCOMADEC ~", DE/\ÇÕES -:':1\/ -L.~o (J b ;201S j!?_'.~ ~. ". ;,

Leia mais

1. Alterar os itens 1.3, 1.3.1, 1.5 e 1.5.1 e acrescentar item 1.3.2 da Cláusula Primeira do Contrato, com a seguinte redação:

1. Alterar os itens 1.3, 1.3.1, 1.5 e 1.5.1 e acrescentar item 1.3.2 da Cláusula Primeira do Contrato, com a seguinte redação: PRIMEIRO ADITIVO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS E FORNECIMENTO DE INFRA-ESTRUTURA DE ACESSO A SERVIÇOS INTERNET DE BANDA ESTREITA DIAL PROVIDER Pelo presente instrumento particular, de um lado, na

Leia mais

EMATER-RIO Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Rio de Janeiro

EMATER-RIO Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Rio de Janeiro ANEXO VIII MODELO MINUTA DE CONTRATO CONTRATO Nº 005/2012 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE SEGURO DE VIDA EM GRUPOD QUE ENTRE SI FAZEM O ESTADO DO RIO DE JANEIRO, POR INTERMÉDIO DA EMPRESA DE ASSISTÊNCIA

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICIPIO DE XAXIM Rua Rui Barbosa n. 347 Fone: 3353-8200 CEP: 89825-000 XAXIM CNPJ: 82.854.670/0001-30

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICIPIO DE XAXIM Rua Rui Barbosa n. 347 Fone: 3353-8200 CEP: 89825-000 XAXIM CNPJ: 82.854.670/0001-30 CONTRATO N. 033/2014 CELEBRADO ENTRE O MUNICÍPIO DE XAXIM/FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE E A EMPRESA DENTAL GORGES LTDA- EPP. O Município de XAXIM, Através do Fundo Municipal da Saúde, com inscrição no CNPM/MF

Leia mais

TERMO DE PARCERIA (Art. 9º da Lei nº 9.790, de 23.3.99, e Art. 8º do Decreto nº 3.100, de 30.6.99)

TERMO DE PARCERIA (Art. 9º da Lei nº 9.790, de 23.3.99, e Art. 8º do Decreto nº 3.100, de 30.6.99) TERMO DE PARCERIA (Art. 9º da Lei nº 9.790, de 23.3.99, e Art. 8º do Decreto nº 3.100, de 30.6.99) TERMO DE PARCERIA QUE ENTRE SI CELEBRAM A (UNIÃO/ESTADO/MUNICÍPIO), ATRAVÉS DO (ÓRGÃO/ENTIDADE ESTATAL),

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS IDOSOS RECANTO DA AMIZADE

ASSOCIAÇÃO DOS IDOSOS RECANTO DA AMIZADE PROJETO DE LEI Nº 40/2015, DE 08 DE JUNHO DE 2015. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER SUBVENÇÃO SOCIAL À ASSOCIAÇÃO DOS IDOSOS RECANTO DA AMIZADE, FIRMAR CONVÊNIO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO 03/2012 CGPLI

EDITAL DE CONVOCAÇÃO 03/2012 CGPLI MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO EDITAL DE CONVOCAÇÃO 03/2012 CGPLI EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA FORMAÇÃO DE PARCERIAS COM O FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇAO

Leia mais

DECRETO Nº 15.219 DE 30 DE JUNHO DE 2014

DECRETO Nº 15.219 DE 30 DE JUNHO DE 2014 DECRETO Nº 15.219 DE 30 DE JUNHO DE 2014 Regulamenta a Lei nº 12.949, de 14 de fevereiro de 2014 que estabelece mecanismos de controle do patrimônio público do Estado da Bahia, dispondo sobre provisões

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES DECRETO Nº 11.261, DE 16 DE JUNHO DE 2003. Estabelece normas para celebração de convênios e instrumentos similares por órgãos e entidades do Poder Executivo, e dá outras providências. Publicado no Diário

Leia mais

MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÕES E DOCUMENTAÇÃO. (Processo Administrativo n 09020.000005/2014-15)

MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÕES E DOCUMENTAÇÃO. (Processo Administrativo n 09020.000005/2014-15) MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÕES E DOCUMENTAÇÃO (Processo Administrativo n 09020.000005/2014-15) TERMO DE CONTRATO DE COMPRA Nº 9/2014, QUE FAZEM ENTRE SI A UNIÃO, POR INTERMÉDIO

Leia mais

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO CONVÊNIO ENTRE O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E A SECÇÃO ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL DO CIOFF, PARA A REALIZAÇÃO DO XI FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLCLORE DE PASSO FUNDO O36/2014 PGM O MUNICÍPIO DE PASSO

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICAÇÃO DE MATÉRIAS OFICIAIS EM JORNAL DE CIRCULAÇÃO DIÁRIA E LOCAL,

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICAÇÃO DE MATÉRIAS OFICIAIS EM JORNAL DE CIRCULAÇÃO DIÁRIA E LOCAL, CONTRATO Nº 13/2015 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICAÇÃO DE MATÉRIAS EM JORNAL DE CIRCULAÇÃO DIÁRIA E LOCAL, QUE ENTRE SI CELEBRAM O CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SERGIPE (COREN/SE) E A

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO CONTRATO Nº 009/2013/SEHAB PROCESSO Nº 2013-0.272.927-2 CONTRATANTE: PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO CONTRATADO: CONSÓRCIO REDE TELECOM-PMSP OBJETO: Contratação de empresa especializada para prestação

Leia mais