2º Aniversário CRA Timor em Janeiro de 2008 Deus quer, o Homem sonha, a obra nasce. Fernando Pessoa (Poeta)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2º Aniversário CRA Timor em Janeiro de 2008 Deus quer, o Homem sonha, a obra nasce. Fernando Pessoa (Poeta)"

Transcrição

1 2º Aniversário CRA Timor em Deus quer, o Homem sonha, a obra nasce. Fernando Pessoa (Poeta) No início de 2005 face à necessidade crescente de adaptação aos fluxos de investimento internacional dos seus clientes, um grupo de advogados liderado por Rui Botica decidiu criar a CRA Timor. Foi o início de uma ideia que tomou forma, amadureceu e ganhou dimensão internacional no projecto CRA Global, o mote era simples, To be global, go local.. Tal como um jardineiro cuidando do seu jardim, a equipa da CRA Timor sempre geriu os seus ritmos de crescimento em função da realidade timorense, da confiança do investimento internacional, das necessidades locais que atraem esse investimento e o rentabilizam. Ao comemorar o seu segundo aniversário em, a sociedade atinge um marco importante na sua curta e já rica história em. A maturidade de um projecto permite aos seus intervenientes olhar para onde tudo começa, bem como para onde nos encontramos no presente momento, e, com este somatório de passado e presente planear e continuar sonhando com um futuro aliado ao sucesso dos seus clientes e parceiros internacionais. Com a aproximação de um ciclo politico de estabilidade prolongada criam-se as condições para o desenvolvimento económico sustentado e para o crescimento dos seus parceiros económicos. Toda a sociedade de advogados funciona como um instrumento de medição do estado da economia local, crescendo ou estagnando em função dos seus clientes. O tempo é de crescimento e consolidação para a CRA Timor, a fusão entre os dois maiores escritórios jurídicos de é um passo calculado que invoca uma melhoria dos serviços aliada ao incremento das suas responsabilidades profissionais. Mas a vida de uma instituição não é feita apenas das suas responsabilidades profissionais, existem responsabilidades sociais. Num mundo pautado pelos números, oportunidades e estruturas, não devemos nunca esquecer o factor que não pode ser eliminado de nenhuma equação - o factor Humano. A CRA Timor abraçou este princípio e prima pela maximização dos seu bem mais valioso, as pessoas que a compõem, a estimulação das suas capacidades só será atingida através da manutenção de um ambiente propício e adaptado à sua natureza humana. O investimento na formação académica do seu staff timorense é tambem a tradução de um princípio de igualdade entre os seus colaboradores internacionais e locais. Apostamos na formação dos timorenses que integram a equipa e no recrutamento dos mais talentosos advogados timorenses, o preenchimento das suas responsabilidades sociais é tambem um investimento calculado no seu próprio futuro e um princípio estruturante da sua actividade. Em a Equipa de Advogados, os seus Clientes e a Sociedade Timorense estarão celebrando a efeméride de uma saga que se iniciou há dois anos e que sorri para o seu futuro. Parabéns CRA Timor!

2 Entrevista sobre a fusão com a A CRA Timor é uma sociedade de advogados com presença em Timor- Leste desde 2005, a sua equipa, coordenada localmente por Miguel Carreira, de 30 anos, é a actual líder de mercado na sua area e tem-se destacado no apoio jurídico às Companhias Petrolíferas, à companhia de telecomunicações Timor-Telecom e ainda participando no desenvolvimento de alguns projectos e regulamentos para o Governo. Tivemos conhecimento de uma operação de fusão-incorporação com o segundo maior escritório de advogados em Díli, Consultadoria de Lei, liderado por Martin Breen, advogado experiente com residencia em desde Com esta fusão a jovem Sociedade afirmase em como o projecto mais maduro e de maior dimensão na area do Direito. O jornal Semanário organizou um encontro juntamente com os outros orgãos de comunicação social e entrevistou a nova equipa CRA Timor abordando vários assuntos de interesse na actividade desta jovem empresa Timorense de sucesso.

3 Semanário : Como surgiu a ideia de fusão entre os dois escritórios? MB: Estávamos executando diferentes serviços para alguns clientes comuns, a partir daí decidimos que seria interessante a fusão com a CRA Timor. A partir daí tudo aconteceu de forma rápida e natural e estou confiante que a nova equipa mais alargada será um sucesso. RMC: Tivemos um jantar de celebração com um cliente que tinha resultado de uma intervenção conjunta entre mim e o Martin Breen, foi nesse dia que o Martin me abordou com a ideia. A ideia ganhou força e passado pouco tempo já estávamos todos reunidos na CRA em Lisboa a celebrar o acto. Semanário : Qual será então a nova composição da equipa da CRA Timor? MB: Comigo virão dois novos membros da minha antiga equipa, Pedro Aparício Oliveira e Sansão Gomes. A equipa residente CRA Timor passará a ser composta por três consultores internacionais, Miguel Carreira, Tânia Nóbrega e por mim; dois advogados timorenses, Pedro Aparício e Verónica Barros; e dois estagiários Sansão Gomes e Zeca. Já nos conheciamos todos e estou confiante que formaremos uma excelente equipa. Semanário : Quais são as ligações que a firma tem a nível internacional? RMC: A firma está integrada na rede CRA Global, uma rede internacional a ser desenvolvida nos oito países de lingua portuguesa um pouco por todo o mundo. Através da CRA Global temos acesso a outra rede internacional, o Pannone Law Group (PLG) cujo actual presidente é Rui Botica, um dos sócios fundadores e principais impulsionadores de todo o projecto CRA Global. Actualmente estamos em negociações de parceria com firmas em Jakarta e Perth, a Indonesia e a Austrália, tratando-se das duas nações que mais providenciam investimento externo em, constituem dois polos naturais para a nossa actividade. Contamos também com o apoio do ex-ministro dos Negócios Estrangeiros Português e Embaixador Martins da Cruz, que tem actuado junto da CRA como Consultor para a Internacionalização do Escritório, criando pontes para mercados estratégicos como Portugal, China, Macau, Hong Kong e Estados Unidos da América. MB: Gostaria de acrescentar que continuamos a estudar o convite de adesão que nos foi endereçado pela Pacific Law Network. Semanário : A CRA Timor suporta de alguma forma a actividade de advogados timorenses? RMC: O Zeca das é já o nosso segundo estagiário, sem contar com a adesão do Sansão que está em vias de terminar os seus estudos. ZN fazia parte do nosso staff administrativo mas nós encorajámos a progressão dos seus estudos na àrea do Direito na Universidade de Díli. Estamos a suportar financeiramente o seu curso e a darlhe acompanhamento técnico nos seus estudos, actualmente ele já é um dos alunos mais prometedores do primeiro ano. MB: Sempre apoiei advogados timorenses, tenho Sansão na minha equipa e trago-o para integrar a CRA Timor. Eu dou apoio diário ao meu staff, no entanto o caso do Sansão é diferente, não conseguiu terminar o seu curso de Direito devido à crise política e à destruição resultante nas instalações da Universidade de Díli. Decidi patrocinar a continuação dos seus estudos na Indonesia, obviamente que com a fusão haverão condições para providenciar apoio a outros jovens advogados timorenses no futuro. TSN: É extremamente importante para nós o apoio aos nossos advogados timorenses, quer na realização de reuniões, no contacto permanente com os Clientes, quer na interpretação de diplomas legais complexos ou outros assuntos em geral. O treino e formação providenciados funcionam numa base diária e permanente e acaba por ser uma experiência que acaba por funcionar nos dois sentidos pois aprendemos muito com eles também. Semanário : Como é a prática do Direito em? MB: Julgo que a regulação e aprofundamento da actividade dos advogados em deve ser prosseguido com mais energia do que no passado.

4 RMC: A Associação de Advogados Timorenses tem vindo a trabalhar com o Governo e outras ONGs na criação e regulação de uma Ordem Profissional dos Advogados em. Da nossa parte mostramo-nos sempre disponíveis para ajudar a impulsionar um projecto desta natureza, tão essencial para o desenvolvimento da nossa actividade. RMC: A fusão reforçou as nossas capacidades a nível de Contencioso e Investimento Externo, sobretudo no contacto com os investidores anglosaxónicos. Como a Tânia referiu, o conhecimento e experiência transmitidos pela rede internacional permite-nos providenciar serviços não só de qualidade premium mas tambem uma capacidade de trabalho acrescida, o céu é o limite. PAO: Actualmente em ainda não está regulada a actividade dos advogados e nos tribunais a situação ainda não está consolidada. Espero que a situação melhore brevemente pois os processos em tribunal estão cada vez mais atrasados. TSN: A minha experiência em Timor- Leste ainda não me permitiu formular uma opinião solida sobre a prática de direito, mas acredito que com esforço e dedicação poderemos todos contribuir diáriamente para atingir os nossos objectivos. Semanário : Quais são as principais areas de actividade da CRA? TSN: A base do nosso trabalho tem passado pelo Oil & Gas, mas também desenvolvemos actividades na area Financeira, Laboral, Contencioso, Contratos, Terras e Propriedades, Registo de Marcas, Telecomunicações e apoio ao Investimento Externo, na verdade com o alargamento dos colaboradores o leque de serviços será alargado. É de salientar que todas estas areas são suportadas e reforçadas pelos nossos colaboradores a nível internacional. Semanário : Quais são os planos da CRA para o futuro? RMC: Vamos celebrar o nosso segundo aniversário de actividade em em Janeiro, nesse evento serão divulgadas algumas surpresas para a sociedade Timorense (é segredo...), algo que complementa os nossos deveres sociais como Instituição Timorense. Também mudaremos para instalações alargadas e com maior visibilidade no centro de Díli, na zona centro de Colmera. Como os meus colegas referem, é um país que nutre o nosso carinho e dedicação, continuaremos a dar o nosso melhor no fortalecimento e crescimento desta jovem nação. RMC Miguel Carreira Senior Legal Advisor MB Martin Breen Senior Legal Advisor TSN Tânia Nóbrega Legal Advisor PAO Pedro Aparício de Oliveira Legal Advisor Breves: O Presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, visitou no passdo dia 24 e 25 de Novembro. Durante a sua visita, a CRA teve o prazer de ser convidada para a cerimónia de entrega do edificio Uma Fukun à União Europeia para a instalação da futura representação diplomática.

5 Comentário do Dr. Rui Botica CRA Timor estabeleceu-se em Dili no início de 2006, tendo iniciado a sua actividade de assessoria jurídica empresarial após uns escassos meses de estudo profundo do sistema jurídico vigente e da cultura e vivência local. A coexistência de um regime moderno que começou a ser construído com o apoio da comunidade internacional, sendo de destacar o papel importante da cooperação de Portugal, com o regime transitório das regras implementadas pelas Nações Unidas e do regime supletivo indonésio, impôs um estudo e a necessidade de integrar no nosso escritório advogados locais. Sem o apoio da Dra. Verónica Maia Barros, fluente conhecedora do direito indonésio e com domínios de três línguas, o Português, Tétum e o Bahasa, não era possível o nosso escritório prestar, num tão curto espaço de tempo, serviços com padrão internacional. Desde o dia em que pela primeira vez visitei Dili, senti que a expansão e internacionalização do nosso escritório deveria começar por este país irmão. A ajuda e colaboração que podíamos prestar na construção de um ordenamento jurídico coerente com a história e cultura de foi um dos desafios que mais nos motivou. Também sentimos, nas diversas deslocações efectuadas a este país irmão antes do estabelecimento do nosso escritório, que a inexistência de apoio jurídico com experiência internacional era uma dificuldade à captação de investimento, nomeadamente pela ausência de especialistas nas áreas jurídicas mais especializadas como seja a energia e recursos naturais. A ordem pública estava restabelecida e o país entrava-se agora numa nova etapa da sua história, em que a captação de investimento estrangeiro era sentida como uma prioridade para o desenvolvimento da economia nacional. Neste aspecto a CRA poderia dar um forte contributo a Timor, atendendo a nossa vasta experiência da nossa sociedade na área de recursos naturais. Em Portugal, CRA trabalha há vários anos com as principais empresas nacionais e estrangeiras a operar operações mineiras, para além da nossa experiência no Brasil, Canadá e Noruega. A fusão do nosso escritório com o escritório do nosso Colega Martin Breen representa uma nova etapa no compromisso assumido com Timor- Leste, e é um primeiro passo na criação de uma sociedade de advogados timorense multi-cultural, com recursos humanos formados em Timor, na Indonésia, em Portugal, na Austrália e na Nova Zelândia. Desta forma, o nosso escritório passa a cobrir todas as culturas e línguas faladas em Timor reforçando a ligação à comunidade anglo-saxónica através do nosso colega Martin Breen. Com a fusão dos nossos escritórios, CRA Timor passa a dispor de uma equipa de 5 advogados e dois estagiários, sendo 4 deles timorenses. É ainda de salientar que para além desta equipa o nosso escritório conta ainda com o apoio do escritório de Lisboa e de todos os escritório de CRA Global, entre os quais salientamos CRA São Tomé, CRA Moçambique e a nossa forte ligação à sociedade brasileira Paulo Roberto Murray Advogados, com quem temos trabalhado na área dos recursos naturais. Junto seremos mais fortes e estaremos em condições de prestar um melhor serviço aos investidores estrangeiro s e apoiar a comunidade de advogados timorenses na formação jurídica.

6 Comentário de José Cunha das Comentário do Dr. Salim Omar A CRA Timor tem vindo a desempenhar um trabalho excepcional em. Nós somos solicitados por inumeros Ministérios, ONGs, Departamentos Oficiais bem como por uma grande quantidade de empresas privadas creditadas no Mercado de Timor- Leste. A nossa equipa trabalha diariamente para superar todos os obstáculos e para o fazer, trabalhamos com determinação e apoiamo-nos constantemente uns nos outros. Formamos uma equipa extremamente unida e com imenso espirito. Os advogados que compõem a nossa equipa têm muita experiência em várias areas legais o que me permite uma aprendizagem diária. Actualmente estou a frequentar o curso de Direito na Universidade de Dili, a CRA Timor, por confiar no meu trabalho e investir constantemente na sociedade timorense, patrocina todo o meu curso, para mim este era um sonho que agora se torna real. Ao longo do meu percurso na CRA Timor, sou testemunha que a nossa empresa desde o inicio investe na formação de advogados Timorenses. O seu objectivo é incorporar mais advogados Timorenses com o passar do tempo. Para mim trabalhar na CRA Timor é um desafio diário que abraço com gosto para um dia conseguir ser um grande advogado. A fusão do nosso escritório com a equipa do escritório do nosso Colega Australiano Martin Breen vem no seguimento do que sempre acreditei ser o potencial de na expansão e internacionalização de CRA. No início de 2006 assumimos o compromisso de ajudar a promover e captar investimento estrangeiro, com o objectivo de fazer crescer a economia da mais jovem democracia do mundo. Nessa altura, de maiores dificuldades e incertezas para alguns que não nós não tivemos medo em avançar com o investimento e em desenvolver o nosso projecto de assessoria jurídica local aos investidores estrangeiros. Hoje, passados quase dois anos, é com agrado que vimos outros colegas a instalarem-se em Dili para os mesmos efeitos. De qualquer forma, a história da advocacia internacional em registará nas suas primeiras linhas que fomos os primeiros a iniciar actividade e a marcar o ritmo de desenvolvimento da consultoria jurídica em Timor- Leste. CRA Timor é uma empresa necessária para o desenvolvimento de e tal como o país, também ela necessita de crescer. É com optimismo e dentro de um espírito pró-activo que vamos abraçar os novos desafios que temos pela frente. Para tal, nada melhor que dispor de uma equipa completa, determinada e unida. Estou certo que o sucesso nos irá acompanhar. Parabéns CRA Timor!

7 Dr. Rui Botica é o novo do Pannone Law Group (PLG) A CRA Timor congratula o nosso Senior Partner e fundador, Dr. Rui Botica pela sua recente eleição como Presidente do Comité Executivo do prestigiado Pannone Law Group (PLG). Fundado em Novembro de 1988 por advogados da Grã-Bretanha, Belgica, França, Espanha e Itália, o PLG foi o primeiro grupo jurídico internacional a tomar a forma de Grupo de Interesse Económico Europeu (EEIG). Desde 1988 o Grupo PLG tem-se expandido gradualmente contendo actualmente escritórios na maioria dos países europeus, com escritórios associados em outras partes do globo, junta mais de 900 advogados e notários. Os membros do PLG funcionam como entidades autónomas cada um exercendo a sua actividade localmente. O Comité Executivo reune três vezes por ano para considerar acções de desenvolvimento e assuntos operacionais. Os parceiros e advogados do PLG são experienciados em fornecer aconselhamento a clientes envolvidos em transacções internacionais. Com especial incidência na necessidade de ligar não só as dicotomias legais e linguísticas, mas também as diferenças culturais entre as partes que negoceiam, razão pela qual os clientes recorrem com frequencia a membros do PLG para acompanhar negociações internacionais logo desde o seu início. Os advogados da PLG são proficientes em vários idiomas permitindo ao cliente conduzir as suas actividades longe do seu país na sua própria língua. A ligação do projecto CRA Global com o grupo PLG providencia ao Investidores Estrangeiros em Timor- Leste acesso a uma rede global de Escritórios Jurídicos que assegura a ponte entre culturas e conhecimento local em todos os continentes do globo. Para mais informações sobre a PLG visite

8 Oil & Energy - Timor adere à EITI Passaram 5 anos desde que Tony Blair anunciou a Iniciativa de Transparência nas Industrias de Extracção (EITI) na Cimeira Mundial para o Desenvolvimento Sustentável em Joanesburgo. O projecto foi criado para fortalecer a governação através do melhoramento da transparência e gestão no Sector de Extracção dos seus Membros. Acredita-se que este é o caminho adequado para o crescimento económico e redução da pobreza, substituindo a corrupção, conflitos e pobreza que possam emanar de uma governação deficiente em países ricos em recursos naturais. Actualmente sediada em Oslo, na Noruega, a EITI é uma coligação composta por governos, companhias, grupos da sociedade civil, investidores e organizações internacionais. Todos têm representação na sua administração, presidida pelo seu fundador e Presidente do Comité Consultivo da Transparency International, Peter Eigen. concorreu, juntamente com oito nações, para estatuto de Candidato no processo de adesão à EITI. Para atingir esse estatuto, o governo da nação concorrente deverá divulgar uma Declaração Pública de Intenção, contendo o compromisso de cooperar com a sociedade civil e entes económicos, nomear um responsável idóneo para liderar o projecto, e publicar um plano faseado de trabalhos integralmentefinanciado e acordado com os outros intervenientes económicos. O plano faseado para a candidatura de foi iniciado em 2003 e será concluído em meados de 2009 Desde a sua criação, nenhum dos 15 países que já atingiram estatuto de Candidato conseguiram preencher os critérios que determinam o estatuto de Conforme. A EITI informou contudo que muitos dos processos já se encontram num estágio avançado de maturidade e aproximam-se da sua concretização. Estes critérios assentam na preparação, revelação e divulgação de informação em todas as receitas materiais, recebidas pelo Governo, do seu sector de Petroleo, Gas e Minério com o envolvimento absoluto dos outros intervenientes económicos envolvidos. Na ultima reunião da EITI, o Ministro Norueguês dos Negócios Estrangeiros fez a Declaração Pública de Intenção, revelando que o Governo Norueguês vai aderir à Iniciativa. Este é um marco na história da EIPI que quebra a ideia de que esta iniciativa tinha sido criada apenas para países subdesenvolvidos ou em vias de desenvolvimento. Através de um forte compromisso com as melhores práticas éticas e ambientais, bem como os standards internacionais mais elevados, o Mercado Internacional Petrolífero poderá autoregular-se em nome da transparência e justiça em todas as suas transações. Fontes: TSDA - EITI - OPEC - Breves: O Presidente da RDTL, Dr. Ramos Horta, visitou Portugal nos dias 16 e 17 de Novembro, onde se encontrou com várias personalidades locais. O Dr. Rui Botica e o Embaixador Martins da Cruz tiveram o prazer de se encontrar com o Sr. Presidente e abordar os assuntos correntes de.

9 Importância do sector laboral em O crescimento e desenvolvimento da Republica Democrática de Timor- Leste passa pela constante aposta na formação e regulação laboral dos seus trabalhadores. O regime laboral em é de inspiração continental, regulando e limitanto a liberdade do empregador na forma como gere o seu staff. Esta diferença no estilo de contratação laboral é potenciadora de erros ou confusões que resultam muitas vezes em despesas desnecessárias e evitáveis. No âmbito da regulamentação do Código do Trabalho importará salientar alguns aspectos específicos que assumem potencial relevância para a generalidade das empresas previstos legalmente e que deverão ser cumpridos. O Regulamento da UNTATET nº 2002/5, de 1 de Maio de 2002, regulamenta presentemente no seu artigo 10º os tipos de contrato laborais possíveis, nomeadamente, contrato para tarefa especifica, contrato para emprego ocasional e contrato por perido de tempo não especificado; as condições e garantias da prestação de trabalho encontram-se regulamentadas no artigo 13º do mesmo diploma legal; encontram-se igualmente regulados os períodos de horário de trabalho, reforçando a necessidade por parte das empresas de implementar todo um conjunto de regras, nomeadamente, com a criação de um Regulamento Interno e Disciplinar de forma a salvaguardar o cumprimento da execução prevista contratualmente bem como as condições do trabalhador vinculado a esse contrato. Alguns dos muitos aspectos a ter em consideração, sancionados pelo Regulamento nº 2002/5 em caso de incumprimento, reportam-se, entre outros, a matéria de condições de trabalho (artigo 13º), protecção da maternidade e benefícios de assistência médica e medicamentosa que se reporta o artigo 11º; protecção do salário, o direito a gozo de férias; as modalidades e procedimentos de rescisão de contratos laborais; situações de doença invocadas pelos trabalhadores. A importância de uma regulação laboral já prevista legalmente tem por objectivo o crescimento económico e empresarial, bem como pessoal de cada trabalhador, sendo esta a meta a atingir, é de fulcral importância para as empresas respeitar a legislação em vigor quanto á situação laboral de cada trabalhador em. A CRA Timor incentiva todos os seus clientes a agirem preventivamente, evitando problemas e sanções das Entidades Reguladoras do Estado e conservando o bom-nome da sua empresa ou negócio. Breves: A Timor Telecom celebrou o seu 5º Aniversário no passado dia 17 de Outubro, a CRA aproveitou para endereçar ao seu CEO, Engº José Brandão de Sousa, felicitações pelo trabalho desenvolvido em Timor- Leste.

10 Contacto Morada: Avenida dos Direitos Humanos, Lecidere Office Center 101 to 103, Lecidere, Dili, Telem.: (+670) Telef. : (+670) Fax: (+670) Website: The material set out herein is for information purposes only and does not constitute legal or professional advice. No responsibility will be accepted for loss occasioned directly or indirectly as a result of acting, or refraining from acting, wholly or partially in reliance upon information contained herein.

Newsletter Nº. 6. Março 2008. Política Energética Uma Política Verde?

Newsletter Nº. 6. Março 2008. Política Energética Uma Política Verde? A chamada Política Verde é actualmente um conceito vincado na conjuntura negocial e política. A ideia ambiente posiciona-se num espaço até agora dominado por uma orientação exclusiva para o lucro, alterando

Leia mais

CRA Timor Companhia de Representação e Advocacia CRA Portugal CRA Timor CRA Timor CRA Portugal. CRA Timor CRA Timor CRA Timor

CRA Timor Companhia de Representação e Advocacia CRA Portugal CRA Timor CRA Timor CRA Portugal. CRA Timor CRA Timor CRA Timor A CRA Timor Companhia de Representação e Advocacia, escritório de advogados pioneiro na República Democrática de Timor-Leste, foi fundada em Janeiro de 2006 pelos sócios da CRA Portugal, um prestigiado

Leia mais

Timor-Leste Crise Económica?

Timor-Leste Crise Económica? Timor-Leste Crise Económica? Numa conjuntura em que os mercados económicos internacionais atravessam uma crise financeira profunda qual é o estado actual da economia timorense e do seu crescimento económico

Leia mais

Our innovative solutions wherever you need us. ABREU ADVOGADOS FERREIRA ROCHA & ASSOCIADOS Em parceria: Portugal Moçambique. Consolidar o Futuro

Our innovative solutions wherever you need us. ABREU ADVOGADOS FERREIRA ROCHA & ASSOCIADOS Em parceria: Portugal Moçambique. Consolidar o Futuro Our innovative solutions wherever you need us. ABREU ADVOGADOS FERREIRA ROCHA & ASSOCIADOS Em parceria: Portugal Moçambique Consolidar o Futuro Abreu Advogados Ferreira Rocha & Associados 2012 PORTUGAL

Leia mais

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP ****

INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** INTERVENÇÃO Dr. José Vital Morgado Administrador Executivo da AICEP **** Gostaria de começar por agradecer o amável convite da CIP para participarmos nesta conferência sobre um tema determinante para o

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES 2014

PLANO DE ACTIVIDADES 2014 PLANO DE ACTIVIDADES 2014 A - INTRODUÇÃO O ano de 2013 que agora termina, foi decisivo para a continuidade da Fundação do Desporto. O Governo, através do Sr. Ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares,

Leia mais

Brochura GrowUpServices

Brochura GrowUpServices Brochura GrowUpServices 1. O QUE FAZEMOS 1. Quem Somos 03-12-2015 3 1. Quem Somos A GROWUPSERVICES é uma marca da GROWUPIDEAS e que actua na área da consultoria de negócios. Entre os seus sócios acumulam-se

Leia mais

ABREU INTERNATIONAL LEGAL SOLUTIONS. OUR INNOVATIVE SOLUTIONS WHEREVER YOU NEED US. our innovative solutions wherever you need us.

ABREU INTERNATIONAL LEGAL SOLUTIONS. OUR INNOVATIVE SOLUTIONS WHEREVER YOU NEED US. our innovative solutions wherever you need us. ABREU INTERNATIONAL LEGAL SOLUTIONS OUR INNOVATIVE SOLUTIONS WHEREVER YOU NEED US. our innovative solutions wherever you need us. Constituída em 1993 a AB é uma das maiores Sociedades de Advogados portuguesas

Leia mais

João Mata Moçambique

João Mata Moçambique 2 Apresentação João Mata Moçambique Corretores e Consultores Seguros Lda, é um novo projecto profissional que se afirma na actividade seguradora Moçambicana, associando a experiência e especialização da

Leia mais

. Reação e Antecipação. Espírito de Equipa e Estabilidade. Consistência e Coerência das Prestações oferecidas

. Reação e Antecipação. Espírito de Equipa e Estabilidade. Consistência e Coerência das Prestações oferecidas 2 Apresentação JOÃO MATA, Angola - Corretores e Consultores de Seguros, é um novo projeto profissional que se afirma na atividade seguradora Angolana, associando a experiência e especialização da sua casa

Leia mais

DECLARAÇÃO À IMPRENSA

DECLARAÇÃO À IMPRENSA DECLARAÇÃO À IMPRENSA SR. PRESIDENTE, hoje, na qualidade de Primeiro- Ministro de Timor- Leste, faço a minha primeira visita oficial à Indonésia a convite de V. Exa. Pak Joko Widodo Jokowi, o Presidente

Leia mais

Neves & Freitas Consultores, Lda.

Neves & Freitas Consultores, Lda. A gerência: Cristian Paiva Índice 1. Introdução... 3 2. Apresentação... 4 2.2 Missão:... 4 2.3 Segmento Alvo... 4 2.4 Objectivos... 5 2.5 Parceiros... 5 2.6 Organização... 5 3. Organigrama da empresa...

Leia mais

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos Os Desafios da Fileira da Construção As Oportunidades nos Mercados Externos Agradeço o convite que me foi dirigido para participar neste Seminário e felicito a AIP pela iniciativa e pelo tema escolhido.

Leia mais

V Reunião de Ministros do Turismo da CPLP

V Reunião de Ministros do Turismo da CPLP V Reunião de Ministros do Turismo da CPLP Intervenção do Secretário Executivo da CPLP Senhor Presidente, Senhores Ministros, Senhor Secretário de Estado do Turismo, Senhores Embaixadores Senhores Representantes

Leia mais

Our innovative solutions wherever you need us. ABREU ADVOGADOS BRAZILIAN DESK. Estabelecendo pontes para o futuro Portugal Brasil

Our innovative solutions wherever you need us. ABREU ADVOGADOS BRAZILIAN DESK. Estabelecendo pontes para o futuro Portugal Brasil Our innovative solutions wherever you need us. ABREU ADVOGADOS BRAZILIAN DESK Estabelecendo pontes para o futuro Portugal Brasil Abreu Advogados Brazilian Desk 2015 ABREU ADVOGADOS Quem Somos A Abreu Advogados

Leia mais

-AUDITORIA- PROTECÇÃO DE DADOS PESSOAIS. A sua protecção, com os melhores especialistas.

-AUDITORIA- PROTECÇÃO DE DADOS PESSOAIS. A sua protecção, com os melhores especialistas. -AUDITORIA- PROTECÇÃO DE DADOS PESSOAIS A sua protecção, com os melhores especialistas. Porquê a auditoria ao tratamento de dados pessoais? A regulamentação do tratamento de dados pessoais é uma área complexa

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de Dezembro de 2003

Rio de Janeiro, 5 de Dezembro de 2003 Intervenção de Sua Excelência a Ministra da Ciência e do Ensino Superior, na II Reunião Ministerial da Ciência e Tecnologia da CPLP Comunidade dos Países de Língua Portuguesa Rio de Janeiro, 5 de Dezembro

Leia mais

MINISTÉRIO DOS NEGóCIOS ESTRANGEIROS DIRECÇÃO GERAL DOS ASSUNTOS MULTILATERAIS Direcção de Serviços das Organizações Económicas Internacionais

MINISTÉRIO DOS NEGóCIOS ESTRANGEIROS DIRECÇÃO GERAL DOS ASSUNTOS MULTILATERAIS Direcção de Serviços das Organizações Económicas Internacionais MINISTÉRIO DOS NEGóCIOS ESTRANGEIROS DIRECÇÃO GERAL DOS ASSUNTOS MULTILATERAIS Direcção de Serviços das Organizações Económicas Internacionais Intervenção de SEXA o Secretário de Estado Adjunto do Ministro

Leia mais

ACEF/1314/21732 Relatório final da CAE

ACEF/1314/21732 Relatório final da CAE ACEF/1314/21732 Relatório final da CAE Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de Ensino Superior / Entidade Instituidora: Universidade De Lisboa A.1.a. Outras Instituições

Leia mais

UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS

UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS Presente em mais de 80 países e com mais de 280 escritórios em todos os Continentes, a MGI é uma das maiores

Leia mais

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO::

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO:: ::ENQUADRAMENTO:: :: ENQUADRAMENTO :: O actual ambiente de negócios caracteriza-se por rápidas mudanças que envolvem a esfera politica, económica, social e cultural das sociedades. A capacidade de se adaptar

Leia mais

A Presidência de Timor-Leste da CPLP: uma Visão para o Futuro. Centro de Convenções de Díli

A Presidência de Timor-Leste da CPLP: uma Visão para o Futuro. Centro de Convenções de Díli ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO MINISTRO DA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE, KAY RALA XANANA GUSMÃO, POR OCASIÃO DO SEMINÁRIO GLOBALIZAÇÃO ECONÓMICA CA E OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO:

Leia mais

Declaração conjunta dos governos da República Portuguesa e da República Popular da China sobre o reforço das relações bilaterais

Declaração conjunta dos governos da República Portuguesa e da República Popular da China sobre o reforço das relações bilaterais Declaração conjunta dos governos da República Portuguesa e da República Popular da China sobre o reforço das relações bilaterais A convite de Sua Excelência o Primeiro- -Ministro da República Portuguesa,

Leia mais

O Ministério da Justiça da República Portuguesa e o Ministério da Justiça da República democrática de Timor - Leste:

O Ministério da Justiça da República Portuguesa e o Ministério da Justiça da República democrática de Timor - Leste: Protocolo de Cooperação Relativo ao Desenvolvimento do Centro de Formação do Ministério da Justiça de Timor-Leste entre os Ministérios da Justiça da República Democrática de Timor-Leste e da República

Leia mais

I REUNIÃO DE MINISTROS DA ENERGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Cascais, 23 de junho de 2015. Declaração de Cascais

I REUNIÃO DE MINISTROS DA ENERGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Cascais, 23 de junho de 2015. Declaração de Cascais I REUNIÃO DE MINISTROS DA ENERGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Cascais, 23 de junho de 2015 Declaração de Cascais Os Ministros responsáveis pela Energia da Comunidade dos Países de Língua

Leia mais

Diagnóstico de Competências para a Exportação

Diagnóstico de Competências para a Exportação Diagnóstico de Competências para a Exportação em Pequenas e Médias Empresas (PME) Guia de Utilização DIRECÇÃO DE ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL Departamento de Promoção de Competências Empresariais Índice ENQUADRAMENTO...

Leia mais

INVESTIR EM PORTUGAL

INVESTIR EM PORTUGAL INVESTIR EM PORTUGAL 投 资 与 移 民 门 道 是 专 门 提 供 投 资 与 移 民 服 务 的 独 立 咨 询 机 构 我 们 的 多 学 科 团 队 精 心 研 究, 旨 在 为 客 户 提 供 最 佳 的 商 业 战 略 和 国 际 投 资 方 案 INVESTIMENTO E EMIGRAÇÃO A GATEWAY É UMA CONSULTORA INDEPENDENTE,

Leia mais

PROPOSTA DE LEI N.º 101/IX CRIA O SISTEMA INTEGRADO DE AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Exposição de motivos

PROPOSTA DE LEI N.º 101/IX CRIA O SISTEMA INTEGRADO DE AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Exposição de motivos PROPOSTA DE LEI N.º 101/IX CRIA O SISTEMA INTEGRADO DE AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Exposição de motivos Tendo em consideração que a Administração Pública tem como objectivo fundamental

Leia mais

ACEF/1112/03877 Relatório preliminar da CAE

ACEF/1112/03877 Relatório preliminar da CAE ACEF/1112/03877 Relatório preliminar da CAE Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Universidade Da Beira Interior A.1.a. Identificação

Leia mais

Junta-te a nós. O estágio na Macedo Vitorino & Associados

Junta-te a nós. O estágio na Macedo Vitorino & Associados Junta-te a nós O estágio na Macedo Vitorino & Associados Quem somos A Macedo Vitorino & Associados foi constituída em 1996, concentrando a sua actividade na assessoria a clientes nacionais e estrangeiros

Leia mais

CRA Timor Companhia de Representação e Advocacia CRA Portugal CRA Timor CRA Timor CRA Portugal. CRA Timor CRA Timor CRA Timor

CRA Timor Companhia de Representação e Advocacia CRA Portugal CRA Timor CRA Timor CRA Portugal. CRA Timor CRA Timor CRA Timor A CRA Timor Companhia de Representação e Advocacia, escritório de advogados pioneiro na República Democrática de Timor-Leste, foi fundada em Janeiro de 2006 pelos sócios da CRA Portugal, um prestigiado

Leia mais

NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE

NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE A LINK THINK AVANÇA COM PROGRAMA DE FORMAÇÃO PROFISSONAL PARA 2012 A LINK THINK,

Leia mais

Acelerar a resolução de litígios entre empresas e chamar arbitragens internacionais a Portugal são dois propósitos do novo quadro legal

Acelerar a resolução de litígios entre empresas e chamar arbitragens internacionais a Portugal são dois propósitos do novo quadro legal RESOLUÇÃO ALTERNATIVA DE LITÍGIOS Arbitragem voluntária tem nova lei a boleia da troika Acelerar a resolução de litígios entre empresas e chamar arbitragens internacionais a Portugal são dois propósitos

Leia mais

Lei de Bases da Economia Social

Lei de Bases da Economia Social Projecto de Lei nº 68/XII Lei de Bases da Economia Social A Economia Social tem raízes profundas e seculares na sociedade portuguesa. Entidades como as misericórdias, as cooperativas, as associações mutualistas,

Leia mais

Estatutos da. Comunidade dos Países de Língua Portuguesa

Estatutos da. Comunidade dos Países de Língua Portuguesa Estatutos da (com revisões de São Tomé/2001, Brasília/2002, Luanda/2005 e Bissau/2006) Artigo 1º (Denominação) A, doravante designada por CPLP, é o foro multilateral privilegiado para o aprofundamento

Leia mais

CARTA EUROPEIA DO DESPORTO

CARTA EUROPEIA DO DESPORTO CARTA EUROPEIA DO DESPORTO Objectivo da Carta... 3 Definição e âmbito de aplicação da Carta... 3 O movimento desportivo... 4 Instalações e actividades... 4 Lançar as bases... 4 Desenvolver a participação...

Leia mais

DIÁLOGO NACIONAL SOBRE EMPREGO EM MOÇAMBIQUE

DIÁLOGO NACIONAL SOBRE EMPREGO EM MOÇAMBIQUE DIÁLOGO NACIONAL SOBRE EMPREGO EM MOÇAMBIQUE CRIAÇÃO DE EMPREGO NUM NOVO CONTEXTO ECONÓMICO 27-28 demarço de 2014, Maputo, Moçambique A conferência de dois dias dedicada ao tema Diálogo Nacional Sobre

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 TAX & LEGAL Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores perfis qualificados,

Leia mais

Criamos. valor à sua empresa

Criamos. valor à sua empresa Criamos valor à sua empresa ORGANIZAÇÃO Somos o que fazemos repetidamente. Então, a excelência não é um acto isolado, mas sim um hábito. Aristóteles Compromisso A FISCOSEGUR é uma organização que presta

Leia mais

O CONTROLO DA QUALIDADE NAS FIRMAS DE AUDITORIA NO ACTUAL CONTEXTO ECONÓMICO E SITUAÇÃO DA PROFISSÃO

O CONTROLO DA QUALIDADE NAS FIRMAS DE AUDITORIA NO ACTUAL CONTEXTO ECONÓMICO E SITUAÇÃO DA PROFISSÃO 10 O CONTROLO DA QUALIDADE NAS FIRMAS DE AUDITORIA NO ACTUAL CONTEXTO ECONÓMICO E SITUAÇÃO DA PROFISSÃO António Gonçalves REVISOR OFICIAL DE CONTAS 1. Introdução O presente artigo procura reflectir o entendimento

Leia mais

ACEF/1112/02397 Relatório preliminar da CAE

ACEF/1112/02397 Relatório preliminar da CAE ACEF/1112/02397 Relatório preliminar da CAE Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Universidade Do Minho A.1.a. Identificação

Leia mais

SOUSA GALITO, Maria (2010). Entrevista ao Embaixador Miguel Costa Mkaima. CI-CPRI, E T-CPLP, º8, pp. 1-6.

SOUSA GALITO, Maria (2010). Entrevista ao Embaixador Miguel Costa Mkaima. CI-CPRI, E T-CPLP, º8, pp. 1-6. SOUSA GALITO, Maria (2010). Entrevista ao Embaixador Miguel Costa Mkaima. CI-CPRI, E T-CPLP, º8, pp. 1-6. E T-CPLP: Entrevistas sobre a CPLP CI-CPRI Entrevistado: Embaixador Miguel Costa Mkaima Entrevistador:

Leia mais

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:213931-2013:text:pt:html

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:213931-2013:text:pt:html 1/6 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:213931-2013:text:pt:html B-Bruxelas: Serviços de apoio à promoção de talento Web na Europa através do incentivo à utilização

Leia mais

ANÚNCIO DE VAGA SECERTÁRIO DA COMISSÃO DA UNIÃO AFRICANA PARA O DIREITO INTERNACIONAL -10000517

ANÚNCIO DE VAGA SECERTÁRIO DA COMISSÃO DA UNIÃO AFRICANA PARA O DIREITO INTERNACIONAL -10000517 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis-Abeba (ETHIOPIE) P. O. Box 3243 Téléphone (251-11) 5517 700 Fax : 551 78 44 Website : www.au.int ANÚNCIO DE VAGA SECERTÁRIO DA COMISSÃO DA UNIÃO AFRICANA

Leia mais

DISCURSO DE SUA EXCELÊNCIA MINISTRO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO-PROFISSIONAL

DISCURSO DE SUA EXCELÊNCIA MINISTRO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO-PROFISSIONAL República de Moçambique Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico-Profissional (MCTESTP) DISCURSO DE SUA EXCELÊNCIA MINISTRO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO-PROFISSIONAL

Leia mais

Estatutos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa

Estatutos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa Estatutos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (com revisões de São Tomé/2001, Brasília/2002, Luanda/2005, Bissau/2006 e Lisboa/2007) Artigo 1º (Denominação) A Comunidade dos Países de Língua

Leia mais

Gestores mundiais mais confiantes na recuperação económica

Gestores mundiais mais confiantes na recuperação económica 27 de Janeiro, 2010 13ª edição Anual do CEO Survey da PricewaterhouseCoopers em Davos Gestores mundiais mais confiantes na recuperação económica Cerca de 40% dos CEOs prevê aumentar o número de colaboradores

Leia mais

SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VENTURE CAPITAL IT 2006

SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VENTURE CAPITAL IT 2006 SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VENTURE CAPITAL IT 2006 Jaime Andrez Presidente do CD do IAPMEI 10 de Maio de 2006 Minhas Senhoras e meus Senhores, 1. Em nome do Senhor Secretário de Estado Adjunto, da Indústria

Leia mais

Excelência Senhor presidente da COP 19 Excelências distintos chefes de delegações aqui presentes Minhas senhoras e meus senhores (1)

Excelência Senhor presidente da COP 19 Excelências distintos chefes de delegações aqui presentes Minhas senhoras e meus senhores (1) Excelência Senhor presidente da COP 19 Excelências distintos chefes de delegações aqui presentes Minhas senhoras e meus senhores (1) Permitam que em nome do Governo de Angola e de Sua Excelência Presidente

Leia mais

Código de Ética e de Conduta

Código de Ética e de Conduta visa dar a conhecer de forma inequívoca aos colaboradores, clientes, entidades públicas, fornecedores e, de uma forma geral, a toda a comunidade os valores preconizados, vividos e exigidos pela empresa,

Leia mais

A sustentabilidade da economia requer em grande medida, a criação duma. capacidade própria de produção e fornecimento de bens e equipamentos,

A sustentabilidade da economia requer em grande medida, a criação duma. capacidade própria de produção e fornecimento de bens e equipamentos, REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE -------- MINISTÉRIO DA ENERGIA GABINETE DO MINISTRO INTERVENÇÃO DE S.EXA SALVADOR NAMBURETE, MINISTRO DA ENERGIA, POR OCASIÃO DA INAUGURAÇÃO DA FÁBRICA DE CONTADORES DA ELECTRO-SUL

Leia mais

NewVision Enquadramento do projecto de Qualificação e Internacionalização de PME

NewVision Enquadramento do projecto de Qualificação e Internacionalização de PME NewVision Enquadramento do projecto de Qualificação e Internacionalização de PME 15.06.2010 Institucional \ Breve Introdução A NEWVISION é uma empresa Portuguesa de base tecnológica, que tem como objectivo

Leia mais

Relatório de Responsabilidade Social da SOLFUT

Relatório de Responsabilidade Social da SOLFUT 1 Janeiro de 2014 a 31 de Dezembro de 2014 Construir um mundo melhor começa num Sonho. Quem sonha, partilha o sonho e envolve os outros para agirem. E como diz o poeta a obra nasce! 2 Índice 1. Introdução

Leia mais

CARTA EUROPEIA DO DESPORTO INTRODUÇÃO

CARTA EUROPEIA DO DESPORTO INTRODUÇÃO CARTA EUROPEIA DO DESPORTO INTRODUÇÃO A Carta Europeia do Desporto do Conselho da Europa é uma declaração de intenção aceite pelos Ministros europeus responsáveis pelo Desporto. A Carta Europeia do Desporto

Leia mais

CÓDIGO DA ÉTICA DESPORTIVA INTRODUÇÃO

CÓDIGO DA ÉTICA DESPORTIVA INTRODUÇÃO CÓDIGO DA ÉTICA DESPORTIVA INTRODUÇÃO O Código da Ética no Desporto do Conselho da Europa para o Fair play no desporto é uma declaração de intenção aceite pelos Ministros europeus responsáveis pelo Desporto.

Leia mais

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Sumário País Portugal Sector Saúde Perfil do Cliente O Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho envolve

Leia mais

EUNEDS INTRODUÇÃO FINALIDADE E OBJECTIVOS

EUNEDS INTRODUÇÃO FINALIDADE E OBJECTIVOS EUNEDS INTRODUÇÃO O mandato para desenvolver uma Estratégia para a Educação para o Desenvolvimento Sustentável (EDS) decorre da declaração apresentada pelos ministros do ambiente da CEE/ONU na 5ª Conferência

Leia mais

ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO KAY RALA XANANA GUSMÃO POR OCASIÃO DA INAUGURAÇÃO DA MATERNIDADE-ESCOLA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO KAY RALA XANANA GUSMÃO POR OCASIÃO DA INAUGURAÇÃO DA MATERNIDADE-ESCOLA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GABINETE DO PRIMEIRO-MINISTRO ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO KAY RALA XANANA GUSMÃO POR OCASIÃO DA INAUGURAÇÃO DA MATERNIDADE-ESCOLA DE NOSSA SENHORA

Leia mais

Estratégia de parceria global da IBIS 2012. Estratégia de parceria global da IBIS

Estratégia de parceria global da IBIS 2012. Estratégia de parceria global da IBIS Estratégia de parceria global da IBIS Aprovada pelo conselho da IBIS, Agosto de 2008 1 Introdução A Visão da IBIS 2012 realça a importância de estabelecer parcerias com diferentes tipos de organizações

Leia mais

Candidatura a Presidente da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique. Programa de Acção. Luis Filipe Baptista

Candidatura a Presidente da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique. Programa de Acção. Luis Filipe Baptista Candidatura a Presidente da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique Programa de Acção Luis Filipe Baptista ENIDH, Setembro de 2013 Motivações para esta candidatura A sociedade actual está a mudar muito

Leia mais

CONCLUSÕES DA REUNIÃO EMPRESARIAL PORTUGAL - ESPANHA. 22 de junho de 2015

CONCLUSÕES DA REUNIÃO EMPRESARIAL PORTUGAL - ESPANHA. 22 de junho de 2015 CONCLUSÕES DA REUNIÃO EMPRESARIAL PORTUGAL - ESPANHA UMA UNIÃO EUROPEIA MAIS FORTE 22 de junho de 2015 A União Europeia deve contar com um quadro institucional estável e eficaz que lhe permita concentrar-se

Leia mais

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO DR

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO DR INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO DR. RUI MARIA DE ARAÚJO POR OCASIÃO DA XIII REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DOS MINISTROS DO TRABALHO E DOS ASSUNTOS SOCIAIS DA CPLP A extensão da Protecção Social

Leia mais

Exemplos de Boas Práticas de RSE

Exemplos de Boas Práticas de RSE Exemplos de Boas Práticas de RSE 7.4. Pritchard Englefield Filme sobre a RSE na comunidade Resumo A empresa Pritchard Englefield foi fundada em 1848. Está sediada na City de Londres (Grã-Bretanha). A Pritchard

Leia mais

Fórum Jurídico. Julho 2014 Contencioso INSTITUTO DO CONHECIMENTO AB. www.abreuadvogados.com 1/5

Fórum Jurídico. Julho 2014 Contencioso INSTITUTO DO CONHECIMENTO AB. www.abreuadvogados.com 1/5 Julho 2014 Contencioso A Livraria Almedina e o Instituto do Conhecimento da Abreu Advogados celebraram em 2012 um protocolo de colaboração para as áreas editorial e de formação. Esta cooperação visa a

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2008

PLANO DE ACÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2008 PLANO DE ACÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2008 O ano de 2008 é marcado, em termos internacionais, pela comemoração dos vinte anos do Movimento Internacional de Cidades Saudáveis. Esta efeméride terá lugar em Zagreb,

Leia mais

Quarto Estudo de Follow up dos Diplomados

Quarto Estudo de Follow up dos Diplomados Cursos de Formação em Alternância na Banca Quarto Estudo de Follow up dos Diplomados Relatório Cursos terminados entre 2006 e 2009 Projecto realizado em parceria e financiado pelo Instituto de Emprego

Leia mais

It is better to fail in originality than to succeed in imitation. Herman Melville (1819-1891)

It is better to fail in originality than to succeed in imitation. Herman Melville (1819-1891) It is better to fail in originality than to succeed in imitation. Herman Melville (1819-1891) Imaginação Imagine uma equipa de especialistas que partilha a sua paixão por aquilo que faz, que compreende

Leia mais

Agradeço muito o convite que me foi endereçado para encerrar este XI Congresso da Ordem dos Revisores Oficias de Contas.

Agradeço muito o convite que me foi endereçado para encerrar este XI Congresso da Ordem dos Revisores Oficias de Contas. Senhor Bastonário da Ordem dos Revisores Oficiais de Contas, Dr. José Azevedo Rodrigues; Senhor Vice-Presidente do Conselho Diretivo da Ordem dos Revisores Oficiais de Contas e Presidente da Comissão Organizadora

Leia mais

Programa de Acção da Candidatura a Presidente

Programa de Acção da Candidatura a Presidente Programa de Acção da Candidatura a Presidente do Instituto Politécnico de Beja de Manuel Alberto Ramos Maçães 1 Índice I. O Porquê da Candidatura II. III. IV. Intenção Estratégica: Visão, Envolvimento

Leia mais

POLÍTICAS DE COMPETITIVIDADE PARA O SECTOR AGRO-ALIMENTAR

POLÍTICAS DE COMPETITIVIDADE PARA O SECTOR AGRO-ALIMENTAR POLÍTICAS DE COMPETITIVIDADE PARA O SECTOR AGRO-ALIMENTAR Prioridades Estratégicas Indústria Portuguesa Agro-Alimentar Federação das Indústrias Portuguesas Agro-Alimentares XI LEGISLATURA 2009-2013 XVIII

Leia mais

Our innovative solutions wherever you need us. ABREU ADVOGADOS C&C ADVOGADOS Em Parceria: Portugal China (Macau) Parceria de oportunidades

Our innovative solutions wherever you need us. ABREU ADVOGADOS C&C ADVOGADOS Em Parceria: Portugal China (Macau) Parceria de oportunidades Our innovative solutions wherever you need us. ABREU ADVOGADOS C&C ADVOGADOS Em Parceria: Portugal China (Macau) Parceria de oportunidades Abreu Advogados C&C Advogados 2015 PORTUGAL CHINA Abreu Advogados

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 SECRETARIAL & MANAGEMENT SUPPORT Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores

Leia mais

22.1.2010 Jornal Oficial da União Europeia L 17/43

22.1.2010 Jornal Oficial da União Europeia L 17/43 22.1.2010 Jornal Oficial da União Europeia L 17/43 IV (Actos adoptados, antes de 1 de Dezembro de 2009, em aplicação do Tratado CE, do Tratado da UE e do Tratado Euratom) DECISÃO DO CONSELHO de 27 de Novembro

Leia mais

Comemoração dos 30 Anos APAF Análise Financeira: alicerce do mercado de capitais e do crescimento económico Intervenção de boas vindas

Comemoração dos 30 Anos APAF Análise Financeira: alicerce do mercado de capitais e do crescimento económico Intervenção de boas vindas Comemoração dos 30 Anos APAF Análise Financeira: alicerce do mercado de capitais e do crescimento económico Intervenção de boas vindas Exm.ªs Senhoras, Exm.ºs Senhores É com prazer que, em meu nome e em

Leia mais

O Relatório da OCDE: A avaliação do sistema de ensino superior em Portugal. Lisboa, 13 de Dezembro de 2006

O Relatório da OCDE: A avaliação do sistema de ensino superior em Portugal. Lisboa, 13 de Dezembro de 2006 O Relatório da OCDE: A avaliação do sistema de ensino superior em Portugal Lisboa, 13 de Dezembro de 2006 O relatório de avaliação do sistema de ensino superior em Portugal preparado pela equipa internacional

Leia mais

Mercados informação de negócios

Mercados informação de negócios Mercados informação de negócios Rússia Oportunidades e Dificuldades do Mercado Março 2012 Índice 1. Oportunidades 3 1.1 Comércio 3 1.2 Investimento de Portugal na Rússia 4 1.3 Investimento da Rússia em

Leia mais

Senhora Presidente da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, Maria da Conceição Saraiva da Silva Costa Bento Senhoras e Senhores,

Senhora Presidente da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, Maria da Conceição Saraiva da Silva Costa Bento Senhoras e Senhores, Boa tarde Senhora Presidente da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, Maria da Conceição Saraiva da Silva Costa Bento Senhoras e Senhores, Deixem-me dizer-vos que é para mim uma honra participar, na

Leia mais

Orientações para as políticas de emprego

Orientações para as políticas de emprego C 87 E/94 Jornal Oficial da União Europeia 1.4.2010 23. Considera que, com a liderança da UE no provimento de apoio financeiro e técnico aos países em desenvolvimento, as probabilidades de sucesso nas

Leia mais

D SCUR CU S R O O DE D SUA U A EXCE

D SCUR CU S R O O DE D SUA U A EXCE DISCURSO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO MINISTRO DA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE, DR. RUI MARIA DE ARAÚJO, POR OCASIÃO DA ATRIBUIÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA CONFEDERAÇÃO EMPRESARIAL DA CPLP A

Leia mais

Ministério da Justiça. Intervenção do Ministro da Justiça

Ministério da Justiça. Intervenção do Ministro da Justiça Intervenção do Ministro da Justiça Sessão comemorativa do 30º Aniversário da adesão de Portugal à Convenção Europeia dos Direitos do Homem Supremo Tribunal de Justiça 10 de Novembro de 2008 Celebrar o

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS DOCUMENTO DE TRABALHO DOS SERVIÇOS DA COMISSÃO. que acompanha. Proposta de

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS DOCUMENTO DE TRABALHO DOS SERVIÇOS DA COMISSÃO. que acompanha. Proposta de COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, 18.10.2006 SEC(2006) 1314 DOCUMENTO DE TRABALHO DOS SERVIÇOS DA COMISSÃO que acompanha Proposta de REGULAMENTO DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO que estabelece

Leia mais

O Pacto Global. Encontro Internacional Empreendedores e Responsabilidade Fundação Luso-Americana, Lisboa, 11-12 de Abril de 2002

O Pacto Global. Encontro Internacional Empreendedores e Responsabilidade Fundação Luso-Americana, Lisboa, 11-12 de Abril de 2002 O Pacto Global Encontro Internacional Empreendedores e Responsabilidade Fundação Luso-Americana, Lisboa, 11-12 de Abril de 2002 Em nome do Secretário-Geral Kofi Annan e do Gabinete do Pacto Global, que

Leia mais

Sua Excelência, Doutor Abrahão Gourgel, Ministro da Economia,

Sua Excelência, Doutor Abrahão Gourgel, Ministro da Economia, ANGOLA NO CONTEXTO DA INTEGRAÇAO ECONÓMICA REGIONAL 29 de Setembro, 2015 Intervenção do Doutor Paolo Balladelli, Representante Residente do PNUD em Angola Sua Excelência, Doutor Abrahão Gourgel, Ministro

Leia mais

Plano a Médio Prazo e Orçamento 2005. Intervenção no Plenário Assembleia Legislativa da R.A.A. 5 a 8 de Abril de 2005

Plano a Médio Prazo e Orçamento 2005. Intervenção no Plenário Assembleia Legislativa da R.A.A. 5 a 8 de Abril de 2005 Plano a Médio Prazo e Orçamento 2005 Intervenção no Plenário Assembleia Legislativa da R.A.A. 5 a 8 de Abril de 2005 Senhor Presidente da ALRAA Senhoras e Senhores Deputados Senhor Presidente do Governo

Leia mais

A ÁREA DE PRÁTICA DE PROPRIEDADE INTELECTUAL, MARKETING E TMT DA ABBC

A ÁREA DE PRÁTICA DE PROPRIEDADE INTELECTUAL, MARKETING E TMT DA ABBC A ÁREA DE PRÁTICA DE PROPRIEDADE INTELECTUAL, MARKETING E TMT DA ABBC ABBC A actuação da ABBC assenta na independência, no profissionalismo e na competência técnica dos seus advogados e colaboradores,

Leia mais

Portugal Brasil Moçambique Polónia

Portugal Brasil Moçambique Polónia www.promover.pt www.greatteam.pt Portugal Brasil Moçambique Polónia QUEM SOMOS - Prestamos serviços técnicos de consultoria de gestão e formação nos diversos setores da economia. - Presentes em Lisboa,

Leia mais

CHINA Apresentação de Casos de Sucesso

CHINA Apresentação de Casos de Sucesso CHINA Apresentação de Casos de Sucesso Parceiro e membro da IMCN: KK Yeung Management MERCAL CONSULTING GROUP A Member of IMCN- International Management Consultancies Network ÍNDICE DA APRESENTAÇÃO 1.

Leia mais

Vítor Caldeira. Presidente do Tribunal de Contas Europeu

Vítor Caldeira. Presidente do Tribunal de Contas Europeu Os Tribunais de Contas e os desafios do futuro Vítor Caldeira Presidente do Tribunal de Contas Europeu Sessão solene comemorativa dos 160 anos do Tribunal de Contas Lisboa, 13 de Julho de 2009 ECA/09/46

Leia mais

O que pode a União Europeia fazer pelas pessoas? O Fundo Social Europeu é uma resposta a esta questão

O que pode a União Europeia fazer pelas pessoas? O Fundo Social Europeu é uma resposta a esta questão 1 2 O que pode a União Europeia fazer pelas pessoas? O Fundo Social Europeu é uma resposta a esta questão 3 A origem do Fundo Social Europeu O Fundo Social Europeu foi criado em 1957 pelo Tratado de Roma,

Leia mais

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Centro Cultural de Belém, Lisboa, 11 de Outubro de 2006 Intervenção do Secretário

Leia mais

Espírito Santo Investment Bank Overview FIT FOR A NEW ERA

Espírito Santo Investment Bank Overview FIT FOR A NEW ERA Espírito Santo Investment Bank Overview FIT FOR A NEW ERA December 2011 Espírito Santo Investment Bank Somos: A unidade de Banca de Investimento do Grupo Banco Espírito Santo O Banco de Investimento de

Leia mais

MINISTÉRIO DA HOTELARIA E TURISMO

MINISTÉRIO DA HOTELARIA E TURISMO República de Angola MINISTÉRIO DA HOTELARIA E TURISMO DISCURSO DE SUA EXCELÊNCIA, DR. PAULINO BAPTISTA, SECRETÁRIO DE ESTADO PARA A HOTELARIA DA REPÚBLICA DE ANGOLA, DURANTE A VIII REUNIÃO DE MINISTROS

Leia mais

DECLARAÇÃO DE LISBOA

DECLARAÇÃO DE LISBOA DECLARAÇÃO DE LISBOA A 2 de junho de 2014, em Lisboa, Portugal, por iniciativa da Confederação Empresarial da CPLP (CE-CPLP), em parceria com a CPLP, o Millennium BCP e a SOFID Sociedade para o Financiamento

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Diário da República, 1.ª série N.º 30 10 de fevereiro de 2012 661 ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Lei n.º 6/2012 de 10 de fevereiro Primeira alteração à Lei n.º 8/2009, de 18 de Fevereiro, que cria o regime jurídico

Leia mais

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012 Apoio à Internacionalização CENA 3 de Julho de 2012 Enquadramento Enquadramento Comércio Internacional Português de Bens e Serviços Var. 13,3% 55,5 68,2 57,1 73,4 48,3 60,1 54,5 66,0 67,2 61,7 Exportação

Leia mais

Cidadania Europeia. Debate Ser e Estar na Europa, Pintainho, Janeiro 2009

Cidadania Europeia. Debate Ser e Estar na Europa, Pintainho, Janeiro 2009 Cidadania Europeia Debate Ser e Estar na Europa, Pintainho, Janeiro 2009 O que é a cidadania? Vínculo jurídico entre o indivíduo e o respectivo Estado, traduz-se num conjunto de direitos e deveres O relacionamento

Leia mais

Importância de Moçambique em termos ambientais. Situação de pobreza em que vive a maioria da população moçambicana. Corrida aos recursos naturais

Importância de Moçambique em termos ambientais. Situação de pobreza em que vive a maioria da população moçambicana. Corrida aos recursos naturais Carlos Manuel Serra Importância de Moçambique em termos ambientais. Situação de pobreza em que vive a maioria da população moçambicana. Corrida aos recursos naturais destaque para os petrolíferos e mineiros

Leia mais

O ENVOLVIMENTO DOS TRABALHADORES NA ASSOCIAÇÃO EUROPEIA

O ENVOLVIMENTO DOS TRABALHADORES NA ASSOCIAÇÃO EUROPEIA PARECER SOBRE O ENVOLVIMENTO DOS TRABALHADORES NA ASSOCIAÇÃO EUROPEIA (Proposta de Regulamento sobre o Estatuto da AE e Proposta de Directiva que completa o estatuto da AE no que se refere ao papel dos

Leia mais

MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE Projeto de Formação de Professores do Ensino Básico Seleção de Agentes de Cooperação (Língua Portuguesa)

MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE Projeto de Formação de Professores do Ensino Básico Seleção de Agentes de Cooperação (Língua Portuguesa) MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE Projeto de Formação de Professores do Ensino Básico Seleção de Agentes de Cooperação (Língua Portuguesa) (DÍLI / TIMOR LESTE) Posto Condições Datas para receção de candidaturas

Leia mais

Planeamento Estratégico para Sociedades de Advogados ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012

Planeamento Estratégico para Sociedades de Advogados ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 Planeamento Estratégico para Sociedades de Advogados ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 LEXDEBATA - PORTUGAL Fundada em Lisboa no ano de 2006, a LexDebata Seminários

Leia mais