Certificado de Conformidade

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Certificado de Conformidade"

Transcrição

1 CE TRO DE PESQUISAS DE ENERGIA ELETRICA Organismo de Acreditado pelo INMETRO Certificado de Conformidade Certificate of Conformity 1 Certificado de Conformidad Número: Emissão: Validade: 18/05/2012 Validlty 17/05/2015 Number Issue Número ExpedlClon Valldez Produto: PrOduct ProeJucro SENSOR R,EMOTO, À PROVA D'E EXPLOSÃO Tipo/Modelo: Typ;; Mudei Tipo- od lo MVS205R Número de Série: Sr r.3/ Numbef Numero de Sene Solicitante/Endereço: R9qUcSfdf - Ac!drflSS... eliel/ame - D'recc"'n EMERSON Process Management Ltda. Av. Hollingsworth, 325, Ipiranga CEP.: Sorocaba - SP CNP).: / Fabricante/Endereço: Fisher Contrais International, LLC FROMEX, S.A. DE C.V. Manuftlct/JltJr - Address 1612 South 17 th Avenue Avenida Industrias, 6025, Parque Industnal FalJflCdnre - DrrE!CClen Marshalltown - IOWA Finsa USA Nuevo Laredo - Tamaulipas - México Norma(s) Aplicáveis: Swrable Srandard(s) NormJ/s) de AplIcacion ABNT NBR IEC :2008 Atmosferas explosivas - Parte O: Equipamentos - Requisitos gerais; ABNT NBR IEC :2009 Atmosferas explosivas - Parte 1: Proteção de equipamento à prova de explosão "d"; ABNT NBR IEC : 2011 Atmosferas explosivas - Part 31: Proteção de equipamentos contra ignição de poeira por invólucro "t"; ABNT NBR IEC 60529:2009 Graus de proteção para invólucros de equipamentos elétricos (Código IP). Laboratório de Ensaio: (EPEL - Centro de Pesquisas de Energia Elétrica TR"!rngLabor<JIOf)' Laboratório oe Acionamentos e Segurança em Equipamentos Eletroeletrônicos - AP4 LdOOr.JIu'lO Je EnSJ)'o Número do Relatório: ~~~~ert,:~:::~~~fm Marcação: ~::;9o irav-ex-16066/12x e RAV-EX-20962/14X RASQ-EX-17903/12 e RASQ-EX-21259/14 Ex d I1B T5 Gb IP65 ou Ex tb I1IC T100 C Db IP65 Condições de Emissão: - Com base na Portaria INMETRO no 179, de 18/05/2010. Modelo com Avaliação do Condll,ons 01 ISSU9 Sistema de Gestão da Qualidade do Fabricante e ensaios no produto. O Processo de CondJ(:,ones de E.pedrc;on Reavaliação do Produto e o Processo de Avaliação do Sistema Produtivo aprovado em conformidade com o item 4.4, da 41 a Reunião Ordinária da ((EX, de 10104/2000, a serem apresentados para ratificação na 189a ((EX. d., - A existência da letra "X" ou "U" após a referência do certificado de '> uma condição especial que deve ser analisada no momento da ja-st;~rç "'... Observações). "" w ~ w CERT-31969/11 Número da Emissão: 2 Emissão original: 22/10/2003./ Página 1/5 Issup numb, OogrnB/ L Numero d la lipedx:lon xpedtclon Onginal " 30

2 Centro de Pesquisas de Energia fi trica o SENSOR REMOTO MODELO MVS205R de fabricação da EMERSON PROCESS MANAGEMENT LTOA., é qualificado em termos de suas especificações, análises e ensaios a que foi submetido conforme documentação descritiva. Especificacões: o sensor remoto modelo MVS205R consiste de invólucro, com dois compartimentos, um para acondicionamento de circuito eletrônico o segundo para acondicionamento dos terminais de conexão. Adicionalmente, na base do invólucro, uma unidade de medição de pressão capacitiva acoplada ao invólucro através de uma junta roscada, ambos são de forma cilíndrica. Duas tampas formam uma junta roscada de cada lado do invólucro, que também possui duas entradas elétricas roscadas de '/2" NPT, fechadas por bujões roscados com característica à prova de explosão ensaiados junto com o invólucro. Invólucro e tampas são fabricados em liga de alumínio SAE 360. O volume interno livre total é de 325 cm], incluindo o volume dos dois compartimentos A unidade sensora é constituída por urna célula sensora com isolador de v4dro e diafragma imerso em silicone e capilares para transporte da pressão de 0 0,61 mm, a parte elétrica está imersa em borracha de silicone RTV GE 630 H-S. A unidade sensora possui opcionalmente uma entrada para sensor de temperatura (RTD) soldada ao seu corpo destinada a conexão de cabo de medição. Quando não é utilizada a entrada do cabo do TO, a mesma é fechada por um bujão cego com características à prova de explosão. O modulo do sensor, os adaptadores, bujões, diafragma externo do sensor de pressão e as placas de marcação são fabricadas em aço inoxidável ou "Hastelloy" conforme especificado no desenho W40068, rev. G, folha 3. Todas as juntas roscadas do invólucro e do modulo sensor são montadas com gaxetas de vedação do tipo anel de borracha para garantir o grau de proteção IP65. Características Elétricas Tensão de entrada: 30 V cc rnáx. Entrada analógica: 4 a 20 ma. Potência de Entrada: 0,6 W máx. Características Mecânicas.- limites de operação do sensor Pressão diferencial - O a 246 kpa; Pressão estática - 55,518 bar (5551,8 kpa) Análises e ensaios realizados: Produtos avaliados e aprovados segundo os requisitos das normas ABNT BR IEC :2008, ABrH NBR IEC : 2009, IEC : 2008 e ABNT NBR IEC 60529: Resultados extraídos do Relatório de Avaliação no. RAV-EX-20962/14 de 25/08/2014. Número da Emissão: 2 CERT "2011 I' ue numbê!f Página 2/5 Numero de la E"PMfClon 7 O

3 Centro de Pesqui s de Energia Elétrica Documentacão descritiva do equipamento (arquivada junto ao processo do equipamento confidencial) : Desenhos construtivos, características dos componentes e materiais estão relacionados a seguir. Desenho Descrição Rev Data CD9140 CD9141 A6154 WD40126 W30244 W40054 W40068 W18886 NL/KEM/ExTR NL/KEM/ExTR RAS 002 Technical file MVS20SR - Flameproof 7 Dust (ATEX/IECEx) 2 fls Descriptive Notice 1'-1VS20SR Remote Mount Sensor Assembly (Flameproof & Dust) - 3 fls. Instruções para uso seguro - MVS20S - 5 fls. Certification Drawlng MVS205R - Remote Mount Sensor Assembly - 2 fls. MVS205R Cover Unpalnted MVS205R Housing Unpainted - 2 fls. Type MVS205R sensor assembly, remote mounted Expl. Proof approval - 4 fls. PCB Schematic - Remote DVS Termination and Feedthru. IECEx Ex Test Report IEC60079 part O IECEx Ex Test Report IEC60079 part 1 SENSOR MVS205 (Placa Brasil) F 22/12/08 D 22/12/08 01/07/08 F 16/12/08 E 22/04/08 E 22/04/08 G 10/03/04 A 19/12/08 O 01/08/06 O 01/05/ /08/14 Marcacão: Na marcação do SENSOR REMOTO, MODELO MVS205R, deverá constar as seguintes informações: Segurança ~~ INMETRO ocp 0007 Ex d IIB T5 Gb IP65 ou Ex tb IIIC T100 C Db IP65 Ta: -20 a +65 C Número da Emissão: 2 Issue numoer umefo de la EXjJBdlCtOn o

4 Centro d P quo 5 de Energia Elétrica Observações: 1) O número do Certificado é finalizado pela letra "X" para indicar as seguintes condições especiais de uso seguro: O equipamento contém um diafragma de parede fina. A instalação, manutenção e utilização devem levar em consideração as condições ambientais da aplicação a que será exposto o diafragma. As instruções do fabricante para instalação e manutenção devem ser seguidas em detalhe para garantir a segurança durante o tempo de vida do equipamento. 2) O sensor de temperatura RTD quando montado, deve possuir seu próprio certificado de conformidade; 3) Este Certificado é válido apenas para os equipamentos de modelo e tipo idênticos ao efetivamente avaliado. Qualquer modificação no projeto, bem como a utilização de componentes e/ou materiais diferentes daql eles definidos pela documentação do equipamento invalidará este Certificado; 4) É responsabilidade do fabricante assegurar que os equipamentos fabricados estejam de acordo com as especificações definidas pela documentação descritiva do equipamento relacionadas neste Certificado. Qualquer modificação no projeto, bem como a utilização de componentes e/ou materiais diferentes daqueles, sem a prévia autorização do CEPEL, invalidará este Certificado; 5) Este Certificado não tece considerações sobre a instalação do equipamento, sendo responsabilidade do usuário assegurar que o produto será instalado em aténdimento às Normas pertinentes para instalações Elétricas em Atmosferas Explosivas; 6) As atividades de instalação, inspeção, manutenção, reparo, revisão e recuperação dos equipamentos são de responsabilidade dos usuários e devem ser executadas de acordo com os requisitos das normas técnicas vigentes e com as recomendações do fabricante; 7) A marcação deverá ser executada conforme a Norma ABNT NBR IEC :2008 e o Requisito de Avaliação da Conformidade de Equipamentos Elétricos para Atmosferas Explosivas nas Condições de Gases e Vapores Inflamáveis e Poeiras Combustíveis (RAC), e deve ser fixada na superfície externa do equipamento, em local visível. Esta marcação deve ser legível e durável, levando-se em conta possível corrosão química. Nova Iguaçu-RJ, 25 de Agosto de ~~ rios Azevedo Sanguedo Responsável da O.'rtificação Número da Emissão: 2 CERT-31969/2011 Issue nurnb. ( Página 4/5 NumefO de la E ediclon

5 Centro de Pesquisa! de Energia E1etrica Controle de Emissão: Validade: 17/05/2015 Va/Killy Vai/dez Data Emissão Descrição 18/05/ Primeira emissão do certificado, com base na Portaria 179/2010, de 18/10/ /08/ Processo reavaliado para adicionar novo site de fabricação e avaliação para aplicação em atmosferas de poeiras combustívies, produto remarcado para Ex d IIB, com base em novos ensaios registrados no relatório NL/KEM/ExTR IECEx Ex Test Report IEC60079 part 1 ~ Número da Emissão: 2 CERT-31969/20! 1 ISSV6 number Página 5/5 Numero de la Elf,ooClIcJOn o

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Certificado emitido conforme requisitos da avaliação da conformidade de equipamentos elétricos para atmosferas explosivas anexo à Portaria Inmetro nº. 179 de 18 de maio de 010 Certificate issued in according

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Certificado emitido conforme requisitos da avaliação da conformidade de equipamentos elétricos para atmosferas explosivas anexo à Portaria Inmetro nº. 79 de 8 de maio de 200 Certificate issued in according

Leia mais

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE Produto: Product/Producto Tipo / Modelo: Type Model/Tipo Modelo Solicitante: Applicant/Solicitante MEDIDOR DE VAZÃO ELETROMAGNÉTICO Optiflux 2000 F e Optiflux 4000 F CONAUT CONTROLES AUTOMÁTICOS LTDA.

Leia mais

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0015X

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0015X Pagina 1/5 Solicitante / Endereço: Applicant / Address Solicitante / Dirección Produto / Modelo / Marca / Código de barras: Product / Model / Trademark / Bar Code Producto / Modelo / Marca / Codigo de

Leia mais

Instruções de segurança VEGACAL CL6*.DI***HD***

Instruções de segurança VEGACAL CL6*.DI***HD*** Instruções de segurança NCC 14.03234 X Ex d ia IIC T* Ga/Gb, Gb 0044 Document ID: 42731 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 4 4 Especificações... 5 5 Proteção contra danos causados

Leia mais

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE Produto: Product/Producto Tipo / Modelo: Type Model/Tipo Modelo Solicitante: Applicant/Solicitante LUMINARIA FIXA PARA LAMPADAS FLUORESCENTES EXEL CORTEM S.p.A Via Aquileia 10, I-34070 Vilesse (Gorizia)

Leia mais

Instruções de segurança VEGAPULS PS66. CI****P/F****

Instruções de segurança VEGAPULS PS66. CI****P/F**** Instruções de segurança VEGAPULS PS66. CI****P/F**** TÜV 13.0533 X Ex ia IIC T* Ga * Ver tabela de temperatura 0044 Document ID: 43431 Índice 1 Validade... 4 2 Geral... 4 2.2 Instrumento EPL-Ga... 4 2.3

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Certificado emitido conforme requisitos da avaliação da conformidade de equipamentos elétricos para atmosferas explosivas anexo à Portaria Inmetro nº. 179 de 18 de maio de 2010 Certificate issued in according

Leia mais

Sinalizador óptico à prova de explosão em GRP, 5 joule

Sinalizador óptico à prova de explosão em GRP, 5 joule Sinalizador óptico à prova de explosão em Manual de instruções Additional languages www.stahl-ex.com Informações Gerais Índice 1 Informações Gerais...2 1.1 Fabricante...2 1.2 Informações relativas ao manual

Leia mais

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE Produto: Product/Producto Tipo / Modelo: Type Model/Tipo Modelo Solicitante: Applicant/Solicitante Fabricante: Manufacturer/Fabricante CONVERSOR DE SINAL Optiflux IFC 300 F CONAUT CONTROLES AUTOMÁTICOS

Leia mais

CAIXAS DE JUNÇÃO DE Ex d DE ZONA 1 IEC/ATEX/IEC NBR. Aplicações

CAIXAS DE JUNÇÃO DE Ex d DE ZONA 1 IEC/ATEX/IEC NBR. Aplicações Caixas de junção em poliéster reforçado com fibra de vidro para aplicações elétricas e de energia série NJBEP Aplicações As caixas de junção elétricas são usadas para distribuir energia para iluminação

Leia mais

Competências Pessoais em Atmosferas Explosivas

Competências Pessoais em Atmosferas Explosivas Competências Pessoais em Atmosferas Explosivas - Unidade de Competência EX 001 Aplicação dos princípios básicos de proteção em atmosferas explosivas Esquema de Certificação Julho de 2015 Página 1 de 10

Leia mais

O ciclo de vida das instalações elétricas e de instrumentação em Atmosferas Explosivas

O ciclo de vida das instalações elétricas e de instrumentação em Atmosferas Explosivas O ciclo de vida das instalações elétricas e de instrumentação em Atmosferas Explosivas Roberval Bulgarelli Petrobras Refinaria Presidente Bernardes de Cubatão Coordenador do Subcomitê SC-31 do Cobei Bulgarelli

Leia mais

PT105 II TRANSMISSOR INTELIGENTE DE PRESSÃO COM SENSOR CAPACITIVO

PT105 II TRANSMISSOR INTELIGENTE DE PRESSÃO COM SENSOR CAPACITIVO PT105 II TRANSMISSOR INTELIGENTE DE PRESSÃO COM SENSOR CAPACITIVO O transmissor inteligente de pressão da série PT105 II é fabricado com uma célula capacitiva de alta confiabilidade e precisão para ser

Leia mais

Dados técnicos. Polaridade de saída Intervalo seguro de comutação s a 0... 7 mm Dados característicos Condições de montagem B. 5 mm C.

Dados técnicos. Polaridade de saída Intervalo seguro de comutação s a 0... 7 mm Dados característicos Condições de montagem B. 5 mm C. 0102 Designação para encomenda Características 10 mm não nivelado forma plana Entalhe de montagem para agrupador de cabos Dados técnicos Dados gerais Função do elemento de comutação Contacto de trabalho

Leia mais

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0008X

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0008X Pagina 1/7 Solicitante / Endereço: Applicant / Address Solicitante / Dirección WIKA do Brasil Indústria e Comércio Ltda. Av Úrsula Wiegand, 03, Iperó SP Brasil - CEP 18560-000 CNPJ: 61.128.500/0001-06

Leia mais

Termômetro à expansão de gás Modelo 73, série em aço inoxidável

Termômetro à expansão de gás Modelo 73, série em aço inoxidável Medição mecânica de temperatura Termômetro à expansão de gás Modelo 73, série em aço inoxidável WIKA folha de dados TM 73.01 outras aprovações veja página 15 Aplicações Instrumentação geral de s nas indústrias

Leia mais

Instrução MI 020-531 Janeiro de 2014

Instrução MI 020-531 Janeiro de 2014 Instrução MI 020-531 Janeiro de 2014 Modelo RTT30 Transmissor de temperatura I/A Series com protocolo Fieldbus HART ou FOUNDATION Informações sobre segurança Índice 1. RTT30, HART, ATEX/INMETRO II 1 G...

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Certificado emitido conforme requisitos da avaliação da conformidade de equipamentos elétricos para atmosferas explosivas anexo à Portaria Inmetro nº. 179 de 18 de maio de 21 Certificate issued in according

Leia mais

PROCEDIMENTO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PARA EQUIPAMENTO ELETRÔNICO PARA CONVERSÃO DE VOLUME DE GÁS NATURAL ÍNDICE DE REVISÕES

PROCEDIMENTO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PARA EQUIPAMENTO ELETRÔNICO PARA CONVERSÃO DE VOLUME DE GÁS NATURAL ÍNDICE DE REVISÕES UNIDADE: GERAL 1 de 14 ÍNDICE DE REVISÕES Rev. 0 EMISSÃO INICIAL DESCRIÇÃO E/OU FOLHAS ATINGIDAS Rev. 0 Rev. 1 Rev. 2 Rev. 3 Rev. 4 Rev. 5 Rev. 6 Rev. 7 Rev. 8 DATA: 18/04/13 ELABORAÇÃO: Andre VERIFICAÇÃO:

Leia mais

Andraplan Administração Empresarial Ltda. A essência da consultoria.

Andraplan Administração Empresarial Ltda. A essência da consultoria. Andraplan Administração Empresarial Ltda. A essência da consultoria. Publicação de domínio público reproduzida na íntegra por Andraplan Administração Empresarial Ltda. Caso tenha necessidade de orientações

Leia mais

IECEx DOCUMENTO OPERACIONAL

IECEx DOCUMENTO OPERACIONAL IECEx OD 314-2 Edição 1.0 2013-07 IECEx DOCUMENTO OPERACIONAL Sistema de Certificação da IEC em relação às normas sobre atmosferas explosivas (Sistema IECEx) IEC System for Certification to Standards relating

Leia mais

Conectores Elétricos Rotativos

Conectores Elétricos Rotativos Conectores Elétricos Rotativos Serior aos coletores escovas convencionais Blindado com rolamentos de esferas Maior confiabilidade, livre de manutenção Livre de ruídos elétricos Resistência de condução

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Certificado emitido conforme requisitos da avaliação da conformidade de equipamentos elétricos para atmosferas explosivas anexo à Portaria Inmetro nº. 179 de 18 de maio de 010 Certificate issued in according

Leia mais

DK32 DK34. Medidor de vazão de área variável com acessórios elétricos. Categoria de equipamento II 2 G. Informações suplementares

DK32 DK34. Medidor de vazão de área variável com acessórios elétricos. Categoria de equipamento II 2 G. Informações suplementares DK32 DK34 Informações suplementares Medidor de vazão de área variável com acessórios elétricos Categoria de equipamento II 2 G KROHNE 07/2012 -- MA DK32 34-Ex-II2G-AD R02 INMETRO ÍNDICE DK32 DK34 1 Instruções

Leia mais

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE

DET NORSKE VERITAS CERTIFICADO DE CONFORMIDADE Produto: Product/Producto Tipo / Modelo: Type Model/Tipo Modelo Solicitante: Applicant/Solicitante MEDIDOR DE VAZÃO DE ÁREA VARIÁVEL E INDICADOR DE VAZÃO H250..././M40./../.../..-Ex- e M40./../.../..-Ex..

Leia mais

Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção

Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção Medição elétrica de temperatura Termorresistência Modelo TR10-H, sem poço de proteção WIKA folha de dados TE 60.08 outras aprovações veja página 8 Aplicações Para montagem direta em processo Fabricante

Leia mais

Procedimento. Qualificação de Soldas, Soldadores e Inspetores JANEIRO 2016 ABPE P009 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE TUBOS POLIOLEFÍNICOSE SISTEMAS

Procedimento. Qualificação de Soldas, Soldadores e Inspetores JANEIRO 2016 ABPE P009 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE TUBOS POLIOLEFÍNICOSE SISTEMAS JANEIRO 2016 ABPE P009 Qualificação de Soldas, Soldadores e Inspetores Procedimento Origem abpe - Associação Brasileira de Tubos Poliolefínicos e Sistemas CN - Comissão de Normalização ABPE P009 Polyethylene

Leia mais

Usuários: Divisão de Medição e Proteção da Receita, Gerências e Centros Regionais.

Usuários: Divisão de Medição e Proteção da Receita, Gerências e Centros Regionais. 1 Usuários: Divisão de Medição e Proteção da Receita, Gerências e Centros Regionais. SUMÁRIO 1. OBJETIVO 2. NORMAS E DOCUMENTOS COMPLEMENTARES 3. DEFINIÇÕES 4. CONDIÇÕES GERAIS 5. CONDIÇÕES ESPECÍFICAS

Leia mais

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0009X

CERTIFICADO DE CONFORMIDADE. N : 11-IEx-0009X Pagina 1/6 Solicitante / Endereço: Applicant / Address Solicitante / Dirección WIKA do Brasil Indústria e Comércio Ltda. Av. Ursula Wiegand, 03 18560-000 - Iperó - SP - Brasil 61.128.500/0001-06 Produto

Leia mais

Meter run Modelo FLC-MR

Meter run Modelo FLC-MR Medição de vazão Meter run Modelo FLC-MR WIKA folha de dados FL 10.02 Aplicações Geração de energia Produção de óleo e refino Tratamento e distribuição de água Processamento e transmissão de gases Indústria

Leia mais

Projetor Série PC À prova de explosão. Vapor metálico, vapor de sódio, vapor de mercúrio, halogênio

Projetor Série PC À prova de explosão. Vapor metálico, vapor de sódio, vapor de mercúrio, halogênio IP66 ou IK10 Aplicações Projetados para iluminação de ambientes amplos em áreas industriais externas e internas de risco. Ideal para uso nas Zonas 1 e 2, 21 e 22 na indústria de gás e petróleo. Em locais

Leia mais

Rüdiger Röpke. A segurança em áreas classificadas

Rüdiger Röpke. A segurança em áreas classificadas A segurança em áreas classificadas Tópicos O que é uma área classificada Atmosferas explosivas Classificação de áreas A NR 10 e as áreas classificadas As instalações em áreas classificadas Equipamentos

Leia mais

Instruções de segurança VEGADIS DIS81.MEIA/V****

Instruções de segurança VEGADIS DIS81.MEIA/V**** Instruções de segurança VEGADIS DIS81.MEIA/V**** NCC 14.02856 Ex d IIC T6 Gb (-40 C Tamb +60 C) 0044 Document ID: 47913 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 3 4 Condições de utilização...

Leia mais

WEGeuro Indústria Eléctrica S.A. Manual de Instruções. Motores Assíncronos Trifásicos à Prova de Explosão

WEGeuro Indústria Eléctrica S.A. Manual de Instruções. Motores Assíncronos Trifásicos à Prova de Explosão Ref. 110.15 - Rev 00 04/2011 Manual de Instruções Motores Assíncronos Trifásicos à Prova de Explosão Ref. 110.15 Rev. 00 04/2011 2 Manual de Instruções Motores Assíncronos Trifásicos à prova de explosão

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Certificado emitido conforme requisitos da avaliação da conformidade de equipamentos elétricos para atmosferas explosivas, anexo à Portaria Inmetro nº. 179 de 18 de maio de 2010 Certificate issued in according

Leia mais

Instruções MI 018-429 Julho de 2014. Conversor de sinais de corrente para Pneumático E69F e Posicionador eletropneumático E69P

Instruções MI 018-429 Julho de 2014. Conversor de sinais de corrente para Pneumático E69F e Posicionador eletropneumático E69P Instruções MI 018-429 Julho de 2014 Conversor de sinais de corrente para Pneumático E69F e Posicionador eletropneumático E69P Informações de segurança Introdução O Conversor de sinal de corrente para

Leia mais

S E N S Y C A L. Especificações Gerais do Transmissor de Pressão Inteligente RP2000. Avenida do Estado, 4567 Mooca São Paulo SP CEP 03105-000

S E N S Y C A L. Especificações Gerais do Transmissor de Pressão Inteligente RP2000. Avenida do Estado, 4567 Mooca São Paulo SP CEP 03105-000 S E N S Y C A L I N S T R U M E N T O S E S I S T E M A S L T D A do Transmissor de Pressão Inteligente RP2000 Avenida do Estado, 4567 Mooca São Paulo SP CEP 03105-000 Fone: +55 11 3275-0094 e-mail: vendas@sensycal.com.br

Leia mais

Portaria Inmetro/Dimel n.º 0205 de 13 de agosto de 2010

Portaria Inmetro/Dimel n.º 0205 de 13 de agosto de 2010 Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL- INMETRO Portaria Inmetro/Dimel n.º 0205 de 13

Leia mais

Aplicações. Certificações de Conformidade Brasileiras - NBR IEC

Aplicações. Certificações de Conformidade Brasileiras - NBR IEC Aplicações As caixas de junção para instrumentação são usadas para executar processos ou informações remotas para a sala de comandos. Projetadas para áreas de Zona 1 ou 2, onde gases ou vapores in amáveis

Leia mais

Manual de Instruções de Operação e Manutenção. THP Transmissor de Posição Por Efeito Hall

Manual de Instruções de Operação e Manutenção. THP Transmissor de Posição Por Efeito Hall Manual de Instruções de Operação e Manutenção THP Transmissor de Posição Por Efeito Hall 1. INFORMAÇÕES GERAIS... 3 2. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS... 3 3. DESENHO DIMENSIONAL... 4 3.1 DIMENSÕES THP ROTATIVO...

Leia mais

Menor diferença entre indicações de um dispositivo mostrador que pode ser significativamente percebida. RESOLUÇÃO (DE

Menor diferença entre indicações de um dispositivo mostrador que pode ser significativamente percebida. RESOLUÇÃO (DE 1 1,QVWUXomRGH7UDEDOKR ^'_a`cbdegfihkj lgmndm opmnqir>stdumkfihtj vkw xymz_g{} ~wabdj! ƒu ˆ Š Œ iž ƒ u i %šœ, Ÿž u SUMÁRIO 3 DEFINIÇÕES 1 OBJETIVO 2 REFERÊNCIA 3 DEFINIÇÕES 4 DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE 5 REGISTROS

Leia mais

Manual de Operação e Instalação

Manual de Operação e Instalação Manual de Operação e Instalação Transmissor de nível Cod: 073AA-005-122M Rev. A Série LT-200 Fevereiro / 2004 S/A. Rua João Serrano, 250 Bairro do Limão São Paulo SP CEP 02551-060 Fone: (11) 3488-8999

Leia mais

Manual de instruções. Luminária LED série 6039 > 6039

Manual de instruções. Luminária LED série 6039 > 6039 Manual de instruções Luminária LED série > Informações Gerais Índice 1 Informações Gerais...2 2 Explicação dos símbolos...3 3 Instruções gerais de segurança...3 4 Utilização prevista...4 5 Dados técnicos...4

Leia mais

FORMULÁRIO DE PETIÇÃO PARA REGISTRO DE EQUIPAMENTOS Classe I e II

FORMULÁRIO DE PETIÇÃO PARA REGISTRO DE EQUIPAMENTOS Classe I e II FORMULÁRIO DE PETIÇÃO PARA REGISTRO DE EQUIPAMENTOS Classe I e II ESTE FORMULÁRIO CORRESPONDE À FICHA TÉCNICA MENCIONADA NO ANEXO I DA IN Nº 13/2009. VERSÃO 02 09/12/2010 ORIENTAÇÕES GERAIS PARA PREENCHIMENTO

Leia mais

Caixa para medidores com ou sem leitura por vídeo câmeras

Caixa para medidores com ou sem leitura por vídeo câmeras Dobradiça Furação para passagem de cabo de Ø21 mm ( 12x ) Vista Inferior Item 1 e 2 Adaptador para parafuso A.A. Fixação dos trilhos através de parafuso e porca ( possibilitando regulagem ) Trilho de fixação

Leia mais

Permite conexão fácil e segura para sensores, atuadores e instrumentos de medição em fieldbus - Foundation fieldbus, Profibus ou HART Montagem

Permite conexão fácil e segura para sensores, atuadores e instrumentos de medição em fieldbus - Foundation fieldbus, Profibus ou HART Montagem Permite conexão fácil e segura para sensores, atuadores e instrumentos de medição em fieldbus - Foundation fieldbus, Profibus ou HART Montagem robusta para aplicações industriais e em áreas classificadas

Leia mais

Manual de Instruções

Manual de Instruções SE 604 (X) MS MEMO SENS Manual de Instruções Sensor de Condutividade de 2 Eletrodos www.knick.de Instruções de Uso Sensor de Condutividade de 2 Eletrodos Memosens SE 604 (X) MEMO SENS Leia e siga as seguintes

Leia mais

S E N S Y C A L. Especificações Gerais do Transmissor de Pressão Inteligente RP2000. Avenida do Estado, 4567 Mooca São Paulo SP CEP 03105-000

S E N S Y C A L. Especificações Gerais do Transmissor de Pressão Inteligente RP2000. Avenida do Estado, 4567 Mooca São Paulo SP CEP 03105-000 S E N S Y C A L I N S T R U M E N T O S E S I S T E M A S L T D A do Transmissor de Pressão Inteligente RP2000 Avenida do Estado, 4567 Mooca São Paulo SP CEP 03105-000 Fone: +55 11 3275-0094 e-mail: vendas@sensycal.com.br

Leia mais

Certificado de Conformidade Número: BRA-18-GE-0027X Rev. 00 Página 1 de 5

Certificado de Conformidade Número: BRA-18-GE-0027X Rev. 00 Página 1 de 5 Número: BRA-18-GE-0027X Rev. 00 Página 1 de 5 SOLICITANTE / ENDEREÇO: PRODUTO / MODELO / MARCA: NÚMERO DE SÉRIE OU LOTE/QTDE: MARCAÇÃO: MODELO DE CERTIFICAÇÃO: i.safe Mobile GmbH TABLET INTRINSICAMENTE

Leia mais

Termostatos KP. Brochura técnica MAKING MODERN LIVING POSSIBLE. Termostatos KP são interruptores elétricos ativados por temperatura com contatos SPDT.

Termostatos KP. Brochura técnica MAKING MODERN LIVING POSSIBLE. Termostatos KP são interruptores elétricos ativados por temperatura com contatos SPDT. MAKING MODERN LIVING POSSIBLE Brochura técnica Termostatos KP Termostatos KP são interruptores elétricos ativados por temperatura com contatos SPDT. Um termostato KP pode ser conectado diretamente a um

Leia mais

Edição Data Alterações em relação à edição anterior. Nome dos grupos

Edição Data Alterações em relação à edição anterior. Nome dos grupos Processo Planejamento, Ampliação e Melhoria da Rede Elétrica Atividade Planeja o Desenvolvimento da Rede Código Edição Data VR.-00.199 Folha 2ª 1 DE 6 08/07/09 HISTÓRICO DE MODIFICAÇÕES Edição Data Alterações

Leia mais

GUIA DE APLICAÇÃO DAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE INTEROPERABILIDADE (ETI) ANEXO 2 AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE E VERIFICAÇÃO «CE»

GUIA DE APLICAÇÃO DAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE INTEROPERABILIDADE (ETI) ANEXO 2 AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE E VERIFICAÇÃO «CE» Agência Ferroviária Europeia Guia de aplicação das ETI Agência Ferroviária Europeia GUIA DE APLICAÇÃO DAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE INTEROPERABILIDADE (ETI) ANEXO 2 AVALIAÇÃO DA CONFORMIDADE E VERIFICAÇÃO

Leia mais

REQUISITOS PARA QUALIFICAÇÃO DE AVALIADORES E ESPECIALISTAS UTILIZADOS NAS AVALIAÇÕES DE ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO E DE INSPEÇÃO

REQUISITOS PARA QUALIFICAÇÃO DE AVALIADORES E ESPECIALISTAS UTILIZADOS NAS AVALIAÇÕES DE ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO E DE INSPEÇÃO REQUISITOS PARA QUALIFICAÇÃO DE AVALIADORES E ESPECIALISTAS UTILIZADOS NAS AVALIAÇÕES DE ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO E DE INSPEÇÃO NORMA Nº NIE-CGCRE-017 APROVADA EM JUN/2011 REV Nº 01/10

Leia mais

Fábrica de Nordborg - Dinamarca

Fábrica de Nordborg - Dinamarca Fábrica de Nordborg - Dinamarca Termostatos Visão Geral Nome do Aplicação Faixa de Temperatura Tipo de Invólucro Página Produto regulagem máx. sensor RT Uso Geral 25 a 300ºC 350ºC Remoto, de IP66 75-76

Leia mais

Ciclone. fig. B. fig. A. fig. C. Conteúdo. Legenda. Descrição do equipamento. Apresentação. Instalação. Fecha - mais sucção. Abre - menos sucção

Ciclone. fig. B. fig. A. fig. C. Conteúdo. Legenda. Descrição do equipamento. Apresentação. Instalação. Fecha - mais sucção. Abre - menos sucção Ciclone 4 3 5 2 1 8 6 7 fig. B Abre - menos sucção Fecha - mais sucção fig. A Conteúdo Apresentação... 01 Legenda... 01 Descrição do equipamento... 01 Instalação... 01 Procedimentos antes da utilização/

Leia mais

Portaria Inmetro /Dimel n.º 0202 de 09 de agosto de 2010

Portaria Inmetro /Dimel n.º 0202 de 09 de agosto de 2010 Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL INMETRO Portaria Inmetro /Dimel n.º 0202 de 09

Leia mais

SUMÁRIO 1. HISTÓRICO DE MUDANÇAS...2 2. ESCOPO...3 3. MANUTENÇÃO...3 4. REFERÊNCIAS NORMATIVAS...3 5. DEFINIÇÕES...3

SUMÁRIO 1. HISTÓRICO DE MUDANÇAS...2 2. ESCOPO...3 3. MANUTENÇÃO...3 4. REFERÊNCIAS NORMATIVAS...3 5. DEFINIÇÕES...3 Página 1 de 21 SUMÁRIO 1. HISTÓRICO DE MUDANÇAS...2 2. ESCOPO...3 3. MANUTENÇÃO...3 4. REFERÊNCIAS NORMATIVAS...3 5. DEFINIÇÕES...3 6. QUALIFICAÇÃO DA EQUIPE DE AUDITORES...4 7. CONDIÇÕES GERAIS...4 8.

Leia mais

06.06-PORB. Adaptadores Vic-Flange. Nº. Sistema Enviado por Seção Espec. Parágr. Local Data Aprovado Data TUBO DE AÇO-CARBONO ACOPLAMENTOS RANHURADOS

06.06-PORB. Adaptadores Vic-Flange. Nº. Sistema Enviado por Seção Espec. Parágr. Local Data Aprovado Data TUBO DE AÇO-CARBONO ACOPLAMENTOS RANHURADOS PARA MAIS DETALHES CONSULTE A PUBLICAÇÃO VICTAULIC 10.01 Modelo 741 O adaptador Modelo 741 é desenhado para incorporar diretamente componentes flangeados com padrões de orifício do parafuso ANSI CL. 125

Leia mais

Contatos auxiliares retardados/adiantados adicionais garantem dupla segurança em caso de necessidade de chaveamento extrema.

Contatos auxiliares retardados/adiantados adicionais garantem dupla segurança em caso de necessidade de chaveamento extrema. h aol C t eê n Ss Ei em P de r iae be a D ue f, S ul m es V R ne bleitg I G eai no M O vreer S A o Sn U s toe T ck b i nddeu nfgo zr um m t ia ev r een?? Re GA À ipglue n NA (statd t Ah CeOi N sd s IaÇrÃbOeSi

Leia mais

Certificado de Conformidade

Certificado de Conformidade CONFERIDO AO SOLICITANTE SCHLEMMER GROUP EINSTEINRING 10 85609 ASCHHEIM DEUTSCHLAND FABRICANTE: S.I.B (SCHLEMMER INDUSTRY AND BUILDING PARTS) 25 RUE THÉOPHILE SOMBORN 57220 BOULAY FRANCE O Bureau Veritas

Leia mais

AS CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO MOTOR INCLUEM...

AS CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO MOTOR INCLUEM... Motores H-Compact COMPACTO, REFRIGERAÇÃO EFICIENTE A importância crescente da economia de energia, dos requerimentos ambientais, da procura por dimensões menores e das imposições dos mercados nacionais

Leia mais

Projetor AlphaLED Ex nc / Ex tb (com alojamento para driver)

Projetor AlphaLED Ex nc / Ex tb (com alojamento para driver) Projetor AlphaLED Ex nc / Ex tb (com alojamento para driver) ALEDZnC Não centelhante e à prova de jatos potentes d água. Características Construtivas Projetor para área explosiva, com corpo e tampa fabricado

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Cargo 44

PROVA ESPECÍFICA Cargo 44 11 PROVA ESPECÍFICA Cargo 44 QUESTÃO 26 Define-se como EAS, de acordo a norma NBR-12188 da ABNT: a) Estabelecimento governamental destinado à prestação de assistência à saúde à população. b) Qualquer estabelecimento

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Certificado emitido conforme requisitos da avaliação da conformidade de equipamentos elétricos para atmosferas explosivas anexo à Portaria Inmetro nº. 79 de 8 de maio de 200 Certificate issued in according

Leia mais

Chave de Fluxo com Palheta (miniatura) Modelo 017. Tabela de Vazão de Acionamento (mínimo) Contato Tipo Reed-Switch. Aplicações:

Chave de Fluxo com Palheta (miniatura) Modelo 017. Tabela de Vazão de Acionamento (mínimo) Contato Tipo Reed-Switch. Aplicações: Chave de Fluxo com Palheta (miniatura) 017 017 (*) Variável conforme diâmetro da tubulação Execução: Conexão Roscada Aplicações: Própria para sistemas com fluxos baixos. Circuitos de lubrificação, refrigeração

Leia mais

Atmosferas Explosivas. Segurança e confiabilidade

Atmosferas Explosivas. Segurança e confiabilidade Atmosferas Explosivas Segurança e confiabilidade Atmosferas Explosivas Quando o assunto é área de risco o uso de produtos apropriados e a manutenção adequada são exigências obrigatórias para atender normas

Leia mais

Instalações elétricas provisórias na construção civil

Instalações elétricas provisórias na construção civil Instalações elétricas provisórias na construção civil São Paulo, 12 de agosto de 2014 NBR-5410 NR-18 10.1. Objetivo e campo de aplicação 10.2. Medidas de controle 10.3. Segurança no projeto 10.4. Segurança

Leia mais

A unidade Energise inclui a tecnologia sem fios SimplyWorks, permitindo a ativação de aparelhos até 10 metros de distância.

A unidade Energise inclui a tecnologia sem fios SimplyWorks, permitindo a ativação de aparelhos até 10 metros de distância. Instruções Descrição do Produto Um regulador de funcionalidades de alimentação elétrica que permite que os utilizadores possam controlar até dois aparelhos elétricos com manípulos com ou sem fio. A unidade

Leia mais

GA-1 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante Instruções de instalação e funcionamento

GA-1 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante Instruções de instalação e funcionamento Labkotec Oy Myllyhaantie 6 FI-33960 PIRKKALA FINLAND Tel: +358 29 006 260 Fax: +358 29 006 1260 19.1.2015 Internet: www.labkotec.com 1/11 GA-1 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante Copyright

Leia mais

Portaria n.º 656, de 17 de dezembro de 2012.

Portaria n.º 656, de 17 de dezembro de 2012. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 656, de 17 de dezembro de 2012. O PRESIDENTE

Leia mais

Manual de Instalação e Operações

Manual de Instalação e Operações Manual de Instalação e Operações Acionador On/Off Bivolt Sistema de Aquecimento para banheira de hidromassagem PARA SUA SEGURANÇA: Antes de Instalar este produto, leia atentamente este manual de instruções.

Leia mais

Certificado de Conformidade

Certificado de Conformidade Certificado de Conformidade Certificate of Compliance Certificado de Conformidad Para confirmar sua autenticidade acesse https://tuv.3dds.digital/check/210144551972544174 Certificado N.º: TÜV 13.2307 Revisão:

Leia mais

Purgador Termostático de Pressão Balanceada Manual de Instalação e Manutenção

Purgador Termostático de Pressão Balanceada Manual de Instalação e Manutenção Purgador Termostático de Pressão Balanceada Manual de Instalação e Manutenção ÍNDICE Termo de Garantia 1.Descrição 2.Instalação 3.Manutenção 4.Peças de reposição 5.Informações Técnicas 1 TERMO DE GARANTIA

Leia mais

NORMA TÉCNICA NTC 011

NORMA TÉCNICA NTC 011 COMPANHIA CAMPOLARGUENSE DE ENERGIA COCEL NORMA TÉCNICA 011 CAIXAS PARA EQUIPAMENTOS DE MEDIÇÃO - MATERIAL POLIMÉRICO Divisão de Medição e Fiscalização Emissão: 2015 Versão: 01/2015 1 2 SUMÁRIO: 1. OBJETIVO...

Leia mais

Certificado de Conformidade

Certificado de Conformidade CONFERIDO AO SOLICITANTE SCHLEMMER GROUP EINSTEINRING 10 85609 ASCHHEIM DEUTSCHLAND FABRICANTE: S.I.B (SCHLEMMER INDUSTRY AND BUILDING PARTS) 25 RUE THÉOPHILE SOMBORN 57220 BOULAY FRANCE O Bureau Veritas

Leia mais

Válvulas Direcionais Adex Plus. Escritórios Regionais. Catálogo 9025 BR Linha Pneumática. Belo Horizonte - MG. Rio de Janeiro - RJ

Válvulas Direcionais Adex Plus. Escritórios Regionais. Catálogo 9025 BR Linha Pneumática. Belo Horizonte - MG. Rio de Janeiro - RJ Escritórios Regionais Belo Horizonte - MG Rio de Janeiro - RJ Campinas - SP São Paulo - SP Av. José Rocha Bomfim, 214 Edifício Frankfurt, Salas 127/128 Bairro Santa Genebra 13070-056 Campinas, SP Tel.:

Leia mais

BUREAU VERITAS CERTIFICATION MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MARCAS DE CONFORMIDADE DE PRODUTO

BUREAU VERITAS CERTIFICATION MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MARCAS DE CONFORMIDADE DE PRODUTO BUREAU VERITAS CERTIFICATION MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MARCAS DE CONFORMIDADE DE PRODUTO Versão 5 Outubro de 2015 INDICE 1 Introdução 2 Utilização das Marcas de Conformidade no Produto 3 Utilização das

Leia mais

Segurança Intrínseca

Segurança Intrínseca Segurança Intrínseca Segurança Intrínseca Segurança Intrínseca é uma das técnicas que podem ser empregadas em equipamentos elétricos que se destinam às áreas classificadas. O objetivo de todas as técnicas

Leia mais

Instruções de Instalação ATEX para Sensores Micro Motion Série-F com Certificado DMT 01 ATEX E 158 X

Instruções de Instalação ATEX para Sensores Micro Motion Série-F com Certificado DMT 01 ATEX E 158 X Instruções de Instalação P/N MMI-20010182, Rev. A Junho 2007 Instruções de Instalação ATEX para Sensores Micro Motion Série-F com Certificado DMT 01 ATEX E 158 X Para instalações de sensores aprovados

Leia mais

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity

Certificado de Conformidade Ex Ex Certificate of Conformity Certificado emitido conforme requisitos da avaliação da conformidade de equipamentos elétricos para atmosferas explosivas, anexo à Portaria Inmetro nº. 179 de 18 de maio de 2010 2010 Histórico do certificado:

Leia mais

PREÇOS DOS SERVIÇOS DE ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO E DE INSPEÇÃO

PREÇOS DOS SERVIÇOS DE ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO E DE INSPEÇÃO PREÇOS DOS SERVIÇOS DE ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO E DE INSPEÇÃO NORMA Nº: NIE-CGCRE-0 APROVADA EM MAR/20 Nº 01/09 SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Campo de Aplicação 3 Responsabilidade 4 Histórico das

Leia mais

Considerando que é dever do Estado prover a concorrência justa no País, resolve baixar as seguintes disposições:

Considerando que é dever do Estado prover a concorrência justa no País, resolve baixar as seguintes disposições: Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior MDIC Instituto Nacional de Metrologia,Normalização e Qualidade Industrial - Inmetro Portaria n.º 158, de 29 de agosto de 2005. O PRESIDENTE

Leia mais

SUMÁRIO. Elaboração Revisão Aprovado (ou Aprovação) Data aprovação Maturino Rabello Jr Marco Antônio W. Rocha Carmen T. Fantinel

SUMÁRIO. Elaboração Revisão Aprovado (ou Aprovação) Data aprovação Maturino Rabello Jr Marco Antônio W. Rocha Carmen T. Fantinel SUMÁRIO 1. Objetivo e campo de aplicação...2 2. Referências...2 3. Definições...2 3.1 Hidrômetro...2 3.2 A.R.T...2 3.3 Ramal predial de água...2 4. Procedimentos e Responsabilidades...3 4.1 Generalidades...3

Leia mais

MODELO CDWi/P. APLICAÇÃO Instalação de sistemas de controle, computadores, partida de motores, interfaces eletrônicas, entre outras.

MODELO CDWi/P. APLICAÇÃO Instalação de sistemas de controle, computadores, partida de motores, interfaces eletrônicas, entre outras. Painéis Pressurizados para Atmosferas Explsivas MODELO CDWi/P ATMOSFERAS EXPLOSIVAS Ex pz II T4 Gc IP66 Ex py II T4 Gb IP66 DADOS CONSTRUTIVOS Painél pressurizado fabricado em aço inox 304/316L, juntas

Leia mais

MSI-RM2 Relês de segurança

MSI-RM2 Relês de segurança MSI-RM2 Relês de segurança PT 2010/11-607402 Reservados os direitos de alterações técnicas IMPLEMENTAR E OPERAR DE MODO SEGURO Manual de instruções original Módulo relê para dispositivos optoeletrônicos

Leia mais

2 ESPECIFICAÇÕES 2.1 Tensão nominal de alimentação: 110 V ou 220 V ( corrente alternada) 2.2 Temperatura de operação: -10 ºC a +55 ºC

2 ESPECIFICAÇÕES 2.1 Tensão nominal de alimentação: 110 V ou 220 V ( corrente alternada) 2.2 Temperatura de operação: -10 ºC a +55 ºC MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO Portaria INMETRO/DIMEL n.º 189, de 14 de outubro de 2002. O

Leia mais

NR.33 Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados

NR.33 Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados NR.33 Segurança e Saúde nos Trabalhos em Espaços Confinados O objetivo desta NR é estabelecer os requisitos mínimos para identificação de espaços confinados e o reconhecimento, avaliação, monitoramento

Leia mais

REQUISITOS PARA RECONHECIMENTO DA CONFORMIDADE PARA CABOS PROFIBUS PA - DP

REQUISITOS PARA RECONHECIMENTO DA CONFORMIDADE PARA CABOS PROFIBUS PA - DP Página 1 1 OBJETIVO Estabelecer os critérios para o Programa de Reconhecimento da Conformidade de Cabos Profibus PA e Profibus DP, atendendo aos requisitos técnicos, visando garantir a segurança na utilização

Leia mais

DESCONGELADOR DE SÊMEN

DESCONGELADOR DE SÊMEN RELATÓRIO DE ENSAIO DESCONGELADOR DE SÊMEN LICHT ELETRO ELETRÔNICA WP100 Folha 1/9 1 - INTRODUÇÃO 3 1.1 REQUERENTE 1.2 LOCAL E DATA 2 -CONDIÇÕES DO AMBIENTE 3 3 EQUIPAMENTOS E ACESSÓRIOS UTILIZADOS NO

Leia mais

Manual de instruções. Botões de comando Série 44

Manual de instruções. Botões de comando Série 44 Manual de instruções Botões de comando Série 44 1- Introdução A série 44 caracteriza-se pelo seu sistema modular de pelo seu sistema modular de elementos de contatos e, pela numerosa possibilidade de configuração

Leia mais

VF2. Medidor de nível tipo radar de onda guiada (TDR) de 2 fios. Informações suplementares

VF2. Medidor de nível tipo radar de onda guiada (TDR) de 2 fios. Informações suplementares VF2 Informações suplementares Medidor de nível tipo radar de onda guiada (TDR) de 2 fios Instruções Suplementares para aplicações em áreas classificadas HYCONTROL ÍNDICE DE VF2 1 Informações gerais de

Leia mais

PRODUTO: SEL-SV--1-O40-K7 FOLHA TÉCNICA 1/5 SAC 55 11 3019-1616

PRODUTO: SEL-SV--1-O40-K7 FOLHA TÉCNICA 1/5 SAC 55 11 3019-1616 PRODUTO: SEL-SV--1-O40-K7 FOLHA TÉCNICA 1/5 APLICAÇÃO Sensor-transmissor de sinal de presença de chama à prova de explosão, certificado pelo TÜV, IPT e pelo CENPRA do MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA,

Leia mais

Motores elétricos Siemens e a Economia de Energia

Motores elétricos Siemens e a Economia de Energia Jornadas Técnicas Novas perspectivas Drive Technology Mundo em Motores elétricos Siemens e a Economia de Energia Tópicos Instalando o motor elétrico com inversor de freqüência Princípio de funcionamento

Leia mais

TR Tanque Flash. 1. Termo de garantia. 2. Informações gerais de segurança. 3. Informações de segurança específicas do produto

TR Tanque Flash. 1. Termo de garantia. 2. Informações gerais de segurança. 3. Informações de segurança específicas do produto 1.753.000.080 IM-D176-01 BR Rev.00 TR Tanque Flash Manual de Instalação e Manutenção 1. Termo de garantia 2. Informações gerais de segurança 3. Informações de segurança específicas do produto 4. Informações

Leia mais

Pressostatos de ar e água, Tipo CS

Pressostatos de ar e água, Tipo CS MAKING MODERN LIVING POSSIBLE Brochura técnica Pressostatos de ar e água, Tipo CS Os pressostatos CS possuem ajuste de faixa, diferencial ajustável, e um contato integrado de três polos operado por pressão.

Leia mais

INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO & MANUTENÇÃO PARA O RANGE DE CAIXAS ABTECH SXCS TÜV 11.0324

INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO & MANUTENÇÃO PARA O RANGE DE CAIXAS ABTECH SXCS TÜV 11.0324 ABTQ-82 rev 03 Última Revisão: 13 Dez 2011 INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO & MANUTENÇÃO PARA O RANGE DE CAIXAS ABTECH SXCS TÜV 11.0324 Marcação A marcação mostrada é para uma caixa de terminação certificada.

Leia mais

SITRANS LVL200H.ME****A****

SITRANS LVL200H.ME****A**** Vibrating Switches SITRANS LVL200H.ME****A**** NCC 14.03368 X Ex d IIC T6 Ga/Gb, Gb Instruções de segurança 0044 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 4 4 Condições de utilização... 4

Leia mais

Atuadores. Pneumáticos e Elétricos.

Atuadores. Pneumáticos e Elétricos. Atuadores Pneumáticos e Elétricos. Alta qualidade e construções de extrema durabilidade, atuadores rotativos pneumáticos, elétricos e acessórios para automação de válvulas industriais. MANAGEMENT SERVICE

Leia mais

FÓRUM DE POÇÕES MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DAS INSTALAÇÕES DE PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO E SPDA

FÓRUM DE POÇÕES MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DAS INSTALAÇÕES DE PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO E SPDA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA FÓRUM DE POÇÕES MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO DAS INSTALAÇÕES DE PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO E SPDA EMPRESA RESPONSÁVEL: Senemig Engenharia LTDA RESPONSÁVEIS

Leia mais