DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I (SEM0564) AULA 8 DESENHO DE CONJUNTO E ELEMENTOS DE MÁQUINA (UNIÃO E FIXAÇÃO)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I (SEM0564) AULA 8 DESENHO DE CONJUNTO E ELEMENTOS DE MÁQUINA (UNIÃO E FIXAÇÃO)"

Transcrição

1 DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I (SEM0564) AULA 8 DESENHO DE CONJUNTO E ELEMENTOS DE MÁQUINA (UNIÃO E FIXAÇÃO) Notas de Aulas v.2016

2 DESENHO DE CONJUNTO E DE DETALHE

3 DEFINIÇÕES Conjuntos Mecânicos Peças justapostas para efetuar uma função Composição (folhas) Desenho de conjunto Desenho de componentes Exemplo de Conjunto Mecânico (GRAMPO FIXO) Exemplo de Uso (fixação de madeiras para furação, colagem, etc) Desenho em Explosão (Não usado para fabricação)

4 FOLHA 1 DESENHO DE CONJUNTO

5 FOLHA 1.1 DESENHO DE COMPONENTE

6 FOLHA 1.2 DESENHO DE COMPONENTE

7 FOLHA 1.3 DESENHO DE COMPONENTE

8 FOLHA 1.4 DESENHO DE COMPONENTE

9 FOLHA 1.5 DESENHO DE COMPONENTE

10 REBITES

11 REBITES

12 REBITES Costuras: a) simples; b) dupla; c) em zigue-zague.

13 PINOS

14 CAVILHAS

15 CUPILHAS

16 Especificação: dxl Contra pino : ϕ4x50

17 PARAFUSOS Sentido de direção da rosca direita esquerda

18 tipos de representação PARAFUSOS Rosca triangular Rosca quadrada Rosca trapezoidal Rosca com perfil triangular Rosca com perfil especial

19 PARAFUSOS - Representação convencional de furos roscados (em corte, a região da rosca é hachurada). - Fabricação de furo roscado e união por prisioneiro, arruela e porca.

20 PARAFUSOS - União de duas chapas por parafusos:

21 PARAFUSOS

22 PARAFUSOS

23 PARAFUSOS

24 PARAFUSOS

25 PARAFUSOS

26 PARAFUSOS

27 PORCAS

28 ARRUELAS

29 ARRUELAS

30 Porca de fixação e arruela de trava

31 Porca de fixação e arruela de trava

32 ANÉIS ELÁSTICOS

33 b Anéis elásticos - Eixos Anéis elásticos - Furos d 4 s m n d 2 d1

34 ANÉIS ELÁSTICOS

35 ANÉIS ELÁSTICOS

36 CHAVETAS

37 CHAVETAS Paralelas Cunha Embutidas Longitudinais Encaixadas Meia-cana Meia-Lua Plana Woodruff

38 tipos CHAVETAS

39 tipos CHAVETAS TABELA DE PROPORÇÕES Diâmetro do eixo (D) a b h t ti d D - 3 D + 2 7, D - 3,5 D + 2,5 8, D - 4 D , D - 5 D , D - 5 D , D - 5,5 D + 3,5 13, D - 6 D , D - 7 D , D - 7,5 D + 4,5 17,0 Obs.: O comprimento L é calculado em até duas vezes o diâmetro do eixo

40 Chaveta Woodruff

41 Chaveta Woodruff Diâmetro do eixo D Largura e altura b x h Rasgo L d t 1 t 2 de 3 a 4 1 x 1,4 1 0,5 3,82 4 >4 a 6 1,5 x 2,5 2 0,7 6,76 7 >6 a 8 2 x 2,6 1,8 0,9 6, x 3,7 2,9 0,9 9,66 10 >9 a 10 2,5 x 3,7 2,9 0,9 9, x 3,7 2,5 1,3 9, x 5 3,8 1,3 12, x 6,5 5,3 1,3 15,72 16 >10 a 12 4 x 5 3,5 1,6 12, x 6,5 5 1,6 15, x 7,5 6 1,6 18,57 19 >12 a 17 5 x 6,5 4,5 2,1 15, x 7,5 5,5 2,1 18, x 9 7 2,1 21,63 22

42 Diâmetro do eixo D Largura e altura b x h Rasgo L d t 1 t 2 >17 a 22 6 x 7,5 5,1 2,5 18, x 9 6,6 2,5 21, x 10 7,6 2,5 24, x 11 8,6 2,5 27,35 28 >22 a 30 8 x 9 6,2 2,9 21, x 11 8,2 2,9 27, x 13 10,2 2,9 31,43 32 >30 a x 11 7,8 3,3 27, x 13 9,8 3,3 31, x 16 12,8 3,3 43,08 45

43 Exercício 1: Faça o desenho do conjunto e dos componentes do suporte de manivela. Peça 1 Base material: ferro fundido Peça 2 Cabo material: aço 1020 Peça 3 Eixo material: aço 1020 Peça 4 Parafuso cabeça sextavada M28 x 110mm Peça 5 Chaveta - ver dimensões para o eixo de ϕ100mm. Ajuste do furo da base com o eixo: H7j6 Ajuste da chaveta com o rasgo N9h9 Furo ϕ64 mm na peça 1 Ra 1,6 µm Ponta eixo ϕ64 mm na peça 3 Ra 1,6 µm

44 Peça 1 Peça 3

45 Peça 2

46 REFERÊNCIAS Gordo, N.; Ferreira, J. Elementos de Máquina, Escola SENAI-SP.

1 Introdução. Elementos de fixação. Elementos de fixação constitui uma unidade. de 13 aulas que faz parte do módulo Elementos de Máquinas.

1 Introdução. Elementos de fixação. Elementos de fixação constitui uma unidade. de 13 aulas que faz parte do módulo Elementos de Máquinas. A U A UL LA Introdução aos elementos de fixação Introdução Elementos de fixação constitui uma unidade de 3 aulas que faz parte do módulo Elementos de Máquinas. Nessa unidade, você vai estudar os principais

Leia mais

Elementos de Máquinas

Elementos de Máquinas Professor: Leonardo Leódido Sumário Chavetas Chavetas Tem finalidade de unir dois elementos. Fabricado em aço Formato retangular ou semicircular Chavetas Tem finalidade de unir dois elementos. Fabricado

Leia mais

Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico

Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico Módulo II Aula 04 Rosca Rosca é o conjunto de reentrâncias e saliências, com perfil constante, em forma helicoidal, que se desenvolvem. externa ou internamente,

Leia mais

Parafusos III. Até agora você estudou classificação geral. Parafuso de cabeça sextavada

Parafusos III. Até agora você estudou classificação geral. Parafuso de cabeça sextavada A U A UL LA Parafusos III Introdução Até agora você estudou classificação geral dos parafusos quanto à função que eles exercem e alguns fatores a serem considerados na união de peças. Nesta aula, você

Leia mais

Elementos de Máquinas

Elementos de Máquinas Professor: Leonardo Leódido Sumário Introdução Padronização e Definições Tipos e Usos de Parafusoso Introdução Elementos de fixação: Importância Por que estudar elementos de fixação. Papel em projetos

Leia mais

Curso de Engenharia de Produção. Sistemas Mecânicos e Eletromecânicos

Curso de Engenharia de Produção. Sistemas Mecânicos e Eletromecânicos Curso de Engenharia de Produção Sistemas Mecânicos e Eletromecânicos Parafusos Parafuso de cabeça sextavada: Em desenho técnico, esse parafuso é representado da seguinte forma Parafusos Aplicação Esse

Leia mais

Rebites I. Um mecânico tem duas tarefas: consertar

Rebites I. Um mecânico tem duas tarefas: consertar A U A UL LA Rebites I Introdução Um mecânico tem duas tarefas: consertar uma panela cujo cabo caiu e unir duas barras chatas para fechar uma grade. A questão é a seguinte: qual elemento de fixação é o

Leia mais

Chavetas. Agora você já tem uma noção dos elementos

Chavetas. Agora você já tem uma noção dos elementos A UU L AL A Chavetas Agora você já tem uma noção dos elementos de máquinas mais usados para fixar peças: rebite, pino, cavilha, contrapino ou cupilha, parafuso, porcas, arruela e anéis elásticos. Para

Leia mais

Desenho Técnico Moderno

Desenho Técnico Moderno Desenho Técnico Moderno Capítulo 11 Elementos de Máquinas OBJECTIVOS Compreender a representação de elementos normalizados; Representar, cotar e referenciar elementos de máquinas; Distinguir e compreender

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em - Refrigeração, Ventilação e Ar condicionado

Curso Superior de Tecnologia em - Refrigeração, Ventilação e Ar condicionado Curso Superior de Tecnologia em - Refrigeração, Ventilação e Ar condicionado Disciplina: ELEMENTOS DE MÁQUINAS Professor Me. Claudemir Claudino Alves PARAFUSOS - Entre os elementos de união desmontáveis,

Leia mais

------------------------------- -----------------------------Henflex. Henflex------------------------------ Índice

------------------------------- -----------------------------Henflex. Henflex------------------------------ Índice Índice 1.Características Gerais... 2 2.Seleção do Tamanho do Acoplamento... 2 2.1- Dimensionamento dos acoplamentos Henflex HXP para regime de funcionamento contínuo... 2 2.2 Seleção do Acoplamento...

Leia mais

Correntes. Os problemas de uma empresa da área de. Conceito

Correntes. Os problemas de uma empresa da área de. Conceito A U A UL LA Correntes Introdução Os problemas de uma empresa da área de transporte e cargas fez com que o encarregado do setor tomasse algumas decisões referentes à substituição de equipamentos, como componentes

Leia mais

Parafusos, formatos e classificação! Contribuído por FazFácil

Parafusos, formatos e classificação! Contribuído por FazFácil Parafusos, formatos e classificação! Contribuído por FazFácil Parafusos são elementos de fixação, empregados na união não permanente de peças, isto é, as peças podem ser montadas e desmontadas facilmente,

Leia mais

"SISTEMAS DE COTAGEM"

SISTEMAS DE COTAGEM AULA 6T "SISTEMAS DE COTAGEM" Embora não existam regras fixas de cotagem, a escolha da maneira de dispor as cotas no desenho técnico depende de alguns critérios. A cotagem do desenho técnico deve tornar

Leia mais

DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I. Aula 04 Cortes, hachuras, semi-cortes. Desenho Técnico Mecânico I

DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I. Aula 04 Cortes, hachuras, semi-cortes. Desenho Técnico Mecânico I DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I Aula 04 Cortes, hachuras, semi-cortes CORTE Corte é a denominação dada à representação de um produto secionada por um ou mais planos virtuais (planos secantes). No corte se representa

Leia mais

1. ESPECIFICAÇÕES PARA AQUISIÇÃO DE CADEIRAS. 1.1 CADEIRA ALTA PARA OPERADOR DE CAIXA(Tipo Tesoureiro)

1. ESPECIFICAÇÕES PARA AQUISIÇÃO DE CADEIRAS. 1.1 CADEIRA ALTA PARA OPERADOR DE CAIXA(Tipo Tesoureiro) 1. ESPECIFICAÇÕES PARA AQUISIÇÃO DE CADEIRAS 1.1 CADEIRA ALTA PARA OPERADOR DE CAIXA(Tipo Tesoureiro) BASE - Estrutura em aço SAE 1010/1020, com 5(cinco) patas de aço, em tira relaminada com 1,9mm espessura

Leia mais

DESCRIÇÃO 01 Cabeçalho e Pé de Apoio do Peneirão CF-510 02 Exaustor do Peneirão CF-510 03 Lateral Esquerdo do Quebra Torrão 04 Centro do Quebra

DESCRIÇÃO 01 Cabeçalho e Pé de Apoio do Peneirão CF-510 02 Exaustor do Peneirão CF-510 03 Lateral Esquerdo do Quebra Torrão 04 Centro do Quebra REF. DESCRIÇÃO 01 Cabeçalho e Pé de Apoio do Peneirão CF-510 02 Exaustor do Peneirão CF-510 03 Lateral Esquerdo do Quebra Torrão 04 Centro do Quebra Torrão 05 Lateral Direito do Quebra Torrão 06 Roda do

Leia mais

Def e in i i n ç i ã ç o S o ã o f er e ram a en e t n as a s rot o at a iva v s a s pa p r a a a us u i s na n g a e g m e d e d

Def e in i i n ç i ã ç o S o ã o f er e ram a en e t n as a s rot o at a iva v s a s pa p r a a a us u i s na n g a e g m e d e d Definição Fresas São ferramentas rotativas para usinagem de materiais, constituídas por uma série de dentes e gumes, geralmente dispostos simetricamente em torno de um eixo. Os dentes e gumes removem o

Leia mais

APRESENTAÇÃO RELAÇÃO DE COMPONENTES

APRESENTAÇÃO RELAÇÃO DE COMPONENTES Manual de Instalação Linha Máximo Fotos ilustrativas. Ventiladores de Teto Nesta marca você pode confiar APRESENTAÇÃO Os ventiladores de teto da LINHA MÁXIMO são desenvolvidos para oferecer ao usuário

Leia mais

Jorji Nonaka (jorji.nonaka@ufpe.br) Engenharia Naval e Oceânica

Jorji Nonaka (jorji.nonaka@ufpe.br) Engenharia Naval e Oceânica Jorji Nonaka (jorji.nonaka@ufpe.br) Engenharia Naval e Oceânica Diferentes tipos de linhas Hachura em cor diferente O (Negro) Linha Centro (Amarelo) Tracejado (Vermelho) Camadas ou Níveis Layer (AutoCAD)

Leia mais

Desenho de Máquinas 2006/02 5 ELEMENTOS DE TRANSMISSÃO. 5.1 Roda denteada para corrente de rolos

Desenho de Máquinas 2006/02 5 ELEMENTOS DE TRANSMISSÃO. 5.1 Roda denteada para corrente de rolos Desenho de Máquinas 00/0 ELEMENTOS DE TRANSMISSÃO. Roda denteada para corrente de rolos.. Roda denteada: 9 a dentes Seqüência : iniciar pela vista frontal, vista que mostra a seção circular da roda dentada.

Leia mais

e do operador na instalação e na manutenção. Nesse tipo de montagem, o cabo de alimentação não sofre torções nem é tracionado.

e do operador na instalação e na manutenção. Nesse tipo de montagem, o cabo de alimentação não sofre torções nem é tracionado. O Giroposte tem por objetivo ser um modelo de poste de giro articulável. Indicado para uso em áreas que necessitam de um sistema seguro para instalação de iluminação, câmeras de segurança, sensores e outros

Leia mais

Série 521 Para relógios comparadores, sensores tipo apalpadores e relógios apalpadores com graduação de 0,001 mm. Especificações

Série 521 Para relógios comparadores, sensores tipo apalpadores e relógios apalpadores com graduação de 0,001 mm. Especificações Calibradores de Relógios Comparadores Para calibração de relógios comparadores digitais e analógicos, relógios apalpadores, sensor tipo apalpador com capacidade máxima de 5 mm. Graduação: 0,0002 mm Série

Leia mais

aos elementos de transmissão

aos elementos de transmissão A U A UL LA Introdução aos elementos de transmissão Introdução Um motorista viajava numa estrada e não viu a luz vermelha que, de repente, apareceu no painel. Mais alguns metros, o carro parou. O motorista,

Leia mais

DESENHO TÉCNICO MECÂNICO II. Aula 01 Chavetas, rebites, molas, polias e correias. Desenho Técnico Mecânico II

DESENHO TÉCNICO MECÂNICO II. Aula 01 Chavetas, rebites, molas, polias e correias. Desenho Técnico Mecânico II DESENHO TÉCNICO MECÂNICO II Aula 01 Chavetas, rebites, molas, polias e correias 1.0. Chavetas 1.1. Definição: Chavetas são elementos mecânicos que permitem a transmissão do movimento de um eixo para cubos

Leia mais

Porca. Arruela de pressão. Arruela especial

Porca. Arruela de pressão. Arruela especial Caro Senhor, Informamos que foi desenvolvida uma melhoria no Batente do Balancim dos Canhões RL400, RL300 e RL250 em atendimento às sugestões de alguns clientes. Vantagens: - Maior durabilidade. - Intercambiável

Leia mais

QUALIDADE E TECNOLOGIA A SERVIÇO DO FUTURO

QUALIDADE E TECNOLOGIA A SERVIÇO DO FUTURO QUALIDADE E TECNOLOGIA A SERVIÇO DO FUTURO Extrusoras de Perfis de Concreto MANUAL TÉCNICO IMB 900-G ECONOMIC 1 2 MANUAL DO PROPRIETÁRIO IMB 900-G ECONOMIC Índice Instruções...04 Catálogo de peças...06

Leia mais

SUPORTE FIXO DE PAREDE RULER PARA PLASMA OU LCD MANUAL DE UTILIZAÇÃO

SUPORTE FIXO DE PAREDE RULER PARA PLASMA OU LCD MANUAL DE UTILIZAÇÃO SUPORTE FIXO DE PAREDE RULER PARA PLASMA OU LCD MANUAL DE UTILIZAÇÃO 1 Características: - Disponível em dois modelos: SUPRULERP SUPRULERG - Para TV s Plasma ou LCD, compatíveis com fixação VESA máxima

Leia mais

DESENHO BÁSICO AULA 12

DESENHO BÁSICO AULA 12 DESENHO BÁSICO AULA 12 Cortes (continuação) Cortes: tipos Meio-Corte 1 Cortes: tipos Meio-Corte Cortes: tipos Meio Corte Sempre que a linha de simetria que atravessa a vista em corte for vertical, a parte

Leia mais

Lista de Peças Máquinas de Costura

Lista de Peças Máquinas de Costura Lista de Peças Máquinas de Costura 202 Precisa 99 / LP402B Precisa 02 / 230 Facilita 99 / 4822 / 4830 4830 Elegance 99/ ZP418B Facilita Plus 02 ML405B Carina 02 / ML418B Bella 02 9818 / 983 Fashion 99

Leia mais

Prof. Sérgio Viana. Estas notas de aula são destinadas aos alunos que. Gráfica, para um posterior estudo mais profundo.

Prof. Sérgio Viana. Estas notas de aula são destinadas aos alunos que. Gráfica, para um posterior estudo mais profundo. EXPRESSÃO GRÁFICA Prof. Sérgio Viana Estas notas de aula são destinadas aos alunos que desejam ter um conhecimento básico de Expressão Gráfica, para um posterior estudo mais profundo. 1 Caligrafia Técnica

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO PARA MONTAGEM DA ESTRUTURA DE FIXAÇÃO PARA SISTEMAS FOTOVOLTAICOS

MANUAL DE INSTRUÇÃO PARA MONTAGEM DA ESTRUTURA DE FIXAÇÃO PARA SISTEMAS FOTOVOLTAICOS MANUAL DE INSTRUÇÃO PARA MONTAGEM DA ESTRUTURA DE FIXAÇÃO PARA SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Silver 00TO WWW.SOLARFIX.COM.BR Silver 00TO MATERIAL INCLUSO Cód Peças de alumínio Comprimento Quantidade Pilar BR0

Leia mais

érea a A h Lin Linha Aérea

érea a A h Lin Linha Aérea Linha érea Linha érea Linha érea Eletrocalha aramada... 61 Eletrocalhas... 74 Perfilados... 80 Leito para cabos... 85 Eletrocalha ramada Eletrocalha ramada Valemam, também conhecida como leito sanitário,

Leia mais

COMPONENTES PARA TRANSMISSÃO

COMPONENTES PARA TRANSMISSÃO COMPONENTES PARA TRANSMISSÃO CATÁLOGO DE PRODUTOS * ENGRENAGEM DENTADA CILÍNDRICA * CREMALHEIRAS * ENGRENAGEM CÔNICA * BARRAS E PORCAS DE ROSCA TRAPEOIDAL * ENGRENAGEM PARA CORRENTE NORMA DIN * BUCHAS

Leia mais

LISTA DE MONTAGEM MULTIPLA POR FAVOR INFORME O NÚMERO OU CÓDIGO, CASO VOCE NECESSITE DE ATENDIMENTO OU PEÇAS. F I T N E S S

LISTA DE MONTAGEM MULTIPLA POR FAVOR INFORME O NÚMERO OU CÓDIGO, CASO VOCE NECESSITE DE ATENDIMENTO OU PEÇAS. F I T N E S S A V I S O : ANTES DE INICIAR QUALQUER EXERCÍCIO OU PROGRAMA DE EXERCÍCIOS, POR FAVOR CONSULTE SEU MÉDICO. ANTES DOS EXERCÍCIOS, TENHA CERTEZA QUE TODAS AS PARTES DESTE EQUIPAMENTO FORAM BEM FIXADOS PELOS

Leia mais

UNESP DESENHO TÉCNICO: Fundamentos Teóricos e Introdução ao CAD. Parte 4/5: Prof. Víctor O. Gamarra Rosado

UNESP DESENHO TÉCNICO: Fundamentos Teóricos e Introdução ao CAD. Parte 4/5: Prof. Víctor O. Gamarra Rosado UNESP UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA FACULDADE DE ENGENHARIA CAMPUS DE GUARATINGUETÁ DESENHO TÉCNICO: Fundamentos Teóricos e Introdução ao CAD Parte 4/5: 11. Cotagem 12. Escala Prof. Víctor O. Gamarra

Leia mais

SOQUETES E ACESSÓRIOS

SOQUETES E ACESSÓRIOS SOQUETES E ACESSÓRIOS Os soquetes são ferramentas manuais destinadas ao aperto e desaperto de porcas ou parafusos, conjugados com um acessório. Os soquetes e acessórios Belzer são forjados em aço cromo-vanádio,

Leia mais

MONTAGEM DO MOTOR E FLANGE DA CAÇAMBA

MONTAGEM DO MOTOR E FLANGE DA CAÇAMBA Cód. Prod: 72 73 71 35 9 53 60 43 MONTAGEM DAS PÁS NO EIXO MONTAGEM DAS POLIAS E MANCAIS 45 70 75 46 65 44 33 54 1 49 57 68 61 63 76 64 67 50 51 58 66 36 52 32 15 11 27 28 000387 Capa Epoxi 000388-00 Capa

Leia mais

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA DEFINIÇÃO: TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA ROSCAS (NOÇÕES TIPOS NOMENCLATURA) É uma saliência, em forma helicoidal, que se desenvolve, externa ou internamente, ao redor de uma superfície cilíndrica ou cônica.

Leia mais

DESCRIÇÃO CONSTRUTIVA DO VITA BENCH

DESCRIÇÃO CONSTRUTIVA DO VITA BENCH DESCRIÇÃO CONSTRUTIVA DO VITA BENCH Aparelho residencial para condicionamento físico. Capacidade de cargas: Barra Supino: 70,0kg, Extensão e Flexão: 70kg Peitoral Fly: 50,0kg Remada: 50,0kg Supino: 50,0kg

Leia mais

Manual de Montagem, Operação e Manutenção. Aparelho de Levantamento. Série B200

Manual de Montagem, Operação e Manutenção. Aparelho de Levantamento. Série B200 Manual de Montagem, Operação e Manutenção Aparelho de Levantamento Série B200 Português Índice Página 1 Aplicação e características gerais 1 Aplicação e características gerais 3 1.1 Aplicação 3 1.2 Características

Leia mais

Minami Industria de Aparelhos para a Lavoura Ltda. Estrada do Minami, Km 01 Bairro Hiroi Caixa Postal 75 Biritiba Mirim SP CEP 08940-000

Minami Industria de Aparelhos para a Lavoura Ltda. Estrada do Minami, Km 01 Bairro Hiroi Caixa Postal 75 Biritiba Mirim SP CEP 08940-000 Minami Industria de Aparelhos para a Lavoura Ltda. Estrada do Minami, Km 01 Bairro Hiroi Caixa Postal 75 Biritiba Mirim SP CEP 940-000 E-mail: minami@minami.ind.br Site: www.minami.ind.br Tel./Fax.: (11)

Leia mais

Capítulo 76. Alumínio e suas obras

Capítulo 76. Alumínio e suas obras Capítulo 76 Alumínio e suas obras Nota. 1. Neste Capítulo consideram-se: a) Barras: os produtos laminados, extrudados, estirados ou forjados, não enrolados, cuja seção transversal, maciça e constante em

Leia mais

PRODUTOS E SISTEMAS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS E DE COMUNICAÇÃO

PRODUTOS E SISTEMAS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS E DE COMUNICAÇÃO PRODUTOS E SISTEMS PR INSTÇÕES EÉTRICS E DE COMUNICÇÃO Perfilados, Eletrocalhas e eitos pág. 310 Perfilados e acessórios Perfilados, Eletrocalhas e eitos Perfilados e acessórios (pág. 310) 306 pág. 316

Leia mais

Fixadores em aço inoxidável

Fixadores em aço inoxidável Fiadores em aço inoidável Parafuso cabeça Setavado DESENHO DESCRIÇÃO NORMA BITOLAS PÁG Parafuso cabeça setavada rosca inteira DIN 933 ANSI B1.2.1 M3 a M22 3/"a 1" 3 Parafuso Setavado Interno Prafuso cabeça

Leia mais

Modelo SOLO900 SOLO700 TOPO700. Carga máx. 3000 kg o par 3000 kg o par 3000 kg o par. 726 mm. 702 mm (linha superior) ( 702 mm)

Modelo SOLO900 SOLO700 TOPO700. Carga máx. 3000 kg o par 3000 kg o par 3000 kg o par. 726 mm. 702 mm (linha superior) ( 702 mm) Barras de Pesagem Beckhauser Manual do Usuário Conheça seu equipamento em detalhes e saiba como aproveitar todo seu potencial no manejo. Leia atentamente este Manual antes de utilizar o produto e antes

Leia mais

Plano de Curso Não Regulamentado - Qualificação Profissional

Plano de Curso Não Regulamentado - Qualificação Profissional PERFIL PROFISSIONAL / IDENTIFICAÇÃO DA OCUPAÇÃO: Ocupação: Educação Profissional: Nível da Qualificação: Área Tecnológica: Competência Geral: Requisitos de Acesso: Carpinteiro de Estruturas de Telhado

Leia mais

ISF 214: PROJETO DE SUPERESTRUTURA DA VIA PERMANENTE ACESSÓRIOS

ISF 214: PROJETO DE SUPERESTRUTURA DA VIA PERMANENTE ACESSÓRIOS 1. OBJETIVO ISF 214: PROJETO DE SUPERESTRUTURA DA VIA PERMANENTE ACESSÓRIOS Definir o tipo e características dos acessórios metálicos a serem utilizados no assentamento e fixação dos trilhos aos dormentes

Leia mais

Motobombas Centrífugas Submersíveis Séries BCS-365 e BCS-475

Motobombas Centrífugas Submersíveis Séries BCS-365 e BCS-475 Motobombas Centrífugas Submersíveis Séries e BCS-475 Pedestal Roscado Pedestal Flangeado Motobombas para líquidos com sólidos em suspensão, conforme tamanho especificado na tabela. Aplicações Gerais Estações

Leia mais

ENCARREGADO DE MONTAGEM MECÂNICA ELEMENTOS DE MÁQUINAS

ENCARREGADO DE MONTAGEM MECÂNICA ELEMENTOS DE MÁQUINAS ENCARREGADO DE MONTAGEM MECÂNICA ELEMENTOS DE MÁQUINAS 1-1 - ENCARREGADO DE MONTAGEM MECÂNICA ELEMENTOS DE MÁQUINAS 2 PETROBRAS Petróleo Brasileiro S.A. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei

Leia mais

Itens com * somente vendidos no KIT. Preço e prazo de entrega somente mediante solicitação.

Itens com * somente vendidos no KIT. Preço e prazo de entrega somente mediante solicitação. LISTA DE PEÇAS LISTA DE PEÇAS SEPARADOR S655 Nº Código Descrição Quantidade 1 Carcaça 1 2 * Porca sextavada normal DIN 934 / M8 12 3 * Arruela lisa DIN 125 / M8 12 4 * Parafuso DIN 939 / M8 x 25 12 5

Leia mais

Projeto: Torquímetro Didático

Projeto: Torquímetro Didático Universidade Estadual de Campinas Instituto de Física Gleb Wataghin 1º semestre de 2010 Projeto: Torquímetro Didático Disciplina: F-609 Instrumentação para Ensino Aluno: Diego Leonardo Silva Scoca diegoscocaxhotmail.com

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD 035.03.04 REDE COMPACTA - TRANSFORMADOR. Sumário

ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD 035.03.04 REDE COMPACTA - TRANSFORMADOR. Sumário Sumário 1. Objetivo 2. Âmbito de Aplicação 3. Documentos de Referência 4. Requisitos Ambientais 5. Condições Gerais 6. Estrutura CE2H TR (2º Nível) Poste de Concreto de Seção Circular 7. Estrutura CE2H

Leia mais

bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO OL-DUPLO - SEMI FECHADO

bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO OL-DUPLO - SEMI FECHADO A SSISTÊNCIAS T ÊCNICASAUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33833806 / 33833807 bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES BAMBOZZI PRODUTOS ESPECIAIS LTDA. Av. XV de Novembro,

Leia mais

CAPÍTULO IX CISALHAMENTO CONVENCIONAL

CAPÍTULO IX CISALHAMENTO CONVENCIONAL I. ASECTOS GERAIS CAÍTULO IX CISALHAMENTO CONVENCIONAL O cisalhamento convencional é adotado em casos especiais, que é a ligação de peças de espessura pequena. Considera-se inicialmente um sistema formado

Leia mais

Minami Indústria de Aparelhos para a Lavoura Ltda. Estrada do Minami, Km 01 Bairro Hiroi Caixa Postal 75 Biritiba Mirim SP CEP 08940-000

Minami Indústria de Aparelhos para a Lavoura Ltda. Estrada do Minami, Km 01 Bairro Hiroi Caixa Postal 75 Biritiba Mirim SP CEP 08940-000 Minami Indústria de Aparelhos para a Lavoura Ltda. Estrada do Minami, Km 01 Bairro Hiroi Caixa Postal 75 Biritiba Mirim SP CEP 08940-000 E-mail: minami@minami.ind.br Site: www.minami.ind.br Tel./Fax.:

Leia mais

05 PRATELEIRAS MEDIDAS EM MM: 920 (Largura) x 1980 (Altura) x 400 (Profundidade)

05 PRATELEIRAS MEDIDAS EM MM: 920 (Largura) x 1980 (Altura) x 400 (Profundidade) ESTANTE MULTIUSO 05 PRATELEIRAS MEDIDAS EM MM: 920 (Largura) x 1980 (Altura) x 400 (Profundidade) Estante multiuso, totalmente confeccionada em chapa de aço de baixo teor de carbono,com acabamento pelo

Leia mais

Manual técnico Caixas em poliéster KS

Manual técnico Caixas em poliéster KS Manual técnico Caixas em poliéster KS 1 2 3 6 7 6 4 5 1 As caixas em poliéster KS são altamente versáteis na aplicação. Elevado grau de proteção, sem risco de corrosão, alta resistência a produtos químicos

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS SISTEMA DE ARQUIVO DESLIZANTE ORGÃO GERENCIADOR:

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS SISTEMA DE ARQUIVO DESLIZANTE ORGÃO GERENCIADOR: ATA DE REGISTRO DE PREÇOS SISTEMA DE ARQUIVO DESLIZANTE ORGÃO GERENCIADOR: Código UASG: 393003 Pregão Eletrônico SRP n 511/14 Vigência: 26/11/2014 a 25/11/2015 Sr. Luciano Sacramento Fone: (61) 3315-4241/4601

Leia mais

FIX AR. APARAFUSAR. FECHAR.

FIX AR. APARAFUSAR. FECHAR. FIX AR. APARAFUSAR. FECHAR. Catálogo 2013 HISTÓRIA DA EMPRESA 1890 Fundação da empresa por Andreas Maier, como uma fábrica de fechaduras. 1920 Chaves de aperto alargam a nossa gama de fabrico. CRIAMOS

Leia mais

CATÁLOGO DE PEÇAS 1.01.02.02.02.002

CATÁLOGO DE PEÇAS 1.01.02.02.02.002 CATÁLOGO DE PEÇAS Carreta distribuidora de torta de filtro.0.0.0.0.00 Av. Marginal Francisco Vieira Caleiro, 00 - Distr. Industrial Caixa Postal - CEP -00 - Sertãozinho - SP Fone: ().00 - Fax: ().0 Fone:

Leia mais

Capítulo I: Elementos de Fixação

Capítulo I: Elementos de Fixação Capítulo I: Elementos de Fixação Profª. Luziane M. Barbosa 1 Profª. Luziane M. Barbosa 2 1 Profª. Luziane M. Barbosa 3 Uniões Móveis Permanentes Profª. Luziane M. Barbosa 4 2 PINOS Funções: Possibilitar

Leia mais

REF.: "ALTERAÇÃO DO CABO DO ACELERADOR POR TIRANTE NOS MODELOS 1155".

REF.: ALTERAÇÃO DO CABO DO ACELERADOR POR TIRANTE NOS MODELOS 1155. Informamos que realizamos melhoramento no sistema de controle de aceleração dos tratores modelo 1155 e suas versões, alterando os dois cabos de aço dos aceleradores de mão e de pé por tirantes de barra.

Leia mais

Universidade de Fortaleza Centro de Ciencias Tecnologicas Curso de Engenharia deprodução/mecânica. Desenho Mecânico. Prof.

Universidade de Fortaleza Centro de Ciencias Tecnologicas Curso de Engenharia deprodução/mecânica. Desenho Mecânico. Prof. Universidade de Fortaleza Centro de Ciencias Tecnologicas Curso de Engenharia deprodução/mecânica Desenho Mecânico Prof. José Rui Barbosa Componentes mecânicos Elementos de ligação - Roscas - Parafusos

Leia mais

Comandos. MOTOCULTIVADOR GASOLINA - BFG 920 MASTER Caixa Engrenagens Completas

Comandos. MOTOCULTIVADOR GASOLINA - BFG 920 MASTER Caixa Engrenagens Completas MOTOCULTIVADOR GASOLINA - BFG 0 MASTER Caixa Engrenagens Completas Comandos 00 00 PEÇA (CAIXA DE ENGRENAGEM COMPLETA) Caixa Engren. Rotativas Porca M Chapa Espacadora União Caixas Chapa União Caixas Engrenagens

Leia mais

LISTA DE PEÇAS DE REPOSIÇÃO TALHAS ELÉTRICAS DE CORRENTE TIPO R20

LISTA DE PEÇAS DE REPOSIÇÃO TALHAS ELÉTRICAS DE CORRENTE TIPO R20 LISTA DE PEÇAS DE REPOSIÇÃO TALHAS ELÉTRICAS DE CORRENTE TIPO R20 Stahl Talhas Equipamentos de Movimentação Ltda. 1 TALHA ELÉTRICA DE CORRENTE DE ELOS R20 COMPLETA 2 1 Caixa de engrenagens 1 20 323 01

Leia mais

Estruturas Metálicas para Sustentação de Módulos Fotovoltaicos em Telhados

Estruturas Metálicas para Sustentação de Módulos Fotovoltaicos em Telhados Estruturas Metálicas para Sustentação de Módulos Fotovoltaicos em Telhados Cód. Item. Descrição Características Embalagem Prazo Trilho Comprimento padrão 1120mm PHB-RAIL-1120 PHB-RAIL-2120 Trilho 1120mm

Leia mais

1. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS REFERENTES AOS ITENS 1 A

1. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS REFERENTES AOS ITENS 1 A ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE MOBILIÁRIO PARA SALAS DE AULA E DE ATIVIDADES, SALAS DE USO MÚLTIPLO E DE INFORMÁTICA, ÁREAS DE ALIMENTAÇÃO E DE REPOUSO, DESTINADAS À EDUCAÇÃO INFANTIL, ENSINO FUNDAMENTAL E

Leia mais

PERFORT SISTEMAS DE BANDEJAMENTO

PERFORT SISTEMAS DE BANDEJAMENTO PERFORT 1 SISTEMAS DE BANDEJAMENTO Utilizando o conceito de estruturação mecânica desenvolvido pela MOPA, o ELETROFORT é uma eletrocalha de seção transversal e características exclusivas, que permitiram

Leia mais

Plantadeira de Micro-Trator 1 Linha - Plantio Direto e Convencional Instruções do Operador

Plantadeira de Micro-Trator 1 Linha - Plantio Direto e Convencional Instruções do Operador R Plantadeira de Micro-Trator 1 Linha - Plantio Direto e Convencional Instruções do Operador INDÚSTRIA MECÂNICA KNAPIK LTDA. Rua Prefeito Alfredo Metzler, 480 - CEP 89400-000 - Porto União - SC Site: www.knapik.com.br

Leia mais

Dupla Projeção Ortogonal / Método de Monge

Dupla Projeção Ortogonal / Método de Monge Provas Especialmente Adequadas Destinadas a Avaliar a Capacidade Para a Frequência do Ensino Superior dos Maiores de 23 Anos 2015 Prova de Desenho e Geometria Descritiva - Módulo de Geometria Descritiva

Leia mais

Execução de caracter para escrita em desenho técnico NBR 8402 Aplicação de linhas em desenhos - Tipos de linhas - Larguras das linhas NBR 8403

Execução de caracter para escrita em desenho técnico NBR 8402 Aplicação de linhas em desenhos - Tipos de linhas - Larguras das linhas NBR 8403 Execução de caracter para escrita em desenho técnico NBR 8402 Aplicação de linhas em desenhos - Tipos de Execução de caracter para escrita em desenho técnico - NBR 8402 Execução de caracter para escrita

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA DESENHO MECÂNICO CORTES. Prof. Márcio Valério de Araújo

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA DESENHO MECÂNICO CORTES. Prof. Márcio Valério de Araújo UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA DESENHO MECÂNICO CORTES Prof. Márcio Valério de Araújo INTRODUÇÃO IMPORTÂNCIA DA REPRESENTAÇÃO EM CORTE NO DESENHO TÉCNICO

Leia mais

Capítulo 73. Obras de ferro fundido, ferro ou aço

Capítulo 73. Obras de ferro fundido, ferro ou aço Capítulo 73 Obras de ferro fundido, ferro ou aço Notas. 1.- Neste Capítulo, consideram-se de ferro fundido os produtos obtidos por moldação nos quais o ferro predomina em peso sobre cada um dos outros

Leia mais

SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL

SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL METAL/MECÂNICA SENAI RR SENAI RR SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DOS CURSOS 1. TÍTULO INTRODUÇÃO À HIDRÁULICA Proporcionar ao treinando a compreensão dos princípios básicos da

Leia mais

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 IMPORTANTE... 3 SEGURANÇA... 3 CUIDADOS AO RECEBER O EQUIPAMENTO... 4 1) Instalação dos exaustores... 5 2) Instalação

Leia mais

Shaping a lighter future. Manual de Montagem e Instalação

Shaping a lighter future. Manual de Montagem e Instalação Shaping a lighter future Manual de Montagem e Instalação Índice Geral Características Componentes Montagem 4 7 10 Características Perfis extrudados de alumínio Parafusos, porcas, arruelas e rebites Comprimento

Leia mais

Corte total. Qualquer pessoa que já tenha visto um regis- A U L A

Corte total. Qualquer pessoa que já tenha visto um regis- A U L A A U L A 11 11 Corte total Introdução Qualquer pessoa que já tenha visto um regis- tro de gaveta, como o que é mostrado a seguir, sabe que se trata de uma peça complexa, com muitos elementos internos. Se

Leia mais

Concurso Público para provimento de cargo efetivo de Docentes. Edital 24/2015 ENGENHARIA MECÂNICA Campus Santos Dumont

Concurso Público para provimento de cargo efetivo de Docentes. Edital 24/2015 ENGENHARIA MECÂNICA Campus Santos Dumont Questão 01 O registro representado na Figura 1 é composto por vários componentes mecânicos, muitos deles, internamente à caraça. Peças com essa característica são difíceis de representar em desenhos técnicos,

Leia mais

COLECTOR PFM + PFM-G FIXAÇÕES NO TELHADO. Visão geral. Parafuso duplo Fixação universal - Parafuso duplo Duo Fixação universal

COLECTOR PFM + PFM-G FIXAÇÕES NO TELHADO. Visão geral. Parafuso duplo Fixação universal - Parafuso duplo Duo Fixação universal FIXAÇÕES NO TELHADO Visão geral Imagem Tipo de fixação PFM PFM-G Tipo de montagem Paralela Estabelecida Instalação livre Parafuso duplo Fixação universal - Parafuso duplo Duo Fixação universal Âncora de

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PISO ELEVADO ACECOFLOOR PLACA CC1250

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PISO ELEVADO ACECOFLOOR PLACA CC1250 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PISO ELEVADO ACECOFLOOR PLACA CC1250 Dimensões: Pesos: Tolerâncias: Resistências: 600 mm X 600 mm (medida nominal) (59,98cm X 59,98cm) 30 mm de espessura (medida nominal) Peso de

Leia mais

010.050 = ARRUELA TRAVA DO SUPORTE TRASEIRO 608 040.303 = BORRACHA ESTABILI- ZADOR TRASEIRO 608 / 708 Nº. ORIG. (309.326.0281)

010.050 = ARRUELA TRAVA DO SUPORTE TRASEIRO 608 040.303 = BORRACHA ESTABILI- ZADOR TRASEIRO 608 / 708 Nº. ORIG. (309.326.0281) 010.100 = ARRUELA ENCOSTO ALGEMA DIANT. 25 X 40 X 4,2 Nº. ORIG. (352.323.0376) 010.101 = ARRUELA ENCOSTO ALGEMA DIANT. 25 X 50 X 4,2 Nº. ORIG. (FAMA 0376/4,2) 010.102 = ARRUELA ENCOSTO ALGEMA DIANT. 25

Leia mais

Conjunto de empilhamento para o vaporizador combinado (gás)

Conjunto de empilhamento para o vaporizador combinado (gás) SmartCombi Classic Combi Conjunto de empilhamento para o vaporizador 845986----AIRU6- / 2.05.200 / TAG-MaBr Versão Conjunto de empilhamento do vaporizador combinado a gás CE Conjunto de empilhamento do

Leia mais

ESCORAMENTO ESPECIFICAÇÕES OBJETIVO... 2 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 CONSIDERAÇÕES ESPECÍFICAS... 3

ESCORAMENTO ESPECIFICAÇÕES OBJETIVO... 2 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 CONSIDERAÇÕES ESPECÍFICAS... 3 ESCORAMENTO PÁGINA 1/16 MOS 4ª Edição ESPECIFICAÇÕES MÓDULO 05 VERSÃO 00 DATA jun/2012 SUMÁRIO OBJETIVO... 2 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 CONSIDERAÇÕES ESPECÍFICAS... 3 0501 ESCORAMENTO DE MADEIRA... 3 0502

Leia mais

BOMBA CENTRÍFUGA FBRL20B MONO-ESTÁGIO

BOMBA CENTRÍFUGA FBRL20B MONO-ESTÁGIO BOMBA CENTRÍFUGA FBRL20B MONO-ESTÁGIO MANUAL TÉCNICO Série: FBRL20B Aplicação Desenvolvida para trabalhar com líquidos limpos ou turvos, em inúmeras aplicações, tais como indústrias químicas, petroquímicas,

Leia mais

[ACESSÓRIOS STANDARD] Bancada. Bucha 125 mm x 3 grampos. Ponto fixo CM2. Ponto fixo CM3.

[ACESSÓRIOS STANDARD] Bancada. Bucha 125 mm x 3 grampos. Ponto fixo CM2. Ponto fixo CM3. TORNO PARALELO [CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS] Acabamento de alta precisão. Uma precisão rotação da bucha

Leia mais

Conjunto de empilhamento para o vaporizador combinado (eléctrico)

Conjunto de empilhamento para o vaporizador combinado (eléctrico) SmartCombi Classic Combi Conjunto de empilhamento para o vaporizador 845906----AIRU6- / 2.05.200 / TAG-MaBr Versão Conjunto de empilhamento para o vaporizador combinado eléctrico Tipo n.º Tamanho MM845906

Leia mais

Biombos 70 e 90 Estações de Trabalho

Biombos 70 e 90 Estações de Trabalho 1 de 20 2 de 20 Detalhes Técnicos 3 de 20 Quadro de vidro PAINEL CEGO PAINEL TOTAL VIDRO SIMPLES VIDRO SIMPLES PAINEL MEIO Chassi Travessa Intermediária Calha Intermediária Placa Madeira Calha de fiação

Leia mais

EQ 7881. Manual de montagem, instalação e operação

EQ 7881. Manual de montagem, instalação e operação EQ 7881 Manual de montagem, instalação e operação 0 A Rampa para elevação e alinhamento de veículos EQ 7881 foi desenvolvida e fabricada para facilitar e auxiliar os trabalhos de alinhamento de direção,

Leia mais

Sugestões de Montagem. Perfis para Estrutura de Telhados

Sugestões de Montagem. Perfis para Estrutura de Telhados Sugestões de Montagem Perfis para Estrutura de Telhados 1 Apresentação As sugestões que apresentamos aqui são direcionadas para os profissionais que já possuem experiência com telhados. Nosso objetivo

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO O - MOTOR PERKINS

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO O - MOTOR PERKINS Consulte as Assistências Técnicas Autorizadas acesse: www.bambozzi.com.br/assistec.xls ou ligue: +55 (16) 33833806 / 33833807 MANUAL DE INSTRUÇÕES BAMBOZZI PRODUTOS ESPECIAIS LTDA. Av. XV de Novembro,

Leia mais

MOINHOS GRANULADORES

MOINHOS GRANULADORES MOINHOS GRANULADORES DESDE 1980 Fundada em 1980 sediada em Farroupilha, RS em uma área própria de 15.000m², com área construída de 2.250 m², a Mecanofar mantém mais de 3.500 máquinas no mercado de transformação.

Leia mais

SUPORT E AIRON CEILING DUO S B V22a INSTRUÇÕES DE MO NTAGEM

SUPORT E AIRON CEILING DUO S B V22a INSTRUÇÕES DE MO NTAGEM SUPORT E IRON CEILING DUO S B V22a INSTRUÇÕES DE MO NTGEM Imagens ilustrativas * TENÇÃO boa fixação do suporte no teto (quadro 02) é fundamental para a segurança do conjunto. ssim, chumbadores do tipo

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇO

ATA DE REGISTRO DE PREÇO ATA DE REGISTRO DE PREÇO DADOS DO PREGÃO NÚMERO DO PREGÃO: 20/2014 NÚMERO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS: 20/2014 ÓRGÃO GESTOR: HOSPITAL GERAL DO RIO DE JANEIRO UASG: 160323 CONTATO NO ÓRGÃO PARA ADESÃO:

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES : PEÇA FIXAÇÃO SUPERIOR/INFERIOR PIVOT COM EIXO A 67 MM MEDIDAS (MM) : 165X46 VIDRO (MM) : 10 ENTALHE : M 101

ESPECIFICAÇÕES : PEÇA FIXAÇÃO SUPERIOR/INFERIOR PIVOT COM EIXO A 67 MM MEDIDAS (MM) : 165X46 VIDRO (MM) : 10 ENTALHE : M 101 Ao longo de 26 anos de experiência e aprendizagem, a J.M.S.A. posiciona-se como líder de mercado, nas ferragens para vidro. Actualmente, somos os principais fabricantes e distribuidores de ferragens para

Leia mais

Trazendo a melhor tecnologia que a sua empresa precisa!!!

Trazendo a melhor tecnologia que a sua empresa precisa!!! Trazendo a melhor tecnologia que a sua empresa precisa!!! e-mail: towers@towersbrasil.com.br COMPACTADOR DE SOLO - PARTES E PEÇAS Batedor - TW72FW N Nome N Nome 1 Sapata 22 Pistão guia 2 Parafuso cabeça

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES PRELIMINARES BICICLETA ESCOLAR. Aro 20. Item Descrição Medidas Tolerância. Diâmetro interno - Usinado e Calibrado - mm

ESPECIFICAÇÕES PRELIMINARES BICICLETA ESCOLAR. Aro 20. Item Descrição Medidas Tolerância. Diâmetro interno - Usinado e Calibrado - mm MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE ARTICULAÇÃO E CONTRATOS COORDENAÇÃO DE REGISTRO DE PREÇOS ESPECIFICAÇÕES PRELIMINARES

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1. ESTRUTURA E BLINDAGEM DOS MODULOS 1.1 - Estruturas Laterais Externas Deverão ser confeccionadas em chapa de aço SAE1010 #18, com varias dobras formando colunas, sem quinas ou

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA abr/2006 1 de 6 COBERTURAS DIRETORIA DE ENGENHARIA. Edificações. Coberturas. PR 010979/18/DE/2006 ET-DE-K00/005

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA abr/2006 1 de 6 COBERTURAS DIRETORIA DE ENGENHARIA. Edificações. Coberturas. PR 010979/18/DE/2006 ET-DE-K00/005 ESPECIFICÇÃO TÉCNIC abr/2006 1 de 6 TÍTULO COBERTURS ÓRGÃO DIRETORI DE ENGENHRI PLVRS-CHVE Edificações. Coberturas. PROVÇÃO PROCESSO PR 010979/18/DE/2006 DOCUMENTOS DE REFERÊNCI SEP Secretaria de Estado

Leia mais