RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2008 ADAMANTINA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2008 ADAMANTINA"

Transcrição

1 Curso de Comunicação Social Habilitação em Jornalismo RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2008 ADAMANTINA

2 2008 1º SEMESTRE ABRIL/MAIO ATIVIDADE: Planejamento e organização III JUFAI - Jogos Universitários da FAI. DESCRIÇÃO: Atividade esportiva, envolvendo todos os cursos da faculdade, organizada pelo Departamento de Educação Física, com promoção e execução do Departamento de Comunicação Social e apoio da Rádio Cultura e Secretaria Municipal de Esportes de Adamantina. Alimentos arrecadados com as inscrições são doados a uma entidade assistencial da cidade. DATA: 28 de abril a 02 de maio de ENTIDADE BENEFICIADA: CRERES - Casa de Recuperação e Reintegração Social. Estrada 14, s/n Bairro Monte Alegre Caixa Postal 69 Adamantina - SP Cep Fone/Fax (018) CNPJ /

3 Prof. Eduardo Albieri, coordenador do curso de Educação Física e Profa. Ana Luisa Antunes Dias, coordenadora do curso de Comunicação Social, em visita ao CRERES - Casa de Recuperação e Reintegração Social. Organização do III JUFAI entregam alimentos arrecadados com as inscrições. Da esquerda para direita: Prof. Eduardo Albieri, coordenador do curso de Educação Física, Profa. Ana Luisa Antunes Dias, coordenadora do curso de Comunicação Social, Mario do Carmo Martins Rios, presidente do CRERES e Adilson Santos, funcionário do centro.

4 MAIO DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE: palestra Direitos Autorais ministrada por Paulo Cannabrava Filho, presidente da APIJOR Associação da Propriedade Intelectual dos Jornalistas. DATA: 09 de maio de LOCAL: Anfiteatro Miguel Reale, Campus II. Paulo Cannabrava Filho, presidente da APIJOR, em palestra na FAI. Alunos do Jornalismo e da Publicidade atentos às considerações do palestrante.

5 Alunos interagem fazendo perguntas ao palestrante. Visão geral do local do evento. JUNHO ATIVIDADE: Assessoria de Comunicação no RTA - Rodeio Técnico de Adamantina. PROFESSOR RESPONSÁVEL: Márcia Molina. DATA: 03 A 08 de junho de LOCAL: Recinto Poliesportivo.

6 DESCRIÇÃO: A disciplina de Comunicação Empresarial, ministrada pela professora, jornalista especialista Márcia Molina Fonseca, realiza anualmente um trabalho prático com alunos do sétimo termo de jornalismo no Rodeio Técnico de Adamantina RTA. O RTA é um evento anual, voltado para o público em geral de Adamantina e Região, e que congrega num só evento, o Rodeio, Shows, Boate, parque de diversões, espaço de praça de alimentação, com duração de 5 noites. NO RTA, por meio de um acordo entre a diretoria da Festa e a FAI, os alunos se responsabilizam pelo trabalho de assessoria de imprensa antes, durante e pós evento. Para isso é realizado um briefing inicial com o presidente da Festa, 3 a 4 meses antes do evento (na verdade o briefing acontece logo no início das aulas). O Presidente expõe suas necessidades de comunicação, faz um briefing geral sobre o evento e em seguida, alunos e professora montam uma estratégia de Comunicação, que deverá ser seguida nos meses seguintes.trinta dias antes da Festa acontece o Baile de escolha da Rainha, onde é realizada a primeira coletiva de imprensa. Essa coletiva também reúne empresários e investidores em potencial, sendo também um festa de apresentação do RTA. Na ocasião são os alunos que desenvolvem press-kits para serem distribuídos aos jornalistas presentes. No evento eles também colhem informações junto aos componentes da diretoria da festa, que serão utilizados em seguida nas matérias de press-releases. Esses releases são enviados a partir de um , criado pela sala, a todos os jornais, revistas, rádios e TVs da região. Também são enviados sugestão de pautas para entrevistas exclusivas com competidores, juiz de rodeio ou dono de boiada. Durante a Festa, os alunos se revezam na cobertura de palco, arena, bretes, praça de alimentação, camarotes e atendimento à imprensa local. Assim todas as informações são coletadas e passadas à imprensa para divulgação. Por meio desse trabalho os alunos acabam vivenciando uma experiência prática de assessoria de imprensa a um evento de grande porte, popular e de grande visibilidade, saindo assim dos muros da faculdade, para e trabalhando diretamente com as exigências reais do mercado. Vale lembrar que esse trabalho vem sendo realizado desde 2005 e muitos de nossos alunos, em função disso, foram procurados e contratados para cuidarem de assessorias de imprensa de eventos de rodeio ou Festas de Peão, pela região.

7 Profa. Márcia Molina e alunos do 7º termo na Assessoria de Comunicação da FAI no RTA Sala da Assessoria de Comunicação da FAI no RTA 2008.

8 Sala da Assessoria de Comunicação da FAI. Prof. Dr. Roldão Simione, diretor geral da FAI, dá entrevista a veículo de comunicação da região. JUNHO/JULHO ATIVIDADE: Curso Repórter de TV Oficina de Telejornalismo DESCRIÇÃO: O curso Repórter de TV Oficina de Telejornalismo que foi ministrado pelo Prof. Ms. Arnaldo Ferraz, e compreende uma parceria entre o referido jornalista e o Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo. No curso, uma atividade complementar, os participantes investiram R$ 295,00 por 30 horas de curso. O jornalista ofereceu 04 (quatro) bolsas aos estagiários do Departamento de Comunicação. DATA: 21 e 28 de junho e 05 e 12 de julho, das 09 às 13 horas e das 14 às 18 horas. LOCAL: Sala 11, campus I.

9 PROJETO: CURSO REPÓRTER DE TV Desde Junho de 1999 desenvolvemos em São Paulo e interior (desde 2004 também em Campo Grande, MS) cursos para repórter de Televisão. São Oficinas de Telejornalismo que visam complementar os estudos nas Faculdades de Jornalismo. Até hoje, mais de 7 mil alunos participaram do curso. O curso é dinâmico (na página seguinte detalhes do programa) onde o aluno aprende na prática como é o dia- a- dia de um repórter de TV. No final do curso o aluno recebe certificado com Apoio do Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo e um DVD com todo o material produzido e editado. Estrutura Para a realização do curso em Adamantina, precisaremos apenas do espaço - sala para até 15 pessoas, um aparelho de TV e um de DVD. O restante do material e equipamentos - câmeras e ilhas de edição é de nossa responsabilidade. Pretendemos realizar o curso em Adamantina nos seguintes dias e horários em sala. 14/06/ sábado - 9 às 13 horas e das 14 às 18 horas - serão duas turmas; seguindo o curso sempre aos sábados nos mesmos horários, dias 21/06 e 28/06. ***o curso tem duração de 30 horas. Serão oito aulas, sendo as restantes feitas nas ruas, já que o curso é prático. OFICINA DE TELEJORNALISMO Didática/programa Primeiro encontro Distribuição da apostila. Explicações sobre como funciona uma emissora de Televisão. A rotina dos jornalistas na redação. Aula teórica, com vídeotreinamento específico para repórteres e editores.

10 Gravam um Stand UP (falar em frente à câmera durante 30 segundos ou mais). Após a gravação, assistimos ao stand up para avaliação e correção. Dicas de Fonoaudiologia respiração, voz, ritmo, etc.. Segundo encontro - Gravação de Boletins. Desta vez o aluno trabalha com uma pauta real. O que está sendo noticia no dia. No mesmo dia assistimos ao boletim de cada um, para avaliação e correção. - Vamos fazer nossa primeira matéria. Coordenador mais o repórter cinematográfico vão com os alunos para a rua para a produção da matéria. Os alunos aprendem a fazer textos, gravações e entrevistas. O detalhe é que o aluno produz exatamente como o repórter profissional. Com dead line (tempo), texto com editor, elaboração de passagens, etc.. Terceiro encontro Produção da segunda reportagem Os alunos aprendem agora a fazer PLANO SEQÜÊNCIA boletins ao vivo onde o aluno aprende a falar em frente à câmera, improvisando texto. Quarto encontro Mais gravações ao vivo em plano seqüência - Mostramos todo o material editado. Comentários sobre a evolução, dicas de fonoaudiologia e entrega do certificado e do DVD para cada aluno. CURRÍCULUM VITAE Nome :Arnaldo Ferraz Endereço: Rua do Bolívar 348 Vila Carlota Campo Grande MS Data Nascimento 18/02/1965 RG SSP / SP CIC Contatos Formação Acadêmica Mestre em Comunicação Social Mestrado concluído em 2005 UNESP Campus Bauru/SP

11 Linha de Pesquisa Gestão da Comunicação e Informação Dissertação O processo de Regionalização da TV Brasileira Bacharel em Comunicação Social - Hab. Jornalismo Conclusão em 1988 UNESP - Campus Bauru/SP Cursos Inglês/CCAA 6 anos Português/Gramática 2 anos Treinamento Uniglobo Reciclagem e atualização Jornalismo em TV. Vários promovidos pela Rede Globo. (de 1998 a 2007) Formação Profissional Rede Globo Ingresso 1991 atuação em todas as áreas do jornalismo. Produção/Pauta; edição de texto; Apresentação de Telejornal e Reportagem. *Em 2003 assumi o cargo de Chefe de Reportagem e Posteriormente Editor-Chefe da TV Morena afiliada Rede Globo em Campo Grande MS; durante dois anos fui responsável pelo fechamento do Bom dia MS. Ao longo destes 16 anos de TV atuei diariamente como repórter em produções diárias - links e reportagens especiais. Rádio Auri Verde Am Bauru De 1989 a 1991 Jornal da Cidade Bauru De 1986 a 1989 ***No mesmo período trabalhei também em assessorias de Imprensa e Revistas.

12 REGISTRO Jornalista Arnaldo Ferraz que ministrou curso de telejornalismo na FAI.

13 Alunos praticando o fazer jornalístico no curso de telejornalismo.

14 PARTICIPANTES NOME/TERMO RG CELULAR 1. ILKA LUDMILA DA LUZ PETERLINI/5T 2. VALÉRIA RODRIGUES DE ARAÚJO/1T 3. ELAINE CRISTINA RODRIGUES/5T LUIZ CARLOS CELESTINO DE OLIVEIRA/7T 5. FERNANDA ALBINO BRONHARO/7T 6. FÁDUA EMANUELE CAPELLARI /7T 7. MARIANA GARCIA BALBINO/5T X CLAUDEMIR COBO/3T LUIS EDUARDO MARTINS DE OLIVEIRA/3T 10. DAIANE CRISTINA LORENTE/1T FERNANDA GARCIA/5T EDER SABINO/5T JOSIELEN RIBEIRO/3T EVERTON DOS SANTOS/FORMADO

15 2º SEMESTRE AGOSTO ATIVIDADE: 9º CI.COM Ciclo de Palestras de Comunicação Social. DATA: 18 a 22 de agosto de LOCAL PALESTRAS: anfiteatro da Biblioteca Municipal LOCAL OFICINAS: Campus I. CA RTAZ DO EVENTO PROGRAMAÇÃO:

16 DIA 18 Sessão de cinema Exibição do filme Saneamento Básico Local: Cinema Cyber Planet Alunos do Jornalismo e da Publicidade no Cine Cyber Planet, no primeiro dia do 9º CI.COM. Alunos do 6º termo de Jornalismo fazem cobertura o evento sob a supervisão dos professores Ricardo Cassiolato Torquato (Telejornalismo) e Márcia Molina (Radiojornalismo), na foto.

17 DIA 19 Abertura Oficial Profa. Ms. Ana Luisa Antunes Dias, coordenadora do curso, realiza a abertura do 9º CI.COM. Prof. Dr. Roldão Simione, Diretor Geral da FAI, prestigia o evento e fala aos alunos do curso de Comunicação.

18 Palestra: "O Publicitário no interior". Palestrante: Dênis Fornari, publicitário, gerente de marketing da Colormaq. Colaborador semanal dos jornais: Folha da Região (Araçatuba) e Impacto (Adamantina). Da esquerda para direita: Dênis Fornari, palestrante, Prof. Dr. Roldão Simione, Diretor Geral da FAI e Profa. Ms. Ana Luisa Antunes Dias, coordenadora do curso de Comunicação Social.

19 Lançamento do Livro Digital: Meus escritos de memória, de Claudio Amaral, jornalista e blogueiro, trabalhou nos grupos Folha e JB e na Imprensa Oficial do Estado de SP. Local: Biblioteca Municipal Claudio Amaral, jornalista.

20 O jornalista Claudio Amaral autografa Meus escritos de memória, livro digital, que foi distribuído gratuitamente aos presentes.

21 Alunos do 6º termo fazem a cobertura jornalística do evento - atividades das disciplinas de Telejornalismo, Radiojornalismo e Fotojornalismo.

22 DIA 20 Palestra: Radiojornalismo no século XXI. Palestrantes: André Thieful, chefe de reportagem da Rádio Dirceu de Marília, atua na cobertura dos setores policial, cidade e cultura. Franz Netto, apresentador do Jornal da Cidade da Rádio Dirceu e primeiro repórter aéreo do Brasil, atuou nas rádios Bandeirantes, Globo e Capital. Local: Biblioteca Municipal Os jornalistas André Thieful e Frazz Netto, palestrantes da noite. Profa. Ms. Ana Luisa Antunes Dias, coordenadora do curso de Comunicação Social entre os jornalistas André Thieful e Frazz Netto.

23 Ailime Iniraí, aluna do 6º termo, entrevista o palestrante André Thieful, em atividade da disciplina Telejornalismo. O tema radiojornalismo atraiu radialistas da cidade. Na foto, da esquerda para direita, representante da 89 FM, profa. Márcia Molina, Jonas Bonassa, o Sabiá, dono do Grupo Jóia de Comunicação e Profa. Ana Luisa Antunes Dias.

24 DIA 21 Oficinas: 1. A prática do radiojornalismo. Giuliano Panvecchio, jornalista, atuou nas Rádios Clube Am e Califórnia FM, de Osvaldo Cruz, e Rádio Vanguarda FM, de Sorocaba. 2. É sócio-proprietário da Garp Comunicação Integrada de Osvaldo Cruz. Local: Núcleo Midiático, campus I. Vagas: 30.

25 3. Noções de Webdesign e animação em Flash. Mateus Fardin Lima, publicitário formado pela FAI em 2007, desenvolve trabalhos como webmaster e programador. Local: Laboratório de Informática, campus I. Vagas: 23

26 4. Diagramação de mídia impressa. Eleandro Festa, publicitário, é diretor de arte da Garp Comunicação Integrada de Osvaldo Cruz e Técnico em Diagramação da FAI, atuou como Assistente de Arte na Remat Propaganda e Marketing de Marília e como Assistente de Criação na Promarke de Pres. Prudente. Local: Laboratório de Informática, campus I. Vagas: A prática do telejornalismo. Cássia Mota, jornalista, é editora da TV Fronteira, afiliada da Rede Globo, e atua na edição dos telejornais SPTV 1ª e 2ª edição e realiza edição de matérias para o telejornal Bom Dia São Paulo. Local: Sala 10, campus I. Vagas: 30.

27 6. Linguagem Cinematográfica. Cacá Haddad, é apresentador do programa Cultura Livre da Rádio Cultura de Adamantina. Possui Graduação e Mestrado em Ciências da Comunicação Social pela Università Pontificia Salesiana, Itália. Local: Sala 11, campus I. Vagas: 30

28 DIA 22 ENCERRAMENTO Palestra: "Os caminhos da publicidade". Palestrante: João Alberto Faria, publicitário e Relações Públicas da DPZ - Dualibi Petit Zaragoza Propaganda, de São Paulo.

29 Local: Biblioteca Municipal

30

31 Premiação do Concurso de Cartazes para o 9º CI.COM - entrega de certificados para os três primeiros colocados. Prof. Dr. Roldão Simione, diretor geral da FAI, entrega certificado e livro aos primeiros colocados do concurso de cartazes. Alunos do 6º termo de Publicidade. Profa. Ana Luisa,coordenadora do curso e Prof. Dr. Roldão Simione, diretor geral da FAI, entregam certificados e livros aos classificados no concurso de cartazes. Alunos do 6º termo de Publicidade.

32 A seguir todas as artes inscritas. A votação foi realizada com todos do Curso de Comunicação Social, exceto os inscritos no concurso. O voto não foi obrigatório e a eleição foi realizada pelo prof. André Tiago Sichieri, da disciplina de Criação Publicitária.

33

34 SETEMBRO VISITA TÉCNICA: EDITORA ALTO ASTRAL, JORNAL BOM DIA E TV TEM VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO DA CIDADE DE BAURU. Profa. Ieda Cristina Borges Relatório da atividade pedagógica envolvendo alunos da IES na disciplina de Inf. e Produção Gráfica e Projetos Experimentais, à coordenação do Departamento de Comunicação Social do curso de Comunicação Social Habilitação em Jornalismo, profa. Ms Ana Luisa Antunes Dias. ADAMANTINA SP 2008

35 PROJETO PEDAGÓGICO TÍTULO: Visitas: Editora Alto Astral/Jornal Bom Dia/TV TEM DATA: 23/09/08 (terça-feira) COORDENADORA: Prof. Ieda Borges PARTICIPANTES: 14 acadêmicos: 4º termo de C S Hab. Jornalismo e PP 8 termo de C S Jornalismo LOCAL: Cidade de Bauru/SP ATIVIDADES PREVISTAS: Conhecer o processo produtivo de peças gráficas: revistas (Editora Alto Astral) e jornal Bom Dia e produção do telejornalismo da emissora TV TEM (afiliada Rede Globo). OBJETIVO: Atender a proposta da ementa da disciplina de Informática e Produção Gráfica, em propiciar ao aluno o conhecimento da estruturação gráfica e das modernas técnicas de diagramação em projetos gráficos diversos. CONTRIBUIÇÃO PARA FORMAÇÃO DOS ALUNOS: - Utilizar a percepção e a criatividade dos alunos para a criação e desenvolvimento de ações em comunicação através dos recursos gráficos;

36 - Estimular a compreensão e elaboração de mensagens visuais através dos recursos tipográficos, design. - Elaborar através de critérios teóricos peças gráficas através de um planejamento; - Verificar o trabalho integrado da equipe de jornalismo e criação no fechamento das edições de revistas e jornais. - acompanhar o processo produtivo em uma emissora com programação regional na grade nacional de TV aberta. JUSTIFICATIVA: O mercado editorial de revistas cresceu 27% desde Segundo dados do Instituto Verificador de Circulação (IVC- 2007), o segmento de revistas populares registrou expansão de 11% no ano passado, enquanto as revistas de celebridades avançaram 2% e as revistas semanais informativas perderam 1.5%. O segmento popular é liderado pela Editora Abril, que vem mantendo share próximo de 60% nos últimos anos, seguida por Escala (TV Brasil, Sete Dias com Você, TV Novelas e Conta Mais), que perdeu terreno em 2007, de 22% para 18%; Alto Astral (Malu e Guia da TV), que fez o caminho inverso, de 10% para 14,5%. A Editora Alto Astral de Bauru, atua em 14 segmentos, e ocupa o segundo lugar no mercado editorial brasileiro. E possui um amplo trabalho para estagiários do curso de comunicação social e processo seletivo para cobertura de férias e posterior contratação. Uma ótima oportunidade de conhecer nicho de mercado. O Jornal Bom Dia, pertence a Rede Bom Dia, com afiliadas de TV, como a TV Tem de Bauru. Implantou desde 2005 um diferencial em jornalismo, com estilo redacional próprio e uma paginação fora dos padrões dos grandes veículos da mídia impressa do estado. A TV TEM é a TV aberta com retransmissão do sinal da Rede Globo, emissora líder do mercado. O telejornalismo regional possui a maior audiência no horário e disponibiliza várias equipes para a cobertura da área de abrangência no interior do estado.

37 REGISTRO: Editora Alto Astral: Jornal Bom Dia: TV TEM:

38 RELAÇÃO DOS ALUNOS ENVOLVIDOS NA PROPOSTA: NOME/TERMO RA CELULAR CIDADE 15. DAIANE BENETÃO/8T 0950/ ADTNA 16. CAMILA T TAVARES/8T 0135/ ADTNA 17. RODRIGO AURESCO/8T 0985/ ADTNA 18. LETICIA J SILVA/4T 0002/ ADTNA 19. NATALIA L SANTOS/4T 1102/ ADTNA 20. ELAINE RODRIGUES/6T 0553/ ADTNA 21. JAQUELINE/2T 0153/ ADTNA 22. FERNANDA A BRONHARO/8T 1340/ OSVALDO CRUZ 23. GISELE MENDES/8T 1405/ OSVALDO CRUZ 24. LUIZ OLIVEIRA/8T 1721/ OSVALDO CRUZ 25. ALINE V TRUCHETTI/4T 0433/ OSVALDO CRUZ 26. THIAGO CASTELLI/4T 0008/ TUPA 27. DRIELI/2T 0639/ TUPÃ 28. PROF IEDA BORGES MARILIA CUSTOS - DESLOCAMENTO: Transporte van 15 lugares Sr Roberto ( / ) valor R$ 560,00.

39 COBERTURA JORNALÍSTICA DO II CIC FAI Congresso de Iniciação Científica Data: de 22 a 24 de outubro Professor Responsável: Márcia Molina Disciplina: Radiojornalismo II Prof. Márcia Molina e aluno do 6º termo de Jornalismo, Eduardo Ross. Ross Alunas da FAI na apresentação dos pôsters. Aluna do 6º termo rmo de Jornalismo entrevista membro da comissão organizadora do evento.

40 OUTUBRO/NOVEMBRO CURSO: Comunicação Social - Jornalismo DISCIPLINA: Fotojornalismo II TERMO: 6 PROFESSOR RESPONSÁVEL: Mariana Martins Mtb /SP TEMA/MEIO: Fotografia de Espetáculo LOCAL: Biblioteca Municipal 1. TÍTULO: Fotografia de Espetáculo 2. APRESENTAÇÃO: O Presente trabalho pretende de forma prática iniciar os discentes na fotografia de espetáculo. Divididos em grupos, os discentes realizam encenações (esquetes) enquanto os outros grupos captam as imagens. Uma atividade que une a criatividade com elementos da técnica fotográfica. 3. OBJETIVOS: Iniciar os alunos na fotografia de espetáculo, aliando técnica ao olhar fotográfico. Promover a integração dos discentes. Trabalhar a criatividade como processo. 4. JUSTIFICATIVA: A fotografia de espetáculo está presente no jornalismo diário, de revista e webjornalismo. Desta forma é necessário que os discentes recebam subsídios necessários para estarem aptos a captarem imagens desta natureza. 5. RECURSOS HUMANOS: Discentes do 6 termo de comunicação Social - jornalismo Docente da disciplina de fotojornalismo II 6. RECURSOS MATERIAIS: Câmeras digitais (compactas e semi-profissionais) Som Iluminação cênica MÊS/ANO AGO SET OUT NOV DEZ Captação das X imagens Edição de imagens X 8. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: KEENE, Martin. Fotojornalismo: Guia Profissional. 1 ed. Lisboa: Dinalivro, 2002 CAMARGO, Isaac Antônio. Reflexões sobre o pensamento fotográfico. 1 Ed. Londrina, Ed UEL, 1999.

41

42

43 NOVEMBRO A Revista PerCurso compreende parte das atividades pedagógicas desenvolvidas no 6º termo de Jornalismo. A publicação faz parte do projeto Jornal Laboratório, atividade em que os alunos praticam o fazer jornalístico durante todo o semestre. Por ser desenvolvido de forma conjunta entre as disciplinas de Redação Jornalística, Edição, Fotografia e Planejamento Gráfico, o trabalho possibilita o conhecimento multidisciplinar da comunicação. A distribuição do material impresso foi feita pela coordenação de curso aos alunos envolvidos no projeto e às prefeituras dos 31 municípios pertencentes a Nova Alta Paulista. O material também foi distribuído aos alunos ingressantes em 2009 como forma de divulgação das atividades do curso. O projeto da revista encontra-se a seguir e o arquivo da publicação encontra-se em anexo.

44 6º TERMO JORNALISMO/COMUNICAÇÃO SOCIAL REVISTA PERCURSO Jornalismo - Comunicação Social ADAMANTINA SP 2008

45 PROJETO PARA JORNAL LABORATÓRIO: REVISTA PERCURSO Projeto para realização do Jornal Laboratório apresentado ao Departamento de Comunicação Social da FAI conforme exigência da grade acadêmica. ADAMANTINA SP 2008

46 2 APRESENTAÇÃO Público-alvo Periodicidade Tiragem Projeto Editorial Conceitos Definições Projeto Gráfico Conceitos Definições Definição de caracteres tipográficos e espaços Títulos Margens Suporte Softwares utilizados para editoração eletrônica... 53

47 1 TÍTULO DA PUBLICAÇÃO Revista PerCurso 2 APRESENTAÇÃO Este projeto de caráter experimental é resultado do trabalho conjunto dos aluno do 6º termo do curso de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo da FAI Faculdades Adamantinenses Integradas de Cada etapa do processo de desenvolvimento deste jornal-laboratório, permitiu aos alunos o exercício de elementos capitais do processo jornalístico: pauta, reportagem, redação, fotografia, edição e design gráfico. Possibilitou ainda o navegar em águas ainda obscuras para o curso de Comunicação Social: jamais havia sido realizada uma publicação no estilo magazine na FAI. A partir do momento em que foi decidido praticar o jornalismo de revista, avistamos a possibilidade, também inédita, de dar vida às características da região em que vivemos: a Nova Alta Paulista, que há muito carece do debate de seus próprios habitantes como também da imprensa local. Procuramos então traçar um perfil sócio-econômico da Região, abordando sua história e apontando alternativas para seu desenvolvimento. O título escolhido para a publicação é PerCurso. A união das palavras per, que em latim pode significar por e para, com curso, que tem o mesmo significado, dão ao título o significado de algo feito por ou para o curso universitário. Mas também permite a interpretação literal, com percurso significando algo a ser ou que foi percorrido para se atingir uma meta. O assunto tratado encaixa-se fielmente ao título, já que também procuramos desvendar os caminhos da Nova Alta Paulista.

48 2.1 Público-alvo Tradicionalmente, as magazines são bem acolhidas por grande parte dos leitores. A revista, diferente do jornal, tem um prazo de validade maior, conseqüentemente, permanece mais tempo em posse do leitor. Desta forma procurou-se atingir as classes sociais A, B e C, de forma que a linguagem utilizada pelo veículo fosse compreensível a um leitor médio. 2.2 Periodicidade Espera-se, à priori, uma única edição da revista. Mas nada impede que outras edições sejam veiculadas buscando novas problemáticas e diferentes abordagens. O veículo permite outras possibilidades temáticas com o mesmo projeto. 2.3 Tiragem A tiragem será de mil exemplares para atender a demanda editorial. 3 Projeto Editorial 3.1 Conceitos O projeto editorial visa criar uma personalidade própria para a revista PerCurso. Para isso, consideramos as características dos redatores e do público a que é destinada a publicação. A redação das matérias permitirá diferentes pautas e formatações da matéria. O estilo da redação é livre e admitirá peculiaridades e elementos textuais característicos do autor. Entretanto, será preservada a linguagem jornalística que evita adjetivações, redundâncias e palavras rebuscadas. Deverá ser clara, concisa e direta. Os termos técnicos deverão ser explicados para facilitar a compreensão do leitor médio.

49 Cada aluno atribui a si a função que desempenhará na publicação: Repórteres, diagramadores ou editores. Com estes últimos, junto com um Editor-Chefe, será formado com o professor responsável pela disciplina de Edição Jornalística II o Conselho Editorial, responsável pelas decisões relativas à publicação, desde o planejamento gráfico e editorial ou a solução de qualquer outro problema. Caso sejam usadas siglas na matéria, estas deverão ser expostas primeiro seguido do seu significado separados por hífen. Números de 1 (um) à 10 (dez) deverão ser grafados por extenso. 3.2 Definições Caberá à publicação diferentes seções, ou editorias, divididas pela temática que abordam. Nesta edição, a publicação será distribuída da seguinte maneira: CAPA Logo da revista, data e número de edição. Uma fotografia que sintetize ou represente o tema abordado. Será permitido fotomontagens. Chamadas, caso houver. Título de uma linha e subtítulo de no mínimo uma linha. 2ª E 3ª CAPAS Espaço destinado à publicidade. 4ª CAPA Fotografia com o todo o expediente. PÁGINA 3 Apresentação e Editorial PÁGINA 4 - Sumário 4 PÁGINAS (5, 6, 7 e 8) Seção Política : Retranca: Políticas públicas para o desenvolvimento regional.

50 3 PÁGINAS (9,10 e 11) Seção Bioenergia : Retranca: Bioenergia e o desenvolvimento na Alta Paulista. 2 PÁGINAS (12 e 13) Seção Segurança : Retranca: As penitenciárias construídas na região: causas e efeitos 3 PÁGINAS (14, 15 E 16) Seção Empresas : Retranca: Empresas modelo para o desenvolvimento regional 3 PÁGINAS (17, 18 E 18) Seção Agricultura : Retranca: Futuro de atividades agrículas tradicionais 3 PÁGINAS (20, 21 E 23) Seção Imprensa : Retranca: O papel dos veículos de comunicação 3 PÁGINAS (24 E 25) Seção Educação : Retranca: A qualificação profissional como forma de fortalecimento regional 1 PÁGINA (26) Seção Empresas : Retranca: Grandes redes empresariais descobre a região 3 PÁGINAS (27, 28 E 29) Seção Infraestrutura : Retranca: Qual a situação da infraestrutura da Nova Alta Paulista 1 PÁGINA (30) Seção Empresas : Retranca: As incubadoras de empresas ajudam o desenvolvimento empresarial 3 PÁGINAS (31, 32 E 33) Seção História : Retranca: A história da colonização na Nova Alta Paulista Pág Expediente

51 4 Projeto Gráfico 4.1 Conceitos A revista terá trinta e seis páginas, todas coloridas tendo em vista a importante inovação gráfica buscada pela publicação-experimental, visto que as páginas preto-e-branco não valorizariam e não são recomendáveis para o trabalho no estilo magazine. A paginação das matérias será estabelecida de acordo com o assunto tratado. Utilizaremos página com cinco colunas, permitindo eventualmente alterações, para proporcionar dinamicidade à publicação. Duas colunas de texto preencherão quatro da página. Uma coluna de um dos cantos da página não será utilizada, valorizando assim o contraste, leveza e modernidade da publicação. Contudo, deve-se levar em consideração que a legibilidade de um texto depende da tipografia, de espaços em branco, do corpo usado, do comprimento das linhas, do espaçamento entre elas, do branco entre a mancha de impressão e a margem de corte. Assim, as medidas gráficas estabelecidas não deverão fugir ao tamanho determinado da publicação para que não ocorra a medida falsa. Com isso pretende-se que a unidade, harmonia e ritmos sejam valorizados. As margens largas são consideradas importantes para a aparência e para a legibilidade, por esta razão também que foram criadas cinco colunas, usando-se apenas quatro para a disposição do texto, e uma para legenda das fotografias, havendo maior exploração do branco, tornando o impresso com visual mais agradável.

52 4.1 Definições Definição de caracteres tipográficos e espaços Título: Arial Black, corpo 48; Corpo de Texto: Garamond, corpo 11, espaçamento e entrelinhas 14 pontos condensado a 90%, texto justificado, alinhado à esquerda; Legendas: Garamond, corpo 12; Créditos Texto: Garamond negrito e itálico, corpo 12; Créditos Foto: Arial, corpo 06; Chapéu: Arial, negrito, corpo 24; Títulos Títulos: até 40 toques; chamadas: 1 a 2 linhas. Fotolegenda: até 10 linhas Reportagem: não há número mínimo ou máximo de linhas uniformemente estipulados. Estes serão definidos na reunião de pauta Margens 10mm interna 10mm superior 15mm externa 15mm inferior Suporte Papel Couché 235 x 352 cm. Gramatura do papel: Capa 180%, Interna 90%. Cinco colunas. Espaçamento de colunas: 1.

53 4.2 Softwares utilizados para editoração eletrônica Microsoft Word, para edição de textos. Adobe Indesign, para a diagramação do jornal. Adobe Photoshop, para tratamento de imagem e artes.

54 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2009

55 MAIO EVENTO: PROFESSOR RESPONSÁVEL: Ieda Borges. DATA: 04 de maio de LOCAL: Centro Cultural Fiesp Ruth Cardoso OBJETIVO: : o Fórum Liberdade de Imprensa e Democracia retoma as discussões sobre a importância da liberdade para a consolidação de uma imprensa e uma sociedade em que a cidadania seja um valor pleno e acessível a todos. TEMA GERAL Jornalismo, uma indústria pelo pensamento democrático A questão da liberdade de imprensa é essencial para fortalecimento dos laços democráticos. Um dos pilares mais vulneráveis em regimes autoritários é a imprensa e a comunicação. Apesar de alcançarmos as garantias democráticas, tanto individuais ividuais como coletivas, a ameaça à liberdade de imprensa se revela de diversas maneiras no Brasil, seja via agentes políticos, seja pela criminalidade e violência, seja por meio de pressões econômicas. DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES: CONFERÊNCIAS E PAINÉIS: 8h30 às 9h30 - Recepção dos inscritos e convidados 9h30 - Welcome Coffee 9h30 - Sessão de Abertura

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

25º SET Universitário

25º SET Universitário 25º SET Universitário O SET Universitário é um evento que estimula a troca de experiências entre alunos, professores e profissionais das áreas de Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas,

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária Área de Comunicação Tecnologia em Produção Publicitária Curta Duração Tecnologia em Produção Publicitária CARREIRA EM PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA Nos últimos anos, a globalização da economia e a estabilização

Leia mais

PRÊMIO OAB-GO DE JORNALISMO EDITAL

PRÊMIO OAB-GO DE JORNALISMO EDITAL PRÊMIO OAB-GO DE JORNALISMO EDITAL 1. DOS OBJETIVOS DO PRÊMIO O Prêmio OAB-GO de Jornalismo é um concurso jornalístico instituído pela Seção de Goiás da Ordem dos Advogados do Brasil para premiar matérias

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Diretoria de Comunicação Social (Dirco) Políticas Públicas de Comunicação

Universidade Federal de Uberlândia Diretoria de Comunicação Social (Dirco) Políticas Públicas de Comunicação Universidade Federal de Uberlândia Diretoria de Comunicação Social Políticas Públicas de Comunicação...a presença ativa duma universidade, revigorada ao contato de seu núcleo mais vivo e ciosa do seu espaço

Leia mais

Trabalho interdisciplinar e atividade extensionista na UEPG: o projeto Portal Comunitário

Trabalho interdisciplinar e atividade extensionista na UEPG: o projeto Portal Comunitário Trabalho interdisciplinar e atividade extensionista na UEPG: o projeto Portal Comunitário SOUZA, Kauana Mendes 1 ; XAVIER, Cintia 2 Universidade Estadual de Ponta Grossa, Paraná, PR RESUMO O projeto Portal

Leia mais

Campeonato Alagoano 2014 Período: Janeiro a maio de 2014. Campeonato Alagoano

Campeonato Alagoano 2014 Período: Janeiro a maio de 2014. Campeonato Alagoano Campeonato Alagoano 2014 Período: Janeiro a maio de 2014 Campeonato Alagoano A emoção do Campeonato Alagoano faz parte da programação da TV Pajuçara desde 2008. E, de lá pra cá, já virou tradição de todo

Leia mais

Pronac Nº 1111032 Você em Cenna é um concurso cultural que irá eleger atores e atrizes amadores de todo o país, que enviarão vídeos de suas performances para votação popular e de júri especializado. Os

Leia mais

A Rede Pública Municipal de Ensino de Maceió atende cerca de 55 mil alunos, de acordo com o censo escolar de 2014. Dessa clientela, cerca de 40%

A Rede Pública Municipal de Ensino de Maceió atende cerca de 55 mil alunos, de acordo com o censo escolar de 2014. Dessa clientela, cerca de 40% OFICINA MAIS COMUNICAÇÃO ENSINA TÉCNICAS DE TEXTO, FOTO E AUDIOVISUAL EM MACEIÓ Adriana Thiara de Oliveira SILVA 1 Delane Barros dos SANTOS 2 Maria Janaina de Farias SOARES 3 Resumo Euforia, barulho, trabalho

Leia mais

CARTILHA MONTE SEU PERCURSO DE FORMAÇÃO LIVRE

CARTILHA MONTE SEU PERCURSO DE FORMAÇÃO LIVRE CARTILHA MONTE SEU PERCURSO DE FORMAÇÃO LIVRE Tutorial básico para realização de atividades de formação livre em campi temporários ÍNDICE Apresentação, 03 Como funcionam os campi temporários?, 04 O que

Leia mais

Papiro: jornal-laboratório da Faculdade 7 de Setembro 1. Sammia SANTOS 2 Alessandra MARQUES 3 Faculdade 7 de Setembro, Fortaleza, CE

Papiro: jornal-laboratório da Faculdade 7 de Setembro 1. Sammia SANTOS 2 Alessandra MARQUES 3 Faculdade 7 de Setembro, Fortaleza, CE Papiro: jornal-laboratório da Faculdade 7 de Setembro 1 Sammia SANTOS 2 Alessandra MARQUES 3 Faculdade 7 de Setembro, Fortaleza, CE RESUMO O presente trabalho apresenta a experiência de produção laboratorial

Leia mais

PROPOSTA DE ESTRUTURAÇÃO

PROPOSTA DE ESTRUTURAÇÃO U N I R I O UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO REITORA MALVINA TUTTMAN PROPOSTA DE ESTRUTURAÇÃO COORDENAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (COMSO) Fernanda Soares Coordenadora Gabriel Melo Assistente

Leia mais

TOPE [EA]². Assessoria de imprensa voltada à divulgação da ciência

TOPE [EA]². Assessoria de imprensa voltada à divulgação da ciência Assessoria de imprensa voltada à divulgação da ciência Camila Delmondes Assessoria de Relações Públicas e Imprensa Faculdade de Ciências Médicas Unicamp Divulgação Cientifica e Cultural Laboratório de

Leia mais

PROCESSO SELETIVO/2012_2 ÁREA DE ATUAÇÃO: AGÊNCIA EXPERIMENTAL DE COMUNICAÇÃO

PROCESSO SELETIVO/2012_2 ÁREA DE ATUAÇÃO: AGÊNCIA EXPERIMENTAL DE COMUNICAÇÃO PROCESSO SELETIVO/2012_2 ÁREA DE ATUAÇÃO: AGÊNCIA EXPERIMENTAL DE COMUNICAÇÃO O curso de Comunicação Social seleciona estudantes das habilitações Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Rádio e TV para

Leia mais

Jornal Marco Zero 1. Larissa GLASS 2 Hamilton Marcos dos SANTOS JUNIOR 3 Roberto NICOLATO 4 Tomás BARREIROS 5

Jornal Marco Zero 1. Larissa GLASS 2 Hamilton Marcos dos SANTOS JUNIOR 3 Roberto NICOLATO 4 Tomás BARREIROS 5 1 Jornal Marco Zero 1 Larissa GLASS 2 Hamilton Marcos dos SANTOS JUNIOR 3 Roberto NICOLATO 4 Tomás BARREIROS 5 Faculdade internacional de Curitiba (Facinter) RESUMO O jornal-laboratório Marco Zero 6 é

Leia mais

Hotsite: Carta de Serviços ao Cidadão do MDS

Hotsite: Carta de Serviços ao Cidadão do MDS PRÁTICA 1) TÍTULO Hotsite: Carta de Serviços ao Cidadão do MDS 2) DESCRIÇÃO DA PRÁTICA - limite de 8 (oito) páginas: O Hotsite da Carta de Serviços ao Cidadão do MDS foi um projeto realizado pela Ouvidoria

Leia mais

A AGÊNCIA DE JORNALISMO COMO SUPORTE E APOIO AOS PROJETOS E AÇÕES DO CURSO DE JORNALISMO UEPG

A AGÊNCIA DE JORNALISMO COMO SUPORTE E APOIO AOS PROJETOS E AÇÕES DO CURSO DE JORNALISMO UEPG ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( x ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA A AGÊNCIA DE JORNALISMO COMO SUPORTE

Leia mais

PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2015 REGULAMENTO. Encerramento das inscrições. Cerimônia de premiação dos vencedores

PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2015 REGULAMENTO. Encerramento das inscrições. Cerimônia de premiação dos vencedores PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2015 REGULAMENTO Calendário ATIVIDADES DATA Lançamento no site Encerramento das inscrições Anúncio oficial dos finalistas Cerimônia de premiação dos vencedores 03 de

Leia mais

Programa Anexo 1. Resumo

Programa Anexo 1. Resumo Programa Anexo 1 Bruno LIMA 2 Carolina RIBEIRO 3 Lara MARQUES 4 Elga MÓL 5 Elisa FRANÇA 6 Ana AMORIM 7 Michelle BASTOS 8 Soraya VIEIRA 9 Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, MG Resumo Este trabalho

Leia mais

Revista Lilica & Tigor

Revista Lilica & Tigor filhos família moda Revista Lilica & Tigor Lilica & Tigor é a revista produzida para o Grupo Marisol S.A., uma das maiores indústrias nacionais no segmento de vestuário, que hoje detém como marcas Lilica

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUINTES EM 2015/1

ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUINTES EM 2015/1 CENTRO UNIVERSITÁRIO BELAS ARTES DE SÃO PAULO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Publicidade e Propaganda Rádio e Televisão Relações Públicas ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUINTES EM 2015/1 DEFINIÇÃO

Leia mais

Faculdades Integradas do Norte de Minas - FUNORTE R. Lírio Brant, 787 Melo Montes Claros/MG Fone: 21010494

Faculdades Integradas do Norte de Minas - FUNORTE R. Lírio Brant, 787 Melo Montes Claros/MG Fone: 21010494 Faculdades Integradas do Norte de Minas - FUNORTE R. Lírio Brant, 787 Melo Montes Claros/MG Fone: 21010494 APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA DE PROJETO DE EXTENSÃO Título do projeto: 8ª Semana da Comunicação e

Leia mais

PRODUTORA DE NOTÍCIAS VESTIBULAR 1. Letycia CARDOSO 2 João Gabriel MARQUES 3 Márcio de Oliveira GUERRA 4

PRODUTORA DE NOTÍCIAS VESTIBULAR 1. Letycia CARDOSO 2 João Gabriel MARQUES 3 Márcio de Oliveira GUERRA 4 PRODUTORA DE NOTÍCIAS VESTIBULAR 1 Letycia CARDOSO 2 João Gabriel MARQUES 3 Márcio de Oliveira GUERRA 4 Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, MG RESUMO Como forma de estimular a criatividade

Leia mais

MEDIA TRAINING: COMO SE COMUNICAR COM A IMPRENSA. Ingresso Janeiro 2015. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/cursosdeferias

MEDIA TRAINING: COMO SE COMUNICAR COM A IMPRENSA. Ingresso Janeiro 2015. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/cursosdeferias MEDIA TRAINING: COMO SE COMUNICAR COM A IMPRENSA Ingresso Janeiro 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/cursosdeferias MEDIA TRAINING: COMO SE COMUNICAR COM A IMPRENSA Num mundo midiático e acelerado,

Leia mais

INTEGRAÇÃO DE MÍDIAS EM JORNALISMO Como unir os veículos formais e os inovadores

INTEGRAÇÃO DE MÍDIAS EM JORNALISMO Como unir os veículos formais e os inovadores INTEGRAÇÃO DE MÍDIAS EM JORNALISMO Como unir os veículos formais e os inovadores Ingresso Janeiro 2014 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/cursosdeferias INTEGRAÇÃO DE MÍDIAS EM JORNALISMO: Como

Leia mais

Seminário Integrado de Práticas Jornalísticas e Publicitárias da FAG. Regulamento Geral 1 INTRODUÇÃO

Seminário Integrado de Práticas Jornalísticas e Publicitárias da FAG. Regulamento Geral 1 INTRODUÇÃO Regulamento Geral 1 INTRODUÇÃO 1.1- Entre os dias 26 e 30 de maio de 2014 será realizado, na Faculdade Assis Gurgacz- FAG, o 7º Seminário Integrado de Práticas Jornalísticas e Publicitárias. Promovido

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO GANDHI DE COMUNICAÇÃO 2015 ATENÇÃO: INSCRIÇÕES PRORROGADAS!!!! Até 18 de setembro de 2015.

REGULAMENTO PRÊMIO GANDHI DE COMUNICAÇÃO 2015 ATENÇÃO: INSCRIÇÕES PRORROGADAS!!!! Até 18 de setembro de 2015. REGULAMENTO PRÊMIO GANDHI DE COMUNICAÇÃO 2015 ATENÇÃO: INSCRIÇÕES PRORROGADAS!!!! Até 18 de setembro de 2015. Justificativa O Prêmio Gandhi de Comunicação é uma iniciativa da Agência da Boa Notícia, Organização

Leia mais

MICROFONE ABERTO O Desafio Ao Vivo em Radiojornalismo Ingresso Julho 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/cursosdeferias

MICROFONE ABERTO O Desafio Ao Vivo em Radiojornalismo Ingresso Julho 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/cursosdeferias MICROFONE ABERTO O Desafio Ao Vivo em Radiojornalismo Ingresso Julho 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/cursosdeferias Microfone Aberto: O Desafio Ao Vivo no Radiojornalismo Rádiojornalismo

Leia mais

O que é: A Oficina de Comunição é um treinamento à distância realizado pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba.

O que é: A Oficina de Comunição é um treinamento à distância realizado pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba. O que é: A Oficina de Comunição é um treinamento à distância realizado pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba. Objetivos: Capacitar os pontos focais de cada Comitê Afluente que trabalhem diretamente

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO EDITAL

PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO EDITAL As Faculdades Integradas Barros Melo vêm tornar público aos alunos regularmente matriculados nos Cursos de Jornalismo,

Leia mais

Projeto Festival Clube da Viola. Resumo do Projeto

Projeto Festival Clube da Viola. Resumo do Projeto Projeto Festival Clube da Viola Resumo do Projeto A música brasileira é um dos elementos culturais que contribuem para a criação e o fortalecimento de uma idéia de pertencimento nacional, promovendo uma

Leia mais

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 Cruz das Almas BA 2013 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das Disposições Gerais O presente

Leia mais

Será considerado também: A informação contida no texto de apresentação do trabalho. O relato autobiográfico do autor como informação complementar.

Será considerado também: A informação contida no texto de apresentação do trabalho. O relato autobiográfico do autor como informação complementar. Por favor, leia estas bases antes de iniciar o processo de inscrição. Se necessitar de informação ou esclarecimento adicional nos escreva por meio do endereço: premioroche@fnpi.org 1. Prêmio O é uma iniciativa

Leia mais

RESUMO O HOMEM E O RIO: EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA A SUSTENTABILIDADE DO RIO PARAÍBA DO SUL

RESUMO O HOMEM E O RIO: EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA A SUSTENTABILIDADE DO RIO PARAÍBA DO SUL RESUMO O HOMEM E O RIO: EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA A SUSTENTABILIDADE DO RIO PARAÍBA DO SUL UNITAU - Universidade de Taubaté CBH-PS Comitê de Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul Trabalho realizado

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA O CURSO DE EXTENSÃO ESCOLA POPULAR DE COMUNICAÇÃO CRÍTICA (ESPOCC) - TURMAS 2015/2016

EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA O CURSO DE EXTENSÃO ESCOLA POPULAR DE COMUNICAÇÃO CRÍTICA (ESPOCC) - TURMAS 2015/2016 EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA O CURSO DE EXTENSÃO ESCOLA POPULAR DE COMUNICAÇÃO CRÍTICA (ESPOCC) - TURMAS 2015/2016 O Observatório de Favelas do Rio de Janeiro, com o patrocínio da Petrobras e o apoio

Leia mais

A PRÁTICA DE PROJETOS ESCOLARES COMO MEIO DE APRENDIZAGEM: UMA EXPERIENCIA EM BARRA DO GARÇAS (MT)

A PRÁTICA DE PROJETOS ESCOLARES COMO MEIO DE APRENDIZAGEM: UMA EXPERIENCIA EM BARRA DO GARÇAS (MT) A PRÁTICA DE PROJETOS ESCOLARES COMO MEIO DE APRENDIZAGEM: UMA EXPERIENCIA EM BARRA DO GARÇAS (MT) Rosinei Borges de Mendonça UFMT-Araguaia rosineibm@gmail.com Adriana Queiroz do Nascimento UFMT-Araguaia

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho IMPRENSA IT. 36 07 1 / 8 1. OBJETIVO Administrar o fluxo de informações e executar ações de comunicação junto aos públicos interno e externo do Crea GO de forma transparente, ágil, primando pela veracidade

Leia mais

Elaboração de pauta para telejornal

Elaboração de pauta para telejornal Elaboração de pauta para telejornal Pauta é a orientação transmitida aos repórteres pelo pauteiro, profissional responsável por pensar de que forma a matéria será abordada no telejornal. No telejornalismo,

Leia mais

PRAIEIRO. Lili Araujo

PRAIEIRO. Lili Araujo PRAIEIRO Lili Araujo APRESENTAÇÃO: "PRAIEIRO" será o terceiro trabalho fonográfico solo da cantora e compositora carioca Lili Araujo. Haverá a produção de uma tiragem mínima do CD em formato físico (1.000

Leia mais

SEMANA DO SERVIDOR PÚBLICO sugestão de palestrantes. Otimize seu orçamento e mantenha um bom nível de palestrantes.

SEMANA DO SERVIDOR PÚBLICO sugestão de palestrantes. Otimize seu orçamento e mantenha um bom nível de palestrantes. SEMANA DO SERVIDOR PÚBLICO sugestão de palestrantes Otimize seu orçamento e mantenha um bom nível de palestrantes. resultados positivos para os servidores? qualidade de vida fernando rocha wesley schunk

Leia mais

Empresas e projetos do grupo

Empresas e projetos do grupo MÍDIA KIT 2015 Atualmente o Grupo WDS é o maior grupo de entretenimento do Brasil. Possui diversas empresas em vários segmentos diferentes e em várias regiões do país. O Wood s é uma marca pertencente

Leia mais

Parceria faculdade-empresa na área de jornalismo

Parceria faculdade-empresa na área de jornalismo Parceria faculdade-empresa na área de jornalismo ANA EUGÊNIA NUNES DE ANDRADE Jornalista, professora do Curso de Comunicação Social habilitação em Jornalismo, da Universidade do Vale do Sapucaí (Univás)

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUÍNTES EM 2014/1

ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUÍNTES EM 2014/1 CENTRO UNIVERSITÁRIO BELAS ARTES DE SÃO PAULO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Publicidade e Propaganda Rádio e Televisão Relações Públicas ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUÍNTES EM 2014/1 DEFINIÇÃO

Leia mais

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (Publicidade e Propaganda)

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (Publicidade e Propaganda) CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (Publicidade e Propaganda) NÚCLEO DE TECNOLOGIA E COMUNICAÇÃO FACULDADE DA CIDADE DE MACEIÓ Regulamento de Funcionamento do Laboratório de Comunicação I INTRODUÇÃO: O Núcleo

Leia mais

PERÍODO: 23 a 26 de outubro de 2012 Campus I da UEPB ASSUNTO: CHAMADA DE TRABALHOS 1ª CIRCULAR

PERÍODO: 23 a 26 de outubro de 2012 Campus I da UEPB ASSUNTO: CHAMADA DE TRABALHOS 1ª CIRCULAR PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS VII SEMANA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA EXTENSÃO E SUSTENTABILIDADE REGIONAL NO SÉCULO XXI: TECENDO DIÁLOGOS E CONSTRUINDO NOVOS CENÁRIOS.

Leia mais

Ações de Interatividade

Ações de Interatividade Ações de Interatividade Fundação Padre Anchieta TV Cultura Julho de 2007 Diário de Bárbara Em agosto de 2007, 14 adolescentes de várias partes do mundo foram convidados a conhecer o Pólo Norte para ver

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÕES Serviços da Assessoria de Comunicação Social

GUIA DE ORIENTAÇÕES Serviços da Assessoria de Comunicação Social A Assessoria de Comunicação Social (ASCOM) da Universidade Federal de Alfenas UNIFAL-MG é uma unidade de apoio e assessoramento da Instituição, diretamente ligada ao Gabinete da Reitoria, que dentre suas

Leia mais

JORNALISMO CULTURAL ONLINE: EXPERIÊNCIAS DE COBERTURA JORNALÍSTICA DO SITE CULTURA PLURAL

JORNALISMO CULTURAL ONLINE: EXPERIÊNCIAS DE COBERTURA JORNALÍSTICA DO SITE CULTURA PLURAL 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( x ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA JORNALISMO

Leia mais

Ementa das disciplinas optativas 2011.1 (em ordem alfabética independente do curso e do turno)

Ementa das disciplinas optativas 2011.1 (em ordem alfabética independente do curso e do turno) Ementa das disciplinas optativas 2011.1 (em ordem alfabética independente do curso e do turno) Disciplina Ementa Pré- requisito C.H. Curso Assessoria de Comunicação Conhecimento geral, reflexão e prática

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE COMUNICAÇÃO, TURISMO E ARTES Coordenação de Jornalismo

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE COMUNICAÇÃO, TURISMO E ARTES Coordenação de Jornalismo UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE COMUNICAÇÃO, TURISMO E ARTES Coordenação de Jornalismo REGIMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM JORNALISMO Capítulo I Da concepção de estágio O Estágio visa oportunizar

Leia mais

O Dia D. 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE. e a culturalização de um. posicionamento estratégico

O Dia D. 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE. e a culturalização de um. posicionamento estratégico O Dia D e a culturalização de um posicionamento estratégico 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE Centro Universitário Franciscano uma universidade para suas aspirações Santa Maria é um polo educacional

Leia mais

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Aprovado por: Diretoria de Informação Institucional 1 OBJETIVO Definir e padronizar os procedimentos referentes

Leia mais

Gente do bem: proposta de atividades comunicativas em rádio e para abordar ações. sociais em Uberlândia. MG. 1

Gente do bem: proposta de atividades comunicativas em rádio e para abordar ações. sociais em Uberlândia. MG. 1 Gente do bem: proposta de atividades comunicativas em rádio e para abordar ações RESUMO sociais em Uberlândia. MG. 1 Kênia Leal PIMENTA 2 Letícia Daniela Gonçalves MEDEIROS 3 Monique França ROCHA 4 Adriana

Leia mais

Sumário Apoios Dados Gerais Expositores Visitantes Congresso Fenabrave Campanha de Marketing Mídia Espontânea Fotos do evento

Sumário Apoios Dados Gerais Expositores Visitantes Congresso Fenabrave Campanha de Marketing Mídia Espontânea Fotos do evento Sumário Apoios Dados Gerais Expositores Visitantes Congresso Fenabrave Campanha de Marketing Mídia Espontânea Fotos do evento Sumário XXI EDIÇÃO DO CONGRESSO FENABRAVE TERMINA COM PREVISÃO OTIMISTA PARA

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS DELIBERAÇÃO Nº 65, DE 11 DE MAIO DE 2012 O DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO, tendo em vista a decisão tomada em sua 257ª Reunião Extraordinária, realizada em 11 de maio de 2012, e considerando

Leia mais

PROJETO BANDAS E CORAIS NAS ESCOLAS : A EXPERIÊNCIA DO CORAL ENCANTO

PROJETO BANDAS E CORAIS NAS ESCOLAS : A EXPERIÊNCIA DO CORAL ENCANTO PROJETO BANDAS E CORAIS NAS ESCOLAS : A EXPERIÊNCIA DO CORAL ENCANTO Rebeca Vieira de Queiroz Almeida Faculdade Saberes Introdução O presente texto é um relato da experiência do desenvolvimento do projeto

Leia mais

Jornalismo de Moda. A Instituição: Fashion Campus

Jornalismo de Moda. A Instituição: Fashion Campus Jornalismo de Moda A Instituição: Fashion Campus O Fashion Campus é uma instituição que oferece cursos de extensão nas áreas de moda, arte, design e comportamento em Brasília. Temos como objetivo preparar

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho IMPRENSA IT. 36 08 1 / 6 1. OBJETIVO Administrar o fluxo de informações e executar ações de comunicação junto a imprensa sediada na capital e no interior de forma transparente, ágil, primando pela veracidade

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000023 - COMUNICACAO SOCIAL - JORNALISMO Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0110 - EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

Joice Vieira Estagiária do Jornal Correio

Joice Vieira Estagiária do Jornal Correio Considero o Programa Correio de Futuro um ponta pé inicial para minha carreira profissional, pois apesar de não ter experiência em redação de jornal, o programa foi uma porta aberta que me levou a fazer

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL BAIANO IF BAIANO COORDENAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

INSTITUTO FEDERAL BAIANO IF BAIANO COORDENAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL INSTITUTO FEDERAL BAIANO IF BAIANO COORDENAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Rua do Rouxinol, 115, Imbuí, Salvador-BA, CEP 41720-052 Tel.: (71) 3186-0045 EDITAL DE ABERTURA - Processo de Seleção de Estágio em

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

Apresentação. Público. Abrangência / Tiragem Atibaia / 3.000 exemplares impressos / edição on line

Apresentação. Público. Abrangência / Tiragem Atibaia / 3.000 exemplares impressos / edição on line CMídia Kit 2015 Apresentação O que é A revista Circulô Conceitual é um periódico quadrimestral, distribuído gratuitamente em locais estratégicos da cidade. Chega para suprir as necessidades e interesses

Leia mais

Campanha "Está Provado por A+B arma não é brinquedo"

Campanha Está Provado por A+B arma não é brinquedo Campanha "Está Provado por A+B arma não é brinquedo" Mostra Local de: Londrina Categoria do projeto: I Projetos em Andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: "Participo do

Leia mais

Resumo. GT Produção Laboratorial Impresso Jornal cultural 2ª Opinião Márcia Eliane Rosa Professora de Jornalismo, doutoranda na ECA/USP

Resumo. GT Produção Laboratorial Impresso Jornal cultural 2ª Opinião Márcia Eliane Rosa Professora de Jornalismo, doutoranda na ECA/USP GT Produção Laboratorial Impresso Jornal cultural 2ª Opinião Márcia Eliane Rosa Professora de Jornalismo, doutoranda na ECA/USP Resumo O 2ª Opinião - Espaço cultural é um jornal-laboratório que vem sendo

Leia mais

Planejamento de Campanha Publicitária

Planejamento de Campanha Publicitária Planejamento de Campanha Publicitária Prof. André Wander UCAM O briefing chegou. E agora? O profissional responsável pelo planejamento de campanha em uma agência de propaganda recebe o briefing, analisa

Leia mais

Seminário Integrado de Práticas Jornalísticas e Publicitárias da FAG

Seminário Integrado de Práticas Jornalísticas e Publicitárias da FAG EDITAL Regulamento Geral 1 INTRODUÇÃO 1.1 Promovido pelo colegiado de Comunicação Social da Faculdade Assis Gurgacz FAG, o Seminário Integrado de Práticas Jornalísticas e Publicitárias acontece no primeiro

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Cultura Brasileira 1º PERÍODO O fenômeno cultural. Cultura(s) no Brasil. Cultura regional e

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Comunicação

Universidade. Estácio de Sá. Comunicação Universidade Estácio de Sá Comunicação A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades em 1970, como Faculdades

Leia mais

CHAMADA DE SELEÇÃO PROJETO MISTURADA 2015/1

CHAMADA DE SELEÇÃO PROJETO MISTURADA 2015/1 CHAMADA DE SELEÇÃO PROJETO MISTURADA 2015/1 APRESENTAÇÃO O projeto Misturada é promovido pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura e Comunidade (ProEx) e está vinculado ao Programa UDESC Musical. Foi criado

Leia mais

I CIPPEB - CONGRESSO INTERNACIONAL DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA RELATO DE EXPERIÊNCIA

I CIPPEB - CONGRESSO INTERNACIONAL DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA RELATO DE EXPERIÊNCIA RELATO DE EXPERIÊNCIA SEMANA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: UMA PRÁTICA PEDAGÓGICA Mestranda Rita Aparecida Nunes de Souza da Luz PROGEPE UNINOVE Resumo O objetivo desse trabalho é relatar a experiência

Leia mais

PLANEJAMENTO DE MARKETING ELETRÔNICO

PLANEJAMENTO DE MARKETING ELETRÔNICO Instituto FA7 IBMEC MBA em Marketing Disciplina: Professor: Turma: Equipe: Marketing Eletrônico Renan Barroso Marketing II - Fortaleza Ana Hilda Sidrim, Ana Carolina Danziger PLANEJAMENTO DE MARKETING

Leia mais

REGULAMENTO. A decisão da comissão julgadora será incontestável.

REGULAMENTO. A decisão da comissão julgadora será incontestável. REGULAMENTO 1 - OBJETIVOS A 11ª Mostra Nacional de Audiovisual Universitário realizada em Mato Grosso visa: a) identificar, reunir, exibir e discutir a produção audiovisual e cinematográfica realizada

Leia mais

Em 2012, a Abril Mídia lançou a 1ª edição do HOTEL PRO, uma publicação focada nas necessidades da indústria hoteleira.

Em 2012, a Abril Mídia lançou a 1ª edição do HOTEL PRO, uma publicação focada nas necessidades da indústria hoteleira. Em 2012, a Abril Mídia lançou a 1ª edição do HOTEL PRO, uma publicação focada nas necessidades da indústria hoteleira. Um grande sucesso editorial, ela vai agora para a segunda edição (com lançamento em

Leia mais

Plano Editorial Julho 2006

Plano Editorial Julho 2006 Plano Editorial Julho 2006 Missão Uma agência que noticia processos ocorridos no espaço público político (governo, Estado e cidadania), com foco nos interesses do cidadão brasileiro. Público-Alvo Cidadãos

Leia mais

UNIVERSIDADE DE MARÍLIA CURSOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PRÊMIO UNIMAR DE PUBLICIDADE E JORNALISMO REGULAMENTO CATEGORIA UNIVERSITÁRIA

UNIVERSIDADE DE MARÍLIA CURSOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PRÊMIO UNIMAR DE PUBLICIDADE E JORNALISMO REGULAMENTO CATEGORIA UNIVERSITÁRIA UNIVERSIDADE DE MARÍLIA CURSOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PRÊMIO UNIMAR DE PUBLICIDADE E JORNALISMO REGULAMENTO CATEGORIA UNIVERSITÁRIA APRESENTAÇÃO O Prêmio Unimar de Propaganda é um evento dirigido aos alunos

Leia mais

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL LABCOM. Laboratório de Comunicação. Regulamento de Funcionamento do Laboratório de Comunicação

CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL LABCOM. Laboratório de Comunicação. Regulamento de Funcionamento do Laboratório de Comunicação CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL LABCOM Laboratório de Comunicação Regulamento de Funcionamento do Laboratório de Comunicação 2005 2 SUMÁRIO I. INTRODUÇÃO... 03 II. OBJETIVOS... 03 III. CARACTERIZAÇÃO DOS SERVIÇOS...

Leia mais

FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS FMU GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Departamento de Ciências Exatas e Gerenciais

FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS FMU GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Departamento de Ciências Exatas e Gerenciais FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS FMU GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Departamento de Ciências Exatas e Gerenciais CURSOS : ADMINISTRAÇÃO CIÊNCIAS ATUARIAIS CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO CIÊNCIAS CONTÁBEIS CIÊNCIAS

Leia mais

cidade, envolvemos os cidadãos nas questões que afetam a vida de todos nós. Incentivamos a não

cidade, envolvemos os cidadãos nas questões que afetam a vida de todos nós. Incentivamos a não Eu pratico, e você? APRESENTAÇÃO Desde 2009, a RÁDIO ITATIAIA realiza, em parceria com empresas, um importante convite à sociedade mineira. Mais do que um projeto, o PRATIQUE GENTILEZA é uma convocação

Leia mais

Flyer de Divulgação da Banda Beatrice

Flyer de Divulgação da Banda Beatrice UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS Comunicação Social Hab. Midialogia Disciplina: CS101 Métodos e Técnicas de Pesquisa em Midialogia Prof. José A. Valente Aluna: Bruna Luiza Bellico Neves RA: 095606 Flyer

Leia mais

Dados de Mercado 2009/10

Dados de Mercado 2009/10 Dados de Mercado 2009/10 Dados de Mercado Revolução na Mídia Fenômeno de mídia na Europa e Estados Unidos, os tablóides de distribuição gratuita chegaram ao Brasil para revolucionar o mercado de comunicação.

Leia mais

FAZENDO RÁDIO NA ESCOLA: A IMPLANTAÇÃO DA RÁDIO BEATRIZ

FAZENDO RÁDIO NA ESCOLA: A IMPLANTAÇÃO DA RÁDIO BEATRIZ FAZENDO RÁDIO NA ESCOLA: A IMPLANTAÇÃO DA RÁDIO BEATRIZ Giselle Gomes Tiscoski, Marcos Franzoni Acadêmicos do Curso de Jornalismo da UFSC Maria José Baldessar, Ms. Professora do Departamento de Jornalismo

Leia mais

Telejornal Sala 221 1

Telejornal Sala 221 1 Telejornal Sala 221 1 Thayane dos Santos MOREIRA 2 Gabriela Barbosa NEVES 3 Kamila Katrine Nascimento de FREITAS 4 Marcelo LIMA 5 Maryjane da Costa PEREIRA 6 Cogenes Felipe Silva de LIRA 7 Zulmira NÓBREGA

Leia mais

Estudo exploratório Sertanejo Pop Festival & Garagem do Faustão

Estudo exploratório Sertanejo Pop Festival & Garagem do Faustão Estudo exploratório Sertanejo Pop Festival & Garagem do Faustão INFORMAÇÕES DE AUDIÊNCIA Audiência Page views: 5,7 milhões Visitas: 3,6 milhões Visitantes únicos: 3 milhões Tempo de navegação: 00:01:24

Leia mais

Palavras chave: Jornalismo Científico - Saúde - Neurociências

Palavras chave: Jornalismo Científico - Saúde - Neurociências PENSE EM QUEM PENSA POR MIM Relação afetiva entre o colaborador e a Universidade por meio da Comunicação Social da Ciência Marilisa de Melo Freire Rossilho, Li Li Min Universidade Estadual de Campinas

Leia mais

Uma ferramenta de comunicação é um meio, uma forma de transmitir uma informação, pensamento, ideia, opinião.

Uma ferramenta de comunicação é um meio, uma forma de transmitir uma informação, pensamento, ideia, opinião. Uma ferramenta de comunicação é um meio, uma forma de transmitir uma informação, pensamento, ideia, opinião. Uma forma oral? Uma forma sonora? ou Uma forma visual/escrita?? Off-line: Revistas; Panfletos;

Leia mais

FESTIVAL DE MÚSICA RÁDIO MEC E RÁDIO NACIONAL REGULAMENTO 2015

FESTIVAL DE MÚSICA RÁDIO MEC E RÁDIO NACIONAL REGULAMENTO 2015 FESTIVAL DE MÚSICA RÁDIO MEC E RÁDIO NACIONAL REGULAMENTO 2015 1. DOS OBJETIVOS 1.1 O Festival visa revelar e divulgar gravações de obras musicais inéditas*, abrindo espaço na programação da Rádio Nacional,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 60/00-CEPE RESOLVE:

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 60/00-CEPE RESOLVE: RESOLUÇÃO Nº /00-CEPE 1 Fixa o Currículo Pleno do Curso de Comunicação Social, Habilitações em Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade e Propaganda, do Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes. O,

Leia mais

FACULDADE MONTES BELOS FISIOTERAPIA

FACULDADE MONTES BELOS FISIOTERAPIA FACULDADE MONTES BELOS FISIOTERAPIA PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DA LIGA ACADÊMICA DE REABILITAÇÃO EM ORTOPEDIA DA FACULDADE MONTES BELOS Francisco Dimitre Rodrigo Pereira Santos Marillia Pereira Cintra Sintia

Leia mais

Coleção Guias para a Comunicação da Unipampa. Guia. Conteúdo Mínimo para os Sites dos Cursos. Julho de 2015

Coleção Guias para a Comunicação da Unipampa. Guia. Conteúdo Mínimo para os Sites dos Cursos. Julho de 2015 Coleção Guias para a Comunicação da Unipampa Guia 5 Conteúdo Mínimo para os Sites dos Cursos Julho de 2015 Coleção Guias para a Comunicação da Unipampa Guia 5 Conteúdo Mínimo para os Sites dos Cursos Julho

Leia mais

de junho de 2007, destinados a profissionais com graduação ou bacharelado.

de junho de 2007, destinados a profissionais com graduação ou bacharelado. PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU posgraduacao@poliseducacional.com.br O QUE É PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU? A pós graduação lato sensu são cursos promovidos pelas faculdades do grupo POLIS EDUCACIONAL com mais de

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL

ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL ORIENTAÇÕES PARA OS GRUPOS QUE ESTÃO PRODUZINDO UMA: REPORTAGEM Tipos de Textos Características

Leia mais

EXPEDIÇÕES FOTOGRÁFICAS: UM NOVO OLHAR SOBRE O BAIRRO

EXPEDIÇÕES FOTOGRÁFICAS: UM NOVO OLHAR SOBRE O BAIRRO EXPEDIÇÕES FOTOGRÁFICAS: UM NOVO OLHAR SOBRE O BAIRRO Com passos apressados, paisagens se transformam em borrão. Estamos atrasados, com pressa, em cima da hora, ou ainda mesmo com tempo, mas o hábito e

Leia mais

Direitos Humanos - Ensino Fundamental e Ensino Médio

Direitos Humanos - Ensino Fundamental e Ensino Médio Direitos Humanos - Ensino Fundamental e Ensino Médio Um projeto para discutir Direitos Humanos necessariamente tem que desafiar à criatividade, a reflexão, a crítica, pesquisando, discutindo e analisando

Leia mais

Fazendo cinema na escola

Fazendo cinema na escola Fazendo cinema na escola Arte audiovisual dentro e fora da sala de aula Alex Moletta FAZENDO CINEMA NA ESCOLA Arte audiovisual dentro e fora da sala de aula Copyright 2014 by Alex Moletta Direitos desta

Leia mais

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ Entrevista com DJ Meu nome é Raul Aguilera, minha profissão é disc-jóquei, ou DJ, como é mais conhecida. Quando comecei a tocar, em festinhas da escola e em casa, essas festas eram chamadas de "brincadeiras

Leia mais

Revista Ênfase: informação e entretenimento no jornalismo acadêmico. Nayara Pessini COSSI 1 Alex Sandro de Araujo CARMO 2

Revista Ênfase: informação e entretenimento no jornalismo acadêmico. Nayara Pessini COSSI 1 Alex Sandro de Araujo CARMO 2 Revista Ênfase: informação e entretenimento no jornalismo acadêmico Nayara Pessini COSSI 1 Alex Sandro de Araujo CARMO 2 Maicon Ferreira de SOUZA 3 Faculdade Assis Gurgacz, Cascavel, PR. RESUMO O presente

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DA BAHIA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DA BAHIA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DA BAHIA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Manual com normas para solicitação de produção e publicação de material informativo jornalístico no site, lista de

Leia mais