36º Relatório de Resultados 36º RELATÓRIO DE RESULTADOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "36º Relatório de Resultados 36º RELATÓRIO DE RESULTADOS"

Transcrição

1 36º Relatório de 36º RELATÓRIO DE RESULTADOS Agosto e Setembro/2012

2 36º Relatório de

3 36º Relatório de Índice Apresentação... 5 Introdução... 7 PROGRAMA - Promoção dos Direitos de Crianças e Adolescentes AÇÃO - Publicidade de Utilidade Pública PROGRAMA - Turismo AÇÃO - Financiamento da Infraestrutura Turística Nacional AÇÃO - Apoio a Projetos de Infraestrutura Turística AÇÃO - Fiscalização dos Prestadores de Serviços Turísticos AÇÃO - Fortalecimento do Sistema Nacional de Turismo AÇÃO - Fomento a Projetos de Desenvolvimento Turístico Local e de Inclusão Social AÇÃO - Promoção de Investimentos Privados e Financiamento no Setor de Turismo AÇÃO - Campanha para Promoção do Turismo no Mercado Nacional AÇÃO - Cadastramento das Empresas, dos Empreendimentos e dos Profissionais de Turismo AÇÃO - Classificação das Empresas, Empreendimentos e Equipamentos Turísticos AÇÃO - Apoio a Projetos para a Integração dos Produtos Associados ao Destino Turístico AÇÃO - Sistema de Informações Turísticas AÇÃO - Cooperação Técnica Internacional em Turismo AÇÃO - Qualificação e Certificação de Profissionais, Equipamentos, Serviços e Produtos para o Desenvolvimento do Turismo AÇÃO - Salão Brasileiro do Turismo - Roteiros do Brasil AÇÃO - Promoção, Marketing e Apoio á Comercialização no Mercado Europeu 20 AÇÃO - Promoção, Marketing e Apoio à Comercialização no Mercado Norte Americano AÇÃO - Promoção, Marketing e Apoio à Comercialização no Mercado Latino Americano AÇÃO - Promoção, Marketing e Apoio à Comercialização em Outros Mercados 27

4 36º Relatório de

5 36º Relatório de Apresentação O Ministério do Turismo apresenta o trigésimo sexto Relatório de, referente aos meses de agosto e setembro de 2012, tendo por base os Programas que integram o Plano PluriAnual. As informações contidas neste Relatório resumem os registros setoriais gerenciais relativos ao período referido, dos diversos departamentos responsáveis pelas ações nas respectivas áreas de atuação. O Relatório é parte integrante do processo de monitoramento e avaliação do Plano Nacional de Turismo, sendo o mesmo apresentado nas reuniões do Conselho Nacional de Turismo. Dezembro de 2012.

6 36º Relatório de

7 35º Relatório de Atividades Introdução O desempenho do turismo no Brasil nos em 2012, de acordo com os dados que são acompanhados pelo Ministério do Turismo apresenta resultados satisfatórios. De acordo com o IBGE, a atividade turística representa aproximadamente 3,7% do PIB brasileiro. O turismo interno alcançou em 2011 a marca de 191 milhões de viagens domésticas. Já a receita cambial gerada pelo turismo internacional ao Brasil alcançou US$ 6,6 bilhões em 2011, e aponta para continuidade do crescimento em 2012 (de janeiro a setembro de 2012 o crescimento foi de 3,4% em relação ao mesmo período de 2011). Quanto aos desembarques internacionais e domésticos no País, 2011 foi o ano recorde de toda a série histórica: 9 milhões e 79,2 milhões, respectivamente. Em relação a 2012 (janeiro a setembro), os números seguem em alta, com crescimento médio de 3,8% para os desembarques internacionais e 8,4% para os domésticos, sempre quando comparados com o mesmo período de 2011, marcas que sinalizam para novos recordes ao fim do ano. Outros dados que comprovam o bom momento do setor são: a quantidade de franquias abertas relacionadas ao turismo e a construção de hotéis pelo País. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), a inauguração de 192 novas franquias de negócios de turismo em 2011 mostra que os serviços do setor estão em alta no Brasil. O faturamento das 864 unidades franqueadas de hotéis e agências de viagem cresceu 85,8% - 5 vezes mais que a média dos demais segmentos. No que diz respeito à promoção do turismo interno e do produto turístico brasileiro, é elaborada, prioritariamente, com base na veiculação de campanhas promocionais; ações de publicidade e propaganda; e produção de material institucional e de divulgação, de forma a motivar o brasileiro a viajar e conhecer o seu País, aumentando o fluxo interno. Neste sentido, em 2012, foram promovidas as seguintes campanhas: I) Campanha de Infraestrutura Turística (divulgação de importantes obras feitas pelo Ministério do Turismo nos últimos anos; II) Campanha Rio+20 (Campanha de promoção do Evento); III) Campanha do Pronatec Copa (publicidade informativa sobre as oportunidades e lançamento deste Programa de qualificação profissional); IV) Campanha Região Serrana (Para estimular o turismo na região); dentre outras. Para 2013, novas campanhas publicitárias estão sendo planejadas. Além das campanhas, veiculadas em TV, revistas, jornais e mobiliário urbano, o Ministério do Turismo também se vale das mídias sociais e internet para suas publicidades institucionais e dos destinos turísticos brasileiros. No âmbito das Relações Internacionais em Turismo, foi dada uma relevante sinalização para o desenvolvimento do turismo mundial. Durante reunião do G-20 (20 maiores economias do mundo), pela primeira vez foi formalizada a importância do Turismo na agenda mundial destas economias, como motor do crescimento econômico e da criação de empregos. A facilitação de vistos foi um dos temas formalmente incluídos no documento final do encontro. 7

8 36º Relatório de A Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, foi também um importante momento de troca de experiências e propostas entre países, inclusive para o setor turístico, visando ao desenvolvimento da atividade de forma sustentável e responsável. Em parceria com o Ministério do Meio Ambiente, o MTur apresentou a campanha Passaporte Verde - Turismo Sustentável por um Planeta Vivo durante a Rio+20. O objetivo é estimular o turista a adotar atitudes de consumo responsável e favorecer o desenvolvimento da atividade turística com base em padrões de sustentabilidade. Além do Passaporte Verde, o MTur apresentou em seu estande na Rio+20, totens interativos para promover destinos brasileiros em diversos segmentos: ecoturismo; sol e praia; turismo de pesca; turismo rural e turismo de aventura. A seguir, são apresentados, de forma sintética, os resultados das ações e atividades pontuais realizadas nos meses agosto e setembro de 2012 pelo Ministério do Turismo, tendo como base ações que compõem o PPA º

9 35º Relatório de Atividades 9

10 36º Relatório de PROGRAMA - Promoção dos Direitos de Crianças e Adolescentes AÇÃO - Publicidade de Utilidade Pública Propiciar o atendimento ao princípio constitucional da publicidade, mediante ações que visam informar, esclarecer, orientar, mobilizar, prevenir ou alertar a população ou segmento da população para adotar comportamentos que lhe tragam benefícios sociais, com o fim de melhorar a sua qualidade de vida. Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte SC - Objeto: Promover ações de sensibilização para a prevenção da exploração sexual de crianças e adolescentes no turismo, nas dez regiões turísticas do Estado de Santa Catarina. Município beneficiados: Florianópolis, Balneário Camboriú, Blumenau, Joinville, Criciúma, Lages e Joaçaba. Reunião com o Conselho Estadual de Turismo e Faculdades ASSESC; O primeiro Seminário Turismo Sustentável e Infância de Santa Catarina, dia 09 de maio de 2012; Sete cursos de multiplicação em 7 regiões turísticas do Estado, 160 participantes. Objetivo - sensibilização para a inserção da temática Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nos equipamentos turísticos nos cursos de qualificação do sistema S, Escolas Técnicas e Institutos Federais; Confecção de material promocional do projeto como: adesivos, banner, portas-banner, flyer, folder, backdrop, cartaz. Empresa Estadual de Turismo Amazonastur/AM -Objeto: Prevenção e Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nos Equipamentos Turísticos do Estado do Amazonas. Municípios beneficiados: Parintins AM. Público alvo: população em geral por ocasião do Festival Folclórico 1012 Caminhada de mobilização da campanha de combate ao trabalho infantil e a violência sexual contra crianças e adolescentes; Abordagem de sensibilização, distribuição do material educativo da campanha de combate à exploração de crianças e adolescentes no turismo, fixação de cartazes e da portaria do juizado da Infância e da Juventude nos bares, hotéis e motéis do Município; Abordagem de sensibilização, distribuição do material educativo da campanha, no aeroporto, porto, praças, centro de atendimento ao turista do município. Ato de concentração e lançamento da campanha de combate à violência sexual contra crianças e adolescentes no turismo na praça da catedral, contou com a participação de toda rede social do município - delegacia de proteção à criança, trade turístico, escoteiros mirins, agremiações do boi capricho e boi Garantido. Participação em eventos e reuniões: na abertura do I Seminário de Turismo Sustentável e Infância, dia 9 de maio, em Santa Catarina, convênio nº /2010; no curso de Formação de multiplicadores em Araranguá-SC, dias 2 e 3 de agosto, convênio nº /2010; na 30ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Juventude - CONJUVE, que teve como objetivo garantir o diálogo qualificado sobre as demandas do Conselho, dias 14 e 15 de agosto em Salvador-BA; na reunião da Comissão Intersetorial de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, promovida pela SDH-PR; º

11 35º Relatório de Atividades na reunião ordinária da Comissão Nacional de Erradicação do Trabalho Infantil CONAETI. participação no 8 Curso de Especialização em Policiamento Turístico, promovido pelo 5o Batalhão de Polícia Militar do Distrito Federal, tema ministrado: Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nos Equipamentos Turísticos, dia 25 de setembro. parceria para promover ações conjuntas, visando a inclusão dos jovens em situação de exploração sexual, atendidos pelo Projeto ViraVida, desenvolvido pelo SESI, nas ações do Ministério do Turismo por meio do Departamento de Qualificação e certificação e de Produção Associada ao Turismo - DCPAT e a Coordenação do Turismo Sustentável e Infância TSI. visibilidade à temática da prevenção e enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes nos equipamentos turísticos, nas áreas do MTur, com inclusão de item em edital de chamamento público de projetos de eventos de fortalecimento ao desenvolvimento turístico e contratação de parceiros na realização de eventos. disponibilização autorizada da logomarca e layout de peças publicitárias do TSI, como forma de divulgação da temática e aplicação em campanhas promovidas pelos solicitantes da cadeia produtiva do turismo. participação - dia de debate geral 2012 no Brasil, tema Os Direitos das Crianças e dos Adolescentes no Contexto da Migração Internacional", eleito pela Organização das Nações Unidas e promovido pela União Marista do Brasil, Comitê Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes e Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes - SDH/PR, 28 de setembro. PROGRAMA - Turismo AÇÃO - Financiamento da Infraestrutura Turística Nacional Apoiar projetos ou programas próprios considerados de elevado interesse para o desenvolvimento do turismo no País. Para o período o FUNGETur concretizou financiamentos na ordem de R$ 1,7 milhões, equivalente a 4,50% da Dotação Orçamentaria original, correpondente a 59,37% no acumulado para os períodos. AÇÃO - Apoio a Projetos de Infraestrutura Turística Desenvolver o turismo nos Municípios brasileiros, principalmente por meio de adequação da infra-estrutura de forma que permita a expansão das atividades turísticas e a melhoria da qualidade do produto para o turista. Para o período foi apoiado apenas 1 projeto de apoio à infresterutura turística, remanescente dos limites disponibilizados no 1º semestre. 11

12 36º Relatório de AÇÃO - Fiscalização dos Prestadores de Serviços Turísticos Desenvolver ações de verificação do cumprimento dos dispositivos da legislação brasileira de turismo, bem como das normas reguladoras das atividades turísticas. A Fiscalização das empresas, empreendimentos, equipamentos e dos profissionais de turismo com vistas ao controle de qualidade dos prestadores de serviços turísticos é realizada por meio de Convênios de Descentralização aos Órgãos Oficiais de Turismo das UF s, por meio de diligências e vistorias, conforme promulgação do Decreto 7.381, de 02 de dezembro de 2010, Regulamentador da Lei de 17 de setembro de o AGOSTO/ DILIGÊNCIAS / VISTORIAS REALIZADAS *Dados fornecidos pelas regionais dos Estados de: AC; AL; BA; CE; GO; MT; PA; PR; PE; PI; RN; SC; SP. Até 19/10/2012, somente estas UF s encaminharam o relatório. o SETEMBRO/ DILIGÊNCIAS / VISTORIAS REALIZADAS *Dados fornecidos pelas regionais dos Estados de: AC; AL; BA; CE; PA; PB; PE; PI; RN; SP; TO. Até 19/10/2012, somente estas UF s encaminharam o relatório. AÇÃO - Fortalecimento do Sistema Nacional de Turismo Formular, monitorar, avaliar e propor adequações nos processos de planejamento e implementação da Política Nacional de Turismo, com vistas ao atendimento dos objetivos e metas definidos no Plano Nacional de Turismo, em consonância com o planejamento governamental no setor de turismo. Realização da 36ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional do Turismo - CNT, no dia 21 de agosto de 2012; Realização de Reuniões com Membros do Conselho Nacional do Turismo - CNT para reativação das Câmaras Temáticas; Elaboração do Regimento Interno e Metodologia de Trabalho; Ações de Capacitação Institucional com às Secretarias de Turismo do Disistrito Federal e Goiás a fim de orientá-los na elaboração dos Planos Estaduais de Turismo alinhados ao Plano Nacional de Turismo - PNT. AÇÃO - Fomento a Projetos de Desenvolvimento Turístico Local e de Inclusão Social Contribuir para o fomento do setor turístico enquanto atividade socioeconômica, dinâmica e competitiva que resulte na geração de emprego e distribuição de renda, na preservação do meio ambiente, na valorização das identidades culturais e no incremento do capital social. Análise e aprovação do 3º Termo Aditivo (prazo e valor) referente ao Convênio n.º 599/2007, firmado entre o Ministério do Turismo e a Financiadora de Estudos e Projetos - FINEP. Análise de propostas de convênios para º

13 35º Relatório de Atividades AÇÃO - Promoção de Investimentos Privados e Financiamento no Setor de Turismo Desenvolver ações de identificação de oportunidades de investimentos no setor turístico por meio de estudos, pesquisas e análises, e elaborar estratégias, mapear, desenvolver e adequar linhas de crédito e outros instrumentos financeiros, divulgar e orientar o setor e os investidores, com participação em eventos nacionais e internacionais. Acompanhamento dos financiamentos concedidos pelas instituições financeiras federais - Banco do Brasil, BNDES, Banco do Nordeste, Banco da Amazônia e Caixa Econômica Federal - em prol do desenvolvimento do setor: O volume de recursos direcionados para as atividades produtivas do turismo, referentes a operações de crédito realizadas pelas instituições financeiras oficiais, atingiu, no período de 2003 a 2012 (posição em agosto), R$ 40,7 bilhões. Promoção de investimentos no País e no exterior e disseminação dos programas de financiamento para o turismo: Participação no Seminário e Reunião de trabalho promovidos pela Autoridade Pública Olímpica- APO, na cidade do Rio de Janeiro, em 22 de agosto de O evento teve como objetivo a apresentação do novo Sistema Brasileiro de Classificação de Hospedagens, bem como das opções de financiamento para atendimento aos quesitos de classificação, reformas, expansões e construções de novos empreendimentos. Foram abordados assuntos referentes ao novo sistema de classificação hoteleira, as alternativas de financiamento através dos bancos públicos para o segmento e as informações sobre o trâmite de projetos junto à prefeitura do Rio de Janeiro. O DFPIT participou do evento com a finalidade de divulgar/ esclarecer as alternativas de financiamento para o desenvolvimento do setor- linhas de créditos para o setor hoteleiro, em consonância com a ação estabelecida no planejamento estratégico do MTur, iniciativa Incrementar as linhas de financiamento à iniciativa privada, cuja finalidade é a de disponibilizar financiamento ao setor produtivo do turismo e melhorar as condições de acesso ao crédito. Grand Pavois Salon Nautique International a Flot, realizado em La Rochelle, França, entre os dias 19 a 24 de setembro de Grand Pavois se transformou em uma das maiores exposições de Barcos Internacionais, com uma área de m², 12 zonas temáticas, 650 barcos em exibição, sendo 300 deles exibidos na água e mais de 700 expositores representando a 30 países. Grand Pavois é a única exposição de barcos com este formato, registrado por uma associação e conduzida por profissionais e para profissionais. Além disso, Grand Pavois está completamente ligada ao mercado marinho francês, o que melhora a qualidade de alinhamento da produção francesa a exportação e demonstra constantemente a riqueza, a capacidade e a multiplicidade dos pequenos estaleiros que ainda estão optando pelo "rendez-vous", como a sua exposição anual de Barcos. A participação do MTur deu-se através de destaque orçamentário para a EMBRATUR. Participação no Seminário Bolsa de Negócios em investimentos e empreendimentos no setor de turismo no Brasil, realizado na Embaixada do Brasil em Paris França, no dia 26 de setembro de A participação deste Ministério tem como objetivo fomentar investimentos e o crescimento de negócios no setor do turismo brasileiro, em conformidade com o programa Fomento à Iniciativa Privada e tem por objetivo divulgar 13

14 36º Relatório de e promover o país, visando à captação de investimento direto estrangeiro em turismo para o Brasil, propiciando o ingresso de divisas no país e contribuindo para a modernização do produto turístico brasileiro, de modo a torná-lo mais competitivo frente ao cenário mundial. Tal participação deu-se por meio de celebração de Termo de Cooperação com o MRE Ministério das Relações Exteriores. Participação na Conferência Rússia & CIS Hotel Investment Conference 2012, entre os dias 15 e 17 de outubro de 2012, em Moscou Rússia. A Conferência constitui-se um ambiente propício para o debate da indústria imobiliária turística, assim como dos demais segmentos componentes da cadeia produtiva do turismo, junto a pessoas físicas e jurídicas de outros países que podem ser consideradas potenciais investidores. A presença desses potenciais investidores e de outros líderes de todo o globo na RHIC permite a geração de várias e importantes parcerias. A RHIC reúne executivos de alto nível de diversas áreas do setor - investidores, desenvolvedores, marcas, operadores do turismo, financiadores, anunciantes, engenheiros, arquitetos, advogados, construtores e representantes de governos. A participação do MTur no referido evento, deu-se por meio de celebração de Termo de Cooperação com o MRE Ministério das Relações Exteriores. Cabe ressaltar que, apesar de o evento ter acontecido no mês de outubro, o termo de cooperação e o repasse de recursos foram realizados no mês de setembro do ano corrente. AÇÃO - Campanha para Promoção do Turismo no Mercado Nacional Promover e divulgar o produto turístico brasileiro com a produção de material promocional, veiculação e ações promocionais para o aumento do fluxo turístico nacional. Campanha Pronatec: finalizada em julho. Campanha Região Serrana: finalizada em julho. Campanha infraestrutura: finalizada em setembro. Campanha férias: com início previsto para junho, devido a falta de recursos no momento, sua previsão de realização será adiada para setembro. Campanha Copa: com início previsto para junho, devido a falta de recursos no momento, sua previsão de realização será adiada para o segundo semestre. Campanha Rio +20: finalizada em julho. Convênios: o sistema foi aberto em abril e desde então estamos recebendo propostas. Atualmente, 9 propostas com recursos de emendas parlamentares estão sob análise e um convênio gerado em agosto. Há 34 propostas com recursos próprios do Ministério (programação), porém somente aquelas referentes à verba descentralizada, totalizando 11 propostas, estão sendo analisadas. AÇÃO - Cadastramento das Empresas, dos Empreendimentos e dos Profissionais de Turismo Identificar e manter um sistema gerenciador para o controle de qualidade dos produtos e dos serviços turísticos. Cadastramento das empresas, empreendimentos, equipamentos e dos profissionais de Turismo com vistas a formalização e ao controle de qualidade dos prestadores de serviços turísticos º

15 35º Relatório de Atividades o AGOSTO / 2012 o CI: CADASTRO INICIAL = 847 o CR: CADASTRO RENOVAÇÃO = o TOTAL CADASTRO = Acampamento Turístico: CI: 0 / CR: 0 / TOTAL CADASTRO: 0 Agência de Turismo: CI: 302 / CR: 527 / TOTAL CADASTRO: 829 Bar e Restaurante: CI: 34 / CR: 14 / TOTAL CADASTRO: 48 Casa de Espetáculos: CI: 0 / CR: 0 / TOTAL CADASTRO: 0 Centro de Convenções: CI: 0 / CR: 0 / TOTAL CADASTRO: 0 Guias de Turismo: CI: 160 / CR: 309 / TOTAL CADASTRO: 469 Locadora de Veículos: CI: 2 / CR: 3 / TOTAL CADASTRO: 5 Meio de Hospedagem: CI: 153 / CR: 239 / TOTAL CADASTRO: 392 Organizadora de Eventos: CI: 58 / CR: 35 / TOTAL CADASTRO: 93 Parque Temático Aquático: CI: 0 / CR: 0 / TOTAL CADASTRO: 0 Parque Temático: CI: 0 / CR: 0/ TOTAL CADASTRO: 0 Prestadora de Especializada em Segmentos Turísticos: CI: 0 / CR: 0 / TOTAL CADASTRO: 0 Prestadoras de Serviços: CI:6 / CR: 4 / TOTAL CADASTRO: 10 Transportadoras Turísticas: CI: 132/ CR: 290/ TOTAL CADASTRO: 422 Turismo Náutico: CI: 0 / CR: 0 / TOTAL CADASTRO: 0 o SETEMBRO / 2012 o CI: CADASTRO INICIAL = 724 o CR: CADASTRO RENOVAÇÃO = o TOTAL CADASTRO = Acampamento Turístico: CI: 0 / CR: 0 / TOTAL CADASTRO: 0 Agência de Turismo: CI: 240/ CR: 363/ TOTAL CADASTRO: 603 Bar e Restaurante: CI: 39 / CR: 20/ TOTAL CADASTRO: 59 Casa de Espetáculos: CI: 0 / CR: 0 / TOTAL CADASTRO: 0 Centro de Convenções: CI: 0 / CR: 0 / TOTAL CADASTRO: 0 Guias de Turismo: CI: 198 / CR: 225/ TOTAL CADASTRO: 423 Locadora de Veículos: CI: 4 / CR: 1/ TOTAL CADASTRO: 5 Meio de Hospedagem: CI: 119/ CR:208/ TOTAL CADASTRO: 327 Organizadora de Eventos: CI:31 / CR: 15 / TOTAL CADASTRO: 46 Parque Temático Aquático: CI: 0 / CR: 0 / TOTAL CADASTRO: 0 Parque Temático: CI: 0/ CR:0 / TOTAL CADASTRO:0 Prestadora de Especializada em Segmentos Turísticos: CI: 0 / CR: 0 / TOTAL CADASTRO: 0 Prestadoras de Serviços: CI: 2 / CR:1 / TOTAL CADASTRO: 3 Transportadoras Turísticas: CI:91 / CR:242 / TOTAL CADASTRO: 333 Turismo Náutico: CI: 0 / CR: 0 / TOTAL CADASTRO: 0 * Dados fornecidos pelo sistema CADASTUR AÇÃO - Classificação das Empresas, Empreendimentos e Equipamentos Turísticos SEM DESCRIÇÃO Classificação das empresas, empreendimentos e equipamentos turísticos com vistas ao enquadramento em requisitos mínimos pré estabelecidos. 15

16 36º Relatório de o AGOSTO / (zero) Meio de Hospedagem classificado. o SETEMBRO / (DOIS) Meio de Hospedagem classificado. Obs.: De janeiro a novembro de 2010 foi desenvolvido o Sistema Brasileiro de Classificação de Meios de Hospedagem (SBClass), em parceria com o Inmetro. Foram realizadas Oficinas (oito) para elaboração de novas matrizes, Avaliações piloto para testar as matrizes construídas, Consulta Pública e Cursos de Capacitação dos Avaliadores. Foram produzidas 8 Cartilhas: uma com o Processo Esquemático e uma com cada tipo de Meio de Hospedagem - são eles: Hotel, Resort, Hotel Fazenda, Cama e Café, Hotel Histórico, Pousada e Flat/Apart-Hotel. Foi desenvolvido o Sistema Informatizado. E foi publicada a Portaria Inmetro/MDIC nº 485, de 08 de dezembro de 2010, que institui os Requisitos de Avaliação da Conformidade para a Classificação de Meios de Hospedagem, construída em Comitê Técnico, no âmbito do desenvolvimento do SBClass. No dia 21 de junho de 2011, foi publicada a Portaria MTur nº 100, indicando os procedimentos e requisitos para o SBClass. De igual forma, após a publicação da portaria do MTur, o Inmetro, co-responsável pelo SBClass, publicou a portaria nº 273/2011 com os valores referentes a solicitação de classificação. Desde o dia 22 de julho do corrente ano, é possível aos meios de hospedagem regulares no Cadastur, solicitar a classificação pelo acesso de login e senha no referido cadastro. Informações sobre o processo, matrizes, requisitos e categorias do SBClass estão disponíveis no site Dados fornecidos pelo Sistema CADASTUR Sistema de Cadastro dos Empreendimentos, Equipamentos e Profissionais na área de Turismo. O cadastro regular é pré-requisito para a solicitação da classificação. AÇÃO - Apoio a Projetos para a Integração dos Produtos Associados ao Destino Turístico Contribuir para a diversificação da oferta turística e incremento do diferencial competitivo de destinos e roteiros, com o desenvolvimento e a integração da produção associada ao turismo. Participação do curso em gestão de projetos ministrado pelo ENAP. Discussão sobre manual operacional DCPAT e sua aplicabilidade e ações das coordenações. Reunião com representantes SETUR/BA sobre ajustes dos custos no âmbito de proposta. Participação na reunião do grupo de trabalho sobre Turismo Rodoviário. Apresentação do projeto SIMT. Ação de divulgação do Manual e Catálogo de Produtos Associados ao Turismo, durante a 36º Reunião do Conselho Nacional do Turismo. Participação em reunião do Grupo de Trabalho Permanente de Arranjos Produtivos Locais. Participação no 20º encontro de Interlocutores com apresentação do Coordenador Geral de Regionalização. Reunião com EMPETUR realizada no DCPAT com a presença do gestor da Unidade de Destinos e Produtos Turísticos. Reunião realizada entre as equipes do MTur e a Chefe de Gabinete da Secretaria º

17 35º Relatório de Atividades Executiva SNPDTUR. Reunião de orientação sobre os ajustes de propostas apresentadas no SICONV. AÇÃO - Sistema de Informações Turísticas Orientar e subsidiar políticas públicas e privadas relacionadas ao planejamento e desenvolvimento do segmento turístico. Disseminar o conhecimento e induzir publicações de qualidade sobre o turismo brasileiro. Divulgação dos resultados da 35ª. edição do Boletim de Desempenho Econômico do Turismo Divulgação mensal dos resultados das pesquisas de sondagens de expectativas empresariais e do consumidor do setor turismo. Divulgação dos dados mensais relativos ao desembarque nacional e internacional de passageiros, referente aos meses de julho e agosto de 2012 : Divulgação dos dados mensais relativos à receita cambial e à despesa turística internacional. Continuidade da Pesquisa sobre a caracterização e dimensionamento do turismo internacional no Brasil, receptivo de emissivo para o exercício 2012 (Realização de coleta de dados, em 16 aeroportos e 10 fronteiras terrestres). Análise de relatório final - Pesquisa sobre a caracterização e dimensionamento do turismo doméstico no Brasil, com amostra de 37 mil DPP domicílios particulares permanentes etapas, em 137 municípios (110 selecionados + 27 municípios de capital) - Ocupação de mão de obra formal e informal empregada nas Atividades Características do Turismo ACTs Divulgação de resultados - O estudo é resultado de parceria entre o Ministério do Turismo e o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada IPEA e tem a finalidade de dimensionar e caracterizar a mão de obra formal e informal, empregada nas Atividades Características do Turismo ACTs (Alojamento, Alimentação, Transporte aéreo, Transporte terrestre, Transporte aquaviário, Agências de viagem, Aluguel de transporte e Cultura e lazer) a partir das fontes secundárias RAIS e PNAD, bem como acompanhar sua evolução, a participação relativa de cada atividade no total de ocupações no turismo e na economia. Manutenção e atualização das informações disponibilizadas na área de Dados e Fatos, no portal do turismo brasileiro, endereço eletrônico Continuidade da participação no projeto de Harmonização dos Sistemas de Estatísticas de Turismo nos Países do Cone Sul. AÇÃO - Cooperação Técnica Internacional em Turismo Coordenar e apoiar as atividades de cooperação técnica internacional para a realização de prospecção e difusão de melhores práticas de turismo, de forma a subsidiar a elaboração de políticas nacionais formuladas pelo Ministério do Turismo ou por outros países. Representação Institucional em Fóruns Nacionais e Internacionais: o Reunião com Sérgio Braune sobre o Grand Pavois 17

18 36º Relatório de o Reunião com Sra. Simone Salvatori Schnorr, Chefe de Gabinete (SE) sobre seleção para participação em curso sobre Planejamento e Gestão sobre Ecoturismo; o Participação em Reunião do Ministro com o Sr. Flávio Dino Presidente da EMBRATUR; o Reunião com o Secretário Paulo André para Apresentação dos projetos em execução e Atividades de cada servidor inseridos nos projetos; o Reunião Projeto SIMIT - Sistema de Informações Integrado do Mercado de Trabalho no Setor Turismo - MTur/IPEA; o Reunião com a Chefe de Gabinete da Secretaria-Executiva, Sra. Simone Schnorr para tratar sobre seleção para o Curso Comunicação e Meios Sociais em Turismo - Sede da OMT em Madri; o VI Reunião do Conselho Nacional de Imigração; o Participação em Reunião do Secretário Paulo André com o Sr. Alexandre Sampaio - Presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação, para tratar sobre o turismo de fronteira; o Reunião com os Coordenadores de Câmaras Temáticas e Categorias de Atividades; o 36 Reunião CNT; o Treinamento de Gestão de Convênios e Controle de Execução Financeira de Convênio PGTur; o II Ciclo de Palestras em Assistência Humanitária Internacional; o Reunião do Grupo de Trabalho de Turismo Náutico GT Náutico; o Reunião para discutir Relatório Situacional - Estrutura e Síntese de da SNPTur o Reunião com o Secretário Nacional de Políticas Paulo André sobre o Dia Mundial do Turismo; o Participação em Eventos da OMT e da OEA no Equador; o Participação na VII Reunião do CNIG; o Reunião com os Diretores e seus respectivos Coordenadores, para apresentação das principais ações em andamento no âmbito da SNPTur; o Reunião sobre Acordo de Cooperação Técnica com o SEBRAE Bilaterais o Ministro recebe Sra. Ana de Hollanda - Ministra de Estado da Cultura e Antônio Grassi - Presidente da Fundação Nacional de Artes FUNARTE para tratar do Ano Brasil-Portugal; o Ministro recebe Sr. Li Jinzhang - Embaixador da China no Brasil para tratar sobre Projeto de Atuação Internacional do Brasil Junto aos Países do Brics (Agrupamento Brasil-Rússia-Índia-China-África do Sul); o Reunião - MEC - Projeto de capacitação técnica dos profissionais de turismo com a utilização de recursos do FOCEM; o Reunião com o Sr. Marco Lomanto EMBRATUR sobre Projeto de Atuação Internacional do Brasil Junto aos Países do Brics (Agrupamento Brasil-Rússia- Índia-China-África do Sul); o Reunião com Conselheiro Breno Hermann, Chefe da Divisão de Assuntos Políticos, Institucionais, Jurídicos e Sociais do MERCOSUL (DMS) M.R.E e Secretário Luiz Guilherme; º

19 35º Relatório de Atividades o Reunião com a Sra. Carolina Eymann, Terceira-Secretária da Embaixada da República Argentina no Brasil para tratar de assuntos relacionados ao programa FRONTUR; o Reunião com o Sr. Horácio Sevilla - Embaixador do Equador no Brasil para tratar da participação do Ministério em reuniões de turismo da OMT e da OEA que acontecerão entre os dias 11 e 13 de setembro em Quito. o Reunião na Embaixada da Tailândia para tratar de curso. o Lançamento da IV Edição do Radar o Participação em reunião com Secretário Executivo Sr. Valdir Simão e a Sra. Embaixadora Maria Edileuza Fontenele Reis - Subsecretária-Geral Política II do Ministério das Relações Exteriores sobre assuntos afetos ao Turismo e que pudessem ser abordados em reunião do foro BRICS o Reunião com Sr. Romualdo sobre Acordo de Cooperação para o Desenvolvimento do Turismo, assinado por Moçambique e Brasil em 2009 com participação do DEAOT; o Reunião com Sérgio Flores (Diretor de Promoção e Marketing - MTur) e com o Sr. Alex Mawer e Brice Cicconetti - Regional Manager - Southern Europe & Brazil VisitEngland; o Reunião com o Sr. Richard Reasons e Sr. Kevin Bate (EUA) da GainingEdge; o Participação de servidora do DRELT em programa de capacitação na Tailândia. Assessoria Internacional: o Assessoramento à viagem do Diretor do DEAOT à missão à Colômbia para participar do evento Goal do Brasil e reuniões bilaterais. o Participação do Diretor do Departamento na 54ª Reunião da Comissão da OMT para as Américas, no II Congresso Internacional de Ética e Turismo e no XX Congresso Interamericano de Ministros e Altas Autoridades de Turismo da OEA no período de 11 a 13 de setembro, em Quito no Equador. Eventos o Reunião com Sr. Anderson Guimães, Gestor Comercial do Pestana Hotels e Resorts para tratar da Reunião de Ministros de Turismo e Reunião Especializada Técnica do Mercosul a ser realizada em novembro por este DRELT o Suporte e assessoria com serviço de tradução e palestrante para o evento do Dia Mundial do Turismo. AÇÃO - Qualificação e Certificação de Profissionais, Equipamentos, Serviços e Produtos para o Desenvolvimento do Turismo Melhoria e promoção da qualidade dos serviços turísticos no Brasil com a qualificação e/ou certificação de produtos serviços e equipamentos e aperfeiçoamento dos agentes da cadeia produtiva do turismo, nos diversos níveis hierárquicos tanto do setor público quanto privado Aprovação das Propostas: Da SETUR/BA onde irá qualificar taxistas Da Prefeitura Municipal de Recife onde irá qualificar 530 profissionais (70 Atendentes dos Centros de Atendimento aos Turistas CAT; 60 Barraqueiros de cocos e;

20 36º Relatório de Permissionários de mercado). Da SETUR/RS com previsão de qualificar profissionais (400 taxistas; 500 policiais civis, militares e Bombeiros; 800 Comerciantes; 500 frentistas, motoristas e cobradores e; 200 guias de turismo). Qualificação de: 919 profissionais em Salvador Bahia. AÇÃO - Salão Brasileiro do Turismo - Roteiros do Brasil SEM DESCRIÇÃO Foi decidido que em 2012 não haveria Salão Brasileiro do Turismo; As ações já estão voltadas para o Salão de AÇÃO - Promoção, Marketing e Apoio á Comercialização no Mercado Europeu Dotar o Ministerio do Turismo de todas as ferramentas de divulgação da imagem do turismo brasileiro no principal mercado emissor de turistas para o pais. MARKETING - DMARK o MÍDIA EXECUTADA: UK 300 taxis 6 ônibus envelopados 500 Mupis Spots de 30 no canal de TV Eurosport ALEMANHA Anúncio no jornal Die welt Maletas de OOH no Aeroporto de Frankfurt Spots de 30 no canal de TV Eurosport ESPANHA Banners nos sites: Hosteltour e Expresso Spots de 30 no canal de TV Eurosport ITALIA Anúncio no jornal La Republica Spots de 30 no canal de TV Eurosport FRANÇA Spots de 30 no canal de TV Eurosport PORTUGAL Spots de 30 no canal de TV Eurosport HOLANDA Spots de 30 no canal de TV Eurosport RELAÇÕES PÚBLICAS: o PORTUGAL Número de notícias publicadas: 45 Número de press releases distribuídos: º

ENCONTRO NACIONAL DE CAMPISMO

ENCONTRO NACIONAL DE CAMPISMO ENCONTRO NACIONAL DE CAMPISMO MTUR/DEAOT/CGQT Campinas, 20 de março de 2010 ENCONTRO NACIONAL DE CAMPISMO POLÍTICAS DE INCENTIVO AO TURISMO NORMATIZAÇÃO DE CAMPINGS COPA DO MUNDO E OLIMPÍADAS REGISTRO

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2013

Anuário Estatístico de Turismo - 2013 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2013 Volume 40 Ano base 2012 Guia de leitura Guia de leitura O Guia de Leitura tem o propósito de orientar

Leia mais

Plano Aquarela 2020. Promoção Internacional do Turismo do Brasil Estratégia e Plano de Ação 2012. Porto Alegre, 28 de maio de 2012

Plano Aquarela 2020. Promoção Internacional do Turismo do Brasil Estratégia e Plano de Ação 2012. Porto Alegre, 28 de maio de 2012 Plano Aquarela 2020 Promoção Internacional do Turismo do Brasil Estratégia e Plano de Ação 2012 Porto Alegre, 28 de maio de 2012 EMBRATUR - Estrutura Organizacional Presidência Diretoria de Mercados Internacionais

Leia mais

368 municípios visitados

368 municípios visitados TURISTAS INTERNACIONAIS 60,3% visitaram o Brasil pela primeira vez 91,4 % Copa como o principal motivo da viagem 83% o Brasil atendeu plenamente ou superou suas expectativas 95% tem intenção de retornar

Leia mais

PANORAMA DO MERCADO Asiático

PANORAMA DO MERCADO Asiático Boletim PANORAMA DO MERCADO Asiático Edição nº 1 Julho/2015 Coordenação Geral de Mercados Americanos/Asiático - CGMA Diretoria de Mercados Internacionais - DMINT Apresentação A série Boletim Panorama dos

Leia mais

MAIS TURISMO, MAIS DESENVOLVIMENTO

MAIS TURISMO, MAIS DESENVOLVIMENTO Ministério do Turismo MAIS TURISMO, MAIS DESENVOLVIMENTO INDICADORES 2012 MAIS TURISMO, MAIS DESENVOLVIMENTO INDICADORES maio - 2013 Lagoa Azul, Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, MA Mais Turismo

Leia mais

CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE CASOS/EXEMPLOS DE SUCESSO NA IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA DE REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO ROTEIROS DO BRASIL

CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE CASOS/EXEMPLOS DE SUCESSO NA IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA DE REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO ROTEIROS DO BRASIL CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE CASOS/EXEMPLOS DE SUCESSO NA IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA DE REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO ROTEIROS DO BRASIL Considerações Gerais Para comemorar os cinco anos do Programa de Regionalização

Leia mais

COMUNICAÇÃO DIGITAL EMBRATUR

COMUNICAÇÃO DIGITAL EMBRATUR COMUNICAÇÃO DIGITAL EMBRATUR Nova forma de se COMUNICAR INTERAÇÃO E EXPERIÊNCIA Estratégia Macro de Mídia Apoio à operação com aumento dos esforços em web e trade Mídia de bordo em cias aéreas Publicações

Leia mais

1ª Avaliação Parlamentar Copa do Mundo 2014. Logística

1ª Avaliação Parlamentar Copa do Mundo 2014. Logística 1ª Avaliação Parlamentar Copa do Mundo 2014 Logística Economia Brasileira Gráfico 1 Crescimento Econômico Brasileiro e Mundial PIB 2002 a 2016 (em %) 8,0 6,0 4,0 2,0 0,0-2,0 7,5 61 6,1 5,7 4,6 5,3 5,2

Leia mais

Estudo da Demanda Turística Internacional

Estudo da Demanda Turística Internacional Estudo da Demanda Turística Internacional Brasil 2012 Resultados do Turismo Receptivo Pontos de Coleta de Dados Locais de entrevistas - 25 Entrevistados - 31.039 15 aeroportos internacionais, que representam

Leia mais

Estudo da demanda turística internacional 2006-2012

Estudo da demanda turística internacional 2006-2012 Departamento de Estudos e Pesquisas Secretária Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Estudo da demanda turística internacional 2006-2012 Brasília, agosto de 2013 Sumário 1 Perfil da demanda

Leia mais

A decolagem do turismo

A decolagem do turismo A decolagem do turismo OBrasil sempre foi considerado detentor de um enorme potencial turístico. Em 1994, no entanto, o país recebeu menos de 2 milhões de turistas internacionais, um contingente que, na

Leia mais

Ministério do Turismo. Brasil: Destino Turístico Internacional Gestão da Política de Turismo Turismo no Brasil: Uma Viagem para Todos

Ministério do Turismo. Brasil: Destino Turístico Internacional Gestão da Política de Turismo Turismo no Brasil: Uma Viagem para Todos Ministério do Turismo Brasil: Destino Turístico Internacional Gestão da Política de Turismo Turismo no Brasil: Uma Viagem para Todos Sumário Executivo Em 2005, do total previsto para o Ministério do Turismo,

Leia mais

8º SALÃO DE TURISMO DO ESPÍRITO SANTO E 3º SALÃO DE ARTESANATO DO ESPÍRITO SANTO.

8º SALÃO DE TURISMO DO ESPÍRITO SANTO E 3º SALÃO DE ARTESANATO DO ESPÍRITO SANTO. 1 APRESENTAÇÃO DE CASOS/EXEMPLOS DE SUCESSO NA IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA DE REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO ROTEIROS DO BRASIL 8º SALÃO DE TURISMO DO ESPÍRITO SANTO E 3º SALÃO DE ARTESANATO DO ESPÍRITO SANTO.

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TURISMO E HOTELARIA SETEMBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TURISMO E HOTELARIA SETEMBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TURISMO E HOTELARIA SETEMBRO DE 2015 1 2 PRODUTOS De acordo com a Organização Mundial do Turismo (OMT) o turismo compreende as atividades realizadas

Leia mais

Participação da União em Projetos de Infra-estrutura Turística no Âmbito do PRODETUR SUL

Participação da União em Projetos de Infra-estrutura Turística no Âmbito do PRODETUR SUL Programa 0410 Turismo: a Indústria do Novo Milênio Objetivo Aumentar o fluxo, a taxa de permanência e o gasto de turistas no País. Público Alvo Turistas brasileiros e estrangeiros Ações Orçamentárias Indicador(es)

Leia mais

MINISTÉRIO DO TURISMO

MINISTÉRIO DO TURISMO MINISTÉRIO DO TURISMO TURISMO SUSTENTÁVEL & INFÂNCIA-TSI Presidente da República Luís Inácio Lula da Silva Ministra de Estado Marta Suplicy Coordenadora Elisabeth Bahia MINISTÉRIO DO TURISMO A missão do

Leia mais

FERRAMENTAS UTILIZADAS PELO SEBRAE / MT

FERRAMENTAS UTILIZADAS PELO SEBRAE / MT MISSÃO SEBRAE Missão: Ser uma organização de desenvolvimento, ética e séria, gerando alternativas de soluções para nossos clientes tornarem-se competitivos alinhados à sustentabilidade da vida. ÁREA DE

Leia mais

5 º FESTIVAL FICA FESTIVAL DE INVERNO DEINVERNO CANTAREIRA

5 º FESTIVAL FICA FESTIVAL DE INVERNO DEINVERNO CANTAREIRA FESTIVAL FICA DA DEINVERNO CANTAREIRA FESTIVAL DE INVERNO O MAIOR FESTIVAL ECOLÓGICO DO MUNDO! 2013 5ª Edição FICA FESTIVAL REALIZADO NA SERRA CANTAREIRA, PONTO DE GRANDE INTERESSE POLÍTICO E GEOLÓGICO

Leia mais

CADASTUR E AS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS. www.cadastur.turismo.gov.br

CADASTUR E AS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS. www.cadastur.turismo.gov.br CADASTUR E AS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS www.cadastur.turismo.gov.br O QUE É? É o cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos no Brasil. OBJETIVO Promover o ordenamento, a formalização e a legalização

Leia mais

Onde os estudantes querem viajar?*

Onde os estudantes querem viajar?* RELATÓRIO DE MÍDIA ESTATÍSTICAS Ao final de cada feira, durante o circuito de seis cidades do Salão do Estudante, a BMI entrega a todos os expositores uma avaliação, onde são colhidas informações e opniões

Leia mais

AGENDA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE COPA 2014

AGENDA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE COPA 2014 Code-P0 AGENDA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE COPA 2014 Agenda de Trabalho Junho 2011 Claudio Langone Code-P1 OPORTUNIDADE PARA O BRASIL 2011 - Jogos Militares Mundiais 2012 - RIO + 20 - Cúpula das

Leia mais

Valorização e Globalização da Marca Brasil Plano Aquarela, Megaeventos e Marketing Turístico Internacional

Valorização e Globalização da Marca Brasil Plano Aquarela, Megaeventos e Marketing Turístico Internacional Valorização e Globalização da Marca Brasil Plano Aquarela, Megaeventos e Marketing Turístico Internacional Tribunal de Contas da União, 17 de agosto de 2011 Plano Aquarela Desde 2005 é a base metodológica

Leia mais

SECRETARIA NACIONAL DE PROGRAMAS DE DESENVOLVIMENTO DO TURISMO. Departamento de Financiamento e Promoção de Investimentos no Turismo

SECRETARIA NACIONAL DE PROGRAMAS DE DESENVOLVIMENTO DO TURISMO. Departamento de Financiamento e Promoção de Investimentos no Turismo SECRETARIA NACIONAL DE PROGRAMAS DE DESENVOLVIMENTO DO TURISMO Departamento de Financiamento e Promoção de Investimentos no Turismo Desenvolvimento do Turismo Promoção de Investimentos ESTRUTURA ORGANIZACIONAL

Leia mais

PROJETO: 8 - AMPLIAÇÃO DA REDE HOTELEIRA PARA COPA DO MUNDO 2014.

PROJETO: 8 - AMPLIAÇÃO DA REDE HOTELEIRA PARA COPA DO MUNDO 2014. PROJETO: 8 - AMPLIAÇÃO DA REDE HOTELEIRA PARA COPA DO MUNDO 2014. Objetivo: Acompanhar trabalhos de ampliação do número de leitos na rede hoteleira na cidade de Curitiba. Justificativa: A cidade de Curitiba

Leia mais

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 Cruz das Almas BA 2013 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO

Leia mais

PLANO DE AÇÃO PARA O DIÁLOGO E A COOPERAÇÃO EM CULTURA ENTRE BRASIL E URUGUAI

PLANO DE AÇÃO PARA O DIÁLOGO E A COOPERAÇÃO EM CULTURA ENTRE BRASIL E URUGUAI PLANO DE AÇÃO PARA O DIÁLOGO E A COOPERAÇÃO EM CULTURA ENTRE BRASIL E URUGUAI Aos 26 dias do mês de julho de 2011, as autoridades de Cultura da República Federativa do Brasil e da República Oriental do

Leia mais

Proporcionar aos idosos, aposentados e pensionistas oportunidade de viajar e de usufruir os benefícios

Proporcionar aos idosos, aposentados e pensionistas oportunidade de viajar e de usufruir os benefícios Objetivos do Projeto Geral Proporcionar aos idosos, aposentados e pensionistas oportunidade de viajar e de usufruir os benefícios da atividade turística, como forma de fortalecimento do setor de turismo

Leia mais

A COPA DO MUNDO NOSSA

A COPA DO MUNDO NOSSA A COPA DO MUNDO E NOSSA SANTA E BELA CATARINA Multifacetada e rica em oportunidades para a Copa do Mundo 2014! Oportunidades Copa 2014 Em 2014 o Brasil terá uma oportunidade única para mostrar ao mundo

Leia mais

04 A 08 JUNHO 2013 PLANOS DE PATROCÍNIO REALIZANDO SONHOS, CONCRETIZANDO NEGÓCIOS. AS MELHORES EMPRESAS ESTÃO AQUI.

04 A 08 JUNHO 2013 PLANOS DE PATROCÍNIO REALIZANDO SONHOS, CONCRETIZANDO NEGÓCIOS. AS MELHORES EMPRESAS ESTÃO AQUI. fenahabit.com.br feirafabricon.com.br REALIZANDO SONHOS, CONCRETIZANDO NEGÓCIOS. AS MELHORES EMPRESAS ESTÃO AQUI. DO FUNDAMENTO AO ACABAMENTO. CONSTRUINDO GRANDES NEGÓCIOS. PLANOS DE PATROCÍNIO 04 A 08

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2012

Anuário Estatístico de Turismo - 2012 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2012 Volume 39 Ano base 2011 Sumário I Turismo receptivo 1. Chegadas de turistas ao Brasil - 2010-2011

Leia mais

12 A16 JUNHO PLANOS DE PATROCÍNIO DO FUNDAMENTO AO ACABAMENTO. CONSTRUINDO GRANDES NEGÓCIOS.

12 A16 JUNHO PLANOS DE PATROCÍNIO DO FUNDAMENTO AO ACABAMENTO. CONSTRUINDO GRANDES NEGÓCIOS. 10anos fenahabit.com.br REALIZANDO SONHOS, CONCRETIZANDO NEGÓCIOS. AS MELHORES EMPRESAS ESTÃO AQUI. feirafabricon.com.br DO FUNDAMENTO AO ACABAMENTO. CONSTRUINDO GRANDES NEGÓCIOS. PLANOS DE PATROCÍNIO

Leia mais

Observatório do Turismo

Observatório do Turismo USUS 2012 Observatório do Turismo Cidade de São Paulo Brasil Turismo no Mundo 9,0% Representatividade no PIB Mundial em 2011 US$ 6,3 TRILHÕES Movimentação Financeira em 2011 980 MILHÕES Viagens no Mundo,

Leia mais

Estudo da demanda turística internacional 2005-2011

Estudo da demanda turística internacional 2005-2011 Departamento de Estudos e Pesquisas Secretária Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Estudo da demanda turística internacional 2005-2011 Brasília, outubro de 2012 Sumário 1 Perfil da demanda

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE A COPA FIFA 2014

INFORMAÇÕES SOBRE A COPA FIFA 2014 INFORMAÇÕES SOBRE A COPA FIFA 2014 Por Milton Karam 06.outubro.2010 COPA FIFA 2014 CRONOLOGIA 2003 03 de junho - a Confederação Sul-Americana de Futebol CONMEBOL anuncia Argentina, Brasil e Colômbia 2006

Leia mais

Fam Tours Press Trips. Cliente Oculto

Fam Tours Press Trips. Cliente Oculto Embarque na Viagem Seu portal de Turismo, Lazer, Entretenimento e Gastronomia. Media Kit 2013 Notícias Fam Tours Press Trips Redes Sociais Publicidade Difenciada Projetos Especiais Perfil Cliente Oculto

Leia mais

Plano de Comunicação Integrado Copa do Mundo da FIFA 2014

Plano de Comunicação Integrado Copa do Mundo da FIFA 2014 Copa do Mundo da FIFA 2014 Eixos Estratégicos Articulação Imprensa Publicidade Promoção Digital Eixos Estratégicos de Comunicação IMPRENSA NACIONAL E REGIONAL AÇÕES DESCRIÇÃO PÚBLICO ALVO RESPONSÁVEL Assessoria

Leia mais

Ações com profissionais de turismo (Blogueiros e Agentes de Viagem) Fam Tours Press Trips Notícias

Ações com profissionais de turismo (Blogueiros e Agentes de Viagem) Fam Tours Press Trips Notícias Embarque na Viagem Seu portal de Turismo, Lazer, Entretenimento e Gastronomia. Media Kit Redes Sociais Palestras Viagens de inspeção Publicidade Difenciada Ações com profissionais de turismo (Blogueiros

Leia mais

Turismo de Negócios, Congressos e Eventos. 1º. Encontro de Secretários de Turismo da Rede Mercocidades. Mercodestinos Capitais Gauchas Rotas Tchê

Turismo de Negócios, Congressos e Eventos. 1º. Encontro de Secretários de Turismo da Rede Mercocidades. Mercodestinos Capitais Gauchas Rotas Tchê Turismo de Negócios, Congressos e Eventos 1º. Encontro de Secretários de Turismo da Rede Mercocidades Mercodestinos Capitais Gauchas Rotas Tchê Visão, Acordos, Compromissos, Estratégias e Ações Porto Alegre,

Leia mais

Atuação das Instituições GTP- APL. Sebrae. Brasília, 04 de dezembro de 2013

Atuação das Instituições GTP- APL. Sebrae. Brasília, 04 de dezembro de 2013 Atuação das Instituições GTP- APL Sebrae Brasília, 04 de dezembro de 2013 Unidade Central 27 Unidades Estaduais 613 Pontos de Atendimento 6.554 Empregados 9.864 Consultores credenciados 2.000 Parcerias

Leia mais

Estatísticas básicas de turismo. Brasil

Estatísticas básicas de turismo. Brasil Estatísticas básicas de turismo Brasil Brasília, outubro de 2010 Estatísticas básicas de turismo Índice Páginas I - Turismo no mundo 1. Fluxo receptivo internacional 1.1 - Chegadas de turistas internacionais

Leia mais

PLANEJAMENTO OPERACIONAL DAS AÇÕES

PLANEJAMENTO OPERACIONAL DAS AÇÕES PLANEJAMENTO OPERACIONAL DAS AÇÕES Ação Atividade Recurso Prazo Responsável Articular com o Comitê Participação em reuniões de planeja e 4 Computadores com internet Quinzenal Alexandre Almeida Estadual

Leia mais

EVENTO COM OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS DIRECIONADAS PARA EMPREENDEDORES

EVENTO COM OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS DIRECIONADAS PARA EMPREENDEDORES EVENTO COM OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS DIRECIONADAS PARA EMPREENDEDORES A Feira do Empreendedor é promovida pelo Sebrae desde 1992 em todos os estados do país. É considerado o maior evento presencial de

Leia mais

O Paraná no mercado de turismo

O Paraná no mercado de turismo O TURISMO NO PARANÁ O Paraná no mercado de turismo Os principais pontos positivos são: 1.Cataratas de Foz de Iguaçu patrimônio natural da Humanidade (UNESCO), 3º destino mais visitado por turistas, além

Leia mais

Programas de Apoio à Exportação

Programas de Apoio à Exportação INTERCÂMBIO COMERCIAL BRASIL / MERCOSUL Programas de Apoio à Exportação ENCOMEX JARAGUÁ DO SUL Flávio Martins Pimentel Coordenação-Geral de Programas de Apoio à Exportação MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO,

Leia mais

Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014

Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014 Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014 EQUIPE TÉCNICA DO IPETURIS Coordenação: Mariana Nery Pesquisadores: César Melo Tamiris Martins Viviane Silva Suporte: Gerson

Leia mais

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS PEQUENOS negócios no BRASIL 99% 70% 40% 25% 1% do total de empresas brasileiras da criação de empregos formais da massa salarial do PIB das exportações

Leia mais

Ministério do Turismo. Ministério do Meio Ambiente

Ministério do Turismo. Ministério do Meio Ambiente do A Campanha Passaporte Verde é uma iniciativa global que visa estimular o turista a adotar uma atitude de consumo responsável, mostrando de que forma suas escolhas podem contribuir para a conservação

Leia mais

A EDIÇÃO PAULISTA DA ECONOFARMA ESTÁ DE VOLTA. -feira

A EDIÇÃO PAULISTA DA ECONOFARMA ESTÁ DE VOLTA. -feira A EDIÇÃO PAULISTA DA ECONOFARMA ESTÁ DE VOLTA -feira EM 2014, A ECONOFARMA RETORNA COM UM NOVO OLHAR SOBRE O VAREJO FARMACÊUTICO CENÁRIO ATUAL O varejo nacional projeta otimismo de crescimento para os

Leia mais

Belo Horizonte Responsabilidades do Setor Turístico na Prevenção à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Belo Horizonte Responsabilidades do Setor Turístico na Prevenção à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes Belo Horizonte Responsabilidades do Setor Turístico na Prevenção à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes Responsabilidade Multiplicadores* CMDCA, CEDCA, Minist. do Trabalho, Gestor de Política (SETUR

Leia mais

ANEXO XXII POLÍTICA MUNICIPAL DE TURISMO DE FOZ DO IGUAÇU LEI Nº 4.291, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014.

ANEXO XXII POLÍTICA MUNICIPAL DE TURISMO DE FOZ DO IGUAÇU LEI Nº 4.291, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014. ANEXO XXII POLÍTICA MUNICIPAL DE TURISMO DE FOZ DO IGUAÇU LEI Nº 4.291, DE 31 DE OUTUBRO DE 2014. DISPÕE SOBRE A POLÍTICA MUNICIPAL DE TURISMO, PREVISTA NO CAPÍTULO X, DO TÍTULO V, DA LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO,

Leia mais

PERNAMBUCO SECRETARIA EXECUTIVA DE ARTICULAÇÃO INTERNACIONAL

PERNAMBUCO SECRETARIA EXECUTIVA DE ARTICULAÇÃO INTERNACIONAL PERNAMBUCO SECRETARIA EXECUTIVA DE ARTICULAÇÃO INTERNACIONAL Localização Estratégica Localização Estratégica 350 km 4 capitais de estado 3 aeroportos internacionais 2 aeroportos regionais 4 portos internacionais

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES PCTI 2014

RELATÓRIO DE ATIVIDADES PCTI 2014 PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO PROGRAMA DE COMBATE AO TRABALHO INFANTIL (PCTI) GESTÃO REGIONAL RELATÓRIO DE ATIVIDADES PCTI 2014 www.trt7.jus.br/trabalhoinfantil SEMANA CEARENSE

Leia mais

APL DE TURISMO NO LITORAL DO PIAUÍ

APL DE TURISMO NO LITORAL DO PIAUÍ APL DE TURISMO NO LITORAL DO PIAUÍ (A) Teresina; (B) Cajueiro da Praia; (C) Luis Correia; (D) Parnaíba; (E) Ilha Grande Rota das Emoções: Jericoacoara (CE) - Delta (PI) - Lençóis Maranhenses (MA) Figura

Leia mais

Ficha Técnica. Supervisão Comissão de Organização, Normas e Procedimentos CONP

Ficha Técnica. Supervisão Comissão de Organização, Normas e Procedimentos CONP Referência Ficha Técnica Plano de comunicação Resolução n 1.025, de 30 de outubro de 29 Supervisão Comissão de Organização, Normas e Procedimentos CONP Elaboração Projeto ART e Acervo Técnico - Equipe

Leia mais

SUMÁRIO A REDE BAHIA. 5 PAPELARIA. 13 O JORNAL CORREIO. 5 DESDOBRAMENTO DE CONTEÚDO. 14 A RÁDIO CBN. 5 COMUNICAÇÃO E ENVOLVIMENTO EDITORIAL.

SUMÁRIO A REDE BAHIA. 5 PAPELARIA. 13 O JORNAL CORREIO. 5 DESDOBRAMENTO DE CONTEÚDO. 14 A RÁDIO CBN. 5 COMUNICAÇÃO E ENVOLVIMENTO EDITORIAL. SUMÁRIO A REDE BAHIA... 5 O JORNAL CORREIO... 5 A RÁDIO CBN... 5 SEMINÁRIOS AGENDA BAHIA 2015... 7 DESENVOLVIMENTO REGIONAL... 8 DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL... 9 DESENVOLVIMENTO PRODUTIVO... 10 DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Curitiba - Responsabilidades do Setor de Turismo de Curitiba na Prevenção à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Curitiba - Responsabilidades do Setor de Turismo de Curitiba na Prevenção à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Curitiba - do Setor de Turismo de Curitiba na Prevenção Capacitar os profissionais dos meios de hospedagem (hotéis/motéis) com a temática do ESCA ABIH, AMOPAR, Associação dos Hostels, Sindotel, Secretaria

Leia mais

Apresentação de projetos na Bahiatursa

Apresentação de projetos na Bahiatursa Apresentação de projetos na Bahiatursa - Orientações - janeiro/2012 Apresentação A Bahiatursa, empresa oficial de turismo do Estado da Bahia, é vinculada à Secretaria de Turismo do Estado e tem como finalidade

Leia mais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL. Oportunidades e Desafios

COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL. Oportunidades e Desafios COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL Oportunidades e Desafios COPA DO MUNDO - OPORTUNIDADES Um evento esportivo do porte de uma Copa do Mundo é como uma grande vitrine do país no exterior e corresponde a um

Leia mais

200 4 Anuário Estatístico

200 4 Anuário Estatístico 2004 Anuário Estatístico REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA Presidente MINISTÉRIO DO TURISMO WALFRIDO SILVINO DOS MARES GUIA Ministro INSTITUTO BRASILEIRO DE TURISMO EMBRATUR EDUARDO

Leia mais

Centro Cultural e de Exposições de Maceió

Centro Cultural e de Exposições de Maceió Centro Cultural e de Exposições de Maceió Descrição Administrar, explorar comercialmente e desenvolver eventos culturais, de lazer e de negócios no Centro Cultural e de Exposições de Maceió, localizado

Leia mais

Reuniões Realizadas em 2008: Reuniões Realizadas em 2009: Participação e Apoio à Eventos em 2007. Participação e Apoio à Eventos em 2008

Reuniões Realizadas em 2008: Reuniões Realizadas em 2009: Participação e Apoio à Eventos em 2007. Participação e Apoio à Eventos em 2008 Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo - FORNATUR 48 Reunião Ordinária São Paulo/SP Ações de março de 2007 à fevereiro de 2009. Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO DE AGÊNCIA DE EVENTOS

TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO DE AGÊNCIA DE EVENTOS 1. Objeto: 1.1.1. Contratação de empresa para prestação, sob demanda, de serviços de planejamento, organização, coordenação, execução, fiscalização e avaliação de eventos com a viabilização de infra-estrutura

Leia mais

Plano de trabalho ABMES 2013

Plano de trabalho ABMES 2013 1. Apoio às IES de pequeno porte (eventos presenciais e a distância) Diretoria, Assessoria, Consultores e IES apoiadoras Realizar seminário na com o objetivo de identificar a situação atual das PMIES Contratar

Leia mais

Apresentação R$ 480 28 mil visitas

Apresentação R$ 480 28 mil visitas Post Show Report 1. Apresentação 2. A feira 3. Apoio 4. Parceiros de mídia 5. Eventos simultâneos 6. Expositores 7. Visitantes 8. Marketing 9. Acessos ao site 10. Mídias sociais 11. Comunicação 12. Pesquisa

Leia mais

Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014

Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014 Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014 1ª FEIRA DO SUL DO BRASIL COM SOLUÇÕES COMPLETAS DE GESTÃO, SERVIÇOS E TECNOLOGIA PARA A SUA EMPRESA Na EXPEN 2014, você encontrará tecnologia,

Leia mais

Síntese do planejamento do Governo Federal para a Copa do Mundo 2014 Brasília, Setembro de 2012

Síntese do planejamento do Governo Federal para a Copa do Mundo 2014 Brasília, Setembro de 2012 Code-P0 Síntese do planejamento do Governo Federal para a Copa do Mundo 2014 Brasília, Setembro de 2012 Code-P1 O Brasil recebe os grandes eventos esportivos em um contexto favorável COPA OLIMPÍADAS Brasil

Leia mais

4. Relatório Final e Comprovação das Contrapartidas

4. Relatório Final e Comprovação das Contrapartidas 1. Da Solicitação de Patrocínio O proponente interessado em firmar patrocínio cultural com o Serpro deverá encaminhar à Coordenação Estratégica de Comunicação Social, pelo e-mail cultura@serpro.gov.br,

Leia mais

fronpress Relatório de Atividades e Clipagem Grupo Flytour Comuncagoo Corteudo Posícbncrnento

fronpress Relatório de Atividades e Clipagem Grupo Flytour Comuncagoo Corteudo Posícbncrnento F L Y T O U R fronpress Comuncagoo Corteudo Posícbncrnento Relatório de Atividades e Clipagem Grupo Flytour Setembro/2011 Grupo Flytour Relatório de Atividades Relações com a Imprensa Setembro / 2011 fronpreôs

Leia mais

REDES SOCIAIS Forte presença, influência e impacto nas redes sociais. ECOTURISMO Não é a toa que Trilhas e Aventuras é o nosso nome.

REDES SOCIAIS Forte presença, influência e impacto nas redes sociais. ECOTURISMO Não é a toa que Trilhas e Aventuras é o nosso nome. DESTINOS Roteiros completos com guias personalizados para o viajante. ECOTURISMO Não é a toa que Trilhas e Aventuras é o nosso nome. HOTEL & FOOD Mais do que uma visita. Uma avaliação completa! REDES SOCIAIS

Leia mais

Porque é que o Turismo. é essencial para a Economia Portuguesa?

Porque é que o Turismo. é essencial para a Economia Portuguesa? Porque é que o Turismo é essencial para a Economia Portuguesa? 14 milhões de hóspedes Vindos do Reino Unido, Alemanha, Espanha, França, Brasil, EUA Num leque de países que alarga ano após ano. 9,2 % do

Leia mais

Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014. O que o Brasil já ganhou com a Copa

Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014. O que o Brasil já ganhou com a Copa Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014 O que o Brasil já ganhou com a Copa 2 O que o Brasil já ganhou com a Copa Investimentos A Copa do Mundo é um grande investimento para todos brasileiros Os únicos

Leia mais

MERCOSUL/RMT/ATA Nº1/06 III REUNIÃO DE MINISTROS DE ESTADO DO TURISMO DO MERCOSUL

MERCOSUL/RMT/ATA Nº1/06 III REUNIÃO DE MINISTROS DE ESTADO DO TURISMO DO MERCOSUL MERCOSUL/RMT/ATA Nº1/06 III REUNIÃO DE MINISTROS DE ESTADO DO TURISMO DO MERCOSUL Realizou-se, na cidade de Angra dos Reis, Estado do Rio de Janeiro, Brasil, em 24 de outubro de 2006, a III Reunião de

Leia mais

PANORAMA DOS MERCADOS Sul-Americanos

PANORAMA DOS MERCADOS Sul-Americanos Boletim PANORAMA DOS MERCADOS Sul-Americanos Edição nº 1 Julho/2015 Coordenação Geral de Mercados Americanos/Asiático - CGMA Diretoria de Mercados Internacionais - DMINT Apresentação A série Boletim Panorama

Leia mais

Agenda Internacional 2009

Agenda Internacional 2009 Agenda Internacional 2009 CNI: estratégia institucional Visão Estratégica Mapa Estratégico Uma visão sobre o futuro do país e da indústria (2007-2015) Identifica prioridades estratégicas Participação de

Leia mais

Estratégia de fortalecimento dos Pequenos Negócios Maria Aparecida Bogado

Estratégia de fortalecimento dos Pequenos Negócios Maria Aparecida Bogado Estratégia de fortalecimento dos Pequenos Negócios Maria Aparecida Bogado Consultor Sebrae Nacional PARCERIAS MPOG - Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão/SLTI CONSAD Conselho Nacional de Secretários

Leia mais

Com a sua atuação pró-ativa a SUCESU trouxe diversos benefícios em prol do setor que representa no Brasil, podendo destacar:

Com a sua atuação pró-ativa a SUCESU trouxe diversos benefícios em prol do setor que representa no Brasil, podendo destacar: Introdução É grande a parcela da população das nações mais desenvolvidas do mundo que está se organizando em sociedades e associações civis que defendem interesses comuns. Essas pessoas já perceberam que

Leia mais

Novas matrizes para Classificação Hoteleira. Selo de Qualidade em Turismo. Estudo de Viabilidade para implantação de Hotel Conceito

Novas matrizes para Classificação Hoteleira. Selo de Qualidade em Turismo. Estudo de Viabilidade para implantação de Hotel Conceito Novas matrizes para Classificação Hoteleira Selo de Qualidade em Turismo Estudo de Viabilidade para implantação de Hotel Conceito Brasília, 13 de janeiro de 2010 Novas matrizes para Classificação Hoteleira

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 8.102, DE 6 DE SETEMBRO DE 2013 Aprova a Estrutura Regimental e o Quadro Demonstrativo dos Cargos em Comissão e das Funções

Leia mais

Distribuição Geográfica dos Pontos de Coleta de Dados

Distribuição Geográfica dos Pontos de Coleta de Dados Distribuição Geográfica dos Pontos de Coleta de Dados Nº de Entrevistados da Pesquisa: 39.000 pessoas Nº de locais das entrevistas: 27 15 em aeroportos internacionais, que representam 99% do fluxo internacional

Leia mais

Veja aqui algumas formas de como sua marca pode se destacar por meio de apoio e patrocínio de nossas ações promocionais, projetos e eventos.

Veja aqui algumas formas de como sua marca pode se destacar por meio de apoio e patrocínio de nossas ações promocionais, projetos e eventos. PARCERIA BRAZTOA Veja aqui algumas formas de como sua marca pode se destacar por meio de apoio e patrocínio de nossas ações promocionais, projetos e eventos. ENCONTRO COM MERCADOS São viagens estratégicas

Leia mais

Combate à Pobreza, Crescimento Inclusivo e Nova Agenda Social. Centro de Políticas Sociais FGV Wanda Engel Rio de Janeiro, 27 de novembro de 2015

Combate à Pobreza, Crescimento Inclusivo e Nova Agenda Social. Centro de Políticas Sociais FGV Wanda Engel Rio de Janeiro, 27 de novembro de 2015 Combate à Pobreza, Crescimento Inclusivo e Nova Agenda Social Centro de Políticas Sociais FGV Wanda Engel Rio de Janeiro, 27 de novembro de 2015 Marcos da Política de Combate à Pobreza Antecedentes: Assistência

Leia mais

Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil. Região do Rio Grande do Sul

Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil. Região do Rio Grande do Sul Diretrizes da Comissão Regional de Imagem e Comunicação Dos Escoteiros do Brasil Após um mais de ano de trabalho e experiências adquiridas a CRIC apresenta à diretoria regional as diretrizes que regem

Leia mais

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Aprovado por: Diretoria de Informação Institucional 1 OBJETIVO Definir e padronizar os procedimentos referentes

Leia mais

F-RANDress. Relatório de Atividades Relações com a Imprensa Fevereiro / 2008. Avaliação

F-RANDress. Relatório de Atividades Relações com a Imprensa Fevereiro / 2008. Avaliação i^assessoria DE IMPRENSA^ Relatório de Atividades Relações com a Imprensa Fevereiro / 2008 Avaliação Em fevereiro, a Corporação Flytour obteve 26 inserções na mídia. Entre os destaques do período está

Leia mais

Feira e Congresso da Construção Civil. Data: 05 a 08 de outubro Local: Pavilhão da Expoville - Joinville(SC) Horário: 15h às 22h

Feira e Congresso da Construção Civil. Data: 05 a 08 de outubro Local: Pavilhão da Expoville - Joinville(SC) Horário: 15h às 22h Feira e Congresso da Construção Civil Data: 05 a 08 de outubro Local: Pavilhão da Expoville - Joinville(SC) Horário: 15h às 22h APRESENTAÇÃO ÓTIMAS OPORTUNIDADES REUNIDAS EM UM AMBIENTE DE GRANDES NEGÓCIOS

Leia mais

PLANO OPERACIONAL ANUAL E ORÇAMENTO DETALHADO 2013

PLANO OPERACIONAL ANUAL E ORÇAMENTO DETALHADO 2013 PLANO OPERACIONAL ANUAL E ORÇAMENTO DETALHADO 2013 1 Composição Orçamentária ISAGS - 2013 (*) Natureza Valor anual (US$) Percentual Projetos 42,6% 1.001.200,00 Pessoal 37,9% 892.958,00 Gastos Operacionais

Leia mais

Mecanismos para Divulgação da Secretaria de Estado do Turismo

Mecanismos para Divulgação da Secretaria de Estado do Turismo Mecanismos para Divulgação da Secretaria de Estado do Turismo Assessoria de Comunicação da Setur A Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado do Turismo está ligada à Gerência de Marketing Turístico.

Leia mais

NOVAS OPORTUNIDADES Congressos. Seminários. Credit Field Trips. CMSpeople.com

NOVAS OPORTUNIDADES Congressos. Seminários. Credit Field Trips. CMSpeople.com NOVAS OPORTUNIDADES Congressos. Seminários. Credit Field Trips. Bem-vindo à CMS 380 EVENTOS 4.500 ORADORES 20 PAÍSES +100.000 EXECUTIVOS 220.000 VISITAS EM NOSSAS PÁGINAS 140 MEIOS 55.000 SEGUIDORES VIA

Leia mais

Entre esses eventos, destacam-se, recentemente:

Entre esses eventos, destacam-se, recentemente: Resumo Com a criação do Ministério do Turismo em 2003, o Brasil passa a ter, pela primeira vez em sua história, um ministério voltado exclusivamente para a atividade turística. A partir de então a Embratur

Leia mais

PROJETO RODADA DE NEGÓCIOS

PROJETO RODADA DE NEGÓCIOS PROJETO RODADA DE NEGÓCIOS 10 SETEMBRO DE 2013 SUMÁRIO 1. CONCEITO DE RODADA DE NEGÓCIOS 2. OBJETIVO 3. ATORES 4. MODELO E MECÂNICA 5. SEGMENTOS TURÍSTICOS SUGERIDOS 6. ESTRUTURA E RESPONSABILIDADES 7.

Leia mais

DESTINO IGUASSU PLANO DE PATROCÍNIO 2014

DESTINO IGUASSU PLANO DE PATROCÍNIO 2014 DESTINO IGUASSU Com atrativos turísticos conhecidos internacionalmente, uma diversidade de mais de 70 etnias e roteiros de ecoturismo e aventura, o Destino Iguaçu promove o encontro geográfico e cultural

Leia mais

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil.

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil. A ABEMD, Associação Brasileira de Marketing Direto, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1976 e constituída por pessoas jurídicas e físicas interessadas na aplicação de estratégias e técnicas

Leia mais

INDICADORES TURÍSTICOS 2013 ANO BASE 2012

INDICADORES TURÍSTICOS 2013 ANO BASE 2012 1 FUNDAÇÃO DE TURISMO DE MATO GROSSO DO SUL FUNDTUR/MS INDICADORES TURÍSTICOS 2013 ANO BASE 2012 A Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul para acompanhar o andamento da atividade e sua contribuição

Leia mais

A melhor maneira de ficar informado em São José dos Pinhais

A melhor maneira de ficar informado em São José dos Pinhais A melhor maneira de ficar informado em São José dos Pinhais A sua agência de notícias em São José dos Pinhais O PautaSJP.com é um canal de Comunicação de São José dos Pinhais e Região, criado em 02 de

Leia mais