Inclusão Escolar do Aluno Autista. Módulo 1 - Introdução

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Inclusão Escolar do Aluno Autista. Módulo 1 - Introdução"

Transcrição

1 Inclusão Escolar do Aluno Autista Módulo 1 - Introdução

2 O Que é AUTISMO? Autismo é um conjunto de sintomas (síndrome) que p e r t e n c e à c a t e g o r i a d o s t r a n s t o r n o s d e neurodesenvolvimento. Transtorno do Espectro Autista (TEA)/(DSMV APA 2013). Primeiro a descrever o autismo foi o psiquiatra Leo Kanner (1943).

3 Graus do AUTISMO Severo Moderado Leve Variabilidade de sintomas

4 4 MENINOS 1 MENINA

5 Estatísticas Brasil piloto Atibaia - 1:368 0,3% (2010); Brasil - 1 a cada 110 crianças 1% (CDC); 1 a cada 88 crianças 1,16% (CDC ); 1 cada 50 crianças 2% (CDC ). CDC (Centers for Disease Control and Prevention) Centros de Prevenção e Controle de Doenças - órgão do governo dos EUA. Fonte: Revista Autismo

6 Características Essenciais 1. Comprometimento na comunicação: Atraso ou ausência de linguagem; Vocabulário limitado; Dificuldade de iniciar ou manter diálogo; Ecolalia; Aparente surdez; Atraso no feedback.

7 Características Essenciais 2. Dificuldade na interação social: Contato visual; Entender a expressão facial ou gestos; Demonstrar afetividade; Empatia.

8 Características Essenciais 3. Comportamentos e interesses restritos e repetitivos: Tendência ao isolamento; Uso não funcional de brinquedos; Hiper ou hipoatividades; Apego a rotinas; Resistência as transições; Seletividade alimentar.

9 Algumas Abordagens MÉTODO TEACCH (Treatment and Education of Autistic and Comunication Handicapped Children) Tratamento e Educação para Autistas e Crianças com Déficits Relacionados a Comunicação. É uma abordagem comportamental com apoio na psicolinguística que tem como objetivo facilitar a aprendizagem da pessoa com autismo a partir do arranjo ambiental, ensino estruturado e comunicação alternativa. Fonte:

10 Algumas Abordagens Níveis do TEACCH: Nível 1 Nível 2

11 Algumas Abordagens Níveis do TEACCH: Nível 3 Nível 4

12 Algumas Abordagens ABA (Applied Behavior Analysis) - Análise do Comportamento Aplicada. É uma abordagem da psicologia que é usada para a compreensão e mudança do comportamento. Ela observa, analisa e explica a associação entre o ambiente, o comportamento humano e a aprendizagem (Lear, K., 2004). Antecedente Comportamento Consequência

13 Algumas Abordagens MODELO DIR/FLOORTIME (Desenvolvimento, Diferenças Individuais e Relação), consiste num modelo de avaliação e intervenção que associa a abordagem Floortime com o envolvimento e participação da família, com diferentes especialidades terapêuticas (to, fono) e a articulação e integração nas estruturas educacionais. Floortime é uma terapia central e vital do modelo DIR. É literalmente o tempo que passamos no chão brincando com a criança e procurando caminhos e oportunidades para ajudá-la na escada do desenvolvimento. Fonte:

14 Algumas Abordagens INTEGRAÇÃO SENSORIAL - É a habilidade do sistema nervoso central de absorver, processar e organizar respostas adequadas às informações trazidas pelos sentidos.

15 Carly Fleischmann

16

17 Algumas Abordagens PROGRAMA SON-RISE - Segue os interesses da criança e coloca os pais como os terapeutas e diretores de seus próprios programas. A partir do vínculo e do ambiente seguro são aplicadas estratégias educativas testadas. Fonte:

18 Algumas Abordagens PECS (Picture Exchange Communication System) - Sistema de Comunicação por Troca de Figuras. Consiste em um método para ensinar pessoas com distúrbios de comunicação e/ou com autismo, a comunicarem-se de forma funcional por intermédio da troca de figuras.

19 Ferramenta da Sala de Recursos BOARDMAKER - O Boardmaker é um programa de computador que contém um banco de dados gráfico contendo mais de Símbolos de Comunicação Pictórica (PCS). Com as bibliotecas adicionais é possível expandir este conjunto para mais de símbolos PCS.

20 Ferramenta da Sala de Recursos BOARDMAKER - Criar pranchas de Comunicação.

21 NÃO IMPORTA A ABORDAGEM... O PRINCIPAL É COMEÇAR O TRATAMENTO O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL.

22 O que é necessário para uma inclusão eficaz? Abertura da escola, dos profissionais e da família; Apoio dos profissionais que acompanham a criança; Planejamento / Previsibilidade / Organização; Adaptações do material e das avaliações; Acomodações para a criança;

23 A Educação individualizada é uma forma efetiva de ajudar o autista.

24 O educador de uma pessoa autista... Compreender seu aluno; Identificar seus pontos fortes e dificuldades; Encontrar os meios facilitadores para ajudá-lo; Organizar o ambiente e materiais de forma clara, estruturada e objetiva; Ensinar ao seu aluno a aprender;

25 O educador de uma pessoa autista... Estimular o desenvolvimento cognitivo do seu aluno; Limites claros e objetivos; Poucos comandos; Respeitar os limites; Ensinar o detalhe; Adaptar o materiais de acordo com o seu nível de desenvolvimento;

26 O educador de uma pessoa autista... Reforçar sempre o comportamento adequado; Observar os rituais de comportamento que acabam desencadeando o descontrole; Em casos de comportamentos inadequados devese ter estratégias para não valorizá-las; O professor e o mediador precisam trabalhar em conjunto.

27 Sugestão para a Escola Agenda visual (figuras) Ciências Lanche Português

28 Sugestões de Leitura

29 Sugestões de Leitura

30 Sugestões de Leitura

31 Sugestões de Leitura

32 Sugestões de Sites johannaterapeutaocupacional.blogspot.com

33 Temple Grandin

34 Frases O aluno aprende. O aluno no espectro autista aprende... A aprendizagem é característica do ser humano....há educadores sonhadores, idealistas, realistas e otimistas. Porém, se há realistas otimistas, há realistas pessimistas. Há também os cansados, estressados, desesperançados, mas por sorte, há sempre aqueles que jamais se entregaram. Eugênio Cunha - Livro Autismo na Escola

35

36 Obrigada Facebook: Ama-Getid autismo

COMUNICACÃO FALA E LINGUAGEM

COMUNICACÃO FALA E LINGUAGEM COMUNICACÃO FALA E LINGUAGEM AUTISMO De acordo com o DSM-V o Autismo é um transtorno de desenvolvimento que geralmente aparece nos três primeiros anos de vida e compromete as habilidades de comunicação

Leia mais

De acordo com estudos recentes o autismo é mais freqüente em pessoas do sexo masculino.

De acordo com estudos recentes o autismo é mais freqüente em pessoas do sexo masculino. 1 AUTISMO Autismo é um distúrbio do desenvolvimento que se caracteriza por alterações presentes desde idade muito precoce, com impacto múltiplo e variável em áreas nobres do desenvolvimento humano como

Leia mais

Queila Medeiros Veiga TGD NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA

Queila Medeiros Veiga TGD NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA TGD NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA Marcos Legais 1988 Constituição Federal (art. 208, III) direito das pessoas com necessidades especiais de receberem educação, preferencialmente na rede regular

Leia mais

TEA Módulo 3 Aula 2. Processo diagnóstico do TEA

TEA Módulo 3 Aula 2. Processo diagnóstico do TEA TEA Módulo 3 Aula 2 Processo diagnóstico do TEA Nos processos diagnósticos dos Transtornos do Espectro Autista temos vários caminhos aos quais devemos trilhar em harmonia e concomitantemente para que o

Leia mais

Métodos de Intevenção Estruturada (TEACCH e ABA) Módulo 5: Processos de Intervenção

Métodos de Intevenção Estruturada (TEACCH e ABA) Módulo 5: Processos de Intervenção + Métodos de Intevenção Estruturada (TEACCH e ABA) Módulo 5: Processos de Intervenção + Análise Aplicada do Comportamento (ABA) Modelo de intervenção embasado no Behaviorismo Radical, de Skinner (O comportamento

Leia mais

Luísa Cabral 17 de Junho de 2008

Luísa Cabral 17 de Junho de 2008 SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E REABILITAÇÃO DIRECÇÃO de SERVIÇOS de EDUCAÇÃO e APOIO PSICOPEDAGÓGICO SERVIÇO TÉCNICO de APOIO PSICOPEDAGÓGICO CENTRO

Leia mais

COMUNICAÇÃO ALTERNATIVA NA ESCOLA: UM NOVO OLHAR SOBRE A ESCOLARIZAÇÃO DE CRIANÇAS COM TRANSTORNOS GLOBAIS DO DESENVOLVIMENTO.

COMUNICAÇÃO ALTERNATIVA NA ESCOLA: UM NOVO OLHAR SOBRE A ESCOLARIZAÇÃO DE CRIANÇAS COM TRANSTORNOS GLOBAIS DO DESENVOLVIMENTO. COMUNICAÇÃO ALTERNATIVA NA ESCOLA: UM NOVO OLHAR SOBRE A ESCOLARIZAÇÃO DE CRIANÇAS COM TRANSTORNOS GLOBAIS DO DESENVOLVIMENTO. Patrícia Blasquez Olmedo 1 Prefeitura Municipal de Angra dos Reis INTRODUÇÃO

Leia mais

INTERVENÇÃO ABA COM ESTUDANTES COM AUTISMO: ENVOLVIMENTO DE PAIS E PROFESSORES

INTERVENÇÃO ABA COM ESTUDANTES COM AUTISMO: ENVOLVIMENTO DE PAIS E PROFESSORES INTERVENÇÃO ABA COM ESTUDANTES COM AUTISMO: ENVOLVIMENTO DE PAIS E PROFESSORES Priscila Benitez Isis de Albuquerque Ricardo M. Bondioli Nathalia Vasconcelos Manoni Alice Resende Bianca Melger Universidade

Leia mais

Resumo: Autismo. Intervenções Comportamentais para Crianças com Autismo

Resumo: Autismo. Intervenções Comportamentais para Crianças com Autismo Intervenções Comportamentais para Crianças com Autismo -D Diretor, Programa ASSERT Professor, Departamento de Educação Especial e Reabilitação Utah State University Professor Visitante/Pesquisador Associado

Leia mais

ABA: uma intervenção comportamental eficaz em casos de autismo

ABA: uma intervenção comportamental eficaz em casos de autismo ABA: uma intervenção comportamental eficaz em casos de autismo Por Sabrina Ribeiro O autismo é uma condição crônica, caracterizado pela presença de importantes prejuízos em áreas do desenvolvimento, por

Leia mais

AUTISMO: O QUE DIZEM AS PESQUISAS PUBLICADAS NA REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO ESPECIAL?

AUTISMO: O QUE DIZEM AS PESQUISAS PUBLICADAS NA REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO ESPECIAL? AUTISMO: O QUE DIZEM AS PESQUISAS PUBLICADAS NA REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO ESPECIAL? Getsemane de Freitas Batista IM/UFRRJ Márcia Denise Pletsch PPGEDUC/UFRRJ Eixo Temático: Política Educacional Inclusiva

Leia mais

Um Bom Começo: Conhecer a Questão do Autismo

Um Bom Começo: Conhecer a Questão do Autismo Um Bom Começo: Conhecer a Questão do Autismo Conceito Incidência Causas do Autismo Manifestações mais comuns O espectro de manifestações autistas Como é feito o diagnóstico de autismo Instrumentos para

Leia mais

CONHECENDO O AUTISMO NO CONTEXTO DA INCLUSÃO SOCIAL: NA FLEXIBILIDADE CURRICULAR E MÉTODOS PEDAGÓGICOS.

CONHECENDO O AUTISMO NO CONTEXTO DA INCLUSÃO SOCIAL: NA FLEXIBILIDADE CURRICULAR E MÉTODOS PEDAGÓGICOS. CONHECENDO O AUTISMO NO CONTEXTO DA INCLUSÃO SOCIAL: NA FLEXIBILIDADE CURRICULAR E MÉTODOS PEDAGÓGICOS. 1 SANTOS, C. L. S. C.; 1 GOMES, C. M. L.; 1 BARROS, V. P. H.; 2 CELINO, M. L. S.. 1 Mestrandas do

Leia mais

A TERAPIA OCUPACIONAL E O MÉTODO TEACCH NO TRATAMENTO DO PORTADOR DE AUTISMO

A TERAPIA OCUPACIONAL E O MÉTODO TEACCH NO TRATAMENTO DO PORTADOR DE AUTISMO 23 A TERAPIA OCUPACIONAL E O MÉTODO TEACCH NO TRATAMENTO DO PORTADOR DE AUTISMO Claudia Soares Rolim Luciana Staut Ayres de Souza Grace Claudia Gasparini Resumo O autismo é uma síndrome comportamental

Leia mais

SÍNDROME DE ASPERGER

SÍNDROME DE ASPERGER Philipe Machado Diniz de Souza Lima CRM 52.84340-7 Psiquiatra Clínico Psiquiatra da Infância e Adolescência Atuação: CAPSI Maurício de Sousa Matriciador em Saúde Mental AP3.3 SÍNDROME DE ASPERGER Síndrome

Leia mais

ROTINAS E TÉCNICAS INTERVENTIVAS NO ESPECTRO AUTISTA

ROTINAS E TÉCNICAS INTERVENTIVAS NO ESPECTRO AUTISTA ROTINAS E TÉCNICAS INTERVENTIVAS NO ESPECTRO AUTISTA Dr. Márcio Borges Moreira Instituto de Educação Superior de Brasília Instituto Walden4 Conceitos Básicos Reforço Comportamento Consequência Punição

Leia mais

Autismo e Aprendizagem

Autismo e Aprendizagem Autismo e Aprendizagem O termo autismo origina-se do grego autós, que significa de si mesmo. Foi empregado pela primeira vez pelo psiquiatra suíço Bleuler, em 1911, que buscava descrever a fuga da realidade

Leia mais

O DIAGNÓSTICO DOS TRANSTORNOS DO ESPECTRO DO AUTISMO TEA

O DIAGNÓSTICO DOS TRANSTORNOS DO ESPECTRO DO AUTISMO TEA 1 MARIA ELISA GRANCHI FONSECA Psicóloga Mestre em Educação Especial UFSCAR TEACCH Practitioner pela University of North Carolina USA Coordenadora de Curso INFOCO FENAPAES UNIAPAE Coordenadora CEDAP APAE

Leia mais

Transtornos Mentais diagnosticados na infância ou na adolescência

Transtornos Mentais diagnosticados na infância ou na adolescência Pediatria do Desenvolvimento e do Comportamento Transtornos Mentais diagnosticados na infância ou na adolescência Faculdade de Ciências Médicas Prof. Orlando A. Pereira Unifenas Transtorno de Deficiência

Leia mais

Workshops e Produtos

Workshops e Produtos Workshops e Produtos Serviços e produtos concebidos para melhorar a qualidade de vida das pessoas com Autismo e outras perturbações do desenvolvimento. A P yramid já treinou mais de 215.000 pais e profissionais

Leia mais

O Autismo E O Lúdico

O Autismo E O Lúdico O Autismo E O Lúdico Autora: Lucinéia Cristina da Silva (FEF) * Coautora: Alexandra Magalhães Frighetto (UFMT) * Coautor: Juliano Ciebre dos Santos (FSA) * Resumo: A apresentação desse artigo tem como

Leia mais

Eugênio Cunha eugenio@eugeniocunha.com www.eugeniocunha.com

Eugênio Cunha eugenio@eugeniocunha.com www.eugeniocunha.com Autismo: um olhar pedagógico Eugênio Cunha eugenio@eugeniocunha.com www.eugeniocunha.com Algumas reflexões iniciais: Primeiramente, é importante dizer que não há respostas prontas para todas as questões

Leia mais

AUTISMO: Propostas de Intervenção

AUTISMO: Propostas de Intervenção AUTISMO: Propostas de Intervenção Paula Borges Locatelli 1 Mariana Fernandes Ramos dos Santos 2 Resumo: O autismo é um transtorno comportamental que cursa como transtorno de desenvolvimento causando prejuízos

Leia mais

AUTISMO: 2 MILHÕES DE BRASILEIROS

AUTISMO: 2 MILHÕES DE BRASILEIROS AUTISMO: 2 MILHÕES DE BRASILEIROS ÍNDICE O que é o autismo? Qual o papel da família? Quais os sinais de alerta? Diagnóstico: quem procurar? Tratamentos: quais são? Multidisciplinar: o que é isso? O que

Leia mais

APLICAÇÃO DO PERFIL PSICOEDUCACIONAL REVISADO - PEP-R EM CRIANÇAS COM AUTISMO

APLICAÇÃO DO PERFIL PSICOEDUCACIONAL REVISADO - PEP-R EM CRIANÇAS COM AUTISMO APLICAÇÃO DO PERFIL PSICOEDUCACIONAL REVISADO - PEP-R EM CRIANÇAS COM AUTISMO ELAINE DE OLIVEIRA SANTOS, VIVIANE POIATO MACEDO, LOIANE MARIA ZENGO, MANOEL OSMAR SEABRA JUNIOR Faculdade de Ciências e Tecnologia

Leia mais

2- Objetivo 3- Método 4- Resultados 5-Conclusões

2- Objetivo 3- Método 4- Resultados 5-Conclusões AUTISMO E INCLUSÃO: LEVANTAMENTO DAS DIFICULDADES ENCONTRADAS PELO PROFESSOR DO ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO EM SUA PRÁTICA COM CRIANÇAS COM AUTISMO Angelo Antonio Puzipe PAPIM Universidade Estadual

Leia mais

AUTISMO: CONVÍVIO ESCOLAR, UM DESAFIO PARA A EDUCAÇÃO.

AUTISMO: CONVÍVIO ESCOLAR, UM DESAFIO PARA A EDUCAÇÃO. AUTISMO: CONVÍVIO ESCOLAR, UM DESAFIO PARA A EDUCAÇÃO. Anne Caroline Silva Aires- UEPB Marta Valéria Silva Araújo- UEPB Gabriela Amaral Do Nascimento- UEPB RESUMO Este trabalho tem como objetivo apresentar

Leia mais

SÍNDROME DE ASPERGER Pontos importantes para compreender eintervir

SÍNDROME DE ASPERGER Pontos importantes para compreender eintervir SÍNDROME DE ASPERGER Pontos importantes para compreender eintervir Texto organizado pela psicóloga Ingrid Ausec (Núcleo de Acessibilidade da UEL) para subsidiar o acompanhamento de estudantes com Síndrome

Leia mais

Pediatria do Desenvolvimento e do Comportamento. Faculdade de Ciências Médicas Prof. Orlando A. Pereira Unifenas

Pediatria do Desenvolvimento e do Comportamento. Faculdade de Ciências Médicas Prof. Orlando A. Pereira Unifenas Pediatria do Desenvolvimento e do Comportamento Faculdade de Ciências Médicas Prof. Orlando A. Pereira Unifenas Genética e Ambiente A combinação de fatores ambientais e genéticos é que determina o produto

Leia mais

DO PROJETO À REALIDADE. Unidade de Ensino Estruturado para Alunos com Perturbações do Espetro do Autismo (UEEA)

DO PROJETO À REALIDADE. Unidade de Ensino Estruturado para Alunos com Perturbações do Espetro do Autismo (UEEA) DO PROJETO À REALIDADE Unidade de Ensino Estruturado para Alunos com Perturbações do Espetro do Autismo (UEEA) Ano Letivo 2011/2012 Perturbações do Espetro do Autismo (PEA) As PEA consistem numa perturbação

Leia mais

Introdução à Terapia ABA. Psic. Me. Robson Brino Faggiani Especialista em Terapia Comportamental e Cognitiva

Introdução à Terapia ABA. Psic. Me. Robson Brino Faggiani Especialista em Terapia Comportamental e Cognitiva Introdução à Terapia ABA Psic. Me. Robson Brino Faggiani Especialista em Terapia Comportamental e Cognitiva ABA Análise do Comportamento Aplicada O objetivo principal da Terapia ABA para as crianças diagnosticadas

Leia mais

O BRINCAR COMO MEDIADOR DE INTERAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE LINGUAGEM EM CRIANÇAS AUTISTAS

O BRINCAR COMO MEDIADOR DE INTERAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE LINGUAGEM EM CRIANÇAS AUTISTAS O BRINCAR COMO MEDIADOR DE INTERAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE LINGUAGEM EM CRIANÇAS AUTISTAS BEZERRA 1, Aíla Murielle Medeiros CORDEIRO 1, Ingrydh KOCH 1, Bernard; LIMA 1, Tácia Adriana Florentino de NUNES

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO BRINCAR PARA AS CRIANÇAS COM O TRANSTORNO

A IMPORTÂNCIA DO BRINCAR PARA AS CRIANÇAS COM O TRANSTORNO A IMPORTÂNCIA DO BRINCAR PARA AS CRIANÇAS COM O TRANSTORNO DO ESPECTRO DO AUTISMO Michele Morgane de Melo Mattos Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ Fabiana Ferreira do Nascimento Instituto Fernando

Leia mais

Educar em Revista ISSN: 0104-4060 educar@ufpr.br Universidade Federal do Paraná Brasil

Educar em Revista ISSN: 0104-4060 educar@ufpr.br Universidade Federal do Paraná Brasil Educar em Revista ISSN: 0104-4060 educar@ufpr.br Universidade Federal do Paraná Brasil Löhr, Thaise ROGERS, S. J.; DAWSON, G. Intervenção precoce em crianças com autismo: modelo Denver para a promoção

Leia mais

AUTISMO. 3º Encontro Formativo para Profissionais da Educação. Atendimento aos Estudantes com Deficiência na Rede Municipal de Contagem

AUTISMO. 3º Encontro Formativo para Profissionais da Educação. Atendimento aos Estudantes com Deficiência na Rede Municipal de Contagem AUTISMO 3º Encontro Formativo para Profissionais da Educação Atendimento aos Estudantes com Deficiência na Rede Municipal de Contagem Quem somos? Professoras das SRMF / AAE - Contagem Raquel Shirley Stella

Leia mais

ANEXO XI (Retificado no DOU de 18/07/2013, Seção 1, pág 25)

ANEXO XI (Retificado no DOU de 18/07/2013, Seção 1, pág 25) ANEXO XI (Retificado no DOU de 18/07/2013, Seção 1, pág 25) MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL LAUDO DE AVALIAÇÃO AUTISMO (Transtorno Autista e Autismo Atípico) Serviço Médico/Unidade

Leia mais

CURSOS DE CAPACITAÇÃO PARA PROFESSORES E OUTROS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO EM BELO HORIZONTE JANEIRO DE 2013

CURSOS DE CAPACITAÇÃO PARA PROFESSORES E OUTROS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO EM BELO HORIZONTE JANEIRO DE 2013 CURSOS DE CAPACITAÇÃO PARA PROFESSORES E OUTROS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO EM BELO HORIZONTE JANEIRO DE 2013 24 ANOS DE EXPERIÊNCIA NA ÁREA DE CURSOS Realização: AMSCURSOS Apoio: Associação de Professores

Leia mais

TÍTULO: ANÁLISE DAS FORMAS DE TRATAMENTOS PARA O TRANSTORNO DE ESPECTRO AUTISTA (TEA)

TÍTULO: ANÁLISE DAS FORMAS DE TRATAMENTOS PARA O TRANSTORNO DE ESPECTRO AUTISTA (TEA) TÍTULO: ANÁLISE DAS FORMAS DE TRATAMENTOS PARA O TRANSTORNO DE ESPECTRO AUTISTA (TEA) CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PEDAGOGIA INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE ANHANGUERA DE

Leia mais

Plano de Ação. Plano de Ação - 2013. Plano de Ação para o Ano de 2013: Finalidades Estatutárias. Objetivos. Origem dos Recursos.

Plano de Ação. Plano de Ação - 2013. Plano de Ação para o Ano de 2013: Finalidades Estatutárias. Objetivos. Origem dos Recursos. Plano de Ação 2013 Plano de Ação para o Ano de 2013: Finalidades Estatutárias Objetivos Origem dos Recursos Infraestrutura Público Alvo Capacidade de Atendimento Recursos Financeiros Utilizados Recursos

Leia mais

Autismo Rede Biomédica de Informações

Autismo Rede Biomédica de Informações Autismo Rede Biomédica de Informações DSM-IV Critérios, Transtornos Invasivos do Desenvolvimento 299.00 Transtornos Autisticos A. Um total de seis ( ou mais) itens de (1), (2) e (3), com pelo menos dois

Leia mais

AUTISMO: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

AUTISMO: UMA REVISÃO INTEGRATIVA 1 SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE GOIÂNIA - SECG FACULDADE PADRÃO CURSO DE ENFERMAGEM GREYCE KELLY DE FARIA LIMA JANETE LOPES AVELAR SIRLENE APARECIDA VILELA DA SILVA AUTISMO: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA Autismo. Autor: Duanne Antunes Bomfim

CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA Autismo. Autor: Duanne Antunes Bomfim CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA Autismo Autor: Duanne Antunes Bomfim CURSO DE AUTISMO Fundamentos, Princípios e Marcos Legais da Educação Especial/Inclusiva O Atendimento Educacional Especializado em uma

Leia mais

Educação Acessível para Todos

Educação Acessível para Todos Educação Acessível para Todos Instituto Paradigma A inclusão das crianças com deficiência nas escolas de Educação Infantil e Ensino Fundamental não constitui um debate diferente da inclusão social de todos

Leia mais

Equivalência de Estímulos e Autismo: Uma Revisão de Estudos Empíricos 1. Stimulus Equivalence and Autism: A Review of Empirical Studies

Equivalência de Estímulos e Autismo: Uma Revisão de Estudos Empíricos 1. Stimulus Equivalence and Autism: A Review of Empirical Studies Psicologia: Teoria e Pesquisa Out-Dez 2010, Vol. 26 n. 4, pp. 729-737 Equivalência de Estímulos e Autismo: Uma Revisão de Estudos Empíricos 1 Camila Graciella Santos Gomes André Augusto Borges Varella

Leia mais

FACULDADE UnB PLANALTINA LICENCIATURA EM CIÊNCIAS NATURAIS DESAFIOS E POSSIBILIDADES DO ENSINO DE CRIANÇAS COM AUTISMO

FACULDADE UnB PLANALTINA LICENCIATURA EM CIÊNCIAS NATURAIS DESAFIOS E POSSIBILIDADES DO ENSINO DE CRIANÇAS COM AUTISMO FACULDADE UnB PLANALTINA LICENCIATURA EM CIÊNCIAS NATURAIS DESAFIOS E POSSIBILIDADES DO ENSINO DE CRIANÇAS COM AUTISMO AUTORA: SARAH GRACE MACIEL PEREIRA ORIENTADORA: JULIANA EUGÊNIA CAIXETA Planaltina

Leia mais

AUTISMO MITOS, REFLEXÕES E ATUALIDADES KLIGIEL V. B. DA ROSA. NEUROPEDIATRA.

AUTISMO MITOS, REFLEXÕES E ATUALIDADES KLIGIEL V. B. DA ROSA. NEUROPEDIATRA. AUTISMO MITOS, REFLEXÕES E ATUALIDADES KLIGIEL V. B. DA ROSA. NEUROPEDIATRA. Conceito É uma patologia vasto quadro clínico com déficits neurocomportamentais e cognitivos e padrões repetitivos de comportamentos

Leia mais

Pense Autismo. A importância do diagnóstico precoce no TEA Transtorno do espectro Autista. Autor: Dr. Marcone Oliveira Médico Neuropediatra

Pense Autismo. A importância do diagnóstico precoce no TEA Transtorno do espectro Autista. Autor: Dr. Marcone Oliveira Médico Neuropediatra Pense Autismo A importância do diagnóstico precoce no TEA Transtorno do espectro Autista Autor: Dr. Marcone Oliveira Médico Neuropediatra Declaração de Responsabilidade e Conflito de Interesse O autor

Leia mais

Conhecendo o Aluno com TGD

Conhecendo o Aluno com TGD I - [FICHA DE AVALIAÇÃO SOBRE O ALUNO COM TRANSTORNOS GLOBAIS DO DESENVOLVIMENTO] Usar letra de forma Os alunos com Transtornos Globais do Desenvolvimento (TGD) são aqueles que apresentam alterações qualitativas

Leia mais

Secretaria Municipal de Educação Claudia Costin Subsecretária Helena Bomeny Instituto Municipal Helena Antipoff Kátia Nunes

Secretaria Municipal de Educação Claudia Costin Subsecretária Helena Bomeny Instituto Municipal Helena Antipoff Kátia Nunes Secretaria Municipal de Educação Claudia Costin Subsecretária Helena Bomeny Instituto Municipal Helena Antipoff Kátia Nunes Instituto Municipal Helena Antipoff Educação Especial no Município do Rio de

Leia mais

TÍTULO: MÉTODO DE ANALISE DO COMPORTAMENTO APLICADA (ABA) E PORTADORES DO TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA (TEA)

TÍTULO: MÉTODO DE ANALISE DO COMPORTAMENTO APLICADA (ABA) E PORTADORES DO TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA (TEA) TÍTULO: MÉTODO DE ANALISE DO COMPORTAMENTO APLICADA (ABA) E PORTADORES DO TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA (TEA) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PEDAGOGIA INSTITUIÇÃO: FACULDADE

Leia mais

Introdução da Comunicação Alternativa em adulto com Deficiência Múltipla: estudo de caso

Introdução da Comunicação Alternativa em adulto com Deficiência Múltipla: estudo de caso Introdução da Comunicação Alternativa em adulto com Deficiência Múltipla: estudo de caso Olívia Silva e Silva Fonoaudióloga Dayanne Rezende Heitor de Queiroz Terapeuta Ocupacional Resumo O presente artigo

Leia mais

Michele Senra RESUMO. Palavra-chave: Inclusão. Neurodiversidade. Autismo. INTRODUÇÃO

Michele Senra RESUMO. Palavra-chave: Inclusão. Neurodiversidade. Autismo. INTRODUÇÃO Reflexões sobre a neurodiversidade, inclusão e exclusão nos sistemas educacionais do séc. XXI: uma breve discussão sobre as adaptações curriculares na inclusão de alunos com autismo em escolas regulares

Leia mais

AUTISMO E TDAH: O DESAFIO DA INCLUSÃO. Prof. Dr. Carlo Schmidt. Prof. Adjunto da CE/UFSM Depto. Educação Especial

AUTISMO E TDAH: O DESAFIO DA INCLUSÃO. Prof. Dr. Carlo Schmidt. Prof. Adjunto da CE/UFSM Depto. Educação Especial AUTISMO E TDAH: O DESAFIO DA INCLUSÃO Prof. Dr. Carlo Schmidt Prof. Adjunto da CE/UFSM Depto. Educação Especial INTRODUÇÃO Caracterização: Do que estamos falando? TDAH Autismo O que essas condições têm

Leia mais

INTERSETORIALIDADE E AUTISMO

INTERSETORIALIDADE E AUTISMO INTERSETORIALIDADE E AUTISMO Daniel de Sousa Filho Psiquiatra da Infância e Adolescência Mestre em Distúrbios do Desenvolvimento UPM Introdução Kanner, 1943 Asperger, 1944 Bleuler, 1906 Transtornos do

Leia mais

A RESPONSIVIDADE DE UMA CRIANÇA COM TRANSTORNO GLOBAL DO DESENVOLVIMENTO EM INTERAÇÃO COM O PAI

A RESPONSIVIDADE DE UMA CRIANÇA COM TRANSTORNO GLOBAL DO DESENVOLVIMENTO EM INTERAÇÃO COM O PAI A RESPONSIVIDADE DE UMA CRIANÇA COM TRANSTORNO GLOBAL DO DESENVOLVIMENTO EM INTERAÇÃO COM O PAI PRISCILA CAMARA DE CASTRO ABREU PINTO psicastro@hotmail.com UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO MARCIA

Leia mais

A INTEGRAÇÃO SENSORIAL COMO ABORDAGEM DE TRATAMENTO DE UM ADOLESCENTE NO ESPECTRO AUTISTA

A INTEGRAÇÃO SENSORIAL COMO ABORDAGEM DE TRATAMENTO DE UM ADOLESCENTE NO ESPECTRO AUTISTA A INTEGRAÇÃO SENSORIAL COMO ABORDAGEM DE TRATAMENTO DE UM ADOLESCENTE NO ESPECTRO AUTISTA MATIAS, Rayane CLASSE, Jéssica P. D. CAVALCANTI, Flavia R. R. SILVA, Angela C. D. RESUMO O presente trabalho se

Leia mais

PLANO DE ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO _ 2012 PARTE I - COLETAS DE DADOS:

PLANO DE ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO _ 2012 PARTE I - COLETAS DE DADOS: 1 Coordenadoria de Gestão Pedagógica PLANO DE ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO _ 2012 PARTE I - COLETAS DE DADOS: 1 IDENTIFICAÇÃO: Nome completo: Idade: anos D/N: / / Filiação: Com quem mora: Responsável:

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Anais. IV Seminário Internacional Sociedade Inclusiva

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Anais. IV Seminário Internacional Sociedade Inclusiva Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Anais IV Seminário Internacional Sociedade Inclusiva Propostas e ações inclusivas: impasses e avanços Belo Horizonte 17 a 20 de outubro de 2006 Sessões

Leia mais

CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PEDAGOGIA INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO GERALDO DI BIASE

CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PEDAGOGIA INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO GERALDO DI BIASE TÍTULO: UM ESTUDO DA INCLUSÃO DE ALUNOS COM TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA EM UMA ESCOLA PÚBLICA DE VOLTA REDONDA MEDIANTE A UTILIZAÇÃO DAS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. CATEGORIA: EM ANDAMENTO

Leia mais

Processo Diagnóstico: CID/DSM/Diagnóstico Diferencial. Módulo 3: Aspectos Diagnósticos

Processo Diagnóstico: CID/DSM/Diagnóstico Diferencial. Módulo 3: Aspectos Diagnósticos + Processo Diagnóstico: CID/DSM/Diagnóstico Diferencial Módulo 3: Aspectos Diagnósticos + Processo Diagnóstico do TEA Suspeita dos pais/cuidadores/professores Avaliação médica e não-médica (escalas de

Leia mais

A MEMÓRIA VISUAL COMO FOCO DA ADAPTAÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO COM BASE NO MÉTODO TEACCH

A MEMÓRIA VISUAL COMO FOCO DA ADAPTAÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO COM BASE NO MÉTODO TEACCH A MEMÓRIA VISUAL COMO FOCO DA ADAPTAÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO COM BASE NO MÉTODO TEACCH Resumo Cínthia Janaína da Silva Prociv 1 - BAGOZZI Jessica Maria Torres 2 BAGOZZI Grupo de Trabalho Diversidade e

Leia mais

IN B R A P E - Instituto G lobal de E studos A vanç ados. A uxilium. Curso de E specialização em E ducação E special Inclusiva.

IN B R A P E - Instituto G lobal de E studos A vanç ados. A uxilium. Curso de E specialização em E ducação E special Inclusiva. IN B R A P E - Instituto G lobal de E studos A vanç ados U N ISA L E SIA N O - Centro U niversitá rio Cató lico Salesiano A uxilium Curso de E specialização em E ducação E special Inclusiva Autismo Fgª

Leia mais

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores POSSIBILIDADES E LIMITES DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA PARA ALUNOS AUTISTAS: O EXEMPLO DA ESCOLA ADVENTISTA

Leia mais

ROTINA DIDÁTICO-PEDAGÓGICA: INSERÇÃO DA CRIANÇA AUTISTA NO CONTEXTO ESCOLAR.

ROTINA DIDÁTICO-PEDAGÓGICA: INSERÇÃO DA CRIANÇA AUTISTA NO CONTEXTO ESCOLAR. ROTINA DIDÁTICO-PEDAGÓGICA: INSERÇÃO DA CRIANÇA AUTISTA NO CONTEXTO ESCOLAR. MONTEIRO, Paola Campolina Graduanda em Pedagogia / Universidade de Brasília AZEVEDO, Sabrina Maria Cezario de Graduanda em Pedagogia

Leia mais

Páginas para pais: Problemas na criança e no adolescente. 3.14 A criança com Autismo e Síndrome de Asperger

Páginas para pais: Problemas na criança e no adolescente. 3.14 A criança com Autismo e Síndrome de Asperger Páginas para pais: Problemas na criança e no adolescente 3.14 A criança com Autismo e Síndrome de Asperger Introdução A maioria das crianças, desde os primeiros tempos de vida, é sociável e procura ativamente

Leia mais

Um pouco mais sobre desenvolvimento social e os Transtornos do Espectro Autista

Um pouco mais sobre desenvolvimento social e os Transtornos do Espectro Autista Um pouco mais sobre desenvolvimento social e os Transtornos do Espectro Autista www.infanciaeadole scencia.com.br O desenvolvimento social ocorre ao longo de todas as etapas do ciclo vital. Entretanto,

Leia mais

AUTISMO NA SALA DE AULA

AUTISMO NA SALA DE AULA 13. CONEX Pôster Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( x ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA AUTISMO

Leia mais

Autismo: a luta contra discriminação 1

Autismo: a luta contra discriminação 1 XXI Prêmio Expocom 2014 Exposição da Pesquisa Experimental em Comunicação 1 Autismo: a luta contra discriminação 1 Marcela MORAES2 Iara de Nazaré Santos RODRIGUES³ Jonária FRANÇA4 Faculdade Boas Novas

Leia mais

IBE. A Alfabetização e o Ambiente Alfabetizador 300. A arte de contar histórias 200. A arte de escrever bem 180. A arte na educação 180

IBE. A Alfabetização e o Ambiente Alfabetizador 300. A arte de contar histórias 200. A arte de escrever bem 180. A arte na educação 180 Governo do Distrito Federal Secretaria de Estado de Educação Subsecretaria de Gestão dos Profissionais da Educação Coordenação de Administração de Pessoas Instituição A Alfabetização e o Ambiente Alfabetizador

Leia mais

Análise do Comportamento Aplicada ao Autismo: um modelo de atendimento em Universidade Pública Centro para o Autismo e Inclusão Social (CAIS USP)

Análise do Comportamento Aplicada ao Autismo: um modelo de atendimento em Universidade Pública Centro para o Autismo e Inclusão Social (CAIS USP) Análise do Comportamento Aplicada ao Autismo: um modelo de atendimento em Universidade Pública Centro para o Autismo e Inclusão Social (CAIS USP) Martha Hübner (martha@hubner.org.br) AQUISIÇÃO DE LINGUAGEM

Leia mais

EXPERIÊNCIAS DE INTERAÇÕES SOCIAIS DE UMA CRIANÇA COM TEA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

EXPERIÊNCIAS DE INTERAÇÕES SOCIAIS DE UMA CRIANÇA COM TEA NA EDUCAÇÃO INFANTIL EXPERIÊNCIAS DE INTERAÇÕES SOCIAIS DE UMA CRIANÇA COM TEA NA EDUCAÇÃO INFANTIL Resumo Gisele de Lima Vieira 1 - UFAM Grupo de Trabalho Diversidade e inclusão Agência Financiadora: não contou com financiamento

Leia mais

Plano de Ensino da Disciplina

Plano de Ensino da Disciplina Plano de Ensino da Disciplina Disciplina: Psicologia Escolar: Problemas de Aprendizagem Código da disciplina: PSI627 Classificação: Obrigatória (OB) Unidade/Departamento: Faculdade de Filosofia e Ciências

Leia mais

MEU AMIGO AUTISTA: UMA POSSIBILIDADE DE APRENDIZAGEM SOBRE AUTISMO ATRAVÉS DA ABORDAGEM CRÍTICO-SUPERADORA NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA.

MEU AMIGO AUTISTA: UMA POSSIBILIDADE DE APRENDIZAGEM SOBRE AUTISMO ATRAVÉS DA ABORDAGEM CRÍTICO-SUPERADORA NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA. MEU AMIGO AUTISTA: UMA POSSIBILIDADE DE APRENDIZAGEM SOBRE AUTISMO ATRAVÉS DA ABORDAGEM CRÍTICO-SUPERADORA NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA. Ana Paula de Melo¹; Ieda Mayumi Sabino Kawashita²; Renata Beatriz

Leia mais

Começaram assim a procurarem explicações e diagnósticos de profissionais fora da cidade.

Começaram assim a procurarem explicações e diagnósticos de profissionais fora da cidade. TÍTULO: O Brincar com os Autistas Estimulando a Tríade Autoria: Patricia Araujo Nunes dos Santos Palavras-chave: Autismo, Brincar, Especificidade e Aprendizagem Significativa. Resumo Os primeiros anos

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE PSICOLOGIA ALESSANDRA JORGE DE SOUSA

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE PSICOLOGIA ALESSANDRA JORGE DE SOUSA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE PSICOLOGIA ALESSANDRA JORGE DE SOUSA PROCEDIMENTOS DE DISCRIMINAÇÃO CONDICIONAL E EMERGÊNCIA DE RELAÇÕES DE EQUIVALÊNCIA

Leia mais

TEA Módulo 4 Aula 2. Comorbidades 1 TDAH

TEA Módulo 4 Aula 2. Comorbidades 1 TDAH TEA Módulo 4 Aula 2 Comorbidades 1 TDAH É uma das comorbidades mais comuns e mais preocupantes quando se trata do Transtorno do Espectro Autista porque leva a duas coisas fundamentais que podem atrapalhar

Leia mais

TEA Módulo 4 Aula 5. Tics e Síndrome de Tourette

TEA Módulo 4 Aula 5. Tics e Síndrome de Tourette TEA Módulo 4 Aula 5 Tics e Síndrome de Tourette Os tics são um distúrbio de movimento que ocorrem no início da infância e no período escolar. É definido pela presença crônica de múltiplos tics motores,

Leia mais

Inclusão escolar: o trabalho de comunicação alternativa com alunos que apresentam comprometimento motor e de fala na Rede Municipal de Ribeirão Preto

Inclusão escolar: o trabalho de comunicação alternativa com alunos que apresentam comprometimento motor e de fala na Rede Municipal de Ribeirão Preto Inclusão escolar: o trabalho de comunicação alternativa com alunos que apresentam comprometimento motor e de fala na Rede Municipal de Ribeirão Preto Denise Cristina Amoroso de Lima Carpintieri - Professora

Leia mais

MEDIAÇÃO ESCOLAR COMO TECNOLOGIA SOCIAL INOVADORA

MEDIAÇÃO ESCOLAR COMO TECNOLOGIA SOCIAL INOVADORA MEDIAÇÃO ESCOLAR COMO TECNOLOGIA SOCIAL INOVADORA INTRODUÇÃO Maria Goretti Andrade Rodrigues; Roseni Rezende da Silva Batista; Thamyres Bandoli Vargas Universidade Federal Fluminense goretti@vm.uff.br

Leia mais

CURRÍCULO FUNCIONAL NATURAL ANÁLISE DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL DA UFSCAR A PARTIR DE 2000

CURRÍCULO FUNCIONAL NATURAL ANÁLISE DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL DA UFSCAR A PARTIR DE 2000 CURRÍCULO FUNCIONAL NATURAL ANÁLISE DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL DA UFSCAR A PARTIR DE 2000 PATRICIA ZUTIÃO 1 MARIA AMÉLIA ALMEIDA 2 IASMIN ZANCHI BOUERI 3

Leia mais

Adaptação de Livros de Histórias: Recurso de Imersão nos Símbolos

Adaptação de Livros de Histórias: Recurso de Imersão nos Símbolos Adaptação de Livros de Histórias: Recurso de Imersão nos Símbolos Stories Books Adaptation: A Resource to Symbols Immersion Miryam Bonadiu Pelosi Vera Lúcia Vieira de Souza Ana Helena Schreibe Claudia

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES INSTITUTO A VEZ DO MESTRE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES INSTITUTO A VEZ DO MESTRE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES INSTITUTO A VEZ DO MESTRE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU AUTISMO E TRANSTORNO DE ASPERGER: O PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM Por: Débora Rufino Coelho de Barros Orientadora Profª.

Leia mais

Transtornos do espectro do autismo Palestra do Dr. Christopher Gillberg, no dia 10 de outubro de 2005, no Auditório do InCor, em São Paulo.

Transtornos do espectro do autismo Palestra do Dr. Christopher Gillberg, no dia 10 de outubro de 2005, no Auditório do InCor, em São Paulo. Transtornos do espectro do autismo Palestra do Dr. Christopher Gillberg, no dia 10 de outubro de 2005, no Auditório do InCor, em São Paulo. 1. O Professor Christopher Gillberg é médico, PhD, Professor

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL 1 º PERÍODO

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL 1 º PERÍODO EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL 1 º PERÍODO 1) História da Terapia Ocupacional (30 hs) EMENTA: Marcos históricos que antecederam o surgimento formal da profissão de

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 689/2011 PROJETO APROVADO: LEI ESTADUAL Nº 6169/2012

PROJETO DE LEI Nº 689/2011 PROJETO APROVADO: LEI ESTADUAL Nº 6169/2012 PROJETO DE LEI Nº 689/2011 EMENTA: DISPÕE SOBRE A IMPLANTAÇÃO DOS CENTROS DE REABILITAÇÃO INTEGRAL PARA DEFICIENTES MENTAIS E AUTISTAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS PROJETO APROVADO:

Leia mais

A intervenção Terapêutica Ocupacional no Transtorno do Espectro Autista

A intervenção Terapêutica Ocupacional no Transtorno do Espectro Autista A intervenção Terapêutica Ocupacional no Transtorno do Espectro Autista Belém 2012 Gisely Avelar Terapeuta Ocupacional; Formação em Estimulação e Educação Psicomotora/UEPA; Mestranda em Psicologia/UFPA.

Leia mais

Inscrições abertas até 31/Março/2016

Inscrições abertas até 31/Março/2016 Curso de Pós-Graduação Lato Sensu (nível especialização) em Educação de Pessoas com Transtorno do Espectro Autista e / ou com Atraso no Desenvolvimento: Contribuições da Análise do Comportamento aplicada

Leia mais

PRÁTICAS PSICOPEDAGÓGICAS VIVENCIADAS DE FORMA SIGNIFICATIVA COM O INDIVÍDUO AUTISTA

PRÁTICAS PSICOPEDAGÓGICAS VIVENCIADAS DE FORMA SIGNIFICATIVA COM O INDIVÍDUO AUTISTA PRÁTICAS PSICOPEDAGÓGICAS VIVENCIADAS DE FORMA SIGNIFICATIVA COM O INDIVÍDUO AUTISTA CARVALHO, Magda Fernandes Secretaria Municipal de Educação e Cultura de São João de Meriti/RJ magdafcarvalho@hotmail.com

Leia mais

Tratamento do TCAP. Psicologia: como os processos mentais interferem na vida do sujeito. História individual, singularidade.

Tratamento do TCAP. Psicologia: como os processos mentais interferem na vida do sujeito. História individual, singularidade. Tratamento do TCAP Psicologia: como os processos mentais interferem na vida do sujeito História individual, singularidade Psicoterapia: Tratamento: multidisciplinar Equipe coesa Importância de entender

Leia mais

Pré-requisito Coreq Disciplina 01 - - PS14101 - História das Ideias Psicológicas - Ativa desde: 01/01/2014. Natureza - OBRIGATÓRIA TEÓRICA 72

Pré-requisito Coreq Disciplina 01 - - PS14101 - História das Ideias Psicológicas - Ativa desde: 01/01/2014. Natureza - OBRIGATÓRIA TEÓRICA 72 1 de 5 Nível:BACHARELADO Início: 20021 01 - - PS14101 - História das Ideias Psicológicas - Ativa desde: PS14102 - Sociologia - Ativa desde: PS14103 - Metodologia Científica - Ativa desde: PS14104 - Fundamentos

Leia mais

A INTERFERÊNCIA DA PRODUÇÃO VERBAL NA APLICAÇÃO DO AUTISM BEHAVIOR CHECKLIST EM CRIANÇAS AUTISTAS VERBAIS E NÃO VERBAIS

A INTERFERÊNCIA DA PRODUÇÃO VERBAL NA APLICAÇÃO DO AUTISM BEHAVIOR CHECKLIST EM CRIANÇAS AUTISTAS VERBAIS E NÃO VERBAIS A INTERFERÊNCIA DA PRODUÇÃO VERBAL NA APLICAÇÃO DO AUTISM BEHAVIOR CHECKLIST EM CRIANÇAS AUTISTAS VERBAIS E NÃO VERBAIS Ana Carina Tamanaha, Márcia Regina Fumagalli Marteleto, Jacy Perissinoto Departamento

Leia mais

Modelos de Intervenção em PEA

Modelos de Intervenção em PEA Braga 2008 1 de Março o de 2008 Modelos de Intervenção em PEA João Teixeira Centro de Estudos e Apoio à Criança a e Família APPDA-Norte Modelos de Intervençao em PEA 1943 Kanner e Asperger identificam

Leia mais

APLICAÇÕES DO ENSINO ESTRUTURADO COMO MÉTODO DE INCLUSÃO ESCOLAR PARA CRIANÇAS AUTISTAS EM UMA ASSOCIAÇÃO DE JOÃO PESSOA-PB

APLICAÇÕES DO ENSINO ESTRUTURADO COMO MÉTODO DE INCLUSÃO ESCOLAR PARA CRIANÇAS AUTISTAS EM UMA ASSOCIAÇÃO DE JOÃO PESSOA-PB APLICAÇÕES DO ENSINO ESTRUTURADO COMO MÉTODO DE INCLUSÃO ESCOLAR PARA CRIANÇAS AUTISTAS EM UMA ASSOCIAÇÃO DE JOÃO PESSOA-PB Cyelle Carmem Vasconcelos Pereira 1 Ceylla Fernanda Vasconcelos Pereira 2 RESUMO

Leia mais

Direitos Reservados à A&R - Reprodução Proibida

Direitos Reservados à A&R - Reprodução Proibida Direitos Reservados à A&R - Reprodução Proibida AUTISMO: UMA REALIDADE por ZIRALDO MEGATÉRIO ESTÚDIO Texto: Gustavo Luiz Arte: Miguel Mendes, Marco, Fábio Ferreira Outubro de 2013 Quando uma nova vida

Leia mais

VIII Jornada de Estágio de Serviço Social. Prática profissional de Serviço Social na APROAUT - Associação de Proteção aos Autistas

VIII Jornada de Estágio de Serviço Social. Prática profissional de Serviço Social na APROAUT - Associação de Proteção aos Autistas VIII Jornada de Estágio de Serviço Social Prática profissional de Serviço Social na APROAUT - Associação de Proteção aos Autistas PANZARINI, Nathanie Hariene 1 ABREU, Marcia Fidelis de 2 SOUZA, Cristiane

Leia mais

A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira

A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira Transtornos do Desenvolvimento Psicológico Transtornos do Desenvolvimento Psicológico

Leia mais

INTERVENÇÃO EDUCATIVA

INTERVENÇÃO EDUCATIVA CENTRO DE DESENVOLVIMENTO LUÍS BORGES/DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DE COIMBRA UNIDADE DE NEURODESENVOLVIMENTO E AUTISMO INTERVENÇÃO EDUCATIVA Cristina Lobo Teresa São Miguel COMPREENDER O AUTISMO Viana

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE ABERTA DO SUS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE MENTAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE ABERTA DO SUS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE MENTAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE ABERTA DO SUS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE MENTAL DANIELA LEITE MARTINS VASCONCELOS A IMPORTÂNCIA DA INTERDISCIPLINARIDADE

Leia mais

O PAPEL DO PSICÓLOGO COMO MEDIADOR NO DESENVOLVIMENTO DE HABILIDADES SOCIAIS COM CRIANÇAS AUTISTAS CLÁSSICOS

O PAPEL DO PSICÓLOGO COMO MEDIADOR NO DESENVOLVIMENTO DE HABILIDADES SOCIAIS COM CRIANÇAS AUTISTAS CLÁSSICOS 332 O PAPEL DO PSICÓLOGO COMO MEDIADOR NO DESENVOLVIMENTO DE HABILIDADES SOCIAIS COM CRIANÇAS AUTISTAS CLÁSSICOS RESUMO ALMEIDA, Ana Cláudia Gomes de 1 CARVALHO, Evylinn da Silva ROSA, Marta Valéria dos

Leia mais

Fonoaudiologia educacional e autismo: sem comunicação não há inclusão! Autores: PATRÍCIA BLASQUEZ OLMEDO, CÁTIA CRIVELENTI DE FIGUEIREDO WALTER,

Fonoaudiologia educacional e autismo: sem comunicação não há inclusão! Autores: PATRÍCIA BLASQUEZ OLMEDO, CÁTIA CRIVELENTI DE FIGUEIREDO WALTER, Fonoaudiologia educacional e autismo: sem comunicação não há inclusão! Autores: PATRÍCIA BLASQUEZ OLMEDO, CÁTIA CRIVELENTI DE FIGUEIREDO WALTER, Palavras-chave: Autismo, Inclusão Educacional, Barreiras

Leia mais