Empilhadeiras. Orientação: Fernando Gabriel Eguia Pereira Soares

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Empilhadeiras. Orientação: Fernando Gabriel Eguia Pereira Soares"

Transcrição

1 Empilhadeiras Elaboração: Guido Alves Slavec RA: Antônio Carlos de Souza Leme RA: Allan Spagnolo Benites RA: Felipe Saturnino Tonheiro Carlos RA: Sandro Aparecido Pereira Faria RA: Aguinaldo Iglesias RA: Bruno Augusto Baptista RA: Douglas Barboza Alves RA: Rafael Correa da Silva Quideroli RA: Orientação: Fernando Gabriel Eguia Pereira Soares

2 Tópicos Introdução Aplicação Tipos Componentes Operação Mercado Inovações tecnológicas Conclusão

3 Introdução A empilhadeira é um veículo automotor utilizado para transporte e movimentação de materiais. Projetada de forma a permitir a movimentação e o deslocamento de cargas tanto no sentido horizontal como vertical. Geralmente são tracionadas pelas rodas dianteiras e direcionadas pelas rodas traseiras. Motor e outros componentes pesados estão na parte traseira para atuar como um contrapeso para as cargas colocadas na frente da empilhadeira. É um veículo de grande utilidade, porém seu custo e manutenção são elevados.

4 O equilíbrio da empilhadeira A empilhadeira é construída de maneira tal que o seu princípio de operação é o mesmo de uma gangorra. Assim sendo, a carga colocada nos garfos deverá ser equilibrada por um contrapeso igual ao peso da carga colocada no outro extremo.

5 Entretanto, podemos, com um mesmo contrapeso, empilhar uma carga mais pesada, bastando para isso deslocar o ponto de equilíbrio ou centro de apoio para mais próximo da carga.

6 Toda empilhadeira tem a sua capacidade de carga especificada a um determinado centro de carga, isto em virtude de transportar sua carga fora da base dos seus eixos, ao contrário do que acontece com uma carga transportada por caminhão.

7 O centro de carga (D) é a medida tomada a partir da face anterior dos garfos até o centro da carga.

8 As empilhadeiras têm uma tabela onde é especificado o centro de carga e a carga correspondente. Esta é a placa de identificação.

9

10 Tipos de empilhadeiras

11 Empilhadeira Elétrica

12 Empilhadeira Elétrica

13 Empilhadeiras Manuais

14 Empilhadeira a Combustão - Diesel

15 Empilhadeira a combustão - GLP

16 Aplicações Paleteiras: A paleteira manual é um equipamento utilizado na movimentação de cargas dispostas em paletes. É considerado o equipamento básico da logística e está presente em praticamente todas as empresas que precisam movimentar ou armazenar cargas paletizadas.

17 Empilhadeira manual Adequada para uso em caminhões, pequenos armazéns e mercados.

18 Empilhadeira a Gás, Empilhadeiras a diesel Combustão: As empilhadeiras a combustão utilizam como principal fonte de energia o GLP, diesel e gasolina, são indicadas para espaços ao ar livre como por exemplo pátios, docas, portos, etc. O mercado possuem diversos modelos e acessórios que possibilitam aumentar a capacidade e o tempo de autonomia para efetuar trabalhos mais específicos.

19 Elétricas: As empilhadeiras elétricas são equipamentos versáteis, são apropriados para serem operados em lugares fechados como, por exemplo: depósitos, fábricas, armazéns ou câmaras frigoríficas. Empilhadeira Elétrica

20 Empilhadeiras portuárias Conhecidas como empilhadeiras de grande porte, são equipamentos móveis usados em portos e grandes empresas para fazer a carga e descarga e também a movimentação de contêineres de 20 a 40 pés de capacidade em percursos variáveis e espaços apropriados. Os aparelhos permitem a grande facilidade de mudar de local nas operações realizadas em depósitos alfandegários, depósitos portuários e ainda na carga e descarga de caminhões que transportam contêineres.

21 As empilhadeiras de mastro retrátil e pantográficas As empilhadeiras de mastro retrátil e pantográficas são destinadas a lidar com operações em grandes alturas, além de oferecer manobrabilidade para operar em corredor estreito e eventualmente até movimentar produtos em distâncias mais longas.

22 Empilhadeira articulada Podem operar em corredores estreitos com menos de 2 m, elevar cargas de paletes em alturas de até 12,5 m e descarregar o estoque no pátio de carga.

23 PRINCIPAIS COMPONENTES DA EMPILHADEIRA 1 Polia 2 Coluna de elevação 3 Correia de elevação 4 Alavanca de controle da coluna 5 Sistema hidráulico 6 Plataforma de carregamento 7 Garfo ou forquilha 8 Chassi 9 Compartimento motor 10 Teto da cabina

24 PRINCIPAIS COMPONENTES DA EMPILHADEIRA

25 FUNÇÕES DE ALGUNS COMPONETES a coluna - é responsável pela suspenção vertical de produtos; as alavancas de comando da coluna - controlam as operações de inclinação e suspenção da empilhadeira. os garfos - realizam a função de carregar, transportar e empilhar;

26 FUNÇÕES DE ALGUNS COMPONETES o chassi - da empilhadeira, que é o esqueleto em geral composta de ferro fundido que, além de proteger os outros componentes, convém como contrapeso da carga; o contrapeso - é a carga localizada na parte traseira da empilhadeira com a função de equilibrar o veículo quando ele está carregado;

27 CABINE DE CONTROLE

28 NORMA REGULAMENTADORA 11 A Norma Regulamentadora 11 Transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de Materiais devem ser tomados como referencia para a elaboração de qualquer atividade preventiva ao uso de veículos industriais, mas tal como todas as demais normas 19 regulamentadoras não esgota de forma alguma o assunto havendo necessidade da atuação do profissional especializado para o desenvolvimento e detalhamento de um programa especifico. - Itens e Item Item Item Item Item Avaliação do local de circulação das maquinas transportadoras: ambientes fechados pouca ventilação, a emissão de gases deve ser controlada, para evitar concentrações acima dos permitidos. Ambientes fechados e sem ventilação, proibido a utilização de maquinas transportadora, movida a motores de combustão interna, salvo se providas a dispositivos neutralizadores de emissões gasosas, devendo ser dada a preferência por motores movidos a GLP ou gás natural.

29 Alugar ou comprar uma empilhadeira Tabela 2 - Empilhadeira elétrica para 2000 kg, elevação de até 11 m, com duas baterias de 760 Ah e carregador de 120 A. Custo médio de locação mensal por equipamento R$5.000,00 Custo aproximado de parcela de FINAME 48 X R$2.600,00 Diferença mensal (locação - FINAME) Saldo em 48 meses (economia se financiada) Contrato para mão de obra em manutenção preventiva e corretiva 42 meses (+6 meses de garantia) Saldo (economia, se financiada) R$2.400,00 R$ ,00 R$33.600,00 R$81.600,00

30 Alugar ou comprar uma empilhadeira Tabela 3 - Empilhadeira G.L.P Capacidade 2,5 ton, pneus pneumáticos, torre tríplex. Custo locação média mensal por equipamento R$3.000,00 Custo aproximado de parcela de FINAME 48 X R$1.593,75 Diferença (locação - FINAME) R$1.406,25 Saldo em 48 meses (economia se financiada) R$67.500,00 Contrato para mão de obra em manutenção R$21.000,00 preventiva e corretiva 42 meses (+6 meses de garantia) Saldo (economia se financiada) R$46.500,00

31 Alugar ou comprar uma empilhadeira Péssimas experiências com frota própria; Falta de colaboradores e gestores; Comodidade por parte do cliente; Possibilidade para atender pequenos períodos; Abatimento no IR.

32 OPERAÇÃO DA EMPILHADEIRA Treinamento NR 11; Crachá; Check list; Habilidade do operador;

33 EPI s

34 MERCADO Empilhadeira manual Paletrans capacidade 1.000Kg e elevação 1.600mm. R$ 3.621,00. Empilhadeira elétrica Paletrans capacidade 1.200Kg e elevação 3.500mm. R$ ,00.

35 Empilhadeira á combustão Hangcha- Gás (GLP) ou Gasolina capacidade 1.800Kg e elevação 4.700mm. R$ ,00. Empilhadeira á combustão Lonking- Diesel capacidade 7.000Kg e elevação 3.000mm. R$ ,00.

36 Palete de madeira 1.000x1.200x150mm capacidade 1.500Kg. R$ 70,00. Palete de plástico 1200x1000x130mm carga estática 2.600Kg e móvel 1.000Kg. R$ 100,00. Palete de Aço ASTM A36 800x600x120mm carga á 2.000Kg. R$ 160,00.

37 Curso de Operador de Empilhadeira Tecno Ponta Treinamentos- Santos- SP R$ 485,00

38 NORMATIZAÇÃO

39

40

41 Maxtruck 2T INOVAÇÃO

42 VÍDEO

43 REFERÊCIAS Disponível em: <SENAI. Manual de segurança para operador de empilhadeira. 7 a edição. São Paulo: Editora Senai, 2007.>. Acessado em 27 de março de Disponível em: < Acessado em 27 de março de Disponível em: < =705&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwjP7oLb2fjLAhUFXh4K HWEUCyUQ_AUIBigB&dpr=1#imgrc=7iWTx-3AHraPlM%3A.>. Acessado em 02 de abril de Disponível em: < Acessado em 02 de abril de Disponível em: < Acessado em 03 de abril de 2016.

44 Disponível em: < Acessado em 05 de abril de Disponível em: < Acessado em 10 de abril de Disponível em: < Acessado em 12 de abril de Disponível em: < Acessado em 15 de abril de Disponível em: < (Vídeo)>. Acessado em 15 de abril de 2016.

45 CONCLUSÃO Na área da Engenharia Mecânica, ao se falar em máquinas de movimentação e transporte logo se pensa nas empilhadeiras, que são as principais máquinas de movimentação de pequeno e médio porte utilizadas nas indústrias que disponham de pouco espaço, mas o suficiente para a movimentação do equipamento. Com isso, foi de suma importância para o grupo a realização deste trabalho, pois nos possibilitou ampliar nossos conhecimentos sobre as empilhadeiras e também sobre outros mecanismos de movimentação e transporte, onde se deve levar muitos parâmetros em conta para poder escolher o melhor equipamento para a realização de cada serviço.

AVISO DE RESULTADO DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 039/2015 - SAÚDE MENOR PREÇO POR ITEM

AVISO DE RESULTADO DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 039/2015 - SAÚDE MENOR PREÇO POR ITEM AVISO DE RESULTADO DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 039/25 - SAÚDE MENOR PREÇO POR ITEM A Pregoeira Pollyanna Allen Gomes de Jesus, designado pela Portaria nº 092/24 da Prefeitura Municipal de Goiânia / Secretaria

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Formação Inicial e Continuada (Decreto Federal nº 5154/04 e Lei Federal nº 11741/08) PLANO DE CURSO Área Tecnológica: Logística

Leia mais

EMPILHADEIRAS A COMBUSTÃO

EMPILHADEIRAS A COMBUSTÃO EMPILHADEIRAS A COMBUSTÃO Uma empilhadeira é uma máquina industrial utilizada para levantar e carregar materiais, normalmente através de garfos de metal que são inseridos por debaixo da carga. Geralmente,

Leia mais

Conscientização na Operação com Empilhadeira

Conscientização na Operação com Empilhadeira TREINAMENTO: NR 11 ITEM 11.1.5: Nos equipamentos de transporte, com força motriz própria, o operador deverá receber um treinamento específico, dado pela empresa, que o habilitará nessa função. Índice de

Leia mais

Contextualização 01/03/2013. Movimentação de Materiais. Movimentação de Materiais. Movimentação de Materiais. Movimentação de Materiais

Contextualização 01/03/2013. Movimentação de Materiais. Movimentação de Materiais. Movimentação de Materiais. Movimentação de Materiais Contextualização A transformação da matéria-prima em produto acabado requer que pelo menos um dos três elementos básicos de produção (trabalhador, máquina e material) seja movimentado. Para a maioria dos

Leia mais

Aula 8. Manuseio e Movimentação de Materiais

Aula 8. Manuseio e Movimentação de Materiais Aula 8 Manuseio e Movimentação de Materiais Prof. José Fernando Pereira Jr. Manuseio de Materiais e Equipamentos Fora de Estrada 2º Semestre - 2011 Sumário 4.6 Manuseio e Movimentação dos materiais 4.6.1

Leia mais

Reboques para comboios logísticos. Soluções completas para utilização no interior e no exterior.

Reboques para comboios logísticos. Soluções completas para utilização no interior e no exterior. Reboques para comboios logísticos Soluções completas para utilização no interior e no exterior. Soluções de transporte desde a recepção dos produtos até à área de distribuição/produção. Com capacidades

Leia mais

Plano de Curso Não Regulamentado - Qualificação Profissional

Plano de Curso Não Regulamentado - Qualificação Profissional PERFIL PROFISSIONAL / IDENTIFICAÇÃO DA OCUPAÇÃO: Ocupação: Operador de Empilhadeira CBO: 7822-20 Educação Profissional: Nível da Qualificação: Área Tecnológica: Competência Geral: Requisitos de Acesso:

Leia mais

Conta com um grupo de engenheiros e projetistas sempre apontando soluções tanto para os mais simples projetos quanto para os mais complexos.

Conta com um grupo de engenheiros e projetistas sempre apontando soluções tanto para os mais simples projetos quanto para os mais complexos. C A T Á L O G O w w w. e s c a l a r e q u i p a m e n t o s. c o m. b r A ESCALAR iniciou as suas atividades em 2002 e sempre teve como seu principal objetivo atender às necessidades especiais do setor

Leia mais

92% DE COBERTuRA, EM ESTOQuE DE PEÇAS, PARA TODAS AS LINHAS QuE DISTRIBuI

92% DE COBERTuRA, EM ESTOQuE DE PEÇAS, PARA TODAS AS LINHAS QuE DISTRIBuI Conheça a Maxter Máquinas 2 Maxter é uma empresa especializada na distribuição de máquinas e Aimplementos para os setores da construção, mineração, indústria e agrícola, com produtos de alta qualidade

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DIRETORIA DE DEFESA CIVIL Gerência de Segurança Contra Incêndio e Pânico NORMA TÉCNICA n. 24, de 05/03/07 Sistema de Resfriamento

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO. Mesa Hidráulica de Elevação Manual Capacidade 300 kg LT30A

MANUAL DE INSTRUÇÃO. Mesa Hidráulica de Elevação Manual Capacidade 300 kg LT30A MANUAL DE INSTRUÇÃO Mesa Hidráulica de Elevação Manual Capacidade 300 kg LT30A APRESENTAÇÃO PARABÉNS! Você acaba de adquirir um produto Lycos. Desenvolvido e fabricado para atender todos os requisitos

Leia mais

Benefícios. Design compacto. Facilidade de acesso a todos componentes para manutenção.

Benefícios. Design compacto. Facilidade de acesso a todos componentes para manutenção. Equipamento-padrão Dispositivo para descida de emergência manual Carregador de bateria com desativação automática Alerta de bateria baixa Desativação de bateria Inclinômetro com bloqueio e alarme Sensor

Leia mais

Escavadeiras Compactas

Escavadeiras Compactas Escavadeiras Compactas Por que comprar uma escavadeira compacta? Não deixe que o tamanho reduzido te engane. As miniescavadeiras são máquinas muito potentes com sistemas hidráulicos avançados e que freqüentemente

Leia mais

Treinamento Básico de segurança para Operadores de Empilhadeira.

Treinamento Básico de segurança para Operadores de Empilhadeira. Treinamento Básico de segurança para Operadores de Empilhadeira. 1 OBJETIVO: Definir requisitos mínimos para: Operação; Inspeção; Qualificação do operador. 2 INTRODUÇÃO GENERALIDADES Existem basicamente

Leia mais

PLATAFORMAS ARTICULADAS REBOCÁVEIS

PLATAFORMAS ARTICULADAS REBOCÁVEIS Articuladas Rebocáveis Auto-Dirigidas com Lagartas Compre Produtos Certificados. Na Equipleva todos os equipamentos cumprem com as diretivas da CE. As Plataformas Articuladas Rebocáveis apresentam alturas

Leia mais

TS-9972 Reach Stacker

TS-9972 Reach Stacker TS-9972 Reach Stacker Capacidade: 45 Ton (99.000 lbs) Primeira Fila / 4 de Altura 2,9m (9,5 pés) Capacidade: 41 Ton (90.000 lbs) Primeira Fila / 5 de Altura (9,5 pés) 6,500 mm (256 pol) Entre- Eixos TS-9972

Leia mais

LOGÍSTICA EMPRESARIAL

LOGÍSTICA EMPRESARIAL LOGÍSTICA EMPRESARIAL FORNECEDORES Erros de compras são dispendiosos Canais de distribuição * Compra direta - Vendedores em tempo integral - Representantes dos fabricantes Compras em distribuidores Localização

Leia mais

Empilhadoras Elétricas IXION SPE125/SPE160. Controle Sensi-lift

Empilhadoras Elétricas IXION SPE125/SPE160. Controle Sensi-lift Empilhadoras Elétricas Os empilhadores com braços de suporte oferecem uma solução efetiva e econômica para todos os tipos de armazém grandes ou pequenos. A BT oferece o grupo mais completo de empilhadores

Leia mais

Série MR. Empilhadeira Retrátil 1.400kg / 1.600kg / 2.000kg / 2.500kg

Série MR. Empilhadeira Retrátil 1.400kg / 1.600kg / 2.000kg / 2.500kg Série MR Empilhadeira Retrátil 1.400 / 1. / 2.000 / 2.500 ompleta infraestrutura A em motores de tração, de elevação e direção Display sensível ao toque Padrão e Premium Esterçamento de º e 360º no toque

Leia mais

SkyTrak. Manipuladores

SkyTrak. Manipuladores SkyTrak Manipuladores a a Manipuladores SkyTrak. Feitos para o Jeito que Você Trabalha. Os manipuladores SkyTrak com direção nas quatro rodas são máquinas que trabalham duro para pessoas que dão duro no

Leia mais

EMPILHADEIRA DE PNEU INFLÁVEL MODELOS COM CAPACIDADE DE 1.500-3.500 KG A GLP, GASOLINA E DIESEL

EMPILHADEIRA DE PNEU INFLÁVEL MODELOS COM CAPACIDADE DE 1.500-3.500 KG A GLP, GASOLINA E DIESEL EMPILHADEIRA DE PNEU INFLÁVEL MODELOS COM CAPACIDADE DE 1.500-3.500 KG A GLP, GASOLINA E DIESEL SUA EMPILHADEIRA DE PNEU INFLÁVEL PREFERENCIAL O CONFORTO VEM COMO PADRÃO. ENTRE NA ESTAÇÃO DO OPERADOR DE

Leia mais

1)OFERECER PRODUTOS E SERVIÇOS DE QUALIDADE.

1)OFERECER PRODUTOS E SERVIÇOS DE QUALIDADE. BRAZIL TRUCKS A BRAZIL TRUCKS é uma empresa que atua no mercado de movimentação de materiais há 15 anos. Fundada em 1º de junho de 1995, em São José dos Campos, Região do Vale do Paraíba no Estado de São

Leia mais

MANIPULADORES TELESCÓPICOS TURBO

MANIPULADORES TELESCÓPICOS TURBO MANIPULADORES TELESCÓPICOS TURBO VISIBILIDADE PERFEITA EM TODAS AS DIREÇÕES EXCELENTE ESTABILIDADE E CAPACIDADE DE MANOBRA MODERNO MOTOR CNH TIER 3A QUE CUMPRE COM AS NORMAS EUROPEIAS 97/68/CE LM1445 LM1745

Leia mais

Um tipo de empilhadeira para tudo!

Um tipo de empilhadeira para tudo! Um tipo de para tudo! s articuladas têm três fabricantes no reino unido e por lá são amplamente utilizadas A contrabalança da convencional de qua tro rodas é o tipo mais usado no mundo todo, pois seu projeto

Leia mais

MTS Criterion Série 40 Manual Title

MTS Criterion Série 40 Manual Title MTS Criterion Série 40 Manual Title Instruções para Levantamento Additional e Movimentação Information be certain. 100-238-293 A Informações sobre Direitos Autorais Informações sobre Marca Registrada Informação

Leia mais

FICHAS DE PROCEDIMENTO PREVENÇÃO DE RISCOS

FICHAS DE PROCEDIMENTO PREVENÇÃO DE RISCOS PP. 1/7 FICHAS DE PROCEDIMENTO PREVENÇÃO DE RISCOS 1 TAREFA GRUAS TORRE 2 DESCRIÇÃO As gruas torre são máquinas utilizadas para elevação de cargas (por meio de um cabo), e transporte dentro de um raio

Leia mais

> A MKS Marksell FEITA NO BRASIL, PARA O MUNDO. Plataformas Elevatórias de Cargas Veiculares

> A MKS Marksell FEITA NO BRASIL, PARA O MUNDO. Plataformas Elevatórias de Cargas Veiculares > A MKS Marksell FEITA NO BRASIL, PARA O MUNDO. A MKS Marksell é uma empresa 100% Brasileira, pioneira e líder no segmento de equipamentos para movimentação de carga e pessoas desde 1983. Instalada em

Leia mais

Transportador Pantográfico Elétrico TPE 1000

Transportador Pantográfico Elétrico TPE 1000 Transportador Pantográfico Elétrico TPE 1000 1 Manual de operação Conteúdo : 1 Parâmetros técnicos 2 Aplicações 3 Instruções de uso e operação 4 Manutenção 5 Carregador de bateria 6 Esquema elétrico 2

Leia mais

AUTOMAÇÃO LOGÍSTICA AULA 06 FILIPE S. MARTINS

AUTOMAÇÃO LOGÍSTICA AULA 06 FILIPE S. MARTINS AULA 06 FILIPE S. MARTINS ROTEIRO EQUIPAMENTOS DE MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS PALETEIRA EMPILHADEIRA ESTEIRA TRANSPORTADORA TRANSPORTADOR DE ROLETES MONOVIA / TALHA ELÉTRICA TRANSELEVADORES

Leia mais

-Lavadoras..Pg. 01 - Varredeiras...Pg. 09 - Enceradeiras.Pg. 20 REOBOTE COMÉRCIO, MANUTENÇÃO E LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE LIMPEZA

-Lavadoras..Pg. 01 - Varredeiras...Pg. 09 - Enceradeiras.Pg. 20 REOBOTE COMÉRCIO, MANUTENÇÃO E LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE LIMPEZA -Lavadoras..Pg. 01 - Varredeiras....Pg. 09 - Enceradeiras.Pg. 20 REOBOTE COMÉRCIO, MANUTENÇÃO E LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE LIMPEZA 2013 0 Lavadoras de piso CT30 Lavadora de pisos profissional. Pode lavar

Leia mais

Case - Soluções Integrais

Case - Soluções Integrais PÁ CARREGADEIRA Case - Soluções Integrais Equipamentos Financiamento Peças e Serviços PÁ CARREGADEIRA Nova versão, com maior versatilidade e menor custo operacional. A pá carregadeira Case W20E Turbo é

Leia mais

Sistema de Resfriamento para Líquidos e Gases Inflamáveis e Combustíveis

Sistema de Resfriamento para Líquidos e Gases Inflamáveis e Combustíveis SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Aplicação POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 24/2004 Sistema de Resfriamento para

Leia mais

Em nossos trabalhos de identificação

Em nossos trabalhos de identificação Divulgação Como endereçar seu armazém João Alves Neto Em nossos trabalhos de identificação de armazéns e centros de distribuição (CDs), somos, por vezes, chamados a ajudar na criação de um sistema de localização

Leia mais

NR-26. Professora: Raquel Simas Pereira Teixeira Curso: Tecnólogo em Gestão Ambiental

NR-26. Professora: Raquel Simas Pereira Teixeira Curso: Tecnólogo em Gestão Ambiental NR-26 Professora: Raquel Simas Pereira Teixeira Curso: Tecnólogo em Gestão Ambiental NR-26 Sinalização de Segurança NR-26 Estabelece a padronização das cores a serem utilizadas como sinalização de segurança

Leia mais

Simopeças Viaturas Limpeza Urbana, Lda

Simopeças Viaturas Limpeza Urbana, Lda Simopeças Viaturas Limpeza Urbana, Lda Viaturas Eléctricas MEGA E-Worker VANTA GE NS - Fiabilidade e Qualidade - Baixa manutenção - Sem emissões poluentes - Custos de operação MUITO reduzidos GAR ANTIA

Leia mais

www.keelautomacao.com.br Linha KSDF Solução em corte CNC

www.keelautomacao.com.br Linha KSDF Solução em corte CNC Linha KSDF Solução em corte CNC Linha KSDF Solução em corte CNC Características Destinada ao processo de corte mecanizado de chapas aço carbono, inox, alumínio, ferro entre outros. Esta máquina foi desenvolvida

Leia mais

3. Procedimento para Avaliação da Integridade Estrutural em estruturas de equipamentos de transporte e elevação de materiais

3. Procedimento para Avaliação da Integridade Estrutural em estruturas de equipamentos de transporte e elevação de materiais 3. Procedimento para Avaliação da Integridade Estrutural em estruturas de equipamentos de transporte e elevação de materiais Neste capítulo serão descritos os passos para a avaliação da Integridade Estrutural

Leia mais

O modelo da foto pode conter equipamentos opcionais.

O modelo da foto pode conter equipamentos opcionais. GARFO (Comprimento X Largura X Bitola) (mm): 100D7: 1.200 X 200 X 70 / 1.500 X 200 X 75 / 1.650 X 200 X 75 1.800 X 200 X 75 / 2.100 X 200 X 75 / 2.400 X 200 X 75 120D7: 1.200 X 200 X 75 / 1.500 X 200 X

Leia mais

MANIPULADORES TELESCÓPICOS JLG

MANIPULADORES TELESCÓPICOS JLG MANIPULADORES TELESCÓPICOS JLG MANIPULADORES TELESCÓPICOS JLG CHEGANDO ATÉ VOCÊ Sua produtividade está em jogo no momento em que você sobe na cabine do manipulador telescópico. A linha de manipuladores

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DEPARTAMENTO REGIONAL DO ESPÍRITO SANTO GERÊNCIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA PLANO DO CURSO OPERADOR DE EMPILHADEIRA QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL BÁSICA

Leia mais

Disjuntor a Vácuo uso Interno

Disjuntor a Vácuo uso Interno Disjuntor a Vácuo uso Interno D27 - U 1 Sumário 1. Aplicação... 3 2. Condições Normais de Serviço... 4 3. Principais Parâmetros Técnicos... 4 4. Estrutura e Operação do Disjuntor... 5 4.1. Estrutura Geral:...

Leia mais

www.empilhadores.toyota.pt 6.0 8.5 ton Empilhadores eléctricos

www.empilhadores.toyota.pt 6.0 8.5 ton Empilhadores eléctricos www.empilhadores.toyota.pt 6.0 8.5 ton Empilhadores eléctricos Toyota Traigo HT O novo Toyota Traigo HT Segurança - Produtividade Durabilidade Conforto O empilhador eléctrico Toyota Traigo HT é um empilhador

Leia mais

HELI. MOTOR COM POTÊNCIA PARA 4-5t CPC40 CPCD40/45/50 CPQD40/45/50

HELI. MOTOR COM POTÊNCIA PARA 4-5t CPC40 CPCD40/45/50 CPQD40/45/50 HELI MOTOR COM POTÊNCIA PARA 4-5t Painel de Instrumentos Digital Limpo e fácil de ler Leitura instantânea ao ligar Layout ergonômico CPC40 45/50 /45/50 Torre de ampla visão As empilhadeiras séries H2000

Leia mais

A sua melhor amiga nas deslocações pela cidade

A sua melhor amiga nas deslocações pela cidade A sua melhor amiga nas deslocações pela cidade Opte por conduzir na cidade com elegância e estilo. Prática e fiável, a Neo's faz com que todas as viagens sejam simples, permitindo-lhe concentrar-se apenas

Leia mais

HELI. EMPILHADEIRA ELÉTRICA PATOLADA TIPO COM OPERADOR ASSENTADO 1.6-2.0t. Cqd16s. Direção hidráulica

HELI. EMPILHADEIRA ELÉTRICA PATOLADA TIPO COM OPERADOR ASSENTADO 1.6-2.0t. Cqd16s. Direção hidráulica HELI EMPILHADEIRA ELÉTRICA PATOLADA TIPO COM OPERADOR ASSENTADO 1.6-2.0t Direção hidráulica elétrica EPS O sistema de direção hidráulica elétrica são aplicadas nas empilhadeira patoladas. Isto faz com

Leia mais

TELEBELT TB200 TRANSPORTADOR TELESCÓPICO COM CORREIA

TELEBELT TB200 TRANSPORTADOR TELESCÓPICO COM CORREIA TELEBELT TB200 TRANSPORTADOR TELESCÓPICO COM CORREIA UM NOVO PADRÃO DE INOVAÇÃO E EXCELÊNCIA CARACTERÍSTICAS DO TELEBELT TB200 O telebelt TB 200 é um transportador telescópico com correia tecnologicamente

Leia mais

Linha de MOVIMENTAÇÃO

Linha de MOVIMENTAÇÃO Linha de MOVIMENTAÇÃO 2010 Empilhadeira Elétrica MEE 1.5 Ton MEE 2.0 Ton As Empilhadeiras Elétricas Menegotti são totalmente automatizadas, possuem controles de velocidade para deslocamento do equipamento

Leia mais

1 - MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS

1 - MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS 1 - MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS Introdução Para que a matéria prima possa transformar-se ou ser beneficiada, pelo menos um dos três elementos básicos de produção, homem, máquina ou material, deve movimentar-se;

Leia mais

Dimensionamento de espaço

Dimensionamento de espaço Dimensionamento de espaço Definindo os volumes de produtos e os tipos de produtos que serão tratados no projeto, teremos condições, a partir de agora, de dimensionar o tamanho do armazém, suas características

Leia mais

ÍNDICE. Esperamos que nosso transportador de carga Tracionário, proporcione agilidade e segurança em seu trabalho.

ÍNDICE. Esperamos que nosso transportador de carga Tracionário, proporcione agilidade e segurança em seu trabalho. Esperamos que nosso transportador de carga Tracionário, proporcione agilidade e segurança em seu trabalho. Para que nosso produto tenha um resultado positivo, é de fundamental importância que o Manual

Leia mais

Índice de Aferição de Acessibilidade Física Edificação (Interior)

Índice de Aferição de Acessibilidade Física Edificação (Interior) Interfere na faixa livre mínima? (faixa livre mín=0,90m) Há interferência das portas na faixa livre apenas nas áreas privativas da edificação Área de Aproximação à porta Há área de manobra para cadeira

Leia mais

ÍNDICE MANUTENÇÃO PREVENTIVA COMO PEDIR PEÇAS DE REPOSIÇÃO

ÍNDICE MANUTENÇÃO PREVENTIVA COMO PEDIR PEÇAS DE REPOSIÇÃO Este manual ajudará você a familiarizar-se com sua Empilhadeira BYG. Facilitará também, possíveis manutenções periódicas. Recomendamos uma atenção especial para utilização do equipamento, antes mesmo do

Leia mais

NEW HOLLAND BB9OOO BB9O8O

NEW HOLLAND BB9OOO BB9O8O NEW HOLLAND BB9OOO BB9O8O 2 3 LIDERANÇA MUNDIAL NÃO É MERA COINCIDÊNCIA. Com parceiros do setor, a New Holland foi responsável por algumas das principais inovações e lançamentos que garantiram a ela a

Leia mais

N : 3R Brasil Tecnologia Ambiental Ltda. Exposição Humana a Vibrações no Trabalho Edição: 1

N : 3R Brasil Tecnologia Ambiental Ltda. Exposição Humana a Vibrações no Trabalho Edição: 1 Cliente: Projeto: N : Data:07/07/06 Exposição Humana a Vibrações no Trabalho Edição: 1 Revisão: 0 1 de 9 Capítulo: I ESCOPO DE FORNECIMENTO Local: XX - RJ 1. OBJETIVO Medição da exposição a vibrações no

Leia mais

A) Ônibus com capacidade para 23, 31 e 44 passageiros:

A) Ônibus com capacidade para 23, 31 e 44 passageiros: ANEXO IV - RESOLUÇÃO Nº 035/2007/CD/FNDE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA CAMINHO DA ESCOLA ESPECIFICAÇÕES A) Ônibus com capacidade para 23, 31 e 44 passageiros:

Leia mais

MF 86 HS. Retroescavadeira / Pá carregadeira MASSEY FERGUSON

MF 86 HS. Retroescavadeira / Pá carregadeira MASSEY FERGUSON MF 86 HS Retroescavadeira / Pá carregadeira MASSEY FERGUSON 2 www.massey.com.br 4 tipos de versões e o maior número de vantagens Alavanca de múltipla ação no carregador frontal Plataforma para o operador

Leia mais

TRANSFORMAÇÃO DE VAGÃO TRADICIONAL DE LASTRO DE BRITA EM VAGÃO AUTOMÁTICO DE ACIONAMENTO HIDRÁULICO

TRANSFORMAÇÃO DE VAGÃO TRADICIONAL DE LASTRO DE BRITA EM VAGÃO AUTOMÁTICO DE ACIONAMENTO HIDRÁULICO TRANSFORMAÇÃO DE VAGÃO TRADICIONAL DE LASTRO DE BRITA EM VAGÃO AUTOMÁTICO DE ACIONAMENTO HIDRÁULICO RESUMO: A modernização do vagão Hopper de brita do sistema de Metrô englobou a mudança de sua estrutura

Leia mais

Índice de Aferição de Acessibilidade Física

Índice de Aferição de Acessibilidade Física Área de Aproximação à porta Interfere na faixa livre mínima? (faixa livre mín=0,90m) Há área de manobra para cadeira de rodas? (raio mínimo=de 1,20m a 1,50m) Dimensões da área frontal à porta Dimensões

Leia mais

HELI. MOTOR COM POTÊNCIA PARA 5-10t CPCD50 CPCD60 CPCD70 CPCD80 CPCD100

HELI. MOTOR COM POTÊNCIA PARA 5-10t CPCD50 CPCD60 CPCD70 CPCD80 CPCD100 HELI MOTOR COM POTÊNCIA PARA 5-10t Painel de Instrumentos Digital Limpo e fácil de ler Leitura instantânea ao ligar Layout ergonômico CPCD50 CPCD60 CPCD70 CPCD80 CPCD100 Torre de ampla visão As empilhadeiras

Leia mais

MESTRE MARCENEIRO. Estocagem de material

MESTRE MARCENEIRO. Estocagem de material Estocagem de material A Madeira e seus derivados, por ser o principal insumo utilizado na fabricação de móveis, é um material orgânico e exige cuidados especiais no seu armazenamento. O armazenamento deve

Leia mais

Empilhadeira. Empilhadeira. O que é empilhadeira? Princípio de funcionamento 07/04/2008

Empilhadeira. Empilhadeira. O que é empilhadeira? Princípio de funcionamento 07/04/2008 Empilhadeira Empilhadeira Operador: Pessoa habilitada e treinada, com conhecimento técnico e funcional do equipamento. É o responsável direto pela segurança da operação, pessoas e demais bens interligados

Leia mais

Combustão Interna Empilhadeiras com Pneus Infláveis. Capacidade: 8,000-12,000 lb (3.600-5.400 kg)

Combustão Interna Empilhadeiras com Pneus Infláveis. Capacidade: 8,000-12,000 lb (3.600-5.400 kg) Combustão Interna Empilhadeiras com Pneus Infláveis Capacidade: 8,000-12,000 lb (3.600-5.400 kg) Série GP40N1-GP55N1/ DP40NM1-DP55NM1 Cat são o padrão de referência para o que há de melhor em termos de

Leia mais

ÍNDICE MANUTENÇÃO PREVENTIVA COMO PEDIR PEÇAS DE REPOSIÇÃO

ÍNDICE MANUTENÇÃO PREVENTIVA COMO PEDIR PEÇAS DE REPOSIÇÃO Este manual ajudará você a familiarizar-se com o seu Transportador de Carga Tracionário BYG. Facilitará também, possíveis manutenções periódicas. Recomendamos uma atenção especial para utilização do equipamento,

Leia mais

CONCEITOS E PRINCÍPIOS DO SISTEMA DE MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS

CONCEITOS E PRINCÍPIOS DO SISTEMA DE MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS LOGÍSTICA CONCEITOS E PRINCÍPIOS DO SISTEMA DE MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS A MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAL É O PROCESSO DO QUAL APRESENTA A MUDANÇA LOCAL DE UM DETERMINADO ITEM, DENTRO DE UMA DETERMINADA CIRCUNSTÂNCIA.

Leia mais

UNIDADE DE TAPA - BURACO MAR 9000-5m³

UNIDADE DE TAPA - BURACO MAR 9000-5m³ UNIDADE DE TAPA - BURACO MAR 9000-5m³ A Unidade de Tapa Buraco da Marelli modelo MAR-9000, é um equipamento compacto, com vários acessórios que permite um melhor desempenho, agilidade, eficácia, atendendo

Leia mais

TÍTULO: ROBÔ CONTROLADO POR LINHA E LUZ CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: ENGENHARIAS E TECNOLOGIAS SUBÁREA: ENGENHARIAS

TÍTULO: ROBÔ CONTROLADO POR LINHA E LUZ CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: ENGENHARIAS E TECNOLOGIAS SUBÁREA: ENGENHARIAS Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: ROBÔ CONTROLADO POR LINHA E LUZ CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: ENGENHARIAS E TECNOLOGIAS SUBÁREA:

Leia mais

VALTRA VL. Plaina frontal 60-190 cv

VALTRA VL. Plaina frontal 60-190 cv VALTRA VL Plaina frontal 60-190 cv TECNOLOGIA E EFICIÊNCIA NA MOVIMENTAÇÃO DE CARGAS Menor concentração de massa (peso) na parte frontal gera menor efeito alavanca, permite melhor dirigibilidade e estabilidade

Leia mais

MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS

MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS Ricardo A. Cassel A movimentação de materiais é uma atividade importante a ser ponderada quando se deseja iniciar o projeto de novas instalações. Existe uma forte relação entre

Leia mais

LUCIANO JOSÉ PELOGIA FREZATTI

LUCIANO JOSÉ PELOGIA FREZATTI LUCIANO JOSÉ PELOGIA FREZATTI LEVANTAMENTO E TRANSPORTE DE CARGAS Posição vertical: Dotar o posto de trabalho com regulagem de altura; Suporte para peças; Considerar dados antropométricos, na dúvida colocar

Leia mais

TS-300BR. CAPACIDADE DO GUINDASTE 30.000 kg à 2,5 m

TS-300BR. CAPACIDADE DO GUINDASTE 30.000 kg à 2,5 m TADANO GUINDASTE HIDRÁULICO SOBRE RODAS CATÁLOGO DE ESPECIFICAÇÕES N TS-300BR TS-300BR DADOS GERAIS CAPACIDADE DO GUINDASTE 30.000 kg à 2,5 m LANÇA 4 seções, 9,8 m - 31,0 m DIMENSÕES GERAIS Comprimento

Leia mais

Sistemas informatizados de gestão operacional para transporte urbano

Sistemas informatizados de gestão operacional para transporte urbano Sistemas informatizados de gestão operacional para transporte urbano Wan Yu Chih Wplex Software Florianópolis SC http://www.wplex.com.br Objetivo O objetivo deste documento é fornecer informações sobre

Leia mais

Dados técnicos Guindaste sobre esteiras HS 895 HD

Dados técnicos Guindaste sobre esteiras HS 895 HD Dados técnicos Guindaste sobre esteiras HS 895 HD Dimensões Máquina básica com carro inferior R 9760 3650 10000 5480 3675 2445 1810 3950 1610 1700 7945 9360 3975 1720 R 6360 1100 6800 620 17380 Peso operacional

Leia mais

CSR/Instruções de inspeção para Técnicos

CSR/Instruções de inspeção para Técnicos INSTRUÇÕES DE INSPEÇÃO Carregadeiras sobre rodas CSR/Instruções de inspeção para Técnicos Esta instrução é um recurso técnico informal. Para obter especificações e procedimentos corretos, refira-se sempre

Leia mais

> Quem somos. A MKS Marksell é uma empresa 100% Brasileira, pioneira e líder no segmento de equipamentos

> Quem somos. A MKS Marksell é uma empresa 100% Brasileira, pioneira e líder no segmento de equipamentos > Quem somos A MKS Marksell é uma empresa 100% Brasileira, pioneira e líder no segmento de equipamentos para movimentação de carga e pessoas desde 1983. Instalada em Itapevi, região da Grande SP, a MKS

Leia mais

Importante. Sumário. Entre em contato conosco:

Importante. Sumário. Entre em contato conosco: Manual do operador Terceira edição Segunda impressão Importante Leia, compreenda e siga estas normas de segurança e instruções de operação antes de operar a máquina. Somente pessoas treinadas e autorizadas

Leia mais

soluções de movimentação de cargas

soluções de movimentação de cargas empilhadores térmicos soluções de movimentação de cargas Gama MI 1,5 a 3,5 T ManITou, o seu parceiro IndusTrIal de referência Um grupo mundial O grupo MANITOU, referência mundial da movimentação de cargas,

Leia mais

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II Módulo II Aula 05 1. Introdução A mecânica dos gases é a parte da Mecânica que estuda as propriedades dos gases. Na Física existem três estados da matéria

Leia mais

SPOT BATTERY EXCHANGER

SPOT BATTERY EXCHANGER SPOT BATTERY ECHANGER SBE PICKER V1.0 V1.0 Manual de Instruções SPOT JET Serviços de Manutenção Industrial, Sociedade Unipessoal, Lda. Rua D. Luís de Noronha 22, 4 Dto. 1050-072 Lisboa Portugal Tel / Fax.

Leia mais

NR-19 EXPLOSIVOS (119.000-8)

NR-19 EXPLOSIVOS (119.000-8) NR-19 EXPLOSIVOS (119.000-8) 19.1 Depósito, manuseio e armazenagem de explosivos. 19.1.1 Explosivos são substâncias capazes de rapidamente se transformarem em gases, produzindo calor intenso e pressões

Leia mais

A SUA EMPILHADEIRA NO TAMANHO IDEAL

A SUA EMPILHADEIRA NO TAMANHO IDEAL A SUA EMPILHADEIRA NO TAMANHO IDEAL 0325-folheto H50CT 26-11-11.pmd 1 NOVA HYSTER H50CT: EMPILHADEIRA CONTRABALANÇADA COM OPERADOR SENTADO A H50CT é nova em tudo, do seu projeto inovador às suas características

Leia mais

PORTARIA N º 96, DE 28 DE JULHO DE 2015.

PORTARIA N º 96, DE 28 DE JULHO DE 2015. PORTARIA N º 96, DE 28 DE JULHO DE 2015. Estabelece a Tabela I Classificação de Veículos conforme Tipo/Marca/Espécie e a Tabela II Transformações de Veículos sujeitos a homologação compulsória da Resolução

Leia mais

Infra estrutura precária Máquinas e Equipamentos

Infra estrutura precária Máquinas e Equipamentos Variável: Infra estrutura precária Máquinas e Equipamentos Participantes do Aprofundamento da Variável: Coordenador: Mário Vinícius Bueno Cerâmica Betel - Uruaçu-Go Colaboradores: Juarez Rodrigues dos

Leia mais

LAUDO TÉCNICO ESPECÍFICO

LAUDO TÉCNICO ESPECÍFICO LAUDO TÉCNICO ESPECÍFICO Conforme NR-10 ACME S.A Ind. Com. 1 de 9 IDENTIFICAÇÃO DO ESTABELECIMENTO Identificação do Responsável pela Execução do Serviço. Nome: Empresa: Registro: Local de Execução do Serviço.

Leia mais

Instruções para uso do peso de bater automático

Instruções para uso do peso de bater automático Este equipamento foi desenvolvido com as finalidades de: 1) Agilizar e otimizar o tempo necessário para os testes de penetração de solo; 2) Melhorar a ergonomia do procedimento, evitando esforços físicos

Leia mais

A sua melhor amiga nas deslocações pela cidade

A sua melhor amiga nas deslocações pela cidade A sua melhor amiga nas deslocações pela cidade Opte por conduzir na cidade com elegância e estilo. Prática e fiável, a Neo's faz com que todas as viagens sejam simples, permitindo-lhe concentrar-se apenas

Leia mais

Este sistema de transporte busca a combinação ideal entre a eficiência dos transelevadores e os processos de entrada, expedição e manipulação das

Este sistema de transporte busca a combinação ideal entre a eficiência dos transelevadores e os processos de entrada, expedição e manipulação das Este sistema de transporte busca a combinação ideal entre a eficiência dos transelevadores e os processos de entrada, expedição e manipulação das unidades de carga. Trata-se de um conjunto de elementos

Leia mais

HYSTER H1.8-50CT FABRICADAS NO BRASIL EMPILHADEIRAS NOS TAMANHOS E CAPACIDADES IDEAIS

HYSTER H1.8-50CT FABRICADAS NO BRASIL EMPILHADEIRAS NOS TAMANHOS E CAPACIDADES IDEAIS HYSTER H1.8-50CT FABRICADAS NO BRASIL EMPILHADEIRAS NOS TAMANHOS E CAPACIDADES IDEAIS NOVA HYSTER CT: EMPILHADEIRA CONTRABALANÇADA COM OPERADOR SENTADO A CT é nova em tudo, do seu projeto inovador às suas

Leia mais

WORX AEROCART MODELO WG050

WORX AEROCART MODELO WG050 WORX AEROCART MODELO WG050 Avisos Gerais de Segurança AVISO Leia todos os avisos e instruções de segurança. Não seguir os avisos e instruções pode resultar em lesão séria. Guarde todos os avisos e instruções

Leia mais

www.empilhadores.toyota.pt 1.25 2.0 ton Stackers eléctricos

www.empilhadores.toyota.pt 1.25 2.0 ton Stackers eléctricos www.empilhadores.toyota.pt 1.25 2.0 ton Stackers eléctricos 2 BT Ixion BT Ixion BT Ixion Produtividade Segurança Durabilidade O Stacker eléctrico BT Ixion da Toyota Material Handling Europe combina grande

Leia mais

Fontes de potência para acionamento de máquinas agrícolas

Fontes de potência para acionamento de máquinas agrícolas Universidade Estadual do Norte Fluminense Centro de Ciências e Tecnologias Agropecuárias Laboratório de Engenharia Agrícola EAG 03204 Mecânica Aplicada * Fontes de potência para acionamento de máquinas

Leia mais

PROJETO DE LEI. Reajusta os valores da Taxa de Serviços Metrológicos, e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta:

PROJETO DE LEI. Reajusta os valores da Taxa de Serviços Metrológicos, e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta: PROJETO DE LEI Reajusta os valores da Taxa de Serviços Metrológicos, e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1 o A Taxa de Serviços Metrológicos, instituída pelo art. 11 da Lei n o

Leia mais

Plaina Frontal VALTRA VL. 60-190 cv. sua máquina. *FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA.

Plaina Frontal VALTRA VL. 60-190 cv. sua máquina. *FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA. Plaina Frontal VALTRA VL 60-190 cv *FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA. sua máquina. de trabalho. TECNOLOGIA E EFICIÊNCIA NA MOVIMENTAÇÃO DE CARGAS Menor concentração de massa (peso) na parte frontal gera menor

Leia mais

Cat Sistema Acoplador Fusion

Cat Sistema Acoplador Fusion Cat Sistema Acoplador Fusion Carregadeiras de Rodas Características: Maior Desempenho da Máquina A nova interface patenteada da Carregadeira de Rodas oferece desempenho praticamente igual a um sistema

Leia mais

Cozinha Industrial. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho

Cozinha Industrial. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Cozinha Industrial Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Serviços de alimentação Este tipo de trabalho aparenta não ter riscos, mas não é bem assim, veja alguns exemplos: Cortes

Leia mais

> Guindastes leves, seguros e eficientes para o manuseio de cargas de até 2000kg.

> Guindastes leves, seguros e eficientes para o manuseio de cargas de até 2000kg. > A MKS Marksell FEITA NO BRASIL, PARA O MUNDO. A MKS Marksell é uma empresa 100% Brasileira, pioneira e líder no segmento de equipamentos para movimentação de carga e pessoas desde 1983. Instalada em

Leia mais

www.peugeot.com.br/professional

www.peugeot.com.br/professional www.peugeot.com.br/professional Todos os veículos Peugeot estão de acordo com o PROCONVE, Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores. Colar etiqueta de identificação da Concessionária.

Leia mais

(19) 3541-2000 - contato@dispelempilhadeiras.com.br www.dispelempilhadeiras.com.br

(19) 3541-2000 - contato@dispelempilhadeiras.com.br www.dispelempilhadeiras.com.br CE CERTIFICADO EMPILHADEIRAS A transmissão 2-3 T possui estrutura avançada tipo flutuante, a única na China. Estruturas flutuantes são projetadas para reduzir a transmissão das vibrações ao chassis em

Leia mais

GESTÃO DE CUSTOS LOGÍSTICO

GESTÃO DE CUSTOS LOGÍSTICO GESTÃO DE CUSTOS LOGÍSTICO CUSTOS LOGÍSTICOS O objetivo de apuração dos Custos Logísticos é o de estabelecer políticas que possibilitem às empresas, simultaneamente, uma redução nos custos e a melhoria

Leia mais

N A OS G AR I A A N T

N A OS G AR I A A N T ANOS I A G AR A N T ANOS G A RAN T I A 3 Anos de garantia Os produtos Compac têm 3 anos de garantia. A garantia cobre defeitos em material. As condições referentes aos 3 anos de garantia estão disponíveis

Leia mais