o Remoção de poeiras e teias nos locais mais elevados; Trimestralmente e incluído nos serviços referidos no ponto anterior

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "o Remoção de poeiras e teias nos locais mais elevados; Trimestralmente e incluído nos serviços referidos no ponto anterior"

Transcrição

1 ANEXO IV CARACTERIZAÇÃO E HORÁRIOS DOS SERVIÇOS 1. O programa de trabalhos de limpeza a realizar, por local (ver moradas no anexo III), é o seguinte: a) No edifício sede da RTA, deverão ser prestadas 48 horas mensais, por uma equipa de seis pessoas, ao Sábado, entre as 09h00 e as 18h00, de acordo com o seguinte: Mensalmente: o Aspiração e lavagem de alcatifa e pavimento; o Lavagem do pavimento, incluindo armazém, arquivo, garagem e terraço do 8.º piso; Mensalmente (alternadamente com o ponto anterior) o Limpeza / lavagem de portas e janelas, caixilho e interior dos vidros; o Remoção de poeiras e teias nos locais mais elevados; Trimestralmente e incluído nos serviços referidos no ponto anterior o Limpeza de paredes, tetos e difusores; b) Armazém de Bela Mandil deverão ser prestadas 7 horas mensais, por uma equipa de 2 pessoas, ao Sábado, entre as 09h00 e as 17h00, de acordo com o seguinte o Limpeza e lavagem do pavimento; o Remoção de poeiras e teias; o Lavagem das instalações sanitárias: Lavagem e desinfeção dos aparelhos sanitários, assentos e outros Despejo e desinfeção dos cestos de papéis; c) Postos de Turismo - a prestação de serviços deve ocorrer em horário entre as 07:30H-09:00H ou entre as 19:00H-20:30H, exceto no posto de turismo da Ponte Internacional do Guadiana que deve ocorrer após as 17:00H e os serviços bi-anuais que devem ocorrer em quartas-feiras entre as 14:00H e as 18:00H. i. Posto de Turismo de Albufeira de Outubro a Maio - 1 hora diária - segunda, quarta e sexta-feira ; De Junho a Setembro 1,5 horas diárias todos os dias, excepto domingos e feriados;

2 Limpeza bi-anual 4 horas cada; arrecadação. ; ii. Posto de Turismo de Alcoutim de Outubro a Maio - 1 hora diária terça e sexta-feira; de Junho a Setembro 1 hora diária terça e sexta-feira; limpeza bi-anual 2 horas cada;

3 ; ; iii. Posto de Turismo de Aljezur - de Outubro a Maio - 1 hora diária terça e sexta-feira; de Junho a Setembro 1 hora diária terça e sexta-feira; limpeza bi-anual 2,5 horas cada; Diáriamente

4 iv. Posto de Turismo de Alvor de Outubro a Maio - 1 hora diária terça e sexta-feira; de Junho a Setembro 1 hora diária segunda, quarta e sexta-feira; limpeza bi-anual 2 horas cada;

5 v. Posto de Turismo de Armação de Pêra de Outubro a Maio - 1 hora diária segunda, quarta e sexta; de Junho a Setembro 1 hora diária todos os dias, excepto domingos e feriados; limpeza bi-anual 4 horas cada;

6 ; vi. Posto de Turismo de Carvoeiro de Outubro a Maio - 1 hora diária segunda, quarta e sexta-feira; de Junho a Setembro 1 hora diária todos os dias, excepto domingos e feriados; limpeza bi-anual 3 horas cada;

7 ; vii. Posto de Turismo de Castro Marim de Outubro a Maio - 1 hora diária terça e quinta-feira; de Junho a Setembro 1 hora diária terça e quinta-feira; limpeza bi-anual 2 horas cada;

8 ; viii. Posto de Turismo de Faro de Outubro a Maio - 1 hora diária segunda, quarta e sexta-feira; de Junho a Setembro 1 hora diária todos os dias, excepto domingos e feriados; limpeza bi-anual 2 horas.

9 ; ix. Posto de Turismo de Loulé de Outubro a Maio - 1 hora diária terça e sexta-feira; de Junho a Setembro 1 hora diária segunda, quarta e sexta-feira; limpeza bi-anual 2 horas cada;

10 Lavagem de paredes e tectos; Limpeza a fundo de todos os móveis e equipamentos; x. Posto de Turismo de Monchique de Outubro a Maio - 1 hora diária terça e sexta-feira; de Junho a Setembro 1 hora diária terça e sexta-feira; limpeza bi-anual 2,5 horas cada; xi. Posto de Turismo de Monte Gordo

11 de Outubro a Maio - 1 hora diária terça e sexta-feira; de Junho a Setembro 1 hora diária segunda, quarta e sexta-feira; limpeza bi-anual 3 horas cada; xii. Posto de Turismo de Olhão de Outubro a Maio - 1 hora diária terça e sexta-feira; de Junho a Setembro 1 hora diária terça e sexta-feira; limpeza bi-anual 2 horas cada;

12 e instalações; xiii. Posto de Turismo Ponte do Guadiana de Outubro a Maio - 1 hora e meia, diária segunda, quarta e sextafeira; de Junho a Setembro 1 hora e meia, diária todos os dias; limpeza bi-anual 4 horas cada; A limpeza deve incidir sobre as seguintes áreas: áreas públicas, incluindo exteriores, lavabos e

13 Limpeza a fundo de todos os móveis, equipamentos e instalações. xiv. Posto de Turismo de Praia da Rocha de Outubro a Maio - 1 hora diária segunda, quarta e sexta-feira; de Junho a Setembro 1 hora e meia, diária segunda, quarta e sextafeira; limpeza bi-anual 4 horas cada.

14 xv. Posto de Turismo de Quarteira de Outubro a Maio - 1 hora diária segunda, quarta e sexta-feira; de Junho a Setembro 1 hora diária todos os dias; limpeza bi-anual 3 horas cada;

15 xvi. Posto de Turismo de Sagres de Outubro a Maio - 1 hora diária terça e sexta-feira; de Junho a Setembro 1 hora diária segunda, quarta e sexta-feira; limpeza bi-anual 4 horas cada;

16 Lavagem exaustiva dos vidros exteriores e interiores; xvii. Posto de Turismo de S. Brás Alportel Todo o ano - 1 hora diária terça e sexta-feira; limpeza bi-anual 3 horas cada.

17 xviii. Posto de Turismo de Silves de Outubro a Maio - 1 hora e meia diária segunda, quarta e sextafeira; de Junho a Setembro 1 hora e meia diária todos os dias, excepto domingos e feriados; limpeza bi-anual 4 horas cada. A limpeza deve incidir sobre as seguintes áreas: áreas públicas, incluindo exteriores, lavabos e

18 xix. Posto de Turismo de Tavira de Outubro a Maio - 1 hora e meia diária segunda, quarta e sextafeira; de Junho a Setembro 1 hora e meia diária todos os dias, excepto domingos e feriados; limpeza bi-anual 4 horas cada;

19 Visitas às instalações 1. Os interessados podem, até ao termo do prazo fixado para a apresentação das propostas, realizar visitas às instalações entre as 9h30 e as 12h30 e as 14h00 e as 17h Para os efeitos previstos no número anterior, os interessados devem efectuar uma marcação através do endereço electrónico com, pelo menos, três dias de antecedência relativamente às datas pretendidas, indicando as instalações que pretendem visitar e os dias em que o pretendem fazer. 3. Os concorrentes não podem, em qualquer momento ou circunstância, invocar desconhecimento quanto ao que examinaram ou que poderiam ter examinado ou imputar à RTA a esse título, qualquer responsabilidade.

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE POSTOS DE TURISMO

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE POSTOS DE TURISMO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE POSTOS DE TURISMO 8 PRINCÍPIOS DA QUALIDADE Focalização no cliente Relações com fornecedores mutuamente benéficas Liderança Decisão baseada em factos Princípios da Qualidade

Leia mais

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante INTRODUÇÃO II - DO OBJETO E DESCRIÇÃO DOS PRODUTOS III - DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA IV - DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO V - DO RECEBIMENTO DA DOCUMENTAÇÃO E DA PROPOST VI - ABERTURA DOS ENVELOPES VII - DA DOCUMENTAÇÃO

Leia mais

Ciência e Tecnologia de Defesa no 3.º Quartel do Séc. XX A cartografia Militar em PORTUGAL (1950-1975)

Ciência e Tecnologia de Defesa no 3.º Quartel do Séc. XX A cartografia Militar em PORTUGAL (1950-1975) Ciência e Tecnologia de Defesa no 3.º Quartel do Séc. XX A cartografia Militar em PORTUGAL (1950-1975) 1975) A cartografia Militar Resumo histórico do IGeoE Evolução das instalações Produção cartográfica

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO URGENTE PARA A AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES DE VOZ E DADOS

CONCURSO PÚBLICO URGENTE PARA A AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES DE VOZ E DADOS CONCURSO PÚBLICO URGENTE PARA A AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES DE VOZ E DADOS Página 1 de 11 CADERNO DE ENCARGOS ÍNDICE Artigo 1.º - Objeto do concurso Artigo 2.º - Contrato Artigo 3.º - Vigência

Leia mais

Concurso Público n.º 1/DAC/2010. Aditamento Rectificativo. Descrição das Tarefas e dos Locais de Trabalho

Concurso Público n.º 1/DAC/2010. Aditamento Rectificativo. Descrição das Tarefas e dos Locais de Trabalho Concurso Público n.º 1/DAC/2010 Aditamento Rectificativo Descrição das Tarefas e dos Locais de Trabalho Comando Distrital de Coimbra Comando Distrital de Viseu Direcção Nacional Página 1 de 13 COMANDO

Leia mais

PORTARIA Nº 147 P Publicada no Diário da Assembléia nº 1144

PORTARIA Nº 147 P Publicada no Diário da Assembléia nº 1144 PORTARIA Nº 147 P Publicada no Diário da Assembléia nº 1144 O Presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins, no uso de suas atribuições constitucionais, de conformidade com o artigo 28 do

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO FISCAL DA COOPERATIVA DE CRÉDITO DE LIVRE ADMISSAO DE ASSOCIADOS DE COLORADO E REGIÃO SICOOB COLORADO

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO FISCAL DA COOPERATIVA DE CRÉDITO DE LIVRE ADMISSAO DE ASSOCIADOS DE COLORADO E REGIÃO SICOOB COLORADO REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO FISCAL DA COOPERATIVA DE CRÉDITO DE LIVRE ADMISSAO DE ASSOCIADOS DE COLORADO E REGIÃO SICOOB COLORADO TÍTULO I DA DEFINIÇÃO E DA FINALIDADE Art. 1º O Conselho de Fiscal é

Leia mais

TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DO SEGURADO EMPREGADO, DOMÉSTICO E AVULSO

TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DO SEGURADO EMPREGADO, DOMÉSTICO E AVULSO TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DO SEGURADO EMPREGADO, DOMÉSTICO E AVULSO A PARTIR DE 1º DE JANEIRO DE 2010 Salário-de-contribuição (R$) INSS até 1.040,22 8,00% de 1.040,23 até 1.733,70 9,00% de 1.733,71 até 3.467,40

Leia mais

EVENTOS PARA 2013 JANEIRO FEVEREIRO

EVENTOS PARA 2013 JANEIRO FEVEREIRO EVENTOS PARA 2013 JANEIRO GRANDE PRÉMIO DOS REIS EM ATLETISMO Faro Org.: Associação de Atletismo do Algarve Tel.: 289 824 946 www.aaalgarve.pt FESTA DAS CHOURIÇAS DE QUERENÇA Querença (Loulé) Org.: Junta

Leia mais

Foi elaborado um Plano Estratégico (incluindo acções de divulgação e sensibilização das populações) e um Cronograma.

Foi elaborado um Plano Estratégico (incluindo acções de divulgação e sensibilização das populações) e um Cronograma. O Instituto Português do Sangue, IP (IPS) e a Associação de Dadores de Sangue do Barlavento do Algarve (ADSBA), em parceria, delinearam um projecto com o objectivo de proporcionar aos residentes o acesso

Leia mais

Art. 1º Aprovar o Regimento Interno do Departamento das Ciências da Educação Física e Saúde DCEFS, anexo a esta Resolução.

Art. 1º Aprovar o Regimento Interno do Departamento das Ciências da Educação Física e Saúde DCEFS, anexo a esta Resolução. RESOLUÇÃO N o 021, de 21 de maio de 2007. Aprova Regimento Interno do Departamento das Ciências da Educação Física e Saúde DCEFS. O PRESIDENTE DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE CORUMBÁ GABINETE DO PREFEITO

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE CORUMBÁ GABINETE DO PREFEITO DECRETO Nº 1.442, DE 6 DE NOVEMBRO DE 2014 Regulamenta a modalidade de hospedagem alternativa denominada "Cama e Café", a qual foi instituída no âmbito do Município de Corumbá pela Lei Complementar n 177,

Leia mais

ANEXO À RESOLUÇÃO N.º 458, DE 8 DE FEVEREIRO DE 2007.

ANEXO À RESOLUÇÃO N.º 458, DE 8 DE FEVEREIRO DE 2007. ANEXO À RESOLUÇÃO N.º 458, DE 8 DE FEVEREIRO DE 2007. REGULAMENTO DE REMUNERAÇÃO PELO USO DE REDES DE PRESTADORAS DO SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO - STFC TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I DO

Leia mais

JORNADA DE TRABALHO DURAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, CONTROLE, FALTAS

JORNADA DE TRABALHO DURAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, CONTROLE, FALTAS Page 1 of 5 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PE000464/2010 DATA DE REGISTRO NO MTE: NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR050597/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46213.006172/2010-72 DATA

Leia mais

E S T A T U T O D O C L U B E D E R E G A T A S B R A S I L

E S T A T U T O D O C L U B E D E R E G A T A S B R A S I L E S T A T U T O D O C L U B E D E R E G A T A S B R A S I L H I N O O F I C I A L J a y m e d e A l t a v i l a I A o r e m o! Po i s n o s s o n o r t e D e g l ó r i a s t r a ç a d o e s t á. F a ç

Leia mais

Reorganização Administrativa do Território das Freguesias - (RATF)

Reorganização Administrativa do Território das Freguesias - (RATF) Faro Albufeira Albufeira Agregação Albufeira e Olhos de Água Faro Albufeira Ferreiras Sem alteração Faro Albufeira Guia Sem alteração Faro Albufeira Olhos de Água Agregação Albufeira e Olhos de Água Faro

Leia mais

Regulamento da Central de Transportes de Santo Tirso

Regulamento da Central de Transportes de Santo Tirso Regulamento da Central de Transportes de Santo Tirso Capitulo I Âmbito Geral Subcapítulo I Atribuições e Objectivos Artigo 1.º 1. O presente Regulamento destina-se a estabelecer normas respeitantes ao

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Simples Nacional ISS retido na fonte pelo tomador - MS

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Simples Nacional ISS retido na fonte pelo tomador - MS Simples Nacional ISS retido na fonte pelo tomador - MS 10/12/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 4. Conclusão... 6 5.

Leia mais

Processo Seletivo de Tutores a Distância

Processo Seletivo de Tutores a Distância E-TEC BRASIL CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CEFET-MG Processo Seletivo de Tutores a Distância N º 003/2015 de 27 de Maio de 2015. 1. ATUAÇÃO Caberá ao Tutor à Distância: 1.1. Orientar

Leia mais

Concurso Público. Serviços de Limpeza na Sede e no Edifício Administrativo da Ala Oeste do Instituto do Desporto

Concurso Público. Serviços de Limpeza na Sede e no Edifício Administrativo da Ala Oeste do Instituto do Desporto Concurso Público Serviços de Limpeza na Sede e no Edifício Administrativo da Ala Oeste do Instituto do Desporto Requisitos para a prestação de serviços de limpeza 1. Serviços de limpeza da 1ª parte Fornecimento

Leia mais

Fundação Presidente Antônio Carlos - FUPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés

Fundação Presidente Antônio Carlos - FUPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés REGULAMENTO DA BIBLIOTECA Regulamenta o funcionamento da biblioteca no âmbito da Faculdade Presidente Antônio Carlos de Aimorés. Capítulo I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente regulamento tem por

Leia mais

PLANOS DE MINUTOS LOCAL. PA Anatel: 156: Planos sem conexão de chamada PA Anatel 155: Planos com conexão de chamada. Preço Máximo Homologado

PLANOS DE MINUTOS LOCAL. PA Anatel: 156: Planos sem conexão de chamada PA Anatel 155: Planos com conexão de chamada. Preço Máximo Homologado PLANOS DE MINUTOS LOCAL PA Anatel: 156: Planos sem conexão de chamada PA Anatel 155: Planos com conexão de chamada 1. Estrutura Básica 1.1 Chamadas Locais, Fixo-Fixo, no Preços dos Planos sem Conexão de

Leia mais

Manual de Utilização dos Serviços de Limpeza da UFES Usuário Campi Goiabeiras, Maruípe e Base Oceanográfica

Manual de Utilização dos Serviços de Limpeza da UFES Usuário Campi Goiabeiras, Maruípe e Base Oceanográfica Manual de Utilização dos Serviços de Limpeza da UFES Usuário Campi Goiabeiras, Maruípe e Base Oceanográfica Este manual descreve o processo de limpeza e conservação das áreas edificadas da UFES. Maio de

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS

CADERNO DE ENCARGOS AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS CLÁUSULA 1.ª Objeto O presente Caderno de Encargos compreende as cláusulas a incluir no contrato a celebrar na sequência do procedimento pré-contratual que tem por objeto principal a Aquisição de Serviços

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAPÁ GABINETE DA PRESIDÊNCIA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAPÁ GABINETE DA PRESIDÊNCIA RESOLUÇÃO Nº 055/2005- TJAP PODER JUDICIÁRIO Institui regulamento para fins de promoção por merecimento de Serventuário da Justiça, e dá outras providências. O, no uso de suas atribuições legais e, tendo

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS PARTE I DISPOSIÇÕES GERAIS

CADERNO DE ENCARGOS PARTE I DISPOSIÇÕES GERAIS CADERNO DE ENCARGOS PARTE I DISPOSIÇÕES GERAIS Cláusula 1ª Objecto 1 - O presente Caderno de Encargos compreende as cláusulas a incluir no contrato a celebrar na sequência do procedimento pré-contratual

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ARQUIVOLOGIA

REGIMENTO INTERNO DO COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ARQUIVOLOGIA REGIMENTO INTERNO DO TÍTULO I DA NATUREZA E DAS FINALIDADES CAPÍTULO I Da Natureza Art. 1º. O Colegiado do Curso de Graduação em Arquivologia é um órgão normativo e deliberativo, com sede no Centro de

Leia mais

Estado de Alagoas CONSELHO ESTADUAL DE SEGURANÇA PÚBLICA RESOLUÇÃO N 18/2010

Estado de Alagoas CONSELHO ESTADUAL DE SEGURANÇA PÚBLICA RESOLUÇÃO N 18/2010 RESOLUÇÃO N 18/2010 Dispõe sobre regulamentação para uso de veículos oficiais de todos os órgãos e corporações vinculadas a Defesa Social. O, com fundamento no disposto no 5º do art. 6º do seu Regimento

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO DO SERVIÇO DE APOIO DOMICILIARIO

REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO DO SERVIÇO DE APOIO DOMICILIARIO REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO DO SERVIÇO DE APOIO DOMICILIARIO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS NORMA I Âmbito de Aplicação O Centro Social e Polivalente de Ourentã, (C.S.P.O.) designado por Instituição

Leia mais

LEI Nº 935 /2010. Art. 1º. Esta Lei dispõe sobre a Estrutura Administrativa da Câmara Municipal de Piranguçu. TÍTULO I DA ESTRUTURA ADMINSTRATIVA

LEI Nº 935 /2010. Art. 1º. Esta Lei dispõe sobre a Estrutura Administrativa da Câmara Municipal de Piranguçu. TÍTULO I DA ESTRUTURA ADMINSTRATIVA LEI Nº 935 /2010 Dispõe sobre a Estrutura Administrativa da Câmara Municipal de Piranguçu. O Povo do Município de Piranguçu, por seus representantes na Câmara Municipal aprovou e eu, Prefeito Municipal,

Leia mais

Abril / 2016. 25 Segunda-feira 17h, 18h e 19h 25 e 26/04. 27 Quarta-feira 17h, 18h e 19h 27 e 28/04. 29 Sexta-feira 17h, 18h e 19h 29/04 e 02/05

Abril / 2016. 25 Segunda-feira 17h, 18h e 19h 25 e 26/04. 27 Quarta-feira 17h, 18h e 19h 27 e 28/04. 29 Sexta-feira 17h, 18h e 19h 29/04 e 02/05 Cursos Abril / 2016 25 Segunda-feira 17h, e 19h 25 e 26/04 27 Quarta-feira 17h, e 19h 27 e 28/04 29 Sexta-feira 17h, e 19h 29/04 e 02/05 Cursos Maio / 2016 02 Segunda-feira 17h, e 19h 02 e 03/05 04 Quarta-feira

Leia mais

Biotecnologia Ambiental

Biotecnologia Ambiental Ambiental 1º MÓDULO 27 28 29 (AGOSTO) Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira (27/08) Sexta-feira (28/08) Sábado (29/08) //Marco //Marco Ambiental 2º MÓDULO 17 18 19 (SETEMBRO) Segunda-feira

Leia mais

a. Director Clínico e Adjuntos do Director Clínico: b. Técnicos Consultores da Rede DIFERENÇAS: c. Técnicos Assessores da Rede DIFERENÇAS:

a. Director Clínico e Adjuntos do Director Clínico: b. Técnicos Consultores da Rede DIFERENÇAS: c. Técnicos Assessores da Rede DIFERENÇAS: A hierarquia do Centro DIFERENÇAS, no que concerne ao seu sector técnico-científico, corresponderá ao seguinte figurino: a. Director Clínico e Adjuntos do Director Clínico: i. O Director Clínico, escolhido

Leia mais

Algarve. Rede de Acolhimento ao Autocaravanismo da Região do Algarve ARTICULAR PARA INTERVIR. Ações para o desenvolvimento regional

Algarve. Rede de Acolhimento ao Autocaravanismo da Região do Algarve ARTICULAR PARA INTERVIR. Ações para o desenvolvimento regional ART L A R V I R ARTICU TER Ações para o desenvolvimento regional Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional Comunidade Intermunicipal Região de Turismo Associação Turismo Algarve 1 ARTICU TER Ações

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 363, DE 22 DE ABRIL DE 2009

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 363, DE 22 DE ABRIL DE 2009 AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 363, DE 22 DE ABRIL DE 2009 Estabelece as condições de atendimento por meio de Central de Teleatendimento - CTA das concessionárias e

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO - Plano Linha Pós PLANO ALTERNATIVO N 032 - LC

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO - Plano Linha Pós PLANO ALTERNATIVO N 032 - LC EMPRESA PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO - Plano Linha Pós PLANO ALTERNATIVO N 032 - LC Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. EMBRATEL. NOME DO PLANO Plano Linha Pós PAS 032 - LC MODALIDADE DO STFC Serviço

Leia mais

CLÁUSULA SEGUNDA Este contrato entrará em vigor por prazo indeterminado após sua publicação e registro em Ofício de Notas competente.

CLÁUSULA SEGUNDA Este contrato entrará em vigor por prazo indeterminado após sua publicação e registro em Ofício de Notas competente. Pelo presente instrumento particular, a COMPANHIA DE ÁGUAS E ESGOTOS DO RIO GRANDE DO NORTE (CAERN), inscrita no CNPJ n.º 08.334.385/0001-35, com sede na Avenida Sen. Salgado Filho, n 1555, bairro Tirol,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 425/2003 (Revogada pela Resolução nº 522/2007)

RESOLUÇÃO Nº 425/2003 (Revogada pela Resolução nº 522/2007) Publicação: 29/08/03 RESOLUÇÃO Nº 425/2003 (Revogada pela Resolução nº 522/2007) Cria a Superintendência da Gestão de Recursos Humanos, estabelece seu Regulamento e dá outras providências. A CORTE SUPERIOR

Leia mais

ANEXO II - MODELOS DE DIVULGAÇÕES RESPEITANTES A PLANOS DE BENEFÍCIO DEFINIDO

ANEXO II - MODELOS DE DIVULGAÇÕES RESPEITANTES A PLANOS DE BENEFÍCIO DEFINIDO >> Voltar ao índice ANEXO II - MODELOS DE DIVULGAÇÕES RESPEITANTES A PLANOS DE BENEFÍCIO DEFINIDO O presente Anexo apresenta um conjunto de modelos que as instituições devem considerar no âmbito das divulgações

Leia mais

FACULDADE ALDETE MARIA ALVES Instituição Ituramense de Ensino Superior

FACULDADE ALDETE MARIA ALVES Instituição Ituramense de Ensino Superior REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA 1 CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO Art. 1º - Os Laboratórios de Informática da FAMA são destinados exclusivamente aos docentes, discentes e corpo técnico-administrativo,

Leia mais

PUBLICADO NO ÓRGÃO OFICIAL DO MUNICÍPIO Nº 1750 DO DIA 06/08/2012.

PUBLICADO NO ÓRGÃO OFICIAL DO MUNICÍPIO Nº 1750 DO DIA 06/08/2012. PUBLICADO NO ÓRGÃO OFICIAL DO MUNICÍPIO Nº 1750 DO DIA 06/08/2012. DECRETO N 1427/2012 Regulamenta a Lei municipal nº 8748/2010, que institui a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) e dá outras providências.

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Vários arquivos da ECD para o mesmo ano calendário

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Vários arquivos da ECD para o mesmo ano calendário Vários arquivos da ECD para o mesmo ano calendário 15/07/2014 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão...

Leia mais

Rev.2015 REGULAMENTO INTERNO APOIO DOMICILIÁRIO. Associação de Solidariedade Social de Crestuma IPSS

Rev.2015 REGULAMENTO INTERNO APOIO DOMICILIÁRIO. Associação de Solidariedade Social de Crestuma IPSS Rev.2015 Associação de Solidariedade Social de Crestuma IPSS REGULAMENTO INTERNO APOIO DOMICILIÁRIO SERVIÇO DE APOIO DOMICILIÁRIO REGULAMENTO INTERNO Associação de Solidariedade Social de Crestuma Capítulo

Leia mais

Institui o Programa Estadual de Redução e Racionalização do Uso de Energia e dá providências correlatas

Institui o Programa Estadual de Redução e Racionalização do Uso de Energia e dá providências correlatas Decreto Estadual nº 45.765, de 4 de maio de 2001 Institui o Programa Estadual de Redução e Racionalização do Uso de Energia e dá providências correlatas GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO,

Leia mais

O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, e

O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, e DECRETO Nº 24.113 DE 14 DE ABRIL DE 2004 (Publicado no D O Rio de 15/04/2004) (Com as alterações do Decreto nº 24.170, de 05/05/2004) Altera a regulamentação das disposições da Lei 2.538, de 3 de março

Leia mais

DISPOSIÇÕES GERAIS APLICAÇÃO DO INSTRUMENTO COLETIVO

DISPOSIÇÕES GERAIS APLICAÇÃO DO INSTRUMENTO COLETIVO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PE001155/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 29/10/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR061115/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46213.019465/2013-62 DATA

Leia mais

CARGOS, VAGAS, LOCAL DE TRABALHO, CARGA HORÁRIA E REMUNERAÇÃO. N. de vagas. Sede do Centro de Defesa da Cidadania - BH

CARGOS, VAGAS, LOCAL DE TRABALHO, CARGA HORÁRIA E REMUNERAÇÃO. N. de vagas. Sede do Centro de Defesa da Cidadania - BH EDITAL N. 01/12 DO CENTRO DE DEFESA DA CIDADANIA PARA PROCESSO DE SELEÇÃO DE GERENTE ADMINISTRATIVO E TÉCNICO SOCIAL PARA O 5º TERMO ADITIVO AO CONVÊNIO 026/2008 Art. 1º. O Centro de Defesa da Cidadania,

Leia mais

MINISTERIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA

MINISTERIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA MINISTERIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA GUARDA NACIONAL REPUBLICANA COMANDO-GERAL COMANDO DA ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS INTERNOS DIRECÇÃO DE RECURSOS LOGÍSTICOS DIVISÃO DE AQUISIÇÕES PROCESSO CONCURSO PÚBLICO

Leia mais

Prefeitura Municipal de Lagoa Santa

Prefeitura Municipal de Lagoa Santa CEP 33400-000 - ESTADO DE MINAS GERAIS LEI Nº 3.318, DE 12 DE SETEMBRO DE 2012 Dispõe sobre a implantação do Programa "Minha Casa, Minha Vida" - para famílias com renda entre 3 (três)e 6 (seis) salários

Leia mais

PLANO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO. Higiene e Segurança Alimentar

PLANO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO. Higiene e Segurança Alimentar Pág.: 1/7 1. Enquadramento Nos últimos anos, diversos factores, tanto económicos como socioculturais determinaram alterações substanciais nos hábitos alimentares da população, tendo os conceitos e as formas

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 013, DE 21 DE MAIO DE 2002.

LEI COMPLEMENTAR Nº 013, DE 21 DE MAIO DE 2002. LEI COMPLEMENTAR Nº 013, DE 21 DE MAIO DE 2002. DISPÕE SOBRE A SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA RELATICA AO ISSQN IMPOSTO SOBRE SERVIÇOS DE QUALQUER NATUREZA. A CAMARA MUNICIPAL DE ANAPOLIS aprovou e eu, PREFEITO

Leia mais

Institui o Conselho de Gestão Compartilhada/Participativa do Programa Pontos de Memória

Institui o Conselho de Gestão Compartilhada/Participativa do Programa Pontos de Memória MINUTA Portaria nº, de de de Institui o Conselho de Gestão Compartilhada/Participativa do Programa Pontos de Memória O PRESIDENTE DO INSTITUTO BRASILEIRO DE MUSEUS IBRAM, no exercício das competências

Leia mais

MUNICÍPIO DE MORRINHOS Estado de Goiás LEI Nº2. 830, DE 21 DE OUTUBRO DE 2011.

MUNICÍPIO DE MORRINHOS Estado de Goiás LEI Nº2. 830, DE 21 DE OUTUBRO DE 2011. LEI Nº2. 830, DE 21 DE OUTUBRO DE 2011. Estabelece diretrizes para a Política de boas práticas e padrões de qualidade no atendimento ao usuário de serviços públicos na cidade de Morrinhos e dá outras providências.

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO SECRETARIADO NACIONAL DA MULHER

REGIMENTO INTERNO DO SECRETARIADO NACIONAL DA MULHER REGIMENTO INTERNO DO SECRETARIADO NACIONAL DA MULHER PREÂMBULO O Estatuto do PSDB, aprovado em 1988, previu em sua Seção V, art. 73, 2º a criação do Secretariado da Mulher como parte integrante da Executiva

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS COLÉGIO DE APLICAÇÃO. EDITAL Nº 238 - ADMISSÃO DE ALUNOS AO CAp 2016

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS COLÉGIO DE APLICAÇÃO. EDITAL Nº 238 - ADMISSÃO DE ALUNOS AO CAp 2016 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS COLÉGIO DE APLICAÇÃO EDITAL Nº 238 - ADMISSÃO DE ALUNOS AO CAp 2016 A Diretora do Colégio de Aplicação da UFRJ, no uso de suas

Leia mais

REGIMENTO DO CONSELHO DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR-CAE CAPÍTULO II

REGIMENTO DO CONSELHO DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR-CAE CAPÍTULO II REGIMENTO DO CONSELHO DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR-CAE CAPÍTULOI DA NATUREZA E FINALIDADE Art. 1º. O Conselho de Alimentação Escolar - CAE, do Município de Sorriso-MT criado por meio da Lei municipal nº 870

Leia mais

Lei Municipal N.º 1414

Lei Municipal N.º 1414 Subseção II Dos Estacionamentos e Guarda de Veículos Art. 41 - Os locais para estacionamento ou guarda de veículos podem ser cobertos ou descobertos, podendo se destinar em ambos os casos à utilização

Leia mais

CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS

CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO DA FACULDADE ARTHUR THOMAS CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS Art. 1º. Este Regulamento estabelece as políticas

Leia mais

Lei n.º 144/2015, de 8 de setembro

Lei n.º 144/2015, de 8 de setembro Lei n.º 144/2015, de 8 de setembro Artigo 18.º - Obrigações dos operadores económicos - Informação aos consumidores sobre as entidades de Resolução Alternativa de Litígios de Consumo SOU UMA EMPRESA OU

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP005258/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 30/05/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR022823/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46219.010185/2011-77

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO

EDITAL DE CREDENCIAMENTO EDITAL DE CREDENCIAMENTO I. REGÊNCIA LEGAL LEI FEDERAL N 8.666/93 E ALTERAÇÕES II. ÓRGÃO INTERESSADO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU III. MODALIDADE CREDENCIAMENTO IV. PROCESSO ADMINISTRATIVO

Leia mais

Educação Profissional Cursos Técnicos. Regulamento de Estágio Supervisionado

Educação Profissional Cursos Técnicos. Regulamento de Estágio Supervisionado Educação Profissional Cursos Técnicos Regulamento de Estágio Supervisionado CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - O presente Regulamento de Estágio Supervisionado refere-se à formação do aluno

Leia mais

REGIMENTO BIBLIOTECA FANOR

REGIMENTO BIBLIOTECA FANOR REGIMENTO BIBLIOTECA FANOR FACULDADES NORDESTE Direção Geral Marcelo Adler Coordenação Geral Acadêmica Humberto Barroso da Fonseca Supervisão da Biblioteca Francisca Carla Pereira Pinto Bernardo I. DA

Leia mais

PROVIMENTO CONJUNTO Nº 06/2015-MP/PGJ/CGMP

PROVIMENTO CONJUNTO Nº 06/2015-MP/PGJ/CGMP PROVIMENTO CONJUNTO Nº 06/2015-MP/PGJ/CGMP Dispõe sobre os instrumentos de controle de atuação funcional quanto à fiscalização periódica do controle externo da atividade policial, adequando-os, no que

Leia mais

Art. 2º - As horas de docência, extra-classe e de atividades de cada docente estão mostradas no quadro a seguir:

Art. 2º - As horas de docência, extra-classe e de atividades de cada docente estão mostradas no quadro a seguir: Belo Horizonte, 22 de fevereiro de 2010. PORTARIA DIRETORIA ACADÊMICA Nº 003/2010 DESIGNA PROFESSORES DE REGIME DE TEMPO INTEGRAL DA FEAMIG O Diretor da Faculdade de Engenharia de Minas Gerais FEAMIG,

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA CONTRATO TEMPORÁRIO - 01/2014

EDITAL DE SELEÇÃO PARA CONTRATO TEMPORÁRIO - 01/2014 EDITAL DE SELEÇÃO PARA CONTRATO TEMPORÁRIO - 01/2014 A Câmara Municipal de Itapoá, torna pública a abertura das inscrições e estabelece normas relativas à realização de Processo Seletivo Simplificado destinado

Leia mais

DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES EDITAL nº 064/2015 O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB), no uso de suas atribuições legais e regimentais, com fundamento no Decreto Governamental n.º 9.149, de 23 de julho de 2004, torna

Leia mais

Coordenadoria de Controle Interno

Coordenadoria de Controle Interno Plano Anual de Auditoria Exercício de 2014* *Elaborado em consonância com os dispositivos da Resolução TRESC n. 7.265, de 12 de dezembro de 2001 e da Resolução CNJ n. 171, 1º de março de 2013. I - Unidade

Leia mais

CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE POR TEMPO INDETERMINADO COM ATUALIZAÇÕES

CONTRATO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE POR TEMPO INDETERMINADO COM ATUALIZAÇÕES JIVA GESTÃO DE NEGÓCIOS LTDA.(LICENCIANTE), inscrita no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica sob o nº 10.276.926/0001-68, com sede na Av. Marcos de Freitas Costa, nº 309, Bairro Daniel Fonseca, Uberlândia/MG.;

Leia mais

Lei n.º 144/2015, de 8 de setembro

Lei n.º 144/2015, de 8 de setembro Lei n.º 144/2015, de 8 de setembro Documento explicativo sobre o artigo 18.º que estabelece as obrigações dos operadores económicos - Informação aos consumidores sobre as entidades de Resolução Alternativa

Leia mais

LOTE II. TERMO DE REFERÊNCIA Descrição Geral dos Serviços de Limpeza e Conservação

LOTE II. TERMO DE REFERÊNCIA Descrição Geral dos Serviços de Limpeza e Conservação 1. DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS Os serviços de limpeza e conservação deverão ser realizados, conforme as seguintes especificações: ÁREAS INTERNAS 1.1. DIARIAMENTE, uma vez quando não explicitado. 1.1.1. Remover,

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA RESOLUÇÃO Nº 1.868, DE 31 DE MARÇO DE 2012. Define as bases referenciais para valoração dos honorários por serviços prestados por economistas profissionais e por empresas prestadoras

Leia mais

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE ANATOMIA HUMANA

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE ANATOMIA HUMANA REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE ANATOMIA HUMANA 2012 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 CAPÍTULO I - DA CARACTERIZAÇÃO E NATUREZA... 3 CAPÍTULO II - DOS DEVERES... 4 CAPÍTULO III - DO AGENDAMENTO E USO DO LABORATÓRIO...

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE GOIÁS

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE GOIÁS 1 RESOLUÇÃO NORMATI VA N.º 0 0 6 / 2 0 0 1 O Tribunal de Contas do Estado de Goiás, considerando as atribuições estabelecidas pela Constituição Estadual em seu artigo 26, o disposto no inciso XII do art.

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA VETERINÁRIA DE PERNAMBUCO

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA VETERINÁRIA DE PERNAMBUCO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA VETERINÁRIA DE PERNAMBUCO Resolução nº 004, de 25 de março de 2015 Estabelece requisitos a serem observados para obtenção de apoio financeiro ou institucional junto ao CRMV-PE.

Leia mais

Atribuições do órgão conforme a Lei nº 3.063, de 29 de maio de 2013: TÍTULO II DAS COMPETÊNCIAS DOS ÓRGÃOS DA ADMINISTRAÇÃO DIRETA

Atribuições do órgão conforme a Lei nº 3.063, de 29 de maio de 2013: TÍTULO II DAS COMPETÊNCIAS DOS ÓRGÃOS DA ADMINISTRAÇÃO DIRETA SECRETARIA MUNICIPAL DE COMPRAS E LICITAÇÕES End: Rua Siqueira Campos, S-64 Centro Fone: (14) 3283-9570 ramal 9576 Email: compras@pederneiras.sp.gov.br Responsável: Dr. Luis Carlos Rinaldi Atribuições

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DA CLÍNICA ESCOLA DE FISIOTERAPIA DA FACULDADE ASCES

REGULAMENTO INTERNO DA CLÍNICA ESCOLA DE FISIOTERAPIA DA FACULDADE ASCES REGULAMENTO INTERNO DA CLÍNICA ESCOLA DE FISIOTERAPIA DA FACULDADE ASCES DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. A qualidade do atendimento e o assumir responsabilidade integram a forma de pensar e agir de profissionais,

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR

REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR 2008 Diretora Geral: Profª. Drª. Irmã Olga de Sá Vice-Diretora: Profª. Irmã Raquel Godoi Retz Coordenação Pedagógica: Prof. Ms José Luiz de Miranda Alves Coord. do Núcleo

Leia mais

Mediador - Extrato Instrumento Coletivo CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013

Mediador - Extrato Instrumento Coletivo CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 Página 1 de 7 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PE001101/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 04/09/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR046128/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46213.015603/2012-53

Leia mais

As perguntas mais frequentes

As perguntas mais frequentes As perguntas mais frequentes Quais são os objectivos? www.algarvedigital.pt: Ponto de encontro entre os utilizadores a Administração Central e Administração Autárquica Modernização, desenvolvimento e afirmação

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE BAGUIM DO MONTE. Regulamento de Utilização dos Espaços Colectivos

JUNTA DE FREGUESIA DE BAGUIM DO MONTE. Regulamento de Utilização dos Espaços Colectivos Nota Justificativa A Junta de Freguesia de Baguim do Monte dispõe de um Auditório, duma Sala de Formação e dum Salão Polivalente, que coloca ao serviço dos cidadãos, permitindo a sua utilização, para diversos

Leia mais

Fundamento Legal: Convênio ICMS nº 110/2007, cláusula vigésima sexta, 1º, I e Ato Cotepe/ICMS nº 33/2014

Fundamento Legal: Convênio ICMS nº 110/2007, cláusula vigésima sexta, 1º, I e Ato Cotepe/ICMS nº 33/2014 Agenda de Obrigações Estadual - São Paulo - Julho/2015 Até: Quarta-feira, dia 1 - Scanc Transportador Revendedor Retalhista (TRR) Entrega das informações relativas às operações interestaduais com combustíveis

Leia mais

Vicentina Associação para o Desenvolvimento do Sudoeste Encontro Atividades Marítimo Turísticas Desafios e Oportunidades Albufeira, 28 abril de 2014

Vicentina Associação para o Desenvolvimento do Sudoeste Encontro Atividades Marítimo Turísticas Desafios e Oportunidades Albufeira, 28 abril de 2014 Vicentina Associação para o Desenvolvimento do Sudoeste Encontro Atividades Marítimo Turísticas Desafios e Oportunidades Albufeira, 28 abril de 2014 Titulo da apresentação: Apresentação do projeto Mar&

Leia mais

Programa de Requalificação de UBS

Programa de Requalificação de UBS Programa de Requalificação de UBS PROGRAMA DE REQUALIFICAÇÃO DE UBS Programa instituído no ano de 2011 para estabelecer mecanismos de repasse de recursos financeiros para as Unidades Básicas de Saúde.

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES MEDIDA PROVISÓRIA Nº 201, DE 31 DE JULHO DE 2015 Dispõe sobre as formas de cumprimento da jornada de trabalho e o banco de horas no âmbito do Instituto Geral de Perícias (IGP) e estabelece outras providências.

Leia mais

LEI Nº 8.690, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2003. O Povo do Município de Belo Horizonte, por seus representantes, decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 8.690, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2003. O Povo do Município de Belo Horizonte, por seus representantes, decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 8.690, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2003 Institui o Plano de Carreira dos Servidores da Área de Atividades de Administração Geral da Prefeitura de Belo Horizonte, estabelece a respectiva Tabela de Vencimentos

Leia mais

FACULDADE GUILHERME GUIMBALA CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO - CEPPE

FACULDADE GUILHERME GUIMBALA CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO - CEPPE FACULDADE GUILHERME GUIMBALA CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO - CEPPE EDITAL Nº 5 CEPPE, 01 DE MARÇO DE 2016 Oferta de curso de pós-graduação (lato sensu), em nível de Especialização em Especialização

Leia mais

MERCANTIL DO BRASIL FINANCEIRA S.A. CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS Sede: Belo Horizonte Minas Gerais E S T A T U T O

MERCANTIL DO BRASIL FINANCEIRA S.A. CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS Sede: Belo Horizonte Minas Gerais E S T A T U T O MERCANTIL DO BRASIL FINANCEIRA S.A. CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS Sede: Belo Horizonte Minas Gerais CAPÍTULO I Denominação, Sede, Objeto e Prazo E S T A T U T O Art. 1º - A Mercantil do Brasil

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE PEDAGOGIA

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE PEDAGOGIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE PEDAGOGIA Aprovado pela Resolução Consuni nº 29/10, de 15/09/2010. CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente regulamento tem por finalidade

Leia mais

NORMA PARA CERTIFICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO DE TRANSMISSORES E TRANSCEPTORES MONOCANAIS ANALÓGICOS AM

NORMA PARA CERTIFICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO DE TRANSMISSORES E TRANSCEPTORES MONOCANAIS ANALÓGICOS AM ANEXO À RESOLUÇÃO N o 370, DE 13 DE MAIO DE 2004. NORMA PARA CERTIFICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO DE TRANSMISSORES E TRANSCEPTORES MONOCANAIS ANALÓGICOS AM 1. Objetivo Esta norma estabelece os requisitos técnicos

Leia mais

e) assinatura do depositante; f) data da abertura da conta e respectivo número; g) despacho do administrador que autorize a abertura da conta

e) assinatura do depositante; f) data da abertura da conta e respectivo número; g) despacho do administrador que autorize a abertura da conta 1 CIRCULAR Nº 162 Aos Estabelecimentos Bancários, Caixas Econômicas e Cooperativas de Crédito Comunicamos-lhes que a Diretoria deste Banco Central, em sessão desta data, resolveu baixar as seguintes normas,

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Entre PRIMEIRO OUTORGANTE..., portador do B.I. n.º.., emitido em. /. /. pelo Arquivo de Identificação de, contribuinte n.º...., residente em... SEGUNDO OUTORGANTE: Casa

Leia mais

PROPOSTA de Limpeza do Condomínio

PROPOSTA de Limpeza do Condomínio PROPOSTA de Limpeza do Condomínio Morada Colina S. João de Brito, Lote 7.4 1750 Lisboa Exmos. Senhores, Colina S. João de Brito, Lote 7.4 1750 Lisboa A Loja do Condomínio tem um serviço de limpeza exclusivo

Leia mais

PRÊMIO DE DESIGN E PUBLICIDADE E PROPAGANDA 2016 UNIARA CATEGORIA UNIVERSITÁRIO

PRÊMIO DE DESIGN E PUBLICIDADE E PROPAGANDA 2016 UNIARA CATEGORIA UNIVERSITÁRIO Na categoria UNIVERSITÁRIO podem ser inscritos trabalhos produzidos em sala de aula para disciplinas constantes nas grades curriculares dos cursos de publicidade e propaganda, propaganda e marketing, design

Leia mais

1. DA SELEÇÃO: 2. DAS INSCRIÇÕES E ENTREVISTA:

1. DA SELEÇÃO: 2. DAS INSCRIÇÕES E ENTREVISTA: EDITAL Nº 17/2015 SELEÇÃO PÚBLICA PARA A CONTRATAÇÃO EMERGENCIAL DE TÉCNICOS DE NÍVEL SUPERIOR, EM CARÁTER TEMPORÁRIO, PARA ATENDIMENTO IMEDIATO DE CARÊNCIAS NOS CENTROS DE REFERÊNCIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS001991/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/09/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR031479/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.011147/2014-94 DATA

Leia mais

V Inscrições 1. No acto da inscrição o participante deverá entregar toda a documentação solicitada e devidamente preenchida.

V Inscrições 1. No acto da inscrição o participante deverá entregar toda a documentação solicitada e devidamente preenchida. I Entidade Organizadora AFUM Associação de Funcionários da Universidade do Minho (AFUM), Campus de Gualtar, 4710-057 Braga, Contribuinte n.º 503595772, número de registo 65/DRN. II Objectivo e caracterização

Leia mais

Perfil e Jornada de Trabalho da Equipe de Profissionais da Estação Juventude Local

Perfil e Jornada de Trabalho da Equipe de Profissionais da Estação Juventude Local PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA-GERAL SECRETARIA NACIONAL DE JUVENTUDE Perfil e Jornada de Trabalho da Equipe de Profissionais da Estação Juventude Local a) COORDENADOR ADJUNTO: 01 (Contratação Temporária

Leia mais

Regulamento Particular

Regulamento Particular Regulamento Particular VISA Nº 255 /TRCAM/2015 em 16/10/2015 PROGRAMA ABERTURA DAS INSCRIÇÕES: Quarta-feira 4 de Novembro ENCERRAMENTO DAS INSCRIÇÕES: Quarta-feira 11 de Novembro 22h00 ENTREGA DO CADERNO

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DO QUADRO DE PESSOAL DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE MONTES CLAROS/MG 1ª RETIFICAÇÃO EDITAL

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS DO QUADRO DE PESSOAL DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE MONTES CLAROS/MG 1ª RETIFICAÇÃO EDITAL A Prefeitura Municipal de Montes Claros, torna pública a presente retificação: No subitem 5.6.1., onde se lê: 5.6.1. As provas serão aplicadas no dia 15/05/2016, no horário indicado para cada cargo no

Leia mais