INOVAÇÃO SOCIAL TUTORIAL DE APOIO E INSPIRAÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INOVAÇÃO SOCIAL TUTORIAL DE APOIO E INSPIRAÇÃO"

Transcrição

1 INOVAÇÃO SOCIAL TUTORIAL DE APOIO E INSPIRAÇÃO

2 INOVAÇÃO SOCIAL ESTE DOCUMENTO SERVE PARA TE INSPIRAR EM ALGUNS BONS EXEMPLOS FEITOS PELO MUNDO FORA! Queremos mostrar-te que é importante saber inovar, pensar de maneira diferente perante um desafio, com vista a um resultado único mas que responda às necessidades do teu projeto. Esperamos que te ajudem no processo de pesquisa e elaboração da tua proposta e que o teu projeto seja uma inspiração para outros também! CONCURSO ANUAL DE IDEIAS PARA JOVENS MUNDAR TUTORIAL DE APOIO E INSPIRAÇÃO INOVAÇÃO SOCIAL 2

3 GRAMEEN DANONE FOODS MODELO DE NEGÓCIO SOCIAL Modelo de negócio social/comunitário criado entre a DANONE e a Grameen (O Banco dos Pobres) no Bangladesh com o objetivo de reduzir a pobreza através de uma alimentação saudável para crianças. O resultado foi a criação de um iogurte que responde às necessidades nutricionais das crianças subnutridas do Bangladesh. Este modelo de negócio e desenvolvimento de um produto específico promove a criação de empregos diretos e indiretos (produtores de leite, trabalhadores das fábricas, revendedores, vendedores porta-a-porta, etc.). Para além disso todo o processo de criação do iogurte é amigo do ambiente, recorrendo a fábricas locais com redução de energia e à utilização de materiais biodegradáveis.

4 LIFESTRAW PRODUTO O LifeStraw é um produto citado por diversas revistas e jornais americanos e europeus como a Invenção do Século. O LifeStraw funciona como um canudo, com um poderoso processo de filtragem que elimina 99,9999% de bactérias e vírus, garantindo proteção total contra microrganismos causadores de diarreia, disenteria, tifoide e cólera, além de salmonela e outras bactérias causadores de doenças. O LifeStraw foi desenvolvido pela empresa Suíça Vestergaard Frandsen com a intenção de ajudar as populações carentes do mundo que não tinham acesso a água potável. lifestraw CONCURSO ANUAL DE IDEIAS PARA JOVENS MUNDAR TUTORIAL DE APOIO E INSPIRAÇÃO INOVAÇÃO SOCIAL 4

5 KROCHET KIDS INTERNATIONAL MODELO DE NEGÓCIO SOCIAL Krochet Kids International é um negócio de gorros feitos em crochet por mulheres marginalizadas em comunidades da América do Sul e África, criando postos de trabalho para as mesmas. Para o consumidor é uma forma de comprar um produto que respeita os trabalhadores e que ajuda, neste caso mulheres em situações sociais frágeis. CONCURSO ANUAL DE IDEIAS PARA JOVENS MUNDAR TUTORIAL DE APOIO E INSPIRAÇÃO INOVAÇÃO SOCIAL 5

6 FREIGHT FARMS PRODUÇÃO ALIMENTAR SUSTENTÁVEL E LOCAL Freight Farms é um conceito que utiliza contentores industriais que são convertidos em produções alimentares hidropónicas. Permitindo a qualquer um produzir a sua comida em qualquer local utilizando unidades sustentáveis de produção, resultando desta forma, numa redução do preço final dos produtos, bem como na pegada de emissão de carbono. Este conceito permite também aos vendedores aumentarem a sua margem de revenda, visto que a distância de distribuição de produto diminui. CONCURSO ANUAL DE IDEIAS PARA JOVENS MUNDAR TUTORIAL DE APOIO E INSPIRAÇÃO INOVAÇÃO SOCIAL 6

7 THE GIRL EFFECT CRIAÇÃO DE UM MOVIMENTO COM PREOCUPAÇÕES SOCIAIS Projeto criado pela Nike Foundation em parcerias com outras entidades, que surge direcionado para as raparigas, em países onde normalmente as mulheres são discriminadas no seu papel social. Partindo do pressuposto que, tendo a mulher um papel mais activo na sociedade (educação, saúde e economia) e no desenvolvimento da mesma, reduz-se os riscos de casamento infantil, gravidez na adolescência, o número de infectados pelo HIV diminui e quebra-se com o ciclo intergeracional de pobreza. Assim, foi desenvolvido um movimento direcionado para as raparigas se tornarem visíveis e criarem um papel diferenciador nas suas comunidades, famílias, país e no mundo. CONCURSO ANUAL DE IDEIAS PARA JOVENS MUNDAR TUTORIAL DE APOIO E INSPIRAÇÃO INOVAÇÃO SOCIAL 7

8 INOVAÇÃO SOCIAL SEED MEMÓRIAS DE S. TOMÉ MODELO DE ECONOMIA SOCIAL O projecto SEED que consistiu na formação de cerca de 27 artesãos, com o objetivo de contribuir para economia social de São Tomé e Príncipe, resultou na criação de 52 produtos, dos quais se destaca as pens USB esculpidas em madeira. A criação das pens USB esculpidas em madeira por artesãos de STP permitiu que os envolvidos auferissem do ordenado mínimo local em apenas 1 dia e meio de trabalho. Simultaneamente permitiu ainda colocar a cultura de STP num contexto global, gerando notícias globalmente que se refletiu em vendas para todo o mundo. Entre inúmeras vendas destaca-se a entrega destas pens a todos os dirigentes dos países presentes na cimeira Europa-África de 2007 em Lisboa. CONCURSO ANUAL DE IDEIAS PARA JOVENS MUNDAR TUTORIAL DE APOIO E INSPIRAÇÃO INOVAÇÃO SOCIAL 8

9 LISBOA SENSORIAL CRIAÇÃO DE UM SERVIÇO Lisboa Sensorial surgiu com o intuito de proporcionar uma experiência inovadora em Lisboa. Assim foi criado o primeiro tour urbano do mundo em que as pessoas vão vendadas acompanhadas por dois guias: um guia cego que nos apresenta o lado sensorial, e um guia turístico formado em história que nos apresenta o contexto histórico e sociocultural de Alfama. Desta forma foi criado um serviço de turismo inovador que para além de experiencial trazia um novo olhar e papel para o cego, acabando por criar um posto emprego onde este é o anfitrião. É um serviço sustentável onde todos os intervenientes recebem pelo seu papel, preocupa-se na inserção e participação da comunidade local. Constou no Top Ten internacional de novas ideias para serviços de turismo na plataforma internacional Springwise.com, e foi objeto de reportagem pela NGC internacional e Travel Channel, para além da extensiva cobertura nacional. ROI calculado em cerca de ,00. CONCURSO ANUAL DE IDEIAS PARA JOVENS MUNDAR TUTORIAL DE APOIO E INSPIRAÇÃO INOVAÇÃO SOCIAL 9

10 COLA LIFE CRIAÇÃO DE UM PRODUTO Simon Berry criou a ColaLife, uma ONG que aproveita uma das maiores redes de distribuição do mundo (Coca-Cola) para fornecer o kit antidiarreico, uma das causas mais comuns de mortalidade infantil. O Kit, chamado Aidpod, foi projetado para caber exatamente no espaço entre as garrafas nas grades de Coca-Cola. Ele contém substâncias reidratantes, sabão, purificador de água e tabletes de Sulfato de Zinco. A iniciativa é já um sucesso na Zâmbia e tem planos de expandir para outros países. CONCURSO ANUAL DE IDEIAS PARA JOVENS MUNDAR TUTORIAL DE APOIO E INSPIRAÇÃO INOVAÇÃO SOCIAL 10

11 A LITRE OF LIGHT REINVENÇÃO DE UM PRODUTO Projeto cujo objetivo é levar luz aos lugares menos favorecidos e comunidades mais vulneráveis. A solução utilizada pelo Projeto Litro de Luz é denominada garrafa de luz solar, que utiliza uma garrafa cheia de água, alimentada pela luz natural do sol. Com baixo custo inicial, a solução requer mão-de-obra mínima para sua instalação, e pode ser construída com materiais reaproveitados e facilmente encontrados. Esta solução proporciona uma iluminação equivalente à potência de 55watts, o que reduz consideravelmente as faturas de energia mensal do consumidor. CONCURSO ANUAL DE IDEIAS PARA JOVENS MUNDAR TUTORIAL DE APOIO E INSPIRAÇÃO INOVAÇÃO SOCIAL 11

12 PARTICIPA EM PARA MAIS INFORMAÇÕES CONTACTA CONCURSO ANUAL DE IDEIAS PARA JOVENS MUNDAR TUTORIAL DE APOIO E INSPIRAÇÃO INOVAÇÃO SOCIAL 12

13 Uma parceria: Promovido por: Financiado por: Cofinanciado por: Parceiros de Divulgação: Lisboa: Rua dos Anjos, Nº 66, 3º, LISBOA Porto: Rua das Flores, Nº 69, R/C, PORTO T: T:

CONCURSO ANUAL DE IDEIAS PARA JOVENS

CONCURSO ANUAL DE IDEIAS PARA JOVENS CONCURSO ANUAL DE IDEIAS PARA JOVENS REGULAMENTO ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO 2 OBJETIVO EIXOS DE INTERVENÇÃO 4 PARTICIPANTES 5 CALENDARIZAÇÃO 4 PROCEDIMENTOS CONCURSAIS 4 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 5 8 AVALIAÇÃO 9

Leia mais

O Programa Bolsa Família

O Programa Bolsa Família Painel sobre Programas de Garantia de Renda O Programa Bolsa Família Patrus Ananias de Sousa Ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome República Federativa do Brasil Comissão de Emprego e Política

Leia mais

OS OBJETIVOS DO DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO NA PERSPECTIVA DE GÊNERO

OS OBJETIVOS DO DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO NA PERSPECTIVA DE GÊNERO OS OBJETIVOS DO DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO NA PERSPECTIVA DE GÊNERO Conjuntura Para além de enfrentarem a discriminação social e familiar, muitas mulheres ainda lutam para ultrapassar os obstáculos ao

Leia mais

COMO PASSAR DE UMA IDEIA A UM PROJETO

COMO PASSAR DE UMA IDEIA A UM PROJETO COMO PASSAR DE UMA IDEIA A UM PROJETO TUTORIAL DE APOIO A IDEIA É O INÍCIO DO PERCURSO, E NÃO O FIM. AGORA QUE JÁ PARTILHASTE IDEIAS COM O TÉCNICO DO PROJETO E/OU COM OUTROS COLEGAS COM QUEM CRIASTE ATÉ

Leia mais

Encontro Investigação, Desenvolvimento e Inovação Lisboa, 07de Outubro de 2013

Encontro Investigação, Desenvolvimento e Inovação Lisboa, 07de Outubro de 2013 Encontro Investigação, Desenvolvimento e Inovação Lisboa, 07de Outubro de 2013 1 PROBLEMA Como responder às crescentes exigências económicas e ambientais, às alterações permanentes e aos diversos estilos

Leia mais

Linhas de Financiamento com Candidaturas abertas - Abril 2012 Regiões / Data países

Linhas de Financiamento com Candidaturas abertas - Abril 2012 Regiões / Data países Linhas de Financiamento com Candidaturas abertas - Abril 2012 Regiões / Links Financiador Tema Questões chave Data Montantes países importantes Notas 1 Gates Advocacy Melhorar o apoio da opinião pública

Leia mais

Case study. Novo Conceito de Hotelaria SUSTENTABILIDADE 360 NA HOTELARIA EM PORTUGAL EMPRESA ENVOLVIMENTO

Case study. Novo Conceito de Hotelaria SUSTENTABILIDADE 360 NA HOTELARIA EM PORTUGAL EMPRESA ENVOLVIMENTO Case study 2010 Novo Conceito de Hotelaria SUSTENTABILIDADE 360 NA HOTELARIA EM PORTUGAL EMPRESA A Inspira, uma joint-venture formalizada em 2006 entre o grupo Blandy, com sede na Madeira e larga experiência

Leia mais

Plano de Atividades 2014

Plano de Atividades 2014 ADRA PORTUGAL Plano de Atividades 2014 Rua Ilha Terceira, 3 3º 100-171 LISBOA Telefone: 213580535 Fax: 213580536 E-Mail: info@adra.org.pt Internet: www.adra.org.pt Introdução A ADRA (Associação Adventista

Leia mais

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO. Organização Paramédicos de Catástrofe Internacional. Morada Rua Pedro Álvares Cabral 1675 106 Pontinha, Odivelas

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO. Organização Paramédicos de Catástrofe Internacional. Morada Rua Pedro Álvares Cabral 1675 106 Pontinha, Odivelas FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Organização Paramédicos de Catástrofe Internacional Diretor(a) Bruno Ferreira Setor de Atividade Voluntariado Social Número de Efetivos 100 NIF 509 557 597 Morada Rua Pedro Álvares

Leia mais

Apresentação. Objetivos do Programa

Apresentação. Objetivos do Programa Diálogo Jovem 0 Índice Assunto Pagina Apresentação 2 Objetivos do Programa 2 Resultados esperados 3 Demandas do Programa 3 Por que investir 4 Origem dos Recursos 5 Metodologia 6 Roteiro do Primeiro encontro

Leia mais

BOAS PRÁTICAS PROGRAMA ESCOLHAS

BOAS PRÁTICAS PROGRAMA ESCOLHAS BOAS PRÁTICAS PROGRAMA ESCOLHAS TUTORIAL DE APOIO BOAS PRÁTICAS PROGRAMA ESCOLHAS NESTE DOCUMENTO PODERÁS INSPIRAR-TE EM ALGUNS BONS EXEMPLOS DE PROJETOS DESENVOLVIDOS NO ÂMBITO DO PROGRAMA ESCOLHAS, ASSIM

Leia mais

Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário

Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário Responsabilidade Social Como estratégia de Sustentabilidade a Responsabilidade Social das Organizações, tornou-se de vital importância para o Terceiro Sector,

Leia mais

SUSTENTABILIDADE...administrar para um novo tempo

SUSTENTABILIDADE...administrar para um novo tempo SUSTENTABILIDADE...administrar para um novo tempo Prof. Wellington Prof. Wellington www.gestormaestro.com.br 1 Objetivos Oferecer uma visão estratégica da governança e da responsabilidade social e ambiental.

Leia mais

O que pode a União Europeia fazer pelas pessoas? O Fundo Social Europeu é uma resposta a esta questão

O que pode a União Europeia fazer pelas pessoas? O Fundo Social Europeu é uma resposta a esta questão 1 2 O que pode a União Europeia fazer pelas pessoas? O Fundo Social Europeu é uma resposta a esta questão 3 A origem do Fundo Social Europeu O Fundo Social Europeu foi criado em 1957 pelo Tratado de Roma,

Leia mais

COMO GERAR IDEIAS TUTORIAL DE APOIO

COMO GERAR IDEIAS TUTORIAL DE APOIO COMO GERAR IDEIAS TUTORIAL DE APOIO COMO GERAR IDEIAS? AS BOAS IDEIAS PODEM VIR DE TODA A GENTE. PODEM MUITO BEM COMEÇAR POR TI. Muita gente pensa que as boas ideias são apenas para os outros, para pessoas

Leia mais

P R O J E T O ALVORADA

P R O J E T O ALVORADA P R O J E T O ALVORADA O Projeto Alvorada foi idealizado pelo Presidente Fernando Henrique Cardoso para reduzir as desigualdades regionais e elevar a qualidade de vida das populações mais carentes do País.

Leia mais

Nossa Declaração de Missão:

Nossa Declaração de Missão: ESTRATÉGIA NACIONAL Nossa Declaração de Missão: A VM é uma parceria internacional, cuja missão é seguir a Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador trabalhando com os pobres e oprimidos para promover a transformação

Leia mais

de social parceria valores dinamismo qualidade relacio mo brasil internacionalização mineração agronegócio fi

de social parceria valores dinamismo qualidade relacio mo brasil internacionalização mineração agronegócio fi história produção transformação metais alumínio aço ní quel zinco celulose cimento indústria energia trabalho co tidiano produtos processos educação comunicação me m ó r i a r e s p o n s a b i l i d a

Leia mais

A empresa em 2014. Quem somos. O que fazemos. recursos

A empresa em 2014. Quem somos. O que fazemos. recursos 6 A Empresa A empresa em 2014 Quem somos A Coca-Cola Iberian Partners é a empresa engarrafadora da The Coca-Cola Company para Espanha, Portugal e Andorra. A empresa constituiu-se em fevereiro de 2013,

Leia mais

O que é a campanha. Continuamos à Espera pretende INFORMAR, INSPIRAR, MOBILIZAR e AGIR em torno da Agenda de Desenvolvimento. Continuamos à Espera 1/5

O que é a campanha. Continuamos à Espera pretende INFORMAR, INSPIRAR, MOBILIZAR e AGIR em torno da Agenda de Desenvolvimento. Continuamos à Espera 1/5 O que é a campanha Continuamos à Espera é uma campanha de Educação para o Desenvolvimento e para a Cidadania Global, centrada nas temáticas da Saúde Sexual e Reprodutiva, Justiça Social, Igualdade de Género

Leia mais

www.tese.org.pt www.facebook.com/tese.ongd www.linkedin.com/in/teseongd

www.tese.org.pt www.facebook.com/tese.ongd www.linkedin.com/in/teseongd www.tese.org.pt www.facebook.com/tese.ongd www.linkedin.com/in/teseongd Energias Renováveis e o Desenvolvimento Social 1. Apresentação da Instituição 2. Projectos da Área das Energias Renováveis e Impactes

Leia mais

NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS

NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS O PROJECTO COMO NASCEU O CARTÃO SOLIDÁRIO O projecto Cartão Solidário nasceu da vontade de responder de forma contínua e sustentável às necessidades das Instituições

Leia mais

Programa de Educação para a Sustentabilidade 2014/2015

Programa de Educação para a Sustentabilidade 2014/2015 Programa de Educação para a Sustentabilidade 2014/2015 Plano de Atividades Programa de Educação para a Sustentabilidade O Programa de Educação para a Sustentabilidade para o ano letivo 2014/2015 integra

Leia mais

Responsabilidade Sócio-ambiental. Um compromisso da Viação Nossa Senhora do Amparo

Responsabilidade Sócio-ambiental. Um compromisso da Viação Nossa Senhora do Amparo Responsabilidade Sócio-ambiental Um compromisso da Viação Nossa Senhora do Amparo A Viação Nossa Senhora do Amparo quer crescer junto com Maricá. A empresa valoriza o desenvolvimento sustentável, como

Leia mais

Projeto de Voluntariado para a Cooperação: MUITO MAIS MUNDO. Plano de acção para o Município de Santa Cruz, Santiago, Cabo Verde.

Projeto de Voluntariado para a Cooperação: MUITO MAIS MUNDO. Plano de acção para o Município de Santa Cruz, Santiago, Cabo Verde. Projeto de Voluntariado para a Cooperação: MUITO MAIS MUNDO Plano de acção para o Município de Santa Cruz, Santiago, Cabo Verde Versão concisa Coordenadores: Dr. José Mendes Alves, Câmara Municipal de

Leia mais

Linhas de Acção. 1. Planeamento Integrado. Acções a desenvolver: a) Plano de Desenvolvimento Social

Linhas de Acção. 1. Planeamento Integrado. Acções a desenvolver: a) Plano de Desenvolvimento Social PLANO DE ACÇÃO 2007 Introdução O CLASA - Conselho Local de Acção Social de Almada, de acordo com a filosofia do Programa da Rede Social, tem vindo a suportar a sua intervenção em dois eixos estruturantes

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu

UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu Rede Social de Aljezur Plano de Acção (2009) Equipa de Elaboração do Plano de Acção de 2009 / Parceiros do Núcleo Executivo do CLAS/Aljezur Ana Pinela Centro Distrital

Leia mais

Newsletter #1 Abril 2013. Apresentação Objectivos Etapas Actividades Realizadas Resultados Próximas Actividades

Newsletter #1 Abril 2013. Apresentação Objectivos Etapas Actividades Realizadas Resultados Próximas Actividades Newsletter #1 Abril 2013 Apresentação Objectivos Etapas Actividades Realizadas Resultados Próximas Actividades Apresentação Este projecto pretende proporcionar às entidades envolvidas, com eficiência e

Leia mais

O que é a SIC Esperança?

O que é a SIC Esperança? O que é a SIC Esperança? A SIC Esperança é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, de utilidade pública, criada em 2003. É o braço da responsabilidade social do grupo Impresa. Trabalha em parceria

Leia mais

Objectivos de Desenvolvimento do Milénio

Objectivos de Desenvolvimento do Milénio Em 2000, 189 chefes de Estado e de Governo assinaram a Declaração do Milénio que levou à formulação de 8 objectivos de desenvolvimento, a alcançar entre 1990 e 2015. Os ODM - Objectivos de Desenvolvimento

Leia mais

AGENDA 21 escolar. Pensar Global, agir Local. Centro de Educação Ambiental. Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89" N 9º15'50.

AGENDA 21 escolar. Pensar Global, agir Local. Centro de Educação Ambiental. Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89 N 9º15'50. AGENDA 21 escolar Pensar Global, agir Local Centro de Educação Ambiental Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89" N 9º15'50.84" O 918 773 342 cea@cm-tvedras.pt Enquadramento A Agenda

Leia mais

Workshop 20 de Junho de 2014. Plataforma de recursos minerais UE, África e América Latina

Workshop 20 de Junho de 2014. Plataforma de recursos minerais UE, África e América Latina Workshop 20 de Junho de 2014 O O Plataforma de recursos minerais UE, África e América Latina QUEM SOMOS Os parceiros do projecto Kandandu são empresas, universidades, associações e redes da área dos recursos

Leia mais

Workshop formativo: Ampelografia das Castas do Vinho Verde I

Workshop formativo: Ampelografia das Castas do Vinho Verde I Workshop formativo: Ampelografia das Castas do Vinho Verde I numerosos sinónimos. Objectivos: A ampelografia é a disciplina da botânica e da agronomia que estuda, identifica e classifica as variedades,

Leia mais

Certificação e Monitorização de Edifícios Públicos Municipais em Cascais

Certificação e Monitorização de Edifícios Públicos Municipais em Cascais Certificação e Monitorização de Edifícios Públicos Municipais em Cascais TECNOFIL Workshop Municípios e Certificação Energética de Edifícios Lisboa, 18 Junho 2009 Objectivos A Agência Cascais Energia é

Leia mais

Visão, Missão e Valores Essenciais

Visão, Missão e Valores Essenciais Visão, Missão e Valores Essenciais Visão Nós possibilitamos uma produção sustentável de alimentos. Nossa visão é o que desejamos ser e como desejamos ser vistos. É aquilo que aspiramos ser. Ela nos inspira

Leia mais

Grupos tematicos on line

Grupos tematicos on line Grupos tematicos on line Compartilhando um mesmo setor, compartilhando compromissos Trabalhando juntos para o desenvolvimento do turismo sustentável GUIA DE ORIENTAÇÃO PARA USUÁRIOS ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO

Leia mais

QUERES SER VOLUNTÁRIO(A) NO GEOTA?

QUERES SER VOLUNTÁRIO(A) NO GEOTA? INVENTARIAÇÃO DE POPULAÇÕES DE AVIFAUNA DA RESERVA NATURAL LOCAL DO PAUL DE TORNADA - Quais os objetivos da tarefa? Manter, incrementar e divulgar os valores naturais da Reserva Natural Local do Paul de

Leia mais

Contribuição de Hidroeléctricas e Barragens para o Desenvolvimento Sustentável em África

Contribuição de Hidroeléctricas e Barragens para o Desenvolvimento Sustentável em África Contribuição de Hidroeléctricas e Barragens para o Desenvolvimento Sustentável em África Madalena Dray Consultora Socio-Ambiental Luanda, 24 a 27 de Setembro de 2013 CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE ENERGIA

Leia mais

Shopping Iguatemi Salvador e ALSCIB

Shopping Iguatemi Salvador e ALSCIB SEMINÁRIO ÉTICA E TRANSPARÊNCIA NAS EMPRESAS DE PEQUENO PORTE Shopping Iguatemi Salvador e ALSCIB Tema: Sustentabilidade Vera Guimarães Shopping Iguatemi História do Iguatemi Com 32 anos, foi inaugurado

Leia mais

O VALOR DAS VERDADEIRAS PARCERIAS PARA O REFORÇO DAS CAPACIDADAES LOCAIS: A EXPERIÊNCIA DO FOJASSIDA. Pretoria Africa du Sul

O VALOR DAS VERDADEIRAS PARCERIAS PARA O REFORÇO DAS CAPACIDADAES LOCAIS: A EXPERIÊNCIA DO FOJASSIDA. Pretoria Africa du Sul O VALOR DAS VERDADEIRAS PARCERIAS PARA O REFORÇO DAS CAPACIDADAES LOCAIS: A EXPERIÊNCIA DO FOJASSIDA Pretoria Africa du Sul Conteúdo 1. Apresentação da FOJASSIDA 2. Introdução 3. Diferentes formas de parcerias

Leia mais

A SAÚDE NA AGENDA DO DESENVOLVIMENTO GLOBAL PÓS-2015

A SAÚDE NA AGENDA DO DESENVOLVIMENTO GLOBAL PÓS-2015 A SAÚDE NA AGENDA DO DESENVOLVIMENTO GLOBAL PÓS-2015 Documento de Posicionamento 1 IMVF Documento de Posicionamento A SAÚDE DA AGENDA PARA O DESENVOLVIMENTO GLOBAL PÓS-2015 Documento de Posicionamento

Leia mais

Oficina do aluno empreendedor

Oficina do aluno empreendedor Agrupamento de Escolas das Taipas Oficina do aluno empreendedor 1. Estrutura organizacional Coordenador: José Alberto Castro Grupo de Recrutamento: EVT (240) Departamento: Expressões Composição do grupo

Leia mais

1. Promover a melhoria das condições de vida das população das áreas susceptíveis

1. Promover a melhoria das condições de vida das população das áreas susceptíveis CNCCD -PROPOSTA DE PROGRAMA DE ACÇÃO NACIONAL DE COMBATE À DESERTIFICAÇÃO 2011 / 2020 1. Promover a melhoria das condições de vida das população das áreas susceptíveis 1- Promover a melhoria das condições

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Standard Chartered Bank, Brasil Página 1 de 8 ÍNDICE I. OBJETIVO... 3 II. CICLO DE REVISÃO... 3 III. DISPOSIÇÕES GERAIS... 3 IV. ESTRUTURA DE GOVERNANÇA... 4

Leia mais

Portugués PRUEBA DE ACCESO A LA UNIVERSIDAD 2012 BACHILLERATO FORMACIÓN PROFESIONAL CICLOS FORMATIVOS DE GRADO SUPERIOR. Examen

Portugués PRUEBA DE ACCESO A LA UNIVERSIDAD 2012 BACHILLERATO FORMACIÓN PROFESIONAL CICLOS FORMATIVOS DE GRADO SUPERIOR. Examen PRUEBA DE ACCESO A LA 2012 Portugués BACHILLERATO FORMACIÓN PROFESIONAL CICLOS FORMATIVOS DE GRADO SUPERIOR Examen Criterios de Corrección y Calificación Este exame tem duas opções. Deves responder a uma

Leia mais

BANCADA FEMININA. UM ESPAçO DE EMPODERAMENTO DA RAPARIGA EM SSR EM MOÇAMBIQUE

BANCADA FEMININA. UM ESPAçO DE EMPODERAMENTO DA RAPARIGA EM SSR EM MOÇAMBIQUE BANCADA FEMININA UM ESPAçO DE EMPODERAMENTO DA RAPARIGA EM SSR EM MOÇAMBIQUE NILZA DOS SANTOS, Brasília, 15 Outúbro 2013 Conteúdo Contexto Conceito de Bancada Feminina Principais Resultados Factores de

Leia mais

www.fiveleafsystem.com APRESENTAÇÃO DO PROJECTO 2013 2014

www.fiveleafsystem.com APRESENTAÇÃO DO PROJECTO 2013 2014 www.fiveleafsystem.com APRESENTAÇÃO DO PROJECTO 2013 2014 O QUE É O FIVE-LEAF SYSTEM O Five-Leaf System é um sistema dinâmico de avaliação da performance ecológica do sector turístico, que em cinco níveis

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO ALVAR DE TURISMO

REGULAMENTO PRÊMIO ALVAR DE TURISMO REGULAMENTO PRÊMIO ALVAR DE TURISMO 1. O Prêmio Foz do Iguaçu celebrou e homenageou, pela primeira vez no ano passado, personalidades que trabalharam pelo desenvolvimento e pela promoção do turismo. O

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO PROJETO

APRESENTAÇÃO DO PROJETO APRESENTAÇÃO DO PROJETO O Projeto Better World Together da BWT Operadora foi lançado em 2015 e consiste, prioritariamente, em promover a cultura da sustentabilidade ambiental e social. Por meio, entre

Leia mais

CIDADES EDUCADORAS DICIONÁRIO

CIDADES EDUCADORAS DICIONÁRIO CIDADES EDUCADORAS A expressão Cidade Educativa, referindo-se a um processo de compenetração íntima entre educação e vida cívica, aparece pela primeira vez no Relatório Edgar Faure, publicado em 1972,

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE CANAVIAIS Concelho de Évora GRANDES OPÇÕES DO PLANO

JUNTA DE FREGUESIA DE CANAVIAIS Concelho de Évora GRANDES OPÇÕES DO PLANO GRANDES OPÇÕES DO PLANO Na continuidade das opções que temos vindo a desenvolver ao longo do nosso mandato, que reflectem nas suas linhas gerais de orientação, uma constante preocupação em proporcionar

Leia mais

Pacto Europeu. para a Saúde. Conferência de alto nível da ue. Bruxelas, 12-13 de junho de 2008

Pacto Europeu. para a Saúde. Conferência de alto nível da ue. Bruxelas, 12-13 de junho de 2008 Pacto Europeu para a Saúde Mental e o Bem-Estar Conferência de alto nível da ue JUNTOS PELA SAÚDE MENTAL E PELO BEM-ESTAR Bruxelas, 12-13 de junho de 2008 Slovensko predsedstvo EU 2008 Slovenian Presidency

Leia mais

SENTE FAZ PARTILHA IMAGINA. Kit do Professor

SENTE FAZ PARTILHA IMAGINA. Kit do Professor Kit do Professor A Associação High Play pretende proporcionar a crianças e jovens um Projecto Educativo preenchido de experiências positivas que permitam o desenvolvimento de competências transversais

Leia mais

AFRICAN UNION UNION AFRICAINE

AFRICAN UNION UNION AFRICAINE Conferência Internacional sobre a Saúde Materna, Neonatal e Infantil em África 01 a 03 de agosto de 2013, Joanesburgo, África do Sul Comunicado Primeiras Consultas Ministeriais Multisetoriais sobre a Saúde

Leia mais

1ª CONFERÊNCIA SOBRE RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL ANGOLA

1ª CONFERÊNCIA SOBRE RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL ANGOLA 1ª CONFERÊNCIA SOBRE RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL ANGOLA Fórum de Responsabilidade Social Corporativa () das Empresas Petrolíferas em Angola 1 Objectivos da da partes interessadas da final 2 Objectivos

Leia mais

PROGRAMA DE AÇÃO E ORÇAMENTO 2015. Servir a comunidade; educar para a cidadania e incluir os mais vulneráveis

PROGRAMA DE AÇÃO E ORÇAMENTO 2015. Servir a comunidade; educar para a cidadania e incluir os mais vulneráveis PROGRAMA DE AÇÃO E ORÇAMENTO 2015 Servir a comunidade; educar para a cidadania e incluir os mais vulneráveis CAPÍTULO I AETP: A INSTITUIÇÃO 1. Introdução No decorrer do ano de 2015 prevê-se que a AETP

Leia mais

Erasmus para Jovens Empreendedores. Programa Europeu de Intercâmbio para Empreendedores

Erasmus para Jovens Empreendedores. Programa Europeu de Intercâmbio para Empreendedores Erasmus para Jovens Empreendedores Programa Europeu de Intercâmbio para Empreendedores Principais Intervenientes Beneficiários Jovens Empreendedores (NE) Empreendedores de acolhimento (HE) Facilitadores

Leia mais

EMPREENDEDORISMO JOVEM METODOLOGIA DESCRITIVA E ORIENTADORA DE ACÇÕES PARA ENQUADRAMENTO DE INICIATIVAS DE EMPREGO LOCAL PARA JOVENS DESEMPREGADOS/AS

EMPREENDEDORISMO JOVEM METODOLOGIA DESCRITIVA E ORIENTADORA DE ACÇÕES PARA ENQUADRAMENTO DE INICIATIVAS DE EMPREGO LOCAL PARA JOVENS DESEMPREGADOS/AS 1 2 EMPREENDEDORISMO JOVEM METODOLOGIA DESCRITIVA E ORIENTADORA DE ACÇÕES PARA ENQUADRAMENTO DE INICIATIVAS DE EMPREGO LOCAL PARA JOVENS DESEMPREGADOS/AS 3 4 TÍTULO: Empreendedorismo jovem - metodologia

Leia mais

MAIS PRÓXIMO DA COMUNIDADE

MAIS PRÓXIMO DA COMUNIDADE MAIS PRÓXIMO DA COMUNIDADE RESPONSABILIDADE SOCIAL Com vista a promover uma cultura de responsabilidade social, o Millennium bcp tem procurado desenvolver um conjunto de acções junto dos vários grupos

Leia mais

Caracterização do território

Caracterização do território Perfil do Município de Cabo Verde, MG 29/07/2013 - Pág 1 de 14 Caracterização do território Área 368,15 km² IDHM 2010 0,674 Faixa do IDHM Médio (IDHM entre 0,6 e 0,699) (Censo 2010) 13823 hab. Densidade

Leia mais

POLÍTICA DE DIVERSIDADE DO GRUPO EDP

POLÍTICA DE DIVERSIDADE DO GRUPO EDP POLÍTICA DE DIVERSIDADE DO GRUPO EDP CONTEXTO Respeitar a diversidade social e a representatividade presente nas comunidades em que as organizações se inserem é um dever ético e simultaneamente um fator

Leia mais

Perfil Municipal - Rio Bom (PR)

Perfil Municipal - Rio Bom (PR) Caracterização do Território Área: 177,4 km² u Densidade Demográfica: 20,0 hab/km² Altitude da Sede: 680 m Ano de Instalação: 1.964 Distância à Capital: 284,5 km Microrregião: Faxinal Mesorregião: Norte

Leia mais

A caminho da igualdade

A caminho da igualdade A caminho da igualdade Estudo mostra que a educação é determinante para reduzir as desigualdades de gênero, em todas as fases de vida das mulheres 50 KPMG Business Magazine Como defender a empresa Os Jogos

Leia mais

Quase 10% dos brasileiros têm mais de 70 anos. Segundo o IBGE, em 40 anos o número de idosos deverá superar o de jovens

Quase 10% dos brasileiros têm mais de 70 anos. Segundo o IBGE, em 40 anos o número de idosos deverá superar o de jovens Um país de idosos Quase 10% dos brasileiros têm mais de 70 anos. Segundo o IBGE, em 40 anos o número de idosos deverá superar o de jovens A expectativa de vida do brasileiro aumentou mais de 20 anos em

Leia mais

Estratégia de Desenvolvimento no Brasil e o Programa Bolsa Família. Junho 2014

Estratégia de Desenvolvimento no Brasil e o Programa Bolsa Família. Junho 2014 Estratégia de Desenvolvimento no Brasil e o Programa Bolsa Família Junho 2014 Estratégia de Desenvolvimento no Brasil Estratégia de desenvolvimento no Brasil Crescimento econômico com inclusão social e

Leia mais

Produto mais sustentável

Produto mais sustentável Produto mais sustentável De maneira geral, um produto pode ser considerado mais sustentável por diversas razões: a) processo de fabricação com baixo impacto: consiste em produtos que eliminaram ingredientes

Leia mais

Educação para a Cidadania linhas orientadoras

Educação para a Cidadania linhas orientadoras Educação para a Cidadania linhas orientadoras A prática da cidadania constitui um processo participado, individual e coletivo, que apela à reflexão e à ação sobre os problemas sentidos por cada um e pela

Leia mais

aumento da população mundial aumento da produtividade, sustentabilidade dos recursos e segurança alimentar Necessidades:

aumento da população mundial aumento da produtividade, sustentabilidade dos recursos e segurança alimentar Necessidades: Enquadramento Desafios: aumento da população mundial aumento da produtividade, sustentabilidade dos recursos e segurança alimentar Necessidades: eficiência dos sistemas agrícolas e florestais gestão sustentável

Leia mais

Carta do Movimento Paz & Proteção

Carta do Movimento Paz & Proteção Carta do Movimento Paz & Proteção A infância é considerada merecedora de proteção especial por todas as religiões do mundo. A violência contra crianças e adolescentes, assim como a exploração e o abuso,

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO (REVISTO) 2014-2016 VALORIZAÇÃO DA DIGNIDADE HUMANA, ATRAVÉS DE UMA ECONOMIA SUSTENTÁVEL

PLANO ESTRATÉGICO (REVISTO) 2014-2016 VALORIZAÇÃO DA DIGNIDADE HUMANA, ATRAVÉS DE UMA ECONOMIA SUSTENTÁVEL PLANO ESTRATÉGICO (REVISTO) 2014-2016 VALORIZAÇÃO DA DIGNIDADE HUMANA, ATRAVÉS DE UMA ECONOMIA SUSTENTÁVEL 1 PLANO ESTRATÉGICO 2014-2016 REUNIÃO DA COMISSÃO EXECUTIVA ABIDJAN 2014 2 PLANO ESTRATÉGICO 2014-2016

Leia mais

Plano Nacional de Leitura

Plano Nacional de Leitura Agrupamento de Escolas das Taipas Plano Nacional de Leitura 1. Estrutura organizacional Coordenador: Carlos Monteiro Grupo de Recrutamento: 300 Departamento: Línguas Composição do grupo de trabalho: docentes

Leia mais

ACTIVIDADES ESCOLA Actividades que a SUA ESCOLA pode fazer

ACTIVIDADES ESCOLA Actividades que a SUA ESCOLA pode fazer ACTIVIDADES ESCOLA Actividades que a SUA ESCOLA pode fazer Crianças e jovens numa visita de estudo, Moçambique 2008 Produzir materiais informativos sobre cada um dos temas e distribuir em toda a escola

Leia mais

GUIA PRÁTICO APOIOS SOCIAIS FAMÍLIA E COMUNIDADE EM GERAL

GUIA PRÁTICO APOIOS SOCIAIS FAMÍLIA E COMUNIDADE EM GERAL Manual de GUIA PRÁTICO APOIOS SOCIAIS FAMÍLIA E COMUNIDADE EM GERAL INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/9 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia

Leia mais

Casa do Povo de Vilarandelo. Plano de Ação 2015-2018

Casa do Povo de Vilarandelo. Plano de Ação 2015-2018 Plano de Ação 2015-2018 Eixo de Intervenção 1 Emprego, Formação e Qualificação a) Estabelecimento da Parceria com o Instituto de Emprego e Formação Profissional, I.P., com o objetivo de facilitar os processos

Leia mais

DESENVOLVIMENTO SUSTENTAVEL E AS NOVAS DEMANDAS DE CONSUMO. Belém/ Pará Outubro/ 2010 Luzia Aquime

DESENVOLVIMENTO SUSTENTAVEL E AS NOVAS DEMANDAS DE CONSUMO. Belém/ Pará Outubro/ 2010 Luzia Aquime 1 DESENVOLVIMENTO SUSTENTAVEL E AS NOVAS DEMANDAS DE CONSUMO Belém/ Pará Outubro/ 2010 Luzia Aquime Desafios que o mundo enfrenta hoje CRESCIMENTO POPULACIONAL 6 10 11 INsustentabilidade Como responde

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2008

PLANO DE ACÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2008 PLANO DE ACÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2008 O ano de 2008 é marcado, em termos internacionais, pela comemoração dos vinte anos do Movimento Internacional de Cidades Saudáveis. Esta efeméride terá lugar em Zagreb,

Leia mais

2011/2012. CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente

2011/2012. CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente PLANO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL 2011/2012 CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente 2011/2012 Índice: Introdução Ações de Sensibilização: Ateliers: Datas Comemorativas: Visitas de Estudo: Concursos: Projetos:

Leia mais

Programa 5 ao Dia. Um Alimentação Saudável está nas nossas mãos.

Programa 5 ao Dia. Um Alimentação Saudável está nas nossas mãos. Programa 5 ao Dia Um Alimentação Saudável está nas nossas mãos. O que é o Programa 5 ao Dia? Enquadramento Conceito Objectivos e Destinatários Associação 5 ao Dia Desenvolvimento Enquadramento Mudança

Leia mais

APRESENTAÇÃO CANAL PORTA A PORTA PARA NOVOS MICRO-DISTRIBUIDORES

APRESENTAÇÃO CANAL PORTA A PORTA PARA NOVOS MICRO-DISTRIBUIDORES APRESENTAÇÃO CANAL PORTA A PORTA PARA NOVOS MICRO-DISTRIBUIDORES Agenda 1. Introdução A. Nestlé no Mundo B. Nestlé no Brasil C. Baixa Renda e BoP 2. Programa Nestlé até Você A. Modelo Porta a Porta B.

Leia mais

Soluções de Financiamento para a Internacionalização

Soluções de Financiamento para a Internacionalização Soluções de Financiamento para a Internacionalização por João Real Pereira Internacionalização para Moçambique Oportunidades e Financiamento 15 de Março de 2012 Braga Sumário 1. O que é a SOFID? Estrutura

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES

PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES Projeto de Lei n 340/99 464 LEI N 4.864 DE 12 DE MARÇO DE 1999 Dispõe sobre a Política Municipal do Idoso, e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES; FAÇO SABER QUE A CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

Rua Fernão Lopes Nº 9 3º Dto 1000-132 Lisboa Portugal Tlm.: (+351) 932 614 288 Email: ricardo.madeira@lisboa2013.org

Rua Fernão Lopes Nº 9 3º Dto 1000-132 Lisboa Portugal Tlm.: (+351) 932 614 288 Email: ricardo.madeira@lisboa2013.org Comissão Local da Convenção de Rotary International Lisboa 2013 Rua Fernão Lopes Nº 9 3º Dto 1000-132 Lisboa Portugal Tlm.: (+351) 932 614 288 Email: ricardo.madeira@lisboa2013.org w w w. l i s b o a 2

Leia mais

pasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwe rtyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbn Ciências

pasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwe rtyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbn Ciências Qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfg hjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuio Planejamento Anual 2014 pasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwe

Leia mais

PROGRAMA DE ADOÇÃO DE PRINCÍPIOS SOCIOAMBIENTAIS

PROGRAMA DE ADOÇÃO DE PRINCÍPIOS SOCIOAMBIENTAIS A Copagaz A Copagaz, primeira empresa do Grupo Zahran, iniciou suas atividades em 1955 distribuindo uma tonelada de Gás Liquefeito de Petróleo - GLP por dia nos estados de São Paulo, Mato Grosso e Mato

Leia mais

POLÍTICA DE COESÃO 2014-2020

POLÍTICA DE COESÃO 2014-2020 DESENVOLVIMENTO LOCAL ORIENTADO PARA A COMUNIDADE POLÍTICA DE COESÃO 2014-2020 A Comissão Europeia aprovou propostas legislativas no âmbito da política de coesão para 2014-2020 em outubro de 2011 Esta

Leia mais

Estratégia Integrada para as Pessoas Sem Abrigo em Lisboa. Apresentação à CML 11.4.2012 Vereadora Helena Roseta

Estratégia Integrada para as Pessoas Sem Abrigo em Lisboa. Apresentação à CML 11.4.2012 Vereadora Helena Roseta Estratégia Integrada para as Pessoas Sem Abrigo em Lisboa Apresentação à CML 11.4.2012 Vereadora Helena Roseta Estratégia Integrada para as Pessoas Sem Abrigo em Lisboa A Estratégia que se propõe para

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO HENRIQUE MEDINA PROJETO PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO HENRIQUE MEDINA PROJETO PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO HENRIQUE MEDINA PROJETO PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE Ano letivo 2014/2015 1. Enquadramento Entre os objetivos prioritários da atual política educativa encontram-se os

Leia mais

Indicador ANEFAC dos países do G-20 Edição 2013. Por Roberto Vertamatti*

Indicador ANEFAC dos países do G-20 Edição 2013. Por Roberto Vertamatti* Indicador ANEFAC dos países do G-20 Edição 2013 Por Roberto Vertamatti* Brasil recua novamente para a 15ª posição por não melhorar índices de saúde, educação e renda e piorar em relação a pobreza e desigualdade

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

POLÍTICAS PÚBLICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL 1 POLÍTICAS PÚBLICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL Erika Cristina Pereira Guimarães (Pibid-UFT- Tocantinópolis) Anna Thércia José Carvalho de Amorim (UFT- Tocantinópolis) O presente artigo discute a realidade das

Leia mais

O Currículo das Séries Iniciais e a Educação para a Saúde

O Currículo das Séries Iniciais e a Educação para a Saúde Nas séries iniciais do ensino fundamental, o currículo enfatiza a assimilação de conceitos e busca desenvolver as estruturas cognitivas. Ele procura fornecer aos alunos condições necessárias para aprendizagens

Leia mais

Qual o âmbito deste protocolo e que tipo de projectos pretende apoiar?

Qual o âmbito deste protocolo e que tipo de projectos pretende apoiar? QUESTÕES COLOCADAS PELO JORNALISTA MARC BARROS SOBRE O PROTOCOLO ENTRE A FNABA E O TURISMO DE PORTUGAL Qual o âmbito deste protocolo e que tipo de projectos pretende apoiar? Com propostas para fazer e

Leia mais

Bases SólidasS. Educação e Cuidados na Primeira Infância. Curso: Ciências da Educação Ano lectivo: 2007/2008 2º Ano / 1º Semestre

Bases SólidasS. Educação e Cuidados na Primeira Infância. Curso: Ciências da Educação Ano lectivo: 2007/2008 2º Ano / 1º Semestre Curso: Ciências da Educação Ano lectivo: 2007/2008 2º Ano / 1º Semestre Bases SólidasS Educação e Cuidados na Primeira Infância Docente: Prof. Nuno Silva Fraga Cadeira: Educação Comparada A Educação Primária

Leia mais

Rede Social - Conselho Local de Acção Social de Coruche (CLAS) PLANO DE ACÇÃO ANUAL 2009

Rede Social - Conselho Local de Acção Social de Coruche (CLAS) PLANO DE ACÇÃO ANUAL 2009 Rede Social - Conselho Local de Acção Social de Coruche (CLAS) PLANO DE ACÇÃO ANUAL 2009 1 1. ÁREA DE INTERVENÇÃO ACÇÃO SOCIAL Promover a integração social dos grupos socialmente mais vulneráveis * Romper

Leia mais

CONCURSO SOCIOAMBIENTAL FENABB2011 RECURSOS SÓLIDOS RECICLAR E PRECISO. Baturité-CECidade-UF

CONCURSO SOCIOAMBIENTAL FENABB2011 RECURSOS SÓLIDOS RECICLAR E PRECISO. Baturité-CECidade-UF CONCURSO SOCIOAMBIENTAL FENABB2011 RECURSOS SÓLIDOS RECICLAR E PRECISO Baturité-CECidade-UF 2011 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1. NOME DA AABB: Associação Atlética Banco do Brasil de Baturité 1.2. TÍTULO: RECICLAR

Leia mais

PROJECTO TER TOTAL ENERGY ROCKS

PROJECTO TER TOTAL ENERGY ROCKS PROJECTO TER 15 DE DEZEMBRO DE 2009 Projecto desenvolvido por: Professora Ana Mafalda Henriques Alunos Adriano Félix Ana Filipa Gonçalves Ana Rita Castelão André Gomes Lady Burrell Lauro Espanhol Marta

Leia mais

Benjamin Petit para a AFD. Agence Française de Développement

Benjamin Petit para a AFD. Agence Française de Développement R E S U L T A D O S Benjamin Petit para a AFD Agence Française de Développement Frente aos desafios comuns a todos, promovendo novos modelos de desenvolvimento Em um mundo sempre mais interdependente,

Leia mais

1 DONATIVO = 1 POSTAL ELECTRÓNICO

1 DONATIVO = 1 POSTAL ELECTRÓNICO A campanha Prenda AMIga tem como objectivo angariar fundos para os projectos nacionais, internacionais e ambientais da AMI. Pretende-se sensibilizar e incentivar o espírito solidário das empresas e da

Leia mais

ROJECTO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO

ROJECTO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO O Capítulo 36 da Agenda 21 decorrente da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, realizada em 1992, declara que a educação possui um papel fundamental na promoção do desenvolvimento

Leia mais

Projeto Cidade Inteligente e Sustentável Smart City Módulo 1 CIS APPs

Projeto Cidade Inteligente e Sustentável Smart City Módulo 1 CIS APPs Projeto Cidade Inteligente e Sustentável Smart City Módulo 1 CIS APPs Projeto Cidade Inteligente O que é O Projeto Cidade Inteligente e Sustentável - Smart City é uma ação focada no uso da tecnologia e

Leia mais

PROJETO ANUAL. Tema Central: Mãe Terra, o que deixaremos para os nossos filhos?

PROJETO ANUAL. Tema Central: Mãe Terra, o que deixaremos para os nossos filhos? PROJETO ANUAL Tema Central: Mãe Terra, o que deixaremos para os nossos filhos? I TRIMESTRE Turmas: Maternal ao 5º ano Enfatizando: Maternal e jardim I: O Circo {A magia do riso] Levar os alunos a compreender

Leia mais