Seguros nas Parcerias Público-Privadas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Seguros nas Parcerias Público-Privadas"

Transcrição

1 Jardine Lloyd Thompson Group plc Seguros nas Parcerias Público-Privadas Maio 2014

2 Índice 1- A JLT 2- PPP, Background 3- As diferentes Perspectivas 4- Princípios do Programa de Seguros nas PPP 5- Estrutura do Programa de Seguros 6- O Papel do Corretor de Seguros nas PPP 7- A nossa expertise em Construção

3 Jardine Matheson Holdings Fundada em 1832, a Jardine Matheson & Co (JM & Co) começa na cidade de Canton na China, sendo a primeira empresa privada, em 1834, a exportar chá para a Inglaterra, quando as Companhias do Leste da India perderam o monopólio do comércio internacional. Matriz em Hong kong - A Jardine Matheson promoveu a fundação de Hong Kong em 1836 comprando os primeiros lotes de terras e iniciando sua urbanização. Mr. Matheson foi primeiro governador geral de Hong Kong(Tai Pan); Amplo portfólio de empresas líderes de mercado em engenharia, construção, transporte, comércio de motor, propriedades, seguros, restaurante e hotel; 182 anos de existência; Presença em mais de 130 países; Aproximadamente funcionários; Faturamento em 2012 U$ 60,5 bilhões.

4 Jardine Lloyd Thompson JLT Jardine Lloyd Thompson é uma das mais importantes empresas especializadas em Gestão de Riscos, Corretagem de Seguros e Resseguros e Consultoria em Capital Humano de todo o mundo. A JLT foi fundada em O Grupo Thompson passou a ser listado na Bolsa de Valores de Londres em 1987 e está posicionada entre as 4 maiores corretoras de seguro e resseguro. JLT Group em 2013: Mais de funcionários Faturamento > USD 1,6 bilhão > USD 10 bilhões prêmios colocados Mais de 100 escritórios em 35 países

5 JLT Brasil Holdings Fundada em 1989 no Brasil, a JLT conta com mais de 300 funcionários e 7 escritórios nas principais cidades do país. Nossos profissionais possuem alto nível técnico e atuam de forma multidisciplinar, buscando oferecer soluções inovadoras e diferenciadas para os nossos clientes. Especializada em riscos corporativos, tornou-se líder nos principais segmentos de seguros e resseguros. A Corretora também estrutura programas internacionais para empresas brasileiras que atuam no exterior, através dos escritórios da JLT presentes em mais de 135 países. Maior Broker de Resseguros no Brasil; Experiência local com expertise global em todos os ramos de Resseguros, Seguros, Benefício e Consultoria. Filiais: São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Fortaleza, Curitiba, Vitória e Belo Horizonte; Volume de prêmio emitido em 2012: *Seguros: R$ 400 milhões *Resseguros: R$ 700 milhões

6 2- Background Origem - Anos 90 no Reino Unido: O governo conservador quer uma maior participação do setor privado na prestação de serviços públicos - Reduzir a utilização dos recursos públicos a cambio de uma concessão por período de anos Serviços nas PPP - Aquisição de um serviço pelo setor privado, vs. aquisição de ativos - Rodovias, Prisões, Hospitais, Escolas, Energia, Transporte, etc. Legislação favorável - Lei Federal /2004 (30 dezembro 2004). Introduz o modelo PPP no marco jurídico Brasileiro - Hoje, pelo menos 11 dos 26 estados tem normativa em matéria PPP

7 3- As diferentes Perspectivas Contrato Financiamento Contrato de Acionistas Contrato de Concessão Contrato de Construção Apólice(s) de Seguro(s) Contrato de O&M

8 3- As diferentes Perspectivas Maior Risco que na contratação tradicional - Financiamento sem recurso: empréstimo garantido apenas com as rendas esperadas do projeto e os ativos Maior Controle da Estrutura - Verificar que os interesses das diferentes partes do projeto estão cobertos corretamente - Ter apenas um interlocutor para todos os Riscos... SPE Maximizar a Transferência de Riscos Desafio para o Mercado de Seguros - Coberturas mais Amplas que o standard Garantir a prestação do Serviço Público

9 4- Princípios dos Seguros nas PPP Apólices mais abrangentes - Vamos ter que trabalhar em muitos casos com Apólices a Medida Incerteza dos custos durante a Concessão - O Mercado de Seguros e cíclico. - Concessões de anos Requerimentos para os Seguros - Contratos do Projeto: Financiamento, Construção, O&M... - Due Dilligence: Satisfação dos interesses dos Financiadores Condição para o Fechamento Financeiro - Due Dilligence

10 5- Programas de seguros PPP Fornecimento Construção Exploração Transporte (project cargo) Delay in Start-Up Riscos de Engenharia Delay in Start-Up Responsabilidade Civil RC do Empregador Sabotagem e Terrorismo (+DSU) Risc. Operac. + Quebra Máquinas Interrupção de Negócios Responsabilidade Civil RC do Empregador Sabotagem e Terrorismo (+BI)

11 5- Programas de seguros PPP Perdas de Receita - Para todas as fases do projeto: Transporte (DSU), Construção (DSU) e Operação (Interrupção do Negocio) - Conceito a ser segurado: igual ou superior ao Serviço da Dívida esperado acrescido dos custos fixos para a continuação da exploração

12 5- Programas de seguros PPP Cláusulas de Proteção dos interesses dos Financiadores - Loss payee - Severability of interests - Error and omissions - Notification - Non cancellation

13 6- Papel do Corretor nas PPP

14 6- Papel do Corretor nas PPP compreensão detalhada do setor PPP e das necessidades do SPE uma equipe dedicada de pessoas com experiência ter força de negociação, não apenas frente as seguradoras

15 6- Papel do Corretor nas PPP Desenho de uma apólice a medida com base em: - Coberturas mais abrangentes - Os seus requerimentos contratuais - O seu apetite pelo risco Serviços durante a fase de pré-construção: - Analise dos principais contratos do projeto - Assessoria na alocação do risco e sua segurabilidade - Desenho dos seguros atendendo os requerimentos (governo e financiadores) Serviços durante a fase de construção: - Desenho de manuais para sinistros - Acompanhamento das reuniões de Gerenciamento de Riscos e sinistros - Assessoria nas reclamações no caso de sinistros

16 6- Papel do Corretor nas PPP

17 6- Papel do Corretor nas PPP compreensão detalhada do setor PPP e das necessidades do Governo uma equipe dedicada de pessoas com experiência Apoio na elaboração dos requerimentos nos editais e contratos

18 6- Papel do Corretor nas PPP

19 6- Papel do Corretor nas PPP compreensão detalhada do setor PPP e das necessidades dos Financiadores uma equipe dedicada de pessoas com experiência avaliação do programa de seguros, antes do fechamento financeiro

20 6- Papel do Corretor nas PPP JLT tem uma extensa experiência em PPP, tendo atuado em mais de 350 projetos fechados, tanto como broker e como assessor. Temos uma equipe dedicada desde 1995 para atender as necessidades dos nossos clientes em PPP. A equipe tem amplo conhecimento de PPP durante as fases de construção de licitação, e exploração dos projetos.

21 Seguros para a fase de Construção JLT Construction Para quem trabalhamos Prêmios anuais Atuamos durante a Maior Corretor 25 aniversario Network Internacional Empreiteiras e Proprietários Governo Financiadores Mais de USD 50 milhões no Brasil Mais de USD 600 milhões Mundial Negociação e colocação Redação da apólice (Taylor Made) Sinistros PPP / PFI > 350 projetos(> USD 30 bilhões) Time dedicado desde 1995 Fases de Licitação-Construção-O&M

22 Experiência 5 últimos anos Valores totais dos Projetos (USD) segurados a través da JLT: $21 bilhões América do Norte $45 bilhões América Latina $73,5 bilhões Europa $50 bilhões Médio Oriente $9,5 bilhões África $45 bilhões Ásia $8 bilhões Austrália

23 Projetos Construção no Brasil Projeto: Brasil Terminal Portuário Descrição: Remediação e construção do Terminal Portuário Período: > 38 meses Valor: U$ 603 milhões Projeto: UHE Belo Monte Descrição: Usina Hidrelétrica com Capacidade de ,1 MW Período: 96 meses Valor: R$ 20 bilhões Projeto: Aços Longos Descrição: Construção dos Trecho 1 e Trecho 2, com extensões de 13,06 e 11,48Km Período: 51 meses Valor: R$ 2,6 bilhões Projeto: Etanolduto Paulínia - Ribeirão Preto Descrição: Etanolduto de aprox. 208 km, incluindo centro coletor Período: > 20 meses Valor: R$ 798 milhões

24 Contatos JLT Brasil Corretagem de Seguros Av. Paulista, 854 5º andar São Paulo Telefone: JLT Re Brasil Corretagem de Resseguros Av. Beira Mar, 200 8º andar Centro - Rio de Janeiro Telefone: Nossos Valores Colaboração. Reconhecemos que nossos colaboradores são os motivadores do nosso sucesso. Nossos colaboradores trabalham juntos no time JLT compartilhando conhecimento, solucionando problemas e levando as melhores soluções para os nossos clientes. Agilidade. Pensamos rapidamente, movimentamos prontamente e agimos decisivamente. A JLT trabalha e se desenvolve em um ambiente de constantes e rápidas mudanças. Um dos pilares de nosso sucesso é a nossa capacidade de rápida mudança e de pensamento ágil e criativo, atendendo as reais necessidades dos nossos clientes. Rigor. Trabalhamos com integridade e disciplina, defendendo o que acreditamos. O que realmente importa para a JLT é fazer o que é certo para nossos clientes, colaboradores, parceiros e sócios.

25 Jardine Lloyd Thompson Group plc Seminário PPP Seguro Garantia Maio 2014

26 Seguro Garantia Investidores Governo Financiadores Empresa EMPRESA Mercado Segurador INSURANCE BROKERS Construção (EPC) Operação e Manutenção

27 Seguro Garantia Conceito Empresa Governo Partes Tomador: Empresa Privada, Consórcio ou SPE Segurado Modalidades Bid Bond Performance Bond e/ou Concessão Contratos Edital Contrato Principal Apólice Legislação Circular SUSEP nº 477/2013 Lei 8.666/1993

28 Seguro Garantia Conceito Investidor Empresa Partes Tomador Segurado Modalidades Performance Bond Garantias Financeiras Contratos Contrato Principal Estudo de Viabilidade Econômica do Projeto Apólice Legislação Circular SUSEP nº 477/2013

29 Seguro Garantia Financiador Empresa Conceito Partes Tomador Segurado Modalidades Completion Bond Garantias Financeiras Contratos Edital Contrato Principal Contratos de Financiamento Estudo de Viabilidade Econômica do Projeto Apólice Legislação Circular SUSEP nº 477/2013

30 Seguro Garantia Conceito Partes Tomador Segurado Construtor e Fornecedor Empresa Modalidades Performance Bond Fiel Cumprimento Perfeito Funcionamento Contratos Contrato Particular entre as Partes Apólice Legislação Circular SUSEP nº 477/2013

31 Seguro Garantia Conceito Partes Tomador Segurado Empresa Operação e Manutenção Modalidades Performance Bond Fiel Cumprimento Perfeito Funcionamento Contratos Contrato Particular entre as Partes Apólice Legislação Circular SUSEP nº 477/2013

32 Seguro Garantia Conceito Empresa Mercado Segurador Partes Tomador Seguradora Direitos & Obrigações Tomador Seguradora Contratos Contrato de Contragarantia Isenção de Responsabilidade Direito de Sub-rogação Legislação Circular SUSEP nº 477/2013

33 Seguro Garantia Mercado BROKER Segurador Relevância do Broker Governo Investidores Financiadores Construção Civil Operação & Manutenção Mercado Segurador Partes Tomador Segurado Seguradora Negociação com o Mercado Fase Cadastral Subscrição preliminar de riscos Administração das fases do projeto

34 Contatos JLT Brasil Corretagem de Seguros Av. Paulista, 854 5º andar São Paulo Telefone: JLT Re Brasil Corretagem de Resseguros Av. Beira Mar, 200 8º andar Centro - Rio de Janeiro Telefone: Nossos Valores Colaboração. Reconhecemos que nossos colaboradores são os motivadores do nosso sucesso. Nossos colaboradores trabalham juntos no time JLT compartilhando conhecimento, solucionando problemas e levando as melhores soluções para os nossos clientes. Agilidade. Pensamos rapidamente, movimentamos prontamente e agimos decisivamente. A JLT trabalha e se desenvolve em um ambiente de constantes e rápidas mudanças. Um dos pilares de nosso sucesso é a nossa capacidade de rápida mudança e de pensamento ágil e criativo, atendendo as reais necessidades dos nossos clientes. Rigor. Trabalhamos com integridade e disciplina, defendendo o que acreditamos. O que realmente importa para a JLT é fazer o que é certo para nossos clientes, colaboradores, parceiros e sócios.

35 Jardine Lloyd Thompson Group plc Treinamento PPP Maio 2014

36 PPP Project Insurances Nick Smith, Partner, JLT Specialty and Carlos Romero, Placement Director, JLT Brasil

37 Who we are JLT is one of the world s largest providers of insurance, reinsurance and employee benefits related advice, brokerage and associated services. Our client proposition is built upon our deep specialist knowledge, client advocacy, tailored advice and service excellence. Together, we place our clients first, champion independent thinking and expect to be judged on the results we deliver. The value we create is driven through the personal determination of our 9,100 highly motivated and skilled people.

38 Where we operate JLT has offices in 39 territories with some 9,100 employees supported by the JLT International Network enabling us to offer risk management and employee benefit solutions in over 135 countries. Subsidiaries Australia Bahrain Barbados Bermuda Brazil Canada Chile China Colombia Denmark Finland France Germany Guernsey Hong Kong India Indonesia Ireland Japan Macau Associates Austria/Central & Eastern Europe France Italy Mexico Spain

39 Our Mission, Strategy & Values Mission Strategy Values Client First We act in our clients best interests and bring the best of JLT to all of our clients The five elements of our strategy balance the interest of our clients, our employees, our trading partners and our shareholders. Focusing and growing in specialist areas Focusing and growing in specialist areas within our existing operations where we can offer distinctive products, services and independent choice. Collaboration Our people work together as One JLT to share knowledge, solve problems and deliver the best solutions for our clients Independent We advise our clients without influence or bias and value innovation and creativity Building our international reach and relevance Improving our efficiency and effectiveness Building our international reach and relevance, especially in the world s high growth economies, to better meet the needs of local multinational clients and trading partners. improving the way we work and serve clients through innovation and by investing in the efficiency and effectiveness of our people, systems and processes. Agility Our entrepreneurial drive gives us the freedom to take on new challenges, think creatively and capture opportunities that others cannot. Results Based We expect to be judged and rewarded on our performance Providing a distinctive working environment Operating collaboratively as One JLT Providing a distinctive, entrepreneurial and results-based work environment that attracts, develops and retains the best individuals. Operating collaboratively as One JLT to bring the best of JLT to our clients and trading partners anywhere in the world. Rigour Our work is thorough and our solutions robust, because it really matters to us to do what is right for our clients, our people, our trading partners and our investors.

40 What we do Risk & Insurance Advice and Consultancy Brokerage and placement Access to specialist insurance products Other services Advising our clients on their risk requirements Ensuring they understand their potential risks Allowing clients to make informed decisions Providing capital raising and corporate financial advice Acting as intermediaries with insurers/ reinsurers all over the world Using our specialist knowledge to negotiate best terms for our clients Providing our clients with access to facilities and products through bespoke agreements with insurers Providing a range of related services to clients and market counterparties such as captive and claims management Working in partnership with clients to manage the key risks they face, JLT acts as their intermediary with insurers and reinsurers as well as providing related risk management, analytical, advisory and other administrative services.

41 What we do Employee Benefits Pension and retirement services Health and benefits Investment services Wealth management Providing services to pension trustees and corporate sponsors Actuarial and risk transfer consultancy Independent trustee services Members communications Providing advice on and implementing employee health and benefit programmes Placing of health and benefit programmes Using JLT s online integrated platform BenPal to manage programmes Advising on investment and discretionary management of assets for high-net-worth individuals and pension schemes Offering advice and support to high-net-worth individuals on holistic financial planning At retirement support and life protection planning JLT offers a comprehensive range of employee benefits advice and services from pensions consultancy and administration to employee healthcare, wellness and protection and from investment consultancy and discretionary fund management to individual wealth management.

42 Our major shareholders* % Held Jardine Matheson 40.1 MFS Investment Management Employees, Trusts & Directors Silchester Ameriprise Financial Inc Jardine Matheson 2013 Results Gross Revenue* US$61,380m Underlying PBT* US$4,600m Employees 390,000 Market Cap US$40,766m *includes 100% of revenue from associates and joint ventures *As at February 2014

43 JLT from a client s perspective Top 5 selection criteria when choosing a broker Ranking JLT Marsh Aon Willis 1) Understanding the clients business and needs ) Standard of client service ) Policy wording advice and capability ) Proactivity ) Sector knowledge November 2011

44 2013 Financial 2013 full year 2012 full year Total revenue* 979.2m 880.1m Underlying trading profit** Underlying profit before tax** Reported profit before tax 185.4m 177.4m 154.6m 160.4m 161.7m 156.8m * Total revenue comprises fees, commissions and investment income ** Underlying results exclude exceptional items

45 2013 Revenue by Division and Location of Client Risk & Insurance revenue Employee Benefits revenue 719.4m 255.2m UK 35% Americas 25% Australia & New Zealand 15% Asia 15% Europe 8% Rest of world 2%

46 JLT Specialty Limited JLT Specialty Limited wholly owned 20% of the Group 900+ staff Financiers insurance due diligence team 8 staff Part of construction and real estate division Well over 400 mandates undertaken by current team members collectively All sectors (Infrastructure, Natural Resources, Energy, Process Industries, Petrochemicals, Power & Renewables) PPP, PFI

47 Projects and Insurance

48 Insurance Due Diligence Overview Review Project Risks Review Project Agreements to understand insurance and risk allocation Set out Insurance requirements Insurances to be controlled by Project Assess adequacy of project insurance to cover project risks

49 Risk Factors Non Political Force Majeure (Earthquake, Storm, Flood, F,L,EX, A) Political Force Majeure (S&T, SRCC, Munitions, War) Non Force Majeure (accidental damage, breakdown, defective design, plan specification or workmanship etc) Design Risk Interfaces Estimated Maximum Losses

50 Insurance Participants in a PPP/Project Financing Lenders Insurance Adviser Insurance Adviser LENDERS Interest & Repayments Investors/ Sponsors Unitary Payment AUTHORITY Loans Dividends Capital Facility Services SPV Building Contract Insurance Broker O&M Contract Construction Claims Insurers Premium Operation and Maintenance Insurance Adviser Insurance Adviser

51 Material Project Insurance Revenue Asset Consequential loss: Delay in Start-up / Advance Loss of Profit Business Interruption Insurance Material Damage: Construction Erection All Risk / Property Damage/Industrial All Risks Insurance Liability Third Party Public Liability Insurance

52 Asset Insurances - CAR/MD Cost of reinstatement following physical loss or damage Additional coverage includes: Temporary repairs Shoring up Debris removal Plans and documents Professional fees Authority requirements Inflation on incomplete works Inflation on reinstatement value Expediting expenses Additional Costs of Completion

53 Marine Cargo Insurance

54 Revenue Insurances DSU (ALOP)/BI Protecting SPV loss of Gross Revenue less variable costs i.e. to cover fixed costs & debt service? (Sustained loss) Key issues: CAR or MD policy triggered SPV and Financiers interests only Indemnity Period Deductible Suppliers and Customers

55 Construction Phase Insurances

56 Core Construction Insurance Range Annual Construction All Risks Erection All Risks Employers Liability Public Liability PI Plant and Equipment Motor Ancillary Property Project Construction All Risks Erection All Risks Delay in start up Public Liability Project PI Cargo / Cargo DSU

57 Non Core Construction Products Latent Defects Environmental Efficacy / Force Majeure Liquidated Damages Defective Title Archaeological Discovery Performance Bonds

58 Construction All Risks Sum insured based on estimated construction contract value Limits for natural perils Defects in design cover Terrorism excluded Period of insurance and defects liability period

59 Delay in Start Up Covers delay in the completion of the Project resulting from event insured by CAR Insurance Minimum Sum Insured Debt Service and Fixed Costs Points to consider: Max delay exposures Indemnity Period Contingent delay cover (loss damage to third party facilities e.g. Suppliers and Customers Waiting Period

60 Third Party Liability Project derived legal liability of the assured arising from: Third Party Property Damage Third Party bodily injury Best practice is covering all project parties (gives comfort of quicker claims handling) Key project extensions: Cross liabilities extension needed Contractual Liability should be included

61 Marine Insurance Covers materials for incorporation in construction project Includes transits by sea, air or land Includes war, strikes, terrorism and piracy Sum insured based on maximum value any one consignment

62 Terrorism and Political Violence Excluded under policies in Brazil Can be covered by a separate policy Global market capacity has increased Limits are aggregated In some countries provided by Government e.g. France and Spain Other countries available from insurers but supported by reinsurance from a government backed facility e.g. UK and USA

63 Project Company Control Why not Contractor or supplier? Procurement issues: Replication of Insurance Requirements from Loan Agreement into Contract (including counterparty ratings) - Time consuming, painful; Negotiating scope of cover, policy wording, lender clauses via Contractor s brokers etc Time consuming, painful, delay FC; Cost control highly problematic; Can these be overcome?

64 Operational Phase Insurances

65 Property Damage All Risks cover is respect of loss or damage Terrorism cover excluded Sum insured can be based on Estimated Maximum Loss Machinery Breakdown Inner limits for natural perils, riot, strikes and civil commotion

66 Business Interruption Covers loss of revenue resulting from event insured by Property Damage Insurance Min Sum Insured Debt Service and Fixed Costs Points to consider: Max delay exposures Indemnity Period Contingent delay cover (loss damage to third party facilities e.g. Suppliers and Customers Waiting Period

67 Third Party Liability Covers legal liability claims for: Death of bodily injury to third parties Loss of or damage to third party property Limit will be based on location of Project and risk exposures Need to understand proximity of third party risks Products Liability Pollution and Contamination

68 Compulsory Insurances

69 Compulsory Insurances in Brazil Motor third party injury liability. Third party injury liability for owners of marine hulls of all types. Bodily injury to commercial aviation passengers (civil liability). Civil liability for owners of airplanes. Workers' compensation (state scheme). Civil liability for construction contractors in urban zones for damage to people or property. Assets granted as guarantee for loans or credit facilities of public financial institutions. Surety for performance of obligations of contractors and real estate developers. Guarantee for payment by borrowers in construction projects. Property damage to divided buildings (condominiums) in accordance with Law No 4.591/64.

70 Compulsory Insurances in Brazil Insurance against fire and transportation of goods owned by corporate entities located in Brazil or transported therein. Third party liability for damage to cargo transported by land or sea, in accordance with Law No 8.374/91. Export credit insurance financed by government institutions, when deemed appropriate by the CNSP, in accordance with Decree Law No 826/69. Crop insurance for recipients of credit from the government's National Programme to Strengthen Family Farming. Personal accident insurance for professional sporting organisations. Professional indemnity for reinsurance brokers. Shipowners' liability against oil pollution. Travel insurance for Brazilian visitors to Schengen states. Green Card motor insurance requirement for vehicles travelling to other MERCOSUR countries.

71 Unavailable Insurance

72 Uninsurability Difficult Test to pass Worldwide unavailability Prove that prepared to stop trading Risks vs Terms and Conditions Inner limits Deductibles Dependent on insurance schedule being robust standard form limits this schedule Unavailability references are simply a means of avoiding default in the Project Agreement

73 Contract of Insurance

74 Structure of an Insurance Policy Schedule Insured parties Period of insurance Business and/or property insured Deductibles Sums Insured Operative Clause Exclusions Extensions Conditions (express terms, conditions precedent, and warranties)

75 Breadth & Scope Limits Extensions Exclusions Deductible levels As wide as is available at reasonable and commercial terms but taking into account contractual and technical risk mitigation (e.g. contractor creditworthiness and liquidated damages regime).

76 Policy Wording is Key Standard wordings and exclusions need to be challenged against project risks Information exchange and representation of risk management is key to achieve broad form placements Only possible if all parties buy-in

77 Implied Terms Contract of Utmost Good Faith The obligation on both parties to disclose all MATERIAL information, otherwise the contract can be avoided. Representation Facts have to be true, beliefs have to be in good faith Warranty of Legality It is assumed the activities for which insurance are sought are legal

78 Implied Terms Contribution Principle of indemnity is to compensate the insured and return them to the position before the event insured against occurs. Double recovery is therefore not possible. Some policies will state the other policy is to be primary or require notice of the existence of another policy. Subrogation Taking over the interests of the insured. The act of one person stepping into the shoes of another so as to benefit from that party s rights of recovery against a third party (e.g. a defendant). Insured to act as if Uninsured An insured should not act any less prudently so as to cause or exacerbate a possible claim simply because they are insured. The insured should mitigate any possible loss. Failure to give notice of a claim or settling a third party action without insurers consent may invalidate a claim. Generally these terms will be expressly stated in a policy.

79 Protection of Lenders Interests

80 Insurance Due Diligence Financial security of selected insurance companies Review of contracts to assess risks Review of insurance cover Dovetailing of the construction and operational insurances; Lenders Insurance Financiers interest endorsements, non-vitiation etc

81 Financial Security of Insurers International Lenders seek minimum rating typically Standard & Poor s A-, or A.M.Best A- Otherwise seek reinsurance

82 Non-Admitted Insurance Non-admitted insurance refers to the placing of insurance outside the regulatory system of the country in which the risk is located. A non-admitted insurance policy may be one that is issued abroad or one in which the risk(s) may be included in a global master policy by an insurer that is unauthorised in the country in which the risk is located. An authorised insurer is one that has been granted permission to do business in a country (or region) by the local supervisory authority. The text below describes the regulations that apply to non-admitted insurance for this country. Non-admitted insurance is not permitted because the law provides that insurance must be purchased from locally authorised insurers with some exceptions.

83 Non-Admitted Insurance - Exceptions The following insurances are presently exceptions to the general prohibition on non-admitted placements: insurance coverage not available in the Brazilian market (or where there is a lack of interest in providing coverage) temporary insurance coverage for risks abroad when the insured is an individual residing in Brazil (eg travel insurance) insurance subject to international treaties approved by the Brazilian Congress (eg maritime agreements) insurances of hull, machinery and liability in respect of vessels registered with the RBNA, according to Paragraph 2, Article 11 of Law No 9432 of 9 January 1997 (in cases where the Brazilian market does not offer prices compatible with the international market) insurance legally placed abroad at the time when Law 126/07 came into effect.

84 Lenders Endorsements Lenders as a Named Insured Gives Lenders rights under the insurance policy Separate Policy Clarifying that each insured covered as if separate cover in place for each No duty of disclosure Normal duties will exist for Borrower but not Lenders Waiver of Subrogation Rights Any rights the Insurer may have had against Lenders (and Borrower) are waived Policy to be Primary Clarifying no contribution can be expected by the insurer from other policies Loss Payee Payment of loss proceeds into required accounts

85 Lenders Clauses Waivers Waivers of rights of subrogation (including vitiating acts?); Waiver of rights of offset; Waiver of duty of disclosure (Finance Parties); Waiver of rights of contribution; (Waiver rights of average/underinsurance). Vitiation and non invalidation Risk of non compliance with implied and express terms and conditions especially duty of disclosure; Non Invalidation protection and restriction of insurers rights against the party that invalidates.

SEGURO PARA FUSÕES E AQUISIÇÕES

SEGURO PARA FUSÕES E AQUISIÇÕES SEGURO PARA FUSÕES E AQUISIÇÕES M&A (Mergers & Acquisitions) AIG Presença Mundial 90 anos de história 66 mil empregados Líder mundial em seguros com 88 milhões de clientes em mais de 90 países Mais de

Leia mais

SEGURO PARA FUSÕES E AQUISIÇÕES. M&A (Mergers & Acquisitions)

SEGURO PARA FUSÕES E AQUISIÇÕES. M&A (Mergers & Acquisitions) SEGURO PARA FUSÕES E AQUISIÇÕES M&A (Mergers & Acquisitions) AIG M&A Maior e mais experiente seguradora de Seguro de M&A Mais de 1200 apólices emitidas em 23 diferentes jurisdições; 250 apólices apenas

Leia mais

Lloyd s no brasil. 2 anos após a abertura do mercado de resseguros MARCO ANTONIO DE SIMAS CASTRO

Lloyd s no brasil. 2 anos após a abertura do mercado de resseguros MARCO ANTONIO DE SIMAS CASTRO Lloyd s no brasil 2 anos após a abertura do mercado de resseguros MARCO ANTONIO DE SIMAS CASTRO July 2010 Lloyd s no Brasil abril 2008: O Lloyd s foi o primeiro ressegurador a receber a licença da SUSEP,

Leia mais

OFFICE. Office Background

OFFICE. Office Background OFFICE Office Background Since it was founded in 2001, steady growth has been registered by the office in the Brazilian market of corporate law, a field in which our services are exemplary. The consolidation

Leia mais

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS THE CAPITAL STRUCTURE: AN ANALYSE ON INSURANCE COMPANIES FREDERIKE MONIKA BUDINER METTE MARCO ANTÔNIO DOS SANTOS MARTINS PAULA FERNANDA BUTZEN

Leia mais

JLT Specialty Limited faz parte do grupo de empresas da Jardine Lloyd Thompson Group plc, que é um grupo internacinal de Especialistas de Risco e

JLT Specialty Limited faz parte do grupo de empresas da Jardine Lloyd Thompson Group plc, que é um grupo internacinal de Especialistas de Risco e JLT Specialty Limited faz parte do grupo de empresas da Jardine Lloyd Thompson Group plc, que é um grupo internacinal de Especialistas de Risco e Consultores de Benefícios do Empregado.. Cotada no Índice

Leia mais

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425 CMDB no ITIL v3 Miguel Mira da Silva mms@ist.utl.pt 919.671.425 1 CMDB v2 Configuration Management IT components and the services provided with them are known as CI (Configuration Items) Hardware, software,

Leia mais

BCS Expertise para preencher

BCS Expertise para preencher BCS Expertise para preencher papéis-chave do projeto Serviço Symantec que ajuda a Suportar seu Negócio Hugo Saadi Serviços de Informática Itaú BBA Agenda Overview Institucional Business Critical Services

Leia mais

WORLD CUP BRAZIL 2014

WORLD CUP BRAZIL 2014 WORLD CUP BRAZIL 2014 Match Date Match Stadium City Cat 1 Cat 2 Cat 3/4 VIP 1 12 jun Brazil vs. Croatia Arena De São Paulo Sao Paulo $2,900 $2,500 $1,800 2 13 jun Mexico vs. Cameroon Estadio Das Dunas

Leia mais

Agenda. Estrutura do Mercado Londrino Introdução Histórico e Antecedentes O Mercado de Lloyd s Resultados do Ano de 2007

Agenda. Estrutura do Mercado Londrino Introdução Histórico e Antecedentes O Mercado de Lloyd s Resultados do Ano de 2007 O MERCADO RESSEGURADOR LONDRINO Margo Black CEO Willis Re Junho de 2008 Agenda Estrutura do Mercado Londrino Introdução Histórico e Antecedentes O Mercado de Lloyd s Resultados do Ano de 2007 Estrutura

Leia mais

ANO I Abertura Opening Os primeiros movimentos do jogo Há um ano, três advogados vindos de renomados escritórios de advocacia, onde exerciam funções de destaque, se reuniram em torno de uma idéia:

Leia mais

Subject: The finance source/ new application/ project submission form COMPANY / PROJECT INFORMATION. Date of Submission: Registered Company Name

Subject: The finance source/ new application/ project submission form COMPANY / PROJECT INFORMATION. Date of Submission: Registered Company Name Subject: The finance source/ new application/ project submission form All questions must be answered in details to receive an informed response. All information & data are to be provided directly by the

Leia mais

ELEnA European Local ENergy Assistance

ELEnA European Local ENergy Assistance ECO.AP Programa de Eficiência Energética na Administração Pública ELEnA European Local ENergy Assistance Lisboa, 6/03/2015 Desafios 1 Conhecimento: a) Edifícios/equipamentos; b) Capacidade técnica; c)

Leia mais

Parte 1 Part 1. Mercado das Comunicações. na Economia Nacional (2006-2010)

Parte 1 Part 1. Mercado das Comunicações. na Economia Nacional (2006-2010) Parte 1 Part 1 Mercado das Comunicações na Economia Nacional (2006-2010) Communications Market in National Economy (2006/2010) Parte 1 Mercado das Comunicações na Economia Nacional (2006-2010) / Part 1

Leia mais

Interface between IP limitations and contracts

Interface between IP limitations and contracts Interface between IP limitations and contracts Global Congress on Intellectual Property and the Public Interest Copyright Exceptions Workshop December 16, 9-12:30 Denis Borges Barbosa The issue Clause

Leia mais

and work, with work having a multiplication factor double). Relacionamento Comercial Internacional International Commercial Relationship

and work, with work having a multiplication factor double). Relacionamento Comercial Internacional International Commercial Relationship Sucesso é a união de três elementos: confiança, reciprocidade e trabalho, tendo o trabalho um fator duplo de multiplicação (success is basically the union of three elements: trust, reciprocity and work,

Leia mais

October, 2013. Um Olhar Estratégico para o Setor de Seguros de Automóvel no Brasil

October, 2013. Um Olhar Estratégico para o Setor de Seguros de Automóvel no Brasil October, 2013 Um Olhar Estratégico para o Setor de Seguros de Automóvel no Brasil AGENDA Visão da Industria de Seguros (Brasil x Mundo) Drivers que movem a Indústria Análise da Penetração da Indústria

Leia mais

Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience)

Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience) Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience) 1 Jose de Ribamar, Ger Qualidade e Food Safety Cargill Amidos e Adoçantes América do Sul jose_ribamar@cargill.com

Leia mais

Seminário PPP Project Cargo e DSU

Seminário PPP Project Cargo e DSU Jardine Lloyd Thompson Group plc Seminário PPP Project Cargo e DSU Maio 2014 Papel do Corretor nas PPP Financiamento do Projeto Principais Participantes Financiamento do Projeto Principais Participantes

Leia mais

Relacionamento Investidores Anjos e Fundos de Investimento

Relacionamento Investidores Anjos e Fundos de Investimento Relacionamento Investidores Anjos e Fundos de Investimento Cate Ambrose Presidente e Diretora Executiva Latin American Private Equity & Venture Capital Association Congresso da Anjos do Brasil 2013 LAVCA

Leia mais

DevOps. Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013. Accelerating Product and Service Innovation

DevOps. Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013. Accelerating Product and Service Innovation DevOps Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013 1 O desenvolvedor O mundo mágico de operações Como o desenvolvedor vê operações Como operações vê uma nova release

Leia mais

Gerenciando Riscos de Viagem Duty of Care 7 de Agosto, 2014. International SOS Control Risks

Gerenciando Riscos de Viagem Duty of Care 7 de Agosto, 2014. International SOS Control Risks Gerenciando Riscos de Viagem Duty of Care 7 de Agosto, 2014 International SOS Control Risks Debora Rocha Regional Security Manager Brazil debora.rocha@intlsos-cr.com 2 Possui uma politica de viagens? Ela

Leia mais

INTERNATIONAL CRIMINAL COURT. Article 98 TREATIES AND OTHER INTERNATIONAL ACTS SERIES 04-1119

INTERNATIONAL CRIMINAL COURT. Article 98 TREATIES AND OTHER INTERNATIONAL ACTS SERIES 04-1119 TREATIES AND OTHER INTERNATIONAL ACTS SERIES 04-1119 INTERNATIONAL CRIMINAL COURT Article 98 Agreement between the UNITED STATES OF AMERICA and CAPE VERDE Signed at Washington April 16, 2004 NOTE BY THE

Leia mais

Enterprise Europe - Portugal

Enterprise Europe - Portugal Enterprise Europe - Portugal Oportunidades de Cooperação Internacional Agência de Inovação Bibiana Dantas Lisboa, 5-Jun-2012 Enterprise Europe Portugal Jun 2012 2 A União Europeia é um mercado de oportunidades!

Leia mais

Proteção Extra Pro! Formação

Proteção Extra Pro! Formação Proteção Extra Pro! Formação O que é a Proteção Extra Pro!? É um Seguro, que engloba na mesma Apólice a cobertura de Danos Acidentais e a cobertura de Extensão de Garantia. A adesão ao Seguro Proteção

Leia mais

O papel do MBA na carreira do executivo

O papel do MBA na carreira do executivo O papel do MBA na carreira do executivo Renata Fabrini 09.03.2010 CONFERÊNCIA ANAMBA E ENCONTRO REGIONAL LATINO AMERICANO DO EMBA COUNCIL 2010 sobre a Fesa maior empresa consultoria especializada com atuação

Leia mais

SAP Best Practices Informações sobre disponibilidade e download para Clientes SAP e Parceiros SAP. Know-how setorial e global pré-configurado

SAP Best Practices Informações sobre disponibilidade e download para Clientes SAP e Parceiros SAP. Know-how setorial e global pré-configurado SAP Best Practices Informações sobre disponibilidade e download para Clientes SAP e Parceiros SAP Know-how setorial e global pré-configurado Índice 1.Disponibilidade dos pacotes SAP Best Practices 2.Efetuar

Leia mais

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br Institutional Skills Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS Passo a passo 2 2 British Council e Newton Fund O British Council é a organização internacional do Reino Unido para relações culturais e oportunidades

Leia mais

Panorama do mercado internacional

Panorama do mercado internacional Life & Health Panorama do mercado internacional A Global Perspective de seguros de vida e saúde Escola Nacional de Seguros Rio de Janeiro, Maio 2014 Escola Nacional de Seguros Rio de Janeiro Hernán Fatone

Leia mais

As Novas Formas de Financiamento da Economia

As Novas Formas de Financiamento da Economia As Novas Formas de Financiamento da Economia Francisco Fonseca Vice-Presidente ANJE 2º CONGRESSO DAS EMPRESAS E DAS ACTIVIDADES ECONÓMICAS - LISBOA O que são? Formas alternativas de financiamento incluem

Leia mais

Drug registration in Brazil and inspectional framework

Drug registration in Brazil and inspectional framework Drug registration in Brazil and inspectional framework Registro de medicamentos no Brasil e cenário de inspeções internacionais September 2012 José Alexandre Buaiz Neto Drug types recognized by ANVISA

Leia mais

A Experiência Internacional e os Modelos Contratuais em Projetos de Infraestrutura Rio de Janeiro, 16-17 de abril de 2012

A Experiência Internacional e os Modelos Contratuais em Projetos de Infraestrutura Rio de Janeiro, 16-17 de abril de 2012 Pinheiro Neto Advogados ABCE FEPAC SINAENCO Parcerias para o Desenvolvimento - PPPs e Concessões A Experiência Internacional e os Modelos Contratuais em Projetos de Infraestrutura Rio de Janeiro, 16-17

Leia mais

Technical Information

Technical Information Subject Ballast Water Management Plan To whom it may concern Technical Information No. TEC-0648 Date 14 February 2006 In relation to ballast water management plans, we would advise you that according to

Leia mais

Sourcing Travel Management Services. Patrocinado por

Sourcing Travel Management Services. Patrocinado por Sourcing Travel Management Services Patrocinado por February 2009 Components Moderator: Ricardo Mandarino Santander, Brasil Panelists: Robert Suquet DuPont, América Latina Paulo Lima TSA, Brasil Federico

Leia mais

PROGRAM FOR 3 DAYS in Faial and S. Jorge Islands, Azores

PROGRAM FOR 3 DAYS in Faial and S. Jorge Islands, Azores PROGRAM FOR 3 DAYS in Faial and S. Jorge Islands, Azores THIS PROGRAM AIMS TO TOAST OUR CUSTOMERS WITH THE OPPORTUNITY TO DISCOVER AND EXPLORE THE FAIAL AND S. JORGE ISLANDS. WE HAVE A WIDE RANGE OF CULTURAL

Leia mais

DATE July 04 th and 05 th, 2009. VENUE Ginásio Gilberto Cardoso Maracanãzinho Rua Professor Eurico Rabelo, S/Nr. Rio de Janeiro/RJ Brasil

DATE July 04 th and 05 th, 2009. VENUE Ginásio Gilberto Cardoso Maracanãzinho Rua Professor Eurico Rabelo, S/Nr. Rio de Janeiro/RJ Brasil DATE July 04 th and 05 th, 2009. VENUE Ginásio Gilberto Cardoso Rua Professor Eurico Rabelo, S/Nr Rio de Janeiro RJ Brazil ORGANIZER Confederação Brasileira de Judô Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro

Leia mais

05. Demonstrações Financeiras Financial Statements

05. Demonstrações Financeiras Financial Statements 05. Demonstrações Financeiras Financial Statements Demonstrações Financeiras Financial Statements 060 Balanços em 31 de Dezembro de 2007 e 2006 Balance at 31 December 2007 and 2006 Activo Assets 2007 2006

Leia mais

Salud Brasil SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE

Salud Brasil SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE Salud Brasil SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE IV EXPOEPI International Perspectives on Air Quality: Risk Management Principles for Oficina de Trabalho: Os Desafios e Perspectivas da Vigilância Ambiental

Leia mais

RCP Solutions. Seguro de Responsabilidade Civil Profissional

RCP Solutions. Seguro de Responsabilidade Civil Profissional RCP Solutions Seguro de Responsabilidade Civil Profissional AIG O que é a Responsabilidade Civil? Nada mais é do que a obrigação de Reparar a perda. Surge com a presença de três elementos: perda (dano/prejuízo)

Leia mais

O Futuro da Gestão no Brasil e no Exterior

O Futuro da Gestão no Brasil e no Exterior O Futuro da Gestão no Brasil e no Exterior 7º Congresso ANBIMA de Fundos de Investimento São Paulo, 14 de maio 2013 Daniel Celeghin, Sócio Resumo 1. Quem somos 2. Perspectiva ex-brasil : cinco fatores

Leia mais

Visitor, is this is very important contact with you. WATH DO WE HERE?

Visitor, is this is very important contact with you. WATH DO WE HERE? Visitor, is this is very important contact with you. I m Gilberto Martins Loureiro, Piraí s Senior Age Council President, Rio de Janeiro State, Brazil. Our city have 26.600 habitants we have 3.458 senior

Leia mais

Project Management Activities

Project Management Activities Id Name Duração Início Término Predecessoras 1 Project Management Activities 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 2 Plan the Project 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 3 Define the work 15 dias Sex 05/10/12

Leia mais

Gerenciamento de projetos SMART GRID

Gerenciamento de projetos SMART GRID Gerenciamento de projetos SMART GRID OBJETIVO Em razão da (o): Grandiosidade e complexidade dos projetos SMART GRID Contexto econômico local e global vs. QUALIDADE dos serviços públicos. p Exigências de

Leia mais

THE BRAZILIAN PUBLIC MINISTRY AND THE DEFENSE OF THE AMAZONIAN ENVIRONMENT

THE BRAZILIAN PUBLIC MINISTRY AND THE DEFENSE OF THE AMAZONIAN ENVIRONMENT THE BRAZILIAN PUBLIC MINISTRY AND THE DEFENSE OF THE AMAZONIAN ENVIRONMENT Raimundo Moraes III Congresso da IUCN Bangkok, November 17-25 2004 ENVIRONMENTAL PROTECTION IN BRAZIL The Constitution states

Leia mais

106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico

106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico 106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico B.7.1.1 Taxas de juro sobre novas operações de empréstimos (1) concedidos por instituições financeiras monetárias a residentes na área do euro (a) Interest rates

Leia mais

CONGRESSO. 04 e 05 de Março de 2015 São Paulo, Brasil WWW.GMIFORUM.COM REALIZAÇÃO:

CONGRESSO. 04 e 05 de Março de 2015 São Paulo, Brasil WWW.GMIFORUM.COM REALIZAÇÃO: REALIZAÇÃO: CONGRESSO 04 e 05 de Março de 2015 São Paulo, Brasil sales@gmiforum.com mc@gmiforum.com +55 12 34 24 8464 +55 48 8871 7337 WWW.GMIFORUM.COM Bem Vindos ao BrasCon Congresso Brasileiro Técnico-Comercial

Leia mais

Consultoria em Direito do Trabalho

Consultoria em Direito do Trabalho Consultoria em Direito do Trabalho A Consultoria em Direito do Trabalho desenvolvida pelo Escritório Vernalha Guimarães & Pereira Advogados compreende dois serviços distintos: consultoria preventiva (o

Leia mais

Caixa Capital FCR Caixa Empreender+ e os Business Angels

Caixa Capital FCR Caixa Empreender+ e os Business Angels Caixa Capital FCR Caixa Empreender+ e os Business Angels José Pedro Alenquer 18 Fevereiro 2014 0 Caixa Geral de Depósitos Benchmark Operator in the Portuguese Financial System PE & V C Investment Banking

Leia mais

BRAZILIAN AND ARGENTINEAN REINSURANCE AND INSURANCE MARKET. Jorge Daniel Luzzi. Group Risk Manager Pirelli

BRAZILIAN AND ARGENTINEAN REINSURANCE AND INSURANCE MARKET. Jorge Daniel Luzzi. Group Risk Manager Pirelli BRAZILIAN AND ARGENTINEAN REINSURANCE AND INSURANCE MARKET Jorge Daniel Luzzi Group Risk Manager Pirelli 11/08 th /2011 1. Brazil 11/08 th /2011 1. Understanding the Local: 1.1 Insurance and Reinsurance

Leia mais

Criando diferenciais competitivos e minimizando riscos com uma boa. Claudio Yamashita Country Manager Intralinks Brasil

Criando diferenciais competitivos e minimizando riscos com uma boa. Claudio Yamashita Country Manager Intralinks Brasil Criando diferenciais competitivos e Informação minimizando riscos com uma boa Governança da Claudio Yamashita Country Manager Intralinks Brasil PESQUISA GLOBAL DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO 2014 - EY Pensando

Leia mais

E o Vento Levou: A experiência da Fitch com Estudos de Vento. Bruno Pahl, Associate Director

E o Vento Levou: A experiência da Fitch com Estudos de Vento. Bruno Pahl, Associate Director E o Vento Levou: A experiência da Fitch com Estudos de Vento Bruno Pahl, Associate Director Agenda Panorama Geral: Porfolio de ratings da Fitch Produção real vs. Cenários da Fitch Perfomance financeira

Leia mais

05. Demonstrações Financeiras Financial Statements

05. Demonstrações Financeiras Financial Statements 05. Demonstrações Financeiras Financial Statements Demonstrações Financeiras Financial Statements 068 Balanços em 31 de Dezembro de 2008 e 2007 Balance at 31 December 2008 and 2007 Activo Assets 2008 2007

Leia mais

Financiamento Para o Desenvolvimento: A Classificação do Risco em Projetos de Infraestrutura

Financiamento Para o Desenvolvimento: A Classificação do Risco em Projetos de Infraestrutura Não é possível exibir esta imagem no momento. Não é possível exibir esta imagem no momento. Financiamento Para o Desenvolvimento: A Classificação do Risco em Projetos de Infraestrutura Regina Nunes Presidente

Leia mais

Tecnologia e inovação na UE Estrategias de internacionalização

Tecnologia e inovação na UE Estrategias de internacionalização Tecnologia e inovação na UE Estrategias de internacionalização Belém, 25 de Setembro 2014 Estrutura da apresentação 1. Porque a cooperação com a União Europeia em inovação é importante para o Brasil? 2.

Leia mais

Foreign Investments and Brazilian Tax Regime

Foreign Investments and Brazilian Tax Regime Foreign Investments and Brazilian Tax Regime André Ricardo Passos May/2010 1 Agenda 1 Brazilian Macroeconomics 2 Legal Regime 3 Taxation Regime 2 Agenda 1 Brazilian Macroeconomics 3 Direct Foreign Investment

Leia mais

IMMIGRATION Canada. Study Permit. São Paulo Visa Office Instructions. Table of Contents. For the following country: Brazil IMM 5849 E (04-2015)

IMMIGRATION Canada. Study Permit. São Paulo Visa Office Instructions. Table of Contents. For the following country: Brazil IMM 5849 E (04-2015) IMMIGRATION Canada Table of Contents Document Checklist Study Permit (disponible en Portuguese) Study Permit São Paulo Visa Office Instructions For the following country: Brazil This application is made

Leia mais

NOVAS VANTAGENS NEW BENEFITS

NOVAS VANTAGENS NEW BENEFITS NOVO PREMIUM O SEU CARTÃO DE SAÚDE YOUR HPA HEALTH GROUP CARD NOVAS VANTAGENS BENEFITS Oferta de Check-Up Básico anual Oferta de Check-Up Dentário anual Descontos entre 10% e 30% nos serviços do Grupo

Leia mais

// gaiato private label

// gaiato private label // gaiato private label // a empresa // the company A Calçado Gaiato é uma empresa prestadora de serviços no setor de calçado, criada em 2000 por Luís Pinto Oliveira e Mário Pinto Oliveira, sócios-fundadores

Leia mais

egovernment The Endless Frontier

egovernment The Endless Frontier CENTRO DE GESTÃO DA REDE INFORMÁTICA DO GOVERNO (Management Center for the Electronic Government Network) egovernment The Endless Frontier Alexandre Caldas 29 th June 2010 Summary VISION AND LEADERSHIP

Leia mais

Fórum Permanente de Micro e Pequenas Empresas. Comitê de Comércio Exterior. Brasília Julho de 2011

Fórum Permanente de Micro e Pequenas Empresas. Comitê de Comércio Exterior. Brasília Julho de 2011 Fórum Permanente de Micro e Pequenas Empresas Comitê de Comércio Exterior Brasília Julho de 2011 BALANÇA BRASILEIRA DE COMÉRCIO EXTERIOR DE BENS E SERVIÇOS* US$ Bilhões BRAZILIAN FOREIGN TRADE IN GOODS

Leia mais

Manual de Apresentação de Dados REACH-IT

Manual de Apresentação de Dados REACH-IT Manual de Apresentação de Dados REACH-IT Parte 16 - Pedidos de Anexo I: Instruções para o modelo de documento justificativo de pedido de Versão 1.0 Página 1 de 7 Instruções Na IUCLID, por cada informação

Leia mais

Objetivo da Consulta: Amparo Legal para adoção de Cláusula Restritiva de Utilização para aeronaves BRADESCO SEGUROS A MULTI-CHANNEL APPROACH

Objetivo da Consulta: Amparo Legal para adoção de Cláusula Restritiva de Utilização para aeronaves BRADESCO SEGUROS A MULTI-CHANNEL APPROACH BRADESCO SEGUROS A MULTI-CHANNEL APPROACH 10th International Microinsurance Conference 2014 Mexico DF, 13/nov/2014 The Objetivo correspondent da Consulta: Amparo Legal para adoção de The Objetivo correspondent

Leia mais

Full Ship Charter Qualification / Formulário de Fretamento de Navio

Full Ship Charter Qualification / Formulário de Fretamento de Navio Full Ship Charter Qualification / Formulário de Fretamento de Navio Qualification Completed By / Qualificação completada por: Country/Region / País/Região: Royal Caribbean LTD Lead Source & Contact Information

Leia mais

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt.

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. NORMAS PARA AUTORES As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. COPYRIGHT Um artigo submetido à Revista Portuguesa

Leia mais

Responsabilidade Corporativa Estratégia e iniciativas PwC Brasil

Responsabilidade Corporativa Estratégia e iniciativas PwC Brasil www.pwc.com/br Responsabilidade Corporativa Estratégia e iniciativas Brasil Março de 2013 Presença da no Mundo A é um network global de firmas, presente em 158 países. Mais de 180 mil profissionais em

Leia mais

SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009

SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009 SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009 A SAP continua a demonstrar um forte crescimento das suas margens, aumentando a previsão, para o ano de 2009, referente à sua margem operacional Non-GAAP

Leia mais

Sales and Operations Planning S&OP, Integrated Business Planning - IBP, Planejamento Integrado do Negócio

Sales and Operations Planning S&OP, Integrated Business Planning - IBP, Planejamento Integrado do Negócio Sales and Operations Planning S&OP, Integrated Business Planning - IBP, Planejamento Integrado do Negócio Novembro de 2009 STEFANO JR, Wilson Principal - Oliver Wight Together We Make a Difference wstefano@oliverwight.com

Leia mais

MEMORANDUM OF UNDERSTANDING BETWEEN THE COMPETENT AUTHORITIES OF THE PORTUGUESE REPUBLIC AND THE GOVERNMENT OF JERSEY

MEMORANDUM OF UNDERSTANDING BETWEEN THE COMPETENT AUTHORITIES OF THE PORTUGUESE REPUBLIC AND THE GOVERNMENT OF JERSEY MEMORANDUM OF UNDERSTANDING BETWEEN THE COMPETENT AUTHORITIES OF THE PORTUGUESE REPUBLIC AND THE GOVERNMENT OF JERSEY The Competent Authorities of the Portuguese Republic and the Government of Jersey in

Leia mais

XXI Conferência Anual - IPAI

XXI Conferência Anual - IPAI XXI Conferência Anual - IPAI Desenvolvimento do Plano de Auditoria Interna Lisboa, VIP Grand Lisboa Hotel & Spa 20 Novembro 2014 AGENDA 1.Etapas que precedem o Desenvolvimento do Plano 2.Desenvolvimento

Leia mais

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio Teste Intermédio de Inglês Parte IV Interação oral em pares Teste Intermédio Inglês Guião Duração do Teste: 10 a 15 minutos De 25.02.2013 a 10.04.2013 9.º Ano de Escolaridade D TI de Inglês Página 1/ 7

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 14/2014

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 14/2014 TEXTO Brazil Leads Decline Among World's Biggest Companies THE losses OF São Paulo's stock market AND THE decline OF Brazil's real made Brazilian companies THE biggest losers among THE world's major companies,

Leia mais

Grant Thornton Soluções integradas para o seu negócio

Grant Thornton Soluções integradas para o seu negócio Our partner to Grant Thornton Soluções integradas para o seu negócio 120+ where our Audit, Tax and and Advisory professional work together $4.2bn revenues 2012 2015 Grant Thornton Brazil Ltd. All rights

Leia mais

Overview of the GHG Protocol. - Rachel Biderman

Overview of the GHG Protocol. - Rachel Biderman Overview of the GHG Protocol - Rachel Biderman O Greenhouse Gas Protocol O GHG Protocol foi lançado em 1998 por Parceria multi-stakeholder entre empresários, ONGs, governos e outros Objetivos Simplificar

Leia mais

Enhancing opportunities

Enhancing opportunities www.pwc.com/pt Enhancing opportunities Tourism, Hospitality and Leisure in Portugal and Cape Verde 2 PwC Qualquer que seja o seu posicionamento e objectivos no sector do Turismo e Lazer, estamos habilitados

Leia mais

Cloud para o Brasil Cloud Services

Cloud para o Brasil Cloud Services Cloud para o Brasil Como as ofertas da Capgemini endereçam os principais pontos levantados pela pesquisa exclusiva We orchestrate your Cloud Services Current Market Situation with Cloud 2 Current Market

Leia mais

WSG LATIN AMERICAN REGIONAL MEETING

WSG LATIN AMERICAN REGIONAL MEETING WSG LATIN AMERICAN REGIONAL MEETING Challenging Times: Growth and the New Structure of the Firms Moderator: Ramón Ignacio Moyano Partner, Estudio Beccar Varela Panelists: Fernando C. Alonso Partner, Hunton

Leia mais

The Brazil United States Consumer Product Safety Conference Brazil United States Joint Press Statement June 10, 2011 Rio de Janeiro, Brazil Common Interests Ensuring a high level of consumer product safety

Leia mais

Isa Silveira Financial Solutions Manager

Isa Silveira Financial Solutions Manager Isa Silveira Financial Solutions Manager Agenda Cisco Capital: New way to do business easylease Low Rate Financing Let s Start Working Together Cisco Confidential 2 Locação Operacional - Financiamento

Leia mais

INFORMATION SECURITY IN ORGANIZATIONS

INFORMATION SECURITY IN ORGANIZATIONS INFORMATION SECURITY IN ORGANIZATIONS Ana Helena da Silva, MCI12017 Cristiana Coelho, MCI12013 2 SUMMARY 1. Introduction 2. The importance of IT in Organizations 3. Principles of Security 4. Information

Leia mais

Tecnologia da Informação em Saúde. Consulado Americano no Brasil. Altino Ribeiro Leitão Gerente-geral de Informação e Sistemas 17 de Setembro de 2014

Tecnologia da Informação em Saúde. Consulado Americano no Brasil. Altino Ribeiro Leitão Gerente-geral de Informação e Sistemas 17 de Setembro de 2014 Tecnologia da Informação em Saúde Consulado Americano no Brasil Altino Ribeiro Leitão Gerente-geral de Informação e Sistemas 17 de Setembro de 2014 Missão Institucional da ANS Promover a defesa do interesse

Leia mais

Capital Markets. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. All rights reserved.

Capital Markets. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. All rights reserved. Capital Markets Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. All rights reserved. Our services Best Law Firm in Latin America by Chambers & Partners Awards 2015 Mattos Filho s Capital Market

Leia mais

Problemas ambientais urbanos

Problemas ambientais urbanos MEC, 4º ano, 2º sem, 2008-09 Desafios Ambientais e de Sustentabilidade em Engenharia Problemas ambientais urbanos 3ª aula Maria do Rosário Partidário CITIES ENVIRONMENT Inputs Outputs Energy Food Water

Leia mais

Artemis7. Portfolio and Project Management Solutions. Better decisions. Better results

Artemis7. Portfolio and Project Management Solutions. Better decisions. Better results Artemis7 Portfolio and Project Management Solutions Better decisions. Better results ESCRITÓÓÓORIO BRASIL Av. Dr. Guilherme Dumont Villares, 1410 6o. andar - Morumbi - 05640-003 55 11 3773-9009 REGIONAL

Leia mais

Histórico do setor florestal no MDL e expectativas internacionais com relação a este mecanismo de flexibilização

Histórico do setor florestal no MDL e expectativas internacionais com relação a este mecanismo de flexibilização Histórico do setor florestal no MDL e expectativas internacionais com relação a este mecanismo de flexibilização Marcelo Theoto Rocha matrocha@esalq.usp.br 1 2 O Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL)

Leia mais

HOW DO YOU BECOME A LAWYER IN BRAZIL?

HOW DO YOU BECOME A LAWYER IN BRAZIL? HOW DO YOU BECOME A LAWYER IN BRAZIL? Doing Business in Brazil: Pathways to Success, Innovation and Access under the Legal Framework Keynote Speaker: Mr. José Ricardo de Bastos Martins Partner of Peixoto

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS UMA VANTAGEM COMPETITIVA COM A TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS AMANDA ZADRES DANIELA LILIANE ELIANE NUNES ELISANGELA MENDES Guarulhos

Leia mais

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas)

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Professional activities/tasks Design and produce complex ICT systems by integrating

Leia mais

A. Situação / Situation

A. Situação / Situation A. Situação / Situation A Assembleia Mundial da Saúde (OMS) aprova em 1969 o Regulamento Sanitário Internacional, revisto pela quarta vez em 2005. Esta última versão entrou em vigor no plano internacional

Leia mais

Insurance Sector Sector Segurador. Insurance Sector Sector Segurador. dossiers. Banking and Insurance. Banca e Seguros

Insurance Sector Sector Segurador. Insurance Sector Sector Segurador. dossiers. Banking and Insurance. Banca e Seguros dossiers Banking and Insurance Banca e Last Update Última Actualização: 21/4/214 Portugal Economy Probe (PE Probe) Prepared by PE Probe Preparado por PE Probe Copyright 214 Portugal Economy Probe PE Probe

Leia mais

Tax. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. All rights reserved.

Tax. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. All rights reserved. Tax Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. All rights reserved. Our services The team is fully qualified to meet its clients demands in all areas of tax law. Mattos Filho Tax Practice

Leia mais

LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO Prêmio James McGuire

LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO Prêmio James McGuire Chamada para as Inscrições de Propostas 2015 LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO Prêmio James McGuire O Prêmio para empreendimento JAMES McGUIRE é uma competição promovida pela

Leia mais

Cerimónia de Entrega do CERR no Instituto de Seguros de Portugal

Cerimónia de Entrega do CERR no Instituto de Seguros de Portugal The future debate on occupational pensions in continental Europe will no longer solely depend on the economic efficiency values of these pensions but on their role in social protection model Yves Stevens,

Leia mais

SECTOR OF ACTIVIITY FOOD ENERGY COTTON BIODIESEL SOYA VEGETAL OIL CORN ETHANOL

SECTOR OF ACTIVIITY FOOD ENERGY COTTON BIODIESEL SOYA VEGETAL OIL CORN ETHANOL Results 08/15/2011 SECTOR OF ACTIVIITY FOOD ENERGY COTTON SOYA CORN BIODIESEL VEGETAL OIL ETHANOL BRAZILIAN BIODIESEL MARKET 2005 2007 Blend: up to 2% 1st Sem/08 Blend: min. 2% Jul/08 Jun/09 Blend: min.

Leia mais

QUEM SOMOS WHO WE ARE

QUEM SOMOS WHO WE ARE QUEM SOMOS A 5PM Consulting é uma empresa de consultoria que atua nos segmentos industrial, construção civil e obras de infraestrutura, fornecendo planejamento, gerenciamento e Follow Up dos empreendimentos.

Leia mais

Services IMPORT ON BEHALF OF THIRD PARTY IMPORT EXPORT UNDER ORDER IMPORT INTERNATIONAL CONSULTING AND CUSTOMIZED PROJECTS

Services IMPORT ON BEHALF OF THIRD PARTY IMPORT EXPORT UNDER ORDER IMPORT INTERNATIONAL CONSULTING AND CUSTOMIZED PROJECTS Services IMPORT IMPORT ON BEHALF OF THIRD PARTY UNDER ORDER IMPORT EXPORT INTERNATIONAL CONSULTING AND CUSTOMIZED PROJECTS OUTSOURCING, PROCUREMENT, PURCHASING AGENT, Import: 7 TRADEX is updated to current

Leia mais

O PAPEL DO SETOR PÚBLICO NO DESENVOLVIMENTO DO ECOSSISTEMA DE INVESTIMENTO SOCIAL

O PAPEL DO SETOR PÚBLICO NO DESENVOLVIMENTO DO ECOSSISTEMA DE INVESTIMENTO SOCIAL FOCUS GROUP O PAPEL DO SETOR PÚBLICO NO DESENVOLVIMENTO DO ECOSSISTEMA DE INVESTIMENTO SOCIAL 23 ABRIL 2015 PARTE I BOAS VINDAS Boas vindas da: AMP Área Metropolitana do Porto Boas vindas dos parceiros

Leia mais

UNIVERSITY OF CAMBRIDGE INTERNATIONAL EXAMINATIONS International General Certificate of Secondary Education

UNIVERSITY OF CAMBRIDGE INTERNATIONAL EXAMINATIONS International General Certificate of Secondary Education UNIVERSITY OF CAMBRIDGE INTERNATIONAL EXAMINATIONS International General Certificate of Secondary Education *5148359301* PORTUGUESE 0540/03 Paper 3 Speaking Role Play Card One 1 March 30 April 2013 No

Leia mais

1 - Principais características das acções a emitir (código ISIN PTS3P8AM0001) 107,1428571428571 novas acçõe(s) por 1 direito(s)

1 - Principais características das acções a emitir (código ISIN PTS3P8AM0001) 107,1428571428571 novas acçõe(s) por 1 direito(s) AVISO DO EVENTO CORPORATIVO: Aumento de capital por subscrição SONAE INDUSTRIA - SGPS S.A. LOCALIZACAO: Lisbon N DO AVISO: LIS_20141105_01106_EUR DATA DE DISSEMINACAO: 05/11/2014 MERCADO: EURONEXT LISBON

Leia mais

CARTA DE RECOMENDAÇÃO E PRINCÍPIOS DO FORUM EMPRESARIAL RIO+20 PARA A UNCSD-2012

CARTA DE RECOMENDAÇÃO E PRINCÍPIOS DO FORUM EMPRESARIAL RIO+20 PARA A UNCSD-2012 CARTA DE RECOMENDAÇÃO E PRINCÍPIOS DO FORUM EMPRESARIAL RIO+20 PARA A UNCSD-2012 (CHARTER OF RECOMMENDATION AND PRINCIPLES OF FORUM EMPRESARIAL RIO+20 TO UNCSD-2012) Nós, membros participantes do FÓRUM

Leia mais

SAP Insurance Nossa aposta para a indústria de seguros. Ismael Nieto / Industry Principal for Insurance 20 de março de 2013

SAP Insurance Nossa aposta para a indústria de seguros. Ismael Nieto / Industry Principal for Insurance 20 de março de 2013 SAP Insurance Nossa aposta para a indústria de seguros Ismael Nieto / Industry Principal for Insurance 20 de março de 2013 Agenda Desafios da indústria Eficiência, mercado, regulação SAP para Seguros Soluções

Leia mais