Crescimento e sustentabilidade

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Crescimento e sustentabilidade"

Transcrição

1 Crescimento e sustentabilidade PRÉMIOS EXCELÊNCIA 2010 A oportunidade de divulgar as melhores práticas seguidas pelas empresas que conseguiram atingir o Top-10 dos Distribuidores nacionais, mesmo nas alturas em que o mercado parece vacilar, é uma fonte de inspiração e de ensinamentos para quem deseja triunfar e alcançar o sucesso dos seus empreendimentos Nº 29 SETEMBRO EUROS

2

3 EDITORIAL A "krise" ficou em casa AAutomechanika dispensa apresentações e não restam dúvidas de que se trata do maior evento do pós-venda automóvel à escala global. A excelência da organização, que se preocupa em dar a máxima "substância" ao evento, assim como o profissionalismo da equipa comercial da Messe Frankfurt não dão hipóteses à concorrência e nem a margem mínima deixam aos críticos e detractores. A curiosidade residia, não tanto em medir o grau de sucesso do evento, mas em avaliar o clima geral do sector automóvel, as suas tendências e até que ponto é que a crise dos mercados estava de malas aviadas, como os indicadores do primeiro semestre deste ano pareciam evidenciar. No final da Feira, as respostas estavam encontradas, face ao clima de optimismo generalizado, à expressiva presença de expositores e visitantes, tanto do ponto de vista quantitativo, como qualitativo, bem como ao chorudo volume de transacções efectuadas a quente e à quantidade de processos de negociação com vista a futuros negócios. Da crise económica e das dificuldades do sector automóvel já ninguém quer ouvir falar e só os que não souberam preparar-se para superar os obstáculos é que ainda alimentam os temas infelizes nos locais pouco frequentados. Todos os principais construtores sabem que o conceito convencional do automóvel não irá sobreviver muito mais tempo às emissões de CO2 e já prepararam a todo o gás o aparecimento de novas gerações de veículos alternativos. Não admira pois que a electro/mobilidade tenha sido o tema número um desta edição da Automechanika, tanto nos auditórios onde se realizaram conferências e seminários, como nas conversas informais dos corredores e pontos de encontro da Feira. Logicamente, outro tema de primeiro plano e de certo modo resultante das rápidas alterações da tecnologia automóvel, é a forma como o pós-venda se pode preparar para transformar as actuais e futuras mudanças em oportunidades de crescimento e de consolidação de um novo figurino de serviço ao consumidor. Nos veículos de motor térmico sobreviventes, existe a preocupação de minimizar o consumo de combustíveis e o nível de emissões de escape, de acordo com as normativas europeias e outras a nível global sobre essa matéria, cuja malha se vai apertando cada vez mais. Isso faz com que a pressão em equipamentos avançados de diagnóstico e de intervenção nos veículos se mantenha alta, o mesmo acontecendo em relação ao acesso à informação técnica e à formação profissional especializada. João Vieira Ficha Técnica DIRECTOR: João Vieira DIRECTOR ADJUNTO: Paulo Homem PROPRIEDADE: AP Comunicação Largo Infante D. Henrique, 7 Várzea de Colares COLARES Telefone: Fax: REDACÇÃO: Augusto Quelhas, Hugo Jorge, Artur Rebelo, Fátima Rodrigues, António Lopes. DESIGN GRÁFICO: Pedro Vieira IMAGEM: António Valente PUBLICIDADE: Tel.: Director: Mário Carmo Anabela Machado IMPRESSÃO: Tipografia Peres/Soctip Estrada Nacional 10, Km 108, Samora Correia Telef: Fax: PERIODICIDADE: Trimestral ASSINATURA ANUAL: 20 Euros (4 números) DISTRIBUIÇÃO: Bancas e CTT Nº de Reg. no Ins. Com. Social: Depósito legal nº: /03 APCOMUNICAÇÃo O SEU PARCEIRO DE NEGÓCIO COPYRIGHT: Nos termos legais em vigor é totalmente interdita a utilização ou a reprodução desta publicação, no seu todo ou em parte e por qualquer meio, sem a autorização prévia e por escrito da AP MAGAZINE. SETEMBRO

4 SUMÁRIO Nº 29 SETEMBRO 2010 ANO V Editorial 03 DESTAQUE Maiores e Melhores Distribuidores Os 10 Melhores Distribuidores 09 MCoutinho Peças 12 Santogal Peças 14 Autozitânia II 16 Infiniauto 18 Auto Delta 20 TRW Automotive 22 AS Parts 24 Centrauto 26 AD Logistics 28 ENTREVISTAS Raul Calleja 30 Marco Barreiros 34 Omer Wesemael 38 SALÃO Automechanika Prémios Inovação 46 Marcas Presentes 48 CONDUÇÃO Conduzir em Túneis 81 ACONTECIMENTO Conferência de Imprensa da Federal Mogul 84 NOTÍCIAS Actualidade do Sector Pós-venda 86 DESTAQUE 06. Maiores e Melhores Distribuidores do ano 2010 Inspirado nos bons exemplos que felizmente se encontram neste dinâmico sector de actividade, a AP Magazine pretende contribuir com esta iniciativa para o crescimento de um mercado que movimenta muitos milhões de euros e milhares de postos de trabalho. Apesar das dificuldades financeiras com que se debatem muitos sectores da economia nacional, a distribuição de peças conseguiu apresentar resultados positivos em ACONTECIMENTO 84. Conferência de Imprensa da Federal-Mogul Quem convoca uma conferência de imprensa sabe antecipadamente que o tema interessa, primeiro do que tudo, à imprensa e em segundo lugar ao público de um modo geral. Quando o tema é a estratégia global da empresa da qual é Presidente Executivo, José Maria Alapont sabe que todos estão interessados em ouvir as novidades de um dos maiores impérios da indústria automóvel. SALÃO 42. Automechanika 2010: Sinais positivos Em termos de expositores, a Automechanika 2010 conseguiu que um total de empresas de 76 países de todo o mundo estivessem presentes, o que constitui um novo recorde, relativamente aos números de Trinta e sete países (48,6%) dos que estiveram presentes perderam expositores, apenas 12 (15,7%) repetiram o número de 2008, embora tenha havido uma recuperação de expositores em 27 países (35,5%). ENTREVISTA 30. Raul Calleja Encarregado de devolver e acrescentar à feira do pós-venda de Madrid o seu prestígio conquistado ao longo dos anos, Raúl Calleja está principalmente interessado em promover um conceito mais dinâmico, mais criativo e mais virado para as expectativas e necessidades dos expositores. ENTREVISTA 38. Omer Wesemael A AD Internacional celebra 40 anos de actividade e a AP Magazine aproveitou a efeméride para entrevistar o seu Presidente. O grupo, que nasceu em 1970, na Bélgica, está já presente em 25 países, um dos quais Portugal. Contando com todos os pontos de venda, a AD tem 25 mil pessoas que trabalham os seus produtos e 2,2 milhões de metros quadrados de armazém. 04 AP MAGAZINE

5 Parti Motore: guidavalvole, sedivalvole, piattelli registro valvole. Engine Parts: valve guides, valve seats, valve shims. Piezas para motores: guías de válvulas, asientos de válvulas, plaquitas de ajuste de válvulas. Pièces moteur: guides de soupapes, sièges, pastilles de réglage soupapes. Motorenteile: ventilde motor: führungen, ventilsitze, v e n t i l e i n - Material stellscheiben. Pompe guias de válvulas, tuches, pastilhas dewater afinação.pumps. Bomba acqua. agua. Pompes à eau. Was de serpumpen. Vamos atrair a sua atenção. Sistema de polis de travão: polis de travão, maxilas de travão (NOVOS), kits rápidos Sistema de discos de travão: discos de travão, discos de travão revesfrizione: pastiglie freno, tidos (NOVOS), pastilhas de travão Parti Freno e dischi freno cilindretti freno, pompe freno, correttori di frenata, rapid kit, ganasce freno, tamburi freno, cilindri frizione e Material hidraulico de e tr ttravões tra ra : pompe frizione. bombitos de travão, bombas de travão, válvulas vá vu vula v las de d regulação de presomb om ombbass segundárias de travão são, bombas principais Brake de embraiagem, andm, bombas Clutch Parts: brake pads, Transmissões: T Tr r ran nsm nsm missões: mis ssões: brake juntas ju ass homocinéticas, homoocci cinéticas, inét iné inéticas i éticas, ti cardans car c rd rddaaans discs, wheel Bombas de água cylinders, master cylinders, pressure regulating valve, premounted kit, brake shoes, brake drums clutch master and slave cylinders. Piezas para frenos y embragues: pastil las de freno, discos de freno, cilindros de freno, bombas de freno, correctores de frenado, kit premontados, zapatas de freno, tambores de freno,www.metellispa.it cilindros princi pales y esclavos de embrague Pièces frein et embrayage : plaquettes de freins

6 DESTAQUE MAIORES E MELHORES DISTRIBUIDORES DO ANO 2010 Inspirado nos bons exemplos que felizmente se encontram neste dinâmico sector de actividade, a AP Magazine pretende contribuir com esta iniciativa para o crescimento de um mercado que movimenta muitos milhões de euros e milhares de postos de trabalho. Apesar das dificuldades financeiras com que se debatem muitos sectores da economia nacional, a distribuição de peças conseguiu apresentar resultados positivos em 2009, comparativamente a Ser hoje empresário é uma actividade de elevado risco, que requer conhecimentos e atenção às mudanças. Analisando os resultados positivos do ranking das 50 maiores empresas do sector da distribuição de peças, acreditamos que os empresários deste sector são os verdadeiros responsáveis pelo sucesso das suas empresas, pois têm conseguido adaptar-se às mudanças que o sector automóvel tem vivido nos últimos tempos. Os indicadores financeiros do ranking 2009 reflectem o momento positivo que vive o sector da distribuição de peças em Portugal, contrariando a quebra de volume de negócios e lucros registados pela maioria dos sectores da economia nacional. Nas 50 empresas analisadas, o volume de negócios cresceu cerca de 1,9 por cento em 2009 comparativamente a As 10 primeiras valem agora 236 milhões de euros, contra 227 milhões há um ano atrás. Crescimento e sustentabilidade APCOMUNICAÇÃo PRÉMIOS EXCELÊNCIA O SEU PARCEIRO DE NEGÓCIO 2010 Esta edição das 50 maiores e melhores empresas de distribuição de peças automóvel em Portugal toma o pulso a este sector da economia nacional, identificando as empresas que mais se destacaram no último ano. QUEM ESTÁ NA LISTA A informação apresentada sobre os 50 maiores distribuidores de Peças Automóvel em Portugal é da responsabilidade da IF4 Processamento de Informações, Lda.. Esta empresa especializada solicita anualmente às empresas informação quantitativa. A generalidade das empresas responde atempadamente, permitindo assim a apresentação detalhada e actualizada das 50 maiores, ordenadas pelo respectivo volume de negócios do exercício anterior. No entanto, algumas empresas mostram indisponibilidade em fornecer elementos, ou enviam-nos tardiamente, inviabilizando a sua entrada para o ranking das 50 Maiores. Sabemos, pelo conhecimento que temos deste mercado, que subsiste um conjunto de empresas cujo volume de negócios em 2009 também justificaria a sua presença entre as 50 Maiores. A essas empresas, que não tiveram oportunidade de enviar os dados referentes ao exercício de 2009 ou que, por lapso, não chegaram a ser contactadas nesse sentido, a AP Magazine solicita o envio da respectiva informação financeira, que dela daremos conta numa próxima edição. 06 AP MAGAZINE

7 DESTAQUE Nº NOME EMPRESA 50 MAIORES EMPRESAS DE DISTRIBUIÇÃO DE PEÇAS EM PORTUGAL Segundo o volume de negócios de 2009 CÓD. DIST. VN 2009 VN 2008 ACTIVO 2009 RES. LIQ CAP. PROP M COUTINHO-PEÇAS E REPARAÇÃO AUTOMÓVEL CIVIPARTS-COMÉRCIO DE PEÇAS E EQUIPAMENTOS VAUNER TRADING TRW AUTOMOTIVE PORTUGAL STAND ASLA AUTOZITÂNIA-ACESSÓRIOS E SOBRESSALENTES CENTRAUTO CS-ACESSÓRIOS SOBRESSALENTES E VEÍCULOS SANTOGAL PEÇAS-DISTRIBUIÇÃO E COMÉRCIO DE COMPONENTES PARA AUTOMÓVEIS CREATE BUSINESS-COM. E GESTÃO DE PEÇAS AUTO E ACESSÓRIOS AD LOGISTICS CARDOSO & MAIA-PEÇAS E ACESSÓRIOS PARA AUTOMÓVEIS COSTA & GARCIA-EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS SONICEL-ACESSÓRIOS E SOBRESSALENTES AS PARTS-CENTRO DE PEÇAS E ACESSÓRIOS LUSILECTRA-VEÍCULOS E EQUIPAMENTOS STAND BARATA-COMPRA VENDA DE AUTOMÓVEIS EUROPEÇAS DAVASA SUCURSAL EM PORTUGAL AUTO SILVA ACESSÓRIOS RUNKEL & ANDRADE KRAUTLI PORTUGAL-EQUIPAMENTOS PARA VEÍCULOS AUTO DELTA-COMÉRCIO DE PEÇAS, ACESSÓRIOS E AUTOMÓVEIS EDELMIRO RODRIGUEZ COSIMPOR-IMPORTAÇÃO E COMÉRCIO DE AUTOMÓVEIS AUTOZITÂNIA II-VEÍCULOS E PEÇAS SOULIMA-COMÉRCIO DE PEÇAS ATLANTIC PARTS-DISTRIBUIÇÃO DE PEÇAS AUTO CETRUS-COMÉRCIO E EQUIPAMENTOS AUTO PARTNER-PEÇAS E SERVIÇOS SERVILENA TOMARPEÇAS-IMPORTAÇÃO DE PEÇAS DE AUTOMÓVEIS DE TOMAR BRAGALIS-PEÇAS E ACESSÓRIOS PARA AUTOMÓVEIS IBERPEÇAS-SOBRESSALENTES AUTO RUBETE-EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS INFINIAUTO-IMPORTAÇÃO E COMÉRCIO DE PEÇAS AUTO SÁ GOMES COMETIL-COMÉRCIO DE EQUIPAMENTO TÉCNICO INDUSTRIAL LEIRILIS-ACESSÓRIOS E PEÇAS PARA AUTOMÓVEIS SKF PORTUGAL-ROLAMENTOS NIPOCAR-IMPORTAÇÃO E COMÉRCIO ARRÁBIDA PEÇAS-COMÉRCIO, IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO DE PEÇAS AUTO EURODESGASTE-COMÉRCIO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS JOMIRPEÇAS-COMÉRCIO E INDÚSTRIA AUTO LENAPARTS-COMÉRCIO DE PEÇAS PARA AUTOMÓVEIS AUTO COSTA-COMÉRCIO E INDÚSTRIA JUMASA PARTS LISBOA GILLCAR NORTE-COMÉRCIO E INDUSTRIA MAQUINAS E TINTAS VICAUTO-PEÇAS PARA VIATURAS PESADAS TECNIVERCA-MÁQUINAS E FERRAMENTAS Nº TRAB SETEMBRO

8 JORNAL INDEPENDENTE DE PEÇAS, ACESSÓRIOS E EQUIPAMENTOS DESTAQUE MAIORES E MELHORES DISTRIBUIDORES DO ANO 2010 Os lucros das 50 maiores também tiveram crescimento, sendo que 40 empresas das que constam no ranking fecharam em terreno positivo. Nas dez primeiras, quatro perderam facturação, mas apenas uma apresentou resultados líquidos negativos. A tabela, ordenada pelo volume de negócios, é liderada pela M. Coutinho, que terminou com 37,434 milhões de euros. A Civiparts ascende à vice-liderança, tendo engordado os resultados líquidos para 1,739 milhões de euros. A especialista em chapa Vauner mantém o terceiro posto, com menos facturação e mais lucros. Depois do pódio, aparecem a TRW Automotive (subiu uma posição) e o Stand Asla (desceu um lugar). Autozitânia, Centrauto, de João Pedro Lopes da Rocha, CS Acessórios Sobressalentes e Veículos, Santogal e Create Business, fecham o top- 10 dos maiores distribuidores de peças. Em relação ao ranking anterior, saem das dez primeiras a Costa & Garcia e Sofrapa, esta por não ter disponibilizado informação. Em 2009, os maiores resultados líquidos foram obtidos pela Autozitânia, Civiparts, Centrauto, Santogal e Autozitânia II. A organização, está directamente relacionada com o sentimento de produtividade. É o processo responsável pela intensidade, direcção e persistência dos esforços para o alcance de uma determinada meta. E nesse sentido, os Prémios Excelência 2010 são importantes. REVISTA DOSPNEUS REVISTA INDEPENDENTE DE PNEUMÁTICOS E SERVIÇOS RÁPIDOS JORNAL DASOFICINAS Gabriel passa para a TRW JORNAL INDEPENDENTE DE PEÇAS, ACESSÓRIOS E EQUIPAMENTOS TecDoc e TecCom vão fundir-se Conferência ACAP - O mercado Pós-Venda em Portugal Sumário Página 10 Salão Automechanika 2010 Página 48 40º Aniversário Grupo AD Página 50 Viagem ao Passado de Joaquim Candeias Página 54 Oficina do Mês: AutomotorSport Página 84 Diagnóstico de Injectores Página 8 Dossier Escapes TODA A ACTUALIDADE AO ALCANCE DE UM CLIQUE! JORNAL DASOFICINAS Estratégias para o futuro A Divisão de Peças e Acessórios Independentes da ACAP organiza no próximo dia 14 de Outubro, no Centro Cultural de Belém, uma conferência sobre o lema O mercado Pós-Venda em Portugal, estratégias para o futuro. A Associação promete dados sobre o mercado português e a análise de alguns especialistas de renome. E deixará sinais para alavancar a sustentabilidade do negócio. (pag.8) Carros da Geely na internet O futuro do Aftermarket em Portugal 3.º SIMPÓSIO PÓS-VENDA AUTOMÓVEL Com a realização do 3.º Simpósio Pósvenda Automóvel, a AP Comunicação contribuiu mais uma vez para a discussão do negócio pós-venda automóvel, tendo convidado especialistas em diversas áreas da gestão oficinal, liderança e vendas, para darem a sua opinião sobre o futuro do Aftermarket em Portugal. APCOMUNICAÇÃo O SEU PARCEIRO DE NEGÓCIO 08 AP MAGAZINE

9 Os 10 melhores distribuidores APCOMUNICAÇÃo PRÉMIOS EXCELÊNCIA O SEU PARCEIRO DE NEGÓCIO 2010 A AP Magazine premiou, pelo segundo ano consecutivo, os 10 melhores distribuidores de peças automóvel em Portugal. A avaliação das empresas foi realizada pela IF 4, empresa de estudos de mercado e braço do GIPA em Portugal. Os Prémios Excelência 2010 são uma iniciativa da AP Magazine e pretendem premiar os Distribuidores de Peças que mais de destacaram no último ano. O significado da iniciativa é no fundo o mais importante, tanto para os premiados, como para os que ficam de fora. Para estes, a motivação para que sejam a escolha de futuras edições, enquanto que para os primeiros, o regozijo de poderem contar com um prémio que conduzirá ao fortalecimento das suas empresas. A motivação é a pedra basilar da iniciativa. Para os vencedores, no sentido de quererem continuar a subir o patamar do sucesso, e para vencidos, no sentido de virem a igualar as performances dos que são as escolhas primeiras do mercado. QUADRO DE HONRA TOP-10 MELHORES DISTRIBUIDORES DE PEÇAS AUTOMÓVEL EM PORTUGAL 1º M COUTINHO PEÇAS E REPARAÇÃO AUTOMÓVEL 2º SANTOGAL PEÇAS-DISTRIBUIÇÃO E COMÉRCIO DE COMPONENTES PARA AUTOMÓVEIS 3º AUTOZITÂNIA II-VEÍCULOS E PEÇAS 4º INFINIAUTO-IMPORTAÇÃO E COMÉRCIO DE PEÇAS AUTO 5º AUTO DELTA-COMÉRCIO DE PEÇAS, ACESSÓRIOS E AUTOMÓVEIS 6º TRW AUTOMOTIVE PORTUGAL 7º AS PARTS-CENTRO DE PEÇAS E ACESSÓRIOS 8º JOAO PEDRO LOPES DA ROCHA 9º AUTOZITÂNIA-ACESSÓRIOS E SOBRESSALENTES 10º AD LOGISTICS SETEMBRO

10 DESTAQUE MAIORES E MELHORES DISTRIBUIDORES DO ANO 2010 VALOR ACRESCENTADO BRUTO Nº NOME DE EMPRESA VAB 2009 CIVIPARTS-COMÉRCIO DE PEÇAS E 1 EQUIPAMENTOS M COUTINHO PEÇAS E REPARAÇÃO AUTOMÓVEL VAUNER TRADING STAND ASLA COSTA & GARCIA-EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS CENTRAUTO CARDOSO & MAIA-PEÇAS E ACESSÓRIOS PARA 7 AUTOMÓVEIS STAND BARATA-COMPRA VENDA DE AUTOMÓVEIS CS-ACESSÓRIOS SOBRESSALENTES E VEÍCULOS TRW AUTOMOTIVE PORTUGAL RENTABILIDADE CAPITAIS PRÓPRIO Nº NOME DE EMPRESA RENT. CP (RL/CP SANTOGAL PEÇAS-DISTRIBUIÇÃO E COMÉRCIO DE 1 COMPONENTES PARA AUTOMÓVEIS 93,38 2 JUMASA PARTS LISBOA 75,57 3 AUTOZITÂNIA-ACESSÓRIOS E SOBRESSALENTES 44,60 4 AS PARTS-CENTRO DE PEÇAS E ACESSÓRIOS 40,25 5 AUTOZITÂNIA II-VEÍCULOS E PEÇAS 31,56 ARRÁBIDA PEÇAS-COMÉRCIO, IMPORTAÇÃO E 6 EXPORTAÇÃO DE PEÇAS AUTO 25,81 AUTO DELTA-COMÉRCIO DE PEÇAS, ACESSÓRIOS E 7 AUTOMÓVEIS 24,07 8 M COUTINHO PEÇAS E REPARAÇÃO AUTOMÓVEL 23,27 9 CENTRAUTO 23,05 10 SKF PORTUGAL-ROLAMENTOS 23,00 PRODUTIVIDADE REAL Nº NOME DE EMPRESA PROD. REAL (VAB/NT) SANTOGAL PEÇAS-DISTRIBUIÇÃO E COMÉRCIO DE 1 COMPONENTES PARA AUTOMÓVEIS 72 CIVIPARTS-COMÉRCIO DE PEÇAS E 2 EQUIPAMENTOS 72 CREATE BUSINESS-COM. E GESTÃO DE PEÇAS 3 AUTO E ACESSÓRIOS 70 4 AUTOZITÂNIA II-VEÍCULOS E PEÇAS 67 5 CENTRAUTO 63 6 ATLANTIC PARTS-DISTRIBUIÇÃO DE PEÇAS AUTO 60 7 SKF PORTUGAL-ROLAMENTOS 59 8 TRW AUTOMOTIVE PORTUGAL 57 AUTO DELTA-COMÉRCIO DE PEÇAS, ACESSÓRIOS E 9 AUTOMÓVEIS NIPOCAR-IMPORTAÇÃO E COMÉRCIO 51 CRESCIMENTO VOLUME NEGÓCIOS Nº NOME DE EMPRESA CRESC. VN (VN09/VN08) 1 M COUTINHO PEÇAS E REPARAÇÃO AUTOMÓVEL 27,96 INFINIAUTO-IMPORTAÇÃO E COMÉRCIO DE PEÇAS 2 AUTO 17,61 3 AS PARTS-CENTRO DE PEÇAS E ACESSÓRIOS 17,21 4 EDELMIRO RODRIGUEZ 14,64 5 AUTO SILVA ACESSÓRIOS 14,37 6 ATLANTIC PARTS-DISTRIBUIÇÃO DE PEÇAS AUTO 14,05 7 JUMASA PARTS LISBOA 13,70 AUTO DELTA-COMÉRCIO DE PEÇAS, ACESSÓRIOS E 8 AUTOMÓVEIS 13,34 SANTOGAL PEÇAS-DISTRIBUIÇÃO E COMÉRCIO DE 9 COMPONENTES PARA AUTOMÓVEIS 11,59 10 AUTOZITÂNIA II-VEÍCULOS E PEÇAS 9,26 AUTONOMIA FINANCEIRA Nº NOME DE EMPRESA AUT. FINANC (CP/ACT) GILLCAR NORTE-COMÉRCIO E INDUSTRIA 1 MAQUINAS E TINTAS 91,21 2 NIPOCAR-IMPORTAÇÃO E COMÉRCIO 81,88 3 TRW AUTOMOTIVE PORTUGAL 80,03 4 VICAUTO-PEÇAS PARA VIATURAS PESADAS 70,96 5 SKF PORTUGAL-ROLAMENTOS 64,49 6 AUTOZITÂNIA II-VEÍCULOS E PEÇAS 64,44 7 LEIRILIS-ACESSÓRIOS E PEÇAS PARA AUTOMÓVEIS 59,20 8 RUBETE-EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS 57,12 9 SA GOMES 52,92 INFINIAUTO-IMPORTAÇÃO E COMÉRCIO DE PEÇAS 10 AUTO 52,46 GERAÇÃO EMPREGO Nº NOME DE EMPRESA GER. EMP (NT09-NT08) 1 AD LOGISTICS 22 2 M COUTINHO PEÇAS E REPARAÇÃO AUTOMÓVEL 16 3 CS-ACESSÓRIOS SOBRESSALENTES E VEÍCULOS 15 CARDOSO & MAIA-PEÇAS E ACESSÓRIOS PARA 4 AUTOMÓVEIS 5 5 AUTO COSTA-COMÉRCIO E INDÚSTRIA 5 6 AUTOZITÂNIA-ACESSÓRIOS E SOBRESSALENTES 3 7 AS PARTS-CENTRO DE PEÇAS E ACESSÓRIOS 3 8 EDELMIRO RODRIGUEZ 3 INFINIAUTO-IMPORTAÇÃO E COMÉRCIO DE PEÇAS 9 AUTO 3 10 VAUNER TRADING 2 A oportunidade de divulgar as melhores práticas seguidas pelas empresas que conseguem atingir o Top-10 dos Distribuidores nacionais, mesmo nas alturas em que o mercado parece vacilar, é uma fonte de inspiração e de ensinamentos para quem deseja triunfar e alcançar o sucesso dos seus empreendimentos. Afinal, o aftermarket em todas as suas vertentes encontra-se vivo, para bem do mercado que somos todos nós. Um parque automóvel a envelhecer parece ser um factor a favor. Mas também os modernos veículos estão ao alcance do pós-venda independente, cheio de vontade de provar que as novas tecnologias não são uma sentença de morte, mas antes um factor de motivação que se renova a cada nova peça e serviço introduzidos na cadeia do sistema da mobilidade. É esta motivação que os Prémios Excelência têm catapultado para o objectivo final de um mercado cada vez mais profissional e competente, onde as pessoas são, afinal, o elo mais importante no meio da tecnologia e do tradicional. A empresa M. Coutinho entrou directamente para o topo da tabela dos melhores distribuidores de peças, destornando a Civiparts, que havia sido escolhida o ano passado. Analisando os resultados das 10 Melhores empresas do sector da distribuição de peças, acreditamos que os empresários deste sector são os verdadeiros responsáveis pelo sucesso das suas empresas, pois têm conseguido adaptar-se às mudanças que o sector automóvel tem vivido nos últimos tempos. 10 AP MAGAZINE

11 DESTAQUE A motivação é uma das grandes forças impulsionadoras do comportamento humano. É ela quem determina os níveis de desempenho pessoal e profissional obtidos. Com um volume de negócios de 37,473 milhões de euros, a M. Coutinho destacase pelo crescimento de facturação (27,96 por cento) de resultados líquidos, tendose afirmado como o maior distribuidor de peças a nível nacional em Ao mesmo tempo é segunda na Geração de Emprego e no Valor Acrescentado Bruto. Tal como aconteceu no ano passado, a lista dos 10 melhores distribuidores de peças inclui várias empresas que vendem peças originais, revelando o seu peso neste sector. Em resumo, entraram nas 10 melhores a M. Coutinho, Santogal, Autozitânia, Infiniauto, Auto Delta, TRW Automotive, AS Parts, Centrauto, Autozitânia II e AD Logistics. O processo de selecção, a cargo da consultora IF-4, começa por eliminar das 50 candidatas as que não cumpriram três critérios básicos: - Forneceram dados completos dos dois últimos exercícios; - Obtiveram resultados líquidos positivos no exercício de 2009; - Registaram um crescimento do VAB superior à inflação. As empresas que ultrapassaram estes patamares entraram para o cálculo das melhores, sendo analisados os seus resultados em seis indicadores de gestão. A AP Comunicação, editora independente de publicações para o sector Pós-venda Automóvel, delegou a uma empresa especializada na análise e estudos de mercado, o trabalho de investigação requerido pelos Prémios Excelência. IF4 foi a empresa escolhida. Criada em 1981, faz estudos de mercado para várias entidades, sendo alguns dos seus trabalhos mais conhecidos os estudos sobre as maiores empresas portuguesas e PME s, Critérios de selecção A análise qualitativa dos 10 Melhores Distribuidores obedece a seis critérios previamente definidos que são os seguintes: 1 - Valor Acrescentado Bruto (VAB) Um critério dimensional que tipifica o contributo da empresa para a economia nacional. Calculado mediante a soma das vendas líquidas, despesas internas (pessoal, amortizações, financeiras), variação de produção, subsídios à exploração e receitas suplementares, menos consumos intermédios 2 Crescimento do Volume de Negócios O critério essencial para avaliar o dinamismo e a eficácia da empresa, em tempo de crise. Calculado com a percentagem de evolução do valor de 2009 sobre o do ano anterior. Valores positivos indicam crescimento das vendas, dinamismo empresarial e conquista de novos clientes ou quotas de mercado. 3 - Rentabilidade dos Capitais Próprios Mede a taxa de retorno dos capitais investidos pelos accionistas ou sócios na empresa, obtida pela divisão dos resultados líquidos pelo capital próprio. É importante para aferir o nível de remuneração das acções quando da distribuição de dividendos. 4 - Autonomia Financeira É um indicador do equilíbrio financeiro da empresa, já que mede o grau de financiamento do activo pelos capitais próprios. Calculada pelo quociente entre os capitais próprios e o activo total líquido. Indica o peso dos capitais próprios no financiamento da empresa e complementa o rácio de endividamento. 5 - Produtividade Real Valor da contribuição de cada trabalhador para o volume de negócios da empresa. Mede a eficiência da empresa na utilização dos seus recursos humanos, representando os valores mais elevados maior produtividade. Quem realiza a avaliação publicados anualmente nos Jornais JN e Diário de Notícias. Entre os seus principais clientes, para além dos dois jornais já referidos, encontram-se numerosas empresas de primeiro nível, públicas e privadas, de diversos sectores de actividade, fornecendo também informação empresarial a Bases de Dado Europeias. A IF4 garante assim toda a transparência na execução deste inquérito, uma vez que se trata 6 - Geração de Emprego Um indicador que dá sinais para a expansão futura da empresa. Em tempo de crise, a manutenção do emprego já pode ser cons iderado um resultado ambicioso, face à onda de encerramentos e dispensas de pessoal. Calculado como a diferença entre o número médio de trabalhadores em 2009 e A destacar que estes seis critérios não são eliminativos, mas acumulativos: uma empresa com boa pontuação em quatro ou cinco critérios e fraca em um ou dois critérios, poderá ser considerada excelente. Por exemplo, uma empresa que cria valor acrescentado, mantém uma correcta estrutura financeira, elevada produtividade e rentabilidade, pode crescer pouco e não gerar emprego, mas se as pontuações o permitirem, estar na lista dos 10 Melhores Distribuidores. É pontuada com 10 pontos a empresa líder em cada critério e com 1 ponto a empresa que ocupa o lugar 10 e logicamente com valores intermédios, de modo decrescente, as empresas situadas entre os lugares 2 e 9 de cada critério. Somando a pontuação obtida em cada critério obtém-se a pontuação total, que permite definir o ranking das 10 melhores empresas. de uma empresa independente com créditos reconhecidos neste tipo de trabalho. Todos os procedimentos levados a cabo, assim como os resultados das votações estão disponíveis para consulta dos interessados. O universo de empresas analisadas incluiu a totalidade dos distribuidores nacionais, cujo relatório e contas 2009 tenha sido enviado à empresa IF 4 ou registados no sistema IES no prazo indicado por lei. SETEMBRO

12 DESTAQUE MELHORES DISTRIBUIDORES DO ANO PRÉMIOS EXCELÊNCIA 2010 MCoutinho Peças Presença nacional 1 APCOMUNICAÇÃo PRÉMIOS EXCELÊNCIA O SEU PARCEIRO DE NEGÓCIO 2010 Foi pioneira no desenvolvimento do negócio de peças de marca em Portugal. A MCoutinho Peças já leva mais de 10 anos de mercado estando presente no Porto e em Lisboa. Miguel Melo, Director Geral da MCoutinho Peças OGrupo MCoutinho acumula já 54 anos de actividade em Portugal e, desde sempre centrou a sua actividade no negócio automóvel. Tendo nascido no Marco de Canaveses, está actualmente presente nos distritos de Bragança, Vila Real, Braga, Viana do Castelo, Porto, Aveiro, Coimbra e Lisboa, com 59 pontos de venda e 30 unidades de pós-venda. Podemos afirmar que a distribuição de peças foi uma das áreas em que nossa actuação assumiu um carácter pioneiro e inovador no país, começa por referir Miguel Melo, Director-Geral da MCoutinho Peças. Foi há já 11 anos que foi lançado o projecto MCoutinho Peças, autonomizando o negócio de Peças Originais dentro do grupo, que era até então gerido pelas concessões de cada marca, divididas geograficamente. Assim se criou uma nova estrutura, com gestão centralizada e especializada no negócio de peças. Considerando que o 1º marco histórico da MCoutinho Peças foi o momento da fundação, Miguel Melo, diz que fomos pioneiros em Portugal e, tanto quanto sabemos, também a nível europeu, na centralização do negócio de peças de um grupo de concessionários numa empresa especializada. Em 2006, a empresa encetou uma reorganização profunda dos seus processos de negócio, orientada por uma lógica de especialização por áreas, que permitiu ter equipas mais profissionais e enfocadas nos processos chave do negócio: o acompanhamento comercial, o atendimento telefónico, a identificação de peças, as compras, o aprovisionamento e as operações. Desde então, a empresa entrou numa espiral positiva da sua performance, registando crescimentos anuais de 2 dígitos, tanto ao nível da facturação como dos resultados líquidos foi, sem dúvida, um ano marcante na história da empresa comemorámos o nosso 10º aniversário e expandimos a nossa zona de influência para Sul, com a inauguração do novo armazém em Lisboa. Atingimos um novo e expressivo recorde de vendas, que em muito contribuiu para a atribuição deste Prémio Excelência, assegura o director-geral da MCoutinho Peças. Comparando o antes e o agora, e ao fim de 11 anos, a MCoutinho Peças tornou-se líder no mercado de Peças Originais em Portugal e, logicamente, a dimensão da operação mudou bastante. Para Miguel Melo o crescimento foi notório a vários níveis, nomeadamente a quantidade de marcas representadas, a zona geográfica abrangida, o número de efectivos e, naturalmente, as vendas. Ao mesmo tempo, todos os processos foram sendo refinados e, hoje em dia, existe uma grande especialização de cada área da empresa, desde o atendimento até à distribuição, passando pelo armazém, compras, marketing, vendas e sistemas de informação. Naturalmente, ao sermos maiores e mais especializados, conseguimos proporcionar um melhor nível de serviço aos nossos Clientes. Isto reflecte-se ao nível da disponibilidade de stocks, dos preços, da rapidez de entrega, etc.. Dizendo que a conjuntura macroeconómica continua a não inspirar confiança, Miguel Melo considera que deverão continuar as tendências para envelhecimento do parque automóvel e redução do orçamento disponível para a manutenção automóvel, por parte das famílias. Para nós, isso significa a prossecução de uma estratégia de crescimento em contra-ciclo, que temos vindo a seguir. São diversas as linhas estratégicas para o futuro da empresa. Na zona de Lisboa, pretendemos consolidar o ritmo de crescimento alcançado em 2010 por via, nomeadamente, da inovação no serviço ao Cliente, de que é exemplo o recente lançamento do 12 AP MAGAZINE

Departamento Comercial e Marketing. Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010. Técnicas de Secretariado

Departamento Comercial e Marketing. Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010. Técnicas de Secretariado Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010 Técnicas de Secretariado Departamento Comercial e Marketing Módulo 23- Departamento Comercial e Marketing Trabalho realizado por: Tânia Leão Departamento

Leia mais

01 - Apresentação QUEM SOMOS

01 - Apresentação QUEM SOMOS 2 01 - Apresentação QUEM SOMOS A Star Extras Line é uma empresa que fabrica e comercializa acessórios para o mercado automóvel after-market nas vertentes de 4X4, BODY PARTS e ACESSÓRIOS TUNING e OPCIONAIS.

Leia mais

Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo

Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo Criada em Setembro de 2005 em Sacavém, a Explicolândia Centros de Estudo tem sido ao longo dos anos, uma

Leia mais

A ARTSOFT é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções tecnológicas de apoio à gestão empresarial.

A ARTSOFT é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções tecnológicas de apoio à gestão empresarial. POWERING BUSINESS QUEM SOMOS A ARTSOFT é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções tecnológicas de apoio à gestão empresarial. Desde 1987 que desenvolvemos um trabalho

Leia mais

A gestão completa dos seus recursos humanos

A gestão completa dos seus recursos humanos PHC Recursos Humanos CS DESCRITIVO Optimize a selecção e recrutamento, proceda à correcta descrição de funções, execute as avaliações de desempenho e avalie as acções de formação. PHC Recursos Humanos

Leia mais

Vantagem Garantida PHC

Vantagem Garantida PHC Vantagem Garantida PHC O Vantagem Garantida PHC é um aliado para tirar maior partido das aplicações PHC A solução que permite à empresa rentabilizar o seu investimento, obtendo software actualizado, formação

Leia mais

Banco Popular, Espanha

Banco Popular, Espanha Banco Popular, Espanha Tecnologia avançada de automação do posto de caixa para melhorar a eficiência e beneficiar a saúde e segurança dos funcionários O recirculador de notas Vertera contribuiu para impulsionar

Leia mais

1. Nota de Boas Vindas. 2. Quem somos. Conceito umbrella. Uma empresa Portuguesa, líder Ibérica, com mais de 16 anos de experiência

1. Nota de Boas Vindas. 2. Quem somos. Conceito umbrella. Uma empresa Portuguesa, líder Ibérica, com mais de 16 anos de experiência 2 Conteúdos 1 Nota de Boas Vindas... 2 Quem somos... 3 Onde estamos... 3.1 Moradas e Contactos... 4 Como funcionamos... 4.1 Serviço Comercial... 4.2 Serviço de Gestão da Relação com o Cliente - CRM...

Leia mais

Grupo Pestana. suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O Cliente

Grupo Pestana. suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O Cliente Grupo Pestana suporta crescimento da área de venda directa no CRM. O trabalho de consolidação de informação permitiu desde logo abrir novas possibilidades de segmentação, com base num melhor conhecimento

Leia mais

28 PME Líder CRITÉRIOS. Bloomberg News

28 PME Líder CRITÉRIOS. Bloomberg News 28 PME Líder CRITÉRIOS Bloomberg News CRITÉ RIOS COMO CHEGAR A PME LÍDER Atingir o Estatuto PME Líder é a ambição de muitas empresas. É este o primeiro passo para chegar a PME Excelência. Saiba o que precisa

Leia mais

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade PHC dcrm DESCRITIVO O módulo PHC dcrm permite aos comerciais da sua empresa focalizar toda a actividade no cliente, aumentando a capacidade de resposta aos potenciais negócios da empresa. PHC dcrm Aumente

Leia mais

A ALD Automotive no mundo

A ALD Automotive no mundo DOSSIER DE IMPRENSA A ALD Automotive no mundo A ALD Automotive é uma empresa de Aluguer Operacional e Gestão de Frotas que integra o Grupo Société Générale, um dos grupos líderes em serviços financeiros

Leia mais

PHC Recursos Humanos CS

PHC Recursos Humanos CS PHCRecursos Humanos CS DESCRITIVO Optimize a selecção e recrutamento, proceda à correcta descrição de funções, execute as avaliações de desempenho e avalie as acções de formação. PHC Recursos Humanos CS

Leia mais

Inovação TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES

Inovação TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES Inovação EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA DAS MOTORIZAÇÕES DOSSIER 13 JORGE LIZARDO NEVES O futuro é sem dúvida eléctrico Vem aí a Era de motores menos poluentes e mais eficientes. Quem o diz é o Jorge Lizardo Neves,

Leia mais

PHC Recursos Humanos CS

PHC Recursos Humanos CS PHC Recursos Humanos CS A gestão total dos Recursos Humanos A solução que permite a optimização da selecção e recrutamento, a correcta descrição de funções, a execução das avaliações de desempenho e a

Leia mais

A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel.

A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel. A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel. Projecto A Oficina+ ANECRA é uma iniciativa criada em 1996, no âmbito da Padronização de Oficinas ANECRA. Este projecto visa reconhecer a qualidade

Leia mais

PHC dteamcontrol Externo

PHC dteamcontrol Externo PHC dteamcontrol Externo A gestão remota de projectos e de informação A solução via Internet que permite aos seus Clientes participarem nos projectos em que estão envolvidos, interagindo na optimização

Leia mais

NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE

NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE A LINK THINK AVANÇA COM PROGRAMA DE FORMAÇÃO PROFISSONAL PARA 2012 A LINK THINK,

Leia mais

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Sumário País Portugal Sector Saúde Perfil do Cliente O Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho envolve

Leia mais

Aluguer Operacional e Gestão de Frotas

Aluguer Operacional e Gestão de Frotas the world leading fleet and vehicle management company LeasePlan Portugal Lagoas Park - Edifício 6-2740-244 Porto Salvo Ed. Cristal Douro - R. do Campo Alegre, nº 830 - sala 35-4150-171 Porto Tel.: 707

Leia mais

EDP. PREPARAR A ECONOMIA DO CARBONO Eficiência energética em alerta vermelho EMPRESA

EDP. PREPARAR A ECONOMIA DO CARBONO Eficiência energética em alerta vermelho EMPRESA EDP PREPARAR A ECONOMIA DO CARBONO Eficiência energética em alerta vermelho EMPRESA O Grupo EDP Energias de Portugal centra as suas actividades na produção, distribuição e comercialização de energia eléctrica,

Leia mais

PHC Mensagens SMS CS

PHC Mensagens SMS CS PHC Mensagens SMS CS O potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC O envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo. Uma comunicação com sucesso: ganhos de tempo e de dinheiro

Leia mais

Visão de Futuro 2010. F3M Information Systems, S.A.

Visão de Futuro 2010. F3M Information Systems, S.A. 1 Reunir várias entidades do sector óptico nacional e discutir o futuro do sector bem como os temas cruciais para os empresários e intervenientes da área foram os objectivos do evento Visão de Futuro 2010,

Leia mais

Iniciar um negócio em Franchising

Iniciar um negócio em Franchising Iniciar um negócio em Franchising Franchising, o que é? Terminologia Vantagens e Desvantagens do Franchisado Vantagens e Desvantagens do Franchisador Dicas para potenciais Franchisados Serviços de apoio

Leia mais

O aumento da força de vendas da empresa

O aumento da força de vendas da empresa PHC dcrm O aumento da força de vendas da empresa O enfoque total na actividade do cliente, através do acesso remoto à informação comercial, aumentando assim a capacidade de resposta aos potenciais negócios

Leia mais

90,5% dos perfis de TI disponível para mobilidade profissional

90,5% dos perfis de TI disponível para mobilidade profissional Michael Page lança Barómetro de TI 90,5% dos perfis de TI disponível para mobilidade profissional Lisboa, 21 de Julho de 2015 A Michael Page, empresa líder em recrutamento de quadros médios e superiores,

Leia mais

PHC Mensagens SMS CS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC

PHC Mensagens SMS CS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC PHCMensagens SMS CS DESCRITIVO O módulo PHC Mensagens SMS permite o envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo, sem ser necessário criar e enviar uma a uma. Comunique com mais sucesso:

Leia mais

POLÍTICA DE AMBIENTE, QUALIDADE E SEGURANÇA

POLÍTICA DE AMBIENTE, QUALIDADE E SEGURANÇA HOMOLOGAÇÃO: José Eduardo Carvalho 14-03- Pág. 2 de 5 A Tagusgás subscreve a Política AQS da Galp Energia. A Política AQS da Tagusgás foi definida tendo em consideração os Objectivos Estratégicos do Grupo

Leia mais

adaptados às características e expectativas dos nossos Clientes, de modo a oferecer soluções adequadas às suas necessidades.

adaptados às características e expectativas dos nossos Clientes, de modo a oferecer soluções adequadas às suas necessidades. A Protteja Seguros surge da vontade de contribuir para o crescimento do mercado segurador nacional, através da inovação, da melhoria da qualidade de serviço e de uma política de crescimento sustentável.

Leia mais

E- Marketing - Estratégia e Plano

E- Marketing - Estratégia e Plano E- Marketing - Estratégia e Plano dossier 2 http://negocios.maiadigital.pt Indíce 1 E-MARKETING ESTRATÉGIA E PLANO 2 VANTAGENS DE UM PLANO DE MARKETING 3 FASES DO PLANO DE E-MARKETING 4 ESTRATÉGIAS DE

Leia mais

SERVIÇO DA MERCAL CONSULTING GROUP PARA VENDA OU ASSOCIAÇÃO ( JOINT VENTURE OU MERGER ) DA SUA EMPRESA

SERVIÇO DA MERCAL CONSULTING GROUP PARA VENDA OU ASSOCIAÇÃO ( JOINT VENTURE OU MERGER ) DA SUA EMPRESA SERVIÇO DA MERCAL CONSULTING GROUP PARA VENDA OU ASSOCIAÇÃO ( JOINT VENTURE OU MERGER ) DA SUA EMPRESA O primeiro requisito para venda de uma empresa, total ou parcialmente, é apresentá-la de forma atraente,

Leia mais

Relatório de Gestão & Contas - Ano 2012 RELATÓRIO DE GESTÃO. Resende e Fernandes, Construção Civil, Lda.

Relatório de Gestão & Contas - Ano 2012 RELATÓRIO DE GESTÃO. Resende e Fernandes, Construção Civil, Lda. RELATÓRIO DE GESTÃO Resende e Fernandes, Construção Civil, Lda. 2012 ÍNDICE DESTAQUES... 3 MENSAGEM DO GERENTE... 4 ENQUADRAMENTO MACROECONÓMICO... 5 Economia internacional... 5 Economia Nacional... 5

Leia mais

ALD PROFLEET2 SOLUÇÕES AVANÇADAS DE TELEMÁTICA

ALD PROFLEET2 SOLUÇÕES AVANÇADAS DE TELEMÁTICA ALD PROFLEET2 SOLUÇÕES AVANÇADAS DE TELEMÁTICA O que é o ALD ProFleet2? É um serviço de dados que utiliza um sistema telemático avançado de gestão de frotas e que lhe permite administrar, localizar em

Leia mais

Microcrédito Damos Rumo à Vida

Microcrédito Damos Rumo à Vida Microcrédito Damos Rumo à Vida 1 Microcrédito no Millennium bcp O Microempreendedor e o seu perfil Empreendedorismo Dar Rumo à Vida Resultados Conclusões 2 Microcrédito no Millennium bcp Responsabilidade

Leia mais

Certificação da Qualidade numa Empresa a nível Nacional

Certificação da Qualidade numa Empresa a nível Nacional Certificação da Qualidade numa Empresa a nível Nacional Quem somos Origem, posição actual Actividade iniciada em 1952. O prestígio de meio século de presença no mercado, A Qualidade dos produtos que comercializa

Leia mais

SAÚDEGLOBAL. AON Portugal

SAÚDEGLOBAL. AON Portugal SAÚDEGLOBAL AON Portugal Breve Apresentação do Negócio DADOS DE CARACTERIZAÇÃO Designação Comercial Saúdeglobal N.º Colaboradores N.º de Estabelecimentos Dispersão Geográfica Nacional Facturação em 2010

Leia mais

Neves & Freitas Consultores, Lda.

Neves & Freitas Consultores, Lda. A gerência: Cristian Paiva Índice 1. Introdução... 3 2. Apresentação... 4 2.2 Missão:... 4 2.3 Segmento Alvo... 4 2.4 Objectivos... 5 2.5 Parceiros... 5 2.6 Organização... 5 3. Organigrama da empresa...

Leia mais

PHC dteamcontrol Interno

PHC dteamcontrol Interno PHC dteamcontrol Interno A gestão remota de projectos em aberto A solução via Internet que permite acompanhar os projectos em aberto em que o utilizador se encontra envolvido, gerir eficazmente o seu tempo

Leia mais

Manual da Garantia Mútua

Manual da Garantia Mútua Março de 2007 Manual da Garantia Mútua O que é a Garantia Mútua? É um sistema privado e de cariz mutualista de apoio às pequenas, médias e micro empresas (PME), que se traduz fundamentalmente na prestação

Leia mais

MEIOSTEC, S.A. RELATÓRIO E CONTAS 2008

MEIOSTEC, S.A. RELATÓRIO E CONTAS 2008 MEIOSTEC, S.A. RELATÓRIO E CONTAS 2008 MEIOSTEC, S.A. RELATÓRIO E CONTAS 2008 ÍNDICE 01 Relatório de Gestão... 1 02 Conjuntura Económica... 2 03 A Empresa... 3 04 Análise Financeira... 9 1 MEIOSTEC S.A.

Leia mais

RELATÓRIO E CONTAS BBVA BOLSA EURO

RELATÓRIO E CONTAS BBVA BOLSA EURO RELATÓRIO E CONTAS BBVA BOLSA EURO 30 JUNHO 20 1 BREVE ENQUADRAMENTO MACROECONÓMICO 1º semestre de 20 No contexto macroeconómico, o mais relevante no primeiro semestre de 20, foi a subida das taxas do

Leia mais

SINAIS POSITIVOS TOP 20 (atualizado a 10JUL2014)

SINAIS POSITIVOS TOP 20 (atualizado a 10JUL2014) SINAIS POSITIVOS TOP 20 (atualizado a 10JUL2014) 1. Taxa de Desemprego O desemprego desceu para 14,3% em maio, o que representa um recuo de 2,6% em relação a maio de 2013. Esta é a segunda maior variação

Leia mais

RELATÓRIO E CONTAS BBVA MULTIFUNDO ALTERNATIVO

RELATÓRIO E CONTAS BBVA MULTIFUNDO ALTERNATIVO RELATÓRIO E CONTAS BBVA MULTIFUNDO ALTERNATIVO FUNDO ESPECIAL DE INVESTIMENTO 30 JUNHO 20 1 BREVE ENQUADRAMENTO MACROECONÓMICO 1º semestre de 20 No contexto macroeconómico, o mais relevante no primeiro

Leia mais

PHC Mensagens SMS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC

PHC Mensagens SMS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC PHCMensagens SMS DESCRITIVO O módulo PHC Mensagens SMS permite o envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo, sem ser necessário criar e enviar uma a uma. Comunique com mais sucesso: ganhe

Leia mais

COMO ELABORAR UM PLANO DE NEGÓCIOS DE SUCESSO

COMO ELABORAR UM PLANO DE NEGÓCIOS DE SUCESSO COMO ELABORAR UM PLANO DE NEGÓCIOS DE SUCESSO 1 Sumário: Conceito e Objectivos Estrutura do PN o Apresentação da Empresa o Análise do Produto / Serviço o Análise de Mercado o Estratégia de Marketing o

Leia mais

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa, ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa, ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade O módulo PHC dcrm permite aos comerciais da sua empresa focalizar toda a actividade no cliente, aumentando a capacidade de resposta aos potenciais negócios da empresa. PHC dcrm Aumente o potencial da força

Leia mais

A ENERGIA QUE FAZ SENTIDO RGIA AMBIENTE TECNOLOGIA INOVAÇÃO FUTU VA ÇÃO FUTURO RESPONSABILIDADE RESPEITO ABILIDADE RESPEITO FUTURO ENERGIA AMBIE

A ENERGIA QUE FAZ SENTIDO RGIA AMBIENTE TECNOLOGIA INOVAÇÃO FUTU VA ÇÃO FUTURO RESPONSABILIDADE RESPEITO ABILIDADE RESPEITO FUTURO ENERGIA AMBIE A ENERGIA QUE FAZ SENTIDO RGIA AMBIENTE TECNOLOGIA INOVAÇÃO FUTU VA ÇÃO FUTURO RESPONSABILIDADE RESPEITO ABILIDADE RESPEITO FUTURO ENERGIA AMBIE A Energia Que Faz Sentido QUEM SOMOS Somos uma Empresa vocacionada

Leia mais

Este vai ser um ano óptimo para fazer negócio 30 de Janeiro de 2009, por FILIPE PACHECO

Este vai ser um ano óptimo para fazer negócio 30 de Janeiro de 2009, por FILIPE PACHECO 25 de Maio de 2009 PUBLICIDADE Este vai ser um ano óptimo para fazer negócio 30 de Janeiro de 2009, por FILIPE PACHECO Miguel Blanc, CEO do grupo FinagenceAFinagence, que detém a L Agence, Addvoices, Scriptmakers

Leia mais

Nota de Informação Estatística Lisboa, 8 de novembro de 2012

Nota de Informação Estatística Lisboa, 8 de novembro de 2012 Nota de Informação Estatística Lisboa, 8 de novembro de 212 Divulgação dos Quadros do Setor das empresas não financeiras da Central de Balanços dados de 211 O Banco de Portugal divulga hoje no BPStat Estatísticas

Leia mais

Apresentação. Entidade A/C. Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo. Sr. Presidente

Apresentação. Entidade A/C. Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo. Sr. Presidente Apresentação Entidade A/C Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo Sr. Presidente Data 8 de Outubro de 2009 Índice 1. A EQUIWASH 2 I.1. HISTORIAL 2 I.2. CONTACTOS 3 2. EQUIPAMENTOS E PODUTOS 3 II.1. SISTEMAS

Leia mais

Mónica Montenegro António Jorge Costa

Mónica Montenegro António Jorge Costa Mónica Montenegro António Jorge Costa INTRODUÇÃO... 4 REFERÊNCIAS... 5 1. ENQUADRAMENTO... 8 1.1 O sector do comércio em Portugal... 8 2. QUALIDADE, COMPETITIVIDADE E MELHORES PRÁTICAS NO COMÉRCIO... 15

Leia mais

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses

Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Como Vender em Alemanha Uma acção à medida dos seus interesses Ficha de Inscrição Encontre a resposta às suas dúvidas! Identifique a sessão pretendida: Porto AICEP (Rua António Bessa Leite, 1430-2.º andar)

Leia mais

Índice. Em que consiste a parceria Netgócio! O que tem a ganhar? A parceria Netgócio

Índice. Em que consiste a parceria Netgócio! O que tem a ganhar? A parceria Netgócio Não basta dar os passos que nos devem levar um dia ao objectivo, cada passo deve ser ele próprio um objectivo em si mesmo, ao mesmo tempo que nos leva para diante Johann Goethe Índice Em que consiste a

Leia mais

Premier. Quando os últimos são os Primeiros

Premier. Quando os últimos são os Primeiros Premier Quando os últimos são os Primeiros Fundada em 1997 Especializada no desenvolvimento de soluções informáticas de apoio à Gestão e consultoria em Tecnologias de Informação. C3im tem como principais

Leia mais

João Mata Moçambique

João Mata Moçambique 2 Apresentação João Mata Moçambique Corretores e Consultores Seguros Lda, é um novo projecto profissional que se afirma na actividade seguradora Moçambicana, associando a experiência e especialização da

Leia mais

A solução de mobilidade que lhe permite executar e controlar, de forma eficaz, a Gestão Comercial e a Tesouraria da sua empresa, através da Internet

A solução de mobilidade que lhe permite executar e controlar, de forma eficaz, a Gestão Comercial e a Tesouraria da sua empresa, através da Internet PHC dgestão DESCRITIVO A qualquer momento e onde quer que esteja, o PHC dgestão permite introduzir e consultar clientes, fornecedores, artigos e documentos de facturação, encomendas e compras, guias de

Leia mais

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos Os Desafios da Fileira da Construção As Oportunidades nos Mercados Externos Agradeço o convite que me foi dirigido para participar neste Seminário e felicito a AIP pela iniciativa e pelo tema escolhido.

Leia mais

Desenvolver uma estratégia de marketing

Desenvolver uma estratégia de marketing Gerir - Guias práticos de suporte à gestão Desenvolver uma estratégia de marketing O principal objectivo de uma Estratégia de Marketing é o desenvolvimento do negócio, tendo em linha de conta, a análise

Leia mais

RESULTADOS CONSOLIDADOS A 30 DE JUNHO DE 2005 1

RESULTADOS CONSOLIDADOS A 30 DE JUNHO DE 2005 1 COMUNICADO Página 1 / 9 RESULTADOS CONSOLIDADOS A 30 DE JUNHO DE 2005 1 09 de Setembro de 2005 (Os valores apresentados neste comunicado reportam-se ao primeiro semestre de 2005, a não ser quando especificado

Leia mais

NOTÍCIAS COSEC DISTINGUIDA COMO "MELHOR SEGURADORA"

NOTÍCIAS COSEC DISTINGUIDA COMO MELHOR SEGURADORA NESTA EDIÇÃO Melhor Seguradora 1 A COSEC mais perto de si 2 Acordo COSEC e Mapfre 2 Revisão Favorável 2 Produtos COSEC 3 NOTÍCIAS Carregamento de Balanços 4 Análise COSEC 5 Nº 4. 2014 COSEC DISTINGUIDA

Leia mais

IPAM reforça no Porto. Pdg. 76. Por M." João Vieira Pinto

IPAM reforça no Porto. Pdg. 76. Por M. João Vieira Pinto IPAM reforça no Porto Pdg. 76 Por M." João Vieira Pinto IPAM reforça no Porto Afirma-se como lhe Marketing School e ambiciona ser a referência do ensino nesta área. Por isso, ejá a partir do próximo ano,

Leia mais

THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP

THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP Soluções integradas para a Indústria do turismo empresarial THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP A equipa da XYM Hospitality e os seus parceiros possuem vastos conhecimentos sobre a

Leia mais

Eng.ª Ana Paula Vitorino. por ocasião da

Eng.ª Ana Paula Vitorino. por ocasião da INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA A SECRETÁRIA DE ESTADO DOS TRANSPORTES Eng.ª Ana Paula Vitorino por ocasião da Sessão de Encerramento do Colóquio PORTO DE AVEIRO: ESTRATÉGIA E FUTURO, Ílhavo Museu Marítimo

Leia mais

No entanto, antes de ser financeira, a crise tem uma natureza económica.

No entanto, antes de ser financeira, a crise tem uma natureza económica. INTERVENÇÃO DO PRESIDENTE DA AEP - ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL DE PORTUGAL, JOSÉ ANTÓNIO BARROS, NA CONFERÊNCIA «O QUE FAZER POR PORTUGAL? MEDIDAS PARA ULTRAPASSAR A CRISE», SOB O TEMA «AS PESSOAS E AS EMPRESAS

Leia mais

indiferenca.com Índice Empresa Pág. 3 Valores Pág. 3 Mercado Pág. 4 Serviços Pág. 4 Marcas Pág. 6 Protocolo Pág. 7 Vantagens

indiferenca.com Índice Empresa Pág. 3 Valores Pág. 3 Mercado Pág. 4 Serviços Pág. 4 Marcas Pág. 6 Protocolo Pág. 7 Vantagens Página2 Índice Empresa Valores Mercado Serviços Marcas Protocolo Vantagens a. Alunos / Docentes / Funcionários Contrapartidas Pág. 3 Pág. 3 Pág. 4 Pág. 4 Pág. 6 Pág. 7 Pág. 7 Pág. 8 Pág. 8 4440-650 Valongo

Leia mais

Diário da República, 1.ª série N.º 145 29 de Julho de 2008 5106-(19)

Diário da República, 1.ª série N.º 145 29 de Julho de 2008 5106-(19) Diário da República, 1.ª série N.º 145 29 de Julho de 2008 5106-(19) Portaria n.º 701-E/2008 de 29 de Julho O Código dos Contratos Públicos consagra a obrigação das entidades adjudicantes de contratos

Leia mais

1 Descrição sumária. Varajão, Santana, Cunha e Castro, Adopção de sistemas CRM nas grandes empresas portuguesas, Computerworld, 2011 1

1 Descrição sumária. Varajão, Santana, Cunha e Castro, Adopção de sistemas CRM nas grandes empresas portuguesas, Computerworld, 2011 1 Adopção de sistemas CRM nas grandes empresas portuguesas João Varajão 1, Daniela Santana 2, Manuela Cunha 3, Sandra Castro 4 1 Escola de Ciências e Tecnologia, Departamento de Engenharias, Universidade

Leia mais

Gestão e tecnologia para PME s

Gestão e tecnologia para PME s www.sage.pt Gestão e tecnologia para PME s Sage Porto Sage Lisboa Sage Portugal A longa experiência que temos vindo a acumular no desenvolvimento de soluções integradas de software de gestão para as pequenas

Leia mais

APRESENTAÇÃO 16 de Dezembro de 2008 1

APRESENTAÇÃO 16 de Dezembro de 2008 1 APRESENTAÇÃO 16 de Dezembro de 2008 1 INDICE 1. Identificação 2. Organograma 3. Contactos 4. Localização 5. Após-Venda 6. Comercial 7. Condições comerciais Anexos 2 1. Identificação A Automeclis é um dos

Leia mais

Tabelas de Publicidade REVISTA DOS PNEUS. Diretor Comercial: Mário Carmo mario.carmo@apcomunicacao.com Tel.: 219 288 052 Tlm.

Tabelas de Publicidade REVISTA DOS PNEUS. Diretor Comercial: Mário Carmo mario.carmo@apcomunicacao.com Tel.: 219 288 052 Tlm. Tabelas de Publicidade 2014 REVISTA DOS PNEUS Diretor Comercial: Mário Carmo mario.carmo@apcomunicacao.com Tel.: 219 288 052 Tlm.: 966 434 616 Pág. 70 Pág. 84 Pág. 6 O primeiro jornal 100% dedicado à oficina

Leia mais

por pôr as pessoas dentro dos carros, e associar-lhe uma experiência positiva", explica Valente. Já a estratégia da BMW passa

por pôr as pessoas dentro dos carros, e associar-lhe uma experiência positiva, explica Valente. Já a estratégia da BMW passa Primeira Linha CRISE NO AUTOMÓVEL Vale (quase) tudo para vender carros "Namorar o carro". Uma estratégia dos vendedores de automóveis que prevê retomas "atractivas", reduções de preços, vinhos e queijos,

Leia mais

PHC dsuporte Externo. ππ Aumentar a satisfação dos seus clientes. ππ Aumentar a velocidade de resposta dos pedidos

PHC dsuporte Externo. ππ Aumentar a satisfação dos seus clientes. ππ Aumentar a velocidade de resposta dos pedidos PHC dsuporte Externo DESCRITIVO O módulo PHC dsuporte Externo permite prestar assistência técnica pós-venda, aumentar de forma significativa a eficiência e a qualidade do serviço, o que resulta na maior

Leia mais

28 DOSSIER MODELO DE NEGÓCIO PERSPECTIVAS DE GESTÃO NO

28 DOSSIER MODELO DE NEGÓCIO PERSPECTIVAS DE GESTÃO NO 28 DOSSIER MODELO DE NEGÓCIO PERSPECTIVAS DE GESTÃO NO APÓS-VENDA DOSSIER 29 JORGE ZÓZIMO DA FONSECA Se fosse um concessionário, o meu negócio era o após-venda Ao longo das duas últimas décadas o mercado

Leia mais

O nosso desafio é o seu sucesso!

O nosso desafio é o seu sucesso! O nosso desafio é o seu sucesso! Clien tes de Refe rên cia Distribuição Construção Civil Industria Tecnologias Potenciamos o seu negócio A Empre sa. Somos uma empresa especializada na prestação de serviços

Leia mais

O SECTOR A SOLUÇÃO Y.make Num mundo cada vez mais exigente, cada vez mais rápido e cada vez mais competitivo, o papel dos sistemas de informação deixa de ser de obrigação para passar a ser de prioridade.

Leia mais

A gestão comercial e financeira através da Internet

A gestão comercial e financeira através da Internet PHC dgestão A gestão comercial e financeira através da Internet A solução de mobilidade que permite introduzir e consultar clientes, fornecedores, artigos, documentos de facturação, encomendas, compras,

Leia mais

19 / 20 MARÇO/ 2011 DE ALMODÔVAR

19 / 20 MARÇO/ 2011 DE ALMODÔVAR 4 VOLTA ª 19 / 20 MARÇO/ 2011 AO CONCELHO DE ALMODÔVAR Henrique Revés Empresário - 41 anos Neste período que atravessamos, só com muito trabalho, dedicação e empenho é que conseguimos manter a dinâmica

Leia mais

ÁREA A DESENVOLVER. Formação Comercial Gratuita para Desempregados

ÁREA A DESENVOLVER. Formação Comercial Gratuita para Desempregados ÁREA A DESENVOLVER Formação Comercial Gratuita para Desempregados Índice 8. Sobre nós 7. Como pode apoiar-nos 6. Datas de realização e inscrição 5. Conteúdos Programáticos 4. Objectivos 3. O Workshop de

Leia mais

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JOVENS EMPRESÁRIOS ANJE

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JOVENS EMPRESÁRIOS ANJE ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JOVENS EMPRESÁRIOS ANJE Bruno Nunes brunonunes@anje.pt www.anje.pt 14 de Dezembro Gouveia 1ª Encontro de Jovem Produtor de Queijo da Serra da Estrela ANJE Introdução O que é: Associação

Leia mais

WEBSITE SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE

WEBSITE SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE WEBSITE SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice Novo Website Vulcano 03 Descubra toda a informação do website Vulcano 04 Área de acesso profissional 06 E-Newsletter Vulcano também com nova imagem 07 02 SOLUÇÕES

Leia mais

Sociedades de Garantia Mútua (SGM) são:

Sociedades de Garantia Mútua (SGM) são: Sociedades de Garantia Mútua (SGM) são: Operadores financeiros que prestam às instituições bancárias as garantias que lhes permitem disponibilizar às PME empréstimos em condições mais favoráveis. Ao partilhar

Leia mais

Capítulo Descrição Página

Capítulo Descrição Página MANUAL DA QUALIIDADE ÍNDICE Capítulo Descrição Página 1 Apresentação da ILC Instrumentos de Laboratório e Científicos, Lda Dados sobre a ILC, sua história, sua organização e modo de funcionamento 2 Política

Leia mais

Case study. Novo Conceito de Hotelaria SUSTENTABILIDADE 360 NA HOTELARIA EM PORTUGAL EMPRESA ENVOLVIMENTO

Case study. Novo Conceito de Hotelaria SUSTENTABILIDADE 360 NA HOTELARIA EM PORTUGAL EMPRESA ENVOLVIMENTO Case study 2010 Novo Conceito de Hotelaria SUSTENTABILIDADE 360 NA HOTELARIA EM PORTUGAL EMPRESA A Inspira, uma joint-venture formalizada em 2006 entre o grupo Blandy, com sede na Madeira e larga experiência

Leia mais

Relatório de Transparência

Relatório de Transparência Relatório de Transparência Exercício de 2013 Relatório de Transparência 1. Introdução Em cumprimento do disposto no art. 62-A do Dec Lei n.º 487/99, de 16 de Novembro, vem esta sociedade apresentar o seu

Leia mais

CONTABILIDADE NACIONAL 1

CONTABILIDADE NACIONAL 1 CONTABILIDADE NACIONAL 1 Ópticas de cálculo do valor da produção O produto de um país pode ser obtido por três ópticas equivalentes: Óptica do Produto permite-nos conhecer o valor do produto por sector

Leia mais

Índice Apresentação Vantagens Cartão Galp Frota Cartão Galp Frota Cartão Galp Frota Profissional Funcionalidades Cartão Galp Frota Galp Frota Online

Índice Apresentação Vantagens Cartão Galp Frota Cartão Galp Frota Cartão Galp Frota Profissional Funcionalidades Cartão Galp Frota Galp Frota Online Índice Índice Apresentação Vantagens Cartão Galp Frota Cartão Galp Frota Cartão Galp Frota Profissional Funcionalidades Cartão Galp Frota Galp Frota Online Informação de Gestão Elementos de Personalização

Leia mais

Nota introdutória. PME em Números 1 IAPMEI ICEP

Nota introdutória. PME em Números 1 IAPMEI ICEP PME em Números PME em Números 1 Nota introdutória De acordo com o disposto na definição europeia 1, são classificadas como PME as empresas com menos de 250 trabalhadores cujo volume de negócios anual não

Leia mais

A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas

A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas A aicep Portugal Global A aicep Portugal Global aicep Portugal Global missão é: é uma agência pública de natureza empresarial, cuja Atrair investimento

Leia mais

Sumário Apoios Dados Gerais Expositores Visitantes Congresso Fenabrave Campanha de Marketing Mídia Espontânea Fotos do evento

Sumário Apoios Dados Gerais Expositores Visitantes Congresso Fenabrave Campanha de Marketing Mídia Espontânea Fotos do evento Sumário Apoios Dados Gerais Expositores Visitantes Congresso Fenabrave Campanha de Marketing Mídia Espontânea Fotos do evento Sumário XXI EDIÇÃO DO CONGRESSO FENABRAVE TERMINA COM PREVISÃO OTIMISTA PARA

Leia mais

A solução de mobilidade que lhe permite aceder via Internet à gestão g comercial e facturação ç da sua empresa.

A solução de mobilidade que lhe permite aceder via Internet à gestão g comercial e facturação ç da sua empresa. Descritivo completo dnegócio 3 A solução de mobilidade que lhe permite aceder via Internet à gestão g comercial e facturação ç da sua empresa. Benefícios Consultar, alterar ou introduzir novos clientes;

Leia mais

PHC dteamcontrol Interno

PHC dteamcontrol Interno O módulo PHC dteamcontrol Interno permite acompanhar a gestão de todos os projectos abertos em que um utilizador se encontra envolvido. PHC dteamcontrol Interno A solução via Internet que permite acompanhar

Leia mais

A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas. Porto, 25 de Setembro de 2012

A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas. Porto, 25 de Setembro de 2012 A AICEP e os apoios à internacionalização das empresas Porto, 25 de Setembro de 2012 A aicep Portugal Global A aicep Portugal Global aicep Portugal Global missão é: é uma agência pública de natureza empresarial,

Leia mais

GUIA PARA COMPRA ONLINE

GUIA PARA COMPRA ONLINE GUIA PARA COMPRA ONLINE www.tipsal.pt QUEM SOMOS A TIPSAL - Técnicas Industriais de Protecção e Segurança, Lda foi fundada em 1980. Somos uma empresa de capitais exclusivamente nacionais com sede social

Leia mais

PHC Consolidacão. Execute de uma forma simples e eficaz a consolidação contabilística de grupos de empresas

PHC Consolidacão. Execute de uma forma simples e eficaz a consolidação contabilística de grupos de empresas PHCConsolidacão DESCRITIVO O módulo PHC Consolidação foi desenhado para executar a consolidacão contabilística, no que diz respeito à integração de contas e respectivos ajustamentos de consolidação. PHC

Leia mais

PHC Frota CS. Controle todos os custos e utilizadores da frota

PHC Frota CS. Controle todos os custos e utilizadores da frota PHCFrota CS DESCRITIVO O módulo PHC Frota contém ferramentas para o controlo total sobre os custos da frota, manutenção e estado da mesma. PHC Frota CS Controle todos os custos e utilizadores da frota

Leia mais

AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A.

AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A. AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A. Empresa especializada na concepção, instalação e manutenção de equipamentos para a indústria hoteleira, restauração e similares. Primeira empresa do sector a nível

Leia mais

Ir mais longe até onde for o futuro!

Ir mais longe até onde for o futuro! Ir mais longe até onde for o futuro! DOSSIER DE IMPRENSA 2010 Luís Simões A Luís Simões (LS) é composta por 10 empresas juridicamente autónomas e agrupadas em 3 unidades de negócio: transporte, logística

Leia mais

Caderno de Apresentação Franquia

Caderno de Apresentação Franquia Caderno de Apresentação Franquia A Empresa A Genial Books iniciou suas actividades em dez/95 depois de um dos sócios conhecer o "Livro Personalizado", numa viagem de férias aos Estados Unidos. Vislumbrando

Leia mais

GRUPO ROLEAR. Porque há coisas que não podem parar!

GRUPO ROLEAR. Porque há coisas que não podem parar! GRUPO ROLEAR Porque há coisas que não podem parar! INOVAÇÃO COMO CHAVE DO SUCESSO Desde 1979, com sede no Algarve, a Rolear resulta da oportunidade identificada pelo espírito empreendedor do nosso fundador

Leia mais

Apresentação de Resultados 2009. 10 Março 2010

Apresentação de Resultados 2009. 10 Março 2010 Apresentação de Resultados 2009 10 Março 2010 Principais acontecimentos de 2009 Conclusão da integração das empresas adquiridas no final de 2008, Tecnidata e Roff Abertura de Centros de Serviços dedicados

Leia mais