PROSPECTO PRELIMINAR DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROSPECTO PRELIMINAR DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA"

Transcrição

1 As informações contidas neste Prospecto Preliminar estão sob análise da Comissão de Valores Mobiliários, a qual ainda não se manifestou a seu respeito. O presente Prospecto Preliminar está sujeito a complementação e correção. O Prospecto Definitivo será entregue aos investidores durante o período de distribuição. Este documento é uma minuta inicial sujeita a alterações e complementações, tendo sido arquivado na Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais para fins exclusivos de análise e exigências por parte dessa Associação. Este documento, portanto, não se caracteriza como o Prospecto Preliminar da Oferta e não constitui uma oferta de venda ou uma solicitação para oferta de compra de títulos e valores mobiliários no Brasil ou em qualquer outra jurisdição, sendo que qualquer oferta ou solicitação para oferta de aquisição de valores mobiliários só será feita após a concessão do registro da Oferta e por meio de um prospecto definitivo. Os potenciais investidores não devem tomar nenhuma decisão de investimento com base nas informações contidas nesta minuta. PROSPECTO PRELIMINAR DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA MULTIPLUS S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado Código CVM nº Avenida das Nações Unidas nº , 21º andar, Conjunto N-2.101, Torre Norte, Centro Empresarial Nações Unidas, Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo CNPJ nº / NIRE nº [ ] Ações Ordinárias Código ISIN das Ações Ordinárias: BRMPLUACNOR3 Código de Negociação das Ações Ordinárias na BM&FBOVESPA: MPLU3 Preço por Ação: R$[ ] O Preço por Ação Ordinária será fixado após a conclusão do Procedimento de Bookbuilding e terá como parâmetro as indicações de interesse em função da qualidade e quantidade de demanda (por volume e preço) coletada junto a Investidores Institucionais durante o Procedimento de Bookbuilding e a cotação das ações ordinárias de emissão da Companhia na BM&FBOVESPA, sendo que em [ ] de [ ] de 2013, a cotação de fechamento das ações ordinárias na BM&FBOVESPA foi de R$[ ] por cada ação ordinária, valor este meramente indicativo do Preço por Ação. A Multiplus S.A. ( Companhia ) está realizando uma oferta pública de distribuição primária de, inicialmente, [ ] ações ordinárias, todas nominativas, escriturais e sem valor nominal, livres e desembaraçadas de quaisquer ônus ou gravames, de emissão da Companhia ( Ações ), a ser realizada no Brasil, em mercado de balcão não organizado, nos termos da Instrução da Comissão de Valores Mobiliários ( CVM ) nº 400, de 29 de dezembro de 2003, conforme alterada ( Instrução CVM 400 ), com esforços de colocação das Ações no exterior ( Oferta ), sob a coordenação do Banco BTG Pactual S.A. ( BTG Pactual, Coordenador Líder, Agente Estabilizador ), o Banco J.P. Morgan S.A. ( J.P. Morgan e, em conjunto com o Coordenador Líder, Coordenadores da Oferta ). A Oferta (conforme definido a seguir) consistirá na oferta pública de distribuição primária de Ações a ser realizada no Brasil, em mercado de balcão não-organizado, em conformidade com a Instrução CVM 400, sob a coordenação dos Coordenadores da Oferta e de determinadas instituições consorciadas autorizadas a operar no mercado de capitais brasileiro, credenciadas junto à BM&FBOVESPA S.A. Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros ( BM&FBOVESPA ), convidadas a participar da Oferta exclusivamente para efetuar esforços de colocação das Ações junto aos Investidores Não-Institucionais (conforme definidos neste Prospecto) ( Instituições Consorciadas e, em conjunto com os Coordenadores da Oferta, Instituições Participantes da Oferta ). Serão realizados, simultaneamente, esforços de colocação das Ações no exterior, pelo BTG Pactual US Capital LLC e J.P. Morgan Securities LLC (em conjunto, Agentes de Colocação Internacional ), exclusivamente junto a (1) investidores institucionais qualificados (qualified institutional buyers), residentes e domiciliados nos Estados Unidos da América, conforme definidos no Rule 144A, editado pela U.S. Securities and Exchange Commission ( SEC ), em operações isentas de registro nos Estados Unidos da América em conformidade com o U.S. Securities Act of 1933, conforme alterado ( Securities Act ), e (2) investidores nos demais países, exceto o Brasil e os Estados Unidos da América, que sejam considerados não residentes ou domiciliados nos Estados Unidos da América (non-u.s. persons), em conformidade com o Regulation S, editado pela SEC ao amparo do Securities Act, e de acordo com a legislação aplicável no país de domicílio de cada investidor, e, em ambos os casos, desde que invistam no Brasil de acordo com os mecanismos de investimento da Lei nº 4.131, de 3 de setembro de 1962, conforme alterada ( Lei ), ou da Resolução do Conselho Monetário Nacional ( CMN ) nº 2.689, de 26 de janeiro de 2000, conforme alterada ( Resolução CMN ), e da Instrução da CVM nº 325, de 27 de janeiro de 2000, conforme alterada ( Instrução CVM 325 ) ( Investidores Institucionais Estrangeiros ) ( Oferta ). A Oferta será realizada por meio de aumento de capital da Companhia e será registrada no Brasil junto à CVM em conformidade com os procedimentos previstos na Instrução CVM 400. A Oferta não foi e não será registrada na SEC ou em qualquer outra agência ou órgão regulador do mercado de capitais de qualquer país, exceto o Brasil. Nos termos do artigo 24 da Instrução CVM 400, a quantidade de Ações inicialmente ofertada e sem considerar as Ações Adicionais (conforme definido abaixo), poderá ser acrescida em até 15% (quinze por cento), ou seja, em até [ ] ações ordinárias, a serem emitidas pela Companhia, nas mesmas condições e ao mesmo preço das Ações inicialmente ofertadas ( Ações Suplementares ), conforme opção de distribuição de Ações Suplementares ( Opção de Ações Suplementares ), a ser outorgada pela Companhia ao Agente Estabilizador nos termos do Instrumento Particular de Contrato de Coordenação, Colocação e Garantia Firme de Liquidação de Ações Ordinárias de Emissão da Multiplus S.A. ( Contrato de Colocação ), para atender a um eventual excesso de demanda que venha a ser constatado no decorrer da Oferta. O Agente Estabilizador terá o direito exclusivo, a partir da data de publicação do Anúncio de Início, inclusive, até o 30º dia, inclusive, contado de tal data, de exercer a Opção de Ações Suplementares, no todo ou em parte, em uma ou mais vezes, após notificação aos demais Coordenadores da Oferta, desde que a decisão de sobrealocação, no momento em que for fixado o Preço por Ação, seja tomada em comum acordo entre os Coordenadores da Oferta. Adicionalmente, sem prejuízo da Opção de Ações Suplementares, nos termos do artigo 14, parágrafo 2º, da Instrução CVM 400, a quantidade total de Ações inicialmente ofertada (sem considerar as Ações Suplementares) poderá, a critério da Companhia, em comum acordo com os Coordenadores da Oferta, ser acrescida em até 20% (vinte por cento), ou seja, em até [ ] ações ordinárias, nas mesmas condições e ao mesmo preço das Ações inicialmente ofertadas ( Ações Adicionais ). O preço de subscrição por Ação ( Preço por Ação ) será fixado após a conclusão do procedimento de coleta de intenções de investimento junto a Investidores Institucionais, a ser realizado no Brasil, pelos Coordenadores da Oferta, em conformidade com o disposto no artigo 23, parágrafo 1º, e no artigo 44 da Instrução CVM 400 ( Procedimento de Bookbuilding ) e terá como parâmetro as indicações de interesse em função da qualidade e quantidade de demanda (por volume e preço) coletada junto a Investidores Institucionais durante o Procedimento de Bookbuilding e a cotação das ações ordinárias de emissão da Companhia na BM&FBOVESPA. Preço (1) Comissões (1)(2)(4)(5) Recursos Líquidos (1)(2)(3)(4) Preço por Ação... R$[ ] R$[ ] R$[ ] Total... R$[ ] R$[ ] R$[ ] (1) Com base no Preço por Ação de R$[ ], que corresponde à cotação de fechamento na BM&FBOVESPA das ações ordinárias de emissão da Companhia em [ ] de [ ] de 2013, valor este meramente indicativo do Preço por Ação. (2) Sem considerar as Ações Suplementares e as Ações Adicionais. (3) Com dedução das comissões relativas à Oferta. (4) Sem dedução das despesas relativas à Oferta. (5) Não há comissões sobre a parcela subscrita por Pessoas Vinculadas no âmbito da Oferta Prioritária. A realização da Oferta, com exclusão do direito de preferência dos atuais acionistas da Companhia, nos termos do artigo 172, inciso I, da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, conforme alterada ( Lei das Sociedades por Ações ), mediante o aumento de capital da Companhia dentro do limite do capital autorizado previsto em seu estatuto social, foi aprovada em reunião do conselho de administração da Companhia realizada em 7 de março de 2013, cuja ata foi publicada no jornal Valor Econômico e no Diário Oficial do Estado de São Paulo ( DOESP ) em [ ] de [ ] de 2013 e registrada na Junta Comercial do Estado de São Paulo ( JUCESP ), em seção realizada em [ ] de [ ] de 2013, sob o nº [ ]. O Preço por Ação e o aumento de capital da Companhia, dentro do limite do capital autorizado previsto em seu estatuto social, serão aprovados em reunião do conselho de administração da Companhia a ser realizada após a conclusão do Procedimento de Bookbuilding e antes da publicação do Anúncio de Início, cuja ata será devidamente registrada na JUCESP e publicada no jornal Valor Econômico na data de publicação do Anúncio de Início e no DOESP, no dia seguinte. Este Prospecto não deve, em nenhuma circunstância, ser considerado uma recomendação de investimento nas Ações. Ao decidir investir nas Ações, potenciais investidores deverão realizar sua própria análise e avaliação da situação financeira da Companhia, de suas atividades e dos riscos decorrentes do investimento nas Ações. OS INVESTIDORES DEVEM LER A SEÇÃO SUMÁRIO DA COMPANHIA PRINCIPAIS FATORES DE RISCOS RELACIONADOS À COMPANHIA E FATORES DE RISCO RELATIVOS À OFERTA E ÀS AÇÕES DESTE PROSPECTO E NOS ITENS 4 e 5 DO FORMULÁRIO DE REFERÊNCIA DA COMPANHIA, INCORPORADO POR REFERÊNCIA A ESTE PROSPECTO, PARA CIÊNCIA DE CERTOS FATORES DE RISCO QUE DEVEM SER CONSIDERADOS EM RELAÇÃO À COMPANHIA, À OFERTA E AO INVESTIMENTO NAS AÇÕES. A Oferta não foi e não será registrada na SEC ou em qualquer outra agência ou órgão regulador do mercado de capitais de qualquer país, exceto o Brasil. A Oferta foi previamente submetida à análise da ANBIMA Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais ( ANBIMA ), por meio do procedimento simplificado para o registro de ofertas públicas de distribuição de valores mobiliários, nos nos termos da Instrução CVM 471, de 08 de agosto de 2008 por meio do convênio firmado entre a CVM e a ANBIMA. A Oferta foi registrada sob o nº CVM/SRE/REM/2013/[ ]. O REGISTRO DA OFERTA NÃO IMPLICA, POR PARTE DA CVM, GARANTIA DE VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS OU EM JULGAMENTO SOBRE A QUALIDADE DA COMPANHIA, BEM COMO SOBRE AS AÇÕES A SEREM DISTRIBUÍDAS. A(O) presente oferta pública (programa) foi elaborada(o) de acordo com as normas de Regulação e Melhores Práticas da ANBIMA para as Ofertas Públicas de Distribuição e Aquisição de Valores Mobiliários, atendendo, assim, a(o) presente oferta pública (programa), aos padrões mínimos de informação exigidos pela ANBIMA, não cabendo à ANBIMA qualquer responsabilidade pelas referidas informações, pela qualidade da emissora e/ou ofertantes, das Instituições Participantes e dos valores mobiliários objeto da(o) oferta pública (programa). Este selo não implica recomendação de investimento. O registro ou análise prévia da presente distribuição não implica, por parte da ANBIMA, garantia da veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade da companhia emissora, bem como sobre os valores mobiliários a serem distribuídos. Coordenador Líder e Agente Estabilizador Coordenadores da Oferta A data deste Prospecto Preliminar é [ ] de [ ] de 2013.

2 (Esta página foi intencionalmente deixada em branco)

3 ÍNDICE DEFINIÇÕES... 1 INFORMAÇÕES CADASTRAIS DA COMPANHIA CONSIDERAÇÕES SOBRE ESTIMATIVAS E DECLARAÇÕES FUTURAS DOCUMENTOS INCORPORADOS POR REFERÊNCIA A ESTE PROSPECTO SUMÁRIO DA COMPANHIA Visão Geral Nossas Vantagens Competitivas Nossa Estratégia Informações sobre a Companhia Principais Fatores de Risco Relacionados à Companhia SUMÁRIO DA OFERTA FATORES DE RISCO RELACIONADOS À OFERTA E ÀS AÇÕES Riscos Relacionados à Oferta e às Nossas Ações INFORMAÇÕES SOBRE A COMPANHIA, OS COORDENADORES, OS CONSULTORES E OS AUDITORES Companhia Coordenadores da Oferta Assessores e Auditores INFORMAÇÕES RELATIVAS À OFERTA Composição e Distribuição do Capital Social Alocação dos Recursos da Oferta nas Contas Patrimoniais A Oferta Aprovações Societárias Preço por Ação Quantidade, Valor e Recursos Líquidos Cotação e Admissão à Negociação de Ações na BM&FBOVESPA Custos de Distribuição Público Alvo da Oferta Procedimento da Oferta Oferta Prioritária Oferta de Varejo Oferta Institucional Violações de Normas de Conduta Prazos da Oferta Estabilização do Preço das Ações Direitos, Vantagens e Restrições das Ações Restrição à Venda de Ações (Lock-up) Contrato de Formador de Mercado Cronograma Tentativo da Oferta Contrato de Colocação e Contrato de Colocação Internacional Regime de Distribuição das Ações Instituição Escrituradora das Ações Negociação das Ações Alteração das Circunstâncias, Revogação ou Modificação Suspensão e Cancelamento Inadequação da Oferta Relacionamento entre a Companhia e os Coordenadores da Oferta Informações Adicionais i

4 Índice APRESENTAÇÃO DAS INSTITUIÇÕES INTERMEDIÁRIAS BTG Pactual (Coordenador Líder e Agente Estabilizador) Banco J.P. Morgan S.A Informações Adicionais OPERAÇÕES VINCULADAS À OFERTA DESTINAÇÃO DE RECURSOS CAPITALIZAÇÃO DILUIÇÃO Histórico do Preço Pago por Administradores, nosso Acionista Controlador ou Detentores de Opções em Aquisições de Ações Plano de Opções de Compra de Ações ANEXOS 83 ESTATUTO SOCIAL CONSOLIDADO DA COMPANHIA ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA COMPANHIA REALIZADA EM 7 DE MARÇO DE 2013 APROVANDO A OFERTA MINUTA DA ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA COMPANHIA QUE APROVA O PREÇO POR AÇÃO DECLARAÇÕES DA COMPANHIA E DO COORDENADOR LÍDER PARA FINS DO ARTIGO 56 DA INSTRUÇÃO CVM Nº 400, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2003, CONFORME ALTERADA ii

5 DEFINIÇÕES Para fins deste Prospecto, os termos indicados abaixo terão os significados a eles atribuídos nesta seção, salvo se expressamente mencionado em contrário neste Prospecto. Acionista Controlador Acionistas Ações Ações Adicionais Ações Suplementares Administração Administradores Agentes de Colocação Internacional TAM S.A., conforme consta nos itens 8.1 e 15.1/2 do Formulário de Referência. Exclusivamente para os fins da Oferta, sem prejuízo da possibilidade de cessão de seus respectivos direitos de prioridade previstos na seção Informações sobre a Oferta Procedimento da Oferta Oferta Prioritária, titulares de ações de emissão da Companhia na Primeira Data de Corte, conforme a posição de custódia na BM&FBOVESPA ou na instituição depositária das ações de emissão da Companhia (i) na Primeira Data de Corte ou (ii) na Segunda Data de Corte, conforme o caso, que realizem Pedido de Reserva da Oferta Prioritária, observado que, tendo em vista as leis de valores mobiliários dos Estados Unidos da América, a Oferta Prioritária será estendida, no exterior, exclusivamente aos acionistas residentes e domiciliados ou com sede no exterior que sejam considerados Investidores Institucionais Estrangeiros. Destaca-se que a Oferta Prioritária destina-se exclusivamente para os titulares de ações de emissão da Companhia na Primeira Data de Corte. Ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal, a serem emitidas pela Companhia, no âmbito da Oferta, livres e desembaraçadas de qualquer ônus ou gravame, dentro do limite do capital autorizado da Companhia, e com a exclusão do direito de preferência dos atuais acionistas da Companhia, nos termos do artigo 172, inciso I, da Lei das Sociedades por Ações e artigo 5º, parágrafo 4º, do estatuto social da Companhia, excluídas as Ações Suplementares e as Ações Adicionais, salvo se de outra forma for mencionado. Quantidade de Ações equivalente a até 20% do total das Ações inicialmente ofertadas, que venha a ser acrescida à Oferta, a critério da Companhia, com a concordância dos Coordenadores da Oferta, nas mesmas condições e preço das Ações inicialmente ofertadas, nos termos do artigo 14 da Instrução CVM 400. Quantidade de Ações equivalente a até 15% do total das Ações inicialmente ofertadas, que venha a ser acrescida à Oferta, conforme Opção de Ações Suplementares. Conselho de Administração e Diretoria da Companhia. Membros do Conselho de Administração e da Diretoria da Companhia. BTG Pactual US Capital LLC e J.P. Morgan Securities LLC. 1

6 Definições ANAC ANBIMA Anúncio de Encerramento Anúncio de Início Auditores Independentes da Companhia Aviso ao Mercado Banco Central BM&FBOVESPA Brasil ou País Breakage Burn/earn CMN Código ANBIMA Companhia Contrato de Colocação Internacional Contrato de Distribuição Contrato de Empréstimo Contrato de Estabilização Agência Nacional de Aviação Civil. Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais. Anúncio de encerramento da Oferta a ser publicado no jornal Valor Econômico, nos termos do artigo 29 da Instrução CVM 400. Anúncio de início da Oferta a ser publicado no jornal Valor Econômico, nos termos do artigo 52 da Instrução CVM 400. PricewaterhouseCoopers Auditores Independentes. Aviso ao mercado da Oferta, nos termos do artigo 53 da Instrução CVM 400, publicado em [ ] de [março] de 2013 e a ser republicado em [ ] de [abril] de 2013, no jornal Valor Econômico. Banco Central do Brasil. BM&FBOVESPA S.A. Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros. República Federativa do Brasil. Pontos vencidos e não resgatados como porcentagem dos pontos emitidos. Total de pontos resgatados dividido pelo total de pontos acumulados durante um mesmo período. Conselho Monetário Nacional. Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas para as Atividades Conveniadas. Multiplus S.A. Placement Facilitation Agreement, contrato a ser celebrado entre a Companhia e os Agentes de Colocação Internacional a fim de regular os esforços de colocação das Ações no exterior pelos Agentes de Colocação Internacional. Contrato de Coordenação, Garantia Firme de Liquidação e Colocação de Ações de Emissão da Companhia a ser celebrado entre a Companhia, os Coordenadores da Oferta e, na qualidade de interveniente anuente, a BM&FBOVESPA. Contrato de Empréstimo de Ações a ser celebrado entre o Acionista Controlador, o Coordenador Líder e a Corretora. Instrumento Particular de Contrato de Prestação de Serviços de Estabilização de Preço de Ações Ordinárias de Emissão da Multiplus S.A. a ser celebrado entre a Companhia, o Agente Estabilizador, a Corretora e, na qualidade de intervenientes-anuentes, os demais Coordenadores da Oferta. 2

7 Definições Contrato de Formador de Mercado Contrato de Participação no Novo Mercado Contrato de Prestação de Serviços de Formador de Mercado, entre a Companhia e a Corretora, que regula a contratação da Corretora para prestar os serviços de formadora de mercado. Contrato celebrado entre, de um lado, a BM&FBOVESPA, e, de outro, a Companhia, seus administradores e o Acionista Controlador, em 15 de janeiro de 2010, por meio do qual a Companhia concordou em cumprir com requisitos diferenciados de governança corporativa e divulgação de informações ao mercado estabelecidos pelo Regulamento do Novo Mercado, a fim de se qualificar para listagem no Novo Mercado. Contrato Operacional Contrato operacional celebrado em 10 de dezembro de 2009, conforme aditado de tempos em tempos, entre a Companhia e a TAM Linhas Aéreas, com o objetivo de regular o relacionamento entre a Companhia e a TAM Linhas Aéreas a partir de 1º de janeiro de 2010, em relação ao Programa TAM Fidelidade. Constituição Federal Coordenadores da Oferta Coordenador Líder, BTG Pactual ou Agente Estabilizador Corretora CVM Data de Liquidação Data de Liquidação das Ações Suplementares Constituição Federal da República Federativa do Brasil. BTG Pactual e J.P. Morgan, quando considerados em conjunto e indistintamente. Banco BTG Pactual S.A. BTG Pactual Corretora de Títulos e Valores Mobiliários S.A. Comissão de Valores Mobiliários. Data da liquidação física e financeira da Oferta, que deverá ocorrer no 3º (terceiro) dia útil contado da data da publicação do Anúncio de Início, data na qual as Ações serão entregues aos respectivos investidores. Data da liquidação física e financeira das Ações Suplementares que deverá ocorrer no 3º (terceiro) dia útil após o exercício da Opção de Ações Suplementares. Deliberação CVM 476 Deliberação da CVM nº 476, de 25 de janeiro de Dólar ou US$ Estados Unidos Estatuto Social Final Offering Memorandum Formulário de Referência Moeda oficial dos Estados Unidos. Estados Unidos da América. Estatuto social da Companhia. Documento internacional destinado à realização dos esforços de colocação de Ações no exterior para os Investidores Institucionais Estrangeiros. Formulário de Referência da Companhia, elaborado nos termos da Instrução CVM 480 e incorporado por referência a este Prospecto. 3

8 Definições Governo Federal Governo Federal da República Federativa do Brasil. IFRS International Financial Reporting Standards, normas internacionais de relatório financeiro emitidas pelo International Accounting Standards Board IASB. Instrução CVM 325 Instrução CVM 400 Instrução da CVM nº 325, de 27 de janeiro de 2000, conforme alterada. Instrução da CVM nº 400, de 29 de dezembro de 2003, conforme alterada. Instrução CVM 471 Instrução da CVM nº 471, de 8 de agosto de Instrução CVM 480 Instrução da CVM nº 480, de 7 de dezembro de 2009, conforme alterada. Instituições Consorciadas Instituições intermediárias autorizadas a atuar na BM&FBOVESPA, que tenham aderido ao Contrato de Distribuição por meio da assinatura de Termo de Adesão ao Contrato de Distribuição para efetuar esforços de colocação das Ações no âmbito da Oferta exclusivamente junto a Acionistas e Investidores Não Institucionais. Instituições Participantes da Oferta J.P. Morgan LAN Lei Lei das Sociedades por Ações Lei do Mercado de Capitais Novo Mercado Oferta Coordenadores da Oferta e Instituições Consorciadas. Banco J.P. Morgan S.A. LAN Airlines S.A. Lei nº 4.131, de 3 de setembro de 1962, conforme alterada. Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, conforme alterada. Lei nº 6.385, de 7 de dezembro de 1976, conforme alterada. Segmento especial de listagem da BM&FBOVESPA, com regras diferenciadas de governança corporativa, do qual a Companhia faz parte. Oferta pública de distribuição primária de, inicialmente, [ ] Ações a ser realizada no Brasil, em mercado de balcão não-organizado, nos termos da Instrução CVM 400, com esforços de colocação de Ações no exterior, sendo nos Estados Unidos exclusivamente junto a investidores institucionais qualificados, conforme definidos na Rule 144A, em operações isentas de registro nos Estados Unidos, em conformidade com o disposto no Securities Act, e, nos demais países, exceto o Brasil e os Estados Unidos, com base no Regulation S, observada a legislação aplicável no país de domicílio de cada investidor não residente no Brasil ou nos Estados Unidos, em ambos os casos que invistam no Brasil em conformidade com os mecanismos de investimentos previstos na Lei ou na Resolução CMN e na Instrução CVM

9 Definições Oferta de Varejo Distribuição de Ações a ser realizada junto a Investidores Não Institucionais que realizarem Pedido de Reserva da Oferta de Varejo durante o Período de Reserva da Oferta de Varejo. De acordo com o Regulamento do Novo Mercado, a Companhia destinará prioritariamente a Investidores Não Institucionais, no mínimo, 10% (dez por cento) e, no máximo 15% (quinze por cento), da quantidade total de Ações (incluindo a quantidade de Ações alocada na Oferta Prioritária, a quantidade de Ações alocada na oferta base a ser realizada ao mercado, as Ações Adicionais e as Ações Suplementares). Oferta Institucional Oferta Prioritária Distribuição de Ações remanescentes após o atendimento dos Pedidos de Reserva da Oferta Prioritária e dos Pedidos de Reserva da Oferta de Varejo, a ser realizada junto a Investidores Institucionais, por meio dos Coordenadores da Oferta, não sendo admitidas para tais Investidores Institucionais reservas antecipadas e não sendo estipulados valores mínimo ou máximo de investimento, uma vez que cada Investidor Institucional deverá assumir a obrigação de verificar se está cumprindo com os requisitos para participar da Oferta Institucional, para então apresentar suas intenções de investimento durante o Procedimento de Bookbuilding. Distribuição de até [ ]% das Ações ofertadas (sem considerar as Ações Suplementares, mas considerando as Ações Adicionais), nos termos do artigo 21 da Instrução CVM 400, de forma a assegurar a participação dos Acionistas na Oferta, respeitado o Limite de Subscrição Proporcional. A TAM S.A., acionista controladora da Companhia já manifestou à administração da Companhia a sua intenção de não subscrever, por si ou mediante cessão dos respectivos direitos de prioridade as Ações da Oferta Prioritária a que faz jus, no âmbito da Oferta Prioritária. Offering Memoranda Preliminary Offering Memorandum e Final Offering Memorandum, quando referidos em conjunto e indistintamente. Opção de Ações Suplementares Parceiros Comerciais Opção a ser outorgada pela Companhia ao Coordenador Líder para colocação das Ações Suplementares, a ser exercida a partir da data de assinatura do Contrato de Distribuição e por um período de até 30 dias contados da data de publicação do anúncio de início, inclusive. Empresas para as quais a Multiplus presta serviços de fidelização, seja para acúmulo de pontos e/ou resgate de Prêmios. 5

10 Definições Participante Passagem-Prêmio Pedido de Reserva da Oferta de Varejo Pedido de Reserva da Oferta Prioritária Período de Distribuição Período de Reserva da Oferta de Varejo Período de Reserva da Oferta Prioritária Pessoas Vinculadas Pessoa física devidamente cadastrada como participante de programas de fidelização de clientes ou de redes de coalizão de programas de fidelização de clientes. Passagem aérea emitida por companhia aérea como resultado do resgate por Participante de pontos de programas de fidelização de clientes ou rede de coalizão de programas de fidelização de clientes. Formulário específico celebrado em caráter irrevogável e irretratável, para reserva de Ações no âmbito da Oferta de Varejo, a ser firmado por Investidores Não Institucionais. Formulário específico celebrado em caráter irrevogável e irretratável, para reserva de Ações no âmbito da Oferta Prioritária, a ser firmado por Acionistas O prazo de distribuição das Ações terá início na data de publicação do Anúncio de Início e se encerrará em até seis meses contados da data de publicação do Anúncio de Início, ou até a data de publicação do Anúncio de Encerramento, o que ocorrer primeiro. Período compreendido entre [ ] de [ ] de 2013, inclusive, e [ ] de [ ] de 2013, inclusive, destinado à efetivação dos Pedidos de Reserva da Oferta de Varejo. Período compreendido entre [ ] de [ ] de 2013, inclusive, e [ ] de [ ] de 2013, inclusive, destinado à efetivação dos Pedidos de Reserva da Oferta Prioritária. Nos termos do artigo 55 da Instrução CVM 400, serão consideradas pessoas vinculadas à Oferta os investidores que sejam (i) administradores e/ou controladores da Companhia; (ii) administradores e/ou controladores das Instituições Participantes da Oferta e/ou dos Agentes de Colocação Internacional; (iii) outras pessoas vinculadas à Oferta; e/ou (iv) os cônjuges ou companheiros, ascendentes, descendentes e colaterais até o segundo grau, das pessoas indicadas nos itens (i), (ii) e (iii) anteriores. Para mais informações sobre os riscos relativos à participação de Investidores Institucionais que sejam Pessoas Vinculadas no Procedimento de Bookbuilding, veja o fator de risco A participação de Investidores Institucionais que sejam considerados Pessoas Vinculadas na Oferta poderá promover a má formação de preço ou a redução de liquidez das ações de nossa emissão, especialmente se considerada a colocação prioritária das Ações aos Acionistas, constante da seção Fatores de Risco Relacionados à Oferta e às Ações deste Prospecto. 6

11 Definições Preço por Ação O Preço por Ação será fixado após a conclusão do Procedimento de Bookbuilding e terá como parâmetro as indicações de interesse em função da qualidade e quantidade de demanda (por volume e preço) coletada junto a Investidores Institucionais durante o Procedimento de Bookbuilding e a cotação das ações ordinárias de nossa emissão na BM&FBOVESPA. A escolha do critério de determinação do Preço por Ação é justificada, na medida em que o preço de mercado das Ações a serem subscritas será aferido com a realização do Procedimento de Bookbuilding, o qual reflete o valor pelo qual os Investidores Institucionais apresentarão suas ordens firmes de subscrição das Ações e, portanto, não haverá diluição injustificada dos nossos atuais acionistas, nos termos do artigo 170, parágrafo 1º, inciso III, da Lei das Sociedades por Ações. A cotação de fechamento das ações ordinárias de emissão da Companhia na BM&FBOVESPA em [ ] de [ ] de 2013 foi de R$[ ] por ação ordinária, valor este meramente indicativo do Preço por Ação. Os Acionistas que aderirem exclusivamente à Oferta Prioritária e os Investidores Não-Institucionais não participarão do Procedimento de Bookbuilding e, portanto, não participarão do processo de determinação do Preço por Ação. Poderá ser aceita a participação de Investidores Institucionais que sejam Pessoas Vinculadas no Procedimento de Bookbuilding até o limite máximo de 15% (quinze por cento) do total de Ações inicialmente ofertadas (sem considerar as Ações Suplementares e as Ações Adicionais). Nos termos do artigo 55 da Instrução CVM 400, caso seja verificado excesso de demanda superior em 1/3 (um terço) à quantidade de Ações inicialmente ofertadas (sem considerar as Ações Suplementares e as Ações Adicionais), não será permitida a colocação de Ações junto aos Investidores Institucionais que sejam Pessoas Vinculadas, sendo as ordens de investimento realizadas por Investidores Institucionais que sejam Pessoas Vinculadas automaticamente canceladas. A participação de Investidores Institucionais que sejam Pessoas Vinculadas no Procedimento de Bookbuilding poderá ter impacto adverso na formação do Preço por Ação e o investimento nas Ações por Investidores Institucionais que sejam Pessoas Vinculadas poderá promover redução da liquidez das Ações no mercado secundário. Para mais informações sobre os riscos relativos à participação de Investidores Institucionais que sejam Pessoas Vinculadas no Procedimento de Bookbuilding, veja o fator de risco A participação de Investidores Institucionais que sejam considerados Pessoas Vinculadas na Oferta poderá promover a má formação de preço ou a redução de liquidez das ações de nossa emissão, especialmente se considerada a colocação prioritária das Ações aos Acionistas, constante da seção Fatores de Risco Relacionados à Oferta e às Ações deste Prospecto. 7

12 Definições Preliminary Offering Memorandum Prêmio Offering memorandum preliminar relativo aos esforços de colocação das Ações no exterior a serem realizados no âmbito da Oferta. Produto ou serviço entregue ao Participante por um parceiro comercial como resultado do resgate pelo Participante de pontos de programas de fidelização de clientes ou rede de coalizão de programas de fidelização de clientes. Primeira Data de Corte [ ] de [ ] de Procedimento de Bookbuilding Procedimento Simplificado Programa TAM Fidelidade Prospecto ou Prospecto Preliminar Prospecto Definitivo Prospectos Real ou R$ Rule 144A Regulamento do Novo Mercado Regulation S Resolução CMN RPK Procedimento de coleta de intenções de investimento a ser conduzido no Brasil pelos Coordenadores da Oferta junto a Investidores Institucionais, em conformidade com o artigo 170, parágrafo 1º, inciso III, da Lei das Sociedades por Ações, e artigo 44 da Instrução CVM 400. Procedimento simplificado para registro de ofertas públicas de distribuição de valores mobiliários, instituído pela Instrução CVM 471. O programa de fidelização de clientes da TAM Linhas Aéreas. Este Prospecto Preliminar de Oferta Pública de Distribuição Primária de Ações Ordinárias de Emissão da Multiplus S.A., incluindo seus anexos e documentos incorporados por referência. O Prospecto Definitivo de Oferta Pública de Distribuição Primária de Ações Ordinárias de Emissão da Multiplus S.A., incluindo seus anexos e documentos incorporados por referência. O Prospecto Preliminar e o Prospecto Definitivo, quando referidos em conjunto e indistintamente. Real, a moeda corrente do Brasil. Rule 144A, editado pela SEC ao amparo do Securities Act. Regulamento de Listagem do Novo Mercado editado pela BM&FBOVESPA, que prevê as práticas diferenciadas de governança corporativa a serem adotadas pelas companhias com ações listadas no Novo Mercado. Regulation S, editado pela SEC ao amparo do Securities Act. Resolução do CMN n 2.689, de 26 de janeiro de 2000, conforme alterada. Revenue passenger kilometer ou passageiro pago por kilômetro transportado. 8

13 Definições SEC Securities Act U.S. Securities and Exchange Commission. Securities Act de 1933 dos Estados Unidos, conforme alterado. Segunda Data de Corte [ ] de [ ] de TAM ou TAM Linhas Aéreas Valores Mobiliários TAM Linhas Aéreas S.A. Quaisquer ações de emissão da Companhia ou outros valores mobiliários lastreados, conversíveis, permutáveis ou que, por qualquer forma, confiram um direito de subscrever ou receber ações de emissão da Companhia. 9

14 INFORMAÇÕES CADASTRAIS DA COMPANHIA Identificação Sede Multiplus S.A., sociedade por ações inscrita no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica do Ministério da Fazenda CNPJ/MF sob o nº / , com seus atos constitutivos devidamente arquivados na Junta Comercial do Estado de São Paulo JUCESP sob o Número de Inscrição no Registro de Empresas NIRE Nossa sede social está localizada na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, na Av. Nações Unidas, nº , 21º andar, Torre Norte, Brooklin, CEP Diretoria de Relações com Investidores Nossa diretoria de relações com investidores está localizada em nossa sede. Nosso Diretor de Relações com Investidores é o Sr. Sandoval Martins Pereira. O telefone da nossa diretoria de relações com investidores é , o fax é e o Registro de Companhia Aberta Registro nº , concedido pela CVM em 3 de fevereiro de Títulos e Valores Mobiliários Auditores Independentes Jornais nos quais divulgamos nossas informações Instituição financeira Escrituradora das ações Website na Internet Informações Adicionais As nossas ações ordinárias são listadas na BM&FBOVESPA sob o código MPLU3, no segmento denominado Novo Mercado. PricewaterhouseCoopers Auditores Independentes. Nossas publicações são realizadas em atendimento à Lei das Sociedades por Ações nos jornais Diário Oficial do Estado de São Paulo e Valor Econômico. Itaú Corretora de Valores S.A. O nosso website é As informações constantes do nosso website não são parte integrante deste Prospecto, nem se encontram incorporadas por referência a este, exceto pelos documentos incorporados por referencia a este Prospecto, conforme seção Documentos Incorporados por Referência a este Prospecto. Informações complementares sobre nós e a Oferta poderão ser obtidas no nosso Formulário de Referência incorporado por referência a este Prospecto e junto (1) à nossa diretoria de relações com investidores no endereço e website, indicados na seção Identificação da Companhia, dos Coordenadores, dos Consultores e dos Auditores deste Prospecto, (2) aos Coordenadores da Oferta nos endereços e websites indicados na seção Identificação da Companhia, dos Coordenadores, dos Consultores e dos Auditores deste Prospecto, (3) à CVM, na Rua Sete de Setembro nº 111, 5º andar, na Cidade do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro, ou na Rua Cincinato Braga nº 340, 2º, 3º e 4º andares, na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, ou, ainda, em seu website: e (4) à BM&FBOVESPA, na Rua XV de Novembro nº 275, na Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, ou em seu website: 10

15 CONSIDERAÇÕES SOBRE ESTIMATIVAS E DECLARAÇÕES FUTURAS As declarações constantes deste Prospecto relacionadas com os nossos planos, previsões, expectativas sobre eventos futuros e estratégias constituem estimativas e declarações futuras, que estão fundamentadas, em grande parte, em nossas perspectivas atuais, projeções sobre eventos futuros e tendências que afetam ou poderiam afetar o nosso setor de atuação, nossa participação de mercado, nossa reputação, nossos negócios, nossa situação financeira, o resultado das nossas operações, nossas margens, nosso fluxo de caixa e/ou o preço de mercado de nossas Ações. Este Prospecto inclui estimativas e declarações futuras, principalmente, nas seções Sumário da Companhia e Fatores de Risco Relacionados à Oferta e às Ações, e nas seções 4. Fatores de Risco, 5. Riscos de Mercado, 7. Atividades do Emissor, 10. Comentários dos Diretores e 11. Projeções do Formulário de Referência. Embora acreditemos que estejam baseadas em premissas razoáveis, essas estimativas e declarações futuras estão sujeitas a diversos riscos e incertezas e são feitas com base nas informações que dispomos na data deste Prospecto. Em vista desses riscos e incertezas, as estimativas e declarações futuras constantes deste Prospecto não são garantias de resultados futuros e, portanto, podem vir a não se concretizar, estando muitas das quais além do nosso controle ou capacidade de previsão. Por conta desses riscos e incertezas, o investidor não deve se basear exclusivamente nessas estimativas e declarações futuras para tomar sua decisão de investimento. Nosso desempenho pode diferir substancialmente daquele previsto em nossas estimativas e declarações futuras em razão de inúmeros fatores, incluindo: os efeitos da crise financeira internacional no Brasil; as alterações na conjuntura social, econômica, política e de negócios do Brasil, incluindo flutuações nas taxas de câmbio, de juros ou de inflação, e liquidez nos mercados financeiro e de capitais; alterações nas leis e nos regulamentos aplicáveis ao nosso setor de atuação e/ou aos setores de atuação dos nossos Parceiros Comerciais, bem como alterações no entendimento dos tribunais ou autoridades brasileiras em relação a essas leis e regulamentos; a mudança no cenário competitivo no nosso setor de atuação e/ou nos setores de atuação dos nossos Parceiros Comerciais, bem como alterações nas preferências e situação financeira dos Participantes e Parceiros Comerciais; a nossa capacidade de implementar com sucesso a nossa estratégia de negócio, incluindo a nossa capacidade de atrair novos Participantes; a nossa capacidade de atrair e manter Parceiros Comerciais ativos que ofereçam produtos e serviços que sejam atraentes aos Participantes, bem como a nossa capacidade de obter tais produtos e serviços de forma consistente e a preços que sejam ao menos compatíveis com nossos negócios; a nossa capacidade de contratar financiamentos quando necessário e em termos razoáveis; os interesses do nosso Acionista Controlador; a nossa capacidade de implementar sistemas de tecnologia da informação; e outras considerações discutidas nas seções Sumário da Companhia Principais Fatores de Risco relativos à Companhia e Fatores de Risco Relacionados à Oferta e às Ações e nos itens 4. Fatores de Risco e 5. Riscos de Mercado do Formulário de Referência. 11

16 Considerações sobre estimativas e declarações futuras A lista acima não é exaustiva e outros riscos e incertezas podem causar resultados que podem vir a ser substancialmente diferentes daqueles contidos nas estimativas e perspectivas sobre o futuro. Declarações que dependam ou estejam relacionadas a eventos ou condições futuras ou incertas, ou que incluam as palavras acredita, antecipa, continua, entende, espera, estima, faria, planeja, poderia, pode, poderá, pretende, prevê, projeta, suas variações e palavras similares têm por objetivo identificar estimativas e declarações futuras. As estimativas e declarações futuras constantes deste Prospecto referem-se apenas à data em que foram expressas, sendo que não assumimos a obrigação de atualizar publicamente ou revisar quaisquer dessas estimativas e declarações futuras, em razão de novas informações, eventos futuros ou quaisquer outros fatores. 12

17 DOCUMENTOS INCORPORADOS POR REFERÊNCIA A ESTE PROSPECTO O Formulário de Referência, elaborado nos termos da Instrução CVM 480, encontra-se incorporado por referência a este Prospecto.O Formulário de Referência está disponível na nossa página na internet e na página na internet da CVM: neste website acessar Relações com Investidores, depois clicar em Divulgação e Resultados, acessar o item CVM, buscar por Formulário de Referência e, em seguida, acessar a versão mais recente disponibilizada; e neste website no campo Acesso Rápido, acessar ITR, DFP, IAN, IPE, FC., FR e outras Informações, depois digitar Multiplus. No link buscar por Multiplus SA e clicar em Formulário de Referência e acessar o Formulário de Referência mais recente com Data Encerramento de 2013, e clicar em Consulta. As nossas demonstrações financeiras relativas aos exercícios sociais encerrados em (i) 31 de dezembro de 2012; (ii) 31 de dezembro de 2011; e (iii) 31 de dezembro de 2010, acompanhadas do relatório da administração e relatório dos auditores independentes, estão disponíveis nas páginas na internet da CVM, da BM&FBOVESPA e nossa: neste website acessar Relações com Investidores, depois clicar em Divulgação e Resultados, selecionar na aba Arquivo o exercício social desejado, buscar por Dados Econômico-Financeiros e, em seguida, clicar da demonstração financeira desejada; e neste website no campo Acesso Rápido, acessar ITR, DFP, IAN, IPE, FC., FR e outras Informações, depois digitar Multiplus, posteriormente acessar Multiplus SA e, em seguida, clicar em Dados Econômico-Financeiros, e, finalmente, clicar na demonstração financeira desejada. Os investidores devem ler as seções 4. Fatores de Risco e 5. Riscos de Mercado do nosso Formulário de Referência, bem como as seções do Prospecto Fatores de Risco Relacionados à Oferta e às Ações e Sumário da Companhia Principais Fatores de Risco Relativos à Companhia para ciência dos riscos que devem ser considerados antes de decidir investir nas Ações. 13

18 Sumário da companhia SUMÁRIO DA COMPANHIA Apresentamos a seguir um sumário dos nossos negócios, incluindo nossas informações operacionais e financeiras, nossas vantagens competitivas e estratégias de negócios. Este sumário é apenas um resumo das nossas informações, não contendo todas as informações que um potencial investidor deve considerar antes de tomar sua decisão de investimento em nossas Ações. Informações completas sobre nós estão em nosso Formulário de Referência incorporado por referência a este Prospecto. Leia este Prospecto e nosso Formulário de Referência incorporado por referência a este Prospecto antes de aceitar a Oferta. Asseguramos que as informações incluídas neste sumário são consistentes com as constantes do nosso Formulário de Referência incorporado por referência a este Prospecto, nos termos do inciso II, 3º, do artigo 40 da Instrução CVM 400. Os potenciais investidores devem analisar cuidadosamente todas as informações contidas neste Prospecto, incluindo nas seções Principais Fatores de Risco Relativos à Companhia e Fatores de Risco Relacionados à Oferta e às Ações, nosso Formulário de Referência incorporado por referência a este Prospecto, especialmente as seções 4, 5 e 10, e nossas demonstrações financeiras e respectivas notas explicativas incorporadas por referência a este Prospecto, para um entendimento mais detalhado dos nossos negócios e da Oferta. Visão Geral A Multiplus acredita ser a maior rede de coalizão de empresas e programas de fidelização do Brasil, em termos de receita bruta, que foi de R$1.628,1 milhões no exercício social encerrado em 31 de dezembro de Entre 31 de dezembro de 2010 e 31 de dezembro de 2012, o número de Parceiros Comerciais da Companhia passou de 151 para 369 e o número de Participantes passou de 8,0 milhões para 10,9 milhões. Em 2012, foram resgatadas aproximadamente 6,3 milhões de Passagens-Prêmio com pontos Multiplus na TAM ou companhias aéreas parceiras. Nossa missão é conectar empresas e pessoas por meio de uma rede de relacionamentos onde todos ganham e os valores que definem nossa cultura organizacional são simplicidade, agilidade, confiança, diversão e inovação. Oferecemos aos nossos Parceiros, empresas em geral com reconhecido foco em fidelização de clientes, uma rede de fidelização que lhes dá a possibilidade da ampliação das suas vendas por meio de exposição a novos clientes, fidelização e retenção. Nossos Parceiros Comerciais atualmente incluem importantes empresas de vários setores da economia brasileira, os quais contam com reconhecido foco em fidelização de clientes como, por exemplo, TAM, Ipiranga, Livraria Cultura, Accor, Oi, Editora Globo, SKY, Panvel, PontoFrio.com, dentre outros. Nossos Participantes podem transferir seus pontos entre os diversos programas que compõem nossa rede de coalizão ou concentrar os pontos acumulados ao comprar produtos e serviços de nossos Parceiros Comerciais em uma única conta e resgatá-los dentre mais de 120 mil opções de Prêmios. Nossa principal fonte de receita advém da venda de pontos Multiplus para nossos Parceiros Comerciais, os quais, por sua vez, oferecem esses pontos aos seus Participantes para que esses os resgatem por Prêmios. Nossos principais custos operacionais referem-se à compra de pontos de outros programas, produtos ou serviços para atender ao resgate de pontos dos nossos Participantes, com destaque para passagens aéreas da TAM. Diferentemente de outras coalizões, a Multiplus possui flexibilidade em seu modelo de negócio, operando seja como uma rede de programas para aqueles Parceiros Comerciais que já possuem programas de fidelização bem estruturados, e assim aproveitando de sua base de clientes e mantendo sua identidade, ou como o próprio programa de fidelização dos Parceiros Comerciais que assim optarem. 14

19 Sumário da companhia Nós nos beneficiamos significativamente do nosso relacionamento com a TAM. O Programa TAM Fidelidade foi lançado pela TAM em 1993 para funcionar como um programa de incentivo para os seus clientes fiéis, tornando-se o primeiro programa de fidelização de clientes (frequent-flyer program) do setor de aviação do Brasil. Assumimos, em 1º de janeiro de 2010, a extensa e diversificada rede de Parceiros Comerciais do Programa TAM Fidelidade, composta por mais de 100 Parceiros Comerciais no Brasil e 6,3 milhões de Participantes, em 30 de setembro de 2009, originários de tal programa. Ao longo dos últimos três anos, expandimos consideravelmente essa rede, tendo atingido então 369 Parceiros Comerciais e 10,9 milhões de Participantes em 31 de dezembro de Acreditamos que os Participantes da rede Multiplus representam para os nossos atuais e futuros Parceiros Comerciais uma base extremamente atraente de consumidores brasileiros, notadamente por seu perfil diferenciado, em termos de renda familiar, poder aquisitivo e hábitos de consumo. Em 2012, os Participantes da rede Multiplus acumularam aproximadamente 85,2 bilhões de pontos. A tabela abaixo destaca algumas das informações financeiras e operacionais da Multiplus. Para informações mais detalhadas sobre as nossas informações financeiras, ver seção 10.1 do Formulário de Referência, e as demonstrações e informações financeiras e respectivas notas explicativas, todos incorporados por referência a este Prospecto. Anos encerrados em 31 de dezembro de Variação (%) / /2012 Informações Operacionais Participantes (milhões)... 8,0 9,4 10,9 17,5% 16,0% Quantidade de pontos emitidos (bilhões)... 53,2 76,2 85,2 43,2% 11,8% TAM... 18,7 20,2 17,4 8,0% -13,9% Bancos, Varejo, Indústria e Serviços... 34,6 55,9 67,7 61,6% 21,1% Quantidade de pontos resgatados (bilhões)... 16,8 49,8 65,9 196,4% 32,3% Passagens Aéreas... 16,7 48,7 62,3 191,6% 27,9% Outros produtos/serviços 0,1 1,1 3,5 1000,0% 218,2% Burn/earn (1) (%)... 65,9% 84,5% 90,7% 36,5p.p. 6,2p.p. Breakage (2) média de 12 meses (%)... 22,6% 24,1% 21,0% 1,5p.p. -2,8p.p. Informações Financeiras (em milhões de reais, exceto percentuais) Receita Bruta , , ,1 165,2% 18,5% Receita Líquida , , ,0 165,4% 18,4% Lucro Líquido ,4 274,2 224,3 131,6% -18,2% (1) (2) Total de pontos resgatados dividido pelo total de pontos acumulados durante um mesmo período. Calculado com base na média ponderada do número de pontos emitidos. Pontos vencidos e não resgatados como porcentagem dos pontos emitidos. Nossas Vantagens Competitivas Acreditamos que nossas principais vantagens competitivas incluem: Relacionamento Exclusivo e Estratégico com a TAM Nós nos beneficiamos significativamente do relacionamento exclusivo, estratégico que mantemos com a TAM, que, entre outros, possui as seguintes vantagens estratégicas: Única companhia aérea brasileira com rotas para algumas das principais cidades dos Estados Unidos e da Europa, conforme dados disponibilizados pela ANAC; 15

20 Sumário da companhia Ampla penetração de voos na América do Sul, através da própria TAM ou da sua parceira, a LAN; Acesso a uma ampla rede de companhias aéreas parceiras em todo o mundo, por meio de sua participação em aliança global com outras companhias aéreas. De acordo com a ANAC, a TAM é a companhia aérea líder no mercado brasileiro, com participação de 40,79% no mercado doméstico e 89,44% no mercado internacional, em 2012, em termos de RPK, oferecendo voos para todo o Brasil, cobrindo uma significativa quantidade de destinos no território brasileiro em comparação a outras companhias aéreas brasileiras. Em 2012, a TAM transportou aproximadamente 34,2 milhões de passageiros em voos domésticos. A TAM faz parte do LATAM Airlines Group S.A. ( Grupo LATAM ). O Grupo LATAM inclui LAN Airlines e suas afiliadas no Peru, Argentina, Colômbia e Equador, e LAN Cargo e suas afiliadas, assim como TAM S.A. e suas controladas TAM Linhas Aéreas S.A., TAM Transportes Aereos del Mercosur S.A., e Multiplus S.A. Juntas, as companhias que formam o Grupo LATAM oferecem transporte aéreo para 143 destinos, sendo 102 deles para fora do Brasil, além de outros 163 destinos por meio de acordos de code share (voos compartilhados com outras companhias aéreas) com companhias aéreas parceiras. A frota do grupo é composta por 310 aeronaves com uma idade média de 6,8 anos. Em 2012, as companhias aéreas que compõem o Grupo LATAM transportaram aproximadamente 13,2 milhões de passageiros em voos internacionais. Temos exclusividade na emissão de pontos e resgates de passagens aéreas do Programa TAM Fidelidade, de acordo com o Contrato Operacional assinado em 10 de dezembro de 2009 com vigência de 15 anos a partir de 1º de janeiro de 2010, podendo ser prorrogado, automaticamente, por períodos adicionais de cinco anos. Esse Contrato foi aditado em 1º de março de 2013, e passará a estabelecer um valor fixo para o custo por pontos a partir de junho de 2013 e limites para variação desse custo partir do terceiro trimestre de 2014, com o objetivo de garantir uma maior estabilidade das margens da Multiplus e um melhor alinhamento de interesses entre a Companhia e a TAM. Para maiores informações sobre o Contrato Operacional, ver seção 7.8 do Formulário de Referência, incorporado por referência a este Prospecto. Acreditamos que o Programa TAM Fidelidade seja um programa extremamente atraente em virtude de suas características, como a inexistência de restrição de assentos para emissão e utilização de Passagens-Prêmio, uma rede abrangente de voos para resgates de pontos, possibilidade de resgates de Passagens-Prêmio com até 360 dias de antecedência em relação à data do voo e regras simples para um rápido acúmulo de pontos. Nosso relacionamento exclusivo e estratégico com a TAM confere à Companhia uma importante vantagem competitiva no longo prazo. Entendemos que somos relevantes para o negócio da TAM uma vez que, em 2012, foram resgatadas aproximadamente 6,3 milhões de Passagens-Prêmio com pontos Multiplus na TAM ou nas suas companhias aéreas parceiras. Base Sólida de Participantes com Perfil Atraente Nossa base de Participantes em crescimento é sólida e acreditamos que nos torna extremamente atraentes para nossos atuais e potenciais Parceiros Comerciais que têm interesse em aumentar a sua visibilidade junto aos seus clientes. Entendemos que a nossa base de participantes tem perfil diferenciado, com alto poder aquisitivo, formada por consumidores dispostos a adquirir produtos e serviços com maior valor agregado e que lhes concedam mais benefícios. A base de Participantes passou de 6,6 milhões em 31 de dezembro de 2009 para 10,9 milhões em 31 de dezembro de 2012, o que corresponde a um crescimento anual médio de 18,40% ou a um incremento médio de 120 mil Participantes por mês. Além disso, acreditamos que o nosso relacionamento com a TAM contribui para atrair novos Participantes para a rede Multiplus, uma vez que as Passagens-Prêmio são um dos Prêmios mais procurados nos programas de fidelização de clientes que oferecem passagens aéreas como Prêmios. Ao contrário do que ocorre em outros mercados, como Estados Unidos e Europa, onde há um grande número de programas concorrentes de companhia aéreas para fidelização de clientes, o mercado brasileiro possui atualmente apenas dois programas relevantes de fidelização de clientes, oferecidos por companhias aéreas nacionais. 16

PROSPECTO DEFINITIVO DA OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA E SECUNDÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA

PROSPECTO DEFINITIVO DA OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA E SECUNDÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA PROSPECTO DEFINITIVO DA OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA E SECUNDÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA BEEF3 MINERVA S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado Código CVM: 02093-1 CNPJ/MF nº 67.620.377/0001-14

Leia mais

PEDIDO DE RESERVA PARA INVESTIDORES NÃO-INSTITUCIONAIS

PEDIDO DE RESERVA PARA INVESTIDORES NÃO-INSTITUCIONAIS PEDIDO DE RESERVA PARA INVESTIDORES NÃO-INSTITUCIONAIS Suzano Papel e Celulose S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF: 16.404.287/0001-55 - NIRE 29.3.00016331 Código CVM: 13986 Avenida Professor

Leia mais

Prospecto Preliminar de Oferta Pública de Distribuição Primária de Ações Ordinárias de Emissão da

Prospecto Preliminar de Oferta Pública de Distribuição Primária de Ações Ordinárias de Emissão da ww As informações contidas neste Prospecto Preliminar estão sob análise da Comissão de Valores Mobiliários, a qual ainda não se manifestou a seu respeito. O presente Prospecto Preliminar está sujeito à

Leia mais

GENERAL SHOPPING BRASIL S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado (Categoria A ) CNPJ/MF nº 08.764.621/0001-53 NIRE 35.300.340.

GENERAL SHOPPING BRASIL S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado (Categoria A ) CNPJ/MF nº 08.764.621/0001-53 NIRE 35.300.340. GENERAL SHOPPING BRASIL S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado (Categoria A ) CNPJ/MF nº 08.764.621/0001-53 NIRE 35.300.340.833 FATO RELEVANTE GENERAL SHOPPING BRASIL S.A. ( Companhia ), em atendimento

Leia mais

Preço por Ação R$[ ]

Preço por Ação R$[ ] As informações contidas neste Prospecto Preliminar estão sob análise da ANBIMA - Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais e da Comissão de Valores Mobiliários que ainda

Leia mais

. $ - >(.'>.' >1,3,?@A?BA

. $ - >(.'>.' >1,3,?@A?BA A(O) presente oferta pública (programa) foi elaborada(o) de acordo com as normas de Regulação e Melhores Práticas da ANBID para as Ofertas Públicas de Distribuição e Aquisição de Valores Mobiliários, atendendo,

Leia mais

Coordenadores da Oferta

Coordenadores da Oferta As informações contidas neste Prospecto Preliminar estão sob análise da Comissão de Valores Mobiliários, a qual ainda não se manifestou a seu respeito. O presente Prospecto Preliminar está sujeito a complementação

Leia mais

A data deste Prospecto Preliminar é 7 de janeiro de 2011.

A data deste Prospecto Preliminar é 7 de janeiro de 2011. As informações contidas neste Prospecto Preliminar estão sob análise da ANBIMA Associação Brasileiradas Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais e da Comissão de Valores Mobiliários, as quais ainda

Leia mais

MATERIAL PUBLICITÁRIO

MATERIAL PUBLICITÁRIO OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA ESPÉCIE QUIROGRAFÁRIA, EM ATÉ QUATRO SÉRIES, DA QUARTA EMISSÃO DA EDP ENERGIAS DO BRASIL S.A. EDP ENERGIAS DO BRASIL

Leia mais

Prospecto Preliminar de Distribuição Pública de Letras Financeiras da 2ª Emissão do

Prospecto Preliminar de Distribuição Pública de Letras Financeiras da 2ª Emissão do ESTE DOCUMENTO É UMA MINUTA INICIAL SUJEITA A ALTERAÇÕES E COMPLEMENTAÇÕES, TENDO SIDO ARQUIVADO NA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS ENTIDADES DOS MERCADOS FINANCEIRO E DE CAPITAIS PARA FINS EXCLUSIVOS DE ANÁLISE

Leia mais

PEDIDO DE RESERVA DE AÇÕES ORDINÁRIAS PARA INVESTIDORES NÃO INSTITUCIONAIS

PEDIDO DE RESERVA DE AÇÕES ORDINÁRIAS PARA INVESTIDORES NÃO INSTITUCIONAIS PEDIDO DE RESERVA DE AÇÕES ORDINÁRIAS PARA INVESTIDORES NÃO INSTITUCIONAIS OURO FINO SAÚDE ANIMAL PARTICIPAÇÕES S.A. Companhia de Capital Autorizado CNPJ/MF nº 20.258.278/0001-70 Rodovia Anhanguera, SP

Leia mais

Telefônica Brasil S.A.

Telefônica Brasil S.A. ANÚNCIO DE INÍCIO DA OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS E PREFERENCIAIS DE EMISSÃO DA Telefônica Brasil S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado - Código CVM nº 17671 CNPJ/MF

Leia mais

PEDIDO DE RESERVA CÓDIGO ISIN Nº BRVRTACTF008

PEDIDO DE RESERVA CÓDIGO ISIN Nº BRVRTACTF008 PEDIDO DE RESERVA CÓDIGO ISIN Nº BRVRTACTF008 Condicionado Não Condicionado Pedido de Reserva ( Pedido de Reserva ou Pedido ) relativo à oferta pública de distribuição de até 434.783 (quatrocentas e trinta

Leia mais

RENOVA ENERGIA S.A. Companhia Aberta. CNPJ nº 08.534.605/0001-74 NIRE 35.300358.295

RENOVA ENERGIA S.A. Companhia Aberta. CNPJ nº 08.534.605/0001-74 NIRE 35.300358.295 RENOVA ENERGIA S.A. Companhia Aberta CNPJ nº 08.534.605/0001-74 NIRE 35.300358.295 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 25 DE FEVEREIRO DE 2010 1. DATA, HORA E LOCAL: Aos 25 dias do

Leia mais

PROSPECTO DEFINITIVO DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA

PROSPECTO DEFINITIVO DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA PROSPECTO DEFINITIVO DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA FIBRIA CELULOSE S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF: 60.643.228/0001-21 Código CVM: 12793

Leia mais

PEDIDO DE RESERVA DE AÇÕES ORDINÁRIAS PARA INVESTIDORES DA OFERTA DE VAREJO

PEDIDO DE RESERVA DE AÇÕES ORDINÁRIAS PARA INVESTIDORES DA OFERTA DE VAREJO MINUTA 28.06.2013 PEDIDO DE RESERVA DE AÇÕES ORDINÁRIAS PARA INVESTIDORES DA OFERTA DE VAREJO CPFL Energias Renováveis S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF nº 08.439.659/0001-50 Avenida

Leia mais

sujeito à complementação e correção. O Prospecto Definitivo será entregue aos investidores durante o período de distribuição.

sujeito à complementação e correção. O Prospecto Definitivo será entregue aos investidores durante o período de distribuição. As informações contidas neste Prospecto Preliminar estão sob análise da Comissão de Valores Mobiliários, a qual ainda não se manifestou a seu respeito. Este Prospecto Preliminar está sujeito à complementação

Leia mais

PEDIDO DE RESERVA PARA AS QUOTAS DE EMISSÃO DO EUROPAR II BANIF FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII. CNPJ nº 13.720.522.0001-00

PEDIDO DE RESERVA PARA AS QUOTAS DE EMISSÃO DO EUROPAR II BANIF FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII. CNPJ nº 13.720.522.0001-00 PEDIDO DE RESERVA PARA AS QUOTAS DE EMISSÃO DO EUROPAR II BANIF FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ nº 13.720.522.0001-00 Código ISIN: BREURDCTF006 Nº [ ] CARACTERÍSTICAS DA OFERTA Pedido de reserva

Leia mais

Prospecto Definitivo da Oferta Pública de Distribuição Primária de Ações Ordinárias de Emissão da

Prospecto Definitivo da Oferta Pública de Distribuição Primária de Ações Ordinárias de Emissão da Prospecto Definitivo da Oferta Pública de Distribuição Primária de Ações Ordinárias de Emissão da Direcional Engenharia S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF 16.614.075/0001-00 - NIRE 3130002583-7

Leia mais

Código ISIN: BREKTRDBS069 Rating Standard&Poor s: braa+ AVISO AO MERCADO

Código ISIN: BREKTRDBS069 Rating Standard&Poor s: braa+ AVISO AO MERCADO Elektro Eletricidade e Serviços S.A. Companhia Aberta - CNPJ/MF nº 02.328.280/0001-97 Rua Ary Antenor de Souza, nº 321, Jardim Nova América Campinas SP Código ISIN: BREKTRDBS069 Rating Standard&Poor s:

Leia mais

PEDIDO DE RESERVA DE DEBÊNTURES SIMPLES DA 5ª EMISSÃO DA BNDES PARTICIPAÇÕES S.A. BNDESPAR DE INVESTIDOR DE VAREJO

PEDIDO DE RESERVA DE DEBÊNTURES SIMPLES DA 5ª EMISSÃO DA BNDES PARTICIPAÇÕES S.A. BNDESPAR DE INVESTIDOR DE VAREJO BNDES Participações S.A. BNDESPAR Conjunto 1, Bloco J, 12º e 13º andares, Setor Bancário Sul, Distrito Federal CNPJ/MF n.º 00.383.281/0001-09 Companhia Aberta PEDIDO DE RESERVA DE DEBÊNTURES SIMPLES DA

Leia mais

Prospecto Preliminar da Oferta Pública de Distribuição Primária de Ações Ordinárias de Emissão da

Prospecto Preliminar da Oferta Pública de Distribuição Primária de Ações Ordinárias de Emissão da As informações contidas neste Prospecto Preliminar estão sob análise da Comissão de Valores Mobiliários, a qual ainda não se manifestou a seu respeito. O presente Prospecto Preliminar está sujeito à complementação

Leia mais

Telefônica Brasil S.A.

Telefônica Brasil S.A. Este anúncio é de caráter exclusivamente informativo, não se tratando de oferta de venda de valores mobiliários. ANÚNCIO DE ENCERRAMENTO DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS E

Leia mais

Minuta do Prospecto Preliminar de Oferta Pública de Distribuição Secundária de Certificados de Depósitos de Ações ( Units ) de Emissão da

Minuta do Prospecto Preliminar de Oferta Pública de Distribuição Secundária de Certificados de Depósitos de Ações ( Units ) de Emissão da ESTE DOCUMENTO É UMA MINUTA INICIAL SUJEITA A ALTERAÇÕES E COMPLEMENTAÇÕES, TENDO SIDO ARQUIVADO NA ANBIMA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS ENTIDADES DOS MERCADOS FINANCEIRO E DE CAPITAIS E NA COMISSÃO DE VALORES

Leia mais

WTORRE PETRO FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII

WTORRE PETRO FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII LEIA ATENTAMENTE O REGULAMENTO E O PROSPECTO ANTES DE ACEITAR A OFERTA, EM ESPECIAL A SEÇÃO FATORES DE RISCO. OLIVEIRA TRUST DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS S.A. CNPJ/MF n.º 36.113.876/0001-91

Leia mais

R$ 100.000.000,00 (cem milhões de reais) Código ISIN das COTAS: BRMFIICTF008 Código de Negociação na BM&FBOVESPA: MFII11

R$ 100.000.000,00 (cem milhões de reais) Código ISIN das COTAS: BRMFIICTF008 Código de Negociação na BM&FBOVESPA: MFII11 AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE PROSPECTO PRELIMINAR ESTÃO SOB ANÁLISE DA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS, A QUAL AINDA NÃO SE MANIFESTOU A SEU RESPEITO. O PRESENTE PROSPECTO PRELIMINAR ESTÁ SUJEITO A COMPLEMENTAÇÃO

Leia mais

Prospecto Preliminar de Distribuição Pública Primária de Ações Ordinárias de Emissão da

Prospecto Preliminar de Distribuição Pública Primária de Ações Ordinárias de Emissão da As informações contidas neste Prospecto Preliminar estão sob análise da Comissão de Valores Mobiliários. O presente Prospecto Preliminar está sujeito a complementação e correção. O Prospecto Definitivo

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS DA BM&FBOVESPA

MANUAL DE PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS DA BM&FBOVESPA DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA SECUNDÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA CVC BRASIL OPERADORA E AGÊNCIA DE VIAGENS S.A. MANUAL DE PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS DA BM&FBOVESPA OFERTA VAREJO Performance do Período

Leia mais

PROSPECTO PRELIMINAR DA OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA E SECUNDÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA

PROSPECTO PRELIMINAR DA OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA E SECUNDÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA As informações contidas neste Prospecto Preliminar estão sob análise da Comissão de Valores Mobiliários, a qual ainda não se manifestou a seu respeito. O presente Prospecto Preliminar está sujeito à complementação

Leia mais

R$ 250.000.000,00 (duzentos e cinqüenta milhões de reais)

R$ 250.000.000,00 (duzentos e cinqüenta milhões de reais) Retificação do Anúncio de Início da Distribuição Pública de Quotas da Primeira Emissão do RIVIERA GR INDUSTRIAL FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES CNPJ/MF n.º 10.214.548/0001-98 Código ISIN das Quotas:

Leia mais

Prospecto Preliminar da Oferta Pública de Distribuição Primária e Secundária de Ações Ordinárias de Emissão da

Prospecto Preliminar da Oferta Pública de Distribuição Primária e Secundária de Ações Ordinárias de Emissão da As informações contidas neste Prospecto Preliminar estão sob análise da Comissão de Valores Mobiliários, a qual ainda não se manifestou a seu respeito. Este Prospecto Preliminar está sujeito à complementação

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS DA BM&FBOVESPA

MANUAL DE PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS DA BM&FBOVESPA DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA PRIMÁRIA E SECUNDÁRIA AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA BRMALLS PARTICIPAÇÕES S.A. MANUAL DE PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS DA BM&FBOVESPA OFERTA VAREJO Performance do Período ÍNDICE CAPÍTULO

Leia mais

Código ISIN das Ações Preferenciais Classe B: BRSUZBACNPB1 Código de Negociação das Ações Ordinárias na BM&FBOVESPA: SUZB3

Código ISIN das Ações Preferenciais Classe B: BRSUZBACNPB1 Código de Negociação das Ações Ordinárias na BM&FBOVESPA: SUZB3 As informações contidas neste Prospecto Preliminar estão sob análise da Comissão de Valores Mobiliários, a qual ainda não se manifestou a seu respeito. O presente Prospecto Preliminar está sujeito a complementação

Leia mais

Participantes Especiais

Participantes Especiais PROSPECTO DEFINITIVO DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA ESPÉCIE QUIROGRAFÁRIA, EM SÉRIE ÚNICA, DA 6ª EMISSÃO DA CONCESSIONÁRIA DO SISTEMA ANHANGÜERA-BANDEIRANTES

Leia mais

CSHG REAL ESTATE FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ/MF n 09.072.017/0001-29 Código Cadastro CVM 122-8 AVISO AO MERCADO

CSHG REAL ESTATE FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ/MF n 09.072.017/0001-29 Código Cadastro CVM 122-8 AVISO AO MERCADO CSHG REAL ESTATE FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ/MF n 09.072.017/0001-29 Código Cadastro CVM 122-8 AVISO AO MERCADO CREDIT SUISSE HEDGING-GRIFFO CORRETORA DE VALORES S.A., sociedade por ações

Leia mais

Prospecto Preliminar de Distribuição Pública Primária e Secundária de Ações Ordinárias de Emissão da PDG Realty S.A. Empreendimentos e Participações

Prospecto Preliminar de Distribuição Pública Primária e Secundária de Ações Ordinárias de Emissão da PDG Realty S.A. Empreendimentos e Participações 1 ESTE DOCUMENTO É UMA MINUTA INICIAL SUJEITA A ALTERAÇÕES E COMPLEMENTAÇÕES, TENDO SIDO ARQUIVADA NA ANBID PARA FINS EXCLUSIVOS DE ANÁLISE E EXIGÊNCIAS POR PARTE DESSA INSTITUIÇÃO E DA CVM. ESTE DOCUMENTO,

Leia mais

Prospecto Definitivo de Distribuição Pública Primária de Ações Ordinárias de Emissão da

Prospecto Definitivo de Distribuição Pública Primária de Ações Ordinárias de Emissão da Prospecto Definitivo de Distribuição Pública Primária de Ações Ordinárias de Emissão da Cosan S.A. Indústria e Comércio Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF nº 5.746.577/1-15 Prédio Administrativo

Leia mais

CNPJ/MF 92.692.979/0001-24. por conta e ordem do BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL S/A - BANRISUL CNPJ/MF 92.702.067.0001/96

CNPJ/MF 92.692.979/0001-24. por conta e ordem do BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL S/A - BANRISUL CNPJ/MF 92.702.067.0001/96 Edital de Oferta Pública para aquisição de ações ordinárias para cancelamento de registro de Companhia Aberta de BANRISUL S/A ADMINISTRADORA DE CONSÓRCIOS CNPJ/MF 92.692.979/0001-24 por conta e ordem do

Leia mais

PROSPECTO PRELIMINAR DE DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DE COTAS DA PRIMEIRA EMISSÃO DO

PROSPECTO PRELIMINAR DE DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DE COTAS DA PRIMEIRA EMISSÃO DO ESTE DOCUMENTO É UMA MINUTA INICIAL SUJEITA A ALTERAÇÕES E COMPLEMENTAÇÕES, TENDO SIDO ARQUIVADO NA CVM PARA FINS EXCLUSIVOS DE ANÁLISE E EXIGÊNCIAS POR PARTE DESSA AUTARQUIA. ESTE DOCUMENTO, PORTANTO,

Leia mais

TPI - TRIUNFO PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS S.A.

TPI - TRIUNFO PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS S.A. PROSPECTO DEFINITIVO DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA ESPÉCIE QUIROGRAFÁRIA A SER CONVOLADA EM ESPÉCIE QUIROGRAFÁRIA E COM GARANTIA REAL ADICIONAL,

Leia mais

EDITAL DE OFERTA PÚBLICA DE AQUISIÇÃO DE AÇÕES ORDINÁRIAS PARA CANCELAMENTO DE REGISTRO DA

EDITAL DE OFERTA PÚBLICA DE AQUISIÇÃO DE AÇÕES ORDINÁRIAS PARA CANCELAMENTO DE REGISTRO DA Este Edital de oferta pública não está sendo direcionado e não será direcionado, direta ou indiretamente, a nenhum país diferente do Brasil e, em particular, aos Estados Unidos da América, nem tampouco

Leia mais

MATERIAL PUBLICITÁRIO

MATERIAL PUBLICITÁRIO MATERIAL PUBLICITÁRIO DA OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA ESPÉCIE QUIROGRAFÁRIA, EM ATÉ 3 (TRÊS) SÉRIES, DA 5ª (QUINTA) EMISSÃO DA PETRÓLEO BRASILEIRO

Leia mais

Prospecto Definitivo de Oferta Pública de Distribuição Primária e Secundária de Ações Preferenciais de Emissão do

Prospecto Definitivo de Oferta Pública de Distribuição Primária e Secundária de Ações Preferenciais de Emissão do Prospecto Definitivo de Oferta Pública de Distribuição Primária e Secundária de Ações Preferenciais de Emissão do BANCO CRUZEIRO DO SUL S.A. Companhia de Capital Autorizado CNPJ/MF nº 62.136.254/0001-99

Leia mais

Perfazendo o montante total de

Perfazendo o montante total de ANÚNCIO DE INÍCIO DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO, DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA ESPÉCIE QUIROGRAFÁRIA, EM TRÊS SÉRIES, DA 4ª (QUARTA) EMISSÃO DA EDP - ENERGIAS DO BRASIL S.A.

Leia mais

Nível 2. Governança Corporativa

Nível 2. Governança Corporativa Nível 2 Governança Corporativa Apresentação Implantados em dezembro de 2000 pela antiga Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA), o Novo Mercado e os Níveis Diferenciados de Governança Corporativa Nível

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2015 - DOMMO EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2015 - DOMMO EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. CNPJ/MF n.º 64.571.414/0001-64 NIRE 35.300.338.421 AVISO AOS ACIONISTAS

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. CNPJ/MF n.º 64.571.414/0001-64 NIRE 35.300.338.421 AVISO AOS ACIONISTAS VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. CNPJ/MF n.º 64.571.414/0001-64 NIRE 35.300.338.421 AVISO AOS ACIONISTAS Nos termos do artigo 157, parágrafo 4º da Lei n.º 6.404, de 15 de dezembro de 1976, conforme

Leia mais

MANUAL PARA REGISTRO DE CERTIFICADO DE DEPÓSITO DE VALORES MOBILIÁRIOS - BDR NÍVEL I NÃO PATROCINADO

MANUAL PARA REGISTRO DE CERTIFICADO DE DEPÓSITO DE VALORES MOBILIÁRIOS - BDR NÍVEL I NÃO PATROCINADO MANUAL PARA REGISTRO DE CERTIFICADO DE DEPÓSITO DE VALORES MOBILIÁRIOS - BDR NÍVEL I NÃO PATROCINADO Artigo 1º. Para registro do Certificado de Depósito de Valores Mobiliários - BDR Nível I Não Patrocinado

Leia mais

ANÚNCIO DE INÍCIO CIELO S.A.

ANÚNCIO DE INÍCIO CIELO S.A. ANÚNCIO DE INÍCIO DE DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, EM SÉRIE ÚNICA, DA ESPÉCIE QUIROGRAFÁRIA, DA 4ª (QUARTA) EMISSÃO DA CIELO S.A. Companhia Aberta (Categoria A

Leia mais

COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO COMPANHIA ABERTA DE CAPITAL AUTORIZADO CNPJ/MF n.º 47.508.411/0001-56

COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO COMPANHIA ABERTA DE CAPITAL AUTORIZADO CNPJ/MF n.º 47.508.411/0001-56 COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO COMPANHIA ABERTA DE CAPITAL AUTORIZADO CNPJ/MF n.º 47.508.411/0001-56 ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 8 DE ABRIL DE 2004 1 - DATA E LOCAL: No

Leia mais

BROOKFIELD INCORPORAÇÕES S.A. 2ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2010.

BROOKFIELD INCORPORAÇÕES S.A. 2ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2010. BROOKFIELD INCORPORAÇÕES S.A. 2ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2010. Rio de janeiro, 29 de Abril de 2011. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

Procedimentos para Registro de Companhias na BOVESPA

Procedimentos para Registro de Companhias na BOVESPA Procedimentos para Registro de Companhias na BOVESPA A análise de pedidos de registro no BOVESPA MAIS, bem como dos pedidos de registro no Novo Mercado, Nível 2 e Nível 1 de empresas que estejam em processo

Leia mais

MATERIAL PUBLICITÁRIO Take One

MATERIAL PUBLICITÁRIO Take One BB Seguridade Participações S.A. Companhia de Capital Autorizado CNPJ/MF nº 17.344.597/0001-94 Rua Setor Bancário Sul, Quadra 1, Bloco A, Lote 31, Edifício Sede I, 15º andar, sala 04 CEP 70073-900 Brasília,

Leia mais

www.submarino.com.br

www.submarino.com.br As informações contidas neste Prospecto Preliminar estão sob análise da Comissão de Valores Mobiliários, a qual ainda não se manifestou a seu respeito. O presente Prospecto Preliminar está sujeito à complementação

Leia mais

1 Aquisição que Gerou a Obrigação de Formular a OPA.

1 Aquisição que Gerou a Obrigação de Formular a OPA. OFERTA PÚBLICA DE AQUISIÇÃO DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA EXCELSIOR ALIMENTOS S.A. SOB PROCEDIMENTO DIFERENCIADO AVISO RESUMIDO AOS ACIONISTAS DA EXCELSIOR ALIMENTOS S.A. SRS. CLOVIS LUIZ BAUMHARDT,

Leia mais

PROSPECTO DEFINITIVO DA OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA E SECUNDÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA

PROSPECTO DEFINITIVO DA OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA E SECUNDÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA PROSPECTO DEFINITIVO DA OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA E SECUNDÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA BPHA3 Brazil Pharma S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado Rua Gomes de Carvalho, n.º

Leia mais

R$67.000.000,00. (sessenta e sete milhões de reais)

R$67.000.000,00. (sessenta e sete milhões de reais) ANÚNCIO DE INÍCIO DA OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO DE COTAS DO FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO KENNEDY SQUARE CNPJ/MF nº 24.111.181/0001-91 Código ISIN nº BRFKENCTF001 A BRB DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS

Leia mais

Prospecto Definitivo da Oferta Pública de Distribuição Primária e Secundária de Ações Ordinárias de Emissão da

Prospecto Definitivo da Oferta Pública de Distribuição Primária e Secundária de Ações Ordinárias de Emissão da Prospecto Definitivo da Oferta Pública de Distribuição Primária e Secundária de Ações Ordinárias de Emissão da MRV ENGENHARIA E PARTICIPAÇÕES S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF nº 08.343.492/0001-20

Leia mais

Credit Suisse Bradesco BBI BTG Pactual Itaú BBA BofA Merrill Lynch

Credit Suisse Bradesco BBI BTG Pactual Itaú BBA BofA Merrill Lynch As informações contidas neste Prospecto Preliminar estão sob análise da ANBIMA Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais e da Comissão de Valores Mobiliários, as quais ainda

Leia mais

PROSPECTO DEFINITIVO DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA

PROSPECTO DEFINITIVO DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA PROSPECTO DEFINITIVO DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA MULT3 Multiplan Empreendimentos Imobiliários S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CVM nº 2098-2

Leia mais

No montante de até. Taxa de Ingresso/Distribuição Primária (%) (**)

No montante de até. Taxa de Ingresso/Distribuição Primária (%) (**) Este documento é uma minuta inicial sujeita a alterações e complementações, tendo sido arquivado na Comissão de Valores Mobiliários - CVM para fins exclusivos de análise e exigências por parte da CVM.

Leia mais

Registro da presente distribuição pública secundária na CVM: CVM/SRE/SEC/[ ], em [ ].

Registro da presente distribuição pública secundária na CVM: CVM/SRE/SEC/[ ], em [ ]. Prospecto Preliminar de Distribuição Pública Secundária de Ações Preferenciais de Emissão da As informações contidas neste Prospecto Preliminar estão sob análise da Comissão de Valores Mobiliários, a qual

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2011 - CEMEPE INVESTIMENTOS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2011 - CEMEPE INVESTIMENTOS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Fluxo de Caixa 5 Demonstração das Mutações

Leia mais

BETAPART PARTICIPAÇÕES S.A. DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2014 E DE 2013. Página 1 de 16

BETAPART PARTICIPAÇÕES S.A. DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2014 E DE 2013. Página 1 de 16 BETAPART PARTICIPAÇÕES S.A. DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2014 E DE 2013 Página 1 de 16 BETAPART PARTICIPAÇÕES S.A. Demonstrações Contábeis Em 31 de Dezembro de 2014 e de 2013 Conteúdo Relatório

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE ESCRITURA DA QUARTA EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA ESPÉCIE SUBORDINADA, DA AUTOPISTA

INSTRUMENTO PARTICULAR DE ESCRITURA DA QUARTA EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA ESPÉCIE SUBORDINADA, DA AUTOPISTA INSTRUMENTO PARTICULAR DE ESCRITURA DA QUARTA EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA ESPÉCIE SUBORDINADA, DA AUTOPISTA FLUMINENSE S.A. 19 de outubro de 2015 INSTRUMENTO PARTICULAR

Leia mais

PROSPECTO DEFINITIVO DE DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DE COTAS DA PRIMEIRA EMISSÃO DO FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO GENERAL SHOPPING ATIVO E RENDA FII

PROSPECTO DEFINITIVO DE DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DE COTAS DA PRIMEIRA EMISSÃO DO FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO GENERAL SHOPPING ATIVO E RENDA FII PROSPECTO DEFINITIVO DE DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DE COTAS DA PRIMEIRA EMISSÃO DO FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO GENERAL SHOPPING ATIVO E RENDA FII FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO GENERAL SHOPPING ATIVO

Leia mais

GÁVEA FUNDO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII CNPJ/MF nº 16.875.388/0001-04 PROPOSTA DO ADMINISTRADOR PARA A 2ª EMISSÃO DE COTAS DO FUNDO

GÁVEA FUNDO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII CNPJ/MF nº 16.875.388/0001-04 PROPOSTA DO ADMINISTRADOR PARA A 2ª EMISSÃO DE COTAS DO FUNDO GÁVEA FUNDO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII CNPJ/MF nº 16.875.388/0001-04 PROPOSTA DO ADMINISTRADOR PARA A 2ª EMISSÃO DE COTAS DO FUNDO Aos Quotistas do Fundo Prezado(a)(s) Senhor(a)(es), BEM

Leia mais

SUL AMÉRICA S.A. R$750.000.000,00

SUL AMÉRICA S.A. R$750.000.000,00 As informações contidas neste Prospecto Preliminar estão sob análise ANBIMA Associação Brasileira de Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais e da Comissão de Valores Mobiliários, as quais ainda

Leia mais

BRESSER AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES

BRESSER AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES BRESSER AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES REGULAMENTO DO FUNDO O BRESSER AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES, regido pelas disposições do presente Regulamento, e regulado pelas Instruções CVM nº 302

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES MULTISETORIAL CNPJ/MF n.º 09.068.796./0001-99 Código ISIN das Quotas: BRMGENCTF005 R$500.000.

FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES MULTISETORIAL CNPJ/MF n.º 09.068.796./0001-99 Código ISIN das Quotas: BRMGENCTF005 R$500.000. Prospecto Definitivo de Distribuição Pública das Quotas da Primeira Emissão do FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES MULTISETORIAL CNPJ/MF n.º 09.068.796./0001-99 Código ISIN das Quotas: BRMGENCTF005

Leia mais

Código ISIN nº BRCMGDDBS017. Rating: Fitch A+ (bra)

Código ISIN nº BRCMGDDBS017. Rating: Fitch A+ (bra) AVISO AO MERCADO Companhia Aberta CNPJ/MF n 06.981.180/0001-16 Avenida Barbacena, 1200 17º andar, Ala A1 Belo Horizonte MG 30190-131 Código ISIN nº BRCMGDDBS017 Rating: Fitch A+ (bra) O BB Banco de Investimento

Leia mais

RR DONNELLEY 00453-DEF-EST022-PROVA PG#1 2.2.11

RR DONNELLEY 00453-DEF-EST022-PROVA PG#1 2.2.11 RR DONNELLEY 00453-DEF-EST022-PROVA PG#1 2.2.11 PROSPECTO DEFINITIVO DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA DE AÇÕES DE EMISSÃO DA TECNISA S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF nº 08.065.557/0001-12

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis Banco do Nordeste Fundo de Investimento Ações Petrobras (Administrado pelo Banco do Nordeste do Brasil S.A. - CNPJ: 07.237.373/0001-20) 31 de março de 2014 com Relatório dos Auditores

Leia mais

POLÍTICA DE DIVULGAÇÃO DE ATO OU FATO RELEVANTE DA TARPON INVESTIMENTOS S.A.

POLÍTICA DE DIVULGAÇÃO DE ATO OU FATO RELEVANTE DA TARPON INVESTIMENTOS S.A. POLÍTICA DE DIVULGAÇÃO DE ATO OU FATO RELEVANTE DA TARPON INVESTIMENTOS S.A. I - DEFINIÇÕES E ADESÃO 1. As definições utilizadas na presente Política de Divulgação têm os significados que lhes são atribuídos

Leia mais

Prospecto Preliminar da Oferta Pública da Primeira Emissão de Cotas do

Prospecto Preliminar da Oferta Pública da Primeira Emissão de Cotas do AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE PROSPECTO PRELIMINAR ESTÃO SOB ANÁLISE DA ANBIMA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS ENTIDADES DOS MERCADOS FINANCEIRO E DE CAPITAIS E DA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS, AS QUAIS AINDA

Leia mais

Prospecto Definitivo da Oferta Pública de Distribuição Primária e Secundária de Ações Ordinárias de Emissão da

Prospecto Definitivo da Oferta Pública de Distribuição Primária e Secundária de Ações Ordinárias de Emissão da Prospecto Definitivo da Oferta Pública de Distribuição Primária e Secundária de Ações Ordinárias de Emissão da Bematech Indústria e Comércio de Equipamentos Eletrônicos S.A. Companhia de Capital Autorizado

Leia mais

COORDENADORES COORDENADOR LÍDER

COORDENADORES COORDENADOR LÍDER PROSPECTO PRELIMINAR DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES, DA ESPÉCIE COM GARANTIA FLUTUANTE, COM GARANTIA REAL ADICIONAL, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, EM ATÉ DUAS SÉRIES, DA 2ª EMISSÃO

Leia mais

São Paulo, 26 de fevereiro de 2015. Aos Membros do Conselho de Administração da BR Properties S.A. e à

São Paulo, 26 de fevereiro de 2015. Aos Membros do Conselho de Administração da BR Properties S.A. e à São Paulo, 26 de fevereiro de 2015 Aos Membros do Conselho de Administração da BR Properties S.A. e à Diretoria de Relações com Investidores da BR Properties S.A. Ref.: Manifestação de Intenção de Realização

Leia mais

MATERIAL PUBLICITÁRIO ATENÇÃO: LEIA O PROSPECTO E O SUPLEMENTO ANTES DE ACEITAR A OFERTA, EM ESPECIAL A SEÇÃO FATORES DE RISCO.

MATERIAL PUBLICITÁRIO ATENÇÃO: LEIA O PROSPECTO E O SUPLEMENTO ANTES DE ACEITAR A OFERTA, EM ESPECIAL A SEÇÃO FATORES DE RISCO. As informações contidas neste material publicitário de perguntas e respostas não substituem a leitura dos demais documentos pertinentes à Quarta Oferta Pública de Debêntures da BNDES Participações S.A.

Leia mais

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DA GAEC EDUCAÇÃO S.A. SEÇÃO I DEFINIÇÕES

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DA GAEC EDUCAÇÃO S.A. SEÇÃO I DEFINIÇÕES POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DA GAEC EDUCAÇÃO S.A. SEÇÃO I DEFINIÇÕES 1. Os termos e expressões relacionados abaixo, quando utilizados nesta Política, terão o seguinte significado: 1.1.

Leia mais

ANÚNCIO DE INÍCIO DA DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS DAS 361ª E 362ª SÉRIES DA 1ª EMISSÃO DA

ANÚNCIO DE INÍCIO DA DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS DAS 361ª E 362ª SÉRIES DA 1ª EMISSÃO DA LEIA ATENTAMENTE O TERMO DE SECURITIZAÇÃO, O FORMULÁRIO DE REFERÊNCIA E O PROSPECTO ANTES DE ACEITAR A OFERTA, EM ESPECIAL A SEÇÃO FATORES DE RISCO DO PROSPECTO. ANÚNCIO DE INÍCIO DA DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA

Leia mais

LAUDO PERICIAL SOBRE A FUSÃO POR ABSORÇÃO PELA LAN AIRLINES S.A. DE SISTER HOLDCO S.A. E HOLDCO II S.A. (Tradução livre do original em espanhol)

LAUDO PERICIAL SOBRE A FUSÃO POR ABSORÇÃO PELA LAN AIRLINES S.A. DE SISTER HOLDCO S.A. E HOLDCO II S.A. (Tradução livre do original em espanhol) LAUDO PERICIAL SOBRE A FUSÃO POR ABSORÇÃO PELA LAN AIRLINES S.A. DE SISTER HOLDCO S.A. E HOLDCO II S.A. (Tradução livre do original em espanhol) Santiago, 1º. de dezembro de 2011 Senhores Diretores e Acionistas

Leia mais

COSAN LOGÍSTICA S.A. CNPJ/MF nº 17.346.997/0001-39 NIRE 35.300.447.581 COMPANHIA ABERTA AVISO AOS ACIONISTAS

COSAN LOGÍSTICA S.A. CNPJ/MF nº 17.346.997/0001-39 NIRE 35.300.447.581 COMPANHIA ABERTA AVISO AOS ACIONISTAS COSAN LOGÍSTICA S.A. CNPJ/MF nº 17.346.997/0001-39 NIRE 35.300.447.581 COMPANHIA ABERTA AVISO AOS ACIONISTAS COSAN LOGÍSTICA S.A. ( Companhia ), em continuidade ao Fato Relevante de 28 de abril de 2016

Leia mais

MINUTA DO PROSPECTO PRELIMINAR DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA E SECUNDÁRIA DE CERTIFICADOS DE DEPÓSITOS DE AÇÕES ( UNITS ) DE EMISSÃO DA

MINUTA DO PROSPECTO PRELIMINAR DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA E SECUNDÁRIA DE CERTIFICADOS DE DEPÓSITOS DE AÇÕES ( UNITS ) DE EMISSÃO DA As informações contidas neste Prospecto Preliminar estão sob análise da Anbima Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais e da Comissão de Valores Mobiliários, a qual ainda

Leia mais

PROSPECTO PRELIMINAR DE DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA ESPÉCIE QUIROGRAFÁRIA, DA 6 ª(SEXTA) EMISSÃO DA

PROSPECTO PRELIMINAR DE DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA ESPÉCIE QUIROGRAFÁRIA, DA 6 ª(SEXTA) EMISSÃO DA PROSPECTO PRELIMINAR DE DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA ESPÉCIE QUIROGRAFÁRIA, DA 6 ª(SEXTA) EMISSÃO DA JSL S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CVM nº

Leia mais

(Esta página foi intencionalmente deixada em branco)

(Esta página foi intencionalmente deixada em branco) (Esta página foi intencionalmente deixada em branco) ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO Definições... 2 Resumo da Oferta...... 8 Informações sobre a Oferta... 12 Identificação de Administradores, Consultores e Auditores...

Leia mais

30.769.231 Ações Ordinárias Valor de Distribuição R$ 723.076.928,50 Preço por Ação Ordinária R$23,50

30.769.231 Ações Ordinárias Valor de Distribuição R$ 723.076.928,50 Preço por Ação Ordinária R$23,50 Prospecto Definitivo de Distribuição Pública Primária de Ações Ordinárias de Emissão da Companhia de Saneamento de Minas Gerais COPASA MG Companhia Aberta CNPJ n 17.281.106/0001-03 Rua Mar de Espanha,

Leia mais

BANRISUL AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ/MF nº 01.353.260/0001-03

BANRISUL AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ/MF nº 01.353.260/0001-03 BANRISUL AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ/MF nº 01.353.260/0001-03 PROSPECTO AVISOS IMPORTANTES I. A CONCESSÃO DE REGISTRO PARA A VENDA DAS COTAS DESTE FUNDO NÃO IMPLICA, POR PARTE DA

Leia mais

CIRCULAR Nº 3.649, DE 11 DE MARÇO DE 2013

CIRCULAR Nº 3.649, DE 11 DE MARÇO DE 2013 CIRCULAR Nº 3.649, DE 11 DE MARÇO DE 2013 Dispõe sobre os procedimentos para instrução de processos de constituição, autorização para funcionamento, alterações de controle societário, reorganização societária,

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2013 - CEMEPE INVESTIMENTOS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2013 - CEMEPE INVESTIMENTOS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

DIAGNÓSTICOS DA AMÉRICA S/A CNPJ/MF n.º 61.486.650/0001-83 NIRE n.º 35.300.172.507. Companhia Aberta

DIAGNÓSTICOS DA AMÉRICA S/A CNPJ/MF n.º 61.486.650/0001-83 NIRE n.º 35.300.172.507. Companhia Aberta DIAGNÓSTICOS DA AMÉRICA S/A CNPJ/MF n.º 61.486.650/0001-83 NIRE n.º 35.300.172.507 Companhia Aberta ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 12 DE NOVEMBRO DE 2015 ANEXO I Política de Divulgação

Leia mais

BANRISUL ABSOLUTO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CNPJ/MF nº 21.743.480/0001-50 PROSPECTO

BANRISUL ABSOLUTO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CNPJ/MF nº 21.743.480/0001-50 PROSPECTO BANRISUL ABSOLUTO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CNPJ/MF nº 21.743.480/0001-50 PROSPECTO AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESSE PROSPECTO ESTÃO EM CONSONÂNCIA COM O REGULAMENTO DO FUNDO, PORÉM NÃO O SUBSTITUI.

Leia mais

LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 33.014.556/0001-96. SUBMARINO S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 02.930.076/0001-41 FATO RELEVANTE

LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 33.014.556/0001-96. SUBMARINO S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 02.930.076/0001-41 FATO RELEVANTE LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 33.014.556/0001-96 SUBMARINO S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 02.930.076/0001-41 FATO RELEVANTE LOJAS AMERICANAS S.A. ( Lojas Americanas ) e SUBMARINO

Leia mais

PEDIDO DE RESERVA PARA INVESTIDORES NÃO INSTITUCIONAIS

PEDIDO DE RESERVA PARA INVESTIDORES NÃO INSTITUCIONAIS PEDIDO DE RESERVA PARA INVESTIDORES NÃO INSTITUCIONAIS FPC PAR CORRETORA DE SEGUROS S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF n 42.278.473/0001-03 NIRE n 53.300.007.241 Setor Hoteleiro Norte,

Leia mais

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO META VALOR FUNDO DE INVESTIMENTO DE AÇÕES CNPJ nº 07.899.238/0001-40 ( FUNDO )

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES DO META VALOR FUNDO DE INVESTIMENTO DE AÇÕES CNPJ nº 07.899.238/0001-40 ( FUNDO ) Classificação ANBIMA: Ações Indexados Serão classificados como Ações os Fundos que possuírem, no mínimo, 67% (sessenta e sete por cento) da carteira em ações à vista, bônus ou recibos de subscrição, certificados

Leia mais

PÁTRIA SPECIAL OPPORTUNITIES I - FUNDO DE INVESTIMENTO EM QUOTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES. CNPJ/MF n.º 13.328.

PÁTRIA SPECIAL OPPORTUNITIES I - FUNDO DE INVESTIMENTO EM QUOTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES. CNPJ/MF n.º 13.328. PROSPECTO DEFINITIVO DE DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DAS QUOTAS DA SEGUNDA EMISSÃO DO PÁTRIA SPECIAL OPPORTUNITIES I - FUNDO DE INVESTIMENTO EM QUOTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES CNPJ/MF n.º 13.328.452/0001-49

Leia mais

DOS DADOS CADASTRAIS DOS CLIENTES

DOS DADOS CADASTRAIS DOS CLIENTES BOLSA DE VALORES DE SÃO PAULO 1 / 14 CAPÍTULO XXVI DOS DADOS CADASTRAIS DOS CLIENTES 26.1 DA FICHA CADASTRAL 26.1.1 As Sociedades Corretoras deverão manter cadastros atualizados de seus clientes, contendo,

Leia mais

INSTRUÇÃO CVM N.º 411, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2004. Altera a Instrução CVM n o 409, de 18 de agosto de 2004.

INSTRUÇÃO CVM N.º 411, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2004. Altera a Instrução CVM n o 409, de 18 de agosto de 2004. INSTRUÇÃO CVM N.º 411, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2004 Altera a Instrução CVM n o 409, de 18 de agosto de 2004. O PRESIDENTE DA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS - CVM torna público que o Colegiado, em reunião

Leia mais

REGULAÇÃO MÍNIMA DO MERCADO DE CAPITAIS

REGULAÇÃO MÍNIMA DO MERCADO DE CAPITAIS MERCOSUL/CMC/DEC. N 8/93 REGULAÇÃO MÍNIMA DO MERCADO DE CAPITAIS TENDO EM VISTA: o Art. 1 do Tratado de Assunção, a Decisão N 4/91 do Conselho do Mercado Comum e a Recomendação N 7/93 do Subgrupo de Trabalho

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE EMPRÉSTIMO DE AÇÕES

INSTRUMENTO PARTICULAR DE EMPRÉSTIMO DE AÇÕES INSTRUMENTO PARTICULAR DE EMPRÉSTIMO DE AÇÕES Pelo presente instrumento particular, as Partes : (a) BANCO CITIBANK S.A., instituição financeira com sede na Avenida Paulista, n.º 1.111, 2º andar parte,

Leia mais