htp:/www2.ebsco.com/es-es/newscenter/events/openday09/pages/index.aspx Editorial Sumário Destaques

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "htp:/www2.ebsco.com/es-es/newscenter/events/openday09/pages/index.aspx Editorial Sumário Destaques"

Transcrição

1 Boletim informativo da Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Nº15 Julho-Agosto 2009 Sumário. Editorial. Destaques IFLA: 10 maneiras de fazer funcionar uma Biblioteca Pública II Conferência Internacional Bibliotecas para a vida: Bibliotecas e Leitura Prémio UNESCO/Jikji Memória do Mundo atribuído aos Arquivos Nacionais da Malásia. Notícias Congresso Internacional de Promoção da Leitura: Formar leitores para ler o Mundo. Conteúdos disponíveis em linha 4º Congreso Nacional de Bibliotecas Móviles: La Biblioteca Móvil, a la medida de la Sociedad Consulta Pública do Livro Verde sobre o Direito de Autor na Economia do Conhecimento Política de Catalogação Digitalização e Preservação Digital: novo sítio web em português. Acontece em Setembro... Editorial No presente número do nosso boletim assumem destaque iniciativas no domínio das Bibliotecas Públicas. Em termos nacionais, divulga-se a Conferência Internacional Bibliotecas para a Vida, a ter lugar em Évora no próximo mês de Novembro. Apresentam-se ainda dois documentos importantes: as recomendações da IFLA que vêm complementar o Manifesto da UNESCO sobre Bibliotecas Públicas e o documento Política de catalogação para as Bibliotecas da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas. Na vizinha Espanha, destacamos o 4.º Congresso de Bibliotecas Móveis, que promete colocar em debate este serviço de estreita proximidade com as populações. Uma última chamada de atenção para o novo sítio web português inteiramente dedicado à digitalização e à preservação digital. Destaques IFLA: 10 maneiras de fazer funcionar uma Biblioteca Pública work / Update your libraries são apontados caminhos para colocar os serviços da biblioteca pública no século XXI, através do recurso às novas tecnologias. As recomendações assinalam o importante papel da biblioteca no universo digital em constante mudança. Sublinham necessidade criar uma sabedoria global World Wide Wisdom, conhecimento e entendimento capazes de transpor barreiras ao diálogo entre diferentes culturas. Defendem que o bibliotecário deve actuar enquanto educador e formador da comunidade, e não apenas como guardião do conhecimento. É sustentada a necessidade de fazer da biblioteca pública um espaço de encontro da comunidade, no qual coexistam os papéis de biblioteca, arquivo, museu e centro de cultura, criando a biblioteca combinada. A Secção de Bibliotecas Públicas da IFLA publicou recentemente recomendações que vêm complementar o Manifesto da UNESCO sobre Bibliotecas Públicas de Com o título 10 ways to make a public library O documento pode ser consultado, na sua versão inglesa, em

2 AL II Conferência Internacional Bibliotecas para a Vida: Bibliotecas e Leitura Prémio UNESCO/Jikji Memória do Mundo atribuído aos Arquivos Nacionais da Malásia Dando continuidade à primeira edição da Conferência Internacional Bibliotecas para a Vida, que teve lugar em 2005, e pretendendo criar um espaço regular de reflexão ao mesmo tempo mais alargada e mais especializada em torno da(s) Biblioteca(s), a edição de 2009 propõe o tema Bibliotecas e Leitura. Esta II Conferência é uma iniciativa conjunta do Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora e da Biblioteca Pública de Évora, e tem lugar no próximo mês de Novembro, entre os dias 18 e 21. O evento constitui-se de actividades muito diversas: conferências por especialistas convidados, comunicações livres, workshops de formação para aspectos específicos da promoção da leitura, e um painel animado por profissionais a trabalhar em bibliotecas escolares, públicas e universitárias. Está ainda prevista uma concentração de bibliotecas itinerantes e visitas guiadas a bibliotecas do concelho. Complementando este substancial programa científico e profissional, um animado programa social introduzirá os participantes à realidade sociocultural da cidade de Évora e do Alentejo. Visite o site da conferência em O programa está disponível em O valor da inscrição é 80 euros (50 euros para estudantes e comunicantes). Sob recomendação do júri, o Director Geral da UNESCO designou os Arquivos Nacionais da Malásia vencedores do Prémio UNESCO/Jikji Memória do Mundo para o ano de O prémio de dólares será entregue aos Arquivos no dia 4 de Setembro de O júri seleccionou os Arquivos Nacionais da Malásia em reconhecimento dos assinaláveis programas ao nível da educação e da formação no domínio da conservação. Os Arquivos participam activamente em actividades internacionais de apoio à conservação e tornaram-se uma instituição de referência em questões de conservação e de acessibilidade, impondo-se como recurso nacional para a recuperação de documentos danificados por inundações e incêndios. A decisão do júri assentou nos seguintes factores : importância do trabalho realizado no domínio da conservação fora das funções regulares da instituição ; a estratégia de conservação a longo termo; a viabilidade Esta é a terceira edição do Prémio Jikji, que distinguiu, em 2005, a Biblioteca Nacional da República Checa e, em 2007, o Phonogrammarchiv da Áustria. Os Arquivos Nacionais da Malásia faziam parte da lista de quatro candidaturas pré-seleccionadas, juntamente com o M. Vassilios Peltikoglou (Grécia), Biblioteca do Museu de Brukenthal (Roménia), e os Arquivos Nacionais da África do Sul, todos eles com uma importante contribuição reconhecida ao nível da conservação do património documental. O Prémio UNESCO/Jikji Memória do Mundo contribui para a promoção dos objectivos do programa Memória do Mundo e comemora a inscrição nos registos da Memória do Mundo de Jikji, o mais antigo livro do mundo realizado em caracteres metálicos móveis. O Prémio é aberto a todos os governos dos estados membros da UNESCO e a organizações internacionais nãogovernamentais com relações oficiais com a UNESCO. Saiba mais sobre este prémio em

3 Notícias Congresso Internacional de Promoção da Leitura: Formar leitores para ler o Mundo. Conteúdos disponíveis em linha Como qualquer serviço público, a biblioteca móvel tem que ter a sociedade como referência na altura de conceber os seus serviços, fixar os seus objectivos, planificar as suas actuações, estabelecer os seus processos, avaliar e interpretar os seus resultados. A crise económica actual surge como o culminar de transformações que se vêm sucedendo e que se apresentaram como recorrentes ameaças para a visão tradicional das bibliotecas. A modernização dos serviços de biblioteca móvel demonstra claramente a sua capacidade para converter estes momentos de transição em verdadeiras oportunidades de melhoria numa sociedade em mudança, com maiores componentes virtuais, global, diversa e cada vez mais exigente. Até ao presente, a biblioteca móvel soube aliar a sua característica flexibilidade, a sua proximidade e o seu serviço personalizado com as novas tecnologias, no sentido de melhorar a qualidade e a visibilidade das suas prestações. Não obstante, o que hoje satisfaz os cidadãos pode ser insuficiente amanhã; considerando, além disso, que em tempos de dificuldade económica a necessidade de serviços públicos aumenta, os serviços bibliotecários em geral, e os móveis em particular, não devem conformar-se com o nível atingido. Foram disponibilizados no sítio Web da Casa da Leitura alguns conteúdos do Congresso Internacional de Promoção da Leitura Formar Leitores para Ler o Mundo, que teve lugar nos dias 22 e 23 de Janeiro de O Congresso contou com 900 participantes, e foi organizado em torno da ideia de «formar leitores competentes», tendo assim contado com conferências animadas por especialistas de várias nacionalidades, debates e divulgação de estratégias, metodologias e instrumentos para a formação de novos públicos leitores. Para 2010, fica agendada a publicação em volume das actas. Até lá, ficam acessíveis os conteúdos relativos às seguintes mesas:. Leitura para a infância e formação de leitores (conferencistas Peter Hunt, Lawrence Sipe, Maria Nikolajeva e Sandra Lee Beckett, com moderação de José António Gomes);. Estratégias de Leitura e Compreensão Leitora (conferencistas Teresa Colomer, Pedro Cerrillo, Michel Fayol, Pep Duran, com moderação de Maria de Lourdes Dionísio). Projectos de Promoção da Leitura (conferencistas António Nóvoa, Dolores López-Casero, Galeno Amorim, António Prole, com moderação de Paula Morão). A leitura em debate (conferencistas Fernando Savater, José Barata-Moura, Eduardo Marçal Grilo, com moderação de António José Teixeira). Com este 4º Congresso Nacional de Bibliotecas Móveis, pretende criar-se as condições para, por um lado, mostrar os sucessos de adaptação das bibliotecas móveis na sociedade actual e, por outro, debater as novas possibilidades de serviço que possam ser impostas pelos cidadãos. Consulte o programa do Congresso em A ACLEBIM é um grupo de bibliotecários espanhóis que desenvolvem a sua actividade, total ou parcialmente, no sector das bibliotecas móveis, na Administração Pública. São uma associação independente, autofinanciada com as cotas dos associados e receitas procedentes da sua actividade. Os seus objectivos, que constam dos estatutos da associação, desenvolvem-se em torno de 3 pilares:. a defesa dos interesses dos profissionais;. a elaboração de estudos de carácter geral sobre os diversos aspectos do funcionamento específico das bibliotecas móveis;. a difusão, na opinião pública e entre os responsáveis políticos, das funções que os serviços móveis podem e devem cumprir como serviços bibliotecários modernos e de qualidade Saiba mais sobre a Associação em Os materiais podem ser consultados ou descarregados em 4.º Congresso Nacional de Bibliotecas Móviles: La Biblioteca Móvil, a la medida de la Sociedad Por iniciativa da Asociación de Profesionales de Bibliotecas Móviles (ACLEBIM), vai realizar-se em León, de 23 a 25 de Outubro de 2009, o 4.º Congresso Nacional de Bibliotecas Móveis: La Biblioteca Móvil, a la medida de la Sociedad.

4 Consulta pública do Livro Verde sobre o Direito de Autor na Economia do Conhecimento A Comissão Europeia, no seu Livro Verde sobre o Direito de Autor na Economia do Conhecimento, publicado em 2008, procedeu à análise de alguns dos problemas que se colocam ao desenvolvimento da criatividade e da inovação no conjunto da União Europeia, a partir da contribuição específica da propriedade intelectual. As propostas contidas no Livro Verde dirigem-se aos titulares de direitos e aos utilizadores de obras intelectuais, entre os quais se encontram as bibliotecas, arquivos e museus, as escolas e universidades, os centros de investigação, os cientistas, professores e cidadãos individualmente considerados. O texto em causa dirige um apelo à participação, mediante a produção de contribuições, dos indicados destinatários, em resultado dos debates que sejam promovidos, sobre os temas objecto de tratamento no Livro Verde. As principais preocupações deste documento prendemse com a definição do lugar, importância e eventual modificação da lista de excepções prevista na directiva sobre o direito de autor na sociedade da informação, para além de outras matérias, atento o impacto e os desafios que actualmente se colocam, tendo em conta o desenvolvimento das tecnologias da informação e as necessidades educativas, culturais e sociais carecidas de adequadas soluções, em atenção a relevantes interesses de ordem pública. De entre os problemas detectados que requerem uma resposta apropriada, inclusive mediante o recurso a medidas legislativas, se necessário, figura o caso das obras órfãs. A expressão obras órfãs designa habitualmente a situação do titular de uma obra protegida pelo direito de autor ou direitos conexos que não é identificado ou localizado por pessoas interessadas na obtenção de uma autorização de exploração dessa obra. O problema é especialmente candente nos projectos de constituição de bibliotecas digitais, em curso de realização na Europa e no mundo, uma vez que pode impedir ou dificultar a disponibilização lícita ao público de muitas obras do património cultural europeu. A legislação da larga maioria dos Estados-Membros da União Europeia é omissa, relativamente a esta matéria, inclusive em Portugal. Por esta razão a Comissão Europeia incentiva os legisladores nacionais a procurarem soluções apropriadas à resolução do problema. fins culturais? 5º Deverá existir uma base de dados sobre obras órfãs? Da responsabilidade de quem? 6º No caso de o autor vir a aparecer, como definir a sua situação face aos usos autorizados da obra no passado? E no futuro? As suas respostas poderão ser enviadas até 30 de Outubro de 2009, para o seguinte endereço O Livro Verde, na versão em língua portuguesa, pode ser consultado na página do Gabinete, em Nessa página poderá encontrar outros materiais sobre direitos de autor, nomeadamente legislação nacional, internacional, da União Europeia e jurisprudência. Direcção Geral do Livro e das Bibliotecas recomenda adopção de política de catalogação nas bibliotecas públicas Dando resposta a uma solicitação antiga de muitos bibliotecários, a Direcção-Geral do Livro e das Bibliotecas publicou recentemente o documento Política de catalogação para as Bibliotecas da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas. Trata-se de recomendações relativas à prática da catalogação a adoptar nas bibliotecas da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas, as quais se pretende venham a servir de base à definição de políticas de catalogação em cada biblioteca e de quadro de referência para o desenvolvimento de manuais internos de procedimentos específicos. O documento pode ser consultado na página da Direcção Geral, em Assim, considerando o exposto, o Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação e Relações Internacionais do Ministério da Cultura, com o intuito de procurar determinar o melhor modo de resolver nacionalmente o problema enunciado, dirige-se aos interessados, pessoas singulares e colectivas directamente interessadas neste assunto, colocando publicamente as seguintes questões: 1º As obras órfãs, em Portugal, constituem um obstáculo à normal realização de projectos culturais, em especial as bibliotecas digitais? 2º Essa situação verifica-se, com maior intensidade, em que tipo de obras legalmente protegidas? 3º Qual a melhor forma de solucionar o problema? Por via legislativa? Instituindo uma gestão colectiva obrigatória? Com ou sem direito de remuneração? E quem deve pagar os custos da busca dos autores desconhecidos das obras? 4º Ao invés, o uso dessas obras deverá ser considerado como excepção ao direito de autor? A pessoa interessada na utilização da obra deverá pagar uma quantia para Mais informações sobre o 10.º Congresso Nacional da BAD em

5 Digitalização e preservação digital: novo sítio web em português 1st Conference on Open Access Scholarly Publishing - COASP Data: 14 a 16 de Setembro de 2009 Local: Lund - Suécia Organização: The Open Access Scholarly Publishers Association and the DOAJ/Lund University Libraries Mais informações: Acaba de ser lançado um sítio sobre digitalização e preservação digital. Trata-se de um guia de recursos especialmente dirigido aos profissionais de informação que queiram implementar programas de digitalização e preservação digital nas suas instituições. No sítio são disponibilizados documentos de apoio, todos eles disponíveis na Internet, sobre digitalização, preservação digital, metadados, propriedade intelectual e direitos de autor. São também listadas empresas portuguesas prestadoras de serviços na área da digitalização e divulgada informação sobre tecnologia e equipamentos disponíveis no mercado. Apresenta-se ainda uma recolha de projectos de digitalização de conteúdos culturais (bibliotecas, arquivos e centros de documentação) existentes em vários países de língua portuguesa. O sítio foi desenvolvido com recurso à ferramenta colaborativa Wikidot, pelo que permite a participação de todas as pessoas na criação, revisão e integração de conteúdos. Consulte o sítio em Acontece em Setembro... EM PORTUGAL Debate com os Partidos Políticos sobre a Sociedade da Informação e do Conhecimento Data: 15 de Setembro de 2009 Local: Auditório B da Reitoria da UNL, Lisboa Organização: APDSI Mais informações: Uma árvore de leituras - lançar sementes Data: 17 e 18 de Setembro de 2009 Local: Biblioteca Municipal D. Dinis, Odivelas Organização: Biblioteca Municipal D. Dinis Digital Preservation - The Planets Way Data: 16 a 18 de Setembro de 2009 Local: Sofia - Bulgária Organização: CEI Mais informações: ECDL th European Conference on Digital Libraries Tema: Digital Societies Data: 27 de Setembro a 2 de Outubro de 2009 Local: Corfu - Grécia Organização: Laboratory on Digital Libraries and Electronic Publishing, Department of Archives and Library Sciences, Ionian University Mais informações: NO RESTO DO MUNDO Conferência da SUV e IV Encontro de Arquivos Científicos Tema: A Natureza dos Arquivos Universitários e de Instituições de Pesquisa: Perspectiva Internacional Data: 08 a 11 de Setembro de 2009 Local: Fundação Casa de Rui Barbosa - FCRB e Museu de Astronomia e Ciências Afins - MAST - Brasil Organização: Secção de Arquivos de Universidades e Instituições de Pesquisa (SUV) do Conselho Internacional de Arquivos (ICA) Mais informações: XXVIII Painel: Biblioteconomia em Santa Catarina 2009 Tema: Tecnologia e redes sociais: por uma biblioteconomia cada vez mais humana Data: 18 e 19 de Setembro de 2009 Local: Florianópolis - Brasil Organização: Associação Catarinense de Bibliotecários - ACB Mais informações: 26th RMAA International Convention Tema: Striving 4 Balance Data: 20 a 23 de Setembro de 2009 Local: Adelaide - Austrália Organização: RMAA Mais informações: Mais informações: SLAMIT 4 Tema: Lifelong learning - School Libraries and new learning Data: 27 de Setembro a 3 de Outubro de 2009 Local: Costa da Caparica Organização: SLAMIT - School Libraries As Multimedia Learning centres In-service Training Mais informações: NA EUROPA ICSD The International Conferences on Digital Libraries and the Semantic Web 2009 Data: 8 a 11 de Setembro de 2009 Local: Trento - Itália Organização: Universidade de Trento Anuncie a sua empresa, serviço, produto ou evento no NotíciaBAD htp:/www.apbad.pt/downloads/tabela_%20precos_anuncios_%202009_noti Consulte aqui a tabela de preços de publicidade. mais informações pelo endereço de Mais informações: Workshop at the International Conference on Digital Libraries and the Semantic Web Tema: Multilinguality in Information Access to Digital Libraries. User Needs and Evaluation of multilingual resources use Data: 09 de Setembro de 2009 Local: Trento - Itália Organização: Europeana Connect project Mais informações: L Ficha técnica: Propriedade: Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas (BAD) Director: João Carlos Oliveira Concepção & Redacção: Sandrine Vercaempt Periodicidade: Mensal ISSN: Envie os seus contributos, comentários ou sugestões para

Direito de Empréstimo Público: a Directiva Comunitária e suas Transposições Helena Simões Patrício

Direito de Empréstimo Público: a Directiva Comunitária e suas Transposições Helena Simões Patrício Direito de Empréstimo Público: a Directiva Comunitária e suas Transposições Helena Simões Patrício Lisboa, 29 de Maio de 2007 1 Sumário: 1. Direito de comodato público 2. Harmonização comunitária 3. Acções

Leia mais

PENSAR O LIVRO 6. Legal modelos desenvolvidos na Europa para a digitalização, armazenamento, o registo e acesso a material digital em bibliotecas

PENSAR O LIVRO 6. Legal modelos desenvolvidos na Europa para a digitalização, armazenamento, o registo e acesso a material digital em bibliotecas PENSAR O LIVRO 6 Fórum Ibero-americano sobre o livro, a leitura e as bibliotecas na sociedade do conhecimento Junho 2009 Legal modelos desenvolvidos na Europa para a digitalização, armazenamento, o registo

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO PARA ATRIBUIÇÃO DO

REGULAMENTO DO CONCURSO PARA ATRIBUIÇÃO DO REGULAMENTO DO CONCURSO PARA ATRIBUIÇÃO DO Considerando que Tem estado nas preocupações da COTEC Portugal a promoção de iniciativas que visam activamente a promoção de uma cultura empresarial inovadora;

Leia mais

Os Investigadores da Universidade de Coimbra e as plataformas

Os Investigadores da Universidade de Coimbra e as plataformas Os Investigadores da Universidade de Coimbra e as plataformas & 1 Índice 2 Introdução...3 3 A Plataforma de Curricula DeGóis...3 3.1 É utilizada porque...3 3.2 Com a utilização do DeGóis ganho...4 3.1

Leia mais

Os sistemas de informação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia: contributo para uma perspectiva integrada da gestão da informação

Os sistemas de informação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia: contributo para uma perspectiva integrada da gestão da informação Os sistemas de informação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia: contributo para uma perspectiva integrada da gestão da informação Encontro Internacional de Arquivos Universidade de Évora 3-4 de Outubro

Leia mais

O Novo Renascimento Relatório do «Comité de Sábios» Grupo de reflexão sobre a digitalização do património cultural europeu

O Novo Renascimento Relatório do «Comité de Sábios» Grupo de reflexão sobre a digitalização do património cultural europeu O Novo Renascimento Relatório do «Comité de Sábios» Grupo de reflexão sobre a digitalização do património cultural europeu RESUMO Ao longo dos séculos, as bibliotecas, os arquivos e os museus em toda a

Leia mais

Uma iniciativa: CONCURSO DE IDEIAS SETOR ENERGÈTICO. Regulamento. Com o apoio:

Uma iniciativa: CONCURSO DE IDEIAS SETOR ENERGÈTICO. Regulamento. Com o apoio: Uma iniciativa: CONCURSO DE IDEIAS SETOR ENERGÈTICO Regulamento Com o apoio: Regulamento do concurso para a conceção de um produto inovador na área da Energia Renovável - Fotovoltaico, CPV, gestão da energia

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE. (Aprovado na 23ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal, realizada em 21 de Novembro de 2001)

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE. (Aprovado na 23ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal, realizada em 21 de Novembro de 2001) REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE (Aprovado na 23ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal, realizada em 21 de Novembro de 2001) REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE (Aprovado na 23ª Reunião

Leia mais

O ENVOLVIMENTO DOS TRABALHADORES NA ASSOCIAÇÃO EUROPEIA

O ENVOLVIMENTO DOS TRABALHADORES NA ASSOCIAÇÃO EUROPEIA PARECER SOBRE O ENVOLVIMENTO DOS TRABALHADORES NA ASSOCIAÇÃO EUROPEIA (Proposta de Regulamento sobre o Estatuto da AE e Proposta de Directiva que completa o estatuto da AE no que se refere ao papel dos

Leia mais

Concurso de Design Mascote Eficiência Energética

Concurso de Design Mascote Eficiência Energética Concurso de Design Mascote Eficiência Energética Regulamento 1. Introdução O presente concurso destina-se à criação da Mascote da Eficiência Energética, que estará associada à COGEN Portugal, e que será

Leia mais

B-Bruxelas: Estudo sobre a situação do mercado de encomendas da UE, com especial ênfase no comércio electrónico 2012/S 99-163950. Anúncio de concurso

B-Bruxelas: Estudo sobre a situação do mercado de encomendas da UE, com especial ênfase no comércio electrónico 2012/S 99-163950. Anúncio de concurso 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:163950-2012:text:pt:html B-Bruxelas: Estudo sobre a situação do mercado de encomendas da UE, com especial ênfase no comércio

Leia mais

(Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO

(Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO 7.6.2008 C 141/27 V (Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO Convite à apresentação de propostas de 2008 Programa Cultura (2007-2013) Execução das seguintes acções do programa: projectos plurianuais

Leia mais

Associação Contraditório. Estatutos

Associação Contraditório. Estatutos Associação Contraditório Estatutos CAPÍTULO I Denominação, Princípios e Objectivos Artigo 1º (Denominação, sede e duração) 1. A associação, sem fins lucrativos, adopta a denominação ASSOCIAÇÃO CONTRADITÓRIO,

Leia mais

NOTÍCIAS À SEXTA 2013.08.30

NOTÍCIAS À SEXTA 2013.08.30 NOTÍCIAS À SEXTA 2013.08.30 Taxa de desemprego em Portugal baixou para 16,5% em Julho, um sinal positivo sobre o terceiro trimestre. Um relatório do Eurostat indica que a taxa de desemprego nacional diminuiu

Leia mais

2.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA

2.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA 2.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA Gestão Inteligente e Competitividade 15 de Setembro 2011 Museu da Carris Conheça as estratégias nacionais e internacionais para uma gestão eficiente da mobilidade urbana

Leia mais

MANIFESTO DA IFLA PARA BIBLIOTECAS DIGITAIS

MANIFESTO DA IFLA PARA BIBLIOTECAS DIGITAIS Tradução por Hanna Gledyz e Emília Sandrinelli especial para biblioo MANIFESTO DA IFLA PARA BIBLIOTECAS DIGITAIS do original: IFLA MANIFESTO FOR DIGITAL LIBRARIES Atenuar a exclusão digital é um fator

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. Adoptado a 25 de Junho de 1999 pelas três Associações:

CÓDIGO DE ÉTICA. Adoptado a 25 de Junho de 1999 pelas três Associações: CÓDIGO DE ÉTICA Adoptado a 25 de Junho de 1999 pelas três Associações: APDIS Associação Portuguesa de Documentação e Informação na Saúde BAD Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas

Leia mais

CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 15-1999 5

CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 15-1999 5 CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 15-1999 5 APRESENTAÇÃO. O presente número dos Cadernos de Sociomuseologia, reúne um conjunto de documentos sobre museologia e património que se encontram dispersos e muitas

Leia mais

Concurso de Ideias e Projectos

Concurso de Ideias e Projectos Concurso de Ideias e Projectos Regulamento Promotor Colaboração Apoios CONCURSO DE IDEIAS E PROJECTOS EMPREENDEDORISMO COMÉRCIO E SERVIÇOS Regulamento Art. 1º - Entidade Promotora O concurso de ideias

Leia mais

Ministério da Comunicação Social

Ministério da Comunicação Social Ministério da Comunicação Social ESTATUTO ORGÂNICO DO MINISTERIO DA COMUNICAÇÃO SOCIAL Missão 1. Ministério da Comunicação Social é o órgão do Governo encarregue de organizar e controlar a execução da

Leia mais

CENTRO DE INFORMAÇÃO EUROPE DIRECT DE SANTARÉM

CENTRO DE INFORMAÇÃO EUROPE DIRECT DE SANTARÉM CENTRO DE INFORMAÇÃO EUROPE DIRECT DE SANTARÉM Assembleia de Parceiros 17 de Janeiro 2014 Prioridades de Comunicação 2014 Eleições para o Parlamento Europeu 2014 Recuperação económica e financeira - Estratégia

Leia mais

REGULAMENTO REGRESSO À CASA I. PREÂMBULO. Concurso para a selecção da REDACÇÃO e CONSELHO EDITORIAL do JORNAL ARQUITECTOS

REGULAMENTO REGRESSO À CASA I. PREÂMBULO. Concurso para a selecção da REDACÇÃO e CONSELHO EDITORIAL do JORNAL ARQUITECTOS REGRESSO À CASA Concurso para a selecção da REDACÇÃO e CONSELHO EDITORIAL do JORNAL ARQUITECTOS REGULAMENTO I. PREÂMBULO O Jornal Arquitectos (adiante designado por JA), é um projecto editorial que integra

Leia mais

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 01 / SAESCTN / 2012

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 01 / SAESCTN / 2012 AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 01 / SAESCTN / 2012 SISTEMA DE APOIO A ENTIDADES DO SISTEMA CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO NACIONAL (SAESCTN) PROJETOS DE INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Regulamento do Prémio Rural Criativo

Regulamento do Prémio Rural Criativo Regulamento do Prémio Rural Criativo A Rede Rural Criativa é uma iniciativa de nove associações de desenvolvimento local que desenvolvem a sua Acção na Região do Norte de Portugal que conta com o apoio

Leia mais

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção 02 Estratégia Nacional de

Leia mais

GESTÃO DE ARQUIVOS E DEPÓSITOS. Regulamento

GESTÃO DE ARQUIVOS E DEPÓSITOS. Regulamento GESTÃO DE ARQUIVOS E DEPÓSITOS Regulamento 1. Enquadramento A necessidade de arquivos e depósitos no Pavilhão de Civil é partilhada pelas várias unidades funcionais instaladas. Em particular, este documento

Leia mais

Índice. Pág *09 Como participar. Pág *10 Calendário. Pág *11 Os resultados. Pág *12 Júri. Pág *13 Regulamento

Índice. Pág *09 Como participar. Pág *10 Calendário. Pág *11 Os resultados. Pág *12 Júri. Pág *13 Regulamento Índice Pág *09 Como participar Pág *10 Calendário Pág *11 Os resultados Pág *12 Júri Pág *13 Regulamento Pág *01 Introdução Pág *02 Um programa alargado de intervenção Pág *05 Viver de Consciência Leve

Leia mais

APCP Newsletter. Verão de 2011. Editorial. Call for papers: VI Congresso da Associação Portuguesa de Ciência Política. Lisboa, 1 a 3 de Março de 2012

APCP Newsletter. Verão de 2011. Editorial. Call for papers: VI Congresso da Associação Portuguesa de Ciência Política. Lisboa, 1 a 3 de Março de 2012 APCP Newsletter Editorial A APCP lança agora, pela primeira vez, a sua Newsletter. Será distribuída em formato digital e também em papel, uma vez por ano. É mais uma forma de tornar públicas as actividades

Leia mais

O Sistema Integrado de Gestão de Qualidade e Ambiente da Câmara Municipal de Esposende

O Sistema Integrado de Gestão de Qualidade e Ambiente da Câmara Municipal de Esposende SEMINÁRIO: QUALIDADE E EXCELÊNCIA NA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO ÃO Porto, 3 e 4 de Novembro de 2005 O Sistema Integrado de Gestão de Qualidade e Ambiente da Câmara Municipal de Esposende Carla Dias carla.dias@cm-esposende.pt

Leia mais

REGULAMENTO PARA O CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DO LOGÓTIPO DO BANCO LOCAL

REGULAMENTO PARA O CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DO LOGÓTIPO DO BANCO LOCAL REGULAMENTO PARA O CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DO LOGÓTIPO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE GUIMARÃES Preâmbulo A Divisão de Acção Social da Câmara Municipal de Guimarães leva a efeito o concurso

Leia mais

REMUNERAÇÃO PELO EMPRÉSTIMO PÚBLICO

REMUNERAÇÃO PELO EMPRÉSTIMO PÚBLICO Circular nº 8 Lisboa, 16 de Julho de 2007 REMUNERAÇÃO PELO EMPRÉSTIMO PÚBLICO Estimados associados, No passado mês de Junho, o Conselho Directivo Nacional da BAD enviou à Comissão de Educação, Ciência

Leia mais

Programa Mil Ideias Breve Apresentação. Gabinete de Estudos Estudos Estratégicos

Programa Mil Ideias Breve Apresentação. Gabinete de Estudos Estudos Estratégicos Programa Mil Ideias Breve Apresentação Gabinete de Estudos Estudos Estratégicos 2012 A Inovação é uma característica fundacional do Millennium bcp Remuneração dos depósitos à ordem Conceito de Segmentos

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA Julho de 2013

CÓDIGO DE CONDUTA Julho de 2013 CÓDIGO DE CONDUTA Julho de 2013 1 ÍNDICE INTRODUÇÃO...3 I. Âmbito de Aplicação e Princípios Gerais...4 Artigo 1.º Âmbito Pessoal...4 Artigo 2.º Âmbito Territorial...4 Artigo 3.º Princípios Gerais...4 Artigo

Leia mais

O Arquivo de Ciência e Tecnologia

O Arquivo de Ciência e Tecnologia Encontro Arquivos Científicos 3 e 4 de julho de 2014 FCSH, Lisboa O Arquivo de Ciência e Tecnologia Paula Meireles Madalena Ribeiro O Arquivo de Ciência e Tecnologia 1. Projeto de tratamento e divulgação

Leia mais

Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso

Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso Considerando que a informação arquivística, produzida, recebida, utilizada e conservada em sistemas informatizados,

Leia mais

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:213931-2013:text:pt:html

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:213931-2013:text:pt:html 1/6 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:213931-2013:text:pt:html B-Bruxelas: Serviços de apoio à promoção de talento Web na Europa através do incentivo à utilização

Leia mais

Regulamento do Green Project Awards

Regulamento do Green Project Awards Regulamento do Green Project Awards A GCI em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente e a Quercus Associação Nacional de Conservação da Natureza, institui um Prémio de reconhecimento de boas práticas

Leia mais

CANDIDATURA À DIRECÇÃO DA UNIDADE DE INVESTIGAÇÃO DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM

CANDIDATURA À DIRECÇÃO DA UNIDADE DE INVESTIGAÇÃO DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM CANDIDATURA À DIRECÇÃO DA UNIDADE DE INVESTIGAÇÃO DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM Pedro Jorge Richheimer Marta de Sequeira Marília Oliveira Inácio Henriques 1 P á g i n a 1. Enquadramento da Candidatura

Leia mais

COMISSÃO. 1. Introdução

COMISSÃO. 1. Introdução COMISSÃO Convite à apresentação de candidaturas para a constituição de uma lista de peritos encarregados de avaliar as propostas recebidas no âmbito do programa eten, projectos de interesse comum no domínio

Leia mais

GOVERNO. Estatuto Orgânico do Ministério da Administração Estatal

GOVERNO. Estatuto Orgânico do Ministério da Administração Estatal REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR LESTE GOVERNO Decreto N. 2/ 2003 De 23 de Julho Estatuto Orgânico do Ministério da Administração Estatal O Decreto Lei N 7/ 2003 relativo à remodelação da estrutura orgânica

Leia mais

Freguesia de Sabóia Concurso de Criação do Logótipo para a Freguesia de Sabóia REGULAMENTO

Freguesia de Sabóia Concurso de Criação do Logótipo para a Freguesia de Sabóia REGULAMENTO Freguesia de Sabóia Concurso de Criação do Logótipo para a Freguesia de Sabóia REGULAMENTO Artigo 1.º Promotor 1. A Freguesia de Sabóia organiza um Concurso Nacional tendo em vista a criação do primeiro

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA INTERVENÇÃO DE SUA EXCIA, MINISTRA DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, PROFª. DOUTORA, MARIA CÂNDIDA PEREIRA, DURANTE A SESSÃO DE ABERTURA DO WORKSHOP SOBRE

Leia mais

Apresentação. Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares. Oliveira de Azeméis Novembro 2007

Apresentação. Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares. Oliveira de Azeméis Novembro 2007 Apresentação Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares Oliveira de Azeméis Novembro 2007 Apresentação SABE 12-11-2007 2 Apresentação O conceito de Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares (SABE) que se

Leia mais

Regulamento do Concurso de Ideias

Regulamento do Concurso de Ideias Regulamento do Concurso de Ideias 1. Apresentação O Concurso de Ideias e a Conferência Internacional sobre Prevenção e Controlo do Tabagismo, que vai ter lugar em Lisboa, de 14 a 15 de novembro de 2013,

Leia mais

Website disponível em: Nome de Utilizador: aluno@aluno.pt. Palavra-chave: *aluno*

Website disponível em: Nome de Utilizador: aluno@aluno.pt. Palavra-chave: *aluno* Website disponível em: http://formar.tecminho.uminho.pt/moodle/course/view.php?id=69 Nome de Utilizador: aluno@aluno.pt Palavra-chave: *aluno* Associação Universidade Empresa para o Desenvolvimento Web

Leia mais

Implementação do Processo de Avaliação Inclusiva

Implementação do Processo de Avaliação Inclusiva Implementação do Processo de Avaliação Inclusiva Na parte final da fase 1 do projecto Processo de Avaliação em Contextos Inclusivos foi discutido o conceito processo de avaliação inclusiva e prepararam-se

Leia mais

Agência - Contrato de prestação de serviços - Anúncio de concurso - Concurso público

Agência - Contrato de prestação de serviços - Anúncio de concurso - Concurso público 1/7 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:42434-2015:text:pt:html Irlanda-Dublim: Prestação de serviços para a formação e desenvolvimento do pessoal da Eurofound

Leia mais

O que é o concurso EUemPT?

O que é o concurso EUemPT? O que é o concurso EUemPT? O concurso EUemPT, uma atividade educativa sobre a UE, é uma iniciativa da Comissão Europeia, promovida pelo Centro de Informação Europeia Jacques Delors, concebida e implementada

Leia mais

Regulamento Interno da Comissão Especializada APIFARMA VET

Regulamento Interno da Comissão Especializada APIFARMA VET Regulamento Interno da Comissão Especializada APIFARMA VET De harmonia com o disposto no artº 36º. dos Estatutos da APIFARMA é elaborado o presente Regulamento interno que tem por objectivo regulamentar

Leia mais

7) Providenciar e estimular a publicação de estudos sobre o Direito de Macau;

7) Providenciar e estimular a publicação de estudos sobre o Direito de Macau; REGULAMENTO DO CENTRO DE REFLEXÃO, ESTUDO, E DIFUSÃO DO DIREITO DE MACAU DA FUNDAÇÃO RUI CUNHA CAPÍTULO I - DEFINIÇÃO E OBJECTIVOS Artigo 1º - Definição O Centro de Reflexão, Estudo, e Difusão do Direito

Leia mais

ARTIGO 29.º - Grupo de Protecção de Dados Pessoais

ARTIGO 29.º - Grupo de Protecção de Dados Pessoais ARTIGO 29.º - Grupo de Protecção de Dados Pessoais 12054/02/PT WP 69 Parecer 1/2003 sobre o armazenamento dos dados de tráfego para efeitos de facturação Adoptado em 29 de Janeiro de 2003 O Grupo de Trabalho

Leia mais

1. I Congresso Internacional de Mediação Lisboa 7, 8 e 9 de Outubro/I Internacional Congress on Mediation Lisbon 7th, 8th and 9th of October

1. I Congresso Internacional de Mediação Lisboa 7, 8 e 9 de Outubro/I Internacional Congress on Mediation Lisbon 7th, 8th and 9th of October 1 de 6 Nº 8/2010 Agosto Bem-vindo à newsletter do GRAL. Caso pretenda aceder ao detalhe das notícias ou aos artigos clique sobre o título. Se desejar mais informações sobre os meios de resolução alternativa

Leia mais

PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA

PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA UNIVERSIDADE DO PORTO PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA LITERACIA FINANCEIRA DA U.PORTO Outubro de 2012 Enquadramento do programa na Estratégia Nacional de Formação Financeira Plano Nacional de Formação Financeira

Leia mais

Índice Descrição Valor

Índice Descrição Valor 504448064 Índice Descrição Valor 1 Missão, Objectivos e Princípios Gerais de Actuação 11 Cumprir a missão e os objectivos que lhes tenham sido determinados de forma económica, financeira, social e ambientalmente

Leia mais

Concurso de Ideias para Logótipo. ONGD Leigos para o Desenvolvimento REGULAMENTO

Concurso de Ideias para Logótipo. ONGD Leigos para o Desenvolvimento REGULAMENTO Concurso de Ideias para Logótipo ONGD Leigos para o Desenvolvimento REGULAMENTO 1. Promotor A ONGD Leigos para o Desenvolvimento (LD) leva a efeito um concurso para apresentação de propostas de logótipo.

Leia mais

A EXIGÊNCIA DE FORMAÇÃO CONTÍNUA COMO GARANTIA DE QUALIDADE E DE SUSTENTABILIDADE DA PROFISSÃO

A EXIGÊNCIA DE FORMAÇÃO CONTÍNUA COMO GARANTIA DE QUALIDADE E DE SUSTENTABILIDADE DA PROFISSÃO A EXIGÊNCIA DE FORMAÇÃO CONTÍNUA COMO GARANTIA DE QUALIDADE E DE SUSTENTABILIDADE DA PROFISSÃO (Nota: Esta Comunicação foi amputada, de forma Subtil, de cerca 700 caracteres por imposição da organização

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Alteração ao Regime Jurídico da Avaliação do Ensino Superior Num momento em que termina o ciclo preliminar de avaliação aos ciclos de estudo em funcionamento por parte da Agência de Avaliação e Acreditação

Leia mais

Programa EDP SOLIDÁRIA

Programa EDP SOLIDÁRIA Programa EDP SOLIDÁRIA REGULAMENTO I. Do Programa EDP SOLIDÁRIA 1. A Fundação EDP, no âmbito das suas actividades nas áreas da solidariedade e inovação social, promove uma iniciativa anual o Programa EDP

Leia mais

Desenvolvimentos da Estratégia Europeia para a Deficiência

Desenvolvimentos da Estratégia Europeia para a Deficiência Desenvolvimentos da Estratégia Europeia para a Deficiência Sofia Lourenço Unidade "Direitos das pessoas com deficiência" Comissão Europeia 2 Dezembro 2014 Palácio da Cidadela de Cascais Políticas Europeias

Leia mais

O Ecomuseu Municipal do Seixal como sistema de recursos patrimoniais e museais descentralizados no território

O Ecomuseu Municipal do Seixal como sistema de recursos patrimoniais e museais descentralizados no território O Ecomuseu Municipal do Seixal como sistema de recursos patrimoniais e museais descentralizados no território Graça Filipe Modelos de redes de museus I Encontro de Museus do Douro Vila Real 24 Setembro

Leia mais

B-Bruxelas: Estudo comparativo relativo a contratos de computação em nuvem 2013/S 084-140907. Anúncio de concurso. Serviços

B-Bruxelas: Estudo comparativo relativo a contratos de computação em nuvem 2013/S 084-140907. Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:140907-2013:text:pt:html B-Bruxelas: Estudo comparativo relativo a contratos de computação em nuvem 2013/S 084-140907

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Segurança e Higiene no Trabalho Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/7 ÁREA DE ACTIVIDADE OBJECTIVO

Leia mais

Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias

Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias Profa. Dra. Lillian Maria Araújo de Rezende Alvares Coordenadora-Geral de Pesquisa e Manutenção de Produtos

Leia mais

ARQUIVO DIGITAL e Gestão de Documentos

ARQUIVO DIGITAL e Gestão de Documentos ARQUIVO DIGITAL e Gestão de Documentos TECNOLOGIA INOVAÇÃO SOFTWARE SERVIÇOS A MISTER DOC foi constituída com o objectivo de se tornar uma referência no mercado de fornecimento de soluções de gestão de

Leia mais

Empresas que se mexem, são empresas que crescem!

Empresas que se mexem, são empresas que crescem! Empresas que se mexem, são empresas que crescem! Apresentação do Projecto/ Abertura de inscrições Introdução A Adere-Minho - Associação para o Desenvolvimento Regional do Minho, entidade de natureza associativa

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES RELATÓRIO DE CONTAS

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES RELATÓRIO DE CONTAS ASSOCIAÇÃO DOS BOLSEIROS DE INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA RELATÓRIO DE ACTIVIDADES RELATÓRIO DE CONTAS 2003 RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2003 A Associação dos Bolseiros de Investigação Científica, doravante denominada

Leia mais

REGULAMENTO. Preâmbulo

REGULAMENTO. Preâmbulo REGULAMENTO Preâmbulo O espírito de iniciativa, a criatividade, a capacidade de detectar e aproveitar oportunidades, de assumir o risco e formar decisões, constituem premissas essenciais para o sucesso

Leia mais

GESTÃO MUSEOLÓGICA E SISTEMAS DE QUALIDADE Ana Mercedes Stoffel Fernandes Outubro 2007 QUALIDADE E MUSEUS UMA PARCERIA ESSENCIAL

GESTÃO MUSEOLÓGICA E SISTEMAS DE QUALIDADE Ana Mercedes Stoffel Fernandes Outubro 2007 QUALIDADE E MUSEUS UMA PARCERIA ESSENCIAL CADERNOS DE MUSEOLOGIA Nº 28 2007 135 GESTÃO MUSEOLÓGICA E SISTEMAS DE QUALIDADE Ana Mercedes Stoffel Fernandes Outubro 2007 QUALIDADE E MUSEUS UMA PARCERIA ESSENCIAL INTRODUÇÃO Os Sistemas da Qualidade

Leia mais

Enquadramento e critérios de Candidatura

Enquadramento e critérios de Candidatura Enquadramento e critérios de Candidatura A cidadania ativa constitui um elemento chave do reforço da coesão social. O Conselho da União Europeia instituiu o ano de 2011, como Ano Europeu do Voluntariado

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS. JOVENS PROFESSORES E INVESTIGADORES CONVOCATÓRIA 2015

REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS. JOVENS PROFESSORES E INVESTIGADORES CONVOCATÓRIA 2015 REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS. JOVENS PROFESSORES E INVESTIGADORES CONVOCATÓRIA 2015 A promoção da investigação através de programas que contribuam de maneria eficaz para a criação

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Mestrado em Educação Especialização: História da Educação (Regime a Distância) Edição Instituto de Educação da Universidade de

Leia mais

Sessão de Esclarecimento. Curso de Webdesign

Sessão de Esclarecimento. Curso de Webdesign Sessão de Esclarecimento Curso de Webdesign Alguns factos: A industria de serviços de Webdesign representa um mercado de $24B apenas nos EUA. Todos os meses são publicados cerca de 16M novos websites.

Leia mais

Regulamento de Utilização do Serviço de Documentação e Informação Arquitectónica e Artística da Fundação Instituto Marques da Silva (FIMS)

Regulamento de Utilização do Serviço de Documentação e Informação Arquitectónica e Artística da Fundação Instituto Marques da Silva (FIMS) Regulamento de Utilização do Serviço de Documentação e Informação Arquitectónica e Artística da Fundação Instituto Marques da Silva (FIMS) Este Regulamento aplica-se a todos os utilizadores do Serviço

Leia mais

1. Objectivos do Observatório da Inclusão Financeira

1. Objectivos do Observatório da Inclusão Financeira Inclusão Financeira Inclusão Financeira Ao longo da última década, Angola tem dado importantes passos na construção dos pilares que hoje sustentam o caminho do desenvolvimento económico, melhoria das

Leia mais

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS?

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? HOTEL TIVOLI LISBOA, 18 de Maio de 2005 1 Exmos Senhores ( ) Antes de mais nada gostaria

Leia mais

REGULAMENTO BOLSA DE IDEIAS. Preâmbulo

REGULAMENTO BOLSA DE IDEIAS. Preâmbulo REGULAMENTO Preâmbulo A Bolsa de Ideias CAIE (BI) é uma iniciativa desenvolvida pelo Projecto CAIE Centro de Apoio à Inovação e ao Empreendedorismo, financiado pela Iniciativa Comunitária EQUAL. Esta iniciativa

Leia mais

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA 2015 CONSTITUIÇÃO DO JÚRI Joaquim Sérvulo Rodrigues Membro da Direcção da COTEC Portugal, Presidente do Júri; Carlos Brazão Director Sénior de Vendas

Leia mais

DIGITALMAISTV DIGITALMAISTV

DIGITALMAISTV DIGITALMAISTV DIGITALMAISTV A DIGITALMAISTV é um canal de televisão online que procura divulgar a região do Algarve no país e no mundo através da Internet, apostando na diversidade de conteúdos e numa vasta oferta de

Leia mais

StartMeUp - Powered by U.S. Embassy Portugal Prémio Nacional de Empreendedorismo 2012 (STARTMEUP) Regulamento do Prémio

StartMeUp - Powered by U.S. Embassy Portugal Prémio Nacional de Empreendedorismo 2012 (STARTMEUP) Regulamento do Prémio StartMeUp - Powered by U.S. Embassy Portugal Prémio Nacional de Empreendedorismo 2012 (STARTMEUP) Regulamento do Prémio Artigo 1.º Organização e objectivos 1. O Prémio STARTMEUP é uma iniciativa organizada

Leia mais

Urban Analytics AcceleratingtheDevelopmentofSmartCitiesinPortugal

Urban Analytics AcceleratingtheDevelopmentofSmartCitiesinPortugal Urban Analytics AcceleratingtheDevelopmentofSmartCitiesinPortugal Iniciativa do Ministério do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia Promoção da Direção Geral do Território com a colaboração das

Leia mais

Nota Introdutória. Objetivos da Biblioteca Escolar (de acordo com o MANIFESTO IFLA/UNESCO PARA BIBLIOTECA ESCOLAR)

Nota Introdutória. Objetivos da Biblioteca Escolar (de acordo com o MANIFESTO IFLA/UNESCO PARA BIBLIOTECA ESCOLAR) Nota Introdutória Objetivos da Biblioteca Escolar (de acordo com o MANIFESTO IFLA/UNESCO PARA BIBLIOTECA ESCOLAR) Apoiar e promover os objetivos educativos definidos de acordo com as finalidades e currículo

Leia mais

Bélgica-Bruxelas: Estudo sobre a legislação aplicável aos contratos de seguro 2014/S 149-267125. Anúncio de concurso. Serviços

Bélgica-Bruxelas: Estudo sobre a legislação aplicável aos contratos de seguro 2014/S 149-267125. Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:267125-2014:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Estudo sobre a legislação aplicável aos contratos de seguro 2014/S 149-267125

Leia mais

Regulamento do Green Project Awards

Regulamento do Green Project Awards Regulamento do Green Project Awards A GCI em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente e a Quercus Associação Nacional de Conservação da Natureza, institui um Prémio de reconhecimento de boas práticas

Leia mais

Concurso de Ideias de Negócio

Concurso de Ideias de Negócio Concurso de Ideias de Negócio Preâmbulo O Concurso de Ideias é uma iniciativa desenvolvida através do Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS) de Estarreja 7 Desafios em Rede, promovido pela DESTAC

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2014-2016

PLANO DE AÇÃO 2014-2016 MOBILIZAR. INTERVIR. PARTILHAR PLANO DE AÇÃO 2014-2016 Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Delegação Regional do Norte PLANO DE AÇÃO 2014-2016 MOBILIZAR. INTERVIR. PARTILHAR.

Leia mais

CMI Centro de Memória e Informação CMI. Dados do Projeto e do(a) Coordenador do Projeto

CMI Centro de Memória e Informação CMI. Dados do Projeto e do(a) Coordenador do Projeto CMI Centro de Memória e Informação CMI Dados do Projeto e do(a) Coordenador do Projeto Título do Projeto Biblioteca Digital da Fundação Casa de Rui Barbosa Coordenador do Projeto: Ana Lígia Silva Medeiros

Leia mais

DESCRIÇÃO DO TRABALHO. Directora Nacional, WWF Moçambique

DESCRIÇÃO DO TRABALHO. Directora Nacional, WWF Moçambique DESCRIÇÃO DO TRABALHO Título de posição: Responde a: Supervisiona: Localização: Gestor de Comunicação Directora Nacional, WWF Moçambique Todo pessoal de comunicações Maputo, Moçambique Data: 19 de Agosto

Leia mais

NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE

NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE NEWSLETTER Nº 13 JANEIRO CONHECIMENTO INOVAÇÃO CRIATIVIDADE EFICIÊNCIA VALOR POTENCIAMOS O VALOR DAS ORGANIZAÇÕES EM DESTAQUE A LINK THINK AVANÇA COM PROGRAMA DE FORMAÇÃO PROFISSONAL PARA 2012 A LINK THINK,

Leia mais

SERVIÇO EUROPEU DE SELECÇÃO DO PESSOAL (EPSO)

SERVIÇO EUROPEU DE SELECÇÃO DO PESSOAL (EPSO) 25.5.2011 PT Jornal Oficial da União Europeia C 155 A/1 V (Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS SERVIÇO EUROPEU DE SELECÇÃO DO PESSOAL (EPSO) ANÚNCIO DE CONCURSO GERAL EPSO/AD/215/11 Administradores no

Leia mais

Regulamento do NNIES Ninho de Novas Iniciativas Empresariais de Setúbal

Regulamento do NNIES Ninho de Novas Iniciativas Empresariais de Setúbal Regulamento do NNIES Ninho de Novas Iniciativas Empresariais de Setúbal 1 Preâmbulo O Ninho de Novas Iniciativas Empresariais de Setúbal, adiante designado por NNIES, é um equipamento municipal criado

Leia mais

REGULAMENTO. 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH.

REGULAMENTO. 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH. 12 de Março de 2014 Centro de Congressos do Estoril REGULAMENTO DISPOSIÇÕES GERAIS 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH.

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO MISSÃO SORRISO DIRECÇÃO-GERAL DA SAÚDE/CONTINENTE. Artigo 1.º. Objecto

REGULAMENTO DO CONCURSO MISSÃO SORRISO DIRECÇÃO-GERAL DA SAÚDE/CONTINENTE. Artigo 1.º. Objecto REGULAMENTO DO CONCURSO MISSÃO SORRISO DIRECÇÃO-GERAL DA SAÚDE/CONTINENTE Artigo 1.º Objecto A Direcção-Geral da Saúde e a Modelo Continente Hipermercados S.A (adiante Continente ), conferem anualmente,

Leia mais

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:340300-2015:text:pt:html

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:340300-2015:text:pt:html 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:340300-2015:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Contrato-quadro relativo a serviços de apoio a atividades de comunicação no

Leia mais

Conferência Espaço de Arquitectura 2010

Conferência Espaço de Arquitectura 2010 Nota Introdutória: O tema da reabilitação urbana é um dos tópicos centrais da análise actual sobre Planeamento e Urbanismo e uma janela aberta para encontrar soluções na recuperação dos centros históricos

Leia mais

Proposta de Lei n.º 247/XII

Proposta de Lei n.º 247/XII Proposta de Lei n.º 247/XII Exposição de Motivos A Diretiva n.º 2012/28/UE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 25 de outubro de 2012, relativa a determinadas utilizações permitidas de obras órfãs,

Leia mais

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação A Ciência Viva tem como missão a difusão da Cultura Científica e Tecnológica apoiando acções dirigidas à promoção da Educação Científica e Tecnológica

Leia mais

MINISTÉRIO DO COMÉRCIO

MINISTÉRIO DO COMÉRCIO MINISTÉRIO DO COMÉRCIO REGULAMENTO INTERNO DAS REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS DA REPÚBLICA DE ANGOLA NO ESTRANGEIRO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º (Natureza) As representações são órgãos de execução

Leia mais

UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE

UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS (Aberto a todos os Cidadãos) 1. O QUE É: O concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade é uma iniciativa da Câmara Municipal de

Leia mais

Conferência Internacional

Conferência Internacional Lisboa, 18, 19 e 20 NOV. 2010 combaterpobreza@iscsp.utl.pt ORGANIZAÇÃO APRESENTAÇÃO CONSELHO CIENTÍFICO COMISSÃO ORGANIZADORA ENQUADRAMENTO LOCAL ANTEVISÃO DO PROGRAMA CONVITE À APRESENTAÇÃO DE COMUNICAÇÕES

Leia mais

I - Disposições gerais. Artigo 1.º Âmbito da cooperação

I - Disposições gerais. Artigo 1.º Âmbito da cooperação Decreto n.º 25/2002 Acordo de Cooperação na Área da Educação e Cultura entre a República Portuguesa e a Região Administrativa Especial de Macau da República Popular da China, assinado em Lisboa, em 29

Leia mais