Java Server Faces 2.0 Rich Faces 4.0

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Java Server Faces 2.0 Rich Faces 4.0"

Transcrição

1 DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA - DI Java Server Faces 2.0 Rich Faces 4.0 Quais as novidades e alterações nas novas versões das tecnologias? Pablo Bruno de Moura Nóbrega Analista de Sistemas Bruno Garcia Vasconcelos Desenvolvedor de Sistemas

2 Tópicos JSF 2.0: Considerações Iniciais JSF 2.0: Bibliotecas e Configurações Rich Faces 4.0: Bibliotecas e Configurações JSF 2.0: Managed Beans, Converters e Validators JSF 2.0:Regras de Navegação JSF 2.0: Validaçãode Beanse Mensagens de Erro JSF 2.0: Injeção de Dependência Rich Faces 4.0: Componentes (Alteração e Atualização) Referências de estudo e Links úteis

3 JSF 2.0: Considerações Iniciais Anotações para substituir muitas configurações no faces-config.xml. Suporte nativo a Ajax e Groovy. Suporte integrado para facelets facilitando criação de componentes. Mais componentes personalizados e validadores. Possibilidade de utilizar bookmarking. Debug mais detalhado: setando o valor Development na configuração PROJECT_STAGE do web.xml, aparecerão mensagens de erro mais explícitas. JSF2despreza ojspcomolinguagemdacamadadevisão. RichFaces abandonou o suporte ao JSP a partir da versão Final. No RichFaces 4, todos os componentes novos e a maioria dos recursos não funcionamparacamadadevisãoemjspjuntamento comjsf2. RichFacesusaoFacelets (*.xhtml) comocamadadevisão parajsf2.

4 JSF 2.0: Bibliotecas Versão -1.2 Versão

5 JSF 2.0: Configurações Versão -1.2 Versão

6 Rich Faces 4.0: Bibliotecas

7 Rich Faces 4.0: Bibliotecas Versão X Versão

8 Rich Faces 4.0: Configurações Versão X Versão

9 Rich Faces 4.0: Configurações

10 JSF 2.0: Managed Beans Versão -1.2 Versão

11 JSF 2.0: Managed Beans >> Escopos

12 JSF 2.0: Converters Versão 1.2 Classe que implementa a interface javax.faces.convert.converter. Nela, devemos adicionar a para indicar a classe associada a esse conversor, ou o identificador entre aspas dupla. Versão 2.1.7

13 JSF 2.0: Validators Versão 1.2 Classe que implemente a interface javax.faces.validator.validator. Essa interface define um único método, o validate(). Além disso, a classe também precisa ser anotada Versão Passando Parâmetros para o Validador

14 JSF 2.0: Validators Para facilitar o desenvolvimento de uma aplicação, o JSF define um conjunto de validadores padrão.

15 JSF 2.0: Validação de Beans Uma nova abordagem para definir validações foi adicionada no JSF 2. A ideia é declarar as regras de validação nas classes do modelo ao invés de inseri-las nos arquivos XHTML que definem as telas. Para definir as validações com bean validation, basta adicionar anotações nas classes do modelo.

16 JSF 2.0: Validação de Beans

17 JSF 2.0: Mensagens de Erro Podemos personalizar as mensagens de erro através do atributo message das anotações do bean validation. Ou pode ser mais apropriado defini-la em um arquivo de mensagens. Nesse caso, devemos criar um arquivo chamado ValidationMessages.properties no classpath da aplicação. Agora, suponha que desejamos criar uma mensagem comum associada ao

18 JSF 2.0: Regras de Navegação Navegação explicita declarada em faces.-config.xml Versão 1.2 Outcomepode ser propriedade actionde componente ou String retornada por metodo de managed bean. Quando uma actionretorna uma outcome, caso nenhuma regra de navegação compatível seja encontrada, funciona a navegação implícita. Versão Navigation case com <if> EL no <to-view-id>

19 JSF 2.0: Regras de Navegação

20 JSF 2.0: Regras de Navegação

21 JSF 2.0: Injeção de Dependência Com a injeção de dependência, o clientebean não precisa se preocupar em criar uma nova instância de LocalidadeCliente e gerenciá-la; basta utilizá-la quando necessário. A injeção de dependência no bean gerenciável é feita através de EL no valor da

22 JSF 2.0: Componente Select Item Outra novidade do JSF 2 é que agora podemos utilizar o componente f:selectitems, sem a necessidade de criar uma lista ou um array de SelectItem no bean gerenciável, implementação obrigatória nas versões anteriores.

23 Rich Faces 4.0: Componentes

24 Rich Faces 4.0: Componentes

25 Rich Faces 4.0: Componentes

26 Rich Faces 4.0: Componentes

27 Rich Faces 4.0: Componentes

28 Rich Faces 4.0: Componentes

29 Rich Faces x Prime Faces x Ice Faces Com apenas 3 anos de vida o framework para JSF PrimeFaces já tem mais popularidade do que os concorrentes famosos RichFaces e Icefaces. Criados em 2007, tanto o IceFaces quanto o RichFaces foram superados pelo framework turco e com grande participação Brasileira. A popularidade foi medida por meio do Google Trends que exibe as características das buscas realizadas através das ferramentas do Google. Algo muito interessante é que as pesquisas em lingua portuguesa sobre o PrimeFaces superam inglês e alemão. Comparação de Desempenho Icefaces, Primefaces e RichFaces Artigo foi escrito utilizando um componente datatable, presente nos três frameworks. Os parâmetros analisados foram focados em desempenho e eficiência, ou seja: tamanho final da página, tamanho das requisições/respostas AJAX e sobrecarga do servidor. Não foram consideradas configurações adicionais de tunning. O Prime Faces apresentou a melhor implementação para Data Table. Ice Faces demonstrou ter a pior performance com adatatable detodososcomponentestestados.rich Facesficou entreosdois,porém próximo aoprimefaces.

30 Referências e Links https://community.jboss.org/wiki/richfacesmigrationguide33x-4xmigration

Biblioteca de Componentes JSF para Interfaces Ricas

Biblioteca de Componentes JSF para Interfaces Ricas DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA - DI Biblioteca de Componentes JSF para Interfaces Ricas Bruno Garcia Vasconcelos Desenvolvedor de Sistemas bruno.garcia@uece.br http://brunovasconcelos.wordpress.com Tópicos

Leia mais

JavaServer Faces. Parte 2

JavaServer Faces. Parte 2 JavaServer Faces Parte 2 Recapitulando Aplicações web são aplicações que executam em um servidor Recebem requisições de usuários Retornam respostas ao usuário Browsers só entendem e exibem html O servidor

Leia mais

Experiência em missão crítica de missão crítica

Experiência em missão crítica de missão crítica 2 / 49 Experiência em missão crítica de missão crítica Pioneira no ensino de Linux à distância Parceira de treinamento IBM Primeira com LPI no Brasil + de 30.000 alunos satisfeitos Reconhecimento internacional

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS 1 de 6 PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS BURITREINAMENTOS MANAUS-AM MARÇO / 2015 2 de 6 PACOTES DE TREINAMENTOS BURITECH A Buritech desenvolveu um grupo de pacotes de treinamentos, aqui chamados de BuriPacks,

Leia mais

DESENVOLVIMENTO WEB UTILIZANDO FRAMEWORK PRIMEFACES E OUTRAS TECNOLOGIAS ATUAIS

DESENVOLVIMENTO WEB UTILIZANDO FRAMEWORK PRIMEFACES E OUTRAS TECNOLOGIAS ATUAIS DESENVOLVIMENTO WEB UTILIZANDO FRAMEWORK PRIMEFACES E OUTRAS TECNOLOGIAS ATUAIS Emanuel M. Godoy 1, Ricardo Ribeiro Rufino 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil godoymanel@gmail.com,

Leia mais

Capítulo 1 - Java EE 6 por alto - 1

Capítulo 1 - Java EE 6 por alto - 1 Capítulo 1 - Java EE 6 por alto - 1 Um pouquinho de história - 2 Padrões - 4 Arquitetura - 4 Componentes - 5 Contentores - 6 Serviços - 7 Protocolos de rede - 9 Empacotamento - 9 Java Standard Edition

Leia mais

UM ESTUDO SOBRE ARQUITETURA PARA DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE WEB UTILIZANDO NOVAS TECNOLOGIAS

UM ESTUDO SOBRE ARQUITETURA PARA DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE WEB UTILIZANDO NOVAS TECNOLOGIAS UM ESTUDO SOBRE ARQUITETURA PARA DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE WEB UTILIZANDO NOVAS TECNOLOGIAS Edi Carlos Siniciato ¹, William Magalhães¹ ¹ Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil edysiniciato@gmail.com,

Leia mais

Manual de Procedimentos para Desenvolvimento de Softwares

Manual de Procedimentos para Desenvolvimento de Softwares Manual de Procedimentos para Desenvolvimento de Softwares Secretaria Geral de Informática Sin Universidade Federal de São Carlos - UFSCar Versão 2.1 O(s) critério(s) de escolha pelas tecnologias para desenvolvimento

Leia mais

JSF e PrimeFaces. Professor: Ricardo Luis dos Santos IFSUL Campus Sapucaia do Sul

JSF e PrimeFaces. Professor: Ricardo Luis dos Santos IFSUL Campus Sapucaia do Sul JSF e PrimeFaces Professor: Ricardo Luis dos Santos IFSUL 2015 Agenda Introdução Desenvolvimento Web Java Server Faces Exercício 2 Introdução Ao longo dos anos diversas linguagens de programação foram

Leia mais

MÓDULO Programação para Web 2

MÓDULO Programação para Web 2 MÓDULO Programação para Web 2 USANDO O JSF Continuação Interdependência e Injeção Instâncias de Managed Beans podem conversar entre si para dividir o processamento das requisições dos usuários de acordo

Leia mais

DESENVOLVENDO APLICAÇÃO UTILIZANDO JAVA SERVER FACES

DESENVOLVENDO APLICAÇÃO UTILIZANDO JAVA SERVER FACES DESENVOLVENDO APLICAÇÃO UTILIZANDO JAVA SERVER FACES Alexandre Egleilton Araújo, Jaime Willian Dias Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil araujo.ale01@gmail.com, jaime@unipar.br Resumo.

Leia mais

DWR DIRECTED WEB REMOTING

DWR DIRECTED WEB REMOTING DWR DIRECTED WEB REMOTING Vamos ver nesse artigo um pouco sobre o Frameworks Ajax para Java, o DWR. Vamos ver seus conceitos, utilidades, vantagens, algumas práticas e fazer o passo a passo para baixar,

Leia mais

DESENVOLVENDO APLICAÇÕES UTILIZANDO JAVASERVER FACES E MVC

DESENVOLVENDO APLICAÇÕES UTILIZANDO JAVASERVER FACES E MVC DESENVOLVENDO APLICAÇÕES UTILIZANDO JAVASERVER FACES E MVC Felipe Moreira Decol Claro 1, Késsia Rita da Costa Marchi 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil felipe4258@hotmail.com, kessia@unipar.br

Leia mais

Servlets & JSP x JavaServer Faces 2.1: Comparação do desenvolvimento de aplicações web baseado no modelo MVC

Servlets & JSP x JavaServer Faces 2.1: Comparação do desenvolvimento de aplicações web baseado no modelo MVC ISSN 2316-2872 T.I.S. São Carlos, v. 4, n. 1, p. 41-50, jan-abr 2015 Tecnologias, Infraestrutura e Software Servlets & JSP x JavaServer Faces 2.1: Comparação do desenvolvimento de aplicações web baseado

Leia mais

Integração de frameworks front-end para desenvolvimento de interfaces ricas com

Integração de frameworks front-end para desenvolvimento de interfaces ricas com ISSN 2316-2872 T.I.S. São Carlos, v. 4, n. 1, p. 68-77, jan-abr 2015 Tecnologias, Infraestrutura e Software Integração de frameworks front-end para desenvolvimento de interfaces ricas com JavaServer Faces

Leia mais

ABORDAGEM DE FRAMEWORKS PARA JSF QUE AUXILIAM O DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

ABORDAGEM DE FRAMEWORKS PARA JSF QUE AUXILIAM O DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE ABORDAGEM DE FRAMEWORKS PARA JSF QUE AUXILIAM O DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE Amarildo Aparecido Ferreira Junior 1, Ricardo Ribeiro Rufino 1 ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil aapfjr@gmail.com

Leia mais

Universidade Federal Rural de Pernambuco Departamento de Informática Curso: Bacharelado em Sistemas de Informação

Universidade Federal Rural de Pernambuco Departamento de Informática Curso: Bacharelado em Sistemas de Informação Universidade Federal Rural de Pernambuco Departamento de Informática Curso: Bacharelado em Sistemas de Informação Elizangela de Lima Lucena ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE FRAMEWORKS DE INTERFACE RICA PARA JAVASERVER

Leia mais

Desenvolvendo Portlets utilizando JSF, Ajax, Richfaces. Gustavo Lira Consultor 4Linux gustavo@4linux.com.br

Desenvolvendo Portlets utilizando JSF, Ajax, Richfaces. Gustavo Lira Consultor 4Linux gustavo@4linux.com.br Desenvolvendo Portlets utilizando JSF, Ajax, Richfaces Gustavo Lira Consultor 4Linux gustavo@4linux.com.br Desenvolvendo Portlets utilizando JSF, Ajax, Richfaces O que será apresentado é uma continuação

Leia mais

Framework Demoiselle 2.0 QuickStart Emerson Saito Marlon Carvalho Rodrigo Hjort Serge Rehem

Framework Demoiselle 2.0 QuickStart Emerson Saito Marlon Carvalho Rodrigo Hjort Serge Rehem Framework Demoiselle 2.0 QuickStart Emerson Saito Marlon Carvalho Rodrigo Hjort Serge Rehem Sobre o QuickStart... v 1. Instalação... 1 1.1. Pré-requisitos... 1 1.2. Demoiselle Infra... 1 2. Criação da

Leia mais

Java EE 6. A revolução do. Um overview sobre as novidades da JSR 316. a r t i g o

Java EE 6. A revolução do. Um overview sobre as novidades da JSR 316. a r t i g o a r t i g o Pedro Henrique S. Mariano (pedro.mariano@caelum.com.br) técnologo em Análise e Desenvolvimento de Sofware pela FIAP, possui as certificações SCJP 6 e SCRUM master.trabalha como consultor e

Leia mais

UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS JSF E PRIMEFACES NO DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE WEB

UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS JSF E PRIMEFACES NO DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE WEB UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS JSF E PRIMEFACES NO DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE WEB Adriano Schulter Moenster 1, Tiago Piperno Bonetti 1 ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil adrmoenster@gmail.com,

Leia mais

Tutorial para criação de componentes JSF Facelets Por Érico GR 07/08/2007

Tutorial para criação de componentes JSF Facelets Por Érico GR 07/08/2007 Tutorial para criação de componentes JSF Facelets Por Érico GR 07/08/2007 Nível: Intermediário Este tutorial tem como objetivo criar um simples componente que renderiza uma tag label utilizando recursos

Leia mais

Frameworks RIA para JSF lado a lado

Frameworks RIA para JSF lado a lado Maykon Junior Vaz (maykonjv@gmail.com): é graduando em Bacharelado em Sistemas de Informação na Universidade do Estado de Minas Gerais Frutal, onde desenvolveu diversos projetos Web utilizando tecnologia

Leia mais

MÓDULO Programação para Web 2

MÓDULO Programação para Web 2 MÓDULO Programação para Web 2 Sistemas Web na JEE OBJETIVO DO MÓDULO Arquitetura Web em aplicações JEE Conceitos iniciais Desenvolvimento Web Aplicações web tornam-se mais e mais importantes Mais e mais

Leia mais

Este livro é dedicado a minha esposa Edna e a todos os desenvolvedores que fizeram do software livre um meio profissional levado a sério.

Este livro é dedicado a minha esposa Edna e a todos os desenvolvedores que fizeram do software livre um meio profissional levado a sério. EDSON GONÇALVES Este livro é dedicado a minha esposa Edna e a todos os desenvolvedores que fizeram do software livre um meio profissional levado a sério. AGRADECIMENTOS Primeiramente gostaria de agradecer

Leia mais

Programação Java para a Web Décio Heinzelmann Luckow Alexandre Altair de Melo

Programação Java para a Web Décio Heinzelmann Luckow Alexandre Altair de Melo Programação Java para a Web Décio Heinzelmann Luckow Alexandre Altair de Melo Novatec Copyright 2010 da Novatec Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. É proibida

Leia mais

Casa do Código Livros para o programador Rua Vergueiro, 3185-8º andar 04101-300 Vila Mariana São Paulo SP Brasil

Casa do Código Livros para o programador Rua Vergueiro, 3185-8º andar 04101-300 Vila Mariana São Paulo SP Brasil 2012, Casa do Código Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei nº9.610, de 10/02/1998. Nenhuma parte deste livro poderá ser reproduzida, nem transmitida, sem autorização prévia por escrito da

Leia mais

INTRODUÇÃO E CONFIGURAÇÃO DO PRIMEFACES MOBILE EM APLICAÇÕES JSF

INTRODUÇÃO E CONFIGURAÇÃO DO PRIMEFACES MOBILE EM APLICAÇÕES JSF INTRODUÇÃO E CONFIGURAÇÃO DO PRIMEFACES MOBILE EM APLICAÇÕES JSF Guilherme Macedo, Jaime Willian Dias Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil guilhermemacedo28@gmail.com, jaime@unipar.br Resumo.

Leia mais

FEMA Tópicos avançados em programação Prof: Domingos OBJETIVOS / COMPETÊNCIAS

FEMA Tópicos avançados em programação Prof: Domingos OBJETIVOS / COMPETÊNCIAS FEMA Tópicos avançados em programação Prof: Domingos OBJETIVOS / COMPETÊNCIAS 1 - Desenvolver aplicativos para Desktop usando Swing, gerenciamento de Layouts, componentes swing, conectar a um banco de

Leia mais

Parte I. Demoiselle Vaadin

Parte I. Demoiselle Vaadin Parte I. Demoiselle Vaadin O Vaadin é um framework para construção de interfaces web que aplica ideias inovadoras. Apesar de usar o GWT como mecanismo para a exibição de seus componentes, eles tem características

Leia mais

Orientada a serviços: JAX-WS SOAP API

Orientada a serviços: JAX-WS SOAP API Orientadaa apresentação: uma aplicação webde apresentação orientada gera páginas webinterativascom vários tipos de linguagem de marcação (HTML, XML, e assim por diante) e conteúdo dinâmico em resposta

Leia mais

ARQUITETURA DO SISTEMA ERP PEGASUS

ARQUITETURA DO SISTEMA ERP PEGASUS ARQUITETURA DO SISTEMA ERP PEGASUS Elaborado por: Bruno Duarte Nogueira Arquiteto de Software Data: 05/03/2012 1 Sumário 1. Introdução... 3 2. Tecnologias... 3 2.1. Web Tier... 3 2.1.1. Facelets 1.1.14...

Leia mais

PLANO DE ENSINO INSTITUTO FEDERAL SUL-RIO-GRANDENSE CAMPUS SAPUCAIA DO SUL PRÓ-REITORIA DE ENSINO

PLANO DE ENSINO INSTITUTO FEDERAL SUL-RIO-GRANDENSE CAMPUS SAPUCAIA DO SUL PRÓ-REITORIA DE ENSINO INSTITUTO FEDERAL SUL-RIO-GRANDENSE CAMPUS SAPUCAIA DO SUL PRÓ-REITORIA DE ENSINO Curso: Técnico em Informática Disciplina: Linguagem de Programação III Turma: 4I Professor (a): Ricardo Luis dos Santos

Leia mais

Melhorando o desempenho de aplicações em JSF

Melhorando o desempenho de aplicações em JSF capa_ Melhorando o desempenho de aplicações em JSF Aumente a escalabilidade através de configurações e refatorações efetivas Adriano Castro adrianocastro189@gmail.com é formado em Ciência da Computação

Leia mais

Desenvolvendo aplicações desktop em Java: presente e futuro

Desenvolvendo aplicações desktop em Java: presente e futuro Desenvolvendo aplicações desktop em Java: presente e futuro Michael Nascimento Santos Conexão Java 2006 Michael Nascimento Santos 7 anos de experiência com Java Expert nas JSRs 207, 250, 270 (Java 6),

Leia mais

JSF2 e AJAX. Desenvolvimento Web com. Construa aplicações Web mais interativas e elegantes

JSF2 e AJAX. Desenvolvimento Web com. Construa aplicações Web mais interativas e elegantes Desenvolvimento Web com JSF2 e AJAX Construa aplicações Web mais interativas e elegantes Wagner Borges (wagner@quebrandoparadigmas.com): é formado em Sistemas de Informação pela FACID e especializado em

Leia mais

Facelets. Prof. Fernando Freitas Costa Especialista em Gestão e Docência Universitária nando@fimes.edu.br

Facelets. Prof. Fernando Freitas Costa Especialista em Gestão e Docência Universitária nando@fimes.edu.br Facelets Prof. Fernando Freitas Costa Especialista em Gestão e Docência Universitária nando@fimes.edu.br Facelets Foi desenvolvido originalmente como uma alternativa para o manipulador de visão baseado

Leia mais

As Novidades do JSF 2.0

As Novidades do JSF 2.0 artigo As Novidades do JSF 2.0 Conheça a nova versão do JSF que traz inúmeras vantagens em relação ao seu antecessor. O JSF é hoje a principal ferramenta no mundoj para desenvolvimento Web, principalmente

Leia mais

SCE-557. Técnicas de Programação para WEB. Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br

SCE-557. Técnicas de Programação para WEB. Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br SCE-557 Técnicas de Programação para WEB Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br 1 Cronograma Fundamentos sobre servidores e clientes Linguagens Server e Client side

Leia mais

Spring: Um suite de novas opções para Java EE

Spring: Um suite de novas opções para Java EE Spring: Um suite de novas opções para Java EE Alberto J Lemos (Dr. Spock) Instrutor Globalcode Ricardo Jun Taniguchi Instrutor Globalcode 1 Agenda > Sobre o Spring Framework > Escopo de integração com

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PRODUÇÃO DE EVENTOS

SISTEMA DE GESTÃO DE PRODUÇÃO DE EVENTOS SISTEMA DE GESTÃO DE PRODUÇÃO DE EVENTOS Rodrigo das Neves Wagner Luiz Gustavo Galves Mählmann Resumo: O presente artigo trata de um projeto de desenvolvimento de uma aplicação para uma produtora de eventos,

Leia mais

Desktop em minutos com genesis, Matisse, Java WebStart e JSR-296

Desktop em minutos com genesis, Matisse, Java WebStart e JSR-296 Desktop em minutos com genesis, Matisse, Java WebStart e JSR-296 Allan Jones Batista de Castro Michael Nascimento Santos Raphael Winckler de Bettio JustJava 2006 Allan Jones Batista de Castro 5 anos de

Leia mais

JBoss Seam. Vinicius Senger Co-fundador Globalcode Alberto J Lemos (Dr. Spock) Instrutor Globalcode. Globalcode Open4Education

JBoss Seam. Vinicius Senger Co-fundador Globalcode Alberto J Lemos (Dr. Spock) Instrutor Globalcode. Globalcode Open4Education JBoss Seam Vinicius Senger Co-fundador Globalcode Alberto J Lemos (Dr. Spock) Instrutor Globalcode Agenda > Introdução > Arquitetura típica Java EE 5 > O que é JBoss Seam? > Porque escolher o JBoss Seam?

Leia mais

AJAX Reverso. Comet com DWR. baseado em

AJAX Reverso. Comet com DWR. baseado em AJAX Reverso baseado em Comet com DWR Aprenda a trabalhar com o AJAX Reverso, técnica ainda pouco explorada que proporciona aos sistemas Web a funcionalidade de atualizar os clientes conforme o servidor

Leia mais

Padrões de Interação com o Usuário

Padrões de Interação com o Usuário Padrões de Interação com o Usuário Granularidade dos Padrões Padrões estão relacionados a 3 elementos: Contexto ocorre Problema resolve Solução Problemas e Soluções podem ser observados em diferentes níveis

Leia mais

Como criar um EJB. Criando um projeto EJB com um cliente WEB no Eclipse

Como criar um EJB. Criando um projeto EJB com um cliente WEB no Eclipse Como criar um EJB Criando um projeto EJB com um cliente WEB no Eclipse Gabriel Novais Amorim Abril/2014 Este tutorial apresenta o passo a passo para se criar um projeto EJB no Eclipse com um cliente web

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS CONTROLE DE ACESSO USANDO O FRAMEWORK RICHFACES. 5º PERÍODO Gestão da Tecnologia da Informação

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS CONTROLE DE ACESSO USANDO O FRAMEWORK RICHFACES. 5º PERÍODO Gestão da Tecnologia da Informação FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS CONTROLE DE ACESSO USANDO O FRAMEWORK RICHFACES 5º PERÍODO Gestão da Tecnologia da Informação Alunos: Alessandro Aparecido André Alexandre Bruno Santiago Thiago Castilho

Leia mais

Minha primeira aplicação utilizando Java Server Faces + Glassfish

Minha primeira aplicação utilizando Java Server Faces + Glassfish Minha primeira aplicação utilizando Java Server Faces + Glassfish Este tutorial apresenta de forma simples, como iniciar no desenvolvimento com o framework Java Server faces 1.2, utilizando-se o servidor

Leia mais

EJB ainda tem vez no Java EE 6? Fernando Lozano Consultor 4Linux lozano@4linux.com.br

EJB ainda tem vez no Java EE 6? Fernando Lozano Consultor 4Linux lozano@4linux.com.br EJB ainda tem vez no Java EE 6? Fernando Lozano Consultor 4Linux lozano@4linux.com.br Você Gosta do EJB? O EJB esteve por muito tempo na berlinda do mundo Java É pesado... É complicado... Código muito

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA CURSO DE CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO FERRAMENTA DE MAPEAMENTO DE UIDs PARA JSF FILIPE BIANCHI DAMIANI Florianópolis - SC 2011

Leia mais

SCC-0263. Técnicas de Programação para WEB. Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br

SCC-0263. Técnicas de Programação para WEB. Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br SCC-0263 Técnicas de Programação para WEB Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br 1 Cronograma Fundamentos sobre servidores e clientes Linguagens Server e Client side

Leia mais

TECNOLOGIAS E FRAMEWORKS PARA O DESENVOLMENTO DE INTERFACES WEB

TECNOLOGIAS E FRAMEWORKS PARA O DESENVOLMENTO DE INTERFACES WEB TECNOLOGIAS E FRAMEWORKS PARA O DESENVOLMENTO DE INTERFACES WEB Marcelo Rodrigo da Silva Ribeiro 1, Ricardo Ribeiro Rufino 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil marcelo.rodrigo@live.com,

Leia mais

1. INTRODUÇÃO. 1.1 Contextualização e Motivação

1. INTRODUÇÃO. 1.1 Contextualização e Motivação 1. INTRODUÇÃO Neste capítulo é apresentado, primeiramente, a contextualização que envolve o conjunto de circunstâncias para a elaboração do trabalho e a motivação de realizá-lo. Segundo, para um melhor

Leia mais

Anotações e Navegação no JSF 2.0

Anotações e Navegação no JSF 2.0 1/16 Anotações e Navegação no JSF 2.0 Simplifique a navegação e a configuração XML com o JSF 2.0 Aprenda a utilizar anotações e navegações implícita e condicional em suas aplicações JSF 2.0 MARCEL TOKARSKI

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Especialização em Desenvolvimento de Aplicações Web com Interfaces Ricas EJB 3.0 Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 6 EJB Enterprise Java

Leia mais

Oracle WebLogic Server 11g: Conceitos Básicos de Administração

Oracle WebLogic Server 11g: Conceitos Básicos de Administração Oracle University Entre em contato: 0800 891 6502 Oracle WebLogic Server 11g: Conceitos Básicos de Administração Duração: 5 Dias Objetivos do Curso Este curso treina administradores Web nas técnicas para

Leia mais

Java Beans e Servlets

Java Beans e Servlets 6 Java Beans e Servlets Prof. Autor: Daniel Morais dos Reis e-tec Brasil Programação Avançada Para Web Página1 Meta Apresentar os recursos de orientação à objetos Java em JSP e integrá-los a tecnologia

Leia mais

Web-Services com JAX-WS. Capítulo. Introdução aos Web-Services via JAX-WS. - Um breve histórico sobre Web-Services. - SOAP x REST. Provendo um Serviço

Web-Services com JAX-WS. Capítulo. Introdução aos Web-Services via JAX-WS. - Um breve histórico sobre Web-Services. - SOAP x REST. Provendo um Serviço A1Provendo e Consumindo Web-Services com JAX-WS Capítulo 22 Introdução aos Web-Services via JAX-WS - Um breve histórico sobre Web-Services Os Web-Services são uma tecnologia popular para apoiar iniciativas

Leia mais

Experiência em missão crítica de missão crítica

Experiência em missão crítica de missão crítica 2 / 17 Experiência em missão crítica de missão crítica Pioneira no ensino de Linux à distância Parceira de treinamento IBM Primeira com LPI no Brasil + de 30.000 alunos satisfeitos Reconhecimento internacional

Leia mais

Programação e Configuração de Aplicações JEE. Edilmar Alves

Programação e Configuração de Aplicações JEE. Edilmar Alves Programação e Configuração de Aplicações JEE Edilmar Alves Palestrante Sócio da InterSite Informática Professor Universitário Coordenador do JUGMS e membro do BrazilJUGs Fã de Linux, Java e outros softwares

Leia mais

INTEGRAÇÃO DE TÉCNICAS DE SISTEMAS DISTRIBUÍDOS APLICADA AO DESENVOLVIMENTO DE UM AMBIENTE PARA O JOGO DE XADREZ

INTEGRAÇÃO DE TÉCNICAS DE SISTEMAS DISTRIBUÍDOS APLICADA AO DESENVOLVIMENTO DE UM AMBIENTE PARA O JOGO DE XADREZ INTEGRAÇÃO DE TÉCNICAS DE SISTEMAS DISTRIBUÍDOS APLICADA AO DESENVOLVIMENTO DE UM AMBIENTE PARA O JOGO DE XADREZ Acadêmico: Antonio Carlos Bambino Filho Orientador: Prof. Marcel Hugo SUMÁRIO Introdução;

Leia mais

Desenvolvimento de aplicação web com framework JavaServer Faces e Hibernate

Desenvolvimento de aplicação web com framework JavaServer Faces e Hibernate Desenvolvimento de aplicação web com framework JavaServer Faces e Hibernate Tiago Peres Souza 1, Jaime Willian Dias 1,2 ¹Universidade paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil tiagop_ti@hotmail.com 2 Universidade

Leia mais

Enterprise Java Beans

Enterprise Java Beans Enterprise Java Beans Prof. Pasteur Ottoni de Miranda Junior DCC PUC Minas Disponível em www.pasteurjr.blogspot.com 1-O que é um Enterprise Java Bean? O Entertprise Java Bean (EJB) é um componente server-side

Leia mais

Boas Práticas de Desenvolvimento Seguro

Boas Práticas de Desenvolvimento Seguro Boas Práticas de Desenvolvimento Seguro Julho / 2.012 Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 29/07/2012 1.0 Versão inicial Ricardo Kiyoshi Página 2 de 11 Conteúdo 1. SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA UTILIZAÇÃO DE JSF, PRIMEFACES, HIBERNATE PARA DESENVOLVIMENTO DE UMA APLICAÇÃO DE GESTÃO EDUCACIONAL. TEDY MARCOS MIRANDA FIROMI ORIENTADOR:

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS PROGRAMAÇÃO PARA INTERNET TUTORIAL DE APLICAÇÃO JSF DESENVOLVIDO COM A FERRAMENTA ECLIPSE LUNA

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS PROGRAMAÇÃO PARA INTERNET TUTORIAL DE APLICAÇÃO JSF DESENVOLVIDO COM A FERRAMENTA ECLIPSE LUNA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS PROGRAMAÇÃO PARA INTERNET TUTORIAL DE APLICAÇÃO JSF DESENVOLVIDO COM A FERRAMENTA ECLIPSE LUNA NOME DO PROJETO: CadastroWeb ALUNOS: Fabio Henrique, Murillo Victor TUTORIAL

Leia mais

Front-End: corresponde ao que será visualizado pelo utilizador via web. Deve ser acessível para todo e qualquer utilizador.

Front-End: corresponde ao que será visualizado pelo utilizador via web. Deve ser acessível para todo e qualquer utilizador. Projecto Final Introdução O objectivo do projecto final da disciplina de Computação na Internet é colocar em prática todos os conhecimentos adquiridos na disciplina e, assim, desenvolver um sistema que

Leia mais

Desenvolvendo Portlets utilizando JSF, Ajax, Richfaces. Gustavo Lira Consultor 4Linux gustavo@4linux.com.br

Desenvolvendo Portlets utilizando JSF, Ajax, Richfaces. Gustavo Lira Consultor 4Linux gustavo@4linux.com.br Desenvolvendo Portlets utilizando JSF, Ajax, Richfaces Gustavo Lira Consultor 4Linux gustavo@4linux.com.br Especificação para os Portlets Os padrões para Portlets Java EE são definidos por duas JSRs: 168,

Leia mais

Programação Orientada a Objetos: Lista de exercícios #1. Bruno Góis Mateus

Programação Orientada a Objetos: Lista de exercícios #1. Bruno Góis Mateus Programação Orientada a Objetos: Lista de exercícios #1 Bruno Góis Mateus 1 Contents Programação Orientada a Objetos (Bruno Góis Mateus ): Lista de exercícios #1 Classes e Instanciação 3 A classe Circle...............................................

Leia mais

Agenda. Desenvolvimento um aplicativo completo usando JSF, EJB e padrões Rodrigo Cândido e Vinny Nunes Instrutores Globalcode / VOffice.

Agenda. Desenvolvimento um aplicativo completo usando JSF, EJB e padrões Rodrigo Cândido e Vinny Nunes Instrutores Globalcode / VOffice. Agenda Desenvolvimento um aplicativo completo usando JSF, EJB e padrões Rodrigo Cândido e Vinny Nunes Instrutores Globalcode / VOffice Objetivo / Motivação Domínio, Ferramentas e Opções de Arquitetura

Leia mais

ENTERPRISE JAVABEANS 3. Msc. Daniele Carvalho Oliveira

ENTERPRISE JAVABEANS 3. Msc. Daniele Carvalho Oliveira ENTERPRISE JAVABEANS 3 Msc. Daniele Carvalho Oliveira Apostila Servlets e JSP www.argonavis.com.br/cursos/java/j550/index.html INTRODUÇÃO Introdução Enterprise JavaBeans é um padrão de modelo de componentes

Leia mais

4 Desenvolvimento da ferramenta

4 Desenvolvimento da ferramenta direcionados por comportamento 38 4 Desenvolvimento da ferramenta Visando facilitar a tarefa de documentar requisitos funcionais e de gerar testes automáticos em uma única ferramenta para proporcionar

Leia mais

Sistema de Memorandos On-Line. (Projeto Arquitetural)

Sistema de Memorandos On-Line. (Projeto Arquitetural) Universidade Federal de Campina Grande Pb Departamento de Sistemas e Computação Disciplina: Projeto em Computação I 2111185 Professora: Francilene Procópio Garcia, P.Sc Alunos: Arnaldo de Sena Santos;

Leia mais

Demoiselle Report Guide. Demoiselle Report. Marlon Carvalho. Rodrigo Hjort. Robson Ximenes

Demoiselle Report Guide. Demoiselle Report. Marlon Carvalho. <marlon.carvalho@gmail.com> Rodrigo Hjort. <rodrigo.hjort@gmail.com> Robson Ximenes Demoiselle Report Guide Demoiselle Report Marlon Carvalho Rodrigo Hjort Robson Ximenes Demoiselle Report... v 1. Configuração

Leia mais

Persistência de Dados em Java com JPA e Toplink

Persistência de Dados em Java com JPA e Toplink Persistência de Dados em Java com JPA e Toplink Vinicius Teixeira Dallacqua Curso de Tecnologia em Sistemas para Internet Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - IFTO AE 310 Sul, Avenida

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO OS 003/DINFO/2013 16/09/2013

ORDEM DE SERVIÇO OS 003/DINFO/2013 16/09/2013 A DIRETORIA DE INFORMÁTICA DINFO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO -UERJ, no uso de suas atribuições legais, estabelece: Art. 1º: Para fins de normatização do Desenvolvimento Tecnológico na UERJ

Leia mais

Anúncio de emprego KCS IT. Consultor - JSF/Spring

Anúncio de emprego KCS IT. Consultor - JSF/Spring Consultor - JSF/Spring - Licenciatura em Informática ou áreas afins - Experiência em desenvolvimento na plataforma JAVA/J2EE - Experiência em JSF (richfaces ou primefaces) e Spring - Valorizado criatividade,

Leia mais

Universidade da Beira Interior

Universidade da Beira Interior Universidade da Beira Interior Relatório Apresentação Java Server Pages Adolfo Peixinho nº4067 Nuno Reis nº 3955 Índice O que é uma aplicação Web?... 3 Tecnologia Java EE... 4 Ciclo de Vida de uma Aplicação

Leia mais

O CONCEITO DE TDD NO DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

O CONCEITO DE TDD NO DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE O CONCEITO DE TDD NO DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE Renan Leme Nazário, Ricardo Rufino Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR - Brasil renazariorln@gmail.com, ricardo@unipar.br Resumo. Este artigo

Leia mais

FICHA DE CATALOGAÇÃO DE REVISTAS DE NOTÍCIAS. Coleção

FICHA DE CATALOGAÇÃO DE REVISTAS DE NOTÍCIAS. Coleção Título: SQL Magazine Notas de Título Feita para Desenvolvedores de Software e DBAs. Descrição Geral: Revista focada em banco de dados, análise, projeto e modelagem. Editor(es): Diretor responsável Gladstone

Leia mais

LOGGING DE EVENTOS COM LOG4J

LOGGING DE EVENTOS COM LOG4J LOGGING DE EVENTOS COM LOG4J por Luiz Gustavo Stábile de Souza O que é logging? Fazer o logging de uma aplicação é uma das possíveis maneiras de debugá-la, registrando em algum meio (arquivo, enviando

Leia mais

SIQ GQF Plugin s WEB (Aplicações WEB) Gestão da Qualidade de Fornecedores

SIQ GQF Plugin s WEB (Aplicações WEB) Gestão da Qualidade de Fornecedores SIQ GQF Plugin s WEB (Aplicações WEB) Gestão da Qualidade de Fornecedores Requerimentos do Software Versão para Microsoft Windows/Unix Dezembro 2006 Bem-Vindo ao to SIQ GQF Plugin s WEB - Gestão da Qualidade

Leia mais

Além do JSF: Matriz de Campos com Recursos e Práticas Incomuns

Além do JSF: Matriz de Campos com Recursos e Práticas Incomuns Décio Heinzelmann Luckow (decioluckow@gmail.com): é bacharel em Sistemas de Informação pela Univille e pósgraduando em Gestão de Projetos pela Sustentare Escola de Negócios. Já trabalhou com as linguagens

Leia mais

Programação Orientada a Objetos. Prof. Diemesleno Souza Carvalho diemesleno@iftm.edu.br http://www.diemesleno.com.br

Programação Orientada a Objetos. Prof. Diemesleno Souza Carvalho diemesleno@iftm.edu.br http://www.diemesleno.com.br Programação Orientada a Objetos Prof. Diemesleno Souza Carvalho diemesleno@iftm.edu.br http://www.diemesleno.com.br Programação Orientada a Objetos Na aula passada, vimos: Encapsulamento Programação Orientada

Leia mais

Grupos de Processos (Comunicação Grupal)

Grupos de Processos (Comunicação Grupal) Grupos de Processos (Comunicação Grupal) Roteiro Definição de Grupos Tipos (organização) de grupos Atomicidade Ordenação de mensagens 2 RPC Comunicação entre Pares (duas partes) Cliente - Servidor Comunicação

Leia mais

FACULDADE DE BALSAS CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA WEB PARA ENVIAR, ARMAZENAR E RECEBER DOCUMENTOS OFICIAIS

FACULDADE DE BALSAS CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA WEB PARA ENVIAR, ARMAZENAR E RECEBER DOCUMENTOS OFICIAIS FACULDADE DE BALSAS CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA WEB PARA ENVIAR, ARMAZENAR E RECEBER DOCUMENTOS OFICIAIS Fernando Ferreira Matos BALSAS MA 2013 1 FACULDADE DE BALSAS CURSO

Leia mais

Roteiro do Programa e Entrada/Saída

Roteiro do Programa e Entrada/Saída Roteiro do Programa e Entrada/Saída c Professores de ALPRO I Faculdade de Informática PUCRS 03/2012 ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/2012 1 / 32 Sumário 1 Relembrando 2 Programa Definição de

Leia mais

Micro Mídia Informática Fevereiro/2009

Micro Mídia Informática Fevereiro/2009 Micro Mídia Informática Fevereiro/2009 1 UML Introdução Fases de Desenvolvimento Notação Visões Análise de Requisitos Casos de Uso StarUML Criando Casos de Uso Orientação a Objetos Diagrama de Classes

Leia mais

ATRIBUTOS PRIVADOS 6. ENCAPSULAMENTO MÉTODOS PRIVADOS MÉTODOS PRIVADOS

ATRIBUTOS PRIVADOS 6. ENCAPSULAMENTO MÉTODOS PRIVADOS MÉTODOS PRIVADOS ATRIBUTOS PRIVADOS Podemos usar o modificador private, para tornar um atributo privado, obtendo um controle centralizado Definimos métodos para implementar todas as lógicas que utilizam ou modificam o

Leia mais

IBM Software Demos Rational Software Delivery Platform - Recursos de desenvolvimento e construção

IBM Software Demos Rational Software Delivery Platform - Recursos de desenvolvimento e construção Alex, o desenvolvedor chefe, usa o Rational Software Architect para implementar rapidamente o novo recurso. Ele usa a janela de navegação do site para adicionar uma nova página de confirmação de

Leia mais

Introdução ao Javascript

Introdução ao Javascript Programação WEB I Introdução ao Javascript Apresentação da Disciplina,Introdução a linguagem Javascript Objetivos da Disciplina Apresentar os principais conceitos da linguagem Javascript referente à programação

Leia mais

Figura 1. A Classe Java

Figura 1. A Classe Java Conexã o com MySQL Connection Factory Para criar as conexões com o banco de dados será utilizado um padrão chamado Factory, onde através dele se terá uma única classe que proverá uma fábrica de conexão

Leia mais

3 Classes e instanciação de objectos (em Java)

3 Classes e instanciação de objectos (em Java) 3 Classes e instanciação de objectos (em Java) Suponhamos que queremos criar uma classe que especifique a estrutura e o comportamento de objectos do tipo Contador. As instâncias da classe Contador devem

Leia mais

FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO DE SANTOS

FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO DE SANTOS Anexo I Modelo para inscrição e apresentação dos projetos EDITAL DE CONVOCAÇÃO PÚBLICA nº 01/2016 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 Nome ou Razão Social 1.2 Ramo de atividade (se empresa) 1.3 Endereço completo 1.4

Leia mais

Aula 03 - Projeto Java Web

Aula 03 - Projeto Java Web Aula 03 - Projeto Java Web Para criação de um projeto java web, vá em File/New. Escolha o projeto: Em seguida, na caixa Categorias selecione Java Web. Feito isso, na caixa à direita selecione Aplicação

Leia mais

Introdução. Templates. Configurações. Componentes. Prof. Enzo Seraphim

Introdução. <facelets> Templates. Configurações. Componentes. Prof. Enzo Seraphim Introdução Templates Configurações Componentes Prof. Enzo Seraphim Definição Linguagem de descrição de páginas (PDL Page Description Language) criada para JSF. Estabelece templates que suportam

Leia mais

1/26/2009. Baseadas em http://www.voelter.de/services/mdsdtutorial.html. Experiência pessoal/profissional/acadêmica

1/26/2009. Baseadas em http://www.voelter.de/services/mdsdtutorial.html. Experiência pessoal/profissional/acadêmica Baseadas em http://www.voelter.de/services/mdsdtutorial.html Experiência pessoal/profissional/acadêmica 1 Metamodelo UML Meu Metamodelo Meu processo de negócios Meu processo de negócios Stereotypes Perfis

Leia mais

WebApps em Java com uso de Frameworks

WebApps em Java com uso de Frameworks WebApps em Java com uso de Frameworks Fred Lopes Índice O que são frameworks? Arquitetura em camadas Arquitetura de sistemas WEB (WebApps) Listagem resumida de frameworks Java Hibernate O que são frameworks?

Leia mais