CAIXA DE AGUARELAS REUNIÃO INÍCIO DO ANO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CAIXA DE AGUARELAS REUNIÃO INÍCIO DO ANO"

Transcrição

1 REUNIÃO INÍCIO DO ANO No princípio de Setembro, a equipa CADIn reuniu-se para preparar o novo ano letivo. Com a casa cheia, as dezenas de colaboradores e técnicos presentes tiveram ocasião de a todos apresentar os seus projetos e desafios para este período de 2012/2013, debatendo com o novo Diretor Clínico, Pedro Cabral, e o Diretor Científico, Carlos Filipe, entre outros temas, a melhor forma de se articularem entre si os Núcleos de especialidade com o objetivo de proporcionar aos utentes, de um modo mais integrado, o serviço Bimensal outubro 2012 O descanso nas férias tinha tido o seu efeito e o entusiasmo para iniciar uma nova época era grande e a boa disposição reinava. Um dos pontos altos foi a celebração do 1º aniversário do Pólo de Setúbal, que abriu as portas em Setembro do ano passado. Newsletter nº 8 CAIXA DE AGUARELAS de qualidade que merecem. Foi soprada uma vela e cantaram-se os Parabéns! 1

2 ENTREVISTA SUGESTÕES ENTREVISTA COM PEDRO CABRAL Pedro Cabral é o novo Diretor Clínico do CADIn. Médico neuropediatra, 60 anos, natural de Lisboa, casado e pai de dois filhos: o Diogo e a Maria. No seu percurso profissional mais recente, e para além de ter presidido à Sociedade Portuguesa de Neuropediatria, Pedro Cabral tem exercido funções de Diretor nos Departamentos de Neurociências do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental e de Neurologia Pediátrica do Hospital Egas Moniz, bem como no Serviço de Pediatria do Hospital S. Francisco Xavier. JOGOS EVOLUI Leia a entrevista realizada pela dupla M&M, Maria ( 9 Anos ) e Margarida ( 6 anos ), jornalistas por um dia, e fique a saber um pouco mais da vida deste médico. Procurando dar resposta às necessidades de pais, educadores, professores e terapeutas que acompanham crianças, adolescentes e adultos com dificuldades diversas e suas famílias, a Majora associou-se ao CADIn. Desta parceria resultou a criação de uma gama especializada de 4 jogos lúdico/didáticos de apoio ao trabalho de intervenção, estimulação e desenvolvimento da aprendizagem, comunicação, raciocínio, autonomia e competências sócioemocionais. M&M Olá, como se chama? PC Chamo-me Pedro Cabral. M&M O que gosta mais de fazer nos tempos livres? PC Gosto de ler, de ouvir música, de andar, de passear M&M De muita coisa! Tem um animal de estimação? PC Não, mas gostava de ter, mas como vivo num andar não consigo. M&M O que gosta mais de fazer no trabalho? PC Bem, isso é uma pergunta um bocado difícil de responder. Com o tempo vou percebendo que apesar de tudo, aquilo de que a gente gosta mais é de sentir que ajudou alguém de alguma forma. Não é para armar-se aos cágados, mas é só porque realmente, no limite, é dessas coisas que uma pessoa se lembra e que são gratificantes. e u consigo + 7 anos Desenvolvimento das competências necessárias para a autonomia c aminho dos segredos 7 aos anos Desenvolvimento das competências que permitem o relacionamento com os outros e u e os outros 5 aos 11 anos Desenvolvimento das competências sociais e de comunicação s afari dos sons 5 a 11 anos Desenvolvimento da consciência dos sons Os jogos já estão à venda no CADIn, por 18. Ao comprar um destes ou a coleção destes jogos está a contribuir para a Bolsa Social do CADIn! 2

3 ENTREVISTA POR FACEBOOK M&M Está feliz com o trabalho novo? PC Estou muito contente e muito feliz com o trabalho novo. Acho que fui muito bem recebido. Foi uma surpresa para mim. Só gostava de fazer melhor e como aconteceu tudo um bocado de repente, sinto que ainda não estou aqui tanto quanto quero estar. M&M Qual é a sua comida preferida? PC Eu sou muito guloso, muito, mas não sei cozinhar, sou muito nabo! M&M O quê? ( risos ) PC Nabo Não, entre aspas em minha casa toda a gente cozinha muito bem, a minha mulher e os meus filhos. M&M Eu também cozinho! M&M Qual é o seu cantor preferido? PC Não é o Justin Bieber. M&M ( Risos ) Parece a minha mãe. PC Gosto muito do Mick Jagger e dos Beatles. Gosto muito de jazz, música clássica... gostava de ter jeito para tocar, interpretar, mas não tenho jeito nenhum. É como para a cozinha, gosto muito, mas não sei fazer! M&M Qual é o seu filme preferido? PC Bem, eu gosto muito de cinema e tenho muitos filmes preferidos. É tão difícil. Eu dantes tinha uma lista dos 20 melhores filmes de sempre e de que gostava muito. Olha, gosto muito de ( deixa-me pensar ) : Hitchcock, Stanley Kubrick, Godard, Truffaut, Elia Kazan M&M Boa! Qual é o seu livro preferido? PC Ai, isso também é o mesmo problema. São muitos livros. M&M Risos PC São muitos livros preferidos. Olha, vou-te dizer, gostei muito do último livro que li que é O teu rosto será o último, mas é muito raro ler romances. Gosto de clássicos, ensaios, de história, mas acabo por agora, não ter tempo para isso, por causa agora do novo emprego, como tu dizes. M&M Qual é a sua cor preferida? PC Bem, é o verde. M&M Nós já sabíamos ( r isos ). A minha também! PC Boa, Maria. M&M A minha não, é o vermelho. Porque escolheu ser médico? PC Vou-te dizer, mas não digas nada a ninguém. Eu escolhi ser médico porque o meu tio era médico e chegava lá só para a meia-noite para nos ver a todos, que estávamos com bexigas. Nós achávamos que aquele era um tio muito especial, que toda a gente ouvia com muita atenção. Penso que foi por uma questão de ser uma coisa prestigiada lá em casa. ( risos ) Fátima Felix Moita Andei anos com o meu filho em médicos e foi este Senhor que lhe fez o diagnóstico e que o ajudou e a nós pais também. Sempre que posso encaminho crianças para este Grande Especialista. Muito obrigada Dr. Pedro Cabral pelo bem que fez a esta família. Bem-haja! (a propósito do novo diretor clínico do CADIn). Helena Oliveira Ainda bem que existem empresas que investem nos seus trabalhadores. Parabéns CADIn e REN. (a propósito da sessão para pais na REN). Linda Lobo Parabéns pelo excelente trabalho que realizam! Representam um porto seguro para muitos pais perdidos, desorientados e mal informados. Bem hajam pela capacidade de esclarecer e ajudar tanta gente com excelência e verdade! OBRIGADA! Lídia Lima Um excelente profissional, sempre disponível! (a propósito do novo diretor clínico do CADIn). 3

4 ENTREVISTA BREVES M&M E é bom! PC Mal comecei a faculdade, percebi que era uma enorme chatice estudar para medicina, mas não havia coragem, na altura, para fazer o que hoje se faz, que é sair com facilidade de um curso e meter-se noutro. Acabei por ser médico e depois acabei por gostar. M&M Qual é o seu sonho preferido? O seu sonho de vida? PC O meu sonho de vida? Bem, isto são perguntas tramadas! ( risos ) Vocês deviam-me ter dado as perguntas primeiro para eu me preparar. Olha, basicamente eu gostava de ter mais tempo, mas isso foi sempre desde o princípio. Por exemplo, para escrever coisas que eu sinto e que fui pensando ao longo da clínica. Gostava de deixá-las escritas, porque acho que continuam a ser coisas que me ajudam no dia-a-dia. Isto é o meu sonho pessoal. O meu sonho internacional é que o Obama ganhasse, e vai ganhar. M&M Que viagem gostava de fazer? PC Hmmm eu por acaso tive a sorte de viajar muito, mas o sítio onde eu gostava mais de ir agora era ao Japão. Nunca fui. M&M Com a sua família? PC Pois claro, a viagem era com a família. M&M O meu pai é piloto de avião e vai a todo o lado. PC Eu também gostava de ter sido piloto, como o pai da Margarida. M&M Risos. Qual era o seu brinquedo preferido, na altura? Quando era pequeno? PC Era um carro e quando tinha 11 anos o meu sonho era ter um daqueles aviões pequeninos que uma pessoa podia pilotar. M&M Praticava ou pratica algum desporto? PC Conforme Tenho uma grande falta de jeito. Nado duas vezes por semana e ando de bicicleta aos domingos, quando posso, com a família e joguei muito ténis. M&M Eu também. Eu ando no ténis. PC Que sorte! É das coisas mais divertida que uma pessoa pode fazer. M&M Obrigada! PC Olha, eu é que agradeço a oportunidade de falar de mim desta forma. Obrigada, Maria, gostei muito. Obrigada, Margarida. NOVOS COLABORADORES NO CADIn A partir de 1 de outubro a Dra. Rita Lopes da Silva, Neuropediatra, passará a fazer parte do corpo clínico do CADIn. Rosário Carmona e Costa, psicóloga clínica, que estagiou durante uns meses no CADIn, colaborando ativamente no projeto Wi-Cad, passou a fazer parte do núcleo da Dislexia e Outras Dificuldades de Aprendizagem. Filipa Tinoco, psicóloga educacional e que até à data exercia a sua atividade no Pólo de Setúbal, também passou a fazer parte do mesmo núcleo. O CADIn agradece à Maria e à Margarida pela forma divertida como nos deram a conhecer o novo Diretor Clínico e dá as BOAS VINDAS ao Dr. Pedro Cabral. Desejamos as Boas Vindas. 4

5 ACONTECEU ACONTECE ACONTECERÁ SESSÃO PARA PAIS NA REN Com o ano letivo a começar também voltou a preocupação dos pais/educadores que querem que o mesmo seja proveitoso e decorra da melhor forma para os seus filhos ou educandos. O CADIn, sempre atento a este problema e no âmbito da sua missão de formação, realizou na REN - Redes Energéticas Nacionais, SGPS, S.A., uma sessão para pais/colaboradores da empresa sobre métodos de estudo - "Saber Estudar, Saber Ensinar a Estudar". Correu muito bem, os muitos pais presentes foram participativos, mostraram-se interessados e recetivos, tendo dado, no final, um feedback muito positivo. JORNADAS DA EDUCAÇÃO 2012/2013 Decorreram nos dias 5 e 6 de setembro mais umas Jornadas da Educação, em S. João da Madeira. Estiveram em cima da mesa assuntos como o papel da Escola junto dos alunos com perturbações do espectro de autismo e hiperatividade, a indisciplina e mediação escolar, as necessidades educativas e o desenvolvimento de competências sociais. T ravão a fundo: como pode a escola travar comportamentos desviantes por Joana Horta, técnica de Educação Especial e Reabilitação, do Núcleo de Défices de Atenção e Outras Perturbações do Comportamento, do CADIn, foi um dos painéis do segundo dia. ENCONTROS TEMÁTICOS Durante o mês de Outubro serão realizados curtos encontros onde a equipa do CADIn vai enquadrar a importância de trabalhar diferentes competências em crianças e jovens com determinadas perturbações do desenvolvimento ou em etapas específicas do desenvolvimento. Cada dia será dedicado a um tema: Dia 3 emoções Dia 11 social Dia 17 linguagem Dia 25 autonomia As sessões serão no CADIn, em Cascais, pelas 17 horas, a as inscrições gratuitas em: 5

6 ACONTECEU ACONTECE ACONTECERÁ EDP REDES ATIVAS O projeto Redes Ativas do Núcleo de Intervenção Socioprofissional do CADIn tem por objetivo contribuir para fomentar a autonomia e inclusão social de portadores de Síndrome de Asperger através de um programa de atividades semanais orientadas para o desenvolvimento das competências sociais e da capacidade de realização de tarefas de vida diária de jovens adultos portadores de Síndrome de Asperger. Este programa decorrerá ao longo de um ano e compreenderá as seguintes atividades: Treino de competências sociais em sala; Curso básico de culinária; Curso básico de Tai Chi; Visitas em grupo a destinos de interesse cultural ou turístico; Curso básico de expressão plástica; Colaboração com instituições de solidariedade social em regime de voluntariado. A Síndrome de Asperger é uma perturbação neurocomportamental de base genética, incluída nas Perturbações do Espectro do Autismo e que se manifesta por alterações na interação social, na comunicação e no comportamento. Estima-se que em Portugal existam portadores deste Síndrome, sendo a prevalência maioritária do sexo masculino. ( 5 :1 ). GREEN RUN A ERP - European Recycling Platform é uma entidade gestora de resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos, a quem compete utilizar uma parte dos resultados da sua atividade na realização de campanhas de sensibilização e informação pública dos utilizadores. Para isso, este ano organizou uma corrida denominada por Green Run, incluída no âmbito do festival ERP REMEMBER CASCAIS, constituída por duas provas simultâneas ( Green Run Family e Green Run Pro ) e que decorreu no dia 8 de Setembro de 2012, com o apoio institucional da Câmara Municipal de Cascais. Por cada inscrição que o CADIn conseguiu a ERP deu 2,5 para a Bolsa Social. Conseguimos 446. Agradecemos à ERP ter escolhido o CADIn como uma das duas instituições beneficiárias e também às empresas que nos ajudaram na divulgação da corrida e na recolha de inscrições pela parte dos seus colaboradores. E por fim, aos corredores e caminhantes pelo empenho e pela boa disposição com que participaram. 6

7 SABIA QUE DESTAQUE PROVEDORIA DA FAMÍLIA CMC APOIO BOLSA SOCIAL A Câmara Municipal de Cascais mantém, desde 2009, uma parceria com o CADIn com o objetivo de facilitar o acesso dos munícipes com fracos recursos económicos aos serviços do Centro. Com o apoio da CMC estas famílias que se debatem com a complexidade de problemas como as Perturbações do Espetro do Autismo, as Dificuldades de Aprendizagem, a Hiperatividade e Défice de Atenção, entre outros, podem recorrer ao CADIn onde encontram uma equipa clínica preparada para diagnosticar e intervir, procurando soluções para os mesmos. São mais de 120 as crianças e jovens residentes no Concelho que anualmente recorrem ao CADIn com o apoio da Bolsa Social, estando cerca de 20 à guarda de Instituições de Solidariedade Social. A articulação com outras instituições do Concelho é uma das caraterísticas deste protocolo que prevê ainda que os técnicos do CADIn realizem ações de formação para técnicos de outras IPSS, contribuindo assim para melhorar o acompanhamento realizado por estas entidades. GLINTT APOIO SOFTWARE A Glintt Healthcare é uma das empresas que apoiam o CADIn com trabalho e conhecimento. O software de gestão hospitalar e o processo clínico da Glintt são ferramentas essenciais para o bom atendimento dos utentes e melhor eficiência da instituição. Como empresa socialmente responsável e reconhecendo o empenho do CADin em servir a comunidade, a Glintt tem vindo a doar parte do trabalho que realiza. OBRIGADO, Glintt, por contribuir para que possamos servir melhor os nossos utentes. O CADIn é uma Instituição que nasceu para servir as famílias que aí procuram uma resposta para as suas necessidades. Compreendemos que poderá ser sempre possível fazer melhor e, por isso, a experiência e visão independente da Provedora de Família ajudanos a atingir esse objetivo. A Provedora da Família, Piedade Líbano Monteiro, estabelece a ligação entre utentes e pessoal técnico e administrativo do CADIn, na procura de mediar soluções para qualquer situação em que possa haver discordância de posições ou até motivo de reparo sobre decisões ou atitudes por parte dos serviços do CADIn. Por outro lado, a Provedora é também um ouvido atento às dificuldades sociais, de ordem jurídica, financeira ou outra, procurando encontrar caminhos ou soluções para a sua resolução ou conciliação com o adequado acompanhamento de carácter médico ou clínico. A Provedora da Família é a representante e a voz dos utentes no CADIn e está disponível para receber as famílias às terças-feiras, entre as 10h00 e as 13h00, mediante marcação. Poderá também contatá-la através do 7

8 E AINDA RESUMO AVALIAÇÃO FORMAÇÕES WI-CAD No âmbito do projeto Wi-Cad, o CADIn realizou durante o primeiro semestre deste ano 41 sessões de sensibilização para as questões que envolvem o uso das novas tecnologias. Foram perto de 700 pessoas entre alunos, pais e professores que ouviram sobre temas como o uso adequado das novas tecnologias, o uso excessivo e o cyberbullying. Num momento em que as crianças e jovens se deparam com novas formas de interação que lhes colocam novos desafios e se constituem, tantas vezes, como novas janelas para relações abusivas, é fundamental que conheçam formas de utilizar corretamente os computadores, jogos online e redes sociais. Também os educadores manifestam a vontade e necessidade de aprofundar o seu conhecimento sobre esta nova área de intervenção para que possam não só integrar as novas tecnologias nas suas práticas educativas como, também, estar aptos a reconhecer e agir perante casos de uso indevido ou dependência. É precisamente para responder a esta necessidade de todos, crianças, jovens, educadores e, até, técnicos, que o CADIn continua a apostar neste projeto! PAIS & FILHOS Na Revista Pais & Filhos de setembro foi publicado o artigo "Vencer a dislexia", por Teresa Diogo que solicitou a colaboração de alguns especialistas em dislexia, nomeadamente de Leonor Ribeiro, coordenadora do Núcleo da Dislexia do CADIn e com especialização em Dificuldades de Aprendizagem. Neste artigo são apresentados alguns casos de crianças com dislexia e apresentados alguns sinais de alerta desta perturbação. São mencionados quais os apoios de que estes alunos devem usufruir e destacada a importância de um "apoio específico e adaptações no processo de ensino-aprendizagem, para que consigam ter sucesso": "os professores do ensino regular não têm recursos suficientes para, sozinhos, darem a melhor resposta a estes alunos, [ ] para tal, deve existir uma equipa multidisciplinar de apoio, que em conjunto partilhe estratégias, preocupações, competências e pense nas melhores respostas para o aluno". O artigo encerra com uma nota de esperança: "Apesar dos mitos e preconceitos, o diagnóstico de dislexia é hoje mais frequente e precoce. Com o devido apoio e muita perseverança, as dificuldades de aprendizagem são quase sempre ultrapassadas. E em lugar da frustração surge a alegria da conquista" NOVA VERSÃO DO LOGOTIPO CADIn O Logótipo do CADIn ganhou uma peça nova. Porque essa é a identidade jurídica da instituição, mas sobretudo para fazer jus ao espírito de solidariedade e de intervenção social que pauta o nosso trabalho, acrescentámos a bola IPSS. A nossa identidade gráfica fica, assim, mais completa. Obrigado à BAR por mais este contributo pro bono. 10

9 NOVOS SERVIÇOS NO PÓLO DE SETÚBAL Desde 25 de Setembro o Pólo de Setúbal disponibiliza Consultas de Psiquiatria, às terças-feiras, com periodicidade quinzenal. O Pólo também já disponibiliza Avaliações que até aqui eram realizadas apenas em Cascais. OBRIGADO E ATÉ AO PRÓXIMO NÚMERO. Para subscrever a nossa newsletter envie um para: HORÁRIO Das 8h30 às 21h00 2ª a 6ª feira Das 9h00 às 17h00 sábado MORADA Edifício CADIn Estrada da Malveira Cascais Av. 5 de outubro, E ( e difício das Finanças ) Setúbal CONTATOS Cascais T: M: F: Setúbal T: M:

Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication

Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication Uma Cidade para Todos Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication Colaboração Nuno Oliveira, coordenador do Serviço de Psicologia do 1º ciclo do Ensino Básico da EMEC - Empresa Municipal

Leia mais

Anexo 2.1 - Entrevista G1.1

Anexo 2.1 - Entrevista G1.1 Entrevista G1.1 Entrevistado: E1.1 Idade: Sexo: País de origem: Tempo de permanência 51 anos Masculino Cabo-verde 40 anos em Portugal: Escolaridade: Imigrações prévias : São Tomé (aos 11 anos) Língua materna:

Leia mais

Tendo isso em conta, o Bruno nunca esqueceu que essa era a vontade do meu pai e por isso também queria a nossa participação neste projecto.

Tendo isso em conta, o Bruno nunca esqueceu que essa era a vontade do meu pai e por isso também queria a nossa participação neste projecto. Boa tarde a todos, para quem não me conhece sou o Ricardo Aragão Pinto, e serei o Presidente do Concelho Fiscal desta nobre Fundação. Antes de mais, queria agradecer a todos por terem vindo. É uma honra

Leia mais

Transcrição de Entrevista nº 5

Transcrição de Entrevista nº 5 Transcrição de Entrevista nº 5 E Entrevistador E5 Entrevistado 5 Sexo Feminino Idade 31 anos Área de Formação Engenharia Electrotécnica e Telecomunicações E - Acredita que a educação de uma criança é diferente

Leia mais

Departamento de Psicologia e de Educação Especial

Departamento de Psicologia e de Educação Especial Departamento de Psicologia e de Educação Especial 1- Avaliação e acompanhamento psicológico Avaliação e acompanhamento psicológico e psicopedagógico individual (promoção da autoestima e comportamentos

Leia mais

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Conhece os teus Direitos A caminho da tua Casa de Acolhimento Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Dados Pessoais Nome: Apelido: Morada: Localidade: Código Postal - Telefone: Telemóvel: E

Leia mais

Como sempre, e de acordo com a nossa missão, continuaremos a dar a conhecer a Síndrome de Asperger e a APSA à sociedade em geral.

Como sempre, e de acordo com a nossa missão, continuaremos a dar a conhecer a Síndrome de Asperger e a APSA à sociedade em geral. Plano de Atividades 2016 INTRODUÇÃO O Plano de Atividades para 2016 agora apresentado tem como mote central DAR SENTIDO. Dar Sentido a tudo o que fazemos, o que nos envolve e o que envolve os outros. Centrarse-á

Leia mais

CQEP Centro para a Qualificação e Ensino Profissional

CQEP Centro para a Qualificação e Ensino Profissional CQEP Centro para a Qualificação e Ensino Profissional Em março de 2014, o Centro para a Qualificação e o Ensino Profissional (CQEP) da Escola Secundária de Felgueiras iniciou a sua missão de informar,

Leia mais

Chat com Fernanda Dia 17 de março de 2011

Chat com Fernanda Dia 17 de março de 2011 Chat com Fernanda Dia 17 de março de 2011 Tema: O papel do terapeuta ocupacional para pessoas em tratamento de leucemia, linfoma, mieloma múltiplo ou mielodisplasia Total atingido de pessoas na sala: 26

Leia mais

Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe!

Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe! Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe! *MELHOR MÃE DO MUNDO Coaching para Mães Disponíveis, www.emotionalcoaching.pt 1 Nota da Autora Olá, Coaching

Leia mais

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses?

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses? Transcrição da entrevista: Informante: nº15 Célula: 5 Data da gravação: Agosto de 2009 Geração: 2ª Idade: 35 Sexo: Masculino Tempo de gravação: 10.24 minutos INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por

Leia mais

Comunicar em segurança protecção de menores na utitilização das TIC

Comunicar em segurança protecção de menores na utitilização das TIC Comunicar em segurança protecção de menores na utitilização das TIC Sustentabilidade social This document is intellectual property of PT and its use or dissemination is forbidden without explicit written

Leia mais

Eu sei o que quero! Eu compro o que quero!

Eu sei o que quero! Eu compro o que quero! Eu sei o que quero! Eu compro o que quero! As pessoas com dificuldades de aprendizagem têm o poder para escolher os seus serviços de apoio. Este folheto está escrito em linguagem fácil. O que é um consumidor?

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão Jorge Esteves Objectivos 1. Reconhecer que Jesus se identifica com os irmãos, sobretudo com os mais necessitados (interpretação e embora menos no

Leia mais

Coaching para pessoas disponíveis, ambos

Coaching para pessoas disponíveis, ambos Nota da Autora 1001 maneiras de ser Feliz, é o meu terceiro livro. Escrevi Coaching para mães disponíveis e Coaching para pessoas disponíveis, ambos gratuitos e disponíveis no site do Emotional Coaching.

Leia mais

Entrevista 1.02 - Brenda

Entrevista 1.02 - Brenda Entrevista 1.02 - Brenda (Bloco A - Legitimação da entrevista onde se clarificam os objectivos do estudo, se contextualiza a realização do estudo e participação dos sujeitos e se obtém o seu consentimento)

Leia mais

EMPREENDEDORISMO: O CONTEXTO NACIONAL

EMPREENDEDORISMO: O CONTEXTO NACIONAL EMPREENDEDORISMO: O CONTEXTO NACIONAL Entrevista com Eng.º Victor Sá Carneiro N uma época de grandes transformações na economia dos países, em que a temática do Empreendedorismo assume uma grande relevância

Leia mais

Lógicas de Supervisão Pedagógica em Contexto de Avaliação de Desempenho Docente. ENTREVISTA - Professor Avaliado - E 5

Lógicas de Supervisão Pedagógica em Contexto de Avaliação de Desempenho Docente. ENTREVISTA - Professor Avaliado - E 5 Sexo Idade Grupo de Anos de Escola docência serviço Feminino 46 Filosofia 22 Distrito do Porto A professora, da disciplina de Filosofia, disponibilizou-se para conversar comigo sobre o processo de avaliação

Leia mais

10 segredos para falar inglês

10 segredos para falar inglês 10 segredos para falar inglês ÍNDICE PREFÁCIO 1. APENAS COMECE 2. ESQUEÇA O TEMPO 3. UM POUCO TODO DIA 4. NÃO PRECISA AMAR 5. NÃO EXISTE MÁGICA 6. TODO MUNDO COMEÇA DO ZERO 7. VIVA A LÍNGUA 8. NÃO TRADUZA

Leia mais

5 Conversas à volta da Motivação

5 Conversas à volta da Motivação 5 Conversas à volta da Motivação SOFRE DA SÍNDROME DO CACHORRINHO? 2 Que limites impõe a si próprio? 1 Um#dos#problemas#que#mais#encontro#nas#vendas#de#hoje#em#dia#quando#trabalho#com# as#equipas#em#termos#de#formação#e#coaching#comercial#tem#a#ver#com#a#síndrome#do#

Leia mais

Lógicas de Supervisão Pedagógica em Contexto de Avaliação de Desempenho Docente ENTREVISTA - Professor Avaliado - E 2

Lógicas de Supervisão Pedagógica em Contexto de Avaliação de Desempenho Docente ENTREVISTA - Professor Avaliado - E 2 Sexo Idade Grupo de docência Feminino 40 Inglês (3º ciclo/secundário) Anos de Escola serviço 20 Distrito do Porto A professora, da disciplina de Inglês, disponibilizou-se para conversar comigo sobre o

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate )

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate ) 1 Roteiro de Áudio Episódio 1 A língua, a ciência e a produção de efeitos de verdade Programa Hora de Debate. Campanhas de prevenção contra DST: Linguagem em alerta SOM: abertura (Vinheta de abertura do

Leia mais

Trabalho 3 Scratch na Escola

Trabalho 3 Scratch na Escola Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade de Coimbra Departamento de Matemática Trabalho 3 Scratch na Escola Meios Computacionais de Ensino Professor: Jaime Carvalho e Silva (jaimecs@mat.uc.pt)

Leia mais

Projetos sociais. Criança Futuro Esperança

Projetos sociais. Criança Futuro Esperança Projetos sociais Newsletter externa ABB - Projetos sociais Criança Futuro Esperança Maria Eslaine conta sobre o início de seu curso profissionalizante 02 De ex-aluno do projeto a funcionário da ABB 04

Leia mais

[Comentários sobre isso. Não transcrito, mas explicado em diário de campo]

[Comentários sobre isso. Não transcrito, mas explicado em diário de campo] [Visionamento das fotos] [Comentários sobre isso. Não transcrito, mas explicado em diário de campo] E- Então o que é que achaste das fotos? E7- Boas. Tá fixe. E- Faz-te lembrar coisas boas ou más? E7-

Leia mais

Você, no entanto, pode nos ajudar!

Você, no entanto, pode nos ajudar! Este livro pode ser adquirido por educação, negócios, vendas ou uso promocional. Embora toda precaução tenha sido tomada na preparação deste livro, o autor não assume nenhuma responsabilidade por erros

Leia mais

Sinopse I. Idosos Institucionalizados

Sinopse I. Idosos Institucionalizados II 1 Indicadores Entrevistados Sinopse I. Idosos Institucionalizados Privação Até agora temos vivido, a partir de agora não sei Inclui médico, enfermeiro, e tudo o que for preciso de higiene somos nós

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

R I T A FERRO RODRIGUES

R I T A FERRO RODRIGUES E N T R E V I S T A A R I T A FERRO RODRIGUES O talento e a vontade de surpreender em cada projecto deixou-me confiante no meu sexto sentido, que viu nela uma das pivôs mais simpáticas da SIC NOTÍCIAS.

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Alexandre da Silva França. Eu nasci em 17 do sete de 1958, no Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu sou tecnólogo em processamento de dados. PRIMEIRO DIA

Leia mais

Gtp+ PROGRAMAS E PROJETOS Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo (GTP+) Fundação em 2000, Recife-PE O Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo é a única ONG da Região Nordeste do Brasil coordenada

Leia mais

10 anos no papel de mãe

10 anos no papel de mãe 10 anos no papel de mãe autodeterminação proteção legal ativação de direitos aceitação respeito inclusão Qualidade de vida 1 o estudo ( ) também não é de somenos traçar um diagnóstico que permita a uma

Leia mais

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012 PROGRAMA DE VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012 VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012 Preparado para mais um Serralves em Festa? É já nos dias 2 e 3 de Junho que se realiza mais uma edição do Serralves

Leia mais

Questionário do Pessoal Docente do Pré-escolar

Questionário do Pessoal Docente do Pré-escolar Questionário do Pessoal Docente do Pré-escolar Liderança 1.1 1.2 1.3 1.4 1. As decisões tomadas pelo Conselho Pedagógico, pela Direção e pelo Conselho Geral são disponibilizadas atempadamente. 2. Os vários

Leia mais

OS AMIGOS NÃO SE COMPRAM

OS AMIGOS NÃO SE COMPRAM OS AMIGOS NÃO SE COMPRAM Era o dia 22 de dezembro. O Natal aproximava-se e o Pai Natal estava muito atarefado a preparar os sacos com os brinquedos. Muito longe dali, em Portugal, um menino chamado João

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

14-5-2010 MARIA JOÃO BASTOS AUTOBIOGRAFIA. [Escrever o subtítulo do documento] Bruna

14-5-2010 MARIA JOÃO BASTOS AUTOBIOGRAFIA. [Escrever o subtítulo do documento] Bruna 14-5-2010 MARIA JOÃO BASTOS AUTOBIOGRAFIA [Escrever o subtítulo do documento] Bruna Autobiografia O meu nome é Maria João, tenho 38 anos e sou natural da Nazaré, onde vivi até há sete anos atrás, sensivelmente.

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 68 Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ Entrevista com DJ Meu nome é Raul Aguilera, minha profissão é disc-jóquei, ou DJ, como é mais conhecida. Quando comecei a tocar, em festinhas da escola e em casa, essas festas eram chamadas de "brincadeiras

Leia mais

Dinâmica e Animação de Grupo

Dinâmica e Animação de Grupo Dinâmica e Animação de Grupo Desenvolvimento de Competências Turma G3D Leandro Diogo da Silva Neves 4848 Índice 1. Introdução... 3 2. Planeamento de desenvolvimento individual... 4 2.1 Competências...

Leia mais

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO. NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO. NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org PROGRAMA DE VOLUNTARIADO NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org WEBSITES: Serviço de Voluntariado Europeu: http://www.sve.pt http://www.facebook.com/l.php?u=http%3a%2f%2fwww.sve.pt%2f&h=z

Leia mais

ano Literatura, Leitura e Reflexão Se m e s t re A r ua de José Ricardo Moreira

ano Literatura, Leitura e Reflexão Se m e s t re A r ua de José Ricardo Moreira 2- Literatura, Leitura e Reflexão 2- ano o Se m e s t re A r ua de s o n s o d o t José Ricardo Moreira PEI_LLR_2ano_2S_H1.indb 1 12/06/2012 18:18:06 Capítulo 1 A sua rua tem calçada? A minha tem! A sua

Leia mais

As Tic- Tecnologias de Informação e Comunicação nos meus Percursos de Vida Pessoal e Profissional

As Tic- Tecnologias de Informação e Comunicação nos meus Percursos de Vida Pessoal e Profissional As Tic- Tecnologias de Informação e Comunicação nos meus Percursos de Vida Pessoal e Profissional 1 Nasci no dia 4 de Novembro de 1967, na freguesia de Vila Boa do Bispo, Concelho de Marco de Canaveses,

Leia mais

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma.

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. PERTO DE TI Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. Jesus! Perto de ti, sou mais e mais. Obedeço a tua voz. Pois eu sei que tu és Senhor, o

Leia mais

Português Língua Estrangeira Teste (50 horas)

Português Língua Estrangeira Teste (50 horas) Português Língua Estrangeira Teste (50 horas) Nome: Data: A Importa-se de responder a umas perguntas? Está bem. Obrigado. 1 Como é que se chama? 2 O que é que faz? 3 Vive aqui agora? 4 Há quanto tempo

Leia mais

R U I P E D R O R E I S

R U I P E D R O R E I S Quem: Rui Pedro Reis Idade: 30 anos Pretexto: É coordenador da SIC Notícias e editor do programa Música do Mundo Outros trabalhos: Foi uma das figuras de uma rádio nacional Imagem: Fanático pelos media

Leia mais

R E L A T Ó R I O D E E N G E N H A R I A D E S O F T W A R E ( 2 0 0 5 / 2 0 0 6 )

R E L A T Ó R I O D E E N G E N H A R I A D E S O F T W A R E ( 2 0 0 5 / 2 0 0 6 ) R E L A T Ó R I O D E E N G E N H A R I A D E S O F T W A R E ( 2 0 0 5 / 2 0 0 6 ) Tendo iniciado no presente ano lectivo 2005/2006 o funcionamento da plataforma Moodle na Universidade Aberta, considerou-se

Leia mais

Anexo 2. . Falar educação Um programa do Instituto de Tecnologia Educativa Radio Televisão Portuguesa (1975) EDUCAÇÃO PELA ARTE

Anexo 2. . Falar educação Um programa do Instituto de Tecnologia Educativa Radio Televisão Portuguesa (1975) EDUCAÇÃO PELA ARTE Anexo 2 O documento que se apresenta em seguida é um dos que consideramos mais apelativos neste estudo visto ser possível ver Cecília Menano e João dos Santos e a cumplicidade que caracterizou a sua parceria

Leia mais

MISSÃO. Heading. A Fundação Realizar Um Desejo é uma filial da Make-A-Wish Internacional.

MISSÃO. Heading. A Fundação Realizar Um Desejo é uma filial da Make-A-Wish Internacional. MISSÃO Heading Copy Here A Fundação Realizar Um Desejo é uma filial da Make-A-Wish Internacional. A Fundação é uma Instituição Particular de Solidariedade Social MISSÃO Realizamos desejos de crianças e

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

2ª SEMANA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA MARÇO

2ª SEMANA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA MARÇO Design & Saúde Financeira para maiores de 50 anos Vera Damazio Laboratório Design Memória Emoção :) labmemo (: O que Design tem a ver com Saúde Financeira para maiores de 50 anos? E o que faz um Laboratório

Leia mais

Agrupamento de Escolas Pioneiras da Aviação Portuguesa EB1/JI Vasco Martins Rebolo

Agrupamento de Escolas Pioneiras da Aviação Portuguesa EB1/JI Vasco Martins Rebolo Era uma vez a família Rebolo, muito simpática e feliz que vivia na Amadora. Essa família era constituída por quatro pessoas, os pais Miguel e Natália e os seus dois filhos Diana e Nuno. Estávamos nas férias

Leia mais

repórter da "Liga dos Últimos" e do "Glamour" e fez um programa sobre bandas de garagem. Depois abriu o Porto Canal, que

repórter da Liga dos Últimos e do Glamour e fez um programa sobre bandas de garagem. Depois abriu o Porto Canal, que "Sou muito persistente, muito lutadora, e vou sempre atrás daquilo que quero, porque sei que conseguirei lá chegar devagarinho, com um passo de cada vez. E continuo a lutar pelos meus obietivos,, Para

Leia mais

24-06-2015. Um programa educativo: Parceiros: A DINÂMICA

24-06-2015. Um programa educativo: Parceiros: A DINÂMICA Um programa educativo: Parceiros: A DINÂMICA 1 COMO PARTICIPAR? APRESENTAÇÃO E INSCRIÇÕES Cada grupo cria a sua página no Facebook Apresentação do Programa Young VolunTeam às escolas no início do ano letivo

Leia mais

Índice. NOTA BIOGRÁFICA... 4 Prefácio... 11 Introdução... 15

Índice. NOTA BIOGRÁFICA... 4 Prefácio... 11 Introdução... 15 Índice NOTA BIOGRÁFICA... 4 Prefácio... 11 Introdução... 15 1 Já não são crianças, ainda não são adultos... 17 1. Desenvolvimento cognitivo... 18 2. Desenvolvimento psicossocial... 20 2 Ajudar a crescer

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 53 Discurso na solenidade de lançamento

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

No E-book anterior 5 PASSOS PARA MUDAR SUA HISTÓRIA, foi passado. alguns exercícios onde é realizada uma análise da sua situação atual para

No E-book anterior 5 PASSOS PARA MUDAR SUA HISTÓRIA, foi passado. alguns exercícios onde é realizada uma análise da sua situação atual para QUAL NEGÓCIO DEVO COMEÇAR? No E-book anterior 5 PASSOS PARA MUDAR SUA HISTÓRIA, foi passado alguns exercícios onde é realizada uma análise da sua situação atual para então definir seus objetivos e sonhos.

Leia mais

OSVALDO. Como também foi determinante a motivação e a indicação feita por um professor.

OSVALDO. Como também foi determinante a motivação e a indicação feita por um professor. OSVALDO Bom dia! Meu nome é Osvaldo, tenho 15 anos, sou de Santa Isabel SP (uma cidadezinha próxima à Guarulhos) e, com muito orgulho, sou bolsista ISMART! Ingressei no ISMART este ano e atualmente estou

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Even e Junior Achievement de Minas Gerais UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados do Projeto... 4 Programa Finanças Pessoais... 5 Conceitos

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

Há 4 anos. 1. Que dificuldades encontra no seu trabalho com os idosos no seu dia-a-dia?

Há 4 anos. 1. Que dificuldades encontra no seu trabalho com os idosos no seu dia-a-dia? Entrevista A13 I Experiência no lar Há quanto tempo trabalha no lar? Há 4 anos. 1 Qual é a sua função no lar? Encarregada de Serviços Gerais. Que tarefas desempenha no seu dia-a-dia? O contacto directo

Leia mais

Desenvolvimento motor do deficiente auditivo. A deficiência auditiva aparece, por vezes, associada a outras deficiências, como

Desenvolvimento motor do deficiente auditivo. A deficiência auditiva aparece, por vezes, associada a outras deficiências, como Texto de apoio ao Curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Desenvolvimento motor do deficiente auditivo A deficiência auditiva aparece, por vezes, associada

Leia mais

CAIXA DE AGUARELAS. Newsletter nº 11 abril 2013 Bimensal. CADIn Vem a Évora

CAIXA DE AGUARELAS. Newsletter nº 11 abril 2013 Bimensal. CADIn Vem a Évora CAIXA DE AGUARELAS Newsletter nº 11 abril 2013 Bimensal CADIn Vem a Évora Nos dias 3 e 4 de maio, o CADIn Centro de Apoio ao Desenvolvimento Infantil estará em Évora para debater a importância e a urgência

Leia mais

Ora, é hoje do conhecimento geral, que há cada vez mais mulheres licenciadas, com mestrado, doutoramentos, pós-docs e MBA s.

Ora, é hoje do conhecimento geral, que há cada vez mais mulheres licenciadas, com mestrado, doutoramentos, pós-docs e MBA s. Bom dia a todos e a todas, Não é difícil apontar vantagens económicas às medidas de gestão empresarial centradas na igualdade de género. Em primeiro lugar, porque permitem atrair e reter os melhores talentos;

Leia mais

ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM?

ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM? ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM? As Áreas de Conteúdo são áreas em que se manifesta o desenvolvimento humano ao longo da vida e são comuns a todos os graus de ensino. Na educação pré-escolar

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

5ª Edição do Projeto "Energia com vida"

5ª Edição do Projeto Energia com vida 5ª Edição do Projeto "Energia com vida" Maria Isabel Junceiro Agrupamento de Escolas de Marvão No presente ano letivo 2014-15, quatro turmas do Agrupamento de Escolas do Concelho de Marvão (8º e 9º anos),

Leia mais

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE Mesmo não acreditando na Educação Criativa, o professor pode fazer uma experiência para ver o resultado. É o caso da professora deste relato. Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br

Leia mais

Lembro-me do segredo que ela prometeu me contar. - Olha, eu vou contar, mas é segredo! Não conte para ninguém. Se você contar eu vou ficar de mal.

Lembro-me do segredo que ela prometeu me contar. - Olha, eu vou contar, mas é segredo! Não conte para ninguém. Se você contar eu vou ficar de mal. -...eu nem te conto! - Conta, vai, conta! - Está bem! Mas você promete não contar para mais ninguém? - Prometo. Juro que não conto! Se eu contar quero morrer sequinha na mesma hora... - Não precisa exagerar!

Leia mais

Apresentação PRO BONO PRO BONO

Apresentação PRO BONO PRO BONO Guia do Voluntário Apresentação A PRO BONO surgiu enquanto forma de aliar o mundo jurídico ao mundo do voluntariado; duas realidades que se desencontram no nosso dia-a-dia mas que acreditamos fazer sentido

Leia mais

Tens Palavras de Vida Eterna

Tens Palavras de Vida Eterna Catequese 40ano Tens Palavras de Vida Eterna Agenda da Palavra de Deus pela minha vida fora ANO A Durante as férias, mantenho-me em contato! CONTATOS DA PARÓQUIA Morada: Telefone: Correio eletrónico: Sítio:

Leia mais

Transcrição de Entrevista n º 24

Transcrição de Entrevista n º 24 Transcrição de Entrevista n º 24 E Entrevistador E24 Entrevistado 24 Sexo Feminino Idade 47 anos Área de Formação Engenharia Sistemas Decisionais E - Acredita que a educação de uma criança é diferente

Leia mais

AJUDA DE MÃE. APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT)

AJUDA DE MÃE. APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT) AJUDA DE MÃE APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT) Objectivos: Informar, apoiar, encaminhar e acolher a mulher grávida. Ajudar cada

Leia mais

Richard Uchôa C. Vasconcelos. CEO LEO Brasil

Richard Uchôa C. Vasconcelos. CEO LEO Brasil Richard Uchôa C. Vasconcelos CEO LEO Brasil O tema hoje é engajamento, vamos falar de dez maneiras de engajar o público em treinamentos a distância. Como vocês podem ver, toda a minha apresentação está

Leia mais

Porquê ler ao meu bebé? Projecto O meu brinquedo é um livro

Porquê ler ao meu bebé? Projecto O meu brinquedo é um livro Porquê ler ao meu bebé? Projecto O meu brinquedo é um livro Porquê ler ao meu bebé? Projecto O meu brinquedo é um livro O meu brinquedo é um livro é um projecto de promoção da leitura proposto pela Associação

Leia mais

Permitam-me algum informalismo e que leve à risca o Protocolo.

Permitam-me algum informalismo e que leve à risca o Protocolo. 1 - Gostaria de pedir um minuto de silêncio em memória de todos os Bombeiros já falecidos e particularmente de Franquelim Gonçalves, que faleceu no desempenho das suas funções; 25 de maio Inauguração do

Leia mais

Para início de conversa 9. Família, a Cia. Ltda. 13. Urca, onde moro; Rio, onde vivo 35. Cardápio de lembranças 53

Para início de conversa 9. Família, a Cia. Ltda. 13. Urca, onde moro; Rio, onde vivo 35. Cardápio de lembranças 53 Rio de Janeiro Sumário Para início de conversa 9 Família, a Cia. Ltda. 13 Urca, onde moro; Rio, onde vivo 35 Cardápio de lembranças 53 O que o homem não vê, a mulher sente 75 Relacionamentos: as Cias.

Leia mais

VAMOS CONSTRUIR UMA CIDADE

VAMOS CONSTRUIR UMA CIDADE VAMOS CONSTRUIR UMA CIDADE Versão adaptada de Eugénio Sena para Wir Bauen Eine Stadt de Paul Hindemith 1. MARCHA (Entrada) Uma cidade nossa amiga Não queremos a cidade antiga. Nós vamos pensar tudo de

Leia mais

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA

INED PROJETO EDUCATIVO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO MAIA INED INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROJETO EDUCATIVO MAIA PROJETO EDUCATIVO I. Apresentação do INED O Instituto de Educação e Desenvolvimento (INED) é uma escola secundária a funcionar desde

Leia mais

Transcrição de Entrevista n º 22

Transcrição de Entrevista n º 22 Transcrição de Entrevista n º 22 E Entrevistador E22 Entrevistado 22 Sexo Masculino Idade 50 anos Área de Formação Engenharia Electrotécnica E - Acredita que a educação de uma criança é diferente perante

Leia mais

Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010)

Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010) 1 of 6 02/12/2011 16:14 Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010) 13:58:20 Bem-vindos ao Bate-papo Educarede! 14:00:54 II Seminário

Leia mais

Como fazer seu blog se destacar dos outros

Como fazer seu blog se destacar dos outros Como fazer seu blog se destacar dos outros Fama. Tráfego. Reconhecimento. Muito dinheiro no bolso. Esses itens certamente estão presentes na lista de desejos de quase todos os blogueiros. Afinal, ninguém

Leia mais

A voz dos professores do Agrupamento de Escolas da Apelação

A voz dos professores do Agrupamento de Escolas da Apelação A voz dos professores do Agrupamento de Escolas da Apelação Rita Monteiro Universidade Católica Portuguesa Abril 2014 Fontes / Referências Roldão (2013, 2008, 2007, 2004) Alarcão (1998) Shulman (2005,

Leia mais

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele O Plantador e as Sementes Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele sabia plantar de tudo: plantava árvores frutíferas, plantava flores, plantava legumes... ele plantava

Leia mais

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching,

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, 5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, Consultoria, Terapias Holísticas e Para Encher Seus Cursos e Workshops. Parte 01 Como Se Posicionar e Escolher os Clientes dos Seus Sonhos 1 Cinco Etapas Para

Leia mais

ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS (Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências)

ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS (Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências) ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS (Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências) APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional Educação (PRODEP III) Objectivos: Reduzir

Leia mais

A DIVERSIDADE NA ESCOLA

A DIVERSIDADE NA ESCOLA Tema: A ESCOLA APRENDENDO COM AS DIFERENÇAS. A DIVERSIDADE NA ESCOLA Quando entrei numa escola, na 1ª série, aos 6 anos, tinha uma alegria verdadeira com a visão perfeita, não sabia ler nem escrever, mas

Leia mais

Como mudar sem Stress

Como mudar sem Stress Como mudar sem Stress Dicas para uma mudança tranquila Christina Klüppel Costa Se quiser receber uma planilha resumo com check list para facilitar a organização e verificação de todos os passos, ou ainda

Leia mais

Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava

Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava O Príncipe das Histórias Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava histórias. Ele gostava de histórias de todos os tipos. Ele lia todos os livros, as revistas, os jornais, os

Leia mais

LER E ESCREVER: APRENDER COM O LÚDICO

LER E ESCREVER: APRENDER COM O LÚDICO LER E ESCREVER: APRENDER COM O LÚDICO Inês Aparecida Costa QUINTANILHA; Lívia Matos FOLHA; Dulcéria. TARTUCI; Maria Marta Lopes FLORES. Reila Terezinha da Silva LUZ; Departamento de Educação, UFG-Campus

Leia mais

Entrevista ao Professor

Entrevista ao Professor Entrevista ao Professor Prof. Luís Carvalho - Matemática Colégio Valsassina - Lisboa Professor Luís Carvalho, agradecemos o tempo que nos concedeu para esta entrevista e a abertura que demonstrou ao aceitar

Leia mais

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar CATEGORIAS OBJECTIVOS ESPECÍFICOS S. C. Sim, porque vou para a beira de um amigo, o Y. P5/E1/UR1 Vou jogar à bola, vou aprender coisas. E,

Leia mais

AGENDA 21 escolar. Pensar Global, agir Local. Centro de Educação Ambiental. Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89" N 9º15'50.

AGENDA 21 escolar. Pensar Global, agir Local. Centro de Educação Ambiental. Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89 N 9º15'50. AGENDA 21 escolar Pensar Global, agir Local Centro de Educação Ambiental Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89" N 9º15'50.84" O 918 773 342 cea@cm-tvedras.pt Enquadramento A Agenda

Leia mais