2º Curso de Actualização Computadores de Bolso em Medicina 2005

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2º Curso de Actualização Computadores de Bolso em Medicina 2005"

Transcrição

1 Faculdade de Medicina de Lisboa Instituto de Formação Avançada Gabinete de Formação Contínua II Curso Pós-Graduado de Actualização COMPUTADORES DE BOLSO EM MEDICINA 30 Setembro e 1 Outubro 2006 Destinatários Médicos, restantes elementos da equipa de saúde e profissionais da área das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) interessados nestas tecnologias e aplicações. Responsável do Curso Prof. Doutor Mário G. Lopes Organização Local Clínica Universitária de Cardiologia, FML Centro Cardiologia Universidade Lisboa Faculdade de Medicina de Lisboa Secretariado Faculdade de Medicina de Lisboa Instituto de Formação Avançada Gabinete de Formação Contínua Av. Prof. Egas Moniz, Lisboa - Telefone: Fax: Endereço: / /

2 Faculdade Medicina Lisboa Clínica Universitária Cardiologia (Mário G. Lopes, Prof. Doutor) 2º Curso de Actualização Computadores de Bolso em Medicina Setembro 2005 (6ª feira) - Sala 7 do Edifício Egas Moniz, FML Os Computadores de Bolso (handheld computers) continuam a invadir as várias actividades relacionadas com a biomedicina (investigação, ensino, prática clínica).tal como a calculadora de mão permitiu acelerar e melhorar o desempenho das actividades que necessitam de usar intensamente os números, estes sistemas informáticos miniaturizados, de uso pessoal, têm demonstrado ter um papel muito importante na forma como investigamos, ensinamos e praticamos a Medicina Clínica. Este 2º curso pretende realizar uma reflexão crítica sobre Computadores de Bolso aplicados à Medicina e definir o estado da arte em Objectivos: Analisar e discutir o papel actual dos Computadores de Bolso na área Biomédica, com particular realce para a sua utilização na prática clínica junto do doente (point-of-care) e os avanços ocorridos em Destinatários: Médicos, restantes elementos da equipa de saúde e profissionais da área das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) interessados nestas tecnologias e respectivas aplicações. Director do Curso: Mário G. Lopes, Prof. Doutor Organização: O curso decorre durante um dia onde são apresentados vários temas seguidos por discussão por um painel de utilizadores que juntarão o seu testemunho às experiências apresentadas. Pretende-se fomentar a interactividade, a discussão, a partilha de experiências e responder a 3 perguntas: Que Aplicações? Que Equipamentos? Como Usar? PROGRAMA 30 Setembro ª feira Sala 7 do Edifício Egas Moniz Os Computadores de Bolso em Medicina em Mário G. Lopes, Manuela Fiuza Os Computadores de Bolso em Cuidados Intensivos O dia-a-dia de um Palm - Leonardo Ferreira, Pedro Póvoa, Filipe Froes PDA s como apoio à prática clínica, ensino e investigação - A. Vaz Carneiro Intervalo Computação móvel em Medicina: Sistema vestível para a monitorização ambulatória de variáveis vitais - Manuel Bernardo Cunha Intervalo A perspectiva dos alunos - David Rasteiro, Tito Leitão A escolha do equipamento e das aplicações - Manuela Fiuza, Pedro Póvoa, David Rasteiro, Tito Leitão, Mário G. Lopes Projecto AMEB (Assistente Médico Electrónico de Bolso) - Mário G. Lopes Informações e Inscrições - Informações adicionais sobre o curso podem ser encontradas em : - Valor da Inscrição: 50,00 Euros (endossado a AIDFM) Inscrições para o curso e help desk em: Dora Ramos Tel: , ext: 44284, Fax: Faculdade de Medicina de Lisboa, Gabinete de Formação Contínua Av. Prof. Egas Moniz Piso Lisboa Faculdade de Medicina de Lisboa Av. Professor Egas Moniz Lisboa Tel: / Fax:

3 II C U R S O P Ó S G R A D U A D O D E A C T U A L I Z A Ç Ã O COMPUTADORES DE BOLSO EM MEDICINA 30 de Setembro de 2005 (Sexta-feira) Edifício Egas Moniz da FML BOLETIM DE INSCRIÇÃO Nome: Telefone: Morada: Código Postal: Local de Trabalho: Categoria Profissional: Licenciatura: Recibo em nome de: Contribuinte nº Valor da Inscrição: 50,00 Euros (Endossado a AIDFM) Pagamento: Numerário Cheque nº Banco Data / /

4 Bibliografia PDA_2005 ordenada pela revista Bibliografia PDA_2005 ordenada pela revista (1) Braddy CM, Blair JE. Colonization of personal digital assistants used in a health care setting. Am J Infect Control 2005; 33(4): (2) Yam CS. Projecting PowerPoint presentations with a PDA. Amer J Roentgenol 184[4], (3) Wilden J, Riley RH. Personal digital assistant (PDA) use amongst anaesthetists: An Australian survey. Anaesth Intensive Care 33[2], (4) Brown H. NETLINES. BMJ 2005; 330(7484):202. (5) Greiver M, Drummond N, White D, Weshler J, Moineddin R. Angina on the palm - Randomized controlled pilot trial of palm PDA software for referrals for cardiac testing. Can Fam Phys 51, (6) Abella BS, Sandbo N, Vassilatos P et al. Chest compression rates during cardiopulmonary resuscitation are suboptimal: a prospective study during in-hospital cardiac arrest. Circulation 2005; 111(4): (7) Knollmann BC, Smyth BJ, Garnett CE et al. Personal digital assistant-based drug reference software as tools to improve rational prescribing: benchmark criteria and performance. Clin Pharmacol Ther 2005; 78(1):7-18. (8) Fu Q, Xue Z, Zhu J, Fors U, Klein G. Anaesthesia record system on handheld computers- -pilot experience and uses for quality control and clinical guidelines. Comput Methods Programs Biomed 2005; 77(2): (9) Taylor PP. Use of handheld devices in critical care. Crit Care Nurs Clin North Am 2005; 17(1):45-50, x. (10) Rowley R. Practicing without paper charts: one clinic's experience. Fam Pract Manag 2005; 12(2): (11) Arnold E, Heddle N, Lane S, Sek J, Almonte T, Walker I. Handheld computers and paper diaries for documenting the use of factor concentrates used in haemophilia home therapy: a qualitative study. Haemophilia 2005; 11(3): (12) PDAs okay for pacemakers, but zip the zapper. Harv Heart Lett 2005; 15(8):6. (13) Knight JF, Baber C. A tool to assess the comfort of wearable computers. Hum Factors 2005; 47(1): (14) Rodriguez J, Goni A, Illarramendi A. Real-time classification of ECGs on a PDA. IEEE Trans Inf Technol Biomed 2005; 9(1): (15) Kushniruk AW, Triola MM, Borycki EM, Stein B, Kannry JL. Technology induced error and usability: The relationship between usability problems and prescription errors when using a handheld application. Int J Med Inform 74[7-8], º Curso Computadores de Bolso em Medicina 30 Set Mário G Lopes 1

5 Bibliografia PDA_2005 ordenada pela revista (16) Stroud SD, Erkel EA, Smith CA. The use of personal digital assistants by nurse practitioner students and faculty. J Am Acad Nurse Pract 2005; 17(2): (17) Sintchenko V, Iredell JR, Gilbert GL, Coiera E. Handheld computer-based decision support reduces patient length of stay and antibiotic prescribing in critical care. J Am Med Inform Assoc 2005; 12(4): (18) Galt KA, Rule AM, Houghton B, Young DO, Remington G. Personal digital assistantbased drug information sources: potential to improve medication safety. J Med Libr Assoc 2005; 93(2): (19) Miller J, Shaw-Kokot JR, Arnold MS et al. A study of personal digital assistants to enhance undergraduate clinical nursing education. J Nurs Educ 2005; 44(1): (20) Hirani S, Hodgkins J, Chen SD, Lucas G. Current products and practices: personal digital assistants in orthodontics. J Orthod 2005; 32(1): (21) Sevick MA, Piraino B, Sereika S et al. A preliminary study of PDA-based dietary selfmonitoring in hemodialysis patients. J Renal Nutr 15[3], (22) Wilson P, Billingsley R, Pellegrino L. PDA power at the bedside. Med Ref Serv Q 2005; 24(2):1-9. (23) Michalowski W, Slowinski R, Wilk S, Farion KJ, Pike J, Rubin S. Design and development of a mobile system for supporting emergency triage. Methods Inf Med 2005; 44(1): (24) Kempf C, Keddad K, Jolivet-Landreau I, Bertin P. [Data recording using a personal digital assistant. Experience of prospective survey on pain in 3196 patients]. Presse Med 2005; 34(5): (25) Yang SY, Zhang YH, Bai J, Wang JS. [Development of a portable ECG and blood pressure monitor based on personal digital assistant (PDA)]. Space Med Med Eng (Beijing) 2005; 18(1): (26) Senger S. Visualizing volumetric data sets using a wireless handheld computer. Stud Health Technol Inform 2005; 111: : (27) Lawler FH, Cacy J. Utilization and value of personal digital assistants on an epidemiology final examination. Teach Learn Med 2005; 17(2): (28) Lane KW. Cell phone-pda system allows remote Urologic diagnoses. Telemed J E Health 11[3], Ref Type: Journal (Full) (29) Cimino JJ, Bakken S. Personal Digital Educators. N Engl J Med 2005; 352(9): º Curso Computadores de Bolso em Medicina 30 Set Mário G Lopes 2

Avaliação de um programa para computador de mão no auxílio ao ensino de oftalmologia para estudantes de medicina

Avaliação de um programa para computador de mão no auxílio ao ensino de oftalmologia para estudantes de medicina 352 ARTIGO ORIGINAL Avaliação de um programa para computador de mão no auxílio ao ensino de oftalmologia para estudantes de medicina Evaluation of a ophthalmology learning support for handheld computer

Leia mais

Construção e Avaliação de um Programa para Computador de Mão para Auxiliar o Ensino de Oftalmologia para Estudantes de Medicina

Construção e Avaliação de um Programa para Computador de Mão para Auxiliar o Ensino de Oftalmologia para Estudantes de Medicina Departamento de Sessão #04 Sala Chilan - 1/12 Construção e Avaliação de um Programa para Computador de Mão para Auxiliar o Ensino de Oftalmologia para Estudantes de Medicina Vladimir Camelo Pinto 1, Thiago

Leia mais

Segurança na Cadeia Terapêutica Medicamentosa. Marinei Ricieri Farmacêutica Clínica

Segurança na Cadeia Terapêutica Medicamentosa. Marinei Ricieri Farmacêutica Clínica Segurança na Cadeia Terapêutica Medicamentosa Marinei Ricieri Farmacêutica Clínica 21-Maio-2014 1 O que (quem) é a Cadeia Terapêutica Medicamentosa? 2 É um sistema complexo de fornecimento de medicação.

Leia mais

Helaine Carneiro Capucho, DSc. Rio de Janeiro, 16 de abril de 2013.

Helaine Carneiro Capucho, DSc. Rio de Janeiro, 16 de abril de 2013. Estratégias para a segurança do paciente na terapia medicamentosa Helaine Carneiro Capucho, DSc. Rio de Janeiro, 16 de abril de 2013. Total de Vidas perdidas por ano Serviços de Saúde são seguros?

Leia mais

Unidades Regionais de Farmacovigilância como Aproximação aos Profissionais de Saúde

Unidades Regionais de Farmacovigilância como Aproximação aos Profissionais de Saúde Unidades Regionais de Farmacovigilância como Aproximação aos Profissionais de Saúde Manuela Pinto Milne UNIDADE DE FARMACOVIGILÂNCIA DO NORTE Faculdade de Medicina da Universidade do Porto Introdução 1.

Leia mais

Transferência da Aprendizagem conduz a resultados sustentados Optimização da Formação em 186%

Transferência da Aprendizagem conduz a resultados sustentados Optimização da Formação em 186% Transferência da Aprendizagem conduz a resultados sustentados Optimização da Formação em 186% Resumo do Estudo Para efeitos deste estudo, analisámos 32 pesquisas que comparam o impacto da formação isolada

Leia mais

ANA SOFIA MARQUES CORREIA ANA SOFIA MARQUES CORREIA Translator since 2007 Tradutora desde 2007 PERSONAL INFORMATION INFORMAÇÃO PESSOAL...

ANA SOFIA MARQUES CORREIA ANA SOFIA MARQUES CORREIA Translator since 2007 Tradutora desde 2007 PERSONAL INFORMATION INFORMAÇÃO PESSOAL... Contents Índice PERSONAL INFORMATION INFORMAÇÃO PESSOAL... 1 ACADEMIC EDUCATION FORMAÇÃO ACADÉMICA... 1 SOFTWARE TOOLS (PC) FERRAMENTAS DE SOFTWARE (PC)... 2 SERVICES SERVIÇOS... 2 TRANSLATION EXPERIENCE

Leia mais

Participou em 20 cursos de actualização e formação contínua e Reuniões Científicas entre 1995 e 2007, em Portugal e no estrangeiro.

Participou em 20 cursos de actualização e formação contínua e Reuniões Científicas entre 1995 e 2007, em Portugal e no estrangeiro. RESUMO DE DADOS CURRICULARES 1. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO Filipa Fernandes Soares Franco Borges de Lemos Nome profissional: Filipa Soares Franco Nascida a 31 de Agosto de 1973 Nacionalidade Portuguesa

Leia mais

Utilização do Computador de Mão Integrado à Telefonia Celular no Atendimento Médico: Desenvolvimento de Sistema e Avaliação

Utilização do Computador de Mão Integrado à Telefonia Celular no Atendimento Médico: Desenvolvimento de Sistema e Avaliação Utilização do Computador de Mão Integrado à Telefonia Celular no Atendimento Médico: Desenvolvimento de Sistema e Avaliação Paulo Salomão 1, Dr. Daniel Sigulem 2 Departamento de Informática em Saúde (DIS)

Leia mais

FICHA DE CURSO. 1. Designação do Curso: 2. Denominação do Diploma ou Certificado. 3. Objectivos Gerais e Enquadramento: 4.

FICHA DE CURSO. 1. Designação do Curso: 2. Denominação do Diploma ou Certificado. 3. Objectivos Gerais e Enquadramento: 4. 1. Designação do Curso: Curso de Especialização Pós-Graduada em Computação Móvel Aplicada 2. Denominação do Diploma ou Certificado Diploma de Pós-Graduação em Computação Móvel Aplicada 3. Gerais e Enquadramento:

Leia mais

Máscara Laríngea. Utilização por Enfermeiros em Situação de Paragem Cardiorrespiratória

Máscara Laríngea. Utilização por Enfermeiros em Situação de Paragem Cardiorrespiratória Máscara Laríngea Utilização por Enfermeiros em Situação de Paragem Cardiorrespiratória Máscara Laringea Objectivos: Demonstrar os benefícios da utilização de mascara laríngea pelos enfermeiros num contexto

Leia mais

mguedes.silva@mjgs.pt ; joao.tedim@sensocomum.pt; joanaviveiro@ordemfarmaceuticos.pt; joaomartinho@ordemfarmaceuticos.pt Assunto:

mguedes.silva@mjgs.pt ; joao.tedim@sensocomum.pt; joanaviveiro@ordemfarmaceuticos.pt; joaomartinho@ordemfarmaceuticos.pt Assunto: Filipe Leonardo De: suporte@sensocomum.pt Enviado: terça-feira, 27 de Outubro de 2009 9:21 Para: mguedes.silva@mjgs.pt ; joao.tedim@sensocomum.pt; joanaviveiro@ordemfarmaceuticos.pt; joaomartinho@ordemfarmaceuticos.pt

Leia mais

Seminário de Discussões Metodológicas

Seminário de Discussões Metodológicas Seminário de Discussões Metodológicas Tecnologias da Educação: identificando o reflexo do chat e fórum de discussão no processo de aprendizagem no ensino superior Alexandre Costa Quintana Orientador: Prof.

Leia mais

Curriculum Vitae de Ricardo Morla

Curriculum Vitae de Ricardo Morla Curriculum Vitae de Ricardo Morla Curriculum Vitae de Ricardo Santos Morla Identificação Ricardo Santos Morla Unidades a que pertence Telecomunicações Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores

Leia mais

IX CURSO DE VERÃO SOBRE DIREITO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO

IX CURSO DE VERÃO SOBRE DIREITO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO FACULDADE DE DIREITO DE LISBOA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE DIREITO INTELECTUAL IX CURSO DE VERÃO SOBRE DIREITO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO Direito de Autor e Direito da Sociedade da Informação 12 a 16 de Julho

Leia mais

Gestão de Crises na Indústria Alimentar

Gestão de Crises na Indústria Alimentar Gestão de Crises na Indústria Alimentar de 1.) Introdução Crise significa lidar com uma situação, muitas vezes, inesperada que pode representar uma ameaça não só para o negócio como para os colaboradores

Leia mais

Empreendedorismo Urbano:

Empreendedorismo Urbano: Empreendedorismo Urbano: As cidades (smart) como oportunidade Seminário PLACES Lisboa, 7 de Março de 2013 estrutura Cidades (smart): uma oportunidade Empreendedorismo urbano: soluções para cidades Caso

Leia mais

Atividade Física e Saúde

Atividade Física e Saúde Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte Elaboração Final: 16 de Agosto de 2001 Autores: Carvalho T, Nóbrega ACL, Lazzoli JK, Magni JRT, Rezende L, Drummond FA, Oliveira MAB, De Rose EH, Araújo CGS,

Leia mais

V CURSO DE VERÃO DE DIREITO DA BIOÉTICA E DA MEDICINA TEMÁRIO 2.ª FEIRA 13/07/09

V CURSO DE VERÃO DE DIREITO DA BIOÉTICA E DA MEDICINA TEMÁRIO 2.ª FEIRA 13/07/09 FACULDADE DE DIREITO DE LISBOA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE DIREITO INTELECTUAL V CURSO DE VERÃO DE DIREITO DA BIOÉTICA E DA MEDICINA 13 a 17 de Julho de 2009 Coordenadores: Prof. Doutor José de Oliveira Ascensão

Leia mais

VI CURSO DE VERÃO DE DIREITO DA BIOÉTICA E DA MEDICINA PROGRAMA 2.ª FEIRA 12/07/10

VI CURSO DE VERÃO DE DIREITO DA BIOÉTICA E DA MEDICINA PROGRAMA 2.ª FEIRA 12/07/10 FACULDADE DE DIREITO DE LISBOA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE DIREITO INTELECTUAL VI CURSO DE VERÃO DE DIREITO DA BIOÉTICA E DA MEDICINA 12 a 16 de Julho de 2010 Coordenadores: Prof. Doutor José de Oliveira

Leia mais

Garantindo a produtividade dos usuários e o máximo uso de aplicações SAP

Garantindo a produtividade dos usuários e o máximo uso de aplicações SAP SAP Forum 2013 Garantindo a produtividade dos usuários e o máximo uso de aplicações SAP Versão 5.0 / Março 2013 Siemens Ltda. 2010 2013. / Todos os direitos reservados. SAP UEM by Knoa Case Siemens A Siemens

Leia mais

PROGRAMA CIENTÍFICO. 25 e 26 fevereiro 2016. Centro de Congressos de Lisboa. Homenagem Nacional: Prof. Doutor A. Pacheco Palha

PROGRAMA CIENTÍFICO. 25 e 26 fevereiro 2016. Centro de Congressos de Lisboa. Homenagem Nacional: Prof. Doutor A. Pacheco Palha Presidente Prof. Doutor A. Pacheco Palha Secretários Gerais Dr. José Canas da Silva e Dr. Rui Cernadas Homenagem Nacional: Prof. Doutor A. Pacheco Palha 25 e 26 fevereiro 2016 Centro de Congressos de Lisboa

Leia mais

DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA SOCIAL E DAS ORGANIZAÇÕES. Mestrado em Psicologia Política

DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA SOCIAL E DAS ORGANIZAÇÕES. Mestrado em Psicologia Política DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA SOCIAL E DAS ORGANIZAÇÕES Mestrado em Psicologia Política 2009/2010 DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA SOCIAL E DAS ORGANIZAÇÕES Objectivos O Mestrado em Psicologia Política procura

Leia mais

5º Congresso da Sociedade Portuguesa de Fitopatologia

5º Congresso da Sociedade Portuguesa de Fitopatologia 5º Congresso da Sociedade Portuguesa de Fitopatologia 22 e 23 de Novembro de 2007 Coimbra www.spfitopatologia.org Instituto do Ambiente e Vida Departamento de Zoologia Universidade de Coimbra 3004 517

Leia mais

Carlos Martins, Médico de Família Associação Portuguesa de Médicos de Clínica Geral www.apmcg.pt Departamento de Clínica Geral da Faculdade de

Carlos Martins, Médico de Família Associação Portuguesa de Médicos de Clínica Geral www.apmcg.pt Departamento de Clínica Geral da Faculdade de Investigação e inovação nos Cuidados de Saúde Primários Da organização europeia à realidade portuguesa Carlos Martins, Médico de Família Associação Portuguesa de Médicos de Clínica Geral www.apmcg.pt Departamento

Leia mais

O Papel. O Percurso do Papel. Os desafios actuais. Integração. Colaboração. Informação. Pessoas Processos Tecnologia

O Papel. O Percurso do Papel. Os desafios actuais. Integração. Colaboração. Informação. Pessoas Processos Tecnologia Electrónico:, e Informação O Papel Facilmente transportável A introdução dados é universal Conversas Fim Tar APDH/HOPE&FIH 11 Maio 2007 Cada profissional adapta o registo às suas preferências Registo dados

Leia mais

UNIVERSIDADE METODISTA DE ANGOLA HORÁRIOS - 2009 LICENCIATURA SEGUNDO SEMESTRE (2º ANO) SEGUNDO ANO

UNIVERSIDADE METODISTA DE ANGOLA HORÁRIOS - 2009 LICENCIATURA SEGUNDO SEMESTRE (2º ANO) SEGUNDO ANO CURSO: GESTÃO A. EMPRESAS - TURNO: MANHÃ A Sala 9 Piso IV Edifício UMA 7:30/9:00 9:15/10:45 11:00/12:30 1 CURSO GESTÃO A. EMPRESAS - TURNO TARDE - A Sala 9 Piso IV Edifício UMA 13:00/14:30 14:45/16:15

Leia mais

SEMINÁRIO. A Dinamização das Zonas Rurais e Diversificação das Actividades nas Explorações Agrícolas CNEMA

SEMINÁRIO. A Dinamização das Zonas Rurais e Diversificação das Actividades nas Explorações Agrícolas CNEMA SEMINÁRIO A Dinamização das Zonas Rurais e Diversificação das Actividades nas Explorações Agrícolas CNEMA 9 de JUNHO de 2008 A Dinamização das Zonas Rurais e Diversificação das Actividades nas Explorações

Leia mais

Utilizadores de computadores que necessitem de usar, configurar e otimizar um sistema operativo.

Utilizadores de computadores que necessitem de usar, configurar e otimizar um sistema operativo. Sistemas Operativos (Windows, Linux e Mac OS) Redes e Sistemas - Sistemas Operativos Nível: Iniciado Duração: 28h Sobre o curso Objetivos: Administrar e configurar o Windows e Linux, introdução aos Sistemas

Leia mais

Projecto de Actividades para a «Iniciativa Escolas, Professores e Computadores Portáteis» Formulário de candidatura

Projecto de Actividades para a «Iniciativa Escolas, Professores e Computadores Portáteis» Formulário de candidatura Projecto de Actividades para a «Iniciativa Escolas, Professores e Computadores Portáteis» Formulário de candidatura (vide instruções no URL: http://www.crie.min-edu.pt/portateis/index.htm) 1. Identificação

Leia mais

Secretariado Executivo 2014 Lisboa. 26 de Junho - Hotel Lisboa Plaza

Secretariado Executivo 2014 Lisboa. 26 de Junho - Hotel Lisboa Plaza VI Conferência Profissional Secretariado Executivo 2014 Lisboa. 26 de Junho - Hotel Lisboa Plaza Novos Desafios e Estratégias Comunicação Assertiva, PNL, Influência - RP e Branding- Novas Tecnologias-

Leia mais

Um projeto de educação clínica para pessoas com Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC)

Um projeto de educação clínica para pessoas com Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC) Um projeto de educação clínica para pessoas com Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC) A clinical education project for people with Chronic Obstructive Pulmonary Disease (DPOC) Carolina Caldeira (IPCB

Leia mais

SMAD-ECG, UM SOFTWARE PARA AUXÍLIO AO DIAGNÓSTICO ATRAVÉS DE ECG E PRONTUÁRIO

SMAD-ECG, UM SOFTWARE PARA AUXÍLIO AO DIAGNÓSTICO ATRAVÉS DE ECG E PRONTUÁRIO SMAD-ECG, UM SOFTWARE PARA AUXÍLIO AO DIAGNÓSTICO ATRAVÉS DE ECG E PRONTUÁRIO Robson Pequeno de Sousa Doutor em Engenharia Elétrica. Professor do curso de Computação do CCT da Universidade Estadual da

Leia mais

Secretariado Executivo 2014 Lisboa. 26 de Junho - Hotel Lisboa Plaza

Secretariado Executivo 2014 Lisboa. 26 de Junho - Hotel Lisboa Plaza VI Conferência Profissional Secretariado Executivo 2014 Lisboa. 26 de Junho - Hotel Lisboa Plaza Novos Desafios e Estratégias Comunicação Assertiva, PNL, Influência - RP e Branding- Novas Tecnologias-

Leia mais

A Modernização Tecnológica no Setor Público: a experiência de cooperação

A Modernização Tecnológica no Setor Público: a experiência de cooperação A Modernização Tecnológica no Setor Público: a experiência de cooperação Clarice Stella Porciuncula 1 Analista de Sistemas da PUC-RS Especialista em Sistemas de Informação e Telemática na UFRGS Analista

Leia mais

Relatório Técnico Científico do projecto APPYBABY Candidatura n.º 30189. 3º Relatório Técnico-Científico. Projecto Appybaby Candidatura QREN n.

Relatório Técnico Científico do projecto APPYBABY Candidatura n.º 30189. 3º Relatório Técnico-Científico. Projecto Appybaby Candidatura QREN n. 3º Relatório Técnico-Científico Projecto Appybaby Candidatura QREN n.º 30189 Índice 1. Projecto e âmbito Descrição da natureza do projecto, linhas orientadoras e grandes eixos de desenvolvimento. 2. Pessoal

Leia mais

Universidade Católica Portuguesa

Universidade Católica Portuguesa Universidade Católica Portuguesa Direcção de Sistemas de Informação Serviços disponíveis aos Alunos 2012/2013 Índice Direcção de Sistemas de Informação Pré requisitos e modo de acesso aos sistemas Pré

Leia mais

Seminário TIC Lisboa, 11 Outubro de 2011

Seminário TIC Lisboa, 11 Outubro de 2011 Seminário TIC Lisboa, 11 Outubro de 2011 As TIC, PILARES DO DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO um evento organizado pela câmara de comércio e indústria luso-francesa EM COLABORAÇÃO COM A CÂMARA DE COMÉRCIO LUSO-SUECA

Leia mais

Instituto Português de Reumatologia

Instituto Português de Reumatologia I 28 29 Novembro 2013 NOVO LOCAL EPIC SANA LISBOA HOTEL AMOREIRAS Programa Provisório I Presidente das Jornadas José Vaz Patto Comissão Organizadora Presidente Ana Assunção Teixeira Coordenadora Maria

Leia mais

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas)

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Professional activities/tasks Design and produce complex ICT systems by integrating

Leia mais

Avaliação do Risco de Quedas: Morse Fall Scale

Avaliação do Risco de Quedas: Morse Fall Scale Avaliação do Risco de Quedas: Morse Fall Scale Enf. Dr. Janete de Souza Urbanetto Professora Curso Enfermagem PUCRS Integrante Grupo Coordenador REBRAENSP Ouro Preto, 2014 Avaliação do Risco de Quedas:

Leia mais

Criação e Desenvolvimento de Novos Negócios no Sector Agro-Alimentar

Criação e Desenvolvimento de Novos Negócios no Sector Agro-Alimentar Curso de Formação Avançada Criação e Desenvolvimento de Novos Negócios no Sector Agro-Alimentar Em colaboração com 9 de Maio a 21 de Junho de 2008 Instituto Superior de Agronomia / Universidade Técnica

Leia mais

INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO. Candidaturas para o Ano Académico 2009/2010

INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO. Candidaturas para o Ano Académico 2009/2010 INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO Candidaturas para o Ano Académico 2009/2010 Serviço de Cooperação com os Países Lusófonos e Latino-Americanos SCPLLA Endereço Reitoria da Universidade

Leia mais

Relatório de Actividades de 2004

Relatório de Actividades de 2004 Relatório de Actividades de 2004 1. Direcção A direcção da ABIC, como é da sua competência, durante o ano de 2004 coordenou e desenvolveu as seguintes actividades no sentido de cumprir o plano de actividades

Leia mais

7º Congresso Unidas de

7º Congresso Unidas de 7º Congresso Unidas de Gestão o de Assistência à Saúde Dra. Rozana Ciconelli Centro Paulista de Economia da Saúde Escola Paulista de Medicina A epidemia da obesidade Como as doenças crônicas afetam a gestão

Leia mais

Secretariado Executivo 2014

Secretariado Executivo 2014 Ciclo de CONFERENCES AT BREAKFAST Secretariado Executivo 2014 01, 02 e 03 de Dezembro. Lisboa Novos Desafios e Estratégias Comunicação Assertiva, PNL, Influência - RP e Branding- Novas Tecnologias- Gestão

Leia mais

Capítulo I Introdução aos Sistemas Distribuídos

Capítulo I Introdução aos Sistemas Distribuídos Capítulo I Introdução aos Sistemas Distribuídos From: Wolfgang Emmerich Engineering Distributed Objects John Wiley & Sons, Ltd 2000 From: Coulouris, Dollimore and Kindberg Distributed Systems: Concepts

Leia mais

Construindo uma Cultura de Segurança

Construindo uma Cultura de Segurança Construindo uma Cultura de Segurança 3as Jornadas de Enfermagem do Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E. Patrícia Fernandes patricia.arfernandes@gmail.com Lisboa, 19 de Maio de 2011 44000 a 98000

Leia mais

SUMÁRIO DO CURRICULUM VITAE

SUMÁRIO DO CURRICULUM VITAE SUMÁRIO DO CURRICULUM VITAE Nome Completo: Lino Manuel Martins Gonçalves. Local e Data de Nascimento: Loulé - Portugal, 23 de Setembro de 1960. Estado civil: Casado Nacionalidade: Portuguesa Morada: Rua

Leia mais

The epidemiological situation of hepatitis C in Portugal

The epidemiological situation of hepatitis C in Portugal The epidemiological situation of hepatitis C in Portugal Paula Peixe Serviço de Gastrenterologia Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, EPE Hospital Egas Moniz Director: Dr Leopoldo Matos Summary Estimated

Leia mais

Reunião de Outono do Grupo de Estudo da Insulinorresistência da Sociedade Portuguesa de Endocrinologia Diabetes e Metabolismo

Reunião de Outono do Grupo de Estudo da Insulinorresistência da Sociedade Portuguesa de Endocrinologia Diabetes e Metabolismo Reunião de Outono do Grupo de Estudo da Insulinorresistência da Sociedade Portuguesa de Endocrinologia Diabetes e Metabolismo Dia: 28 de Novembro de 2015 Local: Porto, Fundação Cupertino de Miranda Tema:

Leia mais

PROCESSO CLÍNICO ELECTRÓNICO

PROCESSO CLÍNICO ELECTRÓNICO PROCESSO CLÍNICO ELECTRÓNICO Rodrigo Nelson Rocha PROCESSO CLÍNICO ELECTRÓNICO: definições Electronic Health Record System (EHR system) Sistema de informação electrónico que integra, além dos Processo

Leia mais

2012 State of the Industry Survey

2012 State of the Industry Survey 2012 State of the Industry Survey Contact Information Por favor, preencha suas informações de contato (* indicates required information) Nome * Título * Title Razão Social completa da Empresa/Organização

Leia mais

. LIDERANÇA. GESTÃO. MOTIVAÇÃO. INSPIRAÇÃO. PERFORMANCE

. LIDERANÇA. GESTÃO. MOTIVAÇÃO. INSPIRAÇÃO. PERFORMANCE Master CLASS Coaching para Managers Saiba como aplicar o Coaching ao serviço da Liderança de Equipas, inspirando e motivando os seus Colaboradores até Performances Extraordinárias Lisboa. 07 a 11 Abr.

Leia mais

Ensaios Clínicos: A Perspectiva da Indústria Farmacêutica

Ensaios Clínicos: A Perspectiva da Indústria Farmacêutica Ensaios Clínicos: A Perspectiva da Indústria Farmacêutica Plataforma Nacional de Ensaios Clínicos Lançamento Oficial Lisboa, 20 de Março 2012 Paula Martins de Jesus Grupo de Trabalho de Investigação Clínica

Leia mais

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004 CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004 O curso de Certificação/Qualificação de Auditores Internos é constituído por 2 módulos com avaliação escrita: 1. Interpretação

Leia mais

Assumir funções para gerir com excelência Investir

Assumir funções para gerir com excelência Investir Assumir funções para gerir com excelência Investir de 1.) Introdução Conseguir que o Executivo domine os seus pontos fracos e reforce os seus pontos fortes / trunfos no desenvolvimento da Empresa proporcionando

Leia mais

Vanda Freitas Castro. Curriculum Vitae. Vanda Filipa Viseu Cândido de Freitas Castro

Vanda Freitas Castro. Curriculum Vitae. Vanda Filipa Viseu Cândido de Freitas Castro Curriculum Vitae Vanda Filipa Viseu Cândido de Freitas Castro 1 CURRICULUM VITAE (Abreviado) 1. IDENTIFICAÇÃO Nome: Vanda Filipa Viseu Cândido de Freitas Castro Cédula Profissional: N.º 12698 E-mail: vfilips@gmail.com

Leia mais

PHC dmanager. O módulo PHC dmanager permite ao gestor deter um controlo remoto constante sobre a sua empresa, onde quer que se encontre.

PHC dmanager. O módulo PHC dmanager permite ao gestor deter um controlo remoto constante sobre a sua empresa, onde quer que se encontre. PHC dmanager DESCRITIVO O módulo PHC dmanager permite ao gestor deter um controlo remoto constante sobre a sua empresa, onde quer que se encontre. PHC dmanager A solução ideal para monitorizar via Internet

Leia mais

Regulamento das Consultas Externas. Índice

Regulamento das Consultas Externas. Índice Índice CAPÍTULO I...4 DISPOSIÇÕES GERAIS...4 ARTIGO 1º...4 (Noção de Consulta Externa)...4 ARTIGO 2º...4 (Tipos de Consultas Externas)...4 ARTIGO 3º...4 (Objectivos do Serviço de Consulta Externa)...4

Leia mais

Factor de Impacto de Revistas Científicas na Área de Enfermagem

Factor de Impacto de Revistas Científicas na Área de Enfermagem U N I D A D E D E I N V E S T I G A Ç Ã O ( U I C I S A - d E ) Factor de Impacto de Revistas Científicas na Área de Enfermagem Impact Factor of Scientific Journals in the Nursing Area Fernanda Maria B.

Leia mais

NORMA. Francisco George Diretor-Geral da Saúde. Norma nº 003/2015 de 11/03/2015 1/5

NORMA. Francisco George Diretor-Geral da Saúde. Norma nº 003/2015 de 11/03/2015 1/5 NÚMERO: 003/2015 DATA: 11/03/2015 ASSUNTO: Avaliação da Cultura de Segurança do Doente nos Cuidados de Saúde Primários PALAVRAS-CHAVE: Segurança do Doente; avaliação da cultura de segurança PARA: Agrupamentos

Leia mais

Pré diabetes. Diagnóstico e Tratamento

Pré diabetes. Diagnóstico e Tratamento Pré diabetes Diagnóstico e Tratamento Zulmira Jorge Assistente Hospitalar Endocrinologia do Hospital Santa Maria Endocrinologista do NEDO e do Hospital Cuf Infante Santo Diabetes Mellitus Diagnóstico PTGO

Leia mais

Programa 1º Workshop Posicionar o Planeamento e Controlo de Gestão no Hospital. 6-7 Maio 2009 4ªf-5ªf

Programa 1º Workshop Posicionar o Planeamento e Controlo de Gestão no Hospital. 6-7 Maio 2009 4ªf-5ªf Programa 1º Workshop Posicionar o Planeamento e Controlo de Gestão no Hospital 6-7 Maio 2009 4ªf-5ªf A crescente relevância que as áreas do planeamento e controlo de gestão têm assumido na gestão das organizações

Leia mais

Análise da prescrição médica associada ao diagnóstico de. cistite no contexto da Medicina Geral e Familiar

Análise da prescrição médica associada ao diagnóstico de. cistite no contexto da Medicina Geral e Familiar Análise da prescrição médica associada ao diagnóstico de cistite no contexto da Medicina Geral e Familiar Artigo realizado por: Cláudia Amorim Vaz 6º ano Mestrado Integrado em Medicina 2011/2012 - ICBAS-UP

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS COORDENADORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS International Relations Office FORMULÁRIO DE CANDIDATURA PARA ESTUDANTE DE INTERCÂMBIO EXCHANGE STUDENT APPLICATION FORM Semestre

Leia mais

Universidade Fernando Pessoa

Universidade Fernando Pessoa Objectivos da cadeira reconhecer, criar e explorar um recurso de informação usar tecnologias de informação emergentes para a gestão eficaz do recurso informação discutir o impacto das tecnologias de informação

Leia mais

Caracterização dos doentes toxicodependentes observados pela equipa de Psiquiatria de Ligação - análise comparativa dos anos de 1997 e 2004

Caracterização dos doentes toxicodependentes observados pela equipa de Psiquiatria de Ligação - análise comparativa dos anos de 1997 e 2004 Caracterização dos doentes toxicodependentes observados pela equipa de Psiquiatria de Ligação - análise comparativa dos anos de 1997 e 2004 Joana Alexandre *, Alice Luís ** Resumo Analisaram-se as características

Leia mais

Abstract. R. F. Brito 1, S. R. de Carvalho 2, S. M. M. de L. e Silva 3

Abstract. R. F. Brito 1, S. R. de Carvalho 2, S. M. M. de L. e Silva 3 Estimativa Do Fluxo De Calor Em Uma Ferramenta De Corte Durante Um Processo De Usinagem Com O Uso Do Software COMSOL Multiphysics E De Técnicas De Problemas Inversos R. F. Brito 1, S. R. de Carvalho 2,

Leia mais

Hospitais da Universidade de Coimbra Centro de Simulação Biomédica Serviço de Anestesiologia Bloco Operatório Central

Hospitais da Universidade de Coimbra Centro de Simulação Biomédica Serviço de Anestesiologia Bloco Operatório Central Hospitais da Universidade de Coimbra Centro de Simulação Biomédica Serviço de Anestesiologia Bloco Operatório Central Curso Gestão para executivos hospitalares - Uma questão de competitividade Hospitais

Leia mais

MOBILE-HEALTH: O CONSULTÓRIO NO MEU BOLSO?

MOBILE-HEALTH: O CONSULTÓRIO NO MEU BOLSO? DESAFIOS EM E-HEALTH COMO APROXIMAR O CARDIOLOGISTA DO SEU DOENTE? MOBILE-HEALTH: O CONSULTÓRIO NO MEU BOLSO? JOSÉ FERREIRA SANTOS EM 2016 2-3 PESSOAS EM CADA 6 VÃO TER UM SMARTPHONE SMARTPHONE: UM

Leia mais

A TRANSFORMAÇÃO TECNOLÓGICA NA SAÚDE EM PORTUGAL - QUADRATURA DO CÍRCULO NO SNS

A TRANSFORMAÇÃO TECNOLÓGICA NA SAÚDE EM PORTUGAL - QUADRATURA DO CÍRCULO NO SNS A TRANSFORMAÇÃO TECNOLÓGICA NA SAÚDE EM PORTUGAL - QUADRATURA DO CÍRCULO NO SNS Moderador: Prof. Dr. Álvaro Rocha Dr. Ponciano Oliveira ARS Norte, IP Dr. Lúcio Meneses de Almeida ARS Centro, IP Dr. Cunha

Leia mais

A - Informação acerca do Doente e do Medicamento

A - Informação acerca do Doente e do Medicamento NÚMERO: 014/2015 DATA: 17/12/2015 ASSUNTO: PALAVRAS-CHAVE: PARA: CONTACTOS: Processo de Gestão da Medicação Segurança do doente; segurança na medicação; processo de gestão da medicação Direções Clínicas

Leia mais

Ágata Dourado Sequeira CURRICULUM VITAE

Ágata Dourado Sequeira CURRICULUM VITAE Ágata Dourado Sequeira CURRICULUM VITAE Almada 2014 CURRICULUM VITAE Maio, 2014 1 DADOS PESSOAIS Nome: Nome de citação bibliográfica preferencial: Sexo: Nascimento: Ágata Dourado Sequeira Sequeira, Ágata

Leia mais

Apresentação de Solução

Apresentação de Solução Apresentação de Solução Solução: Gestão de Altas Hospitalares Unidade de negócio da C3im: a) Consultoria e desenvolvimento de de Projectos b) Unidade de Desenvolvimento Área da Saúde Rua dos Arneiros,

Leia mais

IV JORNADAS CIÊNCIAS DA NUTRIÇÃO FREQUÊNCIA DA DESNUTRIÇÃO EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS COM DOENÇAS NEUROLÓGICAS. Monte da Caparica, 2015

IV JORNADAS CIÊNCIAS DA NUTRIÇÃO FREQUÊNCIA DA DESNUTRIÇÃO EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS COM DOENÇAS NEUROLÓGICAS. Monte da Caparica, 2015 1 FREQUÊNCIA DA DESNUTRIÇÃO EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS COM DOENÇAS NEUROLÓGICAS Rita Gomes 1, Diana Miranda 5, Paula Pereira 2, Catarina Godinho 2,3,5, Joaquim J. Ferreira 3,4, 1 Centro de Desenvolvimento

Leia mais

APLICAÇÕES EM MOBILIDADE

APLICAÇÕES EM MOBILIDADE APLICAÇÕES EM MOBILIDADE X CBIS Florianópolis 2006 Teresa Sacchetta, MD, PhD, MBA CIO GESTORA FLEURY S.A. FLEURY S.A. Prestação de serviços na área de saúde Fundado em 1926 Laboratório de Referência 270

Leia mais

PHC dmanager. O controlo remoto constante da empresa

PHC dmanager. O controlo remoto constante da empresa Descritivo PHC dmanager PHC PHC dmanager O controlo remoto constante da empresa A solução ideal para monitorizar via Internet as áreas comercial e financeira da empresa e controlar as suas vendas, clientes

Leia mais

UNIDADE DE PESQUISA CLÍNICA Centro de Medicina Reprodutiva Dr Carlos Isaia Filho Ltda. SAMPLE SIZE DETERMINATION FOR CLINICAL RESEARCH

UNIDADE DE PESQUISA CLÍNICA Centro de Medicina Reprodutiva Dr Carlos Isaia Filho Ltda. SAMPLE SIZE DETERMINATION FOR CLINICAL RESEARCH SAMPLE SIZE DETERMINATION FOR CLINICAL RESEARCH Duolao Wang; Ameet Bakhai; Angelo Del Buono; Nicola Maffulli Muscle, Tendons and Ligaments Journal, 2013 Santiago A. Tobar L., Dsc. Why to determine the

Leia mais

ISPA Instituto Universitário

ISPA Instituto Universitário ISPA Instituto Universitário Marketing na Saúde Uma ferramenta para todos os profissionais de saúde. "Está na altura de dominar melhor o mercado" 18 e 25 de Outubro 2014, ISPA (12 horas intensivas) Destinatários

Leia mais

Maria da Conceição Gonçalves Costa

Maria da Conceição Gonçalves Costa Maria da Conceição Gonçalves Costa Identificação pessoal Conceição Costa tem um Master of Arts in Business Communication and Public Relations pela European University (equivalência a grau de mestre pela

Leia mais

HIV e Acupuntura: Perspectivas e Qualidade de Vida

HIV e Acupuntura: Perspectivas e Qualidade de Vida HIV e Acupuntura: Perspectivas e Qualidade de Vida Dr Marco Broitman Unidade de Medicinas Tradicionais SMS São Paulo Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo Hospital Estadual Mário Covas de

Leia mais

Sistemas Solar Fotovoltaicos (Projectista)

Sistemas Solar Fotovoltaicos (Projectista) Sistemas Solar Fotovoltaicos (Projectista) DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, à 2ª e 4ª, das 19h00 às 23h00 ou Sábado, das 9h00 às 13h00 e das

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO:

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO: CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO: SISTEMA DE NORMALIZAÇÃO CONTABILÍSTICA (SNC) Apresentação A Comissão de Normalização Contabilística aprovou em Julho de 2007 o projecto do novo Sistema de Normalização Contabilística

Leia mais

PONTNews Solução Comercial de e-marketing

PONTNews Solução Comercial de e-marketing PONTNews Solução Comercial de e-marketing Dossier de Produto DP010.03 02/01/2009 A Pontual A Pontual é uma empresa de capitais 100% nacionais, cuja principal actividade é implementação de Sistemas de Informação

Leia mais

O módulo dmanager permite ao gestor deter um controlo remoto constante sobre a sua empresa, onde quer que se encontre.

O módulo dmanager permite ao gestor deter um controlo remoto constante sobre a sua empresa, onde quer que se encontre. Descritivo completo PHC dmanager A solução ideal para monitorizar via Internet as áreas comercial e financeira da empresa e controlar as suas vendas, clientes e fornecedores, encomendas e stocks. Benefícios

Leia mais

CRONOGRAMA DE APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS CR3+2015 11.11.15

CRONOGRAMA DE APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS CR3+2015 11.11.15 Horários 13h30 às 15h30 11.11.15 13h30 às 15h30 SESSÃO 1: APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS Sala 1 Painel Estratégias e Horários Sala 2 - Painel Políticas Públicas e Práticas Sustentáveis P1 Consumo e Produção

Leia mais

Levantamento Epidemiológico em Saúde Bucal Utilizando Ferramentas Móveis

Levantamento Epidemiológico em Saúde Bucal Utilizando Ferramentas Móveis Levantamento Epidemiológico em Saúde Bucal Utilizando Ferramentas Móveis José Remo Ferreira Brega¹, José Roberto Pereira Lauris² Pedro Rogério Cavalca Moreira³, Renan Claro Pereira³ ¹,3 Laboratório de

Leia mais

Diogo Assunção HP C&I Lead Solution Consultant - Healthcare. Gestão Integrada do Processo Clínico

Diogo Assunção HP C&I Lead Solution Consultant - Healthcare. Gestão Integrada do Processo Clínico Diogo Assunção HP C&I Lead Solution Consultant - Healthcare Gestão Integrada do Processo Clínico A HP na Saúde O que a HP faz Technology for better business outcomes A nossa proposta de valor Fornecer

Leia mais

Suporte à Autogestão na Doença Crónica. SelfManagementSupport@ensp.unl.pt

Suporte à Autogestão na Doença Crónica. SelfManagementSupport@ensp.unl.pt Suporte à Autogestão na Doença Crónica SelfManagementSupport@ensp.unl.pt !" #$ # Tantos Doentes, Tão Pouco Tempo Distribuição de Necessidades em Saúde (Kaiser Permanente) COMUNIDADE SUPORTE AUTOGESTÃO

Leia mais

Usabilidade e Ergonomia. Usabilidade de Software. Ergonomia. Usabilidade. Ergonomia (International Ergonomics Association em 2000)

Usabilidade e Ergonomia. Usabilidade de Software. Ergonomia. Usabilidade. Ergonomia (International Ergonomics Association em 2000) Usabilidade e Ergonomia Usabilidade de Software INF01043 Interação Homem-Computador 2006/2 Ergonomia (International Ergonomics Association em 2000) Ergonomics (or human factors) is the scientific discipline

Leia mais

Avaliação de desempenho

Avaliação de desempenho de 1.) Introdução A gestão e avaliação do desempenho é uma das ferramentas fundamentais da gestão de recursos humanos e a base para se reter, desenvolver e potenciar o talento em qualquer organização.

Leia mais

INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO. Candidaturas para o Ano Académico 2011/2012

INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO. Candidaturas para o Ano Académico 2011/2012 INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO Candidaturas para o Ano Académico 2011/2012 Serviço de Cooperação com os Países Lusófonos e Latino-Americanos SCPLLA Endereço Reitoria da Universidade

Leia mais

3'$ 6 7DWLDQD$OYHV/HVVQDX 3URI$OHVVDQGUR=LPPHU H3URI(PHUVRQ3DUDLVR

3'$ 6 7DWLDQD$OYHV/HVVQDX 3URI$OHVVDQGUR=LPPHU H3URI(PHUVRQ3DUDLVR 6,67(0$'(*(5(1&,$0(172&86720,=È9(/%$6($'2(0 3'$ 6 7DWLDQD$OYHV/HVVQDX 3URI$OHVVDQGUR=LPPHU H3URI(PHUVRQ3DUDLVR 1, 2,3 UNICENP Centro Universitário Positivo Rua Professor Viriato Parigot de Souza, 5300

Leia mais

NUTRIMOBILE: UM SISTEMA DE AVALIAÇÃO DO ESTADO NUTRICIONAL DE PACIENTES HOSPITALIZADOS PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS

NUTRIMOBILE: UM SISTEMA DE AVALIAÇÃO DO ESTADO NUTRICIONAL DE PACIENTES HOSPITALIZADOS PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS NUTRIMOBILE: UM SISTEMA DE AVALIAÇÃO DO ESTADO NUTRICIONAL DE PACIENTES HOSPITALIZADOS PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS Rodolfo Dias Correia 1,3, Natália Santana Chiari 2,3, Domingos Alves 3 e Anderson Merliere

Leia mais

Mobilidade Sustentável em Comunidades Escolares: Prespectivas sobre um Desafio

Mobilidade Sustentável em Comunidades Escolares: Prespectivas sobre um Desafio Projecto A Pé para a Escola Mobilidade Sustentável em Comunidades Escolares: Prespectivas sobre um Desafio Mário J Alves Objectivos Estratégicos O Projecto A Pé para a Escola tem dois objectivos estratégicos:

Leia mais

PLANO TIC ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE MACHICO

PLANO TIC ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE MACHICO PLANO TIC ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE MACHICO 2010-2011 O Coordenador TIC Maria Jacinta Lopes IDENTIFICAÇÃO DO COORDENADOR TIC Maria Jacinta Lopes 962937650 marijacinta@gmail.com CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA

Leia mais

INSTITUTO DE GESTÃO INFORMÁTICA E FINANCEIRA DA SAÚDE

INSTITUTO DE GESTÃO INFORMÁTICA E FINANCEIRA DA SAÚDE PROTOCOLO Entre INSTITUTO DE GESTÃO INFORMÁTICA E FINANCEIRA DA SAÚDE, instituto público, com sede em Lisboa, na Av. da República, nº 61, representado por José António de Matos Taborda Farinha, na qualidade

Leia mais