SUMÁRIO MANUAL DE INCLUSÃO DE PESSOA JURÍDICA INSTRUÇÕES GERAIS...2. Bancárias...9 Principais Clientes CABEÇALHO...3

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SUMÁRIO MANUAL DE INCLUSÃO DE PESSOA JURÍDICA INSTRUÇÕES GERAIS...2. Bancárias...9 Principais Clientes...9 1. CABEÇALHO...3"

Transcrição

1 SUMÁRIO INSTRUÇÕES GERAIS CABEÇALHO INFORMAÇÕES CADASTRAIS...4 Cliente...4 Contador ENDEREÇOS...6 Sede Social...6 Endereço Anterior...6 Endereço Alternativo INFORMAÇÕES DOS SÓCIOS...7 Principais Sócios...7 Controle Acionário/Holding REFERÊNCIAS...9 Fornecedores...9 Bancárias...9 Principais Clientes OPERAÇÃO I...10 Inclusão de Bens...10 Inclusão de Bens...11 Despesa...12 Datas de Vencimento...15 Informações adicionais...16 Finalização da inclusão...16 Pendências na inclusão RESUMO INCLUSÃO DO AVALISTA DA EMPRESA...19 Um avalista...19 Dois ou mais avalistas...19 HELPDESK...20

2 INSTRUÇÕES GERAIS Em todo o preenchimento da Proposta de Financiamento não devem ser utilizados caracteres de pontuação ou especiais. Este procedimento é fundamental para que não ocorram erros no processamento do contrato e na geração de carnês de pagamento, gravames, instrumentos de liberação do veiculo ou outros documentos gerados por meio do sistema. São considerados caracteres especiais e de pontuação os seguintes: Ç ` ~ ^ * ª º & * % $ # - _ :., ( ) { } [ ] + = / \ ;?! Será responsabilidade das concessionárias checar e conferir os dados informados na ficha cadastral conforme os documentos apresentados.

3 1. CABEÇALHO Produto: Informar o tipo de operação (CDC ou Leasing). Concessionária: Informar o código da assistência técnica da concessionária. Data: Informa a data de inclusão da proposta de financiamento (preenchimento automático). Vendedor: Selecionar o funcionário responsável pelas informações (pré-cadastrado). Tabela: Selecionar o código de tabela autorizado para a concessionária (pré-cadastrado). CNPJ da empresa: Informar o número do CNPJ da empresa (cliente). Clique em Confirmar.

4 2. INFORMAÇÕES CADASTRAIS Cliente Razão social: Informar a razão social completa da empresa (o primeiro e o último nome não poderão ser abreviados). Nome fantasia: Informar o nome fantasia completo (sem abreviações). DDD/telefone/fax/ramal: Informar o código da área seguido pelo número do telefone/fax, e ramal, se houver. Informar da empresa, caso haja. Pertence a um grupo econômico: Selecionar se o cliente (empresa) pertence ou não a um grupo econômico (holding). Correspondência (importante): Selecionar conforme o endereço do local escolhido pelo cliente, para o envio do boleto e outras correspondências. Conforme a escolha do cliente, deve-se optar pelo endereço COMERCIAL (endereço sede da empresa) ou ALTERNATIVO (outro endereço existente e válido de preferência do cliente). Ramo atividade: Informar o ramo de atividade da empresa (comércio, estatal, indústria e serviços). Capital social: Informar o valor do capital social da empresa (cliente). Última alteração: Informar a data da última alteração

5 2. INFORMAÇÕES CADASTRAIS ocorrida no contrato social da empresa. Data da fundação: Informar a data de fundação/constituição da empresa. Faturamento médio: Informar o valor de faturamento médio mensal da empresa. Quantidade de funcionários: Informar a quantidade de funcionários da empresa, se houver. Quantidade de filiais: Informar a quantidade de filiais da empresa, se houver. Contador Nome: Informar o nome do contador responsável pela empresa. DDD/telefone/fax/ramal: Informar o código da área seguido pelo número do telefone/fax, e ramal, se houver.

6 3. ENDEREÇOS Sede Social Endereço: Informar o endereço sede da empresa (completo), atentando-se ao complemento do endereço e ao número do CEP Tempo no local: Informar o período que a empresa está no endereço da sede. Endereço Anterior Endereço: Informação obrigatória, caso a empresa esteja no endereço sede em um período inferior a um ano. Endereço Alternativo Endereço: Campo disponibilizado somente quando o cliente optar por receber o boleto e outras correspondências para outro endereço existente e válido de preferência do cliente, conforme informado no campo correspondências na tela de informações cadastrais (veja página 03).

7 4. INFORMAÇÕES DOS SÓCIOS Principais Sócios Tipo pessoa: Informar se os principais sócios da empresa (cliente) são pessoas físicas ou pessoas jurídicas. CPF/CNPJ: Informar o número do CPF, quando os sócios forem pessoas físicas, ou o número do CNPJ, quando se tratar de pessoas jurídicas. Nome do sócio: Informar os nome e/ou razão social completo dos sócios. Cargo do sócio: Informar o cargo ocupado pelos sócios da empresa (cliente). Ex.: presidente, diretor, etc. Data do início do mandato: Informar a data de admissão na sociedade e/ou data do início da vigência do mandato dos sócios da empresa. % de participação: Informar a porcentagem de cotas do capital social da empresa que os sócios possuem. Controle Acionário/Holding Tipo pessoa: Informar se o acionista da empresa (cliente) é pessoa física ou pessoa jurídica, se houver. CPF/CNPJ do acionista: Informar o número do CPF, caso o acionista seja pessoa física. Se for empresa, informar o número do CNPJ. Nome do acionista: Informar o nome e/ou razão social completo do acionista.

8 4. INFORMAÇÕES DOS SÓCIOS % de partic. do acionista: Informar a porcentagem de cotas do capital social da empresa que o sócio acionista possui. EMPRESAS COLIGADAS CNPJ: Informar o número do CNPJ da empresa coligada, se houver. Nome emp. coligada: Informar a razão social completa da empresa coligada. Cidade e UF emp.coligada: Informar o nome da cidade e a sigla do estado onde está sediada a empresa coligada.

9 5. REFERÊNCIAS Fornecedores Nome do fornecedor: Informar o nome do principal fornecedor. DDD/telefone/ramal: Informar o código da área, seguido do número do telefone, e ramal, se houver. Contato: Informar o nome do contato que poderá fornecer as informações comerciais da empresa. Bancárias Banco/agência/c.c. /dig.: Informar o código do banco, agência e o número da conta corrente (todos sem o dígito). O digito da conta corrente deve ser informando em campo específico Dígito. DDD/telefone/ramal: Informar o código de área, o número do telefone seguido do ramal, se houver. Contato: Informar o nome do gerente da conta corrente. Principais Clientes Nome cliente: Informar o nome do principal cliente da empresa. DDD/telefone/ramal: Informar o código da área, seguido do número do telefone, e ramal, se houver. Contato: Informar o nome do contato que poderá fornecer as informações comerciais.

10 6. OPERAÇÃO I Inclusão de Bens Para incluir o bem/garantia, clicar na opção Incluir. 10

11 6. OPERAÇÃO I Inclusão de Bens Após clicar em incluir esta tela surgirá. Preencha os campos informando os detalhes do bem/garantia. Marca: Informar a marca do bem/garantia a ser financiado. Modelo: Selecionar o modelo que será financiado. Ano fabricação: Informar o ano de fabricação do bem/garantia. Ano modelo: Informar o ano do modelo do bem/garantia. Zero km.: Campo preenchido automaticamente pelo sistema conforme tabela utilizada. Combustível: Preenchimento automático pelo sistema. Placa (somente para veículos): Caso o bem/garantia a ser fianciado seja usado, informar dados da placa. UF placa: Informar a UF do bem/garantia a ser financiado, quando este for usado. Valor venda: Informar o valor do veículo negociado entre cliente e concessionária, sempre considerando o preço de NOA/Tabela de preço sugerido de venda ao público. 11 Valor mercado: Informa o valor de mercado do veículo

12 6. OPERAÇÃO I com base nas tabelas de preços (preenchimento automático). Fonte informação: Informa a base para o preço de mercado - Molicar, NOA, entre outras (preenchimento automático). Despesa Seguro auto-consumidor (Somente para veículos): Informar valor gasto com seguro, respeitando a política vigente. Meses: Optar pelo prazo do seguro (o prazo do seguro não deve ser maior que o prazo de fianciamento ou inferior a 6 meses). Tabela: Utilizar a tabela negociada com o cliente ou seguradora. Acessórios (Somente para veículos): Informar o valor gasto com acessórios, respeitando a política vigente. Docs (IPVA/Licenciamento/DUT): Informar o valor gasto com documentação do emplacamento e outros, respeitando a política vigente. Informe também os seguintes campos em relação à vigência do seguro: Importante: O sistema soma os valores de Despesas automaticamente ao valor financiado. Após preencher todos os campos, clique em gravar. Surgirá a tela da página seguinte. 12

13 6. OPERAÇÃO I Caso o cliente queira financiar mais de um veículo, clicar novamente em Incluir e efetuar nova inclusão seguindo as mesmas instruções da tela anterior. Neste caso, o valor de Despesas deverá ser o valor total de despesas de todos os veículos incluídos. Exemplo: 1º veículo incluso: valor de acessórios = R$ 800,00. 2º veículo incluso: valor de acessórios = R$ 500,00 Valor total de acessórios = R$ 1.300,00 O valor de R$ 1.300,00 deverá ser informado no campo específico Acessórios. Este procedimento deve ser adotado para as demais despesas descriminadas. 13

14 7. OPERAÇÃO II Entrada: Informar o valor da entrada negociado com o cliente, respeitando a tabela vigente. Valor Tac: Informa o valor da TAC vigente (preenchimento automático). Valor financiado: Informa o resultado do valor de venda + despesas valor da entrada + valor da TAC (preenchimento automático). Isento de IOF (somente para veículos): Informar se o cliente é isento ou não de IOF (de acordo com a legislação atual). Qtde. prestações: Selecionar o número de prestações que compõem o financiamento. Coeficiente: Informa o coeficiente da tabela informada (preenchimento automático). Vlr prestações: Informa o valor das prestações (preenchimento automático). VRG final: Valor residual garantido final (somente para operações de leasing). Modalidade de pagto: Informa sobre as condições de pagamento (se os pagamentos estão pré-fixados ou pós-fixados (preenchimento automático). Tipo moeda: Informa a moeda base para cálculo do financiamento (preenchimento automático). 14

15 7. OPERAÇÃO II Parcela balão (somente para veículos): Caso cliente solicite parcela intermediária (Balão) no financiamento, informar a DATA do vencimento da primeira parcela Balão (sempre será a mesma data do vencimento da primeira parcela do financiamento) e o percentual (sem o símbolo % ) escolhido, conforme a tabela vigente. O valor da parcela balão aparecerá automaticamente, após a solicitação do cálculo. Datas de Vencimento 1º: Caso o cliente queira uma data de vencimento específica, informar a data neste campo, respeitando a carência negativa (conforme a tabela vigente) e/ou a carência positiva (mínimo de 15 dias). Fixa vencimento: Preencher com SIM, se o cliente preferir que a data de vencimento seja a mesma para as demais parcelas do financiamento e /ou NÃO, caso o cliente queira outra data para as demais parcelas. Último: Data do último vencimento do contrato (preenchimento automático). Tx mensal %: Taxa de juros mensais utilizada (preenchimento automático). Tx anual %: Taxa de juros anual utilizada (preenchimento automático). Seguro (leasing): Campo destinado ao cálculo do seguro em operações de leasing. 15

16 7. OPERAÇÃO II Informações adicionais Campo disponível para livre utilização de informações pertinentes à proposta. Finalização da inclusão Após estes procedimentos, clique em Calcular, e o sistema informará os valores do contrato. Clique em Gravar e, em seguida, imprima a proposta para conferência e assinatura do cliente. Ao clicar em gravar será exibida a tela de confirmação de inclusão da proposta. Anote o número da proposta pois ele será necessário para a inclusão do avalista. O processo de inclusão do avalista da empresa e o envio para análise serão descritos no item 10. Pendências na inclusão Caso haja alguma pendência de informação obrigatória, surgirá o aviso de pendências. Clique em Ok. 16 Surgirá então o botão Pendências. Clique sobre ele para exibir as pendências existentes.

17 8. PENDÊNCIAS Nesta tela serão exibidas todas as pendências existentes. Observe as pendências, clique em Fechar e vá até a tela correspondente à pendência. O campo incorreto estará identificado com a cor vermelha. Após todas as pendências corrigidas, finalizar o processo, efetuando o cálculo e a gravação, conforme descrito na página

18 9. RESUMO Tela informativa em que todas as informações do resumo da operação serão apresentadas. 18

19 10. INCLUSÃO DO AVALISTA DA EMPRESA Após gravar todos os dados da empresa, deverá ser realizada a inclusão do avalista, geralmente representado pelo sócio administrador. Proceda da seguinte maneira: Um avalista No menu principal clique em: Entrada de Operações. Ficha Cadastral Avalista. Inclusão As telas que se abrirão para preenchimento dos dados do avalista serão exatamente as mesmas telas da opção Ficha Cadastral Pessoa Física, e os procedimentos para inclusão do avalista serão os mesmos. Em caso de dúvidas neste procedimento, consulte o Manual de Inclusão de Pessoa Física. Após estes procedimentos, clique em Gravar e, em seguida, imprima a proposta para conferência e assinatura do avalista. Clique em Enviar p/ Análise. Dois ou mais avalistas Realize todos os procedimentos para a inclusão de um avalista. Porém, NÃO faça o envio da proposta para a análise, apenas grave e imprima a proposta do primeiro avalista. Para a inclusão do segundo avalista, clique novamente em: Entrada de Operações. Ficha Cadastral Avalista. Inclusão Repita todo o processo de inclusão do avalista e, então, faça o envio para a análise. Caso haja mais de dois avalistas, proceda conforme acima. 19

20 HELP DESK Em caso de dúvidas em relação ao processo de Inclusão de Pessoa Jurídica e outros processos do IHS, entre em contato com o Help Desk IHS: O Banco Honda agradece e deseja a todos os concessionários bons negócios! 20

A primeira parte do cadastro de clientes é formado pela Identificação, com as principais informações do cliente.

A primeira parte do cadastro de clientes é formado pela Identificação, com as principais informações do cliente. 1 CADASTROS 1.1 CLIENTES 1.1.1 IDENTIFICAÇÃO A primeira parte do cadastro de clientes é formado pela Identificação, com as principais informações do cliente. A identificação é composta pelos campos: Código:

Leia mais

Manual Financeiro do Sistema Gerencial Administrativo SGA. 01) Agentes Cadastro de Clientes, Fornecedores, Vendedores, Transportadoras.

Manual Financeiro do Sistema Gerencial Administrativo SGA. 01) Agentes Cadastro de Clientes, Fornecedores, Vendedores, Transportadoras. Manual Financeiro do Sistema Gerencial Administrativo SGA 01) Agentes Cadastro de Clientes, Fornecedores, Vendedores, Transportadoras. Cliente Tp Pessoa Jurídica (campo Obrigatório ) CNPJ ou CFF (campo

Leia mais

Quando o cliente contemplado de veículo for apresentar a documentação para análise.

Quando o cliente contemplado de veículo for apresentar a documentação para análise. Cadastro On Line de Veículo Índice 1. Análise de Clientes 2. Análise de Fiadores 3. Checar Digitalizações 4. Pendência 5. Contrato de Alienação Quando Utilizar Quando o cliente contemplado de veículo for

Leia mais

Manual do Usuário. Pré-Cadastro de Participantes. 08.11.2004 Versão 1.1

Manual do Usuário. Pré-Cadastro de Participantes. 08.11.2004 Versão 1.1 Manual do Usuário Pré-Cadastro de Participantes 08.11.2004 Versão 1.1 Índice 1. Introdução ao Pré-Cadastro...3 1.1. Pré-Cadastro de pessoa Física...3 1.1.1. Termo...3 1.1.2. Dados de identificação...4

Leia mais

Manual do Usuário Versão 01. Ficha de Oportunidade

Manual do Usuário Versão 01. Ficha de Oportunidade Versão 01 Ficha de Oportunidade HISTÓRICO DE REVISÕES Data Versão Descrição Autor 24/11/2011 01 Desenvolvimento do manual do usuário baseado nas informações do sistema junto com apoio dos técnicos de implantação.

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.12 Pagueban...2 Bancos...2 Configurando Contas...5 Aba Conta Banco...5 Fornecedores Referências Bancárias...7 Duplicatas a Pagar...9 Aba Geral...10 Aba PagueBan...11 Rastreamento

Leia mais

Cadastros. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais

Cadastros. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Cadastros Versão 2.0 Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Sumário Cadastro de Grupos de Usuário... 3 Cadastro de Usuários... 4 Cadastro de Clientes... 7 Cadastro de Empresas...

Leia mais

MANUAL COL MÓDULO DE CADASTRO DE CLIENTES

MANUAL COL MÓDULO DE CADASTRO DE CLIENTES MANUAL COL MÓDULO DE CADASTRO DE CLIENTES Clientes No cadastro de clientes, insira as informações obtidas sobre todas as pessoas físicas ou jurídicas que compraram seguro através da corretora ou ainda

Leia mais

Resumo das funcionalidades

Resumo das funcionalidades Resumo das funcionalidades Menu MENU Dados Cadastrais Atualizar Cadastro Troca Senha Grupo Usuários Incluir Atualizar Funcionários Incluir Atualizar Atualizar Uso Diário Importar Instruções Processar Status

Leia mais

MANUAL DO USUARIO SISTEMA TOTEM MODULO DE ESTOQUE

MANUAL DO USUARIO SISTEMA TOTEM MODULO DE ESTOQUE C o n t r o l e E m p r e s a r i a l MANUAL DO USUARIO SISTEMA TOTEM MODULO DE ESTOQUE s i s t e m a s SUMÁRIO INTRODUÇÃO CONCEITOS... 3 ENTRADA DIRETA DE PRODUTOS... 3 INCLUSÃO DE FORNECEDORES E CLIENTES...

Leia mais

Cadastro e Comercialização de Vale-Transporte Guia de Utilização

Cadastro e Comercialização de Vale-Transporte Guia de Utilização 1º PASSO: ACESSO À PAGINA PARA EMPREGADORES NÃO CADASTRADOS Acesse o site www.tripoa.com.br e selecione a opção Vale-transporte, ou então acesse www.trensurb.gov.br. Neste espaço você será informado sobre

Leia mais

Utilizando o SISPC para efetuar Registros

Utilizando o SISPC para efetuar Registros Utilizando o SISPC para efetuar Registros 1. Registros O b j e t i v o Através do módulo de registros do sistema serão executadas as operações de inclusão de pessoas inadimplentes na base de dados do SPC.

Leia mais

Sistema Auto Frota. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A.

Sistema Auto Frota. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A. Itaú Seguros de Auto e Residência S.A. Sistema Auto Frota Itaú Seguros de Auto e Residência S.A Como Acessar Acesse o Portal do corretor www.itauseguros.com.br/portal, no caminho: Home> Meus Negócios> Cotações e Propostas> Auto Frota> Cotação

Leia mais

NOVIDADES DA VERSÃO DO ZPEDIDOS.

NOVIDADES DA VERSÃO DO ZPEDIDOS. NOVIDADES DA VERSÃO DO ZPEDIDOS. Procedimento de Envio de Novos Clientes: Para o envio de novos clientes, assim como na versão anterior, é obrigatório o cadastro de um pedido para o cliente, porém o procedimento

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS NETPAN CDC VEÍCULOS LOJISTA ÍNDICE 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 1.1. ABERTURA DO INTERNET EXPLORER...3 1.2. ACESSO AO NETPAN...3 1.2.1. Tela Inicial...4 1.2.2. Digitando o Nome

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS NETPAN CDC VEÍCULOS CONTATO COMERCIAL ÍNDICE 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 1.1. ABERTURA DO INTERNET EXPLORER...3 1.2. ACESSO AO NETPAN...3 1.2.1. Tela Inicial...4 1.2.2. Digitando

Leia mais

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Usuário Anônimo Versão 1.3 11/02/2011 SUMÁRIO Apresentação... 3 Objetivos... 3 1. Solicitação de CeC... 4 1.1. Cadastro de Pessoas Físicas... 6 1.1.1 Cadastro de

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Sumário 1 CONCEITO... 4 2 REQUISITOS... 4 3 CONFIGURAÇÕES... 4 3.1 Permissões de Acesso... 4 3.2 Plano de Contas... 5 3.2.1 Parcelado... 6 3.2.2 Parcelamento Notas a Prazo...

Leia mais

CARTILHA DO MEDIADOR

CARTILHA DO MEDIADOR CARTILHA DO MEDIADOR SISTEMA PARA ELABORAÇÃO E SOLICITAÇÃO DE REGISTRO DE INSTRUMENTOS COLETIVOS INSTRUÇÕES INICIAIS - INTERNET a) O Sistema Mediador está disponível na Internet, no endereço eletrônico

Leia mais

MANUAL MANUTENÇÃO ON LINE

MANUAL MANUTENÇÃO ON LINE MANUAL DE MANUTENÇÃO ON LINE R: Santa Cruz, 647 CENTRO Limeira/SP - CEP 13.480-041 - Fone (19) 3404-4949 - e-mail: scpclimeira@acil.org.br 1 ÍNDICE Inclusão de Pessoa Física... 5 Inclusão de Cheque: Pessoa

Leia mais

Banco Volkswagen Manual Operacional do Sistema CCO CAMINHÕES E ÔNIBUS Pessoa Jurídica e Pessoa Física

Banco Volkswagen Manual Operacional do Sistema CCO CAMINHÕES E ÔNIBUS Pessoa Jurídica e Pessoa Física Banco Volkswagen Manual Operacional do Sistema CCO CAMINHÕES E ÔNIBUS Pessoa Jurídica e Pessoa Física CCO CAMINHÕES / ÔNIBUS CENTRAL DE CRÉDITO ON-LINE Histórico do Documento Tipo de Norma: Manual Operacional

Leia mais

INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO E DOCUMENTOS

INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO E DOCUMENTOS INSTRUÇÕES HSBC Brasil Administradora de Consórcio Ltda. INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO E DOCUMENTOS 1- Preencher a Ficha Cadastral em sua totalidade de forma legível, datar e assinar com reconhecimento de

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL. Versão 1.3

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL. Versão 1.3 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL Versão 1.3 Sumário 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 1.1. Primeiro acesso ao sistema... 3 1.2. Como alterar a senha no primeiro acesso... 4

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Acesso para cadastramento da empresa 2 Caso já tenha se

Leia mais

Bem-vindo ao VENDAS ONLINE

Bem-vindo ao VENDAS ONLINE Bem-vindo ao VENDAS ONLINE Vendas Online www.planosamildental.com.br Principais Informações Site exclusivo para produtos da Dental Venda de planos PME e PF online Pagamento com cartão de crédito PF Burocracia

Leia mais

Guia Site Empresarial

Guia Site Empresarial Guia Site Empresarial Índice 1 - Fazer Fatura... 2 1.1 - Fazer uma nova fatura por valores de crédito... 2 1.2 - Fazer fatura alterando limites dos cartões... 6 1.3 - Fazer fatura repetindo última solicitação

Leia mais

CADASTROS 2013 AOB SOFTWARE

CADASTROS 2013 AOB SOFTWARE CADASTROS 2 CADASTROS Tabela de Conteúdo Cadastro de Clientes 4 Cadastro de Produtos 5 1 Cadastro... de Produtos Básico 5 2 Cadastro... de Produtos Básico + Grade de Produtos 7 3 Cadastro... de Produtos

Leia mais

Parte I CADASTRO DE SACADO

Parte I CADASTRO DE SACADO Sicoob Coopercred Módulo Cedente Manual do Usuário (versão 2) ÍNDICE Parte I Cadastro de Sacado... 1 Parte II Emissão de Títulos... 1 Emitindo título com registro... 2 Emitindo título sem registro... 3

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 Vendas... 3 1.1

Leia mais

Manual do usuário. AeroSoft Emissor de Nota Fiscal

Manual do usuário. AeroSoft Emissor de Nota Fiscal Manual do usuário AeroSoft Emissor de Nota Fiscal Para manter-se atualizado visite sempre nosso web site em http://www.aerosoft.com.br A Internet tornou-se a ferramenta mais eficiente e barata, aproveite

Leia mais

Passo a Passo do Cadastro Empresas no SIGLA Digital

Passo a Passo do Cadastro Empresas no SIGLA Digital Página 1 de 7 Passo a Passo do Cadastro Empresas no SIGLA Digital O cadastro de Empresas permite cadastrar quais empresas estarão configuradas para utilizar o SIGLA Digital. Caso necessário cadastrar uma

Leia mais

JBOLETO GENERATOR A maneira mais fácil para trabalhar com boletos bancários. Agradecimentos

JBOLETO GENERATOR A maneira mais fácil para trabalhar com boletos bancários. Agradecimentos Agradecimentos Ao concluir a confecção deste manual, gostaria de agradecer a equipe de desenvolvimento da empresa onde trabalho por ter ajudado e acreditado neste projeto: Márcio Morais (Analista de Sistemas),

Leia mais

SUMÁRIO. Capítulo 1 - Recadastramento 3. Capítulo 2 - Tabelas 24

SUMÁRIO. Capítulo 1 - Recadastramento 3. Capítulo 2 - Tabelas 24 1 SUMÁRIO Capítulo 1 - Recadastramento 3 INTRODUÇÃO 3 QUEM DEVE SE RECADASTRAR 3 PRAZO PARA O RECADASTRAMENTO 3 FLUXO 4 EMPRESA/ AUTÔNOMO 4 Orientações para o Recadastramento das EMPRESAS 4 Cadastro de

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO MANUAL VTWEB CLIENT URBANO A marca do melhor atendimento. Conteúdo... 2 1. Descrição... 3 2. Cadastro no sistema... 3 2.1. Pessoa Jurídica... 3 2.2. Pessoa Física... 5 2.3. Concluir o cadastro... 6 3.

Leia mais

Manual dos procedimentos para Emissão de NFE.

Manual dos procedimentos para Emissão de NFE. Manual dos procedimentos para Emissão de NFE. CADASTRO DE CLIENTES - deve-se utilizar o programa 203. Os campos em VERMELHO são os campos de preenchimento obrigatório. Os campos em PRETO não são obrigatórios,

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

Como oferto um lance. Clique nas opções abaixo para ser direcionado ao passo a passo: ATENDIMENTO. - Como oferto um lance?

Como oferto um lance. Clique nas opções abaixo para ser direcionado ao passo a passo: ATENDIMENTO. - Como oferto um lance? Clique nas opções abaixo para ser direcionado ao passo a passo: ATENDIMENTO - Como oferto um lance? - Como imprimo 2ª via de boleto ao cliente? - Como realizo uma transferência de cota? - Onde consulto

Leia mais

Manual Operacional do Plenoweb

Manual Operacional do Plenoweb Manual Operacional do Plenoweb 1 Sumário 1. Introdução...3 2. Primeiro Acesso...4 2.1. Requisitos Mínimos...4 2.2. Tela inicial...4 2.3. Menus...5 3. Cadastro de Pessoa...7 4. Cadastro de Cotas...9 5.

Leia mais

Web Empresas. Agemed Saúde S/A. Versão 03

Web Empresas. Agemed Saúde S/A. Versão 03 2011 Versão 03 Web Empresas Agemed Saúde S/A. Esse documento tem como objetivo orientar as empresas contratantes do plano de saúde Agemed a utilizarem o ambiente Web para realização de movimentações cadastrais

Leia mais

Cotação de Compras on line

Cotação de Compras on line Cotação de Compras on line www.criciuma.unimedsc.com.br/compras Elaborado por: Glória Firmino Felisberto (Setor de Tecnologia da Informação) Osvaldo Cardoso do Canto () 1 MANUAL DO SISTEMA DE COTAÇÃO DE

Leia mais

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 MÓDULO CLIENTE Conteúdo 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 2.2 HOME 4 2.3 A VALECARD 5 2.4 PRODUTOS 6 2.5 REDE CREDENCIADA 7 2.6 ROTA 9 2.7 CONTATO 9 3. EMPRESAS 11 3.1. ACESSO

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO... 3 O QUE É CNAB?... 3 QUAL O OBJETIVO DO CNAB?... 3 QUAIS BANCOS E CARTEIRAS O EMPRESÁRIO ERP NOS FORNECE?...

Sumário INTRODUÇÃO... 3 O QUE É CNAB?... 3 QUAL O OBJETIVO DO CNAB?... 3 QUAIS BANCOS E CARTEIRAS O EMPRESÁRIO ERP NOS FORNECE?... Sumário INTRODUÇÃO... 3 O QUE É CNAB?... 3 QUAL O OBJETIVO DO CNAB?... 3 QUAIS BANCOS E CARTEIRAS O EMPRESÁRIO ERP NOS FORNECE?... 4 COMO CONFIGURAR O CNAB... 5 CADASTRO DE BANCOS... 5 PARAMETROS DO CNAB...

Leia mais

Manual do Software de Cobrança Itaú

Manual do Software de Cobrança Itaú Banco Itaú SA Manual do Software de Cobrança Itaú Última atualização: agosto/2006 Índice 1 Visão Geral 03 2 Instalação 03 3 Inserindo os dados de sua empresa 03 4 Inserindo os dados dos títulos de Cobrança

Leia mais

REQUERIMENTO ELETRÔNICO. Requerimento Eletrônico. Página 1 / 51

REQUERIMENTO ELETRÔNICO. Requerimento Eletrônico. Página 1 / 51 Requerimento Eletrônico Página 1 / 51 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 REQUERIMENTO ELETRÔNICO DE CONSTITUIÇÃO... 4 Novo Requerimento de Constituição... 5 Dados da Pessoa Jurídica... 7 Qualificação dos Sócios e

Leia mais

Manual PME On line Movimentação Cadastral e Faturamento

Manual PME On line Movimentação Cadastral e Faturamento Manual PME On line Movimentação Cadastral e Faturamento Caro, Cliente, Obrigado, por escolher a Intermédica Sistema de Saúde S.A. como a operadora de Saúde dos seus funcionários. A Intermedica, tem como

Leia mais

SICAN - Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais, Público do PAA, Cooperativas, Associações e demais Agentes

SICAN - Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais, Público do PAA, Cooperativas, Associações e demais Agentes SICAN - Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais, Público do PAA, Cooperativas, Associações e demais Agentes Manual do Sistema Associações 1. Pré-Cadastro SICAN...3 2. Preenchimento do cadastro...5

Leia mais

Roteiro de Cadastros - GESTOR

Roteiro de Cadastros - GESTOR Página1 INDICE 1. MODULO EMPRESA 1.1. CADASTRO DE USUARIO --------------------------------------------------------------------- 4 1.2. CADASTRO DA EMPRESA --------------------------------------------------------------------

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS BRADESCO NO FINANCE 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pelo Bradesco... 3 Como gerar os arquivos de Remessa para o Banco pelo Finance... 14 Como enviar

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

GUIA PASSO A PASSO PARA REALIZAR A VOTAÇÃO VIA INTERNET. [SISTEMA DE VOTAÇÃO ON-LINE CFC/CRCs] Sistema para eleições dos CRCs

GUIA PASSO A PASSO PARA REALIZAR A VOTAÇÃO VIA INTERNET. [SISTEMA DE VOTAÇÃO ON-LINE CFC/CRCs] Sistema para eleições dos CRCs GUIA PASSO A PASSO PARA REALIZAR A VOTAÇÃO VIA INTERNET [SISTEMA DE VOTAÇÃO ON-LINE CFC/CRCs] Sistema para eleições dos CRCs Sumário PROCEDIMENTOS PARA EFETUAR O PROCESSO DE VOTAÇÃO... 3 1. TROCA DE SENHA

Leia mais

PORTAL DE SERVIÇOS AUTOMATIZADOS À PREFEITURA

PORTAL DE SERVIÇOS AUTOMATIZADOS À PREFEITURA O Portal de Serviços Automatizados à Prefeitura disponibiliza ao contribuinte a emissão de faturas referente os débitos do IPTU, ISSQN e DÍVIDAS DIVERSAS, do exercício e dívida ativa, tanto negociada (parcelamentos)

Leia mais

MÓDULO 1.0 Tela inicial do sistema, onde é identificado o usuário pelo próprio CRO sendo coerente com a senha, lhe é permitido o acesso via WEB ao sistema DENTAL GROUP. Quando carrego a tela de menu já

Leia mais

ATUALIZAÇÃO DA VERSAO 06.01.02. Abaixo constam as alterações referentes aversão 06.01.02 do dia 12/06/2013:

ATUALIZAÇÃO DA VERSAO 06.01.02. Abaixo constam as alterações referentes aversão 06.01.02 do dia 12/06/2013: ATUALIZAÇÃO DA VERSAO 06.01.02 Abaixo constam as alterações referentes aversão 06.01.02 do dia 12/06/2013: ATENÇÃO: Versões intermediarias não são de atualização obrigatório para todos os clientes, apenas

Leia mais

Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários

Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários Secretaria De Estado de Fazenda Superintendência de Gestão da Informação Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários DECLARAÇÃO DE COMPRA

Leia mais

ÍNDICE APRESENTAÇÃO...3 PREENCHIMENTO DO PEDIDO DE VIABILIDADE E BUSCA PRÉVIA (CONSULTA PRÉVIA)...5 CONSULTA PEDIDO DE VIABILIDADE...13.

ÍNDICE APRESENTAÇÃO...3 PREENCHIMENTO DO PEDIDO DE VIABILIDADE E BUSCA PRÉVIA (CONSULTA PRÉVIA)...5 CONSULTA PEDIDO DE VIABILIDADE...13. Página 1 / 15 ÍNDICE APRESENTAÇÃO...3 PREENCHIMENTO DO PEDIDO DE VIABILIDADE E BUSCA PRÉVIA (CONSULTA PRÉVIA)...5 CONSULTA PEDIDO DE VIABILIDADE...13 Página 2 / 15 APRESENTAÇÃO O que é: O Sistema de Registro

Leia mais

Manual CORP Microlins Dinâmica

Manual CORP Microlins Dinâmica Manual CORP Microlins Dinâmica Índice 1. Acesso ao CORP 2. Cadastro de Colaborador 1. Dados 2. Endereço 3. Telefone 4. E-mail 5. Franquias vinculadas 6. Cursos 7. Permissões 3. Cadastro de Recesso 4. Cadastro

Leia mais

Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA... 2

Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA... 2 Tutorial UltraPDV - GERAÇÃO DO ARQUIVO ELETRÔNICO DE NOTA FISCAL ULT-027-GERAÇÃO DO ARQUIVO ELETRÔNICO DE NOTA FISCAL Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA.... 2 1.1 - GERAR UMA

Leia mais

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município Após receber a confirmação de aceite do Credenciamento via e-mail já é possível efetuar o login no sistema

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA MEUSOFT MEI

MANUAL DO SISTEMA MEUSOFT MEI MANUAL DO SISTEMA MEUSOFT MEI www.meusoft.com.br Indice Item Descrição Pg 1. Objetivo e Principais Funcionalidades 3 2. Para acessar e instalar a aplicação 4 3. Conhecendo o MeuSoft MEI 6 3.0 Tela inicial

Leia mais

SIPED - Sistema de Investimento em Pesquisa e Desenvolvimento. Reservado ao Ambiente Interno da ANP

SIPED - Sistema de Investimento em Pesquisa e Desenvolvimento. Reservado ao Ambiente Interno da ANP Versão 2.0 SIPED - Sistema de Investimento em Pesquisa e Aviso de Sigilo Este documento contém informações reservadas à ANP, sendo o documento como um todo classificado no nível reservado, conforme art.

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL - PORTOCRED

ROTEIRO OPERACIONAL - PORTOCRED I - Site Portocred Para acessar o site Portocred, devemos entrar no link: extranet.portocred.com.br/cp e após clicar na opção Credito Pessoal Perto Check. *Lançar o usuário e a senha que serão informadas

Leia mais

MANUAL DO PROCESSO ELETRÔNICO DE INSCRIÇÃO DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI)

MANUAL DO PROCESSO ELETRÔNICO DE INSCRIÇÃO DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI) MANUAL DO PROCESSO ELETRÔNICO DE INSCRIÇÃO DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI) Organização: Patrícia Bianchi Machado, membro da Secretaria Executiva do Comitê Gestor do Simples Nacional V 1.01-05.02.2010

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE

MANUAL DO USUÁRIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE MANUAL DO USUÁRIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE Introdução: Esporte é saúde. As pessoas que praticam esporte vivem melhor e mais. Esporte previne e combate doenças do corpo e da mente, torna as pessoas

Leia mais

Treinamento Sistema Condominium Módulo II

Treinamento Sistema Condominium Módulo II CONDOMINIUM - Módulo II GERAÇÃO DE EMISSÕES RATEIO Neste módulo o aprendizado será a emissão dos boletos bancários. O sistema disponibiliza algumas maneiras para facilitar o seu dia-a-dia: Sequencia para

Leia mais

MANUAL DE PREENCHIMENTO. Salvamento e Recuperação de Dados Parciais... 02. Ficha Cadastral Pessoa Jurídica... 04. Ficha Cadastral Pessoa Física...

MANUAL DE PREENCHIMENTO. Salvamento e Recuperação de Dados Parciais... 02. Ficha Cadastral Pessoa Jurídica... 04. Ficha Cadastral Pessoa Física... MANUAL DE PREENCHIMENTO Salvamento e Recuperação de Dados Parciais... 02 Ficha Cadastral Pessoa Jurídica... 04 Ficha Cadastral Pessoa Física... 15 1 INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO FICHA CADASTRAL PESSOA JURÍDICA

Leia mais

MÓDULO DE CONTROLE DE CONSÓRCIO.

MÓDULO DE CONTROLE DE CONSÓRCIO. MANUAL DO SISTEMA Versão 6.08 Parametrizando o sistema... 3 Administradoras... 3 Aba Configurações Gerais... 5 Aba Licenciamento/Valor Produto... 9 Aba Configurações Comissões... 10 Copiar Configurações...

Leia mais

Manual Unilote. Versão 2.1

Manual Unilote. Versão 2.1 Manual Unilote Versão 2.1 1 INDICE Apresentação...4 Principais Características...4 Requisitos Mínimos...4 Requisitos Mínimos de Software...4 Instalação...5 PRIMEIRO PASSOS Dados da Empresa...6 Acessando

Leia mais

ROTEIRO DE UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA REDEFIS CURITIBA

ROTEIRO DE UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA REDEFIS CURITIBA ROTEIRO DE UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA REDEFIS CURITIBA 1/24 Apresentação O presente manual tem por objetivo orientar os servidores da ADAPAR Agência de Defesa Agropecuária do Paraná, em relação a utilização

Leia mais

3 - Tela Principal. Itens importantes da página

3 - Tela Principal. Itens importantes da página SUMÁRIO 1 1 - Conceitos Gerais O CRQ é um sistema de controle de qualidade utilizado na etapa de recrutamento de estudos de natureza qualitativa. Ele é um banco de dados que tem como principal objetivo

Leia mais

SuperStore Sistema para Automação de Óticas

SuperStore Sistema para Automação de Óticas SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Administrador) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 ACESSANDO O SISTEMA PELA

Leia mais

Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação. Documento Controlado Impresso em 09/08/2012 - Revisão 01 1/30

Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação. Documento Controlado Impresso em 09/08/2012 - Revisão 01 1/30 2012 Manual do Sistema OS Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 21/03/2012 Documento Controlado Impresso em 09/08/2012 - Revisão 01 1/30 Sumário 1. Conceito do Software... 3

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA Í n d i c e Julho, 2010 Introdução... 2 1. Acerto dos cadastros de Clientes e de Produtos... 4 1.1. Cadastros Básicos - Cadastro de Clientes... 4 1.2. Cadastros Básicos Cadastro

Leia mais

Satisfação do Cliente

Satisfação do Cliente Transparência Otimização de Tempo Geração de Negócios Satisfação do Cliente Integridade Otimização de Tempo Geração de Negócios Transparência Satisfação do Cliente Transparência Otimização de Tempo Integridade

Leia mais

Configuração Inicial e uso do Ultramax Fidelidade Web integrado com o UltraPDV

Configuração Inicial e uso do Ultramax Fidelidade Web integrado com o UltraPDV Configuração Inicial e uso do Ultramax Fidelidade Web integrado com o UltraPDV Sumário 1) Cadastro de Ramos de Atividades... 1 2) Cadastro do Estabelecimento... 1 3) Cadastro de Regras de Pontuação...

Leia mais

Digitação e pesquisa de contas via site Mediservice (www.mediservice.com.br).

Digitação e pesquisa de contas via site Mediservice (www.mediservice.com.br). 1 Objetivo: Digitação e pesquisa de contas via site Mediservice (www.mediservice.com.br). Acesso ao site Na página inicial do site da Mediservice, o prestador deve selecionar a opção Credenciado. 2 Caso

Leia mais

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Usuário Anônimo Versão 1.2 13/10/2010 Sumário Apresentação... 3 Objetivo... 3 1. Solicitação de CeC... 4 1.1. Cadastro de Pessoas Físicas... 6 1.1.1 Cadastro de

Leia mais

Manual de Navegação Básica. Siga Relacionamento Sou Abrasel - Site

Manual de Navegação Básica. Siga Relacionamento Sou Abrasel - Site Manual de Navegação Básica Siga Relacionamento Sou Abrasel - Site 1 Conteúdo Iniciando a implantação:... 3 para o treinamento no encontro de executivos... 3 Siga Relacionamento... 4 O que é Unidade de

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. - INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

M a n u a l U t i l i z a ç ã o d o R A N F S. Registro Auxiliar da Nota Fiscal de Serviços. Sistema. Versão 4.0 26/04/2010.

M a n u a l U t i l i z a ç ã o d o R A N F S. Registro Auxiliar da Nota Fiscal de Serviços. Sistema. Versão 4.0 26/04/2010. M a n u a l U t i l i z a ç ã o d o R A N F S Registro Auxiliar da Nota Fiscal de Serviços Sistema Versão 4.0 26/04/2010. Indíce Apresentação... 3 Objetivo... 3 PARTE I - PRESTADOR 1- Cadastro do Contribuinte

Leia mais

MANUAL DO PROCESSO ELETRÔNICO DE INSCRIÇÃO DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI)

MANUAL DO PROCESSO ELETRÔNICO DE INSCRIÇÃO DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI) MANUAL DO PROCESSO ELETRÔNICO DE INSCRIÇÃO DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI) Organização: Patrícia Bianchi Machado, membro da Secretaria Executiva do Comitê Gestor do Simples Nacional V 3.0 06.12.2012

Leia mais

Sistema de Solicitação de Pagamento de Fornecedores

Sistema de Solicitação de Pagamento de Fornecedores 2014 Sistema de Solicitação Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 04/11/2014 Sumário 1- SPF Solicitação.... 3 1.1 Acesso ao sistema:... 3 1.2 Ferramentas do sistema:... 5 2- Abertura

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Versão 1.0 Julho/2012 ÍNDICE 1 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INSTALAÇÃO... 4 1.1 Equipamento e Sistemas Operacionais 4 1.1.1

Leia mais

Consignação Manual do Correspondente Consignação

Consignação Manual do Correspondente Consignação Manual do Correspondente Consignação Banestes S.A. - Banco do Estado do Espírito Santo GCONS - Gerência de Consignação SUMÁRIO 1. Conceito...3 2. Apresentação...3 3. Informações Gerais...3 3.1. Condições

Leia mais

CORRESPONDENTE CAIXA AQUI NEGOCIAL

CORRESPONDENTE CAIXA AQUI NEGOCIAL CORRESPONDENTE CAIXA AQUI NEGOCIAL Renovação de Crédito Consignado Modelo Automatizado VERSÃO 2.0 Julho 2014 ÍNDICE 1. CADASTRO DE CLIENTES... 3 2. SIMULAÇÃO DA OPERAÇÃO... 6 3. SOLICITAÇÃO DA PROPOSTA

Leia mais

MBM Entrega Expressa www.terti.com.br. Índice

MBM Entrega Expressa www.terti.com.br. Índice Índice Instalação do programa 03 Cadastrar Usuário(s) 04 Iniciar Operações 06 Atalhos da Área de Trabalho do Sistema 08 Ícones da Área de Tarefas do Sistema 09 Cadastrar Grupos 10 Cadastrar Clientes/ Fornecedores/

Leia mais

Prezado Cliente, comunicamos processo para realização de atualização de arquivos de informe anual e realização de DIMOB.

Prezado Cliente, comunicamos processo para realização de atualização de arquivos de informe anual e realização de DIMOB. Página 1 circular 02-2014 São Paulo, 09 de janeiro de 2014. Circular nº 02/2014 Ref.: INFORME ANUAL e DIMOB (Declaração de Informações sobre Atividades Imobiliárias) Prezado Cliente, comunicamos processo

Leia mais

PEDIDO DE VIABILIDADE. Pedido de Viabilidade. Página 1 / 42

PEDIDO DE VIABILIDADE. Pedido de Viabilidade. Página 1 / 42 Pedido de Viabilidade Página 1 / 42 ÍNDICE Apresentação... 3 Pedido de Viabilidade para Inscrição de Primeiro Estabelecimento... 4 Solicitante e Pessoa Jurídica... 4 Quadro Societário... 8 Nome Empresarial,

Leia mais

Sistema Auto Empresas

Sistema Auto Empresas Sistema Auto Empresas Itaú Seguros de Auto e Residência S.A Janeiro 2011 Como Acessar Acesse o Portal do Corretor (https://mais.itauseguros.com.br). Utilize a opção Cotação online para iniciar o cálculo

Leia mais

Treinamento Sistema Condominium Módulo I

Treinamento Sistema Condominium Módulo I CONDOMINIUM Módulo I CADASTROS Todas as telas de cadastro também são telas de consultas futuras, portanto sempre que alterar alguma informação clique em Gravar ou pressione F2. Teclas de atalho: Tecla

Leia mais

Sistema de de Bilhetagem Eletrônica MANUAL MÓDULO PDV

Sistema de de Bilhetagem Eletrônica MANUAL MÓDULO PDV Sistema de de Eletrônica SETRANSP DOTFLEX MANUAL MÓDULO PDV REGIÃO MANUAL METROPOLITANA MÓDULO PESSOA Revisão JURÍDICA 02 / Setembro SBE de 2008 - DOTFLEX Revisão 00 / Março de 2009 MANUAL MÓDULO EMPRESA

Leia mais

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA COOL 2.0V (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE Pré-requisitos para utilização do sistema....2 Parte I Navegador...2 Parte II Instalação do Interpretador de PDF...2 Parte III

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO. ASP Consultoria e Desenvolvimento de Softwares Ltda. SISTEMA DE GESTÃO COMERCIAL. Manual de Operação do SIMPLES 1

MANUAL DE OPERAÇÃO. ASP Consultoria e Desenvolvimento de Softwares Ltda. SISTEMA DE GESTÃO COMERCIAL. Manual de Operação do SIMPLES 1 Manual de Operação do SIMPLES 1 MANUAL DE OPERAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO COMERCIAL ASP Consultoria e Desenvolvimento de Softwares Ltda. Manual de Operação do SIMPLES 2 A Empresa A ASP Desenvolvimento de Softwares

Leia mais

REQUERIMENTO ELETRÔNICO. Requerimento Eletrônico. Página 1 / 26

REQUERIMENTO ELETRÔNICO. Requerimento Eletrônico. Página 1 / 26 Requerimento Eletrônico Página 1 / 26 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 REQUERIMENTO ELETRÔNICO DE CONSTITUIÇÃO... 4 Novo Requerimento... 5 Dados da Pessoa Jurídica... 7 Qualificação dos Sócios e Administradores

Leia mais

Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos. SBCTrans

Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos. SBCTrans Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos SBCTrans A tecnologia facilitando a vida do cidadão Índice Cadastro e Primeiro Acesso... 05 Acessando o Sistema... 08 Menu de

Leia mais

Quando o cliente contemplado de eletro for apresentar a documentação para análise.

Quando o cliente contemplado de eletro for apresentar a documentação para análise. Cadastro On Line de Eletro Índice 1. Análise de Clientes 2. Análise de Fiadores 3. Checar Digitalizações 4. Pendência 5. Contrato de Alienação Quando Utilizar Quando o cliente contemplado de eletro for

Leia mais

MANU AL DO COMPRADOR

MANU AL DO COMPRADOR MANUAL DO COMPRADOR Conhecendo o Vale Transporte Eletrônico O que é o Vale Transporte Eletrônico? O vale-transporte é um benefício definido pela Lei Federal nº 7.418/85 e Lei Federal 7.619/87 oferecido

Leia mais