QUESTIONAMENTOS NO ÂMBITO DO PE 013/2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "QUESTIONAMENTOS NO ÂMBITO DO PE 013/2015"

Transcrição

1 QUESTIONAMENTOS NO ÂMBITO DO PE 013/2015 Questionamento 01 Do TR - O sistema de Contact Center deverá ser composto de solução de telefonia comutada, do tipo PABX digital, temporal, controlada por programa armazenado (CPA-T) integrado, devendo trabalhar com sinalização e ramais analógicos, digitais e IP simultaneamente no mesmo bastidor/gabinete, de forma que todas as funcionalidades core da central deverão ser implementadas sem a necessidade de hardware/software externos à central. Considerações: É necessário esclarecer previamente o entendimento desse requisito, pois se esse entendimento é que a solução de PABX deve ser composta de uma unidade de HW e SW com função específica, onde todos os interfaces de rede devem estar internamente em um único hardware, não caracteriza como exigência excessiva e desnecessária, além de não corresponder as soluções tecnológicas mais avançadas, pois não haveria como adicionar de forma flexível as placas FXS, FXO e E1, nas quantidades solicitadas para ambas as plataformas, de maneira a utilizar a mesma solução em ambos os sites. Se o entendimento é que as funcionalidades de core, se resume a CTI, DAC e URA, considerando os interfaces de rede como elementos de HW autônomos, teríamos como alternativa: Utilização de Servidores de Aplicação de Primeira Linha com as aplicações de CORE, ou seja, URA, DAC, GRAVADOR e CTI integrados a Interfaces de Conexão de Rede e aos ramais analógicos através dos EBS controlados por servidor de aplicação dedicado. Pergunta 1 - Entende-se como funcionalidades de core da central, a URA, o DAC e CTI. Desta forma entendemos ser compatível com o objeto, solução baseadas em servidores de processamento centrais hospedando as facilidades de core com comunicação com a rede publica através de dispositivos de interconexão de redes, como anteriormente descrito. Resposta 1 As funcionalidades core englobam todos os recursos, hardware e software para o funcionamento do sistema (CPCT) e devem estar incorporados à Central, obedecendo às especificações técnicas mínimas do TR, conforme alguns itens abaixo:

2 6.4.2 A CPCT deverá ser modular, permitindo a ampliação através da simples adição de módulos, bastidores e cartões, não necessitando da troca de hardware inicial, permitindo manutenção, instalação e operação rápida e fácil; A CPCT deverá utilizar a tecnologia de slots universais, permitindo assim que os cartões de tronco e ramais possam ser instalados em qualquer posição slots no bastidor sem interrupção do sistema; O equipamento deverá permitir interligação com a Central Pública, através de interfaces de linhas troncos digitais, com sinalização R2 CAS MFC / TIE LINE DIGITAL E/M /ISDN/QSIG através de enlaces digitais de 2Mbps (interface G703), devendo todo hardware ser incorporado à central; Os cartões de interfaces E1 deverão suportar os protocolos MFC-R2 CAS, QSIG e E1 ISDN PRI, sem a necessidade se substituição de hardware, sendo a definição do protocolo utilizado mediante programação A arquitetura dos equipamentos deverá ser modular, observando-se o seguinte: A inserção de cartões ou módulos de periferia necessários a eventuais reconfigurações ou expansões deve ser processada sem interrupção do funcionamento da central; Deve ser possível a inserção ou extração de cartão ou módulo de periferia com o equipamento em funcionamento normal sem que isso possa causar danos ou falhas devido a transitórios da alimentação; A eventual inserção de um cartão ou módulo de periferia que não lhe seja o correspondente não deverá causar danos àqueles componentes ou à central. Pergunta 2 - A contratante utilizará seus aparelhos legados descritos nos subitens do item 6.7, particularmente, os descritos nos subitens 6.7.1; e os de modelo digital de forma integrada no produto contratado a ser contratado neste objeto? Resposta 2 O item 6.7 apenas discrimina a quais tipos de aparelhos telefônicos o Contact Center deve ser compatível. A Contratada deverá disponibilizar apenas os aparelhos telefônicos (aparelhos para PA s) do tipo VI (item 6.7.6) e VII (item 6.7.7), conforme quantidades descritas no TR. Os aparelhos legados do Contratante serão analógicos, conforme especificações do item

3 Questionamento 02 Na tabela de quantidades de fornecimento de ambos os sites: Ramais analógicos; ou IP desde que acompanhados de adaptadores para uso com aparelhos telefônicos Analógicos (DTMF); Considerando a eventual necessidade de um downgrade para atender a esta solicitação em ambiente 100% IP entendemos que seria oferta de solução superior a utilização de alternativa de ramais IP com 100% dos custos de substituição decorrentes inclusos na oferta, em substituição integral dos aparelhos analógicos hoje em uso, previsto na solução especificada. Pergunta 3 Entendemos que seria aceitável por se constituir em oferta igual ou superior, o fornecimento de plataforma 100% IP, sendo essa superior a detalhada no objeto, substituindo a conexão com os ramais analógicos por conexão com ramais IP com o custo de substituição dos 200 aparelhos e sua conexão, por conta da contratada. O entendimento é correto? Resposta 3 Sim. O entendimento está correto. Caso a Contratada opte por utilizar a plataforma 100% IP, esta deverá assumir a instalação, manutenção e os custos com a substituição dos aparelhos analógicos ou a adição de adaptadores para atender a demanda dos ramais analógicos, em quantidades equivalentes ao TR (200 unidades para o site Ouvidoria e Centro Telefônico e 100 unidades para site Helpdesk de Informática). Questionamento 03 Do objeto: O sistema de Contact Center ofertado deverá está de acordo com todos os itens e especificações mínimas descritas neste documento e, em especial, no que estabelece as práticas ANATEL/TELEBRÁS, no que se refere às Especificações Gerais das Centrais Privadas de Comutação Telefônica. Todos os equipamentos e serviços associados ao Contact Center, nas suas condições de fabricação, operação, manutenção e funcionamento devem obedecer, integralmente, às normas e recomendações em vigor, baixadas pelos órgãos competentes, e possuir Certificado de Homologação atualizado, expedido pelo Ministério das Comunicações/ANATEL. Considerações: Os equipamentos de interface (EBS, FXO, FXS e E1) são certificados, homologados e categorizados com pela Anatel como equipamentos de interconexão e interface com a rede pública de telecomunicações e não somente como uma CPCT de uso específico, que é um dos componentes desse sistema demandado. Na solução baseada em funções controladas por servidores de aplicação em lugar de conjuntos de HW e SW de uso específico, as funções acima descritas referentes a funcionalidades de

4 CPCT devem ser desempenhadas em concordância com as práticas e especificações da ANATEL/TELEBRÁS, não sendo entretanto passível de emissão de certificado de homologação por não se tratar de produto de uso específico, cabendo contudo utilizar em sua constituição, interfaces homologados pelos órgãos competentes. Pergunta 4 Considerando os argumentos anteriormente apresentados, nosso entendimento referente a Homologação da Anatel, que a mesma é mandatória para as funções de CPCT apenas não soluções que utilizam esse componente. O entendimento está correto? Resposta 4 Qualquer que seja o tipo de CPCT utilizado pela Contratada, esta deverá apresentar homologação ANATEL/TELEBRÁS ou de todos os componentes que a compõe, e que sejam passíveis desta emissão. Segue resposta aos questionamentos, conforme descrito no Termo de Referência: 1) Já existe uma quantidade de portas pré-definidas para ativo e receptivo, uma vez que o documento não descreve a quantidade de portas? R) Todos os itens relacionados no Objeto como terminais digitais ou ip serão ativos/receptivos. Contact Center para Ouvidoria e Centro Telefônico MPRJ 48 Aparelhos Telefônicos IP Tipo VI Conforme Item (Terminal IP) Contact Center para Help Desk de Informática MPRJ - 48 PA s com uso de software Fone Conforme Item Aparelhos Telefônicos IP Tipo VII Conforme Item ) Já existe uma especificação do aplicativo ou somente estimamos uma quantidade de horas para um aplicação inicial? R) O aplicativo deverá ser em quantidade equivalente às posições de software fone e estimado seu funcionamento do início ao término do contrato. 3) Troncos de entrada e saída da URA são E1, ou não está definido? R) Conforme descrito no item 2 (Objeto), os troncos de entrada e saída serão Analógicos e E1, conforme abaixo:

5 Contact Center para Ouvidoria e Centro Telefônico MPRJ: 03 dispositivos para E1, totalizando 90 troncos digitais bidirecionais de entrada e saída + 04 dispositivos para 08 troncos analógicos cada, totalizando 32 troncos analógicos bidirecionais de entrada e saída. Contact Center para Helpdesk de Informática do MPRJ: 01 dispositivo para E1, totalizando 30 troncos digitais bidirecionais de entrada e saída + 02 dispositivos para 08 troncos analógicos cada, totalizando 16 troncos analógicos bidirecionais de entrada e saída. 4) Em quantos sites serão instaladas as Uras? R) Conforme descrito no item 1 (Introdução), os equipamentos serão instalados em 02 (duas) localidades: Contact Center para Ouvidoria e Centro Telefônico MPRJ: Av. Marechal Câmara, 370 Centro RJ Contact Center para Helpdesk de Informática do MPRJ: Rua Pedro Alves, 187 / Fundos Santo Cristo RJ.

CARTA CONVITE 010/2014 ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA

CARTA CONVITE 010/2014 ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA CARTA CONVITE 010/2014 ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA 1. Implantação de Sistema de Call Center 1.1. O software para o Call Center deverá ser instalado em servidor com sistema operacional Windows (preferencialmente

Leia mais

Serviços Prestados Infovia Brasília

Serviços Prestados Infovia Brasília Serviços Prestados Infovia Brasília Vanildo Pereira de Figueiredo Brasília, outubro de 2009 Agenda I. INFOVIA Serviços de Voz Softphone e Asterisk INFOVIA MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO INFOVIA MINISTÉRIO

Leia mais

Soluções convergentes em telefonia para sua empresa. Vantagens competitivas na comunicação entre você e seus clientes.

Soluções convergentes em telefonia para sua empresa. Vantagens competitivas na comunicação entre você e seus clientes. Soluções convergentes em telefonia para sua empresa. Vantagens competitivas na comunicação entre você e seus clientes. A revolução na comunicação da sua empresa. mobilidade mobilidade Voz Voz vídeo vídeo

Leia mais

Estado de Santa Catarina Prefeitura de São Cristóvão do Sul

Estado de Santa Catarina Prefeitura de São Cristóvão do Sul 1 ANEXO VII QUADRO DE QUANTITATIVOS E ESPECIFICAÇÕES DOS ITENS Item Produto Quantidade 1 Aparelhos IP, com 2 canais Sip, visor e teclas avançadas, 2 70 portas LAN 10/100 2 Servidor com HD 500G 4 GB memória

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS (TJAM) COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO (CPL)

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS (TJAM) COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO (CPL) REFERÊNCIA Pedido de Esclarecimento ao Edital do Pregão Eletrônico nº. 028/2015, Processo Administrativo nº 27831/2013, cujo objeto é a contratação de empresa especializada para prestação de serviços de

Leia mais

Pedido de Esclarecimento 01 PE 12/2011

Pedido de Esclarecimento 01 PE 12/2011 Pedido de Esclarecimento 01 PE 12/2011 Questionamento 1 : 20.1.1.2 - Sistema de telefonia IP ITEM 04 - Deve ser capaz de se integrar e gerenciar os gateways para localidade remota tipo 1, 2 e 3 e a central

Leia mais

Sistema M75S. Sistema de comunicação convergente

Sistema M75S. Sistema de comunicação convergente Sistema M75S Sistema de comunicação convergente O sistema M75S fabricado pela MONYTEL foi desenvolvido como uma solução convergente para sistemas de telecomunicações. Com ele, sua empresa tem controle

Leia mais

VALEC: Desenvolvimento Sustentável do Brasil 1º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 015/2011

VALEC: Desenvolvimento Sustentável do Brasil 1º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 015/2011 1º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 015/2011 1. Quantos feixes digitais do tipo E1 R2MFC, deverão ser fornecidos? RESPOSTA: De acordo com a área técnica solicitante dos serviços, deverão

Leia mais

Manual de Instalação IREC100 1.5

Manual de Instalação IREC100 1.5 Manual de Instalação IREC100 1.5 Este documento consiste em 16 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Julho de 2009. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas. A reprodução

Leia mais

MODERNIDADE E TECNOLOGIA DE PONTA PARA A REALIDADE BRASILEIRA

MODERNIDADE E TECNOLOGIA DE PONTA PARA A REALIDADE BRASILEIRA MODERNIDADE E TECNOLOGIA DE PONTA PARA A REALIDADE BRASILEIRA Flexibilidade e ECONOMIA A configuração da plataforma Active IP é bastante versátil. Por ser modular, o Active IP permite o uso de diferentes

Leia mais

1ª RETIFICAÇÃO PREGAO PRESENCIAL N 231 2008 CPL 05 SECGOV AQUISICAO DE CENTRAL TELEFONICA DOGITAL NOVO TERMO DE REFERÊNCIA

1ª RETIFICAÇÃO PREGAO PRESENCIAL N 231 2008 CPL 05 SECGOV AQUISICAO DE CENTRAL TELEFONICA DOGITAL NOVO TERMO DE REFERÊNCIA 1ª RETIFICAÇÃO PREGAO PRESENCIAL N 231 2008 CPL 05 SECGOV AQUISICAO DE CENTRAL TELEFONICA DOGITAL A PREGOEIRA DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CPL 05 comunica aos interessados que o Pregão acima mencionado,

Leia mais

Introdução à voz sobre IP e Asterisk

Introdução à voz sobre IP e Asterisk Introdução à voz sobre IP e Asterisk José Alexandre Ferreira jaf@saude.al.gov.br Coordenador Setorial de Gestão da Informática CSGI Secretaria do Estado da Saúde SES/AL (82) 3315.1101 / 1128 / 4122 Sumário

Leia mais

Apresentação Comercial

Apresentação Comercial Apresentação Comercial quem somos? Portfolio Gateways Gravador A. Telefone IP Unified Sentinela Fidelizador MGS-1E MAT-41E Linha MGA 01 porta E1 30 canais digitais R2 ou ISDN Sinalização SIP G.711 e G.729

Leia mais

ESCLARECIMENTO I EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 157/2015

ESCLARECIMENTO I EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 157/2015 ESCLARECIMENTO I EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 157/2015 O SESI/SENAI-PR, através de sua Comissão de Licitação, torna público o ESCLARECIMENTO referente ao edital de licitação acima relacionado, conforme

Leia mais

CONTROLADOR CENTRAL P25 FASE 1 CAPACIDADE MÍNIMA PARA CONTROLAR 5 SITES

CONTROLADOR CENTRAL P25 FASE 1 CAPACIDADE MÍNIMA PARA CONTROLAR 5 SITES CONTROLADOR CENTRAL P25 FASE 1 CAPACIDADE MÍNIMA PARA CONTROLAR 5 SITES O sistema digital de radiocomunicação será constituído pelo Sítio Central, Centro de Despacho (COPOM) e Sítios de Repetição interligados

Leia mais

ANEXO DEFINIÇÕES BÁSICAS DOS PRODUTOS E SERVIÇOS

ANEXO DEFINIÇÕES BÁSICAS DOS PRODUTOS E SERVIÇOS ANEXO DEFINIÇÕES BÁSICAS DOS PRODUTOS E SERVIÇOS 1 DAS DEFINIÇÕES BÁSICAS DOS PRODUTOS E SERVIÇOS 1.1 - Terminal Fixo Comutado de Telefonia, assim entendido como terminal convencional, linha telefônica

Leia mais

Como explorar os recursos do Asterisk Epaminondas Lage

Como explorar os recursos do Asterisk Epaminondas Lage Como explorar os recursos do Asterisk Epaminondas Lage Apresentação Epaminondas de Souza Lage Epaminondas de Souza Lage popo@planetarium.com.br Formado em Engenharia Elétrica com ênfase em Sistemas Industriais

Leia mais

SOBRE A CALLIX. Por Que Vantagens

SOBRE A CALLIX. Por Que Vantagens Callix PABX Virtual SOBRE A CALLIX Por Que Vantagens SOBRE A CALLIX Por Que Vantagens Por Que Callix Foco no seu negócio, enquanto cuidamos da tecnologia do seu Call Center Pioneirismo no mercado de Cloud

Leia mais

JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU Seção Judiciária do Espírito Santo ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA LOCAÇÃO E MONTAGEM DE CENTRAIS TELEFÔNICAS

JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU Seção Judiciária do Espírito Santo ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA LOCAÇÃO E MONTAGEM DE CENTRAIS TELEFÔNICAS ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA LOCAÇÃO E MONTAGEM DE CENTRAIS TELEFÔNICAS 01 - OBJETO 1.1. Locação com instalação e desinstalação de centrais privadas de comutação telefônica baseadas em tecnologia de comutação

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO FÓRUM TÉCNICO CONSULTIVO TELEFONIA IP Carlos José Rosa Coletti AI Reitoria Lazaro Geraldo Calestini Rio Claro Tatiana Pinheiro de Brito IA São Paulo Valmir Dotta FCLAr - CSTI Walter Matheos Junior IFT

Leia mais

Muito mais do que um simples PABX. Uma solução de economia para sua empresa.

Muito mais do que um simples PABX. Uma solução de economia para sua empresa. PABX Digital PABX Muito mais do que um simples PABX. Uma solução de economia para sua empresa. O ACTIVE IP é PABX inovador que possibilita a utilização da telefonia IP e convencional garantindo eficiência

Leia mais

Catálogo de Produtos - Gestão Gráfica

Catálogo de Produtos - Gestão Gráfica Catálogo de Produtos - Gestão Gráfica Flexibilidade, confiabilidade e segurança na detecção de incêndios. Sistemas Endereçáveis Analógicos Módulos e Cartões de Comunicação Dispositivo de Análise de Laço

Leia mais

Tarifação on-line Documentação básica

Tarifação on-line Documentação básica » Produtos / Tarifação on-line Software tarifador de chamadas telefônicas para Centrais Privadas de Comutação Telefônica (CPCT/PABX) com interface WEB. Com o crescente impacto dos custos de telefonia nos

Leia mais

SISTEMA DE CAPTURA, ARMAZENAMENTO E ANÁLISE DE VOZ

SISTEMA DE CAPTURA, ARMAZENAMENTO E ANÁLISE DE VOZ SISTEMA DE CAPTURA, ARMAZENAMENTO E ANÁLISE DE VOZ 1. ESPECIFICAÇÃO DO OBJETO Entende-se por SISTEMA DE CAPTURA, ARMAZENAMENTO E ANÁLISE DE VOZ o conjunto de componentes físicos e lógicos (hardware e software)

Leia mais

CoIPe Telefonia com Tecnologia

CoIPe Telefonia com Tecnologia CoIPe Telefonia com Tecnologia A proposta Oferecer sistema de telefonia digital com tecnologia que possibilita inúmeras maneiras de comunicação por voz e dados, integrações, recursos e abertura para customizações.

Leia mais

Gravador Digital SUPER MONITOR Descrição Geral

Gravador Digital SUPER MONITOR Descrição Geral Gravador Digital SUPER MONITOR Descrição Geral Documento confidencial Reprodução proibida 1 Introdução Em um mundo onde as informações fluem cada vez mais rápido e a comunicação se torna cada vez mais

Leia mais

Serviço fone@ms Projeto Piloto MS - RNP

Serviço fone@ms Projeto Piloto MS - RNP IV Workshop VoIP Serviço fone@ms Projeto Piloto MS - RNP Alex Galhano Robertson Recife, 29 de maio de 2009 Agenda Serviços Digitais para Saúde O serviço fone@ms Visão Geral Premissas Treinamento A rede

Leia mais

LGW4000 Labcom Media Gateway. Labcom Media Gateway Apresentação Geral 10/11/2011

LGW4000 Labcom Media Gateway. Labcom Media Gateway Apresentação Geral 10/11/2011 LGW4000 Labcom Media Gateway Labcom Media Gateway Apresentação Geral 10/11/2011 LGW4000 Labcom Media Gateway LGW4000 é um Media Gateway desenvolvido pela Labcom Sistemas que permite a integração entre

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA NÚMERO / DATA 03/2010 ORIGEM ER05

TERMO DE REFERÊNCIA NÚMERO / DATA 03/2010 ORIGEM ER05 1.OBJETO...2 2.JUSTIFICATIVA DA NECESSIDADE DA CONTRATAÇÃO...2 3.REQUISITOS DO OBJETO...2 4.FASES DE IMPLEMENTAÇÃO E PRAZOS... 8 1 1. OBJETO 1.1.Aquisição de 01 (uma) Central Privada de Comutação Telefônica,

Leia mais

UniFOA - Curso Seqüencial de Redes de Computadores Disciplina: Sistemas de Telecomunicações 4º período Professor: Maurício AULA 02 Telefonia Fixa

UniFOA - Curso Seqüencial de Redes de Computadores Disciplina: Sistemas de Telecomunicações 4º período Professor: Maurício AULA 02 Telefonia Fixa Introdução UniFOA - Curso Seqüencial de Redes de Computadores Com o aparecimento dos sistemas de comunicação móvel como a telefonia celular, o termo telefonia fixa passou a ser utilizado para caracterizar

Leia mais

1. ITENS 4.3 ALÍNEAS A,B,C,D E ITEM 14.4 DAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

1. ITENS 4.3 ALÍNEAS A,B,C,D E ITEM 14.4 DAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS QUESTIONAMENTOS EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO No.14000174/2014 AC 1. ITENS 4.3 ALÍNEAS A,B,C,D E ITEM 14.4 DAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Quanto ao item 4.3, entendemos que os prazos expostos no edital são para

Leia mais

CGW-P Gateway ISDN GSM

CGW-P Gateway ISDN GSM Interface de conexão TDM entre PABX e rede Celular Interconecte seu PABX ou Switch TDM com a rede celular GSM O gateway CGW-P é um dispositivo que interconecta seu PABX ou switch de voz com as redes celulares

Leia mais

Dimensionamento para ambiente virtualizado com VMWare vsphere

Dimensionamento para ambiente virtualizado com VMWare vsphere Dimensionamento para ambiente virtualizado com VMWare vsphere Fev / 2015 1. Apresentação O presente documento tem como objetivo apresentar os testes realizados em laboratório para o correto dimensionamento

Leia mais

Informações para implantação de equipamentos IP Intelbras

Informações para implantação de equipamentos IP Intelbras Informações para implantação de equipamentos IP Intelbras Descrição do pré-projeto - Configuração Quantos ramais analógicos contempla o projeto?. Quantos ramais digitais contempla o projeto?. Quantos ramais

Leia mais

Guia do Usuário. PCtel E1

Guia do Usuário. PCtel E1 Guia do Usuário PCtel E1 Conteúdo Conhecendo o Produto...05 Instalação Física...08 Módulo Supervidor...10 Política de Garantia...12 Aspectos gerais Conhecendo o produto A Pctel desenvolveu uma plataforma

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A ANEXO IV

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A ANEXO IV 1 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA AS POSIÇÕES DE TELEATENDIMENTOS E POSIÇÕES DE SUPERVISÃO. 1.1. As especificações técnicas descrias neste ANEXO, são destinadas aos teleatendimento telefônico e outros meios

Leia mais

Sistema híbrido de comunicação

Sistema híbrido de comunicação SOPHO is3000 Sistema híbrido de comunicação Benefícios Sistema de comunicação escalonável que oferece telefonia TDM e IP Arquitetura modular para uma configuração flexível permitindo expansões a qualquer

Leia mais

SISTEMA VOIP ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DPT/STI ET 01/2010. Anexo VIII Modelo de Anteprojeto para a Rede de Telefonia IP da SEF MG

SISTEMA VOIP ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DPT/STI ET 01/2010. Anexo VIII Modelo de Anteprojeto para a Rede de Telefonia IP da SEF MG SISTEMA VOIP ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DPT/STI ET 01/2010 Anexo VIII Modelo de Anteprojeto para a Rede de Telefonia IP da SEF MG MODELO DE ANTEPROJETO PARA REDE VOIP DA SEF MG Pag. 2/5 1. Diagrama Lógico

Leia mais

RETIFICAÇÃO DO PREGÃO PRESENCIAL Nº 053/2014

RETIFICAÇÃO DO PREGÃO PRESENCIAL Nº 053/2014 Sabará, 11 de setembro de 2014 RETIFICAÇÃO DO PREGÃO PRESENCIAL Nº 053/2014 A Prefeitura Municipal de Sabará, por meio da Secretaria Municipal de Administração, resolve, por questões administrativas, retificar

Leia mais

ANTES DE PROSSEGUIR GOSTARÍAMOS QUE VOCÊ CONHECESSE NOSSOS NOVOS CLIENTES E NOSSA NOVA TECNOLOGIA COM RECONHECIMENTO DE VOZ.

ANTES DE PROSSEGUIR GOSTARÍAMOS QUE VOCÊ CONHECESSE NOSSOS NOVOS CLIENTES E NOSSA NOVA TECNOLOGIA COM RECONHECIMENTO DE VOZ. ANTES DE PROSSEGUIR GOSTARÍAMOS QUE VOCÊ CONHECESSE NOSSOS NOVOS CLIENTES E NOSSA NOVA TECNOLOGIA COM RECONHECIMENTO DE VOZ. NOSSA URA OUVE, ENTENDE E RESPONDE ÀS SOLICITAÇÕES DOS CLIENTES SEM PRECISAR

Leia mais

Suporte Técnico de Vendas

Suporte Técnico de Vendas Suporte Técnico de Vendas Telefonia básica Hoje vivemos a sociedade da informação. A rede de telecomunicações desempenha papel fundamental na vida moderna. História das Telecomunicações Em 1876, o escocês

Leia mais

A Simples IP agradece a oportunidade de apresentação desta proposta de prestação de serviços.

A Simples IP agradece a oportunidade de apresentação desta proposta de prestação de serviços. Ao INSTITUTO MATOGROSSENSE DE ALGODÃO A/C: Sr. Claudio Fone: (65) 3321-6455 claudiopozzebom@imamt.com.br PROPOSTA COMERCIAL INSTITUTO MATOGROSSENSE DO ALGODÃO Cuiabá, 18 de Setembro de 2013. 1. APRESENTAÇÃO

Leia mais

= 72 portas. Conexão dos dois troncos analógicos. Chave seletora de tensão CN10 FONTE DS1 DS2 CN3 CN16 CN25 U8 U5 PLACA BASE C4 + CN21 RL1 CN22

= 72 portas. Conexão dos dois troncos analógicos. Chave seletora de tensão CN10 FONTE DS1 DS2 CN3 CN16 CN25 U8 U5 PLACA BASE C4 + CN21 RL1 CN22 Tabela PABX XT-72 Placa Ramal 0 Seis Placas Ramal 4 Total Ramais 06 0 24 40 Tabela 2 Troncos Analógicos Troncos no E 30 30 PABX XT-42 Placa Ramal 0 Seis Placas Ramal 4 Total = 72 portas Ramais 06 0 24

Leia mais

Guia Rápido Instalação CB3000 TDMoE Elastix

Guia Rápido Instalação CB3000 TDMoE Elastix Guia Rápido Instalação CB3000 TDMoE Elastix Sumário Recomendações... 3 Preparando o Servidor PABX-IP Elastix... 3 Módulo DAHDI... 3 Módulo LIBPRI... 3 Módulo OpenR2... 4 Configuração do CB3000 TDMoE como

Leia mais

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 17/2015 CREMEB

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 17/2015 CREMEB ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 17/2015 CREMEB 1 - DO OBJETO Contratação de empresa especializada para locação de Central Telefônica, acrescido de gerenciamento de custos e

Leia mais

Plano Plurianual da Distribuição. Turn Key 1. Dados e Informações para Projeto sobre as. SE S Esmeraldas e Jaboticatubas

Plano Plurianual da Distribuição. Turn Key 1. Dados e Informações para Projeto sobre as. SE S Esmeraldas e Jaboticatubas Doc. TC 00267/2009 SUPERINTENDÊNCIA DE TELECOMUNICAÇÕES GERÊNCIA DE MANUTENÇÃO DE INFRA-ESTRUTURA DE TELECOMUNICAÇÕES Plano Plurianual da Distribuição Turn Key 1 Dados e Informações para Projeto sobre

Leia mais

CGW-PX1 Gateway SIP GSM

CGW-PX1 Gateway SIP GSM Interface de conexão SIP entre PABX e rede Celular Interconecte seu PABX ou Switch SIP com a rede celular GSM O gateway CGW-PX1 é um dispositivo que interconecta seu PABX ou switch de voz com as redes

Leia mais

SOLUÇÕES DE INFRAESTRUTURA

SOLUÇÕES DE INFRAESTRUTURA DE INFRAESTRUTURA www.alidata.pt geral@alidata.pt +351 244 850 030 A Alidata conta com uma equipa experiente e especializada nas mais diversas áreas, desde a configuração de um simples terminal de trabalho

Leia mais

EVOLUÇÃO CONSTANTE. XIP-220 Lite. www.digistar.com.br

EVOLUÇÃO CONSTANTE. XIP-220 Lite. www.digistar.com.br EVOLUÇÃO CONSTANTE XIP-220 Lite www.digistar.com.br LINHA PME ESCOLHA A MELHOR OPÇÃO ENTRE FUNCIONALIDADES, PORTE E FLEXIBILIDADE. XIP-220 Lite (E) (62 portas) A Linha PME é a melhor opção para empresas

Leia mais

:: Telefonia pela Internet

:: Telefonia pela Internet :: Telefonia pela Internet http://www.projetoderedes.com.br/artigos/artigo_telefonia_pela_internet.php José Mauricio Santos Pinheiro em 13/03/2005 O uso da internet para comunicações de voz vem crescendo

Leia mais

Manual de funcionamento Esteira transportadora

Manual de funcionamento Esteira transportadora Manual de funcionamento Esteira transportadora Sumário 1. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 2 2. ITENS DO SISTEMA... 3 2.1. PLACA DE COMANDO... 3 2.1.1. Sinalizador... 3 2.1.2. Botão pulsador... 3 2.1.3. Chave comutadora...

Leia mais

EDITAL CONCORRÊNCIA PÚBLICA N.º 001/2015 PROCESSO ADMINISTRATIVO 009/2015

EDITAL CONCORRÊNCIA PÚBLICA N.º 001/2015 PROCESSO ADMINISTRATIVO 009/2015 Londrina, 07 de outubro de 2015. EDITAL CONCORRÊNCIA PÚBLICA N.º 001/2015 PROCESSO ADMINISTRATIVO 009/2015 OBJETO: Art.1º. Constitui objeto desta licitação a aquisição de 01 (uma) Plataforma de Solução

Leia mais

HOJE SISTEMAS DE INFORMÁTICA LTDA (HOJE TELECOM) OFERTA PÚBLICA DE INTERCONEXÃO

HOJE SISTEMAS DE INFORMÁTICA LTDA (HOJE TELECOM) OFERTA PÚBLICA DE INTERCONEXÃO HOJE SISTEMAS DE INFORMÁTICA LTDA (HOJE TELECOM) OFERTA PÚBLICA DE INTERCONEXÃO RESOLUÇÃO N.º 410, de 11 de julho de 2005 da ANATEL D.O.U. de 13/07/2005. INTERCONEXÃO DE REDES DE TELECOMUNICAÇÕES DE INTERESSE

Leia mais

ESCLARECIMENTO IV EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº. 883/2014

ESCLARECIMENTO IV EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº. 883/2014 ESCLARECIMENTO IV EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº. 883/2014 O SESI/SENAI-PR, através de sua Comissão de Licitação, torna público o ESCLARECIMENTO IV referente ao edital de licitação acima relacionado,

Leia mais

SIMA. Sistema Integrado de Monitorização, Controlo e Alarme

SIMA. Sistema Integrado de Monitorização, Controlo e Alarme SIMA Sistema Integrado de Monitorização, Controlo e Alarme Sistema Integrado de Monitorização Controlo e Alarme Plataforma aberta e modular de monitorização e controlo de equipamentos e plataformas de

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO AA 09/2010 QUESTIONAMENTO 02

PREGÃO ELETRÔNICO AA 09/2010 QUESTIONAMENTO 02 PREGÃO ELETRÔNICO AA 09/2010 QUESTIONAMENTO 02 Questionamento 02.1: No item 6.3.2.3 é pedido um modelo de Gateway PRI da Nortel Avaya para interligação via E1 ISDN com a rede pública. Este modelo de Gateway

Leia mais

Proposta de Parceria. Documento Confidencial

Proposta de Parceria. Documento Confidencial Proposta de Parceria Quem Somos Uma empresa criada em 2011 com objetivo de prestar serviços e oferecer produtos para o mercado financeiro e de meios eletrônicos de pagamento. Criada por executivos de larga

Leia mais

Software de Controle de Acesso

Software de Controle de Acesso Software de Controle de Acesso O W-Access é um software de controle de acesso 100% nacional, com padrões internacionais de qualidade, adequado ao mercado brasileiro e totalmente gerenciável por navegadores

Leia mais

TELEFONE ROBUSTO TPB-401

TELEFONE ROBUSTO TPB-401 TELEFONE ROBUSTO TPB-401 MANUAL DE OPERAÇÃO DMO 2501-001B.doc 1. APRESENTAÇÃO O Telefone Robusto TPB-401 é um aparelho telefônico resistente projetado para atender às necessidades especiais de comunicação

Leia mais

Comunicação interligando vidas

Comunicação interligando vidas Comunicação interligando vidas APRESENTAÇÃO E PROPOSTA COMERCIAL 1. INTRODUÇÃO O presente documento contém o projeto técnico comercial para prestação dos serviços de locação, suporte, consultorias da área

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/15. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/15. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/15. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Constitui objeto da presente licitação o registro de preços para implantação de sistema de telefonia digital (PABX) baseado em servidor IP, com fornecimento

Leia mais

A Sothis é uma empresa provedora de voz e dados com suporte a gestão de economia. para sua empresa. Através da Tecnologia de IP, dispomos de soluções

A Sothis é uma empresa provedora de voz e dados com suporte a gestão de economia. para sua empresa. Através da Tecnologia de IP, dispomos de soluções C O M U N I C A Ç Ã O D I G I T A L A Sothis é uma empresa provedora de voz e dados com suporte a gestão de economia para sua empresa. Através da Tecnologia de IP, dispomos de soluções para o trafego de

Leia mais

MAHA-TEL TELECOMUNICAÇÕES LTDA (MAHA-TEL TELECOM) OFERTA PÚBLICA DE INTERCONEXÃO

MAHA-TEL TELECOMUNICAÇÕES LTDA (MAHA-TEL TELECOM) OFERTA PÚBLICA DE INTERCONEXÃO MAHA-TEL TELECOMUNICAÇÕES LTDA (MAHA-TEL TELECOM) OFERTA PÚBLICA DE INTERCONEXÃO RESOLUÇÃO NO. 410, de 11 de julho de 2005 da ANATEL D.O.U. de 13/07/2005. INTERCONEXAO DE REDES DE TELECOMUNICACOES DE INTERESSE

Leia mais

Estrutura de um Rede de Comunicações. Redes e Sistemas Distribuídos. Tarefas realizadas pelo sistema de comunicação. Redes de comunicação de dados

Estrutura de um Rede de Comunicações. Redes e Sistemas Distribuídos. Tarefas realizadas pelo sistema de comunicação. Redes de comunicação de dados Estrutura de um Rede de Comunicações Profa.. Cristina Moreira Nunes Tarefas realizadas pelo sistema de comunicação Utilização do sistema de transmissão Geração de sinal Sincronização Formatação das mensagens

Leia mais

Bibliografia. Termos comuns em VoIp. Termos comuns em VoIp. Programa de Telecomunicações

Bibliografia. Termos comuns em VoIp. Termos comuns em VoIp. Programa de Telecomunicações Introdução a conceitos de hardware e software de computador. Introdução a sistemas operacionais: Microsoft Windows e Linux. Conceitos básicos e utilização de aplicativos para edição de textos, planilhas

Leia mais

DIRETORIA DE OPERAÇÃO - DO

DIRETORIA DE OPERAÇÃO - DO ANEXO II ESPECIFICAÇÕES PARA UCD / CONCENTRADOR DE DADOS A2. Unidade Controle Digital Remota / Concentrador de Dados 2.1. Introdução Esta seção tem a finalidade de especificar tecnicamente a Unidade de

Leia mais

Guia Rápido Instalação CB3000 TDMoE Meucci BE

Guia Rápido Instalação CB3000 TDMoE Meucci BE Guia Rápido Instalação CB3000 TDMoE Meucci BE Sumário Recomendações... 3 Preparando o Servidor PABX-IP Meucci BE... 3 Recompilando o pacote dahdi-tools... 5 Configuração do CB3000 TDMoE... 6 Arquivo de

Leia mais

A Innovus está disponibilizando para as empresas a oportunidade de promoverem treinamentos de VoIP e Asterisk em suas cidades.

A Innovus está disponibilizando para as empresas a oportunidade de promoverem treinamentos de VoIP e Asterisk em suas cidades. A Innovus está disponibilizando para as empresas a oportunidade de promoverem treinamentos de VoIP e Asterisk em suas cidades. A proposta abaixo é para realização de treinamento "In Company" ou para Revenda

Leia mais

Figura 2.20 - Comutação de Pacotes: (a) Circuito Virtual; (b) Datagrama Fonte: Ribeiro, M. P.; Barradas, O. (1980)

Figura 2.20 - Comutação de Pacotes: (a) Circuito Virtual; (b) Datagrama Fonte: Ribeiro, M. P.; Barradas, O. (1980) 38 outra de D para G. O nó A programa, para a mensagem, a rota A-B-C-D-E e avisa os nós B, C e E desta rota. O mesmo acontece com o nó D, que programou a rota D-B-C-G. O circuito B- C transmite os pacotes

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES / TELEFONIA GERAL METRÔ 1 GERAL BÁSICO - MEMÓRIA DESCRITIVO - FOLHA DATA REVISÃO CODIFICAÇÃO 19/10/2015 1 MD.3/TA.99/00.

TELECOMUNICAÇÕES / TELEFONIA GERAL METRÔ 1 GERAL BÁSICO - MEMÓRIA DESCRITIVO - FOLHA DATA REVISÃO CODIFICAÇÃO 19/10/2015 1 MD.3/TA.99/00. (Logo da contratada) (Código da Contratada) Folha nº Processo nº Rubrica Matr REGIÃO ADM. GERAL ENDEREÇO GERAL AUTOR(ES): ANDERSON ATAIDE DAS NEVES GLAKSON SILVA DE MOURA VISTO ONISLEY OLIVEIRA PINTO GIOVANNI

Leia mais

Seção de Documentos de Referência - SEDOR TERMO DE REFERÊNCIA

Seção de Documentos de Referência - SEDOR TERMO DE REFERÊNCIA Seção de Documentos de Referência - SEDOR TERMO DE REFERÊNCIA Objeto: Aquisição de um Sistema Privado de Telefonia, composto de: 1 (uma) central Telefônica do tipo CPCT (Central Privada de Comutação Telefônica),

Leia mais

Ler e interpretar simbologias elétricas. Elaborar diagramas elétricos em planta baixa. Ler e interpretar Planta Baixa.

Ler e interpretar simbologias elétricas. Elaborar diagramas elétricos em planta baixa. Ler e interpretar Planta Baixa. : Técnico em Informática Descrição do Perfil Profissional: O profissional com habilitação Técnica em Microinformática, certificado pelo SENAI-MG, deverá ser capaz de: preparar ambientes para a instalação

Leia mais

6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 0 2 4 6 8 10 33 34 35 36 37 38 39 40 resolução de problemas recolha e tratamento da informação planeamento / organizção inovação

Leia mais

Soluções em roteamento de voz

Soluções em roteamento de voz Soluções em roteamento de voz Solução completa para roteamento de voz Estabelecida em 1994 Matrai Tecnologia e Sistemas é uma empresa especializada no desenvolvimento e integração de sistemas para telecomunicações.

Leia mais

ESCLARECIMENTO nº 01

ESCLARECIMENTO nº 01 ESCLARECIMENTO nº 01 PROCESSO Nº 149/2010 PREGÃO PRESENCIAL Nº 004/2010 Segue esclarecimento formulado por licitante e a respectiva resposta, com base na informação prestada pela área gestora (DETIN):

Leia mais

www.smartptt.com.br e-mail: info@smartptt.com.br O SOFTWARE MOTORBO Suporte: e-mail: suporte@smartptt.com.br Suporte: Fone: +55 11 2914-3040

www.smartptt.com.br e-mail: info@smartptt.com.br O SOFTWARE MOTORBO Suporte: e-mail: suporte@smartptt.com.br Suporte: Fone: +55 11 2914-3040 O SOFTWARE MOTORBO Um sistema de controle de comunicações moderno não é composto apenas de hardware. Atualmente, software tem papel primordial. Com ele, é possível extrair todo o potencial disponibilizado

Leia mais

USO DO ASTERISK COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO NO ENSINO PRÁTICO DE TELEFONIA

USO DO ASTERISK COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO NO ENSINO PRÁTICO DE TELEFONIA USO DO ASTERISK COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO NO ENSINO PRÁTICO DE TELEFONIA Caio Fernandes Gabi cfgabi@hotmail.com Intituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba IFPB Av. 1º de Maio, nº. 720,

Leia mais

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição Capítulo 7 Entrada/saída Os textos nestas caixas foram adicionados pelo Prof. Joubert slide 1 Problemas de entrada/saída Grande variedade

Leia mais

1. EZ300 GENESIS II - 1 -

1. EZ300 GENESIS II - 1 - EZ300 GENESIS II 1. EZ300 GENESIS II O EZ300 GENESIS II é uma solução competitiva para acesso a serviços de terminal Windows, Linux e a emuladores terminais diversos. Possui um desenho arrojado e formato

Leia mais

Central Telefônica: Estrutura de uma Central Temporal

Central Telefônica: Estrutura de uma Central Temporal Central Telefônica: A central telefônica é o elemento de rede responsável pela comutação de sinais entre os usuários. As centrais são interligadas por entroncamentos de cabos ópticos ou cabos de pares.

Leia mais

Asterisk, usando R2/MFC. DigiVoice Tecnologia em Eletrônica Ltda.

Asterisk, usando R2/MFC. DigiVoice Tecnologia em Eletrônica Ltda. Asterisk, usando R2/MFC DigiVoice Tecnologia em Eletrônica Ltda. Por que R2/MFC? Não é uma opção, mas a sinalização predominante para troncos digitais E1 nas centrais telefônicas no Brasil. É uma evolução

Leia mais

Solução de Call Center

Solução de Call Center Solução de Call Center Tk-Atende v1.0 O Software de Call Center Tk-Atende v1.0 Call Center Gerenciador de Chamadas Software cujo conceito visa a excelência no gerenciamento e monitoria de chamadas telefônicas

Leia mais

ANTES DE PROSSEGUIR GOSTARÍAMOS QUE VOCÊ CONHECESSE NOSSOS NOVOS CLIENTES E NOSSA NOVA TECNOLOGIA COM RECONHECIMENTO DE VOZ.

ANTES DE PROSSEGUIR GOSTARÍAMOS QUE VOCÊ CONHECESSE NOSSOS NOVOS CLIENTES E NOSSA NOVA TECNOLOGIA COM RECONHECIMENTO DE VOZ. ANTES DE PROSSEGUIR GOSTARÍAMOS QUE VOCÊ CONHECESSE NOSSOS NOVOS CLIENTES E NOSSA NOVA TECNOLOGIA COM RECONHECIMENTO DE VOZ. NOSSA URA OUVE, ENTENDE E RESPONDE ÀS SOLICITAÇÕES DOS CLIENTES SEM PRECISAR

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 13ª REGIÃO PRT13 DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 13ª REGIÃO PRT13 DIVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANEXO I PROJETO BÁSICO/TERMO DE REFERÊNCIA 1) OBJETO: A presente Licitação tem como objeto Contratação de empresa especializada para prestação de serviços de manutenção preventiva e corretiva, com fornecimento

Leia mais

Access Easy Control System Guia de seleção

Access Easy Control System Guia de seleção Access Easy Control System Guia de seleção 2 Conteúdo Conteúdo 3 Visão Geral do Sistema 4 Hardware da Interface Wiegand 5 Configuração do Controlador Access Easy 5 Passo 1: Selecionar o Tamanho do Sistema

Leia mais

Primeiro Foguete Brasileiro com Propulsão Líquida

Primeiro Foguete Brasileiro com Propulsão Líquida Primeiro Foguete Brasileiro com Propulsão Líquida Sucesso na Operação Raposa para lançamento do VS-30 no último dia 01/09 Tendências e tecnologias dos sistemas de testes aeroespacial e de defesa Alisson

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 009/2012

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 009/2012 Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 009/2012 1 DO OBJETO 1.1 - Fornecimento de solução avançada de backup desduplicado, com serviços de assistência técnica e capacitação, visando a integração

Leia mais

Guia de instalação. Gravador de chamadas

Guia de instalação. Gravador de chamadas Guia de instalação Gravador de chamadas Gravador de chamadas Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. O Gravador Impacta é um software desenvolvido para gravação

Leia mais

Fundamentos de Hardware

Fundamentos de Hardware Fundamentos de Hardware Curso Técnico em Informática SUMÁRIO PLACAS DE EXPANSÃO... 3 PLACAS DE VÍDEO... 3 Conectores de Vídeo... 4 PLACAS DE SOM... 6 Canais de Áudio... 7 Resolução das Placas de Som...

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO A presente licitação tem como objeto a contratação de empresa, especializada e devidamente autorizada pela ANATEL - Agência Nacional de Telecomunicações, prestadora

Leia mais

Arquitetura da Plataforma All-in-one da GenNex

Arquitetura da Plataforma All-in-one da GenNex Arquitetura da Plataforma All-in-one da GenNex 1. Descrição Geral A plataforma all-in-one desenvolvida pela GenNex Telecom não é baseada em Asterisk, mas sim, fruto de um projeto próprio onde todos os

Leia mais

RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00008/2015-001 SRP

RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00008/2015-001 SRP 26430 - INST.FED.DE EDUC.,CIENC.E TEC.S.PERNAMBUCANO 158149 - INST.FED.EDUC.CIENC.E TEC.SERTãO PERNAMBUCANO RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00008/2015-001 SRP 1 - Itens da Licitação 1 - EQUIPAMENTO

Leia mais

Manual do Usuário do Cell Bridge GSM Tronco

Manual do Usuário do Cell Bridge GSM Tronco INTRODUÇÃO Parabéns! Você acaba de adquirir mais um produto com a qualidade e a tecnologia IDENTECH. O Cell Bridge é uma interface celular diferenciada. O Cell Bridge funciona como uma interface celular

Leia mais

Procedimento de configuração para usuários VONO

Procedimento de configuração para usuários VONO Adaptador de telefone analógico ZOOM Procedimento de configuração para usuários VONO Modelos 580x pré configurados para VONO 1 - Introdução Conteúdo da Embalagem (ATENÇÃO: UTILIZE APENAS ACESSÓRIOS ORIGINAIS):

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação I

Administração de Sistemas de Informação I Administração de Sistemas de Informação I Prof. Farinha Aula 03 Telecomunicações Sistemas de Telecomunicações 1 Sistemas de Telecomunicações Consiste de Hardware e Software transmitindo informação (texto,

Leia mais

Benefícios da Adoção de. VoIP pelas empresas. Luciano Matsumoto

Benefícios da Adoção de. VoIP pelas empresas. Luciano Matsumoto Benefícios da Adoção de VoIP pelas empresas Luciano Matsumoto Apresentação Luciano Matsumoto Luciano Matsumoto lmatsumoto@tmais.com.br Engenheiro Elétrico c/ ênfase em Telecomunicações pela Escola Politécnica

Leia mais

TACTIUM IP com Integração à plataforma n-iplace. Guia de Funcionalidades. Versão 5.0 TACTIUM IP Guia de Funcionalidades com n-iplace

TACTIUM IP com Integração à plataforma n-iplace. Guia de Funcionalidades. Versão 5.0 TACTIUM IP Guia de Funcionalidades com n-iplace Tactium Tactium IP IP TACTIUM IP com Integração à plataforma n-iplace Guia de Funcionalidades 1 Independência de localização e redução de custos: o TACTIUM IP transforma em realidade a possibilidade de

Leia mais

Plataforma Sentinela

Plataforma Sentinela Plataforma Sentinela A plataforma completa para segurança corporativa A plataforma Sentinela é a mais completa plataforma para monitoramento e interceptação em tempo real, gravação e bilhetagem de chamadas

Leia mais