Coordenação da Atenção Básica. Manual de Orientação para a Unidade Básica de Saúde

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Coordenação da Atenção Básica. Manual de Orientação para a Unidade Básica de Saúde"

Transcrição

1 Coordenação da Atenção Básica Manual de Orientação para a Unidade Básica de Saúde Secretaria Municipal da Saúde São Paulo 2006 manual_remedio_nova_versao.indd 1 31/1/ :51:20

2 Prefeito José Serra Secretária Maria Cristina Faria da Silva Cury Coordenadora da Atenção Básica Maria de Fátima Faria Duayer Ficha técnica Digitação e montagem Coordenação da Atenção Básica Companhia de Processamento de Dados do Município de São Paulo - Prodam Editoração e diagramação Olho de Boi Comunicações Tiragem 1000 exemplares Endereço Coordenação da Atenção Básica Rua General Jardim, 36 8 andar, São Paulo Tel: (011) manual_remedio_nova_versao.indd 2 31/1/ :51:22

3 Coordenação da Atenção Básica Remédio em Casa Manual de orientação para a Unidade Básica de Saúde Responsáveis técnicos: Coordenação da Atenção Básica Companhia de Processamento de Dados do Município de São Paulo - Prodam Colaboradores: Assistência Farmacêutica Coordenação de Desenvolvimento de Programas e Políticas de Saúde - CODEPPS Secretaria Municipal de Saúde São Paulo 2006 manual_remedio_nova_versao.indd 3 31/1/ :51:22

4 Ficha Catalográfica S241m São Paulo (Cidade). Secretaria da Saúde Remédio em casa Medicamento direto em casa: manual de orientação./secretaria da Saúde. Coordenação da Atenção Básica/PSF/Prodam. São Paulo: SMS, p. 1.Atenção à saúde. 2.Programas de saúde da família. 3.Serviços de saúde. 4.Manual de serviço. I.Atenção Básica. II.Prodam. III.Título. manual_remedio_nova_versao.indd 4 31/1/ :51:22

5 Sumário Apresentação 6 Introdução 7 Critérios de inclusão 9 Rotinas para a inclusão dos pacientes 9 Sistema Remédio em Casa: funcionalidades 11 manual_remedio_nova_versao.indd 5 31/1/ :51:23

6 Apresentação O REMÉDIO EM CASA, programa prioritário desta administração, tem o objetivo de garantir à população o acesso aos medicamentos para tratamento da Hipertensão Arterial e do Diabetes Mellitus. A Hipertensão Arterial e o Diabetes Mellitus, doenças crônicas não transmissíveis, altamente prevalentes na população brasileira, são os principais fatores de risco para as doenças cardiovasculares, primeira causa de morte no município de São Paulo. Este manual é um instrumento para divulgação de informações e orientações sobre o Programa REMÉDIO EM CASA, destinado aos profissionais da rede básica. Outras ações estão sendo implementadas visando qualificar a atenção aos portadores de Hipertensão Arterial e Diabetes Mellitus, tais como, a atualização dos profissionais da rede básica, a publicação do protocolo para tratamento dessas patologias e a distribuição dos insumos de automonitoramento para os pacientes diabéticos que utilizam insulina. O empenho de todos os profissionais da rede municipal de saúde nas diversas instâncias de atuação constitui fator determinante no controle desses agravos à saúde e na mudança do perfil de morbimortalidade da cidade de São Paulo. Maria Cristina Faria da Silva Cury 6 manual_remedio_nova_versao.indd 6 31/1/ :51:23

7 Introdução As transições geográfica, nutricional e epidemiológica verificadas no século passado determinaram um avanço das doenças crônicas não transmissíveis em todo o mundo. No Brasil, estas doenças foram responsáveis pela maior parcela dos óbitos e das despesas com assistência hospitalar no SUS, totalizando cerca de 69% dos gastos com atenção à saúde em Desde a década de 60, as doenças cardiovasculares (DCV) lideram as causas de óbito no país (Ministério da Saúde, 2004). Em São Paulo, no ano de 2004, as doenças isquêmicas do coração e as doenças cerebrovasculares foram, respectivamente, a primeira e segunda causa de morte no Município de São Paulo (Secretaria Municipal da Saúde-SP, 2005). A Hipertensão Arterial (HA) e o Diabetes Mellitus (DM) são os principais fatores de risco populacional para as doenças cardiovasculares. Vários estudos mostram que se reduzirmos a pressão arterial diastólica média de uma população em 4 mmhg, em um ano, teremos uma redução de 35 a 42% de acidente vascular encefálico (AVE), nessa comunidade (Ministério da Saúde,2001). O controle dessas patologias constitui importante desafio para o sistema de saúde, em especial para a Atenção Básica, onde podem ser tratados 60 a 80% dos portadores destas condições (Ministério da Saúde, 2001). A articulação e coordenação das ações prestadas pelos serviços dos diferentes níveis de atenção; o envolvimento e responsabilização dos profissionais possibilitando o estabelecimento de vínculos com a população, a promoção à saúde e prevenção de danos; a incorporação de novos hábitos de vida e o desenvolvimento de uma postura ativa e de responsabilização pela própria saúde por parte dos portadores dessas condições são elementos imprescindíveis para o controle da Hipertensão Arterial e do Diabetes Mellitus. 7 manual_remedio_nova_versao.indd 7 31/1/ :51:23

8 Desta forma, cabe a Atenção Básica: Desenvolver ações para a redução dos fatores de risco e prevenção de complicações Diagnosticar, cadastrar e vincular às equipes das Unidades Básicas de Saúde as pessoas com HA e DM Realizar o acompanhamento sistemático das pessoas portadoras de HA e DM, disponibilizando os medicamentos padronizados para o tratamento. Nesta perspectiva, o programa Remédio em Casa tem o objetivo de garantir à população o acesso aos medicamentos para tratamento da HA e do DM. Este programa consiste na entrega, via correio, de medicamentos anti-hipertensivos e antidiabéticos orais em quantidade suficiente para o período de 90 dias, aos portadores de HA e DM em acompanhamento na Unidade Básica de Saúde. O programa pretende ainda tornar mais efetivo o acesso aos medicamentos priorizados, evitando os nós e gargalos da cadeia de distribuição e idas e filas desnecessárias nas Unidades Básicas de Saúde. 8 Serão disponibilizados os seguintes medicamentos: Hidroclorotiazida 25mg Propranolol 40 mg Atenolol 50 mg Captopril 25 mg Enalapril 20 mg Nifedipino 20 mg de liberação prolongada Anlodipino 5 mg Acido acetilsalicílico 100 mg Metformina 850 mg Glibenclamida 5 mg manual_remedio_nova_versao.indd 8 31/1/ :51:23

9 Critérios de Inclusão A inclusão no programa Remédio em Casa é de responsabilidade do médico que faz o acompanhamento clínico do paciente. Serão incluídos no programa os pacientes com Hipertensão Arterial e/ou Diabetes Mellitus: Matriculados e acompanhados na Unidade Básica de Saúde Que possuem cartão SUS Residentes no município de São Paulo Sem complicações cardiovasculares e renais Que não utilizam insulina Com pressão arterial e glicemia controladas São considerados controlados para efeito de admissão no programa, os pacientes hipertensos e diabéticos que, em duas consultas consecutivas, com intervalo mínimo de 30 dias apresentam, respectivamente, pressão arterial menor que 140 x 90 mmhg e glicemia de jejum entre 80 e 110 mg/dl ou hemoglobina glicada até uma unidade acima do limite superior do método. Rotinas para a inclusão dos pacientes no programa Os seguintes passos deverão ser observados para a inclusão do paciente no programa Remédio em Casa : Decidida a inclusão, o médico deve realizar a prescrição em receituário próprio do programa, em duas vias. 9 manual_remedio_nova_versao.indd 9 31/1/ :51:23

10 A prescrição deve ser digitada no sistema, possibilitando a remessa domiciliar. Esta digitação deve ser feita na presença do paciente para a confirmação do endereço de entrega. Sugere-se que a digitação não seja realizada na farmácia da Unidade, devido ao grande movimento. A primeira via da prescrição deve ser entregue ao paciente para possibilitar a conferência dos medicamentos no momento do recebimento dos mesmos e a outra via deve ser mantida no seu prontuário. Na primeira vez que o paciente for incluído no programa, é necessário uma prescrição em receituário comum para a retirada dos medicamentos na farmácia da Unidade Básica de Saúde, para um período de 15 dias, tempo suficiente para a remessa do correio. Os medicamentos são entregues no domicílio, via correio, em quantidade suficiente para o período de 3 meses. A equipe multidisciplinar deve garantir o seguimento do paciente na Unidade de Saúde e nova consulta médica em 3 meses, viabilizando a continuidade do tratamento. A consulta de retorno deve ser agendada após 75 dias da primeira consulta. O sistema rejeita novas prescrições em tempo inferior a 75 dias. Para nova remessa de medicamentos é necessária a entrada de nova prescrição no sistema. Após a digitação das prescrições, um outro operador deve realizar a conferência das mesmas, liberando-as, no mesmo dia, para o Almoxarifado Central. 10 manual_remedio_nova_versao.indd 10 31/1/ :51:23

11 O sistema Remédio em Casa: Funcionalidades O Remédio em Casa é um módulo do sistema Gestão de Sistemas em Saúde (GSS) destinado à remessa domiciliar de medicamentos e apresenta as seguintes funcionalidades, na Unidade Básica de Saúde: incluir prescrição, liberar prescrição, excluir prescrição, pesquisar prescrição e relatórios. 4.1 Incluir prescrição A Unidade Básica de Saúde é responsável pela Inclusão da prescrição médica do paciente e pela Liberação (conferência da prescrição médica com a digitação). Após estes dois procedimentos a prescrição é liberada para o Almoxarifado Central, que é responsável pelo processamento (separação dos medicamentos, montagem das caixas) e encaminhamento para o correio, que realiza a entrega ao paciente. É importante lembrar que toda inclusão de prescrição deve ser feita na presença do paciente para a confirmação do endereço de entrega. Para incluir uma prescrição: acessar no módulo operacional: menu Estoque / Remédio em Casa / Incluir Prescrição. Primeiro, localizar o cadastro do usuário. Realizar a pesquisa pelo Nome ou pelo Número do CNS. 11 manual_remedio_nova_versao.indd 11 31/1/ :51:23

12 Quando a pesquisa é feita pelo Nome, o sistema procura os usuários cujos nomes coincidem com o nome digitado. Para realizar uma pesquisa mais ampla, selecionar a opção Pesquisar dentro do nome, e qualquer usuário cujo nome contiver o nome digitado será localizado. Clicar o botão Exibir Lista. O sistema traz lista dos usuários encontrados. Selecionar aquele cuja prescrição médica deve ser incluída e clicar no botão Selecionar. Verificar se o endereço de entrega está correto. Este procedimento deve ser realizado na presença do usuário, para confirmação dos dados. 12 Se necessário, realizar as alterações. Os campos em azul são de preenchimento obrigatório. manual_remedio_nova_versao.indd 12 31/1/ :51:24

13 É importante observar que na primeira inclusão de uma prescrição, o sistema importa os dados do endereço residencial cadastrado no SIGA Saúde. Caso o paciente queira receber o medicamento em outro endereço (por exemplo, endereço do trabalho), é possível alterar os dados do endereço de entrega. Esta alteração não será exportada para o SIGA Saúde. Assim, se o usuário quiser ou necessitar alterar seu endereço residencial, esta alteração deve ser realizada no SIGA Saúde. Uma vez liberada a primeira prescrição do usuário, os dados do endereço de entrega são incluídos no banco de dados do Remédio em Casa. Quando da inclusão de nova prescrição para o mesmo usuário, o sistema acessa os dados do endereço de entrega informado na primeira vez. Clicar o botão Confirmar. Informar a Data em que foi realizada a prescrição (o sistema preenche automaticamente o dia). Porém, se a prescrição foi emitida em outra data (só pode ocorrer se a unidade estiver com problemas com o sistema/equipamento), deve-se entrar com essa data. 13 manual_remedio_nova_versao.indd 13 31/1/ :51:24

14 No campo Receita para, informar o prazo de validade da prescrição. Atualmente este período é fixo (90 dias). Selecionar o nome do Médico que prescreveu os medicamentos. Os médicos da Unidade Básica de Saúde devem estar cadastrados no sistema GSS RH. Selecionar as caixas referentes ao diagnóstico do paciente : Diabetes mellitus e/ou Hipertensão Arterial. Os detalhes dos diagnósticos devem estar no prontuário do paciente. Selecionar a opção Informado no prontuário para cada diagnóstico. Clicar/Selecionar no botão Ver Lista de Medicamentos. Informar/digitar a quantidade de cada medicamento prescrito. Caso, tenha prescrição de meio comprimido do medicamento, selecionar/clicar a caixa 1/2. 14 manual_remedio_nova_versao.indd 14 31/1/ :51:25

15 Selecionar/clicar a caixa correspondente à posologia do medicamento: Todo Dia ou Dia Sim, Dia Não. 15 manual_remedio_nova_versao.indd 15 31/1/ :51:25

16 O sistema calcula o Total de cada medicamento que será disponibilizado para o período de 90 dias. No campo: Detalhes da Prescrição, pode conter explicações sobre a forma de administração dos medicamentos ou outra observação detalhada na prescrição médica. Clicar/Selecionar no botão Cadastro de Prescrição. O sistema emite uma Mensagem de Confirmação. O sistema também gera um número para essa prescrição. Anotar este número nas duas vias da prescrição. A primeira via deve ser entregue ao paciente e a segunda deve ser utilizada para a conferência e liberação da prescrição e depois arquivada no prontuário do paciente. Este procedimento facilita a busca/ pesquisa de uma prescrição no sistema, caso necessário. Clicar no botão OK e o sistema retorna para a tela de Consulta de Usuário. 16 manual_remedio_nova_versao.indd 16 31/1/ :51:26

17 4.2 Liberar prescrição Após a inclusão da prescrição no sistema, um outro operador deve acessá-la e realizar a conferência das informações digitadas com a segunda via da prescrição do paciente. Se não houver erros, este outro operador deve liberar a prescrição para o Almoxarifado Central, que é responsável pela remessa dos medicamentos. Para encerrar a sessão de trabalho e liberar o sistema para outro operador realizar login, retornar para menu Sair / Trocar Usuário. Para liberar as prescrições incluídas por outro operador, retornar no menu Estoque / Remédio em Casa / Liberar Prescrição. O sistema traz uma relação de todas prescrições que estão com Status A liberar, ou seja, aguardando liberação. Selecionar a prescrição que deve ser Liberada, clicando na lupa do campo Det. 17 manual_remedio_nova_versao.indd 17 31/1/ :51:26

18 O sistema traz as informações da prescrição. Realizar a conferência, e se correto, clicar no botão Liberar. O sistema traz uma Confirmação da Liberação. 18 Clicar no botão OK, e o sistema retorna para a tela de Prescrições a Liberar. manual_remedio_nova_versao.indd 18 31/1/ :51:26

19 Se houve algum erro na digitação da prescrição, clicar no botão Excluir. Não há possibilidade de alteração da digitação. O sistema solicita uma confirmação. Clicamos no botão OK. O sistema informa: Prescrição excluída com sucesso. Dessa forma, esta prescrição não consta mais do sistema e deve ser incluída novamente. 4.3 Pesquisar prescrição Entrar no menu Estoque / Remédio em Casa / Pesquisar Prescrição. O modo mais fácil de localizar uma prescrição é pelo Número (gerado pelo sistema e anotado pelo operador no momento da inclusão). Selecionar a opção Nº da Prescrição. Digitar o Número da Prescrição e clicar/selecionar no botão Pesquisar. Também é possível realizar a pesquisa pelo nome ou pelo Número do cartão (CNS) do usuário. Selecionar a opção Usuário. 19 manual_remedio_nova_versao.indd 19 31/1/ :51:27

20 Digitar o Número do CNS e clicar/selecionar na lupa correspondente. Quando a opção for digitar o Nome do paciente, para agilizar a pesquisa, informar também a Dt. Nasc. do paciente e/ou o Nome de sua mãe. Clicar/selecionar na lupa correspondente. O sistema localiza o usuário que é selecionado ao clicar na lupa ao lado do seu nome. Clicar/selecionar no botão Pesquisar. O sistema também possibilita a pesquisa de prescrições por período e status. Selecionar a opção Período e Status. Informar as datas: Inicial e Final referente ao período e status desejado para pesquisa. Clicar no botão Pesquisar. Em pesquisa realizada por Usuário ou Período, o sistema emite/ possibilita a visualização de uma relação das prescrições que atendem aos critérios determinados. 20 Localizar a prescrição para visualização e clicar na lupa. manual_remedio_nova_versao.indd 20 31/1/ :51:27

21 São possíveis cinco status para as prescrições no sistema Remédio em Casa: A liberar: a Unidade de Saúde ainda não liberou a prescrição para o Almoxarifado Central. Em aberto: o Almoxarifado Central ainda não iniciou o atendimento à prescrição. Em atendimento: O Almoxarifado está providenciando o envio dos medicamentos. No correio: os medicamentos estão a caminho da casa do usuário ou já foram entregues. 21 manual_remedio_nova_versao.indd 21 31/1/ :51:28

22 Falhou: houve falha na entrega dos medicamentos. O Almoxarifado Central informa ao sistema a ocorrência e o motivo da devolução que pode ser visualizado pela Unidade de Saúde neste status, em motivos de falha. 4.4 Excluir prescrição Acessar no menu Estoque / Remédio em Casa / Excluir Prescrição. O sistema traz uma relação das prescrições da Unidade que estão com Status A liberar, que é o único status que permite a exclusão. Excluir a prescrição clicando no X do campo Excluir. O sistema solicita uma confirmação da exclusão. Clicar no botão OK. 22 manual_remedio_nova_versao.indd 22 31/1/ :51:28

23 4.5 Relatórios Através de dois relatórios, Total de pacientes por diagnóstico e Total de prescrições por status, a Unidade Básica de Saúde pode monitorar o nome, cartão SUS e diagnóstico dos pacientes em acompanhamento, bem como, o total e status das prescrições incluídas no sistema. Relatório: Total de pacientes por diagnóstico Este relatório está disponível no menu: Operacional - Estoque / Remédio em Casa / Relatório Total de Pacientes por Diagnóstico No campo Tipo de Diagnóstico, selecionar o diagnóstico, Diabetes, Hipertensão ou ambos, para visualizar a relação de pacientes que tiveram prescrições cadastradas no Remédio em Casa com o diagnóstico selecionado. 23 manual_remedio_nova_versao.indd 23 31/1/ :51:29

24 Para imprimir este relatório clicar no botão Imprimir no final da página. Para retornar à página anterior, clicar no botão Voltar no final da página. Relatório: Total de prescrições por status Este relatório está disponível no menu: Operacional - Estoque / Remédio em Casa / Relatório do Total de Prescrições por Status. 24 Digitar o período para pesquisa e clicar no botão Impressão. manual_remedio_nova_versao.indd 24 31/1/ :51:29

25 Para imprimir este relatório clicar no botão Imprimir no final da página. Para retornar à página anterior, clicar no botão Voltar no final da página. 25 manual_remedio_nova_versao.indd 25 31/1/ :51:30

26 Bibliografia 1. Brasil. Ministério da Saúde. Departamento de Atenção Básica. Área Técnica de Diabetes e Hipertensão Arterial. Hipertensão Arterial Sistêmica e Diabetes Mellitus, Cadernos da Atenção Básica. Brasília, Ministério da Saúde, Brasil. Ministério da Saúde. Análise da estratégia global para alimentação saudável, atividade física e saúde. Brasília, Ministério da Saúde, São Paulo. Secretaria Municipal da Saúde. Coordenação de Epidemiologia e Informação, maio manual_remedio_nova_versao.indd 26 31/1/ :51:30

27 Remédio em Casa - Manual de Orientação para a Unidade Básica de Saúde Responsável técnico: Maria de Fátima Faria Duayer Coordenação da Atenção Básica Rua General Jardim, 36 8 andar Tel: E mail: 27 manual_remedio_nova_versao.indd 27 31/1/ :51:30

28 REMÉDIO EM CASA manual_remedio_nova_versao.indd 28 31/1/ :51:30

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Programa AMG Manual de Operação Conteúdo 1. Sumário 3 2. Programa

Leia mais

REMÉDIO EM CASA MEDICAMENTO DIRETO EM CASA

REMÉDIO EM CASA MEDICAMENTO DIRETO EM CASA Supervisão Técnica de Saúde de Parelheiros REMÉDIO EM CASA MEDICAMENTO DIRETO EM CASA Álbum Seriado REMÉDIO EM CASA O que é o Programa Remédio em Casa? O Programa Remédio em Casa consiste na entrega, via

Leia mais

Themis Serviços On Line - Publicações

Themis Serviços On Line - Publicações Nome do documento Guia do Usuário Themis Serviços On Line - Publicações Sumário Introdução:... 3 1 - Cadastro dos Usuários do Themis Serviços On Line:... 3 2 - Acesso ao Sistema Themis Serviços On Line:...

Leia mais

MANUAL DE ACESSO AO MYSUITE

MANUAL DE ACESSO AO MYSUITE MANUAL DE ACESSO AO MYSUITE A Ferramenta de Atendimento Online MySuite é a nova forma de atendimento utilizada pela Gerpos. Por meio dela, é possível solicitar atendimentos do Suporte Técnico e de outros

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR ACESSANDO O PORTAL DO PROFESSOR Para acessar o portal do professor, acesse o endereço que você recebeu através da instituição de ensino ou acesse diretamente o endereço:

Leia mais

Manual Operacional Agenda Regulada. Unidades Solicitantes

Manual Operacional Agenda Regulada. Unidades Solicitantes Manual Operacional Agenda Regulada Unidades Solicitantes Prefeito: Gilberto Kassab Secretária: Maria Aparecida Orsini de Carvalho Secretário Adjunto: Ailton Ribeiro de Lima Assessor de TI: Cláudio Giulliano

Leia mais

Prefeitura Municipal de Campo Grande MS Secretaria Municipal de Saúde - SESAU PROGRAMA DE AUTOMONITORAMENTO GLICÊMICO

Prefeitura Municipal de Campo Grande MS Secretaria Municipal de Saúde - SESAU PROGRAMA DE AUTOMONITORAMENTO GLICÊMICO Prefeitura Municipal de Campo Grande MS Secretaria Municipal de Saúde - SESAU PROGRAMA DE AUTOMONITORAMENTO GLICÊMICO Protocolo de dispensação de insumos para pacientes com Diabetes Mellitus insulinodependentes

Leia mais

Prestação de Contas Eletrônica

Prestação de Contas Eletrônica TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO MANUAL DO USUÁRIO Prestação de Contas Eletrônica TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2/17 Sumário 1- ACESSO... 3 2- TELA DE INÍCIO... 4 3- CADASTRAMENTO...

Leia mais

e-sus Atenção Básica Manual de Utilização do Sistema Prontuário Eletrônico do Cidadão - PEC

e-sus Atenção Básica Manual de Utilização do Sistema Prontuário Eletrônico do Cidadão - PEC e-sus Atenção Básica Manual de Utilização do Sistema Prontuário Eletrônico do Cidadão - PEC PERFIL ENFERMEIRO Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ORIENTAÇÕES GERAIS... 4 3. CIDADÃO... 6 3.1 Visualizar prontuário...

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO APLICATIVO DE SOLICITAÇÃO DE FORMULÁRIOS (SASF) USUÁRIOS MUNICIPAIS VERSÃO 1.1 BRASÍLIA DF Agosto/2015 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço. Passo a Passo Gestor de Compras

SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço. Passo a Passo Gestor de Compras SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço Passo a Passo Gestor de Compras Como acessar Como Acessar O acesso ao Sistema se faz através da página da SEPLAG Clicando no Link destacado Como Acessar

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

Com a implantação do Módulo de Vacina, a população soteropolitana receberá vários benefícios que facilitarão a VIDA de todos nós.

Com a implantação do Módulo de Vacina, a população soteropolitana receberá vários benefícios que facilitarão a VIDA de todos nós. O Módulo de Vacina será um divisor de águas dentro da SMS do Salvador. Com a implantação do módulo, as salas de vacinas serão informatizadas, como também alguns de seus processos serão automatizados. Permitirá

Leia mais

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE 2 1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE ATENDIMENTO... 6 4 - A TELA AGENDA... 7 4.1 - TIPOS

Leia mais

Manual de Instalação e Utilização do Sistema Integrado de Secretária (SIS 1.0)

Manual de Instalação e Utilização do Sistema Integrado de Secretária (SIS 1.0) Parte:Manual Atualização: OriginalPágina 1 Manual de Instalação e Utilização do Sistema Integrado de Secretária () Instalação Se houver alguma versão do FireBird Instalada na máquina desinstale antes de

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO

PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO Acesse o site www.teubilhete.com.br, selecione a opção Teu Online, e clique no botão, preencha o formulário com os dados de sua empresa. Reúna duas vias impressas do Contrato

Leia mais

Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas

Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas 2013 Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas Cris Podologia 1 Conteúdo 1) Cadastro... 3 2) Agendamento... 8 3) Atualização e Complemento do Cadastro... 13 a) Perfil... 15 b) Endereço... 15 4) Recuperação

Leia mais

Manual Operacional SIGA

Manual Operacional SIGA SMS - ATTI Maio -2013 Conteúdo Sumário... 2 PPD -IPD... 3 Adicionar Paciente... 4 Laudo Médico... 6 Avaliação do Enfermeiro... 11 Visita Domiciliar... 14 Dados do Paciente no Programa... 16 Histórico do

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Geral Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema de Almoxarifado

Leia mais

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Versão Fevereiro/2013 Índice PCS - Módulo de Prestação de Contas...3 Acesso ao Módulo PCS...3 1. Contas financeiras...5 1.1. Cadastro de

Leia mais

Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Versão 1.0.7 Manual do Usuário

Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Versão 1.0.7 Manual do Usuário Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Informática do SUS DATASUS Gerenciador de Ambiente Laboratorial GAL Versão 1.0.7 Página 1 de 70 Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Usuário

Leia mais

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Para acessar sua senha: 1. Entrar no portal Metodista online Acesse o site www.bennett.br. No lado superior direito aparecerá a janela da área de login,

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES

Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Sistema de Concessão de Diárias e Passagens SCDP FAQ PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Operacionalização - Solicitação de Viagem 1 CADASTRAMENTO DE VIAGEM 1.1 Como reativar uma PCDP já cancelada? 1.2 -

Leia mais

Passo a Passo para Rematrícula Online 2015

Passo a Passo para Rematrícula Online 2015 1. Entrar no site do Colégio: www.riobranco.org.br a) Digitar o Login, que é o número da Matrícula do Aluno (Seta 1) Dica: O número da matrícula pode ser localizado na carteirinha, boletim do aluno, ou

Leia mais

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS PACIENTES CADASTRADOS NO SISTEMA HIPERDIA DO MUNICÍPIO DE SANTA MARIA, RS

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS PACIENTES CADASTRADOS NO SISTEMA HIPERDIA DO MUNICÍPIO DE SANTA MARIA, RS PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS PACIENTES CADASTRADOS NO SISTEMA HIPERDIA DO MUNICÍPIO DE SANTA MARIA, RS Michele Muller 1 Gabriele Bester Hermes 2 Liziane Maahs Flores 3 1 Apresentadora, Acadêmica do Curso

Leia mais

NOTIFICANDO USUÁRIOS SOBRE UMA NOVA EDIÇÃO

NOTIFICANDO USUÁRIOS SOBRE UMA NOVA EDIÇÃO EDITOR NOTIFICANDO USUÁRIOS SOBRE UMA NOVA EDIÇÃO Em Edições Clicar em Notificar Usuários A página inicial do Editor exibe as submissões em diversas fases do processo editorial, como no caso deste exemplo:

Leia mais

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site.

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Atenção: Os dados que aparecem nas imagens abaixo, são meramente ilustrativos, naturalmente os dados que devem ser visualizados,

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Primeiramente deve-se digitar o login e senha de acesso para acessar o Jurídico 2000.

MANUAL DO USUÁRIO. Primeiramente deve-se digitar o login e senha de acesso para acessar o Jurídico 2000. MANUAL DO USUÁRIO Primeiramente deve-se digitar o login e senha de acesso para acessar o Jurídico 2000. O Jurídico 2000 exibe o cadastro de Processos assim que é inicializado. A partir dessa tela você

Leia mais

MÓDULO 3 Cadastros básicos

MÓDULO 3 Cadastros básicos MÓDULO 3 Cadastros básicos Agora que você já conhece o SCAWEB, demonstraremos como realizar os cadastros básicos do HÓRUS. Inicialmente, você precisará acessar o HÓRUS com o email e senha cadastrados no

Leia mais

MANUAL DA SECRETARIA

MANUAL DA SECRETARIA MANUAL DA SECRETARIA Conteúdo Tela de acesso... 2 Liberação de acesso ao sistema... 3 Funcionários... 3 Secretaria... 5 Tutores... 7 Autores... 8 Configuração dos cursos da Instituição de Ensino... 9 Novo

Leia mais

Sistema Integrado de Atendimento

Sistema Integrado de Atendimento Sistema Integrado de Atendimento Sistema Integrado de Atendimento. Um sistema moderno, completo e abrangente que modifica a realidade do atendimento de sua empresa, proporcionando maior segurança na tomada

Leia mais

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Movimentações de Estoque. 11.8x. março de 2015. Versão: 5.0

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Movimentações de Estoque. 11.8x. março de 2015. Versão: 5.0 TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado Movimentações de Estoque 11.8x março de 2015 Versão: 5.0 1 Sumário 1 Introdução... 3 2 Objetivos... 3 3 Movimentações de Estoque... 3 4 Parâmetros... 5 5 Cadastros...

Leia mais

Acesse pela Internet usando o endereço eletrônico: www.dspconvenio.com.br

Acesse pela Internet usando o endereço eletrônico: www.dspconvenio.com.br Manual do Site 1 Acesse pela Internet usando o endereço eletrônico: www.dspconvenio.com.br 2 Tela Inicial do Front End 3 Marque o campo Pessoa Jurídica 4 Digite o CNPJ de sua Empresa (corrido,sem traço,

Leia mais

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR Este Manual tem por finalidade orientar o preenchimento do Novo Portal de Serviços de Atendimento ao Prestador no atendimento aos beneficiários

Leia mais

Manual do usuário Sistema de Ordem de Serviço HMV/OS 5.0

Manual do usuário Sistema de Ordem de Serviço HMV/OS 5.0 Manual do usuário Sistema de Ordem de Serviço HMV/OS 5.0 DESENVOLVEDOR JORGE ALDRUEI FUNARI ALVES 1 Sistema de ordem de serviço HMV Apresentação HMV/OS 4.0 O sistema HMV/OS foi desenvolvido por Comtrate

Leia mais

SIGA Manual -1ª - Edição

SIGA Manual -1ª - Edição SIGA Manual -1ª - Edição ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 4 2. MÓDULO DE PROCESSOS 4 3. ACESSO AO SISTEMA 4 3.1 Acessando o Sistema 4 3.2 Primeiro Acesso 5 3.3 Login do Fornecedor 5 o Teclado Virtual 5 o Máquina Virtual

Leia mais

Para utilizar os recursos do Filiados online é necessário se identificar para isso entre com o login e a senha do seu sindicato nesta página.

Para utilizar os recursos do Filiados online é necessário se identificar para isso entre com o login e a senha do seu sindicato nesta página. Para utilizar os recursos do Filiados online é necessário se identificar para isso entre com o login e a senha do seu sindicato nesta página. Esta é a página Inicial do sistema nela estarão expostas notícias

Leia mais

Atendimento Eletrônico via Internet para Concessionárias

Atendimento Eletrônico via Internet para Concessionárias Atendimento Eletrônico via Internet para Concessionárias Manual Operacional Concessionária Atendimento Eletrônico via Internet. A maneira mais inteligente de agilizar o seu atendimento, fidelizar seus

Leia mais

Anexo IV do Informe Técnico Talidomida Guia de Equivalência para Cadastro de Processos de Talidomida CADASTRAR PROCESSO

Anexo IV do Informe Técnico Talidomida Guia de Equivalência para Cadastro de Processos de Talidomida CADASTRAR PROCESSO Anexo IV do Informe Técnico Talidomida Guia de Equivalência para Cadastro de Processos de Talidomida CADASTRAR PROCESSO No Menu Principal: Cadastros => Processo de Medicamentos => Processo; No campo ações,

Leia mais

Manual Operacional SIGA

Manual Operacional SIGA SMS - ATTI Julho -2012 Conteúdo Sumário... 2... 3 Consultar Registros... 4 Realizar Atendimento... 9 Adicionar Procedimento... 11 Não Atendimento... 15 Novo Atendimento... 16 Relatórios Dados Estatísticos...

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MANGARATIBA. Manual Rápido SERVIDOR PÚBLICO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MANGARATIBA. Manual Rápido SERVIDOR PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE MANGARATIBA Manual Rápido SERVIDOR PÚBLICO CONTRACHEQUE E COMPROVANTE DE RENDIMENTOS MANUAL DESENVOLVIDO PELA: SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO PESSOAL Elaborado

Leia mais

Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Versão 2.4.1 Manual do Usuário

Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Versão 2.4.1 Manual do Usuário Missão: Participar das ações de vigilância em saúde, realizando análises laboratoriais com qualidade, coordenando a Rede Estadual de Laboratórios e gerando informações para a melhoria da Saúde Pública.

Leia mais

PASSO A PASSO PARA INSCRIÇÃO DE PROJETOS NO SITE DO IAMAR IMPORTANTE:

PASSO A PASSO PARA INSCRIÇÃO DE PROJETOS NO SITE DO IAMAR IMPORTANTE: IMPORTANTE: Recomendamos que o formulário seja preenchido com calma e bastante atenção. Quanto mais claras e detalhadas forem as informações mais chances seu projeto terá de ser compreendido na íntegra

Leia mais

Exames Periódicos de Saúde

Exames Periódicos de Saúde Exames Periódicos de Saúde Neste informativo o servidor encontrará respostas para possíveis dúvidas a respeito do Exame Periódico de Saúde. Realização Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA Pró-Reitoria

Leia mais

Manual do Usuário - Cliente Externo

Manual do Usuário - Cliente Externo Versão 3.0 SGCL - Sistema de Gestão de Conteúdo Local SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 1.1. Referências... 4 2. COMO ESTÁ ORGANIZADO O MANUAL... 4 3. FUNCIONALIDADES GERAIS DO SISTEMA... 5 3.1. Acessar a Central

Leia mais

Prontuário Eletrônico do Paciente

Prontuário Eletrônico do Paciente Bem vindo a apresentação Prontuário Eletrônico do Paciente InfoSaúde Cristina Bona 02 UPA s 04 CAPS 04 Policlínicas SMS Florianópolis 51 Unidades Básicas Tela Principal Disponibiliza todos os ícones que

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços.

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. 1 Sumário: Tópico: Página: 2 Apresentação: O Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços ou SIG-ISS é um sistema para gerenciamento

Leia mais

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 2014 Manual Laboratório ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 Sumário Acesso ao Sistema... 2 Menu Cadastros... 4 Cadastro de usuários... 4 Inclusão de Novo Usuário... 5 Alteração de usuários...

Leia mais

Manual de Orientação GCT Gestão de Contratação. Secretaria de Estado da Fazenda Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão Versão 0.

Manual de Orientação GCT Gestão de Contratação. Secretaria de Estado da Fazenda Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão Versão 0. Manual de Orientação GCT Gestão de Contratação Versão 0.1 SUMÁRIO 1. CATÁLOGO DE MATERIAIS E SERVIÇOS...3 1.1. CONSULTA AO CATÁLOGO POR DIGITAÇÃO...5 1.2. CONSULTA AO CATÁLOGO POR LISTAGEM...8 2. CATÁLOGO

Leia mais

GNS CNPP/GNS Maio/2013

GNS CNPP/GNS Maio/2013 TRABALHANDO COM O PROTHEUS GNS CNPP/GNS Maio/2013 TRABALHANDO COM O PROTHEUS NO REEMBOLSO DE S 1º MÓDULO CNPP/GNS Maio/2013 OBSERVAÇÕES IMPORTANTES: Para facilitar o processo de reembolso, antes de inserir

Leia mais

Guia Rápido do Usuário

Guia Rápido do Usuário CERTIDÕES UNIFICADAS Guia Rápido do Usuário CERTUNI Versão 1.0.0 CASA DA MOEDA DO BRASIL Conteúdo Acessando o Sistema... 3 Alterando Senhas... 3 Encerrando sua Sessão... 4 Gerando Pedido... 4 Alterando

Leia mais

Sistema de Gerenciamento de Projetos V 1.01 MANUAL DO COORDENADOR

Sistema de Gerenciamento de Projetos V 1.01 MANUAL DO COORDENADOR Roteiro para utilização do GEP Versão de referência: GEP V1.00 Índice analítico I Apresentação... 2 I.1 Controles básicos do sistema;... 2 I.2 Primeiro acesso... 2 I.3 Para trocar a senha:... 3 I.4 Áreas

Leia mais

Manual de Instruções ISS WEB SISTEMA ISS WEB. Sil Tecnologia LTDA

Manual de Instruções ISS WEB SISTEMA ISS WEB. Sil Tecnologia LTDA SISTEMA ISS WEB Sil Tecnologia LTDA Sumário INTRODUÇÃO 3 1. ACESSO AO SISTEMA 4 2. AUTORIZAR USUÁRIO 5 3. TELA PRINCIPAL 6 4. ALTERAR SENHA 7 5. TOMADORES DE SERVIÇO 7 5.1 Lista de Declarações de Serviços

Leia mais

idcorreios idcorreios Segurança de Acesso ao Portal dos Correios

idcorreios idcorreios Segurança de Acesso ao Portal dos Correios 1 Segurança de Acesso ao Portal dos Correios MANUAL DO USUÁRIO 2015 2 Apresentação: O é um mecanismo de autenticação e autorização única de usuários para acesso ao Portal Correios e seus serviços. O serviço

Leia mais

SISTEMA CADASTRO INTEGRADO MANUAL DO USUÁRIO DAS ENTIDADES ESTADUAIS E MUNICIPAIS, PREFEITURA E CORPO DE BOMBEIROS

SISTEMA CADASTRO INTEGRADO MANUAL DO USUÁRIO DAS ENTIDADES ESTADUAIS E MUNICIPAIS, PREFEITURA E CORPO DE BOMBEIROS SISTEMA CADASTRO INTEGRADO MANUAL DO USUÁRIO DAS ENTIDADES ESTADUAIS E MUNICIPAIS, PREFEITURA E CORPO DE BOMBEIROS Abril / 2008 1 INDICE Objetivo do Sistema de Registro de Contribuinte na Junta Comercial...3

Leia mais

Manual de Orientação de Cadastramento On-Line. Sistema Segundo Tempo - Convênios. Cadastro de Núcleo

Manual de Orientação de Cadastramento On-Line. Sistema Segundo Tempo - Convênios. Cadastro de Núcleo Manual de Orientação de Cadastramento On-Line Sistema Segundo Tempo - Convênios Cadastro de Núcleo O Cadastro de Núcleo só poderá ser efetuado mediante a senha de Coordenador-Geral. Acesso ao Sistema:

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA UTILIZAÇÃO DO SICC

PROCEDIMENTOS PARA UTILIZAÇÃO DO SICC PROCEDIMENTOS PARA UTILIZAÇÃO DO SICC Para ter acesso ao sistema, e realizar a abertura de chamados, o usuário deve efetuar o auto cadastramento, clicando no link Clique aqui! disponível na página inicial

Leia mais

Acompanhamento e Execução de Projetos

Acompanhamento e Execução de Projetos Acompanhamento e Execução de Projetos Manual do Usuário Atualizado em: 28/11/2013 Página 1/24 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ABRANGÊNCIA DO SISTEMA... 3 3. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 4. COMO ACESSAR O SISTEMA...

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line Declaração On Line Manual de Apoio à Utilização do Sistema Manual do Usuário Versão 1.0 INTRODUÇÃO... 4 AUTENTICANDO-SE NO SISTEMA... 4 EM CASO DE ESQUECIMENTO DA SENHA... 5 ALTERANDO A SENHA DE ACESSO

Leia mais

MIT072 Manual de Operação do Portal - Professores

MIT072 Manual de Operação do Portal - Professores ACESSO AO PORTAL Para acessar o Portal, o professor deve entrar no site Https://meu.ifmg.edu.br/Corpore.Net/Logon.aspx. Na página apresentada será necessário fazer o login preenchendo os campos Usuário

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. SISPASS Gestão de Criadores de Passeriformes Silvestres SISPASS. ANILHAS CAPRI Sistema de Pedidos de Anilha CAPRI

MANUAL DO USUÁRIO. SISPASS Gestão de Criadores de Passeriformes Silvestres SISPASS. ANILHAS CAPRI Sistema de Pedidos de Anilha CAPRI MANUAL DO USUÁRIO SISPASS Gestão de Criadores de Passeriformes Silvestres SISPASS ANILHAS CAPRI Sistema de Pedidos de Anilha CAPRI IBAMA INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVAVÉIS

Leia mais

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

MANUAL OFICINAS HDI - AUDATEX WEB

MANUAL OFICINAS HDI - AUDATEX WEB MANUAL OFICINAS HDI - AUDATEX WEB Audatex Web Oficinas HDI Nível Usuário (Versão 2.8) Gerência de Suporte Técnico Departamento de Treinamento Resp.: Equipe de Treinamento Versão 1.0 Revisão 1 Data 13/5/2008

Leia mais

Guia de Consulta do Portal Educacional

Guia de Consulta do Portal Educacional Guia de Consulta do Portal Educacional 1 Apresentação No Portal Educacional Web o aluno terá acesso as seguintes informações: Dados cadastrais, Faltas por etapa, Frequência diária, Notas por etapa e Quadro

Leia mais

Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente. Versão 1.1

Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente. Versão 1.1 Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente Versão 1.1 Sumário Sistema de Relacionamento com Cliente 3 1 Introdução... ao Ambiente do Sistema 4 Acessando... o Sistema 4 Sobre a Tela... do Sistema

Leia mais

Manual Portal da Empresa

Manual Portal da Empresa Manual Portal da Empresa 1. INTRODUÇÃO... 3 2. COMO ACESSAR O PORTAL DA EMPRESA... 4 3. COMO OBTER UM LOGIN DE ACESSO... 4 4. COMO RESGATAR SENHA... 5 5. COMO INFORMAR UMA ADMISSÃO... 5 6. COMO VISUALIZAR

Leia mais

SAMU Serviço de Atendimento Móvel de Urgência

SAMU Serviço de Atendimento Móvel de Urgência SAMU Serviço de Atendimento Móvel de Urgência Perfil: Rádio Operador Versão: 04.14.00 Sumário 1 ACESSO AO SISTEMA... 3 2 TELA DE PERFIS... 4 3 TELA INICIAL RÁDIO OPERADOR... 5 3.1. Acompanhamento de Despachos

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO AMBIENTAL SIGAM

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO AMBIENTAL SIGAM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO AMBIENTAL SIGAM MANUAL REQUERIMENTO ON LINE 2009 Fundação Instituto de Administração FIA Página Inicial Ao acessar a tela inicial, clique sobre a frase: Inicie o Requerimento

Leia mais

Gerenciamento de Deslocamentos e Viagens

Gerenciamento de Deslocamentos e Viagens MANUAL: Gerenciamento de Deslocamentos e Viagens Administrador do Sistema de Viagens Versão: 1.0 Sumário Apresentação... 1 1. Acesso ao sistema... 2 2. Perfis do sistema... 2 3. Configurando o sistema

Leia mais

Manual de liberação de Guias on-line para o Prestador Credenciado

Manual de liberação de Guias on-line para o Prestador Credenciado Manual de liberação de Guias on-line para o Prestador Credenciado 1 SUMÁRIO 1. Objetivo... 3 2. Acesso ao Sistema... 3 3. Descrição das Funcionalidades Menu Guias Liberação On-line.... 4 3.1 Liberação

Leia mais

BENNER WEB MÓDULO ATENDIMENTO

BENNER WEB MÓDULO ATENDIMENTO BENNER WEB MÓDULO ATENDIMENTO 1 Procedimento inicial para acessar o sistema na web No browser digitar: Para Homologação: http://treinamento.assiste.mpu.gov.br/homologacao Para Produção: http://assiste.mpu.gov.br/producao

Leia mais

Núcleo de Relacionamento com o Cliente. de Relacionamento com o Cliente GUIA PRÁTICO DE USO. Produtos

Núcleo de Relacionamento com o Cliente. de Relacionamento com o Cliente GUIA PRÁTICO DE USO. Produtos GUIA PRÁTICO DE USO Núcleo de Relacionamento com o Cliente de Relacionamento com o Cliente Núcleo Seja bem vindo ao nosso novo canal de relacionamento! Neste Guia Prático de Uso você conhecerá como funciona

Leia mais

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site.

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Atenção: Os dados que aparecem nas imagens abaixo, são meramente ilustrativos, naturalmente os dados que devem ser visualizados,

Leia mais

MANUAL DE GABINETES SAJ/SG5

MANUAL DE GABINETES SAJ/SG5 MANUAL DE GABINETES SAJ/SG5 Seção de Implantação de Sistemas Divisão de Sistemas Judiciais de Segundo Grau Diretoria de Tecnologia da Informação DTI/TJSC suporte: saj2grau@tjsc.jus.br Índice: Página 1.

Leia mais

Webplan Webplan Belo Horizonte 2014

Webplan Webplan Belo Horizonte 2014 Webplan Webplan Belo Horizonte 2014 Sumário Objetivo... 3 Funcionalidades... 3 Iniciando o Webplan... 3 Guia Rápido: Autorizando Procedimentos... 5 Guia de Consulta... 7 Descrição dos Campos... 8 Resumo

Leia mais

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Usuário Anônimo Versão 1.2 13/10/2010 Sumário Apresentação... 3 Objetivo... 3 1. Solicitação de CeC... 4 1.1. Cadastro de Pessoas Físicas... 6 1.1.1 Cadastro de

Leia mais

Passos para se inscrever no processo seletivo referente ao edital EDITAL Nº. 17/2014/NUPE/UFTM DE 24 DE JULHO DE 2014. Turma 2015.

Passos para se inscrever no processo seletivo referente ao edital EDITAL Nº. 17/2014/NUPE/UFTM DE 24 DE JULHO DE 2014. Turma 2015. Passos para se inscrever no processo seletivo referente ao edital EDITAL Nº. 17/2014/NUPE/UFTM DE 24 DE JULHO DE 2014 Turma 2015. Inicialmente será necessário se cadastrar (Criar Usuário) no sistema, para

Leia mais

CeC. Cadastro Eletrônico de Contribuintes

CeC. Cadastro Eletrônico de Contribuintes CeC Cadastro Eletrônico de Contribuintes Versão 1.0 Usuário Externo Março/2010 Índice 1. Apresentação... 3 2. Objetivos... 3 3. Solicitação de CeC... 4 3.1. Cadastro de pessoas físicas... 5 3.1.1. Cadastro

Leia mais

Sumário PANORAMA... 6 APRESENTAÇÃO... 6 PORTAL GISSONLINE... 7 ACESSO PARA CONTRIBUINTES COM IDENTIFICAÇÃO E SENHA... 8

Sumário PANORAMA... 6 APRESENTAÇÃO... 6 PORTAL GISSONLINE... 7 ACESSO PARA CONTRIBUINTES COM IDENTIFICAÇÃO E SENHA... 8 Sumário PANORAMA... 6 APRESENTAÇÃO... 6 O QUE É GISSONLINE?... 6 FILOSOFIA DA GISSONLINE... 6 BENEFÍCIOS QUE A GISSONLINE OFERECE... 6 PORTAL GISSONLINE... 7 ACESSO PARA CONTRIBUINTES COM IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

Manual MQS. Logo após colocar essas informações abrirá a página inicial do sistema:

Manual MQS. Logo após colocar essas informações abrirá a página inicial do sistema: Manual MQS Para acessar o sistema MQS na versão em PHP, basta clicar no link: www.mqs.net.br/plus. Colocar login e senha que foram fornecidos por email. Logo após colocar essas informações abrirá a página

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Produtos: Saúde Pró Faturamento Saúde Pró Upload. Versão: 20130408-01

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Produtos: Saúde Pró Faturamento Saúde Pró Upload. Versão: 20130408-01 Produtos: Saúde Pró Upload Versão: 20130408-01 Sumário 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 LOGIN... 4 3 VALIDADOR TISS... 7 4 CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA... 10 4.1 DADOS CADASTRAIS MATRIZ E FILIAL... 11 4.2 CADASTRO DE

Leia mais

1º Passo. Página para acessar o FacWeb

1º Passo. Página para acessar o FacWeb Página para acessar o FacWeb 1º Passo O usuário deverá digitar no campo usuário/senha - o CPF e/ou CNPJ / no campo Acesso deve ser preenchido conforme tipo da Clínica, Laboratório e ou médico/ Logo em

Leia mais

Manual de utilização do Sistema de Informação em Ciência e Tecnologia - SISC&T. Perfil: consultor ad-hoc Avaliação do projeto PPSUS

Manual de utilização do Sistema de Informação em Ciência e Tecnologia - SISC&T. Perfil: consultor ad-hoc Avaliação do projeto PPSUS Ministério da Saúde Manual de utilização do Sistema de Informação em Ciência e Tecnologia - SISC&T Perfil: consultor ad-hoc Avaliação do projeto PPSUS Brasília, 28 de abril de 2009 Índice: Informações

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PRORROGAÇÃO DO PERÍODO DE CAPTAÇÃO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 26/03/2013 1.0 Criação do documento Aline Oliveira - MINC 3 ÍNDICE

Leia mais

Altere ou exclua os números aqui

Altere ou exclua os números aqui Incluir, Pesquisar, Alterar ou Excluir faixa numérica no Sinasc Incluir, Pesquisar, Alterar ou Excluir faixa numérica no Sinasc: A) Incluir Faixa Numérica Antes de enviar DNs aos municípios, estabelecimentos

Leia mais

MANUAL SISTEMA NFS-e

MANUAL SISTEMA NFS-e MANUAL SISTEMA NFS-e SUMARIO Tela Inicial NFe 03 Efetuar Login 1º Acesso Caso não possua Usuário e/ou Senha 03 Efetuar Login 1º Acesso Possuindo o Usuário e Senha 04 Primeira Tela 05 Menu de Opções 05

Leia mais

0800-728-2001 (Capitais e Interior) 0800-729-2001 (Demais Localidades) 0800-727-2001 (Capitais e Interior) Golden Fone (SAC)

0800-728-2001 (Capitais e Interior) 0800-729-2001 (Demais Localidades) 0800-727-2001 (Capitais e Interior) Golden Fone (SAC) Golden Fone (SAC) 0800-728-2001 (Capitais e Interior) Central Técnica 4004-2001 (Regiões Metropolitanas do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília e São Luís) 0800-729-2001

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania Instrução Operacional nº 27 SENARC/MDS Brasília, 22 janeiro de 2009. Divulga aos municípios orientações sobre a utilização do Sistema de Atendimento e Solicitação de Formulários (Sasf) 1 APRESENTAÇÃO O

Leia mais

Manual de solicitação para envio de equipamento em garantia. Bosch Sistemas de Segurança

Manual de solicitação para envio de equipamento em garantia. Bosch Sistemas de Segurança Manual de solicitação para envio de equipamento em garantia Bosch Sistemas de Segurança 2 Manual Sistema de Garantia Bosch Sistemas de Segurança Acesso ao Sistema Para acessar o sistema, entre no site

Leia mais

Saúde Online. Serviços Médicos / Faturamento

Saúde Online. Serviços Médicos / Faturamento Saúde Online Serviços Médicos / Faturamento Página 1 INDICE 1 Introdução Página 03 2 Acesso Página 03 3 Faturamento Eletrônico Página 03 4 Guia de Consulta Página 05 5 Guia SP/SADT Página 07 6 Guia de

Leia mais

SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS. RH Online

SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS. RH Online Campus de Botucatu Sistema de Recursos Humanos SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS RH Online Faculdade de Medicina de Botucatu Seção Técnica de Desenv. Adm de RH / Serviço Técnico de Informática Distrito de Rubião

Leia mais

Manual do Usuário. Protocolo

Manual do Usuário. Protocolo Manual do Usuário Protocolo Índice de capítulos Parte I - Processos............................... 01 1 - Buscar................................ 01 2 - Listar................................ 02 3 - Abertura..............................

Leia mais

Ao selecionar a opção Faturamento de Guias, o operador deverá escolher o tipo de guia a ser faturada: Guia de Consulta ou Guia SP/SADT.

Ao selecionar a opção Faturamento de Guias, o operador deverá escolher o tipo de guia a ser faturada: Guia de Consulta ou Guia SP/SADT. MANUAL DE OPERAÇÃO PARA O FATURAMENTO ON LINE SISREG Para verificar as guias que estão disponíveis para faturamento, basta clicar sobre a função FATURAMENTO TISS e selecionar a opção Faturamento de Guias

Leia mais

C o t a ç ã o E l e t r ô n i c a V i l l a r e s M e t a l s

C o t a ç ã o E l e t r ô n i c a V i l l a r e s M e t a l s C o t a ç ã o E l e t r ô n i c a V i l l a r e s M e t a l s M a n u a l d o F o r n e c e d o r Portal de Compras Página 1 Conteúdo 1. Introdução... 3 2. Informações importantes... 3 3. Acessando o portal...

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE AUTORIZAÇÃO VIA WEB

MANUAL OPERACIONAL DE AUTORIZAÇÃO VIA WEB MANUAL OPERACIONAL DE AUTORIZAÇÃO VIA WEB Fortaleza 2014 Pag:1 GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ Governador Cid Ferreira Gomes Vice Governador Domigos Gomes de Aguiar Filho SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E GESTÃO

Leia mais

Í N D I C E A N A L Í T I C O

Í N D I C E A N A L Í T I C O DIRF CARTÃO 2013 V4..03 DE 07//02//2013 PROGRAMA PARA IMPORTAÇÃO DE DADOS DE CARTÕES DE CRÉDITO NA DIRF 2013 VERSÃO COM VISANET E REDECARD IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO EM LOTE CAPTURA DADOS CADASTRAIS DE EMPRESAS

Leia mais

Manual Operativo do Sistema de Monitoramento do Plano Plurianual de Ação Governamental - PPAG APRESENTAÇÃO

Manual Operativo do Sistema de Monitoramento do Plano Plurianual de Ação Governamental - PPAG APRESENTAÇÃO 4ª Edição revisada abril/2014 APRESENTAÇÃO O Plano Plurianual de Ação Governamental PPAG é um planejamento de médio prazo da esfera pública, que explicita diretrizes, objetivos, ações, programas e metas

Leia mais

Tutorial Report Express. Como iniciar o uso dos serviços fazer a diferença.

Tutorial Report Express. Como iniciar o uso dos serviços fazer a diferença. Tutorial Report Express Como iniciar o uso dos serviços fazer a diferença. Índice Apresentação Pág. 3 Passo 1 Pág. 4 Instalação do MasterDirect Integrações Passo 2 Pág. 8 Exportar clientes Linha Contábil

Leia mais