REUNIÃO DO FÓRUM DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS DATA: 28/06/2015 LOCAL: BRASÍLIA IMPERIAL HOTEL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REUNIÃO DO FÓRUM DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS DATA: 28/06/2015 LOCAL: BRASÍLIA IMPERIAL HOTEL"

Transcrição

1 REUNIÃO DO FÓRUM DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS DATA: 28/06/2015 LOCAL: BRASÍLIA IMPERIAL HOTEL PAUTA: (1) INFORME; (2) AVALIAÇÃO DA CONJUNTURA RECENTE; (3) ENCAMINHAMENTOS. Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos , SINTBACEN, SINASEFE, SINDLEGIS, SINDIFISCO NACIONAL, SINPECPT, SINDIRECEITA, SINASEMPU E UNACON-SINDICAL). PRESENTES 150 PARTICIPANTES CREDENCIADOS ENTIDADES PRESENTES: 14 ENTIDADES (PELOS INFORMES.) Coordenação da Mesa: PAULO BARELA DA CSP-CONLUTAS; GEOVANI FRIZZO DO ANDES-SN e ROGÉRIO da FASUBRA INFORMES Os trabalhos iniciaram as 10:25 horas com a aprovação da Pauta e o informe de Rogério da FASUBRA sobre a reunião no MPOG com entidades sindicais. INFORE DE ROGERIO (FASUBRA) Segundo Rogerio o governo chama as entidades de um dia para outro antecipando as negociações para junho e não em julho como era de praxe. Chama entidades para além do Fórum e se apresentam mais de 50 entidades. Segundo Rogerio Governo tenta descaracterizar o Fórum. O Governo apresenta as três principais diretrizes de sua proposta a saber: (1) Evolução das negociações seguindo as tendências do PIB; (2) Não abre mão do ajuste fiscal. (3) Acordo plurianual em quarto anos. O secretário de Relações de Trabalho do Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão (MPOG), Sérgio Mendonça, interlocutor do governo manifestou a preocupação do governo com poder aquisitivo, poder de compra. Mas a lógica do governo é não discutir as perdas anteriores. Estas não estão em discussão. A discussão m f m m ú c p Índice p çã. demais pontos dependeria da aceitação desta parte. Segundo o governo a proposta apresentada está compatível com o Mercado e a vontade da população. A proposta do Governo foi a seguinte: reajuste de 21,3% aos servidores federais a

2 partir de 2016, a ser pago em quatro anos. O índice fica abaixo do reivindicado pelos servidores que é de um aumento de 27,3% a ser pago já em Pela proposta do Governo é a divisão do reajuste em 5,5% em 2016, 5% em 2017, 4,75% em 2018 e 4,5% em Uma nova reunião com as entidades foi marcada para o dia 7 de julho. O governo espera concluir as negociações até o final do mês, já que os projetos de lei para concessão dos reajustes deverão iniciar a tramitação no Congresso Nacional até 21 de agosto de O Governo anunciou ainda que o montante financeiro de recursos seria o mesmo e que caberia as categorias decidir onde empregar se no salario básico, se nas gratificações. Os servidores presentes a reunião com o MPOG questionaram imediatamente a proposta do governo questionando um acordo por quarto anos o que implica em não poder fazer greve neste período ou caso viessem a fazer greve esta seria ilegal perante o acordo. Além disto os servidores tem na Pauta reivindicações para além da pauta econômica Pauta (eixos) 1. Politica salarial permanente com correção das distorções e reposição das perdas inflacionarias 2. Índice linear de 27,3% 3. Data-base 1 de maio 4. Direito de negociação coletiva (convenção 151 OIT) 5. Paridade Salarial entre ativos e aposentados 6. Retirada dos projetos do congresso nacional que atacam os direitos dos servidores; 7. Aprovação imediata dos projetos de interesse dos servidores 8. Isonomia salarial e de todos os benefícios entre os poderes. 9. Anulação reforma da previdência realizada através da compra de votos dos parlamentares. 10. Extinção do fator previdenciário 11. Incorporação de todas as gratificações produtivistas 12. Fim da terceirização que retira direito dos trabalhadores. 13. Concurso publico pelo RJU. 14. Combate a toda forma de privatização. 15. Pela aprovação da PEC 555/06 que extingue a cobrança previdenciária dos aposentados 16. Pela aprovação do PL 4434 que recompõe as perdas salariais. 17. Regulamentação da jornada de trabalho para o máximo de 30 horas para o serviço publico, sem redução salarial. 18. Pec. 170/2012 aprovação de aposentadoria integral por invalidez.

3 19. Liberação de dirigentes sindicais com ônus para o estado, sem prejuízo as promoções e progressões na carreira. 20. Pela revogação do FUNPRESP e da EBSERH Nesta primeira rodada o governo não considerou isto. O Governo foi questionado pelos servidores a respeito: (1) O que acontece se não aceitarmos? (2) Se o governo vai encaminhar à Câmara e nos impor isto? (3) Como ficam as reuniões por categorias ao longo de julho e como fica a mesa final em julho? A posição imediata dos servidores foi defender que antes de entrar nas pautas especificas queremos discutir a pauta geral com reuniões semanais. Portanto ficou definida nova rodada em 07/06 07/15. Os servidores presentes na reunião solicitaram respostas a Pauta dos SPF. O Governo demonstrou que não pretende fazer reuniões especificas antes de 07/06 07/15. APOS ESTE INFORME GERAL DA MESA DE NEGOCIAÇÃO SEGUIRAM-SE INFORMES DAS ENTIDADES QUE COMPÕE O FORUM. 1.) ASFOC - OSVALDO CRUZ. Greve em construção para segunda quinzena de Julho. Pretendem deflagrara greve mas a executiva nacional vai reunir em 29/06/15. Estão realizando mobilizações e paralisações de 24 e 48 horas para construir greve. São contra a proposta do governo porque não recompões perdas 2.) ASSIBGE-SN, - realizaram plenária em junho durante Congresso da Entidade. Indicaram greve a partir de 20 de julho. Dificuldades na base porque ainda estão recompondo pagamentos de greve passada. Rodada de assembleia entre 07/07 e 19/07. 3.) SINASEFE - Linha de fortalecer greve dos SPF. Indicativo aprovado para 13 de Julho. Período de três semanas para construir a greve. Plenárias dias 03 e 04 de julho para tratar da construção da greve. 4.) ANDES SN 38 seções sindicais em greve. Tiveram duas reuniões com Governo uma com Ministério da Educação Dia 23/06 e outra com o MPOG dia 25/06/15. MEC reuniu a pretexto de responder a pauta do ANDES-SN. MEC enalteceu a questão de como enfrentar a crise. Com um corte de 9,8 bilhões de reais assim distribuídos 11 % de cortes em custeio e 47 % de corte em capital investimentos. As reuniões e o que o governo apresentou não respondem nossa demanda. Ressaltou importância de manter o Fórum, esforço de construir unidade. Informe sobre negociações desceu as bases e até dia 02/07/15 em uma rodada de assembleias teremos a posição da

4 BASE que compõe o CNG. Ressaltou a necessidade de cumprimento de acordo ainda este ano. Na pauta 06/07 reunião setor de educação e 07/07 manifestação atos setor da educação. Ressaltou que a unidade do Fórum passa em não realize reunião setorial antes desta data. Informou ainda que no mesmo dia da mesa de negociação geral o PROIFES solicitou mesa setorial alertando que isto significa aceitar o acordo plurianual. Disposição em manter unidade. 5.) SINTBACEN Banco Central realizaram duas paralisações nacionais. Base 60% mobilizada. Reuniões esta semana para avaliar proposta do governo. Proposta não é satisfatória. Governo tenta desestabilizar. Nas reuniões setoriais o aceno é que tudo será encaminhado apos as negociações com MPOG, Sergio Mendonça, ou seja, os acertos com a proposta mais geral do Governo. Indicam manter unidade e fortalecer os SPF. 6.) FASUBRA Com 30 dias de greve. 45 sindicatos e 65 Instituições paralisadas. Balanço positivo da mobilização e greve. Disposição grande de seguir a greve. Proposta do governo antecipada porque deveria ser apresentada somente em julho decorre das mobilizações e greves em curso. Consideram positive a antecipação mas a proposta é insuficiente, rebaixada. Apresentaram um calendário de greve. Dia 06 de junho o encontro nacional de educação federal. Dia 07 marcha a Brasília. Incorporar conjunto SPF. Dia 08 acampamento Brasília intensificando atos ações, série atividades nas IES. Ocorreu boicoto matrículas do SISU. Campanha próximo dia 15/07/15 de doação de sangue Palavra de ordem: DILMA VALORIZE QUEM DA SANGUE PELA EDUCAÇÃO. 7. SINDIFISCO NACIONAL A categoria ainda se recente de descontos nos salários ocorridos em ultima greve. Tem plenária dia 01 a 03 de julho defenderam greve geral dos servidores públicos federais. Defenderam a unidade. 8.) CSP CONLUTAS - Menção ao sistema capitalista que serve a poucos ricos e não aos trabalhadores. Lembrou de um dos protestos pioneiros pelos direitos homossexuais que foi realizado na cidade de Nova Iorque nos estados Unidos. Lembrou Setor que lutam pela igualdade e liberdade. Mencionou o Congresso da CSP-Conlutas ocorrido entre 04 a 07 de junho onde ocorreu reunião com mais de 200 servidores federais. E foi indicado a realização da greve do funcionalismo público federal. Ressaltou que o nível e dureza dos ataques exige a construção da greve geral no país. Mencionou que enviaram manifesto a outras centrais apontando a necessidade de construir a greve geral. NO Calendário constam DIA 07 grande marcha em Brasília. Aprofundar as ações. Unificar servidores públicos; Fortalecer federais. Greve geral 9.) FENAJUF Em greve desde 10 de junho. Paraná iniciou em 25 de maio. Outras entram em greve dia 08 de julho, greve conjunto se fortalecendo próximo o que foi a greve de Mencionou o problema que esta sendo enfrentado visto que a

5 pauta é negociada e encaminhada pelo STF. Estão tramitando no Congresso as negociações com os servidores do Judiciário (PLC 28 judiciário, PLC 41 supremo). Destas negociações no parlamento podemos ter reflexos no funcionalismo federal. O Supremo apresentou a mesma proposta do Executivo. As bases rechaçaram a proposta. Greve esta sendo ampliada. Estão organizando caravanas a Brasília para participar dos atos 10.) FENASP Indicativo de greve para dia 7/07. Proposta do governo rechaçada. 11.) SIND RECEITA - Avalia que proposta do governo é ruim. Foi rechaçada. Mobilização semanais desde maio. Acordos de 2012 sobre atribuições dos analistas ainda não foi atendido. Dificuldades de construir a greve porque já tem corte de ponto dos que paralisaram. Dificuldade aprovar greve, querem participar e ver outras formas de mobilização. 12.) SIND FISCO - Categoria vem desenvolvendo meta vermelha baixar índices de arrecadação para 30 %. Todas as terças feiras os fiscais auditores não ligam seus computadores baixando índice de arrecadação. Quanto a proposta do governo, em quatro anos impossível. Dia 07/07 teremos 600 auditores em atos em Brasília. Sofreram na ultima greve penalizações de 400 mil por dia o que inviabiliza um sindicato. Estão na luta e prometem não nos deixar sozinhos. Apresentarão uma contraproposta porque a proposta do governo não atende. 13.) CONDISEF Terão plenárias dias 03 e 04/07 para discutir indicativo de greve. Proposta de 4 anos é para amarrar movimento. Sem greve durante quatro anos. Esta sendo proposto indicativo de greve para segunda quinzena de julho. 14.) CUT Avaliou que neste momento estão sendo tomadas medidas que retiram direitos com esta pauta negative no Congresso onde tramitaram e tramitam Projetos de Leis como a 664, 665 que retira direitos, a PEC da terceirização a diminuição da maioridade penal, a questão do veto ao fator previdenciário, da nova legislação sobre previdência 85/95, com apresentação de emedas alternativas para a progressividade. Ressaltou que a CUT vem com uma agenda progressiva de lutas desde março de 2015, que culminará em 30/06/15 com a construção objetiva de uma greve geral contra a politica macroeconômica do governo, contra as medidas do plano econômico que rebate nos serviços púbicos. Contra aumentos abusivos das taxas de juro (Selic prevista em 15% em 2015). O Governo demonstrou que não quer negociação mas sim imposição e isto não aceitamos. Destacou os eixos gerais da campanha e as pautas especificas. A Imposição do governo condiciona e reduz a discussão da pauta. Não atende perdas acumuladas e estimativas de perda futuras. Não podemos aceitar este condicionante. Temos a perspectiva de construção de greve geral dos servidores federais em mês de julho. Não temos mais tempo. Até 21 de agosto temos que definir sob pressão nossas conquistas. Necessidade de construir calendário unificado. Propôs o julho vermelho.

6 AVALIAÇÃO DA CONJUNTURA. Seguiram-se mais de 15 inscrições para avaliar a conjuntura. Todas demonstrando rejeição a proposta do Governo. Muitas expressando a necessidade de fortalecer a greve dos servidores públicos federais. Muitas indicando ações e calendário de luta. Fiz uma intervenção destacando três pontos: (a) a necessidade de nos fortalecermos para enfrentar a dureza das medidas provenientes de ajustes fiscais, que compõe a macroeconomia do Brasil e que precisa mudar; (b) que a unidade na luta não é somente retorica mas tem que se efetivas no que nos unifica e não no que nos separa e para tanto as pautas de negociação, os comandos e os atos e ações diretas devem ser unificadas; (c) que não podemos perder a referencia de projeto histórico que defendemos, o que implica defendermos o que consta hoje da pauta da classe trabalhadora em geral, e em especial dos serviços públicos, superando a visão fragmentada de ganhos salariais parciais corporativos, perdendo de vista a totalidade. Algumas entidades presentes em suas avaliações de conjuntura demonstrando dificuldades na base para decretar greve, principalmente aquelas que ainda sofrem consequências de greves passadas. Na avaliação da conjunta destaco portanto: PROBLEMAS DA TÁTICA DO GOVERNO. 1.) aceitou na mesa de negociação entidades que não estavam em greve. Entidades que não compõe o Fórum. 2.) proposta muito aquém do que os servidores reivindicam. 3.) imposição do governo na negociação somente tratar das mesas setoriais apos o aceite da proposta salarial. 4.) possibilidade de judicialização da greve 5.) insistência em aplicação de um ajuste fiscal nefasto a classe trabalhadora. PROBLEMAS NO CONGRESSO CÂMARA E SENADO: (1) Correlação de forças desfavorável no Parlamento (2) Medidas já aprovadas e em tramitação que retiram direitos e acentuam precarização, terceirização, destruição de serviços públicos. (3) O executivo não tem segurança no Legislativo QUESTÕES DAS BASES DAS ENTIDADES DO FÓRUM

7 CONJUNTURA DA GREVE CONTA, NESTE MOMENTO, COM ANDES-SN FASUBRA E FENAJUF. 1.) Isto indica que temos três entidades efetivamente em greve ANDES-SN, FASUBRA E FENAJUF. Necessidade de ampliar este quadro para fortalecer a greve. 2.) Indicação de que teremos no próximo período cinco entidades votando a greve em suas bases FENASPE, CONDISEF, PROIFES, SINTBACEN (analistas e técnicos), SINASEFE, 3.) Setores que estão com dificuldades nas bases para deflagrar greve. ASSIBGE- SN, ANFFA-SINDICAL, ASFOC, ASMETRO-SN, CNTSS, CONFELEGIS, FENALE, FENALEGIS, FENASTC, FENAPRF, MOSAP, SIN, SINDLEGIS, SINDIFISCO NACIONAL, SINPECPT, SINDIRECEITA, SINASEMPU E UNACON-SINDICAL. ENCAMINHAMENTOS APROVADOS NA PLENÁRIA POR ACLAMAÇÃO MESA: PAULO BARELA DA CSP CONLUTAS; GEOVANI FRIZZO DO ANDES-SN e ROGÉRIO da FASUBRA 1.) Rechaçar a proposta do governo nas assembleias de base. 2.) Construir pela base entrada em greve dos setores que ainda não estão em greve. 3.) DIAS 06 e 07 garantir que as entidades discutam possibilidade de caravanas a Brasília 4.) Dia 07/07 Ato público em Brasília ato político. Todas as entidades venham a Brasília. 5.) Dia 07/07. Atos públicos nos Estado no horário das negociações em Brasília. 6.) Organizar e fazer funcionar os Fóruns Estaduais dos Servidores Federais. 7.) Indicar as centrais sindicais a greve geral contra o ajuste fiscal em defesa dos direitos dos trabalhadores. 8.) Realizar audiência pública sobre campanha salarial na câmara e senado provavelmente dia 08/07. Discutir serviço público condições salariais, condições de trabalho. 9.) Instalar o COMANDO NACIONAL DE MOBILIZAÇÃO E GREVE para organizar a mobilização e greve Nacional. 10.) Elaborar conjuntamente materiais para orientar lutas 11.) Reunião do jurídico das entidades para avaliar e tomar medidas antecipadas frente as medidas que poderão ser adotadas pelo governo para judicializar a greve. 12.) Marcha unificada. Do funcionalismo público federal segunda quinzena de julho. O Comando de Mobilização e Greve vai definir data ainda no mês de julho. 13.) Amanhã dia 29 de Junho reunião do comando na sede da CONDISEF.

8 Brasília, 28 de junho de Celi Zulke Taffarel

Quanto aos itens da pauta setorial, o MEC informou o que segue:

Quanto aos itens da pauta setorial, o MEC informou o que segue: Brasília, 7 de setembro de 2015 Reunião com Ministério da Educação (MEC) e com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) realizada dia 04/09/2015 e Contraproposta da FASUBRA ao Governo Na

Leia mais

Edital de Convocação de Assembleia Geral Extraordinária

Edital de Convocação de Assembleia Geral Extraordinária Edital de Convocação de Assembleia Geral Extraordinária De acordo com o Estatuto do ASMETRO-SN ficam os sindicalizados, convocados a participar da Assembleia Geral Extraordinária do Sindicato. Data: 30

Leia mais

SINDICATO NACIONAL DOS SERVIDORES FEDERAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA, PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

SINDICATO NACIONAL DOS SERVIDORES FEDERAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA, PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA ESCLARECIMENTOS SOBRE A CONTRA-PROPOSTA APRESENTADA PELA SETEC/MEC NO DIA 18/09/2015. Companheiros (as) do Sinasefe em todo o Brasil, a última Plena de nosso sindicato votou algumas importantes resoluções:

Leia mais

GOVERNOS INTENSIFICAM ATAQUES AOS NOSSOS DIREITOS! A

GOVERNOS INTENSIFICAM ATAQUES AOS NOSSOS DIREITOS! A BOLETIM DA REDE Nº 97 08/04/2016 GOVERNOS INTENSIFICAM ATAQUES AOS NOSSOS DIREITOS! A nossa resposta deve ser na luta e com greve! A nossa indignação deve ultrapassar os muros das Escolas e UMEIs diante

Leia mais

Circular nº 157/2014 Brasília, 2 de setembro de 2014. Às Seções Sindicais, às Secretarias Regionais e aos Diretores do ANDES-SN

Circular nº 157/2014 Brasília, 2 de setembro de 2014. Às Seções Sindicais, às Secretarias Regionais e aos Diretores do ANDES-SN Circular nº 157/2014 Brasília, 2 de setembro de 2014 Às Seções Sindicais, às Secretarias Regionais e aos Diretores do ANDES-SN Companheiros, Encaminhamos, para ampla divulgação, a Carta de Aracaju (59º

Leia mais

PLANO DE AÇÃO SINDICAL

PLANO DE AÇÃO SINDICAL PLANO DE LUTAS 1. Plano de carreira - Continua em pauta, reiniciar a discussão como TJ. ISONOMIA; 2. URV das pensionistas - Continua em pauta, TJ não aceita responsabilidade, ajuizamos ação; 3. Reajustes

Leia mais

Tudo que você precisa para organizar o movimento no seu local de trabalho!

Tudo que você precisa para organizar o movimento no seu local de trabalho! Tudo que você precisa para organizar o movimento no seu local de trabalho! Este documento tem o objetivo de facilitar a organização dos servidores em sua cidade e local de trabalho durante a jornada de

Leia mais

COMUNICADO Nº 18 25 DE JUNHO DE

COMUNICADO Nº 18 25 DE JUNHO DE COMUNICADO Nº 18 25 DE JUNHO DE 2015 O Comando Nacional de Greve, no Dia Nacional de Lutas, Mobilizações e Paralisações dos SPF s, realizou duas atividades externas (ato na Câmara dos Deputados e vigília

Leia mais

Pimenta no olho, e nada de reajuste salarial

Pimenta no olho, e nada de reajuste salarial Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal do Estado de Mato Grosso BOLETIM SEMANAL De 20 a 24 de outubro de 2014 Pimenta no olho, e nada de reajuste salarial O diretor do SINDIJUFE-MT Pedro

Leia mais

Eixos da Campanha Salarial 2011 Definidos na reunião do Setor das IFES

Eixos da Campanha Salarial 2011 Definidos na reunião do Setor das IFES Eixos da Campanha Salarial 2011 Definidos na reunião do Setor das IFES Contra qualquer reforma que retire direitos dos trabalhadores. Regulamentação/Institucionalização da negociação coletiva no setor

Leia mais

Proposta de reestruturação da carreira e PEC/FNDE

Proposta de reestruturação da carreira e PEC/FNDE Proposta de reestruturação da carreira e PEC/FNDE A presente proposta tem como objetivo consagrar uma carreira positiva e atraente para os servidores do FNDE, tendo como base a estrutura organizacional/institucional

Leia mais

PDE não é discutido com Servidores da Educação

PDE não é discutido com Servidores da Educação EDITORIAL PDE não é discutido com Servidores da Educação O Governo lançou seu novo Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) com muito alarde na mídia, falando sobre os milhões que vai gastar para a melhoria

Leia mais

Circular nº 074/16 Brasília, 4 de abril de 2016. Às seções sindicais, secretarias regionais e aos diretores do ANDES-SN

Circular nº 074/16 Brasília, 4 de abril de 2016. Às seções sindicais, secretarias regionais e aos diretores do ANDES-SN Circular nº 074/16 Brasília, 4 de abril de 2016 Às seções sindicais, secretarias regionais e aos diretores do ANDES-SN Companheiros, Encaminhamos, anexa, Nota da Diretoria do ANDES-SN sobre o Projeto de

Leia mais

Proposta aprovada: utilizar as duas estratégias no esforço para aprovação do PL7027/2013.

Proposta aprovada: utilizar as duas estratégias no esforço para aprovação do PL7027/2013. RELATÓRIO DE SUELY SILVEIRA, COORDENADORA DO SINDJUFE Como afirmou o coordenador da FENAJUFE e servidor do TRE-GO, João Batista, a Fenajufe realizou intervenção junto ao TSE sobre a majoração do auxílio

Leia mais

Um resumo dos quatro dias de atividades do

Um resumo dos quatro dias de atividades do Filiado à: BOLETIM CEA Ano XVII Nº 551 8 de abril de 2014 Um resumo dos quatro dias de atividades do destaques Ditadura nunca mais Greve do Eleições Mesa-ato e exposição contra o golpe de 1964 homenageia

Leia mais

PLENÁRIA NACIONAL EXTRAORDINÁRIA DA FENASPS

PLENÁRIA NACIONAL EXTRAORDINÁRIA DA FENASPS PLENÁRIA NACIONAL EXTRAORDINÁRIA DA FENASPS Data: 14/11/2014 Local: Sede da Fenasps Estados presentes: MG- SP- PR- RS- ES- SC- RN- CE e Oposição da BA e do DF. Nº de participantes: 65 Delegados e 10 Observadores

Leia mais

TESE AO 7º CONGRESSO DO SINDPEFAETEC: SINDPEFAETEC INDEPENDENTE, CLASSISTA E DE LUTA PELA EDUCAÇÃO PÚBLICA, GRATUITA, DEMOCRÁTICA E DE QUALIDADE

TESE AO 7º CONGRESSO DO SINDPEFAETEC: SINDPEFAETEC INDEPENDENTE, CLASSISTA E DE LUTA PELA EDUCAÇÃO PÚBLICA, GRATUITA, DEMOCRÁTICA E DE QUALIDADE TESE AO 7º CONGRESSO DO SINDPEFAETEC: SINDPEFAETEC INDEPENDENTE, CLASSISTA E DE LUTA PELA EDUCAÇÃO PÚBLICA, GRATUITA, DEMOCRÁTICA E DE QUALIDADE Conjuntura Internacional A crise do capitalismo, iniciada

Leia mais

RELATÓRIO DA PLENÁRIA NACIONAL DA FENASPS

RELATÓRIO DA PLENÁRIA NACIONAL DA FENASPS RELATÓRIO DA PLENÁRIA NACIONAL DA FENASPS Data: domingo, 12 de junho de 2016 Local: sala 11 do Hotel Nacional, em Brasília Pauta: 1. Informes Nacionais PL 4250/2015, PL 4252/2015 e PLP 257/2016, Reforma

Leia mais

CARTA DE SANTA MARIA

CARTA DE SANTA MARIA CARTA DE SANTA MARIA ANDES-SN: Sindicato de luta, ampliando a organização da categoria e a unidade classista dos trabalhadores. Sob a égide desse tema, realizou-se o 58º CONAD do ANDES SINDICATO NACIONAL,

Leia mais

Seguridade Social e Dívida Pública Maria Lucia Fattorelli i

Seguridade Social e Dívida Pública Maria Lucia Fattorelli i Seguridade Social e Dívida Pública Maria Lucia Fattorelli i Uma das mais importantes conquistas sociais alcançadas com a Constituição Federal de 1988 foi a institucionalização da Seguridade Social, organizada

Leia mais

Saúde pública de qualidade para cuidar bem das pessoas: direito do povo brasileiro

Saúde pública de qualidade para cuidar bem das pessoas: direito do povo brasileiro Saúde pública de qualidade para cuidar bem das pessoas: direito do povo brasileiro Objetivos da 15ª. Reafirmar, impulsionar e efetivar os princípios e diretrizes do SUS- saúde como DH Mobilizar e estabelecer

Leia mais

De sindicalização, tendo como foco principal a juventude trabalhadora; Pela inclusão da Filosofia e da Sociologia no currículo do ensino básico;

De sindicalização, tendo como foco principal a juventude trabalhadora; Pela inclusão da Filosofia e da Sociologia no currículo do ensino básico; PLANO DE LUTAS DA CUT/SP CALENDÁRIO DE ATOS PÚBLICOS 24/05 Ato em Brasília pela estabilidade do serviço público. Dia Nacional de lutas em defesa do funcionário público admitido em caráter temporário. Estabilidade

Leia mais

GREVE DOS SERVIDORES GARANTE APROVAÇÃO DO PLC 28 NO SENADO, E O FOCO, AGORA, É A SANÇÃO DA PRESIDENTE DILMA

GREVE DOS SERVIDORES GARANTE APROVAÇÃO DO PLC 28 NO SENADO, E O FOCO, AGORA, É A SANÇÃO DA PRESIDENTE DILMA Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal do Estado de Mato Grosso BOLETIM SEMANAL De 29 de junho a 03 de julho de 2015 GREVE DOS SERVIDORES GARANTE APROVAÇÃO DO PLC 28 NO SENADO, E O FOCO,

Leia mais

III Reunión, Lima, octubre 2010 A AUTOREFORMA SINDICAL E A HISTÓRIA DOS BANCÁRIOS DA CUT BRASIL. William Mendes,

III Reunión, Lima, octubre 2010 A AUTOREFORMA SINDICAL E A HISTÓRIA DOS BANCÁRIOS DA CUT BRASIL. William Mendes, III Reunión, Lima, octubre 2010 A AUTOREFORMA SINDICAL E A HISTÓRIA DOS BANCÁRIOS DA CUT BRASIL William Mendes, Secretário de Formação da CONTRAFCUT-CUT 1. INTRODUÇÃO No final dos anos setenta e início

Leia mais

RESOLUÇÃO POLITICA CEN 17-09-15

RESOLUÇÃO POLITICA CEN 17-09-15 RESOLUÇÃO POLITICA CEN 17-09-15 Reunida em São Paulo no dia 17 de setembro de 2015, a Comissão Executiva Nacional analisou a conjuntura recente do País e aprovou a seguinte resolução política: A oposição

Leia mais

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org/ sintetel@sintetel.org.

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org/ sintetel@sintetel.org. Mundo Sindical SÃO PAULO (SP): TRABALHADORES DO TELEATENDIMENTO COMPÕEM PAUTA DE REIVINDICAÇÕES Os trabalhadores do setor de teleatendimento compuseram a Pauta de Reivindicações para a Convenção Coletiva

Leia mais

PROGRAMA DA CHAPA ADUFPI PARA OS (AS) PROFESSORES (AS): A LUTA CONTINUA

PROGRAMA DA CHAPA ADUFPI PARA OS (AS) PROFESSORES (AS): A LUTA CONTINUA PROGRAMA DA CHAPA ADUFPI PARA OS (AS) PROFESSORES (AS): A LUTA CONTINUA A Universidade pública brasileira está em um momento crucial. Se por um lado vive uma grande expansão com abertura de novas vagas,

Leia mais

Plano de lutas do XXIII CONSINTET-UFU 2015. Conjuntura. Conjuntura Nacional e Internacional

Plano de lutas do XXIII CONSINTET-UFU 2015. Conjuntura. Conjuntura Nacional e Internacional Plano de lutas do XXIII CONSINTET-UFU 2015 Conjuntura Que o SINTET-UFU e a FASUBRA inclua no seu calendário anual atividade esportiva para a sua categoria e Base. Que o SINTET-UFU garanta em seus fóruns

Leia mais

Deliberações da Plenária Nacional Extraordinária da FENASPS

Deliberações da Plenária Nacional Extraordinária da FENASPS Deliberações da Plenária Nacional Extraordinária da FENASPS Data: domingo, 5 de agosto de 2013 Local: hotel nacional, em Brasília/DF Numero de Participantes: Delegados e Observadores: 133 Estados presentes:

Leia mais

Defesa dos Serviços e Trabalhadores Públicos Brasileiros e o. Não Pagamento da Dívida Pública

Defesa dos Serviços e Trabalhadores Públicos Brasileiros e o. Não Pagamento da Dívida Pública Defesa dos Serviços e Trabalhadores Públicos Brasileiros e o Não Pagamento da Dívida Pública O endividamento público vem pautando a vida do povo brasileiro sob diversas formas, especialmente a partir da

Leia mais

Livre estipulação das relações trabalhistas ameaça conquistas

Livre estipulação das relações trabalhistas ameaça conquistas BOLETIM 6 Brasília, 9 de novembro de 2015 Livre estipulação das relações trabalhistas ameaça conquistas O deputado Benjamin Maranhão (SD-PB), presidente da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço

Leia mais

De janeiro a junho de 2015, houve uma inflação de 7,03%, passando assim a inflação de todo o ano de 2014 que foi de 6,73%.

De janeiro a junho de 2015, houve uma inflação de 7,03%, passando assim a inflação de todo o ano de 2014 que foi de 6,73%. Até Junho, Inflação já supera todo o ano de 2014 INFLAÇÃO DE 7,03% DE JANEIRO A JUNHO DE 2015 ATÉ JUNHO DE 2015 1 REAJUSTE NECESSÁRIO DE 48,49% PARA RECOMPOR A REMUNERAÇÃO DESDE JUNHO DE 2006 Considerando

Leia mais

8ª MARCHA DA CLASSE TRABALHADORA POR MAIS DIREITOS E QUALIDADE DE VIDA. Pelo desenvolvimento com soberania, democracia e valorização do trabalho

8ª MARCHA DA CLASSE TRABALHADORA POR MAIS DIREITOS E QUALIDADE DE VIDA. Pelo desenvolvimento com soberania, democracia e valorização do trabalho 8ª MARCHA DA CLASSE TRABALHADORA POR MAIS DIREITOS E QUALIDADE DE VIDA Pelo desenvolvimento com soberania, democracia e valorização do trabalho A s Centrais Sindicais (CGTB, CUT, CTB, FS, NCST e UGT),

Leia mais

DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO

DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO A CUT e as centrais sindicais negociaram com o governo

Leia mais

Diagramação: Jornalista/Giovanni Castro. Capa e ilustração: Joaquim Monteiro. Tiragem: 5.000 exemplares. Impressão: Qualitá Gráfica Editora

Diagramação: Jornalista/Giovanni Castro. Capa e ilustração: Joaquim Monteiro. Tiragem: 5.000 exemplares. Impressão: Qualitá Gráfica Editora 1 CARTILHA-DEFINITIVA-OK.indd 1 15/09/2013 13:00:44 Diagramação: Jornalista/Giovanni Castro Capa e ilustração: Joaquim Monteiro Tiragem: 5.000 exemplares Impressão: Qualitá Gráfica Editora 2 CARTILHA-DEFINITIVA-OK.indd

Leia mais

Resumo de Notícias. Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Telecomunicações e Operadoras de Mesas Telefônicas no Estado do Espírito Santo

Resumo de Notícias. Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Telecomunicações e Operadoras de Mesas Telefônicas no Estado do Espírito Santo 27/11/2014 - Teletime Rezende alerta que se escolherem ir à Justiça, teles saem perdendo O presidente da Anatel, conselheiro João Rezende, afirmou nesta quinta, 27, que a agência não concorda com a tese

Leia mais

Relatório do Encontro Nacional do Jurídico Sindicatos da base da CNTSS.

Relatório do Encontro Nacional do Jurídico Sindicatos da base da CNTSS. Relatório do Encontro Nacional do Jurídico Sindicatos da base da CNTSS. - Local da atividade: João Pessoa Paraíba - Dias: 15 e 16 de agosto de 2013 - Estados participantes: Diretores Jurídicos dos Sindicatos

Leia mais

RELATÓRIO DO IV ENCONTRO JURÍDICO DO SINASEFE Data: 11 e 12 de junho de 2010 Local: Hotel San Marco - Brasília/DF

RELATÓRIO DO IV ENCONTRO JURÍDICO DO SINASEFE Data: 11 e 12 de junho de 2010 Local: Hotel San Marco - Brasília/DF RELATÓRIO DO IV ENCONTRO JURÍDICO DO SINASEFE Data: 11 e 12 de junho de 2010 Local: Hotel San Marco - Brasília/DF SEXTA-FEIRA 11 de junho 09h00 Abertura 09h15 - Apresentação dos participantes 09h30 Aprovação

Leia mais

Cartilha do Orçamento Público

Cartilha do Orçamento Público Cartilha do Orçamento Público O QUE É O ORÇAMENTO? Nós cidadãos comuns, ganhamos e também gastamos dinheiro. Podemos receber dinheiro de uma ou várias fontes: salário, aluguel de imóveis, prestação de

Leia mais

RELATÓRIO N.º 3/2015

RELATÓRIO N.º 3/2015 RELATÓRIO N.º 3/2015 Relatório n.º 3/2015. Relator: Vicente de Paulo da Silva Sousa. Condição: Delegado escolhido em Assembleia Geral. Motivo: Participar da Reunião Ampliada da Federação Nacional dos Trabalhadores

Leia mais

Reajuste salarial volta à pauta dos servidores públicos em 2015

Reajuste salarial volta à pauta dos servidores públicos em 2015 Edição nº 119 Fevereiro de 2015 educação nacional Início do ano com reajuste salarial, mas sem expectativas Servidores públicos recebem última parcela do acordo com o governo federal. Proposta de reestruturação

Leia mais

SINDICATO NACIONAL DOS DOCENTES DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR - ANDES-SN

SINDICATO NACIONAL DOS DOCENTES DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR - ANDES-SN SINDICATO NACIONAL DOS DOCENTES DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR - ANDES-SN InformANDES Informativo Nº 41 Brasília (DF) Dezembro de 2014 2 InformANDES/2014 É dentro de nós que o Ano Novo cochila e espera

Leia mais

Plano de lutas aprovado no Encontro Nacional dos Servidores do IBAMA, em Brasília/DF, nos dias 8 e 9 de abril de 2006.

Plano de lutas aprovado no Encontro Nacional dos Servidores do IBAMA, em Brasília/DF, nos dias 8 e 9 de abril de 2006. Plano de lutas aprovado no Encontro Nacional dos Servidores do IBAMA, em Brasília/DF, nos dias 8 e 9 de abril de 2006. Cobrar do governo o cumprimento dos acordos consensuados na Comissão de Reestruturação

Leia mais

CARTILHA DE MOBILIZAÇÃO E GREVE

CARTILHA DE MOBILIZAÇÃO E GREVE CARTILHA DE MOBILIZAÇÃO E GREVE ESPECIAL GREVE Este documento contém todas as orientações básicas que um servidor em greve inclusive em estágio probatório deve saber para não ser prejudicado em nenhuma

Leia mais

s bandeiras de luta do movimento sindical atual, eu significado e importância para os trabalhadore

s bandeiras de luta do movimento sindical atual, eu significado e importância para os trabalhadore s bandeiras de luta do movimento sindical atual, eu significado e importância para os trabalhadore 40 HORAS SEMANAIS SEM REDUÇÃO SALARIAL A luta pela redução da jornada acontece desde os primórdios do

Leia mais

ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DA ADUFG SINDICATO, REALIZADA EM 05/08/2015.

ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DA ADUFG SINDICATO, REALIZADA EM 05/08/2015. ATA DA ASSEMBLEIA GERAL DA ADUFG, REALIZADA EM 05/08/2015. Aos dias oito do mês de agosto de dois mil e quinze, no Centro de Cultura e Eventos Prof. Ricardo Freua Bufaiçal, localizado no Campus Samambaia,

Leia mais

PROGRAMA DA CHAPA PARTIDO E GOVERNO COM O POVO PARA O PT CONTINUAR LIDERARANDO UM NOVO CICLO DE TRANSFORMAÇÕES NO BRASIL E EM GUARULHOS

PROGRAMA DA CHAPA PARTIDO E GOVERNO COM O POVO PARA O PT CONTINUAR LIDERARANDO UM NOVO CICLO DE TRANSFORMAÇÕES NO BRASIL E EM GUARULHOS PROGRAMA DA CHAPA PARTIDO E GOVERNO COM O POVO PARA O PT CONTINUAR LIDERARANDO UM NOVO CICLO DE TRANSFORMAÇÕES NO BRASIL E EM GUARULHOS "As manifestações são parte indissociável do nosso processo de ascensão

Leia mais

Relatório da Reunião da Coordenação Estadual de Entidades da CSP-Conlutas do Rio de Janeiro

Relatório da Reunião da Coordenação Estadual de Entidades da CSP-Conlutas do Rio de Janeiro 1 Relatório da Reunião da Coordenação Estadual de Entidades da CSP-Conlutas do Rio de Janeiro Rio de Janeiro, 23 de julho de 2011. Presentes 23 companheiros representantes e observadores das 11 entidades

Leia mais

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES

CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES RESOLUÇÕES A Direção Nacional da CUT, reunida em Brasília no dia 05 de março de 2015, após avaliar a gravidade conjuntura nacional por ocasião da abertura do 12º CONCUT, aprovou como resolução o chamamento

Leia mais

Sindicato promove encontro para debater Cassi

Sindicato promove encontro para debater Cassi Edição: ABRIL/2013 - Ano: XXV Sindicato promove encontro para debater Cassi O Sindicato promoveu um encontro com os funcionários do Banco do Brasil para discutir sobre a Cassi (Caixa de Assistência dos

Leia mais

Decisão do STF permite contratação de professores federais por Organização Social

Decisão do STF permite contratação de professores federais por Organização Social Decisão do STF permite contratação de professores federais por Organização Social Na mesma semana em que os trabalhadores brasileiros tomaram as ruas e conseguiram suspender a votação do Projeto de Lei

Leia mais

Plano de Lutas Em Defesa do Trabalho e da Formação e Contra a Precarização do Ensino Superior

Plano de Lutas Em Defesa do Trabalho e da Formação e Contra a Precarização do Ensino Superior Plano de Lutas Em Defesa do Trabalho e da Formação e Contra a Precarização do Ensino Superior 1. Apresentação Em cumprimento à deliberação 1-F do Eixo Formação, aprovada no 37 0 Encontro Nacional CFESS/CRESS,

Leia mais

Referencial para o debate no V Encontro Estadual de Funcionários com base nas Resoluções do XV Congresso Estadual do Sintep-MT

Referencial para o debate no V Encontro Estadual de Funcionários com base nas Resoluções do XV Congresso Estadual do Sintep-MT Referencial para o debate no V Encontro Estadual de Funcionários com base nas Resoluções do XV Congresso Estadual do Sintep-MT A partir da lei nº 12. 014/09 que altera o Art. nº 61 da Lei de Diretrizes

Leia mais

PNE: análise crítica das metas

PNE: análise crítica das metas PNE: análise crítica das metas Profa. Dra. Gilda Cardoso de Araujo Universidade Federal do Espírito Santo Ciclo de Palestras do Centro de Educação 2015 Metas do PNE Contexto Foram 1.288 dias de tramitação,

Leia mais

Pedro Onofre Fernandes Diretor de Estudos Técnicos

Pedro Onofre Fernandes Diretor de Estudos Técnicos Pedro Onofre Fernandes Diretor de Estudos Técnicos REFORMA TRIBUTÁRIA Pontos Convergentes: - O Brasil precisa de uma Reforma Tributária - A atual estrutura é complexa - Não há Justiça Fiscal Pontos Divergentes:

Leia mais

Apub na luta pelos direitos dos trabalhadores Página 7. UFBA em crise: entidades debatem situação financeira da universidade Página 3.

Apub na luta pelos direitos dos trabalhadores Página 7. UFBA em crise: entidades debatem situação financeira da universidade Página 3. Gestão do biênio 2014-2016 Salvador - Bahia - maio de 2015 Nº 54 Páginas 4 e 5 UFBA em crise: entidades debatem situação financeira da universidade Página 3 Apub na luta pelos direitos dos trabalhadores

Leia mais

RESOLUÇÕES DA PLENÁRIA NACIONAL DA FENASPS

RESOLUÇÕES DA PLENÁRIA NACIONAL DA FENASPS RESOLUÇÕES DA PLENÁRIA NACIONAL DA FENASPS DATA: 18 de junho de 2011 LOCAL: Hotel St. PAUL- Brasília/DF ESTADOS PRESENTES: PB- RS-PR-CE-RN-SP-MG-ES-RJ-DF-SC-SE-BA Nº. DE PARTICIPANTES: 317 PAUTA: 1) Informes

Leia mais

Vamos à luta, sabendo porque estamos lutando

Vamos à luta, sabendo porque estamos lutando Vamos à luta, sabendo porque estamos lutando Vivemos um período de crises do sistema capitalista onde a única saída para estes senhores donos do capital é privatizar as nossas vidas. Nessa sede em transformar

Leia mais

1-Inflação acumulada desde junho de 2006 até maio de

1-Inflação acumulada desde junho de 2006 até maio de A Diretoria do SITRAEMG SINDICATO DOS TRABALHADORES DO JUDICIÁRIO FEDEAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS solicitoume a elaboração do presente Estudo, composto de três itens 1 : 1Inflação acumulada desde junho

Leia mais

ELEIÇÕES 2008 A RELAÇÃO ENTRE VEREADORES, ADMINISTRAÇÕES PETISTAS E O MOVIMENTO SINDICAL SUGESTÕES

ELEIÇÕES 2008 A RELAÇÃO ENTRE VEREADORES, ADMINISTRAÇÕES PETISTAS E O MOVIMENTO SINDICAL SUGESTÕES ELEIÇÕES 2008 A RELAÇÃO ENTRE VEREADORES, ADMINISTRAÇÕES PETISTAS E O MOVIMENTO SINDICAL 1) INTRODUÇÃO SUGESTÕES Ao longo dos seus vinte e oito anos e com a experiência de centenas de administrações que

Leia mais

1º Coletivo Nacional de Técnicos do Poder Judiciário e MPU(CONTEC)

1º Coletivo Nacional de Técnicos do Poder Judiciário e MPU(CONTEC) 1º Coletivo Nacional de Técnicos do Poder Judiciário e MPU(CONTEC) Brasília Imperial Hotel sábado 11 de abril de 2015 Organizado pela FENAJUFE Abertura da Diretória Executiva: - Adilson Rodrigues Santos;

Leia mais

26% (NS), 34%(NI) 11% (NA),

26% (NS), 34%(NI) 11% (NA), Análise da ANASPS - CARREIRA DO SEGURO SOCIAL 07/12/2006 Proposta de Reestruturação GT da Portaria GM/MPS nº1541 de 05/09/2006 No dia 07 de dezembro de 2006, os Coordenadores do GRUPO DE TRABALHO (GT)

Leia mais

Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST

Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST 10 a 14 de fevereiro de 2014 Entre os dias 10 e 14 de fevereiro de 2014, ocorrerá, em Brasília/DF, o 6º Congresso Nacional do MST, para o qual são esperados

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO SEMINÁRIO SOBRE O PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO RELATÓRIO

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO SEMINÁRIO SOBRE O PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO RELATÓRIO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO SEMINÁRIO SOBRE O PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO RELATÓRIO O Conselho Nacional de Educação (CNE) realizou, em Brasília, nos dias 19 e 20 de maio de 2011, seminário sobre o PNE,

Leia mais

DIAP: PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR: SERVIDORES CONTRÁRIOS AO PL 1.992/07

DIAP: PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR: SERVIDORES CONTRÁRIOS AO PL 1.992/07 DIAP: PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR: SERVIDORES CONTRÁRIOS AO PL 1.992/07 Durante audiência pública realizada na Comissão de Trabalho da Câmara dos Deputados, na última quarta-feira (27), associações e sindicatos

Leia mais

Curitiba, 25 de agosto de 2010. SUBSÍDIOS À CAMPANHA SALARIAL COPEL 2010 DATA BASE OUTUBRO 2010

Curitiba, 25 de agosto de 2010. SUBSÍDIOS À CAMPANHA SALARIAL COPEL 2010 DATA BASE OUTUBRO 2010 Curitiba, 25 de agosto de 2010. SUBSÍDIOS À CAMPANHA SALARIAL COPEL 2010 DATA BASE OUTUBRO 2010 1) Conjuntura Econômica Em função dos impactos da crise econômica financeira mundial, inciada no setor imobiliário

Leia mais

Notícias Bancárias Nº 761 - JUNHO 2012

Notícias Bancárias Nº 761 - JUNHO 2012 Notícias Bancárias Nº 761 - JUNHO 2012 1 2 Nº 761 - JUNHO 2012 Notícias Bancárias BRADESCO Trabalhadores mobilizados buscam negociações Atividade em Diadema fez parte das mobilizações que aconteceram no

Leia mais

COMUNICADO n. 20. 2 de julho de 2015 / Comando Nacional de Greve 2015 06 QUADRO ATUALIZADO DA DEFLAGRAÇÃO DA GREVE NAS IFE

COMUNICADO n. 20. 2 de julho de 2015 / Comando Nacional de Greve 2015 06 QUADRO ATUALIZADO DA DEFLAGRAÇÃO DA GREVE NAS IFE COMUNICADO n. 20 2 de julho de 2015 / Comando Nacional de Greve 2015 COMUNICADO Nº 20 02 DE JULHO DE 2015 O Comando Nacional de Greve realizou reunião nos dias 29 de junho e 1 de julho, com os seguintes

Leia mais

SOBRE A RECOMPOSIÇÃO SALARIAL DOS SERVIDORES DO PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO

SOBRE A RECOMPOSIÇÃO SALARIAL DOS SERVIDORES DO PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO SOBRE A RECOMPOSIÇÃO SALARIAL DOS SERVIDORES DO PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO Os 120.000 servidores do Judiciário Federal no Brasil, familiares e amigos contam com seu apoio para a aprovação da recomposição

Leia mais

Plano Nacional de Educação: uma dívida histórica do Estado brasileiro

Plano Nacional de Educação: uma dívida histórica do Estado brasileiro Plano Nacional de Educação: uma dívida histórica do Estado brasileiro A Associação Nacional de Política e Administração da Educação ANPAE, fundada em 1961 1, é uma associação civil de caráter educativo,

Leia mais

QUE GOVERNO DOS TRABALHADORES É ESSE?

QUE GOVERNO DOS TRABALHADORES É ESSE? Editorial QUE GOVERNO DOS TRABALHADORES É ESSE? Com a AMEAÇA DO CORTE DO PONTO, o Governo Dilma, novamente na figura do Secretário Eliezer A VIDA É DURA Pacheco, resolveu se posicionar mais à direita que

Leia mais

Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ

Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ É bom saber... LEI Nº 12.618, DE 30 DE ABRIL DE 2012. Institui o regime de previdência complementar para os servidores públicos federais titulares de

Leia mais

PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO ATRIBUIÇÕES E PRAZOS INTERMEDIÁRIOS DA LEI Nº 13.005, DE 2014

PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO ATRIBUIÇÕES E PRAZOS INTERMEDIÁRIOS DA LEI Nº 13.005, DE 2014 ESTUDO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO ATRIBUIÇÕES E PRAZOS INTERMEDIÁRIOS DA LEI Nº 13.005, DE 2014 Ana Valeska Amaral Gomes Paulo Sena Consultores Legislativos da Área XV Educação, Cultura e Desporto Nota

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Setembro 2011 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS GRADUADOS

Leia mais

O valor do Piso Nacional do Magistério divulgado pelo MEC teve 27% de ganho real entre 2008 e 2014, média de 4,5% ao ano.

O valor do Piso Nacional do Magistério divulgado pelo MEC teve 27% de ganho real entre 2008 e 2014, média de 4,5% ao ano. QUAL SERÁ O VALOR DO PISO DO MAGISTÉRIO PARA 2014? * Lizeu Mazzioni 1. MEC: R$ 1.697,00: o ano começou novamente com a polêmica do novo valor do Piso Nacional do Magistério, que segundo interpretações

Leia mais

ACS Assessoria de Comunicação Social

ACS Assessoria de Comunicação Social "Política inteligente de superávit não corta na educação" Entrevista do Ministro, Fernando Haddad, publicada no jornal Valor Econômico em 28 de novembro de 2005. Por: Rosângela Bittar e Claudia Safatle

Leia mais

TEMAS E QUESTÕES A SEREM APRESENTADAS PELAS CENTRAIS SINDICAIS DURANTE REUNIÃO COM PRESIDENTE E DIRETORES DA ANS SEDE DA ANS RIO DE JANEIRO 18/03/2009

TEMAS E QUESTÕES A SEREM APRESENTADAS PELAS CENTRAIS SINDICAIS DURANTE REUNIÃO COM PRESIDENTE E DIRETORES DA ANS SEDE DA ANS RIO DE JANEIRO 18/03/2009 TEMAS E QUESTÕES A SEREM APRESENTADAS PELAS CENTRAIS SINDICAIS DURANTE REUNIÃO COM PRESIDENTE E DIRETORES DA ANS SEDE DA ANS RIO DE JANEIRO 18/03/2009 1. INTRODUÇÃO As contribuições que se seguem são resultado

Leia mais

INFORMATIVO. Carreiras reestruturadas e concursos públicos realizados para. uma melhor prestação de serviços

INFORMATIVO. Carreiras reestruturadas e concursos públicos realizados para. uma melhor prestação de serviços INFORMATIVO GESTÃO DE PESSOAS 2013-2016 Maio - 2016 Carreiras reestruturadas e concursos públicos realizados para uma melhor prestação de serviços uma sociedade cada vez mais complexa e dinâmica exige

Leia mais

Clipping de Notícias Educacionais

Clipping de Notícias Educacionais Os resultados do Enade são utilizados pelo MEC na elaboração do Índice Geral de Cursos (IGC) e do Conceito Preliminar de Curso (CPC), indicadores de qualidade de instituições de ensino e de seus cursos

Leia mais

DO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE) Bom-dia, Excelentíssimo. Senhor Ministro-Presidente, bom-dia aos demais integrantes

DO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE) Bom-dia, Excelentíssimo. Senhor Ministro-Presidente, bom-dia aos demais integrantes O SR. FRANCISCO BATISTA JÚNIOR (PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE) Bom-dia, Excelentíssimo Senhor Ministro-Presidente, bom-dia aos demais integrantes da nossa Mesa que, neste momento, estão dividindo

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Junio 2011 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO - PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS- GRADUADOS

Leia mais

Os ativistas do Espaço de Unidade de Ação e de diversas entidades sindicais, populares, estudantis, coletivos e partidos políticos reunidos no

Os ativistas do Espaço de Unidade de Ação e de diversas entidades sindicais, populares, estudantis, coletivos e partidos políticos reunidos no Os ativistas do Espaço de Unidade de Ação e de diversas entidades sindicais, populares, estudantis, coletivos e partidos políticos reunidos no Encontro Nacional dos Lutadores e Lutadoras em São Paulo no

Leia mais

MOBILIZAÇÃO E UNIDADE NA AÇÃO

MOBILIZAÇÃO E UNIDADE NA AÇÃO Editorial MOBILIZAÇÃO E UNIDADE NA AÇÃO Ao analisar a conjuntura, podemos perceber que a necessidade de retomar o diálogo deve guiar nossos pensamentos, e, especialmente, as nossas ações, que por repetidas

Leia mais

Jornal do SindSaúde-SP - ano XXI - nº 155 160 dezembro 2015 MOBILIZAÇÃO JUNTOS E FORTES

Jornal do SindSaúde-SP - ano XXI - nº 155 160 dezembro 2015 MOBILIZAÇÃO JUNTOS E FORTES Jornal do SindSaúde-SP - ano XXI - nº 155 160 dezembro 2015 2 0 1 5 MOBILIZAÇÃO JUNTOS E FORTES 2 0 1 6 2 Nossa Palavra #não ao golpe! O país vive uma crise política. Não é uma disputa entre petistas e

Leia mais

Ministério do Trabalho assina portaria que reconhece categoria da agricultura familiar

Ministério do Trabalho assina portaria que reconhece categoria da agricultura familiar Porto Alegre. 21 de maio de 2015. Edição 008 Ministério do Trabalho assina portaria que reconhece categoria da agricultura familiar Dia 20 de maio de 2015 vai ficar marcado de maneira muito positiva para

Leia mais

INSTRUMENTOS DE TRATAMENTO DE CONFLITOS DAS RELAÇÕES DE TRABALHO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA FEDERAL

INSTRUMENTOS DE TRATAMENTO DE CONFLITOS DAS RELAÇÕES DE TRABALHO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA FEDERAL Centro de Convenções Ulysses Guimarães Brasília/DF 4, 5 e 6 de junho de 2012 INSTRUMENTOS DE TRATAMENTO DE CONFLITOS DAS RELAÇÕES DE TRABALHO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA FEDERAL Marcela Tapajós e Silva Painel

Leia mais

REUNIAO CONJUNTA: COMISSAO DE MODELOS E COMISSAO DE ORÇAMENTO BRASILIA 28/5/13 MANHA - ANDIFES

REUNIAO CONJUNTA: COMISSAO DE MODELOS E COMISSAO DE ORÇAMENTO BRASILIA 28/5/13 MANHA - ANDIFES REUNIAO CONJUNTA: COMISSAO DE MODELOS E COMISSAO DE ORÇAMENTO BRASILIA 28/5/13 MANHA - ANDIFES Reitor Zaki/UFPR, Lucia/UFPR, Ario/UFRGS, Reitor Paulo Márcio/UNIFAL, Silvana/UFGD, Marize/UFMS, Reitor Marcone/UFOP,

Leia mais

Propostas aprovadas no XII Enem

Propostas aprovadas no XII Enem Propostas aprovadas no XII Enem Tema I Formação Médica Ensino Médico 1. Exigir como requisitos mínimos para reconhecimento e revalidação dos cursos de Medicina: hospital próprio com quantidade suficiente

Leia mais

QUADRO NACIONAL DA GREVE DOS SERVIDORES DA DRT novembro/2009

QUADRO NACIONAL DA GREVE DOS SERVIDORES DA DRT novembro/2009 QUADRO NACIONAL DA GREVE DOS SERVIDORES DA DRT novembro/2009 ESTADOS GREVE/PERCENTUAL ES Greve * MG Greve a partir de 13/11 PR Greve * RJ Greve * RS Greve * SE Greve * BA Greve * SP Adesão a partir do

Leia mais

FÓRUM NACIONAL EM DEFESA DA ESCOLA PÚBLICA RELATÓRIO DA REUNIÃO DA COORDENAÇÃO EXECUTIVA NACIONAL Brasília, 3 de dezembro de 2002

FÓRUM NACIONAL EM DEFESA DA ESCOLA PÚBLICA RELATÓRIO DA REUNIÃO DA COORDENAÇÃO EXECUTIVA NACIONAL Brasília, 3 de dezembro de 2002 FÓRUM NACIONAL EM DEFESA DA ESCOLA PÚBLICA RELATÓRIO DA REUNIÃO DA COORDENAÇÃO EXECUTIVA NACIONAL Brasília, 3 de dezembro de 2002 Entidades Presentes: ANDES-SN (Vera Jacob e Marília Washington); CONTEE

Leia mais

Relatório da Plenária Nacional Setorial dos Servidores Civis dos Órgãos Militares - DOMC

Relatório da Plenária Nacional Setorial dos Servidores Civis dos Órgãos Militares - DOMC Relatório da Plenária Nacional Setorial dos Servidores Civis dos Órgãos Militares - DOMC Data: 24 e 25 de Fevereiro de 2007. Local: Auditório Luiz Fernando A. Campis (sede da CONDSEF) Estados Presentes:

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CURSO PRÉ-VESTIBULAR UECEVEST PROPOSTAS DE REDAÇÃO IV MARÇO 2016 PROFESSORAS ELABORADORAS: LORENA MARIA E LÚCIA HELENA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CURSO PRÉ-VESTIBULAR UECEVEST PROPOSTAS DE REDAÇÃO IV MARÇO 2016 PROFESSORAS ELABORADORAS: LORENA MARIA E LÚCIA HELENA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CURSO PRÉ-VESTIBULAR UECEVEST PROPOSTAS DE REDAÇÃO IV MARÇO 2016 PROFESSORAS ELABORADORAS: LORENA MARIA E LÚCIA HELENA PROPOSTA 01 A partir da leitura dos textos motivadores

Leia mais

Recursos do FUNDEB: suficientes para melhorar a educação nacional?

Recursos do FUNDEB: suficientes para melhorar a educação nacional? Recursos do FUNDEB: suficientes para melhorar a educação nacional? PAULO SENA Consultor Legislativo da Área XV Educação, Cultura e Desporto JUNHO/01 Paulo Sena SUMÁRIO Recursos do Fundeb: regras... 3 Fundeb:

Leia mais

A Evolução Recente da Arrecadação Federal

A Evolução Recente da Arrecadação Federal Carta PR 1164 /2015 Brasília, 28 de agosto de 2015 Exmo(a). Senhor(a) Senador(a), O Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil SINDIFISCO NACIONAL oferece a Vossa Excelência um breve

Leia mais

Aspectos Gerais sobre a Aplicação da Lei 11.738/08 a. Ericksen Prätzel Ellwanger Assessor jurídico da FECAM

Aspectos Gerais sobre a Aplicação da Lei 11.738/08 a. Ericksen Prätzel Ellwanger Assessor jurídico da FECAM Aspectos Gerais sobre a Aplicação da Lei 11.738/08 a partir da ADI 4167 Ericksen Prätzel Ellwanger Assessor jurídico da FECAM A Lei 11.738/2008 A Lei nº 11.738, de 17/7/2008, instituiu o piso salarial

Leia mais

AGENDA PROPOSITIVA DO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE

AGENDA PROPOSITIVA DO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE AGENDA PROPOSITIVA DO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE Com o objetivo de estimular o debate democrático, o Conselho Nacional de Saúde (CNS) apresenta à sociedade brasileira sua Agenda Propositiva para a Saúde

Leia mais

1 de 5 16/11/2011 08:20

1 de 5 16/11/2011 08:20 1 de 5 16/11/2011 08:20 Nome E-mail OK Quarta-Feira, 16 de Novembro de 2011 Palavra chave 2 de 5 16/11/2011 08:20 Home Artigos Biblioteca Revista Notícias Informativo Galeria de Fotos Humor Livro de Visitas

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA SUPERINTENDÊNCIA DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DIRETORIA DE ATENÇÃO BÁSICA

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA SUPERINTENDÊNCIA DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DIRETORIA DE ATENÇÃO BÁSICA GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA SUPERINTENDÊNCIA DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DIRETORIA DE ATENÇÃO BÁSICA ORIENTAÇÕES BÁSICAS À GESTÃO MUNICIPAL: ORGANIZAÇÃO DA CONFÊRENCIA

Leia mais

SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE SÃO FRANCISCO DO SUL PAUTA DE REIVINDICAÇÕES REFERENTE AO ANO DE 2014

SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE SÃO FRANCISCO DO SUL PAUTA DE REIVINDICAÇÕES REFERENTE AO ANO DE 2014 SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE SÃO FRANCISCO DO SUL 1. CLÁUSULAS ECONÔMICAS PAUTA DE REIVINDICAÇÕES REFERENTE AO ANO DE 2014 1.1. Pagamento do retroativo da 2ª parcela do reajuste salarial

Leia mais