Continuamos com uma parceria entre a AMB e a Associação de Voleibol do Porto, em que esta ficará responsável por toda a parte competitiva do evento.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Continuamos com uma parceria entre a AMB e a Associação de Voleibol do Porto, em que esta ficará responsável por toda a parte competitiva do evento."

Transcrição

1

2 BEM VINDOS É com enorme prazer que estamos a trabalhar no V AMB VOLLEYBALL CUP/Espinho Depois do êxito das quatro edições anteriores desta competição, continuamos a pensar e a desejar sempre o melhor. Com uma estrutura capaz e competente, formada na maioria por pessoas ligadas à modalidade e com o apoio da Câmara Municipal de Espinho, na pessoa do seu Presidente, Dr. Pinto Moreira, estamos sempre e ainda mais empenhados em melhorar a qualidade do Torneio. O nosso projeto é bastante ambicioso e queremos continuar a melhorar, para nos afirmarmos definitivamente como um torneio de referência a nível mundial para os jovens. Com os apoios que temos e com o compromisso de todos os elementos da equipa de trabalho, estamos convencidos de que vamos dar mais um salto qualitativo na promoção e consolidação deste projeto que irá certamente ficar na memória de todos. Como corolário lógico deste trabalho, deste espírito e ambição que procuramos incutir na equipa do AMB, iremos seguramente vencer e convencer. Temos também o privilégio de continuar a realizar o ALL STAR GAME em Portugal, onde conseguimos juntar os melhores jogadores da atualidade, aos quais enviamos um abraço de agradecimento por continuarem a abrilhantar o evento e proporcionar um excelente dia aos mais jovens, dos quais muitos nunca estiveram em contato com alguns dos seus ídolos. Para este ano queremos continuar a surpreender com mais e novas algumas figuras mundiais a virem ao nosso ALL STAR GAME. Para este ano de 2016 continuaremos a realizar o nosso torneio AMB Voleibol de Praia. Para além do evento que se irá realizar no final de época (27 de junho a 2 de julho) em Espinho, queremos também realizar o II Circuito AMB Voleibol de Praia em Espinho. Apelamos a todas as equipas estrangeiras que prolonguem a sua estadia para participarem nos referidos torneios a serem realizados na cidade de Espinho. Neste novo projeto na Praia, contamos com a presença do Treinador Olímpico de Voleibol de Praia de Portugal, Professor Francisco Fidalgo, o qual treinou Miguel Maia e João Brenha durante 20 anos. Trata-se de um projeto com um sonho olímpico, em que se levarão a cabo treinos diários e se criará um circuito de voleibol de praia para todos os atletas jovens. Por isso, aproveitem a presença da vossa equipa em Espinho para participarem num torneio de voleibol de Praia! Continuamos com uma parceria entre a AMB e a Associação de Voleibol do Porto, em que esta ficará responsável por toda a parte competitiva do evento. No que diz respeito ao alojamento, continuaremos com as três Escolas Secundárias no centro de Espinho bem como com os novos Centros Escolares, pois desta forma poderemos concentrar um maior número de comitivas, num menor número de escolas. Pretendemos desta forma, melhorar o conforto e obter um maior convívio entre os participantes. Muito obrigado Miguel Maia/ João Brenha

3 ESPINHO Espinho é uma cidade moderna que acolhe milhares de visitantes nacionais e estrangeiros todos os anos. Possui um dos melhores climas da Europa, pois tem uma baixa amplitude térmica médias de 23º C no Verão e 12º C no Inverno. É também conhecida pela Capital do Voleibol em Portugal. A quem a visita, a cidade de Espinho tem para oferecer, para além das suas formosas praias cheias de luz e cor, muitos outros atrativos. Possui o mais antigo Campo de Golfe da Península Ibérica, um Aeródromo, um Casino, Nave Desportiva Polivalente, Completo de Ténis, Centro Hípico, Piscinas, Centro Multimeios, Fórum de Arte e Cultura integrando o Museu Municipal, Hotéis de alta qualidade, Pousada da Juventude, Campismo, a maior Feira Semanal do País e um Balneário Marinho de Talassoterapia, único em Portugal. No âmbito cultural, varias atividades realizadas ao longo do ano são motivo de atração: o Festival de Cinema de Animação, o Festival Internacional de Música, os Desfiles Etnográficos, o Festival de Folclore, vários eventos culturais e desportivos, entre inúmeros outros. A Cidade também é famosa pelas largas ruas em quadrados simétricos. A pouco mais de vinte quilómetros do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, a cidade de Espinho possui fáceis e rápidas vias de comunicação com o país e o estrangeiro..

4 Caros amigas e amigos do Voleibol, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE ESPINHO É com grande orgulho e prazer que me dirijo aos adeptos desta modalidade, que pelo quinto ano consecutivo traz a Espinho o torneio AMB Volleyball Cup. Depois do êxito alcançado nas quatro primeiras edições, tenho a certeza que, de 27 de junho a 2 de Julho deste ano, a Nave Desportiva Polivalente em Espinho vai acolher a quinta edição do evento, já considerado um dos maiores torneios mundiais de voleibol para jovens. Miguel Maia e João Brenha, referências do desporto e da modalidade dentro e fora de Portugal, são dois símbolos da cidade de Espinho, capital nacional do Voleibol. A Câmara Municipal de Espinho a que presido abre sempre as portas dos seus equipamentos municipais, à iniciativa, ao mérito, à competência e capacidade organizativa e mobilizadora do Miguel e do João! A autarquia vai dar mais uma vez todo o apoio e colaboração para que nada falte e o evento tenha o maior sucesso! A nossa cidade e o nosso povo sabem receber bem quem nos visita. A AMB Volleyball Cup deve também constituir uma oportunidade para dar a conhecer a qualidade e os atrativos das nossas praias, da nossa gastronomia, do comércio, animação, equipamentos hoteleiros e desportivos. Minis, infantis, iniciados, cadetes, juvenis, juniores masculinos e femininos, são vários os escalões de participantes que vão dar um enorme colorido a este grande acontecimento desportivo, que irá acolher, igualmente, mais um Jogo das Estrelas. Resta-me desejar a todos, e em particular ao Miguel Maia e ao João Brenha, afinal os grandes mentores e promotores desta AMB Volleyball Cup, o maior sucesso na organização do evento. A Câmara Municipal de Espinho e a cidade do Voleibol, onde o vosso talento se desenvolveu ao longo dos anos, reconhecem o vosso mérito e o vosso trabalho, a bem do desporto e do voleibol em particular. Um bem haja a todos! Pinto Moreira Presidente da CME

5

6 MAIA MIGUEL BRENHA JOÃO

7 MIGUEL MAIA E JOÃO BRENHA Nascidos e criados na cidade de Espinho, Miguel Maia e João Brenha criaram uma Academia de Voleibol para jovens. Ambos foram atletas dos clubes mais representativos da cidade (Associação Académica de Espinho e Sporting Clube de Espinho), onde ganharam muitos títulos regionais, nacionais e internacionais. Referências da modalidade e da sua terra natal, representaram também as seleções nacionais de Voleibol de pavilhão e de Voleibol de praia, elevando bem alto o nome da modalidade, da cidade e do país. Deram o seu nome a uma avenida da cidade de Espinho e a um pavilhão em Vila Nova de Gaia. Foram considerados uns dos 100 melhores atletas de sempre do desporto português, ao lado de grandes desportistas como Eusébio, Figo, Rui Costa, Joaquim Agostinho, Carlos Lopes, Fernando Mamede, Rosa Mota, Carlos Lisboa, Carlos Resende, Fernando Gomes, Manuel Fernandes, Vítor Hugo, Livramento, Coluna, Cristiano Ronaldo, António Leitão, Damas, etc. O ponto mais alto da carreira destes ilustres espinhenses aconteceu com a presença na prova desportiva mais mediática do mundo, os Jogos Olímpicos. Percorreram o mundo nas mais variadas competições Mundiais, tais como: Jogos Mundiais, Jogos da Lusofonia, Campeonatos do Mundo, Campeonatos da Europa, Circuito Mundial e Jogos Olímpicos. Em criança, treinavam e jogavam voleibol no clube como qualquer outro colega, mas era fora dos pavilhões que intensificavam a técnica que lhes deu os atributos que todos lhes conhecem. Na rua, usavam fios que substituíam a rede para jogarem voleibol com os amigos. Quando não usavam os fios, aproveitavam os portões das casas e foi (também) assim que evoluíram como atletas. O voleibol de praia nunca foi esquecido e quando ainda não havia redes na praia, improvisavam campos onde as barracas de praia serviam de rede. Querendo transmitir aos mais jovens um pouco da experiencia adquirida nas mais variadas competições, Miguel Maia e João Brenha resolveram. organizar um Torneio Internacional na sua cidade que junta todos os escalões etários e algumas das variantes da modalidade (pavilhão e praia).

8 AMB

9 O AMB VOLLEYBALL CUP O AMB VOLLEYBALL CUP 1 CATEGORIAS EM COMPETIÇÃO As idades dos atletas em competição devem ser as pressupostas para cada escalão competitivo, sendo da responsabilidade dos técnicos apresentarem na acreditação o respetivo documento de identificação (Licença da Federação Portuguesa de Voleibol, Cartão de Cidadão ou outro documento identificativo com a idade do participante), bem como a ficha de inscrição do Torneio. MINIS B Feminino e Masculino Atletas nascidos entre 2003 e 2006 (4x4) INFANTIS Feminino e Masculino Atletas nascidos em 2002 INICIADOS Feminino e Masculino Atletas nascidos em 2001 CADETES Feminino e Masculino Atletas nascidos em 2000 JUVENIS Feminino e Masculino Atletas nascidos em 1999 JUNIORES Feminino e Masculino Atletas nascidos em 1997 e 98 SUB Feminino e Masculino Atletas nascidos até 30/06/ atletas acima dos 23 anos de idade Nota: MINIS Poderão A ser aceites inscrições de seleções regionais, nacionais e outras que sejam interessantes para a qualidade do torneio e que estejam dentro dos requisitos da organização. MINIS B INFANTILES INICIADOS CADETES JUVENILES SUB23

10 O AMB VOLLEYBALL CUP A acreditação das equipas será feita na Nave Polivalente de Espinho no dia 26 de junho de 2016 entre as 09:00h e as 20:00h. A reunião técnica será no dia 26 de junho de 2016 pelas 21:00h. Será transmitida toda a informação técnica pertinente sobre a realização do torneio e serão entregues os quadros competitivos. O início da competição está agendado para dia 27 de junho de 2016,pelas 09h00m. A Cerimonia de abertura está prevista para o dia 27 de junho de 2016 pelas 21:30h na Nave Desportiva de Espinho. Pedimos a todas as equipas para estarem presentes e trazerem uma bandeira e um traje alusivo à cidade ou zona de onde é originário o Clube. 2 SISTEMA COMPETITIVO O sistema de competição é otimizado face ao número de inscrições existentes para cada escalão. O princípio básico é a realização do maior número de jogos possíveis por equipa. Para isso, é utilizada, numa primeira fase, um sistema de grupos (número de equipas por grupo a ser definido de acordo com as inscrições existentes) e, posteriormente, uma fase de eliminatória para escalonamento das posições finais. As regras do jogo serão as oficiais da FPV (Federação Portuguesa de Voleibol), com as exceções descritas no regulamento de provas. A competição funciona com o sistema de pontuação até aos vinte e cinco pontos, à melhor de três sets. E A organização poderá realizar alterações em relação ao sistema competitivo em função do número de equipas inscritas.

11 O AMB VOLLEYBALL CUP 3 COMPOSIÇÃO DA COMITIVA Para além de não poderem ocorrer mudanças de elementos nas equipas ao longo de todo o torneio, a comitiva tem, obrigatoriamente, de corresponder aos seguintes parâmetros: Minis B: A comitiva deve ser composta, no mínimo, por nove elementos e, no máximo, por doze (entre atletas e equipa técnica). Restantes categorias: A comitiva deve ser composta, no mínimo, por dez elementos e, no máximo, por quinze (entre atletas e equipa técnica).

12 O AMB VOLLEYBALL CUP 4 ALOJAMENTO PARA AS COMITIVAS (incluído no preço da inscrição ver no site da web) ESCOLAS - Agrupamento de Escolas Dr. Manuel Laranjeira - Espinho - Agrupamento de Escolas Dr. Gomes de Almeida Espinho - Escola EB 23 Sá Couto Espinho - Centro Escolar de Anta - Centro Escolar Silvalde - Outras escolas e locais escolhidos pela Organização. HOTÉIS (mediante prévia disponibilidade/reserva e em alternativa às escolas) (incluído alojamento, refeições no recinto do Torneio e acesso às festas) - Hotel Nery e Hotel Mar Azul Espinho (perto do mar) - Apartamentos 62 / Residencial 19 / Hostel rua 18 Espinho (centro cidade) - Aparthotel Solverde Espinho (perto do mar) PARQUE DE CAMPISMO Possibilidade sob consulta. Apenas aceite para a totalidade da equipa

13 O AMB VOLLEYBALL CUP 5 INSCRIÇÕES E TAXAS O AMB Volleyball Cup 2016, tendo como intuito concentrar o maior número possível de praticantes de Voleibol na Cidade de Espinho, abre as inscrições de uma forma ilimitada. As equipas interessadas em participar no AMB VOLLEYBALL CUP 2016 devem fazer a sua inscrição obrigatoriamente através do preenchimento do formulário disponível no endereço de internet (www.ambvolleyball.com). A inscrição da equipa é considerada válida se for realizada dentro dos prazos definidos e mediante o pagamento da taxa de inscrição de cada participante. Todos os participantes no torneio devem possuir um seguro desportivo devidamente ativado, sendo da responsabilidade do clube a verificação do mesmo. Prazos de Inscrição: a) Até 20 junho Está incluída a participação no torneio, transporte dentro da cidade, alojamento e alimentação. Transferes do Aeroporto Sá Carneiro para Espinho sob consulta. Qualquer dúvida que surja por favor contacte-nos através dos telefones disponíveis no site oficial e indicados abaixo (ponto 7)

14 O AMB VOLLEYBALL CUP 6 PROGRAMA DO EVENTO Brevemente disponível no site web oficial (www.ambvolleyball.com). 7 - CONTACTOS Para saberem as novidades do torneio podem consultar o nosso site: ou a nossa página de Facebook. Os contactos seguintes servem para esclarecer qualquer dúvida que possa surgir, bem como para o envio das fichas de inscrição ou qualquer outro documento/informação: DIRECÇÃO GERAL Miguel Maia João Brenha - (+351) , - (+351) , COORDENAÇÃO GERAL Adriana Costa Carlos Maia Pedro Fig. Silva - (+351) , - (+351) , - (+351) ,

15

BENFICA FUTSAL TRAINING CAMP

BENFICA FUTSAL TRAINING CAMP SPORT LISBOA E BENFICA O Sport Lisboa e Benfica, Clube fundado em 28 de Fevereiro de 1904, é o maior Clube do Mundo. Está presente em 70 países através dos 14 Milhões de adeptos e tem a Águia como símbolo,

Leia mais

Federação Portuguesa de Minigolfe UPD REGULAMENTO GERAL DE PROVAS. Aprovado na Assembleia Geral de 2013-12-07

Federação Portuguesa de Minigolfe UPD REGULAMENTO GERAL DE PROVAS. Aprovado na Assembleia Geral de 2013-12-07 Federação Portuguesa de Minigolfe UPD REGULAMENTO GERAL DE PROVAS Aprovado na Assembleia Geral de 2013-12-07 REGULAMENTO GERAL DE PROVAS DESPORTIVAS 1. PROVAS FEDERATIVAS 1.1. São consideras Provas Federativas

Leia mais

Futebol Feminino no Desporto Escolar. Plano Plurianual de desenvolvimento do projeto 2015/2016

Futebol Feminino no Desporto Escolar. Plano Plurianual de desenvolvimento do projeto 2015/2016 Futebol Feminino no Desporto Escolar Plano Plurianual de desenvolvimento do projeto 2015/2016 INTRODUÇÃO O Futebol Feminino é uma atividade que tem crescido nos últimos tempos em Portugal e por isso, sentimos

Leia mais

II COASTAL CHALLENGE FUNCHAL TRIATHLON 2015 (TRIATLO OLÍMPICO) II COASTAL CHALLENGE FUNCHAL TRIATHLON 2015 (AQUATLO JOVEM)

II COASTAL CHALLENGE FUNCHAL TRIATHLON 2015 (TRIATLO OLÍMPICO) II COASTAL CHALLENGE FUNCHAL TRIATHLON 2015 (AQUATLO JOVEM) (TRIATLO OLÍMPICO) II COASTAL CHALLENGE FUNCHAL TRIATHLON 2015 (AQUATLO JOVEM) Sábado, 25 de Julho de 2015 Distância Olímpica: 1500m Natação / 40 km Ciclismo / 9 km Corrida Distância S.Sprint: 375m Natação

Leia mais

IV Aquatlo da Calheta 2015 IV Aquatlo Jovem da Calheta 2015 IV Aquabike do Paul do Mar 2015

IV Aquatlo da Calheta 2015 IV Aquatlo Jovem da Calheta 2015 IV Aquabike do Paul do Mar 2015 IV Aquatlo da Calheta 2015 IV Aquatlo Jovem da Calheta 2015 IV Aquabike do Paul do Mar 2015 07 e 08 de MARÇO de 2015 Distância Sprint: 700m Natação / 5 km corrida 1. ORGANIZAÇÃO / ENQUADRAMENTO REGULAMENTO

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES E CONTAS

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES E CONTAS RELATÓRIO DE ACTIVIDADES E CONTAS 2013 INDÍCE 1. INTRODUÇÃO 2. VOTOS DE AGRADECIMENTO 3. PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO DO MINIGOLFE E APOIO PARA FORMAÇÃO NOS CLUBES 4. ORGANIZAÇÃO DE ESTRUTURAS DE APOIO

Leia mais

COMUNICADO Nº 29/2014

COMUNICADO Nº 29/2014 COMUNICADO Nº 29/2014 Exmos. Senhores, Para vosso conhecimento e como único aviso oficial, informamos V. Exas. do seguinte: SUMÁRIO Pág. 1 HÓQUEI EM PATINS 1.1 Seguro Desportivo Época 2014/2015 1 1.2 Provas

Leia mais

REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL GIRA-PRAIA (SUB. 16,18 e 20)

REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL GIRA-PRAIA (SUB. 16,18 e 20) REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL GIRA-PRAIA (SUB. 16,18 e 20) I DISPOSIÇÔES GERAIS ARTIGO 1º O Campeonato Nacional Gira-Praia é uma competição de Voleibol de Praia de âmbito nacional, organizada pela

Leia mais

Um sonho, uma iden/dade, uma forma de vida

Um sonho, uma iden/dade, uma forma de vida Segurança e Lazer Um sonho, uma iden/dade, uma forma de vida Competição seniores femininas Formação para alta competição juniores femininas Formação juvenis, cadetes, iniciadas e infantis Colégio Sagrado

Leia mais

Conferência de Imprensa. Museu da Pedra de Cantanhede 24 de Fevereiro de 2012

Conferência de Imprensa. Museu da Pedra de Cantanhede 24 de Fevereiro de 2012 Conferência de Imprensa Museu da Pedra de Cantanhede 24 de Fevereiro de 2012 Agenda - Introdução - Caracterização da Modalidade - Caracterização dos Eventos - Ranking dos Ginastas Participantes - Equipas

Leia mais

NÍVEL I INTRODUÇÃO OBJECTIVOS:

NÍVEL I INTRODUÇÃO OBJECTIVOS: INTRODUÇÃO NÍVEL I O Gira-Volei é um jogo de iniciação à modalidade destinada aos jovens com idades compreendidas entre os 8 e 15 anos, onde através do jogo simplificado (2x2) e utilização do passe faz

Leia mais

COMUNICADO OFICIAL N.º 1 ÉPOCA 2015/2016 Associação de Andebol do Algarve

COMUNICADO OFICIAL N.º 1 ÉPOCA 2015/2016 Associação de Andebol do Algarve Distribuição: FAP e Clubes Filiados 1. Direcção 1.1 A época desportiva 2014/2015 termina no dia 31/07/2015. A época desportiva 2015/2016 inicia-se no dia 01/08/2015. 1.2 Informamos que o horário de funcionamento

Leia mais

Actividades Desenvolvidas

Actividades Desenvolvidas Departamento de hóquei em Campo do Casa Pia Atlético Clube Introdução Em Outubro de 2013, iniciamos as actividades da modalidade de hóquei em Campo nos CED s da Casa Pia de Lisboa. A modalidade de hóquei

Leia mais

REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL DE GIRA-PRAIA DE SUB. 16,18 e 20-2014

REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL DE GIRA-PRAIA DE SUB. 16,18 e 20-2014 REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL DE GIRA-PRAIA DE SUB. 16,18 e 20-2014 ARTIGO 1º O Campeonato Nacional de Gira- Praia de Subs é uma competição de Voleibol de Praia de âmbito nacional, organizada pela

Leia mais

XXII JOGOS NACIONAIS SALESIANOS - 2015

XXII JOGOS NACIONAIS SALESIANOS - 2015 ASSOCIAÇÃO DE BASQUETEBOL DO ALENTEJO Rua das 5 Cepas (Antiga Escola EB1) - Canaviais 7005-376 Évora E-mail:direccao@abalentejo.com; secretaria@abalentejo.com; dtr@abalentejo.com Website: www.abalentejo.com

Leia mais

Circuito de Atletismo em Pavilhão Games and Fun

Circuito de Atletismo em Pavilhão Games and Fun 2014 Circuito de Atletismo em Pavilhão Games and Fun Departamento Técnico Associação de Atletismo do Porto Introdução O Circuito de Torneios de Atletismo em Pavilhão tem como propósito o combate dos modelos

Leia mais

A Mulher portuguesa e o Desporto O TÉNIS DE MESA PORTUGUÊS NO FEMININO 21/05/2014

A Mulher portuguesa e o Desporto O TÉNIS DE MESA PORTUGUÊS NO FEMININO 21/05/2014 O TÉNIS DE MESA PORTUGUÊS NO FEMININO 2 A Mulher portuguesa e o Desporto 1º FÓRUM NACIONAL DE TÉNIS DE MESA 24 maio 2014 Propostas para discussão e reflexão Manuela Simões O Ténis de Mesa não é, a este

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE TÉNIS DE MESA DE LISBOA

ASSOCIAÇÃO DE TÉNIS DE MESA DE LISBOA Época 2008/2009 COMUNICADO Nº. 3 3 de Dezembro de 2008 Para conhecimento das Entidades Oficiais, Federação Portuguesa de Ténis de Mesa, Associações Distritais, Associação Portuguesa de Árbitros, Juízes

Leia mais

Taça da Europa de Patinagem Artística Nazaré / Portugal 3 a 6 Outubro 2007

Taça da Europa de Patinagem Artística Nazaré / Portugal 3 a 6 Outubro 2007 COMUNICADO N.º 1 1. Introdução A Federação de Patinagem de Portugal, com a colaboração da Associação de Patinagem de Leiria e a Câmara Municipal da Nazaré, vai concretizar a organização da Taça da Europa

Leia mais

CIRCULAR PA Nº. 31 14/15 02/09/2015

CIRCULAR PA Nº. 31 14/15 02/09/2015 CIRCULAR PA Nº. 31 14/15 02/09/2015 DISTRIBUIÇÃO: Associações, Clubes P.A. ASSUNTO: 1 Abertura de época 2015/2016 2 Inscrição de equipas nas provas oficiais 3 Bola oficial 4 Taxas 5 - Regulamentos 6 Anexos

Leia mais

A. Disposições Gerais

A. Disposições Gerais FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ATLETISMO Direcção Técnica Nacional Sector juvenil Versão de 29 de Maio de 2008 REGULAMENTO GERAL DE COMPETIÇÕES NORMAS RELACIONADAS COM OS ESCALÕES DO ATLETISMO JUVENIL A. Disposições

Leia mais

Expectativas superadas no maior Festival de Rugby Juvenil de Portugal

Expectativas superadas no maior Festival de Rugby Juvenil de Portugal MEO PORTUGAL RUGBY YOUTH FESTIVAL 2013 Expectativas superadas no maior Festival de Rugby Juvenil de Portugal Sucesso entre Participantes e Espectadores 4 e 5 de Maio Estádio Universitário de Lisboa www.portugalrugbyfestival.com

Leia mais

Índice: 1) Identificação.Pág.2. 2) Descrição geral, justificação e funcionamento Pág.2. 3) Objectivos..Pág.5. 4) Duração do programa...pág.

Índice: 1) Identificação.Pág.2. 2) Descrição geral, justificação e funcionamento Pág.2. 3) Objectivos..Pág.5. 4) Duração do programa...pág. Índice: 1) Identificação.Pág.2 2) Descrição geral, justificação e funcionamento Pág.2 3) Objectivos..Pág.5 4) Duração do programa...pág.8 5) Público-alvo..Pág.8 6) Recursos Pág.10 7) Construção, obras

Leia mais

Curso de Árbitros inicia a 13 de fevereiro

Curso de Árbitros inicia a 13 de fevereiro Newsletter da Associação de Futebol de Leiria Ano VI n.º73 10-02-2016 Curso de Árbitros inicia a 13 de fevereiro pág.6 pág.2 Site da A.F. Leiria com nova imagem A.F. Leiria já disponibiliza os resultados

Leia mais

NEWSLETTER CETC ABRIL 2014

NEWSLETTER CETC ABRIL 2014 NEWSLETTER CETC ABRIL 2014 A B R I L 2 0 1 4 E M D E S T A Q U E : ABRIL 2014 Competição juvenil Os fundamentos do ténis V O L U M E I I, N º 4 N E W S L E T T E R C E T C @ G M A I L. C O M Adriano Carvalho

Leia mais

VI DUATLO DE SÃO VICENTE 2016 VI DUATLO DE SÃO VICENTE - LAZER 2016

VI DUATLO DE SÃO VICENTE 2016 VI DUATLO DE SÃO VICENTE - LAZER 2016 VI DUATLO DE SÃO VICENTE 2016 VI DUATLO DE SÃO VICENTE - LAZER 2016 3 de ABRIL de 2016 Distância Standart: 10 Km Corrida / 38,6 Km Ciclismo / 5 km Corrida Distância Super Sprint: 2,5Km Corrida / 9,6 Km

Leia mais

PLANO DE CARREIRA DO NADADOR DO AMINATA ÉVORA CLUBE DE NATAÇÃO

PLANO DE CARREIRA DO NADADOR DO AMINATA ÉVORA CLUBE DE NATAÇÃO PLANO DE CARREIRA DO NADADOR DO AMINATA ÉVORA CLUBE DE NATAÇÃO PLANO DE CARREIRA DO NADADOR AMINATA ÉVORA CLUBE DE NATAÇÃO Introdução O Aminata Évora Clube de Natação, sendo um clube dedicado a várias

Leia mais

RELATÓRIO DE CUMPRIMENTO DO OBJETO

RELATÓRIO DE CUMPRIMENTO DO OBJETO RELATÓRIO DE CUMPRIMENTO DO OBJETO PROJETO TREINAMENTO OLÍMPICO DE PÓLO AQUÁTICO PROCESSO: 58701.000695/2010-92 SLIE: 1000.112-33 Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos - CBDA ATIVIDADES DO PROFESSOR

Leia mais

V Duatlo da Ponta do Sol - Canhas - 2016

V Duatlo da Ponta do Sol - Canhas - 2016 V Duatlo da Ponta do Sol - Canhas - 2016 Sábado, 23 de Janeiro de 2016 VI DUATLO JOVEM DA PONTA DO SOL - 2016 VI DUATLO DA PONTA DO SOL 2016 REGULAMENTO 1. ORGANIZAÇÃO / ENQUADRAMENTO O VI Duatlo da Ponta

Leia mais

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DO BASQUETE MINEIRO

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DO BASQUETE MINEIRO PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DO BASQUETE MINEIRO O que é? O Programa de Desenvolvimento do Basquete Mineiro (PDBM) é um projeto focado no atendimento as demandas dos clubes e escolas, em novas metodologias

Leia mais

PROJETO DO DESPORTO ESCOLAR

PROJETO DO DESPORTO ESCOLAR COORDENADOR: Vanda Teixeira 1. FUNDAMENTAÇÃO/ CONTEXTUALIZAÇÃO/ JUSTIFICAÇÃO a) O Desporto Escolar constitui uma das vertentes de atuação do Ministério da Educação e Ciência com maior transversalidade

Leia mais

PROJECTO PORTUGAL GOLFE TEAM. 12 de Março 2015

PROJECTO PORTUGAL GOLFE TEAM. 12 de Março 2015 PROJECTO PORTUGAL GOLFE TEAM 12 de Março 2015 INTRODUÇÃO A PORTUGAL GOLFE TEAM visa apoiar e aconselhar profissionais de golfe no inicio ou no desenrolar da sua carreira. Uma iniciativa importante que

Leia mais

ESPINHO 2009 CAMPUS DE ANDEBOL

ESPINHO 2009 CAMPUS DE ANDEBOL CAMPUS DE ANDEBOL ESPINHO 2009 A 1ª Edição do Campus de Andebol Espinho 2009, pretende contribuir para a formação integral dos jovens participantes, no âmbito desportivo, humano e educativo. Aliar o treino

Leia mais

Circuito Nacional de Bodyboard Esperanças 2014

Circuito Nacional de Bodyboard Esperanças 2014 CADERNO DE ENCARGOS Circuito Nacional de Bodyboard Esperanças 2014 1. INTRODUÇAO Utilidade Pública Desportiva - Despacho 49/94, de 9.9.1994 Com o objectivo de aumentar o número de provas existentes em

Leia mais

FLUVIAL TRIATHLON-ZOOT-DETEÇÃO DE TALENTOS

FLUVIAL TRIATHLON-ZOOT-DETEÇÃO DE TALENTOS INFORMAÇÕES O evento de Deteção de Talentos da Fluvial Triathlon, secção de triatlo do Clube Fluvial Portuense, pretende, como a própria palavra indica, atrair e recrutar jovens para a prática da modalidade

Leia mais

MAFALDA DI MARTINO CALDAS LOPES SERAFIM

MAFALDA DI MARTINO CALDAS LOPES SERAFIM MAFALDA DI MARTINO CALDAS LOPES SERAFIM Nasceu a 21.12.2000 em Lisboa numa família com fortes tradições desportivas e tem dois irmãos, a Vera com 7 e o Diogo com 4. Começou a ir às aulas de adaptação ao

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS 2012 FORMAÇÃO DE TREINADORES FEDERAÇÃO PORTUGUESA DO PENTATLO MODERNO

PLANO DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS 2012 FORMAÇÃO DE TREINADORES FEDERAÇÃO PORTUGUESA DO PENTATLO MODERNO 1 PLANO DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS 2012 FORMAÇÃO DE TREINADORES FEDERAÇÃO PORTUGUESA DO PENTATLO MODERNO 2 1. Introdução O processo de adaptação e ajustamento ao PNFT entra em 2012 na sua fase terminal

Leia mais

Proposta de Parceria. Época 2014

Proposta de Parceria. Época 2014 Proposta de Parceria Época 2014 Vela A Vela é uma modalidade que suscita o interesse dos jovens mas também dos media. Os bons resultados internacionais deram-lhe uma maior visibilidade; A fácil captação

Leia mais

CETC NEWSLETTER. Nesta edição: DEZEMBRO 2015. Editorial. Torneio Inter-Equipas. Estoril Open 2016 Torneio de Natal. Torneio Presente de Natal

CETC NEWSLETTER. Nesta edição: DEZEMBRO 2015. Editorial. Torneio Inter-Equipas. Estoril Open 2016 Torneio de Natal. Torneio Presente de Natal DEZEMBRO 2015 CETC NEWSLETTER Nesta edição: Editorial 2 Torneio Inter-Equipas 3 Estoril Open 2016 4 Torneio de Natal 5 Torneio Presente de Natal 6 Torneio Gerações 2016 7 Calendário CETC 2016 8 Torneio

Leia mais

PROJETO DE ACOMPANHAMENTO DE DESPORTO ESCOLAR

PROJETO DE ACOMPANHAMENTO DE DESPORTO ESCOLAR UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA FACULDADE DE MOTRICIDADE HUMANA ESCOLA SECUNDÁRIA FERNANDO NAMORA Ano Letivo 2012/2013 PROJETO DE ACOMPANHAMENTO DE DESPORTO ESCOLAR - Badminton - Orientadores: Professor

Leia mais

COMUNICADO Nº 17-14 06/06/2014

COMUNICADO Nº 17-14 06/06/2014 COMUNICADO Nº 17-14 06/06/2014 ÍNDICE 1. NATAÇÃO PURA 2. ÁGUAS ABERTAS 3. NATAÇÃO SINCRONIZADA 4. PROJECTO PORTUGAL A NADAR 5. DIVERSOS 1. NATAÇÃO PURA a) XXXV Troféu Internacional de Natação de Barcelona

Leia mais

XIII COPA IPANEMA CLUBE DE JUDÔ

XIII COPA IPANEMA CLUBE DE JUDÔ XIII COPA IPANEMA CLUBE DE JUDÔ EVENTO : No próximo dia 01 DE MAIO (Sexta - Feira) será realizado o evento acima citado para todos os judocas da 12 a Delegacia Regional e convidados. Para os Judocas Pré

Leia mais

3ª ETAPA NACIONAL 2015 CAXIAS DO SUL (RS)

3ª ETAPA NACIONAL 2015 CAXIAS DO SUL (RS) 3ª ETAPA NACIONAL 2015 CAXIAS DO SUL (RS) A Confederação Brasileira de Badminton, a Federação Gaúcha de Badminton - FGB, a Prefeitura Municipal de Caxias do Sul e Universidade de Caxias do Sul UCS tem

Leia mais

09H30 AF Vila Real / AF Braga. 09H30 AF Viana Castelo / AF Porto. 15H00 Apuramento do 3º e 4º classificados. 16H00 Final

09H30 AF Vila Real / AF Braga. 09H30 AF Viana Castelo / AF Porto. 15H00 Apuramento do 3º e 4º classificados. 16H00 Final 09H30 AF Vila Real / AF Braga 09H30 AF Viana Castelo / AF Porto 15H00 Apuramento do 3º e 4º classificados 16H00 Final XXVII TORNEIO DE NATAL 2013 SUB/14 DR.MACEDO VIEIRA PROGRAMA GERAL 23.DEZ.13 (2ª Feira)

Leia mais

ENCONTRO INTER-CONCELHIO

ENCONTRO INTER-CONCELHIO ENCONTRO INTER-CONCELHIO VOUZELA Parque Desportivo Municipal das Chãs 30 de Maio de 2015 Vouzela / São Pedro do Sul / Oliveira de Frades Agrupamento de Escolas de Oliveira de Frades INTRODUÇÃO O Projeto

Leia mais

Um novo tempo na Base

Um novo tempo na Base Um novo tempo na Base Projeto SICONV Pela primeira vez, os CBS tiveram um patrocinador. O Ministério dos Esportes, através do Siconv. O convênio visou obter recursos para custear a realização dos CBS contemplando

Leia mais

Ranking Nacional. Departamento de Combates

Ranking Nacional. Departamento de Combates Departamento de Combates ÍNDICE ARTIGO 1 - ENQUADRAMENTO 3 ARTIGO 2 - DESÍGNIO 3 ARTIGO 4 - PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS 3 ARTIGO 5 - FÓRMULA DE CÁLCULO DA PONTUAÇÃO FINAL NO EVENTO 5 ARTIGO 6 - FÓRMULA DE

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO

PROJETO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO CENTRO DE FÉRIAS DESPORTIVAS DE VERÃO N OS MOCHOS - 2013 - PROJETO DINAMIZADO PELA ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA DE ESPINHO PROJETO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO Espinho, 2 de Maio de 2013 ÍNDICE Página Introdução 3

Leia mais

Associação de Voleibol ALENTEJO E ALGARVE VOLEIBOL DE PRAIA. Projeto e Programa de Competição

Associação de Voleibol ALENTEJO E ALGARVE VOLEIBOL DE PRAIA. Projeto e Programa de Competição Associação de Voleibol ALENTEJO E ALGARVE VOLEIBOL DE PRAIA Projeto e Programa de Competição 2015 INTRODUÇÃO Assumindo uma lógica de continuidade, a atividade aqui descrita está enquadrada no Projeto Volley

Leia mais

Plano de Formação 2009

Plano de Formação 2009 Plano de Formação 2009 Introdução: O Departamento de Formação (DF) da FPR apresenta o plano de formação para 2009. A formação de todos os agentes desportivos treinadores, dirigentes, árbitros e fisioterapeutas

Leia mais

Homenagem aotrabalhador Madeirense

Homenagem aotrabalhador Madeirense 2013 Homenagem aotrabalhador Madeirense Local: Avenida Sá Carneiro Horas: 09h00 Descrição: Hino da Região, junto do Monumento ao Trabalhador Madeirense, pelo Coro Juvenil da Secretaria Regional da Educação

Leia mais

DA FINALIDADE: Homens só poderão substituir homens e mulheres só poderão substituir mulheres.

DA FINALIDADE: Homens só poderão substituir homens e mulheres só poderão substituir mulheres. DA FINALIDADE: Art. 1º - Os JOGOS DE VERÃO ARCO SPM 2013 MODALIDADE VOLEIBOL 4X4, tem como finalidade principal, promover o congraçamento das equipes e o aumento da adesão à prática de exercícios físicos

Leia mais

1ª COPA BRASILINTERCLUBES BALNEÁRIO CAMBORIÚ

1ª COPA BRASILINTERCLUBES BALNEÁRIO CAMBORIÚ Ilmo: Senhores Mestres,Professores e Instrutores. É de nossa maior consideração: Por meio do Balneário Camboriú Tae kwon Do Clube, temos o prazer de convidá-lo à participar do 1ª COPA BRASIL INTERCLUBE,

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. 8ª Reunião Ordinária

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. 8ª Reunião Ordinária CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO 8ª Reunião Ordinária Aos onze dias de Maio de dois mil e doze, pelas catorze horas e quarenta e cinco minutos, reuniu, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o Conselho Municipal

Leia mais

Ministério da Juventude e Desportos

Ministério da Juventude e Desportos Ministério da Juventude e Desportos DIPLOMA DO REGIME DE PRÉMIOS AOS ATLETAS, NA ALTA COMPETIÇÃO I SÉRIE N.º47 8 DE NOVEMBRO DE 1996 CONSELHO DE MINISTROS Decreto n.º 33/96 de 8 de Novembro O desporto

Leia mais

CENTRO DE FORMAÇÃO DESPORTIVA DE XADREZ

CENTRO DE FORMAÇÃO DESPORTIVA DE XADREZ CENTRO DE FORMAÇÃO DESPORTIVA DE XADREZ Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia Gaianima, E. M., Equipamentos Municipais Departamento do Desporto Escolar Escola Profissional de Gaia Academia de Xadrez de

Leia mais

Índice. Capitulo I Disposições Gerais. pág.1. Capitulo II Disposições Técnicas... pág.1. Capitulo III Renovação e Filiação de Clubes... pág.

Índice. Capitulo I Disposições Gerais. pág.1. Capitulo II Disposições Técnicas... pág.1. Capitulo III Renovação e Filiação de Clubes... pág. Regras e Normas Competitivas - Época 2015 Índice Capitulo I Disposições Gerais. pág.1 Capitulo II Disposições Técnicas..... pág.1 Capitulo III Renovação e Filiação de Clubes... pág.1 Capitulo IV Filiação

Leia mais

HSBC TOUR NACIONAL JUVENIL

HSBC TOUR NACIONAL JUVENIL CATEGORIAS e PRÊMIOS: Válido para Ranking Juvenil Nacional e Estadual Masculino e Feminino Modalidade: 36 Buracos - Stroke Play Juvenil Masculino: Jv.A Jogadores nascidos após 01.01.1993 1º e 2º lugar

Leia mais

A Danone Portugal S.A. agradece a todos os parceiros a sua dedicação a este projecto. desporto escolar da madeira

A Danone Portugal S.A. agradece a todos os parceiros a sua dedicação a este projecto. desporto escolar da madeira A Danone Portugal S.A. agradece a todos os parceiros a sua dedicação a este projecto. 02 desporto escolar da madeira Acredita nos teus Sonhos! As crianças exercem para a Danone um papel principal no desenvolvimento

Leia mais

Scientia et Labore Altiora Petimus

Scientia et Labore Altiora Petimus Nota de Abertura O espírito de equipa, os valores da solidariedade e a capacidade de entreajuda devem imperar em todas(os) as(os) desportistas que integram a comunidade académica da Universidade da Beira

Leia mais

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO Entre: PRIMEIRA: MOVIJOVEM MOBILIDADE JUVENIL, COOPERATIVA DE INTERESSE PÚBLICO DE RESPONSABILIDADE LIMITADA, titular do Cartão de Identificação de Pessoa Colectiva número 502530863,

Leia mais

Enquadramento... 1. Objetivos... 1. Alunos... 1. Professores estagiários... 1. Recursos... 1. Humanos... 1. Temporais... 2. Espaciais...

Enquadramento... 1. Objetivos... 1. Alunos... 1. Professores estagiários... 1. Recursos... 1. Humanos... 1. Temporais... 2. Espaciais... i Índice Enquadramento... 1 Objetivos... 1 Alunos... 1 Professores estagiários... 1 Recursos... 1 Humanos... 1 Temporais... 2 Espaciais... 2 Materiais... 2 Procedimentos de planeamento e organização...

Leia mais

Circular FEPACAN 002/2015 Foz do Iguaçu, 04 de junho de 2015.

Circular FEPACAN 002/2015 Foz do Iguaçu, 04 de junho de 2015. Circular FEPACAN 002/2015 Foz do Iguaçu, 04 de junho de 2015. Às Associações Filiadas Referente: Programa TOP 2016 do Governo Estadual Prezados Filiados, A Federação Paranaense de Canoagem, neste ato representada

Leia mais

PROCESSO DE CANDIDATURA A ORGANIZAÇÃO DE PROVAS NACIONAIS

PROCESSO DE CANDIDATURA A ORGANIZAÇÃO DE PROVAS NACIONAIS PROCESSO DE CANDIDATURA A ORGANIZAÇÃO DE PROVAS NACIONAIS 2014/2015 INDICE 1 NORMAS GERAIS... 3 2 QUADRO COMPETITIVO... 3 3 DIREITOS E OBRIGAÇÕES DAS ENTIDADES PROMOTORAS... 3 4 DIREITOS E OBRIGAÇÕES DA

Leia mais

IX CIRCUITO NACIONAL DE ÁGUAS ABERTAS

IX CIRCUITO NACIONAL DE ÁGUAS ABERTAS III Prova de Mar de Porto Santo 2009 IX CIRCUITO NACIONAL DE ÁGUAS ABERTAS VIII CIRCUITO REGIONAL DE ÁGUAS ABERTAS Regulamento 29 de Agosto de 2009 III Prova de Mar de Porto Santo 2009 1. ORGANIZAÇÃO Clube

Leia mais

1 PURE EMOCEAN BODYBOARDING SCHOOL 2 STAFF 3 CONCEITO DE FORMAÇÃO 4 HORÁRIOS E ZONAS DE ACTUAÇÃO 5 PARCEIROS 6 CONTACTOS

1 PURE EMOCEAN BODYBOARDING SCHOOL 2 STAFF 3 CONCEITO DE FORMAÇÃO 4 HORÁRIOS E ZONAS DE ACTUAÇÃO 5 PARCEIROS 6 CONTACTOS APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ÍNDICE 1 PURE EMOCEAN BODYBOARDING SCHOOL 2 STAFF 3 CONCEITO DE FORMAÇÃO 4 HORÁRIOS E ZONAS DE ACTUAÇÃO 5 PARCEIROS 6 CONTACTOS 1 PUREMOCEAN BODYBOARDING SCHOOL A PURE EMOCEAN

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO BTT - XCO. (Revisto em Setembro 2014)

REGULAMENTO ESPECÍFICO BTT - XCO. (Revisto em Setembro 2014) REGULAMENTO ESPECÍFICO BTT - XCO 2013 2017 (Revisto em Setembro 2014) Índice 1. Introdução 2 2. Escalões Etários e variantes da Modalidade 3 2.1. Escalões Etários 3 2.2. Variantes da modalidade 3 3. Constituição

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO - ABRIL 2012

BOLETIM INFORMATIVO - ABRIL 2012 BOLETIM INFORMATIVO - ABRIL 2012 ATLETAS COM MÍNIMOS (À DATA DE 30 ABRIL 2012) MEDIA TRAINING RELAÇÃO DOS ATLETAS COM A COMUNICAÇÃO SOCIAL No âmbito do II Encontro da Missão Olímpica promovido pelo COP

Leia mais

A Liga Escolhas realizar-se-á com equipas mistas com idades compreendidas entre os 10 e os 14 anos e será apadrinhada por um jogador a definir.

A Liga Escolhas realizar-se-á com equipas mistas com idades compreendidas entre os 10 e os 14 anos e será apadrinhada por um jogador a definir. Regulamento Liga Fundação Aragão Pinto Escolhas 2011-2012 PREÂMBULO São diversas as definições de desenvolvimento óptimo juvenil entre os investigadores. Para Hamilton, por exemplo, o desenvolvimento positivo

Leia mais

Nestes dois dias de competição prevê-se a presença de cerca de 80 a 100 atletas, entre Portugueses e Espanhóis.

Nestes dois dias de competição prevê-se a presença de cerca de 80 a 100 atletas, entre Portugueses e Espanhóis. APRESENTAÇÃO O Núcleo Bicross de Setúbal, conjuntamente com o Forninho Futebol Clube, Associação de Ciclismo do Distrito de Setúbal e Federação Portuguesa de Ciclismo, convidam a participar em duas importantes

Leia mais

O QUE É OBJECTIVOS: VANTAGENS

O QUE É OBJECTIVOS: VANTAGENS O QUE É O Gira Volei é um jogo fácil, divertido e competitivo destinado aos jovens com idade compreendida entre os 8 e os 16 onde apenas se pode utilizar uma técnica: o passe. OBJECTIVOS: Contribuir para

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO ÀS ENTIDADES DESPORTIVAS

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO ÀS ENTIDADES DESPORTIVAS REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO ÀS ENTIDADES DESPORTIVAS Critérios específicos de apoio para época desportiva 2011/2012 Introdução O Regulamento n.º 635/2010 Regulamento Municipal de Apoio às Entidades

Leia mais

CONVITE REGULAMENTO INFORMAÇÕES

CONVITE REGULAMENTO INFORMAÇÕES Competição Individual e por Equipas Trampolim Individual e Duplo-Mini Trampolim Santarém, de 4 a 7 de Julho, 2013 CONVITE REGULAMENTO INFORMAÇÕES WWW.SCALABISCUP.COM Índice REGULAMENTO... 4 ESCALÕES...

Leia mais

1ª ETAPA NACIONAL 2016 São Bernardo do Campo (SP)

1ª ETAPA NACIONAL 2016 São Bernardo do Campo (SP) 1ª ETAPA NACIONAL 2016 São Bernardo do Campo (SP) A Confederação Brasileira de Badminton e a Federação de Badminton do Estado de São Paulo (FEBASP) tem a honra de convidá-los para competir na 1ª etapa

Leia mais

2ª COPA BARÃO DE GINÁSTICA RÍTMICA

2ª COPA BARÃO DE GINÁSTICA RÍTMICA 2ª COPA BARÃO DE GINÁSTICA RÍTMICA 04 de Maio de 2013 Complexo Esportivo da Escola Barão do Rio Branco 2ª COPA BARÃO DE GINÁSTICA RÍTMICA Este torneio escolar tem por objetivo propiciar aos estudantes

Leia mais

Federação Portuguesa de Canoagem

Federação Portuguesa de Canoagem Federação Portuguesa de Canoagem Plano de Alto Rendimento e Seleções Nacionais I - Introdução V - SurfSki Séniores/Sub 23/Juniores 2015 Este documento pretende enunciar os critérios de selecção da Equipa

Leia mais

VII Troféu Cidade Caldas da Rainha/I MEETING INTERNACIONAL DE NATAÇÃO MASTER Caldas da Rainha, Portugal 24 e 25 de Abril, 2010

VII Troféu Cidade Caldas da Rainha/I MEETING INTERNACIONAL DE NATAÇÃO MASTER Caldas da Rainha, Portugal 24 e 25 de Abril, 2010 A Secção de Natação dos PIMPÕES, com o apoio institucional da Câmara Municipal de Caldas da Rainha, com o apoio da Associação Distrital de Natação de Leiria e da Federação Portuguesa de Natação, têm o

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano Letivo 2011 / 2012 AO LONGO DE TODO O ANO LETIVO Atividades de sensibilização da comunidade r para a

Leia mais

1. INTRODUÇÃO. Manuel Campos em acção no Complexo de Ginástica da Maia. Luís Araújo Zoi Lima Gustavo Simões

1. INTRODUÇÃO. Manuel Campos em acção no Complexo de Ginástica da Maia. Luís Araújo Zoi Lima Gustavo Simões 1. INTRODUÇÃO No próximo dia 21 de Novembro, a cidade da Maia vai acolher um dos mais importantes momentos competitivos de carácter nacional da Ginástica Artística Masculina e Feminina, com a discussão

Leia mais

Departamento de Formação

Departamento de Formação FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE BADMINTON Departamento de Formação Documento Orientador de Formação de Treinadores Nível I, II e III Com apoio de: ÍNDICE INTRODUÇÃO 3 OBJECTIVOS 4 FUNÇÃO DO TREINADOR 4 SISTEMA

Leia mais

Relatório dia da cultura

Relatório dia da cultura Relatório dia da cultura Índice Introdução... 3 Objetivos... 3 Recursos... 4 Divulgação... 5 Auto-avaliação da Atividade... 5 Conclusão... 9 Pág. 2 Introdução O seguinte projeto surge no âmbito da área

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO A Câmara Municipal de Serpa no âmbito da sua politica para as áreas sócio-cultural e desportiva, considera o movimento associativo como parceiro

Leia mais

8ª Gala do Futebol Distrital

8ª Gala do Futebol Distrital NOTA DE IMPRENSA Nº 01 8ª Gala do Futebol Distrital Na passada sexta-feira, dia 25 de setembro, decorreu 8ª Gala do Futebol Distrital no Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria com casa cheia. A grande festa

Leia mais

REGULAMENTO DE PROVAS

REGULAMENTO DE PROVAS REGULAMENTO DE PROVAS CAPITULO I DA ORGANIZAÇÃO DAS PROVAS ARTIGO 1º - LIMITES DA ÉPOCA OFICIAL 1 - É considerada Época Oficial, o período compreendido entre 1 de Agosto e 31 de Julho. ARTIGO 2º - PROVAS

Leia mais

TORNEIO ESCOLAR DE ESPORTES DE LONDRINA REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I

TORNEIO ESCOLAR DE ESPORTES DE LONDRINA REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I TORNEIO ESCOLAR DE ESPORTES DE LONDRINA REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I Atualizado em 24/02/2005 DOS OBJETIVOS Art. 1 o.- Promover o desporto educacional através de várias modalidades esportivas, dando a

Leia mais

Tour Nacional de Golfe Juvenil 3ª Etapa - Rio de Janeiro Búzios Golf Club 15 e 16 de Outubro de 2010

Tour Nacional de Golfe Juvenil 3ª Etapa - Rio de Janeiro Búzios Golf Club 15 e 16 de Outubro de 2010 CATEGORIAS e PRÊMIOS: Válido para Ranking Juvenil Nacional e Estadual Masculino e Feminino Modalidade: 36 Buracos - Stroke Play Juvenil Masculino: Jv.A Jogadores nascidos após 01.01.1992 1º e 2º lugar

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERASMUS versão OUT. Com este inquérito, pretendemos

Leia mais

Projeto Voleibol Valinhos

Projeto Voleibol Valinhos Projeto Voleibol Valinhos Atualmente o Country Club Valinhos em parceria com a Prefeitura Municipal de Valinhos e apoiado pela Lei Paulista de Incentivo ao Esporte possui 4 categorias de Voleibol Feminino,

Leia mais

DESPESAS REALIZADAS PROJETO MACKENZIE FORMANDO ATLETAS OLÍMPICOS II

DESPESAS REALIZADAS PROJETO MACKENZIE FORMANDO ATLETAS OLÍMPICOS II DESPESAS REALIZADAS PROJETO MACKENZIE FORMANDO ATLETAS OLÍMPICOS II FONTE DOS RECURSOS: CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CLUBES CONVÊNIO Nº 28 DATA INÍCIO PROJETO: 14/08/2015 DATA TÉRMINO PROJETO: 14/10/2016

Leia mais

Regulamento Municipal de Apoio Financeiro às Modalidades Desportivas

Regulamento Municipal de Apoio Financeiro às Modalidades Desportivas Regulamento Municipal de Apoio Financeiro às Modalidades Desportivas Câmara Municipal de Viana do Alentejo Divisão de Desenvolvimento Social e Humano www.cm-vianadoalentejo.pt Tel.: 266 930 010 mail: dasedu@cm-vianadoalentejo.pt

Leia mais

Homenagem aotrabalhador Madeirense

Homenagem aotrabalhador Madeirense Homenagem aotrabalhador Madeirense Local: Avenida Sá Carneiro Horas: 09h00 Descrição: Hino da Região, junto do Monumento ao Trabalhador Madeirense, pelo Coro Juvenil da Secretaria Regional da Educação

Leia mais

Dossier de apresentação

Dossier de apresentação Dossier de apresentação caparica - primavera surf fest Às portas da primavera, mais um motivo de rejúbilo na Costa da Caparica! o novo festival, o Caparica Primavera Surf Fest! Contacto: António Miguel

Leia mais

REGULAMENTO DE ALTA COMPETIÇÃO

REGULAMENTO DE ALTA COMPETIÇÃO REGULAMENTO DE ALTA COMPETIÇÃO ÍNDICE 1. Nota Introdutória... 2 2. Classificação dos Praticantes em Regime de Alta Competição... 3 (Portaria nº947/95 de 1 de Agosto) 3. Níveis de Qualificação... 5 4. Critérios

Leia mais

X CAMPEONATO MUNDIAL DE XADREZ ESCOLAR 2014

X CAMPEONATO MUNDIAL DE XADREZ ESCOLAR 2014 X CAMPEONATO MUNDIAL DE XADREZ ESCOLAR 2014 I FESTIVAL INTERNACIONAL DE XADREZ DE JUIZ DE FORA A Federação Internacional de Xadrez (FIDE), a Confederação Brasileira de Xadrez (CBX), a Federação Mineira

Leia mais

Acta n.º 57. 1. Discussão das propostas de alteração às Normas e Critérios de Apoio ao Movimento Associativo para 2010;

Acta n.º 57. 1. Discussão das propostas de alteração às Normas e Critérios de Apoio ao Movimento Associativo para 2010; Acta n.º 57 No dia 4 de Fevereiro de 2009, pelas 21 horas, realizou-se a 57ª reunião ordinária da Comissão Executiva do. A reunião contou com as seguintes presenças: Sr. Vereador Joaquim dos Santos; Adjunto,

Leia mais

Modelo Regional de Apoios ao Desporto

Modelo Regional de Apoios ao Desporto 1 Introdução Esta proposta é um draft para o trabalho que se segue. Daí o seu conteúdo não ser nem pretender ser exaustivo nem definitivo. Poderão ser produzidas várias versões, à medida que se introduzem

Leia mais

Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct

Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct CENTROS Europe Direct 9 de Maio 20 anos de adesão Primavera da Europa Estratégia de Lisboa (Crescimento & Emprego)

Leia mais

Passado, Presente e perspectivas para o futuro. Aníbal Cabral Pires. Presidente da Associação de Natação do Norte de Portugal

Passado, Presente e perspectivas para o futuro. Aníbal Cabral Pires. Presidente da Associação de Natação do Norte de Portugal Passado, Presente e perspectivas para o futuro Aníbal Cabral Pires Presidente da Associação de Natação do Norte de Portugal Ao aceitar o convite da Associação de Estudantes do Instituto Superior da Maia,

Leia mais

President Communication / Comunicação do Presidente FEDERAÇÕES EUROPEIAS PRESIDENTE DO CERH

President Communication / Comunicação do Presidente FEDERAÇÕES EUROPEIAS PRESIDENTE DO CERH Para: De: FEDERAÇÕES EUROPEIAS PRESIDENTE DO CERH Data: 26 de Fevereiro de 2014 Assunto: TAÇA LATINA NOVA DATA, CALENDÁRIO E OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS Exmºs Senhores: Tendo em atenção a solicitação recebida

Leia mais

Workshop (Da Estrutura e Desenvolvimento)

Workshop (Da Estrutura e Desenvolvimento) NOTA PRÉVIA: Dada a diversidade e quantidade de ideias e propostas manifestadas, optou por fazer-se uma síntese dos assuntos abordados retirando os comentários e as trocas de opiniões que entretanto surgiram,

Leia mais