Marcos Tolentino revela como se tornou o presidente da Rede Brasil de Televisão - RBTV

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Marcos Tolentino revela como se tornou o presidente da Rede Brasil de Televisão - RBTV"

Transcrição

1 DINO - Divulgador de Notícias Marcos Tolentino revela como se tornou o presidente da Rede Brasil de Televisão - RBTV Marcos Tolentino conta sua trajetória e revela como o filho de um vendedor de carros se tornou o proprietário-presidente da quinta maior rede de televisão do país. Marcos Tolentino é advogado e jornalista. 13/01/ :43:07 Marcos Tolentino da Silva, presidente da Rede Brasil de Televisão - RBTV -, é o entrevistado de Alexandre Frota. Marcos Tolentino é jornalista e advogado. Marcos Tolentino conta sua trajetória e como o filho de um vendedor de carros se tornou o proprietário-presidente da quinta maior rede de televisão do país. Confira a seguir os melhores momentos da entrevista: FROTA: O programa de hoje é mais do que especial. Um dos grandes empresários do Brasil, começou a vida como vendedor de porta em porta. Foi construindo toda a sua vida e ele não acredita em crise. Dizem que seu nome é trabalho. E eu realmente posso afirmar que ele trabalha 26 horas por dia. Bom de papo, político, avião nos negócios, sonhador e idealizador, eu recebo hoje o meu amigo e presidente da Rede Brasil de Televisão, que vai falar sobre diversas questões do interesse público, dr. Marcos Tolentino. FROTA: Boa noite! Eu devo lhe chamar de presidente, Marcos, chefe, como é que eu devo trata-lo? MARCOS TOLENTINO: Boa noite a todos, boa noite a você frota. Você pode me chamar de presidente, se não tiver aumento de salário, pode chamar de doutor se tiver alguma demanda judicial que eu que vou cobrar alguma coisa sua, mas pode chamar de Marcos tb. Você decide. FROTA: Primeiro de tudo, eu quero agradecer você ter vindo aqui, que eu sei que você é super ocupado. O Danilo Gentili tentou entrevistar o Silvio Santos, não conseguiu. O Rafinha Bastos tentou entrevistas o João Saad, não conseguiu. E o Jô Soares tentou entrevistar o Roberto Irineu Marinho, e também não conseguiu. Mas eu consegui entrevistar o meu presidente.

2 MARCOS TOLENTINO: Os três também não conseguiram me entrevistar. FROTA: Tá vendo só! MARCOS TOLENTINO: Também eu não fui convidado. Mas não conseguiram. Ficou zero a zero. FROTA: Bom, tá tudo bem, tudo tranquilo, o Brasil tem atravessado uma crise, mas eu sou testemunha de que você não acredita na crise. Apesar de que você sabe, ela existe, mas você acha que é na hora da crise que se trabalha mais, e esquece as coisas que as pessoas ficam remoendo tanto. Como é que é isso pra você? MARCOS TOLENTINO: Olha, ponto de vista meu, na verdade é aplicado na prática, tô ai como empresário, vou contar depois o início, quando eu comecei. Crises, desde que eu nasci eu conheço isso. Meu pai trabalhava na Volkswagen, ficou desempregado, aquela crise, ele correndo, comprando e vendendo carro, se virando pra colocar o pão dentro de casa. Se virou com dificuldade. Ai, passa um período, se fala em crise, no comércio, quando se ouve crise, desde que eu me entendo como gente, estou com 50 anos de idade, que eu ouço, menino, falar em crise. Ai tem a fase boa. Então o país é feito, na verdade de altos e baixos. E as pessoas esquecem que no momento de bonança, ou quando tá bom, com tudo correndo muito, você lançava um prédio no papel, você vendia o prédio inteiro. Você já estava tendo o aquecimento muito grande no país. E quem se preparou pra crise, claro, grandes empresários não se preparam diretamente pra crise, se preparam para o que, olha, gente, o que é crise, uma queda de vendas, uma queda do país, a moeda some um pouco do país, e eu volto a pensar diferente, pior do que aquele dia que acordamos de manhã com 50 reais em casa, ou 200 reais numa empresa, tem pior crise do que aquela? Todo mundo acordou sem 1 real no bolso. Época Collor, que foi aquele sequestro. E bem pior do que aquilo, todo mundo desesperado, cometendo Suicídio, perdendo as suas vidas, pais de família falando, o que que eu faço, como é que eu pago, e o país foi se readaptando, sem dinheiro nenhum, e todo mundo tava igual a todo mundo. Tirando que o cara acordou com 50 reais na pessoa física e 200 na pessoa jurídica, claro, o equivalente hoje a 5 mil 20 mil reais, falando como é que eu faço? Como é que eu vou viver? Então mesmo no pior momento, que eu entendi do país, eu vendia carro na época já, comprava e vendia carros, tinha feito um feirão na época e tinha vendido quase todos os carros, acordei sem nada, assim, meu pai desesperado, falei, gente, dá pra todo mundo, vamos só olhar o caminho. A primeira crise, ela existiu porque pegou tudo de todo mundo. Então como é que aconteceu, olha uma coisa que eu lembro e coloco até como exemplo. Lia o jornal no outro dia, se senta e olha, esse dinheiro aqui tem que dar pro mercado, monta uma estratégia, e vai buscar alguma coisa pra se manter o básico naquele momento. Só pensa no básico né? Sustento básico da sua casa da sua família. Eu morava com meus pais na época e comecei a pegar no jornal preço velho e preço novo. E comecei, a primeira faculdade minha foi administração de empresas, colei um pouquinho, estudei um pouquinho, o que me interessava eu prestava atenção. E uma coisa que eu

3 percebo muito, a moeda, quando você fala assim. Quem ficou melhor naquele momento, as empresas de ônibus que recebiam o dinheiro ali na porta, quem no comércio recebia o dinheiro na porta. Então o dinheiro começou a movimentar a moeda interna, e continuou movimentando. Peguei o jornal 48 horas depois e pegava por exemplo, um carro, uma Mercedes usada, que vale hoje 100 mil reais, você achava no jornal o carro custando 5% do valor. Mas que coisa. Todo mundo precisando de dinheiro, desesperados. Aí, no fundo da minha loja existiam três carros ainda, ai passou as pessoas que ficaram com dinheiro, que guardavam o dinheiro, e, você quer quanto nesse carro? Ai fiz a conta, pedi um preço assim que dava pra comprar dois que eu tinha visto no jornal, claro que não era o preço que eu havia pago, mas esqueci, vendi e peguei o primeiro dinheiro. Sai correndo de manhã, 5 da manhã, e trouxe uns três carrinhos pra loja. Guardei o preço velho e o preço novo. O preço novo era mais barato e fui administrando. 90 dias depois, meu pai tinha uma loja ao lado também, eu tinha minha loja novamente com 20 automóveis, com o dinheiro, pouco dinheiro, mas eu tinha conseguido repor os carros. Ai eu vi que o país começou aquela loucura, que se achava no jornal um carro a 5%, 10, começou a retomar novamente em 60, 90 dias o mercado interno. A economia fora do país tava com problema, tava em crise política, todo mundo puto com o presidente na época que era o Collor. Outras pessoas se matando com a ministra tb lá. A Zelia Cardoso. E o que que aconteceu, você percebe que o país voltou a andar. Até meu pai preocupado, falei pai eu tô com uma caixinha aqui, fica tranquilo, aqui já dá pra você se manter, e o país voltou a andar. Então o pior momento que eu consigo entender, foi aquele. Quando se acordou sem opção. FROTA: Essa crise hoje você acha que... MARCOS TOLENTINO: O que que eu entendo da crise. O país tava totalmente aceso, todo mundo de manhã acorda, lava-jato, estão presos grandes empresários, políticos. Ai você, nooo, o país tá em crise. Vou botar um exemplo que eu penso. FROTA: É importante! MARCOS TOLENTINO: Tá em crise o país, claro, não posso falar que país não tem uma crise. Mas o país tem pessoas empregadas, por exemplo, nosso grupo de televisão, nós conseguimos manter todas as pessoas, claro, a gente apertando, vamos sair com mais programas, tentas faturar mais um pouco, pra que não tenham os que dispensar ninguém. Todo mundo chegou diferente, saio cortando, quem estava muito inchado, óbvio, tem que fazer o exercício da inteligência que é a economia, é número. A conta não fecha, o faturamento caiu. Tem que pegar o faturamento atual, achar a conta dele e voltar. Então o mercado caiu em alguns anos 20 30%, alguns 40% e alguns seguimentos se mantiveram. Seguimento popular se manteve. Construção caiu? Incorporação... Claro que caiu! Se tava vendendo o 2º, 3º, 4º apartamento. Mas continuou o mercado de venda. Então as pessoas se adaptam. Um exemplo que, é até uma pequena brincadeira, mas é uma história que você aprende na faculdade de administração. O professor contou muito tempo, um exemplo que eu vejo, assim, o

4 cara comprava e vendia hot dog na rua, tinha um carrinho de hot dog. Foi lá devagarzinho e conseguiu ter dois carrinhos de cachorro quente, e conseguiu dar uma universidade pro filho. O filho se formou aqui no Brasil, e num determinado momento o filho quis fazer um MBA fora do país. O pai com todo o sacrifício, conseguiu mandar o filho pra fora pra fazer economia, pós, mestrado. FROTA: O cachorro quente pra... MARCOS TOLENTINO: Conseguiu, se dedicou e conseguiu colocar o filho.. 5 anos depois o negócio do pai começou a ir bem, de 5 pra 10 ele virou distribuidor de salsicha, ele começou a montar um atacado, a fornecer o carrinho, começou a crescer. Expandiu. 5 anos depois o filho volta e pai como é que está o país? Olha. Você não tá vendo a crise no país? O Brasil está em crise, não tá vendo? Pai eu tô voltando pro Brasil. O país tá em crise e tal. Ai o filho veio ajudar o pai. Desceu no aeroporto, viu um baita outdoor da distribuidora do pai e tal. Pai, pelo o amor de Deus, quanto custa isso? Essa publicidade o pai falou o valor. E o filho, pai pelo amor de Deus o país tá em crise. Ai, indo embora com o pai, dirigindo, passou umas combis com a publicidade. Corta publicidade, primeira coisa, manda embora 50% dos funcionários, que o país está em crise. Determinado momento, ele foi diminuindo, entrou em crise. foi vendendo tudo. Ele não tava em crise e entrou na crise. Dimunuiu, mudou... FROTA: Foi uma crise quase que psicológica. MARCOS TOLENTINO: É o que eu vejo, assim, trabalhar mais, chegar mais cedo, dedicar mais a sua empresa, tanto você que é empresário, quanto você que como colaborador. Eu vejo todo mundo hoje, uma coisa até que é bacana, que foi proibido telefone celular pra polícia militar, tá todo mundo... Nossas empresas tb, vamos ter uma conversa, tá todo mundo preocupado em falar com a tia... FROTA: Hoje você senta num restaurante... MARCOS TOLENTINO: 50% do trabalho é produção. Assim você não tá ajudando a empresa a crescer. Você não tá protegendo a sua família e o seu emprego. Então o país tem uma crise? Tem. Então eu falo muito, você é um exemplo, você Frota, chegou aqui, estabeleceu seu programa, foi lá, colocou patrocinadores de ponta, todo mundo reclamando, você tá aqui trazendo, o que creio eu, tá conseguindo me ajudar na Rede. FROTA: Deixa eu te falar. Falando sobre a Rede Brasil de Televisão, qual a estratégia de expansão da emissora? MARCOS TOLENTINO: Iniciamos a Rede Brasil em abril de Comecei, eu sou fruto do Raul Gil

5 por coincidência, comprava e vendia carro nessa Avenida Porcino, que faz parte da minha história, conheci o Raul Gil comprando carro e ele me convidou pra fazer um júri. Conheci televisão um pouquinho com o Russomano no circuito night day, mas eu conhecia como produtora. Conheci a Rede Record. Em determinado momento fui fazer um júri, não sabia o que era uma televisão. Olhava assim.. Uma estrutura, ficava louco. Daqui a pouco comecei a conhecer mais um pouco de televisão, mas conhecer assim, visualmente. Determinado momento, formado em administração, fui pro direito, mas comecei na TV também na época que tava com celular em televisão, com telefone celular. Acabei, vou falar desse pedaço pra falar o que porque da televisão, pra chegar nesse ponto, em como é que eu penso. Graças a televisão, no momento da crise, eu na loja de carros conheci uma pessoa com telefone celular. Nossa, fala, anda, um brinquedo de adulto. Não tinha fio amarrado, uma coisa difícil de acreditar. Ai eu tinha conhecido o Raul Gil quando ele foi vender um carro, fiz o que, vou comprar e revender. Vou fazer um teste. Fui primeiro na feira livre, que eu anunciava carro, coloquei lá a Tolentino cel, sei lá, era uma empresa de informática, ai, telefone celular, que era Tolentino Celular, com linha com aparelho, na época era equivalente a mil dólares, aquele tijolão.. Rapaz, tivemos mil ligações... e eram só duas linhas.. Olha, as linhas ocupadas te ligamos daqui a pouco, liga daqui a pouco, dá o número do teu telefone. Saímos com 500 vendas, é como se fosse hoje 500 mil dólares, num país que todo mundo reclamava, todo mundo tava reclamando e não tinha nem aparelho pra entregar. Falei, nossa, que mágica que é a televisão, sem a televisão você não consegue mostrar onde você está, o que você é, o que tá fazendo, ai me encantei muito mais nesse momento pela televisão. Nossa, a divulgação, que coisa que se vive, sabe, inédito, diferente. A partir daí, comecei a fazer o júri do Raul Gil. Ele me convidou, eu fazia, na Record, 93. Ai comecei a fazer o júri e conheci o Edir Macedo, no corredor por coincidência, conheci um pouquinho da estratégia deles, de Igreja, determinação e fale o que quiser, os fiéis estão lá, a determinação, estão acima da média, nesse momento a gente vê que eles são determinados, sabem o que querem, correm pra buscar o que querem. Comecei a gostar de televisão um pouquinho e comecei a ter um programa de vendas, chamado ligue e compre, que eu brigava muito com o concorrente, que eu não era bem um concorrente, mas era uma pessoa muito forte de vendas, que se colocava e ligava pra tirar você do ar. Cada semana que ele tira um cliente, eu coloco cinco. A gente brigava com ele e tal, até um dia que ele conseguiu tirar de São Paulo. Quando acabou os planos terceirizados, eu fui pra Gazeta. Luiz Felipe me ajudou e gostei da brincadeira. Colocar uns produtos, vendia, comecei a ficar mais profissional. Encantado por TV. FROTA: Magia da Televisão... MARCOS TOLENTINO: Magia que se podia fazer. A partir daí, determinado momento o país, na época, meus negócios de celular, parou as vendas, as linhas do país inteiro, ficaram três anos sem entregar, eu com 18 lojas já, graças ao celular, eu tive que falar assim, volta, volta, volta, fiquei cheio de débitos, entrei numa crise financeira. Mas eu voltei a trabalhar e provei que trabalhando, a crise é momentânea, você passa por cima. Ela pode doer mais ou doer menos. Vai doer mais pra quem fica

6 dormindo. Eu tô andando, tô trabalhando. Eu tô vivendo.

Vamos mudar o mundo? Mais esta mudança deve começar por você!

Vamos mudar o mundo? Mais esta mudança deve começar por você! Vamos mudar o mundo? Mais esta mudança deve começar por você! Este Livro Digital (Ebook) é fruto de uma observação que eu faço no mínimo há dez anos nas Redes Sociais, e até pessoalmente na convivência

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

www.rockstarsocial.com.br

www.rockstarsocial.com.br 1 1 Todos os Direitos Reservados 2013 Todas As Fotos Usadas Aqui São Apenas Para Descrição. A Cópia Ou Distribuição Do Contéudo Deste Livro É Totalmente Proibida Sem Autorização Prévia Do Autor. AUTOR

Leia mais

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Autora: Tell Aragão Personagens: Carol (faz só uma participação rápida no começo e no final da peça) Mãe - (só uma voz ela não aparece) Gigi personagem

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

A CURA DE UM MENINO Lição 31

A CURA DE UM MENINO Lição 31 A CURA DE UM MENINO Lição 31 1 1. Objetivos: Mostrar o poder da fé. Mostrar que Deus tem todo o poder. 2. Lição Bíblica: Mateus 17.14-21; Marcos 9.14-29; Lucas 9.37-43 (Leitura bíblica para o professor)

Leia mais

O Coração Sujo. Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse? Tuca Parece cheiro de gambá morto afogado no esgoto.

O Coração Sujo. Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse? Tuca Parece cheiro de gambá morto afogado no esgoto. O Coração Sujo Personagens - Tuca - Teco - Tatá - Tia Tuca e Tatá estão conversando. Teco chega. Teco Oi, meninas, sobre o que vocês estão falando? Tuca Estávamos falando sobre... hm, que cheiro é esse?

Leia mais

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997.

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. 017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. Acordei hoje como sempre, antes do despertador tocar, já era rotina. Ao levantar pude sentir o peso de meu corpo, parecia uma pedra. Fui andando devagar até o banheiro.

Leia mais

USO DE DEDOCHES NO REPASSE DAS RECOMENDAÇÕES DE ATIVIDADES FÍSICAS PARA CRIANÇAS

USO DE DEDOCHES NO REPASSE DAS RECOMENDAÇÕES DE ATIVIDADES FÍSICAS PARA CRIANÇAS UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA LABORATÓRIO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE USO DE DEDOCHES NO REPASSE DAS RECOMENDAÇÕES DE

Leia mais

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento.

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. museudapessoa.net P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. R Eu nasci em Piúma, em primeiro lugar meu nome é Ivo, nasci

Leia mais

Relato de parto: Nascimento do Thomas

Relato de parto: Nascimento do Thomas Relato de parto: Nascimento do Thomas Dia 15 de dezembro de 2008, eu já estava com 40 semanas de gestação, e ansiosa para ter meu bebê nos braços, acordei as 7h com uma cólica fraca, dormi e não senti

Leia mais

Rio de Janeiro, 17 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 17 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 17 de junho de 2008 José Adriani Bessa dos Santos eu nasci em Campos de Goytacazes no dia 6 de março de 1967. FORMAÇÃO A minha formação é ensino técnico. Eu me formei em 86

Leia mais

5 ADOLESCÊNCIA. 5.1. Passagem da Infância Para a Adolescência

5 ADOLESCÊNCIA. 5.1. Passagem da Infância Para a Adolescência 43 5 ADOLESCÊNCIA O termo adolescência, tão utilizado pelas classes médias e altas, não costumam fazer parte do vocabulário das mulheres entrevistadas. Seu emprego ocorre mais entre aquelas que por trabalhar

Leia mais

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA DESENGANO FADE IN: CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA Celular modelo jovial e colorido, escovas, batons e objetos para prender os cabelos sobre móvel de madeira. A GAROTA tem 19 anos, magra, não

Leia mais

5 Eu vou fazer um horário certo para tomar meus remédios, só assim obterei melhor resultado. A TV poderia gravar algum programa?

5 Eu vou fazer um horário certo para tomar meus remédios, só assim obterei melhor resultado. A TV poderia gravar algum programa? Antigamente, quando não tinha rádio a gente se reunia com os pais e irmãos ao redor do Oratório para rezar o terço, isso era feito todas as noites. Eu gostaria que agora a gente faça isso com os filhos,

Leia mais

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB!

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! A história da Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para Analista Tributário da Receita Federal do Brasil, é mais uma das histórias

Leia mais

Escrito por WEBMASTER Douglas Ter, 25 de Setembro de 2012 10:07 - Última atualização Ter, 25 de Setembro de 2012 10:09

Escrito por WEBMASTER Douglas Ter, 25 de Setembro de 2012 10:07 - Última atualização Ter, 25 de Setembro de 2012 10:09 BÃO OCÊ QUERIA O QUE, SALÁRIO PRESIDIARIO R$ 960,00 REAIS PROS BANDIDO, TRAFICANTE, ESTRUPADOR E ASSASINOS E UM PAI DE FAMILIA TRABALHADOR UM SALARIO MINIMO DE R$ 622,00 REAIS, AI JA É MAIS DA CONTA, ACHO

Leia mais

A distribuição desse PDF é livre para outros DJs desde que seja mantido os devidos créditos ao site Digital DJs By Everton Rezende

A distribuição desse PDF é livre para outros DJs desde que seja mantido os devidos créditos ao site Digital DJs By Everton Rezende A distribuição desse PDF é livre para outros DJs desde que seja mantido os devidos créditos ao site Digital DJs By Everton Rezende Atenção: Troque o texto que estiver entre aspas pelo nome da informação

Leia mais

EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES

EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES ASPECTOS TEÓRICOS. POR QUE /POR QUÊ / PORQUE / PORQUÊ a) POR QUE: Equivale a POR QUAL MOTIVO ou a pelo qual e variações; vem também depois de EIS e DAÍ. b) POR QUÊ: Equivale

Leia mais

http://www.comoorganizarcasamento.com

http://www.comoorganizarcasamento.com Como Planejar seu Casamento Sem Stress Copyright 2014 Este e- book é protegido pela Lei dos Direitos Autorais (Lei 9.610/98), é proibida a reprodução do livro por meio eletrônico ou impresso. O e- book

Leia mais

1º Domingo de Agosto Primeiros Passos 02/08/2015

1º Domingo de Agosto Primeiros Passos 02/08/2015 1º Domingo de Agosto Primeiros Passos 02/08/2015 JESUS ESTÁ COMIGO QUANDO SOU DESAFIADO A CRESCER! OBJETIVO - Saber que sempre que são desafiados a crescer ou assumir responsabilidades, Jesus está com

Leia mais

Rio de Janeiro, 18 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 18 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 18 de junho de 2008 Meu nome é João Almeida Gonçalves, nasci em Macaé em12 de novembro de 1960. INGRESSO NA PETROBRAS Ingressei na Petrobras, antes de trabalhar na Petrobras.

Leia mais

Meninas Nhe nhe. Eu Aff Chegando lá. Eu Gente estou com um mau pressentimento

Meninas Nhe nhe. Eu Aff Chegando lá. Eu Gente estou com um mau pressentimento Eu e umas amigas íamos viajar. Um dia antes dessa viagem convidei minhas amigas para dormir na minha casa. Nós íamos para uma floresta que aparentava ser a floresta do Slender-Man mas ninguém acreditava

Leia mais

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um.

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um. coleção Conversas #10 - junho 2014 - Eu sou Estou garoto num de programa. caminho errado? Respostas para algumas perguntas que podem estar sendo feitas Garoto de Programa por um. A Coleção CONVERSAS da

Leia mais

QUASE NADA Peça de Marcos Barbosa marcosbarbosa@hotmail.com

QUASE NADA Peça de Marcos Barbosa marcosbarbosa@hotmail.com QUASE NADA Peça de Marcos Barbosa marcosbarbosa@hotmail.com Antônio, Sara, Vânia e César. Sala da casa de Antônio e Sara. 1 Um longo silêncio. ANTÔNIO. Vai me deixar falando sozinho? Sara o fita e fica

Leia mais

Tudo que você precisa saber a respeito de Deus está esta escrito no Salmo 23. Tudo que você precisa saber a teu respeito está escrito no Salmo 23.

Tudo que você precisa saber a respeito de Deus está esta escrito no Salmo 23. Tudo que você precisa saber a teu respeito está escrito no Salmo 23. Tema: DEUS CUIDA DE MIM. Texto: Salmos 23:1-6 Introdução: Eu estava pesando, Deus um salmo tão poderoso até quem não está nem ai prá Deus conhece uns dos versículos, mas poderosos da bíblia e o Salmo 23,

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

Do meio das árvores secas da floresta escura emer giu o maníaco com a máscara de pele humana. Motosserra em mãos, desceu-a entre as pernas do pobre

Do meio das árvores secas da floresta escura emer giu o maníaco com a máscara de pele humana. Motosserra em mãos, desceu-a entre as pernas do pobre 1 Do meio das árvores secas da floresta escura emer giu o maníaco com a máscara de pele humana. Motosserra em mãos, desceu-a entre as pernas do pobre paraplégico, cortando-o ao meio, assim como a sua cadeira

Leia mais

Em um campo inabitado, cheio de flores, em

Em um campo inabitado, cheio de flores, em Para onde foi o meu dinheiro? A fábula das abelhas. Em um campo inabitado, cheio de flores, em uma terra distante, havia uma colméia diferente das demais. Tudo nessa colméia era muito bem organizado, limpo

Leia mais

Série: CRESCIMENTO Preletor: Dr. Bob Harrison Cd: 1/11

Série: CRESCIMENTO Preletor: Dr. Bob Harrison Cd: 1/11 TEMA: CRESCIMENTO, AVANÇO E CONQUISTA! 1/11. PRINCIPES E PRINCESAS SE VOCÊ É UMA DAS MILHARES DE PESSOAS QUE DESEJAM CRESCER, QUE DE VERDADE QUEREM CRESCIMENTO PARA SUA VIDA, AQUI VÃO ALGUMAS BOAS NOTÍCIAS.

Leia mais

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele O Plantador e as Sementes Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele sabia plantar de tudo: plantava árvores frutíferas, plantava flores, plantava legumes... ele plantava

Leia mais

Economia Doméstica - Finanças Pessoais -

Economia Doméstica - Finanças Pessoais - Economia Doméstica - Finanças Pessoais - Parte A Introdução e Visão Geral Parte B Planejamento e Acompanhamento - Técnicas Prof. Maurício Cury POUPAR x GASTAR Situação: Dois casais amigos onde, cada casal

Leia mais

E ra bonita a tartaruguinha. Forte, pernas roliças, tinha

E ra bonita a tartaruguinha. Forte, pernas roliças, tinha E ra bonita a tartaruguinha. Forte, pernas roliças, tinha um verde que saía da metade do casco e se espalhava manso até a beirada. Viviam dizendo que ela era lerda, preguiçosa até. É preciso reconhecer

Leia mais

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas?????

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas????? Há 16 anos quando entrou na MK, a consagrada Diretora Nacional, Gloria Mayfield, não sabia como chegar ao topo, hoje ela dá o seguinte conselho. As lições que eu aprendi na Mary Kay para me tornar uma

Leia mais

- Se for pra mim, eu não estou. - Ah. Oi... Está sim. Espera um minutinho.

- Se for pra mim, eu não estou. - Ah. Oi... Está sim. Espera um minutinho. 1 AMAR... dir: Carlos Gregório CASA DE LAURA... - Você não vai dizer nada? - O que você quer que eu diga? - Qualquer coisa. - Olha,... Não foi tão importante pra mim... - Não... foi!!? - É... É isso mesmo.

Leia mais

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Palestrante: Pedro Quintanilha Freelapro Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Quem sou eu? Eu me tornei um freelancer

Leia mais

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar 1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar nosso amor 4. Porque a gente discute nossos problemas

Leia mais

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões 8 Passos para o Recrutamento Eficaz Por Tiago Simões Uma das coisas que aprendi na indústria de marketing de rede é que se você não tem um sistema de trabalho que comprovadamente funcione, muito provavelmente

Leia mais

MÉTODO DE APROVAÇÃO 2.0

MÉTODO DE APROVAÇÃO 2.0 MÉTODO DE APROVAÇÃO 2.0 Os 3 Passos Estratégicos para ser Aprovado em Concursos Priorizando os temas do Edital Gerson Aragão Ex-Defensor Público VERSÃO 2.1 Atualizado 12.11.2015 Índice Apresentação.. 03

Leia mais

coleção Conversas #26 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #26 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. Saí da prisão volto coleção Conversas #26 - setembro 2015 - e estou ou não desempregado, para o crime? Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS, da

Leia mais

AGUAS PROFUNDAS. Lc 5

AGUAS PROFUNDAS. Lc 5 1 Lc 5 AGUAS PROFUNDAS 1 Certo dia Jesus estava perto do lago de Genesaré, e uma multidão o comprimia de todos os lados para ouvir a palavra de Deus. 2 Viu à beira do lago dois barcos, deixados ali pelos

Leia mais

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL WWW.SUPERVISORPATRIMONIAL.COM.BR SUPERVISOR PATRIMONIAL ELITE 1 OS 3 PASSOS PARA O SUCESSO NA CARREIRA DA SEGURANÇA PATRIMONIAL Olá, companheiro(a) QAP TOTAL. Muito prazer, meu nome e Vinicius Balbino,

Leia mais

FORMULA NEGOCIO ONLINE. Como Ganhar R$ 10.000,00 Com Marketing de Afiliados

FORMULA NEGOCIO ONLINE. Como Ganhar R$ 10.000,00 Com Marketing de Afiliados FORMULA NEGOCIO ONLINE Como Ganhar R$ 10.000,00 Com Marketing de Afiliados 1 INTRODUÇÃO Eai tudo bom? Bom, antes de começar com o conteúdo, rapidamente vou me apresentar. Meu nome é Alex Vargas, sou empreendedor

Leia mais

ROI COMO SABER DEFINITIVAMENTE O RESULTADO DAS AÇÕES DE MARKETING DO SEU E- COMMERCE. Por: Alexandre Maldonado

ROI COMO SABER DEFINITIVAMENTE O RESULTADO DAS AÇÕES DE MARKETING DO SEU E- COMMERCE. Por: Alexandre Maldonado ROI COMO SABER DEFINITIVAMENTE O RESULTADO DAS AÇÕES DE MARKETING DO SEU E- COMMERCE Por: Alexandre Maldonado Autor do site Marketing para E- commerce www.marketingparaecommerce.com.br TERMOS DE RESPONSABILIDADE

Leia mais

DIANA + 3. Roteiro de Henry Grazinoli

DIANA + 3. Roteiro de Henry Grazinoli DIANA + 3 Roteiro de Henry Grazinoli EXT. CALÇADA DO PORTINHO DIA Sombra de Pablo e Dino caminhando pela calçada do portinho de Cabo Frio. A calçada típica da cidade, com suas ondinhas e peixes desenhados.

Leia mais

4 Educação Profissional: o que dizem os jovens oriundos do projovem urbano

4 Educação Profissional: o que dizem os jovens oriundos do projovem urbano 78 4 Educação Profissional: o que dizem os jovens oriundos do projovem urbano No presente capítulo apresentaremos as percepções dos jovens entrevistados em nossa pesquisa. Conforme o exposto nos capítulos

Leia mais

INTERTÍTULO: DIANA + 1 FADE IN EXT. PRAIA/BEIRA MAR DIA

INTERTÍTULO: DIANA + 1 FADE IN EXT. PRAIA/BEIRA MAR DIA DIANA + 3 INTERTÍTULO: DIANA + 1 FADE IN EXT. PRAIA/BEIRA MAR DIA Pablo, rapaz gordinho, 20 anos, está sentado na areia da praia ao lado de Dino, magrinho, de óculos, 18 anos. Pablo tem um violão no colo.

Leia mais

Existe espaço para os covers mostrarem seus trabalhos? As pessoas dão oportunidades?

Existe espaço para os covers mostrarem seus trabalhos? As pessoas dão oportunidades? A Estação Pilh@ também traz uma entrevista com Rodrigo Teaser, cover do Michael Jackson reconhecido pela Sony Music. A seguir, você encontra os ingredientes da longa história marcada por grandes shows,

Leia mais

Como Atrair a Quantidade de dinheiro que deseja em poucas semanas (OU DIAS)

Como Atrair a Quantidade de dinheiro que deseja em poucas semanas (OU DIAS) Copyright 2008 by Wellington Rodrigues Todos os direitos reservados - 2008 1 Como Atrair a Quantidade de dinheiro que deseja em poucas semanas (OU DIAS) Por: Wellington Rodrigues Todos nós temos direito

Leia mais

08/06/2010. Entrevista do Presidente da República

08/06/2010. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após visita ao banco de sangue de cordão umbilical e placentário - Rede BrasilCord Fortaleza-CE, 08 de junho de 2010

Leia mais

Entrevista com Pedro (nome fictício), egresso do sistema prisional.

Entrevista com Pedro (nome fictício), egresso do sistema prisional. Entrevista com Pedro (nome fictício), egresso do sistema prisional. 1) (Cristiano) Pedro, é o seguinte, estamos construindo aqui um livro falado, e é um livro sobre o exame criminológico. E nós estivemos

Leia mais

Três Marias Teatro. Noite (Peça Curta) Autor: Harold Pinter

Três Marias Teatro. Noite (Peça Curta) Autor: Harold Pinter Distribuição digital, não-comercial. 1 Três Marias Teatro Noite (Peça Curta) Autor: Harold Pinter O uso comercial desta obra está sujeito a direitos autorais. Verifique com os detentores dos direitos da

Leia mais

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 Humberto Cordeiro Carvalho admitido pela companhia em 1 de julho de 1981. Eu nasci em 25 de maio de 55 em Campos do Goytacazes. FORMAÇÃO Segundo grau Escola

Leia mais

UM RETRATO DAS CIDADES DE MENOS DE 100 MIL HABITANTES DO BRASIL

UM RETRATO DAS CIDADES DE MENOS DE 100 MIL HABITANTES DO BRASIL A P R E S E N T A M UM RETRATO DAS CIDADES DE MENOS DE 100 MIL HABITANTES DO BRASIL POR QUE FAZER ESSA PESQUISA? PELA RELEVÂNCIA QUE ESSES PEQUENOS MUNICÍPIOS TÊM. 95% Dos municípios brasileiros têm menos

Leia mais

Casa Templária, 9 de novembro de 2011.

Casa Templária, 9 de novembro de 2011. Casa Templária, 9 de novembro de 2011. Mais uma vez estava observando os passarinhos e todos os animais que estão ao redor da Servidora. Aqui onde estou agora é a montanha, não poderia ser outro lugar.

Leia mais

Realizado a partir do Roteiro para grupo focal com monitores - Pesquisa UCA/BA [Escola CETEP/Feira de Santana] 1

Realizado a partir do Roteiro para grupo focal com monitores - Pesquisa UCA/BA [Escola CETEP/Feira de Santana] 1 Realizado a partir do Roteiro para grupo focal com monitores - Pesquisa UCA/BA [Escola CETEP/Feira de Santana] Categorias Apresentação do instrumento [-] Mobilidade/ portabilidade [,] 0 0 Transcrição Alguns

Leia mais

Divulgação Gratuita - Kit Concursos

Divulgação Gratuita - Kit Concursos Por Alexandre L.C. Versão 2014 Divulgação Gratuita - Kit Concursos Introdução Parabéns! Você deu um grande passo para conquistar sua vaga em um concurso público. Depois de muitos estudos e muito interesse

Leia mais

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - Sou so profes r a, Posso m a s n ão parar d aguento m e ai ensinar s? d a r a u la s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A

Leia mais

TRANSCRIÇÃO DE STORYTELLING

TRANSCRIÇÃO DE STORYTELLING TRANSCRIÇÃO DE STORYTELLING PROCESSO RIDE TEST SUB-PROCESSO EXECUÇÃO DE RIDE TEST DESCRIÇÃO TRANSCRIÇÃO DO STORYTELLING DA EXECUÇÃO DE RIDE TEST: DE CAMINHÕES E ÔNIBUS (VOLKSWAGEN) DE VEÍCULOS LEVES COM

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Alexandre da Silva França. Eu nasci em 17 do sete de 1958, no Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu sou tecnólogo em processamento de dados. PRIMEIRO DIA

Leia mais

OITO DIFERENTES COMPANHEIROS

OITO DIFERENTES COMPANHEIROS OITO DIFERENTES COMPANHEIROS Iniciei trabalhos numa área nova dentro de uma companhia respeitável em nossa amada capital Moscou e desde o início percebi que os oito companheiros que teria no quadro seriam

Leia mais

Como fazer seu blog se destacar dos outros

Como fazer seu blog se destacar dos outros Como fazer seu blog se destacar dos outros Fama. Tráfego. Reconhecimento. Muito dinheiro no bolso. Esses itens certamente estão presentes na lista de desejos de quase todos os blogueiros. Afinal, ninguém

Leia mais

ESTRATÉGIAS PARA PROVA MENTALIDADE E ORGANIZAÇÃO TODO CONTEÚDO DE ENFERMAGEM PARA CONCURSOS CICLO E3R PREPARO PARA O ESTUDO

ESTRATÉGIAS PARA PROVA MENTALIDADE E ORGANIZAÇÃO TODO CONTEÚDO DE ENFERMAGEM PARA CONCURSOS CICLO E3R PREPARO PARA O ESTUDO ESTRATÉGIAS PARA PROVA TODO CONTEÚDO DE ENFERMAGEM PARA CONCURSOS MENTALIDADE E CICLO E3R PREPARO PARA O ESTUDO OBJETIVO DO MÓDULO SEU MAIOR CONCORRENTE É VOCÊ. SE VOCÊ IDENTIFICA OS PRÓPRIOS ERROS E ORGANIZA

Leia mais

Guia de dona Hermínia sobre como criar os filhos. EU TAVA AGORA VENDO um programa na TV que é um

Guia de dona Hermínia sobre como criar os filhos. EU TAVA AGORA VENDO um programa na TV que é um 1. Guia de dona Hermínia sobre como criar os filhos EU TAVA AGORA VENDO um programa na TV que é um absurdo. Uma babá dizendo como é que se cria filha dos outros. Uma tal de superbabá. Super o quê? Babá

Leia mais

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes

All You Zombies. Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959. Versão Portuguesa, Brasil. Wendel Coelho Mendes All You Zombies Wendel Coelho Mendes Versão Portuguesa, Brasil Baseado no conto original de Robert A. Heinlein, All You Zombies, 1959 Esse conto é minha versão sobre a verdadeira história de All You Zombies,

Leia mais

MEMÓRIAS GEOGRÁFICAS À TONA:

MEMÓRIAS GEOGRÁFICAS À TONA: MEMÓRIAS GEOGRÁFICAS À TONA: Uma retomada da história do Curso de Geografia da UFU a partir de uma entrevista com a Profa. Dra. Suely Regina Del Grossi Revista OBSERVATORIUM: Qual (ais) a (s) razão (ões)

Leia mais

Arte do Namoro - Manual de Como Seduzir pelo Telefone por Rico 2009-2010, Todos Direitos Reservados - Pg 1

Arte do Namoro - Manual de Como Seduzir pelo Telefone por Rico 2009-2010, Todos Direitos Reservados - Pg 1 Direitos Reservados - Pg 1 Aviso aos que se acham malandros, ou que querem ser processados ou parar na cadeia. Este livro é registrado com todos os direitos reservados pela Biblioteca Nacional. A cópia,

Leia mais

Entrevista com Entrevista com Max Matta, vocalista da banda Caps Lock

Entrevista com Entrevista com Max Matta, vocalista da banda Caps Lock Entrevista com Entrevista com Max Matta, vocalista da banda Caps Lock POUCA E BOAS DA MARI - Max, você, o Sté e o Carlinhos tocam juntos desde 2003. Em 2005, o Thiago entrou na banda, foi quando surgiu

Leia mais

www.dinheiroganharja.com

www.dinheiroganharja.com Sumário Introdução...3 Empreendedorismo Digital...4 Trabalhar em casa ou da Onde quiser...5 Liberdade financeira...5 Como criar um blog...7 Domínio...7 Hospedagem...8 WordPress...9 Instalando a Plataforma

Leia mais

LOURENÇO LOURINHO PRACIANO 1

LOURENÇO LOURINHO PRACIANO 1 LOURENÇO LOURINHO PRACIANO 1 TESOUREIRO 41 ANOS DE TRABALHO Empresa Horizonte Nascido em Itapipoca, Ceará Idade: 76 anos Esposa: Maria Pinto de Oliveira Praciano Filhos: Lucineide Eu entrei na Empresa

Leia mais

Por Carol Alvarenga, em 17 de junho de 2014, 15h Esquemaria.com.br

Por Carol Alvarenga, em 17 de junho de 2014, 15h Esquemaria.com.br Esquemaria.com.br / Dicas de estudos / 4 mitos sobre estudos: saiba mais como evitar estes erros Talvez você conheça estes mitos sobre estudos, mas você sabe a verdade por trás deles? Hoje eu trago um

Leia mais

A BOLINHA. por RODRIGO FERRARI. Versão finalíssima

A BOLINHA. por RODRIGO FERRARI. Versão finalíssima A BOLINHA por RODRIGO FERRARI Versão finalíssima rodrigoferrari@gmail.com (21) 9697.0419 Do lado direito do palco, CLÁUDIA está sentada numa cadeira. Ela segura um teste de gravidez. Ela abre a caixa e

Leia mais

O MENINO SEM OLHOS Consiglieri Pedroso

O MENINO SEM OLHOS Consiglieri Pedroso O Menino Sem Olhos, de Consiglieri Pedroso Fonte: Projeto Vercial Permitido o uso apenas para fins educacionais. Este material pode ser redistribuído livremente, desde

Leia mais

WWW.MUSICALLEIZER.COM.BR

WWW.MUSICALLEIZER.COM.BR WWW.MUSICALLEIZER.COM.BR Índice Índice Prefácio Sobre o autor Introdução Como ser produtivo estudando corretamente Você já organizou o seu tempo e os seus dias para estudar? Definir o que vai estudar Organizando

Leia mais

A ABDUZIDA. CELIORHEIS Página 1

A ABDUZIDA. CELIORHEIS Página 1 CELIORHEIS Página 1 A Abduzida um romance que pretende trazer algumas mensagens Mensagens estas que estarão ora explícitas ora implícitas, dependendo da ótica do leitor e do contexto em que ela se apresentar.

Leia mais

Entrevistado: Almir Barbassa Entrevistador: - Data:11/08/2009 Tempo do Áudio: 23 30

Entrevistado: Almir Barbassa Entrevistador: - Data:11/08/2009 Tempo do Áudio: 23 30 1 Entrevistado: Almir Barbassa Entrevistador: - Data:11/08/2009 Tempo do Áudio: 23 30 Entrevistador- Como o senhor vê a economia mundial e qual o posicionamento do Brasil, após quase um ano da quebra do

Leia mais

COMO MINIMIZAR AS DÍVIDAS DE UM IMÓVEL ARREMATADO

COMO MINIMIZAR AS DÍVIDAS DE UM IMÓVEL ARREMATADO PROLEILOES.COM COMO MINIMIZAR AS DÍVIDAS DE UM IMÓVEL ARREMATADO PROCESSOS QUE PODEM FAZER COM QUE VOCÊ CONSIGA QUITAR DÍVIDAS PENDENTES DE UM ÍMOVEL ARREMATADO EM LEILÃO, PAGANDO MENOS QUE O SEU VALOR

Leia mais

Projeto Gráfico e Editoração Coordenadoria de Comunicação Social. Revisão gramatical Lucia Anilda Miguel

Projeto Gráfico e Editoração Coordenadoria de Comunicação Social. Revisão gramatical Lucia Anilda Miguel Elaboração Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude e Coordenadoria de Comunicação Social do Ministério Público do Estado de Santa Catarina. Contato Rua Bocaiúva, 1.750, 4º andar - Centro -

Leia mais

Atividade - Sequência Conrado Adolpho

Atividade - Sequência Conrado Adolpho Atividade - Sequência Conrado Adolpho Agora, eu quero lhe apresentar os 6 e-mails do conrado adolpho para vender o 8ps. Quero que você leia está sequência com muita atenção e, depois, responda às provocações

Leia mais

A Sociedade dos Espiões Invisíveis

A Sociedade dos Espiões Invisíveis A Sociedade dos Espiões Invisíveis Tem dias em que tudo o que mais quero é embarcar na minha rede mágica e viajar para bem longe! Talvez, em algum outro lugar, não me sinta tão, tão... diferente! Eu sei

Leia mais

A televisão estava uma bodega. Os meus pais continuavam os dois a trabalhar no escritório e eu es tava ali sozinho com o meu avô, que já dormia,

A televisão estava uma bodega. Os meus pais continuavam os dois a trabalhar no escritório e eu es tava ali sozinho com o meu avô, que já dormia, FICHA TÉCNICA Título: O Peixe Azul Autora: Margarida Fonseca Santos Copyright by Margarida Fonseca Santos e Editorial Presença, Lisboa, 2003 Capa: Lupa Design Danuta Wojciechowska Composição, impressão

Leia mais

- Não me arrependo de nada. Quebrei o círculo. - Nem de ter assassinado uns cinco ou seis ou até mais, D. Eloisa?

- Não me arrependo de nada. Quebrei o círculo. - Nem de ter assassinado uns cinco ou seis ou até mais, D. Eloisa? A Quebra do Círculo Cristovam Buarque - Não me arrependo de nada. Quebrei o círculo. - Nem de ter assassinado uns cinco ou seis ou até mais, D. Eloisa? - Foi mais, e vou contar tudo. Mas não me arrependo.

Leia mais

Uma Conexão Visual entre Trabalhadores da Lavoura de Cana-de-Açúcar, no Brasil, e Suas Famílias

Uma Conexão Visual entre Trabalhadores da Lavoura de Cana-de-Açúcar, no Brasil, e Suas Famílias 1/35 Pai, Estou Te Esperando Uma Conexão Visual entre Trabalhadores da Lavoura de Cana-de-Açúcar, no Brasil, e Suas Famílias Fotos de Emma Raynes, 2007 2/35 Retratos dos Trabalhadores da Lavoura de Cana-de-Açúcar

Leia mais

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país Brasil Você sabia que... A pobreza e a desigualdade causam a fome e a malnutrição. Os alimentos e outros bens e serviços básicos que afetam a segurança dos alimentos, a saúde e a nutrição água potável,

Leia mais

01. Dinâmica: do 1, 2, 3

01. Dinâmica: do 1, 2, 3 01. Dinâmica: do 1, 2, 3 Objetivo: Quebra-gelo 1º momento: Formam-se duplas e então solicite para que os dois comecem a contar de um a três, ora um começa, ora o outro. Fica Fácil. 2º momento: Solicite

Leia mais

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM LETRAS E LINGUÍSTICA - ANPOLL - XXV ENCONTRO NACIONAL DA ANPOLL GT - SOCIOLINGUÍSTICA

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM LETRAS E LINGUÍSTICA - ANPOLL - XXV ENCONTRO NACIONAL DA ANPOLL GT - SOCIOLINGUÍSTICA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM LETRAS E LINGUÍSTICA - ANPOLL - XXV ENCONTRO NACIONAL DA ANPOLL GT - SOCIOLINGUÍSTICA A PESQUISA ETNOGRÁFICA - Iveuta de Abreu Lopes - A pesquisa etnográfica:

Leia mais

COVERSAS COLABORATIVAS ENTRE PROFESSORES DE INGLÊS: PRINCÍPIO PARA A DESNATURALIZAÇÃO DE CRENÇAS?

COVERSAS COLABORATIVAS ENTRE PROFESSORES DE INGLÊS: PRINCÍPIO PARA A DESNATURALIZAÇÃO DE CRENÇAS? COVERSAS COLABORATIVAS ENTRE PROFESSORES DE INGLÊS: PRINCÍPIO PARA A DESNATURALIZAÇÃO DE CRENÇAS? SILVA, Arivan Salustiano da Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagem MeEL/UFMT arivanss@yahoo.com

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. não Eu Não r que o f existe coleção Conversas #14 - outubro 2014 - a z fu e r tu r uma fa o para c ul m d im ad? e. Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção

Leia mais

ENTRE FRALDAS E CADERNOS

ENTRE FRALDAS E CADERNOS ENTRE FRALDAS E CADERNOS Entre Fraldas e Cadernos Proposta metodológica: Bem TV Educação e Comunicação Coordenação do projeto: Márcia Correa e Castro Consultoria Técnica: Cláudia Regina Ribeiro Assistente

Leia mais

Pra que serve tudo isso?

Pra que serve tudo isso? Capítulo 1 Pra que serve tudo isso? Parabéns! Você tem em mãos a base para o início de um bom planejamento financeiro. O conhecimento para começar a ver o dinheiro de outro ponto de vista, que nunca foi

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 70 Cerimónia de sanção do projeto

Leia mais

Existe uma terapia específica para problemas sexuais?

Existe uma terapia específica para problemas sexuais? Existe uma terapia específica para problemas sexuais? Maria de Melo Azevedo Eu acho que a terapia sexual para casos bem específicos até que pode funcionar. Ou, pelo menos, quebra o galho, como se diz.

Leia mais

coleção Conversas #25 u s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #25 u s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #25 Nã Po o s s o c s on c o ig lo o c á cuidar dos m - l os e m u m a e u cl s ín p ic ais a?. Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS

Leia mais

Material: Uma copia do fundo para escrever a cartinha pra mamãe (quebragelo) Uma copia do cartão para cada criança.

Material: Uma copia do fundo para escrever a cartinha pra mamãe (quebragelo) Uma copia do cartão para cada criança. Radicais Kids Ministério Boa Semente Igreja em células Célula Especial : Dia Das mães Honrando a Mamãe! Principio da lição: Ensinar as crianças a honrar as suas mães. Base bíblica: Ef. 6:1-2 Texto chave:

Leia mais

Rio de Janeiro, 2 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 2 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 2 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Ivo Barcelos Assumpção, nasci dia 13 do doze de 1954 em Rezende, Estado do Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu estudei engenharia química na UFRJ, entrei

Leia mais

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO.

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. Roteiro de Telenovela Brasileira Central de Produção CAPÍTULO 007 O BEM OU O MAL? Uma novela de MHS. PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO. AGENOR ALBERTO FERNANDO GABRIELE JORGE MARIA CLARA MARIA CAMILLA MARÍLIA

Leia mais

Não saia de seu Caminho! Sinopse: Uma Menina, indo atrasada da casa da avó para a escola. No caminho seu ônibus quebra e ela tem que tomar um caminho

Não saia de seu Caminho! Sinopse: Uma Menina, indo atrasada da casa da avó para a escola. No caminho seu ônibus quebra e ela tem que tomar um caminho Não saia de seu Caminho! Sinopse: Uma Menina, indo atrasada da casa da avó para a escola. No caminho seu ônibus quebra e ela tem que tomar um caminho alternativo, onde encontra com um sujeito estranho.

Leia mais

MATERIAL DE APOIO OFICINA EVANGELISMO PESSOAL MIN. FILIPE ARAÚJO

MATERIAL DE APOIO OFICINA EVANGELISMO PESSOAL MIN. FILIPE ARAÚJO MATERIAL DE APOIO OFICINA EVANGELISMO PESSOAL MIN. FILIPE ARAÚJO DO CONCEITO PARA PRATICA E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos

Leia mais