ALOPÉCIA ANDROGENÉTICA NA MULHER JOVEM ESTUDO DE CASO COM ÊNFASE NO TRATAMENTO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ALOPÉCIA ANDROGENÉTICA NA MULHER JOVEM ESTUDO DE CASO COM ÊNFASE NO TRATAMENTO"

Transcrição

1 FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA ALOPÉCIA ANDROGENÉTICA NA MULHER JOVEM ESTUDO DE CASO COM ÊNFASE NO TRATAMENTO Aluno: Héder Machado da Silva Orientadora: Patrícia Araújo Correa Palavras-chave: Alopecia, Androgenetic, Female, Treatment

2 2 Introdução Alopecia androgenética padrão feminino (AAPF) é a causa mais comum de alopecia em mulheres, afeta 6 a 12% das mulheres na faixa etária de 20 a 30 anos. A AAPF apresenta-se clinicamente com queda de cabelo de padrão difuso não cicatricial com rarefação mais evidente nas regiões frontal, central e parietais do couro cabeludo. A linha capilar frontal é caracteristicamente preservada. O papel dos andrógenos na alopecia em mulheres é controverso e assim a denominação AAPF tem sido substituída gradualmente pela denominação Alopecia Androgenética Padrão Difuso (PCPF). 3 O objetivo do tratamento da AAPF é interromper a progressão da queda de cabelo e estimular o crescimento capilar, porém é importante ressaltar que os resultados obtidos podem ser variados e não há recuperação total. Os tratamentos podem ser androgênio dependentes e androgênios independentes. Cabe ainda ressaltar o papel adjuvante dos suprimentos nutricionais, fototerapia e transplante capilar. 3Alopecia androgenética padrão feminino (AAPF) é a causa mais comum de alopecia em mulheres, afeta 6 a 12% das mulheres na faixa etária de 20 a 30 anos. A AAPF apresenta-se clinicamente com queda de cabelo de padrão difuso não cicatricial com rarefação mais evidente nas regiões frontal, central e parietais do couro cabeludo. A linha capilar frontal é caracteristicamente preservada. O papel dos andrógenos na alopecia em mulheres é controverso e assim a denominação AAPF tem sido substituída gradualmente pela denominação Alopecia Androgenética Padrão Difuso (PCPF). 3 O diagnóstico de AAPF é clínico com base no aspecto do couro cabeludo. As biópsias são reservadas para situações em que o diagnóstico é duvidoso e são caracterizadas histologicamente por um aumento no número de folículos pilosos miniaturizados do tipo vellus. Na AAPF a relação entre os pelos terminais e do tipo vellus geralmente é inferior a 3:1. Há redução no tamanho, profundidade do folículo e no diâmetro da haste capilar, com aumento da relação telógenos/ anágenos. Observa-se nível baixo de inflamação quando linfócitos circundam o bulbo capilar com deposição de IgM e complemento na membrana basal. 1

3 3 A alopecia androgenética ( AAG) é caracterizada por uma alteração no ciclo do cabelo levando à miniaturização folicular progressiva com conversão de cabelos terminais em velos, mais finos, curtos e menos pigmentados. 2 Nas mulheres a interferência hormonal é incerta e a denominação de alopecia de padrão feminino (APF) parece mais correta. O termo alopecia androgênica deve ser reservado aos casos que apresentam elevação de andrógenos plasmáticos, o que se observa nos casos em que a rarefação é manifestação cutânea de alterações metabólicas ou endócrinas. 2 O diagnóstico de AAG é realizado através da identificação da variação dos diâmetros foliculares ( anisotricose) clinicamente ou com o auxílio da dermatscopia. O tricgrama pode ser utilizado especialmente nos casos mais tardios, já que inicialmente a dermatoscopia apresenta uma sensibilidade superior. Os exames laboratoriais devem ser individualizados, pois manos de 40% das mulheres com AAG tem alterações laboratoriais e mesmo assim não modifica a conduta terapêutica.2a biópsia do couro cabeludo na AAG está indicada nos casos de dúvida diagnóstica. A alteração chave à histopatologia é a miniaturização, com transformação dos pelos terminais em velos. Uma razão terminal/velos menor ou igual a 3:1 ( sendo normal acima de 7:1) é considerada diagnóstica. As terapias para queda de cabelo são limitadas e seus objetivos são aumentar a cobertura do couro cabeludo e retardar a progressão da doença. As medidas farmacológicas para o tratamento da alopecia androgenética necessitam de uso crônico de terapias para resultados satisfatórios, em geral, observados após 12 meses. Nenhum tratamento é capaz restaurar totalmente a perda capilar. 2,6 Apesar de existirem algumas opções, o tratamento com minoxidil tópico é o mais eficaz encontrado até o momento para o tratamento da AAPF.

4 4 OBJETIVO: Alopecia androgenética de patrão feminino é a causa mais comum de alopecia em mulheres. O diagnóstico é clínico com base no aspecto do couro cabeludo. O objetivo do tratamento é interromper a evolução da queda de cabeos e estimular o crescimento de novos fios. O presente trabalho visa realizar uma revisão na literatura sobre o tratamento desta doença e destacar os aspectos mais relevantes que devem ser de amplo conhecimento dos médicos, para aplicar na rotina do seu cotidiano. METODOLOGIA: Foi realizada uma busca de artigos de literatura na Biblioteca Virtual em Saúde relacionada ao tema alopecia androgenética de padrão feminino (AAPF) utilizando as palavras chaves Female, combinados com Androgenetic, Alopecia e Treatment, no período de 2012 até Foram encontrados 250 trabalhos, sendo analisados 16 artigos específicos sobre o tratamento de alopecia androgenética, incluindo estudos de caso-controle multicêntricos, coorte, revisão de literatura, revisão sistemática e um relato de caso, além de livros textos. Resultados parciais O papel dos andrógenos na alopecia em mulheres é controverso e assim a denominação AAPF tem sido substituída gradualmente pela denominação Alopecia Androgenética Padrão Difuso (AAPD). O tratamento é mais eficaz quando iniciado mais precocemente, e o uso deve ser contínuo. O tratamento com minoxidil tópico é o mais eficaz na alopécia androgenética padrão feminino. É descrito na literatura a associação com eflúvio telógeno. Associação da alopecia androgenética com SOP.

5 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 1. Azulay RD, Azulay, DR, Azulay-Abulafia, L. Dermatologia. 6ª ed. Rio de Janeiro:Editora Guanabara Koogan, Belda WJ, Di Chiacchio N, Criado PR (Ed). Tratado de Dermatologia. 2ª ed. São Paulo:Editora Atheneu, Bolognia, JL, Jorizzo, RPR. [ tradução: Renata Scavone de Oliveira et al.] Rio de Janeiro. Editora Elsevier, Burns DA, Breathnach SM, Cox NH and Griffiths CEM, Rook s Textbook of Dermatology. 8 th ed. Blackwell Publishing Ltd., Jimenez J. et al. Efficacy and Safety of a Low-level Laser Device in the Treatment of Male and Female Pattern Hair Loss: A Multicenter, Randomized, Sham Device-controlled, Double-blind Study. Am J Clin Dermatol. 2014; 15(2): Published online 2014 Jan 29. DOI: /s Lanzafame RJ. The growth of human scalp hair in females using visible red light laser and LED sources. Lasers Surg Med Oct; 46(8): Published online 2014 Aug 13. DOI: /lsm Le Floc h C. Effect of a nutritional supplement on hair loss in women. J Cosmet Dermatol. 14, Acessado em 18/01/16. Disponível em: 8. Ramos PM, Miot HA. Female Pattern Hair Loss: a clinical and pathophysiological review. An. Bras. Dermatol. vol.90 no.4. Rio de Janeiro July/Aug DOI: /abd Shapiro J, Thiers BH. Distúrbios Capilares: Conceitos Atuais em Fisiopatologia, Diagnóstico e Tratamento. 1ª. Ed. Editora Di Livros, Varothai S, Bergfeld WF. Androgenetic Alopecia: An Evidence-Based Treatment Update. Am J Clin Dermatol. Jul 2014;15 (3): Acessado em 18/01/16. Disponível em: DOI /s

CALVÍCIE FEMININA: CLASSIFICAÇÃO PROPOSTA

CALVÍCIE FEMININA: CLASSIFICAÇÃO PROPOSTA ARTIGO ORIGINAL Basto Jr FT CALVÍCIE FEMININA: CLASSIFICAÇÃO PROPOSTA Female baldness: proposal classification FERNANDO TEIXEIRA BASTO JÚNIOR 1 RESUMO O autor apresenta uma nova sugestão para classificar

Leia mais

Displasia Ectodérmica Hipoidrótica (Síndrome de Christ-Siemens-Touraine)

Displasia Ectodérmica Hipoidrótica (Síndrome de Christ-Siemens-Touraine) INSTITUTO DE DERMATOLOGIA PROF. R. D. AZULAY Chefia: Prof. David Rubem Azulay Displasia Ectodérmica Hipoidrótica (Síndrome de Christ-Siemens-Touraine) Autores: Lucila D Amico Póvoa Ana Carolina Nunes Tasca

Leia mais

DRA. CHRISTINE GRAF GUIMARÃES - CRM 16538

DRA. CHRISTINE GRAF GUIMARÃES - CRM 16538 DRA. CHRISTINE GRAF GUIMARÃES - CRM 16538 TRABALHOS APRESENTADOS EM CONGRESSOS Technical Aspects for Optimizing the Results of Donor Area Scars ISHRS 21st Annual Scientific Meeting Hyatt Regency San Francisco

Leia mais

Dra. Christine Graf Guimarães CRM 16538

Dra. Christine Graf Guimarães CRM 16538 Dra. Christine Graf Guimarães CRM 16538 Médica graduada pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) em dezembro de 1998. Fez residência médica em Dermatologia no Hospital de Clínicas de Curitiba (UFPR)

Leia mais

Associação Entre Capsaicina e Isoflavonas é Eficaz na Alopecia

Associação Entre Capsaicina e Isoflavonas é Eficaz na Alopecia Associação Entre Capsaicina e Isoflavonas é Eficaz na Alopecia Estímula o Crescimento Capilar Via Ativação de IGF-1 Eficácia Comprovada In Vivo e Através de Estudo Clínico Tratamento Livre de Efeitos Adversos

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. PARECER COREN-SP 031/2012 CT PRCI n 99.330/2012

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. PARECER COREN-SP 031/2012 CT PRCI n 99.330/2012 PARECER COREN-SP 031/2012 CT PRCI n 99.330/2012 Ementa: Aplicação da crioterapia (neve carbônica) no tratamento de Alopecia Areata (AA). 1. Do fato Profissional Enfermeira Fiscal deste Conselho encontrou

Leia mais

Afecções capilares/procedimento/práticas assistenciais.

Afecções capilares/procedimento/práticas assistenciais. Tricologia Afecções capilares/procedimento/práticas assistenciais. Anexo da pele Anatomia do couro cabeludo Doenças de couro cabeludo Protocolo Definições patológicas Tratamento patológicos Matérias e

Leia mais

Secos, mistos, oleosos. Qual o seu tipo de cabelo? Você cuida bem de seus cabelos? Confira algumas dicas da dermatologista Dra. Andréa Botto.

Secos, mistos, oleosos. Qual o seu tipo de cabelo? Você cuida bem de seus cabelos? Confira algumas dicas da dermatologista Dra. Andréa Botto. Secos, mistos, oleosos. Qual o seu tipo de cabelo? Você cuida bem de seus cabelos? Confira algumas dicas da dermatologista Dra. Andréa Botto. CONTEÚDO HOMOLOGADO Nesta entrevista ao isaúde Bahia, a médica

Leia mais

Prohairin Novo Peptídeo Biomimético para Estímulo do Crescimento Capilar

Prohairin Novo Peptídeo Biomimético para Estímulo do Crescimento Capilar Novo Peptídeo Biomimético para Estímulo do Crescimento Capilar Estimula o Crescimento de Novos Fios Após 6 Semanas Aumenta a Produção de Proteínas de Ancoragem Reduz a Oleosidade do Couro Cabeludo em 23%

Leia mais

Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE

Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE Programa de Pós-graduação em Biofotônica Aplicada às Ciências da Saúde Universidade Nove de Julho - UNINOVE Normas para Redação de Dissertações/Teses 1. Estrutura A estrutura de uma dissertação, tese ou

Leia mais

A utilização da Finasterida no Tratamento da Alopécia Androgenética

A utilização da Finasterida no Tratamento da Alopécia Androgenética A utilização da Finasterida no Tratamento da Alopécia Androgenética Weide, A. C. Milão, D. anna.weide@pucrs.acad.br, dmilao@pucrs.br RESUMO A alopécia é uma doença que afeta e preocupa grande parte da

Leia mais

Periódico de Dermatologia

Periódico de Dermatologia Sumário Periódico de Dermatologia Publicação Oficial do Serviço de Dermatologia do IMS Periódico de Dermatologia Instituto IMS Novembro / 2013 - Volume I - Número 8 www.institutoims.com.br 1 Setembro /

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DO RIO GRANDE DO SUL Autarquia Federal Lei nº 5.905/73

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DO RIO GRANDE DO SUL Autarquia Federal Lei nº 5.905/73 PARECER CTSAB Nº 04/2013 Porto Alegre, 22 de julho de 2013. Aplicação de crioterapia (neve carbônica) no tratamento de Alopecia Areata (AA) a partir de prescrição médica, por profissional enfermeiro. I

Leia mais

ANÁLISE DE ASPECTOS NUTRICIONAIS EM IDOSOS ADMITIDOS NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

ANÁLISE DE ASPECTOS NUTRICIONAIS EM IDOSOS ADMITIDOS NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA ANÁLISE DE ASPECTOS NUTRICIONAIS EM IDOSOS ADMITIDOS NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA Belarmino Santos de Sousa Júnior¹ ; Fernando Hiago da Silva Duarte²; Ana Elza da Silva Mendonça³ ¹ Acadêmico de Enfermagem

Leia mais

Resumo. Abstract. Desmistificando questões de eficácia e segurança no tratamento da alopecia androgenética na mulher. At u a l i z a ç ã o

Resumo. Abstract. Desmistificando questões de eficácia e segurança no tratamento da alopecia androgenética na mulher. At u a l i z a ç ã o Desmistificando questões de eficácia e segurança no tratamento da alopecia androgenética na mulher Demystifying questions of effectiveness and safety in the treatment of androgenetic aopecia in woman At

Leia mais

CURSO DE COMPLEMENTAÇÃO ESPECIALIZADA TRICOLOGIA & ONICOPATIAS

CURSO DE COMPLEMENTAÇÃO ESPECIALIZADA TRICOLOGIA & ONICOPATIAS CURSO DE COMPLEMENTAÇÃO ESPECIALIZADA TRICOLOGIA & ONICOPATIAS Período de Seleção 10 de outubro a 07 de novembro de 2014 Taxa de Inscrição R$ 100,00 Taxa de Matrícula R$ 400,00 Mensalidade R$ 724,00 Forma(s)

Leia mais

Alopecia feminina de padrão androgenético:do diagnóstico ao tratamento. Maria Fernanda Gavazzoni

Alopecia feminina de padrão androgenético:do diagnóstico ao tratamento. Maria Fernanda Gavazzoni Alopecia feminina de padrão androgenético:do diagnóstico ao tratamento Maria Fernanda Gavazzoni Alopecia Feminina de Padrão Androgené3co Até recentemente a AAG feminina foi conhecida como a equivalência

Leia mais

Difenciprona na Alopecia Areata

Difenciprona na Alopecia Areata Difenciprona na Alopecia Areata Melhor Tratamento Para as Formas Graves de Alopecia Areata Resultados Clínicos Satisfatórios Após Seis Meses de Tratamento Maryam A, Hassan S, Farshad F, Parastoo B, Vahide

Leia mais

21 a 23 de julho de 2016 Mercure Belo Horizonte Lourdes Hotel Belo Horizonte BH

21 a 23 de julho de 2016 Mercure Belo Horizonte Lourdes Hotel Belo Horizonte BH 21 a 23 de julho de 2016 Mercure Belo Horizonte Lourdes Hotel Belo Horizonte BH REALIZAÇÃO: APOIO: 1 A SBD realizará de 21 a 23 de julho de 2016 o inédito Simpósio Internacional de Cabelos e Unhas da SBD,

Leia mais

Educación Médica Continuada

Educación Médica Continuada medigraphic Artemisa Educación Médica Continuada Sección esponsorizada por Galderma S. A. Localizador 06-015 Tratamento da Alopecia Areata Treatment of alopecia areata M. Carolina W. Rey, Renan R. Bonamigo

Leia mais

PROTOCOLO PARA TRATAMENTO DA ALOPECIA ANDROGENÉTICA

PROTOCOLO PARA TRATAMENTO DA ALOPECIA ANDROGENÉTICA PROTOCOLO PARA TRATAMENTO DA ALOPECIA ANDROGENÉTICA Linda Mary Gouget de Paiva, MD., Ricardo Frota Boggio, Ph.D., Juan Carlos Prado, MD; Adolfo Ribeiro Carlucci, MD; Instituto Brasileiro de Pesquisa e

Leia mais

21 a 23 de julho de 2016 Hotel Mercure - Lourdes Belo Horizonte MG

21 a 23 de julho de 2016 Hotel Mercure - Lourdes Belo Horizonte MG 21 a 23 de julho de 2016 Hotel Mercure - Lourdes Belo Horizonte MG REALIZAÇÃO: APOIO: 1 A SBD realizará de 21 a 23 de julho de 2016 o inédito I Simpósio Internacional de Cabelos e Unhas da SBD, em Belo

Leia mais

1. Quais são as causas para a queda de cabelo?

1. Quais são as causas para a queda de cabelo? ? 1. Quais são as causas para a queda de cabelo? A queda de cabelo tem as causas mais diversas. Dentre as mais comuns, estão as deficiências nutricionais (por exemplo, anemia) e alterações na tireóide

Leia mais

ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO RECÉM-NASCIDO EM FOTOTERAPIA: UMA REVISÃO DE LITERATURA

ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO RECÉM-NASCIDO EM FOTOTERAPIA: UMA REVISÃO DE LITERATURA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO RECÉM-NASCIDO EM FOTOTERAPIA: UMA REVISÃO DE LITERATURA Flávia Teixeira Germano, Universidade Potiguar, flavinhabebezao@hotmail.com Ana Eliedna Nogueira, Universidade Potiguar,

Leia mais

1. O que é MINOXIDIL BIORGA 5% solução cutânea e para que é utilizado

1. O que é MINOXIDIL BIORGA 5% solução cutânea e para que é utilizado Folheto informativo: Informação para o doente MINOXIDIL BIORGA 5% solução cutânea Minoxidil Leia com atenção todo este folheto antes de começar a utilizar este medicamento pois contém informação importante

Leia mais

HIPERADRENOCORTICISMO EM CÃES

HIPERADRENOCORTICISMO EM CÃES 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 HIPERADRENOCORTICISMO EM CÃES Veruska Martins da Rosa 1, Caio Henrique de Oliveira Carniato 2, Geovana Campanerutti Cavalaro 3 RESUMO: O hiperadrenocorticismo

Leia mais

TÍTULO: DADOS EPIDEMIOLÓGICOS OBRE CÂNCER DE MAMA E COLO UTERINO ENTRE MULHERES DE BAIXA RENDA DA CIDADE DE LINS SP

TÍTULO: DADOS EPIDEMIOLÓGICOS OBRE CÂNCER DE MAMA E COLO UTERINO ENTRE MULHERES DE BAIXA RENDA DA CIDADE DE LINS SP Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: DADOS EPIDEMIOLÓGICOS OBRE CÂNCER DE MAMA E COLO UTERINO ENTRE MULHERES DE BAIXA RENDA DA CIDADE

Leia mais

Surgical & Cosmetic Dermatology ISSN: 1984-5510 revista@sbd.org.br Sociedade Brasileira de Dermatologia Brasil

Surgical & Cosmetic Dermatology ISSN: 1984-5510 revista@sbd.org.br Sociedade Brasileira de Dermatologia Brasil Surgical & Cosmetic Dermatology ISSN: 1984-5510 revista@sbd.org.br Sociedade Brasileira de Dermatologia Brasil Mulinari-Brenner, Fabiane; Seidel, Gabriela; Hepp, Themis Entendendo a alopecia androgenética

Leia mais

Cesar Borges Machado Filho ALOPÉCIA ANDROGENÉTICA MASCULINA: REVISÃO E ATUALIZAÇÃO EM TRATAMENTOS

Cesar Borges Machado Filho ALOPÉCIA ANDROGENÉTICA MASCULINA: REVISÃO E ATUALIZAÇÃO EM TRATAMENTOS Cesar Borges Machado Filho ALOPÉCIA ANDROGENÉTICA MASCULINA: REVISÃO E ATUALIZAÇÃO EM TRATAMENTOS Trabalho apresentado ao curso de Pós-Graduação de Medicina Estética da Universidade Tuiuti do Paraná sob

Leia mais

Secretaria de Estado da Saúde Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Comissão de Concursos Públicos - CCP

Secretaria de Estado da Saúde Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Comissão de Concursos Públicos - CCP Secretaria de Estado da Saúde Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Comissão de Concursos Públicos - CCP Concurso Público: MÉDICO Edital HCFMUSP no. 148/2010-CCP ABERTURA

Leia mais

AVALIAÇÃO DA EFICÁCIA DA APLICAÇÃO DO LASER DE BAIXA POTÊNCIA COMO PREVENÇÃO E/OU MELHORA DA MUCOSITE ORAL: REVISÃO DE LITERATURA

AVALIAÇÃO DA EFICÁCIA DA APLICAÇÃO DO LASER DE BAIXA POTÊNCIA COMO PREVENÇÃO E/OU MELHORA DA MUCOSITE ORAL: REVISÃO DE LITERATURA AVALIAÇÃO DA EFICÁCIA DA APLICAÇÃO DO LASER DE BAIXA POTÊNCIA COMO PREVENÇÃO E/OU MELHORA DA MUCOSITE ORAL: REVISÃO DE LITERATURA Marsi Teresa¹, Oliveira Liv AM², Amadei Renata³ Resumo- A Mucosite Oral

Leia mais

PREVALÊNCIA DE OSTEOPOROSE E CONDUTA TERAPÊUTICA EM MULHERES NA PÓS-MENOPAUSA ATENDIDAS POR UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE DE MANDAGUAÇU - PR

PREVALÊNCIA DE OSTEOPOROSE E CONDUTA TERAPÊUTICA EM MULHERES NA PÓS-MENOPAUSA ATENDIDAS POR UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE DE MANDAGUAÇU - PR ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 PREVALÊNCIA DE OSTEOPOROSE E CONDUTA TERAPÊUTICA EM MULHERES NA PÓS-MENOPAUSA ATENDIDAS POR UMA UNIDADE

Leia mais

Alopecia Areata Abordagem Homeopática Diagnóstico e Tratamento

Alopecia Areata Abordagem Homeopática Diagnóstico e Tratamento Abordagem Homeopática Diagnóstico e Tratamento Luciana Valentini de Melo Cesarini V CONABRAH - 2006 AlopeciaAreata Diagnóstico Clínico na grande maioria casos Formas difusas crônicas: Dosagem de ac tiróide

Leia mais

PLANO DE CURSO 7 PERÍODO 2015.1

PLANO DE CURSO 7 PERÍODO 2015.1 PLANO DE CURSO 7 PERÍODO 2015.1 Curso: Medicina Componente Curricular: Ginecologia Carga Horária Total: 108 horas (teórica: 72 horas e prática: 36 horas). Professor Titular: Dib Abdalla Chacur Professor

Leia mais

RESULTADO DA REVISÃO DA LITERATURA

RESULTADO DA REVISÃO DA LITERATURA Nota Técnica 18/2013 Data: 01/03/2013 Solicitante: Dr. Almir Prudente dos Santos Juiz de Direito Vara Única Cachoeira de Minas MG Medicamento Material Procedimento Cobertura x Número do processo: 0097.13.000232-8

Leia mais

finasterida Merck S/A comprimidos revestidos 1 mg

finasterida Merck S/A comprimidos revestidos 1 mg finasterida Merck S/A comprimidos revestidos 1 mg finasterida Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999. 1 mg APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos de 1 mg em embalagem com 30 ou 60 comprimidos. USO ORAL

Leia mais

exceto para hipertensão. As pacientes responderam a dois questionários depois de terminado o tratamento. O questionário um perguntava qual q

exceto para hipertensão. As pacientes responderam a dois questionários depois de terminado o tratamento. O questionário um perguntava qual q AVALIAÇÃO DO TRATAMENTO PARA REJUVENESCIMENTO COM O LED (LIGHT EMMITING DIODES) Bhertha M. Tamura (Assistente da Universidade de Santo Amaro, Colaboradora da Dermatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade

Leia mais

A CONDUTA DO ENFERMEIRO NO CUIDADO AO RECÉM-NASCIDO COM DIAGNÓSTICO DE DISTROFIA TORÁCICA ASFIXIANTE (SÍNDROME DE JEUNE)

A CONDUTA DO ENFERMEIRO NO CUIDADO AO RECÉM-NASCIDO COM DIAGNÓSTICO DE DISTROFIA TORÁCICA ASFIXIANTE (SÍNDROME DE JEUNE) A CONDUTA DO ENFERMEIRO NO CUIDADO AO RECÉM-NASCIDO COM DIAGNÓSTICO DE DISTROFIA TORÁCICA ASFIXIANTE (SÍNDROME DE JEUNE) Fabrício Martins Machado Carrijo (fmartinsmachadocarrijo@gmail.com); Mônica de Oliveira

Leia mais

MELHORA DAS DORES CORPORAIS RELACIONADA Á PRÁTICA REGULAR DE HIDROGINÁSTICA

MELHORA DAS DORES CORPORAIS RELACIONADA Á PRÁTICA REGULAR DE HIDROGINÁSTICA 9. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( X) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA MELHORA DAS

Leia mais

Influência do peso corporal no tratamento adjuvante do câncer de mama

Influência do peso corporal no tratamento adjuvante do câncer de mama Influência do peso corporal no tratamento adjuvante do câncer de mama Declaro não haver conflito de interesse Dra Maria Cecília Monteiro Dela Vega Médica Oncologista Clínica- CEBROM e Hospital Araujo Jorge

Leia mais

Faculdades Adamantinenses Integradas (FAI) www.fai.com.br

Faculdades Adamantinenses Integradas (FAI) www.fai.com.br Faculdades Adamantinenses Integradas (FAI) www.fai.com.br LEITE, Gisele Bueno da Silva; MOURA, Karla Senger Pinto de; DORNELAS, Lilian Maria Candido de Souza; BORGES, Juliana Bassalobre Carvalho. Atuação

Leia mais

Agudo tem em geral a duração de dois a seis meses, sendo seguido, freqüentemente, por recuperação completa, sem necessidade de intervenção

Agudo tem em geral a duração de dois a seis meses, sendo seguido, freqüentemente, por recuperação completa, sem necessidade de intervenção QUEDA DE CABELO QUEDA DE CABELO Alopecia cicatricial Eflúvios Anágeno Telógeno (agudo / crônico) Alopecia areata Alopecia androgenética Alopecia cicatricial Perda de cabelo causada por acidentes, cirurgias

Leia mais

Introdução. Graduanda do Curso de Medicina Veterinária UNIVIÇOSA. E-mail: isapvet@hotmail.com. 2

Introdução. Graduanda do Curso de Medicina Veterinária UNIVIÇOSA. E-mail: isapvet@hotmail.com. 2 HEMIVÉRTEBRA EM CÃES - REVISÃO Isabella de Paula Valeriano 1, Ronaldo Oliveira Silveira 2, João Paulo Machado 3, Waleska de Melo Ferreira Dantas 4, Paula Piccolo Miatan 5 Resumo: A hemivértebra é uma malformação,

Leia mais

PREVALÊNCIA DE MULHERES QUE REALIZARAM MAMOGRAFIA EM TRÊS UNIDADES DE SAÚDE DECRUZ ALTA - RS

PREVALÊNCIA DE MULHERES QUE REALIZARAM MAMOGRAFIA EM TRÊS UNIDADES DE SAÚDE DECRUZ ALTA - RS PREVALÊNCIA DE MULHERES QUE REALIZARAM MAMOGRAFIA EM TRÊS UNIDADES DE SAÚDE DECRUZ ALTA - RS CERBARO, Kamila 1 ; ROSA, Jéssica 2 ; CARVALHO, Lidiane 3 ; HANSEN, Dinara 4 ; COSER, Janaina 5 Palavras-Chave:

Leia mais

A AIDS NA TERCEIRA IDADE: O CONHECIMENTO DOS IDOSOS DE UMA CASA DE APOIO NO INTERIOR DE MATO GROSSO

A AIDS NA TERCEIRA IDADE: O CONHECIMENTO DOS IDOSOS DE UMA CASA DE APOIO NO INTERIOR DE MATO GROSSO A AIDS NA TERCEIRA IDADE: O CONHECIMENTO DOS IDOSOS DE UMA CASA DE APOIO NO INTERIOR DE MATO GROSSO SATO, Camila Massae 1 Palavras-chave: Idoso, AIDS, conhecimento Introdução A população idosa brasileira

Leia mais

Surgical & Cosmetic Dermatology ISSN: 1984-5510 revista@sbd.org.br Sociedade Brasileira de Dermatologia Brasil

Surgical & Cosmetic Dermatology ISSN: 1984-5510 revista@sbd.org.br Sociedade Brasileira de Dermatologia Brasil Surgical & Cosmetic Dermatology ISSN: 1984-5510 revista@sbd.org.br Sociedade Brasileira de Dermatologia Brasil Sant'Anna Addor, Flávia Alvim; de Melo Cardoso Pereira, Vanessa; Fernandes de Abreu, Felipe;

Leia mais

TRANSPLANTE CAPILAR: INCISÃO SAGITAL VERSUS CORONAL

TRANSPLANTE CAPILAR: INCISÃO SAGITAL VERSUS CORONAL ARTIGO ORIGINAL Franco T et al. TRANSPLANTE CAPILAR: INCISÃO SAGITAL VERSUS CORONAL Hair transplantation: sagittal versus coronal incision JOSÉ CANDIDO MURICY 1, MARIA ANGÉLICA MURICY 2 RESUMO A cirurgia

Leia mais

Produtos para saúde. A visão de quem utiliza. Wanderley Marques Bernardo

Produtos para saúde. A visão de quem utiliza. Wanderley Marques Bernardo Produtos para saúde A visão de quem utiliza Wanderley Marques Bernardo Nós não vemos as coisas como elas são, nós vemos como nós somos Anaïs Nin VISÃO PACIENTES CONFLITOS DE MÉDICO INTERESSE SISTEMA DE

Leia mais

Área: Fisioterapia na Saúde da Mulher e Dermatofuncional

Área: Fisioterapia na Saúde da Mulher e Dermatofuncional PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES SUBSTITUTOS DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA. Área: Fisioterapia na Saúde da Mulher e Dermatofuncional

Leia mais

DIAGNÓSTICO DE DERMATOPATIAS EM EQUINOS ATRAVÉS DO MÉTODO DE TRICOGRAMA

DIAGNÓSTICO DE DERMATOPATIAS EM EQUINOS ATRAVÉS DO MÉTODO DE TRICOGRAMA 1 DIAGNÓSTICO DE DERMATOPATIAS EM EQUINOS ATRAVÉS DO MÉTODO DE TRICOGRAMA Victor Fernando Santana LIMA 1 ; Gabriela da Cruz PIEDADE 2 ; Taynar Lima BEZERRA 2 ; Anderson de Jesus SANTOS 2 ; Luana Regina

Leia mais

TEGAN alfaestradiol Solução tópica (capilar) 0,25 mg/ml

TEGAN alfaestradiol Solução tópica (capilar) 0,25 mg/ml TEGAN alfaestradiol Solução tópica (capilar) 0,25 mg/ml USO TÓPICO USO ADULTO FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES Solução tópica capilar contendo 0,25 mg de alfaestradiol. Embalagem com 1 frasco plástico

Leia mais

Inovação e Tecnologia

Inovação e Tecnologia Inovação e Tecnologia AnaGain TM INCI: Pisum Sativum (Pea) Sprout Extract (and) Phenoxyethanol (and) Sodium Benzoate (and) Aqua / Water AnaGain é um ativo originado do broto de ervilha orgânico, capaz

Leia mais

INCIDÊNCIA DE TROMBOEMBOLISMO VENOSO NO PÓS-OPERATÓRIO DE PACIENTES SUBMETIDOS À CIRURGIA ORTOPÉDICA DE QUADRIL E JOELHO EM UM HOSPITAL DE GOIÂNIA.

INCIDÊNCIA DE TROMBOEMBOLISMO VENOSO NO PÓS-OPERATÓRIO DE PACIENTES SUBMETIDOS À CIRURGIA ORTOPÉDICA DE QUADRIL E JOELHO EM UM HOSPITAL DE GOIÂNIA. INCIDÊNCIA DE TROMBOEMBOLISMO VENOSO NO PÓS-OPERATÓRIO DE PACIENTES SUBMETIDOS À CIRURGIA ORTOPÉDICA DE QUADRIL E JOELHO EM UM HOSPITAL DE GOIÂNIA. ASSIS, Thaís Rocha¹; SILVA, Mara Nunes da²; SANDOVAL,

Leia mais

Educação Médica Contínua

Educação Médica Contínua TRICOSCOPIA ESTRUTURAS TRICOSCÓPICAS E SUA APLICABILIDADE NAS PATOLOGIAS DO CABELO E DO COURO CABELUDO Teresa Pinto-Almeida 1, Susana Machado 2, Manuela Selores 3 1 Interna do Internato Complementar de

Leia mais

AVICIS alfaestradiol SOLUÇÃO TÓPICA. 0,25 mg/ml

AVICIS alfaestradiol SOLUÇÃO TÓPICA. 0,25 mg/ml AVICIS alfaestradiol SOLUÇÃO TÓPICA 0,25 mg/ml 1 AVICIS alfaestradiol APRESENTAÇÕES Solução capilar, contendo 0,25 mg de alfaestradiol por ml de produto. Embalagem contendo 100 ml, acompanhado de aplicador.

Leia mais

Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now.

Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now. Programa de Residência Médica em Alergia e Imunologia Clínica A - Objetivos gerais da ASBAI para o programa de Residência Médica em Alergia e Imunologia Clínica. 1- Aprimorar as habilidades técnicas, o

Leia mais

COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO SELEÇÃO PARA ESTÁGIO EM DERMATOLOGIA 2011

COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO SELEÇÃO PARA ESTÁGIO EM DERMATOLOGIA 2011 COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO SELEÇÃO PARA ESTÁGIO EM DERMATOLOGIA 2011 Coordenação: Prof. Enio Ribeiro Maynard Barreto Equipe: Profs. Ariene Pedreira Paixão, Carla Rangel Leite Freitas, Jussamara

Leia mais

CURSO: MEDICINA. INFORMAÇÕES BÁSICAS Unidade curricular Bases Biológicas da Prática Médica I. Carga Horária Prática 55

CURSO: MEDICINA. INFORMAÇÕES BÁSICAS Unidade curricular Bases Biológicas da Prática Médica I. Carga Horária Prática 55 Turno: INTEGRAL Currículo 2009 CURSO: MEDICINA INFORMAÇÕES BÁSICAS Unidade curricular Bases Biológicas da Prática Médica I Departamento CCO Período 1 Teórica 125 Carga Horária Prática 55 Total 180 Código

Leia mais

CURSO DE PSICOLOGIA. Trabalho de Conclusão de Curso Resumos 2011.2

CURSO DE PSICOLOGIA. Trabalho de Conclusão de Curso Resumos 2011.2 CURSO DE PSICOLOGIA Trabalho de Conclusão de Curso Resumos 2011.2 COORDENADORA DO CURSO: Prof.ª Mônica Ramos Daltro SALVADOR TEMA: Contribuições da Teoria do Pensamento Complexo Para a Área da Psicologia

Leia mais

Hydrate DNA é uma linha rica em ativos de última geração, como HIDRAHAIR DNA, uma composição rica em aminoácidos e peptídeos, que identifica em cada

Hydrate DNA é uma linha rica em ativos de última geração, como HIDRAHAIR DNA, uma composição rica em aminoácidos e peptídeos, que identifica em cada Hydrate DNA é uma linha rica em ativos de última geração, como HIDRAHAIR DNA, uma composição rica em aminoácidos e peptídeos, que identifica em cada cabelo as reais necessidades dos aminoácidos faltantes,

Leia mais

finasterida Comprimido revestido 1mg

finasterida Comprimido revestido 1mg finasterida Comprimido revestido 1mg MODELO DMODELO DE BULA COM INFORMAÇÕES AO PACIENTE finasterida Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999. APRESENTAÇÕES Comprimido revestido 1mg Embalagens contendo

Leia mais

PERFIL NUTRICIONAL DA CARNE DE BOVINOS, SUÍNOS E DE AVES

PERFIL NUTRICIONAL DA CARNE DE BOVINOS, SUÍNOS E DE AVES PERFIL NUTRICIONAL DA CARNE DE BOVINOS, SUÍNOS E DE AVES Shamara Maldaner 1, Andréia Thainara Thalheimer 1 e Patrícia Diniz Ebling 2 Palavras chaves: consumidor, gordura, paradigma, saúde. INTRODUÇÃO A

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE MEDICINA DEPARTAMENTO MEDICINA SOCIAL ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE MEDICINA DEPARTAMENTO MEDICINA SOCIAL ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE MEDICINA DEPARTAMENTO MEDICINA SOCIAL ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE PÚBLICA RENATO MARTINEZ REBELLATO ENFRENTAMENTO DAS DOENÇAS CRÔNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS:

Leia mais

Dermato-funcional nas Estrias

Dermato-funcional nas Estrias Dermato-funcional nas Estrias Workshop Prático 1.ª Edição 22 de Novembro de 2012 Resumo As estrias representam um problema com grande impacto pois apresenta uma incidência muito elevada, chegando a afetar

Leia mais

DERMATITE ALÉRGICA A PICADA DE INSETOS EM EQUINO RELATO DE CASO

DERMATITE ALÉRGICA A PICADA DE INSETOS EM EQUINO RELATO DE CASO DERMATITE ALÉRGICA A PICADA DE INSETOS EM EQUINO RELATO DE CASO LUCCHIARI, Gustavo Vendrame MARQUES, Débora Juliana Discente do Curso de Medicina Veterinária FAEF Garça. Rodovia Comandante João Ribeiro

Leia mais

Para compreender como os cistos se formam nos ovários é preciso conhecer um pouco sobre o ciclo menstrual da mulher.

Para compreender como os cistos se formam nos ovários é preciso conhecer um pouco sobre o ciclo menstrual da mulher. Cistos de Ovário Os ovários são dois pequenos órgãos, um em cada lado do útero. É normal o desenvolvimento de pequenos cistos (bolsas contendo líquidos) nos ovários. Estes cistos são inofensivos e na maioria

Leia mais

ZOLADEX 3,6 mg e ZOLADEX LA 10,8 mg (acetato de gosserrelina)

ZOLADEX 3,6 mg e ZOLADEX LA 10,8 mg (acetato de gosserrelina) ZOLADEX 3,6 mg e ZOLADEX LA 10,8 mg (acetato de gosserrelina) I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO ZOLADEX acetato de gosserrelina APRESENTAÇÃO Atenção: seringa com sistema de proteção da agulha Depot de 3,6

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Criança Saudável é Criança Feliz

Mostra de Projetos 2011. Criança Saudável é Criança Feliz Mostra de Projetos 2011 Criança Saudável é Criança Feliz Mostra Local de: Paranavaí Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais Nome da Instituição/Empresa: Unimed de Paranavaí

Leia mais

ESTUDO DE CASO: TOXINA BOTULINICA TIPO A EM RUGA GLABELAR

ESTUDO DE CASO: TOXINA BOTULINICA TIPO A EM RUGA GLABELAR UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PÓS GRADUAÇÃO EM MEDICINA ESTÉTICA ESTUDO DE CASO: TOXINA BOTULINICA TIPO A EM RUGA GLABELAR Raphael Luiz G. T. Mira Artigo cientifico para obtenção

Leia mais

Copyright. Tratamento Tópico & Fototerapia

Copyright. Tratamento Tópico & Fototerapia Tratamento Tópico & Fototerapia Prof Dr Ricardo Romiti Coordenador do Ambulatório de Psoríase Departamento de Dermatologia Universidade de São Paulo (USP) Tratamentos Tópicos Indicação v Tratamento das

Leia mais

TÍTULO: ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM Á CRIANÇA NO PÓS-OPERATÓRIO IMEDIATO DE TRANSPLANTE CARDÍACO

TÍTULO: ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM Á CRIANÇA NO PÓS-OPERATÓRIO IMEDIATO DE TRANSPLANTE CARDÍACO TÍTULO: ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM Á CRIANÇA NO PÓS-OPERATÓRIO IMEDIATO DE TRANSPLANTE CARDÍACO CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: ENFERMAGEM INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

ALOXIDIL. Theraskin Farmacêutica Ltda. Solução capilar 5% Minoxidil 50 mg/ml

ALOXIDIL. Theraskin Farmacêutica Ltda. Solução capilar 5% Minoxidil 50 mg/ml ALOXIDIL Theraskin Farmacêutica Ltda. Solução capilar 5% Minoxidil 50 mg/ml Aloxidil minoxidil 50mg/mL SOLUÇÃO CAPILAR 5% USO ADULTO EXCLUSIVO PARA USO MASCULINO USO TÓPICO APRESENTAÇÃO Frasco plástico

Leia mais

Organização de Cursos de Extensão Universitária e Congressos

Organização de Cursos de Extensão Universitária e Congressos Christine de Campos Graf Guimarães Av. Senador Souza Naves, 1025 Alto da XV CEP 80050-040 Curitiba - PR Telefone/Fax: (41) 3363-3009 Formação Universitária - Graduação 1992-1997 Curso de Medicina Universidade

Leia mais

O QUE É E COMO FAZER A ESCOVA EM GEL KERAPROF

O QUE É E COMO FAZER A ESCOVA EM GEL KERAPROF LIBERDADE TOTAL A escova progressiva em gel é um processo de alisamento de longa duração, desenvolvido para tratar dos seus cabelos dando um resultado imediato já na primeira aplicação em qualquer tipo

Leia mais

Shampoo de Ureia Apresenta Eficácia nas Principais Causas da Caspa

Shampoo de Ureia Apresenta Eficácia nas Principais Causas da Caspa Shampoo de Ureia Apresenta Eficácia nas Principais Causas da Caspa Melhora a Hidratação do Couro Cabeludo Remove o Excesso de Queratina Auxilia na Remoção de Placas Reduz o Prurido Aumenta a Permeação

Leia mais

CURSO DE ESTILISMO CAPILAR. Edital de Seleção

CURSO DE ESTILISMO CAPILAR. Edital de Seleção CURSO DE ESTILISMO CAPILAR Edital de Seleção Nome do curso: Estilismo Capilar formação: estilistas em cabelos Coordenador Geral: Prof. Magno Alves Parceria: UNICA Universidade do Cabelo Área do Conhecimento:

Leia mais

PANTOGAR. Biolab Sanus Farmacêutica Ltda. Cápsula gelatinosa dura. queratina + cistina + associações

PANTOGAR. Biolab Sanus Farmacêutica Ltda. Cápsula gelatinosa dura. queratina + cistina + associações PANTOGAR Biolab Sanus Farmacêutica Ltda Cápsula gelatinosa dura queratina + cistina + associações Biolab Sanus Pantogar (Paciente) 03/2015 1 Pantogar queratina + cistina + associações IDENTIFICAÇÃO DO

Leia mais

INDICADORES SOCIAIS E CLÍNICOS DE IDOSOS EM TRATAMENTO HEMODIALÍTICO

INDICADORES SOCIAIS E CLÍNICOS DE IDOSOS EM TRATAMENTO HEMODIALÍTICO INDICADORES SOCIAIS E CLÍNICOS DE IDOSOS EM TRATAMENTO HEMODIALÍTICO Rosângela Alves Almeida Bastos - Universidade Federal da Paraíba- email: rosalvesalmeida2008@hotmail.com Maria das Graças Melo Fernandes

Leia mais

Cetoconazol. Prati-Donaduzzi Creme dermatológico 20 mg/g. Cetoconazol_bula_profissional

Cetoconazol. Prati-Donaduzzi Creme dermatológico 20 mg/g. Cetoconazol_bula_profissional Cetoconazol Prati-Donaduzzi Creme dermatológico 20 mg/g Cetoconazol_bula_profissional INFORMAÇÕES TÉCNICAS AOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE cetoconazol Medicamento genérico Lei n 9.787, de 1999 APRESENTAÇÕES

Leia mais

Desde 1984 Certificação CE Pioneiro em laser de baixa intensidade Inovador e patenteado Vendas mundiais Mais de 30 países Mais de 40.

Desde 1984 Certificação CE Pioneiro em laser de baixa intensidade Inovador e patenteado Vendas mundiais Mais de 30 países Mais de 40. Desde 1984 Certificação CE Pioneiro em laser de baixa intensidade Inovador e patenteado Vendas mundiais Mais de 30 países Mais de 40.000 unidades vendidas Documentação completa Mais de 4 000 estudos de

Leia mais

MENOPAUSA E PELE. Dra Cintia Lima Procopio

MENOPAUSA E PELE. Dra Cintia Lima Procopio MENOPAUSA E PELE Dra Cintia Lima Procopio Graduação em Medicina pela Universidade de Cuiabá- UNIC. Pós-graduação em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro- UFRJ Titulo de Especialista

Leia mais

TÍTULOS 1808 1822 1889 50 MAIORES MITOS POPULARES DA PSICOLOGIA 500 anos de legislação esportiva brasileira: Administração nos novos tempos

TÍTULOS 1808 1822 1889 50 MAIORES MITOS POPULARES DA PSICOLOGIA 500 anos de legislação esportiva brasileira: Administração nos novos tempos TÍTULOS 1808 1822 1889 50 MAIORES MITOS POPULARES DA PSICOLOGIA 500 anos de legislação esportiva brasileira: Administração nos novos tempos Administração para não administradores Anatomia do tenis Anatomia

Leia mais

ANÁLISE DO PROGNÓSTICO DE PACIENTES INFECTADOS COM HIV DE LONDRINA E REGIÃO DE ACORDO COM PERFIL NUTRICIONAL

ANÁLISE DO PROGNÓSTICO DE PACIENTES INFECTADOS COM HIV DE LONDRINA E REGIÃO DE ACORDO COM PERFIL NUTRICIONAL 1 ANÁLISE DO PROGNÓSTICO DE PACIENTES INFECTADOS COM HIV DE LONDRINA E REGIÃO DE ACORDO COM PERFIL NUTRICIONAL Ana Carolina Borghesi Marques Branco Mariah Martins da Silva Josiane Correia Juliana Ferreira

Leia mais

ULTRASSOM FOCALIZADO

ULTRASSOM FOCALIZADO ULTRASSOM FOCALIZADO Uma opção eficiente e segura para o tratamento conservador da gordura localizada Profa. Dra. Estela Maria Correia Sant Ana Dra em Ciências Fisiológicas UFSCar Especialista em Fisioterapia

Leia mais

CAPYLA HAIR (finasterida)

CAPYLA HAIR (finasterida) CAPYLA HAIR (finasterida) EMS SIGMA PHARMA LTDA Comprimido Revestido 1 mg IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Capyla-hair finasterida APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos de 1 mg de finasterida acondicionados

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NO PERÍODO DO CLIMATÉRIO 1

A IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NO PERÍODO DO CLIMATÉRIO 1 A IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NO PERÍODO DO CLIMATÉRIO 1 Angélica Aparecida De Almeida 2, Ligia Beatriz Bento Franz 3, Mabili Tresel Freitas 4, Vanessa Huber Idalêncio 5. 1 Pesquisa Institucional

Leia mais

Comparação entre a técnica clássica de transplante de unidades foliculares e o transplante de fios longos (preview long hair)

Comparação entre a técnica clássica de transplante de unidades foliculares e o transplante de fios longos (preview long hair) RTIGO ORIGINL Comparação entre a técnica clássica de transplante Vendramin Franco de T FS et unidades al. et al. foliculares e o transplante de fios longos Comparação entre a técnica clássica de transplante

Leia mais

Gomes,Gustavo V.; Abreu,Daniel D.G.; Magalhães,Gustavo S.C.; Calapodopulos,George H.;

Gomes,Gustavo V.; Abreu,Daniel D.G.; Magalhães,Gustavo S.C.; Calapodopulos,George H.; VALOR DO 99m Tc-SESTAMIBI EM PACIENTES COM MELANOMA MALIGNO Gomes,Gustavo V.; Abreu,Daniel D.G.; Magalhães,Gustavo S.C.; Calapodopulos,George H.; Braga, Helton M.; Moraes, Renata F.; Rezende,Marta O.;

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste/Centro de Ciências da Saúde - Departamento de Enfermagem - Guarapuava PR

Universidade Estadual do Centro-Oeste/Centro de Ciências da Saúde - Departamento de Enfermagem - Guarapuava PR PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DE IDOSOS INTERNADOS NA CLINICA MÉDICA E CLÍNICA CIRÚRGICA EM UM HOSPITAL DE GUARAPUAVA PARANÁ Michele Teixeira (CVI-UNICENTRO), Evani Marques Pereira (UNICENTRO), Evani Marques Pereira

Leia mais

Avaliação em Fisioterapia Dermatofuncional

Avaliação em Fisioterapia Dermatofuncional Avaliação em Fisioterapia Dermatofuncional Ms. Giovana B. Milani Mestre em Ciências pela FMUSP Pós- Graduada em Fisioterapia Dermato-Funcional Pós- Graduada em Aparelho locomotor no esporte Pré e Pós Cirurgia

Leia mais

Assistência Nutricional à. Pacientes em. Radioterapia

Assistência Nutricional à. Pacientes em. Radioterapia Assistência Nutricional à Pacientes em Radioterapia Cristiane Almeida Hanasihiro Nutricionista do Departamento de Oncologia do Hospital Beneficência Portuguesa São Paulo. Estimativas Estimativas no Brasil

Leia mais

PERFIL DOS PACIENTES PORTADORES DA OSTEOPOROSE ATENDIDOS PELO COMPONENTE ESPECIALIZADO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA

PERFIL DOS PACIENTES PORTADORES DA OSTEOPOROSE ATENDIDOS PELO COMPONENTE ESPECIALIZADO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA PERFIL DOS PACIENTES PORTADORES DA OSTEOPOROSE ATENDIDOS PELO COMPONENTE ESPECIALIZADO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA Raquel Lino de Menezes 8, Francielda Geremias da Costa Luz¹, Maycon Allison Horácio de

Leia mais

Manual do Estágio Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética

Manual do Estágio Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ÁREA DA SAUDE E BEM-ESTAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA Manual do Estágio Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética

Leia mais

Ácidos Graxos Essenciais. Prevenção e Tratamento

Ácidos Graxos Essenciais. Prevenção e Tratamento Ácidos Graxos Essenciais Prevenção e Tratamento AGEs na pele - Histórico 1929 Primeiras alterações ocorridas na pele decorrentes da deficiência de AGEs; (BURN, G.O. & BURN, M.M. - A new deficiency disease

Leia mais

GESTÃO DE QUALIDADE EM SERVIÇOS NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO RAMO DE SOFTWARE: GARANTIA DE QUALIDADE MPS.BR

GESTÃO DE QUALIDADE EM SERVIÇOS NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO RAMO DE SOFTWARE: GARANTIA DE QUALIDADE MPS.BR GESTÃO DE QUALIDADE EM SERVIÇOS NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO RAMO DE SOFTWARE: GARANTIA DE QUALIDADE MPS.BR Andressa Silva Silvino 1 Jadson do Prado Rafalski 2 RESUMO O objetivo deste artigo é analisar

Leia mais