DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA COMPUTACIONAL PARA EDIÇÃO DE OBJETOS 3D E ANÁLISE DE RESULTADOS DOSIMÉTRICOS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA COMPUTACIONAL PARA EDIÇÃO DE OBJETOS 3D E ANÁLISE DE RESULTADOS DOSIMÉTRICOS"

Transcrição

1 DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA COMPUTACIONAL PARA EDIÇÃO DE OBJETOS 3D E ANÁLISE DE RESULTADOS DOSIMÉTRICOS Autor: Marcelo Severo Alves Co-autor: Prof. Dr. Fernando Roberto de Andrade Lima Co-autor: Prof. Dr. José Wilson Vieira RECIFE 2013

2 1. Introdução Avaliações dosimétricas através de simulações Monte Carlo são uma linha de pesquisas que têm despertado interesses em diversos grupos de pesquisadores, com a intenção de estimar a distribuição de dose absorvida pelo corpo humano quando exposto à radiação. Esta não é uma tarefa fácil, pois as grandezas envolvidas são quantidades operacionais e a energia absorvida pelo corpo humano, quando exposto à uma fonte interna de radiação, não pode ser medida diretamente. Desta maneira, faz-se uso de um modelo computacional de exposição (MCE) para se estimar a dose absorvida nos mais diversos tecidos e órgãos do corpo humano. Relatório 89 ICRP (2003) Fantomas de voxel Algoritmo de fonte Código Monte Carlo Fantomas de malhas Fantomas de voxel Algoritmo da fonte Código Monte Carlo Fantomas de malhas Algoritmo da fonte Código Monte Carlo? AVALIAÇÃO DOSIMÉTRICA

3 2. Objetivos Objetivo geral: Desenvolver um sistema computacional para edição de objetos 3D com análise gráfica e numérica de resultados dosimétricos. Objetivos específicos:» Editar um fantoma sadio visando estimar à dose que chega a uma região específica durante a realização de uma braquiterapia com uma fonte de Irídio- 192;» Desenvolver um algoritmo para simular uma fonte de Ir 192, a ser acoplado a um código Monte Carlo para simulação dosimétrica;» Estimar à dose que chega a um determinado órgão durante a realização de um procedimento de braquiterapia de um câncer situado na porção média do esôfago, com uma fonte de Irídio-192;» Criar um aplicativo que processe imagens digitais permitindo, através de menus, a realização de algumas tarefas corriqueiras à análise dosimétrica, de forma mais simples, rápida e interativa.

4 3. Revisão de literatura Modelos de Exposição Fonte FÍSICO Geometria COMPUTACIONAL Código Monte Carlo Geometria Algoritmo Fonte

5 3. Revisão de literatura Modelos de exposição Modelos computacionais de geometria Fantomas de malhas (CASSOLA, 2009)

6 3. Revisão de literatura Modelos de exposição Métodos Monte Carlo Métodos estatísticos utilizados para obter resposta de problemas de alta complexidade ou de solução algébrica impossível; Utilizados em simulações estocásticas e/ou determinísticas com inúmeras aplicações em diversas áreas incluindo a física médica (TURNER et al., 1985); Envolve o uso deliberado de números aleatórios em cálculos que tenham uma estrutura de um processo estocástico (Kalos e Whitlock, 1986)

7 3. Revisão de literatura Modelos de exposição Algoritmo de uma fonte radioativa Escrito por Vieira (2004); Construção de um modelo computacional de exposição para cálculos dosimétricos utilizando o código monte carlo EGS4 e fantomas de voxels. Escrito por Kramer (2007) Skeletal dosimetry for external exposure to photons based on µct images of spongiosa from different bone sites. Alteração por Lopes Filho (2007) em Vieira (2004); Avaliações dosimétricas em pacientes submetidos à radioiodoterapia com base em fantomas de voxels e em imagens de medicina nuclear. Alterado por Barbosa (2010) em Vieira (2004); Avaliação dosimétrica em Braquiterapia permanente de baixa Taxa de dose para tratamento de Câncer de próstata; Alterado por Costa (2011) em Vieira (2004); Desenvolvimento de modelos antropomórficos patológicos usando técnicas de modelagem 3D para dosimetria numérica.

8 3. Revisão de literatura Modelos de exposição Dosimetria das radiações Dosimetria Externa Dose absorvida por Kerma no ar. Dosimetria Interna Dose por atividade acumulada; Dose por partícula emitida; Fração de energia; Fração de energia específica; Energia Depositada por voxel.

9 3. Revisão de literatura Modelos de exposição Dosimetria das radiações O uso do Coeficiente de Conversão no código EGSnrc Coeficiente de Conversão (CC). / (mgy/s) = CC. x A(MBq) Código MC Ficha de certificação D(mGy) = (mgy/s) x T(s)

10 4. Material e métodos Material utilizado Material utilizado Computador Intel Core i7 2670QM 2,20GHz 2,20GHz, 6GB de RAM, 500GB de HD, Placa de vídeo NVIDIA GeForce GT525M 2GB; Computador Intel Core i7-990x com placa de vídeo GeForce, 24Gb de RAM e clock de 3.46 GHz, do laboratório LDN-IFPE; Sistema Operacional Microsoft Windows 7 Home Premium, Service Pack 1, de 64 Bits; Acessórios componentes do Windowns; Bloco de Notas e Paint; Microsoft Office 2010 Professional Plus 64 bits; Plataforma de programação Microsoft Visual Studio 2010;

11 4. Material e métodos Material utilizado Material utilizado Aplicativo conversor de malhas em voxelbinvoxversion1.16: Disponível em Aplicativo de modelagem 3D Blender version 2.63: Disponível em Aplicativo processador de imagens DIP: Propriedade do GDN/UFPE; Aplicativo processador de Imagens FIJI: Disponível em: Aplicativo visualizador de imagens voxelizadas Viewvox version 0.41: Disponível em:

12 4. Material e métodos Material utilizado Material utilizado O código EGSnrc, desenvolvido por KAWRAKOW et al., (2011), modificado a partir de ferramentas de computação gráfica para permitir uma visualização vetorial em malhas 3D, para estudos dosimétricos de superfícies de isodose, no tratamento com fontes de Ir-192; Conjuntos de imagens SGI (Simulações Gráficas Interativas), do FASH e MASH. Conjunto de imagens anatômica em 3D, adquirido pelo GDN/UFPE.

13 4. Material e métodos Método Este trabalho foi desenvolvido em diversas etapas, a saber: 1. Preparação dos fantomas; 2. Voxelização do fantoma de malhas; 3. Implementaçãodoalgoritmosimuladordafontede 192 Ir; 4. Acoplamento da fonte e geometria ao código Monte Carlo EGSnrc; 5. Avaliação dosimétrica; 6. Construção do software M3dDose; 7. Adição dos dados obtidos ao aplicativo criado;

14 4. Material e métodos Material utilizado Preparação dos fantomas; Edição dos fantomas Inserção do tumor;

15 4. Material e métodos Método adotado Edição do fantoma de voxel no FIJI Preparação dos fantomas;

16 4. Material e métodos Método adotado Preparação dos fantomas; Edição do fantoma de malhas no BLENDER Corte de estruturas sobressalentes; Ocultação do coração e pulmão; Localização do ponto de inserção; Ampliação da área (Zoom); Inserção do tumor (Extrusão); Re-exibição do coração e pulmão;

17 4. Material e métodos Método adotado Voxelização do fantoma de malhas Preparação dos fantomas;

18 4. Material e métodos Método adotado Implementação do algoritmo simulador da fonte de 192 Ir; Radionuclídeo: Ir-192 Atididade: 14,44 Ci Dimensões da fonte: diâmetro 0,65mm comprimento 3,60mm Capsula: Aço inoxidável AISI 316L Densidade 8 g/cm 3 Dimensões da capsula: diâmetro 0,90mm comprimento 4,50mm

19 4. Material e métodos Material utilizado Determinação do número de histórias Avaliação dosimétrica; 1E5 2E5 4E5 6E5 8E5 1E6 2E6 3E6 4E6 5E6 8E6 1E7 2E7 5E7 1E8 3E8 5E8 7E8 9E8 1E9 2E9

20 4. Material e métodos Método adotado Avaliação dosimétrica; Simulação das interações primárias e secundárias

21 4. Material e métodos Método adotado Construção do Software M3dDose; (Mapeamento de Dose com suporte 3D) [1] + = [2] [3] [4] [1] [2] [3] [4]

22

23 5. Resultados e discusão Edição do fantoma de voxel no FIJI Preparação dos fantomas;

24 5. Resultados e discusão Preparação dos fantomas; Edição do fantoma de malhas no BLENDER

25 5. Resultados e discusão Preparação dos fantomas; Edição do fantoma de malhas no BLENDER

26 5. Resultados e discussão Preparação dos fantomas; Voxelização do fantoma de malhas [Viewvox] [binvox]

27 5. Resultados e discusão Preparação dos fantomas; Implementação do algoritmo simulador da fonte

28 5. Resultados e discussão Determinação do melhor número de histórias; 5x10 8

29 5. Resultados e discussão Simulação das interações primárias e secundárias;

30 5. Resultados e discussão Construção do Software M3dDose;

31 5. Resultados e discussão Adição dos dados obtidos ao aplicativo criado; Avaliação gráfica da análise dosimétrica

32 5. Resultados e discussão Adição dos dados obtidos ao aplicativo criado; Visualização do mapeamento de doses Energias Doses média

33 5. Resultados e discussão Adição dos dados obtidos ao aplicativo criado; Visualização do mapeamento de doses (interações primárias)

34 5. Resultados e discussão Adição dos dados obtidos ao aplicativo criado; Visualização do mapeamento de doses (interações secundárias)

35 5. Resultados e discussão Adição dos dados obtidos ao aplicativo criado; Visualização do mapeamento de doses (ip)

36 5. Resultados e discussão O aplicativo M3dDose e a análise visual em 3D; HelixToolkit.Wpf

37 6. Conclusões e Perspectivas Conclusões Todas as funções de conversão necessárias serão convergidas para o M3dDose, que receberá também aperfeiçoamento das técnicas de visualização e edição 3D, além de incrementar um novo algoritmo para inserção dos dados obtidos no resultado da avaliação dosimétrica no fantoma de malhas 3D, possibilitando, desta forma, uma visualização em 3D da distribuição de dose no fantoma de malhas vetoriais.

38 Agradecimentos DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA COMPUTACIONAL PARA EDIÇÃO DE OBJETOS 3D E ANÁLISE DE RESULTADOS DOSIMÉTRICOS Por que ninguém faz nada sozinho.

39

DESENVOLVIMENTO DE UM MÉTODO MONTE CARLO NÃO PARAMÉTRICO PARA GERAR IMAGENS SINTÉTICAS DE OSSOS TRABECULARES J. W. Vieira, V. Leal Neto, J. M.

DESENVOLVIMENTO DE UM MÉTODO MONTE CARLO NÃO PARAMÉTRICO PARA GERAR IMAGENS SINTÉTICAS DE OSSOS TRABECULARES J. W. Vieira, V. Leal Neto, J. M. DESENVOLVIMENTO DE UM MÉTODO MONTE CARLO NÃO PARAMÉTRICO PARA GERAR IMAGENS SINTÉTICAS DE OSSOS TRABECULARES J. W. Vieira, V. Leal Neto, J. M. Lima Filho, J. R. S. Cavalcanti e F. R. A. Lima INTRODUÇÃO

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UM MODELO COMPUTACIONAL DE EXPOSIÇÃO EXTERNA PARA ESTUDO DA DOSE DE ENTRADA NA PELE PARA RADIOGRAFIAS DE TÓRAX E COLUNA

DESENVOLVIMENTO DE UM MODELO COMPUTACIONAL DE EXPOSIÇÃO EXTERNA PARA ESTUDO DA DOSE DE ENTRADA NA PELE PARA RADIOGRAFIAS DE TÓRAX E COLUNA International Joint Conference RADIO 2014 Gramado, RS, Brazil, Augustl 26-29, 2014 SOCIEDADE BRASILEIRA DE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA - SBPR DESENVOLVIMENTO DE UM MODELO COMPUTACIONAL DE EXPOSIÇÃO EXTERNA PARA

Leia mais

Brasil. viriatoleal@yahoo.com.br. igoradiologia @ hotmail.com. jwvieira@br.inter.net

Brasil. viriatoleal@yahoo.com.br. igoradiologia @ hotmail.com. jwvieira@br.inter.net 2009 International Nuclear Atlantic Conference - INAC 2009 Rio de Janeiro,RJ, Brazil, September27 to October 2, 2009 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENERGIA NUCLEAR - ABEN ISBN: 978-85-99141-03-8 APLICAÇÃO DO

Leia mais

Desenvolvimento de Modelos Antropomórficos Patológicos Usando Técnicas de Modelagem 3D para Dosimetria Numérica

Desenvolvimento de Modelos Antropomórficos Patológicos Usando Técnicas de Modelagem 3D para Dosimetria Numérica Desenvolvimento de Modelos Antropomórficos Patológicos Usando Técnicas de Modelagem 3D para Dosimetria Numérica Kleber Souza Silva Costa 1, Antonio Konrado de Santana Barbosa 2, Fernando Roberto de Andrade

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UM MÉTODO MONTE CARLO NÃO PARAMÉTRICO PARA GERAR IMAGENS SINTÉTICAS DE OSSOS TRABECULARES

DESENVOLVIMENTO DE UM MÉTODO MONTE CARLO NÃO PARAMÉTRICO PARA GERAR IMAGENS SINTÉTICAS DE OSSOS TRABECULARES IX Latin American IRPA Regional Congress on Radiation Protection and Safety - IRPA 2013 Rio de Janeiro, RJ, Brazil, April 15-19, 2013 SOCIEDADE BRASILEIRA DE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA - SBPR DESENVOLVIMENTO

Leia mais

CONSTRUÇÃO DE OSSOS TRABECULARES SINTÉTICOS POR MÉTODO MONTE CARLO PARAMÉTRICO

CONSTRUÇÃO DE OSSOS TRABECULARES SINTÉTICOS POR MÉTODO MONTE CARLO PARAMÉTRICO X Congreso Regional Latinoamericano IRPA de Protección y Seguridad Radiológica Radioprotección: Nuevos Desafíos para un Mundo en Evolución Buenos Aires, 12 al 17 de abril, 2015 SOCIEDAD ARGENTINA DE RADIOPROTECCIÓN

Leia mais

Fantomas adultos em função da massa corporal, da altura e da postura usando estatísticas antropométricas Caucasianas

Fantomas adultos em função da massa corporal, da altura e da postura usando estatísticas antropométricas Caucasianas Fantomas adultos em função da massa corporal, da altura e da postura usando estatísticas antropométricas Caucasianas Richard Kramer 1, Vagner Ferreira Cassola 1, Felix Mas Milian 2, Carlos Alberto Brayner

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UM SCRIPT PARA CONVERSÃO DE ARQUIVOS DICOM PARA.TXT

DESENVOLVIMENTO DE UM SCRIPT PARA CONVERSÃO DE ARQUIVOS DICOM PARA.TXT DESENVOLVIMENTO DE UM SCRIPT PARA CONVERSÃO DE ARQUIVOS DICOM PARA.TXT M.E.S. Abrantes 1,2 ; A. H. de Oliveira 1 ; R. C. e Abrantes 3 e M. J. Magalhães 4 1 Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Departamento

Leia mais

DIP UM SOFTWARE PARA PROCESSAMENTO DE IMAGENS DIGITAIS

DIP UM SOFTWARE PARA PROCESSAMENTO DE IMAGENS DIGITAIS DIP UM SOFTWARE PARA PROCESSAMENTO DE IMAGENS DIGITAIS José Wilson VIEIRA (1, 2); Fernando Roberto de Andrade LIMA (3); Adriano Márcio dos SANTOS (4); Viriato LEAL NETO (1); Vanildo Júnior de Melo LIMA

Leia mais

SISTEMA DE CONSTRUÇÃO DE MODELO DE VOXELS A PARTIR DE IMAGENS DE CT OU MR PARA SIMULAÇÃO DE TRATAMENTOS ONCOLÓGICOS VIA MCNP

SISTEMA DE CONSTRUÇÃO DE MODELO DE VOXELS A PARTIR DE IMAGENS DE CT OU MR PARA SIMULAÇÃO DE TRATAMENTOS ONCOLÓGICOS VIA MCNP 2005 International Nuclear Atlantic Conference - INAC 2005 Santos, SP, Brazil, August 28 to September 2, 2005 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENERGIA NUCLEAR - ABEN ISBN: 85-99141-01-5 SISTEMA DE CONSTRUÇÃO DE

Leia mais

A DOSIMETRIA NUMÉRICA NA AVALIAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE AQUISIÇÃO DE IMAGENS MÉDICAS

A DOSIMETRIA NUMÉRICA NA AVALIAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE AQUISIÇÃO DE IMAGENS MÉDICAS CNPq Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico PROJETO DE PESQUISA: A DOSIMETRIA NUMÉRICA NA AVALIAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE AQUISIÇÃO DE IMAGENS MÉDICAS EDUARDO CÉSAR DE MIRANDA LOUREIRO,

Leia mais

Aplicativo para dosimetria interna usando a distribuição biocinética de fótons baseada em imagens de medicina nuclear *

Aplicativo para dosimetria interna usando a distribuição biocinética de fótons baseada em imagens de medicina nuclear * Artigo Original Leal Neto V et al. / Aplicativo para dosimetria usando imagens médicas Aplicativo para dosimetria interna usando a distribuição biocinética de fótons baseada em imagens de medicina nuclear

Leia mais

OBTENÇÃO DE RADIOGRAFIAS DIGITAIS SINTÉTICAS UTILIZANDO MODELOS COMPUTACIONAIS DE EXPOSIÇÃO DO TIPO FANTOMAS E VOXELS / EGS4

OBTENÇÃO DE RADIOGRAFIAS DIGITAIS SINTÉTICAS UTILIZANDO MODELOS COMPUTACIONAIS DE EXPOSIÇÃO DO TIPO FANTOMAS E VOXELS / EGS4 OBTENÇÃO DE RADIOGRAFIAS DIGITAIS SINTÉTICAS UTILIZANDO MODELOS COMPUTACIONAIS DE EXPOSIÇÃO DO TIPO FANTOMAS E VOXELS / EGS4 Roberto COSTA (1); José VIEIRA (2) ; Fernando LIMA (3) (1) Departamento de Energia

Leia mais

Bases Computacionais da Ciência

Bases Computacionais da Ciência BC-0005 Bases Computacionais da Ciência Aula 02 Sumário - Ciência, aplicação e computação - A evolução da tecnologia e conceito de computação - Exemplo de modelagem - Projeto final Conhecimento da natureza

Leia mais

VPCSB15GB. Intel Core i5-2410m (2.30GHz com Turbo Boost até 2.90GHz) AMD Radeon HD 6470M (512MB) + Intel HD Graphics

VPCSB15GB. Intel Core i5-2410m (2.30GHz com Turbo Boost até 2.90GHz) AMD Radeon HD 6470M (512MB) + Intel HD Graphics VPCSB15GB Intel Core i5-2410m (2.30GHz com Turbo Boost até 2.90GHz) AMD Radeon HD 6470M (512MB) + Intel HD Graphics Windows 7 Professional 500GB HDD 4GB DDR3 SDRAM (expansível até 8GB) Tela VAIO Plus de

Leia mais

Projeto de um Sistema Mecânico para Auxiliar o Implante Permanente de Sementes Radioativas em Tecidos Moles

Projeto de um Sistema Mecânico para Auxiliar o Implante Permanente de Sementes Radioativas em Tecidos Moles Universidade Federal de São João Del-Rei MG 26 a 28 de maio de 2010 Associação Brasileira de Métodos Computacionais em Engenharia Projeto de um Sistema Mecânico para Auxiliar o Implante Permanente de Sementes

Leia mais

Entretenimento Full HD realmente panorâmico de 18,4" com processador ultra rápido e unidade Blu-ray Disc

Entretenimento Full HD realmente panorâmico de 18,4 com processador ultra rápido e unidade Blu-ray Disc VGN-AW31ZJ/B Experiência fantástica no ecrã Entretenimento Full HD realmente panorâmico de 18,4" com processador ultra rápido e unidade Blu-ray Disc Website oficial VAIO Europe http://www.vaio.eu/ Website

Leia mais

Tomografia por emissão de pósitrons (PET) Pedro Bastos Costa

Tomografia por emissão de pósitrons (PET) Pedro Bastos Costa Tomografia por emissão de pósitrons (PET) Pedro Bastos Costa Introdução Na Tomografia por Emissão de Pósitrons (PET), diferentemente dos exames de Raio-x ou CT, a emissão da radiação é realizada diretamente

Leia mais

Monitor Wall MVS-MW. Manual do software

Monitor Wall MVS-MW. Manual do software Monitor Wall MVS-MW pt Manual do software Monitor Wall Índice pt 3 Índice 1 Introdução 4 1.1 Sobre este manual 4 1.2 Convenções neste manual 4 1.3 Documentação adicional 4 2 Vista geral do sistema 5 3

Leia mais

TESTES PRELIMINARES EM UM SIMULADOR PEDIÁTRICO DE CRÂNIO PARA DOSIMETRIA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA

TESTES PRELIMINARES EM UM SIMULADOR PEDIÁTRICO DE CRÂNIO PARA DOSIMETRIA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA International Joint Conference RADIO 2014 Gramado, RS, Brazil, Augustl 26-29, 2014 SOCIEDADE BRASILEIRA DE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA - SBPR TESTES PRELIMINARES EM UM SIMULADOR PEDIÁTRICO DE CRÂNIO PARA DOSIMETRIA

Leia mais

CALDose_X online: Cálculos de Monte Carlo em tempo real via Internet para dosimetria em radiodiagnóstico

CALDose_X online: Cálculos de Monte Carlo em tempo real via Internet para dosimetria em radiodiagnóstico CALDose_X online: Cálculos de Monte Carlo em tempo real via Internet para dosimetria em radiodiagnóstico Richard Kramer 1, Arthur Cavalcanti 2, Vagner Ferreira Cassola 1, Rafael Dueire Lins 2, Carlos Alberto

Leia mais

Fedora Linux - O sistema do mundo. Willian Oliveira - projeto.cem@gmail.com - CC BY-NC-ND 3.0

Fedora Linux - O sistema do mundo. Willian Oliveira - projeto.cem@gmail.com - CC BY-NC-ND 3.0 Fedora Linux - O sistema do mundo Willian Oliveira - projeto.cem@gmail.com - CC BY-NC-ND 3.0 Licença - Alguns direitos reservados Introdução O futuro do código aberto chega ao Fedora com características

Leia mais

Testes preliminares em um simulador pediátrico de crânio para dosimetria em tomografia computadorizada

Testes preliminares em um simulador pediátrico de crânio para dosimetria em tomografia computadorizada BJRS BRAZILIAN JOURNAL OF RADIATION SCIENCES XX (XXXX) XX-XX Testes preliminares em um simulador pediátrico de crânio para dosimetria em tomografia computadorizada E. W. Martins; M. P. A. Potiens Gerência

Leia mais

Por que você precisa de um Processador Gráfico?

Por que você precisa de um Processador Gráfico? Por que você precisa de um Processador Gráfico? Tudo que eu faço é ler emails e navegar na Internet. Bem você precisa de um processador gráfico Porque tudo está mudando Desde a maneira como você visualiza

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UM FANTOMA DE VOXEL ESPECÍFICO PARA SIMULAÇÃO DE BRAQUITERAPIA OCULAR

DESENVOLVIMENTO DE UM FANTOMA DE VOXEL ESPECÍFICO PARA SIMULAÇÃO DE BRAQUITERAPIA OCULAR DESENVOLVIMENTO DE UM FANTOMA DE VOXEL ESPECÍFICO PARA SIMULAÇÃO DE BRAQUITERAPIA OCULAR Marcilio S. Santos, 1, 2 Fernando R. A. Lima e 1,2, 4 José W. Vieira 1,3, 4 1 Departamento de Energia Nuclear (CNEN)

Leia mais

104 transmitida, em 100%, por partícula emitida (MeV/g por partícula simulada); A é a atividade estimada da fonte em MBq; e, Af é a atividade que produz dose máxima no tecido cardíaco de 14 Gy. 6.7.1.2

Leia mais

Soluções de Acessibilidade. VLibras - Desktop. Manual de Instalação da Ferramenta. Microsoft Windows R. Núcleo de Pesquisa e Extensão / LAViD

Soluções de Acessibilidade. VLibras - Desktop. Manual de Instalação da Ferramenta. Microsoft Windows R. Núcleo de Pesquisa e Extensão / LAViD Soluções de Acessibilidade VLibras - Desktop Manual de Instalação da Ferramenta Microsoft Windows R Núcleo de Pesquisa e Extensão / LAViD 2016 INTRODUÇÃO Objetivo Este manual contém introdução e informações

Leia mais

PORTARIA CPF N.º 004 DE 14 DE MAIO DE 2001

PORTARIA CPF N.º 004 DE 14 DE MAIO DE 2001 Publicada no D.O.E. em 16.05.2001 PORTARIA CPF N.º 004 DE 14 DE MAIO DE 2001 Estabelece novos critérios à padronização de especificações e define os novos preços de referência a serem observados na contratação

Leia mais

Verificando os componentes

Verificando os componentes PPC-4542-01PT Agradecemos a aquisição do scanner de imagem em cores fi-65f. Este manual descreve os preparativos necessários para o uso deste produto. Siga os procedimentos aqui descritos. Certifique-se

Leia mais

DÚVIDAS TÉCNICAS MAIS FREQUENTES

DÚVIDAS TÉCNICAS MAIS FREQUENTES DÚVIDAS TÉCNICAS MAIS FREQUENTES PG QUAL É A CONFIGURAÇÃO MÍNIMA PARA O SERVIDOR 1 TEM ALGUM PROGRAMA QUE CAUSA INCOMPATIBILIDADE COM O SISTEMA 2 QUAL É O MELHOR TIPO DE REDE PARA O EXDENTAL FUNCIONAR

Leia mais

OF. CIRCULAR nº. 004 CSU/PROF/UFOP, de 30 de maio de 2011. Assunto: Procedimento para aquisição/renovação de software Instrução Normativa 04/2010.

OF. CIRCULAR nº. 004 CSU/PROF/UFOP, de 30 de maio de 2011. Assunto: Procedimento para aquisição/renovação de software Instrução Normativa 04/2010. 1 OF. CIRCULAR nº. 004 CSU/PROF/UFOP, de 30 de maio de 2011. Assunto: Procedimento para aquisição/renovação de software Instrução Normativa 04/2010. Prezados Senhores, A Coordenadoria de Suprimentos/Pró-Reitoria

Leia mais

Bona: Chamada para a Ação

Bona: Chamada para a Ação Bona: Chamada para a Ação Texto da posição conjunta da AIEA e da OMS A Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) realizou em dezembro de 2012, em Bona (Alemanha), a "Conferência Internacional de

Leia mais

SIG. Uma plataforma para introdução de técnicas emergentes no planejamento urbano, regional e de transportes

SIG. Uma plataforma para introdução de técnicas emergentes no planejamento urbano, regional e de transportes SIG Uma plataforma para introdução de técnicas emergentes no planejamento urbano, regional e de transportes SIG Uma plataforma para introdução de técnicas emergentes no planejamento urbano, regional e

Leia mais

Este guia foi escrito para ajudar os administradores de sistema ou qualquer um que usa o Avast Small Office. 1.0 Requisitos do sistema...

Este guia foi escrito para ajudar os administradores de sistema ou qualquer um que usa o Avast Small Office. 1.0 Requisitos do sistema... Este guia foi escrito para ajudar os administradores de sistema ou qualquer um que usa o Avast Small Office. 1.0 Requisitos do sistema... 3 1.1 Console de Administração Small Office... 3 1.2 Gerenciamento

Leia mais

Protótipo de uma aplicação rica de internet para monitoramento de vídeo através de streaming e Silverlight

Protótipo de uma aplicação rica de internet para monitoramento de vídeo através de streaming e Silverlight Protótipo de uma aplicação rica de internet para monitoramento de vídeo através de streaming e Silverlight Thiago da Silva Negherbon Acadêmico Roosevelt dos Santos Júnior Orientador Roteiro Introdução

Leia mais

Guia de instalação UEG Linux 14.04 LTS

Guia de instalação UEG Linux 14.04 LTS 1. Apresentação O UEG Linux 14.04 LTS é um sistema operacional baseado em Linux e derivado do Ubuntu, customizado pela Gerência de Núcleo de Inovação Tecnológica da Universidade Estadual de Goiás para

Leia mais

ANÁLISE DO EFEITO DA VELOCIDADE NO ESCOAMENTO BIFÁSICO EM DUTOS CURVADOS COM VAZAMENTO

ANÁLISE DO EFEITO DA VELOCIDADE NO ESCOAMENTO BIFÁSICO EM DUTOS CURVADOS COM VAZAMENTO ANÁLISE DO EFEITO DA VELOCIDADE NO ESCOAMENTO BIFÁSICO EM DUTOS CURVADOS COM VAZAMENTO L.R.B. SARMENTO 1, G.H.S. PEREIRA FILHO 2, E.S. BARBOSA 3, S.R. de FARIAS NETO 4 e A.B. de LIMA 5 (Times New Roman

Leia mais

11/06/2013. O que é Software Aplicativo? Suítes de Software. Adquirindo Software SOFTWARES APLICATIVOS

11/06/2013. O que é Software Aplicativo? Suítes de Software. Adquirindo Software SOFTWARES APLICATIVOS 2 O que é Software Aplicativo? SOFTWARES APLICATIVOS Introdução à Microinformática Prof. João Paulo Lima Software que realiza tarefa útil específica Suítes de aplicativos Softwares empresariais Softwares

Leia mais

Tomografia Computadorizada I. Walmor Cardoso Godoi, M.Sc. http://www.walmorgodoi.net Aula 04. Sistema Tomográfico

Tomografia Computadorizada I. Walmor Cardoso Godoi, M.Sc. http://www.walmorgodoi.net Aula 04. Sistema Tomográfico Tomografia Computadorizada I Walmor Cardoso Godoi, M.Sc. http://www.walmorgodoi.net Aula 04 Sistema Tomográfico Podemos dizer que o tomógrafo de forma geral, independente de sua geração, é constituído

Leia mais

Sistemas Operacionais Suportados Agentes

Sistemas Operacionais Suportados Agentes Sistemas Operacionais Suportados Agentes O agente do ADOTI foi desenvolvido para execução sobre os seguintes sistemas operacionais*: - Windows 2000 com Service Pack 2. O Service Pack 4 com Update Rollup

Leia mais

Datasheet NETCONTROL Pacote 49

Datasheet NETCONTROL Pacote 49 Datasheet NETCONTROL Pacote 49 1 Especificações técnicas Gerenciamento de usuários Cadastro de Usuários; Cadastro de Empresas; Cadastro de Departamentos; Configuração de Matrícula para o Usuário; Configuração

Leia mais

Tais laboratórios são estruturados e equipados conforme discriminado a seguir:

Tais laboratórios são estruturados e equipados conforme discriminado a seguir: INSTITUTO FEDERAL DO SUDESTE DE MINAS GERAIS CAMPUS BARBACENA SETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PLANO DE ATUALIZAÇÃO DE HARDWARE E SOFTWARE DOS LABORATÓRIOS DE ENSINO DO NÚCLEO DE INFORMÁTICA DO IF DO

Leia mais

PROJETO FINAL ARQUITETURA DE COMPUTAÇÃO

PROJETO FINAL ARQUITETURA DE COMPUTAÇÃO PROJETO FINAL ARQUITETURA DE COMPUTAÇÃO PROF. WILLIANS ADMINISTRAÇÃO Intel CoreI3 DualCore 1.645,00 CORE I3 porque os funcionários da Administração não precisam de um alto poder de processamento. PRODUÇÃO

Leia mais

Palestra sobre os softwares: AFSoft, GeoFieldere Sacam Desenvolvimento e aplicação de tecnologias.

Palestra sobre os softwares: AFSoft, GeoFieldere Sacam Desenvolvimento e aplicação de tecnologias. Palestra sobre os softwares: AFSoft, GeoFieldere Sacam Desenvolvimento e aplicação de tecnologias. Orientador: Lúcio A. C. Jorge Palestrante: Agostinho B. R. da Silva Introdução Embrapa Instrumentação

Leia mais

AVALIAÇÕES DOSIMÉTRICAS EM PACIENTES SUBMETIDOS À RADIOIODOTERAPIA COM BASE EM FANTOMAS DE VOXELS E EM IMAGENS DE MEDICINA NUCLEAR

AVALIAÇÕES DOSIMÉTRICAS EM PACIENTES SUBMETIDOS À RADIOIODOTERAPIA COM BASE EM FANTOMAS DE VOXELS E EM IMAGENS DE MEDICINA NUCLEAR UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENERGIA NUCLEAR PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TECNOLOGIAS ENERGÉTICAS E NUCLEARES (PROTEN) FERDINAND DE JESUS LOPES

Leia mais

REGULAMENTO UNIJOGOS EMPREENDEDOR

REGULAMENTO UNIJOGOS EMPREENDEDOR REGULAMENTO UNIJOGOS EMPREENDEDOR A Univille Campus São Bento do Sul pelo Departamento de Administração de Empresas lança o UniJogos Empreendedor, este desafio pretende oportunizar aos participantes desenvolverem

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DO MÉTODO NODAL NA SIMULAÇÃO DE PROCESSOS TÉRMICOS

A UTILIZAÇÃO DO MÉTODO NODAL NA SIMULAÇÃO DE PROCESSOS TÉRMICOS A UTILIZAÇÃO DO MÉTODO NODAL NA SIMULAÇÃO DE PROCESSOS TÉRMICOS C. R. RODRIGUES VELOSO 1, R. GEDRAITE 2 1 Bolsista PIBIC FAPEMIG/UFU, discente do curso de Engenharia Química 2 Professor da Faculdade de

Leia mais

Visualização Científica. Pedro de Botelho Marcos Março/2008. Núcleo de Computação Científica Tópicos Avançados em Computação II

Visualização Científica. Pedro de Botelho Marcos Março/2008. Núcleo de Computação Científica Tópicos Avançados em Computação II Pedro de Botelho Marcos Março/2008 1 Sumário Introdução Ciclo de Visualização Dados 3D Dados Vetoriais Referências 2 Introdução O que? Representação visual de dados. Para? Facilitar a análise de grandes

Leia mais

Requisitos de Hardware - Humanus

Requisitos de Hardware - Humanus 1 Requisitos Mínimos Hardware: 1.1 Client Servidor Processador Intel Xeon X3430 2.4GHz ou superior Disco Rígido de 500 GB ou superior Intel Pentium G6950 2.80GHz ou superior Memória de 2GB ou superior

Leia mais

Cálculo Aproximado do número PI utilizando Programação Paralela

Cálculo Aproximado do número PI utilizando Programação Paralela Universidade de São Paulo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação Cálculo Aproximado do número PI utilizando Programação Paralela Grupo 17 Raphael Ferras Renan Pagaiane Yule Vaz SSC-0143 Programação

Leia mais

Cálculo de volume de objetos utilizando câmeras RGB-D

Cálculo de volume de objetos utilizando câmeras RGB-D Cálculo de volume de objetos utilizando câmeras RGB-D Servílio Souza de ASSIS 1,3,4 ; Izadora Aparecida RAMOS 1,3,4 ; Bruno Alberto Soares OLIVEIRA 1,3 ; Marlon MARCON 2,3 1 Estudante de Engenharia de

Leia mais

Prof. Responsável Wagner Santos C. de Jesus

Prof. Responsável Wagner Santos C. de Jesus Universidade do Vale do Paraíba Colégio Técnico Antônio Teixeira Fernandes Disciplina Desenho Técnico Aplicado a Segurança do Trabalho Material III-Bimestre Introdução e Conceito de CAD e Ferramentas,Primitivas

Leia mais

Manual de Instalação Digital Signage Versão 5.39.445

Manual de Instalação Digital Signage Versão 5.39.445 Manual de Instalação Digital Signage Versão 5.39.445 Versão 3.5 11 de Abril de 2013 Copyright 2008 BroadNeeds Rev. 20130411 Pagina 1 de 25 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REQUISITOS NECESSÁRIOS... 3 3. INSTALAÇÃO

Leia mais

LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO PROCESSADOR TEGRA 2

LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO PROCESSADOR TEGRA 2 LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO PROCESSADOR TEGRA 2 SANTO AMARO 2011 ANGELO RAMOS JACKELINE BARBOSA JEANDERVAL SANTOS PROCESSADOR TEGRA 2 Trabalho apresentado ao Instituto Federal de Ciências e Tecnologia da

Leia mais

Simulador Virtual para Treinamento em Visão de Máquina com LabVIEW

Simulador Virtual para Treinamento em Visão de Máquina com LabVIEW Simulador Virtual para Treinamento em Visão de Máquina com LabVIEW "Esse ambiente pode ser usado para simular e explorar as possibilidades e alcances de uma solução empregando visão de máquina, testar

Leia mais

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0002

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0002 TERMO DE ADJUDICAÇÃO Às 15:16 horas do dia 19 de setembro de 2012, o Pregoeiro Oficial da Prefeitura Municipal de Capinzal, designado pela portaria Decreto 17-2012 após analise da documentação do Pregão

Leia mais

Profª MSc. Heloína Alves Arnaldo

Profª MSc. Heloína Alves Arnaldo Profª MSc. Heloína Alves Arnaldo É a integração de componentes atuando como uma entidade, com o propósito de processar dados e produzir informações. Esses componentes são: Hardware: parte física ou material

Leia mais

Guia de Utilizador. Internet based textile education laboratory

Guia de Utilizador. Internet based textile education laboratory Guia de Utilizador Internet based textile education laboratory Parceria 2 Índice Requisitos; Instalação do software; Interface de Utilizador; Uso da interface para a aprendizagem de um módulo; Utilização

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES.

PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES. ETEC COMENDADOR JOÃO RAYS, BARRA BONITA PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES. AVISO N 040/01/2014 de 11/04/2014. Processo n 0002769/2014 AVISO DE

Leia mais

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS 1 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 18/2009 TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS GRÁFICOS ANEXO I - ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 2 1 OBJETO Contratação

Leia mais

Maior Tranqüilidade - Todos esses benefícios, protegendo seus bens materiais e as pessoas que por ali circulam.

Maior Tranqüilidade - Todos esses benefícios, protegendo seus bens materiais e as pessoas que por ali circulam. 1 - APRESENTAÇÃO Este descritivo tem como objetivo, apresentar o Sistema de Identificação de Visitantes enfocando suas funcionalidades e condições técnicas necessárias de implantação. Vantagens do Sistema

Leia mais

Manual de Instalação do Sistema Audatex Servidor/ Estação Nova Plataforma

Manual de Instalação do Sistema Audatex Servidor/ Estação Nova Plataforma Manual de Instalação do Sistema Audatex Servidor/ Estação Nova Plataforma 1 P á g i n a SUMÁRIO 1. Informações Gerais... 3 1.1. Pré-Requisitos... 3 1.2. Liberações Necessárias... 3 1.3. Perfil Administrador...

Leia mais

Processo Seletivo Cursos Técnicos EaD SENAIEdital 2016/2

Processo Seletivo Cursos Técnicos EaD SENAIEdital 2016/2 -1- EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1. O PROCESSO SELETIVO 1.1 O Processo Seletivo para os Cursos Técnicos a Distância SENAI é realizado por t de chegada, a partir do dia 20/05/2016 1.2 A inscrição pode ser

Leia mais

Introdução. Sobre este Guia. Isenção de responsabilidade. Marcas comerciais. Outros

Introdução. Sobre este Guia. Isenção de responsabilidade. Marcas comerciais. Outros Introdução Bem vindo ao StarBoard Software da Hitachi Solutions. O StarBoard é um monitor de tela grande para PCs e equipamentos visuais, que também serve como um quadro branco interativo onde é possível

Leia mais

AVALIAÇÃO DO ESCOAMENTO DE FLUIDOS INCOMPRESSÍVEIS EM TUBULAÇÕES USANDO CFD

AVALIAÇÃO DO ESCOAMENTO DE FLUIDOS INCOMPRESSÍVEIS EM TUBULAÇÕES USANDO CFD AVALIAÇÃO DO ESCOAMENTO DE FLUIDOS INCOMPRESSÍVEIS EM TUBULAÇÕES USANDO CFD 1 Délio Barroso de Souza, 2 Ulisses Fernandes Alves, 3 Valéria Viana Murata 1 Discente do curso de Engenharia Química 2 Bolsista

Leia mais

Otimização da Implementação de Modelos NURBS-3D em Simulações Dosimétricas na Física Médica

Otimização da Implementação de Modelos NURBS-3D em Simulações Dosimétricas na Física Médica UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ Centro de Pesquisas em CIÊNCIAS e TECNOLOGIAS das RADIAÇÕES- CPqCTR Otimização da Implementação de Modelos NURBS-3D em Simulações Dosimétricas na Física Médica Vivaldo

Leia mais

Técnico em Informática - Instalação e Manutenção de Computadores PROCESSADORES

Técnico em Informática - Instalação e Manutenção de Computadores PROCESSADORES Técnico em Informática - Instalação e Manutenção de Computadores PROCESSADORES Processador... 2 Clock... 5 Multiplicador de clock / FSB... 6 Memória Cache... 6 Processador O processador é o cérebro do

Leia mais

MAPA DE JULGAMENTO CARTA CONVITE N

MAPA DE JULGAMENTO CARTA CONVITE N MAPA DE JULGAMENTO CARTA CONVITE N 006/2016 FORNECE DOR ITE M QUA NTID ADE PREÇO UNITÁRIO PREÇO TOTAL DISCRIMINAÇÃO MARCA Osvaldo Zanotti Mensch ME- 04.069.562/0 001-42 01 02 R$ 3.400,00 R$ 6.800,00 Computador

Leia mais

CATÁLOGO DE CURSOS. www.nacife.com. Adm. Jean Marc Nacife CONTATO: nacife@gmail.com (64) 9963-4589

CATÁLOGO DE CURSOS. www.nacife.com. Adm. Jean Marc Nacife CONTATO: nacife@gmail.com (64) 9963-4589 CATÁLOGO DE CURSOS www.nacife.com 2015 CAPACITAÇÃO DIGITAL Curso Interativo Basic: Informática Curso Interativo Operador: Informática INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA Número de Aulas: 07 Apostila: Não Possui Simulador

Leia mais

Planificação de. Aplicações Informáticas B

Planificação de. Aplicações Informáticas B Escola básica e secundária de Velas Planificação de Aplicações Informáticas B Ano letivo 2011/2012 1- Introdução à Programação Planificação de Aplicações Informáticas B Unidade Sub-Unidades Objetivos Conteúdos

Leia mais

Problema: Solução: Vantagens da estruturação em Níveis: Introdução INTRODUÇÃO À ARQUITETURA DE COMPUTADORES. Introdução

Problema: Solução: Vantagens da estruturação em Níveis: Introdução INTRODUÇÃO À ARQUITETURA DE COMPUTADORES. Introdução INTRODUÇÃO À ARQUITETURA DE COMPUTADORES Curso Técnico de Informática Eduardo Amaral Introdução Computador: Máquina programável, de propósito geral, que processa informação. Programa: Seqüência de instruções

Leia mais

Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 16.1.1 1

Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 16.1.1 1 Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 16.1.1 1 1 - INTRODUÇÃO NEXCODE NOTE, também conhecido como NEXNOTE, é um conjunto de soluções de software desenvolvidas pelas Nexcode Systems

Leia mais

Dois fantomas construídos a partir de superfícies mesh representando uma mulher adulta e um homem adulto

Dois fantomas construídos a partir de superfícies mesh representando uma mulher adulta e um homem adulto Artigo Original Dois fantomas construídos a partir de superfícies mesh representando uma mulher adulta e um homem adulto Two adult human voxel phantoms based on polygon mesh surfaces Vagner F. Cassola

Leia mais

40 Processador Core I7; 8 Gb de RAM; 500 Gb de disco rígido; monitor de LED de 20 polegadas. m 2 por estação 03 129,75 6,48 6,48

40 Processador Core I7; 8 Gb de RAM; 500 Gb de disco rígido; monitor de LED de 20 polegadas. m 2 por estação 03 129,75 6,48 6,48 LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA Como apoio às suas atividades didáticas, o curso de Tecnologia em Jogos Digitais conta com uma excelente infraestrutura de laboratórios. 01 20 Processador pentium core 2 duo

Leia mais

Proposta de uma rotina para calculo da área necessária de uma placa coletora solar

Proposta de uma rotina para calculo da área necessária de uma placa coletora solar Proposta de uma rotina para calculo da área necessária de uma placa coletora solar André Felipe Brescovici Nunes (UNIOESTE) andre_lipaum@hotmail.com Eduardo César Dechechi (UNIOESTE) dechechi@pti.org.br

Leia mais

TRBOnet ENTERPRISE. Guia de Instalação. NEOCOM Ltd

TRBOnet ENTERPRISE. Guia de Instalação. NEOCOM Ltd TRBOnet ENTERPRISE Guia de Instalação 1. Visão Geral A arquitetura do TRBOnet Enterprise é composto de 3 componentes lógicos: O software servidor (TRBOnet Radio Server), que implementa o protocolo MOTOTRBO

Leia mais

UNLOCK SISTEMAS Há 23 anos desenvolvendo soluções criativas.

UNLOCK SISTEMAS Há 23 anos desenvolvendo soluções criativas. UNLOCK SISTEMAS Há 23 anos desenvolvendo soluções criativas. GESTOR CLÍNICAS GESTOR CLÍNICAS 1. OBJETIVO Apoiar a gerência da clínica permitindo o registro e consulta de todas as operações realizadas.

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO M e g a D e s p e r t a r I n f o r m á t i c a

RELATÓRIO DE ESTÁGIO M e g a D e s p e r t a r I n f o r m á t i c a RELATÓRIO DE ESTÁGIO Mega Despertar Informática Identificação Nome do Projecto: Site Publicitário Vinhos Cláudia Cristina Ferreira Morgado N.º 9449 CET, Produtos de Desenvolvimento para a Multimédia IPG

Leia mais

Aprovação de atendimento online Sistema DataSys

Aprovação de atendimento online Sistema DataSys Aprovação de atendimento online Sistema DataSys Requisitos Para acessar o sistema DataSys é preciso ter instalado no computador um (Navegadores / Browsers) Internet Explorer versões homologadas abaixo:

Leia mais

Análise HP Envy 14-2020ep Beats Edition

Análise HP Envy 14-2020ep Beats Edition Análise HP Envy 14-2020ep Beats Edition Date : 17 de Setembro de 2012 Por Ruben Ferreira para o PPLWARE.COM Depois de termos apresentado as primeiras impressões sobre o Notebook HP ENVY 14-2020-ep Beats

Leia mais

Síntese de voz panorama tecnológico ANTONIO BORGES

Síntese de voz panorama tecnológico ANTONIO BORGES Síntese de voz panorama tecnológico ANTONIO BORGES Quase todos nós vamos precisar de óculos um dia (a menos que a tecnologia médica promova a substituição deste artefato por alguma outra coisa tecnológica,

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP. MANUAL DO USUÁRIO - SIGA Extranet GRD e Projetos. MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET GRD e Projetos

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP. MANUAL DO USUÁRIO - SIGA Extranet GRD e Projetos. MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET GRD e Projetos Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO - SIGA Extranet GRD e Projetos MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET GRD e Projetos Versão: 1.5 Fevereiro/2014 Versão: 1.5 Novembro 2008 Versão: 1.5

Leia mais

Evolução da cooperação em populações modeladas por autômatos celulares com o uso de teoria de jogos

Evolução da cooperação em populações modeladas por autômatos celulares com o uso de teoria de jogos Geração de modelos de redes com verificação dos parâmetros topológicos Prof. Pedro Schimit - schimit@uninove.br Muitas coisas podem ser modeladas a partir de modelos de redes (ou grafos). A maneira como

Leia mais

Técnicas de Cartografia Digital

Técnicas de Cartografia Digital Técnicas de Cartografia Digital Maria Cecília Bonato Brandalize 2011 Aula 8 1. Vetoriais 2. Matriciais 3. Vantagens e Desvantagens 1. Vetoriais 2. Matriciais 3. Vantagens e Desvantagens Como são representados

Leia mais

PAG 2014 - EXECUÇÃO VALORES PREVISTOS INICIAIS - PAG 2015-2019 Valores

PAG 2014 - EXECUÇÃO VALORES PREVISTOS INICIAIS - PAG 2015-2019 Valores DIRETORIA GERAL DE PLANEJAMENTO, COORDEN E FINANÇAS - DGPCF GD (Tudo) DIRETORIA DGTEC FR (Tudo) CRITÉRIO 1 1 Status (Tudo) Status 3 (Tudo) Status 2 (Tudo) Status 5 (Tudo) PAG 2014 - EXECUÇÃO VALORES PREVISTOS

Leia mais

Informática Aplicada

Informática Aplicada Informática Aplicada SO Windows Aula 3 Prof. Walteno Martins Parreira Jr www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo.com 2014 APRESENTAÇÃO Todo computador precisa de um sistema operacional. O Windows

Leia mais

Computação Afetiva: Uma ferramenta para avaliar aspectos afetivos em aplicações computacionais.

Computação Afetiva: Uma ferramenta para avaliar aspectos afetivos em aplicações computacionais. 286 Computação Afetiva: Uma ferramenta para avaliar aspectos afetivos em aplicações computacionais. Saulo William S. Costa, Ailton Lopes de Sousa, Yomara Pires Laboratório de Desenvolvimento de Sistemas

Leia mais

Número da cotação:1007086420845/1 Data da Cotação:04/11/2015

Número da cotação:1007086420845/1 Data da Cotação:04/11/2015 Número da cotação:1007086420845/1 Data da Cotação:04/11/2015 Latitude E6440 BTX Core I7 8GB 500GB HD Tela 1920x1080 Placa de Vídeo 2GB 3 Anos de Garantia On Site 4ª Geração do Processador Intel Core i7-4610m

Leia mais

EDITAL ÁREA DO CONCURSO RECURSOS DIDÁTICOS DISPONÍVEIS SOFTWARES INSTALADOS NO COMPUTADOR. Mineração: Tratamento de Minérios

EDITAL ÁREA DO CONCURSO RECURSOS DIDÁTICOS DISPONÍVEIS SOFTWARES INSTALADOS NO COMPUTADOR. Mineração: Tratamento de Minérios CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DIVISÃO DE SELEÇÃO E CONCURSO Concurso Público Ensino Básico Técnico e Tecnológico (Edital de Normas Gerais 77/13, de 21 de junho de 2013) ETAPA DA

Leia mais

Guia de Usuário do Servidor do Avigilon Control Center. Versão 5.6

Guia de Usuário do Servidor do Avigilon Control Center. Versão 5.6 Guia de Usuário do Servidor do Avigilon Control Center Versão 5.6 2006-2015 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. A menos que seja expressamente concedida por escrito, nenhuma licença será

Leia mais

Soluções de Acessibilidade. VLibras - Desktop. Manual de Instalação da Ferramenta. Microsoft Windows R. Núcleo de Pesquisa e Extensão / LAViD

Soluções de Acessibilidade. VLibras - Desktop. Manual de Instalação da Ferramenta. Microsoft Windows R. Núcleo de Pesquisa e Extensão / LAViD Soluções de Acessibilidade VLibras - Desktop Manual de Instalação da Ferramenta Microsoft Windows R Núcleo de Pesquisa e Extensão / LAViD 2015 INTRODUÇÃO Objetivo Este manual contém introdução e informações

Leia mais

Aquisição de equipamentos de informática

Aquisição de equipamentos de informática CONVITE 010/2008 ANEXO I Aquisição de equipamentos de informática ITEM 1 Nome: Estação de trabalho Quantidade: 1 unidades Processador: (mínimo) Intel core 2 duo E7200 2.53Ghz FSB 1333Mhz 4Mb Cache, 65

Leia mais

Manual de Instalação Corporate

Manual de Instalação Corporate Manual de Instalação Corporate Sumário 1. Sobre este documento...3 2. Suporte técnico...3 3. Requisitos de hardware...3 3.1. Estação...3 3.2. Servidor...4 4. Instalação...4 4.1. Instalação do Imobiliária21

Leia mais

Portabilidade da Linha RM Versão 11.0.0

Portabilidade da Linha RM Versão 11.0.0 Portabilidade da Linha RM Versão 11.0.0 Conteúdo Portabilidade para Servidor de Banco de Dados... 3 Portabilidade para Servidor de Aplicação... 4 Portabilidade para Servidor de Terminal Services... 5 Portabilidade

Leia mais

HP PRO WEBCAM GUIA DO USUÁRIO

HP PRO WEBCAM GUIA DO USUÁRIO HP PRO WEBCAM GUIA DO USUÁRIO v1.0.br Part number: 575739-001 Copyright 2009 Hewlett-Packard Development Company, L.P. As informações contidas neste documento estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Requisitos de sistema

Requisitos de sistema Requisitos de sistema Requisitos para o PC Processador Intel Pentium de GHz ou mais veloz Windows 000, Windows XP with Service Pack ; Windows Vista Home Premium, Business, Ultimate ou Enterprise; Windows

Leia mais

CALENDÁRIO ESCOLAR PREVISTO... 3 INSTRUÇÕES... 4

CALENDÁRIO ESCOLAR PREVISTO... 3 INSTRUÇÕES... 4 Sumário CALENDÁRIO ESCOLAR PREVISTO... 3 INSTRUÇÕES... 4 Informática Básica... 5 Excel Avançado... 6 Word Avançado... 7 Montagem e Manutenção de Microcomputadores... 8 Formação Inicial e Continuada Programação

Leia mais

Estrutura geral de um computador

Estrutura geral de um computador Estrutura geral de um computador Prof. Helio H. L. C. Monte-Alto Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO N 04/2008 ANÁLISE DA AÇÃO DE ALTAS TEMPERATURAS EM PAINEL EM ALVENARIA DE BLOCOS CERÂMICOS VAZADOS

RELATÓRIO TÉCNICO N 04/2008 ANÁLISE DA AÇÃO DE ALTAS TEMPERATURAS EM PAINEL EM ALVENARIA DE BLOCOS CERÂMICOS VAZADOS RELATÓRIO TÉCNICO N 04/2008 ANÁLISE DA AÇÃO DE ALTAS TEMPERATURAS EM PAINEL EM ALVENARIA DE BLOCOS CERÂMICOS VAZADOS - Pauluzzi Produtos Cerâmicos LTDA - Porto Alegre - Fevereiro de 2008. RELATÓRIO TÉCNICO

Leia mais