UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU AVM FACULDADE INTEGRADA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU AVM FACULDADE INTEGRADA"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU AVM FACULDADE INTEGRADA A INFLUENCIA DAS MIDIAS SOCIAIS E A UTILIZAÇÃO DO SMM SOCIAL MEDIA MARKETING COMO FERRAMENTA DE GESTÃO ESTRATÉGICA NAS EMPRESAS DE VAREJO Por: Patricia de Oliveira Orientador Prof. Jorge Vieira da Rocha Rio de Janeiro 2012

2 2 UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU AVM FACULDADE INTEGRADA A INFLUENCIA DAS MIDIAS SOCIAIS E A UTILIZAÇÃO DO SMM SOCIAL MEDIA MARKETING COMO FERRAMENTA DE GESTÃO ESTRATÉGICA NAS EMPRESAS DE VAREJO Apresentação de monografia à AVM Faculdade Integrada como requisito parcial para obtenção do grau de especialista em Gestão de varejo Por: Patricia de Oliveira

3 3 AGRADECIMENTOS Agradeço a Deus por me capacitar para a conclusão de mais etapa, minha família pelo apoio e compreensão e os amigos que conquistei ao longo do curso.

4 4 DEDICATÓRIA A minha família e amigos

5 5 RESUMO Este projeto tem como objetivo, através de estudos e pesquisas bibliográficas. Uma pesquisa e coleta de dados com foco em identificar e apresentar algumas das principais mídias sociais, mostrar como podem ser utilizadas como ferramenta de gestão para uma empresa, como vêm influenciando os consumidores da era digital. Aponta-se a evolução do e- commerce no Brasil e as novas tendências de marketing moderno. Aponta-se também pontos estratégicos importantes para uma empresa onde pode-se identificar seus clientes, consumidores e clientes em potenciais. Mostra-se também dados estatísticos da utilização e crescimento das mídias sociais no Brasil, quais as mais utilizadas por empresas e e-consumidores e o porque desta evolução de forma fenomenal nos últimos tempos.

6 6 METODOLOGIA A pesquisa foi realizada através de livros de autores conceituados na área de marketing, marketing digital, mídias sociais, varejo e varejo online, foram utilizados como base para a pesquisa sites de internet e uma pesquisa de campo. Foram pesquisadas algumas empresas privadas do varejo nacional de grande porte, onde cita-se uma como case de sucesso na era digital.

7 7 SUMÁRIO INTRODUÇÃO 08 CAPÍTULO I - MARKETING E O COMÉRCIO ELETRONICO O marketing e o consumidor do século XXI A Internet O comercio eletrônico Evolução do comercio eletrônico no Brasil 16 CAPÍTULO II - MARKETING DIGITAL E AS MIDIAS SOCIAIS O que é marketing digital Novas ferramentas do marketing digital As mídias sociais As mídias sociais e o marketing de relacionamento 28 CAPÍTULO III RESULTADO DO SMM NAS EMPRESAS DE VAREJO Magazine Luiza um caso de sucesso 32 CONCLUSÃO 37 BIBLIOGRAFIA CONSULTADA 39 INTRODUÇÃO

8 8 Com a globalização o mercado esta cada vez mais competitiva, novas tendências tecnológicas e comportamentais aparecem diariamente e o mundo se torna cada vez mais digital. A internet vem tomando crescendo de tal maneira e a aderência a esta inovação é um fato e para uma empresa ficar fora dessa realidade não é mais uma opção. Esta pesquisa apresentara o tema proposto em decorrência ao entendimento do perfil das empresas de varejo em decorrência da nova tendência tecnológica de utilizar as mídias sócias como ferramentas de marketing. No primeiro capitulo a pesquisa mostrara os avanços da internet e o perfil do novo consumidor moderno o marketing no século XXI,o comercio eletrônico sua história e evolução no Brasil. No segundo capitulo será abordado o marketing digital, as redes sociais com suas definições e objetivos as novas ferramentas de marketing digital e como as mídias sócias estão sendo utilizadas para aprofundar e estreitar o relacionamento com o cliente. No terceiro capitulo a pesquisa mostra alguns exemplos e casos de SMM Social media marketing nas empresas e como é sua abordagem. CAPÍTULO I MARKETING E O COMÉRCIO ELETRONICO

9 9 1.1 O marketing e o consumidor no século XXI O marketing está por toda parte. Formal ou informalmente, pessoas e organizações envolvem-se em um grande numero de atividades que poderiam ser chamadas de marketing (KOTLER e KELLER, 2006, p.2). Na medida em que as empresas mudam, a organização de marketing também se altera. As praticas de marketing estão cada vez mais sendo refinadas dentro das organizações, sendo reformuladas a fim de atender as necessidades dos clientes modernos e aumentar as chances de sucesso dentro do mercado altamente competitivo. Alcançar a excelência em marketing é raro e difícil de obter, pois no mundo atual o marketing se torna um desafio para as organizações visto que o perfil do consumidor esta mudando quase que diariamente. Lidar com cliente pode ser o principal objetivo da empresa, no entanto é função do Marketing administrar este relacionamento. Para Kotler e Armstrong (2007, p. 410), Marketing é administrar relacionamento lucrativo com o cliente. Os dois principais objetivos do marketing são: atrair novos clientes, prometendo-lhes valor superior, e manter e cultivar os clientes atuais, dando-lhes satisfação. Keegan (2005, p.2), afirma que durante as últimas décadas, o conceito de marketing mudou completamente. Antes seu foco estava no produto, em como fabricar um produto melhor, e esse melhor baseava-se em normas e valores internos. O objetivo era o lucro, e o meio para atingi-lo, vender ou convencer o cliente potencial a trocar seu dinheiro pelo produto da empresa.

10 10 Kotler e Armstrong definem marketing nos dias atuais como: Hoje, o marketing não deve ser entendido no velho sentido de efetuar uma venda mostrar e vender -, mas no novo sentido de satisfazer as necessidades dos clientes. Se o profissional de marketing entender as necessidades dos clientes, desenvolver produtos e serviços que ofereçam valor superior e definir preços, distribuir os produtos e promovê-los de maneira eficiente, esses produtos serão vendidos com facilidade. Qualquer pessoa que tenha interesses profissionais relacionados a estabelecer e executar a estratégia de uma organização, seja qual for o tipo ou porte dessa organização, necessitará de habilidades e visão de marketing (AAKER, 2007, p. 47). Uma vez definida a estratégia de Marketing competitiva a empresa está pronta para começar a planejar os detalhes de mix de marketing, um dos principais conceitos de marketing moderno. Mix de marketing pode ser definido como um conjunto de ferramentas de marketing táticas e controláveis que a empresa utiliza para produzir a resposta que deseja no mercado-alvo. Consiste em tudo que a empresa pode fazer para influenciar a demanda de seu produto. As diversas possibilidades podem ser agrupadas em quatro grupos de variáveis conhecidas como 4 Ps: produto, preço, praça e promoção (KOTLER ; ARMSTRONG, 2007, p. 47). O Consumidor é o ponto mais importante, pois sem ele não há vendas, comércio, compra e venda de bens, produtos e serviços. As empresas vivem em função do consumidor e para agradá-lo, a cada dia os vendedores tomam como objetivo atrair a atenção deles para o consumo. O consumo representa o ponto de partida da atividade econômica e é importante componente da vida humana. O desenvolvimento das economias de trocas aumenta o papel do consumo, que, entre outras questões, nas

11 11 últimas décadas, tem progressivamente modificado o seu significado sintagmático e relacional (PERIN, 2003 p. 18). No mundo atual, dinâmico e complexo, onde as empresas competem pela conquista e preferência do consumidor, compreender as motivações dos consumidores e se adaptar a elas não é uma alternativa, mas uma necessidade absoluta para sobrevivência de qualquer negócio. Consciente de que seu sucesso depende do perfeito alinhamento com o interesse de seus clientes, as empresas têm dedicado cada vez mais tempo, energia e recursos para entender profundamente a dinâmica do processo de tomada de decisão de compra dos consumidores (SAMARA, 2005, p. 53). Schiffman (2000, p.103), descreve dois tipos básicos de consumidores: o consumidor final, também chamado de consumidor pessoal ou usuário final, e o consumidor organizacional. O consumidor final é representado pelas pessoas físicas que compram bens e serviços para o seu uso, para o uso do lar ou para outras pessoas. O consumidor organizacional inclui organizações de todos os tipos, com ou sem fins lucrativos, os órgãos do governo municipal, estadual e federal e as instituições civis (organizações não governamentais) que necessitam comprar produtos, equipamentos e serviços. Entender o consumidor está relacionado com o sucesso da empresa, pois segundo Samara (2005, p.15), sucesso depende do perfeito alinhamento com o interesse de seus clientes, as empresas têm dedicado cada vez mais tempo, energia e recursos para entender profundamente a dinâmica do processo de tomada de decisão de compra dos consumidores. Hoje, o consumidor pode ser considerado mais ativo. Ele vai em busca de informações e de experiências, tem mais atitude, exige seus direitos. Sabe exatamente o que quer e como quer, Essa mudança teve

12 12 início entre os anos 1950 e 1980, quando começou a expansão do consumo para todas as camadas sociais e a publicidade introduziu a idéia de marketing, estimulando a busca por novidades por parte do consumidor. A partir da década de 1980, passa a existir uma grande oferta de bens, e o consumo passa a ser vinculado à identidade. Cada vez mais o ponto-de-venda ganha destaque para esse consumidor. No caso de roupas, 38% se dizem influenciados pela comunicação no ponto-de-venda. No caso de automóveis, a porcentagem passa para 25%. Outro fator que influencia na decisão de compra do consumidor do século XXI é o boca a boca. "O consumidor troca informações sobre tudo. Existem três perfis que trocam essas informações", Os chamados Conectores representam 34%. Eles conversam com muitas pessoas diferentes antes de decidir pela compra de algum produto. Os Bem Informados, que respondem por 49% e fornecem muita informação sobre algum tipo de produto. Já 34% são considerados Influentes, pois podem convencer as outras pessoas com suas opiniões. 1.2 A internet As raízes da internet encontram-se em grupos de computadores conectados em 1960 como projeto da Advanced Research Projects Agency e do departamento de defesa dos Estados Unidos. Inicialmente quatro computadores de grande porte foram conectados para criar uma rede para transmissão segura entre computadores militares em diferentes locais. Em seguida outras redes governamentais foram anexadas a rede original e o sistema tornou-se a Internet. De acordo com: Castells (1999) quando o lançamento do primeiro Sputinik em fins da década de 1950 assustou a alta tecnologia

13 13 Estadunidense, a ARPA empreendeu inúmeras iniciativas classificadas como ousadas para a época das quais mudaram a historia da tecnologia e assim foi anunciada a era da informação em grande escala. Baseada na tecnologia de comunicação da troca de pacotes o sistema tornava a rede independente dos centros de comendo e controle para que assim a mensagem procurasse suas próprias rotas ao longo da rede. A tecnologia digital mais tarde possibilitou o empacotamento de todos os tipos de mensagens inclusive de som,imagens e dados criando uma rede capaz de comunicar seus nós sem a necessidade de utilizar centros de controles. 1.3 O comércio eletrônico Segundo Catalani (2000. Et al.,2007). A supervalorização das empresas.com perdurou ao longo da segunda metade da década de 1990 até meados do ano Comercio Eletrônico (conhecido como e-commerce) é a automação das transações comerciais por meio das tecnologias de informática e telecomunicações. A parte mais visível do comercio eletrônico se constitui do universo das lojas virtuais. Disponíveis na internet. A inclusão de um cliente em um banco de dados e a compra pela internet tem um custo marginal baixíssimo praticamente nulo sendo utilizado como ferramenta para fidelização de clientes. Uma empresa quando adota o comércio eletrônico como forma para vender seus produtos, se torna uma empresa de mídia. O valor do site é estimado pelo numero de visitas e acessos as paginas. As empresas não precisam mais ser grandes para serem competitivas no

14 14 mercado global, uma vez que uma loja virtual eficaz é possível vender para qualquer parte do mundo funcionando 24 horas ao dia. Internet, alta tecnologia comunicação interativa, informação disponível a custos irrisórios em uma velocidade sem comparação seria a oportunidade ideal para o surgimento de novos negócios e abertura de um mar de oportunidades para novas empresas. Nascia assim a era das empresas.com. Os resultados não foram diferentes dos prenunciados muitas empresas surgiram sem planejamento, sem o conhecimento adequado dos fundamentos do que era realmente o comercio eletrônico, sem modelos de negócios consistentes sem foco e objetivo e das características do próprio comercio varejistas. Milhares de dólares foram perdidos e os investimentos com os negócios relacionados à internet foram mal vistos por muitas empresas ao longo dos anos. A pressão pela lucratividade nos sites de comercio eletrônico esta aumentando. Essa fase de empolgação empresarial chegou ao fim e pode-se agora analisar com um olhar racional os pros e contras nas iniciativas de comercio eletrônico Formatos do comercio eletrônico O comercio eletrônico de acordo com Portter e Turban (2005),existem vários tipos de comercio eletrônico. Os mais comuns são: B2B - BUSSINES TO-BUSSINES É a negociação eletrônica entre empresas é a modalidade que mais movimenta importâncias monetárias.

15 15 B2C BUSSINES-TO- CONSUMER É a negociação eletrônica entre empresas e consumidores. Esta modalidade de negociação representa a virtualização da compra e venda. A diferença é que os clientes escolhem os produtos e pagam via internet. C2B CONSUMERS-TO-BUSSINES É a negociação entre consumidores e empresas e o contrario do B2C, conhecido também como leilão reverso. Acontece quando consumidores vendem para empresas. Esta modalidade começa a crescer dentro do mercado eletrônico, pois quando uma empresa deseja adquirir um produto anuncia a intenção de compra e os consumidores que possuem o que a empresa deseja faz a oferta. C2C CONSUMER-TO-CONSUMER É a negociação eletrônica entre consumidores é uma modalidade muito comum onde se efetua muitas negociações mais os valores são pequenos. 1.4 Evolução do comercio eletrônico no Brasil O Brasil é um pais de dimensões continentais com um PIB maior que $600 bilhões, com indicadores macroeconômicos interessantes. Com tudo seu desenvolvimento tecnológico não e equilibrado o que

16 16 causa um desnível nas atividades econômicas principalmente no comercio O comercio eletrônico não se faz exclusivamente pela internet, porem esta e a forma mais comum de atingir esse objetivo. O mundo do comercio eletrônico cresceu em um nível acelerado porem muitas empresas sem preparo entraram nessa iniciativa sem planejamento adequado e sem saber exatamente como funciona esta estratégia de negocio. O mercado Brasileiro atualmente é representativo no contexto mundial de e-commerce ficando em 14º no ranking mundial de numero de internautas, representando 14% da população Brasileira. Segundo pesquisa apontada pelo E- bit para o comercio eletrônico as mídias sociais são de grande utilidade para o marketing virtual, pois uma empresa pode divulgar seu produto sua marca diretamente para seu publico alvo em potencial. Ainda segundo o E-bit pode-se traçar perfis para e tecer ponderações sobre o e-consumidor brasileiro. O perfil de compras para o e-consumidor brasileiro define que este consumidor gasta online em primeiro lugar com produtos voltados para cultura e informação a exemplo de livros, revistas e artigos de alta tecnologia, representa 18,4% das vendas no varejo online. Seguidos por produtos de entretenimento que representa 15,9%. O produto eletrônico vem logo em seguida em terceiro lugar. conclui-se com este cenário que o consumidor online brasileiro gasta com cultura, informação e entretenimento.

17 17 CAPITULO II MARKETING DIGITAL E AS MIDIAS SOCIAIS 2.1- O que é marketing digital

18 18 Fascioni (2007) define marketing digital como uma maneira de se fazer marketing através de ações de comunicação utilizadas pelas empresas com recursos digitais. No marketing digital a palavra marketing vem antes da palavra digital, o conceito primário de marketing publicidade e design tem maior importância que as ferramentas de marketing digital. Com a alta evolução da tecnologia e a chegada da era da tecnologia da informação e o surgimento de novos formatos de comunicação. Com a explosão da internet, o papel do marketing muda radicalmente aderindo a era do marketing digital, ou e-marketing conceito este que se define como um conjunto de ações de marketing intermediadas por canais eletrônicos canais estes em que proporciona ao cliente a oportunidade de decidir e controlar a quantidade e o tipo de informação que deseja receber. A cada dia as empresas se conscientizam de que é de suma importância ter sua marca na internet. Estamos na era do conhecimento o consumidor atual esta cada vez mais em busca da informação a todo instante, o ambiente online esta se tornando a cada dia mais familiar, mais presente e mais influente na vida das pessoas, fazendo com que as empresas afim de atender a estes clientes devem buscar inovações constantes estreitando o relacionamento cliente empresa. O cliente de hoje escolhe o que quer ver, sobre que aspectos quer ser abordado, quais produtos e serviços lhe interessam. Para as empresas em tempos atuais em que a informação quando toma-se conhecimento já esta defasada é importante estar sempre atento em como sua marca esta sendo vista em no rede. Cada pessoa com um computador tem em suas mãos uma ferramenta para fazer suas opiniões sobre sua marca ser ouvidas por outras pessoas Novas ferramentas do marketing digital

19 19 Drucker define que a meta do marketing é conhecer e entender o consumidor tão bem, que o produto ou serviço se molde a ele e se venda sozinho. Os hábitos de consumo da estão mudando, vivemos uma fase da historia em que a mudança é tão veloz que só visualizamos o presente quando este já faz parte do passado o momento é interessante para as empresa onde assim como em todo o mundo os meios de comunicação tradicionais como rádio, televisão e imprensa estão saturados o que leva as empresas em suas estratégias de marketing se adequar a este novo momento e fica praticamente inviável se falar em comunicação sem considerar o meio que mais cresce atualmente a internet. A internet é um canal que traz muitas possibilidades para uma empresa onde esta pode com este meio estreitar o relacionamento com seus consumidores, porem estar a apenas um click de seu publico alvo pode ser bastante apelativo e um desafio para os profissionais de marketing é preciso ter em sua estrutura uma estratégia de marketing inteligente. deve: Telles, André (2010) define que uma marca para ter identidade online Uma marca on-line deve ter caráter, personalidade, identidade e objetivos claros. Um perfil psicográfico planejado e bem posicionado da sua marca no ambiente on-line, preparado para respostas rápidas e bem elaboradas. Você leva anos para ter credibilidade no ambiente on-line e

20 20 segundosparaperdê-la. ANDRE.2010,45). (TELLES, As principais ferramentas do marketing digital são as redes sociais,, marketing, marketing viral, publicidade online e pesquisa. Sob a ótica do marketing, as redes sociais estão inseridas dentro das mídias sociais. A febre das redes sociais é uma realidade para a sociedade moderna, os consumidores dedicam boa parte de seu tempo na exploração das redes sociais como Facebook, Twitter, Orkut, Youtube. Para as marcas é importante que se crie um perfil apelativo e estejam presentes na vida online de seus consumidores. Marketing viral considerada uma das ferramentas de marketing digital de maior importância, mais eficientes e lucrativas da internet. No marketing viral o que vale é o poder da palavra, tudo o que se publica pode ser multiplicado por 10, por 100 e por 1000 nesta estratégia o consumidor torna-se parte da marca e sem consciência deste fato o viral coloca a marca no centro da atenção dos consumidores. Publicidade online considerada outra estratégia fundamental na internet, porem é necessário um investimento em um plano de comunicação e divulgação de maneira inovadora e criativa. Pesquisa online é uma ferramenta que se utilizada em todo seu potencial é fundamental para as empresas, pois esta ferramenta possibilita a identificação mais eficaz do publico alvo e o direcionamento da comunicação e acompanhamento das opiniões de seus clientes.

21 As mídias sociais Nos últimos anos só se ouve falar em mídias sociais, redes sociais plataformas colaborativos dentre outras tecnologias. Mídia social vem do inglês social media que em sua tradução literal significa exatamente mídia social ou mídia popular, ou seja, aquela que é de acesso geral. As mídias sociais são ferramentas utilizadas para proporcionar uma interação social entre indivíduos. sociais. Abaixo tem-se dados da utilização dos usuários no Brasil das mídias

22 22 Fonte: Google ad planner É comum que algumas pessoas ainda confundam redes sociais e mídias sociais e associem como a mesma coisa, quando na realidade são totalmente distintas, a primeira vem a ser uma categoria da ultima. A mídia social vem a serem sites com foco em permitir o compartilhamento de informações, e a construção de relacionamentos entre indivíduos.

23 23 As redes sociais são ambientes digitais onde os indivíduos com interesse comum ou não se expressam digitalmente através do compartilhamento de fotos,vídeos mensagens e outras formas de interação com outros membros criando listas e comunidades de interesse. Segundo dados atualizados da infonews cerca de 86% dos usuários de internet no Brasil fazem parte de alguma mídia social fazendo do pais um dos mais fortes em acesso a mídias sociais. Hoje a um crescimento cada vez maior de acessos as redes sociais, através de equipamentos móveis como notebooks, celulares, tabletes vem se consolidando constantemente o que força as empresas se atualizarem e repensarem suas estratégias de marketing e canais de comunicação online para uma adaptação a estes novos meios. Cabem as empresas que querem se tornar cada vez mais competitivas no mercado adaptarem a seu conteúdo a esta modernidade e estarem sempre preparadas para este novo consumidor cada dia mais conectado levando esta estratégia também para o ponto de venda derrubando assim as barreiras entre online e off-line. Gráfico que mostra a Evolução do número de pessoas com acesso à internet em qualquer ambiente, Brasil segundo trimestre de 2009, segundo trimestre de 2010 e segundo trimestre de 2011.

24 24 Fonte: IBOPE Nielsen Online Dentre as principais mídias sociais destaca-se o Facebook, Twiter, Orkut. Facebook Tornou-se a maior rede social do mundo. Que vem crescendo no Brasil deixando para trás gigantes como Orkut e outros. O gigante Facebook nasceu de um projeto de uma rede social exclusiva para os estudantes de Harvard, desde 2006 o Facebook foi aberto para qualquer individuo com uma conta de . Hoje tornou-se uma das ferramentas mais importantes para a interação entre pessoas e empresas.

25 25 twitter O twitter foi fundado em março de 2006 com a principal finalidade informar o que seus usuários estão fazendo, onde estão, funciona a partir de mensagens curtas que são visualizadas por seus seguidores seja de maneira a contar o que você esta fazendo em um determinado momento, ou por meio de respostas. O twitter se tornou um meio de comunicação forte entre vários seguimentos o microblogging se tornou uma ferramenta constante dentre os usuários e passando a ser adotado como peça fundamenta para o trabalho em vários seguimentos, o meio jornalístico é forte presença no twitter onde o mesmo é utilizado como fonte de inspiração para reportagens e entrevistas.

26 26 Algumas marcas descobriram o twitter como ferramenta de gestão de marketing. Hoje no Brasil o twitter tem mais trafego de usuários do que o Orkut e Youtube, sendo responsável por 56% do trafego de dados do Brasil em mídias sociais, seguido por facebook com 20% e YouTube que possui 16% do total. Fonte portal r7.com

27 As mídias sociais e o marketing de relacionamento É necessário que as empresas da atualidade criem cada vez mais um relacionamento com seu consumidor, ou seja, para conhecer seu consumidor seja amigo dele nas mídias sociais embarque no universo virtual em sites de relacionamento como Facebock e twitter este é o caminho para que as marcas passem a conhecer seus consumidores e saber o que pensa seu púbico alvo e seus clientes potenciais, incentive com estratégias bem definidas que este cliente seja um propagador da sua marca. O ambiente virtual das mídias sociais se tornou uma ferramenta importantíssima para os consumidores, onde se acredita que suas solicitações e reclamações sejam mais prontamente atendidas o que tornou em determinadas situações as mídias sociais uma ramificação do PROCON. O Brasil esta cada vez mais adaptando a internet como veiculo de comunicação ao todo são em torno de 77.8 milhões de pessoas conectadas. Estatísticas indicam que 86% dos usuários brasileiros possuem acesso as mídias sociais. Fazendo das mídias sociais uma estratégia de marketing de relacionamento, pois estas possibilitam uma comunicação com outros usuários e empresas. As empresas estão percebendo que a utilização das mídias sociais para se comunicar com seus consumidores. Assim é possível que com as mídias sociais criar e estruturar um canal completo de comunicação com o cliente. A grande maioria das empresas de varejo hoje no Brasil ainda não estão preparadas para o relacionamento com o cliente nas mídias sócias, não fornecem o suporte necessário a seus clientes através das mídias não monitoram o que estão falando delas nas redes. Em contra partida existem marcas que já perceberam esta deficiência e estão se destacando no mercado. De acordo com VAVRA o marketing de relacionamento tem como principal objetivo garantir a satisfação continua de seus clientes, estes devem ser identificados, reconhecidos e fornecerem feedback em relação a satisfação quanto a marca.

28 28 As mídias sociais oferecem as empresas uma oportunidade de um marketing de relacionamento dando base de apoio para os objetivos em geral da empresa. Os principais objetivos do marketing de relacionamento nas mídias sociais são garantir uma comunicação de forma interativa com o consumidor, personalizar o produto ou serviço, percebe-se que nos dias atuais as mídias sociais vieram para contribuir para as empresas criando um vinculo com seu cliente estreitando este relacionamento garantindo o alcance dos objetivos propostos, gerando valor e garantindo a compra e propagação de sua marca de forma favorável, para o cliente existe por parte destes uma propensão a se relacionar cada vez mais com as empresas estando cada vez mais abertos ao relacionamento cliente empresa envolvendo-se de forma direta e estreitando os laços SMM Social Media Marketing Segundo Telles, (2010) SMM é um conjunto de métodos para gerar publicidade por meio da mídia social, uma campanha publicitaria vem de um planejamento de marketing que com a nova tendência de marketing moderno deve-se ter uma parte da verba alocada para o marketing digital, que vai além das campanhas em mídias sociais estas que compõem parte significativa do marketing digital. SMM ou marketing em mídia social vem a ser o esforço de uma empresa em fixar uma marca se relacionar com clientes e fornecedores, encantar e atrair clientes potenciais, usuários e consumidores dentro do ambiente das redes sociais. Social media marketing antes conhecido com SMO social media optimization, trouxe um novo desafio para as empresas estas querem e precisam tirar proveito deste extensivo e promissor mundo das mídias sociais,

29 29 cabe a estas empesas a função de marcar presença forte dentro das mídias e exercer e saber como lidar com essas comunidades e usuários das mídias sociais. Possibilitando a uma marca obter efeitos positivos nas redes, com um relacionamento honesto com seus clientes, pois se a marca exercer um efeito negativo pode resultar muitos danos a imagem da empresa visto que a propagação viral e virtual de uma campanha negativa toma proporções fenomenais de forma rápida e veloz dentro da rede. Mídias sociais como twitter e facebook são hoje as maiores ferramentas para este trabalho de marketing e otimização. O marketing dentro das mídias sociais é uma etapa fundamental e atual para as organizações, uma fase nova para o marketing atual. As ações de marketing tradicionais estão sendo complementadas por ações de marketing online e já existem casos em que o marketing online vem superando algumas das ações clássicas de marketing de campanhas. Determinadas marcas e empresas estão em busca de uma Ascenção cada vez maior dentro das mídias sociais buscando assim um relacionamento mais direto com seus clientes. CAPÍTULO III RESULTADO DO SMM NAS EMPRESAS DE VAREJO

30 30 Grandes marcas no mercado varejista se engajaram dentro das mídias sociais e estão provando que este é o mercado do futuro, são diversos os casos de sucesso de campanhas em mídias sociais que por ter um custo mais reduzido que as mídias tradicionais, obtiveram resultados expressivos, o ROI (return-on-investiment) na internet é maior do que todos as mídias existentes. Ideal para uma empresa é integrar o marketing off-line com o online. 3.1 Um caso de Sucesso Magazine Luiza No inicio da década de 80 uma rede de lojas já bem estabelecida no mercado varejista desde a década de 70, implementa um sistema de computação para controle das vendas e estoque, começa então uma revolução para a marca que acredita-se ter sido a primeira marca a fazer tal implementação, em meados dos anos 80 a marca com 32 lojas sai do mercado paulistano para ganhar o Brasil. foi em 1991 que o grande salto aconteceu. A matriarca Luiza Trajano endereçou à sobrinha Maria Luiza um bilhete curto, porém decisivo: Logo vou completar 62 anos. Estou ficando velha. Acho melhor você assumir o Magazine. A escolha da sucessora não foi feita por nenhuma afinidade subjetiva. Maria Luiza Trajano trabalhava como balconista desde os 12, nos períodos de férias escolares. O umbigo no balcão desenvolveu o latente tino comercial e aos 18 começou a trabalhar de forma integral no Magazine Luiza, concomitantemente aos estudos na Faculdade de Franca. Cursando Direito e administração de empresas. Então rapidamente Maria Luiza Trajano galgou posições mais altas na hierarquia da empresa e na época do bilhete ela já era a superintendente e principal executiva do Magazine Luiza. Maria Luiza conseguiu feitos extraordinários:

O COMÉRCIO ELETRÔNICO NO BRASIL

O COMÉRCIO ELETRÔNICO NO BRASIL O COMÉRCIO ELETRÔNICO NO BRASIL MARCOS MENDES. MBA em Tecnologia da Informação e da Comunicação na Educação (PUC-RS). Docente das Faculdades IESAP e CEAP. Professor das disciplinas Computação Gráfica,

Leia mais

MARKETING EM REDES SOCIAIS RESUMO

MARKETING EM REDES SOCIAIS RESUMO MARKETING EM REDES SOCIAIS Bruna Karine Ribeiro Simão Instituto Federal de Mato Grosso do Sul Campus Nova Andradina bruna_simao@hotmail.com Rodrigo Silva Duran Instituto Federal de Mato Grosso do Sul Campus

Leia mais

MARKETING NA INTERNET

MARKETING NA INTERNET MARKETING NA INTERNET HUGO HOCH CONSULTOR DE MARKETING ER. BAURU SEBRAE-SP hugoh@sebraesp.com.br Marketing na Internet O que é? o Marketing na Internet, também referido como: i-marketing, web marketing,

Leia mais

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C Mídias sociais como apoio aos negócios B2C A tecnologia e a informação caminham paralelas à globalização. No mercado atual é simples interagir, aproximar pessoas, expandir e aperfeiçoar os negócios dentro

Leia mais

Resumo. Palavras-chave: twitter; ferramenta; planejamento; Greenpeace.

Resumo. Palavras-chave: twitter; ferramenta; planejamento; Greenpeace. O Twitter Como Ferramenta de Divulgação Para As Empresas: Um Estudo De Caso do GREENPEACE 1 Jonathan Emerson SANTANA 2 Gustavo Guilherme da Matta Caetano LOPES 3 Faculdade Internacional de Curitiba - FACINTER

Leia mais

Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico.

Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico. Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico. TENDÊNCIAS NO COMÉRCIO ELETRÔNICO Atualmente, muitos negócios são realizados de forma eletrônica não sendo necessário sair de casa para fazer compras

Leia mais

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO UM BREVE HISTÓRICO COMÉRCIO ELETRÔNICO O comércio sempre existiu desde que surgiram as sociedades. Ele é dito como o processo de comprar, vender e trocar produtos e serviços. Inicialmente praticado pelos

Leia mais

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex...

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... (/artigos /carreira/comopermanecercalmosob-pressao /89522/) Carreira Como permanecer calmo sob pressão (/artigos/carreira/como-permanecer-calmosob-pressao/89522/)

Leia mais

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida Unidade IV MERCADOLOGIA Profº. Roberto Almeida Conteúdo Aula 4: Marketing de Relacionamento A Evolução do Marketing E-marketing A Internet como ferramenta As novas regras de Mercado A Nova Era da Economia

Leia mais

Comércio na internet: muito mais que e-commerce

Comércio na internet: muito mais que e-commerce Comércio na internet: muito mais que e-commerce Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA-UFES Departamento de Computação

Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA-UFES Departamento de Computação - Centro de Ciências Agrárias Departamento de Computação Os sistemas de informação empresariais na sua carreira Introdução à Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação COM06850-2015-II Prof.

Leia mais

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr Tecnologia da Informação Prof Odilon Zappe Jr Comércio Eletrônico Um breve histórico Comércio compra, venda, troca de produtos e serviços; Incrementado pelos Fenícios, Árabes, Assírios e Babilônios uso

Leia mais

Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas

Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas edição 04 Guia do inbound marketing Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas Há um tempo atrás o departamento de marketing era conhecido

Leia mais

Redes Sociais, SEO, Blog ou Adwords: O que devo usar para minha empresa?

Redes Sociais, SEO, Blog ou Adwords: O que devo usar para minha empresa? Redes Sociais, SEO, Blog ou Adwords: O que devo usar para minha empresa? Você já pensou em posicionar sua marca na internet? Construir um relacionamento com seu cliente é uma das formas mais eficazes de

Leia mais

O que é comércio eletrônico?

O que é comércio eletrônico? COMÉRCIO ELETRÔNICO O que é comércio eletrônico? O comércio eletrônico ou e-commerce é a compra e venda de mercadorias ou serviços por meio da Internet, onde as chamadas Lojas Virtuais oferecem seus produtos

Leia mais

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Redesenhando a forma como empresas operam e envolvem seus clientes e colaboradores no mundo digital. Comece > Você pode construir de fato uma

Leia mais

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO!

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! Como deixar seu negócio on-line Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! A palavra de ordem das redes sociais é interação. Comparando a internet com outros meios de comunicação em massa como

Leia mais

. Indice. 1 Introdução. 2 Quem Somos. 3 O que Fazemos. 4 Planejamento. 5 Serviços. 6 Cases. 9 Conclusão

. Indice. 1 Introdução. 2 Quem Somos. 3 O que Fazemos. 4 Planejamento. 5 Serviços. 6 Cases. 9 Conclusão . Indice 1 Introdução 2 Quem Somos 3 O que Fazemos 4 Planejamento 5 Serviços 6 Cases 9 Conclusão . Introdução 11 Segundo dados de uma pesquisa Ibope de 2013, o Brasil ocupa a terceira posição em quantidade

Leia mais

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA Proposta de Marketing Digital Design inox Marketing de Resultados A PlusPixel vem oferecendo seus serviços desde o início da internet, isso nos

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

Prezado Futuro Cliente

Prezado Futuro Cliente Prezado Futuro Cliente É com grade satisfação que encaminhamos nossa apresentação institucional e certos de estabelecermos uma parceria de sucesso e duradoura. Ela foi desenvolvida com objetivo de mostrar

Leia mais

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Maio de 2010 Conteúdo Introdução...4 Principais conclusões...5 Dados adicionais da pesquisa...14 Nossas ofertas de serviços em mídias sociais...21

Leia mais

Social-Commerce IT CARLOS MASSA SIMPONE 70609178

Social-Commerce IT CARLOS MASSA SIMPONE 70609178 Social-Commerce IT CARLOS MASSA SIMPONE 70609178 INDICE INTRODUÇÃO DIFINIÇÃO COMO FUNCIONA AS ETAPAS HISTORIA RELACIONAMENTO PRATICAS REDES SOCIAS EXEMPLOS VANTAGEM INTRODUÇÃO Comumente pode se entender

Leia mais

EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual.

EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual. EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual. Somos uma empresa especializada em soluções voltadas ao segmento digital como: criação,

Leia mais

MARKETING DIGITAL MOSTRANDO SUA IDENTIDADE

MARKETING DIGITAL MOSTRANDO SUA IDENTIDADE MARKETING DIGITAL MOSTRANDO SUA IDENTIDADE Por que mostrar sua identidade Atualmente, são 52,5 milhões* de usuários de internet ativos no Brasil. A previsão de investimentos em anúncios online no Brasil

Leia mais

Aviso Legal...6. Sobre o autor... 7. Prefácio... 8. 1. Empreendimento Online Por Que Criar Um?... 11. 2. Importação Seus Mistérios...

Aviso Legal...6. Sobre o autor... 7. Prefácio... 8. 1. Empreendimento Online Por Que Criar Um?... 11. 2. Importação Seus Mistérios... Conteúdo Aviso Legal...6 Sobre o autor... 7 Prefácio... 8 1. Empreendimento Online Por Que Criar Um?... 11 2. Importação Seus Mistérios... 14 2.1 Importar é Legal?... 15 2.2 Por Que Importar?... 15 2.3

Leia mais

Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce).

Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce). Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce). A natureza global da tecnologia, a oportunidade de atingir

Leia mais

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Introdução às Mídias Sociais O que fazer com as mídias sociais Tipos de ações As principais mídias sociais Dicas e considerações finais Autor Felipe Orsoli 1 SUMÁRIO 1

Leia mais

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital 11 1 Introdução Com o advento da nova era da internet, conhecida com web 2.0, e o avanço das tecnologias digitais, o consumidor passa a ter maior acesso à informação bem como à facilidade de expressar

Leia mais

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes Unidade IV Marketing Profª. Daniela Menezes Comunicação (Promoção) Mais do que ter uma ideia e desenvolver um produto com qualidade superior é preciso comunicar a seus clientes que o produto e/ ou serviço

Leia mais

*Todos os direitos reservados.

*Todos os direitos reservados. *Todos os direitos reservados. A cada ano, as grandes empresas de tecnologia criam novas ferramentas Para o novo mundo digital. Sempre temos que nos renovar para novas tecnologias, a Karmake está preparada.

Leia mais

A ERA DIGITAL E AS EMPRESA

A ERA DIGITAL E AS EMPRESA A ERA DIGITAL E AS EMPRESA Em 1997 o Brasil já possuia 1,8 MILHÕES de usuários Brasil O 5 Maior país em extensão territorial Brasil 5 Vezes campeão do Mundo Brasil O 5 Maior país em número de pessoas conectadas

Leia mais

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES 1. Conectando a Empresa à Rede As empresas estão se tornando empresas conectadas em redes. A Internet e as redes de tipo Internet dentro da empresa (intranets), entre uma

Leia mais

WWW.OUTSIDE.COM.BR Outside On-Line LTDA Telefone: +55 (19) 3869-1484 (19) 9 9441-3292 (claro) Email: carlos@outside.com.br

WWW.OUTSIDE.COM.BR Outside On-Line LTDA Telefone: +55 (19) 3869-1484 (19) 9 9441-3292 (claro) Email: carlos@outside.com.br MARKETING DIGITAL Ações de comunicação que as empresas podem se utilizar por meio da Internet e da telefonia celular e outros meios digitais para divulgar e comercializar seus produtos, conquistar novos

Leia mais

E-BOOK [TÍTULO DO DOCUMENTO] Matrix [NOME DA EMPRESA] [Endereço da empresa]

E-BOOK [TÍTULO DO DOCUMENTO] Matrix [NOME DA EMPRESA] [Endereço da empresa] E-BOOK [TÍTULO DO DOCUMENTO] Matrix [NOME DA EMPRESA] [Endereço da empresa] 1 Sumário O Surgimento do Analista de Redes Sociais... 2 O que é um Analista de Redes Sociais?... 5 Qual é o Perfil do Analista

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

Capítulo 1 Por que Google Marketing?

Capítulo 1 Por que Google Marketing? Capítulo 1 Por que Google Marketing? O Google modificou substancialmente a maneira como o mercado lida com a informação e informação, na nossa sociedade pós terceira onda, é tudo. Do dinheiro ao eletrodoméstico,

Leia mais

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice 2 Índice Introdução... 3 Passo 1 Entender o que é Venda Online e E-commerce... 4 Passo 2 Entender o Mercado de Comércio Eletrônico... 5 Passo 3 Canais de Venda... 6 Passo 4 Como identificar uma Boa Plataforma

Leia mais

Módulo 5. Composto de Marketing (Marketing Mix)

Módulo 5. Composto de Marketing (Marketing Mix) Módulo 5. Composto de Marketing (Marketing Mix) Dentro do processo de administração de marketing foi enfatizado como os profissionais dessa área identificam e definem os mercados alvo e planejam as estratégias

Leia mais

A Logística de Cargas Fracionadas e Novas Configurações do Mercado de Varejo.

A Logística de Cargas Fracionadas e Novas Configurações do Mercado de Varejo. A Logística de Cargas Fracionadas e Novas Configurações do Mercado de Varejo. Cristian Carlos Vicari (UNIOESTE) viccari@certto.com.br Rua Engenharia, 450 Jd. Universitário C.E.P. 85.819-190 Cascavel Paraná

Leia mais

www.intermidiabrasil.com.br Apresentação Presença Digital

www.intermidiabrasil.com.br Apresentação Presença Digital Apresentação Presença Digital 2012 ÍNDICE 1. GESTÃO MÍDIAS SOCIAIS... 03 2. ESTRATÉGIAS COMPLEMENTARES... 04 3. PERSONALIZAÇÃO... 05 4. CASES... 06 5. SOBRE A INTERMIDIA BRASIL... 13 6. CLIENTES... 14

Leia mais

Como gerar acesso, demanda e transformar isto em leads e negócios.

Como gerar acesso, demanda e transformar isto em leads e negócios. Como gerar acesso, demanda e transformar isto em leads e negócios. PROBLEMAS: Onde está meu público alvo? Como atrair a atenção em meio ao grande número de concorrentes? Como se diferenciar do lugar comum

Leia mais

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda.

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo Copyright 2015 Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Todos os direitos reservados. Pode ser compartilhado com conteúdo,

Leia mais

Objetivos. Capítulo 16. Cenário para discussão. Comunicações de marketing. Desenvolvimento de comunicações de marketing eficazes

Objetivos. Capítulo 16. Cenário para discussão. Comunicações de marketing. Desenvolvimento de comunicações de marketing eficazes Capítulo 16 e administração de comunicações integradas de marketing Objetivos Aprender quais são as principais etapas no desenvolvimento de um programa eficaz de comunicações integradas de marketing. Entender

Leia mais

Inspire Inove Faça Diferente

Inspire Inove Faça Diferente Inspire Inove Faça Diferente Inspire Inove Faça Diferente Se eu tivesse um único dolar investiria em propaganda. - Henry Ford (Fundador da Motor Ford) As companhias prestam muita atenção ao custo de fazer

Leia mais

livrarias. No Brasil, o mercado livreiro é um dos melhores do mundo.

livrarias. No Brasil, o mercado livreiro é um dos melhores do mundo. Universidade Castelo Branco O PROCESSO DE EVOLUÇÃO DO E-COMMERCE DA SARAIVA RUAN CAÍQUE DE JESUS SIMAS Orientação: Prof.ª Carla Mota. Rio de Janeiro, jun. 2014 Introdução O comercio varejista brasileiro

Leia mais

Comércio Eletrônico FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE

Comércio Eletrônico FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE Comércio Eletrônico FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE Definição Toda atividade de compra e venda realizada com recursos eletrônicos; Uso de mecanismos eletrônicos para a

Leia mais

O QUE É AUTOMAÇÃO DE MARKETING?

O QUE É AUTOMAÇÃO DE MARKETING? O QUE É AUTOMAÇÃO DE MARKETING? AUTOMAÇÃO DE MARKETING AJUDA A Fechar mais negócios Atrair mais potenciais clientes Entregue mais clientes já qualificados para a equipe de vendas e feche mais negócios

Leia mais

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL DICAS PARA DIVULGAR SUA EMPRESA E AUMENTAR AS VENDAS NO FIM DE ANO 7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL Sumário Apresentação Capítulo 1 - Crie conteúdo de alta

Leia mais

Redes Sociais. Engajamento do Cliente Porque devo investir um tempo do meu dia em minhas redes sociais. Redes Sociais 2015.

Redes Sociais. Engajamento do Cliente Porque devo investir um tempo do meu dia em minhas redes sociais. Redes Sociais 2015. Redes Sociais Engajamento do Cliente Porque devo investir um tempo do meu dia em minhas redes sociais. Redes Sociais 2015. REDES SOCIAIS Criar uma presença online é um passo obrigatório para qualquer negócio

Leia mais

O sucesso do comércio eletrônico depende tanto da infra-estrutura de negócio, quanto da infra-estrutura de tecnologia (Pickering, 2000).

O sucesso do comércio eletrônico depende tanto da infra-estrutura de negócio, quanto da infra-estrutura de tecnologia (Pickering, 2000). Comércio Eletrônico É a compra e a venda de informações, produtos e serviços por meio de redes de computadores. (Kalakota, 1997) É a realização de toda a cadeia de valor dos processos de negócios em um

Leia mais

Imagem corporativa e as novas mídias

Imagem corporativa e as novas mídias Imagem corporativa e as novas mídias Ellen Silva de Souza 1 Resumo: Este artigo irá analisar a imagem corporativa, mediante as novas e variadas formas de tecnologias, visando entender e estudar a melhor

Leia mais

Conceitos e tarefas da administração de marketing DESENVOLVIMENTO DE ESTRATEGIAS E PLANOS DE MARKETING

Conceitos e tarefas da administração de marketing DESENVOLVIMENTO DE ESTRATEGIAS E PLANOS DE MARKETING Sumário Parte um Conceitos e tarefas da administração de marketing CAPITULO I MARKETING PARA 0 SÉCULO XXI A importância do marketing O escopo do marketing 0 que é marketing? Troca e transações A que se

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net APRESENTAÇÃO COMERCIAL www.docpix.net QUEM SOMOS Somos uma agência digital full service, especializada em desenvolvimento web, de softwares e marketing online. A Docpix existe desde 2010 e foi criada com

Leia mais

Mídias Sociais. Fatos e Dicas para 2013. Esteja preparado para um ano digital, social e interativo

Mídias Sociais. Fatos e Dicas para 2013. Esteja preparado para um ano digital, social e interativo Mídias Sociais Fatos e Dicas para 2013 Esteja preparado para um ano digital, social e interativo NESTE E-BOOK VOCÊ VAI ENCONTRAR: 1 - Porque as mídias sociais crescem em tamanho e em importância para o

Leia mais

TÍTULO: MEIOS DE COMUNICAÇÃO DIGITAIS E A REVOLUÇÃO NA DISSEMINAÇÃO DA INFORMAÇÃO.

TÍTULO: MEIOS DE COMUNICAÇÃO DIGITAIS E A REVOLUÇÃO NA DISSEMINAÇÃO DA INFORMAÇÃO. Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: MEIOS DE COMUNICAÇÃO DIGITAIS E A REVOLUÇÃO NA DISSEMINAÇÃO DA INFORMAÇÃO. CATEGORIA: EM ANDAMENTO

Leia mais

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa Como implementar Social Media na empresa 1 As razões: Empresas ainda desconhecem benefícios do uso de redes sociais Das 2,1 mil empresas ouvidas em estudo do SAS Institute e da Harvard Business Review,

Leia mais

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Morgana Hamester História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Contexto atual Modelização digital contemporaneidade;

Leia mais

A nossa agência trabalha com estratégias de Marketing Digital com foco em resultados! POSSUÍMOS COMO MISSÃO, AGREGAR VALOR POR MEIO DA INTERNET PARA

A nossa agência trabalha com estratégias de Marketing Digital com foco em resultados! POSSUÍMOS COMO MISSÃO, AGREGAR VALOR POR MEIO DA INTERNET PARA A nossa agência trabalha com estratégias de Marketing Digital com foco em resultados! POSSUÍMOS COMO MISSÃO, AGREGAR VALOR POR MEIO DA INTERNET PARA DESENVOLVER GRANDES NEGÓCIOS. MERCADO DE MARKETING DIGITAL:

Leia mais

social media para bares, restaurantes e afins

social media para bares, restaurantes e afins BARTIPS social media para bares, restaurantes e afins O que buscamos? Divulgar seu estabelecimento para milhares de potenciais consumidores. Fazer você ser parte do dia-a-dia de seu cliente Ter suas novidades,

Leia mais

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios UNIMEP MBA em Gestão e Negócios Módulo: Sistemas de Informações Gerenciais Aula 4 TI com foco nos Negócios: Áreas envolvidas (Parte II) Flávio I. Callegari www.flaviocallegari.pro.br O perfil do profissional

Leia mais

Mídias Sociais: Conhecendo, aplicando e monitorando. Entenda como você pode trabalhar e monitorar mídias sociais, com foco no Twitter e Facebook.

Mídias Sociais: Conhecendo, aplicando e monitorando. Entenda como você pode trabalhar e monitorar mídias sociais, com foco no Twitter e Facebook. 1 Mídias Sociais: Conhecendo, aplicando e monitorando. Entenda como você pode trabalhar e monitorar mídias sociais, com foco no Twitter e Facebook. O que você vai encontrar neste ebook: Por que eu preciso

Leia mais

QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS!

QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS! QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS! 4 Introdução 5 Conheça seu público 5 Crie uma identidade para sua empresa 6 Construa um site responsivo 6 Seja direto, mas personalize o máximo possível

Leia mais

Conheça a Fran Press, a assessoria que oferece as melhores estratégias de relacionamento com a imprensa.

Conheça a Fran Press, a assessoria que oferece as melhores estratégias de relacionamento com a imprensa. Conheça a Fran Press, a assessoria que oferece as melhores estratégias de relacionamento com a imprensa. A Fran Press está de cara nova, mantendo a sua reconhecida identidade estratégica. Nos tempos atuais

Leia mais

E-COMMERCE E COMÉRCIO FÍSICO 1 *

E-COMMERCE E COMÉRCIO FÍSICO 1 * E-COMMERCE E COMÉRCIO FÍSICO 1 * Antonio Wilson Nogueira Filgueiras UEMG Unidade Carangola Henrique Santos Pinheiro UEMG Unidade Carangola Márcio Ferreira dos Passos UEMG Unidade Carangola Rogério de Oliveira

Leia mais

A APLICAÇÃO DE CONCEITOS DE MARKETING DIGITAL AO WEBSITE INSTITUCIONAL

A APLICAÇÃO DE CONCEITOS DE MARKETING DIGITAL AO WEBSITE INSTITUCIONAL A APLICAÇÃO DE CONCEITOS DE MARKETING DIGITAL AO WEBSITE INSTITUCIONAL Victor Nassar 1 O advento da internet e o consequente aumento da participação do consumidor nos websites, representou uma transformação

Leia mais

A Importância do Marketing nos Serviços da. Área de Saúde - Estratégias utilizadas para fidelizar o cliente

A Importância do Marketing nos Serviços da. Área de Saúde - Estratégias utilizadas para fidelizar o cliente A Importância do Marketing nos Serviços da Área de Saúde - Estratégias utilizadas para fidelizar o cliente Hellen Souza¹ Universidade do Vale do Rio dos Sinos UNISINOS RESUMO Este artigo aborda a importância

Leia mais

Daciane de Oliveira Silva www.daciane.wordpress.com

Daciane de Oliveira Silva www.daciane.wordpress.com Daciane de Oliveira Silva www.daciane.wordpress.com Marketing direto e mediação eletrônica Como a internet criou novos meios de intermediação entre as pessoas e as organizações? O que é marketing direto?

Leia mais

PLANEJAMENTO DE MARKETING ELETRÔNICO

PLANEJAMENTO DE MARKETING ELETRÔNICO Instituto FA7 IBMEC MBA em Marketing Disciplina: Professor: Turma: Equipe: Marketing Eletrônico Renan Barroso Marketing II - Fortaleza Ana Hilda Sidrim, Ana Carolina Danziger PLANEJAMENTO DE MARKETING

Leia mais

Social Media em 5 etapas

Social Media em 5 etapas Como estruturar seu sistema de Social Media em 5 etapas O que é este guia? O Guia de inicialização em social media foi criado pela G&P como uma forma de ajudar e incentivar as mais diversas empresas do

Leia mais

com seu consumidores e seu fornecedores. Trazemos para aqui 40 dicas que vão ajudar no amadurecimento, crescimento e no sucesso da sua loja.

com seu consumidores e seu fornecedores. Trazemos para aqui 40 dicas que vão ajudar no amadurecimento, crescimento e no sucesso da sua loja. Com a consolidação do comércio eletrônico no Brasil e mundo, fica cada vez mais claro e a necessidade de estar participando, e mais a oportunidade de poder aumentar suas vendas. Mas é claro que para entrar

Leia mais

Resumo dos resultados de pesquisa de mídia social

Resumo dos resultados de pesquisa de mídia social Resumo dos resultados de pesquisa de mídia social Introdução: Com a Web 2.0 e suas ferramentas interativas (blog, fórum, sites interativos, redes sociais, etc.) as pessoas criam conteúdo e informação de

Leia mais

MOBILE MARKETING. Prof. Fabiano Lobo

MOBILE MARKETING. Prof. Fabiano Lobo MOBILE MARKETING Prof. Fabiano Lobo - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

MARKETING DIGITAL PARA PME: APRENDA A DEFINIR QUANDO, COMO E EM QUAIS ESTRATÉGIAS INVESTIR

MARKETING DIGITAL PARA PME: APRENDA A DEFINIR QUANDO, COMO E EM QUAIS ESTRATÉGIAS INVESTIR MARKETING DIGITAL PARA PME: APRENDA A DEFINIR QUANDO, COMO E EM QUAIS ESTRATÉGIAS INVESTIR Introdução 02 A importância de calcular o ROI dos investimentos Capítulo 1 04 Aprendendo a definir os investimentos

Leia mais

Varejo virtual ERA DIGITAL. por Tânia M. Vidigal Limeira FGV-EAESP

Varejo virtual ERA DIGITAL. por Tânia M. Vidigal Limeira FGV-EAESP ERA DIGITAL Varejo virtual Ovolume de operações registrado recentemente no âmbito do comércio eletrônico atesta que a Internet ainda não chegou às suas últimas fronteiras. Vencidas as barreiras tecnológicas

Leia mais

O comprometimento dos colaboradores é a chave para o sucesso das organizações

O comprometimento dos colaboradores é a chave para o sucesso das organizações O comprometimento dos colaboradores é a chave para o sucesso das organizações Jean C. de Lara (Faculdade SECAL) jean@smagon.com.br Maria Elisa Camargo (Faculdade SECAL) elisa@aguiaflorestal.com.br Enir

Leia mais

PERFIL DOS USUÁRIOS DE E-COMMERCE EM GUAÍBA

PERFIL DOS USUÁRIOS DE E-COMMERCE EM GUAÍBA PERFIL DOS USUÁRIOS DE E-COMMERCE EM GUAÍBA João Antonio Jardim Silveira 1 Amilto Muller ¹ Luciano Fagundes da Silva ¹ Luis Rodrigo Freitas ¹ Marines Costa ¹ RESUMO O presente artigo apresenta os resultados

Leia mais

Mídias sociais como apoio aos negócios B2B

Mídias sociais como apoio aos negócios B2B Mídias sociais como apoio aos negócios B2B A tecnologia e a informação caminham paralelas à globalização. No mercado atual é simples interagir, aproximar pessoas, expandir e aperfeiçoar os negócios dentro

Leia mais

Apostila. Comércio Eletrônico. e-commerce. Professor: Edson Almeida Junior. Comércio Eletrônico

Apostila. Comércio Eletrônico. e-commerce. Professor: Edson Almeida Junior. Comércio Eletrônico Apostila Comércio Eletrônico e-commerce Professor: Edson Almeida Junior Material compilado por Edson Almeida Junior Disponível em http://www.edsonalmeidajunior.com.br MSN: eajr@hotmail.com E-Mail: eajr@hotmail.com

Leia mais

Mídias Sociais nos Negócios. GorillaBrand BRAND

Mídias Sociais nos Negócios. GorillaBrand BRAND Mídias Sociais nos Negócios GorillaBrand BRAND Marketing de Relacionamento Estratégias Empresa Marca Faturamento Clientes Uso de estratégias Relacionamento Empresa x Cliente Gera Valorização da Marca Aumento

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Usando o SI como vantagem competitiva Vimos

Leia mais

SUA MAIS NOVA AGÊNCIA ON-LINE. PUBLICIDADE DESIGN WEB.

SUA MAIS NOVA AGÊNCIA ON-LINE. PUBLICIDADE DESIGN WEB. SUA MAIS NOVA AGÊNCIA ON-LINE. PUBLICIDADE DESIGN WEB. #estratégia #marketingdigital #websites Somos uma agência especializada em MARKETING DIGITAL 2007 +7 anos de experiência A Ramosdesign foi criada

Leia mais

3 DICAS QUE VÃO AJUDAR A POUPAR DINHEIRO EM SEU PRÓXIMO PROJETO DE VÍDEO

3 DICAS QUE VÃO AJUDAR A POUPAR DINHEIRO EM SEU PRÓXIMO PROJETO DE VÍDEO 3 DICAS QUE VÃO AJUDAR A POUPAR DINHEIRO EM SEU PRÓXIMO PROJETO DE VÍDEO Fazer vídeos hoje em dia já não é o bicho de 7 cabeças que realmente foi a pouco tempo atrás. Nesse e-book você vai começar a aprender

Leia mais

Comércio Eletrônico em Números

Comércio Eletrônico em Números Comércio Eletrônico em Números Evolução do E-commerce no Brasil 23 milhões é um grande número. 78 milhões 23 milhões Enorme potencial de crescimento no Brasil Mas fica pequeno se comprarmos com o número

Leia mais

DESAFIOS NA IMPLEMENTAÇÃO DO COMÉRCIO ELETRÔNICO AULA 2. MBA Gestão de TI. Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com

DESAFIOS NA IMPLEMENTAÇÃO DO COMÉRCIO ELETRÔNICO AULA 2. MBA Gestão de TI. Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com DESAFIOS NA IMPLEMENTAÇÃO DO COMÉRCIO ELETRÔNICO AULA 2 MBA Gestão de TI Luciano Roberto Rocha www.lrocha.com 2 3 Um otimista vê uma oportunidade em cada calamidade; um pessimista vê uma calamidade em

Leia mais

Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão e Tecnologia da Informação - Turma 25 20/03/2015. Big Data Analytics:

Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão e Tecnologia da Informação - Turma 25 20/03/2015. Big Data Analytics: Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão e Tecnologia da Informação - Turma 25 20/03/2015 Big Data Analytics: Como melhorar a experiência do seu cliente Anderson Adriano de Freitas RESUMO

Leia mais

Integrada de Marketing. UNIBAN Unidade Marte Disciplina: Planejamento de Campanha Prof. Me. Francisco Leite Aulas: 31.03.11

Integrada de Marketing. UNIBAN Unidade Marte Disciplina: Planejamento de Campanha Prof. Me. Francisco Leite Aulas: 31.03.11 O Planejamento de Comunicação Integrada de Marketing UNIBAN Unidade Marte Disciplina: Planejamento de Campanha Prof. Me. Francisco Leite Aulas: 31.03.11 Agenda: Planejamento de Comunicação Integrada de

Leia mais

FMU - FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS E-COMMERCE, SOCIAL COMMERCE, MOBILE MARKETING E MARKETING DE PERMISSÃO.

FMU - FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS E-COMMERCE, SOCIAL COMMERCE, MOBILE MARKETING E MARKETING DE PERMISSÃO. FMU - FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS E-COMMERCE, SOCIAL COMMERCE, MOBILE MARKETING E MARKETING DE PERMISSÃO. São Paulo - SP 2016 RENAN ROCHA ALVES - RA: 6448758 E-COMMERCE, SOCIAL COMMERCE, MOBILE MARKETING

Leia mais

Guia: da Loja Física para a. Experiência Multicanal

Guia: da Loja Física para a. Experiência Multicanal Guia: da Loja Física para a Experiência Multicanal Sumário: 01 02 03 04 05 Sobre este Guia O consumidor é Multicanal Muito mais E-commerce! Mobilidade faz parte do dia-a-dia Big Data: Informação a serviço

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO E - COMMERCE UM ESTUDO DE CASO NA LOJASMEL

A IMPORTÂNCIA DO E - COMMERCE UM ESTUDO DE CASO NA LOJASMEL 1 A IMPORTÂNCIA DO E - COMMERCE UM ESTUDO DE CASO NA LOJASMEL Jaqueline Kelly Stipp 1 Jéssica Galindo de Souza 2 Luana Alves dos Santos Lemos 3 Edson Leite Lopes Gimenez 4 RESUMO Esse artigo tem como objetivo

Leia mais

O novo desafio das marcas: uma visão global dos hábitos dos clientes em dispositivos móveis e redes sociais

O novo desafio das marcas: uma visão global dos hábitos dos clientes em dispositivos móveis e redes sociais O novo desafio das marcas: uma visão global dos hábitos dos clientes em dispositivos móveis e redes sociais SDL Campaign Management & Analytics Introdução Prezado profissional de marketing, A ideia de

Leia mais

Estudo Hábitos. Hábitos de uso e comportamento dos internautas nas mídias sociais e como as empresas podem melhorar sua atuação nas redes

Estudo Hábitos. Hábitos de uso e comportamento dos internautas nas mídias sociais e como as empresas podem melhorar sua atuação nas redes Estudo Hábitos 2012 Hábitos de uso e comportamento dos internautas nas mídias sociais e como as empresas podem melhorar sua atuação nas redes O estudo O Estudo Hábitos é realizado anualmente pela E.life

Leia mais

REDES SOCIAIS. Profº Thiago Arantes

REDES SOCIAIS. Profº Thiago Arantes REDES SOCIAIS Profº Thiago Arantes Todos os direitos reservados - IAB 2014 - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros

Leia mais

Mensagem do presidente

Mensagem do presidente Mensagem do presidente A giroflex-forma está em um novo momento. Renovada, focada em resultados e nas pessoas, ágil e mais competitiva no mercado de assentos e de mobiliário corporativo. Representando

Leia mais

Comunicação: Luiz Lara Agosto/2011

Comunicação: Luiz Lara Agosto/2011 Comunicação: segmentação e foco Luiz Lara Agosto/2011 A comunicação é o exercício da identidade de marca A marca é um jeito de ser e de fazer. Tudo é importante. Tudo comunica. Há a necessidade de gerenciar

Leia mais

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer ESTRATÉGIA DIGITAL Prof. Luli Radfahrer - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

Proposta Comercial. São Leopoldo, 30 de Julho de 2015. À Natural Tech Nutrição Esportiva. Aos cuidados de Everton Lopes. Prezado,

Proposta Comercial. São Leopoldo, 30 de Julho de 2015. À Natural Tech Nutrição Esportiva. Aos cuidados de Everton Lopes. Prezado, São Leopoldo, 30 de Julho de 2015 Proposta Comercial À Natural Tech Nutrição Esportiva Aos cuidados de Everton Lopes Prezado, Apresento à V. Sra., proposta de registro de Domínio, Hospedagem em revenda

Leia mais

Como cultivar leads do Comitê de TI

Como cultivar leads do Comitê de TI BRASIL Como cultivar leads do Comitê de TI O marketing está ajudando ou atrapalhando? Confiança + Credibilidade devem ser CONQUISTADAS O profissional de marketing moderno conhece a importância de cultivar

Leia mais