Idosos agora vivem a sexualidade mais intensamente

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Idosos agora vivem a sexualidade mais intensamente"

Transcrição

1 N º 109 Agosto/2013 Idosos agora vivem a sexualidade mais intensamente Muitos ainda veem a sexualidade como um tema voltado aos mais jovens, mas cada dia mais o sexo se faz presente na vida de pessoas maduras e na chamada terceira idade. Pesquisas mostram que a prática sexual na velhice tem aumentado nos últimos anos, até por conta da terapia de reposição hormonal para as mulheres e dos tratamentos para que homens possam prolongar a ereção. Propicia o autoconhecimento, melhora a autoestima, dá prazer, estimula a melhoria da qualidade de vida e da saúde. Que as propriedades do sexo podem ser assim definidas já é do conhecimento público, mas ainda há muitas dificuldades em aceitar a sexualidade em diferentes etapas da vida. Na maturidade, por exemplo, o sexo, embora esteja em um momento de ascensão graças aos estímulos propiciados pela evolução da medicina e das drogas, ainda enfrenta tabu. Nesta reportagem, o Dr. Luiz Antonio Gil Júnior, geriatra do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo e Diretor de Comunicação da Sociedade Brasileira de Geriatria de São Paulo, fala sobre os benefícios da vida sexual ativa na terceira idade, sobre os preconceitos e a melhor forma de enfrentá-los e ter uma vida sexual prazerosa e saudável. Sexo na terceira idade pode ser um aliado ao bem estar, diz o médico. A prática do sexo seguro, lembra Gil, também é uma dificuldade a ser vencida pelos idosos. Faixa etária que não se preocupa com a prevenção de gravidez (considerada um estímulo à prevenção dos jovens), o preconceito do próprio idoso e da sociedade que o vê como população de não-risco e falta de informação são fatores que fazem do idoso um público difícil de aderir ao sexo seguro, ao uso de preservativos e, portanto, susceptível às Doenças Sexualmente Transmitíveis (DSTs), entre elas a Aids. Segundo o Boletim Epidemiológico do Departamento de DST e Aids, do Ministério da Saúde, de 1980 até junho de 2011, foram notificados casos de Aids em pessoas com idade igual ou superior a 60 anos. Em 2000, foram registrados 702 casos nesta faixa etária. purestock Leia mais sobre o tema nas páginas 2, 3, 4 e 5 SAIBA MAIS: Sexualidade na 3ª idade 2 Higiene da Língua 6 O Site da Cabesp de cara nova 6 Programa Farmácia Popular do Brasil 7 Combate à Dengue continua 8

2 SEXUALIDADE Mais felicidade e menos estre Veja, nesta entrevista, o que informa o Dr. Luiz Antonio Gil Júnior: Cabesp +Vida Por que a prática sexual é importante na terceira idade? É um fator de bem estar? Dr. Luiz Antonio Gil Júnior A prática sexual na terceira idade leva ao aumento da autoestima e à melhora da qualidade de vida. O prazer, dentre outros benefícios, está diretamente ligado à felicidade, melhorando a depressão, diminuindo o nível de estresse e melhorando a postura diante da vida. A visão positiva do envelhecimento ativa a vida sexual? Por quê? A sociedade ainda vê a sexualidade na velhice como um tabu, a sexualidade ainda está diretamente relacionada ao vigor da juventude, à beleza, algo reservado aos mais jovens. Sem dúvida, a ideia realizada por muitas pessoas é a de que o idoso é um ser assexuado: que não tem desejos, que não tem mais prazer. Ainda, os próprios idosos vêm de uma criação repleta de preconceitos e tabus, muitos ainda têm na religião mais fatores para desestimular ou se culpar pelo prazer da atividade sexual, o que fez sua pratica sexual na juventude bastante limitada e faz ainda com que essas características sejam trazidas para o período de vida atual. Filhos e netos acreditam que os idosos não têm relação sexual, ou não devem ter ou, ainda, que são incapazes de ter uma sexualidade ativa enfim, são vários os motivos para que a sociedade ainda não esteja adaptada à nova condição de envelhecimento populacional. Há alguma contraindicação no sexo para a terceira idade? Nenhuma. A contraindicação relativa acontece quando o indivíduo não tem capacidade para realização de atividade física leve a moderada por problemas cardiorrespiratórios. Exceto nessa condição, não há contraindicações para a prática da atividade sexual na terceira idade. Talvez sejam necessárias algumas orientações para determinadas doenças, mas a maioria das pessoas tem condições de saúde para a prática sexual. O surgimento do famoso medicamento azul para disfunção erétil, em 1998, provocou uma nova revolução sexual - essa repleta de possibilidades para os integrantes da terceira idade. Depois deste medicamento, o sexo tornouse novamente assunto em pauta no consultório. Como o senhor vê essa realidade? De forma geral, a sexualidade é considerada, por muitos, monopólio das pessoas jovens, das pessoas com boa saúde e fisicamente atraentes. A ideia de que as pessoas com mais idade também possam manter relações sexuais não é culturalmente aceita, preferindo-se ignorar e fazer desaparecer do imaginário coletivo a sexualidade da pessoa idosa. Os idosos de forma geral mantém conservada a necessidade sexual, não havendo idade na qual os pensamentos sobre sexo ou o desejo cessem. Definiti- Diminuição de libido é circunstancial, diz geriatra Pesquisa do Programa de Estudos em Sexualidade da USP ( Prosex ), de 2008, mostra que as mulheres perdem o apetite sexual mais abruptamente do que os homens (ver quadro à direita). Um dos motivos é a falta de libido. Na opinião do Dr. Gil, a diminuição da libido é circunstancial, ou seja, diversos fatos na vida das pessoas e, principalmente, para as mulheres fazem com que a libido se torne diminuída. Circunstâncias de vida, preocupações, pensamentos, baixa autoestima fazem com que as mulheres tenham libido diminuída, explica o geriatra. A mulher, completa, acredita que a mudança no seu corpo faz com que ela fique pouco atraente. Além disso, com o envelhecimento a mulher sofre com alterações hormonais, dentre elas a diminuição da testosterona promovendo uma diminuição fisiológica da libido. % Como Homens e Mulheres, em diferentes faixas etárias, se dizem sexualmente ativos 95,4 90,4 93,3 94,4 93,5 83,3 85,1 Dos 18 aos 25 anos Homens Dos 26 aos 40 anos Dos 41 aos 50 anos Mulheres 76,6 Dos 51 aos 60 anos 87,1 51,2 Acima dos 61 anos Fonte: Pesquisa Mosaico Brasil - ProSex Programa de Estudos em Sexualidade da USP - Universidade de São Paulo 2

3 sse nessa fase de vida purestock dos homens com mais de 60 anos são hipertensos e os remédios para hipertensão tendem a diminuir a potência sexual) e complicações com a próstata para os homens. Como conter esses problemas? Algumas situações são mais ou menos complexas para a prática sexual e necessitam de adaptações e medicações. É necessário procurar o médico para que as orientações adequadas sejam dadas em relação a dores reumáticas ou a problemas relativos a medicações ou incontinência urinária. Há várias opções de tratamento hoje em dia para que os efeitos colaterais de remédios, ou os efeitos de doenças sejam controlados a fim de propiciar ao paciente condição para a prática sexual. vamente, o aparecimento dos inibidores da 5-fosfodiesterase (o remedinho azul é só um dos tipos de medicações) modificou a vida sexual na terceira idade. Com o aparecimento dessas medicações, muito mais idosos procuram tratamento para as disfunções sexuais com o intuito de manter sua atividade sexual prévia. O uso dessas medicações trouxe muito benefícios aos idosos, porém trouxe em conjunto algumas preocupações. Dados de pesquisa demonstram o aumento do aparecimento de doenças sexualmente transmissíveis na terceira idade. O que muda, afinal, no sexo da terceira idade? Há evidentemente mudanças consideradas normais na função sexual das pessoas com o envelhecimento. É importante reconhecer as mudanças consideradas normais daquelas consideradas doenças. Os estudos médicos demonstram que a maior parte das pessoas de idade avançada é perfeitamente capaz de ter relações sexuais e de sentir prazer na mesma intensidade que as pessoas mais jovens. A idade não muda o desejo sexual, mas algumas circunstâncias da terceira idade podem ser motivos para desmotivação, como por exemplo: alterações hormonais, conflitos ligados a conceitos sexuais rígidos, a falta de privacidade e a depressão. Quais são as principais mudanças no homem e na mulher? Tanto o homem como a mulher, uma vez respondido bem à fase de excitação, pode chegar ao orgasmo. Por vezes, são necessários estímulos mais diretos para conseguir obter prazer e durante mais tempo, mas não compromete a satisfação no ato. No homem, há um retardo da ereção, diminuição do intumescimento peniano e da força do jato de ejaculação. O tempo para conseguir nova ereção entre uma relação e outra é maior conforme o tempo passa. O idoso pode levar de horas até dias para voltar a ter nova ereção. E isso não deve ser considerado disfunção erétil. Nas mulheres, existe diminuição da lubrificação, a mucosa (pele) da vagina fica mais fina e mais frágil devido à diminuição hormonal. Sabe-se que há dificuldades de um corpo mais maduro que podem impedir ou atrapalhar a prática sexual. As dores reumáticas e incontinência urinária são as principais para as mulheres; a hipertensão (cerca de 50% E a questão da lubrificação vaginal? Como as mulheres mais maduras podem contornar o problema? A lubrificação vaginal é uma das alterações sexuais mais frequentes nas mulheres idosas. Isso pode ser melhorado com um tratamento de reposição hormonal ou simplesmente pelo uso de lubrificantes durante o ato sexual. Essas medidas são importantes tanto para o prazer na relação, como para a preservação da mucosa vaginal. A diminuição dos hormônios femininos na menopausa diminui a produção natural de secreção vaginal aumentando o atrito da penetração, podendo tornar a relação dolorosa. Este fato pode remeter a mulher a uma associação do sexo com desprazer, desenvolvendo uma disfunção sexual relacionada à dor na relação sexual. 3

4 MATURIDADE Crescem casos de doenças sexualmente transmissíveis entre idosos Com a maior frequência de sexo nessa faixa etária, um problema tornou-se preocupante: o aumento do número de infectados pelo HIV e outras doenças sexualmente transmissíveis. As pessoas mais maduras não viveram a cultura do preservativo e muitas se recusam a utilizá-lo. Argumentam diminuição do prazer. Conheça as recomendações médicas. Segundo o geriatra Luiz Antonio Gil Júnior, os idosos são ainda parte de uma geração que não conheceu a epidemia de HIV/Aids. De fato, o uso de preservativo é efetivamente mais complicado para os idosos: a quantidade de estímulo para se alcançar a excitação é maior, o idoso tem mais dificuldade para atingir a ereção e maior facilidade para perdê-la, afirma. Além disso, lembra o geriatra, os idosos nunca foram habituados ao uso do preservativo, o que torna seu manuseio mais difícil. Apesar disso tudo, é necessário inicialmente que o profissional de saúde se desfaça de seus preconceitos e converse com seus pacientes sobre a sexualidade no envelhecimento. Se o profissional de saúde não oferecer a oportunidade de o idoso Vida sexual saudável conversar sobre o tema, tirar suas dúvidas e explicar o uso correto de meios preventivos, certamente deixará de oferecer a esse paciente a proteção necessária, pondera Dr. Gil. Em sua opinião, outro fator relevante é que o sexo entre idosos, teoricamente, não carece de proteção com intuito de prevenção de geração de filhos. Isso faz com que muitos idosos deixem de se cuidar por esse fato. O médico lembra, contudo, sobre a importância do uso da camisinha, forma mais eficiente de se evitar a contaminação por DSTs. A libertação de preconceitos, aliás, é um dos principais passos que permeiam o entendimento da sexualidade na terceira idade. Além de fugir das camisinhas, é muito comum um homem maduro, portador de disfunção sexual erétil (antes conhecida como impotência sexual), suportar os dissabores da doença em silêncio, sem conversar nem ao menos com a parceira, o que é, sem dúvida, causa de muitos relacionamentos desfeitos. Um dos pontos essenciais no tratamento das disfunções sexuais de forma geral é o trabalho do casal. Caso o casal não seja capaz de desenvolver uma conversa franca, as possibilidades de resolução dos problemas diminuem bastante, lembra Dr. Gil. O climatério, para algumas mulheres, é um período de problemas psicológicos em que o fato de não poder mais gerar filhos propicia sentimento de desvalorização pessoal. Outras mulheres, entretanto, descobrem nesta fase uma nova liberdade. O homem não tem o problema da diminuição da fertilidade, Dr. Luiz Antonio Gil Júnior oferece cinco dicas básicas para uma vida sexual saudável na terceira idade: 1- Procure um médico para avaliar as suas condições de saúde, revisar as medicações e dar orientações gerais em relação à sexualidade na terceira idade; 2- Tire suas dúvidas com um profissional da área da saúde e não com amigos. Muitas vezes os amigos pioram os mitos relacionados à sexualidade na terceira idade; 3- As carícias, carinhos e afeto são muito mais importantes com o envelhecimento para um bom relacionamento na terceira idade; 4- Não tenha vergonha! Saiba que é possível ter outros tipos de belezas do que apenas o vigor físico; 5- Converse bastante com seu (sua) parceiro(a) conhecer as preferências de cada um facilita muito no momento de se relacionar. mas pode experimentar crises emocionais que se refletem no seu vigor sexual. Novamente entramos na questão das circunstâncias que afetam todos os idosos, mas as mulheres em especial, diz Dr. Gil. Cabe ao casal desenvolver mecanismos para que a sexualidade não sofra influência extrema das circunstâncias da vida. O geriatra afirma, também, que dois outros pontos devem ser ressaltados: o primeiro deles é que a sexualidade não deve ser entendida como coito. A sexualidade engloba todas as formas de carinhos e carícias que um casal é capaz de desenvolver, diz. O segundo ponto a ser lembrado é que nem todas as disfunções eréteis são resolvidas com os remédios. Uma boa parte delas necessitará de outras terapias, auxílio psicológico, tratamento de depressão, dentre outras intervenções. Vale lembrar aos mais jovens que estudos demonstram que a sexualidade na terceira idade é diretamente relacionada com a forma que a pessoa desenvolveu sua sexualidade na juventude. É importantíssimo que se invista em campanhas de conscientização aos idosos para que eles utilizem proteção para atividade sexual, finaliza Dr. Gil. 24

5 Fase exige mais atividade física Manter uma vida sexualmente ativa na maturidade requer alguns cuidados básicos com a saúde, que vão do abandono do tabagismo, do álcool a uma alimentação balan- Se a sua condição física permitir, prefira usar as escadas em lugar do elevador e utilize sempre o corrimão; Se você não tem limitações para dirigir, estacione o carro um pouco mais longe do destino; Desça do trem, ônibus ou metrô uma ou duas estações antes; Caminhe em lugar de usar o carro para ir ao banco, à padaria, ao correio, ao shopping, à feira ou ao supermercado. Caminhar beneficia o sistema motor e cardiovascular; Cuide você mesmo da sua casa e do jardim; Saia para dançar, ou dance em casa, mesmo sozinho; Levante-se da cadeira e mude manualmente os canais de TV; Faça você mesmo as compras do supermercado ou da feira; Aproveite as filas nos bancos ou correios para fortalecer os músculos do abdômen e das pernas; A prática regular de exercícios físicos produz bem-estar, ajuda a diminuir o peso, melhora a pressão arterial e a aptidão física o idoso fica menos suscetível a quedas. Todos os indivíduos com idade avançada devem praticar a modalidade de exercício físico que melhor se adapte à sua condição física e à sua preferência pessoal. Mas não se esqueça de consultar o médico. Fontes: Dr. Luiz Antonio Gil Júnior, geriatra do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo e Diretor de Comunicação da Sociedade Brasileira de Geriatria de São Paulo planos cabesp purestock ceada e a prática regular de exercícios físicos. A regra é básica para todas as idades, mas quando a idade chega, o corpo perde agilidade e esses fatores de cuidados se tornam ainda mais importantes. Veja algumas recomendações do Programa Agita São Paulo e aprenda a curtir mais os seus anos dourados: Abaixo os resultados dos planos de Assistência Direta, PAP, PAFE e FAMÍLIA relativos aos valores médios de janeiro até maio de 2013 ASSISTÊNCIA DIRETA RECEITA OPERACIONAL Receita com Contribuições Coparticipação + Outras Receita com Administração de Planos DESPESA OPERACIONAL Desp. Assistencial ( Médico + Odonto ) Despesa Administrativa RESULTADO OPERACIONAL RESULTADO FINANCEIRO LÍQUIDO+AJUSTE SUPERÁVIT / DÉFICIT RESERVA FINAL BASE BENEFICIÁRIOS - UNITÁRIOS OBS 1 - Os saldos de reserva e base de associados são referentes a maio de 2013 OBS 2 - Em razão do demonstrativo ser em R$ MIL, podem ocorrer divergências no somatório. PAFE PAP Valores em R$ Mil CABESP FAMÍLIA 5

6 Por (*) Paulo Sergio Trevelin Picolo Conheça a importância da limpeza da língua A limpeza da língua é um hábito que poucas pessoas têm, muitas vezes devido à falta de informação, e que é fundamental na prevenção das cáries, doenças periodontais e do mau hálito. Há, em nossa boca, de 400 a 500 espécies diferentes de microorganismos e, em apenas um ml de saliva, existem aproximadamente 150 milhões de bactérias. A língua é, comprovadamente, o maior nicho de bactérias da boca. Isso porque, na língua, existem as papilas gustativas em que se acumulam bactérias e restos de alimentos nos minúsculos espaços existentes entre essas papilas. Se estes restos de alimentos não forem removidos, eles servirão de alimento para as bactérias. Estas, por sua vez, se não forem removidas se multiplicam livremente e causam cáries, doenças periodontais e mau hálito. Em 90% dos casos de mau hálito, a origem do problema está na boca. E a saburra lingual, placa bacteriana que deixa a língua com um aspecto esbranquiçado, é um dos principais inimigos do hálito fresco. Por isso, para que seja feita realmente uma boa higiene oral não basta apenas escovar os dentes com a técnica correta e utilizar o fio dental. É preciso também complementar a higiene bucal com a limpeza da língua. A redução dos microrganismos da superfície lingual, pelos métodos mecânicos de remoção, pode ser um meio auxiliar de controle de doenças bucais. A higienização da língua é muito simples: pode ser utilizada a própria escova de dente (algumas até já possuem um tipo de limpador de língua em sua cabeça) ou fazer o uso dos raspadores. Como ambos são eficazes na limpeza da língua, o melhor é utilizar a técnica com a qual melhor se adaptar. Como fazer Com a escova: 1 coloque a língua para fora o máximo que puder; 2 coloque a escova na parte mais posterior possível da língua, pressione-a contra a língua e puxe-a vagarosamente para frente, escovando todas as regiões. Com o raspador: 1 coloque a língua para fora o máximo que puder; 2 coloque o raspador na parte mais posterior possível da língua e puxe-o para frente em um movimento de arrastar. Lave-o e raspe-a de novo, repetindo o procedimento de quatro a cinco vezes, limpando toda a superfície da língua. Não faça muita força ao raspar a língua para não se machucar. Seja qual for a técnica utilizada, pode-se ter ânsia de vômito durante a higienização da língua, mas com o tempo e com a repetição diária do movimento acaba-se acostumando. Com o hábito também se aprende até que posição da língua é possível ir com a escova/raspador. O correto é avançar o mais fundo possível, mas lembre-se de buscar seu limite por causa do provável mal-estar de ânsia. (*) Paulo Sérgio Trevelin Pícolo é Cirurgião-Dentista na Auditoria e Regulação Odontológica da Cabesp FIQUE POR DENTRO Site da Cabesp ganha nova cara Agora ficou muito mais fácil navegar no novo site da Cabesp, que ganhou uma versão moderna, interativa e mais completa Você tem entrado no site da Cabesp nos últimos tempos? Se não, corra lá: www. cabesp.com.br. Você vai se deparar com uma boa surpresa: o site ganhou sinais de leveza, ficou mais moderno, bonito, simples, mas completo e bastante interativo. Logo na home, o internauta se depara com um aplicativo bastante didático, que oferece um tour aos interessados nas primeiras visitas. Além da área institucional, com links para A Empresa, Nossos Planos, Diferenciais e Jornal Cabesp, o web site oferece áreas restritas para os Beneficiários e os Credenciados, acessadas por meio de cadastro prévio e senha, que garantem a confidencialidade das informações. Também os parceiros, como convênios de reciprocidade têm link próprio. Entre no site; opine, participe. Contamos com suas sugestões. 26

7 FIQUE POR DENTRO Medicamentos com preços reduzidos ou até de graça Você sabia que o governo federal disponibiliza medicamentos com descontos de até 90% (inclusive anticoncepcionais, preservativos e fraldas geriátricas) e alguns até gratuitos? Veja nesta reportagem como usar tais serviços e não descuide do seu tratamento. Farmácia Popular do Brasil Programa do governo federal que oferece mais de uma centena de medicamentos para tratar diversas patologias a preços acessíveis, em todo o Brasil, através de redes próprias (mais de 500 unidades) ou conveniadas (mais de ) identificadas com a placa Aqui Tem Farmácia Popular. Dentro da Farmácia Popular do Brasil, existe também o Programa Saúde Não Tem Preço que disponibiliza vários medicamentos gratuitos para tratamento da hipertensão, do diabetes e da asma. Veja alguns deles no quadro ao lado. Como usar Para adquirir estes medicamentos, basta comparecer a uma das farmácias do Programa munido de receita médica, CPF e um documento de identidade com foto. As receitas deverão conter: dados legíveis do médico (nome, CRM e assinatura), endereço do consultório, data de emissão e nome e endereço residencial do paciente. Mas atenção: a prescrição deverá ser feita pelo princípio ativo do medicamento. Asma Diabetes Hipertensão Patologia A importância da validade das receitas Medicamentos para Hipertensão, Diabetes, Dislipidemia (Colesterol), Asma, Rinite, Parkinson, Osteoporose e Glaucoma = validade de 120 dias. Anticoncepcionais = validade de um ano. Fraldas geriátricas = as receitas médicas e/ou laudos e/ou atestados médicos terão validade de 120 dias. OBS: Lista sujeita a alterações sem prévio aviso. Na rede própria, a lista de medicamentos é mais completa. Para consultar lista atualizada de medicamentos ou lista de farmácias próprias do Farmácia Popular acesse: br/portal/saude/area.cfm?id_area=1095 ou Disque Saúde: 136 Aqui Tem Farmácia Popular : governo oferece centenas de medicamentos em mais de 500 unidades (rede própria) e cerca de 20 mil unidades conveniadas Programa Saúde não tem Preço Medicamento/ Componente Brometo de Ipratrópio 0,02 mg Brometo de Ipratrópio 0,25mg Dipropionato de Beclometsona 200 mcg Dipropionato de Beclometsona 250 mcg Dipropionato de Beclometsona 50 mcg Sulfato de Salbutamol 100 mcg (aerosol) Sulfato de Salbutamol 5 mg/10 ml Cloridrato de Metformina 500 mg Cloridrato de Metformina 850 mg Glibenclamida 5 mg Insulina Humana 100 ui/ml Insulina Humana regular 100 ui/ml Atenolol 25 mg Cloridrato de Propranolol 40 mg Hidroclorotiazida 25 mg Losartana Potássica 50 mg Maleato de Enalapril 10 mg Programas Estaduais Os governos Estaduais também possuem programas que oferecem medicamentos mais baratos e/ou gratuitos. Como exemplo, podemos citar o programa Dose Certa, do governo do Estado de São Paulo. Para saber se em seu estado ou cidade existe algum programa específico consulte o Disque Saúde do Ministério da Saúde (136) ou a Secretaria da Saúde do seu Estado. Não descuide da sua saúde: siga as orientações e prescrições do seu médico. Afinal, sua saúde também depende de suas ações. Fonte: 7

8 Segundo dados do Ministério da Saúde, do total de óbitos registrados nos primeiros três meses deste ano, 42% tinham acima de 60 anos. Tal constatação coloca as pessoas dessa faixa de idade com 12 vezes mais risco de morrer por dengue do que as de outras faixas etárias. Devido a essa vulnerabilidade, o Ministério da Saúde tem dedicado programas de comunicação específicos aos idosos, orientando para que eles procurem os serviços de saúde assim que perceberem os primeiros sinais da doença. Os sintomas mais comuns da dengue são febre, dor de cabeça algumas vezes mais localizada no fundo dos olhos DENGUE Idosos têm 12 vezes mais risco de morrer por dengue e dores nas articulações. Dores abdominais e vômitos persistentes são sinais de agravamento e a pessoa deve procurar imediatamente um serviço de saúde mais próximo. Também é fundamental não tomar remédio que tenha em sua composição o Ácido Acetil Salicílico (AAS, aspirina e outros) e se hidratar com água, sucos e água de coco. Mapa da Doença - Nos três primeiros meses deste ano, 10 estados brasileiros apresentaram alta incidência de dengue e concentraram 74,5% dos casos notificados ao Ministério da Saúde. Os estados de Rondônia, Acre, Amazonas, Tocantins, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Goiás registraram índices que vão de até casos por 100 mil habitantes no período. Do total de casos suspeitos notificados neste ano, ( ), já foram descartados. Vale destacar que há notificações em 2013 ainda consideradas suspeitas, podendo ser descartadas ou confirmadas após a investigação pelas secretarias municipais de saúde. No ano passado, no mesmo período (1º de janeiro a Fonte: 30 de março), foram notificações. Em 2011, os casos notificados foram e, em 2010, de Cuidados para evitar a proliferação do mosquito Não deixe água parada em pneus, latas, garrafas e vasos de plantas. Mantenha as caixas d água tampadas. Trate a água de piscinas com cloro. Não acumule lixo. AMIGO FELIZ Você já vacinou seu pet este ano? Se você ainda não vacinou seu pet de estimação, não esqueça de providenciar isso rapidamente. A vacinação é o primeiro passo para que seu amiguinho tenha uma vida saudável e duradoura. Todos cães e gatos devem ser imunizados antes de começar a frequentar as ruas para evitar as doenças virais que são causadoras de grande número de mortes, especialmente de filhotes. As vacinas disponibilizadas no mercado fornecem proteção contra várias doenças. As mais comuns e que mais matam são: Leptospirose, Parvovirose, Hepatite Infecciosa, Cinomose, Coronavírus, Parainfluenza e Raiva. Sendo a Leptospirose e Raiva doenças classificadas como Zoonoses (doenças que o cão poderá transmitir ao homem ou vice-versa). Nos gatos, as doenças mais acometidas são: Panleucopenia, Rinotraqueite, Calicivirose, Leucemia Felina e Raiva. Para que cães e gatos recebam a vacina, é necessário que estejam saudáveis, livres de vermes e alimentando-se bem. Para isso devemos levar o filhote ao médico veterinário, pois só ele tem condições de avaliar melhor a saúde do animal e assim, de acordo com o histórico do filhote e se possível também o da sua mãe, instituir o programa de vacinação mais adequado. Veja o cronograma de vacinação: CRONOGRAMA DE VACINAÇÃO - CÃO Com 45 dias de idade 1ª dose da vacina óctupla Com 30 dias após a 1ª dose 2ª dose da vacina óctupla Com 30 dias após a 2ª dose 3ª dose da óctupla + anti-rábica ATENÇÃO: Deve ser realizado o reforço anual da óctupla e da anti-rábica CRONOGRAMA DE VACINAÇÃO - GATO Com 45 dias de idade 1ª dose da vacina quádrupla Com 30 dias após a 1ª dose 2ª dose da vacina quádrupla + anti-rábica ATENÇÃO: Deve ser realizado o reforço anual da óctupla e da anti-rábica. Fonte: União Internacional Protetora dos Animais (Uipa) Publicação da Caixa Beneficente dos Funcionários do Banco do Estado de São Paulo, dirigida aos seus associados. Sede: Rua Boa Vista, 293 Centro - São Paulo/SP CEP Diretor Presidente: Eduardo José Prupest - Diretor de Operações: Jorge Angelo Lawand - Diretor Administrativo: Sérgio Kiyoshi Hirata - Diretor Financeiro: Getulio de Souza Coelho - Disque Cabesp: Fax: (11) Fale Conosco: - Fale Conosco. Edição e Produção: AMG & Editores Associados, Comunicação Integrada - - Colaboração: Mariana Nogueira - Projeto Gráfico: Carlos Rocha - Tiragem: exemplares. 8 O conteúdo dos anúncios publicitários é de inteira responsabilidade do anunciante, não alterando as regras estabelecidas pela CABESP quanto à cobertura, autorização, ao perfil e ao sistema de livre escolha.

ELENCO OFICIAL DOS MEDICAMENTOS DISPONIBILIZADOS GRATUITAMENTE PELO PROGRAMA AQUI TEM FARMÁCIA POPULAR

ELENCO OFICIAL DOS MEDICAMENTOS DISPONIBILIZADOS GRATUITAMENTE PELO PROGRAMA AQUI TEM FARMÁCIA POPULAR ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,02 MG 7896026302449 ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,02 MG 7896026302432 ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,02 MG 7896026300193 ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,25MG 7896672202407 ASMA BROMETO

Leia mais

ELENCO OFICIAL DOS MEDICAMENTOS DISPONIBILIZADOS GRATUITAMENTE PELO PROGRAMA AQUI TEM FARMÁCIA POPULAR (atualizado em 01/06/2015)

ELENCO OFICIAL DOS MEDICAMENTOS DISPONIBILIZADOS GRATUITAMENTE PELO PROGRAMA AQUI TEM FARMÁCIA POPULAR (atualizado em 01/06/2015) ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,02MG 7896026302449 ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,02MG 7896026302432 ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,25MG 7896026300216 ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,25MG 7896004725420 ASMA BROMETO

Leia mais

ELENCO OFICIAL DOS MEDICAMENTOS DISPONIBILIZADOS GRATUITAMENTE PELO PROGRAMA AQUI TEM FARMÁCIA POPULAR

ELENCO OFICIAL DOS MEDICAMENTOS DISPONIBILIZADOS GRATUITAMENTE PELO PROGRAMA AQUI TEM FARMÁCIA POPULAR ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,02MG 7896026300193 ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,02MG 7896026302449 ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,02MG 7896026302432 ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,25MG 7896026300216 ASMA BROMETO

Leia mais

ELENCO OFICIAL DOS MEDICAMENTOS DISPONIBILIZADOS GRATUITAMENTE PELO PROGRAMA AQUI TEM FARMÁCIA POPULAR (atualizado em 16/03/2015)

ELENCO OFICIAL DOS MEDICAMENTOS DISPONIBILIZADOS GRATUITAMENTE PELO PROGRAMA AQUI TEM FARMÁCIA POPULAR (atualizado em 16/03/2015) ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,02MG 7896026300193 ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,02MG 7896026302449 ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,02MG 7896026302432 ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,25MG 7896026300216 ASMA BROMETO

Leia mais

ELENCO OFICIAL DOS MEDICAMENTOS DISPONIBILIZADOS GRATUITAMENTE PELO PROGRAMA AQUI TEM FARMÁCIA POPULAR

ELENCO OFICIAL DOS MEDICAMENTOS DISPONIBILIZADOS GRATUITAMENTE PELO PROGRAMA AQUI TEM FARMÁCIA POPULAR ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,02 MG 7896026302432 ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,02 MG 7896026302449 ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,02 MG 7896026300193 ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,25 MG 7896026300216 ASMA

Leia mais

O QUE É AIDS?... 2 TESTAGEM... 3 PRINCIPAIS SINTOMAS DA AIDS... 4 SAIBA COMO SE PEGA AIDS... 5 Assim Pega... 5 Assim não pega... 5 Outras formas de

O QUE É AIDS?... 2 TESTAGEM... 3 PRINCIPAIS SINTOMAS DA AIDS... 4 SAIBA COMO SE PEGA AIDS... 5 Assim Pega... 5 Assim não pega... 5 Outras formas de O QUE É AIDS?... 2 TESTAGEM... 3 PRINCIPAIS SINTOMAS DA AIDS... 4 SAIBA COMO SE PEGA AIDS... 5 Assim Pega... 5 Assim não pega... 5 Outras formas de transmissão... 6 Acidentes ocupacionais com materiais

Leia mais

A importância do tratamento contra a aids

A importância do tratamento contra a aids dicas POSITHIVAS A importância do tratamento contra a aids Por que tomar os medicamentos (o coquetel) contra o HIV? A aids é uma doença que ainda não tem cura, mas tem tratamento. Tomando os remédios corretamente,

Leia mais

Primeiros Cuidados. Dicas de uma Alimentação Saudável

Primeiros Cuidados. Dicas de uma Alimentação Saudável Dividindo o ambiente com os seres humanos, os bichos de estimação também precisam de cuidados especiais para não contrair doenças e, se já houver algum problema, evitar a transmissão aos seus donos. Entre

Leia mais

O que Realmente Funciona

O que Realmente Funciona Prisão de Ventre O mal conhecido como intestino preguiçoso, obstipação ou prisão de ventre atinge cerca de um em cada cinco pessoas. O tratamento é bastante simples, mas, na falta dele, a prisão de ventre

Leia mais

DST/HIV PASSATEMPOS. Conhecer para prevenir. Bom pra cabeça. l CAÇA-PALAVRAS l DIRETOX l DOMINOX

DST/HIV PASSATEMPOS. Conhecer para prevenir. Bom pra cabeça. l CAÇA-PALAVRAS l DIRETOX l DOMINOX DST/HIV Conhecer para prevenir Bom pra cabeça PASSATEMPOS l CAÇA-PALAVRAS l DIRETOX l DOMINOX l código secreto E MUITO MAIS! 2 coquetel Uma das grandes preocupações do Ministério da Saúde é a prevenção

Leia mais

E R BO SRA AL F S s O TS M D + A S V DIA

E R BO SRA AL F S s O TS M D + A S V DIA VAMOS FALAR SOBRE AIDS + DSTs AIDS A AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) atinge indiscriminadamente homens e mulheres e tem assumido proporções assustadoras desde a notificação dos primeiros

Leia mais

ELENCO OFICIAL DOS MEDICAMENTOS DISPONIBILIZADOS GRATUITAMENTE PELO PROGRAMA AQUI TEM FARMÁCIA POPULAR (atualizado em 11/03/2016)

ELENCO OFICIAL DOS MEDICAMENTOS DISPONIBILIZADOS GRATUITAMENTE PELO PROGRAMA AQUI TEM FARMÁCIA POPULAR (atualizado em 11/03/2016) ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,02MG 7896026302432 ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,02MG 7896026302449 ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,25MG 7896112157380 ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,25MG 7896006210108 ASMA BROMETO

Leia mais

Número de casos de aids em pessoas acima de 60 anos é extremamente preocupante

Número de casos de aids em pessoas acima de 60 anos é extremamente preocupante 22 Entrevista Número de casos de aids em pessoas acima de 60 anos é extremamente preocupante Texto: Guilherme Salgado Rocha Fotos: Denise Vida O psicólogo Nilo Martinez Fernandes, pesquisador da Fundação

Leia mais

OS SINTOMAS DA GRAVIDEZ

OS SINTOMAS DA GRAVIDEZ AULA 01 OS SINTOMAS DA GRAVIDEZ Dr. Waldyr Muniz Ginecologista e obstetra do Hospital Israelita Albert Einstein Realização: Colaboração Patrocínio: de especialistas do: Aula 01 Os sintomas da gravidez

Leia mais

Dicas para você trabalhar o livro Mamãe, como eu nasci? com seus alunos.

Dicas para você trabalhar o livro Mamãe, como eu nasci? com seus alunos. Dicas para você trabalhar o livro Mamãe, como eu nasci? com seus alunos. Caro professor, Este link do site foi elaborado especialmente para você, com o objetivo de lhe dar dicas importantes para o seu

Leia mais

AIDS NÃO TEM CARA. A DOENÇA ESTÁ SEMPRE CAMISINHA É A ÚNICA PROTEÇÃO.

AIDS NÃO TEM CARA. A DOENÇA ESTÁ SEMPRE CAMISINHA É A ÚNICA PROTEÇÃO. ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DIRETORIA DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA GERÊNCIA DE VIGILÂNCIA DAS DST/HIV/AIDS E HEPATITES VIRAIS CARNAVAL 2011 AIDS NÃO TEM CARA. A DOENÇA ESTÁ SEMPRE

Leia mais

Índice. Passo a passo para uma higiene bucal completa

Índice. Passo a passo para uma higiene bucal completa Índice Introdução...03 Primeiramente enxague...04 Procure a escova certa...05 Pasta de dentes...06 Escove da maneira correta...07 Passe fio dental...08 Nunca esqueça da língua...09 Cuidado no uso de enxaguatórios

Leia mais

1 O que é terapia sexual

1 O que é terapia sexual 1 O que é terapia sexual Problemas, das mais diversas causas, estão sempre nos desafiando, dificultando o nosso diaa-dia. A vida é assim, um permanente enfrentamento de problemas. Mas existem alguns que

Leia mais

SEXUALIDADE E PREVENÇÃO ÀS DST E HIV/AIDS NA TERCEIRA IDADE

SEXUALIDADE E PREVENÇÃO ÀS DST E HIV/AIDS NA TERCEIRA IDADE SEXUALIDADE E PREVENÇÃO ÀS DST E HIV/AIDS NA TERCEIRA IDADE MARIA BEATRIZ DREYER PACHECO Membro do MOVIMENTO NACIONAL DAS CIDADÃS POSITHIVAS Membro do MOVIMENTO LATINO-AMERICANO E CARIBENHO DE MULHERES

Leia mais

A AIDS NA TERCEIRA IDADE: O CONHECIMENTO DOS IDOSOS DE UMA CASA DE APOIO NO INTERIOR DE MATO GROSSO

A AIDS NA TERCEIRA IDADE: O CONHECIMENTO DOS IDOSOS DE UMA CASA DE APOIO NO INTERIOR DE MATO GROSSO A AIDS NA TERCEIRA IDADE: O CONHECIMENTO DOS IDOSOS DE UMA CASA DE APOIO NO INTERIOR DE MATO GROSSO SATO, Camila Massae 1 Palavras-chave: Idoso, AIDS, conhecimento Introdução A população idosa brasileira

Leia mais

Papiloma Vírus Humano - HPV

Papiloma Vírus Humano - HPV VACINAÇÃO HPV 2015 Papiloma Vírus Humano - HPV O vírus HPV é altamente contagioso, sendo possível contaminar-se com uma única exposição. A sua transmissão se dá por contato direto com a pele ou mucosa

Leia mais

Sexualidade Humana. Mensagem Importante. O sexo é uma necessidade humana básica, essencial para uma vida equilibrada e satisfatória.

Sexualidade Humana. Mensagem Importante. O sexo é uma necessidade humana básica, essencial para uma vida equilibrada e satisfatória. Como Superar a Disfunção Erétil (DE) e a Ejaculação Precoce (EP). Maximen Urologia Especializada O sexo é uma necessidade humana básica, essencial para uma vida equilibrada e satisfatória. Mensagem Importante

Leia mais

ELENCO OFICIAL DOS MEDICAMENTOS DISPONIBILIZADOS GRATUITAMENTE PELO PROGRAMA AQUI TEM FARMÁCIA POPULAR

ELENCO OFICIAL DOS MEDICAMENTOS DISPONIBILIZADOS GRATUITAMENTE PELO PROGRAMA AQUI TEM FARMÁCIA POPULAR ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,02MG 7896026300193 ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,02MG 7896026302449 ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,02MG 7896026302432 ASMA BROMETO DE IPRATRÓPIO 0,25MG 7896026300216 ASMA BROMETO

Leia mais

ELENCO OFICIAL DOS MEDICAMENTOS DISPONIBILIZADOS GRATUITAMENTE PELO PROGRAMA AQUI TEM FARMÁCIA POPULAR

ELENCO OFICIAL DOS MEDICAMENTOS DISPONIBILIZADOS GRATUITAMENTE PELO PROGRAMA AQUI TEM FARMÁCIA POPULAR DIABETES CLORIDRATO DE METFORMINA 500 MG 7898361881566 DIABETES CLORIDRATO DE METFORMINA 500 MG 7898361881573 DIABETES CLORIDRATO DE METFORMINA 850 MG 7898361881580 DIABETES CLORIDRATO DE METFORMINA 850

Leia mais

SEXUALIDADE E PREVENÇÃO DAS DST/AIDS NA TERCEIRA IDADE SEXUALIDADE E PREVENÇÃO DAS DST/AIDS NA TERCEIRA IDADE

SEXUALIDADE E PREVENÇÃO DAS DST/AIDS NA TERCEIRA IDADE SEXUALIDADE E PREVENÇÃO DAS DST/AIDS NA TERCEIRA IDADE SEXUALIDADE E PREVENÇÃO DAS DST/AIDS NA TERCEIRA IDADE SEXUALIDADE E PREVENÇÃO DAS DST/AIDS NA TERCEIRA IDADE Marília Viana Berzins Secretaria Municipal da Saúde /Cidade de São Paulo mariliaa@prefeitura.sp.gov.br

Leia mais

Quinta Edição/2015 Quinta Região de Polícia Militar - Quarta Companhia Independente

Quinta Edição/2015 Quinta Região de Polícia Militar - Quarta Companhia Independente GRIPE X RESFRIADO GRIPE e RESFRIADO são as mesmas coisas? Não. A gripe é uma doença grave, contagiosa, causada pelo vírus Influenza (tipos A,B e C) e o resfriado é menos agressivo e de menor duração, causado

Leia mais

3º Bimestre Preciosidades da vida AULA: 113 Conteúdos:

3º Bimestre Preciosidades da vida AULA: 113 Conteúdos: CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I 3º Bimestre Preciosidades da vida AULA: 113 Conteúdos: Tempo verbal: presente. Propriedade comutativa da multiplicação.

Leia mais

AFETA A SAÚDE DAS PESSOAS

AFETA A SAÚDE DAS PESSOAS INTRODUÇÃO Como vai a qualidade de vida dos colaboradores da sua empresa? Existem investimentos para melhorar o clima organizacional e o bem-estar dos seus funcionários? Ações que promovem a qualidade

Leia mais

Campanha DST 1. Enzo Maymone COUTO 2 Eduardo Perotto BIAGI 3 Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, MS

Campanha DST 1. Enzo Maymone COUTO 2 Eduardo Perotto BIAGI 3 Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, MS Campanha DST 1 Enzo Maymone COUTO 2 Eduardo Perotto BIAGI 3 Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, MS RESUMO: Este trabalho foi realizado na disciplina de Criação II do curso de Comunicação Social

Leia mais

Dengue uma grande ameaça. Mudanças climáticas, chuvas e lixo fazem doença avançar.

Dengue uma grande ameaça. Mudanças climáticas, chuvas e lixo fazem doença avançar. Dengue uma grande ameaça. Mudanças climáticas, chuvas e lixo fazem doença avançar. O verão chega para agravar o pesadelo da dengue. As mortes pela doença aumentaram na estação passada e vem preocupando

Leia mais

UMA REVISÃO SISTEMÁTICA: O PROFISSIONAL DE SAÚDE E SEU OLHAR SOBRE O IDOSO E A AIDS

UMA REVISÃO SISTEMÁTICA: O PROFISSIONAL DE SAÚDE E SEU OLHAR SOBRE O IDOSO E A AIDS UMA REVISÃO SISTEMÁTICA: O PROFISSIONAL DE SAÚDE E SEU OLHAR SOBRE O IDOSO E A AIDS Nayara Ferreira da Costa¹; Maria Luisa de Almeida Nunes ²; Larissa Hosana Paiva de Castro³; Alex Pereira de Almeida 4

Leia mais

AIDS e envelhecimento: repercussões na saúde pública

AIDS e envelhecimento: repercussões na saúde pública AIDS e envelhecimento: repercussões na saúde pública Por Guilherme Wendt, Equipe SIS.Saúde INTRODUÇÃO Devido aos avanços técnico-científicos observados no mundo, consequentes transformações foram percebidas,

Leia mais

Você está lendo o trecho grátis do ebook Como Provocar Orgasmos Femininos, do Psicólogo Terapeuta Sexual Marlon Mattedi.

Você está lendo o trecho grátis do ebook Como Provocar Orgasmos Femininos, do Psicólogo Terapeuta Sexual Marlon Mattedi. Você está lendo o trecho grátis do ebook Como Provocar Orgasmos Femininos, do Psicólogo Terapeuta Sexual Marlon Mattedi Boa leitura Marlon Mattedi COMO PROVOCAR ORGASMOS FEMININOS O que nunca lhe contaram!

Leia mais

40 dicas para tornar seu site mais eficiente e funcional

40 dicas para tornar seu site mais eficiente e funcional 40 dicas para tornar seu site mais eficiente e funcional Essas 40 dicas são ótimas e assino embaixo. Foram passadas para mim pelo amigo Luiz Rodrigues, aluno também do Curso Online de Design Web. A fonte

Leia mais

Amil alerta sobre obesidade infantil com apelo das próprias crianças: diga não!

Amil alerta sobre obesidade infantil com apelo das próprias crianças: diga não! Amil alerta sobre obesidade infantil com apelo das próprias crianças: diga não! Um dos maiores problemas enfrentados pelos pais na educação alimentar dos filhos é conseguir entender a linha tênue entre

Leia mais

Revelação Diagnóstica do HIV A arte de comunicar más notícias Tânia Regina C. de Souza, Karina Wolffenbuttel, Márcia T. F.

Revelação Diagnóstica do HIV A arte de comunicar más notícias Tânia Regina C. de Souza, Karina Wolffenbuttel, Márcia T. F. Revelação Diagnóstica do HIV A arte de comunicar más notícias Tânia Regina C. de Souza, Karina Wolffenbuttel, Márcia T. F. dos Santos A aids é ainda uma doença ameaçadora. Apesar de todos os avanços no

Leia mais

BAILANDO NA TERCEIRA IDADE: RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE A DANÇA EM UMA ASSOCIAÇÃO DE IDOSOS DE GOIÂNIA/GO

BAILANDO NA TERCEIRA IDADE: RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE A DANÇA EM UMA ASSOCIAÇÃO DE IDOSOS DE GOIÂNIA/GO BAILANDO NA TERCEIRA IDADE: RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE A DANÇA EM UMA ASSOCIAÇÃO DE IDOSOS DE GOIÂNIA/GO Palavras-chave: Idoso, práticas corporais, dança, saúde. INTRODUÇÃO Este relato foi fruto de uma

Leia mais

Fim da Sensibilidade na Glande

Fim da Sensibilidade na Glande Autor: Davi Ribeiro Fim da Sensibilidade na Glande Muitos homens alegam sofrer com a forte sensibilidade na glande. E isso, de certa forma, atrapalha muito na hora do sexo, principalmente na hora de ter

Leia mais

Acupuntura: a escuta das dores subjetivas

Acupuntura: a escuta das dores subjetivas 38 Acupuntura: a escuta das dores subjetivas Simone Spadafora A maior longevidade expõe os seres vivos por mais tempo aos fatores de risco, resultando em maior possibilidade de desencadeamento de doenças

Leia mais

CONHECENDO A PSICOTERAPIA

CONHECENDO A PSICOTERAPIA CONHECENDO A PSICOTERAPIA Psicólogo Emilson Lúcio da Silva CRP 12/11028 2015 INTRODUÇÃO Em algum momento da vida você já se sentiu incapaz de lidar com seus problemas? Se a resposta é sim, então você não

Leia mais

cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA

cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 2 TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI* *Artigo 5º da Constituição Brasileira

Leia mais

cartões de bolso serié 3 Transmissão das ITS

cartões de bolso serié 3 Transmissão das ITS cartões de bolso serié 3 Transmissão das ITS 1 O que são ITS? São infecções causadas por vírus, bactérias ou outros micróbios, que se transmitem de pessoas infectadas para outras, através das relações

Leia mais

TODOS CONTRA O A PREVENÇÃO É A MELHOR SOLUÇÃO

TODOS CONTRA O A PREVENÇÃO É A MELHOR SOLUÇÃO TODOS CONTRA O MOSQUITO A PREVENÇÃO É A MELHOR SOLUÇÃO Sobre o Aedes aegypti O mosquito Aedes aegypti é o transmissor da Dengue, Chikungunya e e a infecção acontece após a pessoa receber uma picada do

Leia mais

Educação Sexual: Quem ama cuida. Cuide-se!*

Educação Sexual: Quem ama cuida. Cuide-se!* Educação Sexual: Quem ama cuida. Cuide-se!* SANTOS, Jessica Suriano dos 1 ; ANJOS, Antônio Carlos dos 2 ; RIBEIRO, Álvaro Sebastião Teixeira 3 Palavras-chave: Educação Sexual; Doenças Sexualmente Transmissíveis;

Leia mais

MANUAL DO ALUNO DO CURSO DE EJA ENSINO MÉDIO MANUAL DO ALUNO EJA - ENSINO MÉDIO. Praça Marechal Deodoro, 356 Santa Cecília São Paulo SP CEP: 01150-010

MANUAL DO ALUNO DO CURSO DE EJA ENSINO MÉDIO MANUAL DO ALUNO EJA - ENSINO MÉDIO. Praça Marechal Deodoro, 356 Santa Cecília São Paulo SP CEP: 01150-010 MANUAL DO ALUNO EJA - ENSINO MÉDIO Caro Aluno, Este manual tem o objetivo de tirar suas dúvidas e tornar seu curso no INED o mais completo possível. Leia tudo com muita atenção e, se ao final ainda tiver

Leia mais

Truvada: o medicamento que pode revolucionar a história da AIDS e está causando processos contra o SUS

Truvada: o medicamento que pode revolucionar a história da AIDS e está causando processos contra o SUS Truvada: o medicamento que pode revolucionar a história da AIDS e está causando processos contra o SUS Você já deve ter ouvido falar que mulheres grávidas portadoras do HIV, ao fazerem o tratamento antirretroviral

Leia mais

MEMÓRIA DA REUNIÃO 1. PAUTA

MEMÓRIA DA REUNIÃO 1. PAUTA Assunto: Reunião/Palestra saúde para orientar e esclarecer as dúvidas da população sobre as ações preventivas na área da saúde pública em virtude da construção da UHE Belo Monte. Redator: Lucimara Rios

Leia mais

HPV. Papiloma Virus. Trata-se de uma infecção adquirida através de contato sexual.

HPV. Papiloma Virus. Trata-se de uma infecção adquirida através de contato sexual. HPV Papiloma Virus Todo ano, cerca de 230 mil mulheres morrem no mundo vítimas do câncer no colo do útero. E, para o surgimento desse tipo de câncer, é necessário que a vítima tenha sido infectada pelo

Leia mais

OS 5 PASSOS QUE MELHORAM ATÉ 80% OS RESULTADOS NO CONTROLE DO DIABETES. Mônica Amaral Lenzi Farmacêutica Educadora em Diabetes

OS 5 PASSOS QUE MELHORAM ATÉ 80% OS RESULTADOS NO CONTROLE DO DIABETES. Mônica Amaral Lenzi Farmacêutica Educadora em Diabetes OS 5 PASSOS QUE MELHORAM ATÉ 80% OS RESULTADOS NO CONTROLE DO DIABETES Mônica Amaral Lenzi Farmacêutica Educadora em Diabetes TER DIABETES NÃO É O FIM... É o início de uma vida mais saudável, com alimentação

Leia mais

OUTUBRO ROSA REFORÇA A IMPORTÂNCIA DO DIAGNÓSTICO PRECOCE NA CURA DO CÂNCER DE MAMA

OUTUBRO ROSA REFORÇA A IMPORTÂNCIA DO DIAGNÓSTICO PRECOCE NA CURA DO CÂNCER DE MAMA OUTUBRO ROSA REFORÇA A IMPORTÂNCIA DO DIAGNÓSTICO PRECOCE NA CURA DO CÂNCER DE MAMA Enviado por LINK COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL 01-Out-2015 PQN - O Portal da Comunicação LINK COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL - 01/10/2015

Leia mais

É MUITO GRAVE! COMBATER O MOSQUITO É DEVER DE TODOS!

É MUITO GRAVE! COMBATER O MOSQUITO É DEVER DE TODOS! Filiado a: Dengue, Chikungunya e Zika Vírus É MUITO GRAVE! COMBATER O MOSQUITO É DEVER DE TODOS! AEDES AEGYPTI Aedes Aegypti e Aedes Albopictus são as duas espécies de mosquito que podem transmitir Dengue,

Leia mais

A ILUSÃO NOS ADOECE E A REALIDADE NOS CURA. O ENIGMA DA DOENÇA E DA CURA

A ILUSÃO NOS ADOECE E A REALIDADE NOS CURA. O ENIGMA DA DOENÇA E DA CURA 1 A ILUSÃO NOS ADOECE E A REALIDADE NOS CURA. O ENIGMA DA DOENÇA E DA CURA José Fernando de Freitas RESUMO Os doentes têm uma relação especial com suas doenças. A mente diz que quer se curar, mas, na realidade,

Leia mais

14 segredos que você jamais deve contar a ele

14 segredos que você jamais deve contar a ele Link da matéria : http://www.dicasdemulher.com.br/segredos-que-voce-jamais-deve-contar-aele/ DICAS DE MULHER DICAS DE COMPORTAMENTO 14 segredos que você jamais deve contar a ele Algumas lembranças e comentários

Leia mais

REDE NACIONAL DE ADOLESCENTES E JOVENS VIVENDO COM HIV/AIDS

REDE NACIONAL DE ADOLESCENTES E JOVENS VIVENDO COM HIV/AIDS REDE NACIONAL DE ADOLESCENTES E JOVENS VIVENDO COM HIV/AIDS Manuela Estolano Coordenadora Nacional Rede Nacional de Adolescentes e Jovens Vivendo com HIV/Aids REDE NACIONAL DE ADOLESCENTES E JOVENS VIVENDO

Leia mais

GABRIELA AZEVEDO E MARIANA ALMEIDA

GABRIELA AZEVEDO E MARIANA ALMEIDA GABRIELA AZEVEDO E MARIANA ALMEIDA o decorrer da história das sociedades, os padrões de beleza de homens e mulheres foram se transformando. Até hoje, no Oriente, o idoso é valorizado por sua sabedoria

Leia mais

Indicador de Recuperação de Crédito SPC CDL/BH ABRIL/2016

Indicador de Recuperação de Crédito SPC CDL/BH ABRIL/2016 Indicador de Recuperação de Crédito SPC CDL/BH ABRIL/2016 Elaborado: Economia - Pesquisa & Mercado Equipe Técnica: Economista Ana Paula Bastos Estatística Sarah Ribeiro Analista de economia André Correia

Leia mais

INFORME SEMANAL DE DENGUE, ZIKA E CHIKUNGUNYA

INFORME SEMANAL DE DENGUE, ZIKA E CHIKUNGUNYA INFORME SEMANAL DE DENGUE, ZIKA E CHIKUNGUNYA Perguntas e respostas sobre a FEBRE CHIKUNGUNYA O que é Chikungunya? É uma doença infecciosa febril, causada pelo vírus Chikungunya (CHIKV), que pode ser transmitida

Leia mais

CUIDADOS A TER COM O ANIMAL GERIÁTRICO

CUIDADOS A TER COM O ANIMAL GERIÁTRICO Clínica Veterinária de Mangualde Dr. Benigno Rodrigues Dra. Sandra Oliveira CUIDADOS A TER COM O ANIMAL GERIÁTRICO O que devo fazer para garantir um envelhecimento com qualidade de vida ao meu animal?

Leia mais

Ferrarezi News. Setembro/2015. News. Ferrarezi. Onda de virose? Tudo é Virose? Programa - PRO Mamãe & Bebê. Depressão

Ferrarezi News. Setembro/2015. News. Ferrarezi. Onda de virose? Tudo é Virose? Programa - PRO Mamãe & Bebê. Depressão Setembro/2015 3 Onda de virose? 6 Tudo é Virose? 10 Programa - PRO Mamãe & Bebê 11 Depressão Setembro/2015 Onda de virose? O virologista Celso Granato esclarece Ouço muita gente falar em virose. Procurei

Leia mais

Sumário. Aids: a magnitude do problema. A epidemia no Brasil. Característica do Programa brasileiro de aids

Sumário. Aids: a magnitude do problema. A epidemia no Brasil. Característica do Programa brasileiro de aids Sumário Aids: a magnitude do problema A epidemia no Brasil Característica do Programa brasileiro de aids Resultados de 20 anos de luta contra a epidemia no Brasil Tratamento Prevenção Direitos humanos

Leia mais

DENGUE. PROIBIDO RETORNAR. XXXXXX

DENGUE. PROIBIDO RETORNAR. XXXXXX DENGUE. PROIBIDO RETORNAR. XXXXXX Elimine água empoçada nos pratos de plantas e pneus velhos. Não deixe latas vazias, garrafas, potes plásticos, tampinhas, lixo e entulho expostos à chuva. Com o esforço

Leia mais

HIV. O vírus da imunodeficiência humana HIV-1 e HIV-2 são membros da família Retroviridae, na subfamília Lentividae.

HIV. O vírus da imunodeficiência humana HIV-1 e HIV-2 são membros da família Retroviridae, na subfamília Lentividae. A Equipe Multiprofissional de Saúde Ocupacional da UDESC lembra: Dia 01 de dezembro é dia mundial de prevenção à Aids! Este material foi desenvolvido por alunos do Departamento de Enfermagem da Universidade

Leia mais

INTRODUÇÃO. Diabetes & você

INTRODUÇÃO. Diabetes & você INTRODUÇÃO Diabetes & você Uma das coisas mais importantes na vida de uma pessoa com diabetes é a educação sobre a doença. Conhecer e saber lidar diariamente com o diabetes é fundamental para levar uma

Leia mais

Você sabe o que é cárie?

Você sabe o que é cárie? Clínica Geral Você sabe o que é cárie? Todo mundo acredita que a cárie é uma espécie de bichinho que vai comendo o dente! Mas na verdade, chamamos de cárie a deterioração do dente que é causada pelas bactérias

Leia mais

Gripe H1N1, o que a Escola precisa saber!

Gripe H1N1, o que a Escola precisa saber! 1 Gripe H1N1, o que a Escola precisa saber! O que é a gripe H1N1? A gripe H1N1, também conhecida como gripe A, é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar ao agravamento e ao óbito,

Leia mais

DICAS DE BURACO ONLINE

DICAS DE BURACO ONLINE DICAS DE BURACO ONLINE Link: http://www.jogatina.com/dicas-jogar-buraco-online.html Às vezes, conhecemos todas as regras de um jogo, mas na hora de passar da teoria para a prática, as coisas não funcionam

Leia mais

DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO

DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO E- BOOK GRATUITO Olá amigo (a), A depressão é um tema bem complexo, mas que vêm sendo melhor esclarecido à cada dia sobre seu tratamento e alívio. Quase todos os dias novas

Leia mais

GOOGLE.COM.BR - PRIVACY POLICY

GOOGLE.COM.BR - PRIVACY POLICY Última modificação: 27 de julho de 2012 ( visualizar versões arquivadas) Existem muitas maneiras diferentes pelas quais você pode usar nossos serviços pesquisar e compartilhar informações, comunicar-se

Leia mais

Informativo FioSaúde

Informativo FioSaúde Informativo FioSaúde ANO VI / Nº 57 Março / Abril 2011 1 Informativo FioSaúde PUBLICAÇÃO DO FIOPREV ANO VI / NÚMERO 57 Março - Abril 2011 FioSaúde realiza reunião com usuários sobre nova tabela de preços

Leia mais

Falta de tempo, filhos, casa e trabalho, múltiplas tarefas. Este é o cenário vivenciado por muitas das mulheres brasileiras atualmente.

Falta de tempo, filhos, casa e trabalho, múltiplas tarefas. Este é o cenário vivenciado por muitas das mulheres brasileiras atualmente. O Que Você Procura? página inicial Fale Conosco Sobre Nós /beleza /saúde /amenidades /dicas Dia da Mulher: Saúde e tempo para uma vida melhor Curtir Falta de tempo, filhos, casa e trabalho, múltiplas tarefas.

Leia mais

HIV / Aids Orientações para pacientes e familiares

HIV / Aids Orientações para pacientes e familiares HIV / Aids Orientações para pacientes e familiares Serviço de Enfermagem Cirúrgica Este manual contou com a colaboração de: professora enfermeira Isabel Cristina Echer; enfermeiras Beatriz Guaragna, Ana

Leia mais

09:49:35 - Jane Bettiol : Convidado 'Jane Bettiol' entra na sala. 10:00:22 - DC fala para todos: Os chats são realizadas por jornalistas de

09:49:35 - Jane Bettiol : Convidado 'Jane Bettiol' entra na sala. 10:00:22 - DC fala para todos: Os chats são realizadas por jornalistas de 09:49:35 - Jane Bettiol : Convidado 'Jane Bettiol' entra na sala. 10:00:22 - DC fala para todos: Os chats são realizadas por jornalistas de diario.com.br, convidados especiais e pelos usuários. Todas as

Leia mais

DORES DE CABEÇA E ENXAQUECA Sex, 28 de Agosto de 2009 19:57 - Última atualização Sáb, 21 de Agosto de 2010 19:16

DORES DE CABEÇA E ENXAQUECA Sex, 28 de Agosto de 2009 19:57 - Última atualização Sáb, 21 de Agosto de 2010 19:16 DORES DE CABEÇA E ENXAQUECA A tensão do dia a dia é a causa mais freqüente das dores de cabeça mas, elas poderem aparecer por diversas causas e não escolhem idade e sexo. Fique sabendo, lendo este artigo,

Leia mais

convicções religiosas...

convicções religiosas... apresenta Cartilha O termo DISCRIMINAR significa separar; diferenciar; estabelecer diferença; distinguir; não se misturar; formar grupo à parte por alguma característica étnica, cultural, religiosa etc;

Leia mais

Vamos falar sobre câncer?

Vamos falar sobre câncer? Vamos falar sobre câncer? O SIEMACO sempre está ao lado dos trabalhadores, seja na luta por melhores condições de trabalho, lazer e educação ou na manutenção da saúde, visando a promoção e ascensão social.

Leia mais

Estudo x trabalho: aprenda a vencer a rotina de atividades rumo ao sucesso

Estudo x trabalho: aprenda a vencer a rotina de atividades rumo ao sucesso Estudo x trabalho: aprenda a vencer a rotina de atividades rumo ao sucesso Sumário introdução 03 Capítulo 5 16 Capítulo 1 Pense no futuro! 04 Aproveite os fins de semana Capítulo 6 18 Capítulo 2 07 É preciso

Leia mais

GUIA DO PACIENTE DE RADIOTERAPIA

GUIA DO PACIENTE DE RADIOTERAPIA GUIA DO PACIENTE DE RADIOTERAPIA GUIA DO PACIENTE Você está iniciando o seu tratamento e acompanhamento conosco. Com o objetivo de esclarecer algumas dúvidas, elaboramos este guia com as informações sobre

Leia mais

Instituto de Higiene e Medicina Tropical/IHMT. Fundação Luso Americana para o Desenvolvimento/FLAD. Fundação Portugal - África

Instituto de Higiene e Medicina Tropical/IHMT. Fundação Luso Americana para o Desenvolvimento/FLAD. Fundação Portugal - África Instituto de Higiene e Medicina Tropical/IHMT APOIO: Fundação Luso Americana para o Desenvolvimento/FLAD Casa de Cultura da Beira/CCB CERjovem ATENÇAÕ MULHER MENINA! Fundação Portugal - África RESPOSTAS

Leia mais

RAIVA. A raiva é um doença viral prevenível de mamíferos, que geralmente é transmitida através da mordida de uma animal infectado.

RAIVA. A raiva é um doença viral prevenível de mamíferos, que geralmente é transmitida através da mordida de uma animal infectado. RAIVA A raiva é um doença viral prevenível de mamíferos, que geralmente é transmitida através da mordida de uma animal infectado. RAIVA PRINCIPAIS VETORES - Furão (ferrets) - Raposas - Coiotes - Guaxinins

Leia mais

ORÇAMENTO DOMÉSTICO PLANEJAMENTO DE COMPRAS FORMAS DE PAGAMENTO ECONOMIA DOMÉSTICA

ORÇAMENTO DOMÉSTICO PLANEJAMENTO DE COMPRAS FORMAS DE PAGAMENTO ECONOMIA DOMÉSTICA 2009 ORÇAMENTO DOMÉSTICO PLANEJAMENTO DE COMPRAS FORMAS DE PAGAMENTO ECONOMIA DOMÉSTICA A elaboração do orçamento doméstico nem sempre é uma tarefa fácil. Definir quais são as suas necessidades e planejar

Leia mais

Guia do Crédito Certo. Para entender e usar corretamente.

Guia do Crédito Certo. Para entender e usar corretamente. Guia do Crédito Certo Para entender e usar corretamente. Índice 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Conhecendo o crédito. 1 \ O que fazer para ter uma vida financeira saudável? 2 Para que serve o crédito? 5 O Crédito Certo

Leia mais

Coordenação da Atenção Básica. Manual de Orientação para a Unidade Básica de Saúde

Coordenação da Atenção Básica. Manual de Orientação para a Unidade Básica de Saúde Coordenação da Atenção Básica Manual de Orientação para a Unidade Básica de Saúde Secretaria Municipal da Saúde São Paulo 2006 manual_remedio_nova_versao.indd 1 31/1/2006 09:51:20 Prefeito José Serra Secretária

Leia mais

Comportamento sexual está intimamente relacionado ao comportamento reprodutivo; Influenciado por vários fatores fisiológicos e comportamentais;

Comportamento sexual está intimamente relacionado ao comportamento reprodutivo; Influenciado por vários fatores fisiológicos e comportamentais; Curso - Psicologia Disciplina: Bases Biológicas do Comportamento Resumo Aula - Comportamento Reprodutivo Comportamento Reprodutivo Comportamento sexual está intimamente relacionado ao comportamento reprodutivo;

Leia mais

Manual de diretrizes para aplicação das peças publicitárias. Manual Diretrizes Farmácia Popular 1

Manual de diretrizes para aplicação das peças publicitárias. Manual Diretrizes Farmácia Popular 1 Manual de diretrizes para aplicação das peças publicitárias Manual Diretrizes Farmácia Popular 1 Este manual tem como objetivo orientar as empresas credenciadas no Programa Aqui Tem Farmácia Popular sobre

Leia mais

QUAIS OS TIPOS DE HPV MAIS COMUNS QUE PODEM CAUSAR CÂNCER?

QUAIS OS TIPOS DE HPV MAIS COMUNS QUE PODEM CAUSAR CÂNCER? O QUE É O HPV? Sigla para Papilomavírus Humano, são vírus capazes de infectar a pele ou a mucosa. Existem mais de 150 tipos diferentes de HPV, dos quais 40 podem infectar o trato genital e, destes, 12

Leia mais

Acompanhamento. Sejam bem-vindos. 7 dias 1 mês 2 meses 3 meses 6 meses 1 ano

Acompanhamento. Sejam bem-vindos. 7 dias 1 mês 2 meses 3 meses 6 meses 1 ano Acompanhamento Sejam bem-vindos Nós desenvolvemos este guia para ajudá-lo a se preparar para a alta de sua criança. Muitas famílias acreditam que aprendendo e conversando antes da alta hospitalar de sua

Leia mais

Vigilância epidemiológica da Dengue no município de Natal

Vigilância epidemiológica da Dengue no município de Natal Prefeitura do Natal Secretaria Municipal de Saúde Departamento de Vigilância em Saúde Centro de Controle de Zoonoses Data de produção: 17/2/215 Ano 8 Número 6 - Dados referente as Semanas Epidemiológica

Leia mais

REAÇÕES E SENTIMENTOS DE FAMILIARES frente ao suicídio

REAÇÕES E SENTIMENTOS DE FAMILIARES frente ao suicídio REAÇÕES E SENTIMENTOS DE FAMILIARES frente ao suicídio TERAPIA DO LUTO Profa. Dra. Angela Maria Alves e Souza Enfermeira-Docente-UFC o suicídio desencadeia o luto mais difícil de ser enfrentado e resolvido

Leia mais