3) Contribuir no processo de restauração da sexualidade de alunos;

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "3) Contribuir no processo de restauração da sexualidade de alunos;"

Transcrição

1 VII CURSO SOBRE SEXUALIDADE 2015 Considerações iniciais O curso sobre sexualidade é promovido e coordenado pelo Ministério Luz na Noite em parceria com a Igreja Batista na Praia do Canto e apoio da Igreja Presbiteriana em Jardim Camburi. Sobre o Ministério Luz na noite O Ministério Luz na Noite é um ministério de apoio àqueles que desejam voluntariamente abandonar a prática da homossexualidade. Há 13 (doze) anos promove ou apoia a promoção de ações que atuem na área da restauração da sexualidade humana, entre elas o Curso sobre Sexualidade. Mais informações no Visão do Curso sobre Sexualidade Nossa visão é de que, a restauração da sexualidade humana é possível em Cristo, não importando qual seja a problemática que a atingiu. A Graça e as escolhas individuais podem imprimir mudanças significativas e positivas, mesmo que, num modo e ritmo diferenciado para todo aquele que iniciar um processo com a expectativa de vivenciar o projeto de Deus para a sua vida sexual. Objetivos Gerais 1) Equipar líderes com ferramentas de ajuda na restauração da sexualidade de seus liderados; 2) Informar a igreja sobre sexualidade numa perspectiva científica e cristã, suas problemáticas e perspectivas de enfrentamento; 3) Contribuir no processo de restauração da sexualidade de alunos; Público Alvo 1) Maiores de 18 anos; 2) Membro de Igreja; 3) Líderes de jovens, adolescentes, ministérios de casais, professores da escola bíblica dominical, presbíteros, pastores, líderes de departamento infantil, psicólogos, assistentes sociais, pedagogos e demais interessados no tema; Apostilas O Aluno receberá apostila de cada aula ministrada. Na aula específica sobre Noções para Aconselhamento Cristão, Módulo III, receberá o livro Aconselhando Cristãos em Luta com a Homossexualidade, da Ed. Abba Press, no lugar da apostila. Certificado O aluno que optar pelo curso no modo integral, receberá certificado desde que tenha o percentual mínimo de 70% de presença nas aulas. 1

2 Ao final do curso o aluno estará apto a: a) auxiliar na restauração da sexualidade de seu (s) liderado(s); b) a estender à igreja a informação recebida sobre a sexualidade numa perspectiva científica e cristã, suas problemáticas e perspectivas de enfrentamento; c) agregar a contribuição recebida em seu processo de restauração, se assim o desejar; Evento Introdutório Aula inaugural: Sexta-feira, às 20h. Tema Sexualidade Desafios à Fé Cristã Preletor: Pr. Usiel Carneiro Souza, pastor da Igreja Batista na Praia do Canto. Ementa: Promover à reflexão dos participantes quanto ao modo como a fé cristã na história lidou com a sexualidade. Falar sobre os quadros da sexualidade nas Escrituras, aspectos presentes na história cristã, os equívocos da igreja (banimento dos pecadores, hipocrisia e silêncio), características da sexualidade neste milênio e por fim sugerir os desafios à fé cristã diante do contexto atual. Além da aula inaugural, haverá a apresentação do curso, professores, ementas e um tempo de interação com os alunos. Ementas das aulas MÓDULO I Objetivo: Este módulo tem como objetivo introduzir conceitos, extraídos do meio científico e cristão acerca da sexualidade, que nortearão o aluno durante todo o curso. É um módulo que visa lançar fundamentos. 1) Auto estima e auto imagem e Sexualidade Ementa: Definir autoestima e autoimagem; definir identidade; esclarecer como são construídas (autoestima e autoimagem) e como podem ser marcadas positiva e negativamente; definir sexualidade; entrelaçar autoestima positiva e autoimagem positiva com uma sexualidade potencialmente saudável, e, autoestima negativa e autoimagem negativa com uma sexualidade potencialmente destrutiva; apontar perspectivas de restauração da identidade (autoestima e autoimagem) e da sexualidade; Sexta-feira, às 19h. Professor: Pr. Iranildo Ferreira, pastor na Igreja Presbiteriana em Itaparica e psicólogo. 2) Sexualidade Masculina Ementa: Definir sexualidade e masculinidade; apontar expectativas divinas e sociais para a sexualidade masculina; apontar fatores que influenciaram a construção e o desenvolvimento da sexualidade masculina (Ex. feminismo, culto ao corpo, concepção latino americana do macho, potência, virilidade, etc.); demonstrar principais distúrbios 2

3 clínicos que atingem a vida sexual do homem, suas consequências psicológicas e perspectivas de enfrentamento; Sexta-feira, às 19h. Professor: Carlos Henrique dos Reis Bonfim, presbítero na Igreja Presbiteriana em Jardim Camburi, enfermeiro, psicanalista e psicólogo. 3) Sexualidade Feminina Ementa: Definir sexualidade e feminilidade; apontar expectativas divinas e sociais para a sexualidade feminina; apontar fatores que influenciam a construção da sexualidade feminina (Ex. feminismo, submissão, maternidade, culto ao corpo, realização profissional, TPM, menopausa, etc.); demonstrar principais distúrbios clínicos que atingem a vida sexual da mulher, suas consequências psicológicas e perspectivas de enfrentamento; Sexta-feira, às 19h Professora: Daiana Franco Milani, membro da Igreja Batista em Piúma, Psicóloga. MÓDULO II Objetivo: Este módulo tem como objetivo apresentar as principais problemáticas sociais (e cristãs) acerca da sexualidade e apontar perspectivas de enfrentamento. 1) Vício sexual 1ª Parte Ementa: Definir o que é vício sexual; apontar os principais tipos de vício sexual; esclarecer sobre possibilidades de origem; consequências e propostas de intervenção e restauração; Quinta-feira, às 19h Professor: Carlos Henrique dos Reis Bonfim, presbítero na Igreja Presbiteriana em Jardim Camburi, enfermeiro, psicanalista e psicólogo. 2) Vício sexual 2ª Parte Ementa: Dentre a categoria de vícios sexuais explorar com mais vagar os temas da pornografia e da masturbação, atualmente tão presentes no meio cristão, apontando, ao exemplo da 1ª parte da aula, as possibilidades de origem, consequências e propostas de intervenção e restauração; Sexta-feira, às 19h. Professor: Carlos Henrique dos Reis Bonfim, presbítero na Igreja Presbiteriana em Jardim Camburi, enfermeiro, psicanalista e psicólogo. 3) Homossexualidade, família e igreja Ementa: Definir o que é a homossexualidade; raízes potencialmente influenciadoras para sua construção; apontar perspectivas de restauração e a importância da família e da igreja no processo de acolhimento e ajuda; Sexta-feira, às 19h. 3

4 Professora: Débora Fonseca e Cunha, membro da Igreja Presbiteriana em Jardim Camburi, Coordenadora do Ministério Luz na Noite. 4) Abuso Sexual e o Perdão na Restauração Ementa: Definir o que é abuso sexual; esclarecer sobre suas características; apresentar de modo panorâmico os aspectos legais; apresentar perfis psicológicos do abusador e do abusado; esclarecer sobre o que é o aliciamento e como pode acontecer; demonstrar sinais do abuso sexual em crianças; apresentar perspectivas sobre como lidar com a situação; apresentar possibilidades de prevenção do abuso sexual; demonstrar a importância do perdão na restauração da vítima; Sexta-feira, às 19h. Professora: Débora Fonseca e Cunha, membro da Igreja Presbiteriana em Jardim Camburi, Coordenadora do Ministério Luz na Noite. 5) Dependência Emocional Ementa: Definir o que é dependência e codependência emocional; suas possibilidades de origem; seus efeitos na identidade e na vida do dependente; e perspectivas de enfrentamento; Sexta-feira, às 19h. Professora: Débora Fonseca e Cunha, membro da Igreja Presbiteriana em Jardim Camburi, Coordenadora do Ministério Luz na Noite. 6) Infidelidade Conjugal Ementa: Definir o que é a infidelidade conjugal ilustrando com tipos modernos tais como a virtual; apontar causas de origem, consequências no âmbito familiar, eclesiástico e social; trabalhar propostas de prevenção, intervenção e restauração; Quinta-feira, às 19h. Professor: Carlos Henrique dos Reis Bonfim, presbítero na Igreja Presbiteriana em Jardim Camburi, enfermeiro, psicanalista e psicólogo. 7) Prostituição Ementa: Definir o que é a prostituição; esboçar um breve panorama de seus aspectos históricos até a atualidade; apontar as causas de origem; informar sobre os efeitos na vida do indivíduo e na sociedade; trabalhar propostas de intervenção demonstrando as principais existentes atualmente no Brasil e no mundo, e apontar perspectivas de enfrentamento; Sexta-feira, às 19h. Professora: Andrea Ribeiro dos Santos, membro da Igreja Presbiteriana em Jardim Camburi, Missionária e Diretora Executiva da Jocum ES. 8) Desafios na Educação Sexual de Filhos Ementa: Definir o que é a educação sexual; demonstrar como ela é trabalhada nas escolas e qual a proposta cristã; apontar os principais desafios para os pais na educação sexual dos filhos; e perspectiva de como a igreja pode auxiliar; 4

5 Sexta-feira, às 19h. Professora: Adriana Coelho de Carvalho, Ministra de louvor na Igreja Presbiteriana em Jardim Camburi, odontóloga. MÓDULO III Objetivo: Este módulo tem como objetivo apontar ferramentas para a igreja equipar-se no enfrentamento de questões ligadas à sexualidade. 1) Teologia da Sexualidade Ementa: Considerar, à luz das Escrituras, os aspectos fundamentais da sexualidade humana, sua razão de ser e desafios diante do pecado que atinge toda a raça humana. Refletir sobre conceitos fundamentais como teologia, cristianismo, pecado e liberdade, como forma de salientar os desafios envolvidos na luta por uma sexualidade saudável. Salientar a interdependência entre a sexualidade masculina e feminina, e o fato de que os gêneros foram ideia de Deus e não um acidente da evolução. Desafiar os alunos para o cuidado com a própria sexualidade como expressão da espiritualidade e a humildade e amor diante dos desafios da sexualidade dos outros. Sexta-feira, às 19h. Professor: Pr. Usiel Carneiro Souza, pastor da Igreja Batista na Praia do Canto. 2) Os direitos sexuais e a igreja Ementa: Situar o aluno sobre os aspectos legais atuais acerca de temas como: divórcio, concubinato, pedofilia e homossexualidade. Definir o que é a homofobia. Situar o aluno sobre o cenário atual mundial e brasileiro quanto à criminalização da homofobia, os projetos legislativos brasileiros existentes, nacionais, estaduais e municipais. Informar ainda sobre a proteção constitucional à liberdade de crença para igrejas e ministérios que trabalham com a questão da homossexualidade orientando sobre precauções legais importantes. Sexta-feira, às 19h. Professor: Húdson de Lima Pereira, membro da Igreja Presbiteriana em Jardim Camburi e advogado. 3) Dando início a ministérios de ajuda na área da sexualidade Ementa: Situar o aluno sobre a necessidade de novos ministérios de ajuda na área da sexualidade; definir o que é um ministério; trabalhar aspectos sobre o chamado, dons, confirmação, aceitação; auxiliar o aluno a enxergar o objetivo e a ênfase do ministério; esclarecer o aluno sobre a importância da prestação de contas, da perseverança, do autocuidado e de continuar fazendo treinamentos quando na direção do ministério; as principais dificuldades; Quinta-feira, às 19h. 5

6 Professora: Débora Fonseca e Cunha, membro da Igreja Presbiteriana em Jardim Camburi, coordenadora do Ministério Luz na Noite. 4) Noções para Aconselhamento Cristão Ementa: Definir sobre o que é aconselhamento cristão; os propósitos; os elementos imprescindíveis; o processo; os estágios; a qualificação do conselheiro; os riscos; o aconselhamento com homossexuais; Sexta-feira, às 19h. Professora: Débora Fonseca e Cunha, membro da Igreja Presbiteriana em Jardim Camburi, coordenadora do Ministério Luz na Noite. 5) Liderança cristã e Sexualidade Ementa: Situar o aluno sobre os tipos clássicos de liderança; auxiliá-lo a enxergar qual a com que ele mais se identifica; demonstrar o tipo de liderança de Jesus e apresentála como modelo; apontar os obstáculos a uma liderança eficaz; enfatizar da importância do autocuidado na vida do líder; Sexta-feira, às 19h. Professor: Pr. Ronildo Soares, Pastor da Igreja Presbiteriana em Jardim Camburi. Culto de Formatura Sexta-feira, Palavra Prof. Pr. Iranildo Ferreira 6

7 Local de Inscrições e realizações do curso Igreja Batista na Praia do Canto Av. Rio Branco, 900, Praia do Canto, Vitória ES. Tel. (27) Dias e horários de realização Sextas-feiras, conforme a programação, das 19h às 22h, exceto a aula inaugural que acontecerá das 20h às 22h. As aulas dos dias 03/09, 08/10, e 12/11 excepcionalmente serão dadas nas quintas- feiras, das 19h às 22h, em decorrência dos feriados. Investimento Opções: 1- Curso modo completo: R$ 200,00 2- Curso modo aula avulsa: R$ 25,00 3- Curso modo módulos: Módulo I R$ 70,00 Módulo II R$ 120,00 Módulo III R$ 100,00 Período de Inscrições: De 04 de maio a 19 de junho de 2015 na secretaria da Igreja Batista na Praia do Canto. Mais Informações: Igreja Batista na Praia do Canto Secretaria: Tel

8 DESTACAR DO KIT APÓS PREENCHIMENTO Formulário de Inscrição Nome completo Tel. contato Idade Estado Civil Filhos Quantos Idade Naturalidade Escolaridade Profissão Igreja Nome do Pastor Cargo que ocupa Interesse pelo curso Como soube do curso Declaro que tomei conhecimento da visão e objetivos gerais do curso e com eles concordo 8

V CURSO SOBRE SEXUALIDADE - 2013

V CURSO SOBRE SEXUALIDADE - 2013 V CURSO SOBRE SEXUALIDADE - 2013 Visão Nossa visão é de que, a restauração da sexualidade humana é possível em Cristo, não importando qual seja a problemática que a atingiu. A Graça e as escolhas individuais

Leia mais

HOMOFOBIA RELIGIOSA: DESAFIOS PARA UMA EDUCAÇÃO INCLUSIVA

HOMOFOBIA RELIGIOSA: DESAFIOS PARA UMA EDUCAÇÃO INCLUSIVA HOMOFOBIA RELIGIOSA: DESAFIOS PARA UMA EDUCAÇÃO INCLUSIVA Viviane Kate Pereira Ramos (Universidade Federal de Campina Grande) viviankate@gmail.com Dayanne Azevedo da Silva (Universidade Federal de Campina

Leia mais

www.entrenacoes.com.br UMA IGREJA FORTE, SE FAZ COM MINISTÉRIOS FORTES

www.entrenacoes.com.br UMA IGREJA FORTE, SE FAZ COM MINISTÉRIOS FORTES www.entrenacoes.com.br UMA IGREJA FORTE, SE FAZ COM MINISTÉRIOS FORTES A RESPONSABILIDADE É PESSOAL A CEEN é uma igreja que tem a responsabilidade de informar e ensinar os valores e princípios de Deus,

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Ações para enfrentamento da AIDS nos jovens e adolescentes.

Mostra de Projetos 2011. Ações para enfrentamento da AIDS nos jovens e adolescentes. Mostra de Projetos 2011 Ações para enfrentamento da AIDS nos jovens e adolescentes. Mostra Local de: Paranavaí Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa:

Leia mais

CALENDÁRIO DA CONVENÇÃO BATISTA CARIOCA 2012 2012 Ano da Educação Cristã

CALENDÁRIO DA CONVENÇÃO BATISTA CARIOCA 2012 2012 Ano da Educação Cristã CALENDÁRIO DA CONVENÇÃO BATISTA CARIOCA 2012 2012 Ano da Educação Cristã ÊNFASE: DESAFIADOS À PRÁTICA DA BÍBLIA PARA SER PADRÃO DE INTEGRIDADE TEMA: Ser como Cristo praticando a Bíblia! DIVISA:... Até

Leia mais

PROGRAMAS/ EVENTOS / PROJETOS/ AÇÕES DO HOSPITAL

PROGRAMAS/ EVENTOS / PROJETOS/ AÇÕES DO HOSPITAL PROGRAMAS/ EVENTOS / PROJETOS/ AÇÕES DO HOSPITAL A AEBES/Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves HEJSN, promove anualmente eventos relacionados às datas comemorativas: aniversário do hospital, páscoa,

Leia mais

TRADIÇÕES RELIGIOSAS

TRADIÇÕES RELIGIOSAS TRADIÇÕES RELIGIOSAS Emmanuelle Serrano Queiroz Leandro de Souza Lino A religião é resultado da forma como escolhemos para nos ligar a Deus, e as Igrejas são as instituições que nos ajudam a fazer essa

Leia mais

ABRIL DESTAQUE DO MÊS: Cantatas de Pascoa

ABRIL DESTAQUE DO MÊS: Cantatas de Pascoa 2016 ABRIL Cantatas de Pascoa 01 Sex. 02 Sab. 03 Dom. Culto de Oração Matutino 7h - Ministério de Oração Cantata de Pascoa Grande Coro 19h 04 Seg. 05 Ter. 06 Qua. Culto de Oração 19:30 - Templo 07 Qui.

Leia mais

CRONOGRAMA DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL 2014

CRONOGRAMA DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL 2014 CRONOGRAMA DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL 2014 Janeiro - Curso de Verão AULAS Dia 05 Domingo O PROFETA, SEU MUNDO E SEUS DILEMAS Preletor: Presb. Ulisses Horst Duque Dia 12 Domingo ATÉ QUANDO SENHOR? Preletor:

Leia mais

Ministério de Mulheres que oram, Heroínas da Fé

Ministério de Mulheres que oram, Heroínas da Fé Ministério de Mulheres que oram, Heroínas da Fé Pr. Presidente : Raul C. Batista e Miss. Ruthe Ribeiro Ministra do MMO: Lourdes Ramalho Assembléia de Deus de Imperatriz- MA Liderança Pr. Raul C. Batista

Leia mais

JOVEM HOMOSSEXUAL substituir por JOVENS GAYS, LÉSBICAS, BISSEXUAIS E TRANSGÊNEROS (GLBT) ou por JUVENTUDE E DIVERSIDADE SEXUAL

JOVEM HOMOSSEXUAL substituir por JOVENS GAYS, LÉSBICAS, BISSEXUAIS E TRANSGÊNEROS (GLBT) ou por JUVENTUDE E DIVERSIDADE SEXUAL JOVEM HOMOSSEXUAL substituir por JOVENS GAYS, LÉSBICAS, BISSEXUAIS E TRANSGÊNEROS (GLBT) ou por JUVENTUDE E DIVERSIDADE SEXUAL OBJETIVOS E METAS 1. Prover apoio psicológico, médico e social ao jovem em

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº de 2009. (Do Sr. Chico Lopes) Art. 1º - Fica criada a profissão de Educador e Educadora Social, nos termos desta Lei.

PROJETO DE LEI Nº de 2009. (Do Sr. Chico Lopes) Art. 1º - Fica criada a profissão de Educador e Educadora Social, nos termos desta Lei. PROJETO DE LEI Nº de 2009 (Do Sr. Chico Lopes) Dispõe sobre a criação da profissão de educador e educadora social e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º - Fica criada a profissão

Leia mais

Postgraduate Studies on Christian Counseling Seminário Teológico Servo de Cristo e Gênesis Instituto de Aconselhamento

Postgraduate Studies on Christian Counseling Seminário Teológico Servo de Cristo e Gênesis Instituto de Aconselhamento Postgraduate Studies on Christian Counseling Seminário Teológico Servo de Cristo e Gênesis Instituto de Aconselhamento Diretor Executivo Pr. Ricardo Chen (Reitor) Diretor Acadêmico Prof. Ziel Machado Cooperador

Leia mais

AÇÕES MÊS DA MULHER 2015 UNIDADE DE SAÚDE AÇÕES A SEREM REALIZADAS DATA

AÇÕES MÊS DA MULHER 2015 UNIDADE DE SAÚDE AÇÕES A SEREM REALIZADAS DATA AÇÕES MÊS DA MULHER 2015 UNIDADE DE SAÚDE AÇÕES A SEREM REALIZADAS DATA US FONTE GRANDE US BONFIM Atendimento à Mulher na Unidade Palestras educativas e ações relacionadas à auto-estima Orientações sobre

Leia mais

UNIÃO DAS IGREJAS EVANGÉLICAS CONGREGACIONAIS DO BRASIL Federação das Uniões de Homens Evangélicos Congregacionais 21ª Associação Regional

UNIÃO DAS IGREJAS EVANGÉLICAS CONGREGACIONAIS DO BRASIL Federação das Uniões de Homens Evangélicos Congregacionais 21ª Associação Regional FEUHEC/21º FEUHEC/21º ANTE-PROJETO DO 6º PLANO DIRETOR O 6º Plano-Diretor da do Brasil, apresenta em seu conteúdo, uma proposta de trabalho a nível Regional, objetivando uma atividade uniforme e conjunta

Leia mais

BIÊNIO 2012-2013. Tema Geral da Igreja Metodista "IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA. Tema para o Biênio

BIÊNIO 2012-2013. Tema Geral da Igreja Metodista IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA. Tema para o Biênio 1 IGREJA METODISTA PASTORAL IMED PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E PLANO DE AÇÃO BIÊNIO 2012-2013 Tema Geral da Igreja Metodista "IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DAS ATIVIDADES DA II SEMANA DO BEBÊ EM COLINAS DO TOCANTINS-TO. TEMA: 2ª SEMANA DO BEBÊ: COLINAS, MÃE CUIDADOSA.

PROGRAMAÇÃO DAS ATIVIDADES DA II SEMANA DO BEBÊ EM COLINAS DO TOCANTINS-TO. TEMA: 2ª SEMANA DO BEBÊ: COLINAS, MÃE CUIDADOSA. PROGRAMAÇÃO DAS ATIVIDADES DA II SEMANA DO BEBÊ EM COLINAS DO TOCANTINS-TO. TEMA: 2ª SEMANA DO BEBÊ: COLINAS, MÃE CUIDADOSA. 18 A 23 DE OUTUBRO DE 2015 DOMINGO- DIA 18 DE OUTUBRO DE 2015 18/10- Domingo

Leia mais

Nome e contato do responsável pelo preenchimento deste formulário: Ubiratan de Brito Fonseca e Mariana Oliveira marianap@mh1.com.

Nome e contato do responsável pelo preenchimento deste formulário: Ubiratan de Brito Fonseca e Mariana Oliveira marianap@mh1.com. PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado Dados da empresa Razão Social: Instituto Amapaense de Línguas Ltda. Nome Fantasia: Instituto Amapaense de Línguas

Leia mais

Correntes de Participação e Critérios da Aliança Global Wycliffe [Versão de 9 de maio de 2015]

Correntes de Participação e Critérios da Aliança Global Wycliffe [Versão de 9 de maio de 2015] Correntes de Participação e Critérios da Aliança Global Wycliffe [Versão de 9 de maio de 2015] Introdução As Organizações da Aliança Global Wycliffe desejam expressar a unidade e a diversidade do Corpo

Leia mais

FACULDADE MISSIONEIRA DO PARANÁ

FACULDADE MISSIONEIRA DO PARANÁ Curso Livre De Tanatologia Sentido das perdas e enfrentamento das crises 1. Área do Conhecimento Teologia/Psicologia/Antropologia/Ciências da Saúde 2. Justificativa Não existem cursos sistemáticos e regulares

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA OLINDA

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA OLINDA LEI Nº 289/2014 Nova Olinda TO, 12 de maio de 2014 Dispõe Sobre a Consolidação Legislativa referente aos eventos, datas comemorativas e feriados de Nova Olinda TO e Institui o Calendário Oficial de Eventos

Leia mais

SEMINÁRIO: ATITUDE 434

SEMINÁRIO: ATITUDE 434 SEMINÁRIO: ATITUDE 434 1 2 DEFINIÇÃO Um movimento de PUREZA SEXUAL conforme a vontade de Deus nas Escrituras. 3 Movimento vs Evento 4 BASE BÍBLICA A vontade de Deus é que vocês sejam santificados: abstenham-se

Leia mais

Aula 1 Uma visão geral das comorbidades e a necessidade da equipe multidisciplinar

Aula 1 Uma visão geral das comorbidades e a necessidade da equipe multidisciplinar Aula 1 Uma visão geral das comorbidades e a necessidade da equipe multidisciplinar Nesta aula, apresentaremos o panorama geral das comorbidades envolvidas na dependência química que serão estudadas ao

Leia mais

VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES: ESTUDO EXPLORATÓRIO E REFLEXIVO NO CREAS DO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE PRUDENTE SP

VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES: ESTUDO EXPLORATÓRIO E REFLEXIVO NO CREAS DO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE PRUDENTE SP Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 385 VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES: ESTUDO EXPLORATÓRIO E REFLEXIVO NO CREAS DO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE

Leia mais

Mestruação é uma maldição. Maternidade é escravidão

Mestruação é uma maldição. Maternidade é escravidão Mestruação é uma maldição Maternidade é escravidão Entre as que se vendem pela prostituição e as que se vendem pelo casamento a única diferença consiste no preço e na duração do contrato. Não sabemos mais

Leia mais

Entrevista. Dra. Nadine Gasman. Humberto Santana Junior 1

Entrevista. Dra. Nadine Gasman. Humberto Santana Junior 1 Entrevista Humberto Santana Junior 1 Dra. Nadine Gasman Nadine Gasman é a Representante do Escritório da ONU Mulheres no Brasil, médica e possui nacionalidade mexicana e francesa. Possui mestrado em Saúde

Leia mais

Princípios de Emponderamento da Mulheres. Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes Igualdade significa Negócios

Princípios de Emponderamento da Mulheres. Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes Igualdade significa Negócios Princípios de Emponderamento da Mulheres Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes Igualdade significa Negócios Denuncie DISQUE DIREITOS HUMANOS 100 2 Campanha de Prevenção à Violência Sexual contra

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES PARA O CURSO DE FORMAÇÃO MISSIONÁRIA

DIRETRIZES CURRICULARES PARA O CURSO DE FORMAÇÃO MISSIONÁRIA DIRETRIZES CURRICULARES PARA O CURSO DE FORMAÇÃO MISSIONÁRIA Considerando que: A Igreja Metodista, em seu Plano Nacional Missionário 2012 2016 apresenta entre as suas ênfases, as seguintes: Enfase 1: Estimular

Leia mais

BANCAS DE TCC PSICOLOGIA 2015/2

BANCAS DE TCC PSICOLOGIA 2015/2 SEGUNDA-FEIRA 30 DE NOVEMBRO DE 2015 17h E01 121 Kamily Ramos Moro Clarisse Mosmann Patrícia Balestrin 1. Síndrome de Down e Estimulação Precoce: sentimentos e percepções dos genitores frente às novas

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA, Câmpus Santa Rosa

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA, Câmpus Santa Rosa SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA, Câmpus Santa Rosa EDITAL Nº 23, de 29 de maio de 2015. EDITAL DE DIVULGAÇÃO DO CURSO DE FORMAÇÃO

Leia mais

Gênero: ( )Masculino ( )Feminino. Nome completo: Endereço: Cidade: Estado CEP

Gênero: ( )Masculino ( )Feminino. Nome completo: Endereço: Cidade: Estado CEP Você está se inscrevendo para Iris Global Escola de Missões: Fortaleza, Março 9 2015- Maio 31 2015. (Clique aqui para se inscrever em uma escola diferente) Informação Pessoal Gênero: ( )Masculino ( )Feminino

Leia mais

INFORME ANO 6 EDIÇÃO Nº 287 FORTALEZA, 8 DE FEVEREIRO DE 2015 AVALIAR: PRÁTICA RELACIONAL

INFORME ANO 6 EDIÇÃO Nº 287 FORTALEZA, 8 DE FEVEREIRO DE 2015 AVALIAR: PRÁTICA RELACIONAL INFORME ANO 6 EDIÇÃO Nº 287 FORTALEZA, 8 DE FEVEREIRO DE 205 AVALIAR: PRÁTICA RELACIONAL A Igreja Batista Central de Fortaleza é uma comunidade comprometida em amar a Deus, amar uns aos outros e proclamar

Leia mais

Relação entre as organizações cristãs e as igrejas locais

Relação entre as organizações cristãs e as igrejas locais Seção Relação entre as organizações cristãs e as Conforme discutido na Seção 1, as desempenham um papel na proclamação e na demonstração do evangelho. Entretanto, com muita freqüência, o papel da igreja

Leia mais

DECLARAÇÃO DE MISSÃO Proclamar o Cristo Vivo e ajudar as pessoas que nele crêem a se tornarem seus discípulos

DECLARAÇÃO DE MISSÃO Proclamar o Cristo Vivo e ajudar as pessoas que nele crêem a se tornarem seus discípulos PIBRJ DECLARAÇÃO DE MISSÃO Proclamar o Cristo Vivo e ajudar as pessoas que nele crêem a se tornarem seus discípulos DECLARAÇÃO DE VISÃO Ser uma família de fé, que recebe as pessoas como são e se esforça

Leia mais

Gênero: Temas Transversais e o Ensino de História

Gênero: Temas Transversais e o Ensino de História Gênero: Temas Transversais e o Ensino de História Thayane Lopes Oliveira 1 Resumo: O tema Relações de gênero compõe o bloco de Orientação Sexual dos temas transversais apresentados nos parâmetros curriculares

Leia mais

Faculdade Sagrada Família

Faculdade Sagrada Família Faculdade Sagrada Família DISCIPLINA: Gestão Escolar 4º período de Pedagogia Prof Ms. Marislei Zaremba Martins Texto: Equipe da Área de Educação Formal - Instituto Ayrton Senna A gestão da educação precisa

Leia mais

ABUSO E MAUS-TRATOS 1

ABUSO E MAUS-TRATOS 1 ABUSO E MAUS-TRATOS 1 Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) Manual de primeiros socorros para ministério com crianças / editora geral Janna Kinner

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA Rua Cel. Antônio Magalhães Rodrigues, 359, Dom Expedito Lopes Sobral/CE Fone: (88) 3614-3232 www.inta.edu.

INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA Rua Cel. Antônio Magalhães Rodrigues, 359, Dom Expedito Lopes Sobral/CE Fone: (88) 3614-3232 www.inta.edu. A COMISSÃO COORDENADORA DE PROCESSO SELETIVO E INGRESSO DO INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA (INTA), no uso de suas atribuições legais, em conformidade com o Regimento da Instituição publica as normas

Leia mais

A PSICANÁLISE E OS MODERNOS MOVIMENTOS DE AFIRMAÇÃO HOMOSSEXUAL 1

A PSICANÁLISE E OS MODERNOS MOVIMENTOS DE AFIRMAÇÃO HOMOSSEXUAL 1 A PSICANÁLISE E OS MODERNOS MOVIMENTOS DE AFIRMAÇÃO HOMOSSEXUAL 1 Este artigo trata da difícil relação entre a teoria psicanalítica, que tradicionalmente considerava os comportamentos eróticos entre pessoas

Leia mais

Edição XI Ano IV Novembro de 2015. Pela. infância

Edição XI Ano IV Novembro de 2015. Pela. infância Edição XI Ano IV Novembro de 2015 Pela infância 1 editorial Por Misael Elias, integrante do CDC O ano de 2015 vai chegando ao fim e demonstra o quanto foi produtivo para o CDC de Pedro Leopoldo. O investimento

Leia mais

PESQUISA SAÚDE E EDUCAÇÃO: CENÁRIOS PARA A CULTURA DE PREVENÇÃO NAS ESCOLAS BRIEFING

PESQUISA SAÚDE E EDUCAÇÃO: CENÁRIOS PARA A CULTURA DE PREVENÇÃO NAS ESCOLAS BRIEFING BR/2007/PI/H/3 PESQUISA SAÚDE E EDUCAÇÃO: CENÁRIOS PARA A CULTURA DE PREVENÇÃO NAS ESCOLAS BRIEFING Brasília 2007 PESQUISA SAÚDE E EDUCAÇÃO: CENÁRIOS PARA A CULTURA DE PREVENÇÃO NAS ESCOLAS BRIEFING -

Leia mais

A INFLUÊNCIA DE LUTERO NA EDUCAÇÃO DE SUA ÉPOCA Gilson Hoffmann

A INFLUÊNCIA DE LUTERO NA EDUCAÇÃO DE SUA ÉPOCA Gilson Hoffmann A INFLUÊNCIA DE LUTERO NA EDUCAÇÃO DE SUA ÉPOCA Gilson Hoffmann 1 DELIMITAÇÃO Ao abordarmos sobre as razões para ser um professor numa escola e falar sobre o amor de Deus, encontramos algumas respostas

Leia mais

Sumário Executivo. Pesquisa Quantitativa de Avaliação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI

Sumário Executivo. Pesquisa Quantitativa de Avaliação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI Sumário Executivo Pesquisa Quantitativa de Avaliação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI Fundação Euclides da Cunha FEC/Data UFF Secretaria de Avaliação e Gestão da Informação Ministério

Leia mais

BASQUETE FEMININO DE BLUMENAU FMD BLUMENAU / VASTO VERDE PROPOSTA DE PARCERIA

BASQUETE FEMININO DE BLUMENAU FMD BLUMENAU / VASTO VERDE PROPOSTA DE PARCERIA BASQUETE FEMININO DE BLUMENAU FMD BLUMENAU / VASTO VERDE PROPOSTA DE PARCERIA As empresas cidadãs como são chamadas as empresas que se utilizam do marketing social, sabem da importância de sua imagem e

Leia mais

Orientações Gerais da Escola de Líderes 2 o semestre - 2013

Orientações Gerais da Escola de Líderes 2 o semestre - 2013 1 Orientações Gerais da Escola de Líderes 2 o semestre - 2013 Quanto à gestão da escola: A escola é gerida pela Igreja Videira em Cuiabá, representada pelo seu presidente, Pr. Crístian Gimenez, através

Leia mais

Gráfico 1 Jovens matriculados no ProJovem Urbano - Edição 2012. Fatia 3;

Gráfico 1 Jovens matriculados no ProJovem Urbano - Edição 2012. Fatia 3; COMO ESTUDAR SE NÃO TENHO COM QUEM DEIXAR MEUS FILHOS? UM ESTUDO SOBRE AS SALAS DE ACOLHIMENTO DO PROJOVEM URBANO Rosilaine Gonçalves da Fonseca Ferreira UNIRIO Direcionado ao atendimento de parcela significativa

Leia mais

A INTEGRAÇÃO DA PREVENÇÃO DAS DROGAS NO CURRÍCULO ESCOLAR

A INTEGRAÇÃO DA PREVENÇÃO DAS DROGAS NO CURRÍCULO ESCOLAR A INTEGRAÇÃO DA PREVENÇÃO DAS DROGAS NO CURRÍCULO ESCOLAR Robson Rogaciano Fernandes da Silva (Mestrando-Universidade Federal de Campina Grande) Ailanti de Melo Costa Lima (Graduanda-Universidade Estadual

Leia mais

Homens, cuidado, sexuais e reprodutivos

Homens, cuidado, sexuais e reprodutivos Homens, cuidado, saúde e direitos sexuais e reprodutivos Inclusão do homem para mudanças no paradigma de gênero Muitos dos problemas relacionados às sexualidade dos jovens estão ancorados na prática do

Leia mais

PROGRAMA: MASTER OF MINISTRY. (M.Min. Programa de Mestrado em Ministério) Modular em Teresina (PI)

PROGRAMA: MASTER OF MINISTRY. (M.Min. Programa de Mestrado em Ministério) Modular em Teresina (PI) PROGRAMA: MASTER OF MINISTRY (M.Min. Programa de Mestrado em Ministério) Modular em Teresina (PI) 1) O seminário Servo de Cristo e a legislação vigente O Servo de Cristo respeitando a legislação vigente,

Leia mais

Paternidade, práticas de cuidado e direitos reprodutivos

Paternidade, práticas de cuidado e direitos reprodutivos Paternidade, práticas de cuidado e direitos reprodutivos O Instituto PAPAI foi fundado em 1997. É uma organização não-governamental feminista, sediada em Recife, Nordeste do Brasil. Nossa equipe é formada

Leia mais

MBA em Design Estratégico

MBA em Design Estratégico Design Estratégico MBA em Design Estratégico Aula Inaugural - 29 de abril de 2015 Aulas as terças e quintas, das 7h às 9h30 Valor do curso: R$ 21.600,00 À vista com desconto: R$ 20.520,00 Consultar planos

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL MAHATMA GANDHI ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO EQUIPE MULTIDISCIPLINAR

COLÉGIO ESTADUAL MAHATMA GANDHI ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO EQUIPE MULTIDISCIPLINAR COLÉGIO ESTADUAL MAHATMA GANDHI ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO EQUIPE MULTIDISCIPLINAR Projeto: Gênero e Diversidade Sexual: o que a escola tem a ver com isso? Guarapuava PR Junho/2013 Apresentação Nos últimos

Leia mais

Universidade do Estado do Rio de Janeiro Vice-Reitoria Curso de Abordagem da Violência na Atenção Domiciliar Unidade 1 Introdução

Universidade do Estado do Rio de Janeiro Vice-Reitoria Curso de Abordagem da Violência na Atenção Domiciliar Unidade 1 Introdução Universidade do Estado do Rio de Janeiro Vice-Reitoria Curso de Abordagem da Violência na Atenção Domiciliar Unidade 1 Introdução Em Introdução, veremos os conceitos gerais referentes à violência, sua

Leia mais

LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA, EXPRESSÃO E RELIGIÃO NO BRASIL Rev. Augustus Nicodemus Lopes APRESENTAÇÃO CARTA DE PRINCÍPIOS 2011

LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA, EXPRESSÃO E RELIGIÃO NO BRASIL Rev. Augustus Nicodemus Lopes APRESENTAÇÃO CARTA DE PRINCÍPIOS 2011 LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA, EXPRESSÃO E RELIGIÃO NO BRASIL [SLIDE 1] CAPA [SLIDE 2] UM ASSUNTO ATUAL APRESENTAÇÃO CARTA DE PRINCÍPIOS 2011 Os conceitos de liberdade de consciência e de expressão têm recebido

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL

PROGRAMAÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL PROFIS SOCIEDADE DE PROMOÇÃO SOCIAL DO FISSURADO LÁBIO PALATAL PROGRAMAÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL BAURU - 2012 1- Identificação Instituição Responsável: PROFIS Sociedade de Promoção Social do Fissurado Lábio

Leia mais

www.aamparaautismo.org.br - aamparaautismo@yahoo.com.br (41) 8416-9537 Rua Pres. Carlos Cavalcanti, 598 Centro Curitiba PR

www.aamparaautismo.org.br - aamparaautismo@yahoo.com.br (41) 8416-9537 Rua Pres. Carlos Cavalcanti, 598 Centro Curitiba PR www.aamparaautismo.org.br - aamparaautismo@yahoo.com.br (41) 8416-9537 Rua Pres. Carlos Cavalcanti, 598 Centro Curitiba PR ROSIMERE BENITES Dados Pessoais: Casada: Reinaldo Benites Filha: Beatriz Benites

Leia mais

DIA DO DESAFIO MOBILIZA 35 MIL PESSOAS EM ARACATI

DIA DO DESAFIO MOBILIZA 35 MIL PESSOAS EM ARACATI ARACATI INFORMA Informativo do Governo Municipal de Aracati. Ed. 3. 29 de maio de 2014. Ano 1 DIA DO DESAFIO MOBILIZA 35 MIL PESSOAS EM ARACATI ESCOLAS, EMPRESAS E A POPULAÇÃO PARTICIPARAM ATRAVÉS DE ATIVIDADES

Leia mais

Um movimento de PUREZA SEXUAL conforme a vontade de Deus nas Escrituras, selado publicamente pelo uso da Aliança de Prata.

Um movimento de PUREZA SEXUAL conforme a vontade de Deus nas Escrituras, selado publicamente pelo uso da Aliança de Prata. Um movimento de PUREZA SEXUAL conforme a vontade de Deus nas Escrituras, selado publicamente pelo uso da Aliança de Prata. Um pacto com Deus e com sua Igreja de, diariamente, fugir da imoralidade sexual,

Leia mais

M Í D I A K I T - 2 0 1 5

M Í D I A K I T - 2 0 1 5 MÍDIA KIT - 2015 O QUE É O BIBOTALK, QUEM O FAZ E POR QUE FALAR DE TEOLOGIA O Bibotalk é um blog com a missão de ensinar teologia cristã para jovens e adultos. Para isso, utiliza-se de textos, vídeos,

Leia mais

E a família... como vai?

E a família... como vai? 1. A crise na família Perigos atuais para família 2. A consciência para família 3. O chamado da família 4. Um caso na família Princípio espiritual para família Prática espiritual da família Papel do batismo

Leia mais

Formação Profissional de Professores/as em Gênero, Sexualidade, Orientação Sexual e Relações Étnico Raciais

Formação Profissional de Professores/as em Gênero, Sexualidade, Orientação Sexual e Relações Étnico Raciais Formação Profissional de Professores/as em Gênero, Sexualidade, Orientação Sexual e Relações Étnico Raciais O que é o GDE É um curso de Aperfeiçoamento, na modalidade a distância, com carga horária de

Leia mais

BARREIRAS ENCONTRADAS/ENFRENTADAS POR HOMOSSEXUAIS NO ESPORTE

BARREIRAS ENCONTRADAS/ENFRENTADAS POR HOMOSSEXUAIS NO ESPORTE BARREIRAS ENCONTRADAS/ENFRENTADAS POR HOMOSSEXUAIS NO ESPORTE Jarlson Carneiro Amorim da Silva(1); Iraquitan De Oliveira Caminha (Orientador)(2); Tatiane Dos Santos Silva(3); Jéssica Leite Serrano(4) (1)Mestrando

Leia mais

PARTE 1 Identificação da Experiência

PARTE 1 Identificação da Experiência PARTE 1 Identificação da Experiência NOME DA INSTITUIÇÃO/ESCOLA/REDE: Escola Municipal Professora Maria Irene Vicentini Theodoro Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos. ENDEREÇO:

Leia mais

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO E CONHECIMENTO DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA DAS ESCOLAS ESTADUAIS DA CIDADE DE SILVÂNIA - GO

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO E CONHECIMENTO DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA DAS ESCOLAS ESTADUAIS DA CIDADE DE SILVÂNIA - GO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO E CONHECIMENTO DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA DAS ESCOLAS ESTADUAIS DA CIDADE DE SILVÂNIA - GO Cláudia Dolores Martins Magagnin 1 Patrícia Espíndola Mota Venâncio 2 Daniela

Leia mais

O que é Programa Rio: Trabalho e Empreendedorismo da Mulher? Quais suas estratégias e ações? Quantas instituições participam da iniciativa?

O que é Programa Rio: Trabalho e Empreendedorismo da Mulher? Quais suas estratégias e ações? Quantas instituições participam da iniciativa? Destaque: Somos, nós mulheres, tradicionalmente responsáveis pelas ações de reprodução da vida no espaço doméstico e a partir da última metade do século passado estamos cada vez mais inseridas diretamente

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA 02/2014

CHAMADA PÚBLICA 02/2014 CHAMADA PÚBLICA 02/2014 CHAMADA PÚBLICA PARA CURSOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA O (IFG) faz saber, pela presente Chamada Pública, que estarão abertas no período de 06 a 20 de agosto de 2014, as inscrições

Leia mais

SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BRASILEIRO

SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BRASILEIRO Pr. Elias Batista dos Santos Diretor Geral SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BRASILEIRO APRESENTAÇÃO A Convenção Batista Nacional CBN desde sua organização preocupou-se em oferecer formação teológica de qualidade

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO FEDERAL Nº 2015

PROJETO DE LEI DO SENADO FEDERAL Nº 2015 PROJETO DE LEI DO SENADO FEDERAL Nº 2015 Dispõe sobre a regulamentação da profissão de educadora e educador social e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º - Fica regulamentada a

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE-FURG SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - SEaD

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE-FURG SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - SEaD SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE-FURG SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - SEaD SELEÇÃO PARA OS CURSOS DE APERFEIÇOAMENTO E PÓS-GRADUAÇÃO (ESPECIALIZAÇÃO)

Leia mais

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA SEGUNDO A PERCEPÇÃO DE ESTUDANTES DA REDE PÚBLICA INCLUSOS NO PROJOVEM ADOLESCENTE

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA SEGUNDO A PERCEPÇÃO DE ESTUDANTES DA REDE PÚBLICA INCLUSOS NO PROJOVEM ADOLESCENTE AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA SEGUNDO A PERCEPÇÃO DE ESTUDANTES DA REDE PÚBLICA INCLUSOS NO PROJOVEM ADOLESCENTE Angélica da Silva Santos 1, Cicera Rócila Pereira Araújo¹, Lourdes Lanes Ferreira Pereira¹,

Leia mais

EIXO II EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS PROPOSIÇÕES E ESTRATÉGIAS

EIXO II EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS PROPOSIÇÕES E ESTRATÉGIAS EIXO II EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS PROPOSIÇÕES E ESTRATÉGIAS 1. Assegurar, em regime de colaboração, recursos necessários para a implementação de políticas de valorização

Leia mais

Rua do Atendimento Protetivo. Municipalino:

Rua do Atendimento Protetivo. Municipalino: Rua do Atendimento Protetivo Municipalino: Esta é a Rua do Atendimento Protetivo. Esta rua tem como missão fundamental resgatar os direitos das crianças e dos adolescentes que foram violados ou ameaçados

Leia mais

Colégio Episcopal Adonias Pereira do Lago Bispo presidente. Secretaria para Vida e Missão Joana D Arc Meireles

Colégio Episcopal Adonias Pereira do Lago Bispo presidente. Secretaria para Vida e Missão Joana D Arc Meireles EXPEDIENTE Bem-te-vi Jardim - 2014.1 Estudos Bíblicos para crianças de 4-6 anos Produzida pelo Departamento Nacional de Escola Dominical, sob a orientação do Colégio Episcopal da Igreja Metodista. Publicada

Leia mais

31 dias de oração pelo seu marido por Nancy Leigh DeMoss

31 dias de oração pelo seu marido por Nancy Leigh DeMoss 31 dias de oração pelo seu marido por Nancy Leigh DeMoss A palavra do Senhor nos ensina a orarmos uns pelos outros, e isso inclui a responsabilidade e grande privilégio das esposas em orarem pelos seus

Leia mais

Setor: da Ed. Infantil ao Ensino Médio

Setor: da Ed. Infantil ao Ensino Médio Mogi das Cruzes, 24 de janeiro de 2013. Setor: da Ed. Infantil ao Ensino Médio Aruã Ref.: Início do ano letivo - informações Não é no silêncio que os homens se fazem, mas na palavra, no trabalho, na ação-reflexão.

Leia mais

maria, jesus e paulo com as mulheres textos, interpretações e história

maria, jesus e paulo com as mulheres textos, interpretações e história maria, jesus e paulo com as mulheres textos, interpretações e história Ivoni Richter Reimer maria, jesus e paulo com as mulheres textos, interpretações e história Direção editorial: Claudiano Avelino dos

Leia mais

Modelo Dinâmico de Avaliação e Intervenção Familiar: Uma acção transformativa em Cuidados de Saúde Primários

Modelo Dinâmico de Avaliação e Intervenção Familiar: Uma acção transformativa em Cuidados de Saúde Primários Modelo Dinâmico de Avaliação e Intervenção Familiar: Uma acção transformativa em Cuidados de Saúde Primários Modelo Dinâmico de Avaliação e Intervenção Familiar: DIMENSÃO DE DESENVOLVIMENTO Áreas de atenção

Leia mais

EDUCAÇÃO AO LONGO DA VIDA E SUA RELAÇÃO COM A ECONOMIA SOLIDÁRIA PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

EDUCAÇÃO AO LONGO DA VIDA E SUA RELAÇÃO COM A ECONOMIA SOLIDÁRIA PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL EDUCAÇÃO AO LONGO DA VIDA E SUA RELAÇÃO COM A ECONOMIA SOLIDÁRIA PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Secretaria Nacional de Economia Solidária Ministério do Trabalho e Emprego EDUCAÇÃO AO LONGO DA VIDA

Leia mais

FORMULÁRIO PARA NOMINATA 2015.1

FORMULÁRIO PARA NOMINATA 2015.1 FORMULÁRIO PARA NOMINATA 2015.1 1. Aluno: Jailson Noronha Alves 2. Nº de Matrícula: 40426 3. Data de Nascimento: 27/01/1982 4. Naturalidade: Apodi-RN 5. União de Origem: União Nordeste Brasileira (UNeB)

Leia mais

SUGESTÕES DE COMO ABORDAR NAS EMPRESAS O TEMA DO ENFRENTAMENTO DA EXPLORAÇÃO SEXUAL CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES

SUGESTÕES DE COMO ABORDAR NAS EMPRESAS O TEMA DO ENFRENTAMENTO DA EXPLORAÇÃO SEXUAL CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES SUGESTÕES DE COMO ABORDAR NAS EMPRESAS O TEMA DO ENFRENTAMENTO DA EXPLORAÇÃO SEXUAL CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES PRESIDENTA DA REPÚBLICA Dilma Vana Rousseff MINISTRA DE ESTADO CHEFE DA SECRETARIA DE

Leia mais

ORIENTAÇÕES DE COMUNICAÇÃO SOBRE VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES

ORIENTAÇÕES DE COMUNICAÇÃO SOBRE VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES A proteção e a promoção dos direitos da infância e adolescência também devem ser contempladas na forma como falamos e comunicamos este assunto. Alguns cuidados com a comunicação são fundamentais para proteger

Leia mais

Mosaicos #7 Escolhendo o caminho a seguir Hb 13:8-9. I A primeira ideia do texto é o apelo à firmeza da fé.

Mosaicos #7 Escolhendo o caminho a seguir Hb 13:8-9. I A primeira ideia do texto é o apelo à firmeza da fé. 1 Mosaicos #7 Escolhendo o caminho a seguir Hb 13:8-9 Introdução: Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e para sempre. Não se deixem levar pelos diversos ensinos estranhos. É bom que o nosso coração seja

Leia mais

IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR SECRETARIA GERAL DE MISSÕES- SGM FORMULÁRIO PARA CANDIDATOS

IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR SECRETARIA GERAL DE MISSÕES- SGM FORMULÁRIO PARA CANDIDATOS IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR SECRETARIA GERAL DE MISSÕES- SGM FORMULÁRIO PARA CANDIDATOS Data: / / Favor preencher todas as informações à máquina ou letra de forma. Se for casado, o cônjuge deverá

Leia mais

Matrículas 2015. O Colégio Maria Auxiliadora oferece: Educação Infantil - 3 aos 5 anos. Ensino Fundamental de 9 anos - 1ª a 8ª série.

Matrículas 2015. O Colégio Maria Auxiliadora oferece: Educação Infantil - 3 aos 5 anos. Ensino Fundamental de 9 anos - 1ª a 8ª série. Matrículas 2015 O Colégio Maria Auxiliadora, espaço privilegiado de formação humana e acadêmica, integra a rede de Escolas Notre Dame. Os princípios educacionais ND e a vivência dos valores cristãos alicerçam

Leia mais

Curso de Especialização em Juventudes

Curso de Especialização em Juventudes Curso de Especialização em Juventudes 1. Apresentação O Curso de Especialização em Juventudes é uma proposta interdisciplinar. Pretende capacitar educadores e profissionais diversos que atuam ou pretendem

Leia mais

ÁREA TEMÁTICA: Saúde OBJETIVOS DAS AÇÕES EXTRA-MUROS

ÁREA TEMÁTICA: Saúde OBJETIVOS DAS AÇÕES EXTRA-MUROS TÍTULO:A CONSTRUÇÃO DA CIDADANIA DO IDOSO EM AÇÕES INTERSETORIAS DO PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA COM A TERCEIRA IDADE - UATI E VOLUNTARIADO POPULAR NO MUNICÍPIO DE JEQUIÉ/BA. AUTORES: Andréa Santos Souza;

Leia mais

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ESTUDOS E PESQUISAS SOBRE DESASTRES CEPED/RS CAPACITAÇÃO

Leia mais

Calendário de Atividades 2013

Calendário de Atividades 2013 Calendário de Atividades MÊS DIA ATIVIDADE Janeiro Fevereiro Março Campanha de Mundiais a 15 14 a 16 a e a 29 28 a a a a e a a e 16 15 a 17 16 a 17 16 e 17 - a e e 29 a 29 a Acampamento Estadual ER CBTL

Leia mais

MINISTÉRIO PESSOAL (1) TEXTO BASE 1PEDRO 4:10-11. Rev. Helio Sales Rios Igreja Presbiteriana do Jardim Brasil Estudo Bíblico Quartas-Feiras

MINISTÉRIO PESSOAL (1) TEXTO BASE 1PEDRO 4:10-11. Rev. Helio Sales Rios Igreja Presbiteriana do Jardim Brasil Estudo Bíblico Quartas-Feiras MINISTÉRIO PESSOAL (1) TEXTO BASE 1PEDRO 4:10-11 Rev. Helio Sales Rios Igreja Presbiteriana do Jardim Brasil Estudo Bíblico Quartas-Feiras INTRODUÇÃO O grande problema que a igreja enfrenta hoje, para

Leia mais

ANEXO 1. Programas e Ações do Ministério da Educação - MEC. 1. Programas e Ações da Secretaria da Educação Básica SEB/2015

ANEXO 1. Programas e Ações do Ministério da Educação - MEC. 1. Programas e Ações da Secretaria da Educação Básica SEB/2015 ANEXO 1 Programas e Ações do Ministério da Educação - MEC 1. Programas e Ações da Secretaria da Educação Básica SEB/2015 Docência em Educação Infantil A oferta de curso integra a política nacional de formação

Leia mais

1. Garantir a educação de qualidade

1. Garantir a educação de qualidade 1 Histórico O Pacto pela Juventude é uma proposição das organizações da sociedade civil, que compõem o Conselho Nacional de Juventude, para que os governos federal, estaduais e municipais se comprometam

Leia mais

Ações do Ministério da Educação no enfrentamento ao Trabalho Infantil

Ações do Ministério da Educação no enfrentamento ao Trabalho Infantil MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão Diretoria de Políticas de Educação em Direitos Humanos e Cidadania Ações do Ministério da Educação no enfrentamento

Leia mais

AÇÃO JOVEM: um estudo no município de Franca-SP.

AÇÃO JOVEM: um estudo no município de Franca-SP. 141 AÇÃO JOVEM: um estudo no município de Franca-SP. Samanta Antonio Gea Uni-FACEF Maria Zita Figueiredo Gera² Uni-FACEF 1. INTRODUÇÃO A presente proposta de pesquisa tem como objetivo realizar um estudo

Leia mais

EDUCAÇÃO ESCOLAR: GESTOR OU ADMINISTRADOR?

EDUCAÇÃO ESCOLAR: GESTOR OU ADMINISTRADOR? EDUCAÇÃO ESCOLAR: GESTOR OU ADMINISTRADOR? Maria Rafaela de Oliveira FECLESC-UECE Renata Leite Moura FECLESC-UECE RESUMO Este trabalho apresenta algumas reflexões acerca da Educação Escolar e dos desafios

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA FACULDADE DE MANTENA 2010-2014

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA FACULDADE DE MANTENA 2010-2014 RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA FACULDADE DE MANTENA 2010-2014 Mantena-MG INTRODUÇÃO A Faculdade de Mantena FAMA - é um estabelecimento particular de ensino superior, que visa a atender

Leia mais

EDITAL N.º 01/2016 1. DOS CURSOS E DAS VAGAS

EDITAL N.º 01/2016 1. DOS CURSOS E DAS VAGAS EDITAL N.º 01/2016 INSCRIÇÃO PARA INGRESSO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM SERVIÇO SOCIAL E ÁREAS AFINS DA FACULDADE ADELMAR ROSADO, PARA O SEMESTRE 2016.2 A FACULDADE ADELMAR ROSADO, por meio

Leia mais